Litoral Virtual últimas notícias do litoral
Segunda-feira, 05 de janeiro de 2004 - Nº 942 Edições Anteriores

Barra da Lagoa Porto das Artes BIL

Região
Estado quer duplicar Tamoios até 2006
Verão, época propícia a várias doenças
Como evitar


Caraguatatuba
Turista vai à praia com tempo nublado
Tirolesa é atração na Prainha
Ondas de roubos e furtos na virada do ano assustam turistas
Polícia detém cinco em carro roubado há três dias
Usava farda falsa dos Bombeiros
Turista é baleado em frente a Hotel no Vapapesca
Casa abandonada é encontrada com droga e 16 pessoas dentro 
Armado com uma barra de ferro, agrediu policiais


Ilhabela
Ilhabela é a "capital" dos solteiros
Igreja faz 30 casamentos por ano na Ilha
Jipe despenca em ribanceira e fere dois em Castelhanos


São Sebastião
Corpo de jovem paulista aparece depois de dois dias em Cambury
Turistas e moradores pedem guarda-vidas fora da temporada
Fiscalização esvazia praia Brava
Polícia ouve depoimento sobre explosão
No primeiro dia do ano, chuva derruba árvores e causa alagamento
Navio de combate a derrames de petróleo será mantido no Canal
Curtinho” é preso na Costa Sul, embaixo da cama


Ubatuba
Trânsito confuso na Praia Grande
Ubatuba revê lei para construções
Entidades condenam liberação
Homem esfaqueia turistas
Arquiteto é roubado por carona em Ubatuba
Veleiro encalha em praia de Ubatuba

Seções
Carta do Leitor
Foto do Dia



Notícias da Região Topo

Estado quer duplicar Tamoios até 2006
Obra será financiada pela nova concessionária do sistema Ayrton Senna; gasto previsto é de R$ 300 mi

Litoral Norte  - O governo do Estado pretende duplicar o trecho de planalto da Rodovia dos Tamoios, que liga São José a Caraguatatuba, em uma parceria com a iniciativa privada, que deve investir R$ 300 milhões na obra.
A proposta é condicionar a concessão da exploração do pedágio do sistema Ayrton Senna/Carvalho Pinto às obras de duplicação da Tamoios.
A companhia vencedora da licitação também se comprometeria a estender a Carvalho Pinto até o entroncamento com a Rodovia Osvaldo Cruz, em Taubaté.
A previsão é que as duas obras sejam concluídas até o final de 2006.
O sinal verde para a concessão do complexo Ayrton Senna foi dado pelo PED (Programa Estadual de Desestatização) há dois meses.
Esse é o segundo lote de concessão de rodovias estaduais, que inclui outras estradas como Dom Pedro 1º, Marechal Rondon e parte da Raposo Tavares. A concessão deve variar entre 20 e 25 anos.
"No nosso desenho, a empresa ganhadora da concorrência, além de manter e operar o sistema Ayrton Senna terá como ônus, ao invés de pagar ao governo, duplicar a Tamoios", disse o secretário de Transportes, Dario Rais Lopes, em entrevista exclusiva ao ValeParaibano.
A 'novela' de duplicação da Tamoios se arrasta desde o primeiro mandato do ex-governador Mário Covas e foi novamente prometida por Geraldo Alckmin (PSDB) na campanha de 2002.
A Tamoios possui 93 quilômetros de extensão, sendo 19 quilômetros de trecho de serra. No início de dezembro o governo entregou as reformas no trecho de serra, que incluíram a implantação de terceira faixa em 16,6 quilômetros e a duplicação de outros 2,4 quilômetros, próximo ao trevo de Caraguatatuba.
ALTERNATIVA- Segundo o secretário Dario Rais, o governo ainda estuda uma alternativa ambiental para a duplicação do restante do trecho de serra.
Rais afirma que a média do volume de veículos que trafega na Tamoios não justifica a duplicação. "Ela só é viável pela sazonalidade e pela necessidade de melhoria de acesso ao Porto de São Sebastião."
O prefeito de Caraguá, Antonio Carlos da Silva (PSDB), disse que a parceria com a iniciativa privada é uma "solução inteligente", mas diz que preciso se melhorar também as condições da SP-55, no trecho que liga Ubatuba a São Sebastião.
"As obras devem ser combinadas para termos uma solução definitiva", afirmou.
INVESTIMENTO -A pasta de transportes terá um dos principais lastros para investimentos em 2004 entre as várias secretarias do Estado dentro do Orçamento aprovado para este ano que chega R$ 61,97 bilhões.
A previsão do secretário de Transportes, Dario Rais, é que os recursos possam superar os investimentos diretos do ano passado e em 2002, que ficaram em R$ 733 milhões e R$ 721 milhões, respectivamente.
O setor também conta com aportes financeiros indiretos que vêem principalmente das concessionárias de rodovias que investiram no ano passado cerca de R$ 1,1 bilhão. VALE

Verão, época propícia a várias doenças
Clima quente e exageros com a comida são principais responsáveis pelos males na praia durante a temporada

Litoral Norte - Os turistas devem ter uma atenção redobrada com a saúde no Litoral Norte para evitar as tradicionais doenças de verão. O clima quente e os exageros com a comida podem transformar as férias em "pesadelo", pois aumentam as chances de contrair várias doenças.
Segundo o médico Pedro Norberto, estão na lista das doenças mais comuns desta época do ano a desidratação, insolação, intoxicação alimentar e micoses.
Norberto afirmou que na praia o turista deve evitar a exposição direta ao sol devido ao risco de desidratação e insolação. É importante o uso do protetor solar. O fator de proteção indicado para a pele branca é 30 e para a morena é 15.
"O turista fica vários meses sem tomar sol e quando chega na praia fica o dia inteiro exposto. O ideal é freqüentar a praia antes das 10h e após as 16h. Para prevenir o câncer de pele, a pessoa também deve consumir legumes e verduras", disse.
Outro cuidado é em relação com os alimentos consumidos nas praias. O ideal é evitar produtos considerados pesados e frituras.
"No verão a pessoa deve ter uma alimentação mais saudável, ingerir três litros de água por dia e evitar o consumo exagerado de álcool, que pode causar a desidratação", disse.
A micose também é considerada a vilã do verão. Para escapar da doença os cuidados principais são evitar os rios que deságuam no mar, não expor a pele direto na areia e verificar as condições de balneabilidade das praias.
"A pessoa deve colocar uma toalha antes de sentar na areia pois o local por estar contaminado pelas fezes e urina de animais domésticos", disse.
HOSPITAL - A administradora da Casa de Saúde Stella Maris, irmã Silvia Helena, disse que na temporada aumenta o número de pacientes por causa das doenças de verão.
"Temos grande movimento em janeiro. Nesse período é comum o atendimento de pessoas com insolação, queimaduras na pele por causa da exposição ao sol, febre, diarréia, intoxicação e micoses", disse.
O hospital não informou quantos pacientes com essas doenças são atendidos no período. (Fonte: ValeParaibano)

Como evitar

Desidratação:
- Evitar bebidas alcoólicas em excesso
- Evitar sol das 10h às 16h

Insolação:
- Usar protetor solar antes de ir à praia
- Beber água várias vezes ao dia
- Evitar exposição direta ao sol

Intoxicação:
- Evitar frituras e comidas pesadas
- Evitar alimentos com maionese
- Comer frutas, verduras e legumes

Micoses
- Usar toalha ou canga antes de sentar na areia da praia
- Não nadar em rios que desaguam no mar
- Não levar animais domésticos nas praias
- Evitar praias impróprias para banho

Principais Sintomas
- Desidratação e insolação: febre alta, dor de cabeça, ressecamento na pele e boca
- Micoses: manchas na pele
- Intoxicação: diarréia, dor no corpo e estômago (Fonte: ValeParaibano)

Notícias de Caraguatatuba Topo

Caraguatudo Albatroz Pousada

Turista vai à praia com tempo nublado

Caraguatatuba - O movimento nas praias de Caraguatatuba foi intenso ontem após dois dias de chuva. Mesmo com o tempo nublado, os turistas aproveitaram o primeiro final de semana do ano para relaxar e tomar banho de mar. As praias Indaiá, Centro e Martin de Sá, estavam lotadas ontem de manhã.
O estudante de São José dos Campos Jailson Oliveira Santos, 15 anos, disse que resolveu ir à praia para aproveitar o final de semana, mesmo sem sol. "Espero que faça bastante sol amanhã (hoje)", disse.
A estudante Giseli da Silva, 18 anos, de Guarulhos (SP), disse que saiu de casa para aproveitar a praia pois iria embora ontem à noite. "Nos últimos dias choveu e estava frio. Como o tempo está melhor quero aproveitar a praia", disse.
O estudante Eric Albert Cunha, 15 anos, de São José, disse que sua esperança é que faça muito sol amanhã. "Não deixei de ir à praia ontem (anteontem) por causa da chuva. Espero que faça muito calor nos próximos dias", disse. (Fonte: ValeParaibano)

Tirolesa é atração na Prainha

Caraguatatuba - Os turistas que gostam de esportes radicais poderão curtir durante a temporada de verão uma tirolesa que foi instalada na Prainha em Caraguatatuba. A tirolesa, que tem 40 metros de altura, está atraindo centenas de pessoas por dia.
Segundo o instrutor Israel Brandão, o equipamento é instalado entre a costeira e a praia. Na descida pelo cabo de aço, a pessoa cai direto na água. Cada descida custa R$ 5 e pode ser feita por qualquer pessoa a partir de 5 anos.
A estudante de Guarulhos (SP), Daniela Belasco, 14 anos, e seu irmão Bruno Belasco, 11 anos, disseram que adoraram descer pela tirolesa.
"É muito legal a descida e a emoção é maior quando chega na água", disse Daniela.
Bruno afirmou que ficou com frio na barriga ao ver a altura do cabo de aço. "Adorei a tirolesa. É muita adrenalina descer amarrado somente por um cabo e cair direto no mar", disse. (Fonte: ValeParaibano)

Ondas de roubos e furtos na virada do ano assustam turistas

Caraguatatuba - Entre o último dia de 2003 e o primeiro de 2004, roubos e furtos assustaram os turistas em diversos bairros. O mais comum foi o furto de carteiras com documentos, dinheiro, celulares e até roupas de banhistas.
Dentre as ocorrências do dia 31, há a do engenheiro M.A.F.P., que veio de São Paulo passar o reveillon na cidade. Ele encontrou a janela aberta do quarto da casa de veraneio no bairro Porto Novo, de onde foram roubados seus documentos, R$ 200,00 em vale refeição, R$ 70, 00 em dinheiro e talão de cheques.
A assistente comercial G.B., 29 anos, residente de Indaiatuba, também teve arrombada a janela da casa de veraneio no bairro Martin de Sá, de onde foram furtados documentos pessoais, cartões de banco, roupas, sapatos, um aparelho de som e R$ 100,00 em dinheiro.
O comerciante C.P., 52 anos, morador do bairro de Parada Inglesa, na capital, foi roubado por dois indivíduos – um deles encapuzado - que invadiram a casa no bairro Martin de Sá, renderam as seis pessoas que lá estavam e que foram ameaçadas pelo ladrão encapuzado com uma pistola. Foram roubados celulares, R$ 200,00 em dinheiro, documentos pessoais, relógios e roupas.
Até mesmo o policial militar J.M., 27 anos, morador da cidade de Monte Aprazível, diz que ao chegar na casa de veraneio, no bairro Barranco Alto, se deparou com três ladrões que estavam de bicicletas e que com um revolver renderam as três pessoas que estavam na casa, roubando R$ 220,00 em dinheiro, um anel de ouro e cartões de crédito.
O morador de Itatiba F.N., 31 anos, diz que estava na cachoeira do Canta Galo quando percebeu que sua ‘pochete’, contendo R$ 80,00 em dinheiro, além de documentos pessoais e do carro foram furtados.
Já, no dia 1º deste ano, o açougueiro R.L.S., 22 anos morador de Jacareí, encontrou o vidro de seu carro Escort quebrado. Foi furtado o toca CD do carro, uma bolsa com documentos e R$ 30,00 em dinheiro.
O auxiliar de produção E.M.P., 21 anos, também morador de Jacareí, foi roubado por dois ladrões enquanto caminhava com sua namorada, G.L.C., na orla da praia Martin de Sá. Um dos ladrões estava com um revolver e roubou a ‘pochete’ de E., que continha chave do carro, R$ 180,00 e documentos.
O turista J.A.M. diz que a casa de veraneio na praia Martin de Sá, que ele havia alugado, teve a porta dos fundos arrombada, de onde furtaram documentos, celulares, capacetes e roupas. 
As bancárias D.M.C.T., 28 anos e F.M.P., 22 anos, ambas moradoras do bairro Jardim Bonfiglioli, em São Paulo, estavam chegando perto de seu carro, placas DAI 0502, de São Paulo, quando dois ladrões se aproximaram e com uma arma roubaram carteiras, celulares e cartões de crédito. (Fonte: Imprensa Livre)

Polícia detém cinco em carro roubado há três dias

Caraguatatuba - Em pleno centro da cidade, na Avenida da Praia - Arthur da Costa Filho, a polícia desconfiou de cinco pessoas que estavam dentro de um Tempra vermelho. Nada foi encontrado com os cinco, mas ao verificar a placa e o chassis do carro, foi descoberto que o carro havia sido roubado no dia 29 de dezembro, na cidade de São José dos Campos.
Quando a polícia pediu os documentos do carro, o estudante V.T.S., 18 anos, apresentou papéis no nome de Jéferson Morais de Souza, que foi roubado no dia 29 e não reconheceu os ladrões. V. possui passagem por assalto à mão armada. 
Já na delegacia, em vistoria minuciosa, a polícia encontrou um revolver niquelado com sete cápsulas intactas, dentro de um tênis. 
O delegado Fabio José Lelles encaminhou a desempregada S.S.F., 21 anos para a cadeia de Ubatuba e o comerciante W.N.R., 29 anos, ficou detido na cadeia de Caraguá. Ele possui passagem por extorsão me-diante seqüestro. (Fonte: Imprensa Livre)

Usava farda falsa dos Bombeiros

Caraguatatuba - W.P.S., 30 anos foi desmascarado pelo bombeiro militar J.B.F., 36 anos, que embarcou no mesmo ônibus circular que ele estava.
J. verificou detalhes na farda de W. que o desclassificavam. Ao chegar na rodoviária, J. questionou W., que alegou ser bombeiro civil. Eles foram para a Delegacia, onde W. foi autuado por uso indevido de uniforme. (Fonte: Imprensa Livre)

Turista é baleado em frente a Hotel no Vapapesca

Caraguatatuba - O turista F.M.V., 26 anos, foi baleado na noite do dia 31 de dezembro, por um desconhecido que fugiu. Dos três tiros que foram disparados, dois acertaram F, sendo um no abdome e outro no tórax. 
Ele foi socorrido por uma viatura da Polícia, que passava em frente ao Hotel San Sebastian, no bairro Vapapesca. (Fonte: Imprensa Livre)

Casa abandonada é encontrada com droga e 16 pessoas dentro 

Caraguatatuba - Numa casa com vestígios de abandono- mato alto, localizada na Avenida Bandeirantes, na praia Martin de Sá - foram encontradas, nas primeiras horas da madrugada do dia 1º de janeiro, 16 pessoas - sendo 11 menores - vindos das cidades de Santa Izabel e São José dos Campos. 
Os cinco maiores ficaram presos, por que a polícia encontrou na casa um revólver Taurus, 10 papelotes de cocaína totalizando 16 gramas e 44 gramas de maconha.
Em patrulhamento, a Polícia Militar constatou um homem em atitude suspeita, com um saco plástico na mão e que tinha pulado o muro da casa, que tinha o portão da frente fechado. 
Os policiais invadiram a casa e revistaram as 16 pessoas, encontrando o revólver com 6 cartuchos intactos, mais quatro cartuchos de reserva, além da cocaína e da maconha.
O delegado Fabio José Lelles prendeu os maiores por porte ilegal de arma, entorpecente e corrupção de menores, entre eles o ajudante W.F.O., 24 anos de Santa Izabel, os demais moradores de São José dos Campos, como o autônomo F.O.S., 24 anos, o vendedor C.A.A., de 20 anos, o gandula F.E.D.R., 19 anos e a babá A.R.S., 18 anos.
O estudante R.E.D., 17 anos, assumiu que a arma encontrada pela polícia era sua e que ele a comprou por R$ 200,00 na ‘feira do rolo’, em São José dos Campos. (Fonte: Imprensa Livre)

Armado com uma barra de ferro, agrediu policiais
Foi baleado e acabou morrendo no hospital

Caraguatatuba - Antonio Sebastião de Santana Filho, armado com uma barra de ferro, agrediu a polícia, foi baleado e acabou morrendo quando já havia chegado à Casa de Saúde Stella Maris. O Bar do Luca, no bairro Massagauçu, foi o palco de toda a ação, que ocorreu às 9h50 do primeiro dia de 2004.
M.A.S. teria chamado a polícia, relatando que seu cunhado, Antonio Sebastião, estava armado com uma barra de ferro, ameaçando pessoas que transitavam na rua Geraldo Alves e tentando agredir algumas.
A PM compareceu ao local, deu diversas ordens para Sebastião, que não as atendia e tentava agredir os policiais. Ao tentar deter Sebastião, um policial caiu no chão e disparou tiros para o alto. 
Sebastião teria aproveitado que o policial caiu no chão para dar golpes em sua cabeça, quando outro policial atirou na direção do agressor, que mesmo ferido ainda percorreu alguns metros. Ele foi levado para o hospital, onde foi medicado, mas acabou morrendo. (Fonte: Imprensa Livre)

Notícias de Ilhabela Topo



Ilhabela é a "capital" dos solteiros

Pesquisa do IBGE aponta que 47,1% da população da cidade não é casada, média nacional é de 30%

Ilhabela - As cidades do Litoral Norte são as campeãs da região em número de solteiros, segundo pesquisa divulgada pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) esta semana. A campeã é Ilhabela, que possui 47,1% da população solteira.
A cidade é seguida pelas vizinhas São Sebastião, com 45,1% e Ubatuba, com 44,4%. Depois vem as pequenas cidades do Vale do Paraíba --Potim e São José do Barreiro, ambas com 43,3% da população solteira.
O índice médio de solteiros nos municípios brasileiros é de 30%, segundo a pesquisa do IBGE.
Para o sociólogo e professor da Unitau (Universidade de Taubaté), Ricardo Lana, o fato de as cidades praianas liderarem o ranking da "solteirice" é natural devido ao grande fluxo de pessoas e à falta de estabilidade financeira no litoral.
"As cidades litorâneas possuem uma abertura sexual diferente das outras cidades e com isto não há cobrança por parte das pessoas. O relacionamento livre acaba gerando esta falta de compromisso. Os moradores se envolvem com o turista, que para eles simboliza o novo, e não conseguem se envolver com pessoas da própria cultura", disse Lana.
O professor afirmou também que a população do litoral é instável economicamente, já que vive apenas do comércio e do turismo e por isso muitos casais não se sentem seguros em oficializar o compromisso devido à instabilidade financeira.
"O fluxo de pessoas e a falta de grandes fábricas e salários fixos criam esta certa 'irresponsabilidade' nos moradores. Sociologicamente, este dado (índice de solteiros na população) é um fator muito interessante", afirmou o professor.
RANKING - De acordo com a pesquisa do IBGE, as duas maiores cidades da região --São José dos Campos e Taubaté-- possuem 39,4% da população solteira. Pindamonhangaba aparece com 39,2% de solteiros (veja quadro abaixo).
Segundo a oficial do registro do Cartório Civil de Pinda, Rosely Aparecida dos Santos Lessa, o número de solteiros é alto porque muitos casais preferem morar junto a oficializar o casamento.
"É normal, porque os casais de hoje não oficializam o compromisso e muitos moram juntos há 10 ou 15 anos, mas são considerados solteiros pela estatística", disse Rosely.
A assessoria do IBGE confirmou que o índice de solteiros (30%) apontado pela pesquisa é elevado devido ao fato de muitos casais não oficializarem as uniões.
CASADOS - A cidade do Vale com menor índice de solteiros na população é Jambeiro, com 34,4%. Os moradores acreditam que os casais buscam "compromisso sério" pelo fato de a cidade ser pequena e tipicamente do "interior".
"Não temos muito o que fazer, então acho que é natural buscarmos uma companhia de verdade. E por questões morais até, de cidade de interior, as pessoas optam por oficializar a união", disse a dona-de-casa Vicentina Santos da Silva, 60 anos, que mora em Jambeiro e se casou pela segunda vez após ficar viúva. (Fonte: ValeParaibano)

Igreja faz 30 casamentos por ano na Ilha

Ilhabela - O pároco de Ilhabela, padre Vilson Dias de Oliveira, afirmou que o número de casamentos realizados no município é realmente muito pequeno --uma média de 30 por ano-- comparado as outras cidades.
"A gente sabe também que muitos moradores casam em outras cidades, mas mesmo assim é um número baixo e devemos mostrar para a população a importância do casamento", disse o padre.
Moradores de Ilhabela entrevistados pelo ValeParaibano afirmam que consideram bom a cidade ser a capital dos solteiros.
Para o vendedor Rafael dos Santos Pereira, 19 anos, o grande número de solteiros garante maior movimentação no município e gera mais diversão.
Apesar de ainda ser jovem, ele afirmou que é um solteiro convicto.
"Fico feliz em saber que a cidade possui o maior número de solteiros da região. É legal, porque agora eu sei que tem bastante gente como eu, que só que se divertir", disse o vendedor. (Fonte: ValeParaibano)

Jipe despenca em ribanceira e fere dois em Castelhanos

Ilhabela - Dois turistas que seriam de Jacareí sofreram um grave acidente na estrada de Castelhanos. A Land Rover, ano 90, cabine fechada, em que estavam J.I.K e T.H.M.G.P, segundo o plantão da delegacia de Ilhabela, teria derrapado em um ponto da estrada no retorno para a região central do município. Os dois estariam sem cinto de segurança. 
Um dos ocupantes do veículo, que não quis se identificar, disse no Pronto Socorro de São Sebastião, para onde as vítimas foram trazidas, que “eles foram ajudar umas meninas que estavam atoladas. Eu e meu outro primo descemos do carro para ficar mais fácil rebocar. Quando voltaram para nos pegar, caíram na ribanceira, cerca de 20 metros abaixo”. 
O primo relembrou ainda que o carro foi batendo nas árvores, “o que pode ter amortecido o impacto mais forte”. Os dois integrantes feridos, um com fratura exposta nas pernas e hemorragia e o outro com lesões múltiplas no rosto, foram resgatados pelo helicóptero Águia da Polícia Militar. “O carro deu perda total”, completou. 
Até o fim da tarde de ontem, os dois acidentados permaneciam em observação no Pronto Socorro. (Fonte: Imprensa Livre)

Notícias de São Sebastião Topo

Nautica Superchic

Corpo de jovem paulista aparece depois de dois dias em Cambury

São Sebastião - O corpo do jovem paulista Agrário Cavalcanti, 21 anos, foi resgatado pelo Salvamar Paulista no último dia de 2003. Ele foi encontrado, boiando, a cerca de 200 metros de distância do Ilhote, de onde desapareceu dois dias antes, em Cambury, na Costa Sul. 
O comandante do Salvamar Paulista, tenente Igor Klein, disse que os guarda-vidas localizaram o corpo boiando. “O mar revolto dificultou um pouco o resgate. Mas não precisamos de outros equipamentos, além do flutuador, para trazer o corpo novamente à praia”, disse. 
Klein também disse que o corpo não estava em adiantado estado de decomposição. A família foi avisada, juntamente com a perícia técnica e o Instituto Médico Legal, para onde o corpo foi levado antes de ser liberado aos familiares. Ontem, o corpo de Agrário Cavalcanti já tinha sido encaminhado para Itaquaquecetuba. (Fonte: Imprensa Livre)

Turistas e moradores pedem guarda-vidas fora da temporada

São Sebastião - O grupo de guarda-vidas de São Sebastião começou a distribuir no dia 29 de dezembro, na praia de Cambury, um abaixo-assinado para que a contratação temporária de verão, que dura três meses, seja permanente. 
São necessárias 2 mil assinaturas de moradores e turistas para serem entregues à Câmara de Vereadores, para aprovação de uma lei que crie o emprego de salva-vidas. 
“Esse projeto de lei tem meu total apoio, é um trabalho necessário o ano todo e depende de vontade política. Pode ser aprovado em um mês, um ano ou nunca ser aprovado”, declara Wagner Teixeira, sub-prefeito da Costa Sul. 
Hoje são 55 salva-vidas espalhados entre as praias de Boracéia e do centro. Trinta deles recebem R$ 530 mensais da prefeitura e os outros 25 têm patrocínio da Petrobrás, que paga R$ 440. 
“Pode haver um acordo entre Prefeitura e empresas patrocinadoras e cada um pagar uma parte do salário”, aponta Gabriel Santeiro Rodrigues Rêgo, salva-vidas que iniciou o movimento do abaixo-assinado. 
“Todo o ano faço o mesmo treinamento. Se fosse um emprego anual, no outro ano, os contratados poderiam fazer um curso mais avançado, de resgate em trilhas, por exemplo”.
Morador de Boiçucanga, fora da temporada ele trabalha como autônomo em vários tipos de serviços. Desde o dia 15 de dezembro socorre, em média, três pessoas. 
Para Michel Jesus de Aguiar, outro salva-vidas temporário, além da garantia de emprego, seria bom porque a praia estaria sempre protegida. 
“Se o projeto virar Lei será bom não só para a gente, também para os moradores e turistas, porque o ano inteiro tem ocorrência”. 
Marcos Navarro, de São Paulo, esteve pela primeira vez em Cambury e já constatou a necessidade de um salva-vidas. “Já na minha primeira onda tomei um caldo, vem muita gente para cá que não está acostumada”. 
Lucas Passos, morador de Boiçucanga e que freqüenta Camburi para surfar, concorda. “Tem banhistas o ano todo e antes de ter salva-vidas, só surfista fazia salvamento. E só sabia tirar a pessoa da água. Alguns morriam por falta de primeiros-socorros”, conta. (Fonte: Imprensa Livre)

Fiscalização esvazia praia Brava

São Sebastião - A Secretaria de Obras e Meio Ambiente da Prefeitura Municipal de São Sebastião, o Instituto Florestal, as Polícias Ambiental e Militar, realizaram, em duas etapas, uma operação especial na praia Brava, situada no município, entre as praias de Boiçucanga e Maresias - uma das poucas praias que ainda resta totalmente preservada da ocupação imobiliária, e classificada como área de Proteção Ambiental. 
Segundo Lineu Alvim Coelho Jr., Chefe da Divisão de Fiscalização de Obras e Meio Ambiente, a prática de camping em praias virgens é proibida por legislação Estadual, dando base legal para a efetiva ação nas praias do município. 
A operação foi iniciada no dia 29 de dezembro e encontrou cerca de 35 barracas instaladas, sendo feito trabalho de conscientização dos campistas e informação da infração cometida, sendo solicitada a retirada das barracas. A partir de então foi montado um plantão permanente pela Fiscalização Ambiental, com apoio da Polícia Ambiental e da Polícia Militar, nas entradas de acesso à praia. 
Na véspera do revéillon foi feita nova operação, envolvendo perto de 30 agentes, entre fiscais, braçais da Sub-Prefeitura da Costa Sul, Diretores do IF, Polícia Ambiental e Militar. Foram encontradas desta vez somente 4 barracas, e os campistas foram convidados a desmontar o acampamento. 
De acordo com Coelho Jr. a fiscalização será permanente, tanto na praia Brava como em outras praias do município e denúncias podem ser feitas através do Disque-Denúncia, pelo fone 0800 7725 307. (Fonte: Imprensa Livre)

Polícia ouve depoimento sobre explosão

São Sebastião - A Polícia Civil de São Sebastião vai instaurar inquérito na segunda-feira para apurar a morte do menino Gustavo Kenedy de Oliveira, de um ano e sete meses, que foi atingido por um rojão na noite de Réveillon. O acidente aconteceu no pátio de uma igreja evangélica no bairro Canto do Mar.
Um homem que mora perto da igreja prestou depoimento ontem no 1ª Distrito Policial. O nome da testemunha e o teor do depoimento não foram revelados pela polícia. O caso será encaminhado para o 3ª Distrito Policial.
O pai da criança, Analdo Rodrigues Oliveira, 28 anos, que também ficou ferido na explosão do rojão, deve prestar de depoimento na segunda-feira. Fiéis e vizinhos da igreja também serão convocados para depor.
Gustado estava no colo do pai quando foi atingido pelo rojão, à 0h15. Cerca de 80 pessoas estavam na igreja no momento da explosão. (Fonte: ValeParaibano)

No primeiro dia do ano, chuva derruba árvores e causa alagamento

São Sebastião - No primeiro dia do ano, uma forte chuva provocou queda de árvores e vários alagamentos em São Sebastião. A informação é da Defesa Civil, que, ao todo, atendeu 23 ocorrências. 
Ontem à tarde, houve vistoria nas principais áreas de risco da cidade. Segundo o chefe da Defesa Civil, Emerson Alonso, o caso mais grave aconteceu em um condomínio na praia do Guaecá, onde um Guapuruvú (árvore de grande porte) caiu sobre a varanda de uma casa, deixando duas pessoas feridas. 
A chuva também derrubou árvores no bairro Boiçucanga e ao longo da SP-55. “O grande problema foi o vento forte”, frisou Alonso.
Vários pontos de alagamento foram registrados na cidade, entre eles, no Sertão de Cambury, Baleia Verde, Sertão do Piavú e Baleia. Em Maresias, a força da água arrastou um carro para dentro de um córrego. Não houve vítimas.
De acordo com o chefe da Defesa Civil, na Serra de Boiçucanga foram constatados pequenos deslizamentos de terra. No Costão do Navio, próximo à praia do Guaecá, um carro rodou no meio da pista por causa do acúmulo de água e óleo no asfalto.
Em Ubatuba, Ilhabela e Caraguatatuba, segundo as comissões municipais de Defesa Civil, nenhuma ocorrência foi registrada até ontem à tarde. (Fonte: Imprensa Livre)

Navio de combate a derrames de petróleo será mantido no Canal

São Sebastião - Um navio com profissionais e equipamentos para combate a derrame de petróleo será mantido no Canal de São Sebastião a partir de janeiro. A iniciativa é da SMS (Segurança, Meio Ambiente e Saúde) da holding Petrobras.
O técnico Cláudio Roberto Sayad, do Grupo de Contingência da SMS da Petrobras no Rio de Janeiro, será o responsável por auditorias mensais na embarcação. O navio “Rebello XV” é especialmente destinado à contenção e ao recolhimento de óleo no mar, mas também tem equipamentos para combate a incêndio, lançando 3 mil metros cúbicos (3 milhões de litros) de água a 100 metros de distância. A embarcação foi contratada pela Petrobras via licitação, me- diante contrato de cinco anos. 
Sayad explica que o navio também servirá para treinamentos constantes, além do patrulhamento da área que envolve o Canal de São Sebastião. Não ficará fundeando. Será operado de forma ininterrupta, o que faz parte da estratégia de agilidade nos casos de derrame de petróleo. Conforme Sayad o fato do navio não ter inércia é necessário porque um barco deste porte depende de uma hora para entrar em operação.
Em média, a tripulação será de 18 homens, que ficarão a bordo durante 30 dias, boa parte deles e de marítimos experientes na função, residentes no Litoral Norte. “Os profissionais da região são importantes porque conhecem a área”, diz Sayad. 
Conforme Sayad, o “Rebello XV” tem 60 metros de comprimento e é um tipo de rebocador usado como apoio nas plataformas marítimas da Petrobras. A empresa contratou três destes navios. Um deles já opera na Baía da Guanabara, Rio de Janeiro, há três anos, e o outro em Aracaju, Sergipe, desde abril deste ano.
Lanchas de contenção
No grande convés do “Rebello XV” haverá três lanchas, cada uma com 26 pés de comprimento (8,5 metros), pesando duas toneladas, para contenção do óleo derramado. O navio terá capacidade para recolher 250 metros cúbico/hora de óleo (250 mil litros), por meio de vários tipos de recolhedores. Os tanques de armazenamento de óleo do navio têm capacidade para 350 metros cúbicos (350 mil litros).
O navio também conta com sistema de iluminação para o trabalho durante a noite. “A embarcação poderá ser deslocada para outras regiões, como Santos, em caso de acidentes”, Sayad diz. 
O navio conta com rádios de comunicação com freqüências marítima, aeronáutica e terrestre. “A embarcação é mais uma ferramenta para o combate aos derrames de petróleo”, explica Sayad. Segundo ele, a iniciativa é da Petrobras em razão da experiência em acidentes. A operação do navio será coordenada pelo engenheiro Rogério Picado, da SMS em São Sebastião.
O navio virá do Rio de Janeiro. Sayad esclarece que a embarcação já deveria estar operando em São Sebastião. Segundo ele, o atraso se deve a alguns problemas de importação dos equipamentos que estão sob responsabilidade da empresa vencedora da licitação. Sayad preferiu não revelar o custo da operação do navio, mas disse, é claro, que é alto, e compatível com o preço de mercado. 
Acidente em julho - No dia 3 de julho deste ano, durante operação de descarga do navio Nordic Marita, fretado pela Petrobras, no píer sul do Tebar (Terminal Marítimo Almirante Barroso), da Petrobras/Transpetro, em São Sebastião, houve problema na conexão de braços de carregamento. Segundo estimativas da Petrobras/Transpetro e Cetesb, o acidente provocou vazamento de 26 mil litros de óleo no Canal de São Sebastião. 
Nenhuma praia de São Sebastião foi atingida, mas uma parte do óleo se deslocou para Caraguatatuba e Ubatuba, atingindo praias e costões. Na ocasião, o diretor da Secretaria de Meio Ambiente da Prefeitura de São Sebastião, Nivaldo Simões, considerou que Petrobras/Transpetro deixaram a desejar na operação de contingência. 
Segundo Simões, após cerca de duas horas do acidente havia somente 17 homens trabalhando no mar. O número de pessoas no trabalho, distribuídas em mar em terra aumentou para 500, além de 60 embarcações. “Gostaríamos que as respostas para o combate aos acidentes fossem melhores”, Simões insistiu.
Em entrevistas ontem, Nivaldo Simões afirmou que a vida do navio “Rebello XV” é notícia muito boa a fim de otimizar a operação de contingência. “No último acidente no Canal de São Sebastião, o que vimos foi a ineficácia da Petrobras/Transpetro em conter o óleo, apesar das boas condições do mar e dos ventos”. 
Mas Nivaldo Simões afirma que o navio para contenção e recolhimento do óleo já deveria estar operando em São Sebastião há mais de um ano. “Sabíamos que os outros navios operavam em outros Estados”. 
Ele também declara que “a história tem demonstrado que as melhorias da empresa para evitar derrames de petróleo são resultado da pressão das prefeituras do Litoral Norte e da sociedade civil organizada da região”. (Fonte: Imprensa Livre)

Curtinho” é preso na Costa Sul, embaixo da cama

São Sebastião - Um antigo conhecido da Polícia Militar, o assaltante F.J.S, conhecido por ‘Curtinho’, foi preso na última terça-feira, em Boiçucanga, na Costa Sul. Ele estava na rua do Tucano e foi preso na segunda residência em que praticava o crime. 
‘Curtinho’ não esperava a chegada da polícia, e antes de ser preso tentou se esconder embaixo da cama da residência. Com ele, os policiais encontraram um controle remoto e um relógio. 
No 2º.Distrito Policial, F.J.S., natural da Bahia, foi reconhecido por suas vítimas. O delegado Prachides Domingues efetuou a prisão de “Curtinho”, que teria passagens anteriores na polícia por outros furtos cometidos naquela região. 
O assaltante voltou para a cadeia masculina de São Sebastião, por onde já havia passado sob acusação de roubo à mão armada.
Má Sorte - O gerente de vendas L.V, morador na capital paulista, começou 2004 no prejuízo. Segundo o plantão da delegacia de Ubatuba, ao retornar da praia, o gerente percebeu que sua casa teria sido arrombada e vários objetos teriam sido roubados. Mas o setor não divulgou o que foi levado pelos ladrões, que não foram localizados. (Fonte: Imprensa Livre)

Notícias de Ubatuba Topo

Restaurante Solar das Águas Cantantes Setur pedro Resende Imóveis

Trânsito confuso na praia Grande

Ubatuba - A praia Grande é um dos principais problemas do trânsito de Ubatuba. Por ser a praia mais popular e mais procurada pelos turistas, acabam ocorrendo longos engarrafamentos em toda a extensão da rodovia e nas marginais, nesta época do ano. 
Foram instalados grandes cones no centro da pista, para tentar amenizar esta situação, mas o resultado não foi muito satisfatório, já que os congestionamentos continuam acontecendo. 
“Estamos hospedados no bairro da Estufa e no último dia 31 levamos exatamente duas horas para atravessar a praia Grande, voltando da praia das Toninhas. É um absurdo levar tanto tempo para fazer um trajeto que, normalmente, leva 10 minutos” disse a assistente social aposentada Yone B., que passa férias em Ubatuba. 
“O pior é que não vimos nenhum policial coordenando o trânsito. Quando achamos um, ele disse que não poderia fazer nada. Os veículos acabam invadindo a pista oposta, gerando um risco enorme de colisões” completou Yone. 
Para piorar ainda mais a situação, durante a noite vândalos derrubam boa parte dos cones, confundindo ainda mais o complicado trânsito na região, obrigando os veículos a desviar para o acostamento, aumentando muito o risco de acidentes. 
A situação deve melhorar com a conclusão das obras das marginais da praia Grande, que tiveram recentemente a liberação de recursos da ordem de R$ 185 mil, comunicada pelo governador do Estado, Geraldo Alckmin. (Fonte: Imprensa Livre)

Ubatuba revê lei para construções

Ubatuba - A Câmara de Ubatuba retoma este mês as discussões sobre o projeto que propõe mudanças na legislação que regulamenta o uso e a ocupação do solo do município, criada em 84.
A proposta, de autoria da mesa diretora do Legislativo, seria votada em dezembro de 2003, antes do recesso parlamentar. No entanto, o prazo foi adiado para fevereiro para que o texto fosse revisado.
A prorrogação foi articulada pela comissão instituída para discutir o projeto com os moradores da cidade depois a comunidade de Itamambuca se manifestou contrária às mudanças propostas.
Pelo texto original do projeto, será permitida a construção de edifícios com até quatro andares, além da cobertura, na orla da praia e próximo ao rio Itamambuca, que deságua no mar.
A medida revoltou a população e representantes da sociedade civil locais, que chegam a colocar faixas na extensão da praia alertando a população sobre a iniciativa do Legislativo.
A principal preocupação dos moradores de Itamambuca, que se tornou uma praia famosa em Ubatuba por sediar campeonatos nacionais de surfe, é com a preservação do meio ambiente.
Segundo eles, a praia não estaria preparada para receber os edifícios porque ainda não tem tratamento de esgoto, o que aumentaria a carga de dejetos lançados 'in natura' no rio Itamambuca (leia texto nesta página).
O projeto propõe ainda a criação de áreas para implantação de loteamentos populares em vários bairros da cidade e liberar algumas regiões para construção hoteleira e náutica, entre outros.
O vereador Charles Medeiros (PSDB), que preside a comissão que discute o projeto de lei, disse que as manifestações realizadas pelos moradores de Itamambuca são 'legítimas'.
"Prova disso foi o adiamento das discussões e votação da proposta. Temos que fazer a revisão de todo o texto para evitar erros deste monte", disse o parlamentar, referindo-se à liberação de edifícios em Itamambuca.
Medeiros afirmou que a autorização das construções no local ocorreu por um erro de digitação nas tabelas do projeto, que dividem e classificam os tipos de áreas para cada bairro da cidade. (Fonte: ValeParaibano)

Entidades condenam liberação

Ubatuba - O presidente da Associação Ubatuba de Surfe, Luiz Felipe Azevedo, disse que a região de Itamambuca não suportaria abrigar os novos edifícios porque não há tratamento de esgoto.
"Essa liberação é o mesmo que assinar a sentença de morte das praias de surfe devido ao aumento da carga de esgoto lançado no rio Itamambuca, que deságua na praia", disse.
Segundo Azevedo, as construções também poderiam afetar o equilíbrio proporcionado pelo rio sobre o mar para garantir a formação de ondas na praia.
Para Ronaldo Lopes, da Sociedade Amigos de Itamambuca, entidade que espalhou as faixas de alerta do projeto pela praia, a liberação das construções prejudicaria o meio ambiente. (Fonte: ValeParaibano)

Homem esfaqueia turistas no Itaguá

Ubatuba - Um homem foi preso na madrugada de ontem após esfaquear dois turistas no bairro Itaguá, na região central de Ubatuba. O suspeito Carlos Roberto Batista dos Santos, 36 anos, tentou assaltar os turistas Edson de Castro Cardoso, 22 anos, de São Bernardo do Campo (SP) e José Ricardo Brito, 23 anos, de Taubaté, por volta das 4h.
As vítimas tentaram fugir e Santos deu uma facada nas costas de Brito, que foi levado para o pronto-socorro.
Santos fugiu em uma bicicleta e próximo ao shopping Itaguá, ele colidiu com o programador de São Paulo, Douglas Siqueira Silva, 21 anos, que estava a pé com a sua namorada. Na discussão, Santos deu uma facada na costela de Silva. O programador foi levado em estado grave para a Santa Casa onde passou por uma cirurgia e permanecia internado até a tarde de ontem.
A polícia foi acionada e encontrou Santos próximo ao local do crime. Ele foi encaminhado para a delegacia onde foi reconhecido pelas testemunhas.
Segundo a Polícia Civil, Santos estava drogado e usou uma faca de 12 centímetros para ferir as vítimas. Ele foi preso e autuado por tentativas de homicídio e roubo e levado para a cadeia pública.
REFÉM - No bairro Umuarama, em Ubatuba, a família de Rosângela Aparecida dos Santos foi mantida refém por dois bandidos que invadiram a casa na rua Sergipe.
Os dois homens que estavam armados levaram máquina fotográfica, filmadora, jóias e veículo Corsa Sedan.
Até a tarde de ontem, nenhum suspeito havia sido identificado pela polícia. (Fonte: ValeParaibano)

Arquiteto é roubado por carona em Ubatuba

Ubatuba - O arquiteto M.V.P., 34 anos, teve seu carro roubado após dar carona para três homens na madrugada de sexta-feira em Ubatuba. Ele foi agredido pelo trio e deixado a pé próximo do aeroporto na região central da cidade. A polícia foi acionada e encontrou os suspeitos no veículo na avenida Iperoig, no centro. Eles estavam junto com um outro homem que também teria participado do assalto. No carro foi encontrado 15,5 gramas de cocaína e 5,8 gramas de crack. Os acusados E.S., 24 anos, J.F.O, 18 anos, C.M.S., 30 anos, e T.F.L.M., 19 anos, foram presos por tráfico de drogas e roubo. Eles foram encaminhados para a cadeia pública. (Fonte: ValeParaibano)

Veleiro encalha em praia de Ubatuba

Ubatuba - Um veleiro ficou encalhado na noite de quinta-feira na praia da Baleia, em Ubatuba, por volta das 19h. A embarcação que transportava uma pessoa não conseguiu navegar por causa da maré baixa. Segundo o Salvamento Marítimo do Corpo de Bombeiros no Litoral Norte, a vítima foi resgatada e não ficou ferida. Na praia da Maranduba, também em Ubatuba, duas pessoas foram resgatadas de um veleiro no dia 31, durante as comemorações do Réveillon. Segundo os bombeiros, a embarcação teria entrado em uma área de arrebentação. Os dois tripulantes do veleiro não ficaram feridos. Os nomes das vítimas não foram divulgados ontem pelo Corpo de Bombeiros. (Fonte: ValeParaibano)

Carta do Leitor Topo

Quem está pensando no futuro de Ubatuba II - Maria Emilia agradeço suas palavras em atenção a materia do dia 30/12/03 onde expomos algumas fotos do sistema de infra estrutura eletrica e de telefonia de nossa cidade.

    

    

Completando a informação tenho mais de 30 fotos tiradas e em sua atenção segue mais estas (fotos) de uma rua no centro onde mais de 20 linhas estão literamente na sarjeta.

Eng. Eletricista Edson A. Bettin
Ubatuba, SP


Demorou mas chegou - Ontem a noite, quando voltava do centro de Ubatuba, me deparei na estrada até Maranduba, com varios carros dos novos ônibus que já estão circulando no município... amarelos, com bonito design, lindos!
E confesso que buzinei para todos, com entusiasmo e alegria, e dizendo, que legal! Demorou mas chegaram os novos onibus, agora o povo que depende deles vai poder conversar e ouvir o outro falar, vai se sentir melhor e vai sorrir. O povo ubatubense merece.
Vcs que não andam e talvez nunca andaram nestes velhos carros da antiga companhia, não calculam o horror que era vc querer falar e ter que berrar, querer ouvir, e ter que, ou fingir que ouviu, ou pedir para repetir, pois o barulho era infernal. fora a sujeira, etc.
Fico feliz quando vejo algo novo acontecendo para um povo tão sofrido, trabalhador e quieto.
VALEU ESTE PRESENTE DE NATAL!
Feliz Natal a todos e que Deus nos traga um ano novo mais coerente e melhor.

Carmen Leite
Maranduba
Ubatuba, SP

 

Foto do Dia Topo


Para instalar a foto como papel de parede (wallpaper)
Clique na foto acima. Após carregar a foto ampliada, clique com o botão direito do mouse sobre a imagem e escolha "Definir como papel de parede" ou "Definir como fundo de tela". Para ajustar a imagem em tela cheia, clique em qualquer lugar da área de trabalho com o botão direito do mouse, escolha "Propriedades" / "Fundo de Tela" ou "Papel de Parede" / "Ampliar".

Arquivos:  Foto Saudade  -  Foto do Dia
 

Gaivota FM
Participe você também com seu comentário, crítica ou sugestão no programa
Estação Ubatuba c/ Tony Luiz
De segunda a sexta das 12 as 14 hs na Gaivota FM 104.9
Sempre com entrevistados diários e variados, falando sobre todos os temas
Ligue 3833.5550


 Faça seu comentário, crítica, opinião ou sugestão no Litoral Virtual:
Clique Aqui


Marcos Borges da Silva - artista plástico Mykonos Turismo

As notícias, fotos e cartas publicadas neste boletim são de inteira responsabilidade de suas fontes e autores,
não expressando necessariamente a opinião deste informativo. O envio de qualquer material para nosso e-mail
será considerado como autorizado a sua publicação e assumida a total responsabilidade pelo seu conteúdo.
As cartas devem conter nome completo, RG, endereço, telefone de contato e um e-mail válido.
Reservamos o direito de não publicar cartas que não contenham a devida  identificação do autor.


GRÁTIS!!
Receba as Últimas Notícias do Litoral em seu e-mail:

Quero receber GRATUITAMENTE o boletim Últimas Notícias do Litoral na versão:

Compacta (apenas as manchetes c/ Link)
Completa (todas as notícias na íntegra) 
e-mail:
Cidade:



Obs.: Você poderá cancelar o recebimento das notícias a qualquer momento.

Conheça as cidades do Litoral Norte Paulista:

Caraguatatuba Ilhabela São Sebastião Ubatuba

Litoral Virtual
O mais completo site do Litoral Norte Paulista na Internet
Sugestões, críticas e informações, entre em contato:
info@litoralvirtual.com.br

©1995/2001 Emilio Campi - Studio Maranduba - Direitos Reservados
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem a expressa autorização do autor