Litoral Virtual últimas notícias do litoral
Terça-feira, 27 de abril de 2004 - Nº 1020 Edições Anteriores
Barra da Lagoa Bucaneiros BIL

Região
Estrelas da região dão show no mar
Governo libera R$ 25 milhões para Santas Casas e Apaes do Estado
Receita amplia fiscalização a contribuinte na última semana para entrega do IR


Caraguatatuba
Debaixo de chuva, piloto vence a 2ª seguida no Regional de Kart
Oktober Fest de Caraguá
Atletas de Caraguá participam de Campeonato de Ciclismo
Atleta de Caraguá é campeão no Xadrez
Jogadores do XV perdem 'mordomias'
Artesão morre atropelado na Avenida da Praia em Caraguá
Assaltantes roubam R$11 mil e 1.200 cartões telefônicos de vendedor
Adolescentes são estupradas voltando de danceteria no Morro do Algodão

Ilhabela
“Lixão” de Ilhabela está com seus dias contados
Os irmãos Melchert “arrebentam” no Optimist
Polícia Ambiental registra dois crimes
Parlamentar pede construção de áreas para pesca esportiva


São Sebastião
Câmara vota CEI para investigar contratos de Paulo Julião
Empresa teria sede 'fantasma'
Casa de Leão pode ser demolida no Litoral Norte
Obra está sem licença ambiental
Ex-goleiro não comenta sobre o caso
“Cinema é meu jardim” melhor filme do 3º Ecocine
Trabalhos recebem menção honrosa
Rubens Ewald Filho volta a São Sebastião para acompanhar o Ecocine
Encontro dos Povos do Mar alerta para invasão das praias
Programa de despoluição é tema de exposição
Assaltos e sequestros-relâmpago no fim de semana da Costa Sul
Creche do Itatinga sofre quarto furto em menos de um ano


Ubatuba
Atletas de Ubatuba dominam as finais do SuperSurf
Em busca de um sonho
A maior deficiência de Ubatuba é o prefeito, diz Frediani
Pauta da Sessão da Câmara de Ubatuba para 27/04


Seções
Artigo
Crônica
Carta do Leitor
Foto do Dia


Notícias da Região Topo

Estrelas da região dão show no mar
Os ubatubenses Odirlei Coutinho e Suelen Naraisa vencem a segunda etapa do Supersurf, na praia de Maresias

Litoral Norte - Dois surfistas de Ubatuba --Odirlei Coutinho e Suelen Naraisa-- dominaram o alto do pódio na praia de Maresias, em São Sebastião, na segunda etapa do SuperSurf-2004, o principal campeonato brasileiro da modalidade.
Na decisão feminina, Suelen derrotou a catarinense Juliana Quint por 12,44 x 9,33 pontos, para assumir a liderança isolada do ranking. Já na masculina, a vitória valia a primeira colocação na classificação geral das duas etapas e Odirlei deu um show para superar o também ubatubense Renato Galvão por 16,67 x 14,53 pontos.
"O Renato é um amigão meu, surfamos juntos desde crianças e eu consegui pegar duas boas ondas para garantir minha vitória praticamente em casa", vibrou Odirlei Coutinho.
"A melhor onda que peguei ela quase me escapou, mas dei um rasgadão, executei uns floaters e foi show, porque a nota 9 praticamente garantiu a vitória. Agora, vou me concentrar bastante para tentar ser campeão brasileiro, que é um sonho que tenho desde moleque", acrescentou o surfista, que faturou R$ 22 mil pela vitória.
Para Suelen, a emoção não foi menor.
"Até o ano passado, eu tinha um monte de terceiros lugares, mas nesse ano já comecei bem com um segundo lugar na Joaquina (Florianópolis-SC) e agora consegui vencer aqui para assumir a liderança do ranking. Meu grande objetivo é ser campeã brasileira e vou continuar treinando bastante para tentar realizar este sonho neste ano. A final foi muito difícil, porque fiquei atrás o tempo todo, mas graças à Deus veio aquela direita bem parecida com Itamambuca (em Ubatuba), onde moro, para me dar a vitória. Estou muito feliz", falou Suelen.
Um bom público enfrentou a chuva forte para acompanhar as finais da segunda etapa do SuperSurf 2004, que foi encerrada em ondas de 1 a 1,5 metro de altura.
O próximo confronto da elite nacional será nos dias 30 de junho a 4 de julho na Praia do Cupe, em Ipojuca-PE.
RANKING - Confira os três primeiros do ranking masculino do SuperSurf: Odirlei Coutinho (SP) - 1.400 pontos; Jojó de Olivença (BA) - 1.340; Renato Galvão (SP) - 1.260.
No feminino, as líderes são Suelen Naraisa (SP) - 1.860; Silvana Lima (CE) - 1.500; Juliana Quint (SC) - 1.470. VALE

Governo libera R$ 25 milhões para Santas Casas e Apaes do Estado

Litoral Norte- A Secretaria de Estado da Saúde liberou ontem R$ 25 milhões a 470 entidades filantrópicas de todo o Estado, incluindo Santas Casas e unidades da Apaes (Associações de Pais e Amigos dos Excepcionais). O dinheiro começará a ser pago em maio.
Deste total, R$ 18,4 milhões são de recursos da Secretaria. Outros R$ 6,6 milhões são provenientes dos serviços de cartórios que antes eram destinados à Apamagis (Associação Paulista dos Magistrados). Em 2001 a verba passou às Santas Casas.
O repasse foi dividido seguindo atendimento das entidades pelo SUS (Sistema Único de Saúde). O pagamento de maio será de entidades com até R$ 15 mil. Para valores de R$ 15 mil a R$ 215 mil o pagamento será entre junho e agosto. Valores maiores serão repassados de setembro a dezembro.
Todas as Santas Casas do Estado receberão os recursos. As menores, em cidades pequenas, terão R$ 10 mil. A maior, Santa Casa de São Paulo, ficará com cerca de R$ 1,6 milhão. “É uma ajuda importante para auxiliar as entidades, muitas em dificuldades financeiras”, afirma o secretário de Estado da Saúde, Luiz Roberto Barradas Barata.
A região mais beneficiada com o repasse será a capital, com cerca de R$ 7,5 milhões. Em seguida vem São José do Rio Preto, com R$ 2,1 milhões. A região de Bauru terá R$ 1,6 milhão.
Litoral Norte - Conforme a assessoria de imprensa da Secretaria de Estado da Saúde, o repasse de verba para as instituições do Litoral Norte ficou assim: Casa de Saúde Stella Maris, em Caraguatatuba (R$ 30.210,00); Santa Casa de Misericórdia de Ilhabela (R$ 11.075,00); Santa Casa de Ubatuba (R$ 31.389,00) e Hospital de Clínicas em São Sebastião (R$ 50.876,00). A assessoria não soube explicar por que não houve repasse de recursos para Apaes da região. (Fonte: Imprensa Livre)

Receita amplia fiscalização a contribuinte na última semana para entrega do IR

Litoral Norte - A Delegacia da Receita Federal no município está ampliando a fiscalização aos contribuintes, na última semana para entrega da declaração do imposto de renda. O objetivo é detectar informações incorretas.
Segundo o delegado Carlos Nacif, o resultado da operação iniciada em março é alarmante. Ele destaca a quantidade de contribuintes do Litoral Norte que não comprovaram as despesas médicas. A Receita Federal já convocou cerca de 120 pessoas da região. Cerca de 90% destes contribuintes já foram ou serão autuados nos próximos dias.
Cada auto de infração está gerando em média R$ 10 mil, entre o imposto que deixou de ser recolhido à época, multas e juros devidos. Estima-se que mais de R$ 1 milhão deve retornar aos cofres públicos, só com esta linha de atuação da Delegacia de São Sebastião.
Diante dos resultados já apurados, a operação será ampliada e novos contribuintes serão convocados a darem explicações a respeito de despesas médicas, odontológicas, gastos com instrução e outras despesas dedutíveis do Imposto de Renda. Pessoas físicas que omitiram rendimentos também serão convocadas.
Carlos Nacif alerta que a retificação das declarações, de forma voluntária, implica apenas no pagamento do valor devido com a multa de mora limitada a 20% e juros, evitando a possibilidade de responder por crime contra a ordem tributária e o pagamento de multa de ofício, que varia entre 75% a 225% do lançamento. Até agora, a delegacia já recebeu 15 mil declarações do IR. (Fonte: Imprensa Livre)

Notícias de Caraguatatuba Topo

Caraguatudo O Guaruçá

Debaixo de chuva, piloto vence a 2ª seguida no Regional de Kart
Dennis Canteruccio, de Caraguá, que venceu pela 2ª vez consecutiva etapa do Paulista Regional de Kart. Foto: Gustave Gama

Caraguatatuba - A 3ª Etapa do Paulista Regional de Kart, no último domingo, no Kartódromo de Caraguá, foi disputada sob forte chuva. Em casa, o piloto Dennis Canteruccio venceu pela 2ª vez consecutiva, na categoria Cadete (6 a 10 anos).
Ele garantiu a pole-position e liderou a prova até o fim. Dennis ainda fez a melhor volta da corrida.
Carlos César, de São Paulo, e Matheus Rotta, de São José dos Campos, chegaram na 2ª e 3ª colocações, respectivamente. Dennis Canteru-ccio lidera a competição.
As disputas mais quentes foram na categoria RD 135 cilindradas.
Mauro Faro (São Paulo) assumiu a liderança após a quebra de Amorosino (Caraguatatuba), dono da pole-position. Atrás dele, um pelotão alternou posições. Thiago Lara (São Paulo) ficou em 2º lugar, seguido de Daniel Carvalho (São Paulo) e Luiz Tonho (São Paulo).
Já na categoria Parilla 160Kg, Toninho Loureiro (São Paulo) fez a pole e a melhor volta da prova, mas a vitória ficou com Wesley Silva (Guarulhos), com boa vantagem para Robsom Moreira (São Paulo), 2º colocado.
Pela categoria Parilla 145Kg, Fabio Varella (São Paulo) venceu a corrida de ponta à ponta, com Nathan Oliveira (Caraguatatuba) em 2º e Rafael Camargo na 3ª posição. Varella ainda cravou a melhor volta.
Segundo os organizadores, a chuva não prejudicou a etapa. Isto porque, o Kartódromo de Caraguatatuba tem um bom sistema de drenagem, evitando a formação de poças d’água.
A competição tem o apoio da Racing, Mega Kart, PPK, Spinery, All Kart, Planet Kart, Crono Speed, Box News, Secretaria de Turismo de Caraguatatuba, Stúdio A Motel, Birel, Extinpaul, Guara-power, Cine Caraguá, Os Malas, Shop Kart, Softmed e Top Karting. A próxima etapa será no dia 23 de maio. (Fonte: Imprensa Livre)

Oktober Fest de Caraguá

Caraguatatuba - A Secretaria Municipal de Turismo, a Fundacc (Fundação Educacional e Cultural de Caraguatatuba), a Associação de Hotéis e Pousadas e a Associação de Quiosques de Caraguatatuba se reuniram na sexta-feira (foto), na sede da Secretaria de Turismo, com o objetivo de definir algumas ações sobre a 7ª Edição do Festival do Camarão.
O secretário municipal de Turismo, Paulo Noronha, lembrou que o festival tem potencial para ser “a grande festa de Caraguá”, se houver a parceria do poder público com a iniciativa privada. “Acredito que o Festival do Camarão pode vir a ser, para Caraguatatuba, como a Ocktober Fest é para Blumenau, se fecharmos essas parcerias”, afirmou.
Pela iniciativa privada apresentaram-se propostas de inserir o calendário oficial de eventos da cidade nos sites dos filiados à Associação de Hotéis e Pousadas, e destacou-se a necessidade de consolidação do evento.
Cada setor ficou responsável por apresentar um projeto sobre o que pode realizar para a festa e entregá-lo ao secretário Paulo Noronha, no início desta semana. (Fonte: Imprensa Livre)

Atletas de Caraguá participam de Campeonato de Ciclismo
A equipe "Nossa Caraguá" participou no Domingo, dia 25 de abril, dos campeonatos de Interestados de Ciclismo em Caçapava e Mountain Bike em Guararema

Caraguatatuba - A equipe "Nossa Caraguá" participou no domingo, 25 de abril, da 2º etapa do Campeonato Interestados de Ciclismo que aconteceu em Caçapava, com a participação de 1 atleta, e do Campeonato Paulista de Mountain Bike, que aconteceu em Guararema com a participação de 3 atletas.
No Campeonato Interestados de Ciclismo participaram mais de 180 atletas, o representante de Caraguá, Sérgio Minato, disputou na categoria Open A (17 a 34 anos), onde participaram 40 atletas em um percurso de 8 km para percorrer, ele conclui a prova e ficou com a 7ª colocação.
Já no Campeonato de Mountain Bike, os nossos competidores participaram na categoria Sênior A com os atletas João Carlos, que ficou com a 6ª colocação, e Ivair Alves que furou o pneu e não conseguiu completar a prova.
Na categoria Sênior B Adolfo José completou a prova e conquistou a 8º lugar.
O evento é organizado pela Liga valeparaibana de Ciclismo e a equipe Nossa Caraguá tem o apoio da Secretaria de Esportes e Recreação.
A próxima etapa do campeonato acontecerá no dia 16 de maio, em Ubatuba. (Fonte: PMC)

Atleta de Caraguá é campeão no Xadrez

Caraguatatuba - Francisco Medeiros Junior foi mais uma vez campeão de Xadrez. Ele ficou em primeiro lugar na categoria Absoluto entre os 60 enxadristas que disputaram o 2º Torneio Aberto de Xadrez de Campos do Jordão, no último domingo, dia 25.
Chiquinho, como é conhecido em Caraguá, está no 1º ano do curso de Educação Física das Faculdades Integradas Módulo e dá aulas de xadrez para os alunos do Colégio. Ele já formou uma equipe de competição com seus alunos e mostrou que também é bom professor. Dois alunos do Módulo que disputaram a prova de domingo, ficaram entre os primeiros colocados. Um deles é a aluna Karina Acácio Ferreira, que ficou em 1º na categoria Feminino, outro foi Ricardo Medeiros, que ficou em 2º na categoria Absoluto, a mesma de seu professor.
O próximo desafio do atleta será disputar o Circuito Vale Paraibano 2004 de Xadrez no dia 23 de maio, em São José dos Campos. Chiquinho está em 2º lugar na classificação geral e promete trazer mais um troféu para casa. Ele levará para a competição quatro alunos do Módulo. (Fonte: Módulo)

Jogadores do XV perdem 'mordomias'

Caraguatatuba - O XV de Caraguatatuba vai economizar no conforto que vem dando ao time nas partidas longe de casa. Para o técnico Édson da Silva, o Edinho, os jogadores não souberam valorizar o investimento feito na derrota de domingo para o Santa-Ritense, por 4 a 1, em Santa Rita do Passa Quatro.
"Ônibus confortável, viagem na véspera, hotel bom, comida de primeira e uma atuação sem a vontade necessária. Pelo jeito, os garotos preferem viver na dureza", disse Edinho.
O XV já sabia que teria dificuldades contra o líder Santa-Ritense, que abriu o placar em um pênalti cobrado por Massaro, aos 32'. Quase em seguida, aos 39', Marcelinho ampliou.
No início do segundo tempo, o XV esboçou reação quando Tel converteu um pênalti e descontou. Mas o Santa-Ritense reassumiu o controle das ações e fez 3 a 1 novamente com Massaro, aos 16'.
Sem o volante Jessé, expulso por dois cartões amarelos, o XV ficou mais vulnerável e levou o quarto gol, aos 23', marcado por Neizinho.
No domingo, o XV atuou com: Nestor; Fábio, Júnior e Marcelão; Juscelino, Jessé, Cicinho, Thiago (Marcelo), Tel (Édson Batata) e Edílson (Neto); Juninho.
No próximo domingo, às 15h, o XV receberá o Ecus de Suzano, o outro líder do Grupo 2 da Série B-1. (Fonte: ValeParaibano)

Artesão morre atropelado na Avenida da Praia em Caraguá

Caraguatatuba - O artesão João Batista Custódio, 48 anos, morreu na Casa de Saúde Stela Maris, na manhã de domingo, vítima de atropelamento ocorrido na noite anterior, na avenida da Praia.
Segundo informações de populares, não confirmadas pela polícia, a vítima, que estaria embriagada, teria deitado na pista. Quatro carros teriam desviado do artesão, mas uma ambulância não conseguiu evitar o atropelamento.
O mesmo veículo de socorro fez o resgate da vítima para o hospital. O caso teria sido registrado, somente na delegacia, pela família da vítima e após sua morte. A Polícia Militar e Bombeiros não chegaram a atender o acidente.
O corpo do artesão, que morreu em decorrência de trau-matismo no abdômen e crânio, foi enterrado na manhã de ontem, no cemitério Bela Vista. (Fonte: Imprensa Livre)

Assaltantes roubam R$11 mil e 1.200 cartões telefônicos de vendedor

Caraguatatuba - Dois assaltantes roubaram no início da noite de sábado, cerca de R$ 11 mil entre cheques e dinheiro e 1.200 cartões telefônicos do vendedor M.S.C., 54 anos, rendido na garagem de sua casa, no bairro Indaiá.
A vítima contou à polícia que tinha acabado de fechar o carro, quando surgiram dois assaltantes, que pularam o muro da residência. Ambos armados entraram na casa com a vítima e pegaram o dinheiro, os cartões e ainda três aparelhos celulares e mais os documentos pessoais.
Em seguida, a dupla fugiu, pulando o muro, rumo ignorado. O vendedor chamou a Polícia Militar, que fez patrulhamento pelo bairro, mas não localizou os suspeitos.
Caraguatatuba ainda registrou um segundo roubo no final de semana, no bairro Martin de Sá. Uma estudante de 17 anos teria sido obrigada a ingerir uma bebida, oferecida por uma pessoa, que ela não soube identificar, assim como o teor do líquido.
Tonta, a vítima foi obrigada a entregar o par de sapatos e um relógio. Posteriormente, ela avisou a Polícia Militar, que também não encontrou a autoria. (Fonte: Imprensa Livre)

Adolescentes são estupradas voltando de danceteria no Morro do Algodão

Caraguatatuba - Duas adolescentes de 16 anos sofreram estupros na madrugada de domingo, quando retornavam para casa, no Morro do Algodão, após saírem de uma danceteria, no Indaiá.
As vítimas registraram o caso na delegacia, junto com os pais, na tarde do mesmo dia. Elas contaram à polícia, que andavam por uma rua, quando surgiu um desconhecido em uma moto escura, cuja marca elas não souberam informar.
Mostrando uma arma de fogo, que podia ser uma pistola ou revólver, ele obrigou as garotas e entrarem em um matagal. Enquanto apontava a arma para uma delas, ele violentou a outra e depois repetiu o crime, invertendo as vítimas. Após a fuga do maníaco, elas seguiram para casa, relatando o ocorrido aos pais.
À tarde as vítimas foram atendidas pelo delegado Gilberto Carlos Fernandes. As garotas também foram submetidas a exame de corpo delito, que teria confirmado os estupros. Uma delas ainda apresentou lesões no corpo. O setor de investigação irá apurar a autoria da dupla agressão. (Fonte: Imprensa Livre)

Notícias de Ilhabela Topo

Vulcano
Sailing Shop

“Lixão” de Ilhabela está com seus dias contados
Prefeito Manoel Marcos assinou contrato com a empresa responsável pela retirada do lixo

Ilhabela - O prefeito Manoel Marcos assinou contrato para retirada do “lixão” de Ilhabela, quinta-feira dia 22 de abril. A operação será iniciada em aproximadamente 30 dias, tempo que a empresa vencedora na concorrência, Resitec, necessita para construir a estação de transferência do lixo para o aterro da SASA em Tremembé, cidade do Vale do Paraíba. Enquanto isso, o sistema continuará operando como de costume.
A Secretaria Municipal do Meio Ambiente, há um ano e meio atrás, elaborou o projeto e apresentou a FEHIDRO, para a contratação de um Relatório Ambiental Preliminar para adequação da situação do “lixão”. Todo o processo de decisão envolveu a CETESB, o Ministério Público e muita discussão técnica, o que demandou um tempo maior do que o previsto. O custo da operação de hoje, foi previsto em abril do ano passado e contemplado na lei orçamentária elaborada em outubro de 2002. O contribuinte paga todo ano, no mesmo carnê do IPTU, uma taxa de lixo que vem explicitada do lado direito do carnê. Com esta taxa, estaremos pagando também a exportação do lixo.
A Prefeitura em parceria com a Associação Mantenedora Aquário de Ilhabela está desenvolvendo o projeto “Lixo Legal” de educação ambiental voltado para resíduos sólidos, que tem por objetivo ampliar e aumentar cada vez mais a produção de lixo reciclável, diminuindo a quantidade de lixo a ser exportado.Hoje o lixo reciclável corresponde à cerca de 100 toneladas por mês, é recolhido por caminhões próprios e levado ao Centro de Triagem onde é separado e vendido, gerando renda a 18 associados.
Para o encerramento e recuperação da área, a Prefeitura elaborou um Plano Integrado de Resíduos Sólidos que consiste em um conjunto de ações envolvendo as secretarias de educação, saúde, meio ambiente e obras. Este plano consiste no Projeto de “Readequação, Encerramento e Recuperação do Vazadouro Municipal de Ilhabela”, em parceria com o governo do Estado, que prevê: implantação de uma estação de transbordo para resíduos sólidos gerados no município, que serão transportados para um aterro sanitário adequado no Continente; criação da área específica e separada para a deposição dos resíduos da construção civil; implementação do sistema de frenagem de águas, percolados e gases; retaludamento da configuração do local; cobertura dos resíduos; plano de monitoramento da área e paisagismo.
Segundo o prefeito Manoel Marcos, este processo jamais será interrompido, a prefeitura está assumindo junto a CETESB o compromisso legal de readequar e encerrar a área. A legislação nacional orienta a recuperação e uso de áreas onde um dia existiu um depósito de lixo, e a mesma será aplicada em Ilhabela. Outro fator importante é o investimento que o Comitê de Bacias do Litoral Norte vem fazendo a nível de recursos humanos e financeiros para recuperação ambiental. “Portanto, nosso vazadouro municipal no Bairro da Água Branca, está recebendo investimento do estado, da prefeitura e dedicação de profissionais habilitados em alcançar a melhor solução para a cidade e principalmente aos moradores. Agora não tem volta, o lixão será encerrado”, esclareceu o prefeito.  (Fonte: PMI)

Os irmãos Melchert “arrebentam” no Optimist

Ilhabela - Os velejadores Gabriel e Fábio Melchert velejaram tudo que sabiam no Campeonato Brasil-Centro, que também serviu como o segundo campeonato seletivo para escolher os representantes do Brasil para o Campeonato Mundial, Europeu e Norte Americano a serem realizados nos próximos meses.
Gabriel Melchert, que já havia ganho com boa margem de pontos o Campeonato Brasileiro, realizado em Porto Alegre, em janeiro deste ano, fez bonito no último dia , quando as condições estavam mais estáveis: ganhou duas regatas, mostrando que está pronto para sua participação no mundial.
Seu irmão, Fábio, foi a grande surpresa do evento. Estava em décimo no ranking e com uma regularidade fantástica terminou em segundo lugar o Centro – Brasileiro e em segundo na Seletiva também, atrás de Gabriel.
“Foi uma grata surpresa perceber que os dois estão bastante consistentes e maduros neste momento”, afirmou o técnico da equipe brasileira e pai, Dudu Melchert, que já começa os preparativos para o Mundial, em Salinas, no Equador, de 12 a 25 de Julho deste ano.
Dentro da equipe brasileira está também o ilhabelense Baepi Pinna, que terminou o Campeonato Brasil-Centro em nono lugar e a Seletiva em quarto. Entram na equipe também os catarinenses Henrique Back e Guilherme Barbosa Lima. Guilherme, um velejador bastante experiente no time, correu quatro Campeonatos Europeus e vai este ano para o seu primeiro mundial. (Fonte: Imprensa Livre)

Polícia Ambiental registra dois crimes

Ilhabela - A Polícia Ambiental constatou dois casos de crime no bairro Curral, no último sábado, por supressão de mata nativa à margem de curso d’água, ou seja, APP (Área de Preservação Permanente), sem licenciamento. Ambas ocorrências foram descobertas na Rua Silvinia Leite do Vale e comunicadas à Polícia Civil para abertura de inquérito.
Conforme afirma o soldado Antonio Felix Pimenta, o pescador M.L.L.V. foi autuado por desmatar 450 metros quadrados de vegetação. Ele sofreu multa de R$ 293,63.
Ainda segundo o soldado, a empresa DPNY também foi autuada e multada em R$ 587,41 por degradação de 650 metros quadrados de APP. O soldado explica que a empresa alegou não ser responsável pelos danos.
“Mas a supressão da mata ocorreu dentro da propriedade desta firma”, ele completa. Os acusados têm prazo para recurso administrativo à Polícia Ambiental. (Fonte: Imprensa Livre)

Parlamentar pede construção de áreas para pesca esportiva

Ilhabela - Preocupado com a situação dos caiçaras que gostam da chamada pesca esportiva, o vereador Almir Mariano (PPS) apresentou um requerimento, aprovado por unanimidade de votos na Câmara, com o objetivo de solicitar informações ao Executivo para a construção de píeres destinados à pesca esportiva.
“Há alguns anos, venho solicitando a construção de píeres para pescadores amantes da pesca esportiva, principalmente para a pesca de espada e lula, que em feriados, temporadas e finais de semana os pescadores são impedidos de pescar nos píeres da Vila e Perequê”, explica o vereador.
O parlamentar questiona qual a previsão para a construção de píeres de uso exclusivo para pesca esportiva e se existe a possibilidade de construir píeres com esta finalidade na região central, no bairro do Perequê, sul e norte da Ilha e ao lado da balsa.
“Assim, estaremos atendendo à reivindicação antiga dos pescadores. Os píeres da Vila, Perequê e da balsa eram lugares tradicionais de pesca. Com a proibição, os pescadores da Ilha e região ficam sem um local apropriado para o esporte. Ubatuba, por exemplo, já possui
píeres exclusivos para os amantes de pesca”.
Aproveitando o assunto em pauta, Almir Mariano apresentou ainda uma indicação, na qual reivindica a construção de um rancho de canoas comunitárias para os trabalhadores do bairro da Barra Velha.
“Já fiz várias indicações nesse sentido, mas apenas na Barra Velha não fui atendido. No bairro, há mais de 30 canoas na praia, expostas à ação do tempo. Os pescadores ficam sem um lugar apropriado para guardálas”.
De acordo com a assessoria do prefeito Manoel Marcos (PTB), a idéia do vereador é válida e será estudada, mas tudo indica que a solicitação referente ao rancho seja atendida primeiramente.
Novo serviço - A era da informática tem provocado a adequação dos órgãos públicos ao avanço tecnológico. Pensando nisso, a Câmara de Ilhabela está oferecendo um novo serviço aos internautas de plantão. Agora, quem acessar o site oficial, www.camarailhabela.sp.gov.br, poderá obter informações sobre as legislações municipais, de 1997 em diante, entre elas, a de uso e ocupação do solo.
No site, o internauta pode encontrar ainda pautas das sessões, projetos, além de demonstrativos com gastos do Legislativo na
gestão 2004. (Fonte: Correio do Litoral)

Notícias de São Sebastião Topo

Nautica Superchic

Câmara vota CEI para investigar contratos de Paulo Julião
Vereadores discutem abertura de comissão para apurar acordo de R$ 1,1 mi com empresa ligada a genro do prefeito

São Sebastião - A Câmara de São Sebastião coloca em discussão na sessão de hoje a abertura de uma CEI (Comissão Especial de Inquérito) para apurar supostas irregularidades que teriam sido cometidas pelo prefeito Paulo Julião (PSDB) na contratação da empresa Eness Construtora e Serviços Ltda. para realização de 13 obras na cidade.
Na semana passada, a Justiça determinou a quebra dos sigilos bancário, fiscal e telefônico, além da indisponibilidade dos bens, de Julião e de outros 15 réus, entre empresários, secretários municipais e funcionários públicos.
Eles são suspeitos de envolvimento em um suposto esquema de favorecimento em licitações públicas à Eness.
A empresa tem como um de seus sócio-proprietários o genro do prefeito, Marco Gessulli Caldeira. Os contratos somam R$ 1,129 milhão.
A decisão do juiz da 2ª Vara Cível de São Sebastião, Luiz Antônio Carrer, acatou pedido de liminar em ação civil pública impetrada pela promotora Ana Cristina Ioriatti Chiami.
Na ação, ela acusa Julião de improbidade administrativa e pede a cassação dos direitos políticos do tucano, que é pré-candidato à reeleição.
Na última sexta-feira, a Câmara foi comunicada oficialmente da decisão judicial. Na sessão de hoje, o vereador governista Erwin da Mota (PTB) pretende recolher as cinco assinaturas necessárias para colocar em votação a abertura da CEI --para aprovação, são necessários 10 dos 15 votos.
"Temos que abrir a comissão, até para dar oportunidade ao prefeito de se defender das acusações. Se a Justiça acatou o pedido de liminar do Ministério Público é prova que as denúncias são graves e precisam ser investigadas com rigor", disse Mota.
INVESTIGAÇÃO - O vereador governista Marcos Fuly (PSDB) afirmou também ser favorável a uma investigação rigorosa das denúncias. "Se a Câmara decidir abrir a CEI terá meu apoio, já que sempre serei um defensor da legalidade."
O vereador Edvaldo Reimberg (PPS), autor da ação popular que deu origem à investigação do MP, acredita que a criação da CEI poderá agilizar as investigações da Justiça.
"O Legislativo poderá contribuir nas investigações. Com a quebra dos sigilos dos acusados, acredito que novas irregularidades serão descobertas."
O presidente da Câmara, Marcos Leopoldino dos Santos (PTB) considera desnecessária a investigação do caso pelo Legislativo. "Não há necessidade, já que o caso está sendo apurado pela Justiça. Seria uma redudância de nossa parte, mas se os vereadores decidirem pela CEI daremos apoio."
OUTRO LADO - Julião e Caldeira não foram localizados ontem pelo para comentar o assunto nem retornaram as ligações da reportagem até as 22h.
Em entrevistas anteriores, o prefeito negou irregularidades e garantiu que a Eness venceu as licitações porque cumpriu todas as exigências e apresentou o menor preço. (Fonte: ValeParaibano)

Empresa teria sede 'fantasma'

São Sebastião - Investigações da Subdelegacia do Trabalho e da Receita Federal realizadas em maio do ano passado constataram que no local apontado como sendo sede da Eness funciona um posto de gasolina.
O Auto-Posto São Francisco de Assis está localizado na avenida Manoel Teixeira. Ao lado, funciona a pedreira onde os fiscais descobriram à época o aposentado Manoel Ferreira de Souza, 60 anos, que teria atuado como 'laranja' no suposto esquema de favorecimento à Eness. Ele aparece como sócio-proprietário da Eness, mas nega vínculo com a empresa.
"Fizemos três auditorias na Eness em 2001, 2002 e 2003. Além de descobrir que onde deveria estar a sede da empresa funcionava um posto de gasolina, constatamos irregularidades trabalhistas", disse o auditor-fiscal da Subdelegacia do Trabalho de São Sebastião, Cláudio Tarifa.
O ValeParaibano não localizou ontem os atuais proprietários do posto de gasolina. O genro do prefeito Paulo Julião (PSDB), Marco Caldeira, que já foi um dos proprietários do estabelecimento, também não foi localizado. (Fonte: ValeParaibano)

Casa de Leão pode ser demolida no Litoral Norte
Obra em São Sebastião foi embargada e o técnico do Santos, multado; prefeitura alega falta de documentação

São Sebastião - A Prefeitura de São Sebastião ameaça demolir a casa que está sendo construída pelo técnico do Santos, Emerson Leão, na Praia das Calhetas, na costa sul do município.
Segundo o secretário de Meio Ambiente e Obras, José Teixeira Filho, a obra é irregular porque foi iniciada em novembro do ano passado sem autorização da prefeitura.
Leão não obteve o alvará de construção porque não apresentou todos os documentos exigidos pela administração --entre eles, licença ambiental e comprovante de propriedade do terreno, localizado dentro do Sítio Calhetas, em um condomínio fechado de alto padrão.
O técnico do Santos, que possui parentes em São José dos Campos, foi notificado pela prefeitura em novembro, logo após o início das obras. Como a situação não foi regularizada, as obras foram embargadas em janeiro e, no mês seguinte, Leão foi multado em R$ 3.500 --ele recorreu e ainda não pagou a multa.
"Como o descumprimento à lei continua, não temos outra alternativa a não ser demolir a casa. Estamos apenas aguardando a determinação do nosso Departamento Jurídico para concretizarmos a derrubada da residência", disse Teixeira Filho, que não informou quando a demolição será realizada.
Segundo ele, se Leão apresentar os documentos pendentes antes da demolição, a obra será liberada. "Ele (Leão) já foi notificado de nossa decisão e ainda tem chance de regularizar sua situação a tempo de evitar que sua residência seja derrubada. Agora só depende dele."
O secretário não soube informar se a obra está causando degradação ao meio ambiente, já que o local é zona de proteção ambiental. "Até onde sei, não há problemas ambientais, apenas a falta de documentação."
Leão não foi localizado ontem pelo ValeParaibano no Centro de Treinamento do Santos nem em sua residência em São Paulo.
LICENÇA AMBIENTAL - A Secretaria de Estado do Meio Ambiente informou, por meio da assessoria de imprensa, que a Cetesb (Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental), em Ubatuba, e o DEPRN (Departamento Estadual de Proteção dos Recursos Naturais), em São Sebastião, não receberam pedidos de licença ambiental para execução da obra na área.
Procurada pelo ValeParaibano para comentar o assunto, a Delegacia da Capitania dos Portos em São Sebastião informou que não constatou invasão da faixa de marinha com a construção da casa.
Após denúncia de moradores da Praia das Calhetas, o vereador Marcos Fuly (PTB) pretende encaminhar requerimento amanhã à prefeitura questionando a legalidade da obra.
"Há denúncias de danos ambientais e invasão da faixa de marinha. Queremos saber porque a obra não foi paralisada totalmente até agora", disse o vereador.
A casa teria área construída de 1.100 metros quadrados. (Fonte: ValeParaibano)

Obra está sem licença ambiental

São Sebastião - A Secretaria de Meio Ambiente e Obras de São Sebastião informou ontem que as construções na Praia das Calhetas necessitam de licença ambiental, já que o local é área de proteção ambiental.
"O condomínio fechado onde o Leão está construindo sua casa já foi uma vila de pescadores e desde aquela época há a necessidade de licença ambiental devido à proximidade com a praia", disse o secretário José Teixeira Filho.
Ele não soube informar se a construção provocou danos ao meio ambiente, de acordo com denúncias de moradores encaminhadas à Câmara.
"Pelo que sei, não houve invasão de faixa de marinha e nenhum dano ambiental com as obras que estão sendo realizadas pelo Leão."
Entre os documentos exigidos pela administração para liberação do alvará de construção estão licenças ambientais emitidas pela Cetesb (Companhia de Tecnologia e Saneamento Ambiental) e pelo DEPRN (Departamento Estadual de Proteção dos Recursos Naturais Renováveis).
De acordo com a Secretaria de Estado do Meio Ambiente, Leão não solicitou as licenças ambientais nos dois órgãos. (Fonte: ValeParaibano)

Ex-goleiro não comenta sobre o caso

São Sebastião - O técnico do Santos, Emerson Leão, não comentou ontem a ameaça da prefeitura de demolir a casa que está construindo na Praia das Calhetas.
A assessoria de imprensa do Santos informou que Leão não participou do treino de ontem no Centro de Treinamentos e que estaria em São Paulo.
O técnico chegou a atender três ligações do ValeParaibano para seu celular. Na primeira, desligou. Na segunda, por volta das 21h30, disse que não poderia conversar naquele momento porque estaria no cinema e pediu para ligar uma hora depois.
Na terceira, o técnico novamente disse que não poderia falar. Até as 23h, ele não havia retornado as ligações. (Fonte: ValeParaibano)

“Cinema é meu jardim” melhor filme do 3º Ecocine

São Sebastião - O filme “O Cinema é Meu Jardim”, de Sérgio Rezende, recebeu o prêmio de melhor filme do 3o Ecocine (Festival de Cinema e Vídeo Ambiental), encerrado no domingo, no Teatro Municipal. O trabalho vencedor foi produzido no Rio de Janeiro em DVCam. Trata-se de um documentário de 54 minutos que também pode ser considerado um ensaio sobre temas do paraíso e do cinema.
O filme tem como ponto principal falar do cultivo das flores. Além do troféu do Ecocine e o valor de R$ 8 mil pelo título de melhor filme, o documentário recebeu o prêmio STV de Aquisição, de R$ 6 mil.
Esse prêmio também visa a exibição do filme na grade de programação da Rede Sesc/Senac de televisão. De acordo com o diretor de programação da emissora, Robson Moréia, todos os trabalhos apresentados foram bons, porém o resultado que mais se aproximou da filosofia da emissora sobre as questões ambientais foi o “O Cinema é Meu Jardim”, comentou.
O diretor do melhor filme da mostra, Sérgio Rezende, disse que gostou bastante do resultado. “Não fiz esse filme para ganhar, mas para mostrar algo, um ideal. Fico satisfeito com o resultado”.
O melhor longa-metragem do Ecocine foi “Narradores de Javé”, de Eliane Caffé, que fez a abertura do festival. Apesar de não haver nenhum representante do filme durante a premiação, a diretora do Ecocine, Ariane Porto, comentou o prêmio, já que o filme foi o único longa que concorreu na mostra. “Apesar desse filme ser o único longa-metragem, faço questão de justificar a premiação, porque o júri não precisava escolhê-lo. Porém, todos reconheceram a qualidade do trabalho e deram o prêmio de R$ 5 mil a Eliane Caffé”.
O filme mostra um povoado que deverá desaparecer inundado pelas águas de uma hidrelétrica. Seus moradores decidem escrever um dossiê com os grandes e nobres acontecimentos da comunidade, justificando sua preservação. No entanto, essa é uma tarefa bastante difícil, já que eles não entram num consenso sobre a versão da história que deve prevalecer.
O filme “Tocadores do Litoral Sul”, de Lia Marchi e L.M.Stein, produzido em Betacam, no Paraná, com 24 minutos, foi considerado o melhor média-metragem e faturou o prêmio de R$ 4 mil. Ele revela o homem simples do campo, seu amor pela música, seus instrumentos, além da terra e suas tradições. É um registro poético que retrata artistas e artesãos da música de tradição oral de Santa Catarina, Paraná e São Paulo.
Já o documentário “Bambeia”, de quatro minutos e meio, foi o melhor curta metragem do ecocine. Ele mostra as etapas da fabricação do pião por meninos da vila Juruamã, localizada perto de Tefé, no estado do Amazonas. Este filme foi produzido por David Reeks e Renata Meirelles e, recebeu o prêmio no valor de R$ 4 mil.
O Ecocine também premiou o melhor filme com o tema água. O curta metragem “Brincando de Gente Grande” recebeu R$ 4 mil do festival, além de um prêmio da empresa Quanta, que deu ao realizadores do filme R$ 6 mil em locação de equipamentos. A Kodak também premiou esse trabalho, com o equivalente a 10 latas de 400 pés, 16 mm, de filme 100T.
Perfil de Sérgio Rezende - Sérgio Peres de Rezende é natural do Rio de Janeiro. Nascido em 1951, tem filmes produzidos desde o inicio da década de 80. Ele ganhou o Kikito de Ouro de Melhor Filme, no Festival de Gramado, com “O Homem da Capa Preta”, de 1986. Também conquistou por duas vezes, o prêmio do Público de Melhor Filme Brasileiro, também no Festival de Gramado, com o mesmo “O Homem da Capa Preta” e “Quase Nada”, de 2000.
Rezende foi um dos roteiristas no filme “A maldição de Sanpaku”, de José Joffily. Entre os filmes produzidos por Sérgio Rezende, estão: Mauá – O Imperador e o Rei, Guerra de Canudos, Lamarca, A children from the south, Doida Demais, O Sonho não Acabou, Até a Última Gota. (Fonte: Imprensa Livre)

Trabalhos recebem menção honrosa

São Sebastião - Sete trabalhos apresentados durante a mostra competitiva do Ecocine receberam menções honrosas. Elas foram entregues nas seguintes categorias:
Cinematografia para “O Pantanal e o Delta do Salobra”, documentário realizado no Mato Grosso do Sul, com direção de Maurício Copetti; 1o filme para “Sofrossinê - Liberdade com Limites”, documentário realizado na Chapada Diamantina, direção de Péricles Palmeira; Ficção para “O Príncipe das Águas”, realizado no Rio Grande do Sul, dirigido por Werner Schunemann; Etnografia para “Cânticos da Terra” feito na Paraíba, por Elisa Maria Cabral;
Cultura e Natureza “Peju Katy Kurimguei... Venham todas as crianças” documentário realizado em São Paulo, com direção de André Costa e Silvio Cordeiro; Roteiro para o curta “ Mini Cine Tupy”, feito no Rio de Janeiro e direção de Sérgio Bloch; e Educação Ambiental “Expedições Cariocas – Manguezal”, documen-tário produzido no Rio de Janeiro, com direção de Alexandre Montoro.
Os filmes foram escolhidos por um júri presidido pela atriz Joana Fomm, pelo chefe de redação do programa “Globo Ecologia”, Elias Fajardo, por Marcos Manhães Marins, diretor e roteirista cinematográfico, Carlos Ebert, professor de cinema e membro do Conselho Superior de Cinema e pelo representante da comunidade de pescadores local, Thiago Fortunato.
Ariane Porto diz que este ano o Ecocine foi nacional, mas que para a próxima edição existe a expectativa de que ele se torne internacional. (Fonte: Imprensa Livre)

Rubens Ewald Filho volta a São Sebastião para acompanhar o Ecocine

São Sebastião - O Ecocine pôde contar mais uma vez com a presença de um dos mais respeitados críticos de cinema do país. Rubens Ewald Filho voltou à cidade para acompanhar um pouco da terceira edição do Festival, do qual ele participa desde a primeira edição.
Rubens Ewald Filho, crítico de cinema, disse que a qualidade dos filmes deste ano superou os apresentados em 2003
Ele diz que esse ano percebeu uma melhora na qualidade dos filmes apresentados. “Os filmes estão melhorando a cada edição, evoluindo”.
O critico ainda diz que voltou a cidade em primeiro lugar por gostar da região. Seu avô era de São Sebastião e por isso diz sentir um carinho especial pelo município. Além disso, ele disse que já estava há algum tempo sem uma folga, e vir à cidade foi um meio de descansar um pouco.
O cineasta diz que o cinema ambiental é uma luta em campo, e que é bom ver que existem pessoas preocupadas em produzir filmes sobre o tema para conscientizar a população sobre essa deterioração que vem acontecendo. Para ele, o cinema hoje tem outro papel na sociedade.
“Houve um tempo em que as pessoas produziam para si próprias, era um cinema de esquerda. Hoje, não é necessário nada disso, mudou muito e o cinema também pode ser realizado como uma necessidade de conscien-tização”, comenta.
Em relação ao cinema brasileiro, acredita que a população fez as “pazes” com ele e ainda existe uma tendência de que ele cresça. A única coisa que não concorda, é que atualmente as pessoas aceitam o cinema nacional, desde que produzido pela Globo. “É necessário mudar isso, criar uma segunda via para que não seja formado um monopólio também do cinema no país”, ressalta.
Ewald Filho diz que está desenvolvendo um novo projeto este ano.
Desta vez, na área literária. Segundo explica, o atual presidente da Imprensa Oficial do Estado, Hubert Alquéres, resolveu mudar um pouco o trabalho desenvolvido pela organização e o convidou para participar de um projeto. A grande novidade foi a implantação de uma editora.
Nesse projeto, autores, escritores e roteiristas de cinemas terão registradas as suas histórias. Rubens diz que Hubert também foi crítico de cinema e diz que isso foi um dos fatores que o levou a fazer os registros na área cinematográfica. Entre as pessoas que serão temas das obras, estão Irene Ravache, John Herbert, Reginaldo Faria, David Cardoso, entre outros.
Ao todo, já são cogitados 120 trabalhos a serem publicados. Para o processo de elaboração estão envolvidas quatro pessoas, entre elas, o próprio Rubens, que é o coordenador. Além dele, atuam um escritor, um editor e um produtor.
Eles escolhem a pessoa que vai ser tema de um livro e fazem todo o trabalho de pesquisa e entrevistas para o acervo. Esse material será vendido a preço popular (R$ 9). Na semana passada, foram lançados os 10 primeiros exemplares da coletânea, na Sala São Paulo.
“Nosso objetivo é apresentar um trabalho que exerça a função de uma aula. Ensinar um pouco da arte para o público em geral”. (Fonte: Imprensa Livre)

Encontro dos Povos do Mar alerta para invasão das praias

São Sebastião - O 8º Encontro Nacional dos Povos do Mar e da Mata Atlântica, realizado paralelamente ao 3º Ecocine, encerrado no último domingo, obteve bons resultados, entre eles, a consolidação da Rede dos Povos do Mar. No encontro, estavam presentes lideranças de 13 estados litorâneos brasileiros, que agora compõem uma rede de comunicação entre essas comunidades, que vai possibilitar a coordenação de todas as atividades nesse setor, incentivando a cultura, as reivindicações e defendendo os povos do mar e o meio ambiente.
Para chegar a esse resultado, foram avaliadas todas as atividades comunitárias realizadas pelo grupo desde 1990, e que se desenvolvem no Amapá, Pará, Maranhão, Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Pernambuco, Alagoas, Espírito Santo, Rio de Janeiro, São Paulo, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.
No encontro foi concluída a 8ª Carta dos Povos do Mar, que tratou da realidade atual dos habitantes do litoral brasileiro, as dificuldades, necessidades e a luta que será travada daqui para frente por essa comunidade.
Este documento será encaminhado a toda sociedade brasileira e a todos os governos. No encontro pelo menos 26 mil pessoas de todo Brasil estiveram representadas. Simone Conte, coordenadora de meio ambiente do Centro Cultural São Sebastião tem Alma, que organiza os encontros há 14 anos, ressalta que as principais dificuldades das populações que vivem nessas áreas são a invasão imobiliária nas praias e a ameaça de destruição em áreas de proteção ambiental.
“É uma constante pressão para os moradores, que chegam a receber ameaças de morte para saírem de suas terras, inclusive as aldeias indígenas. E é este povo que preserva a cultura e o meio ambiente em nosso país”, comenta.
Para Tereza Aguiar, coordenadora do encontro, no próximo ano o grupo não terá mais uma reunião para mostrar o que está sendo feito, mas sim, para listar as vitórias, já que segundo ela, “salvar o mar é salvar o mundo”. (Fonte: Imprensa Livre)

Programa de despoluição é tema de exposição

São Sebastião - A Prefeitura de São Sebastião realizará exposição sobre o estágio atual do Programa de Despoluição das Praias - Projeto “Nossa Praia é Praia Limpa” - na próxima quinta-feira. O evento será desenvolvido a partir das 14h, na Videoteca Municipal, que fica na Avenida Altino Arantes, Centro.
A assessora de Relações Comunitárias da Prefeitura, Rose Costa, convida as instituições da sociedade civil para comparecer à exposição. Estarão presentes, também, representantes do CBH/LN (Comitê de Bacias Hidrográficas do Litoral Norte).
A prefeitura, com a participação da sociedade civil e da Sabesp, atua para acabar com a poluição das praias da região central causada por esgoto; seja por falta de saneamento básico em alguns locais ou por falta de ligações de imóveis à rede coletora da Sabesp, entre outros problemas.
“Temos convicção de que a colaboração das instituições tem demonstrado de forma indiscutível o espírito participativo e solidário existente em nossa sociedade”, completa o coordenador do “Nossa Praia e Praia Limpa”, Geraldo Julião. (Fonte: Imprensa Livre)

Assaltos e sequestros-relâmpago no fim de semana da Costa Sul

São Sebastião - Quinze turistas e um comerciante foram vítimas de assaltos no final de semana nos bairros da Costa Sul. Dois deles, dentre os cinco registrados, teriam sido praticados pela mesma dupla, no início da madrugada de sábado, em Juquehy.
O primeiro foi por volta da zero hora, na avenida Mãe Bernarda, principal via de acesso ao bairro, com oito vítimas, todas moradoras em São Paulo.
O grupo estava na casa de veraneio de um deles, quando dois homens encapuzados e armados invadiram a residência, fazendo todos reféns. A dupla pegou os telefones celulares dos turistas, assim como documentos pessoais, vários CDs e cartões de crédito.
Duas horas depois, uma dupla, também encapuzada, que pode ser a mesma, entrou em outra casa de veraneio no mesmo bairro. A turista E.M.G., 30 anos, foi rendida assim como quatro pessoas da sua família. Fazendo ameaças, eles pegaram R$ 375,00.
Seqüestro-relâmpago - Cambury também registrou dois roubos no mesmo dia. Um ocorreu nas proximidades da boate Galeão, por volta das 5 horas de sábado. O estudante P.H.M.D.L., 18 anos, sofreu um seqüestro-relâmpago, quando entrava em seu Nissan, de Contagem/MG. Ele foi rendido por dois desconhecidos, que o obrigaram a sentar no banco traseiro e rumaram para Maresias.
De lá, decidiram retornar, indo até Bertioga, quando o carro travou, devido ao sistema de rastreamento, via satélite. A vítima teria explicado o problema para os assaltantes, que desistiram de levar o carro, abandonado junto com o estudante, e levaram óculos de sol, porta CD, par de tênis e camiseta.
O segundo crime no bairro lesou o comerciante I.S., que foi rendido quando fechava seu bar, por dois “clientes”, que momentos antes estavam bebendo no estabelecimento. Ameaçando com revólver, eles roubaram R$ 600, entre dinheiro e tickets.
Maresias - Como em todos os finais de semana, a praia mais badalada da região, Maresias, também registrou um roubo.
O estudante E.J.O.S., 24 anos, de Caraguatatuba, estava na areia, por volta das 2 horas de sábado, quando cinco rapazes roubaram seu celular, relógio, documentos, óculos de sol e ainda suas roupas, deixando-o apenas de shorts.
Os cinco roubos foram registrado no 2° Distrito Policial, onde quatro deles serão apurados pelo setor de investigação local. Já o registro de Maresias será encaminhado para o 1° DP, responsável por aquela área. (Fonte: Imprensa Livre)

Creche do Itatinga sofre quarto furto em menos de um ano
Prejuízo desta vez foi maior do que os anteriores

São Sebastião - A creche Meire Vasques dos Santos, no Itatinga, um dos bairros mais carentes na região central da cidade, não foi poupada da ação de ladrões no final de semana. A unidade escolar que atende crianças da comunidade foi arrombada pela quarta vez em menos de um ano.
Diferente dos furtos anteriores, quando somente panelas e alimentos eram levados, os ladrões pegaram aparelhos eletrônicos, causando um prejuízo maior às 100 crianças, privadas do entretenimento pedagógico oferecido pelos equipamentos.
O crime foi descoberto na noite de domingo, quando um vigia, que trabalha no local das 23h às 7h, notou o arrombamento. Na manhã seguinte, a direção ficou sabendo do ocorrido, registrando o caso no 1° Distrito Policial.
Conforme a direção, desta vez foi pior das anteriores, quando somente a cozinha era invadida. “Os ladrões entraram em outras salas, como a secretaria, levando os aparelhos”, justificou.
Além do vídeo e som, foram furtados os instrumentos musicais usados na capoeira, a chapa de cima do fogão e alguns utensílios de alumínio da cozinha. Uma televisão e o computador da creche foram poupados. No chão foi deixado um saco de lixo, carregado de carnes, retiradas do freezer.
Filhos - Para a direção, o furto foi cometido por pessoas que conheciam a creche, que atende cerca de 100 crianças de um ano e seis meses a seis anos. São filhos de moradores do Itatinga e bairros próximos, que deixam as crianças no local, enquanto trabalham.
Os primeiros dois furtos foram em agosto do ano passado, quando levaram todas as panelas e utensílios de cozinha, além de carnes e enlatados. Já o terceiro foi em janeiro deste ano. Desde a primeira invasão, a direção foi reforçando as entradas da creche, para dificultar o acesso. Nas primeiras vezes, os ladrões entraram pela janela, que foi reforçada.
Desta vez, o portão, que tem alumínio, também carregado pelos ladrões, foi a entrada deles na creche, inaugurada em 1988. “Isso vem acontecendo somente do ano passado para cá, mesmo período de crescimento no bairro”, acrescentou a direção.
Além da creche, outras unidades da mesma região foram alvo de ladrões, como o berçário e posto de saúde.
E o tipo de crime não ficou restrito à região central. No Morro do Abrigo, Costa Norte, também foi furtada a creche local, de onde levaram televisão, vídeo e dez quilos de carne. Na ocasião, a direção organizou uma passeata pelo bairro, chamando a atenção dos moradores do crime e pedindo paz. (Fonte: Imprensa Livre)

Notícias de Ubatuba Topo

Restaurante Solar das Águas Cantantes Setur Marketing Político e Assessoria de Imprensa

Em busca de um sonho

Foto: Daniel Pera Ubatuba - Atleta de Ubatuba crê que essa seja sua hora e decidiu investir pesado na carreira, acreditando que vale tudo pelo prazer de surfar uma onda perfeita
Luana Prado decidiu: não vai mais perder tempo e colocou como prioridade em sua vida a carreira de surfista. “Vou para o que der e vier”, declarou a surfista nascida há 19 anos em São Paulo. “Minha mãe foi para São Paulo só para eu nascer”, faz questão de ressaltar. Filha de um surfista das antigas, Benedito “Alemão” do Prado, Luana cresceu entre pranchas e muitas conversas sobre surfe. “Eu detestava ter que dividir espaço no Gurgel de meu pai com as pranchas”, diverte-se. Essa intimidade com o esporte a levou a praticá-lo desde os 13 anos. “Minha primeira onda foi na praia Grande de Ubatuba, ainda hoje minha favorita”, disse. A primeira prancha foi um presente da amiga Rebeca. “Era até amarela de tão usada”, recordou. Nesse último final de semana, Luana disputou a segunda etapa do SuperSurf, competição que define a campeã brasileira profissional de surfe. Não foi bem, sendo eliminada na primeira fase do evento. (Fonte: Diário de São Paulo)

Atletas de Ubatuba dominam as finais do SuperSurf

Ubatuba - Os ubatubenses Odirlei Coutinho e Suelen Naraisa venceram, em suas respectivas catego-rias, a segunda etapa do circuito profissional de surfe, o SuperSurf, realizado entre os dias 21 e 25 de abril, na praia de Maresias. As baterias finais de ambos os sexos foram realizadas no último domingo e o clima estava chuvoso, o mar apresentava séries com ondas de aproximadamente um metro de altura e as condições para o surfe não eram ideais.
Suelen derrotou a catarinense Juliana Quint por 12.44 pontos contra 9.33, assumindo assim a liderança isolada do ranking.
“Até o ano passado, eu tinha um monte de terceiros lugares, mas nesse ano já comecei bem com um segundo lugar na Joaquina e agora consegui vencer aqui para assumir a liderança do ranking. A final foi muito difícil, porque fiquei atrás o tempo todo, mas graças a Deus veio aquela direita bem parecida com Itamambuca, onde moro, para me dar a vitória. Estou muito feliz”, falou Suelen.
Na categoria masculina, a vitória decidiria a primeira colocação na classificação geral das duas etapas. Odirlei surfou melhor e derrotou o também ubatubense Renato Galvão, com o placar de 16,67 contra 14,53 pontos.
“O Renato é um amigão meu, surfamos juntos desde criança e eu consegui pegar duas boas ondas para garantir minha vitória praticamente em casa”, vibrou Odirlei Coutinho, que faturou 22.000 reais de prêmio pela vitória na segunda etapa do SuperSurf 2004.
“A melhor onda que peguei quase me escapou, mas dei um rasgadão, executei uns floaters e foi show, porque a nota 9 praticamente garantiu a vitória. Agora, vou me concentrar bastante para tentar ser campeão brasileiro, que é um sonho que tenho desde moleque”, conta o vencedor.
O vice-campeão Renato Galvão, ficou com um prêmio de 9.600 reais e é o novo terceiro colocado no ranking, mesma posição que ficou na classificação geral do SuperSurf em 2003. “No começo da bateria remei numa onda errada e a de trás veio perfeita, que foi a que o Odirlei tirou a nota 9 dele. Eu até peguei uma boa depois, mas estava difícil achar uma que nem a que ele pegou e que era para ser minha. Mesmo assim, estou muito contente com o resultado, porque já entro na briga direta pelo título brasileiro também”, falou Galvão.
Nessa fase os atletas podem surfar no máximo quinze ondas durante os trinta minutos de bateria. Apenas as duas melhores ondas são consideradas, classificadas em uma escala de 0 a 10 e somadas. Portanto as notas de cada atleta nas baterias dessa fase podem variar entre o mínimo de 0 e o máximo de 20 pontos.
Apesar da chuva que caiu ao longo de todo o domingo, um número considerável de pessoas estava presente para o encerramento da etapa na praia de Maresias.
O próximo encontro da elite nacional acontecerá em Pernambuco, entre os dias 30 de junho a 4 de julho, em Ipojuca, na praia do Cupê. O surfista Odirlei Coutinho vai defender a liderança do circuito na mesma praia onde ele conquistou sua única vitória na divisão principal do circuito brasileiro de surfe profissional. (Fonte: Imprensa Livre)

A maior deficiência de Ubatuba é o prefeito, diz Frediani

Ubatuba - Em entrevista ao CORREIO DO LITORAL, Frediani fala sobre sua candidatura, sobre a oposição ao prefeito e sobre planos para o futuro.

Correio do Litoral: Quando foi que o senhor começou a pensar em se candidatar a prefeito, e por quê?
Rogério Frediani: Desde o primeiro mandato como vereador, já existia a intenção de me candidatar a prefeito, principalmente porque os munícipes acreditavam que eu reunia as características necessárias para o cargo. Agora, com 12 anos de experiência como político, me sinto mais bem preparado.

CL: Quais os apoios praticamente certos que o senhor já tem, e quais os que o senhor ainda pretende conquistar?
Frediani: Tenho apoios naturais, de anos, mas por questão de estratégia não poderei divulgar agora, principalmente porque sou oposição. Prefiro aguardar um momento mais oportuno.

CL: Como o senhor vê a questão do apoio de ideologias partidárias divergentes?
Frediani: Acredito que os apoios em Ubatuba aconteçam pela deficiência do prefeito.

CL: Quais são os possíveis candidatos a vice na sua chapa e por quê? Quais nomes o senhor descartaria por completo, e por quê?
Frediani: Mais uma vez, por questão de estratégia, não poderei falar. Existem alguns nomes, que estamos estudando, mas não há nenhuma definição ainda.

CL: Que deficiências o senhor apontaria na administração Paulo Ramos?
Frediani: Para mim, a grande deficiência desta gestão é o próprio prefeito.

CL: Quais são seus planos para sanar essas deficiências?
Frediani: Ser prefeito!

CL: Qual seria o carro-chefe do planejamento da sua campanha?
Frediani: O ponto principal é a geração de empregos, através do potencial turístico da cidade.

CL: Ubatuba tem grande potencial turístico, mas falta exploração adequada. O que o senhor tem a dizer a respeito?
Frediani: Para aproveitar o potencial turístico da cidade é preciso planejamento, investimento e muito trabalho. É isso que faz a diferença.

CL: O que o senhor pensa sobre a zona azul?
Frediani: Para começar, o que é cobrado aqui em Ubatuba não pode ser considerado Zona Azul, que precisa ser lei. Essa cobrança é feita através de decreto, e isso está errado. Acho que seria possível manter a cobrança, desde que houvesse benefícios para a população e para o turista, com infra-estrutura adequada.

CL: Como o senhor avalia a sua oposição e a sua aceitação para ser o próximo prefeito? E sua gestão como vereador e presidente da Câmara?
Frediani: Isso quem avalia é o povo, e nós vamos saber dessa avaliação nas urnas. Mas penso que tenho sido um bom vereador, e cumprido meu papel com transparência, fazendo o melhor possível.

CL: O senhor se aliaria a Paulo Ramos ?
Frediani: Categoricamente, não!

CL: Por que razão toda CPI realizada pela Câmara termina em pizza, apesar da oposição ao prefeito?
Frediani: Não acredito nessa afirmação. A CPI da Comtur, por exemplo, foi aprovada, mas parou em algum lugar com o Judiciário. A Câmara tem cumprido seu papel.

CL: Há sempre um jogo político em relação aos projetos legislativos oposicionistas, sempre vetados pelo prefeito. Como o senhor avalia essa atitude, e quais são seus planos em relação a isso?
Frediani: Esse tipo de atitude não atinge a postura fiscalizadora da Câmara. Por outro lado, há muitos projetos do Executivo que são bons, e aprovamos, nós estamos fazendo nosso trabalho.

CL: Na sua opinião, o que seria politicamente irreconciliável?
Frediani: Não existe nada irreconciliável, sempre podemos unir partidos e idéias. Até o que parece ser irreconciliável hoje, no futuro pode mudar. (Fonte: Correio do Litoral)

Pauta da Sessão da Câmara de Ubatuba para 27/04

Ubatuba - Ordem do Dia da 12ª Sessão Ordinária, a realizar-se no dia 27 de abril de 2004, às 19h30, na Câmara Municipal de Ubatuba, avenida Iperoig, 218 - Centro.
01- PROJETO DE EMENDA À LEI ORGÂNICA DO MUNICÍPIO Nº 31/04, do Ver. GERSON DE OLIVEIRA - PMDB, que altera o artigo 10 da LOM, reduzindo para 9 (nove) o número de Vereadores da Câmara Municipal. Com Emenda nº 1 do Autor, aumentando o nº para 10 vereadores.
02- PROJETO DE LEI N° 61/04, do Ver. ROGÉRIO FREDIANI - PTB, que suspende por 90 dias a concessão de alvará para instalações rádio-base, antenas transmissoras e receptoras de rádio, televisão, telefonia celular, telecomunicações em geral, outras antenas de radiações eletromagnéticas e produtos afins, no Município de Ubatuba, de que trata a Lei 1766/98 e suas alterações posteriores.
03- PROJETO DE LEI N° 63/04, do Ver. ROGÉRIO FREDIANI - PTB, que dá a denominação de rua Antônio José Lanzoni, à atual rua "A", localizada no Itaguá.
04- PROJETO DE LEI Nº 64/04, do Ver: EDUARDO CÉSAR - PL, que veta, no âmbito da Administração Pública Municipal, a realização de concursos públicos aos sábados.
05- PROJETO DE LEI Nº 65/04, do Ver. EDUARDO CÉSAR - PL, que altera a denominação da rua Flamboyants, no Itamambuca, que passa a denominar-se rua Sapucaia.
06- PROJETO DE LEI Nº 68/04, do Ver. RICARDO BARBOSA - PFL, que dá denominação de "Travessa do Ingá" à via pública, no Recanto do Itamambuca.
07- VETO DO PROJETO DE LEI Nº 15/04, do Ver. DOMINGOS DOS SANTOS - PT, que cria o Programa Municipal de Hortas Comunitárias e dá outras providencias.
08- VETO DO PROJETO DE LEI Nº 28/04, do Ver. GERSON DE OLIVEIRA - PMDB, que equipara os vencimentos do Fiscal de Tributos e do Fiscal de Obras, ao do Fiscal de Postura, da escala de vencimento Municipal vigente.
09- MOÇÃO Nº 18/04, do Ver. ROGÉRIO FREDIANI - PTB, de congratulações ao 5º Aniversário da Diocese de Caraguatatuba.
10- MOÇÃO Nº 19/04, do Ver. ROGÉRIO FREDIANI - PTB, de congratulações à Dom Fernando Mason, pelo Título de Cidadão Caraguatatubense, e pelo desempenho junto a Diocese de Caraguatatuba.
11- MOÇÃO Nº 20/04, do Ver. ROGÉRIO FREDIANI - PTB, de congratulações à cidade de Caraguatatuba, pelos 147 anos de Emancipação Político-Administrativo.
12- MOÇÃO Nº 21/04, do Ver. ROGÉRIO FREDIANI - PTB, de congratulações à cidade de Cubatão, pelos 55 anos de Emancipação Político Administrativa.
13- MOÇÃO Nº 22/04, do Ver. DOMINGOS DOS SANTOS - PT, de protesto pela política adotada pela Telefônica, que está penalizando a população de baixa renda, deixando de fornecer cartões telefônicos com poucas unidades, somente sendo oferecidos com 75, 50 ou 40 unidades.
14- MOÇÃO Nº 23/04, do Ver. CHARLES MEDEIROS - PSDB, de congratulações ao "caiçara" Benedito dos Santos - GEM, pelo relevante trabalho de Educação Ambiental realizado em nosso Município.
15- MOÇÃO Nº 24/04, do Ver. MARCOS FRANCISCO - PSC, de repúdio ao Projeto de Lei 21/03, do Dep. Roberto Gouveia, que desconsidera crime o aborto provocado pela gestante.
16- PEDIDO DE INFORMAÇÃO Nº 43/04, do Ver. ROGÉRIO FREDIANI - PTB, solicitando esclarecimento sobre as providências para solucionar os problemas da rua Espírito Santo, esquina com a av. São Paulo, onde um cano da Sabesp rompeu-se formando uma cratera.
17- PEDIDO DE INFORMAÇÃO Nº 44/04, do Ver. ROGÉRIO FREDIANI - PTB, solicitando esclarecimento sobre qual área de atuação da Empresa SANEPAV no Município.
18- PEDIDO DE INFORMAÇÃO Nº 45/04, do Ver. ROGÉRIO FREDIANI - PTB, solicitando cópia dos cartões de pontos dos funcionários da Regional Sul.
19- PEDIDO DE INFORMAÇÃO Nº 46/04, do Ver. ROGÉRIO FREDIANI - PTB, solicitando cópia do cadastramento de contribuintes do Município.
20- PEDIDO DE INFORMAÇÃO Nº 47/04, do Ver. ROGÉRIO FREDIANI - PTB, solicitando esclarecimento sobre qual o motivo da Escola Municipal do Prumirim estar fechada.
21- PEDIDO DE INFORMAÇÃO 48/04, do Ver. DOMINGOS DOS SANTOS - PT, solicitando prestação de contas da encenação da Paixão de Cristo em 2004.
22- PEDIDO DE INFORMAÇÃO Nº 49/04, do Ver. MARCOS FRANCISCO - PSC, solicitando cópias dos Habite-se concedidos nos exercícios de 2002, 2003, e 2004.
23- PEDIDO DE INFORMAÇÃO Nº 50/04, do Ver. MARCOS FRANCISCO - PSC, solicitando o quadro de pessoal da COMTUR, indicando nome, função, data de admissão e salário de todos os seus funcionários.
24- PEDIDO DE INFORMAÇÃO Nº 51/04, do Ver. EDUARDO CÉSAR - PL, sobre a dragagem do Rio Grande.
25- PEDIDO DE INFORMAÇÃO Nº52/04, do Ver. EDUARDO CÉSAR - PL, sobre o fechamento do Pronto Atendimento da Unidade Mista de Saúde da Maranduba.
26- REQUERIMENTO Nº 45/04, do Ver. ANDRADE HENRIQUE - PAN, à Telefônica, solicitando a instalação de um telefone público, em frente ao ponto de aluguel de caminhões, na rua América, no Sesmaria.
27- REQUERIMENTO Nº 46/04, do Ver. DOMINGOS DOS SANTOS - PT, à Sabesp, solicitando a construção da rede de esgoto até o Vale do Sol, no Ipiranguinha.
28- REQUERIMENTO Nº 47/04, do Ver. RICARDO CORTES - PFL, à Prefeitura solicitando a Secretaria de Obras a melhora da pavimentação das calçadas de acesso a está Casa de Leis.
29- REQUERIMENTO Nº 48/04, do Ver. RICARDO CORTES - PFL, à Telefônica, solicitando a instalações de aparelhos de telefonia de deficiente auditivo, nos locais de maior concentração de público de nossa Cidade.
30- REQUERIMENTO Nº 49/04, do Ver. RICARDO CORTES - PFL, a adaptação dos acessos e banheiros do prédio da Câmara Municipal de Ubatuba a portadores de necessidades especiais, dentro das normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas - ABNT.
31- REQUERIMENTO Nº 50/04, do Ver. RICARDO CORTES - PFL, para instalação de rampas ou elevadores para facilitar o acesso de portadores de necessidades especiais ao Plenário desta Casa.
32- REQUERIMENTO Nº 51/04, do Ver. CHARLES MEDEIROS - PSDB, ao DER, que realize estudos visando melhorias na sinalização em frente ao Mercado Ubá Oba, na Maranduba. (Fonte: O Guaruçá)

Ação Litoral

Artigo Topo

Crônica de uma morte anunciada.

Nossa história começa em Manaus, em junho de 2001. Nas dependências do Hotel Tropical, acontecia o Seminário Internacional de Ecoturismo e Turismo Sustentado. Atento aos trabalhos estava o prefeito de Ubatuba, sr. Paulo Ramos. Quem sabe alguma idéia poderia surgir para incrementar o setor que não estava atravessando bons dias. A cidade de Parintins, um dos grandes polos turísticos da Amazônia foi mencionada pela excelência dos trabalhos desenvolvidos por sua secretaria de cultura e turismo. O titular desta, sr. Sérgio Carvalho e o prefeito de Ubatuba, sr. Paulo Ramos acabaram por encontrar-se, conversaram e na ocasião surgiu o convite para que o sr. Sérgio visitasse Ubatuba. Em outubro de 2001, o convite feito em Manaus tornou-se realidade, o sr. Sérgio conheceu a cidade. Estabeleceu contato com os setores ligados ao turismo, fez palestras, conversou e retornou para a Amazônia deixando boa impressão.
No final de 2002 a secretaria de Turismo de Ubatuba era comandada pelo sr. Sérgio Erick de Carvalho e a Comtur pelo sr. Luís Bischof, este em flagrante processo de “fritura”. Sua administração havia entrado em rota de colisão com a Associação de Pousadas. A Câmara instalou uma CPI para apurar irregularidades no órgão. O sr. Bischof passou a ser a bola da vez, enquanto ele estivesse sob a luz dos refletores problemas maiores ficariam esquecidos.
Nesse ínterim, Sergio Carvalho a convite do prefeito Paulo Ramos, mudou-se para Ubatuba, onde assumiu a secretaria de Turismo (Setur) em março de 2003. Concluída a CPI, caiu o sr. Bischof, a Comtur depois de algum tempo passou às mãos de Sérgio Carvalho, que tornou-se o homem do turismo da cidade. Não é objeto desta matéria discutir a capacidade técnica ou a falta desta do sr. Sérgio Carvalho, o que deve ser notado é que ele não veio para Ubatuba pedir emprego, o prefeito desta cidade é que foi procurá-lo na longínqua Manaus. Aliás, o convite para assumir a secretaria foi feito quando o sr. Sérgio encontrava-se na Holanda.Uma coisa da maior importância deve ser ressaltada. Turismo demanda políticas de estado, uma vez definidas as metas, estas devem ter seguimento independentemente de quem é o prefeito e de seus interesses.
O turismo de Ubatuba segue sendo política de governo, sempre atrelado ao imediato, cada secretário implanta suas idéias, protege os seus interesses e de seus amigos, cria uma legião de detratores entre os descontentes e a cidade como sempre aconteceu, exceto no curto período de Ciccillo Matarazzo, sai perdendo. Está claro que a situação do turismo de Ubatuba não será resolvida por uma pessoa, ainda que essa pessoa tenha poderes mágicos.
O sr. Sérgio Carvalho exibe um currículo invejável, trabalhou em diversos órgãos do governo, foi secretário numa cidade importante no plano turístico como é Parintins, e propôs uma mudança radical na cidade com a criação da Adentur, que englobaria as funções da Setur e da Comtur. As práticas do sr. Sérgio Carvalho no dia-a-dia acabaram provocando forte descontentamento em certos setores, não são poucos os que reclamam de atitudes ditatoriais. Dizem que houve falta de diálogo e que ele é avesso a acatar sugestões. Eu não posso concordar totalmente, uma única vez fiz uma sugestão visando melhorar o conforto dos turistas que visitam a praia do Tenório. Recebi um e-mail agradecendo a sugestão. Se foi posta em prática ou não, não sei, sei que foi aberto um canal de diálogo.
Como freqüentador assíduo das sessões da Câmara Municipal não pude deixar de notar a forma como o presidente desta, o vereador Rogério Frediani referia-se ao Secretário Sergio Carvalho. Em sessão recente, um dos vereadores da bancada do prefeito chegou a dizer que a demissão do secretário estava sacramentada e que ocorreria na sexta-feira seguinte. Nessa ocasião o secretário estava viajando para Berlim, o vereador Frediani sugeriu o nome da sra. Patrícia Ortiz para ocupar a secretaria. Reafirmou mais tarde ser ela a sua preferida para o cargo. Dias depois o Sr. Frediani viajou ao lado do Prefeito. Na ocasião ficou acertada, ou melhor, foi pedida a queda de Sérgio Carvalho. Perguntei ao Sr. Frediani se ele tem alguma negociação política com o prefeito, se há algum tipo de composição em andamento. Ele afirmou categoricamente que não, seu único compromisso é com o vereador Andrade. No andar da carruagem quem estiver melhor nas pesquisas será candidato a prefeito, o outro à vice.
Coincidências existem, embora algumas coincidam demais. O sr. Hugo Gallo foi recentemente agraciado com o título de Cidadão Ubatubense por indicação do vereador Rogério Frediani. Nenhum reparo ao fato, o sr. Hugo Gallo é o dono do aquário e muito tem feito pelo turismo de Ubatuba, já deveria ter recebido esse título há mais tempo. Acontece que o sr. Hugo Gallo não concordava com a presença do sr. Sérgio Carvalho à testa da Setur. Ele tem fortes argumentos, fundamentados em fatos, para assumir essa posição. Perguntei ao sr. Hugo Gallo se ele tem algum tipo de vínculo político com o vereador Rogério Frediani. Ele afirmou que não, disse que não definiu quem será o seu candidato e mostrou sabedoria política ao enumerar as qualidades que espera encontrar no próximo prefeito.
No último sábado, em entrevista para o Litoral Virtual o prefeito, sr. Paulo Ramos, afirmou que o secretário de turismo foi afastado por clamor popular. Um abaixo assinado entregue a ele teria sido a gota d’água. Perguntado sobre quem eram as pessoas que assinaram o documento, ele citou o sr. Hugo Gallo e sua esposa Berenice Gallo. Ato falho do prefeito ele demitiu o secretário com base em um documento que não leu com atenção. A sra. Berenice Gallo não assinou. Perguntei ao sr. Hugo Gallo sobre o abaixo assinado, ele não teve dúvida em afirmar que foi o autor. Sua posição é bastante clara. Tinha no sr. Sérgio Carvalho alguém que ia contra as suas idéias de gestão do turismo da cidade. Fez tudo para derrubá-lo, e conseguiu. Fica claro que o prefeito preferiu não dar ouvidos aos outros empresários que são favoráveis ao trabalho do sr. Sérgio Carvalho e manifestam isso através da Internet. Sem tomar partido deste ou daquele, digo que tudo o que aconteceu revela despreparo político e desprezo pelo coletivo.
O que acabamos de relatar só contribuiu para criar mais confusão no já imensamente confuso panorama do turismo de Ubatuba. Tudo indica que vai prevalecer a vontade do vereador Frediani, ele será ouvido sobre o novo presidente da Setur. Eu desconfio que o nome já está definido, a “torcida do Corinthians” imagina quem é.
De toda a “fritura” sofrida pelo sr. Sérgio Carvalho, que não foi a primeira e nem será a última, percebe-se que em Ubatuba interesses pessoais estarão sempre acima dos interesses da cidade. Cabe a pergunta. Até quando?

Sidney Borges
www.lojasmurray.blogger.com.br/index.html

Crônica Topo

Nostradamus

O sebo do Bado Todão é o meu passeio preferido. Eu tenho a mesma opinião do meu homônimo famoso, Jorge Luis Borges, que perguntado como seria o paraíso, disse imaginar uma espécie de livraria.
É um alento, que bom passar a eternidade numa livraria infinita, com todos os livros que já foram escritos e os que ainda serão. Difícil será ir para o paraíso, provavelmente irei para o inferno que imagino um lugar com uma gigantesca televisão exibindo novelas mexicanas e programas do gênero Big Brother.
Que tristeza passar a eternidade assistindo Sílvio Santos, quem mandou pecar? E como é bom pecar, quem será que inventou essa história que pecar é pecado? E o pior será a companhia dos padres pedófilos, há milhares deles no inferno, chegam todos os dias de todos os lugares do planeta.
Passam os dias implorando garotinhos, garotinhos. Jamais serão atendidos.
Voltando ao sebo do Bado, além dos livros, invariavelmente encontro alguém que nunca vi e que acaba se tornando velho amigo em meia hora. Livrarias operam essa mágica, quem gosta de livros costuma gostar de quem gosta de livros.
Um dia desses comprei um exemplar encadernado do excelente “Goldfinger” de Ian Fleming. Como escrevo ficção, presto imensa atenção aos escritores que conseguiram tornar-se conhecidos e viver da literatura sem apelar para a auto-ajuda ou para a religião. É difícil criar uma história que prenda a atenção dos leitores, além de algum talento há que haver trabalho e dedicação.
Estou apreendendo, aliás estou sempre apreendendo, é o que os orientais chamam de carma, vim ao mundo para apreender. De vez em quando ensino um pouco do que aprendi. Depois de escutar histórias interessantes na livraria, fui para casa e deixei o livro na lista de espera, eu estava lendo seis livros simultaneamente, enquanto não terminasse pelo menos quatro não iniciaria outro.
Semanas depois comecei a leitura. Lembrei-me do filme, da música tema cantada por Shirley Bassie e quando dei por mim estava na página quarenta misturando lembranças do filme com o texto fantástico do livro.
Por alguns momentos eu havia saído do mundo real e adentrado ao universo britânico de Ian Fleming, transportado nas asas da literatura, veículo de encantamento. Súbito, quando o sono estava vencendo a vigília, ao virar a página, caiu uma folha. Ao apanhá-la pareceu-me que estava lá havia muito tempo.
Era uma folha de papel arroz, muito fino, dobrada ao meio e amarelecida. Desdobrei o papel com cuidado, frágil qual pestana de santo. Nele havia um texto escrito com tinta nanquim desbotada. Os caracteres me pareceram cirílicos. Eu estava com muito sono, guardei a folha no livro, no outro dia eu cuidaria dela. Dessa forma, acabei encontrando um texto aparentemente inédito de Nostradamus, foi o que me informou o professor John Pierce do King’s College de Cambridge para quem enviei um e-mail com o texto, depois de passá-lo no scanner.
Ele pediu que eu tirasse um fragmento do papel com muito cuidado e o enviasse para que fosse estudado no laboratório. Em caso de autenticidade, além da curiosidade satisfeita poderia valer um bom dinheiro.
Dias depois veio a resposta, era um texto autêntico, o papel de fabricação chinesa era idêntico aos que foram encontrados nos aposentos de Nostradamos, logo após a sua morte. Aparentemente era de um lote que ele encomendara em Xangai. Junto com a boa notícia vieram instruções para que fosse feito uma cópia cuidadosa, afim de que eles pudessem decifrar o texto.
Nostradamos além de visionário era um grande gozador, no meio de textos da maior seriedade aparecem alguns que não fazem sentido. Prefiro pensar que talvez não tenham sido interpretados corretamente. Algumas semanas depois recebo um e-mail com o texto traduzido, o professor John não atribuiu maiores significados aos escritos, entretanto enviou uma cópia ao professor Thomas Carlyle de Glasgow, a maior autoridade em Nostradamus das Ilhas Britânicas.
Depois de semanas de trabalho diuturno, o professor enviou-nos o seguinte texto: Lúnulas, moluscos cefalópodes decápodes, com concha dorsal reduzida a uma pluma córnea. Aparecerão aos milhares no reino de Architeuthis princeps, na terra em que nada dá certo. Canhumbibe. Era a primeira parte do texto traduzido. Em princípio não queria dizer nada, mas aos poucos notei que havia alguma coerência entre o que estava acontecendo na realidade e o texto do visionário Nostradamus.
Havia uma pista clara, Canhumbibe. Não seria Cunhambebe? Terra que nada dá certo, não pode haver dois lugares semelhantes no Universo, Nostradamus estava falando de Ubatuba.
Lúnulas são lulas, Architeuthis princeps é o nome científico da lula gigante, espera aí reino da lula gigante, seria o Brasil? É claro, Nostradamus estava dizendo que alguma coisa iria acontecer em Ubatuba quando aparecessem milhares de lulas. É o que está acontecendo, nunca houve tantas lulas nestas águas. A lula gigante a que ele se refere deve ser o presidente Lula que é um gigante político além de ser um gigante físico para qualquer lula que não seja gigante. Minha curiosidade acendeu, fiquei excitado e ansioso, o que é um perigo, acabo comendo demais nessa ocasiões, o que me deixa em forma. De pêra.
No próximo texto viria o complemento da tradução com a mensagem completa e então saberíamos o que iria acontecer em Ubatuba após o aparecimento das lulas. Milhares de lulas, ou melhor milhões de lulas. Porradas delas! Na seqüência veio a previsão apocalíptica: Os arcanos dos desígnios dos portais tântricos arfam nas brumas védicas dos imensos alphadicos. Esse é o velho Nostradamus, enigmático pacas.
Isso quer dizer que após as lulas haverá muito peixe, e que mesmo com muito peixe e com muita lula não haverá aproveitamento de tanta fartura para atrair os turistas que poderiam deixar uma boa grana nos caixas dos estabelecimentos comerciais da cidade que estão matando cachorro a grito. E no final Nostradamus completa dizendo que enquanto estiver sob o domínio da trevas e sem uma política de turismo, Ubatuba será eternamente a cidade em que nada dá certo.
O final do texto dá o que pensar. O povo não sabe votar.
Não foi Pelé que disse isso?

Sidney Borges
www.lojasmurray.blogger.com.br/index.html

Carta do Leitor Topo

Turismo? - Os últimos "acontecimentos" políticos que provocaram (novamente) alterações na direção do turismo do município, e as "notícias" das atitudes pessoais dos "atores" envolvidos no cenário, me provocaram um imenso mal estar. Tentei entender as justificativas de cada um. Em vão. Tudo que consegui foi vomitar!

Ronaldo Dias
Ubatuba, SP


Vergonha na Cara III - Prezado Vereador Charles Medeiros. O Sr. próprio definiu muito bem quando diz : "Grande parcela da comunidade não conhece o verdadeiro papel do parlamento"..... , e com certeza estão longe de conhecer, pois as vezes, pelo que ouvimos acontecem em sessões extraordinárias, ou ninguém fica sabendo a tempo, isto é , dependendo dos interesses. Com certeza as afirmações que fiz, com estes adjetivos fortes, não me referí à todos os vereadores e nem a todos os políticos e agregados. Pois a podridão temos em todos os lugares, do esgoto à Presidência, senão não teríamos tantos juizes Lalaus e outros de igual caráter em todo o País trabalhando e tramando na surdina. Minha indignação é mais acima. Justamente é da educação que o Sr. falou que é a questão. Como disse em meu comentário, " Mas o que dirá a maioria que nem acompanha as informações que lemos e é facilmente usada ... etc " . Estes mesmos eleitores que são a massa com poder de eleger e de ser facilmente enganada, também não tem os esclarecimentos e informações suficientes para participar de tais sessões na Câmara dos Vereadores, ao contrário de nós, talvez uns poucos é verdade, que sabemos o que queremos e lutamos em vão contra muitos interesses maiores e as vezes até pessoais. O meu desgosto com a atual prefeitura não é de agora, eu questionei muitas atitudes, inclusive com referência a um problema meu que já vem desde o início desta administração. Disse também que o prefeito em pessoa prometeu que resolveria esse problema e nada.
Não adianta trocar só as moscas, pois a m... da vai continuar a mesma. Quando disse que quanto menos se faz hoje, mais se paga amanhã, é justamente da educação, do berço e da escola da vida a que eu me referia. De onde está, e para onde está indo. Reitero que não estou generalizando , todos sabemos que existem alguns poucos bons políticos , mas apesar dos adjetivos serem fortes , no fundo para mim não deixam de ser verdade até que se prove ao contrário, mas acredito que uma coisa é certa, todos os paralamentares teriam no mínimo, mais do que a obrigação de dar o exemplo, pois se estão lá é para alguma coisa não é?
Quaisquer dúvidas, é só ler o tão esclarecedor e elucidativo comentário do Sr. Sidney Borges, Crônica de uma morte anunciada, que mostra bem o que é política e como se trabalha nos bastidores, principalmente sua frase final.

Alexandre Antonakis
Ubatuba, SP


Convocação - A Associação de Bairro do Lázaro comunica e convida os moradores para uma reunião às 10:00 h do dia 27 de abril no Hotel Saveiros, com a presença do sr. prefeito municipal, Paulo Ramos de Oliveira, para tratar de assuntos como o Posto Policial e outros problemas do bairro. A Sociedade de Bairro do Lázaro conta com a participação de todos.
Atenciosamente

José Vicente de Souza - Presidente
Associação de Bairro do Lázaro
Ubatuba, SP


Rio Juqueriquerê - Sempre gosto de ler as novidades na vossa folha eletronica. Como usuário do rio Juqueriquerê, onde guardo uma pequena embarcação, gostaria de saber se vai ou não ser dragada a boca do rio, para que possa comprar uma lancha maior. Acho quer devia ser feita pressão sobre a Prefeitura para que aprofunde a foz do rio, de modo a permitir a saida fácil de barcos maiores, aumentando a vinda de turistas, de estaleiros e de marinas, melhorando as finanças de Caragua.
Agradecendo uma informação sobre a situação do projeto de dragagem, tenho muitos amigos que também querem saber em que pé está o assunto,

Cassiano Bessa
Engenheiro
São Paulo, SP


Se a moda pega... - Notícias do Peru. Já imaginaram se a moda chega por aqui?
Habitantes de cidade peruana lincham prefeito acusado de corrupção.
AFP - Cerca de 15 mil habitantes de Ilave, na Província de Collao, departamento de Puno, no sudeste do Peru, seqüestraram e lincharam o prefeito da cidade, que acusavam de corrupção, de acordo com a polícia de Puno.
O prefeito de Ilave, Cirilo Fernando Robes Cayomamani, "foi tirado à força de seu gabinete, junto com três vereadores". De acordo com a polícia, ele foi arrastado pelas ruas e preso a um poste. Mais tarde Cayomamani foi encontrado morto debaixo de uma ponte.
"A situação continua difícil, mesmo com a intervenção policial. A população está exaltada" disse um policial.
De acordo com a France Presse, os vereadores foram resgatados estão gravemente feridos.
Comunidades indígenas aimarás estavam em greve por tempo indeterminado desde o dia 2 de abril, exigindo a saída do prefeito. Segundo a agência France Presse, os aimarás foram os responsáveis pelo episódio.

Lourival da Silva
Ubatuba, SP


Crônica de uma morte anunciada - Com este título, Sidney Borges tenta relatar a passagem de Sérgio Carvalho pelos órgãos responsáveis pelo turismo ubatubense. Todavia, esqueceu de cobrar as prestações de contas e o destino do dinheiro arrecadado que não foi pouco. Desde o início enxergamos que o moço de Parantins não reunia condições para gerenciar a nossa principal atividade econômica, só não viu quem não quis. A responsabilidade pelo fracasso é de quem o contratou, sabe-se lá com que interesse. É no mínimo estranho nomear alguém não integrado à realidade local quando Ubatuba reúne nomes altamente recomendados. Só o prefeito insistiu e tem que assumir. Mas, continuar o assunto, é gastar vela com defunto ruim. O importante é que a administração municipal não conseguiu tocar o turismo, além de apresentar um montão de deficiências, basta ver o noticiário aqui mesmo no Litoral Virtual.
Em mais uma conhecida “jogada” um grupo se reúne com o alcaide, afirma estar em busca de boas soluções e alguém que ocupe o malfadado comando do turismo. Tudo documentado, inclusive com fotos. Longe de mim ser pessimista. Apenas conheço bem o modus operandi da turminha nos últimos 40 anos. São os mesmos que tentaram crucificar o Ciccilo Matarazzo e não conseguiram, tremendos pés de chinelo sempre em torno do quarteto maldito sugando a cidade. Aguardem as próximas nomeações quando irão surgir os nomes dos pilantras que serão sustentados com o nosso dinheiro. Além, é claro, daqueles que, através dos empenhos, receberão uma nota preta por uma “prestação de serviços” qualquer sob os aplausos da mídia amestrada local pronta a abocanhar. Aliás, deveria ter começado a escrever com o título: Batendo no cocho!

Ricardo Faria
São José dos Campos, SP

Ubatuba Viva
Um grupo que merece respeito

O jornalista Ricardo Faria, comentando o artigo no qual relatei a demissão de Sérgio Carvalho da secretaria de turismo, afirma que desde o início enxergou que o moço de Parintins não reunia condições para gerenciar a nossa principal atividade econômica. Completou afirmando que só não viu quem não quis. Confesso que realmente não vi nada de desabonador no sr. Sérgio Carvalho, como poderia ser diferente? Não sou vidente, não tenho dons premonitórios. Esperei ações para formar um juízo. Quando julguei que os fatos estavam em desacordo com os interesses da cidade escrevi. De resto, como sempre faço observei. Não defendi nenhuma posição no meu artigo, não ataquei, apenas relatei os fatos, as conclusões cabem a cada um. Continuo afirmando que o turismo deve ser tratado como prioridade máxima e gerido por uma comissão. Dificilmente uma só pessoa será capaz de resolver os problemas do setor com a qualidade dos políticos que há na Câmara. A cidade precisa de vereadores mais preparados. Há um grupo deles que não vê que as atitudes que tomam hoje reverterão contra seus próprios filhos. Falta cultura, conhecimento, escolaridade. Sobra esperteza. Esperteza miúda. Quanto aos aludidos desvios financeiros, só posso falar quando as provas estiverem disponíveis. Antes, seria leviandade de minha parte, mau jornalismo, aliás, atacar sem provas é antes de tudo mau jornalismo. Quanto ao grupo que esteve reunido com o prefeito, não se trata de um grupo de oportunistas. Afirmar isso, sem conhecer o grupo, é no mínimo falta de bom senso. Conhecendo, é leviandade. O jornalista é amigo comum de alguns membros, dentre eles Luís Roberto Moura do Guaruçá, jornal virtual onde somos colunistas. Há o Emílio Campi do Litoral Virtual, para citar apenas os que militam na imprensa. Não é toda a mídia de Ubatuba que está a serviço como é insinuado pelo jornalista. Durante muito tempo assinei uma coluna no jornal “A Semana” onde expus o que achava correto, indo em certos casos contra a orientação do jornal. Sempre fui apoiado pelo editor, Josias Saboya (Jija), nunca houve censura de uma linha sequer, mesmo quando o que escrevi causou algum tipo de constrangimento ao jornal. Isso está longe de ser mídia a serviço. Temos pessoas conhecidas e coerentes fazendo parte do grupo, por exemplo o sr. Marco Antonio Rugiero, a quem o jornalista conhece bem. Seria ele um oportunista? O grupo quer apenas que haja transparência na administração pública. Parece haver consenso em torno dessa aspiração, a revista Veja trouxe uma longa matéria abordando o assunto. Para finalizar, convido o jornalista para participar de uma de nossas reuniões, acontecem às quartas-feiras, às 19:30h, a próxima será na Associação Comercial.

Sidney Borges
 

Foto do Dia Topo

Ubatuba

Praia da Lagoinha em Ubatuba

Praia da Lagoinha
©Emilio Campi


Para instalar a foto como papel de parede (wallpaper)
Clique na foto acima. Após carregar a foto ampliada, clique com o botão direito do mouse sobre a imagem e escolha "Definir como papel de parede" ou "Definir como fundo de tela". Para ajustar a imagem em tela cheia, clique em qualquer lugar da área de trabalho com o botão direito do mouse, escolha "Propriedades" / "Fundo de Tela" ou "Papel de Parede" / "Ampliar".

Arquivos:  Foto Saudade  -  Foto do Dia
 

 Faça seu comentário, crítica, opinião ou sugestão no Litoral Virtual:
Clique Aqui


As notícias, fotos e cartas publicadas neste boletim são de inteira responsabilidade de suas fontes e autores,
não expressando necessariamente a opinião deste informativo. O envio de qualquer material para nosso e-mail
será considerado como autorizado a sua publicação e assumida a total responsabilidade pelo seu conteúdo.
As cartas devem conter nome completo, RG, endereço, telefone de contato e um e-mail válido.
Reservamos o direito de não publicar cartas que não contenham a devida  identificação do autor.


GRÁTIS!!
Receba as Últimas Notícias do Litoral em seu e-mail:

Quero receber GRATUITAMENTE o boletim Últimas Notícias do Litoral na versão:

Compacta (apenas as manchetes c/ Link)
Completa (todas as notícias na íntegra) 
e-mail:
Cidade:



Obs.: Você poderá cancelar o recebimento das notícias a qualquer momento.

Conheça as cidades do Litoral Norte Paulista:

Caraguatatuba Ilhabela São Sebastião Ubatuba

Litoral Virtual
O mais completo site do Litoral Norte Paulista na Internet
Sugestões, críticas e informações, entre em contato:
info@litoralvirtual.com.br

©1995/2001 Emilio Campi - Studio Maranduba - Direitos Reservados
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem a expressa autorização do autor