Litoral Virtual últimas notícias do litoral
Sexta-feira, 13 de fevereiro de 2004 - Nº 971 Edições Anteriores

Barra da Lagoa Porto das Artes BIL

Região
Escolas e blocos ganham avenidas do Litoral Norte
No litoral, o Carnaval tem agito nos salões, avenidas e em alto mar
Boates garantem pura diversão
Litoral também é refúgio ao sossego
Criatividade e conforto para o visual do folião
Frutas e muita água para pular o Carnaval
Turistas no clima da festa
Point da Paquera: Histórias de outros carnavais
Investidores elegem a Martin de Sá e Maresias como as "vedetes" do litoral
Lançamento do Almanaque: Litoral Norte sempre verão
Estado lança novo projeto para combater as drogas nas escolas


Caraguatatuba
Caraguá sedia 1ª Regata de Vela Oceânica
Bandas baianas e blocos animam Carnaval em Caraguá
Conheça os blocos de Caraguá
O rock despojado do Capital
Festival de fantasias no céu do litoral
Caraguá tem mais 11 casos de dengue
Guardas-parque apreendem mais de 400 palmitos “in natura”
‘Direitos do Estudante’ leva secretária de Educação à reunião em São Paulo
Bandeirante Energia entregará 650 kits escolares
Dia da Família da Escola começa neste sábado 14


Ilhabela
Travessia a Ilhabela terá reforço
Bombeiros acham corpo de pescador em Ilhabela
Tribunal de Justiça garante acesso a píeres particulares em Ilhabela


São Sebastião
Fiscalização demole residência na cota 180, dentro do Parque Estadual
São Sebastião tem 2º maior crescimento de empregos em 2003
Robert Scheidt sai na frente
Câmara estuda projeto que obriga vereador a usar traje social em sessões
São Sebastião escolhe corte de Momo amanhã
São Sebastião terá campanha contra DST
Carnamar, mergulhe nesta folia
Peça "O Micofone" é atração no litoral


Ubatuba
Secretário de Turismo participará de encontro regional no dia 18
Morador do Itaguá quer fim de poluição em rio e praia
Boi de Conchas é destaque em festa de Ubatuba
Defesa Civil monta operação Carnaval
Construção na Almada tem aprovação oficial
Campeão Josino vai para Áustria
Boi Chorão na Feira Livre
Almada ganha museu na 5ª feira
Verbas continuam sendo repassadas
PM localiza carro furtado em Ubatuba e vendido em Taubaté

Seções
Conto em Capítulos
Carta do Leitor
Foto do Dia



Notícias da Região Topo

Escolas e blocos ganham avenidas do Litoral Norte
Desfiles prometem contagiar espectadores durante as apresentações nas cidades da região

Litoral Norte - Um dito popular garante que, quem não gosta de samba, bom brasileiro não é. Verdade ou mentira, o certo é que, durante o Carnaval, o ritmo ganha as avenidas de todo o Brasil em comemorações que atravessam a madrugada.
No Litoral Norte, a história não é diferente e, como não poderia deixar de ser, os tradicionais desfiles de escolas de samba e blocos carnavalescos empolgarão multidões em toda a região.
A maior festa acontecerá em São Sebastião, cidade que investiu pesado no Carnaval deste ano (R$ 185 mil). Com desfiles de escolas de samba, matinês e o tradicional baile de rua, a cidade espera receber mais de 80 mil pessoas por noite.
"Nosso Carnaval vem dando certo há alguns anos, e acreditamos que nesse ano a história se repetirá", afirmou Daniel Augusto, diretor de Turismo da cidade.
A festa em São Sebastião começa já na sexta-feira, dia 20, com o desfile de blocos iniciantes, e só termina na madrugada da Quarta-feira de Cinzas, com a apresentação da escola de samba campeã do Carnaval.
Como em outros anos, uma das principais atrações será o tradicional "Bloco dos Sujos" (com homens fantasiados de mulher e mulheres fantasiadas de homem), que vai às ruas do centro da cidade no sábado, a partir das 21h.
ESCOLAS - O desfile das escolas de samba de São Sebastião acontece no domingo de Carnaval (dia 22), a partir das 21h. Ao todo, mais de 2.000 pessoas divididas em quatro agremiações irão à rua da Praia, no centro da cidade.
Entre as escolas que entram na disputa deste ano, a tricampeã Sol de Verão, da Vila Amélia, desponta como forte favorita levando ao desfile o enredo "Os sete pecados capitais".
"Deveremos trazer alguns efeitos especiais que com certeza farão sucesso no desfile deste ano", afirmou Gustave Gama, 25 anos, puxador de samba da escola.
DEMAIS CIDADES - A folia dos blocos carnavalescos e escolas de samba também estará presente nas demais cidades do Litoral Norte.
Em Caraguatatuba, o agito começa na ponte do rio Santo Antônio e termina na Praça de Eventos. Durante a folia, desfilam blocos populares como o das Piranhas, do Urso e o Tô Beleza, todos eles acompanhados por carros-de-som.
Na região sul da cidade, a grande atração será o bloco "Devotos da Cheirosa", que ganhará as ruas no sábado, a partir das 23h.
Na ilha mais charmosa do Brasil, Ilhabela, o acontecimento do Carnaval é o Banho da Dorotéia, na terça-feira (dia 24). Mas para aqueles que não abrem mão da folia na avenida, haverá desfile de blocos (no sábado e no domingo) e apresentações de escolas de samba (na segunda-feira).
Em Ubatuba, a animação ficará por conta dos desfiles dos blocos Cachorrada e Galo da Meia-Noite, que abrem a festa mais popular do país na sexta-feira. (Fonte: ValeParaibano)

No litoral, o Carnaval tem agito nos salões, avenidas e em alto mar
Atrás de um trio-elétrico ou nos bailes carnavalescos, a palavra de ordem é uma só: diversão

Litoral Norte - Nas avenidas, nos coretos, nos salões, nas praias e até em alto mar. No Litoral Norte, o Carnaval estará presente em todas as partes durante os quatro dias de folia.
Correndo atrás de um trio-elétrico, revivendo a magia das marchinhas carnavalescas nos bailes ou caindo na irreverência dos blocos, a palavra de ordem será uma só: diversão.
É tanta coisa que o difícil será arrumar energias para aproveitar tudo isso. "Além de tudo isso, a região conta ainda com as praias, que por si sós já atraem muita gente", afirmou Daniel Augusto, diretor de Turismo de São Sebastião.
Com uma população fixa de 240 mil habitantes, o Litoral Norte deverá receber um verdadeiro "mar de gente" neste Carnaval. Segundo estimativas das prefeituras de Caraguatatuba, Ilhabela, São Sebastião e Ubatuba, serão mais de 1,5 milhão de turistas nos quatro dias de folia.
Para atender às expectativas de toda essa gente, as quatro cidades trarão uma agenda recheada de atrações, incluindo shows com grandes nomes da música nacional e até desfile de alegorias em alto mar.
Mas a folia, que promete brotar em cada esquina do Litoral Norte, não ficará só nisso. Em Caraguatatuba, o Carnaval chegará aos céus com o 1º Campeonato de Vôo Livre à Fantasia (leia texto nesta página).
ATRAÇÕES - Na folia do Litoral Norte, o tradicional e o moderno se encontram no mesmo lugar.
Em diversos pontos da região, há opções para quem prefere grandes concentrações de jovens ou comemorações com um número menor de pessoas (que nem por isso são menos animadas). Tudo para que a tristeza nem pense em chegar.
As maiores atrações de rua acontecem em Caraguá, que montou uma programação repleta de atrações para este ano, com destaque para os shows e bailes populares.
Entre os muitos eventos programados para este Carnaval, os mais esperados devem ser as apresentações dos grupos Exaltasamba (dia 21) e Companhia do Pagode (dia 24), na Praça de Eventos, no centro da cidade.
Na região sul da cidade, a animação ficará por conta do trio-elétrico "Ô Bahia". Todas as atrações, promovidas pela Secretaria de Turismo da cidade, são gratuitas.
NOS CORETOS - Em meio a tanta folia, uma tradição resiste ao tempo e todos os anos traz uma pitada de nostalgia ao Carnaval do Litoral Norte.
Como nos tempos da vovó, a folia acontece nos coretos das praças espalhadas pelas cidades da região e, mesmo com o passar dos anos, continua sendo a grande atração para muita gente.
Em Caraguá, serão quatro bailes populares com a Banda Municipal Carlos Gomes, sempre a partir das 21h, resgatando a tradição das marchinhas carnavalescas, do confete e da serpentina.
No domingo, haverá matinê para as crianças das 16h às 18h. Durante os bailes-- que acontecem no centro, no Porto Novo e no Perequê-Mirim --serão realizados concursos de fantasias para adultos e crianças.
Todas as praças estarão decoradas com as máscaras, cabeções e alegorias. Nas festas também estarão presentes os famosos bonecões de Carnaval, que sempre animam a garotada.
"O Carnaval de Antigamente já é uma tradição aqui em Caraguá. É um programa para toda a família", afirmou Paulo Noronha, secretário de Turismo do município.
A folia nos coretos também estará presente em São Sebastião. O principal atrativo da cidade, no entanto, deverá ser o desfile das escolas de samba, o maior da região (veja mais na página 12).
Nas ruas de Maresias, Juqueí e Boracéia --três das praias mais badaladas da costa sul da cidade-- a tarefa de conduzir o Carnaval ficará a cargo de um trio-elétrico que se apresentará até o último dia de folia.
Em Ubatuba, as atrações que mais prometem são os bailes populares na avenida Iperoig e no coreto da praça da Matriz, no centro. Os eventos serão realizados nos quatro dias de Carnaval.
Entre pierrôs e colombinas, diversão é o que não vai faltar. Até a Quarta-feira de Cinzas. (Fonte: ValeParaibano)

Boates garantem pura diversão

Litoral Norte - A diversão também estará presente ao longo dos quatro dias de folia nos bailes das principais casas noturnas do Litoral Norte.
Em quase todas elas, o som eletrônico que agita as fervilhantes noites da região dividirá espaço com as famosas marchinhas de Carnaval.
Um dos bailes que mais esperados será realizado na casa noturna Galeão, em São Sebastião --uma das mais badaladas do Litoral Norte.
Em meio a serpentinas, bexigas e pistolas d'água, a banda O Beco se apresentará com um repertório que vai das marchinhas ao forró. Na pista de dança, muito soul, black-music e tecno.
Na boate Luna, de Ubatuba, as comemorações não ficarão por menos. Em cada uma das quatro noites, três DJs animarão a pista de dança enquanto a banda "Luna Folia" tocará grandes sucessos do Carnaval em uma tenda montada no lado de fora da casa.
Em Caraguatatuba, o agito ficará a cargo da Ilha Tamanduá, que aposta em uma folia com variados ritmos musicais. O diferencial da boate será a participação de blocos como o "Segura meu lôro" durante os quatro dias de festa. (Fonte: ValeParaibano)

Litoral também é refúgio ao sossego

Litoral Norte - Carnaval é para descansar e curtir a natureza. É o que pensa alguns turistas que aproveitam o feriado para fugir do agito, mesmo no Litoral Norte, porque preferem a tranquilidade.
A surfista Luiza Romann, 16 anos, em carnavais passados foi dormir cedo para acordar disposta para ir para praia surfar. Ela prefere curtir mais o dia que a noite.
"Ubatuba fica muito movimentada, o que não gosto. Este ano, não sei se vou curtir o Carnaval. Pode até ser que saia com as meninas para algum lugar. Talvez eu curta alguma balada, ou então, talvez continue preferindo vir para a praia", disse.
O casal Anna Palomo Bicalho, 20 anos, estudante de arquitetura e Adriano Damas, 29 anos instrutor de mergulho, ambos de São José do Rio Preto, também prefere algo mais light.
Mesmo que saiam à noite, nos dias de Carnaval, optam por lugares alternativos e menos movimentados.
"Curtimos mais a tranquilidade, programas sem muito agito, barulho e bagunça. De noite, saímos com nossa turminha para fazer um luau ou ir em bares mais isolados", disse Bicalho. (Fonte: ValeParaibano)

Criatividade e conforto para o visual do folião
A praia pede descontração, portanto, abuse das roupas leves do tipo esportivo para brincar neste Carnaval

Litoral Norte - Arte, criatividade e descontração são as dicas básicas do visual para curtir as quatro noites do Carnaval nas casas noturnas ou nas avenidas das cidades do Litoral Norte.
A praia pede conforto, portanto, abuse de roupas leves, principalmente as de estilo esportivo. Saias, shorts, tops, bermudas e bluzinhas são as peças mais indicadas para cair na folia.
Nesse rol de opções, prefira as roupas confeccionadas em algodão, lycra ou nylon, que além de estar bem vestida, tem tudo a ver com o estilo mais despojado do Carnaval à beira-mar.
As cores podem variar desde os tons mais claros --os chamados pastéis-- aos flúors --pink, verde limão ou amarelo ouro--, que foram as apostas para a temporada de verão 2004 no mundo da moda.
Para completar o traje, os acessórios --brincos, colares, pulseiras, tornozeleiras, braceletes e cintos-- dão um toque especial ao vestuário carnavalesco.
A estilista Perla Amorim, de Caraguatatuba, recomenda aos foliões do Litoral Norte nada muito extravagante para não comprometer o visual e, muito menos, para não ficar desconfortável.
FUXICO - No ateliê de costura de Jude Medeiros, 51 anos, as fantasias feitas de chitão e algodão cru, produzidas para os famosos blocos de São Luiz do Paraitinga, misturam-se com saias de retalhos que prometem marcar presença no Carnaval de Ubatuba.
Jude, que costura há 36 anos, neste ano criou uma saia feita com retalhos que pode ser usada em várias ocasião. "É confeccionada em musseline, por isto é adequada a vários ambientes", disse.
Para o Carnaval, a costureira incorporou à saia retalhos coloridos cortados em quadrados. A mistura de cores, como o royal, o amarelo e o pink, além de estampas e de listras, dá um charme especial à roupa.
Outra invenção da costureira são as aplicações de pedacinhos de retalhos em rodelas (a base dos fuxicos) nas blusinhas, para combinarem com as saias em retalhos. Os pequenos tecidos são pregados à mão.
ACESSÓRIOS - As bijouterias ganham destaque e combinam com o estilo praiano. De plástico, madeira, com pedras ou metais, elas valorizam a produção e deixa a foliã ainda mais bonita.
Para quem fizer ficar mais que a vontade, é bom não se esquecer dos elásticos ou das presílias para prender o cabelo. Depois, é só cair na folia deste Carnaval. (Fonte: ValeParaibano)

Frutas e muita água para pular o Carnaval
Na praia, alguns cuidados com a saúde devem ser tomados para que a festa não termine antes do programado

Litoral Norte - Muita folia, bebida alcoólica e noites mal dormidas. O Carnaval, apesar de divertir, exige muito do organismo e alguns cuidados devem ser tomados para que as consequências da folia não acabem com a alegria dos turistas.
A nutricionista, Patrícia Brandt Matsumoto, 28 anos, de Ubatuba, disse que quem estiver brincando no Carnaval nas cidades litorâneas deve ficar atento com a saúde.
"Por ser uma região mais quente, devemos ingerir maior quantidade de líquidos. Acima de dez copos por dia. Os problemas mais comuns de uma alimentação inadequada são a desidratação e dor-de-cabeça", disse.
Para aproveitar o Carnaval sem prejudicar o organismo, a nutricionista afirma que é necessário uma alimentação balanceada com alimentos ricos em carboidratos (pães, massas e cereais), em vitaminas (frutas e legumes) e em proteínas (leite e derivados, carnes, aves, ovos, pescados e soja).
Em uma noite ou tarde de folia, o organismo perde carboidratos, líquidos e sais minerais, que podem ser recompostos com sucos de frutas naturais, bebidas isotônicas e muita fruta.
Para os foliões que de noite não arredam o pé da avenida e, durante o dia, ainda curtem as programações de Carnaval nas praias, vai a dica para não se comprometer com a saúde.
Trinta minutos antes de começar a brincadeira e durante a folia, Patrícia aconselha ingerir água e alimentos fonte de carboidratos, que podem ser sucos de frutas naturais e sorvetes, de preferência à base de água, no lugar de leite.
"Uma alimentação saudável é primordial para curtir bem à noite. Os que gostam de bebidas alcoólicas é importante não esquecer do jantar para não pular o Carnaval com estômago vazio", disse.
Os turistas que estiverem se divertindo, durante o dia, podem fazer uma pausa, e recompor as perdas nutricionais, tomando um saboroso suco no Quiosque Mirante, entre a Praia Grande e Toninhas, em Ubatuba.
Tradicional por servir o Suco de Coco --água de coco batida com a polpa e muito gelo-- na própria fruta, a casa também prepara o coquetel de frutas no abacaxi, morango, mamão, abacaxi, maracujá e leite condensado. O suco custa R$ 4 e o coquetel, R$ 6.
No centro da cidade, o Sérgio Sorveteria oferece 24 sabores de sorvetes de frutas à base de água, além de 16 sabores especiais elaborados com ingredientes importados.
Para os mais abusados a sorveteria prepara a Taça Gigante, com 12 bolas de sorvete, salada de frutas e cobertura, que custa R$ 14. (Fonte: ValeParaibano)

Turistas no clima da festa
Foliões já se preparam para garantir agito e há quem não voltará para sua cidade de origem até acabar o Carnaval

Litoral Norte - A uma semana do Carnaval, o clima de diversão já começa a esquentar as cidades do Litoral Norte. Grupos de turistas se preparam e planejam o que vão fazer nos dias de folia.
Há quem esteja desde já se organizando para garantir o agito e os que não voltarão para suas casas até que termine o Carnaval.
É o caso de Luiza Haddad, 17 anos, de São Paulo. A estudante, que já passou vários carnavais na praia, está em Ubatuba desde dezembro e vai esperar acabar o Carnaval para ir embora.
Enquanto isto, ela aguarda seus amigos chegarem da Capital, mas já faz planos dos possíveis lugares --de preferência casas noturnas-- que poderão curtir as quatro noites de folia
"Não gosto de Carnaval de rua. O Carnaval na boate 180 Graus, em Ubatuba, é bacana. A gente encontra de tudo", disse Luiza, que, durante o dia, não deixa de curtir as praias da região.
"Sou daquelas que chega às 6h e às 8h já sai para pegar praia. Não gosto muito de ficar em barraquinhas dançando axé. Prefiro ficar tomando sol na Vermelhinha, num local mais sossegado", disse.
A estudante disse que espera ansiosamente por seus amigos para começar a "bagunça". Seu irmão, Leonardo Haddad, 27 anos, disse que sempre fazem uma concentração no terraço do prédio antes de sair para as casas noturnas.
"As festas começam a encher por volta das 1h30, então, nem compensa sair antes. Fazemos um churrasco com cervejada e caipirinha e, depois saímos para baladas", disse.
Leonardo afirma que prefere as festas de Carnaval que acontecem nos quiosques à beira-mar durante a noite como, por exemplo, as festas da Praia do Lázaro. "São muito animadas e legais".
Seu amigo, João Luiz Pozado, 27 anos, disse que saindo dos quiosques, se ainda estão no pique, procuram uma boate para fechar a noite.
Os dentistas Alexandre Pivato, 35 anos, Luiza Lemos Garcia Pivato, 27 anos, Alexandre Lucas, 35 anos e a administradora de empresas, Mariana Tancredi, 26 anos, todos de São Paulo, já entraram no clima do Carnaval.
"Não ficaremos direto no litoral para o Carnaval. Mas se não der para voltar para cá, pelo menos, já garantimos nossa diversão na praia", disse Mariana.
A galera local também dá suas dicas para curtir o Carnaval. Karina Fincatti, 16 anos, Tatiana Pereira, 15 anos, Ana Carolina Medeiros Lima, 16 anos, curtem sair no Bloco da Cachorrada, em Ubatuba.
"Nos reunimos na casa de amigas para sairmos juntas. Uma coisa bem legal de se fazer é ver o sol nascer em alguma praia depois que acabam as opções na avenida", disseram.
A caiçara, Rebeca Bittar, 25 anos, que tem uma barraquinha de lanche e suco natural na Vermelha do Centro, explica que no Bloco da Cachorrada os homens saem vestidos de mulher e as mulheres, de homens.
"Não posso curtir de manhã porque trabalho, mas de noite, não deixo de dar um role ppela cidade para encontrar com minha turma. Já saímos caracterizadas de homem e é bem divertido", disse.
A foliã conta que um ano foi vestida de lutador de vale tudo e no seguinte, de salva-vidas --com camiseta regata amarela, tatuagens no braço e sunga vermelha.
"Foi um barato. Em casa, eu e minhas amigas tomamos um capeta (bebida alcoólica com pó de guaraná) para aguentarmos a noite. Neste ano, não penso em sair no bloco, mas vou assistir porque muitos amigos saem", disse Rebeca. (Fonte: ValeParaibano)

Point da Paquera: Histórias de outros carnavais
Na festa mais popular do país, onde as paqueras são comuns, foliões iniciam namoro e chegam até o casamento

Litoral Norte - Que o Carnaval é época de romances passageiros todo o mundo sabe, mas a festa mais popular do Brasil também pode ser responsável em começar namoros sérios e de até casamentos.
Foi o que aconteceu com Clovis Rodrigues, 38, piloto de avião e Renata Rodrigues, 39 anos, engenheira civil, ambos de Guaratinguetá, que tiveram suas histórias marcadas por carnavais.
O casal se conheceu em um bar de São José do Rio Preto e, logo depois, Rodrigues foi transferido para a Amazônia. Após um ano e nove meses de namoro por telefone, eles romperam o relacionamento porque o piloto conheceu uma garota no Carnaval do Rio de Janeiro.
Oito anos depois, após muita coisa ter acontecido --Renata conheceu outra pessoa, com a qual teve um filho-- uma festa de Carnaval, também em São José do Rio Preto, reaproximou o casal.
"Estava em um baile com uma amiga, que tinha conhecido uma pessoa que achava ter tudo haver comigo. Quando olhei o rapaz, era o Clóvis. E um beijo selou nosso romance", disse a engenheira.
Passado não muito tempo, o piloto pediu Renata em casamento. Confiantes de que este amor nunca mais será interrompido, hoje, curtem sempre juntos o Carnaval, de preferência, no Litoral Norte.
Em 1996, Sílvio Luiz Tornetti Cardoso, 39 anos, se divertia no Carnaval com algumas garotas em um quiosque da praia do Lázaro, em Ubatuba, até encontrar Danieli Salles, 28 anos, de São Paulo.
"Me divertia sem compromisso até que vi uma menina que me encantou. Antes que eu pudesse dizer muita coisa, ela falou que me viu com a mulherada e que o que ela queria era algo mais sério", disse.
Cardoso disse que na mesma hora deixou a diversão de lado e começou um romance que durou quatro anos. "Passamos as quatro noites de Carnaval curtindo muito", disse.
Segundo Cardoso, uma semana depois, o pai de Danieli chegou de São Paulo para busca-la, mas ela contou o que havia conhecido uma pessoa e que queria ficar mais alguns dias em Ubatuba.
"Percebendo que estava acontecendo, o pai da Danieli me convidou para morar em São Paulo. Fui para a casa deles, onde morei por três meses até arrumar um emprego e alugar uma casa", disse.
Cardoso afirmou que o namoro durou quatro anos. "A Danieli passou em um concurso e teve que se mudar para os EUA. Daí, cada um tomou o seu rumo", disse.
É, o Carnaval tem destas coisas. (Fonte: ValeParaibano)

Investidores elegem a Martin de Sá e Maresias como as "vedetes" do litoral
Bairros onde estão localizadas duas das praias mais badaladas da região sediam novos empreendimentos

Litoral Norte - As praias Martin de Sá, em Caraguatatuba, e Maresias, em São Sebastião, são as atuais "vedetes" do mercado imobiliário no Litoral Norte.
Com valorização de até 50% dos imóveis para locação ou venda e atraindo novos empreendimentos, as duas praias se destacam por ser uma boa opção tanto para uso familiar quanto para investimento, segundo o Creci (Conselho Regional de Corretores de Imóveis) e imobiliárias da região.
A Associação de Engenheiros, Arquitetos e Agrônomos de Caraguatatuba informou que pelo menos 16 novos empreendimentos foram registrados em 2003 na entidade, entre condomínios residenciais, edifícios e construção de casas na Martin de Sá.
"Pelo menos três grandes empreendimentos com casas e apartamentos devem ficar prontos até 2005", disse Gerson Frateschi, subdelegado regional do Creci (Conselho Regional dos Corretores de Imóveis) no Litoral Norte.
Segundo Frateschi, a reurbanização realizada recentemente na Martin de Sá valorizou os imóveis. Terrenos de 300 metros quadrados, que custavam cerca de R$ 20 mil nos últimos 12 meses, estão sendo negociados por R$ 30 mil --valorização de 50%.
Frateschi disse que o perfil dos proprietários de imóveis e frequentadores da praia está mudando. "Estamos observando a volta de famílias. As pessoas querem espaço no quintal, área de lazer e segurança", disse.
Para os sócios-proprietários do condomínio Village Dall Costa, na rua Horácio Rodrigues, a nova infra-estrutura e valorização da praia são atrativos que determinaram a escolha pela Martin de Sá.
"Encomendamos um estudo que apontou que este era o momento exato para se investir na Martin de Sá", disse Gustavo Streiss, sócio-proprietário do empreendimento.
O condomínio tem 52 unidades entre casas térreas e sobrados, piscina, quadra poliesportiva e área de lazer. A previsão é que a obra, realizada pela Kisa Construtora, seja concluída em um ano e meio.
Segundo Streiss, as primeiras unidades já estão sendo entregues. Uma casa com dois dormitórios --uma suíte-- no condomínio custa a partir de R$ 59 mil e os sobrados a partir de R$ 80 mil.
SATISFAÇÃO - Eliane Rozenblum, 48 anos, de São Paulo, adquiriu este mês uma casa em um condomínio na Martin de Sá.
"Foi amor à primeira vista. O projeto das casas é arrojado, com design diferenciado e com grande qualidade. Temos espaço para churrasqueira e até uma horta com ervas que usamos na cozinha. Estamos investindo em qualidade de vida", disse Eliane.
Segundo Eliane, um dos atrativos da região é a variedade de opções de construções com projetos modernos. "Além disso, a Martin de Sá se destaca por ter um futuro pela frente devendo crescer ainda mais", disse.
As imobiliárias que atuam na Martin de Sá também estão observando o aquecimento do mercado. "O número de negócios fechados aumentou e não apenas a procura", disse Thiana Assis, proprietária da Thiana Imóveis. (Fonte: ValeParaibano)

Lançamento do Almanaque: Litoral Norte sempre verão
Turistas receberão informações sobre a região e dicas para convivência harmônica com o meio ambiente

Litoral Norte - A Cetesb e o Comitê de Bacias Hidrográficas do Litoral Norte em parceria com a Prefeitura de Ilhabela lançam neste dia 13 de fevereiro o Almanaque “Litoral Norte Sempre Verão”, com informações úteis e dicas sobre a região. Este material foi preparado para receber a nova onda de turistas que chega ao litoral para o carnaval.
A publicação abrange desde informações sobre história e cultura regional, até serviços de emergência e endereços e horários de funcionamento dos Parques e Serviços Públicos dos 4 municípios: Ubatuba, Caraguatatuba, São Sebastião e Ilhabela.
Terá uma sessão “Quem é Quem”, preenchendo uma lacuna de informação sobre a quem devemos recorrer quando nos deparamos com problemas ambientais: são definidas as responsabilidades, locais de atendimento, horários de funcionamento e telefones dos órgãos responsáveis pelo licenciamento e fiscalização do meio ambiente na região, para que não haja mais dúvidas a quem recorrer quando identificados problemas como de vazamento de esgotos, desmatamentos, caça ou apreensão de animais silvestres, etc.
Além disso, apresenta muitas dicas: qualidade de vida, cuidados com a água, segurança, mas especialmente cuidados com o meio ambiente, no sentido de conservar as belezas que nos cercam e a lista das 214 praias do Litoral Norte. O Almanaque fecha com um calendário com todas as datas de importância ambiental. A intenção dos organizadores é que este material seja anualmente atualizado, complementado e editado para as temporadas de verão.
A lançamento acontece no Ilha Flat Hotel, no bairro do Perequê, em Ilhabela, a partir das 16:00 horas, com a presença do Presidente da CETESB, Dr Rubens Lara, do Diretor de Controle Ambiental Dr. Fernando Rei, de representante da Secretaria de Meio Ambiente e dos Prefeitos da região com destaque para Manoel Marcos, presidente do CBH-LN, que estará recebendo a todos, além de outras autoridades locais. (Fonte: CBH-LN)

Estado lança novo projeto para combater as drogas nas escolas

Litoral Norte - Tornar a escola um ambiente agradável e convidativo para fazer com que o aluno aumente o interesse pelo estudo e não escolha o caminho do crime e o uso de entorpecentes. Esse é um dos objetivos do novo programa de prevenção ao consumo de drogas nas escolas, lançado ontem pelo Governo do Estado, na capital paulista.
A idéia do governo, a princípio, é de que cerca de 890 mil alunos da rede de ensino público sejam beneficiados. Nesta estimativa incluem-se os estudantes das 38 unidades da rede estadual no Litoral Norte.
O projeto “Tá na roda uma conversa sobre drogas” é uma parceria do Governo Estadual com a Fundação Roberto Marinho, e pretende ampliar o trabalho de educação preventiva contra o consumo de drogas em áreas próximas às escolas. O ‘Tá na roda’ é um complemento de outro projeto do governo, ‘Prevenção também se ensina’, criado em 1996.
O diretor regional de ensino Laércio Albaricci diz que aposta no sucesso do novo projeto. Ele explica que o objetivo da iniciativa na região é conscientizar o adolescente. “A escola desenvolve ações para potencializar a inteligência do estudante para fazer com que ele a aplique em coisas boas”.
Conforme o diretor regional de ensino, uma pesquisa realizada pela Unesco comprova que, de 13 até 16 anos, o adolescente passa por uma fase violenta independentemente da escola ou classe social. “A violência e o contato com o crime surgem na falta de onde aplicar a inteligência”, diz ele.
O novo programa do governo ainda tentará de forma dinâmica mudar o conceito do adolescente problema para o adolescente protagonista. Além disso, buscará ampliar as possibilidades dinâmicas e atuais no tratamento das questões relativas às drogas em geral. Na prática, o ‘Tá na roda’ inicia em março nas 89 diretorias de ensino do Estado de São Paulo.
A Fundação Roberto Marinho está encarregada de distribuir kits com material preventivo. Entre eles, o livro do professor, que basicamente compõe-se de temas relacionados às drogas e que foi desenvolvido por especialistas visando atividades em salas de aula.
A assessoria de imprensa da secretaria Estadual da Educação informou que, em um primeiro momento, cerca de mil kits serão distribuídos. Informou ainda que os professores envolvidos - para atuar no projeto -, antes passarão por uma capacitação com aulas presenciais e à distância.
A Educação, diz a assessoria de imprensa, investiu mais de R$ 1 milhão neste projeto, que tem pleno aval do governador Geraldo Alckmin. (Fonte: Imprensa Livre)

Notícias de Caraguatatuba Topo

Caraguatudo Albatroz Pousada

Caraguá sedia 1ª Regata de Vela Oceânica
Velejadores de Caraguá e de outros municípios do litoral norte preparam suas embarcações que deverão chegar a partir de sexta-feira. “A raia de Caraguá apresenta boas condições de vento e de visibilidade das regatas para o público em geral, que poderá assistir a belas disputas das areias da praia Martin de Sá”.

Caraguatatuba - Caraguá vai realizar, nos próximos dias 14 e 15 de fevereiro, a 1ª Regata de Vela Oceânica de Caraguatatuba.
Trata-se de uma regata de apresentação da raia de Caraguá para veleiros de oceano, raia já aprovada em duas regatas monotipos, realizadas em 2002 e 2003 pelo Circuito de Vela do Litoral Norte e Vale do Paraíba de monotipos classes Holder e Laser.
A regata está sendo promovida pelo Yatch Clube Martin de Sá e tem o apoio da Secretaria Municipal de Turismo.
Com a realização do evento, Caraguá entra para o calendário estadual de provas de vela oceânica e deverá sediar o campeonato estadual da classe Ranger 22, em 2005, e o campeonato brasileiro da classe, em 2006. Velejadores de Caraguá e de outros municípios do litoral norte estão preparando as embarcações que deverão chegar a partir de sexta. Segundo o arquiteto e velejador Eduardo Meirelles, a raia de Caraguá apresenta boas condições de vento e de visibilidade das regatas para o público em geral. “O público poderá assistir a belas disputas das areias da praia Martin de Sá, o que não acontece em outros locais, onde as disputas ocorrem distantes da praia”, comentou o participante da regata.
A regata vai acontecer no Yatch Clube Martin de Sá com as classes convidadas Ranger 22, Fast 23 e Especial, na qual serão incluídos os barcos Atol 23, O´day 23 e outros modelos com 23 pés.
Haverá premiação com troféus e medalhas para os três primeiros colocados das três classes.
As inscrições estão abertas e podem ser feitas até as 13h, do dia 14 de fevereiro. O custo é de R$60,00 por embarcação. Mais informações pelos telefones (12) 3842-0304 ou (12) 9769-1710.
Dados para depósito: Banco do Brasil - Agência: 1741-8 / Conta Corrente: 5180-2. (Fonte: PMC)

Bandas baianas e blocos animam Carnaval em Caraguá

Caraguatatuba - A Secretaria Municipal de Turismo de Caraguatatuba promoverá o Carnaval Popular 2004, com shows gratuitos, diariamente, trio elétrico e desfile de blocos, para receber um público esperado de mais de 500 mil pessoas, durante os cinco dias de folia.
As grandes atrações são o Exaltasamba e a Companhia do Pagode. O Exaltasamba vai se apresentar no sábado, dia 21, e a Companhia do Pagode fecha o carnaval, na terça-feira, dia 24, na Praça de Eventos (Avenida da Praia), no Centro. Os shows são gratuitos e acontecem após as 23h.
Além das duas bandas, os foliões terão vários dias de festa com a Banda Tropical, que vai animar as cinco noites, até as 4h, no Centro. A banda é composta por 18 elementos, incluindo bailarinas que animarão a passarela, montada exclusivamente para o Carnaval Popular da Praça de Eventos.
O Carnaval Popular também será animado por blocos que sairão da ponte do Rio Santo Antônio, em direção à Praça de Eventos, acompanhados por um carro de som, diariamente, por volta das 17 horas.
A região Norte também terá uma programação bastante animada, com festa de sexta a terça-feira, no bairro Massaguaçu, onde a folia ficará por conta da banda e trio-elétrico "Ôba! Hia", que percorrerá a Rua Maria Carlota até a Praça do Coreto. Outra grande atração da região será a o bloco "Devotos da Cheirosa", que sairá de sábado a terça-feira, sempre às 23 horas, do início da Rua Maria Carlota até o coreto.
O Carnaval de Antigamente é outra grande atração, em Caraguá, de 21 a 24 de fevereiro. Pelo 5º ano consecutivo, o evento anima a cidade com uma pitada de nostalgia. Serão quatro bailes populares, sempre a partir das 21h, resgatando a tradição das marchinhas, com muito confete, serpentina, brincadeira dos bonecões (Bié, Filó, Biló e Ritinha) e cabeções gigantes que encantam o público, na Praça Dr. Cândido Motta, com a animação da Banda Municipal Carlos Gomes.
No domingo, haverá matinê para as crianças. Durante os bailes, estão previstos os concursos de blocos animados e de melhores fantasias para adultos e crianças. Além do Centro, os bailes também acontecem no bairro Porto Novo e no Perequê-Mirim, com os grupos Família Conceição e Swing Brasil.
As praças estarão decoradas com as máscaras, cabeções e alegorias confeccionadas durante o curso de empapelamento, realizado, desde janeiro, nas Oficinas Culturais, com o monitor e artista plástico Jac Costa.
A organização é feita pela Fundação Educacional e Cultural de Caraguatatuba. (Fonte: PMC)

Conheça os blocos de Caraguá

Bloco das Piranhas - Tradicional na cidade, o Bloco das Piranhas espera reunir, este ano, um número maior de foliões, como vem acontecendo a cada ano.
Em 2003, o bloco reuniu aproximadamente 10 mil pessoas, entre moradores e turistas que desfilaram fantasiados de mulher. Participam do bloco pessoas de todo o Estado de São Paulo e também de outros estados.
O bloco, fundado em 1976, comemora 28 anos, neste carnaval, sem nunca ter deixado de desfilar no carnaval.
Uma das características do bloco, segundo o fundador Luís Passos, conhecido como João Égua, é que os integrantes contam com a ajuda da família para participar. "Muitas esposas ajudam os maridos a se vestir de mulher e também preparam os aperitivos antes da concentração", disse o fundador.
Outra característica do Bloco das Piranhas é a preferência para as músicas tradicionais de Carnaval, como as marchinhas, o frevo e o samba.
Uma tradição do bloco é praticar o Banho da Dorotéia, com alguns foliões vestidos de papel crepom que mergulham na Praia do Centro, durante a folia.
A saída do bloco está marcada para sábado, dia 21, às 17 horas, da Ponte do Rio Santo Antônio. À tarde, um grupo de familiares do bloco percorrerá, de trenzinho, as praias da cidade, convidando moradores e turistas a participar da velha folia.

Bloco do Urso - Alegria, paz e amor no carnaval é o lema do Bloco do Urso, criado no ano passado, quando foi denominado Bloco da Integração. O Bloco do Urso é uma homenagem de vários amigos a um amigo. "A idéia surgiu entre amigos nas rodas de futebol e papos de botequim, resolvemos homenagear nosso amigo Zé Alemão, que tem o apelido de urso", explicou Mazei, radialista integrante e fundador do bloco.
Hoje com 200 integrantes, o bloco já tem até samba enredo, que será lançado este ano. Para participar, basta comprar a camiseta por R$ 10,00, à venda na Original Beach Music. A saída do bloco está marcada para domingo, dia 22, 19h30, próximo a Ponte do Indaiá (Quiosque Guaruçá).

Bloco Devotos da Cheirosa - O Bloco Devotos da Cheirosa vai animar as cinco noites de Carnaval, saindo de sábado a quarta-feira de cinzas, sempre às 21h30, do trevo do Massaguaçu e seguindo rumo à praça da igreja / coreto, na rua Maria Carlota.
Um dos diretores do bloco, Eduardo Carlota, conta que tudo começou com a descoberta, entre amigos, de uma bebida à base de pinga com erva-cidreira, denominada pelo grupo de cheirosa. Com a invenção, formou-se o bloco dos adeptos da bebida, que já saem, há 4 anos, desfilando no bairro de Massaguaçu. No ano passado, o bloco desfilou com cerca de 800 pessoas. Este ano, a expectativa é de que mais de mil pessoas participem, já que 500 novas camisetas já foram confeccionadas.
Para participar do bloco, basta adquirir a camiseta, à venda por R$ 10,00, em dois pontos do bairro, no trevo e na praça da igreja. Os integrantes ganham a cheirosa, entre outras bebidas, durante todo o Carnaval.

Bloco Tô Beleza - Com saída marcada para o dia 23, o Bloco Tô Beleza está sendo lançado, neste Carnaval.  O bloco é formado por profissionais da área da beleza, em Caraguá, além de familiares e amigos.
De acordo com Wílton Alves, o fundador do bloco, a intenção é levar alegria a todos e balançar Caraguá, no Carnaval. "Os blocos têm o poder de animar", disse Alves.
Para participar do bloco, basta comprar a camiseta que está sendo vendida a R$ 20,00, no salão de beleza de Wílton Alves, que fica à Rua José Damésio dos Santos, nº 25, Centro, ou no local da saída do bloco, marcada para o dia 23, às 17 horas, no quiosque 31, Praia do Indaiá.
Até agora o bloco já tem quase 100 (cem) inscritos. (Fonte: PMC)

O rock despojado do Capital
Banda se apresenta a partir das 21h de hoje no Caraguá Planet Music; ingressos custam R$ 20

Caraguatatuba - Parece que eles saíram da garagem ontem. Com mais rock & roll nas veias do do que nunca, os integrantes da banda Capital Inicial conseguiram um feito que, para muitos, parecia impossível: lançar um CD tão bom quanto o Acústico MTV, lançado em 1999.
Desde 2002, a turma de Dinho Ouro Preto trabalha feito louca na turnê do novo álbum (Rosas e Vinho Tinto) e não tem do que reclamar. O CD já vendeu mais de 300 mil cópias e hits como "À sua maneira" e "Mais" não saem da boca dos jovens.
Um dos motivos do sucesso talvez seja o reencontro do Capital Inicial às suas origens. Dando força total às guitarras, o álbum marcou o retorno da banda ao rock.
A receita parece ter dado bons resultados. As músicas da banda tocam sem parar nas rádios de todo o Brasil, seus shows continuam lotados e não faltam convites para participações em programas de TV.
No meio dessa verdadeira "maratona", o Capital se apresenta hoje em Caraguatatuba a partir das 21h (leia texto nesta página), no Caraguá Planet Music. Além dos sucessos do novo álbum, a banda promete tocar as músicas que marcaram sua trajetória.
HISTÓRIA - A "saga" do Capital Inicial teve início há mais de 20 anos em Brasília --mesma época em que brotavam no Distrito Federal bandas como Paralamas do Sucesso, Legião Urbana e Plebe Rude.
lA banda surgiu em 1982, formada pelos irmãos Fê (bateria) e Flávio Lemos (baixo), ex-integrantes do Aborto Elétrico, de Renato Russo, e Loro Jones (guitarra), oriundo da banda Blitz 64.
Em 1983, Dinho Ouro-Preto, após um estágio como baixista da banda "dado e o reino animal" (assim mesmo, com letras minúsculas), entra para os vocais.
Mas nem mesmo as origens em um movimento musical que fez história no Brasil não garantiram à banda uma carreira estável.
Com a chegada dos anos 90, o Capital foi ficando mais pop e participou dos festivais Hollywood Rock (1990) e Rock in Rio II (1992). Por causa de divergências musicais, Dinho saiu da banda em 1993 e o grupo amargou um período no ostracismo.
A volta triunfal do Capital ocorrereu com o retorno do vocalista do à banda, em 1998. Pouco tempo depois, foram retomados os shows, e daí para o retorno ao centro das atenções foi um pulo.
Mesmo depois do longo período longe do público, o Capital conseguiu retomar seu prestígio e viu reconhecido o seu empenho em fazer um rock simples, despojado, mas carregado de "atitude". (Fonte: ValeParaibano)

Festival de fantasias no céu do litoral

Caraguatatuba - Desfile de rua? Que nada. Em Caraguatatuba, a grande atração do Carnaval deste ano será um festival de fantasias no céu.
A novidade acontece nos dias 22 e 23 durante o 1º Campeonato de Vôo Livre à Fantasia.
Na competição, cerca de 50 "pilotos-foliões" vindos de todas as partes do Brasil desfilarão nos ares do Litoral Norte a bordo de pára-gliders.
O evento, que conta com o apoio da Associação do Litoral Norte de Vôo Livre e da Secretaria de Turismo de Caraguá, é inspirado em campeonatos que já são realizadas na França há mais de 20 anos.
"Esse vai ser um Carnaval com pitadas de adrenalina", disse Adezilio Freitas Andrade, organizador do festival.
Nos dois dias de competição, os vôos terão início às 10h e só terminarão às 18h. Durante os desfiles, as fantasias dos pilotos serão avaliadas em quesitos como produção e criatividade.
Ao longo de todo o campeonato, os espectadores poderão fazer vôos panorâmicos na cidade em pára-gliders conduzidos por pilotos profissionais.
"Até mesmo quem não tiver um pára-glider poderá se divertir", afirmou Andrade.
No final do evento, haverá premiação em dinheiro e distribuição de brindes para as melhores fantasias.
Para se inscrever no campeonato, basta ter habilitação e pagar uma taxa de R$ 20. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone (12) 3882-6805 ou no site www.gliderbrasil.com.br. (Fonte: ValeParaibano)

Caraguá tem mais 11 casos de dengue

Caraguatatuba - Caraguatatuba registrou mais 11 casos de dengue, elevando o número de doentes para 15, todos autóctones --contraídos no próprio município--, segundo informou ontem a Secretaria da Saúde.
A cidade recebeu reforço da Secretaria de Estado da Saúde e conta com 29 agentes para o trabalho de combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue.
A Sucen (Superintendência de Controle de Endemias) decretou, desde o início da semana, estado de alerta máximo em todas as cidades do Vale do Paraíba e aumentou o número de agentes nas cidades turísticas para impedir que a doença se alastre.
Segundo a Secretaria da Saúde de Caraguatatuba, o município possui 167 pontos críticos e os locais mais infestados são os bairros Indaiá, Caputera e Tinga.
Os fiscais de saúde notificaram 32 pessoas, em cujas casas foram encontrados criadouros do mosquito. Em caso de reincidência, os moradores estarão sujeitos a multas que variam de R$ 350 a R$ 1.200. Em 2002, a cidade registrou 443 casos, contra 35 no ano passado.
POTIM - Para conter o avanço da doença em Potim, com o registro de 100 casos autóctones e situação de epidemia, a Secretaria de Estado da Saúde enviou ontem mais 11 agentes de saúde à cidade.
No início desta semana, 30 agentes do órgão foram enviados a Potim com a missão de eliminar os criadouros do mosquito e pulverizar os locais com a presença das larvas do mosquito.
Segundo a Sucen, as cidades de Aparecida, Taubaté, Tremembé apresentaram um caso cada uma. São José dos Campos possui dois casos importados. (Fonte: ValeParaibano)

Guardas-parque apreendem mais de 400 palmitos “in natura”

Caraguatatuba - Guardas-parque apreenderam na madrugada de ontem 428 palmitos “in natura” juçara, que estavam no Km 29 da Estrada de Rio Claro. O caso foi levado para o 1° Distrito Policial.
Segundo a polícia, em vistoria rotineira no parque, os guardas depararam com os palmitos na tarde de terça-feira. Ninguém foi localizado nas proximidades.
Tentando flagrar o autor do crime ambiental, os guardas fizeram uma campana, na madrugada, esperando os suspeitos, que apareceram, mas perceberam a presença da guarda e conseguiram fugir.
Os palmitos foram levados para a delegacia, onde o setor deverá doá-los para instituições assistenciais. Retirar palmito da mata é crime ambiental. (Fonte: Imprensa Livre)

‘Direitos do Estudante’ leva secretária de Educação à reunião em São Paulo
Promovido pelo Instituto Protagonistés, o encontro reúne 95 secretários de Educação de todo o Estado

Caraguatatuba - Roseli Morilla Baptista dos Santos, secretária de Educação do município, estará nesta segunda-feira (16), na cidade de São Paulo, participando de encontro promovido pelo Instituto Protagonistés, instituição voltada para a formulação e acompanhamento de políticas públicas na área da Educação. Com a presença de mais 94 secretários municipais do Estado, o encontro discutirá a implantação da cartilha ‘Direitos do Estudante’ em escolas da rede de ensino.
O conteúdo da cartilha busca garantir a pais e alunos informações e conhecimentos sobre seus direitos, deveres e canais de participação para melhorar a Escola Pública. Com 50 páginas ilustradas e linguagem simples, a publicação tem chancela da Unesco e traz exemplos de sucesso em comunidades que se apropriaram da Escola como seu patrimônio, participando e usufruindo de todos os serviços colocados à disposição de seus usuários.
Conforme o protocolo assinado entre a prefeitura e o Instituto Protagonistés, a cartilha será implantada neste ano nas escolas onde o diretor participa do curso de Gestão Para o Sucesso Escolar, iniciado em outubro passado, promovido pelo Protagonistés com o patrocínio da Fundação Lemann. Participam deste curso diretores de 160 escolas municipais de São Paulo e 40 estaduais de Santa Catarina.
O que será discutido entre os secretários de Educação e Rose Neubauer, presidente do Instituto, é a possibilidade de se ampliar a distribuição para outras escolas da rede, não envolvidas no curso de Gestão.
Rose Neubauer, que além de presidir o Protagonistés, integra o Conselho Nacional de Educação, lembra que a escola, assim como outros serviços públicos, é mantida com os impostos pagos pela população. "O ensino público não é gratuito. É pago pelo povo, que tem direito de exigir. Alunos, pais e comunidades devem se mobilizar para lutar por uma escola de qualidade", destaca. A cartilha tem distribuição gratuita. (Fonte: SME/PMC)

Bandeirante Energia entregará 650 kits escolares
A entrega do material escolar para os alunos acontecerá nesta sexta-feira 13, às 15h, na sala Monteiro Lobato, na SME

Caraguatatuba - Pelo terceiro ano consecutivo a EBE – Empresa Bandeirante de Energia realizará a entrega dos kits escolares para alunos do Ensino Fundamental do CIEFI “Oswaldo Ferreira”, do bairro Casa Branca, em Caraguá.
A doação, viabilizada pela realização do projeto social “Bandeirante Comunidade – Educação”, tem como principal objetivo contribuir para a melhoria do ambiente e da qualidade do ensino público fundamental. Várias cidades do Estado de São Paulo são beneficiadas pelo programa. Em Caraguá, as crianças do Casa Branca recebem os kits escolares há 3 anos, e segundo informou a empresa em 2003, a opção de continuar beneficiando a mesma escola é justamente criar um vínculo com a comunidade, auxiliando e incentivando o melhor aproveitamento das atividades escolares . Esse canal de relacionamento entre a EBE e instituições ligadas a Educação permite o desenvolvimento de ações de responsabilidade social pela Bandeirante. Em 2002 aconteceu em Caraguá a primeira entrega de kits, na própria escola, com a participação da comunidade, pais de alunos e representantes da Bandeirante Energia. Em 2003, a entrega de kits aconteceu novamente, desta vez em duas etapas. Na primeira, realizada em fevereiro, os alunos receberam o material escolar, e na segunda, foram doados kits de higiene bucal para as crianças.
Neste ano, a entrega simbólica acontecerá na sede da Secretaria Municipal de Educação. Os alunos receberão o kit escolar nesta sexta-feira 13, às 15h, na SME, na sala Monteiro Lobato. Estarão presentes a Secretária de Educação, Roseli Morilla Baptista dos Santos, a equipe escolar, diretores, supervisores, pais, comunidade e alunos do Casa Branca, além de representantes da Bandeirante Energia e autoridades locais. (Fonte: SME/PMC)

Dia da Família da Escola começa neste sábado 14
Entrevistas entre pais e professores objetiva integrar a família nas ações escolares

Caraguatatuba - Acontece neste sábado 14, o primeiro contato entre pais e professores nas escolas municipais de Caraguatatuba. O Dia da Família na Escola terá início às 7h da manhã. De acordo com os diretores da rede, esse é o primeiro momento que os pais terão com os professores de seus filhos.
Esse encontro tem como principal objetivo integrar a família nas ações que acontecerão nas unidades escolares durante todo o ano. Nesta primeira entrevista o professor terá a oportunidade de conhecer melhor seus alunos por meio de informações que serão fornecidas pelos próprios pais, inclusive com relação à família, sua história pessoal, entre outros.
Segundo o setor de Supervisão da SME esse será também o momento em que os pais receberão gratuitamente 1 camiseta de uniforme para seu filho.
Os pais que comparecerem a entrevista já levam a camiseta que está sendo fornecida pela Secretaria Municipal de Educação.
O mutirão de entrevistas acontecerá em todas as unidades escolares neste sábado e os pais que não puderem comparecer nesta data poderão ir à escola durante a semana, e informar-se do melhor horário para a entrevista que deverá ser feita com todos os pais de alunos. Mais informações podem ser obtidas em todas as escolas da rede municipal. Participe. (Fonte: SME/PMC)

Notícias de Ilhabela Topo

Vulcano Sailing Shop

Travessia a Ilhabela terá reforço

Ilhabela - A Dersa (Desenvolvimento Rodoviário S/A) vai colocar oito embarcações na travessia de lancha entre São Sebastião e Ilhabela para atender 32 mil turistas esperados para o feriado de Carnaval. Em dias normais operam cinco embarcações.
O reforço começa a partir do dia 20 e vai até o dia 24, retornando entre os dias 27 e 29 de fevereiro.
A Dersa orienta os usuários a evitarem a travessia nos horários das 18h às 24h de sexta-feira de Carnaval e no sábado das 10h às 14h.
Para o retorno do feriado, os motoristas devem evitar o período das 18h às 20h de sábado e das 17h às 24h de domingo.
A Dersa vai colocar duas carretas com letreiros luminosos informando os horários de pico na travessia.
O tempo de espera máximo previsto será de uma hora e 20 minutos na fila da balsa. Em dias normais a espera é de 30 minutos. O preço cobrado na travessia é R$ 0,70 para moradores e R$ 3,50 para turistas. (Fonte: ValeParaibano)

Bombeiros acham corpo de pescador em Ilhabela

Ilhabela - O Corpo de Bombeiros encontrou ontem à tarde, por volta das 14h, o corpo de Gilberto de Jesus Lopes, 29 anos, próximo à praia de Itaguaçu, em Ilhabela. Lopes morreu ao cair de um barco de alumínio na segunda-feira enquanto pescava com um amigo durante à noite. O acidente aconteceu por volta das 23h, na mesma praia, em Ilhabela. No dia em que o barco virou, um dos homens se salvou conseguindo nadar até a praia. Segundo o Salvamar (Salvamento Marítimo) do Corpo de Bombeiros, Lopes não sabia nadar. O corpo da vítima foi levado para o IML (Instituto Médico Legal). (Fonte: ValeParaibano)

Tribunal de Justiça garante acesso a píeres particulares em Ilhabela

Ilhabela - Por meio de acórdão expedido pelo Tribunal de Justiça, no final do mês passado, parte da lei municipal que regulamenta a construção de píeres particulares na cidade será mantida. A decisão foi lida na última sessão da Câmara Municipal, na segunda-feira.
O prefeito Manoel Marcos de Jesus Ferreira havia ingressado uma Ação Direta de Inconstitucionalidade, após ter seu veto derrubado pela Câmara, que promulgou a lei. Ele relatou, na época, que a regulamentação não poderia partir do Poder Legislativo.
Com o acórdão, os píeres construídos ao longo da costa de Ilhabela poderão ser utilizados por qualquer pessoa. No documento, o presidente do Tribunal de Justiça, Sérgio Augusto Nigro Conceição, relata que os artigos 1º, 3º e 4º da Lei 093/2002 estão livres de inconstitucionalidade.
O artigo 1º, por exemplo, prevê o seguinte: “fica determinado que todos os atracadouros construídos em faixa de marinha terão obrigatoriamente passagem de livre acesso à praia ou a via pública mais próxima a qualquer cidadão”. Já o artigo 3º, que continua vigorando, diz que “o atracadouro será destinado a qualquer embarcação de pequeno porte para embarque e desembarque de passageiros”. Conforme o artigo 4º, a lei também abrange os píeres já construídos.
Contudo, o Tribunal de Justiça, considera inconstitucionais algumas exigências previstas na lei. Entre elas, o que prevê o artigo 2º: “A Câmara Municipal só poderá iniciar o procedimento legislativo para efetivar a autorização após a regular tramitação e aprovação de todos os órgãos competentes e com todos os documentos exigidos em lei”. Assim, apenas os artigos 1º e 2º da lei serão suspensos.
O vereador Jadiel Vieira comemorou a decisão do TJ. “Apesar de não serem públicos, os píeres estão em área de marinha e ninguém pode proibir o acesso. Até hoje, ficava somente restrito aos donos das mansões”.
Em Ilhabela existe lei específica sobre construções em faixa de marinha. “A Câmara autorizava a fazer, mas não expedia nenhum documento de propriedade. Qualquer cidadão tem que ter passagem livre, vindo pela costeira ou pelo mar. Por exemplo, quebra um barco e precisa de ajuda, o píer será um local para se pedir socorro”, finalizou.
O prefeito Manoel Marcos de Jesus Ferreira disse, na tarde de ontem, que ainda não teve conhecimento sobre o acórdão expedido pelo Tribunal de Justiça.
“O píer em propriedade particular não pode cercear o acesso à praia, porém, não pode se tornar público, até porque os projetos de construção passaram pela aprovação dos órgãos competentes”. Manoel Marcos considera positiva a exclusão dos artigos 1º e 2º. “Está assegurado o direito do município”, concluiu. (Fonte: Imprensa Livre)

Notícias de São Sebastião Topo

Nautica Superchic

Fiscalização demole residência na cota 180, dentro do Parque Estadual

São Sebastião - Uma residência na cota 180 (altitude), dentro do Parque Estadual, em Barra do Una, foi demolida na quarta-feira. A operação foi feita pelo Instituto Florestal, da Secretaria Estadual de Meio Ambiente, pela Polícia Ambiental e Prefeitura de São Sebastião.
Trata-se da Operação Integrada prevista no POC (Plano Operacional de Controle) do PPMA (Projeto de Preservação da Mata Atlântica).
Segundo o diretor do Parque Estadual-Núcleo São Sebastião, Edson Marques Lobato, a demolição no local ocorreu pela terceira vez, e o proprietário dos imóveis é M.A.C.B.F, dono de uma escola em Santos, na Baixada Santista. “Ele vem desrespeitando as leis ambientais desde o ano de 2000”, relata Lobato, com base nos Boletins de Ocorrência nº 1540 e 1541 de 2000 lavrados pela Polícia Ambiental.
Em 23 de junho do ano passado, a Operação Integrada flagrou, no mesmo local em Barra do Una, ampliação da residência de 40 para 150 metros quadrados, além de uso de mais de 70 arvores nativas da Unidade de Conservação para a construção do telhado. Também foi constado desvio de curso d’água, entre outros crimes ambientais. A obra foi embargada pelo IF e Prefeitura, demolida e foram apreendidos os materiais da construção. “Após a ação constatamos os autos de infração ambiental anteriores, lavrados em 2000, o que caracterizou desrespeito a embargo feito pela Polícia Ambiental naquela época”, Lobato escreve.
Em 24 de setembro de 2003, após denúncia de nova tentativa de ampliação da mesma residência, foi realizada outra demolição, pelo trabalho do IF, da prefeitura e da Polícia Ambiental, com a presença do sub-prefeito, Wagner Teixeira.
A operação na quarta-feira também ocorreu graças a denúncia. Hoje, este caso será apresentado à Delegacia, para que seja incluído no processo contra o acusado.
Conforme Lobato, M.A.C.B.F entrou em contato com a administração do Parque Estadual reclamando das ações demolitórias e foi orientado a desistir das tentativas de construção em área inserida dentro da unidade de conservação. (Fonte: Imprensa Livre)

São Sebastião tem 2º maior crescimento de empregos em 2003

São Sebastião - O município de São Sebastião registrou a segunda maior variação positiva do Vale do Paraíba no Cadastro Geral de Emprego e Desemprego do ministério do Trabalho em 2003, com crescimento de 6,17% no número de vagas (501 novos empregos), atrás apenas de Cruzeiro.
O crescimento do nível de emprego formal no município foi bem superior à média nacional, de 2,89%. Entre as onze cidades pesquisadas, Ubatuba, com 3,82% (302 vagas) e Caraguá, com 2,27% (192 vagas) também tiveram registro positivo no cadastro de emprego. (Fonte: Imprensa Livre)

Robert Scheidt sai na frente
Hexacampeão vence duas das três regatas do primeiro dia do Sul-Americano de Laser

São Sebastião - O hexacampeão mundial Robert Scheidt começou bem no primeiro dia do Campeonato Centro Sul-Americano da classe Laser, realizado ontem, no canal de São Sebastião.
Foram três regatas. Com ventos muito inconstantes variando entre 10 e 12 nós ( cerca de 18 a 22 km/h), Scheidt ganhou duas e ficou em 2º em uma das regatas, que teve como vencedor o atual campeão mundial, o português Gustavo Lima.
Os favoritos ao título revezaram as posições nesta quarta-feira. Na regata inaugural, o brasileiro foi o vencedor, enquanto o croata Mate Arapov ficou em segundo e Diego Romero, da Argentina, em terceiro.
Na segunda prova, a vitória foi do português Gustavo Lima, com Scheidt em segundo e Romero em terceiro. Na última prova do dia, Robert voltou a ganhar, Arapov foi segundo novamente e o gaúcho André Streppel, o Bizu, foi o terceiro colocado.
O campeonato prossegue hoje, com a realização de mais três regatas. Outras duas provas acontecem na sexta e as duas últimas estão programadas para o sábado.
Caiçaras - O único representante de São Sebastião nesta primeira fase do Centro Sul-Americano, Rafael Mendes (PMSS), 29 anos, compete pela Laser standart. “Estou no meio da flotilha (conjunto de barcos). Tem muita gente, o campeonato está difícil, porque o pessoal está se preparando para as Olimpíadas”, disse o hexacampeão brasileiro de Holder.
Segundo o velejador, o objetivo é terminar o campeonato entre os 20 primeiros no geral, e entre os cinco melhores do Estado. Até o fechamento da edição o resultado geral do primeiro dia de regatas da classe standart e 4.7 não foi divulgado.
Na segunda fase do evento, que começa no dia 16, reservada para a classe laser Radial, quem irá representar a cidade é o sebastianense Josef Atallah (PMSS, Colégio Mestre Poliedro, David Benedetti e André Tarcha).
O Centro Sul-Americano da classe Laser vale vaga para o Campeonato Mundial da categoria, que será disputado em maio, na Turquia. Robert Scheidt já tem vaga garantida devido aos títulos do Sudeste Brasileiro e do Brasileiro. (Fonte: Imprensa Livre)

Câmara estuda projeto que obriga vereador a usar traje social em sessões

São Sebastião - A Câmara Municipal já está estudando o projeto de resolução 014/2003, que estabelece o uso de traje social pelos vereadores em dias de sessão. Apresentada no final do ano passado pelo vereador Marco Antônio de Souza, a proposta foi lida na última terça-feira.
O projeto passa agora pela avaliação das comissões permanentes da Câmara. “Temos que evitar que trajes pouco recomendáveis, como roupas estampadas ou de grifes promocionais, sejam usados em um ambiente de respeito à população”, defende Souza.
Ele também afirma que a proposta não obriga os parlamentares a comparecerem as sessões vestindo “terno e gravata”. Segundo Marquinho, a maioria dos vereadores concorda com a iniciativa.
Tanto que, na última sessão, apenas três vereadores utilizavam camisas em modelo esportivo. Os demais vestiam calça e camisa social. Benedito Amâncio, Milton Costa, João Barreto e o próprio Marco de Souza não dispensaram o uso de gravata.
“Um juiz não começa audiência se o advogado não estiver de terno e gravata. Aqui buscamos apenas que todos estejam bem vestidos”, concluiu.
Na mesma sessão, a Câmara aprovou o parecer à resolução 012/03, de autoria do vereador Marcos Leopoldino (PTB), que altera o artigo 1° da resolução 009/94, redenominando a Tribuna do Plenário da Câmara Municipal para “Professor Dr. José Machado Rosa”. O projeto foi encaminhado à Ordem do Dia da próxima sessão. (Fonte: Imprensa Livre)

São Sebastião escolhe corte de Momo amanhã

São Sebastião - São Sebastião vai escolher amanhã a Rainha e o Rei Momo do Carnaval 2004. A festa marca o início das festividades no município. Estarão concorrendo 12 candidatas que representam as escolas de samba e os blocos. Para a vaga de Rei Momo estão na disputa quatro participantes. Durante o evento, que acontecerá às 20h na praça de eventos, no centro, as escolas vão apresentar os sambas-enredos. Após a eleição, o grito de Carnaval ficará por conta do trio elétrico dos Paneleiros. Os moradores e turistas também poderão curtir a exposição "Confete e Serpentina", no prédio da Secretaria de Cultura. (Fonte: ValeParaibano)

São Sebastião terá campanha contra DST

São Sebastião - Com o objetivo de conscientizar os foliões e prevenir o contágio de doenças sexualmente transmissíveis (as DSTs), a Prefeitura de São Sebastião lança amanhã uma ampla campanha para o Carnaval. Durante os quatro dias de folia, serão distribuídos mais de 25 mil preservativos em dois pontos fixos: na Rua da Praia, no centro da cidade, e em Boiçucanga, na costa sul. Nos locais de distribuição, funcionários da Secretaria de Saúde de São Sebastião esclarecerão as dúvidas da população. Entre 1988 e 2003, foram confirmados 257 casos de pessoas infectadas pelo vírus HIV no município. O município tem o terceiro maior índice do Estado. (Fonte: ValeParaibano)

Carnamar, mergulhe nesta folia
Em alto mar, embarcações viram carros alegóricos na competição carnavalesca mais movimentada da região

São Sebastião - Sempre que chega o Carnaval, um pedacinho do Oceano Atlântico situado em São Sebastião, no Litoral Norte, se transforma na "passarela do samba" mais famosa da costa brasileira.
No meio do mar, barcos, lanchas, escunas e jet-skis com decorações pra lá de criativas viram as estrelas de uma das comemorações mais famosas da cidade: o Carnamar, que neste ano chega a sua 14ª edição.
Como o próprio nome já nos faz imaginar, o evento leva a maior festa do planeta para o meio da água salgada e transforma o oceano em uma verdadeira Marquês de Sapucaí.
Nesse sambódromo em alto mar, os carros alegóricos são as embarcações, que ganham cara nova e muitos adereços para a competição carnavalesca mais movimentada da região.
Assim como nos tradicionais desfiles de escolas de samba, elas são avaliadas por uma comissão de jurados em diversos quesitos --criatividade, animação e originalidade são apenas alguns deles.
"É a hora em que a gente consegue aflorar o nosso lado Joãozinho Trinta", brinca o empresário Gustavo Rochitte Dias, 43 anos, que gastou R$ 1.500 na alegoria de seu barco para a disputa deste ano.
No ano passado, Dias ganhou o prêmio de originalidade tendo como tema o Novo Código Civil. Antes disso, já havia conquistado o título geral em outras cinco edições do Carnamar.
Como todo grande campeão, o empresário leva a sério a disputa e se preocupa com os detalhes mais minuciosos da decoração de seu barco. Apesar disso, ele afirma que o Carnamar não é uma disputa, e sim uma grande festa.
"O grande barato do Carnamar é a diversão, e não a competição. É um clima muito legal, tanto para quem compete, quanto para quem desfila ", disse Dias.
"Fominha" convicto, o empresário só não participou do Carnamar em 1996, e mesmo assim porque não tinha um barco. Todos os anos, ele aguarda com ansiedade o Carnamar, e dessa vez não será diferente.
"Sempre trago amigos, parentes, e a gente faz uma brincadeira bem legal. Também gosto de levar alguns instrumentos e fazer uma roda de samba", afirmou.
Ao lado de Dias, outros 200 participantes devem participar da competição deste ano. Entretanto, a folia nos mares não pára por aí. Em Ilhabela, há o Banho da Dorotéia (leia texto nesta página).
O DESFILE - O Carnamar deste ano acontece no domingo de Carnaval (dia 22), a partir das 13h. Durante quatro horas, os competidores percorrerão um trajeto de 26 quilômetros que começa na praia do Arrastão e termina em Ilhabela.
Simultaneamente ao desfile, um trio elétrico montado em um barco animará os tripulantes das embarcações. Na praia, serão realizados shows musicais e sorteios de brindes para quem não participar do desfile.
Segundo a Secretaria de Turismo de São Sebastião, cerca de 4.000 pessoas devem assistir a animada disputa. Para participar do Carnamar é preciso apenas possuir o registro da embarcação e estar habilitado. (Fonte: ValeParaibano)

Peça "O Micofone" é atração no litoral

São Sebastião - São Sebastião recebe no domingo e na segunda-feira a peça teatral "O Micofone", com Nelson Freiras e Raul Gazola, no Teatro Municipal. A peça estreou em outubro do ano passado e vem percorrendo várias cidades pelo interior do país. A direção é de Marcelo Saback e a trilha sonora e direção musical de Eugênio Dalle, que também participa do espetáculo tocando ao vivo várias canções e paródias que enriquecem cada quadro. A peça é um resgate do stand-up comedy brasileiro, que vem desaparecendo do cenário artístico. As duas apresentações estão previstas para comerçarem às 21h. Os ingressos custam R$ 40. Quem doar um livro paga meia entrada (R$ 20). (Fonte: ValeParaibano)

Notícias de Ubatuba Topo

Restaurante Solar das Águas Cantantes Setur Surf News

Secretário de Turismo participará de encontro regional no dia 18

Ubatuba - Assim como havia sido anunciado antecipadamente, o Secretário de Turismo Sergio Alves Carvalho, vai participar da próxima reunião do Conselho Estadual de Turismo que ocorrerá ainda em fevereiro. A confirmação foi feita por e-mail endereçado ao chefe da pasta em Ubatuba esta semana. No documento, o secretário foi informado que o encontro será realizado no próximo dia 18, às 10 horas, na sede da secretaria, no Palácio dos campos Elíseos, em São Paulo.
O convite que havia sido feito há três semanas, quando Carvalho participou de uma reunião com o Secretário Executivo de Turismo, Marco Antônio Castello Branco. Na oportunidade, O secretário estadual se disse impressionado com as ações em prol do turismo que o município desenvolve. O que mais chamou a atenção foi o calendário de eventos, que entre outras coisas prevê a realização de Festival de Jazz & Blues, em meados deste ano, além do “Ubatuba Road Show”, que será levado a várias capitais do país, como forma de divulgação da cidade como destino turístico.
Por conta da forma como as ações foram elaboradas e da maneira como Carvalho as apresentou, o secretário de Ubatuba foi convidado a ocupar uma cadeira no Conselho Estadual de Turismo. Entre outros motivos, o convite tem por objetivo permitir que sejam traçadas metas de desenvolvimento turístico para a região. Ou seja, Carvalho foi escolhido para apontar os caminhos que o turismo do litoral pode seguir e as formas como o governo estadual pode colaborar para o sucesso da região como destino turístico.
Feliz com o convite, Carvalho confirmou a participação. “Fico feliz por ter sido lembrado. Nesta reunião, com certeza, discutiremos maneiras de programar o turismo em toda a região. Políticas nesse sentido precisam ser desenvolvidas em parceria com o Estado e é isso que temos discutido e que abordaremos no encontro”, ressaltou. (Fonte: SETUR)

Morador do Itaguá quer fim de poluição em rio e praia
Rio com esgoto deságua na praia, que fica imprópria a maior parte do ano

Ubatuba - Moradores do bairro Itaguá, em Ubatuba, estão indignados com a poluição do rio Acaraú que passa no bairro. Segundo eles, o rio recebe muito esgoto, o que estaria agravando a situação da praia do Itaguá, local onde o rio deságua.
"O rio recebe esgoto doméstico de muitas ligações clandestinas", disse Maria Helena Esberard, presidente da Sabiá (Sociedade Amigos de Bairro do Bairro Itaguá e Jardim Acaraú).
Segundo Maria Helena, a água despejada no rio proveniente da estação de tratamento de esgoto da Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo) também estaria colaborando para agravar a poluição do Acaraú.
"A Sabesp realmente realiza o tratamento do esgoto antes de despejá-lo no rio, mas ela não é completa. Sobram cerca de 10% de resíduos, que são jogados no rio e colaboram para a poluição", disse Maria Helena.
Segundo Maria Helena, devido à poluição, o trecho onde o rio desemboca quase nunca é freqüentada por banhistas.
Monitoramentos realizados pela Cetesb (Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental) em 2003 comprovam a poluição tanto do rio Acaraú quanto da praia do Itaguá.
"A praia do Itaguá é a pior praia de Ubatuba, principalmente por causa das fontes de poluição. Ela passou mais de 50% de 2003 imprópria para banho", disse Cláudia Lamparelli, gerente do setor de águas litorâneas da Cetesb.
OUTRO LADO - A assessoria de imprensa da Sabesp informou que a estação de tratamento do bairro Itaguá é moderna e não oferece perigo para o rio. Segundo a assessoria, a água devolvida ao rio pela estação recebe monitoramento da Cetesb e sua qualidade contribui para a melhoria das condições do rio, que na verdade é afetado por despejos irregulares de esgoto e pela ação natural da chuva que leva poluição para o rio.
O responsável pela Vigilância Sanitária de Ubatuba foi procurado durante toda a tarde de ontem, mas não retornou as ligações. (Fonte: ValeParaibano)

Boi de Conchas é destaque em festa de Ubatuba

Ubatuba - Com a proposta de um Carnaval cultural e familiar, o Movimento Pirão Geral, de Ubatuba, colocará nas ruas o Boi de Conchas, uma opção a mais para os turistas que procuram uma festa alternativa.
Homens e mulheres se caracterizam com vestimentas que retratam os pescadores. Com roupas de chitão e algodão cru e chapéus de palha, eles desfilam com os tambores, golfinho, sereia, estandarte e, é claro, o Boi de Conchas.
Componentes do bloco, foliões e apreciadores, se reúnem no largo da praça 13 de maio, atrás da antiga cadeia da cidade, arrebanhando os foliões para o cortejo.
No domingo de Carnaval, às 17h, o grupo caminhará pelas ruas centrais, relembrando os carnavais de antigamente.
Tazido por um maranhense, o folclore do Boi, em Ubatuba, começou na década de 30. Os caiçaras gostaram da idéia e adotaram a Dança do Boi.
O carnavalesco Julinho Mendes é um dos descendentes dos precursores do Boizinho e, incentivado por seu avô, leva adiante a tradição junto com seu grupo.
"Basta vir aqui, no dia do Pirão Geral, que você vê os turistas aplaudindo e seguindo o cortejo para assistir o auto do boi na beira do mar. Todos dançam cirandas, participam, cantam, porque o evento mexe com as pessoas", disse Mendes.
A turista Terezinha Pereira, 71 anos, de São José do Rio Preto, que assistia ao ensaio do Boi de Conchas, disse que aprecia muito este tipo de movimento.
"Resgata nossas raízes e é muito importante para a memória de nosso país. Acho muito importante e minha presença está confirmada para assistir esta brincadeira de carnaval", disse a aposentada. (Fonte: ValeParaibano)

Defesa Civil monta operação Carnaval

Ubatuba - O comando da Polícia Rodoviária esteve reunida com a Comissão Municipal de Defesa Civil - COMDEC e prefeito Paulo Ramos para traçar o esquema de operação durante o Carnaval. Arli de Oliveira Cruz, presidente da COMDEC acompanhou o tenente-coronel, Joaquim Francisco Rodrigues, comandante do 1o Batalhão de Polícia Rodoviária; major Alcir Renato de Oliveira Cruz, sub-comandante e major Teodoro, coordenador operacional durante inspeção as rodovias da região. A possibilidade de uma ação conjunta ficou acertada no encontro. (Fonte: ACS-PMU)

Construção na Almada tem aprovação oficial

Ubatuba - O empreendimento “ Barbara Almada Inn”, hotel considerado de recreio de porte maior, que vem sendo construído no Bairro da Almada, preencheu todas as exigências de ordem legal para que fosse aprovado pela Prefeitura, por meio da Secretaria de Arquitetura e Urbanismo - SAU. O secretário Gilmar Rocha informa que os proprietários atenderam os requisitos básicos da Lei 711/84 levando em consideração sua localização na Zona Z2A, ou seja, zona plana das praias categoria A de acordo com o artigo 13. As entidades envolvidas com a aprovação e que precedem o parecer final da Prefeitura são: CETESB( disposição final do esgoto e lixo) DEPRN ( desmatamento da área) CONDEPHAAT ( preservação em área de tombamento da Serra do Mar) Vigilância Sanitária ( instalações adequadas de saneamento básico) e SAU ( análise de toda documentação). Gilmar informa ainda que as obras serão acompanhadas pela fiscalização da Prefeitura. Além disso, a CETESB fará o monitoramento permanente da disposição final do esgoto e do lixo produzido pelo hotel. (Fonte: ACS-PMU)

Campeão Josino vai para Áustria

Ubatuba - O judoca de Ubatuba, Josino Francisco de Souza, campeão mundial master, título conquistado no Japão, vai integrar a equipe brasileira que participará do 6o Campeonato Mundial Master de Judô a realizar-se de 1 a 4 de julho em Viena, Áustria. O mundial contará com a presença de aproximadamente 1000 judocas. O convite ao atleta de Ubatuba foi formalizado pelo professor Marcos Francisco da Silva, vice-presidente para América do Sul do World Master Athlete Judô Association. (Fonte: ACS-PMU)

Boi Chorão na Feira Livre

Ubatuba - O bloco “Boi Chorão”, do bairro do Sumidouro estará se apresentando neste sábado, a partir das 9h00, na feira livre de Ubatuba como preparação para o Carnaval. No próximo sábado o bloco vai animar a Praia do Ubatumirim, no canto da Justa e domingo e terça-feira no próprio bairro sempre a partir das 18h00. O projeto conta com apoio da Prefeitura por meio da Secretaria de Agricultura e Abastecimento - SAAB e Fundart. A Secretaria vem fazendo ainda na feira aos sábados o atendimento com nutricionista informando o peso ideal das pessoas e prestando assessoria aos produtores rurais por um engenheiro agrônomo. A cobertura do local vem oferecendo maior conforto para o feirante e público, garantindo a conservação dos alimentos. Alem disso, a secretaria valoriza a feira prestando assessoria para a comunidade envolvida com a produção e comercialização dos hortifrutigranjeiros. (Fonte: ACS-PMU)

Almada ganha museu na 5ª feira

Ubatuba - Com a entrega na próxima quinta-feira, 19, às 17h00 do Centro Cultural e Museu na Praia do Engenho, ao lado da Praia da Almada, na Região Norte de Ubatuba, terá continuidade o trabalho de reciclagem do lixo para artesanato e a constituição de um museu que foram interrompidos durante a construção. A oficina para os artesãos, principalmente crianças, foi mantida na antiga escola. O Centro Cultural é um projeto da Prefeitura em convênio com o Governo do Estado. Naquela praia, a ONG Aicás e a Sociedade Amigos do Bairro da Almada - SABA desenvolvem um trabalho de aproveitamento do lixo reciclável para produção de artesanato além de educação tendo em vista o respeito ao meio ambiente. O projeto compreende a construção de uma área com 155 m2 com sala para oficina, salão, cozinha e dois banheiros. Para o prefeito Paulo Ramos, o projeto alia produção de artesanato, educação ambiental e resgate das tradições caiçaras. (Fonte: ACS-PMU)

Verbas continuam sendo repassadas

Ubatuba - O Ministério da Saúde, através do Fundo Nacional de Saúde, está semana, encaminhou ofícios ao presidente da Câmara Municipal de Saúde, Rogério Frediani (PTB) informando a liberação de recursos financeiros ao município. Foram enviados para o pagamento de teto financeiro de epidemiologia e controle de doenças, R$9.267,65; acompanhamento de pacientes à saúde mental, R$5.812,15; pagamento de incentivo no âmbito do programa nacional de aids (HIV) e outras doenças sexualmente transmissíveis (DST), R$4.166,67; ações básicas de vigilância sanitária, R$1.478,25; tratamento de tuberculose, R$243,60; assistência pré-natal, R$1.960,00; fisioterapia, R$750,48; tratamento de varizes, R$457,99 e registro civil e nascimento, R$60,00. Outras informações poderão ser obtidas pelo telefone: 0800-644-8001. A ligação é gratuita. (Fonte: Luana Coelho)

PM localiza carro furtado em Ubatuba e vendido em Taubaté

Ubatuba - Um Fiat Uno, cinza, placas originais GPB-5171, de Matão, foi furtado em novembro do ano passado, quando estava estacionado na Praia Grande. Na tarde de terça-feira, o carro foi localizado com placas alteradas, no Ipiranguinha, com o marceneiro A.L.P., 23 anos, que alegou ter comprado em uma feira de Taubaté por R$ 4 mil.
Uma pesquisa nos documentos do carro revelou que ele foi extraviado da Ciretran (Circunscrição Regional de Trânsito) do Guarujá, na Baixada Santista, em agosto do ano passado. O marceneiro ficou preso acusado de receptação, uso de documento falso e alteração da identificação do carro.
O Fiat pode ter passado por uma organização especializada neste tipo de crime, com ramificação em outras regiões. Tudo começou há alguns dias, quando a Polícia Militar encontrou o Fiat trafegando em uma rua da cidade. O motorista ao ver uma viatura fugiu, levantando suspeita.
Carro aparece - Na tarde de terça-feira, o setor fazia um patrulhamento pelo Ipiranguinha, bairro mais populoso de Ubatuba, quando deparou com este carro estacionado na frente da casa do marceneiro, que estava ao lado do veículo. Já sabendo da suspeita anterior, a polícia decidiu fazer uma abordagem.
O carro estava com as placas BRU-2552, de São José dos Campos, cuja pesquisa apresentou se tratar de veículo legal. Não satisfeito, o policial decidiu conferir o número do chassi, revelando o crime. Na verdade as placas eram de um carro dublê, que nada tem de ilegal. Pelo chassi, a polícia descobriu que aquele Fiat tinha queixa de furto da turista S.S., 25 anos.
O marceneiro contou na polícia que comprou o veículo de um homem chamado “Antônio”, na Feira da “Barganha” em Taubaté, em dezembro último. Ele teria pagado R$ 1 mil e o restante seria quitado em forma de “boleto”.
O carro foi devolvido à dona e o marceneiro entrou na manhã de ontem na cadeia masculina de São Sebastião. A pena prevista para receptação é de um a quatro anos de reclusão e multa. (Fonte: Imprensa Livre)

Conto em Capítulos Topo

Clique para acessar  os capítulos anteriores
Clique para acessar os capítulos anteriores

Capítulo XIX: O perigo mora ao lado

Estava na hora de voltar para Ubatuba. As pistas de São Paulo pareciam esgotadas. Da casa de Martha telefonei para o meu amigo Paulinho e mais uma vez pedi abrigo. Não convinha voltar para a minha casa. Tomei o rumo da Lapa, via Pacaembu, sem notar que estava sendo seguido por uma perua Chevrolet C-14. Era igual às usadas pela polícia, porém equipada com pára-choques reforçados. Quase na subida do estádio fui abalroado por trás, o motorista tinha a intenção de me esmagar contra um ônibus parado. Escapei por pouco, o ônibus arrancou bem no momento que antecedeu o choque. Mesmo assim houve a batida, a tentativa de assassinato não teve seqüência porque na pista oposta uma viatura da polícia viu a batida e retornou por cima do canteiro com a sirene ligada. O motorista da C-14 abandonou a perua e entrou num Camaro que vinha logo em seguida. O carro acelerou ganhando velocidade e desaparece ndo em segundos. Meu Fuscão, ainda com doze prestações a serem pagas estava destruído. O pior é que o seguro estava vencido há duas semanas. Os policiais ficaram concentrados na perua, pela movimentação parecia que era roubada. O pára-choque fora colocado com a intenção de abalroar, era de chapa dobrada de dois centímetros de espessura, de aço. O motor do meu tão querido Fuscão acabou partido ao meio. Telefonei para o Rubão, meu amigo, dono de uma garagem e pedi que ele providenciasse a remoção do carro. Retirei o que havia no porta luvas. Coloquei em um saco plástico e quando me preparava para tomar um táxi, estacionou na minha frente um Kharman Ghia vermelho. Olhei, era Martha O’Briaan, fazendo sinal para eu embarcar. Assim que entrei no carro ela arrancou com decisão e no primeiro retorno tomou o rumo da Marginal do Tietê. Por alguns instantes perdi a noção do caminho, Martha vestia uma minissaia de seda, de fundo verde com desenhos floridos, que contrastava de forma harm oniosa com o bronzeado sutil de suas pernas. E que pernas! Quando dei por mim estávamos em Guarulhos, na Via Dutra, no rumo do Rio de Janeiro. Perguntei para onde íamos. A resposta dela foi Ubatuba, para ser mais preciso Picinguaba. Se ficar aqui você morre, ela me disse. O cara da C-14 não estava brincando. Você teve sorte. As palavras me trouxeram para a realidade e só aí me dei conta de que tinham tentado me matar, e embora eu tivesse escapado, comecei a sentir os efeitos da batida. O vidro lateral quebrara em milhares de fragmentos minúsculos que arremessados em velocidade arranharam o meu braço esquerdo e parte das costas e do pescoço. Os ferimentos estavam começando a arder, de forma insuportável. Pedi para que ela parasse em um posto, ela preferiu um motel, não fiz nenhuma objeção. Durante horas, depois de um banho, fiquei imóvel, enquanto ela munida de uma lupa, retirava fragmentos de vidro de minhas costas. Depois, entrei no chuveiro e assim que a água escorreu pelo corpo, mãos suaves tamparam os meus olhos. Com o corpo comprimido contra o meu Martha perguntou se podia esfregar as minhas costas. Concordei, por mim ela poderia esfregar o que quisesse e, como eu desconfiava, ela sabia ler pensamentos. Esfregou exatamente as partes que eu gostaria que esfregasse. Acabamos ficando no motel mais tempo do que estava previsto, isto é dormimos, acordamos e acabamos dormindo mais uma noite. Saí com as costas bem esfregadas e com a esperança de continuar ao lado dela nos próximos cento e cinqüenta anos, que era a minha expectativa de vida. Seguimos viagem num dia lindo, com sol e céu azul, porém não muito quente. Eu estava ansioso para chegar. Martha era especial, em pouco tempo tínhamos estabelecido um vínculo forte, mais forte do que qualquer outro que eu já tivera com outras garotas. Eu mal sabia quem era ela e nem mesmo lembrava dos detalhes de como acabara entrando em minha vida. Eu apenas sabia que ela tinha conhecimento profundo dos misté rios que envolviam a estranha história dos gêmeos de Picinguaba. A viagem seguiu calma, porém, pouco antes da serra notei um carro parado no acostamento, no sentido oposto ao nosso. Era um trecho retilíneo, estávamos num declive, quando chegamos perto o carro atravessou a pista e fez menção de nos bloquear. Era um Camaro, o mesmo que dera fuga ao motorista da C-14 que tentara me matar. Martha parou no meio da estrada. Engatou a ré e começamos a nos afastar a distância que nos separava do Camaro não passava de duzentos metros, senti um calafrio, desta vez seria difícil escapar. De repente, um caminhão enorme surgiu no nosso campo de visão, aproximando-se em alta velocidade e com enorme quantidade de movimento por estar carregado. A buzina, que me fez lembrar um navio, foi acionada quebrando o silêncio do planalto, não houve tempo para o Camaro sair de onde estava, foi colhido no meio e arrastado até onde nos encontrávamos. Corri pa ra perto dos destroços fumegantes, no meio deles reconheci a garota que há pouco estivera me procurando e que assustara James Turney. Estava morta. Voltei para o Karman Ghia e saímos rapidamente de lá. Eu tivera sorte duas vezes, não sei se teria uma terceira, a garota morta era a mesma que pareceu ter engolido um rato em minha casa. O desfecho violento me deixou preocupado. Nada nos deteria agora, eu tinha pressa de chegar em Picinguaba. Assim que acabou a serra, Martha abriu o porta-luvas e retirou um mapa. Nele havia uma trilha que começava na Casa da Farinha, nas proximidades da Praia da Fazenda. Ela me disse que nesse mapa havia a resposta para todos os enigmas. Primeiro era preciso seguir a trilha. Eu não via a hora.

Sidney Borges
www.lojasmurray.blogger.com.br/index.html

Carta do Leitor Topo

Convite - A Fundação de Arte e Cultura de Ubatuba tem a grata satisfação de convidá-lo para Abertura da Coletiva dos Artistas Plásticos de Ubatuba. Dia 13 de Fevereiro às 20:30h. Casarão do Porto - Sede da Fundação, Praça Anchieta, 38 - Centro
A exposição estará aberta à visitação até o dia 29 de Fevereiro.
Sábados, Domingos e Feriados das 18:00 as 22:00h.

FUNDART
Fundação de Arte e Cultura de Ubatuba
http://www.fundart.com.br


16 de fevereiro: Dia do Repórter - Profissionais que informam e educam um povo através de notícias que são de grande valia para o crescimento social. Parabéns!!!

Rogério Frediani (PTB)
Presidente da Câmara Municipal de Ubatuba


1º Luau do Perequê-Açú - Neste sábado, dia 14 de fevereiro, às 21:30 horas, na praia, em frente a lanchonete Farol da Barra, ocorrerá o 1º Luau do Perequê-Açú. A banda mineira Trio Zé Librino promete agitar a galera com muito Forró Pé de Serra, MPB, POP/ROCK e Reggae.

Realização: Poeta
Apoio: Vereador Rogério Frediani
Ubatuba, SP

 

Foto do Dia Topo

Ubatuba

Rio Puruba

Rio Puruba
©José Carlos Marques


Para instalar a foto como papel de parede (wallpaper)
Clique na foto acima. Após carregar a foto ampliada, clique com o botão direito do mouse sobre a imagem e escolha "Definir como papel de parede" ou "Definir como fundo de tela". Para ajustar a imagem em tela cheia, clique em qualquer lugar da área de trabalho com o botão direito do mouse, escolha "Propriedades" / "Fundo de Tela" ou "Papel de Parede" / "Ampliar".

Arquivos:  Foto Saudade  -  Foto do Dia
 

 Faça seu comentário, crítica, opinião ou sugestão no Litoral Virtual:
Clique Aqui


As notícias, fotos e cartas publicadas neste boletim são de inteira responsabilidade de suas fontes e autores,
não expressando necessariamente a opinião deste informativo. O envio de qualquer material para nosso e-mail
será considerado como autorizado a sua publicação e assumida a total responsabilidade pelo seu conteúdo.
As cartas devem conter nome completo, RG, endereço, telefone de contato e um e-mail válido.
Reservamos o direito de não publicar cartas que não contenham a devida  identificação do autor.


GRÁTIS!!
Receba as Últimas Notícias do Litoral em seu e-mail:

Quero receber GRATUITAMENTE o boletim Últimas Notícias do Litoral na versão:

Compacta (apenas as manchetes c/ Link)
Completa (todas as notícias na íntegra) 
e-mail:
Cidade:



Obs.: Você poderá cancelar o recebimento das notícias a qualquer momento.

Conheça as cidades do Litoral Norte Paulista:

Caraguatatuba Ilhabela São Sebastião Ubatuba

Litoral Virtual
O mais completo site do Litoral Norte Paulista na Internet
Sugestões, críticas e informações, entre em contato:
info@litoralvirtual.com.br

©1995/2001 Emilio Campi - Studio Maranduba - Direitos Reservados
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem a expressa autorização do autor