Litoral Virtual últimas notícias do litoral
Terça-feira, 11 de maio de 2004 - Nº 1030 Edições Anteriores
Barra da Lagoa Portal da Palmeira Basfibra

Região
TRE proíbe propaganda antes de julho, mas nomes estão nas ruas


Caraguatatuba
Evento integra profissões no Módulo
Projeto que cria mototáxi será votado hoje à noite em Caraguá
Aposentada sofre roubo no Jardim Aruã
Vítima encontra roupa roubada sendo vendida na feira do rolo

Ilhabela
Base de Manoel Marcos fará consulta no dia 21 para indicar vice


São Sebastião
PM prende traficantes com mais de 150 papelotes de cocaína em barraco
Caseiro de apens 18 anos é morto com requintes de crueldade em Cambury
Garçonete sofre estupro no caminho de casa em Boiçucanga
Capitania intensifica inspeção na área do Arquipélago dos Alcatrazes
Operários da construção civil devem ser cadastrados a partir de hoje
Caseiro furta casa em que trabalhava
Prefeitura discute hoje ecoturismo com Associação de Monitores

Ubatuba
Ubatuba corta cirurgia eletiva
Pedro Tuzino é pré-candidato do PSDB à prefeitura de Ubatuba
Tânia Barbosa, de São Sebastião, vence Prova Pedestre em Ubatuba
Morador de Jacareí vence promoção do Magazine Luiza
Pauta da Sessão da Câmara de Ubatuba


Seções
Artigo
Conto
Carta do Leitor
Foto do Dia


Notícias da Região Topo

TRE proíbe propaganda antes de julho, mas nomes estão nas ruas

Litoral Norte - O TRE-SP (Tribunal Regional Eleitoral do Estado de São Paulo) proí-be “qualquer tipo de propaganda eleitoral antes do dia 6 de julho”. Somente a partir desta data a publicidade dos candidatos a prefeito e vereador pode começar a ser divulgada. Mesmo assim, a propaganda segue regras e só deve ser feita nos seguintes locais: em bens particulares, mediante autorização do proprietário; nos viadutos, passarelas, pontes e postes públicos que não sejam suportes de sinais de tráfego (somente faixas ou placas); e ao longo da via pública, desde que não atrapalhe o trânsito.
Não será permitida em nenhuma hipótese a veiculação de publicidade eleitoral em bens públicos, ou seja, imóveis cujo uso dependa de cessão ou permissão do Poder Público; nos bens de uso comum, como estabelecimentos comerciais, shoppings, templos e igrejas, cinemas, teatros, estádios esportivos, clubes, salões de eventos e exposições; em tapumes de obras ou prédios públicos; nos postes que sejam suporte de sinais de tráfego; em árvores e jardins localizados em áreas públicas; e ainda nos ônibus e respectivos abrigos/pontos, rodoviárias, estações de trem e metrô, táxis etc.
O site do TRE-SP (www.tre-sp.gov.br) oferece um formulário para denúncias.
No último sábado, em reportagem publicada no Imprensa Livre, o juiz eleitoral da Comarca de São Sebastião e Ilhabela, Josué Vilela Pimentel, fez um alerta aos pré-candidatos que já estão colocando propaganda nas ruas.
Segundo ele, o Ministério Público poderá receber possíveis representações, que poderão prejudicar os candidatos a partir do início oficial do período de campanha. Atualmente, nas quatro cidades do Litoral Norte é comum ver veículos e imóveis com nomes ou partidos de pré-candidatos. (Fonte: Imprensa Livre)

Notícias de Caraguatatuba Topo

Caraguatudo O Guaruçá

Evento integra profissões no Módulo
Os cursos Normal Superior e Letras das Faculdades Integradas Módulo promoveram, na semana passada, oficinas, mini-cursos e palestras, lotando salas e auditórios. O evento abriu para o público algumas atividades.

Caraguatatuba - A Semana de Educação e Linguagem envolveu todos os alunos de Letras e Normal Superior nos mini-cursos, oficinas e palestras realizados por professores especialistas e também pelos próprios alunos. Sob o tema “Educação e Linguagem Por Uma Abordagem Sócio-Interacionista Discursiva”, o evento proporcionou atualização aos participantes.
Para a coordenadora do curso Normal Superior Camila Beltrão Medina, o evento foi uma oportunidade de mostrar aos alunos a relação entre as profissões. “O objetivo foi mostrar a interdisciplinaridade que existe entre os cursos. Tudo que envolve educação é na verdade uma relação entre diversos assuntos”, explicou.
O evento ofereceu ao público, palestras com especialistas em diversos assuntos como “Fonoaudiologia e Educação: um diálogo possível”, com a Profa. Ms. Eliana Manninnen; e a palestra “Exposição coordenada: primeira versão dos intertextos possíveis no ensino das diversas”, com o Prof. Ms. Wellington de Oliveira, a Profa. Esp. Soraya M. Reis, o Prof. Alleid R. Machado e Profa. Ms. Rosângela Ferreira..
Outro ponto alto do evento foi a palestra “Jogo, RCN e PCNS: da comparação à condição”, com o Prof. Dr. Alcides Scaglia, que falou com domínio sobre a relação entre o jogo e a educação ao longo dos tempos, procurando mostrar como o jogo foi sendo tratado pelas diversas áreas em cada momento histórico, apontando os acertos e equívocos ao se pensar o jogo na educação. (Fonte: Módulo)

Projeto que cria mototáxi será votado hoje à noite em Caraguá

Caraguatatuba - O projeto de lei de autoria da vereadora Leonor Diniz Santos Ferreira, que autoriza a prefeitura a criar a Prestação de Serviços por Motocicletas, será votado hoje à noite, na Câmara Municipal. Segundo ela, um dos objetivos é abrir novas vagas de emprego. “Hoje passamos por um processo de desemprego grande e esta é mais uma opção”.
Leonor Diniz também ressalta que muitas cidades já contam com o mototáxi.
“Será mais um serviço para a população”.
Para a vereadora, as motos facilitarão o transporte, principalmente, na temporada. “É uma época que o trânsito fica complicado”, frisa. Quanto à polêmica sobre possíveis prejuízos a outras categorias, como taxistas e transporte coletivo urbano, a vereadora declarou: “Tudo é polêmico, mas vivemos em um mundo democrático”.
De acordo com a autora do projeto, o número de vagas será definido pela prefeitura. As motos terão de atender a medidas de segurança. Já o vereador Valmir Gonçalves propõe a criação da “faixa para prefeito e presidente da Câmara”. A proposta será votada hoje e visa instituir um símbolo semelhante ao utilizado nas cerimônias de posse de Presidente da República. Caso seja aprovada, a cada mudança de prefeito ou presidente da Câmara Municipal, haverá a solenidade de transmissão da faixa.
Ainda estão previstos projetos de denominações de rua e de cria-ção do Centro de Apoio à Gestante, do vereador Anderson Bertoncini. Já o vereador João Rodrigues de Godoy Filho, o Baduca, é autor de um projeto que regulariza construções clandestinas. (Fonte: Imprensa Livre)

Aposentada sofre roubo no Jardim Aruã

Caraguatatuba - A professora aposentada M.A., 56 anos, teve a casa invadida por dois desconhecidos, que escondiam os rostos com camisas, na noite de domingo, no bairro Jardim Aruã. Ela contou à polícia que estava sozinha na residência, quando surgiu a dupla, portando pistolas, que aparentavam ser de brinquedo. Eles pegaram R$ 70, dois talões de cheques, vários CDs, telefone celular e aparelho de som. Em seguida, fugiram rumo ignorado. (Fonte: Imprensa Livre)

Vítima encontra roupa roubada sendo vendida na feira do rolo

Caraguatatuba - O auxiliar de enfermagem A.S.P., 27 anos, vítima de roubo, encontrou, na manhã de domingo, suas duas calças de chuva, roubadas na madrugada anterior, sendo vendidas em uma barraca na feira do rolo do Tinga. Ele avisou a Polícia Militar. A vítima contou à polícia que durante a madrugada sua casa, no bairro Travessão, foi invadida por cinco desconhecidos, que levaram documentos pessoais, roupas (incluindo duas calças de chuva para motoqueiro), dinheiro e telefone celular. Na manhã seguinte, a vítima decidiu visitar esta feira, acabando por encontrar suas calças e um dos assaltantes, o artesão M.C.S.M., 30 anos. Ele foi avisar a polícia, que ao chegar não encontrou nem o suspeito ou as calças. Na barraca estava o sogro do artesão, dono do estabelecimento. Foi feito contato com M. que retornou à feira com as calças. Ele negou o crime, alegando que encontrou a roupa no chão próximo da estátua de Iemanjá, na praia do centro, na madrugada anterior e decidiu colocar à venda na barraca do sogro. Como não conseguiu vender, ele pegou as calças e retornou para casa. O artesão foi conduzido à delegacia, onde ficou preso, acusado de roubo. (Fonte: Imprensa Livre)

Notícias de Ilhabela Topo

Vulcano
Sailing Shop

Base de Manoel Marcos fará consulta no dia 21 para indicar vice

Ilhabela - Políticos, filiados e representantes de 10 partidos políticos de Ilhabela, reunidos na sexta-feira à noite, a convite da direção do PTB, decidiram promover, no próximo dia 21 de maio, uma pré-consulta entre todos os partidos coligados, para indicar o nome do vice a compor a chapa do prefeito Manoel Marcos, candidato à reeleição.
Estiveram presentes membros e representantes do PTB, PL, PSDB, PSB, PCdoB, PP, PHS, PPS, PFL e PMN.
O primeiro a se manifestar foi o ex-prefeito Roberto Fazzini, que destacou ser democrática a consulta entre os partidos de apoio ao prefeito Manoel Marcos: “Que o vice-prefeito saia deste diálogo”, salientou Fazzini.
Gilson Tangerino, presidente do PP e atual vice-prefeito, destacou que era companheiro para todas as horas. Candidato ou não, garantiu, continua a dar seu apoio ao prefeito. Cláudio de Souza, presidente do PL, foi claro ao apoiar a reeleição de Manoel Marcos e disse que a legenda tem um nome para indicar a vice, porém respeitará a decisão da maioria do grupo de apoio. Apesar da decisão da executiva do PSDB em não participar da reunião, por ter definido a pré-candidatura a prefeito de Antonio Colucci, o líder do partido na Câmara, vereador José Pereira Brandão, foi firme em apoiar a candidatura e afirmou esperar que o partido não seja um divisor de águas na reeleição de Manoel Marcos. “Estou com Manoel Marcos, que fez grandes obras por Ilhabela”, esclareceu Brandão. O representante do PSB, José Garcia de Souza, ressaltou entretanto que, devido a reuniões com o diretório estadual, estaria “estudando opções de apoio”. “Os partidos pequenos estão dando divulgação à sua administração. O objetivo é fazer uma coligação com a administração atual e mostrar o trabalho de nosso partido”, completou Garcia. Manoel Marcos garantiu que todos os partidos coligados serão consultados para indicação do vice. “O fundamental é que não se deixe de observar o potencial político”, ressaltou. “Se erramos somos os primeiros a reconhecer, mas tenho certeza que acertamos mais do que erramos. Devemos caminhar juntos procurando sempre o consenso. Porém com divisões internas não chegaremos a 2005. Democraticamente, as pessoas opinam, falam, questionam; em minha administração buscamos o diálogo, pois temos um trabalho a ser feito”, destacou. “O meu trabalho administrativo tem sido um teste político também. Se estivéssemos administrando mal, nesta reunião política não teríamos uma presença tão grande e significativa dos representantes partidários”, completou Manoel Marcos. O prefeito reiterou que irá compor a sua chapa de forma democrática e disse que não aceitará imposições. Sua posição visa “ouvir a todos os partidos, independente da forma numérica ou econômica. Política se faz de baixo para cima, ouvindo as bases”, afirmou. O PHS e o PP foram claros em apoiar o prefeito Manoel Marcos. Já o presidente da Câmara Municipal de Ilhabela, vereador José Donizette da Silva (PPS) disse que não estava falando em nome do partido. Ele explicou que quando ingressou no partido se comprometeu em não sair candidato a vereador e teve a promessa de sair pré-candidato a prefeito. Donizette disse que “tomou uma rasteira” e seu nome não pôde ser lançado a pré-candidato. “Eu me posicionei a não aceitar meu nome como vice da ex-prefeita Nilce, embora tenha disputado a duas eleições a presidente da Câmara e não contei com o apoio do prefeito Manoel Marcos. Entretanto, em nenhum momento fiz oposição. Inclusive, não estou aqui para defender o prefeito, mas sim o povo de Ilhabela” “Estou trabalhando junto ao partido para unir forças junto à candidatura do prefeito Manoel Marcos, independente da condição de vice ou não. Vou estar no palanque de Mane, para uma Ilhabela cada vez melhor”, garantiu. A mesa foi formada com os representantes dos partidos: Nanci Peres de Araújo Zanato,líder do PTB; Roberto Fazzini (PMDB); José Pereira Brandão(PSDB); Romeu Pedro Persch (PTB); Zeca do São Pedro (PTB); Carlos Alberto de Oliveira Pinto (PMDB); Luís Lobo (PL); José Garcia de Souza (PSB); Walter Duarte de Souza (PTB); o vice-prefeito Gilson Tangerino (PP) e José Donizette da Silva (PPS). (Fonte: Imprensa Livre)

Notícias de São Sebastião Topo

Nautica Superchic

PM prende traficantes com mais de 150 papelotes de cocaína em barraco

São Sebastião - A Polícia Militar prendeu na noite de sexta-feira quatro pessoas, incluindo uma mulher e um adolescente, por tráfico de drogas no morro da Olaria, na região central. Em um barraco de dois cômodos, apenas com um quarto e banheiro, os policiais encontraram os suspeitos embalando os entorpecentes em cima de uma cama, onde dormiam duas crianças, filhos da desempregada D.D.M., 20 anos. Os policiais faziam patrulhamento pelo bairro, quando decidiram revistar o local, que seria conhecido como ponto de tráfico. Logo que chegou, eles depararam com R.N.S., 17 anos, saindo do barraco com 61 papelotes de cocaína, já prontos para venda, na mão. Ele jogou o entorpecente no chão. Dentro do imóvel, em cima da cama D. e A.S.S., 22 anos, misturavam a droga com um prato e uma colher, usando uma pedra bruta de 31 gramas da droga e um pacote de amido de milho e 40 saquinhos plástico, do tipo usado para “geladinho”. No momento do flagrante, os filhos dela dormiam ao lado do material que eles manuseavam. Quando os policiais s aíam com o trio, depararam com o cabeleireiro M.A.S., 29 anos, marido de D., que também foi levado preso. O menor de idade foi liberado aos responsáveis e o casal e A. ficaram recolhidos na cadeia pública, sendo que a mulher seguiu para o setor feminino em Ubatuba. (Fonte: Imprensa Livre)

Caseiro de apens 18 anos é morto com requintes de crueldade em Cambury
Ele foi agredido, baleado e parcialmente queimado pelo assassino

São Sebastião - O caseiro Marcelo Leonardo de Oliveira, 18 anos, foi assassinado na madrugada de sábado, com requintes de crueldade, no bairro Cambury, na Costa Sul. Além de ter sido espancado e levado dois tiros, o assassino tentou atear fogo no corpo dele, encontrado nu e parcialmente queimado. A Polícia Militar foi avisada, encontrando o corpo entre um muro e poste da rodovia. Pelas marcas no chão, a polícia suspeita que Oliveira foi morto em outro local e arrastado, por cerca de dez metros, até às margens da pista. Além de dois tiros no abdômen e boca, ele tinha diversos ferimentos de agressão pelo corpo, inclusive dois cortes profundo na cabeça. O assassino também colocou fogo em Oliveira, que morava no mesmo bairro. As roupas dele estavam queimadas em cima do corpo. Sem documentos, a vítima foi reconhecida pela mãe. A causa da morte foi anemia aguda e hemorragia interna traumática. O caseiro foi enterrado ontem no cemitério local. A polícia suspeita de vingança por envolvimento com drogas. Na noite anterior, a vítima teria brigado com desconhecidos no bairro. (Fonte: Imprensa Livre)

Garçonete sofre estupro no caminho de casa em Boiçucanga

São Sebastião - A garçonete M.R.R., 18 anos, foi vítima de estupro, na manhã de domingo, quando estava a caminho de casa, no bairro Boiçucanga, após sair do serviço. Ela acusou A.P.A., 24 anos, que alegou ser autônomo, como autor do crime.
A vítima contou à polícia que pegou carona com um casal de amigos, que estava com A., que ela conhece “de vista” há mais de um ano. No meio do caminho, este casal foi para outra direção e a vítima foi seguida por A., que insistia para ela subir em sua moto. A garçonete continuou seu caminho e aproveitando uma ponte em que somente passam pedestres procurou despistar A. Mesmo assim, o autônomo largou a moto e seguiu-a a pé. Próximo a um matagal, e sob ameaça de morte, ele agarrou-a, arrastando-a para o local, onde a estuprou, chegando a rasgar sua calcinha. Segundo a vítima, ele aparentava estar drogado ou alcoolizado.
Socorro - Após o crime, cerca de 15 minutos, ele deixou-a ir embora, com a condição que não falasse para ninguém. A vítima procurou uma amiga, que a levou ao pronto-socorro de Boiçucanga, onde recebeu medicação. A Polícia Militar atendeu o caso na unidade médica. Com a característica do suspeito, os policiais foram atrás, conseguindo detê-lo nas proximidades. Ele negou o estupro, alegando que apenas levou-a para casa e no caminho transou com ela. Segundo o acusado, ele “ficou” com a vítima uma vez. Ela seria sua paquera e agora quer vingança por ele ter outra namorada. A. foi conduzido à delegacia, onde se registrou o estupro. Ele ficou recolhido na cadeia pública local. (Fonte: Imprensa Livre)

Capitania intensifica inspeção na área do Arquipélago dos Alcatrazes

São Sebastião - A Delegacia da Capitania dos Portos intensificará inspeção na área adjacente ao Arquipélago dos Alcatrazes. Conforme o delegado, capitão-de-fragata Luiz Fernando Pereira da Cruz, a medida se deve ao aumento de embarcações na Área Delta, sem autorização. “A navegação nas proximidades do arquipélago, bem como a pesca, o mergulho e qualquer outra atividade são terminantemente proibidos, somente podendo ocorrer com autorização expressa da autoridade marítima”, ele explica. Os infratores estão sujeitos a multa de até R$ 1.600,00 e a processos judiciais.
O Arquipélago do Alcatrazes também é unidade de preservação da Estação Ecológica Tupinambás, órgão do Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente). Há décadas a Marinha do Brasil utiliza o arquipélago para exercícios de tiro inerte, sob protestos de ambientalistas. (Fonte: Imprensa Livre)

Operários da construção civil devem ser cadastrados a partir de hoje

São Sebastião - A partir de hoje, todos os trabalhadores/operários que atuam na área da construção civil precisam ser cadastrados na Secretaria de Meio Ambiente e Obras para poderem exercer a atividade no município. Essa ação ocorre devido à lei 1678/04, que passou a vigorar ontem e prevê e emissão de uma carteira de identificação do trabalhador.
De acordo com o chefe da fiscalização de obras e meio ambiente, Lineu Alvim Coelho Junior, a idéia principal desse cadastro é conhecer o trabalhador da cidade, identifica-lo e depois desenvolver vários projetos em prol da melhoria da qualidade de vida. Segundo conta, isso pode ocorrer por meio da capacitação da mão de obra, oferecendo cursos de aperfeiçoamento nessa área. “Entre outras vantagens, esse cadastro vai possibilitar a identificação dessa classe de trabalhadores, além de transmitir e oferecer qualificação profissional específica à categoria, proporcionando a esses munícipes uma melhor condição de emprego, salário e sustento de seus familiares”, comenta Alvim. Ele ainda diz que o responsável pelo pedido do cadastro é o empreiteiro ou o proprietário da obra, que deve comparecer à Secretaria de Meio Ambiente e Obras munido de documentos do empregado. Porém, nos casos em que o trabalhador não tem emprego fixo em determinado local, o pedido da emissão do cadastro pode ser feito por ele próprio. Nesse cadastro irão constar todos os dados do trabalhador e a carteira emitida deve ter uma foto 3x4. Além disso, terá o endereço da residência do operário e o endereço de onde ele trabalha. A Semur (Secretaria de Meio Ambiente e Obras) tem o prazo de dez dias a partir da entrega dos documentos, para emitir a carteira de identificação, que tem um prazo de validade de 12 meses. É importante ressaltar que o empreiteiro também é responsável em dar baixa na Semur, caso o trabalhador deixe de atuar na obra antes do vencimento do período de validade.
O responsável por obra que não fizer o cadastro estará sujeito a multa, que atualmente equivale a R$ 40 por operário.
Outro ponto que será possível por meio do CIT é conhecer algumas realidades do município, entre elas, a migração. “Com essa ação, poderemos identificar possíveis locais de onde muitos moradores da região tenham vindo. A partir disso, será possível procurar conhecer a realidade desse local e saber quais são os maiores problemas do local e com isso poderemos até auxiliar nessas questões”. Para Lineu Alvim, ao melhorar as condições de outras regiões, é possível diminuir o fluxo migratório na cidade. Os fiscais da prefeitura irão passar pelas obras para entregar cópia da lei que determina a realização do cadastro.
Lineu adianta que esse cadastro está precedendo um outro, que deve ser utilizado na cidade, que é o Censo Municipal. Através dele, será possível excluir uma série de cadastros e unificar esse tipo de informação. Quanto ao cadastro do trabalhador, é importante frisar que mesmo quem trabalha em condomínio fechado ou que tenha outro tipo de cadastro, não terá liberação para exercer a função sem o CIT. Lineu Alvim disse que é possível ultrapassar de dez mil, o número de cadastrados nesse processo. O cadastro pode ser feito das 10 às 16h30 e não tem custo algum para o trabalhador. (Fonte: Imprensa Livre)

Caseiro furta casa em que trabalhava

São Sebastião - O industriário M.A.R.F., 39 anos, morador em Santos, chegou em sua casa de veraneio no domingo, no bairro Cambury, na Costa Sul, e teve uma surpresa desagradável. Sua residência tinha sido arrombada pelo caseiro A.F.F.M., 23 anos, que trabalhava no imóvel vizinho, e estaria vendendo o material furtado pelo bairro. Ao deparar com as janelas, da sala e do quarto, arrombadas e dar pela falta de aparelhos e objetos, o industriário iniciou uma investigação particular pela vizinhança, descobrindo que o caseiro da casa ao lado estava vendendo uma televisão, exposta na casa de uma conhecida do caseiro no mesmo bairro. A vítima foi atrás do aparelho e fingindo interesse, pediu que a mulher mostrasse. Para sua surpresa era a sua TV, que A. tinha deixado para vender.
Patroa é vítima - M. entrou em contato com a vizinha, que é patroa de A., a comerciante V.M.C., 32 anos, também moradora em Santos. Os dois entraram na casa do caseiro, que fica no mesmo terreno. A comerciante descobriu que também foi vítima do empregado. No imóvel, havia objetos seus de que ela ainda não tinha sentido falta.
A. é caseiro da comerciante há cerca de dois meses. Antes, ele já tinha trabalhado como pedreiro em sua residência. Ele negou o crime, mas confessou que tinha indicado as duas casas para dois desconhecidos que chegaram de Santos e queriam imóveis para furtar. Depois do crime, eles teriam pedido para o caseiro guardar os objetos, como eletrodomésticos, aparelhos elétricos, roupas e outros, que depois viriam buscar.
A Polícia Militar foi avisada, conduzindo o caseiro ao plantão da Seccional, no 1° DP, onde ficou recolhido na cadeia pública, acusado de furto. (Fonte: Imprensa Livre)

Prefeitura discute hoje ecoturismo com Associação de Monitores

São Sebastião - O diretor de Meio Ambiente da Prefeitura de São Sebastião, Nivaldo Simões, se reúne hoje com representantes da Associação de Monitores de Ecoturismo para discutir o Programa Municipal de Ecoturismo. O encontro será realizado no auditório do Sindipetro (Sindicato dos Petroleiros), centro da cidade, a partir das 17h.
O Programa de Ecoturismo de São Sebastião contará com a participação da sociedade civil. Também integra a coordenação do programa o diretor do Parque Estadual de São Sebastião, Edson Marques Lobato, representando o Instituto Florestal.
Conforme Nivaldo Simões, está em elaboração uma parceria com o Sebrae (Serviço de Apoio às Micros e Pequenas Empresas) para criação de projeto técnico de uso das trilhas da Praia Brava e da Cachoeira do Itu, ambas no bairro Boiçucanga. Ele explica que com o projeto técnico pronto, a prefeitura buscará patrocínio para a viabilização.
A Prefeitura quer apresentar o Programa de Ecoturismo durante o 2º Seminário Internacional de Ecoturismo e Desenvolvimento, que será realizado nos dias 30 e 31 de julho. A cidade foi escolhida para ser sede deste evento, promovido pela revista Ecoturismo. O Programa de Ecoturismo também prevê várias atividades, entre elas esportes radicais. Estuda-se fixação de uma taxa a título de contribuição para acesso às trilhas. Em um dia de Carnaval, a trilha da Cachoeira do Itu, por exemplo, recebe cerca de mil pessoas. No Programa de Ecoturismo já está incluída a participação da ACA (Associação Costa dos Alcatrazes), que envolve hoteleiros, entre outros segmentos de prestação de serviços, entre Boiçucanga e Boracéia, na Costa Sul da cidade. (Fonte: Imprensa Livre)

Notícias de Ubatuba Topo

Restaurante Solar das Águas Cantantes Setur Marketing Político e Assessoria de Imprensa

Ubatuba corta cirurgia eletiva
Após bloqueio de conta, Santa Casa limita atendimento de casos sem urgência

Ubatuba - A Santa Casa de Ubatuba suspendeu por tempo indeterminado a realização de cirurgias eletivas (sem urgência) em razão do bloqueio judicial de uma das contas bancárias da entidade, responsável pelo atendimento de 11 mil pacientes por mês. A indisponibilidade da conta foi determinada pela Justiça do Trabalho de Caraguatatuba na última quinta-feira, com base em ação movida por um funcionário demitido pela direção do hospital em 98. De acordo com o diretor de Relações Públicas da Santa Casa, Eduardo Cury Russo, a instituição já teria conseguido liberar os R$ 5.000 retidos na conta. Segundo ele, o atendimento ainda não foi normalizado devido aos problemas financeiros da entidade. Russo afirmou que o bloqueio da conta não reduziu o número de pacientes atendidos pelo SUS (Sistema Único de Saúde), mas adia os procedimentos cirúrgicos considerados não-emergenciais. "A Santa Casa teve uma conta bloqueada por uma questão trabalhista de 1998, mas não houve redução no número de pacientes atendidos pelo SUS (Sistema Único de Saúde). A conta bloqueada tem valor de R$ 5.000, o que para nós já representa bastante. Mas de acordo com nosso departamento jurídico, a conta já foi desbloqueada", disse.
NORMALIZAÇÃO- Ontem algumas cirurgias voltaram a ser realizadas, mas de acordo com o diretor-técnico da Santa Casa, Valdir Duarte Mendes Júnior, o atendimento só será normalizado quando o estoque de analgésicos do hospital estiver completo.
"Algumas cirurgias já foram liberadas hoje [ontem], mas as que necessitam de anestia geral só serão reativadas quando nosso estoque de analgésicos estiver normalizado", disse. A Santa Casa é o único hospital de Ubatuba e os pacientes que necessitam de cirurgias consideradas sem urgência estão sendo orientados a adiar o procedimento, já que a expectativa é que o local volta a disponibilizar o serviço ainda esta semana. (Fonte: ValeParaibano)

Pedro Tuzino é pré-candidato do PSDB à prefeitura de Ubatuba

Ubatuba - O objetivo do PSDB, partido do governador Geraldo Alckmim, é lançar candidatos próprios a prefeito em todas as cidades. Em Ubatuba, o diretório municipal se antecipou e garante que vai seguir a orientação. A confirmação ocorreu depois de algumas reuniões que contaram com a participação de lideranças estaduais do partido, como o prefeito de São José dos Campos, Emanuel Fernandes, e o prefeito de Caraguatatuba, Antônio Carlos da Silva, quando se decidiu pela pré-candidatura do engenheiro Pedro Tuzino à prefeitura. Em decorrência da definição do nome do pré-candidato, outros encontros foram realizados no município, desta vez com representantes de vários partidos, entre eles o PSC, o PAN e o PTB, quando o assunto foi amplamente discutido. Um encontro, na semana passada, em São Paulo, reuniu várias lideranças do PSDB. Na oportunidade, o presidente da Executiva Estadual, deputado federal Antônio Carlos Pannunzio, e o secretário geral do partido, Evandro Lossaco, teriam ratificado a pré-candidatura de Tuzino. O líder do PSDB na Câmara Municipal, vereador Charles Medeiros, participou do encontro realizado em São Paulo e deixou clara a posição de apoiar as decisões do partido, sempre com vistas ao que é melhor para o município. “Ubatuba precisa de um governo sério e esse compromisso está nas mãos do PSDB”, diz o vereador. A oficialização da pré-candidatura de Tuzino pretende por fim às especulações sobre o partido e suas expectativas para o próximo pleito, que estavam conturbando o am-biente dentro do PSDB, nas últimas semanas. Agora, de acordo com o pré-candidato, o objetivo é dar continuidade às conversações para possíveis alianças. “A intenção é montar uma coligação forte, vitoriosa, mas, principalmente, que tenha o objetivo de buscar o melhor para Ubatuba”, explica. Para o pré-candidato Pedro Tuzino, as alianças podem definir, entre outras coisas, o nome do pré-candidato a vice-prefeito. “Claro que queremos e precisamos de apoio e de alia-dos fortes. No entanto, engana-se quem acha que iremos rifar posições. O nome do pré-candidato a vice é importante, mas nós não podemos nos esquecer que o mais importante é buscar pessoas que tenham o mesmo objetivo, que é trabalhar pelo desenvolvimento do município”, diz Tuzino. Tuzino sustenta que o partido tem feito bons contatos e que algumas surpresas podem surgir. “O importante é que essas coisas estão se definindo de maneira muito positiva. A escolha da pré-candidatura é uma demonstração disso: da união com a qual o PSDB conta hoje, e da seriedade com que tem trabalhado em Ubatuba”, finaliza. (Fonte: Imprensa Livre)

Tânia Barbosa, de São Sebastião, vence Prova Pedestre em Ubatuba

Ubatuba - A atleta sebastianense Tânia Barbosa confirmou sua ótima fase e faturou o primeiro lugar da 7ª Prova Pedestre “Soldado Francisco Paulino”, em comemoração ao 15º aniversário da 3ª Cia da Polícia, no sábado. Lindomar Castilho Júnior, de Paraty, venceu no geral masculino. Organizada pela Secretaria Municipal de Esportes e Lazer, a prova reuniu cerca de 120 atletas, divididos nas categorias mirim, infantil, juvenil, adulto, veteranos A, veteranos B, Policia Militar, feminino até 18 anos e feminino acima dos 18. A inscrição era gratuita e livre para quem se dispusesse a correr os 8 km do percurso. Nas categorias mirim e infantil eram 2 km de corrida. Os três primeiros colocados de cada categoria levaram para casa uma bicicleta nova. No evento foi anunciada, pelo prefeito Paulo Ramos, a construção de uma vila militar no bairro do Taquaral. Logo após uma homenagem, com entrega de láureas de mérito pessoal aos destaques da 3º CIA da PM, foi dada a largada, saindo do quartel e seguindo até o cais. A atleta de São Sebastião, Tânia Aparecida Barbosa, foi a primeira mulher a cruzar a linha de chegada, levando a melhor na categoria feminino geral, seguida pela ubatubense Andréa Azevedo. Na categoria feminino até 18 anos a campeã foi Michele , também atleta local. Tânia, apesar de estar competindo sem patrocínio, é uma atleta que vem mostrando ótimo desempenho e vencendo diversas provas ao longo de sua carreira. Na categoria adulto, o grande vencedor foi Lindomar Castilho Júnior, atleta de Paraty. Atrás de Lindomar veio Álvaro Teixeira Toledo Filho, representando Guaratinguetá e Antonio Carlos de Jesus, mais um motivo de orgulho para a cidade de Ubatuba. “O percurso foi ótimo, veloz. Foi muito importante para mim, que estou treinando para a Maratona do Rio de Janeiro. Graças a Deus e a muito treino, os resultados vêm aparecendo”, comemora Lindomar. A equipe de São Sebastião teve mais uma atleta no pódio: Márcia Tamasiro, 41 anos, que chegou em 3º na categoria feminino acima de 19 anos. Adailton dos Santos foi o primeiro atleta de São Sebastião a cruzar a linha de chegada, mesmo antes de Tânia. Ilhabela também foi muito bem representada, com João Alves de Araújo levando o primeiro lugar na categoria veteranos de 40 a 50 anos. Na categoria veteranos acima dos 51 anos, participou da prova o homenageado do dia: Soldado Francisco Paulino, que dá nome à competição. Isso ocorreu porque ele é um Policial Militar, reformado há seis anos, que já venceu seis vezes a Corrida de Pedestres de Ubatuba e teve participação em mais de 15 “São Silvestres”. “Para oficializar a comemoração do aniversário da cia, queriam um PM que tivesse passado atlético para dar nome à prova e então eu fui escolhido porque minha base foi sempre a corrida”, conta o soldado, que apesar de não chegar entre os três primeiros de sua categoria, mostrou muita garra e disposição. (Fonte: Imprensa Livre)

Morador de Jacareí vence promoção do Magazine Luiza

Ubatuba - José Maria Brito, morador de Jacareí, venceu a promoção Ganha Tudo, do Magazine Luiza, e vai levar para casa um caminhão Volkswagen, modelo 13.170 eletronic (carga pesada), 2004, 0 km, cheio de produtos da rede, como móveis de sala, quarto e cozinha, eletrodomésticos (geladeira, fogão, lavadora), eletrônicos (TV, som, DVD), e itens de informática, hobby e lazer. O valor total da premiação é de R$ 150 mil. Os prêmios serão entregues pela dupla Rio Negro & Solimões, que estrelou a campanha, em data que ainda será agendada. O sorteio do vencedor aconteceu ontem, no Centro de Distribuição do Magazine Luiza, em Ribeirão Preto. A campanha ficou dois meses no ar e encerrou-se em 30 de abril. Durante esse período, as lojas da rede receberam cerca de 3 milhões de cupons. O Magazine Luiza conta com 181 lojas distribuídas pelos Estados de São Paulo, Paraná, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul e Goiás. Desde o ano passado a rede tem uma loja no litoral norte, em Ubatuba. (Fonte: Imprensa Livre)

Sessão na Câmara Municipal de Ubatuba

Ubatuba - Exerça a cidadania. Participe da vida política de seu município. Veja o que seu vereador faz pela cidade. Assista à sessão da Câmara Municipal que se realizará hoje (11/05), às 19h30, na Câmara Municipal de Ubatuba, avenida Iperoig, 218 - Centro.

Pauta da Sessão da Câmara de Ubatuba

Ubatuba - Ordem do Dia da 14ª Sessão Ordinária, a realizar-se no dia 11 de maio de 2004, às 19h30, na Câmara Municipal de Ubatuba, avenida Iperoig, 218 - Centro.
01- VETO DO PROJETO DE LEI Nº 220/03 do Ver. SAMUEL DOS SANTOS - PP, que acrescenta expressão ao artigo 1° de Lei 1.766/98, que sobre a instalação de antenas transmissoras no Município de Ubatuba, sujeitando-as à autorização prévia da Câmara Municipal.
02- PROJETO DE RESOLUÇÃO Nº 01/04, do Ver. DOMINGOS DOS SANTOS - PT, que acrescenta ao Regimento Interno da Câmara Municipal, que os projetos submetidos à Comissão de Justiça e Redação, sejam preliminarmente submetidos à Assessoria Jurídica, pelo prazo de 5 (cinco) dias, para parecer.
03- PROJETO DE LEI N° 215/03, do Ver. RICARDO CORTES - PFL, que altera a Lei 1.294/03, que dispõe sobre o comércio ambulante, aumentando para até 04 (quatro), os tipos de mercadorias permitidos a comercializar, dentre os que enumeram.
04- PROJETO DE LEI Nº 70/04, do Ver. RICARDO CORTES - PFL, que dispõe sobre a oficialização, no âmbito do Município, do ensino da Língua Brasileira de Sinais - LIBRAS, e autoriza o Executivo a celebrar convênio para sua introdução na rede pública de ensino municipal.
05- PROJETO DE LEI Nº 73/04, do Ver. RICARDO BARBOSA - PFL, que reduz em 50% a taxa estabelecida no inciso III do art. 9° da Lei 2121/01, que dispõe sobre o serviço de carreto no Município.
06- PROJETO DE LEI Nº 79/04, do EXECUTIVO, que cria e denomina a Escola Municipal "Nativa Fernandes de Faria", no bairro do Sertão da Quina.
07- PROJETO DE LEI Nº 80/04, do EXECUTIVO, que cria e denomina a Escola Municipal "Maria da Cruz Barreto", no bairro do Perequê-Mirim.
08- PROJETO DE LEI Nº 81/04, do Ver. ROGÉRIO FREDIANI - PTB, que revoga a Lei nº 2148/01, que autoriza o Executivo conceder à COAMBIENTAL, a execução da obra e a operação do sistema de coleta e tratamento de esgoto da praia Grande.
09- PROJETO DE LEI Nº 88/04, do Ver. RICARDO BARBOSA - PFL, que reenquadra os vencimentos de Mecânico e Eletricista de veículos, passando da referência 07, para a 12, da escala de vencimentos do Funcionalismo Municipal, vigente.
10- PROJETO DE LEI Nº 90/04 - do Ver. DOMINGOS DOS SANTOS - PT, que institui no Município de Ubatuba, a Ouvidoria Municipal, para receber, apurar e investigar denúncias e propor medidas corretivas para o aperfeiçoamento dos serviços prestados pelos Poderes constituídos à população.
11- REQUERIMENTOS Nº 52/04 - Ver. CHALES MEDEIROS - PSDB, à ELEKTRO solicitando a instalação de extensão de rede elétrica da Praia da Lagoinha até a praia do Peres.
12- REQUERIMENTOS Nº 53/04 - Ver. OSMAR DE SOUZA - PFL, à DNER solicitando que providencie com urgência a capina das margens da rodovia pelas razões expostas.
13- REQUERIMENTOS Nº 54/04 - Ver. OSMAR DE SOUZA - PFL, à TELEFÔNICA solicitando a instalação de um orelhão na Estrada Principal do Araribá próximo a nº 1240.
14- REQUERIMENTOS Nº 55/04 - Ver. OSMAR DE SOUZA - PFL, à TELEFÔNICA solicitando a instalação de um orelhão na Rua Osório Antônio de Oliveira próximo ao nº 181.
15- REQUERIMENTOS Nº 56/04 - Ver. OSMAR DE SOUZA - PFL, à TELEFÔNICA solicitando a instalação de um orelhão na Rua Venceslau de Oliveira próximo ao nº 09, no Bairro Rio da Prata.
16- REQUERIMENTOS Nº 57/04 - Ver. SAMUEL DOS SANTOS - PP, à ELEKTRO solicitando a instalação de 1 luminária na Rua Alegria,altura do nº 20 no Bairro da Estufa I.
17- REQUERIMENTOS Nº 58/04 - Ver. SAMUEL DOS SANTOS - PP, à ELEKTRO solicitando a instalação de 1 luminária na Rua Harmonia, altura do nº 280 no bairro da Estufa I. (Fonte: O Guaruçá)

Ação Litoral

Artigo Topo

O pensar Pirão deve ser geral
Carlos Rizzo

Certa tarde deste novo milênio estávamos conversando sobre o paternalismo que o Estado impõe sobre a arte, sobre a verdadeira arte. Essa mania brasileira de estatizar tudo quanto é expressão de pensamento; de misturar pensamento com anseio; de misturar arte com burocracia. De tratar arte e artesanato como se fosse um hambúrguer do McDonald’s. E infelizmente concluímos que desde o Renascentismo ainda não se criou nada melhor que o mecenato na relação entre a Arte e o Estado.
É muito difícil escrever sobre o que é arte ou o que é artesanato. Dá muita discussão porque cada um de nós tem a sua opinião e acho que não existem duas opiniões iguais. Que bom! Para ficar mais fácil prefiro colocar a situação nos seguintes termos: Você artista, está satisfeito com o valor que os seus trabalhos tem alcançado? Você consumidor de arte, encontra com facilidade, objetos que satisfaçam o seu critério de beleza? Você burocrata, detentor de algum poder sobre regulamentação da arte: tem certeza que você é competente? Você vereador eleito pelo povo: tem certeza que uma lei resolve o problema? Excetuando o burocrata tenho certeza que todos responderam não. Este é o ponto, somente o burocrata está satisfeito com a sua relação com a arte porque o pedaço que lhe cabe nesta questão é um salário todo mês. Todos os outros dependem de fluidez, de qualidade, de trabalho, inspiração, transpiração e todos estão cansados de ver que este modelo que está aí só tem empobrecido nossa arte e matando de fome nossos artistas. Ou todos viramos burocratas (não haverá lugar para todos) ou mudamos esse pensamento que só no mecenato a arte sobrevive.
Sempre me lembro de Bruñel quando se referiu à censura: Não foi a censura que sufocou a sua arte, foi você que não foi capaz de driblá-la. E parafraseando: Não é a burocracia que impede a sobrevivência da nossa arte, somos nós que não encontramos um jeito de viver sem que ela nos atrapalhe. Burocracia e burocratas sempre irão existir, vamos deixá-los em paz com seus carimbos, despachos, mesas e cadeiras para descansar seus traseiros. Que é só isso que importa para a burocracia, ter traseiros para usar as suas cadeiras, e aos burocratas ter cadeiras para descansar seus traseiros, só isso. Então vamos deixá-los em paz e vamos fazer a nossa parte.
E nossa parte qual é? Aqui sim acho que todos responderão em uníssono: Sobreviver, ganhar o nosso pão de cada dia, ver-se valorizado naquilo que fazemos melhor: Arte. E não mais que isso.
Quer um exemplo prático? Pirão Geral.
Você sabe de onde vem o dinheiro que paga cada Pirão? E, no entanto vamos para um ano de Pirão. Vamos para um ano de Pirão e a gente, infelizmente, poderia nominar os quatro ou cinco que durante este tempo todo, proporcionaram todos os momentos de arte que vocês puderam ver, ouvir e participar. Não vamos nominar para evitar melindres e vaidades desnecessárias e porque na verdade, o Pirão é feito da conquista de cada um de nós. Tem uns que trabalham de segunda a segunda fazendo Pirão, seja lavando as roupas usadas no domingo seja contatando gente para participar, seja pagando contas que inevitavelmente são contratadas. Tem o aluguel do caminhão, o aluguel do som, a impressão de filipetas e tem uma fila imensa de artistas que poderiam se apresentar, mas que não vêm porque não tem dinheiro para a condução, e a gente não tem dinheiro nem para dar um prato de pirão aos artistas que se apresentam. Que dirá o cachê que eles teriam por direito.
E tem gente que quer simplesmente vir e assistir, o que também não deixa de ser uma colaboração.
E como ficamos? Creio que concordamos que é melhor deixar os burocratas em paz, então não vamos pedir dinheiro para eles. Ou vamos parar de pensar Pirão? Vamos deixar de ser Pirão.
Para você ter uma idéia a Prefeitura deve destinar para a Cultura até 3% da arrecadação, ou seja, cada um dos habitantes paga até R$30,00 por ano para a Cultura do nosso município. E o que vemos?
É importante lembrar que tudo o que apresentamos é na rua e para a rua, não temos bilheterias, não temos catracas, não cobramos impostos, não cobramos ingressos. Só queremos a alegria de todos. E pode fazer parte da sua alegria de partilhar momentos, a alegria de colaborar nas despesas, pois existe uma grande diferença, aqui você vê como e para quem foi o seu dinheiro, esta tudo na rua, e ter a certeza que após cada Pirão feito, estaremos trabalhando para um novo Pirão cada vez melhor.
Com a colaboração de todos faremos um ano de Pirão e com certeza um Pirão mais humano.

PIRÃO GERAL - VOCÊ PODE PENSAR ASSIM

A Confraria dos Escritores de Ubatuba foi criada dia 1° de abril de 2003, lançou um livro de apresentação dos confrades, participou diretamente do lançamento de mais três outros livros, editou três boletins informativos e implementa, o projeto Confradinho, abrindo horizontes para jovens escritores.
O primeiro Pirão Geral foi em junho de 2003, tivemos mais de 20 edições onde cerca de 300 artistas se apresentaram para mais de 4000 pessoas assistirem. Do Pirão Geral saiu o Auto do Boi de Conchas e o grupo que o encena e tem gabarito para se apresentar em qualquer lugar do mundo.

Acha pouco?
Junte-se a nós que faremos muito mais.
Confraria dos Escritores de Ubatuba
Rua Dr. Esteves da Silva, 246
nossoceu@yahoo.com.br

Carlos Rizzo
Ubatuba, SP

Conto Topo

Ele

Ele era um homem muito especial, caçula de uma prole de 13 filhos.
Os rapazes foram mandados estudar em colégios internos, se formaram, menos o caçula. Naquelas férias de verão não mais voltou à escola. Seu lugar era ali na roça. Afinava-se mais com os colonos, no lombo de um cavalo, do que em companhia dos colegas e livros.
As moças aprendiam música, bordados, língua, e todas tiveram seus diplomas de professora.
Muito tímido, reservado, caipirão mesmo, casou-se aos 19 anos, e a administração da maior fazenda ficou em suas mãos. Grande responsabilidade, mas saía-se muito bem. Era muito querido e respeitado pelos empregados, mais amigo do que patrão.
Às vezes aconteciam aqueles “cinco minutos”, onde perdia a paciência, mas logo se controlava.
Um amigo contara que certa vez, ele montava um burro, quando este empacou e não havia nada o que fizesse andar. Boas palavras, umas chicotadas de leva, umas cutucadas com o cabo do rebenque e nada. No desespero, com a paciência esgotada, deu uma mordida tão grande na orelha do burro, que ele começou imediatamente a trotar.
De outra feita, ele mais o compadre entraram pela mata com um velho caminhão. Na volta, com o veículo carregado de lenha, estorou um pneu. E agora? Não havia outro estepe.
O sangue subiu e nosso homem não teve dúvidas. Puxou o revólver e descarregou no pneu furado, jogando em seguida a arma no meio do mato. O compadre, pálido de medo foi mandado procurar o revólver. Quando voltou ele já estava calmo. Também pudera. Junto com os tiros descarregou sua raiva. Voltaram os 10 quilômetros a pé, largando lá o caminhão.
Muitos outros repentes foram acontecendo, sua família crescendo, altos e baixos também, mas a união continuou firme. Era um marido exemplar, amoroso, justo, nunca levantou a mão para um filho, trabalhador, não esmorecia. No tempo das vacas magras foi preciso vender a última fazenda. Na época não valia nada. As terras estavam muito desvalorizadas. Mudou-se para a capital.
Não gostava da cidade, senti falta da roça, mas enfrentava a situação muito bem.
Conta-se que ele era muito atrapalhado, teimoso e muito engraçado. Criava situações que mais parecia piadas.
A rua que morava não era pavimentada, mas já estava com as guias para serem colocadas. Algumas meia tortas, em falso, não muito no chão, Levantou bravo e voltou para casa. Trocou de roupa sob os conselhos da mulher para que tivesse mais cuidado.
Cabisbaixo, caminhava escolhendo melhor onde pisava até que caiu de novo. Furioso, rolou na barreira, lambuzando-se todo:
-Ah... É para sujar? Então lá vai...
Era assim que esse homem, depois contava rindo o que lhe havia acontecido.
Meu pai tão querido, pra você, onde estiver, um beijo bem grande!

Dirce Marangoni
Ubatuba, SP

Carta do Leitor Topo

Tabatinga Imprópria - Estive verificando que nas últimas 4 semanas, o ponto de análise da CETESB na praia da Tabatinga, localizado a 250 metros do Rio, apresentou bandeira vermelha, ou seja, Praia IMPRÓPRIA para banhistas. O que está ocorrendo??? Nos últimos 4 anos isto nunca foi registrado !!! Quais as providêcnias da SABESP ??? Toda rede de capatção está pronta e parada, pois faltam detalhes técnicos, será que isto está comprometendo o meio ambiente?? Será que alguém está despejando esgoto sem tratamento no Rio??? Convoco os leitores a juntar forças e tentar descobrir o que está ocorrendo, pressionado os orgãos responsáveis, SABESP, Prefeitura, e a própria CETESB, para atuar e multar estes responsáveis.

Gomes
Morador da Tabatinga
Caraguatatuba, SP


Gratifica-se - Meu filho perdeu um album encapado cor de laranja com várias fotografias dos barcos para os quais ele fez os desivos, com o nome dos barcos, faixas etc, para nosso trabalho é muito importante, são fotos de 12 anos de trabalho. Foi perdido nas proximidades do Colégio Objetivo na sexta feira 07/05 quem devolver será bem gratificado.
Informações pelo e-mail marcia-martino@ig.com.br

Marcia
Ubatuba, SP


Classe Média - Outro dia me perguntaram quais seriam os fatores que impedem o nosso desenvolvimento turístico. Dei apenas uma opinião pelo passado (últimos 20 anos): Cada tempo e cada momento político em que pegamos ou perdemos o "bonde", (nas raríssimas oportunidades que o bonde passou), foram tantos os fatores, as variáveis e as influências, que não saímos do lugar. Eram uns poucos obstinados a lutar. A grande maioria, cômoda como sempre, se deixou levar. Hoje, só posso dizer, que de uma forma ou de outra, estávamos "construindo" um turismo para a extinta classe média. E agora?

Ronaldo Dias
Ubatuba, SP


Colírio para os olhos e bençãos para alma! - Já havia ficado feliz quando nosso editor resolveu criar um arquivo com os trabalhos de nossa querida Dirce, mas agora se superou! Com os escritos variados dessa fantástica mulher me delicio e viajo no tempo como já fiz em outras oportunidades, nos primeiros contatos dentro do programa "Rádio Livre" o qual apresentava todas as tardes em Ubatuba. Ali tive um contato mais direto com essa sonhadora maravilhosa e que realmente sabe dar o recado. Tem gente que escreve muito, tem gente que escreve pouco, tem gente que acha que sabe escrever e cansa nosso saquinho, mas Dirce Marangoni é um refresco para as almas cansadas de Ubatuba; cansadas de tanta falsidade, de tantos desmandos de tanto desamor!!
O desamor tem um exemplo interessante: Nesse domingo levei minha esposa Mônica até o Saco da Ribeira pra passear um pouco, afinal se em São Paulo passeio de pobre é ver avião subir, em Ubatuba é ver barco nas águas!!
Ao chegar lá deparei com vários turistas fazendo malabarismos pra escalarem as muretas do belvedere (bonito nome não? belvedere!! chega a ser chique), e até colocando suas vidas em risco porque uma queda ali não fica barato não; e o motivo é que o mato chega a cobrir o belvedere (mas que nome bonito!). Pensei comigo mesmo porque estava de camiseta e não tinha botões pra com eles divagar: Será que nessa região toda que se beneficia do turismo e do uso do Saco não tem uma pessoa de meu deus que pudesse passar um cortador de mato ou um facão ou sei-lá-o-quê pra nossa imagem não ficar mais comprometida do que é??? Será que eu ou você não poderíamos fazer isso, ao invés de ficarmos discutindo interminavelmente sobre o sexo dos anjos e como deve ser a cor do cavalo branco de Napoleão??? Será que esta na realidade faltando pra gente é pegar em ferramentas ao invés de querermos todos mandar nos outros??
Claro me dirão alguns, é obrigação do poder público; mas se o nosso aqui é inoperante e incompetente somos todos tão ou mais por sermos omissos? É Dona Dirce Marangoni, por favor escreva mais, assim poderemos pelo menos superar essa fase difícil da vida ubatubana com histórias ricas, inteligentes e companheiras de corações sofridos e mentes cansadas de tanto buscar e esperar soluções básicas pra nossa sobrevivência.

Tony Luiz
Radialista
Ubatuba, SP

Foto do Dia Topo

Ubatuba

Praia da Almada

Praia da Almada
©Emilio Campi


Para instalar a foto como papel de parede (wallpaper)
Clique na foto acima. Após carregar a foto ampliada, clique com o botão direito do mouse sobre a imagem e escolha "Definir como papel de parede" ou "Definir como fundo de tela". Para ajustar a imagem em tela cheia, clique em qualquer lugar da área de trabalho com o botão direito do mouse, escolha "Propriedades" / "Fundo de Tela" ou "Papel de Parede" / "Ampliar".

Arquivos:  Foto Saudade  -  Foto do Dia
 

 Faça seu comentário, crítica, opinião ou sugestão no Litoral Virtual:
Clique Aqui


As notícias, fotos e cartas publicadas neste boletim são de inteira responsabilidade de suas fontes e autores,
não expressando necessariamente a opinião deste informativo. O envio de qualquer material para nosso e-mail
será considerado como autorizado a sua publicação e assumida a total responsabilidade pelo seu conteúdo.
As cartas devem conter nome completo, RG, endereço, telefone de contato e um e-mail válido.
Reservamos o direito de não publicar cartas que não contenham a devida  identificação do autor.


GRÁTIS!!
Receba as Últimas Notícias do Litoral em seu e-mail:

Quero receber GRATUITAMENTE o boletim Últimas Notícias do Litoral na versão:

Compacta (apenas as manchetes c/ Link)
Completa (todas as notícias na íntegra) 
e-mail:
Cidade:



Obs.: Você poderá cancelar o recebimento das notícias a qualquer momento.

Conheça as cidades do Litoral Norte Paulista:

Caraguatatuba Ilhabela São Sebastião Ubatuba

Litoral Virtual
O mais completo site do Litoral Norte Paulista na Internet
Sugestões, críticas e informações, entre em contato:
info@litoralvirtual.com.br

©1995/2001 Emilio Campi - Studio Maranduba - Direitos Reservados
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem a expressa autorização do autor