Litoral Virtual últimas notícias do litoral
Segunda-feira, 01 de março de 2004 - Nº 980 Edições Anteriores

Barra da Lagoa Porto das Artes BIL

Região
Polícia intensifica fiscalização contra os bingos e caça-níqueis
DER instala radares na SP-55 a partir de hoje
Região tem menor número de praias poluídas por esgoto: agora são dez
Policiais do reforço vão embora registrando queda na criminalidade


Caraguatatuba
Por um dia, presidente da República em exercício é de Caraguatatuba
Bando é preso após roubar carro-forte e atirar em dois seguranças
Semana da Mulher em Caraguá começa dia 1º de março
Câmara e Prefeitura agendam Audiências Públicas


Ilhabela
Ateliê Mercado das Artes ganha prêmio Citibank-Accion ao Microempreendedor
Lei dos Bares aprovada com veto do prefeito


São Sebastião
São Sebastião já tem cinco pré-candidatos a prefeito
Cetesb exige da Petrobras análise do subsolo e das águas subterrâneas
COMDURB convoca Petrobrás para explicações e pode cassar licença ambiental
Vereador propõe traje social em sessões


Ubatuba
O Sol voltou!
Verbas continuam sendo liberadas

Seções
Carta do Leitor
Foto do Dia



Notícias da Região Topo

Polícia intensifica fiscalização contra os bingos e caça-níqueis

Litoral Norte - A Polícia Federal e Receita Federal de São Sebastião anunciam que vão realizar esta semana, no Litoral Norte, intensa fiscalização a fim de cumprir a determinação do governo federal, que proíbe o funcionamento das casas de bingo e ordena o recolhimento das máquinas caça-níqueis.
Os bingos estão com o funcionamento suspenso após a publicação da MP (Medida Provisória) no sábado, 21, pelo presidente Luis Inácio Lula da Silva, cuja multa de descumprimento é de R$ 50 mil diários.
No Litoral Norte, o bingo mais antigo é o de Caraguatatuba, que existe há de quatro anos e emprega 23 pessoas diretamente.
Em Ubatuba, o único bingo da cidade atuava há cerca de 3 anos com 40 funcionários.
Em São Sebastião, o bingo inaugurado no último dia 4, não chegou a funcionar. A previsão era a de empregar pelo menos 30 pessoas.
A medida que proíbe os bingos foi publicada cinco dias após Lula ter afirmado que sua intenção era legalizar o jogo. A mudança de planos foi uma reação à crise gerada pela divulgação de um vídeo de 2002, em que o ex-subchefe da Casa Civil do Planalto, Waldomiro Diniz, aparece pedindo dinheiro para campanhas e propina ao empresário do jogo Carlos Augusto de Almeida Ramos, o Carlinhos Cachoeira.
De acordo com o delegado da Polícia Federal de São Sebastião, Frederico Saldanha, na última quinta-feira, 26, foram fiscalizadas as casas de bingo do Litoral Norte. “Nenhum estabelecimento foi encontrado aberto pelos agentes federais”.
Férias coletivas - O proprietário do Bingo Caraguá, Ney Pinhalti, afirma que veio a cidade exclusivamente para montar o empreendimento.
"Espero que o Lula tenha bom senso e eu possa continuar meu trabalho na cidade. Não penso só em mim, mas nos meus funcionários que estão de férias coletivas, e têm família para sustentar.
Sem falar nos diversos telefonemas de clientes que querem o retorno da casa de jogos. Alguns dizem até que esta é a única atividade de lazer da cidade”.
Pinhalti confirma que cerca de 200 pessoas diariamente freqüentavam o bingo localizado em pleno centro da cidade, na praça Diógenes Ribeiro de Lima, nº 207.
“Até o shopping ficou morto, pois são 200 pessoas que não circulam por aqui e que vinham jogar nos mais de 30 caça-níqueis. Agora, recolhi todas as máquinas”, confirmou.
“Até acredito que exista lavagem de dinheiro, mas com os cassinos grandes e não entre nós, pequenos bingos”.
“A gerente não está vindo para o bingo. Não tem como conversar com ela”, disse a telefonista do Bingo de Ubatuba, que se identificou somente como Elaine.
O bingo funciona também no centro da cidade, na rua Hans Staden, 438, apartamento 104. Mesmo fechado, ladrões assaltaram o bingo na madrugada de domingo, 22, levando R$40 mil em dinheiro, além da fita VHS que monitora a segurança do local.
A polícia está investigando o caso e acredita que os ladrões entraram pelo teto do estabelecimento.
Em São Sebastião, o único bingo da cidade foi inaugurado no dia 5, mas não chegou a funcionar. Localizado na rua prefeito João Cupertino dos Santos, 218, atrás da Prefeitura (antigo boliche), no centro, o empreendimento é de um grupo de empresários de São Paulo e empregaria 30 pessoas, já selecionadas pelo PAT (Posto de Atendimento ao Trabalhador).
O salão de jogo de bingo eletrônico era a principal atração, além da sala de vídeo-bingo, com aproximadamente 100 máquinas.
“Estamos junto com a Abrabin (Associação Brasileira dos Bingos), aguardando a melhor solução”, relatou o responsável, Gildo Bezerra de Melo.
Segundo a Abrabim, o fechamento dos bingos ameaça 320 mil empregos diretos e indiretos e um mercado que gera uma receita de R$ 240 milhões por ano.
A única cidade do Litoral Norte que não tem bingo é Ilhabela. (Fonte: Correio do Litoral)

DER instala radares na SP-55 a partir de hoje

Litoral Norte - O Departamento de Estradas e Rodagem instala a partir desta segunda-feira dois radares estáticos em trechos específicos da rodovia Rio/Santos (SP-55). A medida tem como principal objetivo coibir o excesso de velocidade nestes trechos.
Um deles, onde ainda não há fiscalização, fica entre Ubatuba e Bertioga. O outro, está localizado entre Cubatão e Itanhaem. Os locais exatos não foram divulgados.
Faixas explicativas serão colocadas na rodovia para informar aos motoristas sobre a operação. Funcionários do departamento também distribuirão folhetos para incentivar a campanha de redução de acidentes nas rodovias estaduais. De acordo com o departamento, o Código de Trânsito determina que os radares, desta modalidade, estejam instalados em um suporte apropriado.
Ainda de acordo com o DER, os radares, apesar de estáticos vão mudar de localização conforme as necessidades da rodovia. Hoje, conforme o departamento, 127 aparelhos de radar operam em rodovias estaduais. (Fonte: Imprensa Livre)

Região tem menor número de praias poluídas por esgoto: agora são dez

Litoral Norte - A pouco mais de vinte dias do início do outono nas quatro cidades da região, dez praias estão poluídas por esgoto doméstico. A constatação corresponde ao resultado do último boletim de balneabilidade divulgado ontem pela Companhia de Tecnologia e Saneamento Ambiental.
Praticamente não há diferença entre esta e a última amostragem. A não ser pela praia Cocanha, em Caraguatatuba, que pelo novo boletim saiu da lista de impróprias para banho. No município, ainda continuam vetadas aos banhistas neste fim de estação: Centro, Indaiá e Porto Novo.
Ilhabela também conseguiu reduzir o número de praias poluídas e, de quatro, passou a ter três impróprias. Lá, devem ser evitadas Armação, Pinto e Itaguaçú.
Conforme a Cetesb, em Ubatuba, permanecem contaminadas Itaguá, Iperoig e Perequê Mirim. Já São Sebastião, que iniciou uma campanha de conscientização contra a poluição das praias, ainda tenta despoluir a praia Guaecá, na Costa Sul, que foi atingida por parte dos 235,5 mil litros de petróleo que vazaram de óleo duto no último dia 18. Essa praia é agora a única imprópria na cidade.
Sol depois do carnaval - Parece até intriga de São Pedro, mas o Centro de Previsão do Tempo e Estudos Climáticos, de Cachoeira Paulista prevê sol neste final de semana.Hoje a temperatura máxima na região deve ficar em torno dos 32 graus.Na quarta-feira de cinzas a pesquisadora Viviane Algarve, do Cptec, já havia adiantado ao Imprensa Livre a melhora nas condições do tempo, que começou ontem.
O meteorologista Roberto Pereira explica que a frente fria que estacionou na região Sudeste durante a folia segue em direção ao sul da Bahia. De lá, pelo oceano, a frente deve rumar para o continente africano. Segundo ele, apesar disso, uma nova frente fria - que tem causado chuva no leste de Santa Catarina e Paraná -, deve chegar à região na próxima semana. “Mas não será como no carnaval. No litoral deve chover apenas nos fins de tarde e começo da noite. É uma frente fria fraca”, diz. (Fonte: Imprensa Livre)

Policiais do reforço vão embora registrando queda na criminalidade

Litoral Norte - Cerca de 300 policiais militares estarão indo embora da região amanhã, quando termina oficialmente a Operação Verão. Na segunda-feira, eles se apresentarão em suas unidades de origem. Pela Polícia Civil, o reforço foi embora na quinta-feira. O que estes policiais proporcionaram foi uma temporada tranqüila, registrando queda na criminalidade em relação ao período anterior.
Para o capitão Eduardo Rosmaninho, do setor operacional do Batalhão da PM, foi um balanço positivo e favorável, tanto no carnaval, quanto na temporada inteira. Além da chuva, que freou os ânimos de foliões, um número maior de viaturas e poli-ciais nas ruas do que no período anterior, cerca de 30% a mais, também colaborou para o resultado satisfatório.
Os crimes mais graves, de furto e roubo, caíram cerca de 30% e 10% respectivamente. Este aumento de efetivo também pode ter sido a causa do crescimento de ocorrências atendidas neste período, que foi de aproximadamente 10%, assim como flagrantes encaminhados à delegacia, subindo 30% e ‘colaborando’ para a lotação nas cadeias. (veja texto nesta página)
Em contrapartida da queda no roubo e furto, o setor registrou crescimento na prisão de tráfico de drogas. Enquanto em 2003 foi tirado neste período um traficante das ruas, este ano a estatística subiu para sete casos. Quatro armas foram retiradas das ruas em cada Carnaval deste e do ano passado.
Homicídio também reduziu, em 100%. Dos dois casos em 2003, este ano não se registrou nenhum. O único caso que aconteceu, do químico Reginaldo de Lacerda, em Guaecá, entrou como tentativa de homicídio, já que a vítima morreu posteriormente no hospital.
Conforme o capitão, este ano não registrou nenhum incidente grave nos bailes carnavalescos das quatro cidades. Mesmo em toda temporada também se registrou queda na criminalidade, reduzindo-se em cerca de 20% os roubos e furtos.
Polícia Civil - Os policiais civis que estavam reforçando os plantões na região na temporada que iniciou em 26 de dezembro, foram embora na quinta-feira pós Carnaval.
Segundo o delegado Seccional do Litoral Norte, João Barbosa Filho, com este reforço, o 2° Distrito Policial, em Boiçucanga, pôde funcionar com um plantão de delegados e equipe nos quatro dias. Além da Costa Sul, outros distritos também se beneficiaram com o reforço.
A queda da criminalidade registrada na Polícia Militar também foi notada nas delegacias e distritos. No geral, disse o delegado, diminuiu em 18,5%. A queda mais acentuada foi no homicídio, furto de carro e em casas, ficando os dois últimos em torno de 20% a menos que no ano passado.
Conforme o delegado, dos 26 furtos de carros ocorridos em janeiro de 2004, o setor registrou 25 deles recuperados. O número não se refere aos mesmos veículos, uma vez que podem ser carros levados de outras cidades, mas são dados sobressalentes.
João Barbosa acredita que a chuva no Carnaval colaborou com esta estatística, embora considere que a queda também se registrou em toda temporada.
Enquanto isso nas cadeias... - Enquanto nas ruas das cidades houve queda na criminalidade, registrando tranqüilidade tanto no carnaval como em toda temporada, não se pode dizer o mesmo nas três cadeias do Litoral Norte. Está difícil conter os ânimos dos 372 presos (sem computar os oito detidos ontem em dois flagrantes de roubo, em Caraguatatuba) aglomerados nas celas em que cabem 132 pessoas.
As celas de São Sebastião abrigavam ontem 219 presos, ficando 265% acima de sua capacidade de 60 pessoas. Esta unidade sofreu uma rebelião com refém no último Natal, em razão da lotação.
Caraguatatuba estava com 111, 131% acima das 48 vagas e passa atualmente por um processo judicial que analisa uma possível interdição, devido à estrutura precária do prédio. Até a cadeia feminina de Ubatuba, que sempre esteve na média, se encontrava ontem com 42 presas no espaço que cabe 24 e registrando 75% a mais.
Este aumento se deve ao crescimento de mulheres presas por tráfico nesta temporada e também ao envolvimento delas com quadrilhas de assaltantes. Em cada grupo preso, havia sempre, pelo menos, uma mulher.
O triste desta situação, disse o delegado Seccional do Litoral Norte, João Barbosa Filho, é que embora tenha sempre pedido de transferência, no momento não há previsão de novas vagas abertas nas unidades prisionais do Estado, que possam “desafogar” momentaneamente a situação, o que somente seria resolvido com a construção de um CDP (Centro de Detenção Provisória). (Fonte: Imprensa Livre)

Notícias de Caraguatatuba Topo

Caraguatudo Albatroz Pousada

Por um dia, presidente da República em exercício é de Caraguatatuba
O presidente da Câmara dos Deputados, João Paulo Cunha, que nasceu na cidade do Litoral Norte, assumiu interinamente o lugar de Lula, em viagem a Caracas, na Venezuela

Foto: Roosewelt Pinheiro/ ABrCaraguatatuba - O município de Caraguatatuba já pode dizer que teve um de seus filhos como Presidente do Brasil. Na noite de quinta-feira, o presidente da Câmara dos Deputados, João Paulo Cunha, 45, assumiu interinamente o lugar de Luiz Inácio Lula da Silva, em viagem a Caracas, na Venezuela.
Ele nasceu em Caraguá, no dia 6 de junho de 1958, filho de José Venâncio da Cunha e Isabel Ribeiro da Cunha. Contudo, foi na cidade de Osasco, na Grande São Paulo, que o caiçara desenvolveu sua carreira profissional e política.
Trabalhou como programador de produção e metalúrgico, destacando-se na defesa de causas populares. Na política, ele foi eleito vereador com apenas 24 anos.
Por três vezes tentou a Prefeitura de Osasco, mas acabou derrotado nas urnas. Em 1990, João Paulo Cunha conquistou uma cadeira de deputado estadual. Quatro anos depois foi eleito pela primeira vez deputado federal.
Já em 1995 assumiu à Presidência do PT no Estado de São Paulo. Hoje, João Paulo Cunha encontra-se no seu terceiro mandato de deputado federal, após ter quase 200 mil votos na última eleição. Para chegar à Presidência da Câmara, teve 434 votos.
O caraguatatubense assumiu interinamente à Presidência da República porque Lula viajou e o vice-presidente, José de Alencar, 72, permanece internado no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo, onde passou por uma cirurgia para retirada da vesícula biliar.
O presidente da República em exercício se retirou do Palácio do Planalto e foi para sua residência oficial de presidente da Câmara, no bairro do Lago Sul, ainda durante a tarde de ontem. Ele encerrou o expediente logo após reunião com os ministros José Dirceu (Casa Civil) e Aldo Rebelo (Coordenação Política), segundo a assessoria de imprensa.
Lula chegaria em Brasília ainda na noite de ontem. Hoje, ele visita José de Alencar, em São Paulo. (Fonte: ValeParaibano)

Bando é preso após roubar carro-forte e atirar em dois seguranças

Caraguatatuba - Um bando foi preso na noite de ontem, após roubar um malote do carro-forte que fazia serviço na agência do Bradesco, no Centro. Dois seguranças reagiram e foram baleados.
As Polícias Civil e Militar foram avisadas, conseguindo prender cinco assaltantes, portando sete armas, duas delas que eram dos vigias, e dois malotes do banco, em uma casa atrás do Pão do Açúcar, no Caputera.
Os assaltantes usaram três carros na fuga. A princípio eles usavam um Vectra branco. No caminho, roubaram um Gol de um comerciante, chegando a atirar, assustando a vítima. Na casa, o bando já foi preso com outro Vectra. O esconderijo ficava a cerca de quatro quarteirões do banco.
Havia suspeita de mais assaltantes integrando o bando, que ainda estariam foragidos. Dos cinco, um seria de Santos e os outros quatro de São José dos Campos. Dois deles ainda teriam passagens policiais por homicídio. Eles estariam há três dias na cidade, estudando os horários e a movimentação no banco.
Um dos seguranças foi atingido no braço e o outro levou tiro na axila e vários no colete à prova de balas. Segundo a Polícia Militar, eles não corriam risco de morte.
O valor levado nos malotes não foi divulgado. Os assaltantes não reagiram à polícia, que cercou o esconderijo deles. Com eles, se encontravam sete armas, sendo dois revólveres e três pistolas, além das armas dos seguranças.
Pela Polícia Militar participaram desta ocorrência equipes comandadas pelos sargentos Saviolli e Lazari e tenente Ivo, que tiveram o apoio do helicóptero da PM. Até o fechamento desta edição a reportagem não conseguiu informação na delegacia, envolvida com o flagrante, sobre a identificação do bando e dos vigias. (Fonte: Imprensa Livre)

Semana da Mulher em Caraguá começa dia 1º de março
O Conselho Municipal da Condição Feminina de Caraguá fechou parcerias com a prefeitura da cidade e a sociedade civil organizada para comemorar o Dia Internacional da Mulher.

Caraguatatuba - As comemorações do Dia Internacional da Mulher, dia 8 de março, em Caraguá, acontecerão durante toda a próxima semana. A partir do dia 1º, mulheres ligadas a alguma atividade coletiva feminina irão dar depoimentos, ao meio-dia, na Rádio Oceânica, até o dia 06.
Na quarta-feira, dia 03, haverá uma palestra, aberta ao público, com o tema “Planejamento Familiar”, às 14h, na entidade Apami, que fica à Rua Sebastião Mariano Nepomuceno, 167. Segundo informações do conselho, a Apami realiza uma atividade de rotina, com a comunidade, que atende as mulheres e, principalmente, aquelas que são gestantes. A entidade está abrindo esta palestra para as comemorações da semana da mulher.
No domingo, dia 07, a programação será iniciada, às 8h, com a caminhada em homenagem ao Dia Internacional da Mulher e Ano Nacional da Mulher no Brasil, com saída da Praça de Eventos. Após a caminhada, haverá um jogo de vôlei entre as mulheres da Terceira Idade, na Praça Ton Ferreira, ao lado da Pista de Skate.
Ainda no dia 07, às 17h, haverá uma exposição dos produtos feitos nos projetos de geração de renda da Secretaria de Assistência Social e estandes da Secretaria de Saúde, no coreto da Praça Dr. Cândido Motta. Ao mesmo tempo, haverá um encontro de profissionais de saúde e assistência social, membros do conselho feminino e representantes da delegacia da mulher para discussão de assuntos como o estabelecimento de uma política nacional em favor da mulher, a não violência contra a mulher, a união de homens e mulheres em prol da cidadania e outros.
São convidados especiais para o encontro, o secretário municipal de Saúde de Caraguá, Pedro Norberto dos Santos, e as vereadoras.
À noite, haverá missas em todas as igrejas da cidade em homenagem à mulher, e após a celebração da igreja matriz de Santo Antônio, a Fundacc (Fundação Educacional e Cultural de Caraguatatuba) pretende promover um show musical.
Estão apoiando o evento, a prefeitura de Caraguá por meio da Fundacc, os comerciantes do município e a Sabesp. (Fonte: PMC)

Câmara e Prefeitura agendam Audiências Públicas
Prefeitura propõe eventos baseados na lei

Caraguatatuba - A Prefeitura Municipal de Caraguatatuba propôs ao Parlamento Municipal que fossem agendadas uma série de Audiências Públicas, para a discussão de lei de âmbito federal e municipal. As datas foram acatadas e haverá reuniões de fevereiro até setembro.
As reuniões propostas pela Prefeitura e aceitas pela Mesa Diretora da Câmara, na pessoa do atual Presidente, o Vereador Wilson Agnaldo Gobetti (PPS) terão como tema a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), Lei de Diretrizes Orçamentária (LDO) e Lei Orçamentárias Anual (LOA).
As datas marcadas são as seguintes: Lei de Responsabilidade Fiscal para os dias 27 de fevereiro, 28 de maio e 30 de setembro. A Lei de Diretrizes Orçamentárias está agendada para os dias 8 e 16 de abril e a Lei Orçamentárias Anual para os dias 3 e 10 de setembro.
A Lei de Responsabilidade Fiscal trata dos gastos do Executivo dentro de limites impostos pela propositura. Já a Lei de Diretrizes Orçamentárias trata dos planos de investimento do Executivo para o ano seguinte e a Lei Orçamentária Anual é a discussão do Orçamento para o ano fiscal posterior, onde podem ser colocadas emendas, retirando verbas de uma conta e repassando para outra.
Todas as Audiências Públicas são abertas ao público, que automaticamente está convidado para ouvir e participar e terão início às 16 horas, sempre no plenário do Parlamento Municipal.
A seqüência de Audiências Públicas teve início na tarde de hoje, dia 27 de fevereiro, com a presença do técnico financeiro Edvaldo do Valle, da Secretaria Municipal de Finanças da Prefeitura de Caraguatatuba. A seguir, e não incluída na relação, está a Sessão de Prestação de Contas da Saúde, que acontece a cada 4 meses e se realizará no dia 3 de março, também às 16 horas. (Fonte: Câmara Municipal de Caraguatatuba)

Notícias de Ilhabela Topo

Vulcano Sailing Shop

Ateliê Mercado das Artes ganha prêmio Citibank-Accion ao Microempreendedor

Ilhabela - O Prêmio Citibank – ACCION ao Microempreendedor é uma iniciativa do Banco Citibank S. A e da ACCION Interna-tional, com o apoio da Citigroup Foundation, sediada nos Estados Unidos e do SEBRAE.
A premiação é dirigida a empeendedores de atividades econômicas de pequenos negócios de caráter popular, para todo o terrirório nacional, que tenham adquirido microcrédito em instituições financeiras que mantenham formalmente programa de concessão de microcrédito, tendo como objetivo promover o desenvolvimento do empreendedorismo popular no Brasil, mediante o reconhecimento de micro-empreendedores que desenvolveram projetos sustentáveis e se destacaram por suas conquistas.
Uma das duas empresas inscritas no município de Ilhabela, foi a vencedora no Brasil, na ¨Categoria Comércio¨ - o Ateliê Mercado das Artes, associação informal composta por 13 artesãos.
¨O Ateliê surpreende pela união, em tempos onde assistimos a desconfiança entre os indivíduos sendo reforçada a olhos vistos, pois estão contra a corrente do individualismo¨, declara Ivana Tomie de Boris Davidoff – agente de crédito do Banco do Povo e participante do grupo vencedor.
Os empreendedores, individualmente, confeccionam seus trabalhos e juntos encontram meios de expor e comercializa-los; juntamente com Ivana, fazem parte do Ateliê: Christina Eiko Ota, Cristina Chibli, Sueli Chibli, Maria Inah Salvador, Renato Paschoal, Anna Amélia Vieira de Carvalho, Ana Paula Teston, Isabel Galvanese, Marcos De Capitani, Yacy Bernardo Cavalcante, Mary Gonçalves Capela e Maria Helena Cardoso Oliveira.
O prefeito Manoel Marcos, ao parabenizar os integrantes do Ateliê Mercado das Artes pela conquista, alertou os microempreendedores populares que não deixem de conhecer o programa oferecido pelo Banco do Povo de Ilhabela, situado nas dependências da Prefeitura Municipal.
A entrega dos prêmios será feita no dia 3 de março, às 9 horas na Av. Paulista, 1.111 – 1o. andar, bairro Cerqueira César – São Paulo, em cerimônia organizada pelo Banco Citibank S.A e a ACCION International. O Ateliê Mercado das Artes fica na Av. Almirante Tamandaré, 136 – Itaquanduba – Ilhabela Tel.: (12) 3896.6935. (Fonte: Imprensa Livre)

Lei dos Bares aprovada com veto do prefeito

Ilhabela - Os vereadores de Ilhabela acataram o veto parcial do Executivo referente ao projeto de lei 24/03, de autoria da vereadora Maria das Graças Ferreira dos Santos Souza, a Gracinha (PSDB), que estabelecia horáriolimite para o fechamento dos bares situados em áreas periféricas da cidade.
Com isso, o projeto foi aprovado sem o artigo considerado principal. Ele determinava que todos os bares localizados nos bairros da Barra Velha, Perequê, Água Branca, Green Park, Itaguassu, Itaquanduba, Cocaia, Costa Bela, Reino, Morro do Cemitério e Bexiga, funcionassem entre 6h e 23h, de domingo à sexta-feira, prorrogados por mais uma hora em dias de feriado prolongado.
De acordo com a justificativa do prefeito Manoel Marcos (PTB), o artigo representaria discriminação, favorecendo os demais estabelecimentos comerciais, em especial os situados no centro, que poderiam permanecer com suas atividades até às 3h da manhã.
O prefeito argumentou também que “o projeto de lei poderá ensejar ações judiciais contra o município, uma vez que há privilégios para os comércios localizados no centro da cidade”.
O veto parcial foi aprovado por maioria de votos. A decisão dos vereadores deixou Gracinha irritada. “Vetaram o artigo mais importante da lei. Tinha certeza que o prefeito iria sancionar, porque ele foi a primeira pessoa a tomar conhecimento do projeto”.
Ela acredita que a votação teve motivação política. “Acho que apresentei o projeto na hora errada. É ano de eleição e os vereadores não querem perder votos, mas eu represento uma maioria cansada de ver prostituição infantil, tráfico de drogas e homicídios em bares desses bairros”.
A vereadora acrescentou que, independentemente da decisão na Câmara, não vai deixar o projeto 'morrer'. “Tenho apoio de entidades religiosas e assistenciais, das associações Comercial e de Hotéis e Bares, além da própria polícia”.
Criada CEI da Educação Os vereadores aprovaram por unanimidade de votos a criação da CEI (Comissão Especial de Inquérito), para apurar os serviços prestados por funcionários públicos municipais da rede de ensino em HTPC (Horas-Atividade Livres e Pedagógico-Coletivas), relativas ao período entre 1997 a 2000, ainda na gestão da ex-prefeita Nilce Signorini (PDT).
O autor da proposta foi o vereador Walter Duarte de Souza (PTB), o irmão Walter. “O prefeito está disposto a pagar os direitos, mas não tinha um amparo para isso, coisa que a CEI vai lhe dar, através do relatório final”.
De acordo com o vereador, uma audiência pública foi realizada em junho de 2002, para atender à reivindicação de alguns professores da rede pública municipal de ensino, referente ao recebimento de verbas salariais decorrentes de horas trabalhadas para a municipalidade e não-pagas.
Na época, a Câmara aprovou um projeto, transformado na lei municipal nº 135/02, autorizando o Executivo a efetuar pagamentos salariais referentes aos serviços de HTPC prestados pelos professores.
A CEI terá um prazo de 45 dias para conclusão do relatório final e será composta pelos seguintes vereadores: o presidente Walter Duarte de Souza, a relatora Nanci Peres Zanato (PTB) e os membros Almir Mariano (PPS), Maria das Graças Ferreira dos Santos Souza e Rogério Ribeiro de Sá.
A presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais, Aureananda Fernandes Clemente, aprovou a abertura da CEI.
“Sabemos que fatores políticos influenciaram a decisão, mas temos de ver o lado dos professores, que não recebem esse direito há anos”.
Ela comentou ainda que, independentemente do relatório final da CEI, o sindicato abriu um processo administrativo sobre o caso.
“Temos provas suficientes que comprovam o trabalho realizado pelos professores. Se não chegarem a nenhuma conclusão, vamos exigir os direitos na Justiça”.
De acordo com o sindicato, 32 professores estão nessa situação e o valor estimado a ser pago fica em torno de R$ 180 mil. (Fonte: Correio do Litoral)

Notícias de São Sebastião Topo

Nautica Superchic

São Sebastião já tem cinco pré-candidatos a prefeito

São Sebastião - O cenário político das eleições majoritárias no município já está praticamente definido, com cinco pré-candidaturas. Restam ainda as definições dos candidatos a vice e possíveis alianças.
Além do atual prefeito, Paulo Julião, que tentará a reeleição, Juan Garcia (PPS), Ernane Primazzi (PSC), Gabriel Rosa (PSDC) e Luiz Ramos (PT) devem brigar pelo voto do sebastianense. Nesta edição, o Imprensa Livre traz o perfil e as principais propostas de cada um. Nos três finais de semana anteriores foram publicadas entrevistas com os pré-candidatos de Ubatuba, Caraguatatuba e Ilhabela. A proposta é justamente apresentar os prováveis candidatos a prefeito, suas idéias e projetos de administração para os municípios da região.

Foto: Gustave GamaPaulo Julião (PSDB) – O atual prefeito de São Sebas-tião, Paulo Julião, 58 anos, pretende ser candidato à reeleição, porém afirma que isso dependerá do resultado da convenção do partido, ainda sem data definida. Operador aposentado da Petrobras e advogado, Paulo Roberto Julião dos Santos é filho da terra.
Esta é sua terceira gestão como prefeito. Por duas vezes foi eleito deputado estadual. “Com a possibilidade de reeleição, a administração de quem assume acaba planejada para oito anos. Dentro disso, também fizemos o nosso planejamento”.
Julião considera que a cidade vem crescendo a cada dia. “O município se desenvolveu, inegavelmente, em relação ao que nós encontramos quando assumimos. Mas, o fato é que a situação do país hoje não é das melhores, não temos a contra-partida do comércio”, avaliou.
O prefeito disse que a proposta é dar seqüência ao trabalho realizado. “O grande desafio é melhorar cada vez mais as estruturas básicas de saúde, educação, assim como lutar pela ampliação do porto, que sempre esteve como meta na nossa vida política. Hoje, felizmente, foi contratado o projeto executivo pelo Governo do Estado para a construção dos berços de atracação, que será o grande salto do desenvolvimento do município”.
Julião cita que o orçamento dobrou em sua gestão e que não houve aumentos de impostos municipais. “Só com saúde e educação, no ano passado, investimos R$ 36 milhões, ou seja, 21% do orçamento”.
No turismo, ele destaca as participações do município em vários eventos. “Também avançamos nas questões ambientais, com a diminuição das construções irregulares, por meio de ações demolitórias”.
Paulo Julião diz que o crescimento acelerado de São Sebastião faz com que obras sejam priorizadas. “Vamos entregar três novas escolas e outras duas serão construídas na Enseada e Topolândia. Uma nova Unidade Básica também está sendo feita no Topo. Terminamos o Teatro Municipal, que deu uma reviravolta na questão cultural da cidade. No esporte e cultura, temos o atendimento de mais de sete mil pessoas. Enfim, estamos prontos para o grande salto”.
Quanto à campanha, o prefeito diz que, no caso de reeleição, é uma situação diferente. “A nossa preocupação é administrar a cidade e, a partir de julho, vamos colocar a campanha na rua”, encerrou.

Foto: Gustave GamaJuan Garcia (PPS) - O médico e advogado Juan Manoel Pons Garcia, 46 anos, é o pré-candidato a prefeito do PPS. Natural de Tremembé, ele veio para São Sebastião ainda criança, com apenas 4 anos.
Na política, Juan Garcia foi secretário municipal da Saúde em três ocasiões, nas gestões de Paulo Julião e João Siqueira. Em 1989, assumiu uma cadeira na Câmara Municipal.
Ele afirma que a escolha de seu nome para ser candidato a prefeito surgiu naturalmente. Até porque disputou a última eleição e teve número significativo de votos. “Candidatura não nasce do nada, mas é construída com a participação. A minha é fruto do trabalho de um grupo que propõe um modelo diferenciado de governo. Temos conhecimento de causa e história na cidade, portanto, não se trata de aspiração pessoal”, disse o pré-candidato.
Para ele, a administração deve ser participativa. “Não se pode governar pensando que sabe tudo, por isso, vamos abrir espaço para movimentos sociais, organizados ou não. Enquanto se pautar a figura do prefeito, não sairemos de onde estamos. A prefeitura não é o desejo do prefeito e o governante tem de reconhecer que é representante da sociedade”.
Juan Garcia falou sobre suas propostas caso venha ser eleito. “Precisamos de geração de emprego e renda. Assim, queremos implantar uma política pública de turismo”, comentou.
O pré-candidato do PPS adianta que possui um Plano Municipal de Desenvolvimento para direcionar a cidade. “A idéia é gerar novos modelos de geração de empregos, trazer campus universitários”.
Na área da Saúde, Juan avaliou a atual situação. “Poucas vezes se teve um caos tão grande nestes setores. Embora se faça propaganda, hoje basta reportar aos usuários. Várias coisas criadas de maneira impensada. PSF desestruturado, sendo que é peça fundamental. A rede básica precisa ser retomada com profissionais especializados. O nível hospitalar é caótico. Precisa ser encarado com política de saúde e não política na saúde. O hospital precisa de investimentos maciços e profissionais valorizados, com remuneração e condição de trabalho”, apontou.
Já na Educação, ele ressalta a necessidade de planejamento. “Os recursos estão em outros setores. Teremos o compromisso de investir a verba da educação na educação. Temos um capital maior do que o Japão coloca em seus alunos e não se vê isso. Precisamos de creches novas, educação infantil estruturada, novas faculdades. Além disso, um modelo de controle da qualidade de ensino, com um Centro de Aperfeiçoamento dos Professores, ou seja, respeito aos profissionais”.
Quanto à política, o PPS já soma nove partidos aliados, entre eles, PDT e PFL. “Estamos verdadeiramente na oposição. Sinto que a população está desgostosa, porque tinha grande expectativa sobre o governo atual, que não cumpriu o que disse”.

Foto: Gustave GamaLuiz Ramos (PT) – O pré-candidato a prefeito do PT, partido do Presidente da República, é Luiz Antônio Ramos. Contador e economista, ele quer trazer os projetos sociais do Governo Federal para a cidade.
Aos 61 anos, 38 deles em São Sebastião, Luiz Ramos, que nasceu na cidade de Garça, interior do Estado de São Paulo, já disputou três eleições para vereador. Não ganhou nenhuma, mas ficou entre os mais votados de seu partido.
Militante do PT desde 1988, nunca ocupou cargo político na administração municipal. Ele acredita que a candidatura petista vem para mudar a forma de governar. “Queremos o orçamento participativo, com a comunidade envolvida no planejamento de gastos do município. Não vimos isso até hoje, essa transparência”, enfatizou.
Assim, segundo Ramos, o PT quer promover uma administração diferenciada. “O partido tem esta característica própria. Poderemos implementar as políticas sociais do Governo Lula”.
Entre as suas propostas, o turismo aparece como carro-chefe. “Não se pode pensar em São Sebastião isoladamente, mas sim junto às demais cidades. Queremos envolver os municípios nesta discussão para o desenvolvimento do turismo regional”. Ramos acredita que, com isso, a geração de empregos é certa.
Um de seus objetivos é lutar por mais saneamento básico. “A região precisa despoluir suas praias, pois não podemos correr o risco do Guarujá”.
Outro ponto é o incentivo aos empresários locais com redução do custo tributário. “Desta forma, podemos gerar empregos na iniciativa privada”.
Quanto à Saúde e Educação, Luiz Ramos diz que pretende seguir os mesmos moldes do Governo Federal. “O PSF (Programa de Saúde da Família) teria de ser desenvolvido em grande escala, porque o atendimento inicial diminui o custo com a saúde no município”, destacou o pré-candidato. “Na Educação, a idéia é ter projetos integrados, como o CEU (Centro de Educação Unificado), que existe em São Paulo, onde o aluno tem atividade o dia inteiro. Queremos fazer uma discussão clara com a comunidade, porque senão, acontece como hoje, reforma-se uma quadra em um dia e no outro já está destruída. Isso é falta de integração com a população. Com a participação popular, temos a certeza do que realmente precisam”.
Sobre a campanha, ele garante que a aceitação é boa. “Dos nomes em evidência, um tem uma rejeição grande e o outro não aponta como alternativa. Por isso, já recebemos manifestações importantes e estamos conversando com alguns partidos para buscar a-lianças”, encerrou Luiz Ramos.

Foto: Gustave GamaErnane Primazzi (PSC) – Formado em economia e administração de empresas, o empresário Ernane Bilotti Primazzi, 48 anos, proprietário de um mercado no Pontal da Cruz, é o pré-candidato a prefeito do PSC. Nascido em Santo André, ele sempre viveu em São Sebastião, onde constituiu sua família.
De 1989 a 1992, Ernane foi secretário de Governo de Paulo Julião. Posteriormente, assumiu uma cadeira na Câmara Municipal. Também foi secretário de Administração e Governo (93 a 95) na gestão do prefeito Luiz Alberto de Faria, o Luizinho.
Participou da fundação do FAPS (Fundo de Aposentadoria e Pensão do Servidor). Por duas vezes foi candidato a prefeito (1996 e 2000).
Ernane Primazzi afirma que a sua terceira candidatura é baseada em ideais que precisam ser colocados em prática. “Como já tivemos sete anos lá dentro, sabemos as possibilidades. O nosso perfil não se encaixa nos outros dois grupos que apareceram para esta eleição. Não concordamos com o que está hoje e com a oposição que juntou inimigos, por isso a candidatura”.
Na opinião do pré-candidato do PSC, a cidade está parada. “Temos uma arrecadação de R$ 240 milhões e isso não poderia estar acontecendo. Não concordo com a locação de veículos, por exemplo, que daria uma diferença de pelo menos R$ 6 milhões caso a frota tivesse sido renovada. Só com essa economia poderiam ser feitos dois hospitais iguais ao de Ilhabela”.
Para ele, a prefeitura precisa ser reestruturada. “Alterações básicas em leis. O uso do solo tem de ser revisto, não o que fizeram. Um bolsão habitacional popular deve ser criado ou as invasões de áreas ambientais vão continuar”.
Segundo Ernane Primazzi, o município necessita de um turismo profissional. “Não é show na Rua da Praia, pois isso é evento. A municipalização do porto, cuja concessão do Estado acaba em 2007, onde poderia se construir um berço para atracação de navios de passageiros”, sugere.
Ele também considera que, hoje, o empresário está sobrecarregado pelo atual código tributário. “A revisão tem que ser feita com urgência”.
Na Saúde, Ernane diz que a idéia é transformar todas as unidades básicas em pronto-atendimento e construir um hospital na Costa Sul. Já na Educação, ele quer rever a municipalização e a qualidade do ensino. “A escola pública tem que voltar a ser o que era”.
Em relação à política, o pré-candidato a prefeito sa-lienta que o PSC de São Sebastião é um grupo oriundo do PTB e que conta com lideranças de igrejas da cidade e possíveis alianças com dois novos partidos. “Estamos em processo de divulgação e a aceitação está sendo excelente, pois o pessoal estava sem opção. Somos uma oposição consciente e não radical”.

Foto: Gustave GamaGabriel Rosa (PSDC) – O técnico metalúrgico e ceramista Gabriel Rosa, 47 anos, representante da empresa Insider dentro da Cosipa, em Cubatão, é o pré-candidato a prefeito do PSDC. Natural de São Caetano do Sul, ele mora em São Sebastião há 19 anos, no bairro Cambury, na Costa Sul.
Na administração pública, Gabriel Rosa foi diretor da Regional Boiçucanga e chefe de gabinete no governo João Siqueira. Agora, na eleição 2004, ele afirma que a proposta é apresentar um novo conceito de governo. “Recebi um convite de um grupo de moradores que sempre esteve à parte do processo político da cidade, um movimento de renovação. Com novas pessoas e oportunidade para a sociedade organizada”, contou.
O partido tem 18 grupos temáticos de trabalho para elaboração do plano de governo. “Nós temos um município rico, mas economia fraca. Nosso grande objetivo é implantar um projeto profissional de turismo, atraindo empresários, gerando emprego”.
Gabriel também se preocupa com a segurança. “Há necessidade de ser criada uma secretaria municipal”, frisa.
O pré-candidato a prefeito do PSDC diz que a proposta na área da educação é ousada, promovendo o ensino vocacional. “A aptidão do aluno deve ser desenvolvida desde a infância. Incluir no currículo matérias profissionalizantes”, propõe.
Na Saúde, Gabriel Rosa afirma que ouve constantes reclamações. “O povo se queixa da falta de remédio e do atendimento”.
Sobre a sua campanha, ele avalia positivamente. “Começamos o trabalho há dez meses e hoje já ocupamos um espaço político”. Gabriel Rosa não descarta a negociação de alianças com novos partidos. (Fonte: Imprensa Livre)

Cetesb exige da Petrobras análise do subsolo e das águas subterrâneas

São Sebastião - A Petrobras contratou a empresa Geoklock para avaliar a extensão do derrame de petróleo, no subsolo e nas águas subterrâneas, em decorrência do vazamento do oleoduto no trecho de Guaecá, na cidade, dia 18 deste mês. A sondagem foi exigida pela Cetesb (Companhia Estadual de Tecnologia e Saneamento Ambiental). A Geoklock já iniciou a investigação hidrogeológica.
A Cetesb continua acompanhando os trabalhos de limpeza do Rio Guaecá. Até ontem, foram recolhidos 235,5 mil litros de petróleo. “Os 500 litros foram recolhidos à base da canequinha”, diz a assessoria de imprensa da Cetesb. É que o óleo atingiu oito mil metros de extensão do rio. Caminhões que absorvem o petróleo direto do curso d’água conseguem ter acesso em cinco quilômetros do rio.
A limpeza da parte mais alta, então, tem de ser feita pela equipe de contingência a pé e com uso de recipientes para colher o óleo nas inúmeras poças do riacho. Para tanto, atua uma equipe de 54 pessoas, com bombonas plásticas de 20 litros. Toda a margem também precisa ser limpa, além das pedras impregnadas pelo resíduo. Não há previsão sobre o término deste trabalho, conforme diz a assessoria da Transpetro.
A praia do Guaecá continua classificada como imprópria para banho, a título de prevenção. Segundo a Cetesb, esta condição ainda é necessária porque em caso de chuva o rio atingido pode extravasar óleo na praia, o que já aconteceu. Por esse motivo, foi instalado um dique com registro no Rio Guaecá, para controlar a vazão, permitindo que apenas as águas do fundo do leito escorram, contendo o óleo na superfície.
Cerca de outras 20 barreiras de contenção e de absorção continuam instaladas em vários pontos do rio, onde sete caminhões com sistemas de sucção a vácuo continuam retirando o óleo.
A Cetesb deve aplicar multa contra a Petrobras/Transpetro, mas o valor ainda não foi definido. Conforme a assessoria de imprensa da agência ambiental, também serão definidas outras exigências além da penalidade pecuniária.
Com base na avaliação do subsolo e das águas subterrâneas, a Cetesb deve exigir um plano de remediação em caso de poluição por óleo. Segundo a assessoria de imprensa, outras medidas que devem ser exigidas são ações para evitar novos derrames de petróleo por meio de oleoduto, uma vez que o acidente foi causado por rompimento em trecho de solda do duto.
Há três tipos de medidas preventivas que são mantidas, conforme a Cetesb explica. Trata-se do chamado pig instrumentado, que analisa o interior do oleoduto; um sistema informatizado nas estações de bombeamento de petróleo que checa a pressão, a temperatura, a vazão e a densidade do produto; e o “marchador” ou seja, fiscalização visual feita por pessoa que percorre as linhas de oleodutos. A Cetesb exigirá relatório destas atividades; dependendo do resultado, exigirá sistema novo de controle.
Instituto Florestal - O Instituto Florestal, órgão da Secretaria do Meio Ambiente do Estado, responsável pelo Parque Estadual da Serra do Mar, está fazendo um levantamento da área atingida pelo vazamento de óleo, utilizando sistema de geopro-cessamento, conforme explica o diretor do núcleo do Parque Estadual em São Sebastião, Edson Marques Lobato. Segundo ele, também deve ser usado GPS – Global Positionning System. As medidas são para orientar as providências que deverão ser tomadas para a recuperação ambiental.
Lobato, que voltou ontem à área atingida em Guaecá, explica que a chuva nos últimos dias retirou bastante óleo do rio, mas sob as pedras ainda há bastante resíduo. O Instituto Florestal pretende ingressar ação judicial contra a Transpetro, uma vez que o vazamento de petróleo ocorreu dentro do Parque Estadual, Unidade de Conservação e de proteção ambiental permanente. (Fonte: Imprensa Livre)

COMDURB convoca Petrobrás para explicações e pode cassar licença ambiental

São Sebastião - O último acidente ambiental envolvendo o oleoduto OSBAT da Petrobrás, que causou o vazamento de mais de 600 mil litros de petróleo cru no Parque Estadual da Serra do Mar e ao longo do Rio Guaecá, pode trazer à estatal um prejuízo não previsto: a cassação da sua licença ambiental de operação.
O COMDURB – Conselho Municipal de Urbanismo e Meio Ambiente de São Sebastião, em sua reunião ordinária de ontem, deliberou por convocar a Petrobrás/Transpetro, para uma reunião extraordinária dia 11 de março, com pauta definida: explicar os motivos do acidente, a quantidade oficial de óleo vazado, e quais serão as próximas providências para evitar agravos futuros. Com base nas explicações, constará da pauta, finalmente, a deliberação dos Conselheiros de revogar ou não os termos da licença expedida.
A licença ambiental de operação, renovada em 30/11/03, tem validade de 2 anos, e arrola 9 exigências à Petrobrás, cada uma delas com sub-exigências e prazos definidos. Dentre elas, as que constam do item 7, “monitoramento de oleodutos”, para a qual a empresa já teria pedido prorrogação ao atendimento antes mesmo do acidente. Tal fato irritou alguns dos Conselheiros, como o Dr. Luiz Tadeu Prado, da OAB, que encaminhou a votação da cassação da licença na própria sessão de ontem, mas sem sucesso: por 7 votos contra 3, o COMDURB decidiu aguardar a reunião extraordinária do dia 11 de março.
Relatos do horror - As cenas da tragédia ambiental foram trazidas pelo representante da Prefeitura, Nivaldo Simões, que fez uma exposição sobre o local do acidente e as providências tomadas pelas equipes. Segundo ele, uma fissura de 10 centímetros em uma solda do oleoduto, num ponto localizado há cerca de 200 metros de altura em relação ao nível do mar, fez com que o óleo vazasse, saturasse o solo das imediações, e brotasse pela superfície até atingir o Rio Guaecá, próximo do local.
Para Edson Lobato, Diretor do Núcleo São Sebastião do Parque Estadual da Serra do Mar, foram cenas de horror. “Estamos acostumados a subir e descer cachoeiras na fiscalização do Parque. Fazer isso com petróleo por toda a parte foi algo muito ruim”.
Alguns Conselheiros questionaram o perigo iminente que cerca a região do acidente, lembrando que a última tragédia ambiental ocorreu no mesmo oleoduto, em maio de 1994, quando vazaram 2,7 milhões de litros de óleo, a apenas alguns quilômetros adiante. “Estas encostas têm instabilidade geológica, os dutos estão remendados com soldas, muitos deles têm mais de 30 anos de idade, e o monitoramento geotécnico no sistema OSBAT não foi demonstrado como exige a licença. Significa dizer que não temos qualquer garantia de que um acidente como este possa acontecer nas próximas horas,” adverte Eduardo Hipólito do Rego, representante ambientalista no Conselho e Diretor Jurídico do Instituto Educa Brasil.
Segundo o Professor José Carlos de Freitas, da FUNDAMar, há um estudo científico no Rio Guaecá sobre os camarões de água doce, e sua interação com o meio ambiente, sendo que todos os animais e sua cadeia alimentar, estariam condenados por conta do acidente.
A OAB, o MOPRESS – Movimento de Preservação de São Sebastião, e outros Conselheiros representantes da sociedade civil, vão aguardar a chegada de mais elementos para decidir pelo ingresso de ação civil pública contra a Petrobrás por danos ao meio ambiente. Para eles, é o momento de exigir uma contraprestação financeira real da empresa, para que a área seja recuperada e outras estejam preparadas para evitar acidentes semelhantes. (Fonte: Educa Brasil)

Vereador propõe traje social em sessões

São Sebastião - Está em tramitação na Câmara de São Sebastião um projeto de resolução, de autoria do vereador Marco Antonio de Souza (PSDB), que obriga o uso de camisa e calça social pelos vereadores durante as sessões.
O lobby tem sido grande por parte do autor do projeto, tanto que todos eles já aderiram à moda. Alguns foram além, e passaram até a usar gravatas.
Souza esclarece que a proposta não obriga os parlamentares a comparecer às sessões vestindo terno e gravata.
Os primeiros adeptos foram quatro: Benedito Amâncio (PPS), Milton Costa (PMDB), João Barreto (PL) e o próprio Marquinhos Souza.
Agora o número chega a sete, com a adesão de José Luiz Ribeiro (PSDB), Dalton José da Silva (PL) e o presidente, Marcos Leopoldino (PTB).
“É uma forma de mostrar respeito. Em outros lugares vemos isso, como em cultos evangélicos e audiências com advogados e juízes”,
explica Marco Antonio de Souza.
O projeto passa agora pela avaliação das comissões permanentes da Câmara e tem o prazo de 90 dias para ser incluído para votação.
Sessão Durou vinte minutos a sessão ordinária da Câmara, realizada na quarta-feira de cinzas, 25.
Além da leitura de indicações e requerimentos, os vereadores leram a redação final do projeto de lei 023/03, que delimita a Zona Urbana do Município de São Sebastião, votado na sessão do dia 17.
A lei, encaminhada à sanção, estabelece que alguns trechos da rodovia SP-55, que atravessam os bairros de Barequeçaba, Maresias e Boiçucanga, sejam sinalizados como perímetro urbano, ou seja, sob a responsabilidade do Município.
São eles: a rua Sebastiana Leite Bueno e Luiz Lemos do Val, em Barequeçaba; a avenida Francisco Loup, em Maresias; e a avenida Walkir Vergani, em Boiçucanga, da esquina da estrada Beira-Rio até o seu final. Atualmente, esses trechos são administrados pelo DER (Departamento de Estradas de Rodagem). (Fonte: Correio do Litoral)

Notícias de Ubatuba Topo

Restaurante Solar das Águas Cantantes Setur Surf News

O Sol voltou!

Foto: Sidney BorgesUbatuba - Houve quem duvidasse que ele um dia tornasse a aparecer. Parecia que estávamos condenados à chuva eterna. Depois de atrapalhar os folguedos momescos e expulsar os turistas, a chuva continuou molhando a tudo e a todos.
“Cheguei a fazer uma prece, pra Deus nosso Senhor, pra chuva parar, de molhar, o meu divino amor”.
Quando já resignados e úmidos, no corpo e na alma, dávamos seguimento aos afazeres cotidianos, eis que o céu, saudoso da paisagem terrena, afastou as nuvens que lhe turvavam a visão.
Primeiro as estrelas. Livres do anteparo opaco elas lançaram sua luz brilhante com intensidade redobrada, salpicando o céu de pontos luminosos.
Depois foi o Astro Rei que tornou a exibir a magnífica majestade. Com a alegria que está sempre associada à juventude, vindos de todos os recantos de Ubatuba, a garotada ocupou o portinho do Itaguá. As bicicletas ilustram o que houve; na água e nos arredores, as risadas e os gritos de felicidade contaminaram o ambiente. Explosão de vida! Sol é vida! (Fonte: Sidney Borges)

Verbas continuam sendo liberadas

Ubatuba - O presidente da Câmara Municipal de Ubatuba, Rogério Frediani (PTB), na última semana recebeu ofícios do Fundo Nacional de Saúde, Ministério da Saúde informando a liberação de recursos financeiros ao município em cumprimento ao artigo 2º da Lei 9.452 de 20/03/97. Foram beneficiados os programas: saúde da família, R$56.592,00; pagamento de programa de agentes comunitários de saúde, R$ 19.680,00; saúde bucal, R$ 2.600,00; tuberculose, R$109,20 e fisioterapia, R$269,04. Mais informações através do e-mail: fnscomunicacão@saude.gov.br ou pelo telefone: 08006448001.
Geraldo Alckmin autoriza liberação - Rogério Frediani, presidente da Câmara Municipal de Ubatuba, está semana, recebeu um telegrama do governador do Estado, Geraldo Alckmin autorizando a liberação de verbas ao Projeto Verão/2004 convênio com a secretária de saúde. O valor do repasse é de R$ 40.000,00. (Fonte: Luana Coelho)

Carta do Leitor Topo

Vazamento de óleo em Guaecá - Não pode ser classificado de "acidente ecológico" aquilo que acontece de maneira já rotineira pelo menos uma vez por mês ao longo de vários anos.
Este oleoduto que passa de baixo das nossas camas e este terminal de descarga de petróleo que não têm segurança nenhuma, somado à maneira leviana com que os habitantes da região gostam de fazer uso do fogo para se livrar de tudo quanto é indesejável, dão como resultado um verdadeiro atentado a vida das comunidades costeiras.
Alo AUTORIDADES ! ! ! incêndios catastróficos que destroem vilas e cidades inteiras, não são coisas que só podem acontecer na Índia, no Brasil Também !!
O recado esta dado.

Giuseppe D'Ippolito
Economista
Boiçucanga


Ilhados na Ilha - Como pode um Município - Ilhabela - estruturado em uma ilha, com contato com o continente somente através de balsa, à mercê das condições do mar (a balsa pára em más condições do mar), sem uma infraestrutura hospitalar, que tem a maioria dos seus frequentadores amantes de praias desertas, de trilhas e esportes radicais, não possuir Guarda-vidas e um Corpo de Bombeiros de Resgate terrestre estruturado? Pelo que sei, Ilhabela é o único município do Litoral Norte que não possui e não investe em serviço de bombeiros e guarda-vidas. Todas as outras cidades contratam guarda-vidas na temporada, colaboram com alimentação e estrutura dos bombeiros e com excessão de Ubatuba todas possuem um quartel de bombeiros de combate à incêndios muito bem equipado.
Ilhabela se vangloria de receber seus transatlânticos internacionais.Faz a maior propaganda... Realmente Ilhabela recebe um turismo clase "A" . Poderia reverter um pouco dos royaltes recebidos para a sua segurança. Quando é necessário , solicita o Corpo de Bombeiros( que sai de São Sebastião-que investe) e o Helicóptero Águia da Polícia Militar para suas necessidades, mas , ao contrário das outras cidades, não colabora nem investe para que haja um melhor atendimento. Sanguessuga...
Frequentador de Ilhabela: exija socorro pré-hospitalar! Exija Resgate! Exija Corpo de Bombeiros! Você paga, e caro! Você não tem!
Ilhabela, um luxo: em termos de segurança - Resgate- bombeiros - guarda-vidas, um lixo do Litoral Norte, pode crer!
É só uma CRÍTICA CONSTRUTIVA, ESPERO ENCONTRAR INFRAESTRUTURA MELHOR QUANDO VOLTAR AQUI ANO QUE VEM!!!! SE VOLTAR.... Gostaria de receber também uma resposta do Prefeito de Ilhabela, saber se ele acha que está tudo maravilhoso por lá...
É triste ver coisa tão linda, tão mal administrada...

Gustavo Ribeiro Rodrigues
Estudante


Indignação - Prezada Jornalista, Livia Alencar. Meu nome é Wagmar de Souza, sou um cidadão Paulistano, micro-empressário do setor de informática e Professor Universitário, sou o Pai daquele Jovem, que o Dr. Henrique Marcelo Silva, faz referência na reportagem veículada pela internet.
Reafirmo aqui todas as palavras do Dr. Henrique, demonstrando minha total indignação com a atuação pífia deste Sr. Klaus Bruder, no episódio deste Carnaval. Registro ainda, que na Guarita da estrada no período das 12:00horas até às 22:30 h sem que houvesse nehuma ação da defesa civil no local crítico do Morro das Canas, o Sr. Klaus, apenas fez um ofício, na hora do almoço desta segunda-feira, interditando a estrada e mais nada, sendo que o problema tivera início ainda no domingo, por volta das 14:00.
Na guarita permaneceu o tempo todo o pessoal do Intituto florestal, que estavam trabalhando desde domingo sem dormir por mais de trinta horas, também se encontravam no local dois policiais militares que impediam a entrada de qualquer veículo, até o local critico, obedecendo ordens superiores, mas não havia como ter notícias das pessoas que estavam no Morro das Canas, dentre elas o meu filho, que é um jovem de 23 anos, e estudante do 5º ano de Medicina da USP. Tinhamos algumas notícias esporádicas de um veículo ou outro que conseguia sair do atoleiro graças à ação do Sr. Francisco, mecânico e guincheiro particular da ilha. Faço inclusive uma sugestão: Perguntem ao Sr. Francisco, e ao médico da cidade, que o acompanhou voluntariamente, que autoridade ou membro da defesa civil, esteve ao lado deles durante as quase trinta horas que eles estiveram trabalhando no local, sem receber sequer um copo d´água ou um alimento?
Bem, por volta das 22:30horas da segunda feira, a indignação era total das pessoas que se encontravam na guarita, tanto civis, quanto dos próprios membros trabalhadores do parque, com relação à negligência, das autoridades locais, principalmente quanto à defesa civil, foi então que conversando com o os Funcionários do Parque, em conjunto com o Dr. Henrique, resolvemos, nos dirigirmos a um local onde os celulares poderiam funcionar para entrarmos em contato com o Sr. Klaus. Liguei então para o Sr. Klaus, explicando-lhe que o problema perdurava por mais de trinta horas e que haviam mais de trinta carros atolados, e que muita gente ainda estava no local critico sem qualquer amparo e que não tinhamos noticias, e que nossa angústia era grande ao pensarmos naquelas pessoas que estavam sem alimentos, água e atolados no meio do barro, e com muita chuva. Indaguei ainda quais eram os planos de ação e as atitudes que estavam sendo previstas do seu grupo, recebi como resposta pura e simples, que as pessoas que entraram no parque e se dirigiram até Castelhanos, haviam assinado um termo de responsabilidade, e que a partir daí o problema passava a ser destas pessoas. Certamente a minha reação frente a um absurdo destes, proferido por uma pessoa que tem o Cargo de Coordenador da Defesa Civil, foi da mais intensa indignação, pois apenas ser detentor do cargo não basta, é preciso desempenhar a função. Disse então a ele que aquele documento era do Parque, esclarecdio que fui simultaneamente por um funcionário do próprio parque que estava ao meu lado e me apoiava, e indaguei mais uma vez se pelo fato das pessoas terem assinado tal documento, elas deveriam então serem deixados à própria sorte, e recebi como resposta: " O Sr. quer que eu envie um helicóptero para resgatar o seu filhinho"; Bem não é necessário disser que depois de tantas horas de stress e agonia, a minha reação foi da mais alta indignação com este Sr. Klaus, que prontamente bateu o telefone e não mais me atendeu. Dizendo mais tarde ao Dr. Henrique, se este estava junto com o "Pai Estressadinho", e que se estávamos próximo à delegacia que registrássemos então uma queixa, tudo isso, com aquele tom de ironia peculiar às pessoas que deteem um micro poder e se julgam ilesas a qualquer ação cidadã.
Dirigimo-nos, eu o Dr. Henrique e um menbro da Florestal, à delegacia de policia civil, para registar queixa formal em Boletim de Ocorrência, onde encontramos policiais militares que estavam registarndo outra ocorrência, e fomos dissuadidos de nossa intenção de registrar tal Boletim, pois segundo o escrivão de plantão que ligou ao delegado da polícia civil, não caberia um B.O. neste caso. Entramos em contato com o Comando da policia militar na Capítal de São Paulo, orientados que fomos pelos próprios PM´s locais. e relatamos o Fato ao Tenente Cepeda que estava de Plantão, que nos deu uma devolutiva meia hora depois dizendo que o comando da Defesa Civil da Capital estava cobrando informações mais precisas da atuação da Defesa Civil de Ilha Bela.
Retornamos então à Guarita do Parque por volta da Zero hora da Terça-Feira, e então no Veículo particular do Dr. Henrique, e agora sem apoio sequer do pessoal do parque, que se declararam impossibilitados de ir até o Morro das Canas, pois estavam exaustos trabalhando sem dormir deste a tarde de domingo, nos dirigimos até o morro das Canas para a corajosa Srta. Andréa, levar alimento e água para um dos rapazes, de nome Rodrigo que lá se encontrava e para eu poder finalmente ver meu filho. No Caminho cruzamos com um outro veículo Toyota, que trazia meu filho para ser medicado no pronto socorro de Ilha Bela, mas que infelizmente não pude perceber o meu filho neste veículo. Ao chegar ao Morro das Canas, pude ver a situação caótica, e saber através do Mecânico Sr. Franscisco, e do médico que estava junto com ele voluntariamente, que este médico havia solicitado que meu filho fosse levado ao pronto socorro, por estar apresentando quadro agudo de infeção nas pernas e nos pés e febre alta. Neste interím o Dr. Henrique havia retornado com os jovens que ele citou, e ainda voltou para nos levar de volta até a guarita do parque. Nesta altura já eram 3:00 da manhã da terça feira e somente aí pude encontar meu filho, e rezar para que todos aqueles que ainda se encontravam no Morro das Canas, fossem protegidos por Deus, pois a Defesa Civil de Ilha bela, Coordenada pelo Sr. Klaus, até então havia feito apenas um oficio interditando a estrada. Parece que para alguns é mais fácil dar declarações frente aos holofotes do que agir com prontidão de acordo com o cargo que ocupa. Parece piada, mas infelizmente é a mais pura realidade.
Passei o último mês de janeiro no Estados Unidos, e presenciei por lá grandes nevascas, e pude ver a enorme diferença, entre a defesa civil, de Chigaco por exemplo, em relação à de Ilha Bela, dá pra ficar envergonhado!
Sr. Prefeito Manoel Marcos, gostaria mesmo, de um dia podermos conversar pessoalmente, juntamente com o Sr. Klaus, certamente será um conversa de alto nível, com riquesa de detalhes, mas saiba, que o Sr. está muito mal servido nesta área de defesa civil. Saio de Ilha Bela, e certamente não desejo voltar aí, e assim como eu, ouvi isto de muitos turistas, inclusive Franceses e Argentinos, além de muitos brasileiros.
Quem perde com isso? Sua Cidade e a Cidadania!

Wagmar de Souza
São Paulo, SP
Ps: Registro aqui os meus mais sinceros agradecimentos ao Dr. Henrique, pela sua coragem, e solidariedade, bem como à Srta. Andréa, que com sua sabedoria Juvenil, soube me auxiliar, com atitudes generosas e palavras de estímulo.
Obs: Se quiser falar comigo, o número do meu telefone é: (011) 9108-0651

Foto do Dia Topo

Ubatuba

Praia Vermelha do Sul

Praia Vermelha do Sul
©Emilio Campi


Para instalar a foto como papel de parede (wallpaper)
Clique na foto acima. Após carregar a foto ampliada, clique com o botão direito do mouse sobre a imagem e escolha "Definir como papel de parede" ou "Definir como fundo de tela". Para ajustar a imagem em tela cheia, clique em qualquer lugar da área de trabalho com o botão direito do mouse, escolha "Propriedades" / "Fundo de Tela" ou "Papel de Parede" / "Ampliar".

Arquivos:  Foto Saudade  -  Foto do Dia
 

 Faça seu comentário, crítica, opinião ou sugestão no Litoral Virtual:
Clique Aqui


As notícias, fotos e cartas publicadas neste boletim são de inteira responsabilidade de suas fontes e autores,
não expressando necessariamente a opinião deste informativo. O envio de qualquer material para nosso e-mail
será considerado como autorizado a sua publicação e assumida a total responsabilidade pelo seu conteúdo.
As cartas devem conter nome completo, RG, endereço, telefone de contato e um e-mail válido.
Reservamos o direito de não publicar cartas que não contenham a devida  identificação do autor.


GRÁTIS!!
Receba as Últimas Notícias do Litoral em seu e-mail:

Quero receber GRATUITAMENTE o boletim Últimas Notícias do Litoral na versão:

Compacta (apenas as manchetes c/ Link)
Completa (todas as notícias na íntegra) 
e-mail:
Cidade:



Obs.: Você poderá cancelar o recebimento das notícias a qualquer momento.

 

Conheça as cidades do Litoral Norte Paulista:

Caraguatatuba Ilhabela São Sebastião Ubatuba

Litoral Virtual
O mais completo site do Litoral Norte Paulista na Internet
Sugestões, críticas e informações, entre em contato:
info@litoralvirtual.com.br

©1995/2001 Emilio Campi - Studio Maranduba - Direitos Reservados
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem a expressa autorização do autor