Litoral Virtual últimas notícias do litoral
Sexta-feira, 11 de junho de 2004 - Nº 1053 Edições Anteriores
Barra da Lagoa Portal da Palmeira Disk Denúncia

Região
Feriado com chuva e muito frio
Movimento nas estradas é menor do que em outros feriados
Dia dos Namorados aquece vendas do comércio na região

Caraguatatuba
Prefeitura de Caraguá promove palestras para motoristas
Terceirização de limpeza em terrenos é aprovada em Caraguá
Vereador Aurimar Mansano quer criação de Guarda Mirim
Vereador Nivaldo Alves vai reassumir a Secretaria de Esportes de Caraguá
Vereador Celsinho consegue pavimentação para zona norte
Nivaldo Alves toma posse e Toninho Caroba é o novo 2º secretário

Ilhabela
Assinado termo de parceria para a restauração do antigo Fórum

São Sebastião
Chefe da Divisão de Obras afirma que projeto de lei pode acabar com fiscalização
Delegacia do litoral tem só 1 policial
Prefeito convoca Sabesp e pede garantias da qualidade da água
Câmara volta a cobrar aplicação da "lei do passe livre" para deficientes nos coletivos
Vereador denuncia abandono de prédio da CCZ em Maresias

Ubatuba
Pedro Tusino fecha alianças e define seu vice: Andrade do PAN
1º Ecoencontro da Cooperativa Educacional de Ubatuba inicia com debates e oficinas de reaproveitamento
Cooperativa Educacional de Ubatuba organiza Festival de Fotografia Ambiental
Ubatuba nos Aeroportos do Estado de São Paulo
A Cia Radical e COMTUR anunciam
1º Festival Gastronômico e Cultural de Ubatuba

Seções
Artigo
Conto em Capítulos
Carta do Leitor
Foto do Dia


Notícias da Região Topo

Feriado com chuva e muito frio

Litoral Norte - A frente fria que avançou rapidamente para São Paulo deixa o feriado de Corpus Christi chuvoso no oeste e no sul do Estado.
No centro-norte e no leste, entre a capital e o litoral norte, o sol ainda aparece entre muitas nuvens e ocorrem pancadas de chuva a partir da tarde. Segundo o meteoro-logista da Climatempo, Alexandre Nascimento, não há mudanças no tempo na sexta-feira. No sábado, outra frente fria chega à São Paulo, trazendo mais chuva. Só o norte ainda tem sol de manhã. O céu fica nublado e chove pouco no domingo em quase todas as regiões paulistas, mas o frio aumenta bastante. No oeste, o céu fica mais aberto. (Fonte: Imprensa Livre)

Movimento nas estradas é menor do que em outros feriados

Litoral Norte - O movimento nas rodovias de acesso ao Litoral Norte foi abaixo do esperado para um feriado que poderia ser prolongado com o final de semana. Segundo as bases Rodoviárias da Mogi/Bertioga, SP-55 (Rio/Santos), Tamoios e Osvaldo Cruz, até o final da tarde de ontem o fluxo de veículos era fraco. Este feriado de Corpus Christi acompanhou o registrado no ano passado, que também foi abaixo do normal. Da zero hora até às 16 horas de ontem, o setor teve cinco acidentes, que não registraram vítimas. Conforme a Rodoviária, na maioria das bases o movimento estava como se fosse um domingo normal. "Acho que muitos não conseguiram prolongar o feriado e ficaram em casa", disse um policial do posto que fica na entrada da Rio/Santos, na Baixada Santista. Já o posto da Rodoviária na SP-55, em Tabatinga, em Caraguatatuba, também considerou um movimento normal, mas à tarde o setor disse que teve um aumento, principalmente no sentido Ubatuba, passando cerca de 300 carros por hora. No sentido inverso foram 120 por hora.
Passageiros - Mas se o número de veículos foi abaixo do normal nas estradas, o mesmo não se pode dizer dos Terminais Rodoviários. Pelo menos em São Sebastião, uma funcionária da Litorânea, que atende passageiros com destino a São José dos Campos, Santos e São Paulo, disse que pela manhã o movimento foi intenso. A maioria dos passageiros estava indo para São Paulo. "Consideramos este movimento acima do esperado", disse uma funcionária. De acordo com ela, somente na parte da manhã foram vendidos R$ 1,8 mil em passagens. Em um dia normal, este valor geralmente é de R$ 800 a R$ 900. Os ônibus que vinham para o Litoral Norte também registraram movimento intenso. Embora chegassem no terminal com metade dos passageiros, os motoristas informaram no guichê que muitos tinham desembarcado no caminho. (Fonte: Imprensa Livre)

Dia dos Namorados aquece vendas do comércio na região

Litoral Norte - O amor está no ar. Durante esta semana os estabelecimentos comerciais do litoral apostaram em estratégias de marketing para atrair os consumidores em busca de presentes para o Dia dos Namorados, comemorado amanhã. Cestas de bombons, descontos e jantares românticos estão entre elas. Conforme o presidente da Associação Comercial e Industrial de Caraguatatuba Jorge Washington, na cidade, não só as lojas de compra convencionais “mas também as de prestação de serviço estão oferecendo brindes aos clientes, como cestas de bombons, por exemplo, para cativá-lo”. Ele diz ainda que, neste mesmo período, em 2003, as vendas foram 10% menores. “Esse ano o frio ajudou o comércio no geral e percebemos crescimento em relação ao ano passado”. O presidente da Associação Comercial e Industrial de São Sebastião, Fábio José Aranha, compartilha da opinião do colega. Segundo ele, apesar da associação não ter feito campanha específica para a data, foram espalhados cartazes em cerca de 350 estabelecimentos comerciais nas Costas Sul e Norte do município. “Na região central as lojas também receberam os cartazes. A expectativa de vendas é grande, pois além do Natal e Dia das Mães o Dia dos Namorados é uma das datas que mais vende”, explica Aranha. O panorama de aumento nas vendas se torna diferente apenas em Ubatuba. De acordo com a presidente da associação comercial Dalva Santos, “uma campanha geral não foi realizada pela falta de adesão dos comerciantes. Cada um fez por si”. Mas, nem este fator, segundo ela, deve abaixar as vendas de última hora. “A previsão para este feriado é de que 15 mil carros cheguem na cidade até sábado. Isso será bom para o comércio”. Dalva diz ainda que, após a data, o total de vendas deva atingir patamar 10% maior do que no ano passado. O presidente da Associação Comercial e Industrial de Ilhabela, Marcelo Carlos, não foi localizado para comentar o assunto.
Dia e Noite Especiais - Para quem está apaixonado, a data pede acontecimentos especiais. A vendedora Érica Elisa Pereira conta que excepcionalmente este ano passará um dia diferente ao lado do namorado. “Ele está no Rio de Janeiro este ano. Vamos até Parati, que é a metade do caminho para os dois”. Ela, que trabalha em uma loja de sapatos no centro de São Sebastião, conta ainda que muitos homens compraram com antecedência o presente para a mulher amada. A comerciante Maria Estela Alves diz que ainda comprará o presente para o marido, e que planeja sair com ele para curtir a noite especial. (Fonte: Imprensa Livre)

Notícias de Caraguatatuba Topo

Caraguatudo O Guaruçá

Prefeitura de Caraguá promove palestras para motoristas

Caraguatatuba - A secretaria de Administração da prefeitura de Caraguá, por meio da Divisão de Medicina e Segurança do Trabalho, está promovendo o projeto "Direção Certa" para motoristas municipais, nos dia 16, 17 e 18 de junho, no Ceprolin (Centro Profissional do Litoral Norte), com o objetivo de valorizar o profissional, reciclando-o e aprimorando seus conhecimentos
A secretaria de Administração, por meio da Divisão de Medicina e Segurança do Trabalho, está promovendo o projeto "Direção Certa". Nos dias 16, 17 e 18 de junho, acontecerá palestras gratuitas para os motoristas municipais, no Ceprolin (Centro de Educação Profissional do Litoral Norte). Durante as palestras, os motoristas receberão orientações sobre legislação de trânsito, primeiros socorros e direção defensiva.
Devido ao aumento dos motoristas municipais, o objetivo é capacitar-los para trabalhar com qualidade e segurança, reciclando o funcionário quanto à modificação no Código de Trânsito. Para a prefeitura, é fundamental oferecer ferramenta e qualidade de trabalho aos funcionários, valorizando-o como ser humano, e aprimorando-o para produzir com qualidade. Fornecer treinamento é uma forma de valorização.
A palestra de primeiros socorros e direção defensiva será ministrada pelo 2º sargento PM do Corpo de Bombeiros, Adir Barbosa, e a palestra de Legislação de Trânsito será ministrada pelo agente de trânsito Antônio Andrade da Silva Neto, da Ditran (Divisão de Transito).
Para esclarecimentos, os motoristas devem entrar em contato no telefone (12) 3883 - 2400, ramal 24. (Fonte: PMC)

Terceirização de limpeza em terrenos é aprovada em Caraguá

Caraguatatuba - A Prefeitura já está autorizada pela Câmara para instituir o programa “Terreno Limpo” que visa terceirizar o serviço de limpeza de terrenos na cidade. Por mais de uma hora os vereadores discutiram o projeto de lei de autoria de Valmir Gonçalves (PSDB) que foi aprovado na última sessão ordinária, na noite de terça-feira, contando com 13 votos favoráveis e três contras dos vereadores Nilson Lopes (PPS), Juarez Pardim (PPS) e Madalena Fachini (PSB). “Terreno baldio não é logradouro público. Há 12 anos recebo reclamações sobre isto. A Prefeitura somente cederia o cadastro dos proprietários. A empresa terceirizada autuaria o proprietário e se em 60 dias ele não tomasse providência, a empresa executaria o serviço e enviaria o carnê de cobrança ao dono do terreno”, explicou o autor do projeto Valmir Gonçalves. Nivaldo Alves (PL), que tomou posse no lugar de Baduca - falecido a semana passada de infarto-, pediu cinco minutos para se reunir com os vereadores de seu partido, afim de tomarem uma decisão conjunta, e acabaram por apoiar o projeto, como explicou o líder do prefeito na Câmara, Anderson Bertoncini (PL). “Aprovaremos agora, mas como o projeto é inconstitucional, quando voltar para a segunda votação na Câmara, acataremos o veto que o prefeito dará”. Como o projeto entrou em regime de urgência, as duas comissões da Câmara não analisaram o projeto que só tinha parecer jurídico. No projeto, consta que a mão-de-obra deverá ser contratada na cidade. O programa ‘Terreno Limpo’ engloba serviço de limpeza, construção de muros de fecho e construção de passeios públicos, contanto que a rua tenha melhorias. A empresa que executará as obras será licitada. Os carnês com o valor do serviço executado poderão ser divididos em até seis parcelas sendo enviados aos proprietários dos terrenos. Caso o proprietário não pague, o total da dívida será encaminhado a prefeitura para a inscrição na Dívida Ativa.
Suplementação - O segundo e último projeto aprovado em regime de urgência com três votos contra foi o do Executivo, que abriu crédito suplementar ao Orçamento no valor de R$ 2.650.948,00 para serem aplicados no plano de Uso e Ocupação do Rio Juqueriquerê, na pavimentação e galeria em vias públicas, construção do Centro de Especialidades Médicas, Estação de Esgoto da Ilha do Sol e Cantagalo e outros serviços de terceiros.
Homenagem - A Banda Municipal Carlos Gomes participou da sessão da Câmara no último dia 8 homenageando duas figuras recém falecidas, o músico Benedito Gaspar dos Santos e o comerciante Renato Navarro Maga, autor do hino de Caraguá. (Fonte: Imprensa Livre)

Vereador Aurimar Mansano quer criação de Guarda Mirim

Caraguatatuba - O Vereador Aurimar Mansano (PTB), da Câmara Municipal de Caragatatuba, protocolou Projeto de Lei que autoriza o Executivo a criar a Guarda Mirim no município. A propositura objetiva livrar os jovens das drogas e da ociosidade, proporcionando-lhes noções de cidadania. De acordo com o projeto, fica o Executivo autorizado a criar a Guarda Mirim no município de Caraguatatuba, que se destinará aos adolescentes entre 14 e 18 anos, com prioridade aos vindos de famílias de baixa renda ou da Casa do Adolescente.
A inclusão dos jovens na entidade obedecerá o sistema de seleção, sendo que após aprovado o adolescente terá uma carga horária diária de 4 (quatro) horas, estando relacionada a sua permanência na agremiação a freqüência escolar e o seu aproveitamento na unidade escolar em que estiver matriculado. Estará beneficiando o adolescente todas as disposições relacionadas ao Estatuto da Criança e demais legislações.
Para esta autorização, o Executivo poderá firmar convênios com as Secretaria Estadual da Segurança Pública, com a Previdência Social Municipal, com empresários e demais correntes da Sociedade Civil Organizada. Segundo o Vereador é a maior chance que um jovem tem hoje para se afastar das drogas e da ociosidade, tendo lições de cidadania, preparando-se numa base forte para o futuro. “Com a crise do desemprego, o problema das drogas e da falta de opções aos jovens, nada melhor do que dar noções de cidadania, onde irá adquirir experiência, iniciando pela Guarda Mirim”, disse. (Fonte: Correio do Litoral)

Vereador Nivaldo Alves vai reassumir a Secretaria de Esportes de Caraguá

Caraguatatuba - Vereador Nivaldo Alves (PL), da Câmara Municipal de Caraguatatuba, deverá retornar o quanto antes para a Secretaria Municipal de Esportes e Lazer. O Parlamentar quer terminar todo o trabalho iniciado e realizar os Jogos Regionais em Caraguatatuba.
Nivaldo Alves está a frente da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer há pelo menos 1 ano. Nesse ínterim preparou, com o apoio do Prefeito Antonio Carlos da Silva (PSDB), toda a estrutura da cidade para receber em julho, os atletas das 40 cidades do Vale do Paraíba, Litoral Norte e Serra da Mantiqueira, na realização dos Jogos Regionais, que terão início na segunda quinzena do próximo mês. A posse na Câmara não atrapalhou seus planos, mas concorda que foi algo emergencial. “A morte do Vereador João Rodrigues de Godoy Filho – Baduca (PL) pegou a todos nós de surpresa. Ainda se ele estivesse acamado, todos esperariam, mas este fato de maneira abrupta, além de chocante pegou todos nós desprevenidos”, disse. Por força da lei o suplente assumiu como Vereador, mas garante que voltará o mais rápido possível para a Secretaria de Esportes. “Estamos aguardando os documentos do segundo suplente para pedirmos licença do cargo e assim, chefiarmos os Jogos Regionais em Caraguatatuba”, frisou. O segundo suplente hoje no PDT é Tiago Santana, que no momento providencia os documentos necessários e está a espera do pedido de licença de Nivaldo Alves. (Fonte: Correio do Litoral)

Vereador Celsinho consegue pavimentação para zona norte

Caraguatatuba - O Vereador Celso Pereira – Celsinho (PSDB), recebeu comunicado do Prefeito Antonio Carlos da Silva (PSDB), que dentro em breve várias ruas dos bairros Massaguaçu, Getuba e Tabatinga, todos na região norte da cidade, receberão pavimentação asfáltica. Estes pedidos vem sendo feitos desde o início do mandato. Os pedidos do Vereador foram concretizados e estão no momento, na fase de abertura da Concorrência Pública para a execução da obra. No total são 12 ruas dos bairros Massaguaçu, Getuba e Tabatinga, que perfazem as suas bases eleitorais, pelos quais o Parlamentar foi eleito. Estima-se que as 12 vias públicas devem resultar em aproximadamente 10 mil metros lineares de asfalto, com início da obra ainda para junho e finalização para dezembro deste ano. Para o Parlamentar, vitórias como esta são motivo de imensa alegria.
“Mais uma missão cumprida e até o final do nosso mandato vamos fazer mais, muito mais. Ainda há muito o que fazer pela zona norte e esperamos poder continuar este trabalho”, disse o Vereador. (Fonte: Correio do Litoral)

Nivaldo Alves toma posse e Toninho Caroba é o novo 2º secretário

Caraguatatuba - O vereador suplente Nivaldo Alves tomou posse esta semana, na Câmara Municipal, no lugar João Rodrigues de Godoy Filho, o Baduca, que faleceu no último dia 31. Contudo, Alves já deixou claro que pretende pedir licença para voltar à Secretaria Municipal de Esportes e Lazer. Um dos motivos é a realização dos Jogos Regionais, em julho.
Durante a sessão também houve a eleição do 2º secretário da Mesa Diretora, cargo que era ocupado por Baduca. Antônio Estevam de Matos, o Toninho Caroba, venceu Anderson Silva Bertoncini por diferença de um voto (9 a 8). Ainda no Expediente, além da leitura de cinco projetos de lei, encaminhados às comissões permanentes, foram apresentadas duas moções de pesar pelo falecimento do músico Benedito Gaspar dos Santos – Gasparzinho, e o empresário Renato Navarro Magalhães. O primeiro tocou por muitos anos na Banda Municipal Carlos Gomes, enquanto que o segundo foi o autor da letra do Hino do Município de Caraguatatuba. A Banda Municipal apresentou algumas canções na sessão. Dois projetos de lei foram aprovados em regime de urgência, um do vereador Valmir Gonçalves, que institui o programa “Terreno Limpo”, e outro do prefeito Antonio Carlos da Silva, para remanejamento de verba.
Balanço mensal - A Câmara Municipal de Caraguatatuba, divulgou o balanço do mês de maio da produção legislativa. Foram protocolados 11 projetos de lei, dois projetos de decreto legislativo e um projeto de resolução, além de um projeto de emenda à Lei Orgânica Municipal. Além disso, os vereadores apresentaram 87 indicações, 20 requerimentos e cinco moções. A média de público foi de 28 pessoas por sessão. Ao todo, no mês de maio, foram realizadas cinco sessões, quatro ordinárias e uma solene. (Fonte: Litoral Virtual)

Notícias de Ilhabela Topo

Vulcano
Sailing Shop

Assinado termo de parceria para a restauração do antigo Fórum

Ilhabela - O prefeito municipal de Ilhabela, Manoel Marcos de Jesus Ferreira, juntamente com a secretária de Cultura e presidente da FUNDACI – Fundação Arte e Cultura de Ilhabela, Maria Sonia Ferreira Dias, assinou sexta-feira o Termo de Parceria com a OSCIP (Organização da Sociedade Civil de Interesse Público), Museu a Céu Aberto, para a obra de restauração do antigo Fórum de Ilhabela.
A edificação do Fórum foi tombada pelo Governo do Estado de São Paulo em agosto de 2001 como bem Cultural de interesse arquitetônico, urbanístico, paisagístico e turístico. O projeto de restauro e recuperação foi aprovado pelo CONDEPHAAT e, a OSCIP Museu a Céu Aberto propôs à FUNDACI a elaboração de um novo projeto de restauro, completando o anterior, uma vez que o mesmo faz-se necessário, seguido de sua execução, sem qualquer ônus para a FUNDACI ou para a Prefeitura Municipal de Ilhabela. O Museu a Céu Aberto viabilizará a captação de recursos, a título de patrocínio incentivado ou não, para o Projeto Cultural de autoria da FUNDACI, contratará os profissionais e empresas especializadas, gerenciará os recursos que venha captar e executará os serviços. As obras serão acompanhadas pela Secretaria Municipal de Obras. Presentes no ato da assinatura: Odair Barbosa, Procurador Jurídico da P.M.I., Klaus Bruder, diretor de Defesa Civil da P.M.I., Irineu Rodrigues Filho, diretor da FUNDACI, Ricardo Solano, Paulo Solano Pereira e os diretores do Museu a Céu Aberto Paulo Solano Pereira e Luis César Corazza. (Fonte: Imprensa Livre)

Notícias de São Sebastião Topo

Nautica Superchic

Chefe da Divisão de Obras afirma que projeto de lei pode acabar com fiscalização
Instituto Florestal e OAB reafirmam acreditar que a lei possa ser positiva

São Sebastião - O chefe da Divisão de Obras e Meio Ambiente da Prefeitura de São Sebastião, Lineu Alvim Coelho Júnior, afirma que o projeto de lei 4/2004, que dispõe sobre a regularização de construções clandestinas e ou irregulares, não pode ser aprovado, sob pena de acabar com o trabalho de fiscalização. Ele se refere ao fato de pessoas mal intencionadas se valerem da idéia de liberação de obras com base em projeto de lei deste gênero. O projeto é de autoria do vereador Ronaldo Lourenço, que defende sua proposta para “atender os pobres que precisam regular suas obrinhas”. O projeto não exclui obras de classes sociais mais favorecidas, o que ele admite.
“Conceder esta anistia representa um tiro no pé”, diz Lineu Júnior, “uma vez que o trabalho de fiscalização é difícil e também demanda orientação a título de prevenção”. Além disso, ele afirma que a idéia do projeto de lei significa penalizar as pessoas que cumprem todos os procedimentos, pagando também todos os tributos. “A regularização deve ser feita de modo coerente, usando bom senso e respeitando as legislações; não há como regularizar sem as devidas adequações, é preciso também agir nas causas”.
Lei de 1997 - Em 1997, o ex-prefeito João Siqueira, sancionou a lei 1194, “que dispõe sobre a regulação de construções clandestina e ou irregulares”. O então projeto de lei, muito semelhante ao que tramita hoje na Câmara, foi de autoria do vereador José Cardim de Souza, que cumpre novo mandato. Pela lei 1194, fica o município autorizado a proceder à regularização de imóveis executados irregularmente, “que tenham sido iniciadas até 28 de abril”. Conforme o projeto de lei de Ronaldo Lourenço, o benefício será destinado às obras que tenham sido “iniciadas” até 31 de maio deste ano. Ainda conforme o projeto, os pedidos de regularização deverão ser protocolados em 60 dias na prefeitura, com possibilidade de prorrogação por igual período, e a documentação complementar exigida anexada dentro de 180 dias. Considerando as previsões de prazos, Lineu Júnior também conclui que haveria, então, tempo para conclusão de obras clandestinas e irregulares. Lineu Júnior também afirma que pela legislação de 1997, poucas obras foram liberadas em razão da falta total de condições. Na hipótese de o projeto de lei ser aprovado, donos de obras devem se precaver contra eventuais intermediadores mal intencionados porque cobrariam quantias para providenciar documentos à prefeitura, sem garantia plena de que a obra será liberada.
Falta de fiscais - A Prefeitura de São Sebastião não conta com pessoal suficiente para a fiscalização e combate a obras irregulares. Conforme Lineu Junior, há necessidade de mais 30 funcionários. Mas ele tem projeto mais amplo. Sua idéia é envolver todas as secretarias municipais, que têm servidores em contato direto com a comunidade. O objetivo é a conscientização das pessoas para que evitem construções irregulares. Os servidores, em campo, também poderiam auxiliar a equipe de fiscalização, informando por telefone, por exemplo, um caso imediato de invasão de área e construção em áreas proibidas. Lineu também está trabalhando para o cadastramento de trabalhadores da construção civil, a fim de ter este controle. Ele ainda propõe o chamado Cadastramento Único do Município, a fim de obter o mapeamento e planejamento adequados. “Também precisamos de novo zoneamento”. Lineu Júnior declara que outra proposta seria a prefeitura conceder projetos para construção de casas a pessoas carentes, mas donas de lotes. (Fonte: Imprensa Livre)

Delegacia do litoral tem só 1 policial
Unidades de atendimento à mulher estão sem delegadas e funcionários; comando acha desnecessário

São Sebastião - Por falta de efetivo, as DDMs (Delegacias de Defesa da Mulher) do Litoral Norte funcionam somente como 'fachada', com apenas um funcionário de plantão. Para a Polícia Civil, a procura pelas três unidades --em Caraguatatuba, São Sebastião e Ubatuba-- é baixa e, por isso, não justificaria deslocar policiais.
No entanto, a situação estaria irregular de acordo com pelo menos duas portarias da Delegacia Geral de Polícia, que estabelece um quadro de cinco funcionários, incluindo uma delegada, e um efetivo preferencialmente feminino.
Em Ubatuba, há um ano, a DDM funciona apenas com um investigador de polícia, que acumula os cargos de escrivão e carcereiro.
A delegada titular de Ubatuba, Elisabete Maluf, está afastada para a campanha eleitoral e a delegada-adjunta, Fernanda Rangel da Silva, atende na delegacia do município. O caso foi denunciado ao Sindicato dos Investigadores de Polícia do Estado de São Paulo, que aponta desvio de função e vai encaminhar um ofício à Secretaria de Segurança Pública do Estado pedindo providências.
"A DDM tem que ter no mínimo cinco policiais e a de Ubatuba só tem um investigador", disse o presidente do sindicato, João Batista Rebouças.
EFETIVO - O delegado seccional de São Sebastião, João Barbosa Ortis, afirmou que as delegacias de São Sebastião e Caraguá também funcionam apenas com um investigador devido à falta de efetivo. Ele disse que os casos são encaminhados às delegacias dos municípios, onde o atendimento é feito por uma delegada. "Quando temos uma intimação ou ordem de prisão para cumprir na DDM, o serviço é feito pelo Setor de Investigação. Não temos tanta preocupação com a delegacia da mulher", disse.
CONTRATAÇÃO - O delegado afirmou que aguarda o término de um concurso para contratação de novos policiais mas que, mesmo assim, não haveria necessidade de completar o quadro das DDMs. "Eu prefiro reforçar outras delegacias. O movimento na delegacia da mulher não justifica um efetivo maior. Temos uma média de 10 boletins de ocorrência por dia nas três delegacias, sendo que oito são sociais", afirmou. (Fonte: ValeParaibano)

Prefeito convoca Sabesp e pede garantias da qualidade da água

São Sebastião - O prefeito Paulo Julião, esteve reunido com a Sabesp para discutir a questão da qualidade da água distribuída pela empresa no município. As informações divulgadas recentemente , conforme José Ricardo Manckel Amadei, superintendente da Sabesp no Litoral Norte, não esclareceram questões fundamentais sobre a atual situação do abastecimento. No caso específico de Maresias, ressalta-se que o sistema é integrado com o de Paúba, e o relatório da Secretaria Estadual apontou problemas somente em Maresias. Para eliminar definitivamente as dúvidas sobre a qualidade da água servida pela Sabesp em São Sebastião, Paulo Julião determinou que a Secretaria Municipal da Saúde, por intermédio da Vigilância Sanitária, e a Sabesp, em conjunto com a Secretaria Estadual da Saúde, no prazo máximo de 30 dias, reavaliem, no que for necessário, as metodologias adotadas pelas partes na identificação dos pontos de coletas, na coleta, transporte e preservação das amostras e nas análises, eliminando de vez aqueles fatores que venham a gerar dúvidas sobre os resultados comparativos de monitoramentos.
Paulo Julião também solicitou que seja sistematizada uma forma adequada de comunicação periódica, por exemplo semestral, com os órgãos de imprensa, para apresentação de relatórios de monitoramento de qualidade da água distribuída no município. Estas medidas expressam a transparência e o rigor metodológico exigidos para abordagem séria desta questão fundamental para a Saúde Pública, como é a questão da qualidade da água distribuída para abastecimento. (Fonte: Imprensa Livre)

Câmara volta a cobrar aplicação da “lei do passe livre” para deficientes nos coletivos

São Sebastião - A Câmara Municipal voltou a cobrar esta semana a aplicação da “lei do passe livre” para portadores de deficiências nos ônibus de transporte coletivo. Trata-se de um requerimento apresentado pelo vereador Erwin Edson Aparecido da Mota, o Capitão Mota.
Ele afirma que a lei 1565/02, de autoria do vereador Marco Antônio de Souza, vai completar um ano da promulgação, mas até agora não foi cumprida. Mota ressalta que o direito ao passe livre é previsto por lei federal. Em março um requerimento semelhante foi aprovado pelos vereadores. Na ocasião, o prefeito Paulo Julião relatou, por meio de ofício encaminhado ao presidente da Câmara, Marcos Leopoldino, que a lei era inconstitucional. “Temos parecer da Secretaria de Assuntos Jurídicos que versa sobre a inconstitucionalidade e não há obrigatoriedade para o cumprimento”. Capitão Mota cita que, em artigo assinado em revista de Direito, o jurista Ives Gandra da Silva Martins aponta que não cabe ao prefeito julgar se a lei é ou não inconstitucional. “Na sua função de agente público, não cabe a autoridade administrativa negar o cumprimento da lei, visto que suas preferências ou antipatias por esta ou aquela disposição legal são absolutamente irrelevantes. Até mesmo a lei manifestamente inconstitucional deve ser cumprida enquanto não foi declarada pelo Poder Judiciário”, destaca Ives Gandra. Pelo novo requerimento, o vereador Erwin Mota pede, além da aplicação da lei municipal, a publicidade dos atos praticados no prazo de 15 dias, para que todos os beneficiados tenham conhecimento. A Câmara de São Sebastião quer resposta no prazo de cinco dias a partir da data do recebimento. “Se nos prazos mencionados não forem cumpridas as exigências pertinentes, estaremos ajuizando o processo para apuração e responsabilidade do chefe do Executivo, podendo culminar com a cassação de seu mandato”.
Repercussão - Durante a sessão da última terça-feira, o requerimento que questiona a prefeitura sobre o “passe livre” gerou muita discussão entre os vereadores. “Não tem nada de político ou politicagem. Apenas que o prefeito cumpra a lei, que está na constituição federal e estadual”, justificou Capitão Mota. Para ele a prefeitura deve fazer valer a regulamentação. “Já que não vetou, entre com uma Adin (Ação Direta de Inconstitucionalidade)”. O vereador Carlos Borba também observou a falta de pontos de ônibus adequados. Já Marco Antônio de Souza, autor da “lei do passe livre” e líder do prefeito na Câmara, considerou importante a iniciativa. “Temos de cobrar do prefeito que aplique a lei. Não inventei, é federal, vem apenas incrementar”. Contudo, o vereador Aldo Conellian, ex-secretário da Saúde, considera que há necessidade de alterações. “Precisa de algumas mudanças ou ficará impraticável. Por exemplo, a lei prevê o benefício para quem tem doença de notificação compulsória, isto é, gripe, hepatite. Tem certos aspectos que precisam ser revistos. Esta mesma abrangência está dificultando”, concluiu Conellian. O secretário municipal de Assuntos Jurídicos, João Batista Fernandes Filho, que assumiu a pasta no mês de abril, disse que irá averiguar o que vem impedindo a aplicação da lei. “São questões de operacionalização, que já faz parte de outra secretaria”, disse o secretário, na tarde de ontem. A reportagem entrou em contato com a assessoria de imprensa da prefeitura para obter mais informações sobre o caso, porém, não obteve resposta até o fechamento desta edição. Associação pode ir à Justiça para garantir direitos - A APDSS (Associação dos Portadores de Deficiência de São Sebastião) poderá ir à Justiça caso a lei municipal do “passe livre” continue sendo descumprida. De acordo com o presidente da entidade, Alden Mello de Aguiar, advogados já estudam uma forma de exigir o benefício. “Só vamos aguardar a resposta do requerimento”, diz Aguiar. Ele lembra que, há pouco mais de dois meses, na sede da concessionária de transporte coletivo da cidade, houve uma reunião para tratar da lei municipal. Além do presidente da APDSS, também participaram do encontro o proprietário da Autoviass (Auto Viação São Sebastião), Luiz Carlos Soares, o secretário municipal de Saúde, Paulo Jorge Souza Campos, e o vereador Marquinho Souza. Conforme a lei 1565/02, o portador de “enfermidade crônica”, que implique em incapacidade, é considerado deficiente e tem por conseqüência direito ao uso gratuito do transporte público. Dentre as enfermidades que dão direito ao benefício estão: hemofilia, tuberculose, hanseníase, mal de Parkinson e cardiopatia, entre outras. A lei municipal define que, para usufruir o “passe livre”, o deficiente deve se cadastrar junto ao setor de reabilitação, uma divisão da Secretaria Municipal de Saúde. O órgão analisaria se o paciente deve ter direito e emitiria a carteirinha. Ainda na reunião ocorrida no mês de março, o diretor da empresa explicou que o “passe livre”, de acordo com a lei, só seria possível de duas formas: “ou a tarifa do ônibus aumenta para cobrir os gastos com os beneficiados ou a prefeitura terá que oferecer subsídios que os cubram, e pelo que eu sei, não quer que as tarifas aumentem”. Luiz Carlos Soares informou que a empresa já oferece transporte gratuito para deficientes físicos locomotores, visuais, mentais, além de idosos e aidéticos. Contudo, ele salienta que, com a nova lei, o número de beneficiados cresceria muito. Na ocasião, o secretário de Saúde chegou a cogitar uma possível modificação. “Acredito que a lei deve ser refeita, e dar direito só ao deficiente carente”, disse Paulo Jorge. Sem definição, o caso preocupa a APDSS. Segundo Alden Aguiar, atualmente são 200 deficientes cadastrados na entidade. “Nós estimamos que a cidade tenha pelo menos 800 deficientes, mas não temos como cadastra-los por falta de recursos. Dependemos da ajuda dos voluntários”. Para ele, a falta do “passe livre” é prejudicial para a vida dos portadores de deficiência.
“A partir do momento que a associação promove a integração social e é cortado o benefício, como vamos fazer a inclusão social, se estão tirando o direito de ir e vir. Muitos precisam do passe para continuarem seus tratamentos médicos. Queremos só que a lei seja cumprida, se é inconstitucional ou não, isso é uma outra história, que deve ser discutida no futuro”. A APDSS informou que leis federal e estadual possibilitam viagens interestaduais e intermunicipais. Basta um cadastro junto ao Ministério dos Transportes, que fornece uma credencial ao beneficial. “Só falta a lei municipal ser cumprida”, finalizou. (Fonte: Imprensa Livre)

Vereador denuncia abandono de prédio da CCZ em Maresias

São Sebastião - O vereador Wagner Teixeira denunciou o abandono do prédio reformado pela Prefeitura de São Sebastião para abrigar o Centro de Controle de Zoonoses, no bairro de Maresias. Segundo ele, a obra foi inaugurada no ano passado, porém, encontra-se em estado precário.
Teixeira apresentou um requerimento, aprovado por unanimidade, para cobrar providências quanto ao funcionamento do CCZ. “Ele só funcionou durante o verão e ainda como base da Polícia Militar”, observou o vereador. “O Centro de Controle de Zoonoses é de grande relevância para a comunidade. A estrutura estava lá pronta. Hoje está tudo quebrado. O que está acontecendo?”, indagou. Já o vereador Aldo Conellian lembrou que o CCZ é uma antiga reivindicação da comunidade, confirmada pela pesquisa de opinião pública aplicada em 2001 e 2002 (Orçamento Cidadão). “Grande parte dos moradores daquele bairro optou pela construção do Centro. Hoje só existe a instalação, faltando os equipamentos”, lamenta Conellian. O ex-secretário da Saúde frisa que a manutenção do CCZ é cara, entretanto, ele sugere que o mínimo necessário seja feito. Conforme explicou o chefe de Divisão de Controle de Zoonoses da Prefeitura, Adilson Roberto Gomes, o órgão não está funcionando por falta de mão-de-obra e equipamentos, além de necessitar de pequenas reformas na sua edificação. “Hoje temos apenas uma veterinária trabalhando, com carga horária de quatro horas por dia, para atender todo o município”, enfatizou Gomes. O Centro de Zoonoses em Maresias é uma parceria entre a Prefeitura e a comunidade. A Somar (Sociedade Amigos de Maresias), que já fazia um trabalho de castramento de animais no bairro, cedeu o prédio para que a secretaria de saúde desenvolvesse um projeto piloto visando o atendimento para toda a cidade. “Quando a Somar fazia este trabalho, mais de 370 cadelas foram castradas. Parece que esse trabalho não é importante, mas, se fizermos uma conta de duas crias por ano com seis filhotes, em cada cadela, imagina quantos cachorros tiramos das ruas”, avaliou Dircéia Arruda de Oliveira, que faz parte da sociedade amigos. Para ela, a prefeitura não cumpriu com sua parte e, desde a inauguração, em junho do ano passado, o prédio não teve condições de funcionar. Além dos questionamentos referentes ao Centro de Controle de Zoonoses, o vereador Wagner Teixeira ainda encaminhou ao prefeito Paulo Julião um requerimento para pedir informações sobre os profissionais da área de veterinária dentro do quadro funcional da prefeitura. (Fonte: Imprensa Livre)

Notícias de Ubatuba Topo

Restaurante Solar das Águas Cantantes Setur Marketing Político e Assessoria de Imprensa

Pedro Tusino fecha alianças e define seu vice: Andrade do PAN

Ubatuba - O pré-candidato a prefeito Pedro Tusino (PSDB) revelou nesta última quinta-feira que seu vice já está definido, será o ex-presidente da Câmara e ex-prefeito durante quatro meses, Henrique Andrade (PAN).
“Já temos quatro partidos conosco, mas ainda estamos conversando com o PV, PT, PL e PTB para unirmos forças e fazermos oposição ao atual prefeito Paulo Ramos (PFL)”, revelou Tusino, explicando que já conta com o apoio do PRTB, PSC, PDT, PAN.
A convenção do partido tucano em Ubatuba já está marcada, será no próximo dia 13, a partir das 8h na Câmara. “Precisamos fazer uma nova engenharia na Prefeitura. Uma administração mais participativa com a comunidade. Há de se implantar o Plano Diretor, o Plano Viário e tantos outros, alem de darmos uma posição mais firme na saúde. Já o turismo é reflexo do bom andamento de todas as secretarias”, disse o engenheiro Tusino. O vereador tucano Charles Medeiros será o administrador da campanha de Tusino. Ele revela que ainda este ano fará um projeto de lei para implantar em Ubatuba um órgão gestor de projetos que facilitaria o trâmite de documentos para atrair investimentos em diversas áreas. “Este projeto já passou na Assembléia Legislativa. O Porto de São Sebastião será o primeiro a receber. Por exemplo, tem um empresário que quer investir no turismo náutico, a Prefeitura abriria um local que reunisse todos os órgãos que emitem autorizações para o projeto se concretizar em pouco tempo”, revelou o parlamentar. (Fonte: Imprensa Livre)

1º Ecoencontro da Cooperativa Educacional de Ubatuba inicia com debates e oficinas de reaproveitamento

Ubatuba - Em comemoração ao Mês do Meio Ambiente, começou no último fim de semana o 1o Ecoencontro da Cooperativa Educacional de Ubatuba. Na sexta-feira, dia 04 de junho, foi discutido o tema “Radiação eletromagnética não-ionizante (antenas de celulares) e suas implicações ambientais”. Entre os convidados, estava a Dra. Adriana Búfalo Soares, médica homeopata, que mostrou diversos estudos sobre os malefícios provocados por antenas e aparelhos de celular e questionou os pais sobre a necessidade de corresponder aos sonhos de consumo dos filhos, que, cada vez mais jovens, já têm ou querem um aparelho. O presidente da ONG Natureza e Ciência, Sr. Lincoln Bastos, também participou do debate. Ele, que luta pela aprovação de uma lei mais rígida para a instalação de antenas no município, exibiu slides tirados em Ubatuba, de diversas torres erguidas próximas ou dentro de escolas e hospitais, o que é condenado pela OMS (Organização Mundial da Saúde).
Integrante da mesa, a Dra. Elaine Taborda, Promotora Regional do Meio Ambiente, explicou que, de fato, aos olhos da Justiça não está comprovada a relação de causa e efeito entre doenças como câncer e radiação não ionizante, mas salientou: “Nós tratamos a questão dentro do princípio da precaução”. No sábado, 05 de junho, Dia Mundial do Meio Ambiente, foram realizadas diversas atividades simultâneas, em torno da questão do lixo. A possibilidade de reaproveitamento dos materiais foi trabalhada nas oficinas dos arte-educadores Bispo e Nalva, que ajudaram as crianças a transformar tocos de madeira e papéis usados em brinquedos e outros objetos. Os jovens da Oficina de Papel do Projeto Tamar ensinaram como se faz papel reciclado. Houve, ainda, exposição de bolsas de sacolas plásticas, feitas pelas mulheres do Projeto Alavanca; e de bancos de garrafa PET, da Oficina Arte do Recanto, que reúne mulheres da comunidade de Itamambuca.
Os temas consumo e descarte foram debatidos entre jovens e adultos, após a exibição dos vídeos “Vira Volta” e “Ilha das Flores”, ambos premiados. A programação terminou com a palestra “Reciclando seus conhecimentos”, da geógrafa Mônica Renard, diretora do 5 Elementos, Instituto de Educação e Pesquisa Ambiental. Ela mostrou dados sobre o destino do lixo no Brasil, onde 55% dos mais de 5 mil municípios têm lixões a céu aberto; 17% têm aterros controlados, como é o caso de Ubatuba; 13% têm aterros sanitários e só 5% têm usinas de reciclagem. “Estamos só no começo”, comentou, parabenizando a escola pelo lançamento do Programa de Coleta Seletiva da Cooperativa.
A diretora do Instituto comentou, ainda, que mais da metade das cidades não têm rede de esgoto. “A cada real que se deixa de investir em saneamento básico, gastam-se outros cinco reais em saúde”, lembrou. “Os políticos investem na construção de pontes e avenidas, mas não em saneamento básico. Esse questionamento a gente precisa fazer, sobretudo em épocas de eleição”, completou. O 1º Ecoencontro da Cooperativa Educacional de Ubatuba continua na quarta-feira, dia 16 de junho, às 19:00 horas, com a palestra do IPEMA sobre permacultura. O evento conta com o apoio dos seguintes órgãos, instituições e empresas: Secretaria Municipal do Meio Ambiente, Instituto Florestal/ Núcleo Picinguaba, Ministério Público, CHB-LN, IPEMA, Instituto 5 Elementos, Projeto Tamar, Aquário de Ubatuba, Jija Auto Posto, EAB Imóveis, Pousadinha e Spaghetto Cozinha Mediterrânea, Foto Avenida, Recivida e Arquiteto Marcelo Bastos de Almeida.

Cooperativa Educacional de Ubatuba organiza Festival de Fotografia Ambiental

Ubatuba - Como parte das comemorações do Mês do Meio Ambiente, a Cooperativa Educacional de Ubatuba está organizando o “1º Festival de Fotografia Ambiental Tié-Sangue: um olhar sobre Ubatuba”. O objetivo é estimular a observação do meio ambiente e a produção fotográfica como instrumento de conscientização ambiental. A participação é aberta à comunidade e as inscrições devem ser feitas na Secretaria da Escola, de 14 a 21 de junho. Cada participante poderá inscrever até três fotos, em cores ou preto e branco, que deverão ser deixadas no ato da inscrição, junto com uma folha de papel cartão branca, para confecção e padronização das molduras. As fotografias devem ter tema ligado ao meio ambiente e ampliação 20 x 30 cm, em papel fotográfico, com o nome do autor e o título da foto escritos atrás. A mostra ocorrerá de 23 a 30 de junho, na própria Cooperativa, e as fotos passarão a integrar o acervo da escola. Parceiro neste projeto, o laboratório Foto Avenida dará as três ampliações 20 x 30 cm a quem revelar um filme de 36 poses, destinado ao Festival, em uma de suas lojas. O endereço da escola é Av. Carlos Drummond de Andrade, 516, Itaguá (Barra da Lagoa), tel.: 3832-2829.

Motociclistas recebem livro educativos para evitar acidentes

Ubatuba - Mais de mil livros de educação no trânsito estão sendo distribuídos aos motociclistas de Ubatuba. A idéia, da prefeitura e do moto-clube Cruz de Ferro, é reduzir o número de acidentes com motos. Segundo o presidente do moto-clube, Luiz Roberto Sant'Anna de Paula, 70% dos acidentes com veículos motorizados têm envolvimento de motocicletas. “Temos em torno de mil motos na cidade. O livro cabe no bolso e tem orientações do Código Nacional do Trânsito”. A publicação apresenta várias dicas de segurança, como equipamentos obrigatórios para o uso de motos, tipos de autuações, valores, pontuação e recursos de multas, crimes de trânsito e pagamentos de taxas como IPVA.
“Dirigir embriagado e omissão de socorro são considerados crimes e a detenção pode ser de seis meses a dois anos. É ilegal transportar menores de sete anos na garupa”. Outras orientações são as proibições de uso de capacetes tipo coquinho, chinelos e tamancos. O capacete deve ter o selo do INMETRO (Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial), garantindo a qualidade do produto. Caso contrário, a carteira de habilitação poderá ser suspensa em até seis meses.
“São obrigatórios também o uso de viseira ou óculos de proteção para motociclistas”, disse Sant`Anna de Paula. As polícias Rodoviária Federal e Militar abordam os condutores na rodovia Rio/Santos e em várias ruas e avenidas para entregar o material. Durante a "blitz", o motociclista é orientado e não estará sujeito à multa. Até o final do mês, o motoclube deve fazer uma campanha contra o uso do cerol, considerado um dos riscos para os motociclistas. (Fonte: Correio do Litoral)

Ubatuba nos Aeroportos do Estado de São Paulo

Ubatuba - A COMTUR através de sua parceria com o Governo do Estado de São Paulo, representado pela Secretaria Executiva de Turismo, incluiu Ubatuba no sistema informatizado de atendimento ao turista nos aeroportos. A COMTUR entregou material descritivo dos atrativos turísticos e culturais, bem como as orientações necessárias para chegar ao município, à Secretaria de Estado.A Diretoria Executiva da COMTUR acredita que essa parceria entre o município e o estado trará benefícios para a cidade e a Região a curto, médio e longo prazo, com ações articuladas voltadas para o desenvolvimento turístico. (Fonte: PMU)

A Cia Radical e COMTUR anunciam:
“Aventura nos céus de Ubatuba”

Ubatuba - Será realizado entre os dias 10 e 13 de junho, feriado de Corpus Christi, por iniciativa da Cia Radical com suporte da Companhia Municipal de Turismo – COMTUR, o Boogie de Ubatuba 2004 da equipe Skylift Azul do Vento com a participação de Ricardo Pettená, o parquedista que é o atual recordista brasileiro de saltos.Um grande circo já está armado no aeroporto Gastão Madeira, no centro de Ubatuba.O evento tem a perspectiva de atrair mais de 300 paraquedistas de todo Brasil e. “Ubatuba é o visual mais impressionante para a pratica do salto, a costa da Mata Atlântica em encontro com o mar produz um cenário inesquecível” diz Ricardo e movimenta toda a economia de Ubatuba principalmente o setor turístico.Devido a grande importância contará também com cobertura do Esporte Espetacular. (Fonte: PMU)

1º Festival Gastronômico e Cultural de Ubatuba

Ubatuba - Por iniciativa de um grupo de empresários da cidade, do setor de alimentos e bebidas, e em parceria com a COMTUR, o Sindicato de Hotéis, Bares, Restaurantes e Similares e a FUNDART, foi elaborado um projeto inicial para a busca de possíveis interessados em apoios e patrocínios. O Evento será realizado no inicio do segundo semestre deste ano e já conta com a simpatia do SEBRAE.
O projeto do Festival Gastronômico e Cultural é um instrumento para a atuação das Instituições Públicas, junto com as forças das Associações de Classe do município para o desenvolvimento de um território vocacionado para o turismo que sofre com a sazonalidade. O município enfrenta uma série de desafios e a atuação desta parceria pode contribuir significativamente para a minimização da sazonalidade e para a geração de oportunidades de trabalho e renda. (Fonte: PMU)


Ação Litoral

Artigo Topo

A Sustentável Leveza Do Ser

Nossa Ubatuba é tão elogiada, em versos e prosa, por suas muitas e variadas belezas naturais, que sinto-me até temeroso de acrescentar alguma.
Refiro-me aos “belos” buracos em nossas vias públicas, que as estão tornando excentricamente características de nossa linda cidade, esses buracos tão “lindos” em seus contornos e variados tamanhos, em profundidade e alternância, na intensa riqueza de suas ocorrências e na variedade de contornos que apresentam. Alguns chegam a ser tridimensionais - uma lasca de asfalto que se desprendeu, depois uma depressão mais profunda e por fim uma cratera que, ao cair da chuva, inundam-se transformando nossas ruas numa “fascinante” miniatura do pantanal matogrossense - uma seqüência de lagoinhas que cintilam ao sol e que respondem com um “splash” ao passar dos inoportunos pneus que erodem seus contornos, desrespeitando sua “beleza natural”.
Poucas cidades, que se titulem turísticas, podem ostentar essa “beleza”, tão intensa na profundidade e tão extensa na variedade.
Dizem, todavia, que a beleza é simplesmente a constatação de olhos virtuosos. Vê-se belo aquilo que se vislumbra belo. Nesse contexto, os olhos ubatubenses estão acostumados a ver outras belezas grandiosas: no inigualável despontar do sol, surgindo de dentro do mar, na enseada do Itaguá; no artístico delineado desta Serra do Mar que nos confere uma moldura de belos contornos e relevos; nas folhagens das milhares de variedades de árvores de uma das mais belas florestas do mundo como que a adornar, como um grande vaso de plantas, o “hall” de entrada deste município; no mar de azul tão intenso que a decantada “cóte d´azur” é tom esmaecido; na fauna, cujos pássaros em caravanas cruzam o céu despertando-nos pela manhã com trinados e gorjeios que só no paraíso perdido puderam ser ouvidos; no colorido de variados matizes de nossos manacás que despontam seu individualismo em nossas matas em janeiro e fevereiro e nas quaresmeiras que assumem o tom mais azulado na seqüência, vindo, após, os ipês amarelos e roxos, as paineiras rosas cujas flores se desfazem ao vento pavimentando nosso chão, enfim, múltiplas cores que se alternam até a chegada do inverno frio e seco. Onde haveria de existir beleza tão grandiosa?
Por isso é que, na realidade, choca-nos ver estes profusos buracos, pois, temos olhos acostumados à mais inebriante fragrância, à mais harmoniosa sonância, à mais pitoresca alternância, à mais intensa ânsia que o belo e o fantástico suscitam na criação deste cenário idílico.
Que “lindos” buracos? Será que, de fato, podem-se integrar à pujança de tanta beleza circundante?
Por fim, ao rodar por entre, por sobre e por dentro desses buracos, quão perceptível se torna a sustentável leveza do ser...

Ernesto F. Cardoso Jr.
efcardosojr@uol.com.br

Conto em Capítulos Topo

Capítulo XXXVI: Começa a luta

Enquanto íamos para o tudo ou nada, dispostos a matar ou morrer, eu pensava nos primeiros momentos dessa história e como acabei envolvido. Corriam os anos da década de 1960, Ciccillo Matarazzo era o prefeito de Ubatuba e esta era uma cidadezinha pequena e acolhedora. Durante mais de trinta anos, entre idas e vindas, estive ligado a acontecimentos bizarros que envolveram moradores da Vila de Picinguaba, um escocês, um maestro desaparecido na Segunda Guerra e algumas mulheres que me partiram o coração. Eu estava decidido a pôr um ponto final no envolvimento. Meu espírito estava pronto para a luta, eu morreria ou mataria, mas de qualquer jeito eu queria ter uma existência normal novamente. Mesmo que isso significasse apenas ter o nome numa lápide de mármore. Meu companheiro de viagem deu uma risadinha sardônica, ele lia pensamentos. Estava se divertindo com o meu estado de espírito melancólico. O dia estava frio e chuvoso, a estrada que vai de Tatuí a Cesário Lange é cheia de curvas e atravessa uma região de cultivo intenso. A paisagem é bonita, seria mais se não aparecessem de quando em quando prédios industrias que não combinam com os campos plantados, verdadeiros estranhos no ninho. Quando faltavam poucos quilômetros para a cidade, Zorg pediu para que eu entrasse em uma estrada de terra. As chuvas recentes tinham causado estragos no piso, bastante irregular, em pouco tempo atingimos um lodaçal intransponível. Estacionei o carro e continuamos a pé, na minha cabeça ficou passando o que sairia nos jornais se não tivéssemos êxito em nossa missão. Zorg começou a dar sinais de apreensão, na nossa frente havia um enorme milharal subindo uma colina. Entramos nele, pelo menos não seríamos vistos, embora a tecnologia dos alienígenas dispensasse observações a olho nu. De repente, um aguaceiro imprevisto, as nuvens escureceram e a água desceu como que criando um véu de encobrimento par a alguma coisa que estava na iminência de acontecer. As nuvens não estavam a mais de cinqüenta metros de altura, eu estava totalmente molhado quando atingimos o alto da colina e tivemos uma visão aterradora, que quase me paralisou o coração. Uma legião de pessoas de uniforme em atividade ao redor de um galpão. Ao lado deste, duas naves pequenas pairavam perto de outra nave, enorme, em formato de charuto que emitia um estranho e atraente brilho dourado. Da nave maior desciam, por uma rampa, carregadores transportando caixas para o interior do galpão. Alguma coisa não batia com o que tínhamos em mente. Não era apenas um grupo interessado em um livro, o que estava acontecendo parecia ser um exército descarregando armas. Zorg retirou uma pequena caixa da mochila e enviou algum tipo de mensagem. Foi um sinal codificado, logo eu saberia o significado. De longe percebi que o ânimo dos extraterrestres havia mudado, eles haviam percebido a nossa presença.
Peguei a arma que Zorg me dera, parecia uma arma comum, apenas não tinha cano e sim um apêndice que afinava em forma de cone, com uma esfera vermelha na extremidade. A guerra estava começando. Íamos precisar de reforços, éramos dois contra mais de duzentos. Armados até os dentes! Pedi para Zorg sorrir, ele não entendeu mas sorriu. Sim eles tinham dentes!

Sidney Borges
www.lojasmurray.blogger.com.br/index.html

Carta do Leitor Topo

=

Foto do Dia Topo

Ubatuba

Praia do Itaguá

Praia do Itaguá
©Emilio Campi


Para instalar a foto como papel de parede (wallpaper)
Clique na foto acima. Após carregar a foto ampliada, clique com o botão direito do mouse sobre a imagem e escolha "Definir como papel de parede" ou "Definir como fundo de tela". Para ajustar a imagem em tela cheia, clique em qualquer lugar da área de trabalho com o botão direito do mouse, escolha "Propriedades" / "Fundo de Tela" ou "Papel de Parede" / "Ampliar".

Arquivos:  Foto Saudade  -  Foto do Dia
 

 Faça seu comentário, crítica, opinião ou sugestão no Litoral Virtual:
Clique Aqui


As notícias, fotos e cartas publicadas neste boletim são de inteira responsabilidade de suas fontes e autores,
não expressando necessariamente a opinião deste informativo. O envio de qualquer material para nosso e-mail
será considerado como autorizado a sua publicação e assumida a total responsabilidade pelo seu conteúdo.
As cartas devem conter nome completo, RG, endereço, telefone de contato e um e-mail válido.
Reservamos o direito de não publicar cartas que não contenham a devida  identificação do autor.

Editor Chefe: Emilio Campi
Editora Assistente: Jullyany Roberta Cruz


GRÁTIS!!
Receba as Últimas Notícias do Litoral em seu e-mail:

Quero receber GRATUITAMENTE o boletim Últimas Notícias do Litoral:

e-mail:
Cidade:



Obs.: Você poderá cancelar o recebimento das notícias a qualquer momento.

Conheça as cidades do Litoral Norte Paulista:

Caraguatatuba Ilhabela São Sebastião Ubatuba

Litoral Virtual
O mais completo site do Litoral Norte Paulista na Internet
Sugestões, críticas e informações, entre em contato:
info@litoralvirtual.com.br

©1995/2001 Emilio Campi - Studio Maranduba - Direitos Reservados
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem a expressa autorização do autor