Litoral Virtual últimas notícias do litoral
Segunda-feira, 02 de fevereiro de 2004 - Nº 962 Edições Anteriores

Barra da Lagoa Porto das Artes BIL

Região
Delegado da Capitania dos Portos quer mares limpos e seguros


Caraguatatuba
Caraguatatuba previne a violência
Martin de Sá de cara nova atrai opostos
Perfil da Martin
Imóveis têm valorização de até 50%
Proibição para estacionar desagrada quiosques
Morador que vendia sal deu origem ao nome
Nova iluminação dá mais vida durante a noite
Parceria com o Estado garante obras
Novos cursos de Pós-Graduação em Caraguá
Módulo forma 4ª turma de Ciências Contábeis
Caraguá realiza o 1º Campeonato do Skate
MACC mostra "Moda Praia Através dos Tempos"
A exposição "Moda Praia Através dos Tempos"
Assistência Social leva crianças ao circo


Ilhabela
Luxo e conforto nos transatlânticos
Para turistas, navios oferecem muito conforto
Preservação de mananciais do Bonete ganha financiamento do CBH-LN


São Sebastião
Caminhões são barrados na SP-55 por excesso de peso
Combate ao cão na praia fica no papel
Animais podem ser utilizados em pesquisas
Prefeitura tem mais de R$ 11 milhões em obras em andamento
Motoboy vem fazer serviço no litoral e acaba "perdendo a cabeça" na zona
Assaltante usa roupa roubada e acaba sendo descoberto pela polícia


Ubatuba
Cinco vereadores querem disputar eleição para prefeito
Empresário e delegada defendem política empresarial
Vereador propõe Moção de Congratulações ao Correio do Litoral

Seções
Artigo
Carta do Leitor
Foto do Dia



Notícias da Região Topo

Delegado da Capitania dos Portos quer mares limpos e seguros

Litoral Norte - O capitão-de-fragata e delegado da Capitania dos Portos do Litoral Norte, Luiz Fernando Pereira da Cruz, quer estreitar os laços com os diversos segmentos da sociedade, a fim de que todos se engajem em ações para manter os mares limpos e seguros.
Ele assumiu o comando da delegacia em São Sebastião, em solenidade ocorrida no último dia 25. Pereira relata que, apesar
da longa estrada de 27 anos na Marinha, é a primeira vez que assume uma Capitania de Portos.
"Só conhecia a região pelo mar, somente agora estou podendo apreciá-la com olhares em terra. A vida é uma soma de passos dos
pequenos sucessos obtidos com aprendizado, profissionalismo e dedicação, e comigo não será diferente", analisa.
"Estou aqui para um novo desafio, é evidente que nada conseguirei se tentar fazer sozinho o necessário".
Pereira garante que seu trabalho é baseado na colaboração, estendendo a mão amiga e isenta, em atos que se façam necessários.
"Estarei certo que contribuirei para a segurança no mar, para o
aprimoramento do ensino profissional marítimo, para salvaguarda da navegação e para a fiscalização da poluição hídrica", explica.
Pereira graduou-se na Escola Naval em Angra dos Reis, turma de 1977. Em 1985, fez viagem de instrução de guardas-marinhas, quando conheceu 14 países.
Como oficial, formou-se na Força Esquadra no Rio de Janeiro. Foi comandante de naviopatrulha em Natal, Rio Grande do Norte, e passou pela Estação Rádio da Marinha de Belém, no Pará.
Após cursar o Comando do Estado-Maior na escola de Guerra Naval no Rio, foi parar em Brasília, onde trabalhou na única organização
militar comandada por almirante-de-esquadra, assessor direto do Comando da Marinha nas decisões de alto nível.
Pelo Estado-Maior de Armada, representou o Brasil em diversos fóruns e conclaves internacionais. (Fonte: Correio do Litoral)

Notícias de Caraguatatuba Topo

Caraguatudo Albatroz Pousada

Caraguatatuba previne a violência

Caraguatatuba - Em artigo na Folha de São Paulo, o jornalista Gilberto Dimenstein, um batalhador pela melhoria da educação no país e, portanto, alguém que sabe ver a realidade, associa o comportamento violento dos adolescentes à violência da qual foram vítimas na infância. Na seqüência ele faz uma análise das possibilidades dessa violência ocorrer em ambientes carentes. A ignorância que campeia entre os necessitados, faz com que eles produzam muitos filhos e nem todos recebem a atenção devida. Aí começa a ser criado o problema. Se o mal existe, o melhor a fazer é buscar soluções. É o que fez o prefeito de Caraguatatuba, ao criar um sistema moderno de creches. Ele está favorecendo o povo e dando visibilidade nacional e internacional à sua administração. Nessas creches, as crianças cuidadas por pessoas especializadas, crescerão em ambiente sadio e ficarão livres dos problemas que acabariam gerand o a violência no futuro. A iniciativa merece aplausos, aliás, é só passar por Caraguatatuba para perceber que a cidade está em boas mãos. (Fonte: Sidney Borges)

Martin de Sá de cara nova atrai opostos
Praia mais badalada de Caraguá é local de pagode, funk, surfe e da galera "cult"; revitalização agrada todas as tribos

Caraguatatuba - A Martin de Sá, em Caraguatatuba, está de cara nova neste verão. A praia, que é um dos locais mais badalados do Litoral Norte, está atraindo um público cada vez mais selecionado durante a temporada de verão deste ano.
Considerada por muitos turistas como uma praia mais "popular", a Martin de Sá desta temporada está mais elitizada. A constatação são dos moradores do bairro, frequentadores e comerciantes que trabalham na praia.
As obras de revitalização feitas na orla e a qualidade da água do mar, que está mais limpa este ano, seriam os grandes responsáveis por esta mudança.
Outra razão para a mudança do perfil da Martin foi a proibição do estacionamento próximo à praia. A medida acabou com a prática de motoristas que abriam o porta-malas do carro para ouvir música em volume alto à beira da praia.
Perceber as mundanças na Martin não é difícil. Quem chega na orla da praia pode andar tranquilamente no calçadão construído do final do ano passado. Os ciclistas têm seu lugar garantido na ciclovia que passa por toda extensão da orla.
O motorista que acessa à praia pela avenida Altino Schiavi encontra uma sinalização nova e asfalto totalmente recapeado.
PELAS AREIAS - A nova Martin de Sá não está só na orla. O ValeParaibano percorreu as areias da praia na última quinta-feira e encontrou um universo que surpreende.
São surfistas, pescadores, crianças, mulheres, jovens e pessoas idosas que não trocam a praia por outro local no litoral.
"A Martin de Sá é a minha paixão", confessa a aposentada Adélia Brodóssimo, 56 anos, que viajou com o marido mais de 700 quilômetros para curtir o sol do verão em Caraguá. Os dois são da cidade de Mirassol, que fica próximo à São José do Rio Preto, interior de São Paulo.
O marido de Adélia, o aposentado Antônio Brodóssimo, 61 anos, contou que a família frequenta a praia há 17 anos. Ele disse que a Martin de Sá está diferente este ano. "A estrutura da praia está melhor e o público mais selecionado", afirmou.
PLANETA MARTIN - A Martin de Sá é lugar de surfe. Parece surpreendente, mas os surfistas do litoral gostam do local para treinar nas ondas. Quando a ondulação está boa, a galera se concentra no chamado "ponto um" da praia. O objetivo é aperfeiçoar as manobras radicais.
Os surfistas reconhecem que a Martin não tem o mesmo "glamour" de praias como Itamambuca, em Ubatuba, e Maresias, em São Sebastião. As duas, são "points" obrigatórios para quem vai surfar no Litoral Norte.
"Nós vamos surfar em outras praias também. Mas, quando a ondulação está boa, preferimos ficar aqui na Martin. É um lugar bom para o surfe", disse o surfista de Caraguá Lúcio Moreira do Rosário, 31 anos.
Ainda no "ponto um" da praia, próximo à área dos surfistas, tem os pescadores de "carteirinha". Eles passam horas à beira-mar para, às vezes, pescar apenas um peixe por dia.
"Mesmo a pescaria não sendo boa, a gente gosta de vir aqui, porque a praia é muito boa", disse o aposentado Pedro Martos, 70 anos, de Potirendaba, interior de São Paulo.
TRIBOS - Em termos de agito, a praia está dividida em três setores que abrigam tribos diferentes. No setor um, logo no início da Martin de Sá, fica a galera do surfe, a garotada que vai à praia para paquerar e os pescadores.
Nessa área, fica predominantemente gente de Caraguá. "Aqui é o lugar onde tem mais jovens. É bom para paquerar e tomar sol", disse a estudante Flávia Belini, 25 anos.
Mais para o centro da Martin, próximo ao quiosque Baleia Branca, é onde se concentra a tribo da galera mais "cult". Ali ficam os turistas que têm apartamentos à beira da praia. É também o lugar de quem gosta de jogar futebol e vôlei.
Nesse setor da praia, a estudante de relações internacionais Mariana Cardillo Antonialle, 21 anos, estava lendo um livro sobre o perfil da vida das mulheres árabes. Talvez, essa cena seja a síntese mais perfeita do novo perfil da Martin de Sá.
"Aqui é ótimo pra ler. Tem uma paisagem boa. Pessoas interessantes. A praia está realmente diferente este ano, com um público mais elitizado", disse Mariana.
O terceiro setor da praia, mais próximo ao rio Canta Galo, ficam os turistas que gostam de ouvir pagode e funk. É também a área das crianças que gostam de se refrescar na água doce do rio que deságua na Martin. (Fonte: ValeParaibano)

Perfil da Martin

Caraguatatuba
- Extensão da orla: 1,5 quilômetro
- Nº de quiosques: 15
- Investimentos na revitalização em 2003: R$ 729 mil
- Público: cerca de 50 mil pessoas em dias de maior movimento
- Valor do apartamento médio com três quartos perto do mar: R$ 150 mil
- Valor do apartamento com dois quartos mais distante do mar: R$ 45 mil
- Terrenos perto da praia com 350 metros quadrados: R$ 30 mil
- Mais distantes da praia com 350 metros quadrados: R$ 15 mil
Fonte: Prefeitura de Caraguá. (Fonte: ValeParaibano)

Imóveis têm valorização de até 50%

Caraguatatuba - Os imóveis que ficam na orla da Martin de Sá, em Caraguatatuba, tiveram uma valorização de até 50% este ano. A praia foi o local que mais valorizou na cidade nesta temporada, segundo o Creci (Conselho Regional do Corretores de Imóveis) do Litoral Norte.
O subdelegado do Creci do Litoral Norte, Gerson Frateschi, disse que a valorização ocorreu devido às obras de revitalização que estão sendo feitas na praia.
Ele ressaltou que a mudança do perfil dos frequentadores da Martin Sá também está contribuindo para o aumento dos preços no local.
"É a maior valorização que tivemos nos últimos três anos. O novo perfil da praia é que está contribuindo para isso", disse Frateshi.
Segundo o Creci, um terreno de 350 metros quadrados, que valia R$ 20 mil no ano passado, está cotado no mercado atualmente por R$ 30 mil.
"Os donos de terrenos e imóveis situados na Martin de Sá já estão percebendo as mudanças na praia e negociando preços mais altos que os do ano passado", disse Frateschi.
Para Frateschi, a tendência para 2005 é de mais investimentos. "Os investidores estão de olho nas melhorias da Martin de Sá e devem investir na construção de novos prédios na orla da praia."
O preço de um apartamento de três dormitórios com 120 metros quadrados de frente para o mar está saindo na faixa de R$ 200 mil. Uma unidade com 70 metros quadrados está sendo negociada por R$ 100 mil. (Fonte: ValeParaibano)

Proibição para estacionar desagrada quiosques

Caraguatatuba - Os comerciantes que trabalham na orla da Martin de Sá perceberam a mudança no perfil do público nesta temporada, mas reclamam da queda nas vendas este ano.
Eles alegam que a proibição do estacionamento à beira da praia reduziu o número de pessoas que iam para a Martin. Segundo a proprietária do quiosque Ponto 11, Ana Lúcia Matos, as vendas caíram até 50% este ano.
"Este ano o movimento caiu muito. A praia está mais bonita, mas a proibição do estacionamento espantou os fregueses", disse Ana Lúcia.
Ana Lúcia sugere que a prefeitura libere o estacionamento em uma das mãos da avenida Aldino Schiavi, que fica em frente à praia.
"Dessa forma, o fluxo de veículos seria maior e mais gente viria para a Martin de Sá" disse Ana Lúcia.
O proprietário do restaurante Golfinho Azul, Élcio Shudi Odashima, 24 anos, disse que também percebeu a queda no movimento.
"A praia está com uma estrutura melhor e um público mais selecionado. Houve uma pequena queda no movimento este ano, mas os nossos fregueses continuam fiéis", disse Odashima.
O vendedor de coco Maurilio Moraes, 61 anos, disse que as vendas estão muito ruins este ano. Ele também culpa a proibição do estacionamento próximo à praia pela queda no número de fregueses.
"A reforma deixou a praia mais bonita e mais vazia também. As vendas deste ano estão muito abaixo do que eu vendi no ano passado", disse Moraes. (Fonte: ValeParaibano)

Morador que vendia sal deu origem ao nome

Caraguatatuba - Martin de Sá é o mesmo nome do bairro que abriga a praia. A nomenclatura da praia surgiu nos anos 60 e nasceu de uma junção do nome de um dos moradores do bairro. Ele era conhecido como Martin de Sal, porque "seu" Martin vendia sal que o mar depositava nas pedras, além da Pedra do Sapo. Com o passar do tempo, o nome Martin de Sal foi se fundindo no linguajar dos caiçaras e se transformou em Martin de Sá. Segundo a historiadora Luiza Rodrigues de Toledo Prado, a história do nome da praia foi levantado a partir do relato de moradores. (Fonte: ValeParaibano)

Nova iluminação dá mais vida durante a noite

Caraguatatuba - A vida noturna está de volta à Martin de Sá. Com a colocação de uma nova iluminação na orla da praia, os turistas estão se sentindo mais seguros para fazer passeios no calçadão à noite. É fácil ver as famílias levando as crianças para tomar sorvete entre 19h e 21h. Segundo a analista de sistemas de São Paulo Vera Assis Moreira e Silva, 34 anos, a Martin à noite está muito diferente. "Ano passado eu vim aqui e a iluminação não era tão boa. Agora me sinto segura para passear com as crianças até mais tarde", disse. (Fonte: ValeParaibano)

Parceria com o Estado garante obras

Caraguatatuba - As obras de revitalização na Martin de Sá são resultado de uma parceria entre a Prefeitura de Caraguatatuba e o governo do Estado, por meio do Dade (Departamento de Apoio ao Desenvolvimento das Estâncias). Foram investidos cerca de R$ 729 mil em 2003.
Segundo o secretário de Turismo de Caraguatatuba, Paulo Noronha, as obras na Martin de Sá foram feitas para devolver à praia aos turistas que moram próximos à orla.
"A Martin de Sá estava se tornando uma praia onde todo mundo ia, menos os turistas que moram próximo à orla. Eles ficavam na Martin só para dormir e durante o dia iam para outros lugares. Agora, isso está mudando" disse Noronha.
Ele disse que a praia realmente está ganhando um perfil para atrair um turista mais selecionado. Noronha afirmou que depois do fim da revitalização da orla, os quiosques passarão por reforma.
"Até os quiosques passarão por reforma. Queremos uma orla cada vez mais bonita e atraente para o turista", disse Noronha.
Sobre a questão na queda das vendas no comércio devido à proibição do estacionamento, Noronha disse que os comerciantes deverão se adaptar ao novo perfil dos frequentadores da praia.
"Os comerciantes terão que se adaptar com o novo perfil do turista da Martin de Sá para aumentar as vendas. Não acredito que a queda nas vendas esteja sendo tão drástica. Conversei com comerciantes que me disseram que este ano está melhor que o ano passado", disse Noronha.
As obras de revitalização da Martin de Sá deverão ser concluídas até março. Segundo a prefeitura, cerca de 90% do projeto já está pronto. Falta terminar apenas as obras da praça Antônio Faccini. (Fonte: ValeParaibano)

Novos cursos de Pós-Graduação em Caraguá

Caraguatatuba - As Faculdades Integradas Módulo, de Caraguatatuba, abrem em 2004 novos cursos de Pós-Graduação. São cinco novas opções no programa de pós-graduação Lato Sensu das Faculdades. O programa reúne 7 cursos de especialização: Bases Fisiológicas do Exercício e do Treinamento Desportivo; Ciências Ambientais; Educação Especial: Inclusão; Gestão de Recursos Humanos; Língua Portuguesa & Literatura: Instrumentação Tecnológica; além dos que já existiam: Gestão Comercial e Psicopedagogia. Os cursos começam em 6 de março e as inscrições vão até 20 de fevereiro. As Faculdades oferecerão 5% de desconto para ex-alunos e farão parcerias com instituições, como secretarias municipais, proporcionando uma tabela progressiva de descontos.
Após uma análise, a direção das faculdades selecionou áreas que possuem demanda potencial na região. Como o curso de Ciências Ambientais que é dirigido à pessoas das áreas de Biologia, Engenharia Florestal, Agronomia, Veterinária, entre outras afins. De acordo com o professor Paulo Hartmam, o curso segue as três principais linhas de pensamento em Ciências Ambientais: educação ambiental, gestão ambiental e biodiversidade; que serão interligadas através de atividades práticas. Na opinião de Hartmam, o curso vai suprir uma defasagem da região em cursos de aperfeiçoamento na área ambiental. "O Litoral Norte é muito rico, temos o Parque Estadual e uma grande porcentagem de Mata Atlântica, o que justifica a necessidade de profissionais habilitados a desenvolver trabalhos com o meio ambiente", disse.
Com os novos cursos, as Faculdades ampliam as possibilidades de aprofundamento em várias áreas de atuação profissional. "A Pós-Graduação propicia o diferencial competitivo para empregabilidade e para ascensão profissional das pessoas melhor qualificadas", comenta o Profº Drº Braulio Araujo Junior, Diretor de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão do Módulo. "Atualmente, o mercado de trabalho exige profissionais atualizados, empreendedores, dinâmicos, melhor qualificados, com capacidade de interagir com a sociedade consumidora. A Pós-Graduação é um processo educativo, cultural e científico que desenvolve e realimenta o ensino e a pesquisa e viabiliza a relação transformadora entre a Faculdade e a sociedade", explica.
O regime dos cursos é modular e/ou por disciplinas, com carga horária total de 360h, desenvolvida em 11 meses, num total de 45 dias letivos. Neste ano, os módulos serão desenvolvidos aos sábados com carga horária diária de 8 horas (das 8h às 12h e das 13h30min às 17h30min), sendo que nos meses de julho de 2004 e janeiro de 2005 serão realizadas 5 aulas em dias corridos para complementação da carga horária. A freqüência às aulas é obrigatória, sendo exigidos, pelo menos, 75% de freqüência em cada disciplina.
Os documentos para Inscrição são: Ficha de Inscrição, Currículo resumido, xerox da Identidade e CPF e Taxa de R$ 25,00 que será descontada na matrícula. Período de matrícula: 26 e 27 de fevereiro (das 9h às 12h e das 14h às 20h30min) e 28 de fevereiro (até às 12h) de 2004. Documentos para matrícula: Diploma de Conclusão e Histórico Escolar de Curso Superior, Ficha de matrícula, 1 foto 3x4 recente e Comprovante de Residência. Valor do investimento: 12 parcelas de R$280,00. Mais informações pelo telefone 3897-2000. (Fonte: Módulo)

Módulo forma 4ª turma de Ciências Contábeis

Caraguatatuba - A quarta turma do curso de Ciências Contábeis das Faculdades Integradas Módulo, teve uma noite especial na última quarta-feira, dia 28, com a cerimônia de formatura que aconteceu no auditório Ângelo Nogueira Fonseca. Foi uma cerimônia emocionante e contou com a presença de familiares, amigos e autoridades, como o vereador José Benedito Gonçalves Pinto (Zezinho Perequeté), o vice-prefeito José Pereira de Aguilar e sua esposa Rose de Aguilar.
Zezinho Perequeté foi o patrono da turma e, recebeu homenagens de seu filho, o formando José Horiê Gonçalves Pinto. O paraninfo da turma Prof. Alberto Manoel Scherrer, foi homenageado pelo formando Leandro Almada. O Prof. Paulo Roberto Simões Bijus, pela aluna Luciana Bolognani Leme Franco. O Prof. Ricardo Maroni Neto recebeu a sua homenagem da aluna Gabriela Cristina Whalmann.
A homenagem mais marcante foi feita ao Prof. Marcelo Francisco de Almeida, in memoriun; que foi prestada pelo formando Paulo Roberto de Faria Santos e entregue a diretora acadêmica Elizabeth Grillo.
A Faculdade homenageou os alunos Gabriela Cristina Whalmann pelo melhor trabalho dissertativo do curso; e Cleiton Nunes Coelho por ter tido o melhor desempenho do curso. (Fonte: Módulo)

Caraguá realiza o 1º Campeonato do Skate

Caraguatatuba - A associação In Line de Skate de Caraguatatuba está promovendo o 1º Aberto de Skate do município nos dias 7 e 8 de fevereiro. A evento já tem presença confirmada de feras do skate como o Vovô Edgar, campeão brasileiro de skate em 2003, e Netinho, vice-campeão de street de São Bernardo do Campo em 2003.
O campeonato é aberto e acontece na Pista de Skate Ton Ferreira. Poderão competir skatistas das categorias Mirim, Iniciante, Master, Amador e Long Board, e haverá premiação. Para os primeiros colocados o prêmio será um skate, para os segundos, bermudas e, para o terceiro, camisetas.
Segundo o vice-presidente da Associação, Marcos Antonio de Oliveira, a expectativa é de atrair aproximadamente 100 pilotos para a competição. (Fonte: PMC)

MACC mostra "Moda Praia Através dos Tempos"

Caraguatatuba - A Fundacc promove no MACC - Museu de Arte e Cultura de Caraguatatuba, no Pólo Cultural Profª Adaly Coelho Passos, de 6 de fevereiro a 7 de março de 2004, a exposição "Moda Praia Através dos Tempos", com fotografias que revivem desde o final do século XIX até o ano 2000. Também estarão expostos maiôs, de várias épocas, revistas e almanaques das décadas de 40 e 50.
A cada dia a moda se torna mais importante, tanto cultural quanto economicamente. Sua relevância para a compreensão da sociedade proporciona a museus do mundo todo se dedicarem a ela cada vez mais, através de pesquisas e exposições.
Foi o próprio Brasil, país tropical, com inúmeras praias que direcionou esta abordagem: a relação entre a cultura do banho de mar e a evolução da moda e dos modismos ligados à praia.
Com a valorização do banho de mar, a partir do século XIX, graças à crença em suas propriedades terapêuticas e à utilização da praia como um novo local de lazer, surgem os primeiros modelos criados para este fim.
A influência das guerras mundiais, o encurtamento dos trajes, o estímulo a cultura física e a descoberta de novas fibras sintéticas, fizeram a grande "revolução" na moda praia.
Do final do século XIX ao início do século XXI, a exposição "Moda Praia Através dos Tempos" no MACC vai mostrar evolução da moda praia, destacando-se a ousadia, tecnologia, padronização, criatividade, releituras, tão característica dos estilistas brasileiros. (Fonte: PMC)

A exposição "Moda Praia Através dos Tempos"

Caraguatatuba - De 6 de fevereiro a 7 de março o MACC será o cenário para a Exposição "Moda Praia Através dos Tempos", em parceria com a Secretaria de Estado da Cultura, com curadoria de Diná Jobst, pesquisa iconográfica de Karimi Rubez, e projeto gráfico de Fernando Braun.
Estarão expostas fotografias que revivem desde o final do século 19 até o ano 2000, maiôs de várias épocas, revistas e almanaques das décadas de 40 e 50. As fotografias antigas são do Arquivo Público do Município de Caraguatatuba Arino Sant'Ana de Barros, Clube de Regatas Tietê-SP, Centro Pró Memória do Clube Athlético Paulistano-SP, Fundo Arquivo e Memória de Santos, e as fotos atuais, são de Karlos Ferreira e Fernanda Calfat, do site de moda www.superchic.com.br
Os maiôs expostos são das décadas de 50 e 60, são peças de coleção particular. Os almanaques Fom-Fom são do início do século e as revistas Manchetes, da década de 50, vindos do Museu Histórico e Pedagógico Bernardino Alves de Capôs, de Amparo, SP.
A exposição pode ser visitada de terça a domingo, das 13h30 às 21h30.
A entrada é franca.O MACC fica na Praça Dr. Cândido Motta, 72, no centro de Caraguá. (Fonte: PMC)

Assistência Social leva crianças ao circo

Caraguatatuba - Crianças dos bairros Pegorelli, Casa Branca e Perequê Mirim, em Caraguá, puderam assistir ao espetáculo de um dos circos do Beto Carreiro World na última terça-feira. O passeio faz parte do projeto de desenvolvimento humano da Secretaria de Assistência Social do município.
A Secretaria de Assistência Social de Caraguá promoveu, no último dia 27, terça-feira, um passeio inesquecível para as crianças dos bairros Pegorelli, Casa Branca e Perequê Mirim. Elas puderam assistir a um espetáculo do circo do Beto Carreiro World, acompanhadas da equipe técnica do setor de habitação da secretaria.
A atividade faz parte de um programa de acompanhamento e desenvolvimento humano direcionado às famílias, que residem nas 120 unidades habitacionais do Pegorelli, 85 do Casa Branca e 13 do Perequê Mirim. Esta foi a primeira ação do projeto direcionada ao lazer.
No total, 201 crianças marcaram presença na sessão das 19h30, que trouxe muita alegria e divertimento para elas. No local, foram realizadas apresentações de dança, malabarismo, mágica, animais amestrados e, é claro, muitas palhaçadas, que tiraram belas gargalhadas da criançada.Todas as crianças foram transportadas nos ônibus, micro-ônibus e kombis da Prefeitura, Trans 70 e da PraiaMar Transportes. Os ingressos foram conseguidos pelo Fundo Social de Solidariedade de Caraguatatuba. (Fonte: PMC)

Notícias de Ilhabela Topo

Vulcano Sailing Shop

Luxo e conforto nos transatlânticos
Até março, Ilhabela deve receber mais 11 navios cruzeiros; embarcações oferecem diversão dia e noite

Ilhabela - Luxo e conforto de Titanic, paisagens paradisíacas e badalação dia e noite. Só em filme, certo? Errado. Este é o cenário dos transatlânticos que visitam Ilhabela durante o verão.
Até março, a ilha deve receber pelos menos 11 embarcações. Outros 11 navios já atracaram na cidade desde o começo da temporada.
O ValeParaibano desvendou os encantos de um transatlântico a bordo do navio Blue Dream, da empresa CVC, que esteve na ilha no último dia 23. O roteiro da viagem era de Ilhéus (BA) a Santos (SP).
O cenário cinematográfico é visto já na recepção da embarcação que fica de frente para uma escada parecida com a do filme "Titanic". A decoração luxuosa com muitos quadros envolve os passageiros.
São nove decks (andares) divididos em suítes, salas de piano, de internet, de recreação infantil e jogos, lojas, danceteria, relojoaria, cassino, galeria de fotos, restaurantes, biblioteca, academia, spa, salão de beleza e piscina.
Para a comodidade dos passageiros, todos os ambientes têm ar-condicionado e elevadores.
LAZER - Diversão é que não falta dentro do transatlântico. Para quem gosta de jogos há um cassino estilo "Las Vegas", com direito a mesas de poker, máquinas de apostas e roletas.
Na parte externa, o local mais visitado durante o dia é a piscina. As pessoas se divertem com aulas de axé e samba dentro d'água ou relaxam nas piscinas redondas de hidromassagem.
Para quem deseja manter a forma durante a viagem, o spa e a academia são as opções. Com vários aparelhos para ginástica e sessões de massagens, os espaços são os preferidos no final da tarde.
A agitação toma conta das noites no navio. Os momentos mais esperados são os dos shows no cabaré, onde as equipes de recreação e de bailarinos comandam as festas.
"Durante a viagem são feitos quatro shows por noite. Temos várias apresentações com danças de forró, samba, embalos dos anos 70, tango e salsa", disse o bailarino, Jeferson Silva.
A comida a bordo também é um dos destaques. Com um público brasileiro, o que não falta no cardápio são as carnes e os frutos do mar. A bebida mais servida é a caipirinha. Os restaurantes têm churrascaria e pizzaria.
O preço da viagem de sete dias pela costa brasileira varia de US$ 820 a US$ 1.750. O valor varia de acordo com o tipo de acomodação e dá direito a até cinco refeições diárias.
PARADAS - Os navios cruzeiros fazem paradas em vários portos durante as viagens e os passagerios podem desembarcar para conhecer as cidades. A capacidade dos navios variam de 800 a 1.800 passageiros.
Em Ilhabela, uma mega-estrutura foi montada para receber os turistas que podem optar por passeios de escunas, jipes e lanchas para várias praias e cachoeiras.
O navio fica atracado em frente ao píer da Vila, região central, onde ficam instaladas as tendas que oferecem os pacotes de passeios. (Fonte: ValeParaibano)

Para turistas, navios oferecem muito conforto

Ilhabela - Os navios cruzeiros são considerados um resort pelos passageiros, que chegam a fazer até cinco viagens em transatlânticos.
A estudante Juliana Pereira, 15 anos, de São Paulo, disse que já fez cinco cruzeiros pelo país. Ela considera as viagens "maravilhosas".
"Já conheci o nordeste e o sul. O navio tem muito conforto é dá para se divertir bastante", disse.
Juliana aproveitou a sua última viagem para aprender a tocar piano. "Gosto da piscina, discoteca e sala de jogos. As viagens sempre são encantadoras", disse.
A telefonista aposentada, Rosangela Assunção, 49 anos, de Santos, também já viajou em um transatlantico cinco vezes para várias cidades, entre elas, Salvador (BA) e Rio de Janeiro.
"Nenhum passeio é igual ao outro. Achei o navio (Blue Drean) o mais luxuoso e não dá para sentir que estamos mar", disse.
Os casal de advogados, Tania e Victor Mauad, ambos de 38 anos, de São Paulo, fez o roteiro entre Ilhéus (BA) e Santos (SP) pela primeira vez. Para Tania, o serviço a bordo equivale a um resort.
"Dá para fugir da agitação do dia-a-dia, pois há momentos da viagem que ficamos isolados em alto mar. É ótima a sensação de paz durante o passeio", disse Victor. (Fonte: ValeParaibano)

Preservação de mananciais do Bonete ganha financiamento do CBH-LN

Ilhabela - O projeto Bonete: Preservação dos Mananciais - fase II, elaborado pela Secretária de Obras da prefeitura municipal de Ilhabela, foi classificado em 1o lugar pelo CBH-LN em 2004. A segunda fase, que tem como objetivo a implantação do sistema público de abastecimento de água, tratamento, cloração e fluoretação, obteve pontuação máxima na última reunião do CBH, em 22 de janeiro, no Ceprolin de Caraguatatuba. Agora, o projeto aprovado deve passar pela análise da comissão técnica da Fehidro, que tem até dezembro para as avaliações serem feitas. O custo da segunda fase do projeto será de R$ 150 mil e a verba deve ser liberada apenas no início de 2005.
Segundo Djane Vitoriano, autora do projeto e funcionária da Secretária de Obras, o projeto foi elaborado para ser executado em três fases. "A primeira fase apresentada ao Comitê e contemplada em primeiro lugar em 2003 pela CBH-LN, prevê o esgotamento sanitário do bairro e construção de um centro de educação ambiental, e já passou pelas avaliações técnicas do Comitê aguardando a liberação dos recursos para início das obras.", explica
O custo da primeira fase foi avaliado em R $ 413 mil sendo R$ 226 mil recursos da Fehidro e o restante R$ 186 mil prefeitura municipal. A liberação dos recursos depende somente da assinatura do contrato pelo governador Geraldo Alckmin para se iniciar o processo de licitação. O projeto ainda conta com parcerias da Sabesp e Parque Estadual de Ilhabela.
Djane explica que a fase inicial é de extrema importância porque irá diminuir em 70% a poluição do Rio Nema, principal da região."O esgotamento sanitário será feito através da implantação do sistema unifamiliares de fossa diminuindo consideravelmente o esgoto jogado no Rio Nema", considera. Ela ainda explica que a tecnologia foi escolhida por ser moderna e simples, já que será manipulada por moradores que receberão treinamento de técnicos da Sabesp.
A terceira fase visa do projeto visa atingir as metas para que se obtenha o certificado ISO14001, desenvolvendo um forte cooperativismo, criando formas para que a comunidade se torne auto-sustentável sem impacto ambiental e sócio cultural.
A praia do Bonete foi escolhida como piloto por suas peculiaridades: comunidade isolada, sem saneamento básico, infra-estrutura e grande potencial turístico. O projeto tem a intenção de sensibilizar e conscientizar os moradores resgatando a tradição e o modo de vida local."Através de uma infra-estrutura adequada e capacitação dos caiçaras através de uma economia local sustentável", acredita.
O prefeito Manoel Marcos disse que projetos como esses são fundamentais para a preservação do meio ambiente."Com o crescimento e ocupação aumenta-se a chance de degradação e se torna fundamental a preservação dos mananciais", enfatizou o prefeito. (Fonte: Imprensa Livre)

Notícias de São Sebastião Topo

Nautica Superchic

Caminhões são barrados na SP-55 por excesso de peso
Entrega de cargas na Costa Sul é prejudicada

São Sebastião - A Polícia Rodoviária Estadual vem intensificando a fiscalização aos caminhões pesados que trafegam pela Rodovia Manoel Hyppolito do Rego (SP-55), no trecho da Costa Sul. Vários acabam impedidos de seguir viagem em razão do excesso de carga.
A questão está gerando polêmica. Comerciantes alegam que não conseguem receber suas encomendas, já que os caminhões de entrega são barrados nas bases da Polícia Rodoviária, no Guaecá, e em Boracéia, divisa com Bertioga.
Contudo, a portaria 0012/85, do DER (Departamento de Estradas e Rodagem), determina que o peso bruto total dos caminhões não pode ultrapassar 15 toneladas. Além disso, veículos com comprimento superior a 13,20 metros também não podem utilizar a rodovia entre os km 131 e 171, ou seja, da Praia Grande à Praia da Baleia.
De acordo com o tenente Lourival da Silva Júnior, comandante da Polícia Rodoviária Estadual no Litoral Norte, o Conseg (Conselho de Segurança) e várias associações de moradores da Costa Sul reivindicaram, no ano passado, o reforço no efetivo. Assim, em outubro de 2003, a região recebeu 29 policiais rodoviários.
"Com isso, nós incrementamos o policiamento na Costa Sul. Aumentamos a segurança e também a fiscalização de trânsito, que tem uma intensidade maior agora", explicou Silva Júnior.
Ainda segundo o tenente, alguns motoristas foram au-tuados por "inobservância" da portaria do DER. "Pode ser que a norma já esteja fora dos padrões, mas não compete a nós muda-la", enfatizou.
Apesar disso, Silva Júnior encaminhou um ofício ao Departamento de Estradas e Rodagem com uma proposta de aumento da tonelagem. "Enquanto não mudar a portaria, temos de fazer com que seja cumprida. Pedimos um estudo técnico, para que avalie as condições da estrada". A norma do DER foi expedida em 19 de março de 1985, ou seja, há aproximadamente 19 anos.
O tenente da Polícia Rodoviária afirmou que todos os caminhões com o peso acima do permitido são autuados. Entretanto, os veículos até 13,20 metros vazios podem transitar livremente.
Lourival da Silva Júnior sugere que, enquanto a norma não for revista, as cargas sejam divididas em caminhões menores. "Se não tiver como fazer isso, a pessoa terá de solicitar uma autorização especial no DER", concluiu.
O presidente interino da Aciss (Associação Comercial e Industrial de São Sebastião), Fabio José Aranha, disse que a norma não vinha sendo cumprida antes do reforço poli-cial. Ele também ressalta que a portaria é antiga e precisa ser revista.
Na última quarta-feira, a pedido de comerciantes de Boiçucanga e Maresias, Fábio Aranha encaminhou um ofício ao diretor regional do DER de Cubatão, Orlando Morgado, para que analise a proibição vigente. "Se esta portaria for levada a rigor, os caminhões que transportam alimentos, lixo e os ônibus intermunicipais também não poderiam mais circular na única rodovia que nos interliga", relatou.
Até um caminhão de coleta de lixo teria sido multado por ultrapassar o peso permitido, segundo informações da Aciss. "Qualquer caminhão de médio porte carregado passa das 15 toneladas", cita o presidente interino.
O empresário Onofre Nunes, da Madeireira Boiçucanga, também acredita na necessidade de revisão da norma. "A portaria tem quase 20 anos e, naquela época, a tecnologia usada na estrada era outra. Os caminhões trucks devem ser liberados, com proibição apenas para as carretas, pois invadem a pista contrária nas curvas".
Nunes teve seu caminhão impedido de transitar na rodovia. "Estava vindo do Pará e foi parado na base do Guaecá. Tive de mandar parte da carga para Caraguatatuba".
Fábio Aranha ainda citou outro caso. "Um caminhão que levava polpa de frutas ficou parado no Guaecá e o comerciante que havia comprado a carga teve de fazer o transporte com uma caminhonete. Foram três viagens até Maresias", relatou.
Para o presidente interino da Associação Comercial, o limite de peso deveria ser maior, pelo menos até o bairro de Boiçucanga. Acompanhados de comerciantes da Costa Sul, representantes da Aciss participarão de uma reunião na sede do DER, em São Paulo, na próxima semana.
DER - A assessorial de imprensa do DER informou que o diretor da regional Cubatão ainda não recebeu o ofício encaminhado pela Associação Comercial e Industrial de São Sebastião. Mesmo assim, o diretor Orlando Morgado afirmou que a revisão da portaria já está sendo analisada.
O caso deverá ser encaminhado à Coordenadoria de Operações do Departamento de Estradas e Rodagem, para que técnicos avaliem a possibilidade de aumentar o limite de peso na SP-55.
Presidente de cooperativa de transporte foi autuado e pediu igualdade de direitos
José Benes Filho, o Pepisco, que preside a Cooperativa de Transporte de Cargas de São Sebastião, sofreu autuação da Polícia Rodoviária, há cerca de duas semanas, ao trafegar com caminhão trucado na rodovia Manoel Hippolyto do Rego (SP-55) na cidade.
Ele relatou o caso ao Imprensa Livre porque, até então, outros caminhões do mesmo tipo, inclusive que servem à prefeitura, não eram impedidos.
Pepisco considerou que estes veículos realmente prejudicam a pista. "Mas a lei tem de valer para todos", ele ponderou. Disse que caminhões ainda maiores trafegavam na rodovia, vindos de outras regiões.
Ele se reuniu com o comando da Polícia Rodoviária, em Caraguatatuba, a fim de obter garantia quanto à aplicação da lei para todos a partir de rigorosa fiscalização. Pepisco afirma que obteve a garantia da Polícia Rodoviária para esta prática. Também afirmou que providenciaria a adequação da frota da cooperativa que preside. (Fonte: Imprensa Livre)

Combate ao cão na praia fica no papel
Após dois meses, São Sebastião não tem resultados na ofensiva lançada contra a presença de animais perto do mar

São Sebastião - Quase dois meses depois de lançada, a fiscalização da Prefeitura de São Sebastião para reduzir o número de cachorros nas praias da cidade continua sem resultados.
A ofensiva, que prevê a apreensão dos animais e a aplicação de multas aos seus proprietários, ainda não aconteceu, segundo a própria Divisão de Fiscalização de Obras e Meio Ambiente da administração.
Na última semana, o ValeParaibano esteve na praia de Maresias, um dos pontos mais badalados de todo o Litoral Norte, e encontrou pelo menos nove cães na areia.
Segundo a prefeitura, os animais não podem ser apreendidos porque o CCZ (Centro de Controle de Zoonoses) do município, construído no final de 2003 em Maresias, ainda não foi inaugurado.
"Ainda faltam alguns equipamentos, mas acreditamos que até o final deste mês teremos o CCZ à nossa disposição", afirmou Lineu Alvim Coelho Júnior, chefe da Divisão de Fiscalização de Obras e Meio Ambiente de São Sebastião.
Segundo ele, outro problema enfrentado no combate à presença de animais na praia é o tamanho do município, que tem 108 quilômetros de costa. Hoje, a prefeitura conta com 7 equipes de 4 fiscais cada uma.
"A cidade é muito grande e acaba sendo difícil fiscalizar tudo ao mesmo tempo", disse Coelho Júnior.
De acordo com a legislação municipal, quem for flagrado com animais na praia terá de pagar uma multa de R$ 600. Em caso de reincidência, o valor é dobrado e o animal pode ser apreendido.
O administrador de empresas André Fischer, 39 anos, de São Paulo, disse que voltou a passear com seu cachorro na praia quando percebeu que poucas pessoas estavam respeitando a lei.
"Quando percebi que só eu estava respeitando, voltei a trazer meu cão para a praia. Não adianta fazer minha parte, enquanto a praia está repleta de cães", afirmou Fischer.
A corretora de imóveis Adriana Azevedo, 27 anos, de Taubaté, disse que depois que soube dos problemas de saúde que podem ser provocados pelas fezes dos aminais na areia deixou de levar seu cachorro à praia. "Mas não acho justo só eu ter parado", disse.
RISCOS - A presença de animais em praias pode oferecer sérios riscos à saúde humana e provocar várias doenças de pele, como o 'bicho-geográfico' e a micose, causados pelo contato com as fezes de cães e gatos.
"Na areia, os parasitas que vivem nas fezes dos animais encontram um ambiente propício para a sua proliferação, em razão da umidade e do calor", afirmou o dermatologista Samuel Henrique Mandelbaun. (Fonte: ValeParaibano)

Animais podem ser utilizados em pesquisas

São Sebastião - Depois de inaugurar o CCZ (Centro de Controle de Zoonoses), a Prefeitura de São Sebastião pretende firmar convênios com universidades para que os animais apreendidos sejam utilizados em pesquisas acadêmicas.
A informação é do chefe da Divisão de Fiscalização de Obras e Meio Ambiente da prefeitura, Lineu Alvim Coelho Júnior, que não revelou o nome das universidades que devem participar do convênio.
"Iremos estabelecer um período para que esses animais sejam retirados do CCZ pelos seus donos. Caso esse prazo expire, os animais serão encaminhados às universidades, onde serão utilizados em estudos", disse.
No entanto, antes mesmo de serem colocados em prática, os convênios já enfrentam a resistência de entidades que atuam em defesa dos animais. "Somos contra a utilização de animais em pesquisas. Além disso, a função do Centro de Controle de Zoonoses não é exterminar animais, e sim cuidar deles", afirmou Silvia Máximo, presidente da ONG (Organização Não-Governamental) GAB (Grupo Amigo Bicho). (Fonte: ValeParaibano)

Prefeitura tem mais de R$ 11 milhões em obras em andamento

São Sebastião - Com as obras que estão em andamento, a prefeitura de São Sebastião soma mais de R$ 11 milhões em investimentos em andamento. Deste total, mais de R$ 5,9 milhões estão destinados à educação, em reformas, ampliações e construções de novas unidades escolares, como é o caso da Escola Maria da Penha Frúgolli, na Enseada, que está passando por reforma e ampliação.
A escola é compartilhada, ou seja, atende alunos de 1ª a 8ª séries, com responsabilidade do município e 1ª a 3ª séries, do segundo grau, onde a responsabilidade é do Estado.
Com investimento de R$ 3 milhões, o bairro de Maresias, na costa sul, irá ganhar uma nova unidade escolar, que irá atender de 1ª a 4ª séries, além da educação infantil. Já em Juquehy, a escola Plínio Gonçalves de Oliveira Santos contará com quatro novas salas de aula, além de reforma e, a escola Sebastiana Costa Bittencourt, em Barra do Una, terá um novo complexo que irá abrigar Emei e 1ª a 4ª séries.
Neste pacote ainda está incluída a construção de dois portais receptivos, sendo um no bairro do Canto do Mar, na Costa Norte, e outro em Boracéia, na Costa Sul, que irão abrigar serviços de informações turísticas, alimentação e posto policial.
Outros R$ 2,3 milhões estão sendo destinados à construção de uma nova Unidade Básica de Saúde, que irá atender os moradores dos bairros da Topolândia, Itatinga e Olaria. O local terá cerca de 1,5 mil m2 de área construída e irá substituir o posto de saúde atual, que teve seu projeto iniciado em 85 e ampliado na última gestão do prefeito Paulo Julião, em 92, e que não comporta mais as necessidades dos moradores desta região.
Já o Centro Esportivo Astrogildo Gomes Silveria, em Boiçucanga, irá receber novo piso e pintura e o Centro de Apoio Educacional de Barequeçaba, terá uma quadra coberta, pista de skate, além de banheiros, pisos e vestiários reformados.
Em fase final de obras, o Centro Comunitário do Jaraguá contará este ano com mais três salas. O local serve como ponto de referência de atendimento à saúde dos moradores do bairro. Lá, semanalmente há atendimento aos diabéticos e hipertensos, que realizam o controle d estes diagnósticos e, desta forma, se previnem dos agravos causados por estas doenças.
A prefeitura também destinou mais de R$ 400 mil à construção do Prédio que irá abrigar a primeira e segunda Vara de Justiça de São Sebastião. O valor total da obra está estimado em R$ 2,1 milhões, sendo 20% de responsabilidade do município, que também cedeu o terreno com 10 mil M2, e os outros 80% são financiados pelo Estado.
Segundo o prefeito Paulo Julião, estas obras fazem parte de uma série que estão em estudos para serem realizadas. "Estes investimentos trarão muitos benefícios para a população, que terá um melhor acesso à saúde, a educação, além da geração de novos empregos", afirma. (Fonte: PMSS)

Motoboy vem fazer serviço no litoral e acaba "perdendo a cabeça" na zona
Ele gastou dinheiro da firma na "farra" e tentou furtar moto do patrão

São Sebastião - Abalado emocionalmente após uma briga com a mulher, o motoboy J.E.J., 25 anos, de São Paulo, acabou "perdendo a cabeça". Ele veio à cidade com a moto CG 125 Titan, e dinheiro da firma para fazer um pagamento, quando decidiu gastar os R$ 1,5 mil na zona de prostituição.
Sem aparecer dois dias na empresa, que presta serviços com motoboy, e na casa, ambos em São Paulo, o patrão G.T.P., 27 anos, veio atrás, acabando por encontrá-lo, na tarde de quinta-feira, aparentando estar embriagado ou drogado, e sem o dinheiro, na rua Amazonas. A quantia era para ser usada em um pagamento de impostos na prefeitura local.
O caso poderia não chegar na polícia não fosse mais uma imprudência do motoboy, que decidiu furtar a moto da firma, após ter sido demitido verbalmente pelo patrão, que já tinha travado e pegado a chave.
G. tinha deixado a moto estacionada em uma rua do Centro e foi providenciar o transporte do veículo. Ao retornar, a moto tinha sumido. Pessoas que estavam na rua contaram que ela tinha sido furtada. Pelas características do ladrão, que usou uma chave falsa, G. descobriu que foi o ex-funcionário. O empresário decidiu pedir ajuda à Polícia Militar.
O cabo Prior, com a base móvel da PM, atendeu o caso, fazendo patrulhamento pelo bairro com a vítima. O motoboy foi localizado na rua da Praia. De uma simples demissão por justa causa e apropriação indébita, o caso virou furto qualificado e consumado, e J. foi conduzido ao 1° Distrito Policial, onde ficou recolhido na cadeia local.
O empresário contou à polícia que ficou surpreso com a atitude de J., que trabalha há três anos na firma e sempre apresentou bom comportamento. Ele estaria com problemas pessoais. O antecedente criminal dele revelou passagens por porte de entorpecentes, em 2000, e lesão corporal, em 1997. (Fonte: Imprensa Livre)

Assaltante usa roupa roubada e acaba sendo descoberto pela polícia

São Sebastião - W.B.S., 19 anos, até poderia passar desapercebido não fosse o fato de usar a roupa que roubou da casa de veraneio de M.J.S. e mais alguns amigos, dentre eles moradores na cidade. O assalto foi há um mês na En-seada. Na última quinta-feira, policiais da DIG (Delegacia de Investigações Gerais) prenderam W. e encontraram o material roubado em sua casa.
O crime ocorreu na rua Sebastião Eduardo de Moraes, quando sob grave ameaça W. e mais três comparsas invadiram a casa, levando roupas, talão de cheques e vários equipamentos de mergulho.
Durante as investigações, uma das vítimas viu W. próximo ao bairro da divisa de São Sebastião e Caraguatatuba com uma bermuda que teria sido roubada. A partir desta informação, os policiais fizeram investigações, acabando por identificar W..
Na casa do suspeito, no Perequê-Mirim, a polícia encontrou 90% do material roubado. Segundo o delegado da DIG, José Luiz Tibiriçá, W. confessou o crime. Além dele, o setor já identificou outro comparsa. (Fonte: Imprensa Livre)

Notícias de Ubatuba Topo

Restaurante Solar das Águas Cantantes Setur Pousada da Almada

Cinco vereadores querem disputar eleição para prefeito

Ubatuba - Pelo menos cinco vereadores de Ubatuba querem disputar a candidatura a prefeito neste ano. Quatro deles já são pré-candidatos. Por meio de prévia eleitoral, realizada no dia 18, o parlamentar Domingos dos Santos (PT), é pré-candidato. Obteve 45 votos, do total de 54 votantes. Vera Coutinho recebeu nove votos. A convenção eleitoral deve ser realizada até junho.
Outros vereadores, pré-candidatos a prefeito por consenso de seus partidos são: Eduardo César (PL); Rogério Frediani (PTB) e Andrade Henrique dos Santos (PAN). O parlamentar Charles Medeiros (PSDB) disputará a pré-candidatura na prévia a ser realizada em março. Pedro Tuzino, ex-petista, está no PSDB e deve concorrer à prévia para prefeito.
Ubatuba tem mais três nomes como pré-candidatos. O PFL quer a reeleição do prefeito Paulo Ramos. O empresário Luiz Bischof é pré-candidato a prefeito pelo PRTB, assim como a delegada Elizabeth Maluf Zago pelo PV.

Domingos Santos - O vereador Domingos tem 40 anos, nasceu em Ubatuba. Exerce primeiro mandato de parlamentar. É casado, tem três filhos e formado em geografia. O partido lançou candidatos a prefeito na cidade, mas nunca conseguiu elegê-los. No ano 2000, Pedro Tuzino disputou a candidatura pelo PT a prefeito e ficou em segundo lugar com 8.423 votos. Paulo Ramos venceu com 13.825
Domingos dos Santos afirma que sua campanha vai priorizar o combate à corrupção. O parlamentar apresentou denúncias ao Ministério Público contra irregularidades na prefeitura. Segundo ele, as ações estão em tramitação. O PT estuda coligações com o PSB e o PV.
Domingos afirma que Ubatuba precisa de planejamento e incentivo para a geração de renda por meio do turismo. "Precisamos de infra-estrutura e saneamento básico". Fala sobre o processo de migração, causado pela construção civil na década de 70. "Hoje, temos contingente de pessoas vivendo de sub-emprego". Defende ação regional, com apoio do governo federal, para que a população migrante tenha condição de viver em suas cidades de origem.
Domingos afirma que a Santa Casa (entidade particular beneficente) está próxima da falência. Diz que a rede municipal de saúde, por vezes, não conta com medicamentos, e há demora de até cinco meses para consultas médicas. "Os problemas decorrem da falta de planejamento e mau uso dos recursos". Também considera que é preciso avaliação sobre a qualidade do ensino e inovação.

Eduardo César - O vereador Eduardo César cumpre pela terceira vez consecutiva o mandato de parlamentar. Segundo ele, o PL estará coligado ao PC do B, PHS e PRP. Eduardo César tem 37 anos, é formado em letras e cursa faculdade de direito. Casado, três filhos, nasceu em São Paulo e vive há 16 anos em Ubatuba. Em 1998, foi candidato a deputado federal, obtendo 5.074 votos.
O vereador afirma, se eleito prefeito, vai combater corrupção na prefeitura. "Não havendo corrupção teremos recursos para as necessidades básicas", diz. Eduardo César quer a participação popular no governo, por meio de conselhos deliberativos. Considera que Ubatuba deve viver com recursos do turismo. "Não podemos falar em turismo sem proteção do meio ambiente; precisamos do ecoturismo durante todo ano".
Ele observa que Ubatuba recebe grande número de turistas somente em razão da beleza natural. Eduardo César declara que o sistema viário está abandonado, e não ocorre limpeza adequada das praias e eventos turísticos.
Para Eduardo César, Ubatuba também precisa de ensino profissionalizante e creches. Na área de Saúde, defende melhor atendimento e construção de hospital. "O PSF (Programa de Saúde da Família) precisa de maior suporte". Ele afirma também que os atletas de Ubatuba carecem de apoio da prefeitura.

Andrade Henrique - O pré-candidato do PAN, vereador Andrade Henrique, 54 anos, afirma que o partido deve coligar com o PSC. O parlamentar considera muito remota a possibilidade de desistir da disputa a prefeito. É casado, tem três filhos, nasceu e sempre viveu em Ubatuba.
Cumpre segundo mandato de vereador. Também foi presidente da Câmara, na legislatura anterior, quando passou a ser prefeito durante quatro meses, em razão do afastamento judicial do ex-prefeito. Segundo ele, uma pesquisa feita por seus amigos e partidos de oposição revelou que sua atuação na prefeitura teve excelente aceitação popular.
Andrade quer fazer um novo governo voltado para o turismo sustentável. Em linhas gerais, cita necessidade de saneamento básico, melhores condições da Santa Casa e viabilização de aeroporto. "Ubatuba é a cidade mais bonita do Brasil, mas faltam cuidados". O vereador afirma que outra fonte de recursos pode ser obtida por meio do IPTU. "Podemos dobrar esta receita porque há muito imóveis não cadastrados".

Foto: CMURogério Frediani - Rogério Frediani (PTB) é presidente da Câmara. Aos 40 anos, exerce o segundo mandato de vereador. O pré-candidato a prefeito é bastante crítico contra as administrações municipais da cidade. "Ubatuba não teve muita sorte". Foi vice-prefeito na gestão anterior por três meses. "Deixei o cargo porque não concordei com as medidas".
Também já foi secretário da regional norte do governo atual.
Frediani é formado em educação física, casado, tem dois filhos. Nasceu em Taubaté e sempre viveu em Ubatuba. "A cidade tem o melhor potencial turístico, comparado-se às demais da região, mas o município está feio, falta administração". Frediani afirma que Ubatuba tem bom orçamento, na ordem de R$ 77 milhões e poderia contar com ajuda do Estado. "Não há incentivo para empreendedores, sinto até raiva ao pagar IPTU, não temos retorno".
Rogério Frediani afirma que seu governo será totalmente voltado ao turismo para geração de recursos. "Saúde e Educação são obrigações básicas". "Estaremos criando uma frente, vamos conversar com o PAN, o PL e o PSDB". Ele sabe sobre a intenção destes partidos terem candidatos próprios. "Mas todos nós temos de estar dispostos a ceder para estabelecer uma frente", conclui.

Empresário e delegada defendem política empresarial

Foto: DivulgaçãoLuiz Bischof - Luiz Bischof é pré-candidato a prefeito de Ubatuba, pelo PRTB. Ele preside a comissão provisória do partido. O empresário da construção civil e hotelaria afirma que Ubatuba necessita de uma administração empresarial. Sua proposta está voltada à geração de empregos e, como diz, "credibilidade da vida pública".
Bischof tem 52 anos, nasceu em São Paulo, mas vive há 50 anos em Ubatuba. É casado e tem quatro filhos. Segundo ele, seu partido manterá contatos para coligações. "A situação da cidade hoje é caótica", avalia. Ele foi secretário municipal de Turismo do atual governo, até abril de 2003. "A cidade não tem investimentos, os investidores não acreditam na política de Ubatuba".
Uma vez eleito, Bischof afirma que a primeira medida será limpar a cidade. Também diz que há necessidade de conter a ocupação desor-denada. Cita que além da condição de miséria, ocorre poluição das praias em razão dos efluentes lançados pelas áreas sem saneamento básico. Bischof também afirma que a cidade necessita de hospital estruturado e a rede municipal de Saúde de investimentos.

Foto: Renato Boulos/USCElizabeth Maluf Zago - Ela é delegada da mulher, tem 40 anos, casada, dois filhos, nascida em Uberaba (MG), e vive há 12 anos em Ubatuba. A pré-candidata do PT a prefeito, Elizabeth Maluf Zago, nunca participou da política até filiar-se ao partido em dezembro passado. "Acredito no meu potencial para ser prefeita com apoio técnico".
Escolheu o PV por ter se identificado com as propostas de desenvolvimento sustentável. "Quero ser prefeita porque tenho muita vontade de promover geração de empregos, aquecer a economia, aumentar a segurança; não concordo com o governo atual da cidade".
Entre suas propostas está infra-estrutura para o turismo. "Isto também envolve atendimento adequado na área de saúde". Considera possível governar com o próximo orçamento em torno de R$ 98 milhões. "Mas precisamos buscar recursos dos governos estadual e federal". Declara que a prefeitura deve trabalhar como uma empresa para gerar recursos.
A delegada afirma que a segurança é deficitária em Ubatuba. "Temos 5 milhões de turista no Litoral Norte, e são destinados somente 400 policiais para apoio; todos os anos". A pré-candidata afirma que, se eleita, criará uma ouvidoria para atendimento à população. O PV quer coligar. "Temos muita simpatia com o PT e outros partidos de oposição ao governo municipal", ela diz.

PFL quer reeleição de Paulo Ramos

Foto: PMUPaulo Ramos - O presidente do PFL de Ubatuba, Roberto de Carvalho Resende, afirma que o partido, por consenso, definiu o prefeito Paulo Ramos, como pré-candidato à reeleição. Resende afirma que é fácil criticar o atual governo e fazer acusações. "O difícil é provar".
Ele cita que as dificuldades da administração para novos empreendimentos ocorrem por falta de recursos e leis rigorosas de proteção ambiental. "A nossa maior fonte de renda é o IPTU". Resende, engenheiro civil, é coordenador do Centro de Processamentos de Dados da prefeitura.
Ele afirma que 25% do orçamento municipal são destinados à Educação, 15% para Saúde, 54% para a folha de pagamento da prefeitura e 6% para a folha de pagamento da Câmara, ou seja, nada sobra. Resende também afirma que Ubatuba tem 85 quilômetros de costa, 73 praias e 748 quilômetros quadrados de área; sendo 90% tombada. "Os 10% restantes envolvem série de restrições ambientais; as leis dificultam o desenvolvimento turístico".
Resende afirma que o governo Paulo Ramos criou escolas, pavimentou ruas e instalou sistema de informática, interligando todas as secretárias.
Segundo ele, o programa para a reeleição de Paulo Ramos será pelo desenvolvimento turístico, procurando amenizar a falta de áreas e estabelecendo estrutura para visitação em cada bairro, durante o ano inteiro.
"Temos de ter criatividade para resolver a falta de recursos, mas os problemas não se resolvem da noite para o dia". Ele cita que uma das propostas em fase de estudo é afeta ao transporte marítimo. Roberto Resende afirma que, a princípio, o PFL está coligado com o PMDB, PP e PSL. (Fonte: Imprensa Livre)

Vereador propõe Moção de Congratulações ao Correio do Litoral

Ubatuba - O vereador Charles Medeiros (PSDB) assim se expressou a respeito da série "Ciccillo, um Coração em Ubatuba", que está resgatando parte da história da cidade e do Litoral Norte.
Correio do Litoral: Vereador, na sua opinião, qual é o significado dessa série de matérias publicadas pelo Correio do Litoral?
Charles Medeiros: São extremamente significativas. Protocolei na Secretaria da Câmara, uma Moção de Congratulações ao Correio do Litoral e ao jornalista Sidney Borges, pois acredito ter sido Francisco Matarazzo Sobrinho um divisor de águas na política ubatubense, um cidadão com qualidades excepcionais, inteligência, competência e visão de futuro.
A homenagem prestada ao eterno prefeito Ciccillo veio em boa hora. Parabéns ao jornal pelo trabalho. Os cidadãos de Ubatuba agradecem. (Fonte: Correio do Litoral)

Artigo Topo

A sangue frio

Truman Capote descreveu o trucidamento de uma família em "A sangue frio". O livro é um dos pilares do new journalism. A narrativa é entremeada de reportagem e ficção, que combinados com notável maestria, produzem um enorme impacto em quem lê. O sucesso estrondoso colocou Capote no panteão dos grandes escritores americanos do século XX. O tema é digno de reflexão, trata do porquê de certas atitudes tomadas por alguns homens, que sem razão matam de forma gratuita. O Estado americano é adepto da lei do olho por olho, os criminosos foram presos, julgados e condenados à morte. Capote, que os entrevistou durante meses, acabou afeiçoando-se a um dos envolvidos, considerado por ele vítima das circunstâncias. Quando o criminoso foi executado, o escritor entrou em depressão, da qual nunca mais conseguiu recuperar-se. Talvez ele tenha penetrado mais fundo na escuridão da alma humana. Quem sa be conseguiu ter um vislumbre do que passa batido para a maioria. Lembrei-me do livro ao assistir, por acaso, uma entrevista com os assassinos de dois rapazes, crime recentemente acontecido no Guarujá. Quanta frieza! A justificativa inexistente para o crime e o discurso perverso e maniqueísta de vítimas da sociedade, discurso apreendido nos discursos dos que hoje detém o poder, estragou o meu dia. Os mortos são dois jovens que cometeram o deslize de pertencer à classe média, aparentemente hoje a culpada de tudo. Foram trucidados, com requintes de maldade e perversidade. O olhar dos matadores evidencia que eles não serão recuperados, são irrecuperáveis, ultrapassaram a linha que separa os homens das bestas-feras. Em alguns anos estarão matando novamente, graças aos benefícios que receberão, como vítimas que se dizem. Os mortos, ora os mortos. Como disse o assassino, juiz e carrasco, para o repórter:
- O que fazer, agora já era.
O crime dos rapazes, condenados à morte em julgamento sumário, em flagrante oposição à Constituição Brasileira e ao Código Penal, que não prevê esse tipo de pena, foi ter carro, dinheiro e boa aparência. Isso no Brasil só é permitido aos que vivem na Ilha da Fantasia, em Brasília.

Sidney Borges
www.lojasmurray.blogger.com.br/index.html

Carta do Leitor Topo

Entre "aspas" - colhidas no verão:
"A quem interessa o caos?"
"A temporada já acabou.Com ela, muita coisa boa que tínhamos."
"Como os visitantes estão cada vez mais mal educados!"
"Quanta gente feia!!!"
"Vamos limitar o acesso a Ilha Anchieta." (só para a Ilha?)
"Venha almoçar no Hotel. Self-service coma `a vontade."
"Alugam-se casas, apartamentos, vagas, edículas e garages para o reveion."
"Ta chovendo. Quero meu dinheiro de volta."
"Cidade de Deus!?"
"Os caras lavaram a égua."
"Este ano vai ser melhor. Tem feriados."
"Onde estão os meus clientes?"
"O dinheiro trocou de mão."
"Pelo menos já cobri o banco."
"Este foi o ano dos restaurantes."
"Aqui é Capital do que?"
"Que absurdo!!! Na minha cidade é muito mais barato."
"Onde é as lojas dum real?"
"Fais macarrão mesmo benhê..."
"..nois dorme aos poucos"
"..vou pedir dois lanche de cachorro que é mais barato."
"Quanto!!!??????"
"Pare aqui e estacione 5 real."
"Da pra ver de longe. Ta cheio de pano depindurado. Parece o Carandiru."
"Tanto carro que passou que levaram o asfalto da rua."
"Vou montar um negocinho aqui. Diferente de tudo que já tem."

Ronaldo Dias
Ubatuba, SP


Abuso - Gostaria de registrar minha revolta, indignação, insatisfação e todos os adjetivos que se possam imaginar com o GRUPO EDP BANDEIRANTES.
Relato: Na conta referente ao mes de faturamento Dezembro/2003, recebemos as seguintes mensagens; Reajuste de 14,68% res...etc, etc, etc,
A partir de Janeiro/2004, voce estará recebendo sua nova conta de energia, com novo desenho, mais facil de visualizar todos os detalhes, verifique mudanças positivas e fique atento a sua nova data de vencimento. Opa... é aqui que a roda pega, pois é, aqui mesmo que voce ouve um gringo falar para voce Só no Brazil mesmo, este país não é serio, aquí voce GASNO só paga a conta mesmo, quem pode mais chora menos, GOVERNO edita lei de última hora para arrecadar, ninguem respeita mais ninguem mesmo, até JUIZ, e isto mesmo aquele que é para manter a Lei..... mas que lei, tem lei no Brazil, sei não.
Voltando a EDP - BANDEIRANTES, com o golpe, de conta nova altera nosso vencimento do dia 14/02 para 30/01, com um pequeno reajuste autorizado pelas An.......
Se voce tem dinheiro ou não é problema seu, a nova continha traz um vencimento novo, se não for paga na respectiva data mais um multinha para o cofrinho, estou me convencendo como dizem os nossos amigos gringos O BRAZIL não é sério;
Como o caro editor pede para darmos sugestões, para não criticarmos apresento a minha: QUANDO O FUNCIONÁRIO NÃO CUMPRE SEU PAPEL É DISPENSADO DO CARGO, quando o ADMINISTRADOR, GOVERNADOR, PREFEITO, encontra formulas faceis de arrancar dinheiro do povo o negócio é DEMITI-LO, e pelo visto em muitos destes casos torna-se tarefa quase impossivel, devemos colocar nossa boca no TROMBONE. O Brasil se quiser ser um país desenvolvido, primeiro deverá fazer uma FAXINA nos cabides de emprego, e analisar muito bem suas CONCESSIONARIAS.

Rubens Conta
Caraguatatiba, SP

 

Foto do Dia Topo

Ubatuba

Pico do Corcovado

©2004 Emilio Campi
Vista aérea de Parati


Para instalar a foto como papel de parede (wallpaper)
Clique na foto acima. Após carregar a foto ampliada, clique com o botão direito do mouse sobre a imagem e escolha "Definir como papel de parede" ou "Definir como fundo de tela". Para ajustar a imagem em tela cheia, clique em qualquer lugar da área de trabalho com o botão direito do mouse, escolha "Propriedades" / "Fundo de Tela" ou "Papel de Parede" / "Ampliar".

Arquivos:  Foto Saudade  -  Foto do Dia
 

 Faça seu comentário, crítica, opinião ou sugestão no Litoral Virtual:
Clique Aqui


As notícias, fotos e cartas publicadas neste boletim são de inteira responsabilidade de suas fontes e autores,
não expressando necessariamente a opinião deste informativo. O envio de qualquer material para nosso e-mail
será considerado como autorizado a sua publicação e assumida a total responsabilidade pelo seu conteúdo.
As cartas devem conter nome completo, RG, endereço, telefone de contato e um e-mail válido.
Reservamos o direito de não publicar cartas que não contenham a devida  identificação do autor.


GRÁTIS!!
Receba as Últimas Notícias do Litoral em seu e-mail:

Quero receber GRATUITAMENTE o boletim Últimas Notícias do Litoral na versão:

Compacta (apenas as manchetes c/ Link)
Completa (todas as notícias na íntegra) 
e-mail:
Cidade:



Obs.: Você poderá cancelar o recebimento das notícias a qualquer momento.

Conheça as cidades do Litoral Norte Paulista:

Caraguatatuba Ilhabela São Sebastião Ubatuba

Litoral Virtual
O mais completo site do Litoral Norte Paulista na Internet
Sugestões, críticas e informações, entre em contato:
info@litoralvirtual.com.br

©1995/2001 Emilio Campi - Studio Maranduba - Direitos Reservados
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem a expressa autorização do autor