Litoral Virtual últimas notícias do litoral
Quarta-feira, 05 de maio de 2004 - Nº 1026 Edições Anteriores
Barra da Lagoa Mar Virado Basfibra

Região
Hoje é o último dia para tirar ou transferir o título de eleitor
Frente fria chega hoje à região: deve chover até o final de semana
Queda nos crimes em Caraguá e Ubatuba. Aumento em S.Sebastião
Cinco jovens morrem em acidentes nas estradas da região
Cidades do Litoral Norte conseguem vacinar mais de 70% dos idosos


Caraguatatuba
Fotógrafo de Caraguá expõe fotos no metrô de São Paulo
Mesa redonda em Caraguatatuba esclarece o papel do Terceiro Setor
Caraguá é a 3ª cidade do Estado com maior número de casos
Noite do vermelho e preto supera expectativas e reúne cerca de duas mil pessoas
Ato na Rio-Santos pede melhoria em sinalização
MP paralisa obra da SP-55 do Fórum ao rio Guaxinduba
Câmara discute parecer do TC às contas de 2001
Kazon anuncia o Banco Safra para Caraguá
Polícia Rodoviária tem novo posto em Caraguá
Valmir quer iluminar campos de futebol
Valmir quer mais uma escola na zona sul
Valmir quer Posto Policial no lugar de UBS
Sala de Imprensa facilita trabalho de jornalistas

Ilhabela
Ilhabela faz consulta popular para elaborar orçamento de 2005
Aprovado projeto que altera a multa da Lei do canteiro de obras
Ilhabela apresenta dados financeiros dos acidentes de trânsito
Vídeo do Orçamento Participativo é tido como propaganda política


São Sebastião
Falta de quórum adia votação de CEI para investigar Caso Eness
Vereadores obtêm apoio para CEI
SEAP reforça estrutura para agilizar emissão de carteira de pescador
Campeonato de Vale Tudo arrecada 500 kg de alimentos
Turista morre afogado durante pescaria na costeira
Áreas usadas como depósito de lixo viram jardins na Topolândia
PM prende suspeito de estuprar duas publicitárias após roubo
Mutirão de caça recolhe quase 100 kg de caramujos em uma manhã

Ubatuba
Ubatuba Viva se reúne com Secretários Municipais
Uniformes para funcionários de obras
Estufa II em ritmo de recuperação de ruas
Cadastro único beneficia população
Ipiranguinha movimenta mais de 3 mil no 1º de Maio


Seções
Artigo
Crônica
Carta do Leitor
Foto do Dia


Notícias da Região Topo

Hoje é o último dia para tirar ou transferir o título de eleitor

Litoral Norte - Termina hoje o prazo para tirar o título de eleitor ou transferir o local de votação (domicílio eleitoral). Ontem à tarde o movimento era intenso nos cartórios da região, como em São Sebastião (foto), onde o tempo de espera na fila chegou a passar de duas horas. Hoje, o atendimento vai das 9h às 15h. Para quem vai tirar o título pela primeira vez, os documentos exigidos são: RG, comprovante de residência em nome do requerente ou familiar. Maiores de 18 anos (sexo masculino), também devem levar o certificado de alistamento militar. Para transferência de domicílio eleitoral, o cartório exige o título de eleitor, comprovantes de votação, RG e comprovante de residência. A previsão é de movimento intenso durante todo o dia. (Fonte: Imprensa Livre)

Frente fria chega hoje à região: deve chover até o final de semana

Litoral Norte - A partir de hoje, a Região vai receber uma frente fria, que deve seguir até o próximo final de semana. Deve haver um aumento das pancadas de chuva e a queda da temperatura em toda a região. O CPTEC, negou que o Litoral Norte sofra com as ações de um ciclone que atinge a região sul do país. Esse ciclone, que é subtropical e veio da Argentina, está deixando toda a comunidade do sul em alerta. Lá, o clima já mudou e fez com que muitos portos parassem temporariamente de funcionar. O CPTEC afirma que o ciclone, que veio da Argentina, é comum nesse período do ano. A previsão é de que os ventos se intensifiquem ainda mais hoje. “Nos próximos dias são esperados ventos moderados e fortes (podendo ultrapassar 70 Km/h), agitação marítima e chuvas fortes nos estados da Região Sul, principalmente na faixa leste. Isso ocorrerá devido à presença de um anticiclone, que é uma área com pressão atmosférica relativamente alta e ventos girando no sentido anti–horário, na superfície”, comenta a pesquisadora do INPE, Viviane Regina Algarve. Ela diz que esse ciclone estará totalmente formado na quinta-feira, mesmo dia em que acontece o período mais intenso de chuvas no estado de São Paulo. A Defesa Civil de São Sebastião está em alerta para qualquer problema que ocorra em decorrência da mudança de clima. A equipe acredita que o mar não deva ficar muito agitado, mas de qualquer maneira, está pronta para atuar. O comandante Julio César, da Capitania dos Portos de São Sebastião disse que ontem a DNH (Diretoria de hidrografia e navegação) emitiu o aviso 115/04, que prevê uma ressaca para essa região. As ondas poderiam variar entre 2,5 a 3 metros a partir da madrugada de hoje e prosseguirem até amanhã. O comandante disse que existem vários meios de comunicação entre os usuários de embarcações e por esse motivo, ainda não está sendo adotada nenhuma medida com relação a esse assunto. Ele diz que a Capitania também está pronta para atuar e acionar a Salvamar em casos de emergência. O Iate Clube Barra do Una, como de costume, não funciona hoje. Já o Yacht Clube Ilhabela, não está fazendo modificações na rotina do serviço náutico, porque realiza constantemente o monitoramento da situação do mar. Até ontem à noite, a previsão utilizada pelo clube previa apenas as pancadas de chuva para a região. O vento, segundo o documento, estaria hoje entre 2 a 8 nós no período da manha e entre 2 a 10 no período da tarde. Segundo funcionários do píer do clube, as informações recebidas apontavam caso o ciclone conseguisse chegar ao sudeste, seria bloqueado no Litoral Sul de São Paulo e não atingiria a região. O CPTEC garante que um monitoramento mais intensivo está sendo feito e outros boletins serão divulgados para deixar a população sempre em alerta. (Fonte: Imprensa Livre)

Queda nos crimes em Caraguá e Ubatuba. Aumento em S.Sebastião

Litoral Norte - A estatística trimestral da Secretaria de Segurança Pública, divulgada esta semana, revelou uma novidade. Caraguatatuba e Ubatuba, que lideraram no último ano a criminalidade no Litoral Norte, registraram reduções nos principais crimes, como homicídio, neste último trimestre em comparação com o mesmo período de 2003. Em compensação, São Sebastião, que era mais tranqüila que as outras, registrou crescimento. Segundo os dados, Caraguatatuba teve nos primeiros três meses deste ano uma queda de 53% nos assassinatos. Ubatuba, que somou nove homicídios no primeiro trimestre de 2003, registrou este ano apenas um, com uma redução de 88%. A melhora também abrange os furtos, com queda de 16% em Caraguatatuba e 7% em Ubatuba. Os roubos em Ubatuba caíram em 6% e em Caraguatatuba houve um aumento de apenas 11%. Ilhabela também teve queda de 3% nos furtos (crime de maior registro na cidade) e um aumento de 6% nos roubos. Na contramão, São Sebastião não acompanhou este resultado. A cidade, que já foi a menos violenta, teve aumento de 50% nos homicídios, de 52% nos roubos e 4,8% nos furtos.
Pequenos números - O delegado Seccional do Litoral Norte, João Barbosa Filho, não acredita que estes números representem um aumento da violência. “São valores pequenos (seis em 2003 e nove em 2004) se comparados com outras cidades do Vale do Paraíba ou do Estado”, acrescentou. Segundo o delegado, destas nove vítimas, incluindo um preso da cadeia de São Sebastião, a quase totalidade tinha envolvimento em crimes. Sobre o aumento nos roubos, o delegado explica que nesta temporada a cidade também teve mais turistas que no pe-ríodo passado. Grande parte destes crimes têm ocorrido na Costa Sul, que vem recebendo assaltantes novos. A situação foi diferente das outras cidades, que tiveram redução da criminalidade. “Em cada cidade fizemos uma lista de marginais mais procurados e conseguimos prendê-los”, justificou. Conforme o delegado, a criminalidade tem altos e baixos. São bandidos presos e outros novos que surgem. “Este ano reduziu, mas o próximo ano pode aumentar e registrar dados diferentes”, analisou. (Fonte: Imprensa Livre)

Cinco jovens morrem em acidentes nas estradas da região
Pelo menos três das vítimas voltavam da “balada” e estariam em alta velocidade

Litoral Norte - Cinco pessoas morreram em acidentes de trânsito nas estradas da região no fim-de-semana e na tarde de ontem. Pelo menos três das vítimas, sendo duas de Ilhabela e uma de Caraguatatuba, voltavam da “balada”, quando os motoristas perderam o controle, pois estariam em alta velocidade. Em Caraguatatuba, por volta das 3 horas de domingo, no Km 90,6 da SP-55, o comerciante D.B., 20 anos, retornava de uma festa, trafegando no sentido Ubatuba/Caraguatatuba, quando perdeu o controle do Fiat Strada que dirigia, batendo em um poste de energia. A colisão provocou a morte do passageiro Erick Maike Onofre, 19 anos, e ferimentos graves em D.B., que foi conduzido ao pronto-socorro da Casa de Saúde Stella Maris, onde está internado. Segundo a recepção do hospital, seu estado de saúde é estável, não correndo risco de morte.
Em Ubatuba o acidente foi no Perequê-Mirim, na rua Benedito Henrique, também na madrugada de sábado, e matou o faxineiro Cícero Clemente da Silva, 30 anos. A vítima conduzia um Gol no sentido Centro/Bairro quando perdeu o controle do carro e bateu em uma coluna de concreto da parede de uma loja. Com ferimento profundo no pescoço, que quase foi degolado, a vítima foi encontrada caída a cerca de 20 metros do carro. As hipóteses são de que o faxineiro chegou a sair do carro e andar alguns passos, ou de que no impacto da colisão tenha sido jogado para fora do veículo.
Ilhabela e São Sebastião - Em Ilhabela duas pessoas morreram na estrada Perimetral Norte, bairro Barreiros. O marinheiro André dos Santos Silva, 20 anos, e Henrique Rodrigues, também de 20 anos, retornavam de uma festa, em uma moto, quando sofreram o acidente, com horário incerto. Os dois foram localizados na manhã de ontem por uma pessoa que passava pela estrada e viu a moto e as vítimas caídas na costeira a uma altura de aproximadamente dez metros. O acidente não teve testemunha. Pela forma em que o veículo e as vítimas estavam nas pedras, a suspeita é de que Silva, o condutor da moto, perdeu o controle e bateu em um poste, antes de cair nas pedras. Em São Sebastião, o acidente foi na tarde de ontem, no Km 158,3 da SP-55, na serra de Maresias. O caseiro Valmir Batista da Silva, 29 anos, pilotava uma moto sentido São Sebastião/Bertioga, quando invadiu a pista contrária e bateu frontalmente em um caminhão da GDK, que presta serviços para a Petrobras. Uma ambulância, que passou logo após o acidente, chegou a levá-lo até o pronto-socorro de Boiçucanga, onde morreu minutos depois de dar entrada. O acidente foi registrado no 2° Distrito Policial. (Fonte: Imprensa Livre)

Cidades do Litoral Norte conseguem vacinar mais de 70% dos idosos

Litoral Norte - As quatro cidades do Litoral Norte conseguiram atingir a meta estipulada pelo governo federal para a campanha de vacinação do idoso contra a gripe. Todas elas vacinaram mais de 70% dos idosos, o que é acima do índice esperado para a campanha. Apesar da vacinação ter sido encerrada na última sexta-feira, os idosos ainda podem procurar os postos de saúde para receberem a imunização. Em Ilhabela, foram vacinados contra a gripe e o tétano, 1.200 idosos.
Esse número equivale a 79% da população idosa da cidade, que está em torno de 1.500 pessoas. A secretaria de Saúde comemorou o resultado, mas espera que os demais idosos ainda possam ser vacinados. Ubatuba imunizou cerca de 4.800 idosos e também superou as expectativas da secretaria de Saúde, já que no ano passado o índice de vacinação foi bem menor. Em 2003, aproximadamente 2.500 idosos receberam a dosa da vacina. A secretaria de Saúde de São Sebastião também obteve números superiores em relação à campanha anterior. Mesmo assim, desde o ano passado o resultado é superior aos 70% estipulados pelo governo. Em São Sebastião, a população idosa está em torno de 6 mil pessoas. Caraguatatuba também não ficou com índices negativos na campanha. Os números chegaram em torno de 79% da população idosa vacinada. As equipes de vigilância epidemiológica das quatro cidades acreditam que os resultados positivos também se devem às ações das equipes do PSF (Programa de Saúde da Família), que atuaram de forma intensa e chegaram a vacinar muitas pessoas em suas casas. (Fonte: Imprensa Livre)

Notícias de Caraguatatuba Topo

Caraguatudo O Guaruçá

Câmara discute parecer do TC às contas de 2001
Parlamento Municipal pode acatar ou rejeitar parecer do órgão

Caraguatatuba - A Câmara Municipal de Caraguatatuba discute hoje, terça-feira, dia 4 de maio, na Ordem do Dia da sua 13ª Sessão Ordinária semanal, Parecer do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TC/SP) quanto as contas da Prefeitura no ano fiscal de 2001. Segundo os técnicos do órgão, o parecer é favorável e as contas devem ser aprovadas. Ressalvas são feitas quanto a detalhes pendentes.
De acordo com o Regimento Interno da Câmara, toda vez que houver discussão sobre Parecer do Tribunal de Contas, seja dos gastos e recebimentos do Executivo ou do Legislativo com base em algum ano fiscal, o Expediente é reduzido para 30 minutos e conseqüentemente entra a Ordem do Dia, apenas com esta discussão. Normalmente a Sessão Ordinária semanal tem Expediente de 90 minutos, 60 minutos para a Tribuna dos Vereadores, intervalo de 15 minutos às 22 horas e a partir daí, a Ordem do Dia. O início da Sessão acontece tradicionalmente às 19h30, não importando que tipo de sessão seja. Na sessão desta semana, estará em discussão o Parecer do Tribunal de Contas quanto ao Orçamento de 2001 da Prefeitura Municipal. O parecer dos técnicos do órgão é pela aprovação, com ressalvas em alguns atos pendentes de apreciação do Tribunal de Contas, com a recomendação de autos apartados, à margem do parecer e determinação à auditoria do TC/SP. A aprovação das contas necessita dos votos de 2/3 dos Vereadores. (Fonte: Câmara Municipal de Caraguatatuba)

Kazon anuncia o Banco Safra para Caraguá
Parlamentar quer linha de crédito especial para o comércio

Caraguatatuba - O Vereador Omar Kazon (PL), da Câmara Municipal de Caraguatatuba, tem em sua base eleitoral, entre outros quesitos, a preocupação com os destinos dos comerciantes e prestadores de serviço da cidade. A sua preocupação fica mais forte tendo em vista a atual situação financeira nacional e a crise que se arrasta há anos em Caraguatatuba e no Litoral Norte. Para tentar solucionar a questão, o Parlamentar está trazendo o Banco Safra, que deverá adotar uma linha especial de crédito junto ao comércio local. Recentemente o Vereador trouxe o Sudameris para Caraguá, que financiou empréstimos aos Servidores Públicos Municipais, sejam eles do Executivo como do Legislativo. O banco ofereceu dinheiro com taxas abaixo do mercado, na tentativa de solucionar a inadimplência e renovar o capital de giro da categoria, que dentro em breve voltará a gastar com tranqüilidade no comércio local. Agora a preocupação do Parlamentar se volta para o comércio e os prestadores de serviço de Caraguatatuba, que sofrem com a sazonalidade do Verão e a falta de uma política mais intensa e agressiva para o Turismo na região. A medida, que pode ser considerada paliativa, mas tem caráter resolutivo para o momento é a vinda do Banco Safra, que irá oferecer linhas especiais de crédito para os comerciantes, a juros baixos e menores do que os praticados pelo mercado. “O comerciante precisa de lastro (dinheiro), para se manter enquanto não chega um feriado prolongado, as férias de verão ou que os governos tomem uma iniciativa de investir no Turismo, afastando o fantasma da sazonalidade”, disse. Kazon quer a ação do Banco Safra de forma conjunta e eficaz. “Vamos entrar em entendimento com a ACI (Associação Comercial e Industrial de Caraguatatuba), para que o Safra se reúna com a maioria dos comerciantes, exponha seus planos e feche acordos com um grande número ou a totalidade dos empreendedores em dificuldades”, disse. A vinda dos técnicos do Safra está sendo agendada e ainda não há data marcada até o momento. (Fonte: Câmara Municipal de Caraguatatuba)

Polícia Rodoviária tem novo posto em Caraguá
Reivindicação do Parlamentar é atendida pela Prefeitura e Governo do Estado

Caraguatatuba - A principal função do Vereador é representar as comunidades e intermediar suas reivindicações junto aos outros poderes, como o Executivo Municipal e Estadual. A maior de suas alegrias é quando uma reivindicações é vista como prioridade e atendida pelo Executivo.Este é o caso do Vereador Nilson Lopes da Silva – Nézão (PPS), que desde o início deste mandato – o primeiro de sua história política, vem requisitando do Prefeito Antonio Carlos da Silva (PSDB) a mudança de localização do posto da Polícia Rodoviária na SP-99 – a Rodovia dos Tamoios, que liga Caraguatatuba a São José dos Campos. De acordo com o Vereador a antiga localização do posto favorecia os marginais que após praticarem seus crimes, poderiam fugir para o Vale do Paraíba utilizando uma saída (antigo Recanto Anna), que fica distante e fora do campo de visão dos policiais rodoviários. O atual posto da Polícia Rodoviária está instalado cerca de 600 metros a frente na SP-99. A solenidade de entrega ocorreu no dia 19 de abril, com a presença de autoridades civis, militares, políticas e religiosas, além de membros da Sociedade Civil organizada. Na ocasião o Vereador manifestou a sua alegria pela solicitação atendida. “É bom ver que o pedido de um Vereador é visto como prioridade e recebe o devido atendimento por parte do parceiro chamado Poder Executivo”, disse. CMC

Valmir quer iluminar campos de futebol
Proposta do Parlamentar está incluída na LDO 2005

Caraguatatuba - O Vereador Valmir Gonçalves – Valmir da Colônia (PSDB), da Câmara Municipal de Caraguatatuba sempre teve como preocupação o direcionamento do esporte e a formação das crianças, com intuito de alcançarem a maioridade com noções de cidadania para uma sociedade melhor e mais justa. Com base nisso, elaborou proposta que será discutida na LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) para o próximo ano e que poderá figurar no Orçamento de 2005. Dentro da sua política de incentivo ao esporte e de apoio à cidadania, o Vereador elaborou proposta que atende às suas bases eleitorais, localizadas na zona sul da cidade. Na proposta está a iluminação dos campos de futebol do E.C. Brasília, no bairro do Porto Novo e do E.C. Estrela do Morro, no bairro do Morro do Algodão, tradicionais centros esportivos da cidade que já formaram dezenas de atletas que despontaram no esporte amador de Caraguatatuba. Com a proposta, Valmir espera dar maior incentivo ao esporte, com a prática de futebol no período noturno, com a criação de torneios e de escolinhas de futebol para crianças. O Vereador é autor também de um projeto que permite a propaganda dentro dos ginásios municipais, com a renda revertendo para um fundo de apoio ao esporte amador na cidade. A proposta do Vereador será levada para análise no Executivo e discussão na próxima Audiência Pública sobre a LDO, dentro de alguns dias. Para o Parlamentar, não há maior incentivo ao esporte e apoio à cidadania do que iluminar um campo de futebol. “Oferecer condições de prática esportiva a todas as camadas da sociedade no esporte mais desenvolvido no país é com certeza formar um futuro craque de nossa Seleção Brasileira, bem como tirar da vida da criança, a sombra do mal, das drogas e da violência que impregna a nossa sociedade”, disse Valmir da Colônia. (Fonte: Câmara Municipal de Caraguatatuba)

Valmir quer mais uma escola na zona sul
Parlamentar quer atender a bairros que ficam entre 2 unidades

Caraguatatuba - O Vereador Valmir Gonçalves – Valmir da Colônia (PSDB), da Câmara Municipal de Caraguatatuba, protocolou proposta à LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias), que poderá figurar no Orçamento 2005 do município que pede a construção de uma escola que atenderia as crianças de 6 bairros da cidade. Segundo o Parlamentar estas comunidades tem apenas as escolas do Morro do Algodão e Porto Novo, com distâncias que vão até a 4 quilometros. Visto pelo mapa da cidade, as crianças que moram no Loteamento Jardim das Palmeiras, Golfinho, Pontal Santa Marina, Jardim Britânia, Recanto do Sol e Mar Azul, tem apenas as escolas do Porto Novo e do Morro do Algodão para estudar. O problema é que algumas crianças andam até 4 (quatro) quilômetros para ir a escola, tendo que depender do bom tempo e de ir até a SP-55, Rodovia Prestes Maia, para, num ônibus urbano, seguir até a escola. Pensando neste problema o Vereador fez proposta na Audiência Pública da LDO deste ano, que discute o Orçamento de 2005, a construção de uma escola que atenderia a estas comunidades, trazendo-lhes mais conforto e menos atribulações para a escola diária. A proposta foi incluída e será analisada pelo Executivo, além de discutida novamente na próxima Audiência Pública, que acontece nos próximos dias. De acordo com o Vereador esta é uma simples questão. “Os governos do PSDB sempre priorizaram a Educação, seja ele com Alckmin como com o Prefeito Antonio Carlos e o benefício que isto irá dar a estas comunidades não tem valor, pois com certeza, muitas crianças não freqüentam as aulas diariamente devido a distância que percorrem até uma das atuais escolas.”, frisou o Parlamentar. (Fonte: Câmara Municipal de Caraguatatuba)

Valmir quer Posto Policial no lugar de UBS
Parlamentar quer uso policial para prédio que não terá destinação

Caraguatatuba - O Vereador Valmir Gonçalves – Valmir da Colônia (PSDB), quer unir o útil ao agradável no bairro do Morro do Algodão, na zona sul de Caraguatatuba. O Parlamentar quer a Polícia utilizando o espaço que antes era destinado a UBS (Unidade Básica de Saúde) do bairro. A atual UBS do Morro do Algodão está com o seu espaço físico comprometido, devido ao volume de atendimento e devido a isso, a Prefeitura Municipal está construindo e deverá inaugurar nos próximos dias uma nova unidade de Saúde, para o melhor atendimento as comunidades do Morro do Algodão, Praia das Palmeiras, Golfinho e Jardim Britânia. Tendo em vista que o prédio público ficará vazio e lutando para que não fique ocioso e pensando na Segurança Pública, visto que na opinião do Parlamentar estes bairros são carentes de policiamento ostensivo, Valmir da Colônia quer dar uma nova destinação ao próprio municipal. Para isso, formalizou Indicação para que as instalações da antiga UBS do Morro do Algodão sejam destinadas para a Polícia Militar, que lá efetivaria um Posto Policial. Na opinião do Parlamentar, além da posição estratégica do futuro posto, existe toda a infraestrutura necessária para a sua instalação, tal como banheiros, salas, cozinha e estacionamento para até 2 (dois) veículos. “Temos que pensar na melhor maneira de ocupar um prédio público, economizando dinheiro e revertendo a destinação para a melhoria de condições das comunidades.”, disse o Parlamentar. (Fonte: Câmara Municipal de Caraguatatuba)

Sala de Imprensa facilita trabalho de jornalistas

Caraguatatuba - Para facilitar ainda mais o trabalho de jornalistas, repórteres e profissionais da área de comunicação, a Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Caraguatatuba criou a Sala de Imprensa, um espaço com notícias e fotos do dia, para download gratuito, no site oficial da cidade. A Sala de Imprensa foi inaugurada em caráter experimental, no dia 30 de abril, e já oferece notícias atualizadas diariamente. Além de facilitar o acesso às notícias, a Sala de Imprensa é um canal de comunicação entre veículos de informação da região. Até o momento, dois jornais estão disponíveis em forma de links e podem ser acessados da própria sala. Os veículos interessados em fazer parte da Sala de Imprensa devem enviar e-mail para eliane.comunicacao@caraguatatuba.sp.gov.br, solicitando a inclusão de link para seu site. A sala de imprensa é mais um atrativo do site oficial da prefeitura e já está facilitando o trabalho de muitos profissionais que o acessam em busca de releases, fotos, entre outras informações para publicação. Para o diretor do Jornal Correio do Litoral, João Marcelo de Vicenzo, a iniciativa desta união entre os veículos é importante para a integração da opinião do público que poderá acessar a vários veículos e satisfazer a sua curiosidade de informação. “Este tipo de portal que une informações é bom para todo mundo, porque torna a notícia mais ágil e homogênea, e para quem trabalha com informação, é mais uma ferramenta a ser utilizada. A iniciativa da prefeitura de Caraguá foi corajosa e demonstrou uma transparência rara de se ver. Não é qualquer prefeitura que faria isso”, comentou. A sala facilitará também o trabalho de estudantes, pesquisadores e pessoas que buscam informações rápidas e precisas sobre diversos assuntos da cidade. Caraguá vem sendo procurada por estudantes da área de Arquitetura, Turismo e Comunicação Social para servir como tema de seus trabalhos de conclusão de curso devido ao seu desenvolvimento. O site oficial foi desenvolvido há sete meses e mais de 140 mil internautas já o visitaram. www.caraguatatuba.sp.gov.br. (Fonte: Câmara Municipal de Caraguatatuba)

Fotógrafo de Caraguá expõe fotos no metrô de São Paulo

Caraguatatuba - O fotógrafo italiano Gianni D´Angelo vai participar da 2ª Mostra da Exposição “SP: Um Caso de Amor, 450 Pontos de Vista”, que será montada da Estação República do Metrô, no dia 8 de maio. Serão apresentados mais de 75 trabalhos, sendo a maior exposição profissional de fotografia em homenagem ao aniversário da cidade. Participarão fotógrafos de renome, que fazem parte da lista dos 450 melhores fotógrafos do Brasil. A mostra terá também comentários dos músicos Arrigo Barnabé, Carlos Carega, Luiz Tatit e Jussara Silveira; do cineasta Beto Brant; da atriz Esther Góes; dos jornalistas e escritores Ignácio de Loyola Brandão, Humberto Werneck, Patrícia Palumbo e e Alice Ruiz; do psiquiatra Geraldo Busatto Filho e dos professores Marcos Silva, Ana Lanna e Heloísa de Faria Cruz. Gianni foi encontrado pelos organizadores da exposição através do seu site, que continha as fotos da cidade de São Paulo que havia feito para participar da exposição coletiva “São Paulo – um outro ponto de vista”, com cinco fotógrafos de Caraguá. Uma de suas fotos foi bastante apreciada por ter mostrado uma sensibilidade para o lado humano de São Paulo, na qual crianças de rua faziam carinho em um cachorro. “É uma honra poder representar São Paulo. Foi muito bom porque me procuraram e me escolheram entre os 450 fotógrafos que irão participar de uma exposição importante e bastante visível, o que tornará o meu trabalho mais conhecido, estou muito feliz” comemora o fotógrafo. (Fonte: Imprensa Livre)

Mesa redonda em Caraguatatuba esclarece o papel do Terceiro Setor

Caraguatatuba - Na última sexta-feira, alunos, professores, representantes de Ongs e demais convidados, estiveram presentes à mesa redonda “Gestão do Terceiro Setor”, no auditório das Faculdades Integradas Módulo e discutiram sobre as questões econômicas, sociais, ambientais e políticas da sociedade brasileira e mais especificamente do Litoral Norte. Participaram da Mesa: André Luís Miragaia Mendes (ONG Vale Verde); Mauro Medeiros (SEBRAE - Litoral Norte); Paulo Malta (Pastoral da Criança); Walter Tavares da Silva (Rotary Club – Caraguatatuba Poiares). As organizações participantes apresentaram seus objetivos, forma de gestão e de financiamento, destacando a prática ativa de cidadania para a promoção da vida humana em condições de sustentabilidade econômica e social. Os projetos econômicos e sociais diziam respeito à luta pela defesa do meio ambiente, ao esforço para capacitar homens e mulheres e torná-los pequenos empreendedores inseridos em uma complexa economia de mercado, ao cuidado para salvar a vida de crianças carentes e no intercâmbio cultural de jovens e profissionais do mundo inteiro. Os participantes esclareceram que o Terceiro Setor não substitui o Estado. O Estado é fiscalizado pelo Terceiro Setor e também é seu parceiro, praticando assim a democracia participativa. O Terceiro Setor conta também com a iniciativa privada para financiar seus projetos, sem no entanto deixar de fiscalizá-la em questões ambientais. A responsabilidade social e ambiental das empresas privadas é mais um diferencial competitivo na economia contemporânea, o que diminui a dicotomia entre progresso técnico e preservação ambiental. Ficou claro também que as pessoas que fazem o terceiro setor são responsáveis, comprometidas e alegres, pois as atividades que exercem dão significado às suas vidas. Como afirmou o Professor Ladislau Dowbor: “O Terceiro Setor veio para ficar. Trata-se de um resgate planetário do protagonismo individual e social e do declínio histórico da visão passiva da cidadania” (Revista de Administração-PUC-SP). (Fonte: Imprensa Livre)

Caraguá é a 3ª cidade do Estado com maior número de casos

Caraguatatuba - Até ontem, registrava 167 casos de dengue clássica, neste ano. É a terceira cidade com a maior incidência no Estado de São Paulo. Em primeiro lugar, está o município de Potim, com 554 registros, e em segundo está São Vicente, com 291 casos. Conforme a Secretaria Estadual de Saúde, os casos de dengue em São Paulo caíram 92% nos primeiros quatro meses de 2004, em relação ao mesmo período do ano passado. Neste ano foram registrados 1.373 casos confirmados da doença contra 17.150 nos primeiro quadrimestre de 2003. Ainda segundo a secretaria, a dengue desapareceu em 135 municípios. Neste ano, 34 cidades apresentaram focos da doença. Em 2003, até o fim de abril, foram 169 municípios. “A população precisa continuar ajudando no combate à doença, como já tem feito neste ano”, afirma o secretário de Estado da Saúde, Luiz Roberto Barradas Barata. Em Caraguatatuba, todos os 167 casos são autóctones (contaminação local). Do total de 608 casos suspeitos, 171 foram descartados e 270 pessoas aguardam resultados de exames. A cidade conta com 16 agentes de combate a proliferação do mosquito de dengue, o Aedes aegypti. No ano passado foram registrados 433 casos de dengue em Caraguatatuba, 380 deles autóctones. Conforme a assessoria de imprensa da prefeitura, casas de veraneio fechadas provocam a maior dificuldade no controle, uma vez que seus proprietários deixam de evitar situações em que o mosquito da dengue se prolifera (água limpa em qualquer recipiente). Neste ano, a prefeitura aplicou 120 notificações alertando proprietários destes imóveis. Por enquanto, ainda não foram aplicadas multas porque, segundo a prefeitura, após receberem auto de infração, eles têm respeitado as orientações, dentro do prazo de dez dias. As multas variam de R$ 350,00 a R$ 1.200,00.
Ilhabela - Ilhabela notificou 40 casos de dengue clássica, neste ano, um ou dois deles são importados (contaminação em outra cidade), segundo disse a diretora da Vigilância Epidemiológica do município, Fabiana Cristina Gonçalves. Entre 255 suspeitas, 107 foram descartadas e 78 aguardam diagnósticos. Doze agentes atuam no combate ao mosquito. “Cada morador precisa fazer a sua parte”, Fabiana lembra, referindo-se aos cuidados preventivos. Ela declara que as áreas mais infestadas pelo mosquito ficam entre Barra Velha (altura da balsa) até o centro da cidade. Em 2002, Ilhabela registrou 68 casos de dengue, entre autóctones e importados. Em 2003, foram notificados 12 casos autóctones. São Sebastião - São Sebastião, desde janeiro deste ano, notificou somente oito casos de dengue clássica, sete deles autóctones. A Secretaria Municipal de Saúde, preocupada com risco de dengue hemorrágica, promoveu ontem curso para 70 profissionais da Saúde, entre médicos, enfermeiros e dentistas. O diretor do Departamento Municipal de Controle de Doenças e Programas, Eduardo Eiras, explica que os médicos Carlos Mello Capitani e Luiz Francisco receberam treinamento do Ministério da Saúde e estavam ontem repassando conhecimentos sobre os diagnósticos e tratamento. A exposição ocorreu entre 13 e 17h no Teatro Municipal. Em 2002, a cidade de São Sebastião registrou mais de 1200 casos de dengue, entre autóctones e importados, Em 2003, o número caiu para sete casos. Eduardo Eiras considera que a queda acentuada se deve também a maior conscientização dos moradores. Ubatuba - Ubatuba jamais registrou qualquer caso autóctone de dengue, mas a cidade tem focos do mosquito na região central. “Temos o mosquito, mas não temos doentes”, diz Denise Terra Fernandes, que atua no programa Educação e Saúde, do Serviço Municipal de Saúde Coletiva. Somente quatro agentes da Sucen (Superintendência do Controle de Endemias), órgão do Estado, atuam no combate a focos do inseto, nessa cidade. Prevenção permanente é a melhor forma de combater a doença - A comunidade não deve relaxar no combate ao mosquito da dengue, que se desenvolve em água limpa e parada. A fêmea do inseto transmissor coloca os ovos em qualquer recipiente com água limpa e parada. Pneus ao relento, armazenando água, por exemplo, são excelentes para o desenvolvimento das lavras. O Aedes aegypti prolifera dentro ou nas proximidades de habitações (casas, apartamentos e hotéis), em qualquer lugar que acumule água limpa e parada (caixas d’água, cisternas, latas, pneus, cacos de vidro e vasos de plantas). Como é praticamente impossível eliminar o mosquito, é preciso identificar objetos que possam se transformar em criadouros do Aedes. Por exemplo, uma bacia no pátio de uma casa é um risco, porque, com o acúmulo da água da chuva, a fêmea do mosquito poderá depositar os ovos neste local. O único modo é limpar e retirar tudo que possa acumular água e oferecer risco. Na maior parte dos casos, o foco do mosquito está nas residências. Os sintomas mais comuns da doença são febre, dores no corpo, principalmente nas articulações, e dor de cabeça. Também podem aparecer manchas vermelhas pelo corpo e, em alguns casos, sangramento, mais comum nas gengivas. Ao perceber os sintomas, a pessoa deve procurar a unidade de saúde mais próxima de sua casa. Alguns dos sintomas da dengue só podem ser diagnosticados por médico. A dengue, mesmo na forma clássica, é uma doença séria. Caso a pessoa seja portadora de alguma doença crônica, como problemas cardíacos, devem ser tomados cuidados especiais. No entanto, ela é mais grave quando se apresenta na forma hemorrágica. Nesse caso, quando tratada a tempo, a pessoa não corre risco de morte. Fonte: Secretaria de Estado da Saúde. (Fonte: Imprensa Livre)

Noite do vermelho e preto supera expectativas e reúne cerca de duas mil pessoas

Caraguatatuba - A Noite do Vermelho e Preto, que foi realizada na última sexta-feira, superou as expectativas dos organizadores e reuniu cerca de duas mil pessoas. Realizada pela Máxima Produções, a festa aconteceu na mansão da Prainha e animou os convidados com muita música (foto), já que, além dos DJs Cris Simões, de São Paulo, e Ale, de Caraguatatuba, esteve presente Mara Amaral e banda. Ela cantou vários ritmos, o que não deixou ninguém parado.
O local da festa, apesar de ser bastante amplo, acabou ficando apertado devido à quantidade de pessoas. A casa foi decorada com as cores do tema, vermelho e preto, além de ter uma iluminação especial. Foi notável a procura pelos ingressos de última hora, fato que ocasionou um pouco de demora na entrada da casa. Até 1h30 havia pessoas na fila. Cíntia Oliveira, 20, estava no grupo que não tinha convite. Ela disse que teve dúvidas se iria ou não à festa, e por isso não colocou o nome na lista. Na última hora resolveu ir, mas não conseguiu ser incluída na lista nem pegar um flyer. “Só de ver o movimento lá dentro dá vontade de persistir e tentar entrar”, comentou. As mulheres que compareceram à festa puderam ficar ainda mais bonitas, já que uma equipe trabalhou para oferecer retoques de maquiagem e cabelo para as convidadas. A Noite do Vermelho e Preto teve um diferencial, que foi reunir pessoas de várias idades num único evento. Apesar disso, a grande maioria se mostrou satisfeita com o resultado da festa, que foi terminar por volta das 7h. O evento foi tranqüilo e não teve nenhum problema durante toda a noite. Mesmo assim, seguranças fizeram o monitoramento do local. (Fonte: Imprensa Livre)

Ato na Rio-Santos pede melhoria em sinalização
Moradores protestam contra obra viária em Caraguá e exigem mais segurança

Caraguatatuba - Um grupo de 50 moradores do bairro Massaguaçu, em Caraguatatuba, bloqueou ontem o km 90,4 da rodovia Rio-Santos, no sentido Ubatuba, durante um protesto para pedir segurança no trânsito. A via ficou interditada por mais de 30 minutos provocando congestionamento no local. Os manifestantes queimaram pneus e estenderam faixas que pediam melhoria na sinalização no trecho da rodovia onde fica o trevo que dá acesso ao bairro. O protesto foi organizado depois que um jovem morreu no local em um acidente no último final de semana. Segundo a mãe da vítima e organizadora do protesto, Terezinha Bento de Oliveira, 41 anos, seu filho morreu quando o motorista do carro em que ele viajava como carona se perdeu no trevo e bateu o veículo em um poste. "Perdi meu filho de 19 anos, que era um rapaz cheio de vida. Isso aconteceu porque a obra que fizeram aqui não é um trevo, a estrada acaba sem nenhuma sinalização." Ela disse que os moradores do bairro resolveram interditar a Rio-Santos para chamar a atenção do DER e da prefeitura. "Sou uma pessoa honesta, pago meus impostos e não é justo perder um filho desse jeito." O protesto, que durou mais de 30 minutos, foi acompanhado pela Polícia Rodoviária Estadual, Polícia Militar e pelo Corpo de Bombeiros de Caraguá. O protesto foi pacífico. A área do trevo está incluída nas obras de melhoria da Rio-Santos. O DER está recapeando o trecho, onde estão sendo colocadas também guias e calçadas. O diretor do Ditran (Divisão de Trânsito Caraguá), Celso Antônio Rapaci, não retornou as ligações feital pelo ValeParaibano. EMBARGO - O DER não comentou o protesto o ValeParaibano. Engenheiros do órgão estiveram ontem em Caraguá discutir com o Ministério Público o embargo das obras em outro trecho da Rio-Santos --entre o km 97,7 e km 99,1. O promotor de justiça de Caraguá, Fábio Rodrigues Lima, se reuniu ontem com representantes do DER para discutir mudanças na obra da Rio-Santos que foram embargadas pela Justiça no último dia 20 de abril. "Os técnicos do DER demonstraram interesse em fazer as modificações necessárias", disse Rodrigues. As obras foram embargadas porque a Justiça entendeu que o projeto do DER isola pelo menos quatro bairros que ficam do lado esquerdo da rodovia no sentido Caraguá-Ubatuba, entre eles Martin de Sá e Cidade Jardim. (Fonte: ValeParaibano)

MP paralisa obra da SP-55 do Fórum ao rio Guaxinduba

Caraguatatuba - As obras na SP-55, entre o Fórum da cidade no bairro Sumaré até o chamado trecho da morte, ao lado do rio Guaxinduba, estão paralisadas desde a semana passada, devido uma liminar concedida pela juíza da 2ª Vara, Luciana Ferrari Nardi. A decisão da juíza foi baseada no parecer do dia 23 de janeiro, elaborado pelo engenheiro Miguel Garcia Sobrinho, assistente técnico da Promotoria, que reconheceu problemas na obra de duplicação. Moradores da Zona Norte da cidade reivindicam mudanças no projeto original desde o começo do ano passado, quando paralisaram a rodovia, assim como fizeram moradores da Zona Sul, no Porto Novo. As principais reivindicações dos moradores da Zona Norte são os acessos aos bairros Cantagalo, Cidade Jardim, Terralão e Martin de Sá. Com o projeto atual, estudantes que moram no Cantagalo, por exemplo, não tem local seguro para atravessar a Rodovia e irem à escola, na Martin de Sá, do outro lado da pista. Outro problema, por exemplo, é o acesso à clínica São Camilo, o segundo maior hospital da cidade. O motorista tem de andar cerca de quatro quilômetros para fazer o retorno e entrar na Clínica. Segundo o engenheiro Flavio Cesário, responsável pela obra do DER em Caraguatatuba, o pedido de uma rotatória no Cantagalo, feito no ano passado pelos moradores, foi negado pelo DER, mas com a paralisação da rodovia novos estudos devem ser feitos. (Fonte: Imprensa Livre)

Notícias de Ilhabela Topo

Vulcano
Sailing Shop

Ilhabela faz consulta popular para elaborar orçamento de 2005

Ilhabela - A população de Ilhabela vota, dês do dia 04/05 a até 07/04, em postos espalhados pelos bairros do município, nas prioridades que quer ver contempladas na Lei de Diretrizes Orçamentárias - LDO, de 2005.
Monitores auxiliarão a população no preencimento das cédulas de votação. Depois de processadas as opiniões da população, o resultado será apresentado em audiência pública pelo prefeito Manoel Marcos. (Fonte: Imprensa Livre)

Aprovado projeto que altera a multa da Lei do canteiro de obras

Ilhabela - Os vereadores ilhabelenses aprovaram, por maioria de votos, na sessão de segunda-feira, dia 3, o projeto de Lei 16/2004 de autoria do vereador José Donizette da Silva (PPS) que dá nova redação ao artigo 4O da Lei 244/03 que regulamenta a montagem e utilização de alojamentos em canteiros de obras. Votaram contrários a propositura os vereadores Romeu Pedro Persch (PTB) e José Pereira Brandão (PSDB). O artigo 4o passa a ter a seguinte redação “o descumprimento das obrigações previstas nesta lei implicará ao responsável pela obra ao pagamento de multa de R$ 2.500 (dois mil e quinhentos reais) aos cofres municipais”. Este projeto de Lei estipula a multa em reais tendo em vista o veto do prefeito Manoel Marcos ao artigo 4o que previa multa em salários mínimos, argumenta Donizette em sua justificativa. Para o vereador Romeu Pedro Persch (PTB) existe uma Lei Federal que regulamenta os alojamentos nos canteiros de obras e pediu aos demais edis que retirassem da pauta já que não tinha analisado o projeto. “Apesar do parecer favorável das comissões, votarei contrário”, explicou Romeu. O argumento foi rejeitado pelo presidente em exercício, vereador Jadiel Vieira (PV), o KeKo, já que o projeto só poderia ser retirado pelo autor. Já o vereador José Pereira Brandão (PSDB) disse que não votou a favor do projeto na época, e não votaria a favor agora. “Quero deixar registrado que este projeto e o anterior são inconstitucionais e votarei contra”,adverte. O vereador Luis Lobo (PL) chamou a atenção dos vereadores para o fato que o projeto somente transformava o valor da multa em reais e considera a lei louvável já que restringe a vinda da mão de obra de fora para o município.
Para o vereador Walter Duarte de Souza (PTB) o mérito da discussão seria apenas o valor da multa já que o projeto foi aprovado no ano passado. Lei 244/03 - Com a Lei, fica proibida a construção de alojamento para acolher trabalhadores da construção civil. Os alojamentos já existentes deverão ser demolidos, quando do término da obra a qual se destina e o cumprimento dessa norma será condicional para a concessão do “Habite-se”. No entanto, será permitida a construção de um depósito destinado para a guarda de materiais de construção, além de alojamento para acolher um vigia, desde que este seja de natureza provisória, sendo derrubado quando da finalização da obra principal. É condição para concessão do “Habite-se” que a referida construção acessória esteja demolida e seu espaço limpo e desobstruído. O descumprimento das obrigações previstas nesta Lei implicará ao responsável pela obra ao pagamento de multa equivalente a R$ 2 mil e 500 reais, aos cofres municipais. (Fonte: Imprensa Livre)

Ilhabela apresenta dados financeiros dos acidentes de trânsito

Ilhabela - O diretor da Divisão Municipal de Trânsito de Ilhabela, James Aboud, fez uso da Tribuna Popular na sessão ordinária da Câmara Municipal desta segunda-feira para apresentar dados financeiros sobre os acidentes de trânsito. No último fim de semana, ocorreram duas mortes e um rapaz ficou gravemente ferido em dois acidentes na cidade.
Também na sessão da semana passada, o vereador José Garcia de Souza (PSB) questionou a postura dos agentes de trânsito, que ficam em grupo em pontos estratégicos da cidade lembrando aos motoristas “esquecidos” quanto ao uso do cinto de segurança. Segundo o vereador, tal postura “incomoda” a sociedade, uma vez que o uso do cinto é lei federal e é do conhecimento de todos. A vereadora Rita Janete de O. Gomes, Dra. Rita (PDT) censurou a postura do colega, argumentando que “Se legislamos, de maneira nenhuma podemos questionar aqui, nesta casa de leis o fato de uma lei federal estar sendo cumprida. Quanto ao número de agentes de trânsito, concordo que seis ou oito são desnecessários”. A polêmica deu oportunidade para James apresentar dados do IPEA (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada), que chamam a atenção para a necessidade, segundo ele, de aplicar políticas públicas que dêem prioridade à prevenção de acidentes de trânsito com vítimas, bem como uma específica para acidentes de moto e ações voltadas para a circulação de pedestres. Foram pesquisados diversos impactos causados pelos acidentes, atendo-se aos custos por cada componente, como perda de produção, danos a veículos, reabilitação de vitimas, danos à propriedade de terceiros, resgate de vítimas entre outros. Gastos anuais, que passam de R$ 3 milhões de reais. Os custos dobram quando o acidente é com vitima, por isso a importância de preveni-los. Os custos médico-hospitalares também têm números absurdos, que chegam à marca dos R$92 mil reais por vítima internada. James citou o exemplo de um dos acidentes que ocorreram no fim de semana em Ilhabela, dados cedidos pelo Hospital Municipal. “O custo da vítima, que o hospital vai receber daqui a três meses do SUS é de R$73,72, e o atendimento total realizado pelo hospital ficou em R$2.280,00. Coisas que um simples cinto de segurança evitaria”., diz James. Este ano, em Ilhabela já ocorreram oito mortes por acidentes de trânsito, isto preocupa o diretor, pois trata-se de um índice alto. “Não vim aqui mostrar que somos campeões em acidentes, e sim que a situação é grave”, alerta. (Fonte: Imprensa Livre)

Vídeo do Orçamento Participativo é tido como propaganda política

Ilhabela - Médio movimento no primeiro dia de votação nas urnas de prioridade de investimentos do Orçamento Participativo. O vídeo que o prefeito gravou para explicar a importância da participação popular foi entendido pelos proprietários dos cincos pontos de exibição como propaganda política, e não pôde ser mostrado. Ainda assim, no posto do Supermercado Frade, no bairro do Perequê, o monitor Antônio Erikson estava contente, pois, segundo ele as pessoas já vinham procurá-lo, demonstrando interesse, e ele usou poucas vezes a abordagem. Os munícipes votam prioridades na área de Educação, Saúde, Meio Ambiente, Esportes, Obras, Turismo, Assistência Social e Cultura. “Se a pessoa tiver outra prioridade que não se enquadre nesses já existentes, colocamos como prioridade especial”, explica Antônio. As urnas estarão à disposição da comunidade até sexta-feira, sempre das 8h às 17h nos postos de saúde da Armação, Barra Velha e Curral e nos Supermercados Central (Vila) e Frade (Perequê). (Fonte: Imprensa Livre)

Notícias de São Sebastião Topo

Nautica Superchic

Prefeitura irá repassar mais de R$ 519 mil às APM´s

São Sebastião - A Prefeitura de São Sebastião assinou ontem um convênio com as APM’s– Associações de Pais e Mestres, viabilizando um repasse de R$ 519,600.68 ao ano para estas entidades. Este recurso será utilizado pelas 24 Associações da cidade, que destinarão a verba para a contratação de 28 serventes e 31 pajens, e para a manutenção do material consumido pelas Creches e EMEI´s. Segundo a secretária da Educação, Irma Sanches, as pessoas que irão ocupar estas vagas já passaram por uma seleção e serão chamados em breve. “Este é um benefício que concederá uma certa autonomia para estas escolas, já que irá suprir as necessidades existentes hoje, como a regulamentação da jornada de trabalho”, disse. Este projeto já vinha sendo discutido entre a Prefeitura, Sindicato dos Servidores Públicos Municipais e Câmara, onde contou com o apoio dos vereadores. “Esta era uma reivindicação das funcionárias que, com o afastamento de algumas pajens e a mudança no horário de trabalho, acabaram tendo uma sobrecarga no seu serviço”, explicou o presidente do Sindicato, Afonso da Silva Vale.
Atualmente são atendidas mais de 3,2 mil crianças nas creches e na educação infantil do município. (Fonte: Imprensa Livre)

Falta de quórum adia votação de CEI para investigar Caso Eness

São Sebastião - A falta de quorum impediu, ontem à tarde, a votação da abertura de uma CEI (Comissão Especial de Inquérito) para investigar o envolvimento do prefeito Paulo Julião no Caso Eness.
Apenas sete dos 15 vereadores estiveram na sessão da Câmara, aberta com 20 minutos de atraso. Foram eles: Erwin Edson Aparecido da Mota, autor do pedido, Benedito Amâncio, José Irineu de Souza, Edvaldo Reimberg, Wagner Teixeira, Aldo Conellian e o presidente Marcos Leopoldino. Os seis primeiros assinaram a proposta de criação da CEI. Isto porque, o regimento interno prevê a necessidade de pelo menos cinco assinaturas de vereadores para a apresentação deste tipo de pedido. Entretanto, sem a maioria absoluta, nada pode ser votado. A sessão foi suspensa e, pouco depois, encerrada pelo presidente Marcos Leopoldino. Houve protesto do público. “Tenho um regimento a seguir e, se fosse apenas vereador, é bem provável que estaria com eles”, disse Leopoldino, em entrevista após o encerramento. Por volta das 17h, no mesmo horário da abertura da sessão, o prefeito Paulo Julião reunia vereadores e secretários municipais em seu gabinete (leia mais nesta página). Não compareceram à Câmara os seguintes vereadores: João Barreto, José Luiz Ribeiro, Marco Antônio de Souza, Dalton José da Silva, Marcos Fuly, Antonio Carlos da Silva, José Cardim de Souza e Ronaldo Lourenço. Para o autor do pedido de CEI, a falta em massa dos vereadores da bancada não irá impedir a votação. “Isso é estratégia política armada pelo grupo maior, que surtiu efeito”, enfatizou Mota. Ele ainda defende que, para a comissão ser criada, não é preciso votação. “Segundo o jurídico da Câmara tem que ser votada e isso vai ocorrer na próxima semana. Mas, no meu ponto de vista, basta um decreto, pois tem as assinaturas”. Questionado sobre seu posicionamento, já que há pouco mais de dois meses ocupou cargo de confiança na administração municipal, como diretor da Regional Costa Norte, Erwin Mota se defendeu. “Ainda sou vereador da situação, mas o pedido de CEI é para dar uma resposta ao povo, antes da sentença judicial”, justificou. Já o vereador José Irineu de Souza, o Zézinho da Piscina, ficou indignado com a postura da bancada governista. “É falta de respeito com a comunidade, que compareceu à sessão. O nosso município precisa de transparência. Não somos contra o prefeito, mas os fatos exigem investigação”, considerou Zézinho. Benedito Amâncio também reprova a ausência dos vereadores de situação. “Tinham de estar aqui, pois se não quisessem votar, bastaria se levantar”, apontou Amâncio. O ex-secretário da Saúde, Aldo Conellian, diz que a executiva de seu partido decidiu pelo voto a favor da CEI. “A falta em massa foi uma estratégia que usaram, mas acredito na necessidade deste esclarecimento”, avaliou Conellian. O presidente da Câmara de São Sebastião, Marcos Leopoldino, disse que em caso de empate na votação da CEI, ainda não sabe qual posição tomar. “Fui eleito pelo PSDB, o voto de bancada me fez presidente, não sei como votaria no caso de Minerva. O quadro vai se desenhar durante a semana”, concluiu Leopoldino. Por causa do término da sessão, dois projetos de lei deixaram de ser votados, um sobre aplicação de verba na saúde, e outro sobre a delimitação da zona urbana do município.
Julião: “Reunião foi para definir assinatura a favor da CEI” Para ele, a CEI já está instalada com as seis assinaturas de vereadores, sem necessidade de votação. “É um direito da Câmara e será mais um foro para provarmos que não fizemos nenhum ato de beneficiamento” O prefeito de São Sebastião, Paulo Julião, informou, ontem à noite, que a reunião com os vereadores da bancada governista, começou bem antes da sessão da Câmara Municipal. Segundo ele, o encontro era para definir o voto da bancada, a favor da criação da CEI (Comissão Especial de Inquérito). “Durante a reunião veio à notícia que já haviam dado entrada”, frisou. Julião considera que a CEI já está instalada, mesmo sem votação em plenário. “Já existe uma ação popular e outra civil pública, foros normais. Em que pese à questão política, temos convicção de que não fizemos nada de errado”. Segundo o prefeito, os vereadores que faltaram à sessão participaram da reunião no gabinete. “A comissão é um direito da Câmara e será mais um foro para podermos provar que não fizemos nenhum ato de beneficiamento”, concluiu.
O Caso Eness - O “Caso Eness” ganhou repercussão no dia 20 de abril, quando o juiz da 2ª Vara, Luiz Antonio Carrer, concedeu uma liminar determinando a quebra de sigilo bancário, telefônico e fiscal, e também o bloqueio de bens do prefeito Paulo Julião, e de 14 envolvidos na contratação da empreiteira. Carrer acatou pedido do Ministério Público de São Sebastião, que impetrou uma ação civil pública por “prática de improbidade administrativa”. A promotora Ana Cristina Ioratti Chami denuncia um suposto esquema de favorecimento a Eness Construtora e Serviços Ltda, cujo proprietário é Eugênio Caldeira, pai do genro do prefeito, Marco Gessulli Caldeira. (Fonte: Imprensa Livre)

Vereadores obtêm apoio para CEI

São Sebastião - Os vereadores de São Sebastião conseguiram o número de assinaturas suficientes para a abertura de uma CEI (Comissão Especial de Inquérito) para apurar supostas irregularidades do prefeito Paulo Julião (PSDB) na contratação da empresa Eness. Ontem, o vereador Erwin Edson Aparecido da Mota (PTB) obteve as seis assinaturas que possibilitaram que requerimento para a abertura da CEI fosse protocolado. A Câmara deverá votar o documento na próxima semana. "Oito vereadores faltaram à sessão e por isso a votação do requerimento foi adiada. De qualquer forma, o documento terá que ser votado na próxima semana", disse Mota. No mês passado, a Justiça determinou a quebra dos sigilos bancário, fiscal e telefônico, além da indisponibilidade dos bens, de Julião e de outros 15 réus. Eles são suspeitos de envolvimento em um suposto esquema de favorecimento em licitações públicas à Eness, revelado com exclusividade pelo ValeParaibano em meados do ano passado. Ontem, o prefeito Paulo Julião (PSDB) não foi localizado para comentar o assunto. (Fonte: ValeParaibano)

SEAP reforça estrutura para agilizar emissão de carteira de pescador

São Sebastião - A SEAP (Secretaria Especial de Aqüicultura e Pesca) do Governo Federal já está adotando medidas para agilizar a emissão da nova carteira profissional de pescador. Ontem o coordenador da Divisão de Registro e Licença, Sebastião Saldanha, de Brasília (DF), informou que equipes de digitação serão contratadas para o trabalho nos departamentos regionais. Em reportagem publicada na edição de fim de semana do Imprensa Livre, o presidente da Colônia de Pescadores de São Sebastião, Guilmer Puertas, relatou que a demora na entrega da carteira vem impedindo a liberação do seguro desemprego para pescadores da cidade. O Ministério do Trabalho, segundo ele, não aceita os registros antigos, ou seja, as carteiras expedidas por outros órgãos, como Ibama, Sudep (Superintendência de Pesca) e Marinha do Brasil. O seguro para pescadores no período de defeso é previsto por lei federal. No Litoral Norte, grande parte recorre ao benefício durante a proibição da pesca do camarão (1º de março a 31 de maio). Conforme o presidente da Colônia “Almirante Tamandaré Z-14”, cerca de 70 pessoas ainda não conseguiram o benefício por falta da nova carteira. Puertas disse que já ligou na SEAP, em Brasília, mas não teve resultado. Na manhã de ontem, Sebastião Saldanha ressaltou que a Secretaria Especial de Aqüicultura e Pesca é um órgão novo e, por isso, ocorreram algumas dificuldades, como o acúmulo da demanda de documentos. “A situação está sendo normalizada e, com a contratação de serviços de terceiros, para agilizar a digitação, e a entrega das carteiras será mais rápida”. O coordenador informou que a emissão das carteiras de pescador profissional está centralizada nas regionais da SEAP. No caso do Litoral Norte, as cidades estão ligadas a São Paulo. Saldanha ressalta que houve um acordo com o Ministério do Trabalho para que as antigas carteiras profissionais de pescadores (Ibama, Marinha e Sudep), que estejam dentro do prazo de validade, sejam aceitas. Uma instrução normativa deve ser publicada no Diário Oficial até a próxima semana, para garantir a aceitação do documento. A lei federal 10.773/2003 prevê que todo pescador tem direito ao seguro desemprego no defeso, desde que tenha um ano de experiência. Os documentos exigidos pelo Ministério do Trabalho são: registro profissional; inscrição no INSS e pagamento da contribuição previdenciária; comprovante de que não está tendo nenhum benefício da Previdência Social, exceto auxílio-acidente ou pensão por morte; e atestado da Colônia de Pescadores a que esteja filiado. (Fonte: Imprensa Livre)

Campeonato de Vale Tudo arrecada 500 kg de alimentos

São Sebastião - O Grand Prix Martial Art 2004, cam-peonato de artes marciais organizado pela Confederação Brasileira de Contato Total Português, em parceria com a Prefeitura Municipal de São Sebastião, animou o bairro de Boiçucanga no último sábado. O bar Tribus foi a sede das lutas, e um quilo alimento não perecível foi o preço cobrado para assistir os lutadores das modalidades “contato total” e “contato livre” subirem no ringue.
A diferença entre essas categorias está nas partes do corpo em que se permite que os atletas ataquem. Apesar do nome, o “contato total” não aceita que o lutador acerte a cabeça e a genitália de seu oponente. Já no “contato livre”, somente a púbis é preservada. O bar estava lotado quando a primeira das oito lutas começou. Seis confrontos de “contato total”, um de “contato livre”, válido pelo campeonato paulista de vale tudo, e uma demonstração de luta livre, formaram as atrações da noite. As lutas eram divididas em dois tempos de cinco minutos cada um, mas apenas uma delas foi levada até o fim. Joel Silva, atual campeão brasileiro de Vale Tudo e Contato Total, protagonizou o combate mais esperado do evento e saiu vitorioso. “Luta mesmo enfrenta o pessoal do litoral norte, que geralmente fica desempregado quando o período da alta temporada termina. A idéia do evento é prover entretenimento e recolher alimentos que serão distribuídos para a comunidade local”, afirma o lusitano Adriano Silva, mestre mundial do “Contato Total Português” e proprietário da Atlântica Academia, localizada no Sertão do Cacau, em Cambury. Adriano trouxe o estilo de luta para o Brasil no ano de 1979 e atualmente existem aproximadamente 500 faixas pretas que continuam o trabalho de disseminar a arte marcial. Segundo ele, a modalidade reúne os golpes mais eficazes do “Kung Fu”, “Kempô”, “Jiu Jitsu”, “Kick Boxing” e “Muay Thai”. “Apesar de ser uma luta, não existe violência entre os lutadores. Todos são preparados e se respeitam muito. Procuramos sempre incentivar atividades esportivas na região, principalmente quando essas são realizadas por pessoas como o mestre Adriano”, diz Wagner Teixeira, vereador que conduziu os tramites para que o evento fosse realizado em Boiçucanga. Aproximadamente 500kg de alimentos foram recolhidos no evento e serão distribuídos na terça-feira, às 10h, na entrada do sertão do bairro de Cambury. “Agora estamos planejando o próximo projeto, que será provavelmente realizado no mês de julho, e pretendemos cobrar dois quilos de cada pessoa. Juntos podemos arrecadar ainda mais”, completa Adriano. (Fonte: Imprensa Livre)

Turista morre afogado durante pescaria na costeira

São Sebastião - Koji Wakabayashi morreu afogado após ser arrastado por uma onda durante pescaria na costeira da praia Toque-Toque Grande, na Costa Sul. O acidente aconteceu na manhã de segunda-feira. Koji estava com Keiji Sukami, 54 anos, que também caiu na água, mas foi resgatado pelos bombeiros. Keiji foi localizado a cerca de 150 metros da praia, boiando, mas o amigo, encontrado próximo, não sabia nadar ou boiar. Ambos são de Mogi das Cruzes, e estavam na costeira da praia pescando quando a onda os arrastou para o mar. (Fonte: Imprensa Livre)

Áreas usadas como depósito de lixo viram jardins na Topolândia

São Sebastião - Áreas que até bem pouco tempo eram verdadeiros “depósitos de entulho” ou “lixões” começam a ganhar vida na Topolândia. Espécies como malva-visco, pingo-de-ouro, hibisco e palmeiras imperiais estão mudando o visual de praças e terrenos baldios pertencentes ao município. O trabalho, iniciado na semana passada, é coordenado pela diretora da Regional Topolândia, Zeljka Djordjevic. Ela tem a parceria do Viveiro Municipal, além do apoio da Secretaria de Serviços Urbanos. “Ao assumir a regional, percebemos que vários locais estavam cheio de mato, entulho e podas. Estamos tentando melhorar o visual de áreas abandonadas, para que passem a ter vida”, declarou. Zeljka faz um alerta para que os moradores cuidem dos jardins: “Se alguém quiser mudas, que nos procure na regional ou no viveiro, mas não precisa tirar destas áreas”. Dentre as plantas instaladas nesses terrenos, está um pau-brasil, plantado ontem à tarde na rua Francisco Luciano Nogueira “Ceará”, próximo à esquina da rua José Pacini. Outros pontos da Topolândia já passaram pelo serviço de paisagismo, como os canteiros localizados em frente ao Ceprom e no final da avenida Itatinga, que receberam mais de 300 mudas. De acordo com a diretora, a Regional Topolândia atende até o Guaecá. Em breve, outros pontos devem passar pelo mesmo processo. No Topo, o canteiro central da avenida Itatinga, entre as ruas Antônio Pereira da Silva (Rua das Mangueiras) e Onofre Santos, também ganhará obra de paisagismo, incluindo a colocação de bancos. Ainda este mês, o Centro Comunitário será reformado. (Fonte: Imprensa Livre)

PM prende suspeito de estuprar duas publicitárias após roubo

São Sebastião - A Polícia Militar prendeu na noite de sábado, L.L.S., 26 anos, suspeito de roubo seguido de estupro. O crime teria ocorrido na madrugada anterior, na rua Lontra, em Juquehy, Costa Sul. Um grupo de publicitários de São Paulo, incluindo dois casais, foi rendido por uma dupla armada. As vítimas C.C.C., 24 anos; M.S.T., 26 anos; F.F.A., 26 anos; W.J.S., 26 anos; e N.Y., 27 anos, estavam dentro da casa de veraneio que tinham alugado para os finais de semana, há dois meses, quando surgiram dois encapuzados, que exigiram dinheiro. Os três homens foram trancados em um dos quartos, enquanto as duas mulheres eram levadas para outro aposento e estupradas pelos assaltantes, que roubaram R$ 642, entre ticketes e dinheiro, e um videogame. A Polícia militar foi avisada logo após a fuga. Em razão da gravidade, o setor priorizou a captura dos suspeitos durante o resto do dia. Os poli-ciais militares do serviço reservado encontraram os suspeitos já durante a noite, conseguindo deter L., que quase foi linchado por populares, revoltados com o crime. Tiroteio - Os dois receberam os policiais a tiros, que pediram apoio de outras viaturas, revidando os disparos. Ninguém ficou ferido no confronto. L. é morador de Juquehy. O parceiro conseguiu fugir por um beco na orla marítima, mas seus documentos foram apreendidos em um barraco. O suspeito do roubo e estupro será alvo de investigação de outros crimes semelhantes. Ele ficou recolhido também por porte ilegal de armas, disparo de arma e resistência. Outro roubo - Juquehy registrou outro roubo na noite de sexta-feira. O comerciante A.S., 60 anos, morador em São Bernardo do Campo, foi rendido também por uma dupla que levou R$ 1,2 mil e corrente de ouro. Os assaltantes entraram pela janela, rendendo primeiramente a mãe da vítima. A polícia investiga a participação da dupla nestes dois crimes e em outros ocorridos no último mês no mesmo bairro. Um destes roubos também teria registrado um estupro, cuja vítima reconheceu L. na manhã de ontem, na delegacia. O delegado José Lamartine Fagundes, do 2° Distrito Policial, que comanda as investigações, acredita que exista mais de uma dupla fazendo os roubos na região, incluindo os de Maresias, área do 1° Distrito Policial. (Fonte: Imprensa Livre)

Mutirão de caça recolhe quase 100 kg de caramujos em uma manhã

São Sebastião - Em apenas um dia, a operação “Caça aos Caramujos”, que aconteceu ontem (foto), das 9 às 14 horas, nos bairros da Enseada, Jaraguá e Canto do Mar, na Costa Norte, recolheu quase cem quilos de caramujos africanos gigantes.
O trabalho foi realizado pelos funcionários da Regional Costa Norte e contou com a colaboração dos agentes de combate à dengue e da Enob e teve como proposta conscientizar a população sobre a importância de estar combatendo o caramujo. Esta espécie pode, em cada ovulação, colocar de 180 a 600 ovos e, além disso, esses animais podem ficar de 3 a 4 meses sob a terra. “Nós tivemos um resultado positivo, já que a nosso objetivo era passar para a comunidade que a responsabilidade deste trabalho também é dela e que o poder público está aqui para apoiar ações como esta”, disse Benedito Ribeiro do Prado Filho, do Departamento da Regional Costa Norte. No final da ação, a Prefeitura sorteou kits alimentação e brinquedos aos moradores destes bairros que participaram recolhendo caramujos em suas residências. “Tivemos a participação de cerca de 50 famílias, mas como não choveu nos últimos dias, fica mais difícil retirar os caramujos, já que eles ficam sob a terra”, completou a funcionária da Regional, Flávia Oliveira Silva. (Fonte: Imprensa Livre)

Notícias de Ubatuba Topo

Restaurante Solar das Águas Cantantes Setur Marketing Político e Assessoria de Imprensa

Ubatuba Viva se reúne com Secretários Municipais

Ubatuba - Uma comissão do movimento Ubatuba Viva esteve reunida nesta manhã com secretários municipais para uma apresentação formal do movimento e a entrega de reivindicações e sugestões que visem melhorar as condições do corredor turistico do município.
Foi definido como corredor turístico as principais vias de acesso no município onde existe um maior tráfego de turistas. Na região central compreende a Av. Capitão Felipe, Thomaz Galhardo, Manoel da Nóbrega, Leovigildo Dias Vieira e toda extensão até o cáis do porto.
Foram apontados itens como sinalização, reformas, lixeiras, fiscalização, estacionamento, ambulantes, policiamento e limpeza mais eficázes para estes trechos. Posteriormente estas medidas serão estendidas á outras áreas.
Estiveram presentes na reunião Elisa Castro Rodrigues Cisneros (Gabinete), Gilmar Rocha (SAU), Richard Ricardo dos Santos (Esportes), Eng. José Carlos Vital (Obras) e Patrícia Ortiz (COMTUR), além dos representantes do Movimento Ubatuba Viva. (Fonte: Litoral Virtual)

Uniformes para funcionários de obras

Ubatuba - A Prefeitura de Ubatuba fez a entrega no último dia 3, de 58 uniformes para motoristas, operadores de máquinas e funcionários administrativos da Secretaria de Obras. Com essa iniciativa, a atual administração vem padronizando o vestuário do funcionalismo como forma de valorizar o empregado que passará a ser reconhecido dentro e fora de sua área de trabalho. Anteriormente cerca de 250 uniformes já tinham sido entregues a funcionários das Secretarias da Educação, Administração, Fazenda e Planejamento e Assistência Social. (Fonte: PMU)

Estufa II em ritmo de recuperação de ruas

Ubatuba - A Secretaria de Obras da Prefeitura de Ubatuba deu início aos serviços de recuperação das principais ruas do bairro da Estufa II. Com a colocação de aterro, nivelamento para escoamento das águas de chuva e compactação com rolo compressor ( pé de carneiro) o resultado final são ruas em condições de tráfego de pedestres e veículos. Neste primeira etapa estão sendo realizados serviços nas ruas Otavio da Silva Frade, Atlético Mineiro e Jabaquara. “As prioridades são as ruas que se encontram em piores condições, às vezes intransitáveis, mas estaremos atuando em praticamente todo o bairro aproveitando o período sem chuvas” diz Jeriel Rocha, Secretário de Obras. As solicitações para os serviços foram feitos diretamente ao Prefeito Paulo Ramos durante reuniões com lideranças do bairro. “ Este é o momento de concentrar nossas equipamentos e caminhões na Estufa II e vamos atender uma reivindicação legítima dos seus moradores”, afirma o prefeito Paulo Ramos. (Fonte: PMU)

Cadastro único beneficia população

Ubatuba - A CEF (Caixa Econômica Federal) e a Prefeitura de Ubatuba iniciaram no último dia 3, a entrega de cartão unificado para os cidadãos que têm direito a 8 tipos de benefícios: bolsa alimentação, bolsa-escola, Programa de Erradicação do Trabalho Infantil - PETI, Agente Jovem, Auxílio-gás, auxílio-aluno ( profissionalização na área de enfermagem), bolsa-renda e cartão alimentação. O cartão único substitui os anteriores e concentra os benefícios em um só. O ato de entrega dos primeiros cartões foram na sede da CEF em cerimônia que contou com a presença do Prefeito Paulo Ramos, do vereador Osmar Santos e da gerente-geral Maria Augusta Amaral de Carvalho, além de funcionários da instituição financeira. O cadastramento foi realizado pela Secretaria de Assistência Social com dados fornecidos pelas Secretarias de Educação e Saúde. De acordo com o secretário Edson Alves, da Assistência Social, foram cadastradas 1.057 famílias. No total cerca de 5 mil pessoas foram beneficiadas com repasses mensais que vão de R$ 15,00 a R$ 105,80 conforme os dados levantados por meio do cadastramento. “Estamos atingindo vários segmentos carentes da sociedade com este projeto do Governo Federal que em nosso município foi viabilizado graças ao entendimento entre a Prefeitura e Caixa Econômica Federal”, afirmou o prefeito. (Fonte: PMU)

Ipiranguinha movimenta mais de 3 mil no 1º de Maio

Ubatuba - Um grande público, cerca de 3 mil pessoas, esteve presente nas comemorações do Dia do Trabalhador no último sábado no Ipiranguinha promovido pela Sociedade Amigos do Ipiranguinha - SABI com apoio da Prefeitura de Ubatuba por meio da Fundart e Secretarias da Assistência Social, Saúde e Esporte Lazer. Durante o evento foi descerrada uma placa marcando oficialização da festa que passou a integrar o calendário oficial da cidade. “ O trabalhador do Ipiranguinha está presente em todo o município. Na maioria dos bairros notamos a presença do morador do Ipiranguinha na luta pelo emprego e seu salário, construindo o nosso futuro. Nada mais justo do que reconhecer o bairro como nosso maior núcleo de trabalhadores”, afirmou o prefeito Paulo Ramos.
Toda diretoria da SABI fez uso da palavra agradecendo a presença do público e os patrocinadores, com destaque para a Madeireira Getuba, cuja participação foi das mais expressivas. O presidente da SABI, Almiro dos Santos, destacou a atuação da Prefeitura e as ações sociais desenvolvidas ao longo da festa ,que teve início na quinta-feira, dia 29, como emissão de carteira de trabalho e de identidade, corte de cabelo, medição de pressão arterial além de atividades esportivas e de lazer. “ No próximo ano teremos um 1o de Maio ainda maior”, finalizou Almiro. (Fonte: PMU)

Ação Litoral

Artigo Topo

Uma nova visão para a Saúde

O sistema de saúde de nosso município passa por um importante momento de reformulação. Inúmeras foram as discussões que permitiram elaborar um diagnóstico preciso da situação da saúde de Ubatuba e as circunstâncias que envolvem viabilizar melhorias em setor tão fundamental para qualquer sociedade. A Santa Casa através de sua provedoria, administração, direção técnica e clínica, corpo clínico, funcionários, a Secretaria de Saúde com sua equipe técnica e profissionais de diversas áreas, o Conselho Municipal de Saúde, diversos segmentos da sociedade, há anos participam tanto das dificuldades que afligem a nível nacional o sistema de saúde, como da construção de um modelo mais justo e racional. Nesse sentido, quando há um ano, novamente a Secretaria de Saúde mudou de direção – assim como a Santa Casa – vislumbrou-se a possibilidade de se concretizar algumas das ações já tão discutidas, apesar do tempo restrito para vê-las implantadas e gerando os resultados esperados. A realização da III Conferência Municipal de Saúde em setembro de 2003 foi momento democrático com efetiva participação da comunidade, em um fórum de discussões oportuno para se estabelecer diretrizes, para se atuar em conformidade às reais necessidades de nosso município, determinar prioridades e utilizar os recursos públicos da forma mais racional possível.
Desnecessário comentar todas as dificuldades por que passa o gestor para se fazer concretizar as ações planejadas. A administração pública deve ser feita com responsabilidade, seguindo normas e técnicas que muitas vezes não são compreendidas pelos envolvidos e interessados no efeito final do planejado. Mesmo em cidades com orçamento muito mais privilegiado que o nosso, podemos acompanhar as restrições a que são submetidas às ações planejadas, particularmente no que se refere à saúde. Ocorre, no entanto, que vontade política, bem senso, bom planejamento, equipe competente, criatividade, controle social, determinação e convicção de intenções também são ingredientes indispensáveis para construção de um projeto.
No caso da Saúde, há tempos estávamos convictos da necessidade de reordenação de sua lógica para que se alcançasse maior resolutividade, melhora em nossos indicadores de saúde, melhorias na prevenção de doenças e finalmente promover saúde. Modifica-se a tradicional medicina curativa, muitas vezes paliativa, medicalizada ao extremo, e investe-se na cultura de promover maior consciência em relação a todos os aspectos que determinam saúde e doença de um indivíduo, de uma família, de uma comunidade. É sabido que muitos ainda consideram o assistencialismo, o paternalismo a melhor forma de se “fazer saúde”. No entanto, os atuais conceitos de saúde envolvem diversos aspectos que determinam maior amplitude na compreensão do indivíduo. Alimentação saudável, atividade física, postura, equilíbrio emocional, atividades laboriosas e prazerosas, dinâmica familiar, hábitos (e vícios), espiritualidade, estilo de vida, enfim, destacam-se hoje como determinantes no prognóstico de um cidadão no que se refere a qualidade de vida. Estudos recentes relacionam 70% da saúde de um indivíduo a estes aspectos; 20% responsabiliza-se pela genética, e os restantes 10% pelos sérvios de saúde. Não se trata de eximir-se de responsabilidade, mas aprofundar as questões de saúde a um nível de entendimento onde não se permitem mais “achismos” ou ações embasadas em falsos conceitos. Dividem-se as responsabilidades, permitindo aos ser humano a fantástica oportunidade de gerir sua própria vida, seus passos, suas atitudes, preferencialmente no sentido de evitar sofrimento, dor, envelhecimento precoce. Até mesmo a genética, tida como determinante inevitável, é considerada hoje passível de ser “contornada” através dos hábitos que incorporados ao indivíduo minimizam as possibilidades de ocorrências que se manifestaram em seus antecedentes. Essas considerações vão ao encontro à visão holística do homem, entendendo-o como um todo, não compartimentalizado, inserido dentro de um contexto social e respeitando a natureza humana em toda a sua amplitude. Dentro dessa perspectiva o Programa de Saúde da Família se destaca no âmbito das questões aqui levantadas, como a melhor, mais inteligente, mais moderna e racional forma de se “fazer saúde”. As 12 equipes de PSF, já amplamente conhecidas de nossa comunidade, há cinco anos prestam inegável contribuição no sentido de elevar o padrão de atendimento dentro dos conceitos aqui descritos. Ocorre, no entanto, que sua esfera de atuação limita-se a aproximadamente 60% de Ubatuba. Hoje, vemos implantadas novas 10 equipes que permitem a cobertura de 100% de nosso município em atenção básica. Eis a mudança relatada no início deste artigo, 22 equipes de PSF, capacitadas, entrosadas junto ao atendimento hospitalar e com a proposta de finalmente se reordenar o sistema de saúde, em todos os seus segmentos. A Santa Casa de Ubatuba passa por um momento de grande dificuldade. Há anos, vem cumprindo com seu papel, e pagando o alto preço por isso. Necessita ser viabilizada com urgência. Várias são as medidas necessárias, para vermos a Santa Casa sobreviver. Todas seriam improdutivas, caso continuasse a fazer atenção básica em suas dependências. 85% da demanda pelo serviço de saúde poder ser resolvido através do PSF. Este dado é compatível com as estatísticas hospitalares que mostram que apenas 10 a 15% de seus 10 mil atendimentos mensais realizados são de fato urgência e necessitam do ambiente hospitalar. A partir do momento que consideramos que todos os bairros de Ubatuba, todas as ruas, todas as famílias estão contempladas com uma equipe de PSF, formada por agente comunitário, auxiliar de enfermagem, enfermeira e médico, devemos incentivar que a comunidade inicie a criar vínculo com essa equipe para ter seguimento em suas necessidades, permitindo, como dito, no fluxo dentro do sistema de saúde. A porta de entrada do sistema de saúde é o PSF. Através dele se viabiliza quaisquer ações de saúde. E a Santa Casa, fica finalmente restrita a sua verdadeira função: urgências. Esta iniciada a transição para novo modelo assistencial. Diversos elementos são fundamentais neste processo e deverão ser muito bem trabalhados para efetivação de proposta. Além dos óbvios envolvidos em toda a sistemática, destaca-se o papel da mídia e fundamentalmente da população em geral.
Finalmente, pretendemos manter constante vínculo de informações para que juntos possamos construir e alcançar as metas de interesse de toda a sociedade.

Carlos Fragnan
Secretário de Saúde de Ubatuba

Crônica Topo

Lá do Ceará!

Leio na Folha que a Universidade Federal do Ceará está desenvolvendo água-de-coco em pó. É um velho anseio dos seres humanos, que costumam pensar no assunto quando têm entre cinco e oito anos de idade. Água em pó.
Qual o garoto que nunca imaginou isso?
Seria bom para tomar banho. Do chuveiro sairia um pozinho fino que espalharíamos pelo corpo como se fosse areia da praia. Depois nem precisaria enxugar e também não entraria espuma nos olhos.
Com água em pó não seria preciso usar sabonete, xampu então, nem pensar.
O banheiro não ficaria molhado, depois do banho era só varrer a água ou então usar o aspirador de pó que estaria sempre limpo.
Seria fácil transportar água. Iria à carroceria dos caminhões, a granel ou ensacada. Poderiam jogar sobre as areias dos desertos que ficariam férteis sem o aparecimento de lama. Difícil mesmo seria saber, quando das tempestades de areia, se o pó era mesmo pó, ou apenas água-em-pó. Não sei como os peixes iriam interpretar a mudança brusca em seu meio ambiente, não deve ser fácil nadar no pó, a despeito de haver peixes no rio Pó, que dá nome ao vale famoso, embora as águas do Pó sejam liquidas.
Chuva em pó também parece bom, as enchentes seriam menos trágicas, ninguém perderia os móveis que ficariam apenas empoeirados. Haveria, é claro, confusão.
Uma pessoa poderia dizer para outra, que tomou a maior chuva:
- Nossa Proença, como você está empoeirado!
- Que nada Batista ficou cego? Eu estou é molhado.
Também desapareceria o ditado: “Molhado como um pinto”. Seria mais apropriado dizer pinto empoeirado. Pinto empoeirado?
Isso poderia se confundido com falta de uso, o que seria da maior deselegância, então é bom não mexer nos ditados. E deixar os pintos quietos.
Na praia as coisas vão ficar difíceis, ninguém saberá onde termina a areia e começa a água. Os surfistas ficariam confusos. Ta ligado brother?
Escrever dá sede. Vou tomar um copo d’água.


Sidney Borges
www.lojasmurray.blogger.com.br/index.html

Carta do Leitor Topo

Engraçado sim! - Ontem neste virtual foi publicada ampla matéria que explica muito bem porque deve-se diminuir o número de vereadores na câmara de Ubatuba, mas o mais engraçado é que desde 2000 que iniciei meu programa radialistico e até 2003, sempre chamei a atenção pra esse fato e nunca teve eco; principalmente do vereador autor do projeto. Ele mesmo que nesses 03 mandatos nunca se preocupou em repassar nem um centavo sequer da verba da câmara pra Sta. Casa ou quem quer que fosse, mesmo tendo sido presidente da casa por várias vezes; e agora se arvora em patrono dos desvalidos e descuidados!!! Engraçado como política justifica qualquer tipo de atitude, claro que vem por ai uma bela resposta, mas as perguntas que não querem calar são: se o número de assessores é oneroso ao município, porque aprovaram? Se o número de vereadores é melhor menor, porque não foi alterado até hoje pelo nobre vereador (eles se chamam assim por incrível que possa parecer!)?  E se demorou 12 anos pra cair a ficha de nosso vereador pra tamanha necessidade do município, maginem o que passou junto ao largo!!!!! Realmente,Ubatuba não é uma cidade séria, engraçada, talvez.
PS: Ontem recebi comunicado do jornalista Ricardo Faria, me encaminhando e-mails e reclamando que teve sua liberdade de expressão tolhida neste jornal virtual devido a preocupação de divulgação de matéria pelo responsável do site www.ubaweb.com, Luiz Roberto de Moura. Acredito que o Emílio Campi como já fez em outras oportunidades até mais polêmicas e difíceis poderia dar explicações ao autor e a nós leitores; que sempre acreditamos na seriedade e responsabilidade de seu trabalho, o qual até hoje não se curvou a pressões apesar delas existirem.Qto ao Luiz,juro que não entendi, porque o que li não o comprometia em nada como ele dizia temer. Que coisa, até quando a liberdade de imprensa aqui em Ubatuba só existirá quando não incomodar a algum "amigo"!!!!

Tony Luiz-radialista
Ubatuba, SP

Democracia Ubatubense - Vejam só como é a democracia Ubatubense, o dia do trabalhador foi comemorado com uma festa no bairro do Ipiranguinha (o mais populoso da cidade). O sr prefeito municipal não poderia (e claro) perder a chance de se alto promover, mesmo sabendo que e proibido fazer campanha nesta época, lançou mão de varias faixas onde se lia: 25 obras neste bairro, e outras parecidas. E claro que o numero indicado nas faixas e o mesmo numero do partido do prefeito.
Este e o estilo (sujo) de fazer política do prefeito, que aliais levou uma grande vaia quando subiu no palanque, e por essa e outras que tem o maior nível de rejeição entre os pré-candidatos.

Ricardo Luis de Castilho
Estufa, Ubatuba

Foto do Dia Topo

Ubatuba

Praia da Fortaleza

Praia da Lagoinha
©Emilio Campi


Para instalar a foto como papel de parede (wallpaper)
Clique na foto acima. Após carregar a foto ampliada, clique com o botão direito do mouse sobre a imagem e escolha "Definir como papel de parede" ou "Definir como fundo de tela". Para ajustar a imagem em tela cheia, clique em qualquer lugar da área de trabalho com o botão direito do mouse, escolha "Propriedades" / "Fundo de Tela" ou "Papel de Parede" / "Ampliar".

Arquivos:  Foto Saudade  -  Foto do Dia
 

 Faça seu comentário, crítica, opinião ou sugestão no Litoral Virtual:
Clique Aqui


As notícias, fotos e cartas publicadas neste boletim são de inteira responsabilidade de suas fontes e autores,
não expressando necessariamente a opinião deste informativo. O envio de qualquer material para nosso e-mail
será considerado como autorizado a sua publicação e assumida a total responsabilidade pelo seu conteúdo.
As cartas devem conter nome completo, RG, endereço, telefone de contato e um e-mail válido.
Reservamos o direito de não publicar cartas que não contenham a devida  identificação do autor.


GRÁTIS!!
Receba as Últimas Notícias do Litoral em seu e-mail:

Quero receber GRATUITAMENTE o boletim Últimas Notícias do Litoral na versão:

Compacta (apenas as manchetes c/ Link)
Completa (todas as notícias na íntegra) 
e-mail:
Cidade:



Obs.: Você poderá cancelar o recebimento das notícias a qualquer momento.

Conheça as cidades do Litoral Norte Paulista:

Caraguatatuba Ilhabela São Sebastião Ubatuba

Litoral Virtual
O mais completo site do Litoral Norte Paulista na Internet
Sugestões, críticas e informações, entre em contato:
info@litoralvirtual.com.br

©1995/2001 Emilio Campi - Studio Maranduba - Direitos Reservados
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem a expressa autorização do autor