Litoral Virtual últimas notícias do litoral
Treça-feira, 25 de maio de 2004 - Nº 1040 Edições Anteriores
Barra da Lagoa Portal da Palmeira Gefran

Região
DER pára obra na Rio-Santos


Caraguatatuba
1ª Jornada Comunitária da região reúne corporações da Polícia
Módulo promove Palestras e distribuição de mudas na Semana do Meio Ambiente
Foragido de Bauru há seis anos é capturado em Caraguatatuba
Vereadores podem mudar horário das sessões da Câmara
Três supostos bandidos morrem em troca de tiros com PM
Câmara rejeita projeto de Moto-Táxi
Câmara discute horário, drogas e honraria esportiva
Enxadristas de Caraguá se destacam no Torneio Valeparaibano, em São José

Ilhabela
Prefeito participa da festa de encerramento para os novos Agentes ambientais voluntários
Ilhabela tem agora 900 agentes ambientais
Biblioteca municipal de Ilhabela

São Sebastião
Torneio de sinuca reune 28 competidores
Vitória do Estrela do Mar elimina o Sato no Municipal de Futebol
Homem é morto na trilha da cachoeira em Maresias
Depois de três meses da inauguração, bingo é aberto em São Sebastião
Óleo atinge córrego do Outeiro e assusta moradores na Vila Amélia
Tribunal mantém quebra de sigilo e bloqueio de bens: prefeito diz que recurso continua
Federação Pró-Costa Atlântica protesta contra poluição das praias da Costa Sul

Ubatuba
Jardineiro é atropelado na Oswaldo Cruz
Mulher grávida é assassinada a golpes de enxada no Arariba
Ubatuba tem novo secretário de Turismo


Seções
Crônica
Conto
Carta do Leitor
Foto do Dia


Notícias da Região Topo

DER pára obra na Rio-Santos
Após polêmica com comerciantes do litoral, órgão suspende implantação de guias

Litoral Norte - O DER (Departamento de Estradas de Rodagem) recuou e suspendeu as obras de implantação de guias às margens da rodovia Rio-Santos no trecho ocupado por 50 lojistas de Ubatuba e São Sebastião que teriam construído seus pontos comerciais em área de domínio do governo federal. O trabalho, iniciado na última quinta-feira, foi suspenso por tempo indeterminado um dia depois porque alguns empresários quebraram o concreto implantado em frente aos seus estabelecimentos sob a alegação de que os blocos de 15 centímetros de altura impediam a entrada dos veículos. Segundo o DER, que no último dia 3 notificou o grupo para providenciar em 15 dias a demolição dos prédios comerciais, as guias estavam sendo implantadas ao lado do acostamento da estrada porque no trecho será construída uma marginal. A derrubada dos imóveis seria necessária porque os imóveis teriam sido construídos a menos de 55 metros da pista --distância mínima estabelecida pela legislação federal 6.766, de 1979, que dispõe sobre as regras para ocupação de loteamentos. No entanto, os comerciantes se negam a atender a medida, cujo prazo venceu no último dia 18, porque têm a escritura das propriedades, o alvará de funcionamento e a autorização de contrução do prédios emitida pelas prefeituras. A instalação das guias em frente aos pontos comerciais de São Sebastião chegou a provocar discussão entre os comerciantes e funcionários do DER na última quinta-feira. Segundo comerciantes, houve até tentativa de agressão. "As guias têm 15 centímetros de altura e as pessoas quebraram os blocos para estacionar seus carros nos estabelecimentos", disse a comerciante Amanda Léa de Oliveira, 26 anos, proprietária de uma mercearia há 18 anos em Juqueí. Amanda afirmou que ainda nesta semana vai encaminhar à Justiça ação contra a Prefeitura de São Sebastião, que autorizou a construção dos imóveis com recuo de 40 metros da estrada. "Pagamos impostos, inclusive da área que fica na área de recuo", disse. LICENÇAS- A Prefeitura de São Sebastião informou que, se os comerciantes tem licenças e outros documentos que permitiram a construção dos prédios no local, a autorização foi feita com base em legislação municipal ou estadual. Segundo o governo, antes de ingressarem com ações contra a administração, os comerciantes deveriam criar uma comissão para discutir o assunto com a Secretaria de Obras da cidade. A Prefeitura de Ubatuba informou que não autoriza obras que não estejam de acordo com as normas estabelecidas pelo DER. (Fonte: ValeParaibano)

Notícias de Caraguatatuba Topo

Caraguatudo O Guaruçá

1ª Jornada Comunitária da região reúne corporações da Polícia

Caraguatatuba - A 1ª Jornada Comunitária da região foi realizada este domingo no Cief do Massaguaçu, reunindo o GAT (Grupo de Apoio Tático Especial) e o canil da Polícia Militar; a Polícia Civil e Florestal; e o Corpo de Bombeiros da cidade com o Salvamar (Salvamento Marítimo), contando com a participação de mais de mil pessoas e 60 voluntários.
“A idéia da Jornada é aproximar a polícia da população. Este é um trabalho recente que começou na capital. Dentre as cidades da região, Caraguá foi a primeira a realizar o evento, que teve saldo bem positivo devido a participação da comunidade do bairro”, relatou o capitão da PM em Caraguá, Valter Padulla. Houve exposição de equipamentos das corporações da polícia, inclusive do GAT, que veio de São Paulo especialmente para a jornada, e demonstração dos cães treinados da PM que vieram de Taubaté. A Polícia Florestal passou vídeo educativo aos participantes, que puderam trocar armas de plástico por outro tipo de brinquedo. A Secretaria Municipal da Saúde fez prevenção bucal e medição de pressão. A Samed fez exame para saber o tipo sanguíneo. Cabeleireiros voluntários fizeram mais de 300 cortes de cabelo, e comerciantes do bairro doaram alimentos e distribuíram lanche no evento.“Para julho vamos repetir o evento no bairro da Olaria ou Perequê. Nossa intenção é trazer o pré-adolescente para um contato mais estreito com a Polícia para eles se sentirem ‘assistidos’”, finalizou Padulla. (Fonte: Imprensa Livre)

Módulo promove Palestras e distribuição de mudas na Semana do Meio Ambiente

Caraguatatuba - As Faculdades Integradas Módulo estarão promovendo de 3 a 5 de junho, diversas atividades em comemoração à Semana do Meio Ambiente. As atividades estão sendo promovidas pelo Curso de Ciências Biológicas.
Dentro da programação estão incluídas palestras e distribuição de mudas. No dia 3 de junho, às 19 horas haverá abertura oficial, com presença de autoridades, alunos e professores. No mesmo dia. às 20horas, já está confirmada uma palestra com o Capitão da Polícia Militar, Cap. Eugênio de Campos Junior, que irá abordar o papel do Município nas questões ambientais, sob o título "Ordem Pública é Ordem Ambiental". No dia 4, às 19 horas, o Biólogo André Antonio Augusto Fausto Rossi, da Fundação Animália ministrará a palestra “Reabilitação de Fauna no Litoral Norte. Ainda no dia 4, às 20 horas, o assunto em pauta será “Pesca e Maricultura: Impacto X Sustentabilidade”, com o palestrante Roberto Willin Von Seckendorff, do Instituto de Pesca. No dia 05, às 9 horas, haverá apresentação de projetos por Ongs ambientais do Litoral Norte, com distribuição de mudas para todos os participantes. As inscrições para quem quer certificado serão feitas no local do evento, na entrada do Auditório das Faculdades Integradas Módulo, Campus Centro, a partir das 18 horas do dia 3. O valor das inscrições para estudantes será de R$ 5,00 e para profissionais de R$ 10,00. Os participantes receberão pastinhas e canetas do evento. (Fonte: Módulo)

Foragido de Bauru há seis anos é capturado em Caraguatatuba

Caraguatatuba - Sival da Silva, 35 anos, que alegou ser locutor e radialista, foi preso na manhã de sábado, na rua Irmã São Francisco, bairro Caputera. Há seis anos ele teria fugido do presídio em Lençóis Paulista, onde cumpria uma condenação de 16 anos por homicídio. Além disso, Silva tem uma ficha extensa de passagens policiais. O documento tem 23 folhas.
A Polícia Militar capturou o foragido casualmente, durante um patrulhamento de rotina. Ao passar ao lado dele, que ocupava um carro, sua atitude estranha levantou suspeita. Sem documentos, ele apresentou várias informações contraditórias até chegar ao verdadeiro nome. Uma pesquisa dos antecedentes revelou suas diversas passagens, sendo a maioria por estelionato. Segundo sua ficha, em março de 1998 Silva abandonou a penitenciária. Não se sabe se ele saiu sem ser notado pelos policiais ou se estava em benefício. Dos antecedentes consta ainda que ele tem oito anos e oito meses a cumprir de sua pena.
A maior parte dos crimes é da cidade de Bauru e Lençóis Paulista. Silva já teria ficado preso em Caraguatatuba com outro nome. Atualmente ele estaria morando na cidade, onde ficou recolhido na cadeia pública local. No momento de sua prisão, Silva disse que não sabia que era procurado da Justiça. (Fonte: Imprensa Livre)

Vereadores podem mudar horário das sessões da Câmara

Caraguatatuba - Os vereadores de Caraguá podem mudar, hoje à noite, o horário das sessões da Câmara Municipal. Para isso, basta que o projeto de resolução apresentado por Anderson Bertoncini seja aprovado.
Ele pretende alterar a sessão de 19h30 para 14h. Segundo o autor, o objetivo é “economizar divisas do erário público”.
Contudo, a iniciativa gera polêmica na cidade. Isto porque, caso o horário seja alterado, muitas pessoas não terão condições de acompanhar as sessões da Câmara Municipal. Além deste, mais cinco projetos de denominação de rua serão votados hoje. Também está prevista a votação do projeto que inclui no currículo escolar da rede municipal de ensino o estudo sobre dependência química, de autoria do vereador Omar Kazon. Por último, os vereadores devem votar a proposta de Laércio Aparecido de Andrade, o Bolha, para criar o “Título de Cidadão Desportista”. As Câmaras de São Sebastião e Ubatuba não divulgaram as pautas das sessões, que também acontecem hoje, até o fechamento desta edição. (Fonte: Imprensa Livre)

Três supostos bandidos morrem em troca de tiros com PM

Caraguatatuba - Três supostos bandidos – Álvaro dos Santos, de 28 anos, A.R.S., de 17 anos, e F.A.S., de 16 anos - morreram no início da tarde de ontem após troca de tiros com a Polícia Militar em uma casa no bairro Golfinhos. O trio seria suspeito de integrar um bando de assaltantes que age na região. O caso começou pela madrugada, quando a Polícia Militar prendeu o servente O.N.S., 19 anos, suspeito de tráfico de drogas e roubo. A princípio, os policiais foram verificar uma denúncia anônima de tráfico de entorpecente.
Ao perceber a presença da viatura, O. tentou fugir, sendo seguido pelos policiais e localizado em uma casa abandonada, onde a polícia encontrou vários objetos de procedência duvidosa. Dentre eles televisão, máquina fotográfica, carregador de celular, aparelho de som, secador de cabelo, carrinho de controle remoto, CDs, roupas, documentos e cartões de crédito em nome de R.G.J., uma suposta vítima.
O suspeito confessou que o material era referente a dois roubos que fez no dia anterior, nos bairros Estrela Dalva e Jardim Aruã. Dentro da carteira de cigarros do acusado a polícia apreendeu 16 “papelotes” de cocaína. O servente foi conduzido à delegacia, onde ficou recolhido acusado de tráfico de entorpecentes. Conforme a polícia, ele fazia parte do bando que estaria invadindo as casas e aterrorizando vítimas dos bairros da região sul.
Confronto - Já pela manhã, a Polícia Militar recebeu nova informação de que outros integrantes estariam escondidos em uma casa no bairro Golfinhos. O local teria mais produto de roubos, este ocorrido no Jardim Britânia, onde seis assaltantes invadiram a casa do soldador A.O., de 48 anos. Os capitães Valter Padulla e Ivo Lopes de Oliveira Júnior também foram ao local, comandando uma operação que resultou em confronto com os assaltantes. Conforme Padulla, ao chegar na casa a polícia foi recebida a tiros. No revide, os três foram atingidos no peito. Eles foram socorridos até a Casa de Saúde Stella Maris, morrendo em seguida. Com o trio, a polícia apreendeu uma pistola 40 e dois revólveres, calibre 38. A polícia acredita que o bando tenha mais pessoas, que ainda estão foragidas. (Fonte: Imprensa Livre)

Câmara rejeita projeto de Moto-Táxi
Sessão teve discussão acalorada entre Vereadores

Caraguatatuba - A Câmara Municipal de Caraguatatuba rejeitou o projeto que autoriza o Executivo a criar o serviço de Moto-Táxi na cidade, de autoria da Vereadora Leonor Diniz Santos Ferreira – Drª Leonor (PP). A 6ª Sessão Ordinária do ano realizou-se na sexta-feira, dia 21 de maio, a partir das 15 horas. A discussão e votação do Projeto Moto-Táxi resultou em discussões acaloradas entre os Vereadores e uma grande presença nas galerias, na maioria de motociclistas. Os debates entre a Vereadora Leonor e os Vereadores Celso Pereira – Celsinho (PSDB) e Aurimar Mansano (PTB) chegou a tal ponto que houve necessidade de paralisação da sessão por 5 (cinco) minutos. Segundo os Vereadores, a cidade não comporta até o momento um serviço como este. Ao mesmo o aumento no risco de acidentes foi citado, assim como surgiria um novo tipo de clandestino, que seriam os Moto-Táxis clandestinos. De acordo com a autora, a autorização do novo serviço faria a geração de empregos, dando uma nova opção para o usuário de transportes coletivos na cidade, como os ônibus, o táxi e se aprovado, o Moto-Táxi. Ao final o projeto foi rejeitado por 13 votos favoráveis e um contrário. Faltaram a sessão os Parlamentares Omar Kazon (PL) e Nilson Lopes da Silva – Nézão (PPS). O segundo e último projeto foi a aprovação de uma denominação de rua, de autoria do Vereador João Rodrigues de Godoy Filho – Baduca (PL). (Fonte: Câmara Municipal de Caraguatatuba)

Câmara discute horário, drogas e honraria esportiva
Projetos versam sobre novo horário de sessão, título esportista e dependência química

Caraguatatuba - A Câmara Municipal de Caraguatatuba discute nesta terça-feira, dia 25 de maio, na Ordem do Dia da sua 17ª Sessão Ordinária semanal, projetos que falam sobre o novo horário das Sessões Ordinárias, sobre Dependência Química nas escolas e com respeito a honraria dada a Esportista. O restante da pauta terá apenas projetos de denominação de rua. A Sessão Ordinária desta semana terá 8 projetos, sendo que destes, 5 são de denominação de rua, apresentados pelos Vereadores Celso Pereira – Celsinho (PSDB)(2) e os Parlamentares João Rodrigues de Godoy Filho – Baduca (PL), Aurimar Mansano (PTB) e Dalva Ricardo Santana – Profª Dalva (PMDB). No restante, há projeto do Vereador Omar Kazon (PL), que inclui no currículo da Rede Pública Municipal de Ensino, o estudo sobre Dependência Química. Do Parlamentar Laércio Aparecido de Andrade – Bolha (PPS) existe o projeto que institui o Título de Cidadão Desportista, para àqueles que deram o seu apoio à difusão e engrandecimento do esporte na cidade. Finalizando, o Vereador Anderson Silva Bertoncini – Pastor Anderson (PL), apresenta Projeto de Resolução que altera o horário das Sessões Ordinárias, de 19h30 para às 14 horas. O objetivo é o de economizar divisas do erário público. (Fonte: Câmara Municipal de Caraguatatuba)

Enxadristas de Caraguá se destacam no Torneio Valeparaibano, em São José

Caraguatatuba - Caraguá teve presença marcante na 3ª etapa da 6ª Copa ValeParaibano de Xadrez, realizada em São José dos Campos, dia 23, com a participação 144 enxadristas de toda a região do Vale do Paraíba e Litoral Norte. Com o apoio da Secretaria Municipal de Esportes e Faculdades Integradas Módulo, participaram da prova, 22 enxadristas de Caraguá.
Com o último resultado, Francisco Medeiros Junior (o Chiquinho), está liderando a copa. Com o apoio Bolsa-esporte oferecido pelas Faculdades Integradas Módulo e o apoio da Prefeitura Municipal, estão surgindo novas feras no xadrez e o município fica cada vez melhor representado. Podemos destacar vários nomes, Rafael Francisco, da categoria Sub 15, do CIASE, que ficou em 4º lugar na competição; Lucas Delbel, atleta Módulo, fez 4 pontos e ficou em 6º na categoria sub 15; Fabinho, professor de xadrez do CIASE fez 4 pontos e ficou em 9º lugar na categoria sub 15. Outros jogadores obtiveram excelentes pontuações, mesmo não tendo se classificado, como Ricardo Medeiros, da Secer, que fez 4,5 pontos; Rafael Barrela, também da Secer, que fez 4 pontos; e Vitor Boher, do Módulo, que estreou na prova e já conquistou 3 pontos. (Fonte: Módulo)

Notícias de Ilhabela Topo

Vulcano
Sailing Shop

Prefeito participa da festa de encerramento para os novos Agentes ambientais voluntários
Ilhabela conta com 900 moradores treinados para a defesa do meio ambiente

Ilhabela - O prefeito Municipal de Ilhabela, Manoel Marcos de Jesus Ferreira, participou da cerimônia de encerramento do curso ministrado por instrutores da empresa Alpina Briggs, através da Petrobras/Transpetro, para formação de Agentes Ambientais Voluntários.
O curso foi destinado aos moradores de Ilhabela, através de aulas teóricas e práticas, onde foram fornecidas orientações sobre controle e combate de vazamentos de petróleo e derivados em áreas de costeiras, praias, faixas de dutos, em meio às matas, como lidar com equipamentos e principalmente transmitir a consciência ambiental..
Em 2002, a Prefeitura Municipal de Ilhabela implantou o curso de agentes ambientais, pois até então a Petrobrás trazia de fora todo o equipamento, pessoal, roupas próprias, enfim tudo o que se fazia necessário para o socorro ambiental.
Hoje, Ilhabela conta com mais de 900 pessoas da comunidade habilitadas para esta função que, por morarem no município, imediatamente correrão para minimizar o prejuízo ambiental. Manoel Marcos em seu discurso, declarou: ”contar c om a população na busca de preservação para qualidade de vida em nossa cidade, tem um valor maior, pois tudo é feito com muito mais amor. Tenho muito orgulho em ser prefeito de Ilhabela”. A cerimônia aconteceu sábado, dia 22 de maio, no Esporte Clube Ilhabela, com um churrasco oferecido pela Petrobras para as 500 pessoas que concluíram o curso. Presentes na ocasião: o gerente do TEBAR - Terminal Aquaviário de São Sebastião, engenheiro Geraldo Marfurte, o vice-prefeito de Ilhabela, Gilson Tangerino, a diretora municipal do Meio Ambiente, Maria Inês Fazzini Biondi, o vice-presidente da Câmara Municipal, vereador Keko, Delegado da Capitânia do Porto de São Sebastião, capitão de Fragata Luis Fernando Pereira, e representando o prefeito de São Sebastião, Paulo Julião, o assessor de Gabinete Luis Figueiredo. (Fonte: Imprensa Livre)

Ilhabela tem agora 900 agentes ambientais

Ilhabela - Foi encerrado o curso ministrado por instrutores da empresa Alpina Briggs, através da Petrobras/Transpetro, para formação de Agentes Ambientais Voluntários. Foram formados 500 agentes ao longo do curso, que teve a duração de uma semana, com aulas teóricas e práticas que formaram uma turma por dia. O curso foi destinado aos moradores de Ilhabela, através de aulas teóricas e práticas, onde foram fornecidas orientações sobre controle e combate de vazamentos de petróleo e derivados em áreas de costeiras, praias, faixas de dutos, em meio às matas, além de ensinar como lidar com equipamentos e principalmente transmitir a consciência ambiental..
Em 2002 a Prefeitura Municipal de Ilhabela implantou o curso de agentes ambientais, pois até então a Petrobrás trazia de fora todo o equipamento, pessoal, roupas próprias, enfim, tudo o que se fazia necessário para o socorro ambiental. Hoje, Ilhabela conta com mais de 900 pessoas da comunidade habilitadas para esta função. Manoel Marcos, prefeito de Ilhabela, declarou em seu discurso que o curso é de extrema importância para o município, já que em 11 anos, 105 acidentes por vazamento de petróleo atingiram praias em Ilhabela. “Com a capacitação da comunidade o município será protegido e preservado”, enfatizou. De acordo com o gerente do Terminal Aquaviário de São Sebastião, Geraldo Marfurte, este curso é de suma importância não só para o município de Ilhabela como também para empresa. “Em uma possível emergência, além de termos uma mão de obra qualificada na região, iremos diminuir o impacto ambiental que porventura possa ser causado, em um tempo de resposta rápido”, disse. A cerimônia de encerramento foi realizada sábado, no Esporte Clube Ilhabela, com um churrasco oferecido pela Petrobras para as 500 pessoas que concluíram o curso. IMP

Biblioteca Municipal De Ilhabela
Abre Inscriçies Para Cursos De Literatura

Ilhabela - No dia 24, a Biblioteca Municipal de Ilhabela Dr. Renato Lopes Corrêa abriu inscrições para cursos de Literatura Brasileira e poesia. A Secretaria Municipal da Cultura, implementando a nova administração da Biblioteca Municipal, tem como objetivo instituir projetos que fomentem a formação de leitores e público, bem como transformar o local da biblioteca em espaço cultural e educacional.
Serão oferecidos três modalidades de cursos literários: “Fábrica de Poemas”, para alunos do Ensino Fundamental; “Panorama Literário Brasileiro”, para alunos do Ensino Médio e “Passeio pela Literatura Brasileira”, para o público da terceira idade.
O curso “Fábrica de Poemas” visa introduzir a criança/adolescente no mundo da poesia, bem como legar a elas noções de métrica, rimas, sonoridade e poeticidade. “Notamos nos alunos do Ensino Fundamental um distanciamento entre criança e universo poético. Isso, em primeira análise, significa a perda da identidade infantil e da capacidade de fabular”, afirma Rosa Maria Alves de Oliveira, Bibliotecária e responsável técnica pelo acervo municipal.
Com um grau de aprofundamento direcionado a sanar problemas de aprendizagem no ensino público, o curso “Panorama Literário Brasileiro”, voltado aos alunos do Ensino Médio, objetiva transmitir e discutir o cenário literário nacional, seus movimentos literários e respectivos contextos histórico-sociais. Nas aulas, serão debatidas as obras literárias em face ao momento histórico, bem como seus desdobramentos enquanto reflexo da sociedade brasileira.
Para o público de terceira idade, a Biblioteca Municipal apresenta o curso “Passeio pela Literatura Brasileira”, que pretende revisitar as escolas literárias nacionais, seus principais autores e suas obras mais significativas. Nesse curso a Biblioteca Municipal busca não somente entreter ou informar, mas realizar um trabalho de inclusão social, no tocante em que o idoso terá um novo espaço de socialização, trocas e convivências.
Os cursos de Literatura Brasileira e Poesia oferecidos pela Biblioteca Municipal serão elaborados e ministrados pelo Profº Élcio Luís Roefero (filho), graduado em Letras pela USP e mestrando em Literatura e Crítica Literária na PUC. “Será um grande trabalho social e pedagógico. A Biblioteca Municipal irá transforma-se num espaço vivo, com pessoas respirando literatura e tecendo contato com obras que caíram no esquecimento público. Com esse projeto de revitalização que estamos operando, nossa biblioteca seguirá o modelo de outros espaços culturais criados em bibliotecas, como na Casa Mário de Andrade, no Centro Cultural Vergueiro e no Museu Lasar Segall, na capital paulista”, diz Élcio Luiz Roefero, também coordenador de projetos da Biblioteca Municipal de Ilhabela.
Todos os cursos são gratuitos e funcionarão nas quintas e sextas-feiras. Mais informações no tel. 3896-2555 ou diretamente na Biblioteca Municipal. (Fonte: Câmara Municipal de Ilhabela)

Notícias de São Sebastião Topo

Nautica Superchic

Torneio de sinuca reune 28 competidores

São Sebastião - Começou ontem à noite o 1Ý Torneio Pachinko de Sinuca, em São Sebastião. No total, 28 jogadores participam do campeonato
promovido pelo Pachinko Snooker Bar, localizado na rua Capitão Luiz Soares, 389, no Centro.
Segundo a organizadora, Márcia Murayama Moraes, o torneio está dividido em quatro chaves. Os dois primeiros colocados de cada grupo
disputarão a chave ouro, enquanto que 3Ý e 4Ý lugares participarão da chave prata.
Os jogos da primeira fase devem ser disputados até o fim de junho. O campeão será conhecido no início de agosto. As partidas do torneio
serão realizadas de segunda à sexta-feira, sempre a partir das 18h, com entrada franca.
“A idéia é que este campeonato possa vir a fazer parte do calendário esportivo da cidade”, disse Márcia Murayama. Os primeiros colocados
receberão troféu e premiação em dinheiro. O torneio tem apoio das Loterias da Caixa, Rádio Morada do Sol FM e Jornal Imprensa Livre. (Fonte: Imprensa Livre)

Vitória do Estrela do Mar elimina o Sato no Municipal de Futebol

São Sebastião - Com o placar de 5 a 0, o time Estrela do Mar de Jaraguá estragou o sonho da equipe Sato de continuar no Campeonato
Municipal de Futebol Amador. Na rodada extra de domingo, realizada no Campo do Guarani, o Esporte Clube Estrela do Mar somou dez pontos na
tabela ao derrotar o -guia de Ouro “A”, e carimbou o passaporte para a fase decisiva do campeonato, na vice-liderança do grupo C. O Sato,
com oito pontos, só conseguiria a vaga caso o time de Jaraguá perdesse a partida.
O clube Atlético Guarani encerrou sua participação na primeira fase goleando o União do Itatinga por 11 a 0. O Guarani, que já estava
classificado com uma das melhores campanhas da fase, manteve a liderança do grupo C.
Na Costa Norte falta apenas decidir quem irá para a segunda fase, marcada para o dia 6 de junho, com o Figueirense, no Grupo A. Os times
Guaecá, Pontal e Colinas têm chances de classificação. Pela Costa Sul, grupos E e F, foram disputados quatros jogos. No campo do Barra do
Una, o Estrela do Juquehy venceu a partida contra o América Futebol Clube por 8 a 0, e o Maresias derrotou o Juquehy Esporte Clube por 1 a
0. Já no Campo de Maresias, o jogo entre o Pau Brasil e Vila Baiana terminou empatado em 0 a 0. O Boiçucanga fez 2 a 0 em cima do Graffity.
Ainda restam duas rodadas para terminar a fase classificatória na Costa Sul. (Fonte: Imprensa Livre)

Homem é morto na trilha da cachoeira em Maresias
Ele seria filho do “Gaguinho” da Topolândia

São Sebastião - Um homem, ainda não identificado oficialmente, foi localizado morto na manhã de domingo, na rua Maria Prudêncio, uma trilha da cachoeira no bairro Maresias, na Costa Sul. Informações de populares davam conta que ele seria morador da Topolândia, na região central,
e filho de Carlos José Santana da Silva, o “Gaguinho”, justiceiro temido na área e que se encontra foragido. A vítima não portava documentos e, até o final da tarde de ontem, familiares ainda não haviam identificado o corpo no IML (Instituto Médico Legal). A Polícia Militar encontrou a vítima com ferimentos de cinco tiros na cabeça, peito e braço. Segundo a polícia, a vítima é branca e aparenta 25 anos de idade. O rapaz trajava bermuda vermelha, camisa amarela e jaqueta de nylon preta. No local, os policiais tiveram informações de que seria L.C.A.S.S., 20 anos, o filho de “Gaguinho”, mas não puderam confirmar. O homicídio foi registrado no 2Ý Distrito Policial. Segundo filho - Se confirmado o parentesco com “Gaguinho”, será o segundo filho dele assassinado. O primeiro, Cleidison Cury de Araújo Santana da Silva, conhecido por “Quequé”, foi enforcado na cadeia de São Sebastião em setembro de 2002. Dias depois L. (que seria a vítima em Maresias) foi acusado de invadir a Escola Josepha Santana Neves, no bairro Topolândia, onde já foi aluno e abandonou os estudos. Ele e
outro parceiro, ambos armados, teriam pulado o muro de trás da unidade na hora do recreio e causado pânico entre alunos e professores. O boato gerado entre funcionários e moradores era que a invasão tinha relação com a morte de “Quequé” na cadeia. L. seria um dos invasores e
estaria à procura de outro aluno, que teria faltado à aula. Foragido - “Quequé” e L. seriam os únicos filhos de “Gaguinho”, que residiam na região. O pai foi um perigoso bandido que aterrorizou a comunidade local entre os anos de 94 a 96 e atualmente se encontra foragido da Justiça. “Quequé” foi enforcado quando estava no pátio da cadeia de São Sebastião com mais 147 detentos que tomavam “banho de sol”. Ele havia entrado no mesmo dia após ser flagrado portando um revólver, calibre 38, no Centro da cidade. A suspeita era que “Quequé” seria um dos “capangas” do tráfico de drogas no Morro da Olaria e foi morto por presos inimigos na cadeia, pertencentes ao grupo rival do Itatinga e Topolândia, na briga do tráfico. O envolvimento com entorpecentes também pode ser o motivo da suposta morte de L.. (Fonte: Imprensa Livre)

Depois de três meses da inauguração, bingo é aberto em São Sebastião

São Sebastião - Depois de pouco mais de três meses de sua inauguração oficial, o Bingo São Sebastião, localizado na rua João Cupertino dos Santos, no Centro, foi aberto para jogadores no sábado. Segundo o gerente Clodoaldo Falzoi, o movimento nos primeiros dias tem sido surpreendente. “A população de São Sebastião recebeu muito bem o bingo, melhor do que o esperado”, avaliou Falzoi. Em fevereiro, após ampla reforma do prédio, a casa foi aberta para convidados, mas nem chegou a funcionar por causa da determinação do Governo Federal. Na semana passada o advogado da empresa, Alexandre Rozentraub, informou que o Bingo de São Sebastião já possuía todos os documentos necessários para a abertura, incluindo alvará e os laudos da Vigilância Sanitária e do Corpo de Bombeiros. Rozentraub ainda ressaltou que a empresa tem um contrato com a Confederação Brasileira de Tiro. A entidade detém uma liminar que autoriza o funcionamento de casas de bingo, incluindo o uso das máquinas eletrônicas. Mais de 40 empregos diretos foram gerados. “Só na área de jogos são 20 funcionários”, enfatizou o gerente. Todos já haviam passado por treinamento, em janeiro. “O aproveitamento foi de 100%”, disse Clodoaldo Falzoi. Ontem à tarde o movimento já era intenso no salão principal. As partidas de bingo duram cerca de 6 minutos. O Bingo São Sebastião pertence a um grupo de empresários de São Paulo. O delegado do 1Ý Distrito Policial de São Sebastião, Odair Bruzos, que abriu inquérito para apurar a abertura da casa de bingo na cidade, encaminhou toda a documentação apresentada pelo advogado da empresa, para análise do juiz da 1ª Vara. Em Caraguá, o bingo que fica no shopping em frente à praça Diógenes Ribeiro de Lima está funcionando desde o último dia 7. O bingo de Ubatuba também foi reaberto no início do mês. (Fonte: Imprensa Livre)

Óleo atinge córrego do Outeiro e assusta moradores na Vila Amélia

São Sebastião - O aparecimento de manchas de óleo no córrego do Outeiro, que corta os bairros da Vila Amélia e Centro, assustou moradores no início da noite de ontem. Trata-se de um material derivado de petróleo, utilizado na aplicação de asfalto em uma avenida do Tebar
(Terminal Almirante Barroso), da Transpetro/Petrobras. Com a chuva o produto acabou atingindo o córrego. A Defesa Civil foi acionada por volta das 21h30 pelo Corpo de Bombeiros. Oito agentes foram para o local. Segundo o chefe da Defesa Civil, Emerson Alonso, apesar do susto, não houve qualquer risco para os moradores. “+ uma espécie de selador do asfalto, que não oferece perigo iminente de inflamar. Viemos monitorar a área para dar tranqüilidade aos moradores”, disse Alonso. O chefe da Defesa Civil participou de uma vistoria no interior do terminal, porém, não foi constatado qualquer tipo de vazamento de óleo em tanque ou duto da empresa. Emerson Alonso explicou que, na tarde de ontem a Petrobras realizou a troca de aproximadamente 100 metros do asfalto de uma avenida. “Ninguém esperava esta chuva forte e o produto foi parar no córrego”, concluiu. Até às 23h30, ao longo do Outeiro, além de agentes da Defesa Civil, funcionários das empresas França Assessoria, W.R. Logística e Aquarius Service, contratadas pela Transpetro, ainda trabalhavam na colocação de bóias de contenção. O Imprensa Livre não conseguiu contato com a diretoria do Tebar até o fechamento desta edição. No dia 18 de fevereiro deste ano, mais de 230
mil litros de petróleo atingiram o rio Guaecá, em São Sebastião. O vazamento foi provocado por uma rachadura no oleoduto que liga o Tebar e à Refinaria Presidente Bernardes, em Cubatão. (Fonte: Imprensa Livre)

Tribunal mantém quebra de sigilo e bloqueio de bens: prefeito diz que recurso continua
Desembargador não acatou pedido de suspensão de efeitos de liminar. Esta semana o caso começa a ser investigado pela Câmara

São Sebastião - O desembargador Aldemar Silva, do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, rejeitou no último dia 20 o pedido de suspensão da liminar expedida pelo juiz da 2ª Vara da Comarca de São Sebastião, Luiz Antonio Carrer, impetrado pelo prefeito Paulo Julião.
Com isso, o bloqueio de bens e a quebra de sigilo bancário, fiscal e telefônico do prefeito estão mantidos. Em seu despacho, o desembargador considera a “ausência de requisitos legais”, ou seja, falta de provas. “Indefiro a concessão de efeito suspensivo ao presente recurso, mantida assim, a decisão”, relatou Aldemar Silva Paulo Julião entrou com recurso junto ao Tribunal de Justiça no dia 14 de maio. O documento foi apresentado pelo advogado Antônio Araldo
Ferraz Dal Pozzo. O TJ ainda estuda outros seis pedidos de recurso de envolvidos no Caso Eness. Ontem à tarde o prefeito de São Sebastião comentou a decisão. “Apesar do pedido de suspensão da liminar não ter sido aceito, o agravo de instrumento continua”, disse Julião, que deve se reunir hoje com seus advogados. O prefeito ainda pode entrar com “agravo regimental”, no qual o processo é avaliado por uma comissão de desembargadores. “+ uma matéria polêmica, que está na mídia, mas como digo sempre, não temos nada a esconder ou temer, pois todos os procedimentos para contratação da empresa foram feitos corretamente”, concluiu. Há pouco mais de um mês, o juiz da 2ª Vara de São Sebastião, Luiz Antonio Carrer concedeu a liminar que determinou a quebra de sigilo bancário, telefônico e fiscal, e também o bloqueio de bens do prefeito Paulo Julião e mais 14 envolvidos na contratação da empreiteira
Eness. Carrer acatou pedido do Ministério Público, que impetrou uma ação civil pública por “prática de improbidade administrativa”. A promotora Ana Cristina Ioratti Chami denunciou um suposto esquema de favorecimento à Eness Construtora e Serviços Ltda, cujo proprietário é
Eugênio Caldeira, pai do genro do prefeito, Marco Gessulli Caldeira. De acordo com o juiz, em 13 contratos apresentados na ação do MP, a promotora apontou irregularidades em 11, incluindo outra empreiteira, a AMPM. Uma ação popular semelhante, proposta pelo vereador Edvaldo Amarante Reimberg, corre paralelamente na Justiça. Esta já havia determinado à suspensão temporária das obras e contratos, celebrados entre a Prefeitura Municipal e a Eness, no final do ano passado. O Caso Eness também começará a ser investigado pela Câmara de São Sebastião, na próxima sexta-feira, às 10h, quando a CEI (Comissão Especial de Inquérito) ouvirá o depoimento de cinco pessoas envolvidas na contratação das empreiteiras. Todas fazem parte da comissão municipal que analisa os cadastros das empresas contratadas pela prefeitura. Os interessados em acompanhar os depoimentos deverão se cadastrar com pelo menos 15 minutos de antecedência, na própria Câmara. Somente 46 pessoas poderão permanecer no plenário (36 sentadas e dez em pé). O trabalho da CEI também pode ser acompanhado pela internet (www.camarasaosebastiao.com.br). (Fonte: Imprensa Livre)

Federação Pró-Costa Atlântica protesta contra poluição das praias da Costa Sul

São Sebastião - O presidente da Federação Pró-Costa Atlântica, que reúne associações de bairros da Costa Sul da cidade, Teo Balieiro, afirma que a comunidade não pode mais aceitar o fato das praias estarem poluídas. Após duas semanas consecutivas de praias próprias para banho, São Sebastião tem sete poluídas: São Francisco, Pontal da Cruz, Prainha,
Preta, Santiago, Boiçucanga e Paúba, conforme o laudo atual da Cetesb, válido até a meia noite de hoje. Com exceção das praias Pontal da Cruz e São Francisco, é raro as demais, na Costa Sul da cidade, ficarem poluídas. A gerente do setor de -guas Litorâneas da Cetesb, Cláudia Lamparelli, afirma que também estranhou o fato dessas praias ficarem impróprias. Ela afirma que, com exceção da praia de Boiçucanga, as demais da Costa Sul apresentaram mais de 400 colônias de enterococo (bactéria existente nas fezes humanas) na última amostra de água, coletada no domingo, dia 16, o que resultou em praia imprópria. Boiçucanga apresentou duas amostras com mais de 100 colônias, no dia 25 de abril e no dia 16 de maio, o que também implica praia imprópria. Para o laudo atual, a coleta de amostras de água ocorreu entre os dias 18 de abril a 16 de maio, sempre aos domingos. Cláudia afirma que ainda não pode explicar o que causou o alto índice de efluentes nestas praias. Ela declara que não recebeu informação
sobre eventual problema na Costa Sul de São Sebastião, mesmo após consulta à Cetesb em Ubatuba. No entanto, Claudia considera que chuvas podem ter carregado esgoto para as praias, em razão da falta de saneamento básico. Também explica que mar em condição de “ressaca” também provoca falta de dispersão do esgoto. Na semana passada, houve fenômeno de maré cheia na região, com ondas altas. PCM - Teo Balieiro critica o fato do PCM (Programa Comunitário de Melhorias) não avançar. Trata-se de convênio entre a Prefeitura e a
Sabesp, em que cabe aos moradores pagar parcelas financeiras para a viabilização da rede coletora de esgoto. Segundo Balieiro, que também representa a Sociedade Amigos de Paúba, já existem adesões suficientes ao PCM para a instalação da rede coletora de esgoto neste bairro. Conforme Teo, a Prefeitura havia se comprometido em iniciar o assentamento da rede em Paúba em março, o que ainda não ocorreu. Também declara que a obra da ETE (Estação de Tratamento de Esgoto) em Paúba, sob responsabilidade da Sabesp, está embargada pela Polícia Ambiental. Ele afirma que a sociedade civil organizada se empenha para sensibilizar a população a aderir ao PCM. “Sabemos que a coleta e tratamento de esgoto são responsabilidades do Estado, mas sem o apoio da sociedade não há como acontecer; no entanto, o que cabe ao poder público não avança”, Balieiro completa. A vice-presidente da Sociedade Amigos de Boiçucanga, Ana Cristina Rocha Soares, diz que os moradores deste bairro também consideram muito estranho o fato desta praia ficar imprópria. “Isto não ocorria há pelo menos quatro anos”, diz. Ana Cristina afirma que a Sociedade Amigos, tentava ontem agendar reunião com representantes da Prefeitura para discutir o problema. Ela conta que há algum tempo, após limpeza do Rio Itu, foi verificado lançamento clandestino de esgoto. Ana Cristina também declara que a rede coletora de esgoto em Boiçucanga já foi instalada, faltando as ligações particulares. Segundo ela, as adesões ao PCM ainda estão só começando. O diretor municipal de Meio Ambiente, Nivaldo Simões, afirma que a prefeitura atua para resolver o problema de poluição por meio do programa caça-esgoto (que detecta lançamento irregular), pelo apoio à Cetesb e também pelo convênio junto à Sabesp. “O saneamento básico é responsabilidade do Estado até certo ponto; a comunidade tem de colaborar mais, providenciando as ligações à rede da Sabesp, evitando ligações clandestinas e aderindo ao PCM”, ele diz. “Em Maresias está muito difícil o desenvolvimento do PCM”, conclui. Nivaldo Simões disse que quanto à rede coletora em Paúba, caberia ao setor municipal de Obras responder, mas ontem não foi possível, em razão do horário avançado. Pelo laudo da Cetesb, válido até hoje, 21 praias do Litoral Norte estão poluídas: Armação, Perequê, Portinho e Siriúba (Ilhabela); Tabatinga, Porto Novo, Indaiá, Pan Brasil, Centro e Palmeiras (Caraguatatuba); Enseada, Lázaro, Itaguá e Maranduba (Ubatuba), além das de São Sebastião, já citadas. (Fonte: Imprensa Livre)

Notícias de Ubatuba Topo

Restaurante Solar das Águas Cantantes Setur Marketing Político e Assessoria de Imprensa

Jardineiro é atropelado na Oswaldo Cruz

Ubatuba - O jardineiro Elias Ramos de Jesus, 23 anos, de Ubatuba, morreu atropelado na rodovia Oswaldo Cruz no último sábado à noite. O motorista Manoel Messias Soares de Souza, 29 anos, foi detido pela polícia. Ele não tinha carteira de habilitação e não teria apresentado os documentos do carro, um Monza vermelho, de placas CFX 8190, de Guaratinguetá. A polícia informou que Souza foi libertado depois de pagar fiança. Segundo a polícia, ele vai responder por homicídio culposo e falta de documento de habilitação. (Fonte: ValeParaibano)

Mulher grávida é assassinada a golpes de enxada no Arariba

Ubatuba - A dona de casa Benedita Vitalina da Silva, de 35 anos, que estava grávida de aproximadamente um mês de gestação, foi assassinada a golpes de enxada na madrugada de sábado, na Estrada Arariba, bairro do mesmo nome. O suspeito do bárbaro crime é o autônomo J.I.AL., de 24 anos, que está preso. O corpo foi encontrado pela Polícia Militar nas margens da estrada de terra, sem iluminação ou moradia. Ele estava com parte do cérebro exposto. Benedita levou golpe na cabeça e costas. Após o crime, o assassino arrastou o corpo da vítima por alguns metros. Na área, a polícia encontrou uma trilha com rastro de sangue. Também nas proximidades, a polícia localizou uma enxada com o cabo quebrado e a lâmina suja de sangue, que teria sido usada no crime. Uma faca ensangüentada ainda foi apreendida pelas imediações. Logo após o bárbaro crime, a polícia iniciou as investigações descobrindo que a vítima esteve em um forró com o assassino e mais duas amigas. Os quatro saíram juntos e caminhavam pela estrada, quando J. mandou que elas parassem. Gritos - Ele teria ido até o mato e voltado com a enxada. As duas amigas saíram correndo. Elas tiveram tempo de ouvir os gritos de Benedita e o barulho dos golpes. A polícia encontrou o suspeito, que mora no mesmo bairro e negou o crime. Ele estava com as roupas sujas de sangue e barro. O suspeito ficou recolhido na cadeia da cidade. O delegado Luiz Henrique dos Santos Miranda pediu à Justiça sua prisão temporária e uma avaliação psiquiátrica e toxicológica, para mandá-lo para cadeia masculina de São Sebastião. Sem motivo aparente, J., natural do Estado do Ceará, teria golpeado violentamente a vítima. “Ou é louco ou drogado”, disse o delegado. Miranda ainda suspeita que a intenção do assassino seria matar as outras duas, que conseguiram fugir.
A causa da morte foi traumatismo craniano. Benedita era solteira, natural do Estado do Paraná. Morava no bairro do crime e deixou dois filhos – gêmeos - de 16 anos de idade. O enterro foi na manhã de ontem, no Cemitério Municipal da cidade. (Fonte: Imprensa Livre)

Ubatuba tem novo secretário de Turismo

Ubatuba - Após a exoneração do ex-secretário de Turismo, Sérgio Alves Carvalho, a secretaria de Turismo (Setur) esteve sob responsabilidade
interina de Eliza Cisneros, chefe de gabinete da prefeitura de Ubatuba. Até então, a Setur continuou funcionando normalmente e prestando
informações turísticas. O nome de um novo secretário demorou cerca de um mês para aparecer, mas a partir desta semana há um secretário de
Turismo assumindo o cargo que foi deixado por Sérgio Carvalho.
O secretário da pasta é Sidney Gasparetto, empresário do ramo turístico há 30 anos e proprietário do Hotel Maranduba. A indicação veio da
Associação dos Hotéis e Pousadas de Ubatuba. Paulistano, residente em Ubatuba há 15 anos, Gasparetto não quer perder tempo: “A princípio
veremos o que já está feito e daremos continuidade às boas idéias”. Para ele, não adianta ficar pensando no que saiu errado no passado e
olhar para o futuro: “Ao invés de ficarmos chorando, é melhor vendermos os lenços”, brinca o novo secretário. O principal objetivo da Setur
no momento, segundo Gasparetto, é focalizar na preparação para a próxima temporada de verão. “Parcerias entre o público e o privado são
muito importantes, e procuraremos defini-las para dar diretrizes ao que deve ser feito daqui pra frente”, diz o secretário.
A chegada de um novo secretário deve marcar a união da Setur com o Comtur, que divide o mesmo prédio: “Estamos todos em Ubatuba. Pode ser
uma utopia, mas o ideal é a união de todos para que possamos fazer turismo para quem vem de fora, e não pensar apenas nos que já estão
aqui”, finaliza Gasparetto. (Fonte: Imprensa Livre)

Ação Litoral

Crônica Topo

Reminiscências “Made in Japan”

O Japão é hoje símbolo de alta tecnologia, mas nem sempre foi assim. Devastada pela guerra, a indústria japonesa começou a pôr a cara de fora no começo da década de 1950. Os produtos japoneses que aqui aportavam eram olhados com desconfiança, embora custassem menos do que os similares europeus e americanos. Poucos se dispunham a experimentá-los. Isso durou alguns anos, até que as pessoas começaram a perceber que as câmeras fotográficas japonesas tinham, além de bom preço, qualidade. Mas foi a indústria eletrônica que mudou a forma dos brasileiros encararem os produtos vindos do Oriente. Quem tem mais de 50 anos nunca vai esquecer os radinhos “Spica”. Eram pequenos, feitos de plástico (matéria plástica como se dizia na época) e usavam pilhas comuns. Foi por causa deles que eu ouvi falar dos revolucionários transistores, que substituíam as desajeitadas válvulas nos circuitos dos aparelhinhos. Por isso o radio podia ser tão pequeno. Eu gostava das válvulas, sempre que queimava uma, eu ficava com ela para brincar. O que mais me fascinava era o aspecto das placas internas. Tinham aparência futurista, pareciam ter sido desenhadas por Alex Raymond, o criador de Flash Gordon. As válvulas esquentavam e consumiam muita energia. Meu primo Toni que o diga, eu me lembro muito bem da confusão que deu no dia em que ele saiu escondido no Ford 51 do tio Carlos e foi namorar a prima Zuleika na rua escura. Ouviram tanto rádio que a bateria descarregou. Na hora de voltar o carro não pegou. Voltaram a pé, chegaram em casa quase onze da noite. A rua estava cheia de gente, até os bombeiros foram chamados por engano. Culpa das válvulas. Além de pequenos, os radinhos Spica vinham com um estojo de couro para serem transportados a tira-colo. Presa na tira de suspensão, uma diminuta caixinha, também de couro, acondicionava o fone de ouvido. Era o sonho de todos os garotos: um radinho Spica.
Nos anos da década de 1960 o Japão transformou-se em sinônimo de vanguarda tecnológica, além dos produtos eletrônicos chegaram as motos, que logo se tornaram hegemônicas. As tradicionais motocicletas européias passaram à condição de raridade, os nomes Honda e Yamaha entraram no vocabulário dos brasileiros e hoje são sinônimos de motocicleta. Na década de 1980 o Japão atingiu o apogeu, empresas nipônicas estavam comprando tudo o que havia no Mundo, parecia não haver limites para o arquipélago dos samurais. Nessa época virou moda entre os japoneses ter papagaios como bicho de estimação. Ou cacatuas, que são uma espécie de papagaios brancos, originários da Austrália. Não dá para saber quantas aves foram contrabandeadas de nosso país, o número foi elevado, elas alcançavam preços altos no Japão. Essas aves simpáticas e afetivas dão muito trabalho, os japonesinhos spoiled child logo se cansaram de seus pets e nada fizeram para impedir que voassem em busca da liberdade. Logo uma enorme quantidade de fujões passou a morar nas árvores de Tóquio. Papagaios brasileiros cruzaram com outras espécies, araras e cacatuas se reproduziram e hoje essas aves barulhentas fazem parte da fauna japonesa, completamente adaptadas. Vivem na cidade, tornaram-se aves urbanas. Fora o problema causado pelo barulho que fazem no alvorecer, são protegidas e queridas pela população. Como são espécies origin árias de climas quentes, é estranho que tenham sobrevivido no hostil inverno japonês. Uma árvore abundante no Japão foi a responsável. Ela segrega uma seiva riquíssima em calorias, as aves necessitadas logo a
descobriram. Alimentando-se dessa seiva elas passam muito bem o inverno, como se fossem aves da Sibéria e não do Sertão da Bahia. Deve ser muito interessante ver um papagaio falando japonês. Mais ainda se for com sotaque baiano.

Sidney Borges
www.lojasmurray.blogger.com.br/index.htm

Conto Topo

Casaco Marrom

Era tempo de Natal. Lojas iluminadas, vitrines enfeitadas e aquele burburinho de gente entrando e saindo do shopping. A Turma do escritório havia escolhido aquele logradouro para a comemoração da festinha de fim de ano. Nada de mais sofisticado, pois a grana estava curta, todos apertando o cinto, mas uns salgadinhos, refrigerantes, talvez um chopinho, a troca de presentes e pronto, uma reunião gostosa e planos para o ano novo que chegava. Marina, a quase coroa, era a tia da moçada, a mais tímida, sem namorado, ouvindo tudo calada, apenas ela iria comemorar a grande data sozinha, pois os poucos parentes moravam no interior. Era sempre convidada por suas amigas mas ela recusava, pois se achava uma intrusa. Preferia mesmo se recolher ao seu quartinho de pensão, continuar seu eterno bordado ou mesmo ler um bom livro. Economizava tudo que podia, pensando investir num apartamento só seu, com janelas para um parque cheio de árvores. Sonho difícil!
Mas esse no ela ousou num desejo há muito acalentado. Comprou um casaco de couro marrom de boa qualidade; além de elegante, um bom abrigo para aqueles dias de garoa, tão comuns na capital. E lá estava ela na saia preta bem comportada, blusa de seda branca e estreando o seu casaco de couro marrom. As amigas elogiaram seu bom gosto, faziam piada extravagância, pois aquilo lhe custaria muitas economias para o próximo ano.
Ela acariciava o couro macio, o cheirinho gostoso de roupa nova e sorria feliz.
De repente, aquele arrastar de cadeiras, um bando de encapuzados de armas na mão, invadindo o recinto. Era um assalto! Mas ali?
Como toda a segurança...
Gritos. Entreguem o dinheiro, jóias relógios...
Nisto o alarme foi acionado, a polícia apareceu. Ouviram-se tiros e a correria começou. Mesas arrastadas, empurra empurra, tropeços e Marina que havia pendurado nas costas da cadeira o seu querido casaco, não mais o viu. Desolada, sem saber o que fazer foi saindo cabisbaixa, quando avistou um casaco marrom jogado sob uma mesa. Agarrou-o e desta vez, acompanhou a correria. Graças a Deus ele estava salvo. Que sufoco! Não houve feridos, só susto e agora já mais calmo previa os estragos na peça, quando sentiu um aroma que lembrava folhas secas, sol na praia e sabão de barba. Mas o que é isso? A cor era a mesma. A quantidade também, mas não era o seu casaco. Era masculino. Remexendo nos bolsos encontrou um lenço muito branquinho, coisa que quase ninguém usa mais, cigarros, isqueiro... Nem um documento, ou um nome qualquer... Experimentou a peça; era bem maior que o seu. Lágrimas apareceram; durou tão pouco o seu sonho...
Mas aquele perfume persistia em suas narinas. Como seria seu dono?
Tentou lembrar-se de alguém que estivera por ali na mesma hora que ela, mas havia tanta gente...
Seria um rapaz bonito, um senhor de idades? Quantas dúvidas, mas uma coisa era certa, alguém estava com o seu casaco marrom, mas como encontrá-lo?
Na confusão, a turma havia se dispersado e ela estava só e muito triste. Colocou o casaco nas costas segurou bem a bolsa e foi saindo devagar. Desceu escadas, desviando de multidões, luzes piscando, som alto, coração apertado, mas aquele aroma gostoso que exalava do casaco parecia um carinho, uma segurança como se estivesse nos braços de alguém. Aconchegou mais a peça e saiu para a rua, caminhando até o ponto do ônibus
Um homem encostado no poste, segurava um casaco igualzinho ao seu. Sentiu um choque e naquele momento o rapaz virou-se e encarou-a. Ela ficou sem fala, ele aproximou-se estendendo a peça perguntando se era seu. Um breve aceno de assentimento, um calor subindo pelo rosto, a troca e ele já levava-a ao café de esquina par o agradecimento. Poucas palavras. Só o que ele conseguiu foi um vago endereço da pensão. Um frio adeus e aquele aroma se distanciando. Véspera de Natal, já programado; ira à Missa do Galo, comeria um lanchinho no quarto mesmo e cama. Vestiu-se usando o casaco, lembrando aquele perfume gostoso. Cheiro de homem. Suspirou, e ia saindo quando avistou no portão, um rapaz com um casaco igualzinho ao seu com uma rosa na mão. Sorriu mais descontraída e foi levada pela mão ao programa que o destino lhe reserva.

Dirce Marangoni
Ubatuba, SP

Carta do Leitor Topo

Grito de um aposentado - Noto que o colega Eduardo Oliveira não errou ao dizer "...pois o mesmo não só se achava, mas também se colocava como o dono da verdade..." quando leio a resposta dada por Tony Luiz "...eu não estou aqui aproveitando minha aposentadoria como se o mundo parasse a minha volta só porque cumpri minha missão nessa vida...". Por que será que o radialista Tony Luiz não gosta dos aposentados e ainda por cima afirma que os aposentados não têm direito ao descanso após tantos anos trabalhados?
Não contente em achincalhar os aposentados, Tony Luiz, destila seu "...rancor e ódio..." nos vereadores, prefeito, assessores e os taxa de corruptos quando escreve "...por uma cidade mais digna e decente e por funcionários públicos mais decentes e menos corruptos(afinal são
funcionários ou não os vereadores ,o prefeito e sua troupe?)...". Não acho que o prefeito e os vereadores estão fazendo o trabalho para o qual foram eleitos, mas nem por isto saio por aí, sem provas, taxando-os de corruptos. Se eu tivesse provas eles seriam denunciados e
processados. Seria correto o que ele (Tony Luiz) afirma "...meus dez anos de correspondente para a Rede bandeirantes de rádio respondem a qualquer outro tipo de dúvida com relação a minha competência..." se comparado com o tempo no qual estão empossados grande parte dos
políticos por ele mencionados? Tony Luiz sofre de mania de perseguição (isto pode ser constatado nos textos de sua autoria e publicados neste Litoral Virtual) como posso ver quando diz "...sempre é mais difícil quando as pessoas como o Sr citado... ...dando ouvidos a terceiros que mais uma vez, tentam plantar na mídia que não sou radialista... ...por causa de administradores como os nossos que com o seu poder "calam" aqueles que trabalham
profissionalmente..." ou então se faz de vítima para conseguir espaço na mídia.
Quanto a "...falta de intimidade com a caneta..." todos os leitores do Litoral Virtual podem comprovar a verdade nos textos apresentados para publicação aqui neste democrático espaço e plenamente assumido pelo próprio Tony Luiz quando escreve "...qto a escrever os que me
conhecem,sabem que não sou jornalista e nem escritor...". Sendo leitor assíduo do Litoral Virtual, não pude ficar quieto ao, mais uma vez, ver este veículo sendo usado para fins diversos como constatado pelo Eduardo Oliveira "...e que agora vive a chutar pedras seria candidato a vereador..." e assumido pelo Tony Luiz em seu discurso: "Ubatuba precisa de quem coloque a mão na massa e dê a cara a tapa;o resto é perfumaria!!!". Sei, por experiência própria, que as coisas só melhoram quando realmente colocamos a mão na massa e não só com a vontade de escrever como diz o radialista no trecho: "...o que me leva a escrever hoje é sempre a vontade de ver as coisas melhorarem...". Pare de querer só ficar vendo, arregace realmente as mangas e comece algum trabalho concreto em prol do município. Assim, quem sabe, após mais de 40 anos de trabalho possa finalmente poder descansar com a consciência tranqüila como é o caso do nosso colega Eduardo Oliveira. Concluo solicitando ao editor que converse com o pretenso candidato e tente convencê-lo a parar com "...essa conversinha mole de novo..." (como ele mesmo diz) e para deixar os leitores tranqüilos aviso que não utilizarei este local para prosseguir com mais uma discussão infundada. Paro por aqui a minha participação no Litoral Virtual, mas deixo meu e-mail ( wcampos@dr.com ) para receber diretamente as críticas devidas (ou elogios). Ufa! Eu poderia ter ficado quieto, mas como diz Tony Luiz: aposentado não tem o que fazer (ele não sabe o que é viver com a nossa aposentadoria).
Labia stulti miscent se rixis, et os eius iurgia provocat.

Waldemar Campos
Aposentado de direito, mas não de fato.
Ubatuba, SP.


Prezado Tony - Acho que vc não entendeu a carta do Sr. Eduardo, pois em sua longa resposta , vc confirma ao pè da letra as argumentações do Sr. Eduardo, (q. não conheço, nem tenho procuração para defedendo-lo).; vc diz não ligar em ser criticado, (aquilo que diariamente vc vem fazendo a torto e a direito neste jornal), mas so aceita ser criticado  por alguem com mais experiencia no setor......etc, ai vc ja se mostra um dedinho autoritario e presunçoso, pois a partir desta  assertiva, poucos serão aqueles que poderão critica-lo;não è mesmo?
considero sua pretensão em candidatar-se a um cargo de vereador, com nobre e justa, e em vez da ira desmedida contra tudo e todos que se nota em seus comentarios, opine com mais ciencia e menos bilis, e acredite , a maior parte , a imensa maioria dos cidadãos ubatubenses
querem sim, pessos honestas gerindo a coisa publica.E não é necessario armar o circo , para se tornar notavel, e muito menos enfrentar os argumentos do Sr. Eduardo , tentando sutilmente desqualifica-lo( - seria psiquiatra esse sr.?).
Basta responder ao que vc achar necessario faze-lo.
Finalmente, não sei se dar tiro pra todo lado ou portar-se como carpideira , seja o tipo de trabalho politico que nossa cidade precisa

Sergio Abreu - arquiteto
Ubatuba, SP

Isto é fato. Isto é verdade! - Li, a opinião assertiva, do prof. Delfim Neto de que para o Brasil sair do buraco é preciso exportar 110 e importar 90 bilhões de U$$. Em outras palavras, produzir mais. Crescer. Ir além dos limites atingidos. Superar marcas. Só assim, com recursos extrapagamento de juros, da estratosférica dívida, poderemos retomar o crescimento e, obter, todas as suas vantagens econômicas e sociais decorrentes. Pessoalmente, só me lembro desta fartura, em alguns dos anos de chumbo. A realidade é outra. Das mirabolantes promessas de campanha o (des)governo não dá sinais de saber rumos, ou mesmo de capacidade de leitura de uma simples bússola. Orientar-se. Enquanto do lado de fora, na confortável posição de critico, parecia fácil. Tão logo se findaram as comemorações da posse, iniciaram-se os contatos imediatos com a dura realidade, de que para governar, é necessário muito, mais muito mais, do que vencer uma eleição. Os resultados podemos conferir, quase que diariamente, nos noticiários. Os contra incêndios, alardeados no horário nobre das novelas da Globo, são todos, me perdoe a observação: ingênuos. FHC está em todas. Isto é fato. Isto é verdade. Aqui no nosso paraíso, não crescemos. Estamos, como em uma infecção, inchando. Nada produzimos. Dependemos do dinheiro que os visitantes trazem no bolso e gastam na cidade. Não há aumento da receita do bolo. Ele sempre é o mesmo. Só há um número maior de bocas e de eleitores. Simples. Diminuem-se as fatias. A fome justifica o voto. Ou o voto justifica a fome. Tudo, dia a dia, piora! Cômico? Quem se importa? Quem se importará? Isto é fato. Isto é verdade!

Ronaldo Dias
Ubatuba, SP

As heranças da Era FHC - Fiquei surpreso com a reação dos demais leitores deste conceituado e democrático veículo de comunicação. Aceito as críticas, porém confesso que lamento ter enviado tal e-mail à redação. As opiniões emitidas na edição seguinte me remeteram há alguns anos, quando o então residente da República, Fernando Henrique Cardoso, chamou a todos nós aposentados (pessoas que como eu dedicaram a maior parte dos anos de suas vidas para a construção de um País mais forte, soberano e justo) , de vagabundos. Neste momento começo a contabilizar todo o tempo em que fui privado do contato com minha família, dos momentos em que não foi possível estar junto de meus filhos. Momentos que não voltam, momentos que se perderam no tempo, junto com os abraços apertados que deixei de dar nas pessoas que mais amo, quando por exemplo, se preparavama para a aula, e eu ainda estava indo de um escritório para outro, tentando levar para casa o almoço do dia seguinte. Hoje Sr. Tony Luiz, seu comentário, onde me coloca como egocêntrico, mal intencionado, vagabundo, e até mesmo chega ao absurdo de duvidar de minha existência, me deixou um pouco mais triste, não só por mim, mas também por tantos outros que ao se levantarem contra os opressores têm roubadas a sua cidadania, o seu direito de existir. Afinal sua melhor defesa foi fechar os olhos e logo questionar minha existência. Talvez assim tenha ficado mais fácil dormir tranquilo, sem ter que se preocupar com o fato de alguém duvidar do todo poderoso dono da verdade. Parabéns! O senhor foi aprovado com distinção e louvor. Passou em primeiro lugar no teste para ingressar na vida pública. Acredito que o senhor será um excepcional Político Brasileiro!De colocar inveja nos ACM’s da vida. Em tempo, como pode um “profissional” tão qualificado ficar desempregado? Será por falta de uma habilitação adequada?

Eduardo Oliveria
Aposentado ( com orgulho )
 

Tony Luis - Não entendo porque as pessoas ficam perseguindo o Tony Luiz.
Acho que o Tony tinha que colocar uma foto do diploma de radialista, e acabar
com essa história.

Luiz Alfredo Kaneda

Foto do Dia Topo

Ubatuba

Praia da Lagoinha

Praia da Lagoinha
©Emilio Campi


Para instalar a foto como papel de parede (wallpaper)
Clique na foto acima. Após carregar a foto ampliada, clique com o botão direito do mouse sobre a imagem e escolha "Definir como papel de parede" ou "Definir como fundo de tela". Para ajustar a imagem em tela cheia, clique em qualquer lugar da área de trabalho com o botão direito do mouse, escolha "Propriedades" / "Fundo de Tela" ou "Papel de Parede" / "Ampliar".

Arquivos:  Foto Saudade  -  Foto do Dia
 

 Faça seu comentário, crítica, opinião ou sugestão no Litoral Virtual:
Clique Aqui


As notícias, fotos e cartas publicadas neste boletim são de inteira responsabilidade de suas fontes e autores,
não expressando necessariamente a opinião deste informativo. O envio de qualquer material para nosso e-mail
será considerado como autorizado a sua publicação e assumida a total responsabilidade pelo seu conteúdo.
As cartas devem conter nome completo, RG, endereço, telefone de contato e um e-mail válido.
Reservamos o direito de não publicar cartas que não contenham a devida  identificação do autor.


GRÁTIS!!
Receba as Últimas Notícias do Litoral em seu e-mail:

Quero receber GRATUITAMENTE o boletim Últimas Notícias do Litoral:

e-mail:
Cidade:



Obs.: Você poderá cancelar o recebimento das notícias a qualquer momento.

Conheça as cidades do Litoral Norte Paulista:

Caraguatatuba Ilhabela São Sebastião Ubatuba

Litoral Virtual
O mais completo site do Litoral Norte Paulista na Internet
Sugestões, críticas e informações, entre em contato:
info@litoralvirtual.com.br

©1995/2001 Emilio Campi - Studio Maranduba - Direitos Reservados
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem a expressa autorização do autor