Litoral Virtual últimas notícias do litoral
Quinta-feira, 11 de dezembro de 2003 - Nº 930 Edições Anteriores

Barra da Lagoa Porto das Artes BIL

Região
Cai o número de praias impróprias


Caraguatatuba
Demolição de casas no Condomínio será decidida pelo Tribunal
Limpeza pode ser intensificada
Meio Ambiente promove seminário sobre resíduos de construção civil
Encapuzados levam mais de R$ 10 mil em jóias de aposentado
Polícia prende líder do tráfico que movimentava R$ 150 mil por mês
Caraguá inicia Operação Verão no Trânsito Urbano
Estudantes apresentam peça de teatro no Asilo Vicentina
Prefeitura apóia Encontro Regional do IAMSPE


Ilhabela
Relatório Final da CEI inocenta prefeitura de Ilhabela
Campeonato de Maratonas Aquáticas termina neste sábado


São Sebastião
São Sebastião contrata professores
Operação integrada volta ao Sítio Velho para finalizar autuações
Pedestre morre após ser atropelado por veículo oficial
Cidade começa a se preparar para receber os turistas na temporada
Praias estão recebendo iluminação para a temporada


Ubatuba
Bar perto de escola sofre restrição
Ubatuba aprova orçamento para 2004 com aumento de 39%
DER conclui obras na Oswaldo Cruz
Polícia Militar prende suposto membro do PCC no Perequê-Açu
Estrada do Camburi será pavimentada nos trechos críticos
Prefeitura e Sabesp definem restauração de ruas
Ubatuba tem saldo positivo no final do ano
Ubatuba inaugura recanto especial para lazer
Verão Gospel em Ubatuba
Prova Natatória da 4º Etapa do 7º Circuito Ubatuba de Águas Abertas
Pirão Geral - Final de ano
Compromisso com a Comunidade

Seções
Artigos
Carta do Leitor
Foto do Dia



Notícias da Região Topo

Cai o número de praias impróprias

Litoral Norte - O número de praias poluídas no Litoral Norte caiu de 15 para 7, de acordo com o boletim de balneabilidade divulgado ontem pela Cetesb (Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental).
Em Caraguatatuba, somente a praia Porto Novo está imprópria para banho. Em Ubatuba, estão poluídas as praias Itaguá e Perequê-Mirim; São Francisco e Porto Grande, em São Sebastião; e Pinto e Portinho em Ilhabela.
A gerente do setor de Águas Litorâneas da Cetesb, Cláudia Lamparelli, informou, por meio da assessoria de imprensa, que a redução da chuva nos últimos dias colaborou para diminuir o número de praias impróprias no Litoral Norte.
Segundo ela, a ocorrência de chuva intensa faz uma maior quantidade de esgoto doméstico lançado sem tratamento em córregos e rios da região atingir o mar.
Cláudia disse que o índice de praias impróprias registrado esta semana é considerado normal para o período. Em novembro, a Cetesb identificou um excesso de praias impróprias para a época do ano devido às fortes chuvas.
Para aumentar a qualidade da água, a Cetesb começou monitorar quatro praias do litoral duas vezes por semana --as coletas acontecem aos domingos e quartas-feiras. Os resultados são divulgados nas quartas-feiras e sextas-feiras. (Fonte: ValeParaibano)

Notícias de Caraguatatuba Topo

Caraguatudo Albatroz Pousada

Demolição de casas no Condomínio será decidida pelo Tribunal

Caraguatatuba - O Tribunal de Justiça do Estado concedeu uma liminar no último dia 25 de novembro suspendendo a decisão da juíza Adriana Andrade Pessi, dada em julho deste ano, a qual determinava a demolição de 19 das 50 casas do Condomínio Marina New Port, localizado no bairro do Porto Novo. As casas, que ficam entre os blocos 1 a 4, foram construídos sobre 720 metros quadrados de mangue.
O condomínio existe desde 1988 e foi embargado em 1996. O Processo da Ação Civil Pública Ambiental foi instaurado em 1992, investigado pela promotora da 3ª Vara Civil de Caraguá, Regina Célia Damasceno, que justificou não aceitar o acordo compensatório porque o mangue poderia ser regenerado, de acordo com a Avaliação da Proposta de Compensação Ambiental do último dia 13 de maio, elaborada pela enge-nheira agrônoma Marcelí de Menezes Coimbra.
O advogado do Condomínio, Geraldo Ferreira Lanfredi, explica que o prazo de 120 dias foi suspenso pelo recurso da liminar acolhido pelo Tribunal de Justiça.
“Pode-se apelar de uma decisão definitiva, só que para ter a suspensão tive que ir ao Tribunal de Justiça. Agora três desembargadores estão ouvindo a Promotoria, Procuradoria e outros órgãos, para decidirem a última sentença, que deve sair até fevereiro”, explica o advogado.
Matéria publicada neste jornal em 9 de julho, atribuía à promotora Regina Célia Damasceno as frases que serão citadas a seguir, enquanto na verdade as justificativas são do advogado Lanfredi, quando diz: “As demolições das edificações provocam impactos ambientais negativos, sob aspecto econômico, ambiental e humano social, que representa verdadeira ‘catástrofe’ para o condomínio.
A pena para cada obrigação descumprida é de multa diária de 20 salários mínimos, ou R$ 4.800 por dia. O condomínio não é clandestino, nem pode ser considerado de agressão à região, tanto que as construções têm licença municipal e observam o afastamento de 30 metros do Rio.
Os proprietários se comprometeram de estabelecer um programa de integração ao ecossistema ambiental, com tratamento de esgoto e plantio de pequenas árvores”, justifica o advogado do New Port, Lanfredi.
Áreas a serem demolidas - Na faixa dos 50 metros do rio Juqueriquerê, serão demolidas 19 residências, inclusive as casas que foram atingidas parcialmente, restando 31 casas no Condomínio. Cada casa tem dois quartos, sala, banheiro, sala e cozinha, ficando a garagem náutica à disposição somente dos proprietários das casas. Será demolida cerca de 1/3 da área social que abrange sala de convivência e restaurante, além da totalidade da área de piscina e da área de garagem de barcos onde será recuperado o mangue.
O advogado do condomínio, Geraldo Ferreira Lanfredi explica que propôs um acordo de compensação com área cinco vezes maior, totalizando 30 mil m2 de área de preservação permanente, no mesmo bairro do condomínio.
Segundo Lanfredi, a maior preocupação é com relação às 11 famílias que trabalham no condomínio e as 26 famílias que estão envolvidas indiretamente com o New Port. Metade das casas são de moradores fixos. (Fonte: Imprensa Livre)

Limpeza pode ser intensificada

Caraguatatuba - O Secretario de Serviços Públicos Prefeitura de Caraguatatuba, José Pereira de Aguilar, entregou ontem ao prefeito Antonio Carlos da Silva, um pedido para que 60 homens sejam contratados a fim de intensificar a limpeza de ruas, praias e rios para esta temporada de verão.
Segundo o Diretor de Limpeza da Secretaria, Gilberto Santos, os homens começariam o trabalho de limpeza ainda este mês, e seriam convocados pelo PAT- Posto de Atendimento do Trabalhador para realizar o trabalho temporário de 90 dias, que pode ser prorrogado para mais 90 dias. “Estaríamos treinado-os para começar o trabalho no próximo dia 15, para garantir a limpeza na temporada”, esclarece o diretor.
Santos explica que na temporada a cidade recebe uma população flutuante cinco vezes maior que a fixa, e por isto é necessário intensificar os trabalhos. A secretaria de Serviços Públicos conta com cerca de 40 funcionários para a limpeza, distribuídos entre as regionais norte, sul e centro.
A coleta de lixo contará com 15 veículos compac-tadores, com capacidade de oito toneladas por dia, que atenderá a área central e as praias. Nos bairros a coleta será feita em dias alternados. “Como na temporada o trânsito atrapalha o transporte de lixo que chega a 60 toneladas por dia, o acumularíamos numa estação de transbordo, e a noite as carretas que tem capacidade de acumular três caminhões, transportariam o lixo para o aterro que fica na zona sul da cidade”, explica Santos.
Há cerca de 20 dias, foi realizada uma limpeza ‘pesada’ na Praia da Freira, Pedra do Jacaré, Pedra do Sapo, Camaroeiro, Praia Brava e nas ilhotas da Massaguaçu e Ilha do Tamanduá, segundo afirma Santos, sendo que neste próxima semana será feito o ‘retoque’ desta limpeza geral nos mesmos locais. “Quando limpamos as ilhas, trabalhamos com escunas, porque não podemos deixar nada nelas, por isto, o trabalho dura geralmente um dia”.
Já, nas praias, a equipe de serviços contará com máquinas tipo varredeiras de praia, roçadeiras mecânicas, tratores com carretas, retro-escavadeiras, moto-niveladoras, bob cat, caminhão basculante, entre outros equipamentos. “Nesta época do ano, o lixo de coco e até dos resíduos deixados pela maré alta, são pesados, por isto precisamos de máquinas para retira-los”, explica o diretor de Limpeza Pública.
A prefeitura ainda pede a colaboração para que todos se conscientizem e coloquem o lixo na destinação correta, ou seja colocá-los na rua nos dias e horários que estão na programação, evitando maior acúmulo de lixo em locais indevidos. (Fonte: Imprensa Livre)

Meio Ambiente promove seminário sobre resíduos de construção civil

Caraguatatuba - A Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Caraguá irá promover um seminário sobre resíduos de construção civil. O evento acontece, amanhã, dia 11, no Ceprolin, com a participação de vários engenheiros e pessoas do ramo de construção
A Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Agricultura e Pesca de Caraguatatuba realizará amanhã, dia 11 de dezembro, quarta-feira, a partir das 8h30, um seminário sobre "Gerenciamento de Resíduos de Construção Civil". O evento tem o objetivo de adequar a região à Resolução CONAMA 307. A população está convidada a participar.
Essa resolução exige a criação de um Plano Integrado de Gerenciamento de Resíduos de Construção Civil, contendo um Programa Municipal e Projetos de Gerenciamento desse tipo de resíduo. O documento prevê também um prazo para que o Plano seja instituído.
O evento terá alguns palestrantes para falar sobre o assunto. Deverão participar o eng. Auracy Mansano Filho, Secretário de Meio Ambiente, Agricultura e Pesca de Caraguá, que fará abertura e introdução ao assunto; o advogado André Vianna, da ONG A.L.NORTE, falará sobre legislação de resíduos de construção civil e o economista Elcio Duduchi Careli, da empresa Obra Limpa, contará suas experiências e explicará as diretrizes para o gerenciamento dos resíduos de construção. Após as palestras, o tema será discutido com o público.
O evento será realizado amanhã, dia 11, quinta-feira, das 8h30 às 13h, no Auditório do Ceprolin, que fica à Avenida Rio Grande do Norte, 450, no bairro Indaiá.
O seminário é uma realização da prefeitura de Caraguá, por meio da Secretaria de Meio Ambiente, Agricultura e Pesca, com apoio da Fundacc (Fundação Educacional e Cultural de Caraguatatatuba), da ONG A.L. Norte e da Cetesb (Companhia de Tecnologia e Saneamento Ambiental).
Mais informações no fone (12) 3882-5195, as inscrições são gratuitas e deverão ser feitas no local. (Fonte: PMC)

Encapuzados levam mais de R$ 10 mil em jóias de aposentado

Caraguatatuba - Dois encapuzados levaram mais de R$ 10 mil em dinheiro e jóias da casa do aposentado S.M.C.S., de 75 anos, no bairro Estrela D’Alva, na noite de terça-feira.
A vítima estava em casa com sua mulher E.M.S., de 69 anos, quando foram rendidos por quatro homens armados com roupas pretas, que invadiram a residência.
Após pegar R$ 180 e mais cerca de R$ 10 mil em jóias, eles fugiram rumo ignorado.
A Polícia Militar foi avisada, fazendo patrulha-mento pelo bairro, mas sem encontrar os suspeitos. (Fonte: Imprensa Livre)

Polícia prende líder do tráfico que movimentava R$ 150 mil por mês
Quadrilha seria responsável por atentado atribuído ao PCC; 'lei do tráfico' determinava sentenças de morte, diz polícia

Caraguatatuba - A DIG (Delegacia de Investigações Gerais) de São José dos Campos desmantelou uma quadrilha que dominava o tráfico de drogas na zona sul e funcionava como uma empresa, com mais de 50 'funcionários' e uma movimentação bancária que chegava a R$ 150 mil mensais.
Oito pessoas acusadas de pertenceram ao grupo foram presas desde a semana passada, entre elas Lúcio Monteiro Cavalcante, 23 anos, apontado como o líder da quadrilha. Outras 14 pessoas identificadas estão foragidas.
Segundo a polícia, Cavalcante comandava o tráfico na zona sul, de Caraguatatuba, por meio de celular, e revendia drogas para outros traficantes da cidade. Um traficante que seria 'cliente' do suspeito foi preso na favela do Miracema, na zona leste.
Para a polícia, o suspeito também impunha a 'lei do tráfico' no bairro Campos dos Alemães e adjacências, decretando até sentenças de morte por telefone.
Segundo a polícia, homicídio e roubo tinham que passar pelo aval do chefe, que não queria chamar a atenção da polícia com crimes para não atrapalhar os 'negócios'.
Por meio de escuta telefônica autorizada pela Justiça, os policiais da DIG flagraram a conversa em que Cavalcante autorizaria o assassinato de um homem acusado de abusar da enteada.
A vítima foi sequestrada, executada com um tiro na cabeça e teve o corpo queimado pelos bandidos (leia texto nesta página).
Cavalcante também teria participado e ordenado o ataque ao 3º Distrito Policial no dia 8 de novembro, quando uma granada de mão do Exército foi atirada no pátio da delegacia. Três viaturas e o carro de um escrivão foram destruídos pela explosão. Ninguém ficou ferido.
De acordo com a polícia, o acusado era recém batizado pelo PCC (Primeiro Comando da Capital) e estaria cumprindo uma tarefa para ganhar respeito na facção.
O suspeito morava no Campo dos Alemães e já esteve preso por roubo em Franco da Rocha (SP). Por estar foragido, ele estava escondido no Litoral Norte, de onde comandaria mais de 50 traficantes.
As investigações começaram após o ataque à delegacia. Os policiais 'grampearam' o celular de Cavalcante e montaram o organograma da quadrilha, com 22 pessoas identificadas.
No dia 2 de dezembro, a polícia montou uma barreira na rodovia dos Tamoios e prendeu Cavalcante, que ia de Caraguá para São José, com um tijolo de maconha.
Com ele, foram presos José Aparecido Teles de Proença, 25 anos, o Cidão, e Ricardo Marcelino de Laia, 18 anos, Ricardinho, apontados como 'gerentes' do tráfico, e Elizete Barbosa Dias, 20 anos, e Wanessa Cristina de Lima, 19 anos.
FINANÇAS - Na casa de Cavalcante, em Caraguatatuba, a polícia apreendeu também extratos de cinco contas bancárias, três delas em nome da mulher do acusado, Milena Paola Matias Maciel, e outras duas em nomes de 'laranjas'.
Segundo a polícia, foram descobertas movimentações de até R$ 150 mil em um mês, que seriam depositadas e sacadas por cartões bancários.
A polícia também apreendeu um estatuto do PCC, que contém indícios de ligações da facção com o Comando Vermelho, e cartas para presídios. Em uma das cartas, são pedidos cocaína e maconha para serem vendidos dentro de penitenciárias.
De acordo com a polícia, o tráfico na zona sul é divido em dois territórios que seriam controlados por Cavalcante e outro conhecido com 'Franci Carlos', que está foragido. Os suspeitos foram levados para o CDP (Centro de Dentenção Provisória). (Fonte: ValeParaibano)

Caraguá inicia Operação Verão no Trânsito Urbano

Caraguatatuba - A Prefeitura de Caraguatatuba, no Litoral Norte, vai implantar, entre os dias 26 de dezembro e 9 de fevereiro, a Operação Verão no Trânsito. O objetivo da medida é minimizar os problemas de trânsito que tendem a ocorrer em feriados prolongados, como o Natal e o Réveillon. A operação terá o apoio da Ditran (Divisão de Trânsito da Prefeitura de Caraguatatuba) e da Polícia Rodoviária Estadual. A Operação Verão oferecerá três rotas alternativas para facilitar a vida dos motoristas que irão passar férias no litoral. Para o motorista que viaja sentido São Sebastião, o acesso mais adequado é usar a rua do Terminal Rodoviário e seguir até o final. Outra opção para quem vai até São Sebastião é seguir a primeira entrada após a rotatória do trevo da cidade que dá acesso à Avenida da Praia. Os motoristas devem seguir pela avenida até a Praia das Palmeiras. Dessa forma, os motoristas evitarão o trânsito da Rodovia SP-55. Para quem vai seguir viagem a Ubatuba, a melhor opção é a avenida Goiás e a Avenida da Praia, seguindo até o camaroeiro e a avenida Jundiaí, onde terá acesso à rodovia SP-55. Outra alternativa é seguir pelo bairro do Rio do Ouro, trevo anterior ao posto da polícia rodoviária. Os motoristas devem entrar à esquerda e seguir até a rua Irmã São Francisco. Depois deve-se seguir pela avenida Presciliana de Castilho e avenida Castelo Branco, na altura do Fórum de Ubatuba. Dessa forma, os motoristas podem circular com mais tranquilidade durante a temporada de verão. (Fonte: ValeParaibano)

Estudantes apresentam peça de teatro no Asilo Vicentina

Caraguatatuba - Os alunos de 5ª a 8ª série do Colégio Módulo apresentam nesta sexta-feira, dia 12, às 16 horas, a peça de teatro “O gato malhado e a andorinha sinhá”, para os idosos do Asilo Vicentina. O teatro, que já foi apresentado no Colégio, arrecadou 70 litros de leite,que foram entregues no Asilo. Os alunos entregarão no dia 12, diversos presentes enviados pelos professores do Módulo aos idosos.
“O gato malhado e a andorinha sinhá” ganhou prêmio Mambembe Mulher em 83, em sua 1ª apresentação e é até hoje uma peça atual. O texto e as músicas falam de amor e fazem questionamentos sociais, conforme explicou a professora Rita Pisteco, que dirigiu os alunos. “Aceitei voluntariamente o convite da coordenação e, com muita satisfação, por que adoro o teatro e sempre usei como técnica educativa e como caminho para atingir objetivos da educação física, como sociabilidade, criatividades, habilidades físicas e resolução espaço/temporal”, explicou.
Segundo a diretora da peça, um dos efeitos do teatro é fazer com que os participantes vejam o outro como a si mesmos. “Para os alunos, os três meses de ensaio valeram a pena. Quanto aos pais, muitos já perceberam os resultados”, disse Rita Pisteco.
A peça faz parte dos projetos da coordenadora Marizabel Guilhermina Francesca. A direção foi da Profa. Rita Pisteco; a maquiagem foi feita pelas artistas Gisele, Clarissa e Mara Amaral e; o figurino por Lelê. (Fonte: Módulo)

Prefeitura apóia Encontro Regional do IAMSPE
Caraguá sediará, no próximo dia 11, o Encontro Regional do IAMSPE (Instituto de Assistência Médica dos Servidores Públicos do Estado), que reunirá autoridades estaduais e regionais para discutir assuntos como o atendimento na área da saúde dos servidores.

Caraguatatuba - O prefeito de Caraguatatuba está apoiando a realização do Encontro Regional do IAMSPE (Instituto de Assistência Médica dos Servidores Públicos do Estado de São Paulo), que irá acontecer no dia 11 de dezembro, quinta-feira, no Clube Ilha Morena, no bairro Morro do Algodão. A organização do evento foi feita pelo CPP (Centro Professorado Paulista) e tem o apoio da prefeitura de Caraguá.
Deverão estar presentes o superintendente do IAMSPE, Mílton Flávio Marques Lautenschlager; o secretário de Segurança Pública do Estado, Saulo de Castro Abreu Filho; o secretário de Saúde do Estado, Luiz Roberto Barradas Barata; deputados, vereadores, os prefeitos das quatro cidades do Litoral Norte, secretários municipais de Educação e de Saúde da região, diretoria de ensino, juizes, professores, e outras autoridades do Litoral Norte, Litoral Sul e Vale do Paraíba.
"Trata-se de uma grande reunião. O Encontro Regional será de grande importância para todos os servidores públicos locais, pois trata-se de uma oportunidade de, unidos, reivindicarmos o direito de ter de volta o atendimento de saúde do IAMSPE", comentou a vice-diretora do CPP, Jupyra Dias de Campos Junqueira.
Segundo a diretora do CPP, Antônia Ribeiro da Silva, o IAMSPE deixou de prestar serviços de saúde aos funcionários públicos estaduais há cerca de 20 anos. De acordo com ela, o retorno do atendimento é uma reivindicação do CPP, que já se estende por quatro anos de luta.
Há quase vinte anos, os Funcionários Públicos do Estado contribuem, mensalmente, com 2 % do salário ao IAMSPE, mas sem contar com os benefícios dos serviços de saúde do instituto, como funcionou até o ano de 1984. No Litoral Norte, o total de funcionários públicos estaduais e familiares chega a 15 mil pessoas.
Mais informações podem ser adquiridas pelos telefones 3882-5010 ou 3883 - 7472, das 9 às 12 horas e das 14 às 17 horas. (Fonte: PMC)

Notícias de Ilhabela Topo



Relatório Final da CEI inocenta prefeitura de Ilhabela


Ilhabela - Foi protocolado na quarta-feira na Câmara Municipal o relatório final da Comissão Especial de Inquérito, instaurada no início de setembro, que apura denúncias sobre cadastramento de áreas públicas para particulares, por parte da Prefeitura Municipal, elaborado pela relatora da Comissão, a vereadora Nanci Peres de Araújo Zanato.
Em sua conclusão final, a vereadora Nanci - baseando-se nos fatos apresentados nas reuniões, depoimentos e diligências realizadas pela Comissão, bem como leitura dos documentos existentes no processo -, concluiu que “nenhuma ilegalidade existiu no cadastramento, para fins tributários , da área em questão, uma vez que não se trata de área pública de propriedade do município, mas de terreno de marinha, em que seu ocupante está sujeito à imposição do IPTU”.
Considera ainda que a área denunciada no Programa Jornal da Noite (TV Bandeirantes) e motivo de investigação da CEI, no Morro do Encantado, pertence à categoria dos terrenos da Marinha, de propriedade da União e, ainda, devido a falta de qualquer documento que demonstre que a área ingressou no patrimônio público municipal, posto que os terrenos de marinha são propriedade indisponível da União, que somente pode ceder a posse ou domínio útil.
Em relação ao cadastramento da área, efetuado pela prefeitura, a vereadora diz “que para fins de lançamento tributário não lhe retira o caráter de terreno da marinha, tampouco importa em reconhecimento absoluto da posse ou da propriedade em nome do contribuinte e sendo a cobrança de imposto interesse da Administração Fazendária em arrecadar”.
O documento ainda recomenda à Prefeitura Municipal que, quando do cadastro lance um carimbo com a inscrição “O cadastro não implica no reconhecimento da posse ou da propriedade” já que há confusão quanto ao entendimento que o cadastro tributário de uma determinada área teria efeitos civis, sobre a posse ou propriedade.
A vereadora finaliza o relatório justificando a sugestão, que apesar de óbvia informa que o cadastro tributário possui efeitos tributários e não civis, trata-se de medida elucidativa, evitando deturpações no seu entendimento.
O relatório será encaminhado a Comissão de Justiça e Redação para análise, com prazo de 15 dias para dar seu parecer. Em plenário, na sessão subseqüente, ocorre a votação do relatório final e parecer do CJR, que deve ocorrer depois do recesso do legislativo, no ano que vem. (Fonte: Imprensa Livre)

Campeonato de Maratonas Aquáticas termina neste sábado

Ilhabela - O II Campeonato Municipal de Maratonas Aquáticas “Troféu Eurípedes da Silva Ferreira” termina no sábado, com a 10ª etapa “Prova Marinha do Brasil” e Prova de incentivo Menor e Melhor idade, na Praia Pedras Miúdas, Costa Sul, às 20h.
Para esta última prova os nadadores terão um desafio a mais para enfrentar. Além do percurso de duas voltas ao redor da Ilha das Cabras, com cerca de 1200 metros, a maior emoção da maratona será a natação noturna. A iluminação será feita por tochas na praia e as luzes da própria Ilha das Cabras.
Botes e caiaques farão o apoio aos nadadores - Ao final da prova todos nadadores receberão certificados e será feita a premiação dos campeões do ranking anual do campeonato em um luau na praia. Os troféus foram especialmente criados e confeccionados pelos artistas plásticos Eros e Giba Ilhabela Pinna com a ajuda dos nadadores do Panathlon de Ilhabela.
Crescimento - O Campeonato Municipal de Ilhabela cresceu muito desde sua primeira edição no ano passado. Nesta segunda edição o nível dos nadadores aumentou e trouxe para a ilha atletas considerados da elite das travessias aquáticas, muitos, que vieram atraídos não só pelas águas limpas do canal, mas pelo clima descontraído da competição.
A organização já fala na terceira edição do campeonato que deverá acontecer entre fevereiro e março do ano que vem esperando um aumento ainda maior no número de participantes.
Estarão presentes autoridades municipais e representantes da Delegacia dos Portos de São Sebastião. A organização e realização é do Panathlon Clube de Ilhabela e Prefeitura de Ilhabela, por meio da Secretaria de Turismo, Diretoria de Esportes e Secretaria da Saúde.
Homenageado - A 10ª etapa homenageará a Marinha do Brasil. No próximo dia 13, a Marinha celebra o “Dia do Marinheiro”, instituído em 1925, pelo então Ministro da Marinha, o Almirante Alexandrino Faria de Alencar, em homenagem a Joaquim Marques Lisboa, o Marquês de Tamandaré, que nasceu neste dia no ano de 1807, na cidade do Rio Grande, no Rio Grande do Sul.
Prova Beth Padilla - Também no sábado, às 9h, acontecerá a Prova Natatória Beth Padilla. A prova se realizará na praia em frente ao Hotel Itapemar, próximo a Vila, com percursos de 200, 600, 1.000 e 1.500 metros divididos por categorias. Inscrições pelo Fax (12)3896-1990 ou e-mail bethpadilla@iconet.com.br - (Fonte: Imprensa Livre)

Notícias de São Sebastião Topo

Nautica Superchic

São Sebastião contrata professores

São Sebastião - A Prefeitura de São Sebastião vai realizar um concurso público para contratação de 70 professores. A Secretaria da Educação pretende realizar as provas em fevereiro de 2004.
O projeto de lei que autoriza a criação dos cargos foi aprovado anteontem pela Câmara.
O diretor de Planejamento Estratégico da Secretaria da Educação, Antônio Roberto Alves Felippe, disse que a proposta é fazer um concurso para as áreas de educação infantil, 1º a 4º série e 5º a 8º série, incluindo todas as disciplinas. O número de vagas e a data da abertura do concurso ainda não foram definidos.
"Estamos preparando o edital de convocação dos candidatos e uma empresa será escolhida para fazer o concurso", disse.
O diretor afirmou que contratação de professores é necessária para atender a demanda da rede de ensino. Hoje, a cidade conta com 14.040 alunos matriculados. As escolas de 1º a 8º série são 100% municipalizadas. O edital deve ser publicado no início do ano.
CARGOS - Um projeto do prefeito Paulo Julião (PSDB) criando 70 cargos de professor 1 para o ensino fundamental e educação infantil foi aprovado em regime de urgência na noite de anteontem. Hoje, a rede conta com 760 professores.
Segundo Felippe, o projeto é necessário para ter uma reserva de cargos durante o ano letivo. Ele afirmou que os 70 novos cargos serão preenchidos de acordo com a necessidade da secretaria.
"Para 2004, vamos contratar entre seis e dez professores para a educação infantil e ensino fundamental até o próximo dia 27, quando termina a validade do concurso realizado em 2001", disse.
O salário médio do professor de educação infantil é R$ 1.100 e de 1º a 4º série com formação em pedagogia é de R$ 1.300.
"Mesmo com o concurso, as contratações serão feitas conforme a demanda da rede de ensino", disse Felippe. (Fonte: ValeParaibano)

Operação integrada volta ao Sítio Velho para finalizar autuações

São Sebastião - Uma operação integrada entre a Prefeitura, Instituto Florestal, polícias Florestal e Militar, voltou a acontecer ontem, no Sítio Velho, com o objetivo de finalizar a entrega das autuações judiciais aos moradores e fazer a demolição de algumas casas. A área está localizada no bairro Barra do Una, aproximadamente no quilômetro 180 da Rodovia Rio Santos. Considerado um loteamento clandestino, o local tem um registro de 96 casas, das quais 31 deveriam ser demolidas por estarem desocupadas.
Antes da ação, que foi iniciada no último dia 19, uma equipe de fiscalização ambiental da Prefeitura realizou um mapeamento da área, onde foi cadastrado o responsável por cada construção.
Agora, após da decisão judicial, cada responsável vai receber uma cópia da liminar e terá um prazo de 15 dias para recorrer da decisão, que não permite nenhuma alteração ou ampliação das casas.
Esse prazo de recurso vigora a partir da data em que a Oficial de Justiça encaminhar o processo de volta para a 2ª Vara Cível de São Sebastião, responsável pelo caso.
De acordo com a liminar do processo 1372/03, de autoria do juiz Luiz Antonio Carrer, toda a área está embargada desde o último dia 19 e, além das autuações aos moradores, deveriam ser demolidas todas as casas caracterizadas como desocupadas, incluindo as construções em fase inicial.
Na semana passada, o trabalho teve que ser encerrado devido à chuva, mas em algumas horas de trabalho foi possível demolir oito construções. Cerca de trinta pessoas estiveram no local para executar a ação judicial.
Para a Oficial de justiça Edna Sanchez Aro Paula da Silva, a operação integrada demorou um pouco para acontecer porque reúne várias instituições e um grande número de pessoas. Ela conta que só pode entregar cópia da liminar para o responsável de cada casa, mediante sua assinatura.
“A ação poderia terminar hoje, mas não encontramos todos os moradores responsáveis pelas casas. Isso dificulta um pouco o trabalho, e por isso deverei retornar mais uma vez a essa região para que todos sejam notificados”, completa.
Edna também tem a responsabilidade de encaminhar para o juiz o resultado do seu trabalho, com fotografias das áreas irregulares e embar-gadas, além de um relatório sobre cada uma das casas.
Ela disse que dessa vez houve um problema: Mais de 20 casas que deveriam ser demolidas hoje, estavam ocupadas. “Encontramos hoje muitas casas que estavam vazias na semana passada, com moradores e neste caso, ficamos impedidos cumprir a ordem de demolição”. Com isso, a oficial de Justiça diz que irá encaminhar esses problemas para o juiz, que ficará responsável por uma nova decisão.
Segundo a equipe de fiscalização ambiental da prefeitura de São Sebastião, as ocupações iniciaram nessa região há cerca de dez anos.
De lá pra cá o número de construções aumentou bastante. Em 2001, por exemplo, houve a demolição de cinco casas que estavam irregulares e na ocasião os moradores foram orientados para deixar de construir na área, que apesar de ser particular, é de preservação permanente. Isso não foi cumprido, e mesmo nos locais onde aconteceram demolições, já existem novas casas.
A partir de agora, eles não poderão alterar mais nada na região, estando sujeitos a multa que varia de R$ 500 à R$ 5 mil. Nos locais onde foram realizadas as demolições, a prefeitura afixou placas proibindo novas construções. (Fonte: Imprensa Livre)

Pedestre morre após ser atropelado por veículo oficial

São Sebastião - O carro oficial que levava a vice-prefeita Cláudia Batocchio Flausino para um compromisso em São Paulo atropelou e matou, na tarde da última terça-feira, Roni Andrade, de 18 anos. Segundo a Polícia Rodoviária, o acidente aconteceu por volta das 17h, no km 82,8 da Rodovia Carvalho Pinto, em Jacareí.
O Ômega CD da prefeitura era dirigido pelo motorista José Luiz Pacini. A vice-prefeita estava dormindo no momento do acidente. “Foi trágico e assustador. Acordei com o barulho da batida”, relembrou.
Cláudia Flausino, que é médica, desceu do carro para prestar socorro, porém, a vítima já estava morta. Baseada no relato do motorista, ela explicou que o pedestre andava na faixa que divide a pista e o acostamento.
Roni Andrade estava acompanhado de seu primo, que não teve nenhum feri-mento. No carro, tanto o motorista quanto à vice-prefeita de São Sebastião também saíram ilesos. A Polícia Rodoviária informou que não costumam acontecer atropelamentos neste trecho da rodovia.
Até ontem, Cláudia Flausino ainda estava em São Paulo, onde participava de um encontro sobre mídia eletrônica na área da educação. Um grupo experimental de dança e cinema da cidade seria homenageado no evento.
A reportagem não conseguiu localizar o motorista da prefeitura para falar sobre o atropelamento. O caso já está sendo investigado pela Polícia Civil de Jacareí. (Fonte: Imprensa Livre)

Cidade começa a se preparar para receber os turistas na temporada

São Sebastião - O Departamento de Tráfego de São Sebastião começou a se preparar para a chegada dos turistas na temporada, colocando em prática algumas ações específicas, com o objetivo de intensificar a segurança no trânsito do município. Para isso, todos os 61 funcionários - 39 agentes de trânsito, seis rádio-operadores, sete responsáveis pela sinalização e nove da parte administrativa, estarão à disposição na temporada.
Segundo o diretor do Detraf, Marcus Vinícius de Oliveira, na temporada de verão serão alterados os planos de semáforo e seus respectivos tempos, criadas faixas de rolamento adicionais em alguns trechos, oito radares funcionarão em sistema de rodízio, haverá reforço na sinalização horizontal e vertical, e os agentes orientarão os motoristas com faixas e placas, advertindo para os locais cujo estacionamento é proibido. “Alguns pontos na avenida principal serão sinalizados com proibição de estacionamento, principalmente nos sentidos norte-sul, das 9h às 13h, e sul-norte, das 16h às 19h”, informou Marcus.
Na rua da praia, em algumas vias já estão sendo feitos desvios para diminuir conflitos no tráfego. Em frente a Praça de Eventos, na Rua da Praia, próximo ao canteiro central, será proibido o retorno às sextas-feiras, sábados e domingos, das 18h às 24h.
Os agentes também fiscalizarão a emissão de som acima da quantidade de decibéis permitida. No caso de desrespeito à lei, a Polícia Militar será acionada, e o infrator, autuado. “Pretendemos, também, em conjunto com a Polícia Militar, formar uma blitz, para os diversos tipos de infração, como motorista sem habilitação, motociclista sem capacete, veículo em mal estado de conservação, falta de cinto de segurança, uso de celular ao dirigir, transporte de passageiros em compartimento de carga, entre outros. Queremos que o turista saiba que aqui existem regras”, disse Marcus.
Será dada uma atenção especial, com o apoio da polícia rodoviária, à costa sul do município, principalmente no trecho entre as praias de Maresias e Juquehy. “Nestes trechos, durante as madrugadas de sábado e domingo o índice de acidentes de trânsito é mais elevado. É quando muitos jovens estão retornando das casas noturnas”, explicou.
Uma parte dos funcionários do Detraf também ficará na fila da balsa, colaborando com a equipe operacional do Dersa. “Continuaremos a campanha de educação no trânsito, através de faixas, panfletos e folders, alertando sobre os perigos do uso de celular e de se ingerir bebidas alcoólicas, tanto por motoristas e motociclistas como por cilclistas e pedestres”, contou. “O motorista deve ter muita paciência, pois a lentidão no trânsito será inevitável. O sistema viário do município é complicado. Evite estacionar de forma irregular, em fila dupla. Assim, você estará ajudando o fluxo do trânsito, e poderá chegar à praia em tempo de curtir o sol”, pediu.
Campanhas - No próximo dia 17 de dezembro, quarta-feira, a partir das 9h, uma equipe do Detraf realizará uma palestra na APAE(Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais), entre outras atividades, como dinâmicas de grupo e brincadeiras. Trata-se da campanha “Trânsito Especial – A Era da Inclusão”. Como parte da campanha, os alunos da APAE irão elaborar uma frase que será transformada em um adesivo, que será colocado nos veículos que transportam os agentes.
A campanha se deve a um levantamento realizado que constatou que os deficientes especiais não são devidamente identificados no trânsito. “Para que as pessoas tenham cuidado especial com essas crianças e jovens no trânsito, resolvemos fazer uso de um adesivo criado pelos próprios alunos”.
O Detraf também está elaborando, junto ao Lar do Idoso, orientações aos motoristas para que dêem preferência ao pedestre que atravessa na faixa, em especial aos idosos. “O idoso deve ser respeitado quando está na faixa porque atravessa com um pouco mais de lentidão”, lembrou o diretor do Detraf.
Obras nas rodovias - Como as obras nas rodovias do Vale do Paraíba e Litoral Norte - Tamoios e Rio-Santos -, não estarão terminadas até o final do ano, estão sendo programadas operações especiais para que o serviço prossiga sem que o tráfego seja prejudicado. Para tanto, o sistema de "siga e pare" - que libera um sentido da pista a cada cinco ou dez minutos, no trecho de recuperação que se estende do km 64,4 ao km 83,4 da Tamoios, por exemplo, deve ser suspenso. Atualmente, aos sábados e domingos esse sistema continua funcionando, mas por somente dois minutos em cada sentido.
Já o trecho em obras da SP-55, a Rio-Santos – onde os policiais rodoviários estão orientando a travessia de banhistas, inclusive com viaturas de patrulhamento -, só deverá ser entregue em julho de 2004.
Segundo o DER (Departamento de Estrada de Rodagem), a recuperação das estradas depende das condições do tempo. (Fonte: PMSS)

Praias estão recebendo iluminação para a temporada

São Sebastião - Com o objetivo de oferecer mais segurança e proporcionar outras opções de vida noturna aos moradores e aos milhares de turistas que visitarão São Sebastião na temporada, a prefeitura está investindo na iluminação de algumas praias No mês passado, a primeira praia a ser iluminada foi São Francisco, considerada uma das mais tradicionais do município, e que foi alvo de inúmeros assaltos neste ano, por falta de luz.
Até janeiro de 2004, receberão iluminação as praias do Porto Grande, Pontal da Cruz e Arrastão, na região central. A previsão é que as instalações sejam finalizadas até janeiro de 2004.
"A idéia é oferecer mais conforto e tranqüilidade aos moradores, pescadores e visitantes. A iluminação vai atrair as pessoas no verão e na baixa temporada, pois a praia oferecerá lazer durante o dia e a noite", disse o secretário de Serviços Urbanos, Ueneri Reich. O investimento previsto pela prefeitura é em torno de R$ 30 mil. (Fonte: PMSS)

Notícias de Ubatuba Topo

Restaurante Solar das Águas Cantantes Setur pedro Resende Imóveis

Bar perto de escola sofre restrição

Ubatuba - A Câmara de Ubatuba aprovou na noite de anteontem um projeto de lei que impede a venda de bebidas alcoólicas e cigarros próximo de escolas. A medida visa impedir o comércio em uma distância de até 200 metros.
A proposta foi aceita por unanimidade, mas depende da aprovação do prefeito Paulo Ramos (PFL).
Segundo o autor do projeto, vereador Eduardo César (PL), o objetivo é impedir que os alunos sejam incentivados à tomar bebida alcóolica e a fumar.
"Além de manter uma distância do produto, a lei vai impedir a permanência de traficantes próximos das escolas", disse.
O vereador afirmou que os bares autorizados que já estão localizados ao redor das escolas podem continuar com a venda. "O projeto impede a venda em novos comércios. A prefeitura será responsável pela fiscalização dos bares", disse.
Para o gerente executivo da Associação Comercial e Industrial de Ubatuba, Célio Stefani, caso a lei seja sancionada pelo Executivo o comércio será prejudicado.
"O aluno que quiser comprar bebida alcoólica ou cigarro vai procurar outro lugar para comprar os produtos. A medida apenas vai prejudicar os comerciantes", disse. (Fonte: ValeParaibano)

Ubatuba aprova orçamento para 2004 com aumento de 39%

Ubatuba - A Câmara de Ubatuba aprovou na noite de anteontem a proposta orçamentária de R$ 98 milhões do Executivo para o exercício de 2004. O índice representa um aumento de 39,45% em comparação com o valor deste ano, que é de R$ 70,3 milhões.
O Orçamento foi aprovado por oitos votos a quatro. A sessão foi marcada por discussões entre os vereadores por causa das emendas apresentadas pelos próprios parlamentares. A bancada governista rejeitou mais de 40 emendas dos vereadores considerados de oposição.
Segundo a proposta, os maiores investimentos serão para as secretarias de Educação e Saúde, que vão receber em torno de R$ 26 milhões e R$ 15 milhões, respectivamente.
Para o Legislativo, o orçamento previsto é de R$ 3,8 milhões.
READEQUAÇÃO - O vereador Charles Medeiros (PSDB) disse que o valor do Orçamento deveria ser 'melhor dividido' entre as secretarias. Ele afirmou ser contra a rejeição das emendas dos parlamentares.
"Havia várias emendas que iriam beneficiar outros setores como a Santa Casa", disse o vereador tucano.
Para Medeiros, as secretarias de Saúde e Assistência Social deveriam ter uma verba maior. A Assistência Social deve receber R$ 1,4 milhão.
O prefeito de Ubatuba, Paulo Ramos de Oliveira (PFL), não foi localizado ontem para comentar o assunto. (Fonte: ValeParaibano)

DER conclui obras na Oswaldo Cruz

Ubatuba - O DER (Departamento de Estradas e Rodagem) de São Paulo recapeou 850 metros da Rodovia Oswaldo Cruz, que liga Taubaté a Ubatuba. As obras de nivelamento e recapeamento foram executadas em trecho entre os quilômetros 45 e 68 da rodovia, entre Natividade da Serra e São Luís do Paraitinga. Segundo o engenheiro do DER de Taubaté, Antônio Moreira Júnior, nesse trecho da rodovia havia problemas com ondulações e algumas trincas. As obras foram concluídas na semana passada. "Fizemos melhoramento em alguns trechos da rodovia", disse. (Fonte: ValeParaibano)

Polícia Militar prende suposto membro do PCC no Perequê-Açu

Ubatuba - O suposto membro do PCC Marcelo Robson Vieira Piovesan, de 30 anos, conhecido por “Debom”, foi preso pela Polícia Militar esta semana, escondido em uma casa na rua Paulino Elidio Vieira, no bairro Perequê-Açu. A polícia tinha uma denúncia de que um fugitivo de presídio estava no local.
Com passagens e condenações por assalto e homicídio, Piovesan, natural de São José dos Campos, era foragido da penitenciária de Iaras desde outubro deste ano.
Considerado de alta periculosidade, e com risco de resgate se ficasse na cadeia da região, ele foi removido no mesmo dia para um presídio seguro. (Fonte: Imprensa Livre)

Estrada do Camburi será pavimentada nos trechos críticos

Ubatuba - A Prefeitura de Ubatuba, por meio da Secretaria de Obras, dará início nesta segunda-feira, 15, a pavimentação de 1km dos 6 trechos críticos da estrada de acesso ao bairro do Camburi, na Região Norte, cuja extensão total é de 4,5 km. A autorização, a título precário, foi dada pelo Parque Estadual do Núcleo da Picinguaba após inúmeras reuniões com as entidades envolvidas com o assunto ou seja, Prefeitura, Promotoria Pública, Núcleo Picinguaba, Ibama e Sociedade Amigos do Camburi-AMBACA que recentemente promoveu uma ocupação pacífica da sede do Parque Estadual exigindo autorização para que a Prefeitura pudesse restaurar a estrada. Na última segunda-feira, 08, o Secretário de Obras, Jeriel Rocha , representantes da comunidade do Camburi e do Parque Estadual estiveram percorrendo todo o trecho da estrada verificando “in loco” as prioridades para eliminação dos pontos críticos que impedem o tráfego de veículos. Para o prefeito Paulo Ramos “ trata-se de uma vitória dos moradores e da persistência da Prefeitura que em nenhum momento perdeu de vista o alcance social da estrada para tirar aquela comunidade do isolamento”. Para o secretário de Obras, caso o tempo colabore, a restauração com asfalto a frio poderá estar concluída em 10 dias aproveitando a drenagem natural existente. (Fonte: ACS-PMU)

Prefeitura e Sabesp definem restauração de ruas

Ubatuba - O mau desempenho das empreiteiras da SABESP no tocante a recuperação do asfalto das ruas de Ubatuba tem obrigado a Prefeitura, por meio da Secretaria de Obras, a cobrar sistematicamente a estatal para recompor o pavimento. As reclamações dos moradores são muitas e a situação chegou a um ponto crítico. Durante este ano a Prefeitura chegou a interditar uma empreiteira da estatal mediante o compromisso da execução das obras de recuperação. Nesta semana, a inspeção foi feita na rua Basilio de Moraes Cavalheiro, no Itaguá, onde além de não repor o asfalto foi detectado um Posto de Visita com vazamento de esgoto. A Sabesp comprometeu-se a executar as obras até o dia 20 de dezembro. Outro ponto objeto de abordagem da Prefeitura foi na rua Guaicurus, próximo a ponte sobre o Rio Lagoa, onde uma empreiteira da SABESP danificou o sistema de drenagem existente. A Prefeitura vem fazendo os reparos que na verdade são da competência da empreiteira. (Fonte: ACS-PMU)

Ubatuba tem saldo positivo no final do ano

Ubatuba - As realizações da Prefeitura de Ubatuba atingem o município em diferentes setores com reflexos na infra-estrutura e no desenvolvimento social. Desde o portal de entrada da cidade, na Tabatinga, na Região Sul, até a a estrada do Camburi , no outro extremo, que poderá ter os pontos mais críticos recuperados em caráter emergencial, após autorização das entidades ambientalistas, há uma preocupação permanente em criar condições de progresso.
Guias, sarjetas e ruas asfaltadas na área central já dão idéia de como a cidade poderá ser modificada para muito melhor. Os transtornos com as obras logo terão sua compensação em matéria de conforto e segurança para o pedestre, motorista e ciclista. A última etapa da urbanização da Praia Grande e do trecho do final da Praia do Itaguá, até o rio Acaraú e a ciclovia ligando o Perequê-Mirim ao Saco da Ribeira estão em fase final. Enquanto isso, prosseguem a ubanização da orla da praia do Perequê-Açu, estrada do Cais, avenida Manoel de Nóbrega, em direção ao trevo do Indaiá e Centro Cultural do Almada. O bairro do Ipiranguinha recebeu asfalto na rua Frei Tarcísio, Babaçus e Educação, no Parque dos Ministérios e a construção do calçadão da Praça Irmã Sofia, ao lado da Igreja N. S. de Fátima, além de um campo de futebol no Vale do Sol. A primeira creche comunitária, administrada por uma cooperativa de mães também foi inaugurada. O Bela Vista teve 4 ruas asfaltadas, a escola ampliada e uma nova ponte de acesso foi concluída. O asfalto na rua Flamengo e Fluminense, na Estufa II garantem um melhor acesso para o Sesmarias. A limpeza, aterro e cascalhamento em várias ruas da Estufa II deram nova vida ao bairro. As obras para construção das escolas da Marafunda, Perequê-Mirim e Saco da Riveira foram licitadas estando já murada a área para a escola do Perequê-Açú. O Taquaral conta com uma nova escola com quadra coberta e a Estufa II com 4 novas salas e um ginásio coberto. Nove associações de bairros já receberam 450 placas de identificação de ruas para orientar o morador e o visitante. Os pacientes da Saúde Mental e o pessoal da terceira idade ganharam espaço na Piscina Municipal. As obras de ampliação do Posto de Saúde estão em andamento. O título nacional de “ Prefeito Empreendedor”, conferido pelo SEBRAE, resultado do trabalho de criação de 7 cooperativas colocou Ubatuba em 7o lugar quanto á geração de empregos.Outras 3 estão em formação. A captação de água para os bairros do Cambucá e Recanto do Itamambuca, antigo Pau Seco, resolveu um problema crônico daquelas comunidades. A parceria com os moradores permitiu ainda que o Morro das Moças hoje se apresente como um bairro calçado e urbanizado.Cultura e folclore marcam presença nos cursos e eventos no Casarão do Porto e Igreja Matriz.
O prédio do Fórum, na Estufa II, tem prazo para conclusão em abril do próximo ano e o Centro de Convenções e Eventos ganhou uma área do Aeroporto. O asfalto na estrada Rio Escuro-Monte Valério preserva o meio ambiente e já é uma nova opção para o tráfego das praias da Região Sul durante a temporada de verão.
Finanças em dia - Além do pagamento dos fornecedores em dia, a Prefeitura de Ubatuba já tem disponibilidade financeira para o pagamento da segunda parcela do 13o do funcionalismo municipal do junto com o salário de novembro. Na primeira sexta-feira de dezembro será pago o salário do mês e, antes do Natal e Ano Novo, o último pagamento do exercício de 2003. “ Adotamos uma política de austeridade dos gastos financeiros e priorizamos a folha de pagamento, o seja, os gastos fixos e seus encargos. Os direitos do trabalhador estão garantidos”, diz o prefeito. Em dezembro, a Prefeitura de Ubatuba coloca no comércio local cerca de R$ 5 milhões apenas com o pagamento do servidor. (Fonte: ACS-PMU)

Ubatuba inaugura recanto especial para lazer

Ubatuba - A passarela e a ciclovia na ponte sobre o Rio Grande de acesso ao bairro do Perequê-Açu e Região Norte, os 5 decks para pescadores e a reforma do farol da barra serão inaugurados na próxima sexta-feira, 19, a partir das 18h00. Além disso, a cidade ganha uma árvore de Natal iluminada sobre o Farol da Barra que será montada pela Fundart. A fundação programou uma apresentação musical especial incluindo a Lira Padre Anchieta.
O novo espaço, um dos mais bonitos e marcantes da cidade, sofreu uma completa urbanização que vai desde a construção da Ponte Tio Migué, de acesso a Ilha dos Pescadores, 5 decks para pescadores , iluminação da praça ao lado barra dos pescadores e conclusão da passarela para pedestre e ciclovia na ponte. A ciclovia permite a continuidade da pista que tem início na av. 9 de julho. A base do farol foi reforçada com nova estrutura de concreto e o acesso, bem como os bancos, foram reformados garantindo a presença de turistas que tem ao seu dispor uma vista espetacular da baia e da cidade de Ubatuba. (Fonte: ACS-PMU)

Verão Gospel em Ubatuba

Ubatuba - Aconteceu na última terça-feira, no auditório da Secretaria de Assistência Social da Prefeitura de Ubatuba, entrevista coletiva que reuniu os organizadores do evento “Verão Gospel em Ubatuba”.
Estiveram presentes a Bispa Sonia Hernandes diretora da Rádio Manchete-Gospel, Rede Gospel de Televisão e Vice-presidente da Fundação Renascer; Fernanda Hernandes, Apresentadora do Programa Clipe Gospel; Vladmir Alves, Produtor do Clipe Gospel e Sandra Bolognini, coordenadora de eventos; além de autoridades locais: Pastor Edson Alves, Secretário de Promoção Social; Sergio Luiz Alves Carvalho, Secretário de Turismo e o Prefeito Paulo Ramos de Oliveira.
O Verão Gospel segundo o produtor, Vladimir Alves, será um grande evento. “Aguarda-se para a noite do dia 20 de dezembro mais de 15 mil pessoas na Avenida Iperoig”, disse Alves. Além disso, cinco ônibus estarão trazendo mais de 20 atrações para o evento entre cantores e bandas. Estima-se um total de 500 pessoas entre artistas, produtores e equipe técnica estarão envolvidos nesta produção.
O verão gospel, segundo os organizadores terá as seguintes atividades:
De 17 a 19 de dezembro, a equipe estará fazendo tomadas em vários pontos turísticos de Ubatuba, praias, cachoeiras, trilha, etc.
No dia 20 das 8:00hs as 18;00hs no canto da Praia do Tenório, lado sul de Ubatuba, estará acontecendo a gravação do Programa Clip Gospel que será levado ao ar durante todo o mês de Janeiro e Fevereiro pela Rede Gospel de Televisão pelos canais 28 da Net, 25 da TVA, 97 da TVA/Canbrás para todo o ABC e Litoral, canal 53 UHF em São Paulo, canal 44 UHF em Itapetininga/SP canal 50 UHF/RJ e via satélite para todo o Brasil. Também transmitirão o evento a Rádio Manchete Gospel e, pela internet no site igospel.com. br.
A partir das 20:00hs, na Avenida Iperoig estará acontecendo o Primeiro SOS da Vida de Ubatuba. Bandas de destaque nacional estarão se apresentando num grande palco, com muitos Watts de som e luz. Este evento será apresentado pela Rede Gospel de TV na virada do ano.
Mara Maravilha, Praise Machine, Soraya Moraes, DJ Alpiste, X-Barão, Os Peregrinos, Salgadinho (ex-katinguelê), Marcelo Aguiar, Fernando Cester, FLG, Renascer Praise, Apelo e Katsbarnea serão algumas das atrações que estarão sendo apresentadas nesta grande noite Gospel.
Para o prefeito Paulo Ramos a “cidade ganha um grande evento com divulgação nacional por rádio, internet e TV”. O prefeito ressaltou ainda que “os eventos gospel são muito tranqüilos e isto também é muito positivo para cidade”.
A prefeitura de Ubatuba, a Secretaria de Promoção Social e Secretaria de Turismo estão trabalhando e dando total apoio para a realização do evento que deverá mobilizar a comunidade evangélica não só do litoral, mas também de todo o Vale do Paraíba. (Fonte: ACS-PMU)

Prova Natatória da 4º Etapa do 7º Circuito Ubatuba de Águas Abertas

Ubatuba - Será realizada pela Prefeitura Municipal de Ubatuba, através da Secretaria de Esportes e Lazer, Associação de Mães de Atletas da Natação (AMAN), Sociedade Amigos do Lázaro e as empresas locais de Ubatuba: Distribuidora de Águas Assai, EMI Embalagens, UBADESKLIMP, Auto Posto Utiyama, Ubatuba Automóveis, Ideal Contábil, Djalma Auto Peças, Zeus Informática, Casa Fernandes, Hotel São Charbel, Djalma Auto Center, Móveis Teixeira Leite, Otto Motos, Ismael Comida Caseira e Art Screen a 4º Etapa do 7º Circuito Ubatuba de Águas Abertas, neste domingo, dia 14 de dezembro, a partir das 10:00 horas, na Praia do Lázaro.
Segundo a organização do evento, é esperada média de aproximadamente 300 atletas, distribuídos por clubes do Litoral Norte, Vale do Paraíba e São Paulo.
Esta será a ultima etapa do circuito, onde serão premiados os três melhores atletas de cada categoria.
As provas do Circuito, atendem atletas de 07 anos até atletas com mais de 50 anos, de ambos os sexos, com percursos que são distribuídos em: 250, 500, 1000 e 3000 metros.
A Secretaria de Esportes e Lazer, agradece antecipadamente a todos os envolvidos direta ou indiretamente no 7º Circuito Ubatuba de Águas Abertas. (Fonte: ACS-PMU)

Pirão Geral - Final de ano

Ubatuba - O Movimento Cultural Pirão Geral em Ubatuba tem sido o prato principal de vários domingos desde o mês de junho. Os ingredientes: arte, artesanato, música, cidadania, teatro, literatura, dança, culinária e cultura-popular têm sido mexidos por várias mãos. Temperado por artistas de Ubatuba o Pirão vem apimentando a vida do centro antigo da cidade.
Neste mês de dezembro a lenha já está atiçada.
Programação especial / dezembro:
Dia 14 - PIRÃO LITERÁRIO - Lançamento do Livro “PIRÃO 2003” da Confraria dos Escritores de Ubatuba, com obras de vários autores.
Dia 21 - PIRÃO ESPECIAL DE NATAL - Coral com Músicas Natalinas. Shows Infantis. Recreação. Oficinas para Crianças.
Presença do Papai Nhõel.
Dia 28 - PIRÃO DE ANO NOVO - Grande Festa de encerramento do ano.
Em todos os domingos: Feira Livre Cultural, Shows, Recitais, Performances e Danças Populares.
NA PRAÇA NÓBREGA (ao redor da Cadeia Velha) a partir das 10 horas, no centro de Ubatuba. (Fonte: Revista Local)

Compromisso com a Comunidade

Ubatuba - Conforme nossos diversos contatos mantidos, estamos encaminhando nosso documento oficial (vide anexo) que foi devidamente enviado a SETUR/COMTUR, via “AR”, que acreditamos é por si só explicativo.
Seguindo a filosofia da TGi de compromisso em tudo o que fazemos, entendemos que a referida carta, é uma satisfação a comunidade que recebeu nossa proposta com entusiasmo e depositou sua credibilidade em nossa Empresa. Quando de nossa apresentação, acreditamos ter deixado claro a necessidade de um COMPROMETIMENTO dos munícipes / associação comercial tendo nosso exemplo na época sido um dos obstáculos que efetivamente enfrentamos em nossa caminhada. Em nosso documento, ratificamos todas as nossas ponderações, sempre com o intuito de transformar para melhor a nossa UBATUBA que a cada visita aprendemos a amar...
Aproveito para destacar uma frase de Freud que nos motiva a trabalhar com o objetividade / foco e devemos levar em consideração para a transformação de Ubatuba no produto de qualidade que ela merece ser.
“NÃO PODERIAMOS SER MUITO MELHORES SE NÃO QUIZESSEMOS SER TÃO BONS”
Abraços,

Vinícius Câmara de Vasconcellos
TGi Produções e Eventos
São Paulo, SP

Prefeitura Municipal E. B. de Ubatuba
SETUR - Secretaria de Turismo
Avenida Iperoig, 331 - Centro
11680-000 - Ubatuba - SP


Ilustríssimo Senhor Sergio Luiz Alves de Carvalho
Secretário de Turismo - PMEB de Ubatuba

Ilmo. Sr. Sergio de Carvalho,

Inicialmente gostaríamos de ratificar nossos agradecimentos em ser uma das Empresas qualificadas para Organizações e Elaborações diversas, as quais incluímos a Ação de Verão do corrente ano.
Na ocasião, fomos informados por esta Secretaria, que, o desenvolvimento do evento de verão, deveria ser disponibilizado por recursos privados, tendo em vista a indisponibilidade de recursos que o Município e esta Secretaria, conseqüentemente enfrentam.
Mesmo assim, nossa Empresa investiu nesta possibilidade, colocando nossa estrutura a disposição no que tange à CRIAÇÃO e ELABORAÇÃO de projeto, assim como, atuando com nossos profissionais na tentativa de CAPTAÇÃO DE RECURSOS junto as Empresas as quais possuímos relacionamentos diversos. Isto somente ocorreu, tendo em vista a conduta sempre descente, honesta e comprometida com as necessidades dos munícipes e com os conceitos éticos, demonstrando o profissionalismo em tudo o que se apresentou por parte de V.Sas..
É de V. conhecimento, tendo já sido retratado em diversas oportunidades, as dificuldades que estávamos tendo na referida captação de recursos, por diversos motivos, dentre eles citamos;
- Liberação por parte de comerciantes locais na divulgação de empresas / serviços, sem o comprometimento com o Evento;
Resultado: Indeferimento da aprovação de patrocínio global - Custo x Beneficio
- Falta de Informações Municipais - no que se refere ao “target” com dados de relevância no mundo corporativo tais como: Perfil do Público, Classe Social, Faixa Etária, Consumo Per Capta, etc., oferecendo dados para firmar objetivos por parte do Patrocinador;
Resultado: Indeferimento da aprovação de patrocínio global - Falta de FOCO.
- Falta de Compromisso Municipal - com relevância neste caso, sofremos com injúrias e difamações maldosas por parte de alguns integrantes do Poder Público Municipal e por parte da Oposição, na tentativa de dissuadir-nos de nosso objetivo, demonstrando compromisso pessoal/político, maior que com o Município e sua comunidade.
- Descrença - das Empresas contatadas quanto a credibilidade de Ubatuba, motivados pela “inércia” nos últimos anos e pelas “condições informais” em que conseguem liberações para ações pontuais, tais como: Sampling, Mídia Expontânea Local, Ações impactantes, promoções, blitz, etc.
- Dentre outros atos e fatos.
Por todos estes acima apresentados, tornou-se inviável a execução do projeto em pauta, o que muito nos entristece, tendo em vista que nosso envolvimento além de profissional, se torna pessoal, pois sou um freqüentador assíduo de Ubatuba a mais de 25 anos, eleitor e possuindo preciosos amigos além dos que fiz nos últimos meses, o que me motivou a um maior comprometimento com todos aqueles que torceram por nossa Empresa que tem como alguns de seus preceitos básico a ética, a lisura e o profissionalismo em todos os nossos atos.
ACREDITAMOS EM UBATUBA. Que isso fique muito claro. O passado não representa o futuro, e sim exemplifica e nos oferece subsídios para o seu direcionamento. Seu excelente profissionalismo, ameniza o fato de não “ser” de Ubatuba, e, na minha opinião até facilita, pois como diz o jargão, “quem está de fora, enxerga melhor que os de dentro”. Isso é representado em suas atitudes, podendo exemplificar com a implantação do PNMT - Programa Nacional de Municipalização do Turismo, que vem a concretizar o sonho de ter uma “Comunidade ParticipATIVA” no direcionamento das ações do município, tendo hoje 138 membros credenciados e direcionados para um futuro melhor.
Gostaria de ratificar também, que nunca existiu de nossa parte o sentimento de derrota ou mesmo falta de empenho, independentemente de apoio direto e constante, pois atuamos com uma equipe qualificada e com foco nas necessidades do Município, entretanto, tudo tem seu limite.
Sendo só, aproveito para expressar nossas sinceras estimas, ratificando nosso compromisso em ser uma Empresa que se esforçará em auxiliá-lo em sua batalha diária que aprendemos a conhecer.
Sucesso!!!
Atenciosamente,

Vinicius Câmara de Vasconcellos
Diretor Executivo - Mkt & Sales
eventos@tgieventos.com.br


Artigos Topo

De novo? É perseguição?
Angelo Nogueira

Toda vez que é feita uma reportagem sobre turismo no Litoral Norte, Caraguá se dá mal. No ano passado, o jornalista Ricardo Freire deixou-nos revoltados quando sugeriu ao leitor da revista Viagem e Turismo: “Faça de conta que Caraguá não existe”. Agora foi a vez da repórter Gabriela Erbetta que, assessorada pela equipe do Guia Quatro Rodas, nem sequer citou Caraguá num roteiro turístico, que vai de Ubatuba a Peruíbe, publicado pela revista Veja São Paulo, em 03/12/03. Alguém não entende nada de turismo: ou eles ou nós.
Digo a mim mesmo que o melhor a fazer é tentar engolir a raiva do primeiro momento, pois o bom senso manda pensar com a razão e não com a emoção. Sugiro aos nossos representantes que façam o mesmo.
Da outra vez, gritamos e a revista pediu desculpas. Na prática, não fez a menor diferença, mas acalentou alguns brios. Desta vez foram mais espertos, mas não menos eloqüentes: não falaram mal, apenas ignoraram nossa existência. Reclamar de quê?
Com a raiva ainda entalada na garganta, decido fazer uma pesquisa em outras publicações do gênero. Piorou! Achei a carta de uma turista de São Paulo dizendo “...o trecho de Caraguatatuba está feio e sujo. A viagem vale porque as vizinhas São Sebastião e Ubatuba são sensacionais.”
Dou uma espiada no Guia Quatro Rodas, porque deste não fica fora ninguém. O que diz? De Flexeiras a Camaroeiro - metade de nossas praias - os rios e mangues deixam as “águas turvas e o fundo lodoso”. Faço minha defesa : mas eles favorecem a pesca! Aí me lembro dos boletins da Cetesb, que constantemente apontam essas praias como poluídas pelo esgoto doméstico. Ih! Bem, ainda sobra a vista, ou melhor, sobrava. Segundo um leitor deste jornal, morador em São Paulo e freqüentador da região, nossa cidade “será séria candidata ao Guiness por dois motivos”: a Praia do Centro, será a única avenida à beira mar, de onde não se vê o mar e a Martim de Sá será a única praia onde os banhistas não poderão usufruir o sol.
É! Parece que não é apenas aos jornalistas que falta sensibilidade para admirar as obras de concreto erguidas na praia: temos pista para bicycross, toboágua, ambos devidamente cercados com muro e alambrado - uma beleza! -, pista de skate, vastas extensões cimentadas..., tem até quiosque com “puxadinho”! Alegam, ainda, que prédios altos descaracterizam a paisagem de nossas melhores praias e acham um absurdo aterrar mangues e fazer desmatamento para construir condomínios. Uma injustiça! Só percebem as manchas e o cheiro de combustível deixados pelos diferentes tipos de embarcações que ocupam o lugar dos banhistas, nas poucas praias com águas outrora limpas e calmas.
Temos 16 praias, numa orla de 40Km, enquanto São Sebastião tem 34 e Ubatuba 40, com 100Km de orla cada uma. Por questões geográficas, apenas metade das nossas praias poderiam ser, de fato, aprazíveis. Destas, a maior parte tem sido alvo de toda sorte de agressões contra o meio ambiente. Que destino daremos ao que resta?
Chega! Ou vou acabar defendendo não a construção de um Cadeião, mas de um complexo penitenciário nos moldes de Bangu. Garanto que não seríamos esquecidos! Ocuparíamos sempre um lugar de destaque na mídia.

Angelo Fonseca Nogueira Junior
Caraguatatuba, SP
E-mail:
angelonogueira@modulo.br



Urbanização da Praia Grande, a hora e a vez do Município?
Renato Nunes

A Praia Grande, devido à qualidade de suas ondas, beleza local, proximidade do centro e passagem obrigatória, transformou-se num dos pontos mais procurados de Ubatuba. Atraiu barracas impróprias que vendiam bebidas e frituras, logo transformadas nos atuais quiosques, protegidos por lei, pelos poderes executivo e legislativo. Atraiu também a especulação imobiliária, o adensamento irregular, a irresponsabilidade dos construtores, o mato, a imundice, os buracos nas “ruas”. E atraiu milhares e milhares de automóveis obrigados a estacionar junto aos quiosques, quase na areia, incentivados pelos quiosqueiros amparados pela Prefeitura através da pseudo Companhia Municipal de Turismo.
Só não atraiu o planejamento, a urbanização e o saneamento porque estas são ações que limitam os privilégios em favor do bem coletivo. Prevaleceram os privilégios pessoais e de curto prazo. A orla é dos automóveis, o início da areia é dos quiosqueiros completamente tomado por suas mesas, a zona intermediária é dos shoppings ambulantes, e a beira d’água é da multidão que se espreme, anda e rola na água rasa.
E a rodovia, vítima da eterna negligência do DER quanto ao mau estado dos acostamentos, congestiona-se numa interminável fila de espera enquanto os banhistas motorizados furam o fluxo contrário para entrar nos bolsões de estacionamento da COMTUR em busca de alguma vaga ao lado dos imensos latões de lixo.
Houve gente que já morreu na ambulância retida nesse congestionamento. Houve gente que já brigou e foi parar na delegacia porque, de pacato chefe de família, transformou-se num monstro louco. Houve gente que já foi multada pelos policiais do DER que flagraram o infeliz num momento de desespero ultrapassando em faixa dupla, uns banhistas bêbados que sambavam com as banhas de fora, latinha de cerveja na mão e chapéu de cawboy, empoleirados na caçamba de sua caminhoneta “rurar”, quase parada para que todos pudessem “curtí” a música que emitiam em altíssimo volume.
Apesar disso a Praia Grande resiste.
O lançamento direto dos esgotos in natura sinalizava a perda da qualidade do mar e do alto valor imobiliário das ricas propriedades. Os moradores reagiram à criminosa inércia política e administrativa da SABESP, cotizaram-se, criaram uma cooperativa e implantaram lentamente, com seus próprios recursos e segundo um projeto tecnicamente bem elaborado e orçado, uma rede coletora e uma estação de tratamento moderna, em dois módulos para que pudesse ser construída em etapas. O dinheiro vinha aos poucos, porém, não havia desperdício nem sobrepreço. R$1.300,00 em 1995, em doze parcelas, hoje R$2.000,00, o preço da cota por unidade, independente do seu tamanho.
Ganhar a confiança dos inúmeros proprietários foi um longo processo pilotado pela integridade, firmeza e dedicação do Sr. Álvaro Campos, auxiliado por uns poucos diretores da cooperativa. 70% dos proprietários da Praia Grande acreditaram que era possível e transformaram-se em cotistas, pagaram. Com seus recursos construiu-se a quase totalidade da rede, o primeiro módulo da estação de tratamento e parte do segundo.
Sua conclusão depende agora dos recursos dos proprietários restantes. O trecho que falta da rede coletora deve ser implantado a 4 metros de profundidade, na areia, em meio ao lençol freático, devido a longa distância percorrida pela tubulação com a declividade necessária, a partir do início da rede. O custo do metro linear nessas condições é muitas vezes mais alto do que os custos dos trechos iniciais, implantados em cota rasa e pequena interferência das águas de subsolo. A esse trecho faltante quando pronto, deverá ser agregado mais um sistema de bombas e concluído o módulo final da estação de tratamento.
A composição atual dos proprietários da Praia Grande é crítica e dividida.
Há os que pagaram e estão sendo servidos pela rede; há os que pagaram e, por estarem situados nas ruas onde a rede deverá ser profunda, ainda não foram por ela servidos; há os que não pagaram e, amparados na legislação federal que obriga o poder público a fazer as ligações de esgoto domiciliar se houver rede coletora na frente da casa, fizeram as ligações com a força de uma liminar, apesar das advertências de que, estando a estação de tratamento incompleta, o sistema entrará em colapso na temporada que se aproxima; e há os que não pagaram e se preparam para solicitar suas ligações à rede fundamentados no êxito da primeira decisão judicial nesse sentido, que determinou a ligação imediata de 112 unidades do condomínio que moveu a ação contra o pagamento da cota, independente da possibilidade técnica e da injustiça causada àqueles cotistas iniciais, cujos recursos viabilizaram a construção da rede que agora querem utilizar, no peito.
Essa diversidade de interesses extrapolou o micro universo das sociedades de bairro da Praia Grande, alimentou-se da indecisão e desinformação de alguns vereadores e está prestes a cancelar um altíssimo investimento a custo zero para o município destinado a fazer a urbanização completa da orla, duplicação das pistas com três faixas de circulação de veículos em cada sentido, calçadões, ciclovia, postos de serviço, de atendimento médico, policial, amplos sanitários, pontos de ônibus protegidos do sol, jardins, critérios de uso e normas para vendedores e ambulantes.
O que poderá acontecer - Cogita-se, há muito tempo, fazer a urbanização da Praia Grande com recursos da iniciativa privada. Editou-se, para esse fim, uma lei em 2002 que autorizava o Poder Executivo a conceder permissão administrativa de uso de área pública às Sociedades Amigos de Bairro daquela praia para que livremente procurassem as parcerias necessárias sem, entretanto, definir quais Sociedades, quantas, se novas ou antigas, ou se a urbanização pretendida seria na orla ou no interior do bairro.
Esta imprecisão proporcionou aos descontentes a condição da barganha chantageada. Afirmam que só concordarão com a urbanização da orla se os recursos da operação forem também aplicados em melhorias no interior do bairro, e levaram essa objeção aos vereadores.
Uma vez que cuidar de bairros não está nos planos dos investidores, foi criado o impasse que põe em risco o projeto, pois uma das condições exigidas pelas empresas patrocinadoras é que a iniciativa tenha total apoio da comunidade. Não querem brigas, situação evidentemente prejudicial à imagem que querem divulgar.
Elaborei o projeto de urbanização a convite dos diretores da cooperativa de saneamento da Praia Grande para que pudessem apresentá-lo aos investidores, que naturalmente queriam conhecer onde aplicariam seu dinheiro. As negociações estão sendo articuladas pela ABRESI - Associação Brasileira de Gastronomia, Hospitalidade e Turismo, com amplo respaldo da CNTur - Confederação Nacional do Turismo .
Para contornar o impasse sugeri emenda à lei que concede o uso das áreas públicas aos moradores locais, passando, pela emenda, a atribuir exclusivamente ao poder executivo através de lei normativa própria aprovada pela Câmara e unicamente na orla marinha, aquilo que a lei concedia genericamente às sociedades de bairro. Justifica-se a emenda porque na faixa fronteira ao bairro da Praia Grande circula todo a trânsito brasileiro que percorra a costa, além, obviamente, dos moradores de todo município em suas necessidades cotidianas. Por um princípio elementar de democracia, a decisão sobre a melhoria das condições da rodovia não pode ficar sujeita às conveniências de uma pequena minoria.
A Câmara Municipal estranhamente está dividida. O projeto de lei da emenda já foi retirado de pauta três vezes. Sente-se que os vereadores não querem contrariar os pequenos grupos de interesse local, mas, em contrapartida sabem que terão que conviver com a responsabilidade da eventual perda de um investimento que não custará nada aos cofres do município ou dos moradores. Se rejeitarem o projeto de lei, o investimento será cancelado.
Os estudos de Impacto Ambiental que obrigatoriamente levam em conta a opinião da maioria envolvida em determinada intervenção, servem para identificar seu efeitos negativos e evitá-los. No caso da Praia Grande, além do prejuízo para o turismo e da perenização das péssimas condições do trânsito, a atual Câmara Municipal terá também que conviver com o fato de ser a forjadora de uma curiosa inversão da democracia ao manter em pleno vigor o Grande Impacto Ambiental como o que ocorre hoje naquele local, sustentado desta vez pela opinião de pequena minoria.

Arquiteto Renato Nunes
Ubatuba / dez 2003

Carta do Leitor Topo

Jantar Dançante - A AAU (Associação dos Aposentados de Ubatuba) realizara no proximo dia 18/12 as 20,00hs um JANTAR DANÇANTE, com musica ao vivo. Convites na sede da AAU à rua Sebastião Benedicto da Rocha nº 95, tel 3832-5898.

A Diretoria
Associação dos Aposentados de Ubatuba


Vagabundagem - O meu querido amigo o famoso arquiteto ubatubense Léo Lerro está super revoltado com os últimos acontecimentos que envolvem a execução de um belíssimo projeto seu, uma residência na praia da Itamambuca. Trocado em miúdos: quando do habite-se o Léo verificou que outro arquiteto de São Paulo, com registro recente na cidade, havia assinado como Responsável Técnico (RT) junto a Secretaria Municipal de Arquitetura e Urbanismo de Ubatuba para a liberação do habite-se.
Inconformado e com parte de pagamento a receber já informou o CREA para as devidas providências legais, bem como deverá solicitar a intervenção do Ministério Público e da Polícia Federal já que o assunto pode envolver outras pessoas no trâmite de documentações na prefeitura local.
Querem saber! Estou horrorizado como diria o amigo Dr. Roberto Mamede. Chega uma hora que o cheiro parece sufocar a todos. A maracutaia está
de tal maneira que qualquer pé-de-chinelo se arvora em meter a mão, em tomar algum do primeiro incauto que apareça. Se é o cidadão comum tudo bem, pode até ser vigarista, pilantra, ladrão, faz parte. Mas, a partir do momento que pessoas da máquina pública se envolvem aí não dá. Pagar para ser roubado, assinar diploma de otário essa não. Se confirmado que houve a participação dessas pessoas no trambique aplicado no arquiteto Léo Lerro serei o primeiro a pedir pena de morte para os vagabundos.
Este país, esta Ubatuba tem que mudar! E vai mudar, uma hora nos livraremos dos boitatás e seus asseclas.

Ricardo Faria
São José dos Campos, SP


Convite - A Confraria dos Escritores de Ubatuba tem a honra de anunciar o lançamento do livro PIRÃO GERAL. É a nossa primeira edição anual e tem como objetivos a apresentação dos confrades e seus trabalhoscCom poesias, poemas, contos, crônicas, gravuras e desenhos, este livro é uma coletânea dos trabalhos de 30 dos confrades. Contamos com a sua presença e participação.
Dia 14 de dezembro de 2003 às 16:00 horas
Sebo/café Bambudevez - Rua Dr. Esteves da Silva, 246 - Centro - Ubatuba - São Paulo.

Confraria dos Escritores de Ubatuba
Ubatuba, SP

 

Foto do Dia Topo

Ubatuba

Praia do Cruzeiro Ubatuba

©2003 Emilio Campi
Praia do Cruzeiro


Para instalar a foto como papel de parede (wallpaper)
Clique na foto acima. Após carregar a foto ampliada, clique com o botão direito do mouse sobre a imagem e escolha "Definir como papel de parede" ou "Definir como fundo de tela". Para ajustar a imagem em tela cheia, clique em qualquer lugar da área de trabalho com o botão direito do mouse, escolha "Propriedades" / "Fundo de Tela" ou "Papel de Parede" / "Ampliar".

Arquivos:  Foto Saudade  -  Foto do Dia
 

Gaivota FM
Participe você também com seu comentário, crítica ou sugestão no programa
Estação Ubatuba c/ Tony Luiz
De segunda a sexta das 12 as 14 hs na Gaivota FM 104.9
Sempre com entrevistados diários e variados, falando sobre todos os temas
Ligue 3833.5550


 Faça seu comentário, crítica, opinião ou sugestão no Litoral Virtual:
Clique Aqui


Marcos Borges da Silva - artista plástico Mykonos Turismo

As notícias, fotos e cartas publicadas neste boletim são de inteira responsabilidade de suas fontes e autores,
não expressando necessariamente a opinião deste informativo. O envio de qualquer material para nosso e-mail
será considerado como autorizado a sua publicação e assumida a total responsabilidade pelo seu conteúdo.
As cartas devem conter nome completo, RG, endereço, telefone de contato e um e-mail válido.
Reservamos o direito de não publicar cartas que não contenham a devida  identificação do autor.


GRÁTIS!!
Receba as Últimas Notícias do Litoral em seu e-mail:

Quero receber GRATUITAMENTE o boletim Últimas Notícias do Litoral na versão:

Compacta (apenas as manchetes c/ Link)
Completa (todas as notícias na íntegra) 
e-mail:
Cidade:



Obs.: Você poderá cancelar o recebimento das notícias a qualquer momento.

Conheça as cidades do Litoral Norte Paulista:

Caraguatatuba Ilhabela São Sebastião Ubatuba

Litoral Virtual
O mais completo site do Litoral Norte Paulista na Internet
Sugestões, críticas e informações, entre em contato:
info@litoralvirtual.com.br

©1995/2001 Emilio Campi - Studio Maranduba - Direitos Reservados
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem a expressa autorização do autor