Litoral Virtual últimas notícias do litoral
Terça-feira, 27 de julho de 2004 - Nº 1084 Edições Anteriores
Barra da Lagoa Portal da Palmeira Disk Denúncia

Região
Litoral Norte 'engaveta' megaprojetos
Opositores criticam obras 'faraônicas'
Motorista ameaça greve no litoral
Comissão Disciplinar de Justiça julga duas cidades nos Jogos Regionais


Caraguatatuba
Caraguá Bike Week terá segurança reforçada
Caraguá inicia vacinação anti-rábica
Vigilância Sanitária apreende 110kg de carne clandestina em Caraguá
Grupo da Terceira Idade participa do Projeto Leitura Viva

Ilhabela
Santista vence mais uma etapa do Circuito de Maratonas Aquáticas
Toninho Colucci, do PSDB, quer turismo profissional e gestão transparente em Ilhabela
Colucci quer criação de ouvidoria na Prefeitura de Ilhabela


São Sebastião
TCE obriga ex-vereador a devolver salário extra
Bombeiros fazem parto de emergência
Tiro acidental fere comandante

Ubatuba
Curso de Noções Ambientais do Projeto Esperança
SAI concorre ao prêmio da 1ª Mostra Internacional de Arte e Cultura Surf
Na Trilha do Mangue: conhecer para preservar
Futmesa de Ubatuba é prata nos Jogos Regionais


Seções
Política
Carta do Leitor
Foto do Dia

Notícias da Região Topo

Litoral Norte 'engaveta' megaprojetos
Sem parcerias, prefeituras suspendem obras divulgadas com festa em Caraguá, São Sebastião e Ilhabela

Litoral Norte - Sem recursos e parcerias da iniciativa privada, as prefeituras de São Sebastião, Caraguatatuba e Ilhabela 'engavetaram' projetos que chegaram a ser divulgados como grandes conquistas para o Litoral Norte.
Entre as propostas que ficaram no papel estão a construção de aeroportos, aerotrem, centro de convenções, museu do mar e até implantação de fábricas.
Em São Sebastião, o prefeito Paulo Julião (PSDB) divulgou com festa a implantação de um aerotrem (trem de superfície) que ligaria o centro ao Balneário dos Trabalhadores, na Praia Grande.
O investimento seria feito em parceria com um grupo alemão, interessado em investir no setor de turismo. O projeto não saiu do papel.
Segundo o prefeito, o projeto não se concretizou porque dependia de investimentos externo que não foram viabilizados. "Não investimos recursos públicos no projeto", afirmou.
Em uma feira de comércio exterior realizada na cidade em 2001, Paulo Julião aproveitou a mídia para divulgar a implantação de uma fábrica de barcos, da Cabrasmar, no município.
A fábrica geraria empregos e aumentaria a arrecadação do município. O prefeito agora afirma que não foi possível encontrar uma área à beira-mar para a instalação da fábrica.
Outro projeto que também não saiu do papel foi a implantação de uma fábrica para construção de pás para energia Eólica, cuja produção seria 99% exportada para a Europa, pelo porto.
Segundo ele, a empresa optou em se instalar em Fortaleza. O prefeito, afirmou que nas negociações preliminares com os interessados 'não houve investimento de dinheiro público'.
Em Caraguá, o prefeito Antonio Carlos da Silva (PSDB) chegou a divulgar a implantação de um museu do mar, de uma grande estátua no mirante do Santo Antonio e a construção de um aeroporto.
Nenhum dos projetos foi viabilizado. O teatro, cujo prédio, pronto há mais de dois anos, estava abandonado, o prefeito disse que irá concluir até o final do ano. "Faltou recursos, faltou apoio da iniciativa privada", disse o tucano.
O Museu do Mar, previa um complexo à beira-mar, com aquário, videoteca, centro de exposições e até alojamento para técnicos do Brasil e do exterior.
O projeto e a maquete da obra foram elaborados pelo renomado arquiteto Antonio Mendes da Rocha, a um custo de R$ 20 mil.
Técnicos da prefeitura chegaram a viajar até Brest, na França, onde foram conhecer uma estrutura semelhante a que a prefeitura pretendia implantar na cidade. O museu continua no papel. A maquete ninguém sabe onde foi parar.
O Mirante no Santo Antonio, que previa implantação de uma estátua com quatro metros de altura e uma capela no alto do morro do Santo Antonio, também não saiu.
Antonio Carlos afirmou que a área pertence a particulares e a prefeitura não conseguiu autorização para a viabilização do projeto. A imagem reduzida da estátua, de autoria da artista plástica Nieco Ukeseki, da cidade de Cunha, continua exposta no museu da cidade. O aeroporto ,com pista de 1.100 metros também permanece no papel e no plano diretor.
Em Ilhabela, não saíram do papel projetos como o Centro de Zoonozes, o Centro de Convenções, o Teatro e o aeroporto. O aeroporto era uma proposta de 1991 do pai de Manoel Marcos de Jesus Ferreira (PTB), Eurípedes Ferreira, eleito prefeito três vezes na ilha.
O projeto prevê a construção de uma pista de 1.100 metros sob o topo do morro do Piúva, na região central, orçado em R$ 9 milhões. "Vou fazer uma audiência pública para saber a opinião da população sobre a obra", comentou o prefeito. (Fonte: ValeParaibano)

Opositores criticam obras 'faraônicas'

Litoral Norte - Os vereadores de oposição ouvidos pelo ValeParaibano criticaram os prefeitos por prometerem projetos considerados por eles como 'faraônicos' e que não atendem aos interesses da população.
Segundo Edvaldo Reimberg (PPS), de São Sebastião, o prefeito Paulo Julião deveria consultar a população antes de propor obras.
Reimberg disse lamentar propostas como o aerotrem e a não concretização das fábricas. "O prefeito tem que viabilizar creche, quadras, escolas e não ficar sonhando com coisas faraônicas."
Reimberg disse que, por ser da oposição, tem dificuldades para apurar se houve investimentos públicos nos projetos não concretizados.
A vereadora Madalena Fachini (PSB), de Caraguá, considerou um absurdo o prefeito Antonio Carlos não concretizar alguns projetos apresentados, entre eles, o da imagem do santo padroeiro da cidade no alto do morro do Santo Antonio.
Segundo ela, muitos dos projetos apresentados e 'engavetados' não atendem o interesse da população, entre eles, o do aeroporto.
O vereador Rogério Ribeiro de Sá (PT), de Ilhabela, afirmou que o ideal seria o prefeito Manoel Marcos (PTB) fazer o orçamento participativo para saber o que a população precisa.
Segundo ele, o prefeito erra ao insistir na construção de um aeroporto na ilha. (Fonte: ValeParaibano)

Motorista ameaça greve no litoral

Litoral Norte - O Sttruca (Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Transportes Rodoviário, Urbano, Cargas e Anexos) do Litoral Norte informou ontem que está prevista uma greve no transporte público de São Sebastião e Ubatuba a partir de quinta-feira. Segundo o sindicato, a paralisação deve ocorrer devido a um impasse nas negociações com as empresas AutoVias (São Sebastião) e Transportes Cidade de Ubatuba (Ubatuba).
Cerca de 23 mil pessoas poderão ficar sem transporte nas duas cidades, caso a greve ocorra.
O presidente do sindicato, Francisco Israel, de 32 anos, afirmou que as empresas vem se negando a atender revindicações, entre elas, o aumento no cartão-alimentação --de R$ 50 para R$ 70-- e rever a escala dos motoristas que cumprem o horário escolar.
O diretor do Setpesp (Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado de São Paulo), Gerson Fonseca, disse que o sindicato patronal abandonou as negociações.
EMPRESAS - O diretor operacional da Autovias, Juvenal Ferreria da Silva, disse acreditar que a greve não ocorrerá porque apenas 5% dos trabalhadores da empresa devem aderir ao movimento.
O secretário de Governo da Prefeitura de São Sebastião, Roberto Leite, afirmou que, caso a greve aconteça, a prefeitura não tem como atender aos usuários do transporte público.
A diretora da empresa Cidade de Ubatuba, Franciane Couto, não foi localizada para comentar a possibilidade da greve. (Fonte: ValeParaibano)

Comissão Disciplinar de Justiça julga duas cidades nos Jogos Regionais
As cidades de Ubatuba e Aparecida foram julgadas, no domingo, dia 25, por omitir informações que impediam atletas de competir representando-as. A cidade de Ubatuba teve problemas no judô masculino, e Aparecida no atletismo feminino livre individual.

Litoral Norte - A Comissão Disciplinar Especial de Justiça Desportiva julgou as cidades de Ubatuba, na modalidade judô masculino, e Aparecida, na modalidade atletismo feminino livre individual, na manhã deste domingo, dia 25, em um tribunal montado no Ceprolin (Centro de Educação Profissional do Litoral Norte), onde está concentrada a equipe do Comitê Organizador da Secretaria de Esporte, Juventude e Lazer do Estado de São Paulo. 
Segundo a comissão, as duas cidades omitiram informações que impediam a participação de seus atletas nas competições.
De acordo com as normas técnicas, os atletas que forem representar uma determinada cidade, nos Jogos Regionais, não podem competir por outra instituição, no período de abril a dezembro do mesmo ano. Caso isso aconteça, a cidade, os atletas e os técnicos podem ser julgados por omissão de informação e suspensos das competições.
Quatro atletas de Ubatuba disputaram, no dia 24 de abril, o Campeonato Paulista de Judô, pela Associação Judô da Vila Sônia, em São Paulo. Já a atleta Gisele Barros de Jesus, de Aparecida, disputou, pelo Clube Unimed Rio, o 13º Troféu Brasil de Atletismo, a maior competição de atletismo do país, alcançando a 4ª colocação. A prova aconteceu no dia 4 de junho.
A sentença - A comissão decidiu que os atletas, de Ubatuba, devem ficar suspensos por seis meses, e o técnico por 15 dias. Quanto ao município, a pena foi a perda dos pontos, em dobro, e a desclassificação da modalidade na categoria.
Quanto à atleta de Aparecida, sua suspensão será de um ano, a de seu técnico de seis meses, e a de seu assistente técnico de 15 dias. O município perderá os pontos adquiridos, em dobro, e a equipe da modalidade será suspensa.
As duas cidades têm o prazo de 10 dias para recorrer da sentença, junto ao Tribunal de Justiça Desportiva. (Fonte: ValeParaibano)

Notícias de Caraguatatuba Topo

Capitão Campos Junior - Fale Comigo O Guaruçá Pousada das Cachoeiras

Caraguá Bike Week terá segurança reforçada
Cidade recebe efetivo extra do Vale do Paraíba

Caraguatatuba - A 2ª edição do Caraguá Bike Week vai contar com o reforço das Polícias Militar e Rodoviária Estadual durante os cinco dias de evento. O esquema, anunciado nesta quinta-feira, 22, prevê o aumento do efetivo da PM vindo do Vale do Paraíba e instalações de bases móveis em pontos estratégicos do município. Ainda não foi definido o número de policiais que vão atuar no Bike Week.
Haverá também fiscalização nas estradas que dão acesso a cidade e a Ditran (Divisão de Trânsito) da prefeitura vai implantar desvios nas principais ruas e avenidas. Uma nova reunião para discutir o esquema de segurança será realizada junto com o organizador do evento, José Lopes. A data ainda não foi marcada.
Participaram da reunião o comandante da Polícia Militar no Litoral Norte, Valter Padulla, o comandante da PM de Caraguá, tenente Antero Alves Baraldo, o sargento da Polícia Rodoviária, João Caetano Filho, o diretor da Ditran, coronel Celso Rapaci e o secretário de Turismo, Paulo Noronha.
O Caraguá Bike Week acontece de 11 a 15 de agosto na praça de Eventos, na avenida da Praia, no centro. (Fonte: PMC)

Caraguá inicia vacinação anti-rábica
A Secretaria de Saúde de Caraguá, por meio da Vigilância Epidemiológica, realizará a Campanha de Vacinação Anti-rábica, no período de 3 de agosto a 3 de setembro, em todos os bairros do município 

Caraguatatuba - A Secretaria Municipal de Saúde de Caraguatatuba, por meio da Vigilância Epidemiológica, realizará a Campanha de Vacinação Anti-rábica, para cães e gatos, de 3 de agosto (terça-feira) a 3 de setembro (sexta-feira).
No dia 3 de agosto, terça-feira, a vacinação acontece nos bairros Tabatinga, Sertão dos Tourinhos, Capricórnio, Jetuba, Alto do Jetuba e Jardim Santa Rosa. No dia 4, quarta-feira, será a vez do bairro Massaguaçu. Dia 5, quinta-feira, a equipe da Saúde estará nos bairros Olaria e Jardim Casa Branca/Serraria. E, no dia 6, sexta-feira, a vacinação acontece nos bairros Martim de Sá, Cidade Jardim, Prainha e Ipiranga.
A Vigilância solicita a todos que não esqueçam de levar o certificado de vacinação dos seus animais. (Fonte: PMC)

Confira os locais e horários para vacinar o seu animal de estimação:

Dia 3 de agosto, terça-feira
Tabatinga – Av. da Praia (próximo ao antigo estacionamento), das 8h às 11h
Sertão dos Tourinhos – CEI (Centro de Educação Infantil), das 8h às 11h
Capricórnio – Praça do Centro comercial, das 13h às 17h 
Jetuba/Jardim Santa Rosa – Posto de Gasolina Shell, das 13h às 17h

Dia 4 de agosto, quarta-feira
Massaguaçu 
Próximo a Igreja Católica, das 8h às 11h
Jardim do Sol (casa da Teka), das 13h às 17h
R. Antônio Alexandre (próximo ao posto de saúde), das 8h às 11h e das 13h às 17h

Dia 5 de agosto, quinta-feira
Olaria – em frente ao CEI (Centro de Educação Infantil), das 8h às 11h e das 13h às 17h
Jardim Casa Branca – R. José Pedro de O. Barbosa, das 8h às 11h e das 13 às 17h 
Canta Galo – Serraria, das 8h às 11h e das 13h às 17h 

Dia 6 de agosto, sexta-feira 
Martim de Sá (praia) – Praça Antônio Fachini, das 8h às 11h
Martim de Sá (rodovia) – Av. Castelo Branco, das 8h às 11h
Cidade Jardim – Próximo a quadra de esportes, das 13h às 17h
Prainha – Próximo a antiga padaria Farol, das 13h às 17h
Ipiranga – Próximo ao bar do Julinho, das 13h às 17h (Fonte: PMC)

Vigilância Sanitária apreende 110kg de carne clandestina em Caraguá
Em vistoria de rotina, a Vigilância Sanitária do município apreendeu 110kg em um estabelecimento, no bairro Pegorelli. As vistorias têm o intuito de prevenir doenças causadas pela ingestão de carne contaminada

Caraguatatuba - Em vistoria de rotina, realizada na última sexta-feira, dia 23, a Vigilância Sanitária de Caraguá apreendeu cerca de 110 kg de carne clandestina em um estabelecimento comercial, no bairro Pegorelli.
A vistoria, que sempre é feita de modo aleatório, pretende coibir a venda em açougues, restaurantes e lanchonetes não só de carne, mas de todo produto de origem animal como lingüiças, salsichas e presunto, visando à proteção da saúde da população.
Segundo o diretor da Saúde Coletiva de Caraguá, o veterinário Guilherme Garrido, se a carne de um animal doente for consumida, ela poderá causar várias doenças como a Cisticersose – ingestão de carne bovina ou suína – , na qual o ovo da tênia pode chegar até o cérebro, causando nervosismo, insônia, dores, anorexia, perda de peso, dores abdominais e, em algumas vezes, gastroenterite. Outras doenças são a Listeriose, que causa diarréia, febre e calafrios, a Salmonelose, que causa dores de cabeça, febre, náusea, vômitos e cólicas abdominais, e a Toxoplasmose, que provoca febre, dores musculares e de cabeça.
Também o abate clandestino é um problema a ser resolvido pela Vigilância Sanitária, já que um local sem condições de higiene pode fazer com que as carnes dos animais ali abatidas sejam contaminadas.
Garrido alerta à população para comprar carnes e derivados de animais apenas em locais que tenham a licença da Vigilância Sanitária e que apresentem condição de higiene adequada, além de verificar como os atendentes manipulam o produto e a condição de seus uniformes. Ele ressalta ainda que, os transportes das carnes devem ser feitos, apenas, em caminhões frigoríficos.
Para qualquer denúncia de irregularidade tanto em estabelecimentos comerciais, quanto no transportes das carnes, o telefone é (12) 3883-1309.
O proprietário dos estabelecimentos que não cumprirem tais exigências terá a carne apreendida, além de pagar uma multa que pode variar entre 250 e 1000 VRMs (o valor da Valor de Referência do Município é R$ 1,5342) e, ainda poderá ser o seu comércio interditado. (Fonte: PMC)

Grupo da Terceira Idade participa do Projeto Leitura Viva

Caraguatatuba - No dia 29 de julho, os integrantes da Educação Continuada da 3ª Idade da Fundacc, sob direção de Lala Machado participam do projeto Leitura Viva na Praça do Caiçara às 19 horas. Eles farão a leitura do texto Maldita Parentela, de França Júnior, uma comédia hilariante.
O projeto Leitura Viva, realizado pela Fundacc desde janeiro, que já levou para a Praça do Caiçara grupos teatrais, alunos das oficinas culturais de teatro e até mesmo funcionários do setor administrativo da Fundacc a realizarem leituras dramáticas, leva agora os alunos da melhor idade. 
Os alunos da Educação Continuada da Terceira Idade da Fundacc, têm aulas de teatro monitoradas por Lala Machado e foram convidados a participar do projeto no mês de julho.
O projeto continua até setembro, sempre visando difundir a arte cênica, incentivando os grupos a trocarem experiências, criando espaço para discussão dos trabalhos e dramaturgos. Após a leitura, acontece debate sobre o autor e sua obra.
A Praça do Caiçara fica no Pólo Cultural Profª Adaly Coelho Passos, na Praça Dr. Cândido Motta, 72, no centro de Caraguá. A entrada é franca. (Fonte: PMC)



Notícias de Ilhabela Topo

Vulcano
Sailing Shop

Santista vence mais uma etapa do Circuito de Maratonas Aquáticas

Ilhabela - Cerca de 25 nadadores participaram da 4ª etapa do Circuito Municipal de Maratonas Aquáticas de Ilhabela que foi realizada no último sábado, dia 24. A prova foi rápida sendo o percurso de aproximadamente 1.500, da Praia do Barreiros até a Praia do Viana, mas com maré a favor e mar calmo apesar da água fria.
O primeiro nadador a completar o percurso foi o santista Bruno Ruhl (UNIMONTE) com o tempo de 12 minutos e 52 segundos. Em segundo lugar o também santista Antonio Gomes (Pousada dos Marinheiros) completou o percurso em 15 minutos seguido do ilhabelense Harry Finger (Ilhabela Imóveis) com 15 minutos e 10 segundos.
Mais uma vez a ilhablense Maíra de Souza Morais (UNIMONTE) foi a primeira mulher a completar o percurso com o tempo de 16 minutos e 15 segundos, com uma grande vantagem sobre as outras participantes.
O tiro de largada foi dado as 14h40 na Praia do Barreiros pelo candidato a prefeito Antonio Luiz Colucci, que também participou da entrega de prêmios realizada na Praia do Viana. A prova de incentivo Menor e Melhor idade teve apenas uma corajosa nadadora, Renata Brandão de 10 anos. 
Dos nadadores de Ilhabela ainda se destacaram Moana Kojin (Colégio São João), Eros Pinna (Atlântica/Filhos do Sol), Acácio Borges (Panathlon Club), José Ricardo Silva (Colégio ACEI/Panathlon Club), Pablo Melero (Avulso) e professor Mário Bello (Farmácia Helicônia/Panathlon Club).
A 5ª etapa do III Circuito de Maratonas Aquáticas de Ilhabela acontecerá dia 22 de agosto (domingo), com largada na praia do Barreiros (norte de ilhabela) e chegada na Praia do Sino (1.800 metros). A taxa de inscrição é de um quilo de alimento não perecível a serem entregues no dia da prova.
O evento foi organizado pelo Panathlon Clube de Ilhabela e contou com o apoio da Prefeitura Municipal de Ilhabela, Diretoria Náutica, Restaurante Viana (Praia do Viana) e Gerson da Silva. (Fonte: Imprensa Livre)

Toninho Colucci, do PSDB, quer turismo profissional e gestão transparente em Ilhabela

Ilhabela - Turismo profissional e administração transparente. Propostas de Antonio Luiz Colucci, candidato a prefeito de Ilhabela pelo PSDB. Ele é o terceiro entrevistado da série que visa apresentar os principais itens do plano de governo de cada candidato majoritário do litoral, o primeiro do arquipélago. 
Ex-secretário municipal da saúde da atual administração, Toninho Colucci, 43 anos, destaca o incremento do setor turístico e a criação de uma ouvidoria na prefeitura.
O dentista pertencente ao quadro de saúde da Polícia Militar mora na cidade há 18 anos. É casado com a também dentista Lucia Reale Colucci, e tem dois filhos, João Pedro, 12, e Ana Helena, 10 anos.
Segundo ele, sua candidatura se deve ao apoio de lideranças do partido e a divergências com o atual prefeito. “Foi um processo longo. 
O PSDB participou do governo e ao final de dois anos começaram a ocorrer problemas de ordem ideológica, de como o prefeito lidou com denúncias de cadastro de terrenos, comprometendo a credibilidade. Exigimos medidas de apuração e isso não aconteceu. 
A população coloca este desprazer de conviver com a falta de transparência e isso levou à candidatura própria”, justificou.
Esta será a primeira vez que o PSDB terá candidato a prefeito em Ilhabela. “Pretendemos criar um serviço de ouvidoria, com independência do Poder Executivo, para que possa ser um ponto de chegada de denúncias, cobrando providências e apuração, em busca de clareza e transparência. 
No setor de compras, queremos colocar os processos de licitação via internet, com acesso aos editais, barateando compras e contratos”. (Fonte: Imprensa Livre)

Colucci quer criação de ouvidoria na Prefeitura de Ilhabela

Ilhabela - “A secretaria de Turismo será tratada de forma profissional e não como moeda de troca, fruto de acordos políticos. O setor turístico será a locomotiva da administração, pois representa desenvolvimento e geração de empregos”, declarou Toninho Colucci.
Um de seus objetivos é fortalecer o Comtur (Conselho Municipal de Turismo). “Será representativo, mas também deliberativo e fiscalizador”. 
Outro ponto abordado é a criação de um calendário anual de eventos. “Temos de ter atrações constantes, para atrair um público freqüente em Ilhabela”. Entre as alternativas está a construção de um Centro de Convenções. “Definiremos o local e iniciaremos a obra logo no início do ano”.
Saneamento e Saúde - Para o candidato a prefeito do PSDB, o saneamento básico deve ter atenção especial. “É extremamente necessário para a preservação de nossa galinha dos ovos de ouro, a balneabilidade. Sem saneamento não tem turismo, não tem meio ambiente e não tem saúde. O poder público municipal não pode ficar só no discurso, pois a Sabesp é a mesma em todo o Litoral Norte. Falta vontade política”. 
Colucci afirma que a administração municipal pode facilitar o processo de instalação de rede e construção de estações de tratamento. “Temos uma geografia diferenciada, em razão da mata próxima ao mar, o que faz a Sabesp não ter interesse em sanear. Nós podemos estar trabalhando em parceria. O que não vai faltar é empenho, desde o início do governo”. 
De acordo com o candidato, a idéia é ter uma equipe técnica na prefeitura para descobrir alternativas de saneamento nos bairros. “O rompimento com a Sabesp é uma loucura, pois o custo das obras é alto.
Na ilha temos rochedos, lençol freático alto e uma rede que precisa ser preparada para atender o pico e também em períodos ociosos. Isso demanda estudo técnico, e nós podemos fazer”, frisou.
Na saúde, Toninho Colucci diz que houve avanço nos últimos três anos, período em que esteve à frente da secretaria municipal. “Sentimos isso na satisfação da população. Pegamos uma obra abandonada na Barra Velha, refizemos o que estava sendo mal feito, superamos entraves jurídicos e definimos que a população queria um hospital e não um pronto-socorro.
A obra ganhou mais mil metros, onde foram instaladas a enfermaria e a maternidade. Além de voltar a nascer ilhabelenses, hoje temos um índice de 70% de partos normais, como prega a OMS (Organização Mundial de Saúde)”, comemorou. A mortalidade infantil, segundo o ex-secretário, diminuiu de 25/mil para 8,9 por mil nascidos vivos. 
Ele ressalta que a cidade também ganhou um prêmio no percentual de cura da tuberculose (93%). Presidente da Associação Amigos da Santa Casa, Colucci diz que o prédio desativado há anos na Vila será inaugurado em agosto como clínica de especialidades. 
Segurança Pública - O tucano salienta que Ilhabela tem uma peculiaridade na questão segurança, por causa da entrada principal da cidade, via balsa. “Queremos criar o CIAS (Centro de Identificação e Apoio Social), que servirá para identificação de veículos, triagem, abordagens e ajuda aos migrantes. Será um raio-x de quem está chegando à Ilhabela”.
Antonio Colucci diz que a PM precisa de mais apoio. “A prefeitura pode colaborar com funcionários para serviços administrativos. Policial não tem que ficar preenchendo planilha e fazendo cafezinho, e sim fazendo a patrulha”.
Ele quer usar a influência de seu partido junto ao Governo do Estado. “Hoje temos furtos, já houve seqüestro de gerente de banco, arrombamento de carro, e uma cidade turística não pode aceitar isso”.
Educação e Social - Na educação, o candidato cita que a idéia é municipalizar o ensino de 5ª a 8ª série. “O governo estadual incentiva isso e nós já estamos discutindo dentro de nossa equipe, só que uma municipalização gradativa”. 
O ensino profissionalizante também faz parte do plano de governo do PSDB. “Hoje, aqui na ilha, temos dificuldade de achar um barman, por exemplo; taxistas são raros os que falam duas línguas. É preciso dar capacitação aos trabalhadores”. 
Já na área social, ele destaca a possibilidade de iniciar uma rede de proteção, com auxílio-escola, alimentação e qualificação de mão-de-obra. “Não podemos ficar só na distribuição de cesta básica”.
O esporte, conforme apontou o candidato, é uma das maneiras de tirar a juventude da ociosidade. “Não é só no futebol, mas no atletismo, na natação. 
Temos potencial para isso, basta criar espaços adequados e incentivar”. Colucci ainda falou da necessidade de parceria com o CDHU para a instalação de projetos habitacionais diferenciados, com pequenos conjuntos populares nos bairros. 
“Gostaríamos que a população avaliasse os compromissos que assumimos na secretaria de saúde, onde cumprimos o que foi passado, e que tenha a certeza de estaremos trabalhando de domingo a domingo”, finalizou. A vice de Antonio Luiz Colucci é a médica Anamaria Yaeco Hirakawa. (Fonte: Imprensa Livre)

Notícias de São Sebastião Topo

Nautica Superchic

TCE obriga ex-vereador a devolver salário extra
Tribunal rejeita recurso de ex-parlamentares de São Sebastião e determina devolução de R$ 216 mil; políticos parcelam dívida em até 50 vezes

São Sebastião - O Tribunal de Contas do Estado rejeitou recurso dos ex-vereadores de São Sebastião e manteve a sentença que obrigava 12 dos 13 vereadores que legislavam entre 93 e 95 a devolver aos cofres públicos cerca de R$ 216 mil.
Segundo José Teixeira Filho, que presidia a Câmara na ocasião, como o valor a ser devolvido aumentou muito devido aos juros e a correção monetária, a maioria dos ex-vereadores optou em parcelar o débito em até 50 parcelas mensais.
A decisão foi publicada no Diário Oficial, na semana passada. Segundo José Teixeira Filho, ao analisar as contas da Câmara em 94, o TCE constatou irregularidade nos subsídios dos 13 vereadores, que recebiam mensalmente R$ 1,6 mil.
"O TCE entendeu que o vereador deveria ter como subsídio 30% do salário-base dos deputados estaduais e não ter incorporado na remuneração pagamento por sessões extraordinárias, como ocorreu no período", afirmou Teixeira Filho.
Na ocasião, apenas o então vereador Valter do Nascimento optou por devolver o que tinha recebido a mais.
Os demais vereadores entraram com recurso no TCE. Teixeira Filho disse que os ex-vereadores estão negociando com a prefeitura a 'melhor maneira de devolver o dinheiro aos cofres públicos'.
"Eu optei em pagar em até 50 parcelas, afinal, como presidente da Câmara, na ocasião, recebia subsídios em dobro", afirmou. Teixeira Filho terá que devolver aos cofres públicos cerca de R$ 34 mil.
Apenas dois dos ex-vereadores citados pelo TCE continuam na câmara de São Sebastião: José Cardim de Souza (PP) e José Luiz Ribeiro (PSDB). Segundo Souza, os ex-vereadores decidiram apresentar novo recurso em 99, questionando os juros e correção monetária. A decisão saiu a semana passada, com o TCE mantendo os valores.
DIVIDA ATIVA- Souza disse que vai aguardar o débito ser incluido na dívida ativa da prefeitura para procurar a melhor forma de parcelamento.
"A gente ganha pouco e se não conseguir parcelar em várias vezes não teremos como fazer a devolução", afirmou.
A maioria dos ex-vereadores terá que devolver aos cofres públicos cerca de R$ 17 mil. Ribeiro não foi localizado para comentar o assunto. (Fonte: ValeParaibano)

Bombeiros fazem parto de emergência

São Sebastião - O Corpo de Bombeiros de São Sebastião fez o parto da dona-de-casa Julia Pereira dos Santos Andrade, 29 anos, na manhã de ontem, no banheiro da casa de Júlia, no Itatinga. Segundo o Corpo de Bombeiros, Julia deu início ao trabalho de parto por volta das 8h. Três soldados auxiliaram a dona-de-casa durante o nascimento do bebê, um menino. Julia foi encaminhada para a maternidade da Santa Casa de São Sebastião. Os bombeiros afirmaram que Julia e o bebê passam bem. (Fonte: ValeParaibano)

Tiro acidental fere comandante

São Sebastião - O comando do 20º Batalhão da Polícia Militar do Litoral Norte abriu ontem sindicância para apurar o disparo acidental que feriu o capitão Fernando Marcos Pedroso de Carvalho, comandante da PM de São Sebastião e Ilhabela.
O acidente ocorreu na tarde da última sexta-feira, durante reunião do alto comando das polícias Civil e Militar, na sede da Delegacia Seccional, em São Sebastião.
Segundo boletim oficial da PM, Carvalho foi atingido por um tiro no abdômen, quando abaixou-se para pegar sua polchete após o encerramento do encontro.
Dentro da polchete estava uma pistola 45, que teria disparado acidentalmente. Carvalho foi levado ao Pronto-Socorro de São Sebastião e, em seguida, transferido para o pronto-socorro da Vila Industrial, em São José dos Campos.
Ele teria deixado o hospital no domingo. A bala permanece alojada em seu ombro.
A pistola não pertencia à corporação. Segundo a PM, a arma tinha sido apreendida em uma operação e encontrava-se em poder do capitão. Ele teria conseguido auatorização do Fórum para ficar como fiel depositário da arma.
O delegado seccional, João Barbosa Filho, disse que, foi feito um boletim de ocorrência e instaurado inquérito policial para apurar o caso. (Fonte: ValeParaibano)

Notícias de Ubatuba Topo

Restaurante Solar das Águas Cantantes Foto do Dia 

Curso de Noções Ambientais do Projeto Esperança

Ubatuba - Aconteceu no último sábado, dia 25, nas dependências do Sítio Santa Cruz, Sertão da Quina, o curso de Noções Ambientais do Projeto Esperança, realizado pelos monitores Benedito de Oliveira-Gem, Nelson de Souza, Jorge Inocêncio Alves Júnior, com a participação também dos 
proprietários do Sítio Sr. Dagmar Oswaldo Cupaiolo, seu filho Roberto Rodrigues Cupaiolo e Ezequiel dos Santos.
O projeto surgiu da parceria de monitores locais, convidados, proprietários da Pousada das Cachoeiras e o vereador Charles Medeiros.
A idéia é minimizar a ociosidade de jovens da região usando o tema Meio Ambiente, foi idealizado entre os monitores e convidados uma apostila ligada ao assunto, abordando temas característicos da região relacionada ao Meio Ambiente e abordagens de acontecimentos atuais dentro das comunidadese possibiliodades de ações para melhorias.
Dos 125 inscritos para o evento, foram selecionados vinte e sete jovens, que receberam certificados no final do dia, sendo que alguns eram de outras cidades: Santos, Peruíbe e São Paulo. O curso teve a duração de oito horas.
Segundo alguns pais, esta iniciativa deveria atingir um número maior de jovens e que a expectativa é que os mesmos deveriam ser encaminhados para algum outro curso, como informática.
Segundo Gem, um dos organizadores, a idéia é expandir o curso para todos os jovens inscritos e os demais do município, mas há uma dificuldade em relação ao lanche dos jovens, já que a maioria do grupo é composta de jovens carentes. É preciso que haja uma maior colaborações, não podem continuar o trabalho com as crianças de barriga vazia, reitera Nelson de Souza, monitor de Técnicas Verticais. Foram parceiros deste evento, Comercial Blessa, Blofor- Depósito de Materiais, Quitanda Maranduba, Margaridas Modas e Epicentro informática.

SAI concorre ao prêmio da 1ª Mostra Internacional de Arte e Cultura Surf
Entidade é reconhecida por sua atuação na área ambiental

Ubatuba - A Sociedade Amigos de Itamambuca está entre os finalistas do primeiro prêmio realizado no Brasil e no mundo em reconhecimento à produção cultural e artística de criadores e produtores ligados ao surfe. 
A entidade foi escolhida por um Colégio Eleitoral, formado por membros destacados da comunidade do esporte, entre atletas, técnicos, empresários e jornalistas, e concorre na categoria Menção Honrosa a Projetos Comunitários nas Áreas de Meio-Ambiente, Praia e Surf.
O evento integra a programação da 1a Mostra Internacional de Arte e Cultura Surf, que acontece de 23 a 29 de julho, no 3o andar do Pavilhão da Bienal, no Parque Ibirapuera, em São Paulo.
A escolinha do Zecão também está na final, na categoria Menção Honrosa a Escolas de Surf.
Criada em 1977, a SAI tem forte atuação na área ambiental. A entidade é reconhecida por lutar pela preservação de Itamambuca, praia internacionalmente reconhecida por sua beleza e por suas ondas perfeitas. A entidade implantou e coordena o programa de coleta seletiva do loteamento de Itamambuca, um dos poucos bairros de Ubatuba que faz a separação do lixo; e mantém um viveiro de plantas nativas, para os projetos de reflorestamento de áreas desmatadas e de recuperação do jundu, planta nativa rasteira em extinção, cujas raízes se fixam na areia, impedindo o processo de erosão. 
A entidade tem representação na Câmara Técnica de Saneamento (CT-SAN) e na de Turismo e Educação Ambiental (CT-TEA), do Comitê das Bacias Hidrográficas do Litoral Norte (CBH-LN), e dará início ao projeto de educação ambiental “Na Trilha do Mague”, aprovado pelo CBH-LN para receber recursos do Fehidro (leia mais sobre o projeto na matéria abaixo).
A SAI participa, desde agosto de 2003, do estudo e discussão do projeto de Lei de Uso e Ocupação do Solo, propondo alterações no texto, com a finalidade de definir um zoneamento coerente e adequado para o município e, principalmente, para a região de Itamambuca. 
A SAI também promove diversas ações de educação ambiental, como a Gincana Jogo Limpo, e apóia projetos voltados à comunidade, como a “Oficina Arte no Recanto”, integrada por mulheres que fazem bancos de garrafa PET; e a escolinha Jundu de Informática, que funciona dentro da sua sede, com computadores doados por um de seus associados, com o objetivo de promover a inclusão digital dos jovens. 
A atuação da entidade na área ambiental e a percepção de que o meio ambiente deva ser tratado com prioridade dentro da esfera pública levou seu presidente, Aldhemar José de Freitas Filho (Dema), empresário, surfista e ambientalista, a se candidatar ao cargo de vereador por Ubatuba.

Na Trilha do Mangue: conhecer para preservar
Projeto apresentará às crianças um dos berçários da vida marinha


Ubatuba - Defendido há um ano no Comitê de Bacias Hidrográficas do Litoral Norte (CBH-LN), o projeto de educação ambiental “Na Trilha do Mangue”, apresentado pela SAI, foi aprovado para receber recursos do FEHIDRO, instância financeira do Sistema Integrado de Gestão dos Recursos Hídricos (SIGRH). 
Partindo do pressuposto de que é preciso conhecer para preservar, o projeto visa levar informações relevantes sobre o ambiente, a crianças de 7 a 11 anos; inserir a temática ambiental, com ênfase na preservação do mangue, nos programas das disciplinas escolares; e formar agentes multiplicadores. “As crianças fazem parte de uma comunidade em que os pais usam o mangue para tirar madeira e carangueijo, e podem funcionar como inibidoras do mau uso desse espaço”, acredita a pedadoga Lígia Schmitt, integrante da equipe do projeto. “A gente tem que compreender como este mangue faz parte do cotidiano das pessoas e entender quando a ação é predatória ou sustentada”, completa. 
Segundo ela, o conhecimento será construído através de atividades práticas e lúdicas, envolvendo um universo de 266 alunos, das escolas de Itamambuca e Poruba, além dos professores, que receberão treinamentos e um material auto-instrutivo, para organizar as ações e otimizar o aprendizado em sala de aula. 
O engenheiro ambiental e sanitaristal Francisco Nunes Lopes, da equipe de coordenação, salienta que o projeto pode ter continuidade e que a Secretaria de Educação já manifestou interesse em adotá-lo no ano letivo de 2005. 
Esse estudo é particularmente importante em nossa região, onde os manguezais vêm sendo degradados, em decorrência da ocupação desordenada à sua volta e do descaso com o gerenciamento dos resíduos domésticos gerados. 
A Sociedade Amigos de Itamambuca é a tomadora dos recursos, no montante de R$ 70 mil, por ser uma entidade do terceiro setor, sensível às questões ambientais, que são uma de suas atribuições estatutárias. 
O projeto Na Trilha do Mangue foi apresentado no dia 10 de julho, na sede da SAI, a todos os associados interessados. O roteiro da palestra e o projeto estão disponibilizados no site  www.salveitamambuca.com.br 

Futmesa de Ubatuba é prata nos Jogos Regionais

Ubatuba - A equipe de futebol de mesa de Ubatuba, composta por André Rafael, Daniel Gusmão e Ralph Solera, conquistou a medalha de prata na modalidade, nos Jogos Regionais 2004, que estão sendo disputados na cidade de Caraguatatuba. A final, perdida para Jacareí, que conta com o botonista nacionalmente conhecido, Edu Redondo, mostrou que Ubatuba tem condições técnicas de jogar com os temidos adversários do Vale do Paraíba, dentre os quais Taubaté e São José dos Campos, além de Jacareí.
Este foi o 1º ano que o futebol de mesa participou dos Regionais. A Secretaria de Esportes de Caraguá incluiu o futmesa como um dos esportes demonstração desta edição e, se em 2005 o esporte das palhetas for novamente disputado, passa a ser modalidade oficial dos Jogos.
Estreando em competições por equipe, o time de Ubatuba foi para os Regionais sem pretensões de medalha. Com André, líder do ranking ubatubense, em grande fase, porém, a possibilidade de pódio foi aumentando ao longo da 1ª Fase. Com apenas uma derrota (frente à Jacareí - futura adversária na final), Ubatuba chegou à última rodada da 1ª Fase precisando de uma vitória para conquistar à vaga à finalíssima, desde que Caraguatatuba não vencesse ou empatasse sua partida. E Caraguá acabou perdendo por 5x0 para Jacareí (que já estava classificada por antecedência), deixando Ubatuba dependendo de sí mesma. Uma vitória por 3x0 contra Guararema garantiu os ubatubenses na final, que apesar de todo o favoritismo e melhor técnica de Jacareí, foi bastante disputada. Jacareí ficou com a medalha de Ouro após vencer a final por 4x3, deixando Ubatuba com a prata e caraguá com o Bronze, pela campanha na 1ª Fase.
Além do torneio em sí, os Regionais proporcionou um ótimo encontro de amantes do futmesa, que já agendaram outros eventos por equipes entre as cidades do Litoral Norte e do Vale do Paraíba.
Mais detalhes no site www.futmesaubatuba.hpg.com.br 

Ação Litoral

Política Topo

Bastidores Políticos de Ubatuba

As coisas começaram a esquentar nos bastidores, sempre nos bastidores, em Ubatuba tudo é feito nos bastidores. Nas ruas nada parece acontecer, fora alguns muros pichados. Apareceu uma contestação à candidatura petista ao cargo de vice-prefeito na coligação com o PL. Vera Coutinho e Toledo querem o direito de disputar a eleição. Segundo Vera, com quem falei ontem, eles foram impedidos de concorrer na convenção e por isso entraram com pedido de impugnação da candidatura de Domingos dos Santos. Se a justiça decidir que a dupla reclamante tem razão – a decisão sai hoje – o PL vai precisar encontrar um novo vice para compor com Eduardo César. Então o PT terá como candidatos os nomes de Vera Coutinho e Toledo. É esperar para ver. Mudando de assunto, alguns juizes eleitorais resolveram aplicar provas para os candidatos. Eles querem saber se há analfabetos concorrendo, o que é proibido por lei. Segundo o que apurei, não só existem analfabetos entre os candidatos como muitos buscam a reeleição. Na minha opinião os juizes que agem assim querem mesmo é ficar diante dos holofotes, a questão do analfabetismo é para ser discutida num contexto mais amplo, não às vésperas de uma eleição e às custas de alguns infelizes. Um recado aos que receberem promessas de candidatos, há um em especial famoso por prometer tudo e depois desconversar. Ele não gosta de testemunhas, prefere conversar em ambientes isolados. Minha sugestão àqueles que já se sentem futuros secretários. Tomem cuidado. Comprem gravadores e gravem tudo o que for dito entre quatro paredes.
Senão, ficarão caçando moscas caso o candidato em questão vença o pleito de outubro.

Sidney Borges
www.lojasmurray.blogger.com.br/index.html 

Carta do Leitor Topo

Areeiros de Ubatuba - Recentemente os órgãos públicos tem atacado imperdoavelmente os areeiros da Cidade de Ubatuba. Dezenas de famílias, centenas de pessoas, tem como principal fonte de renda a venda de areia retirada manualmente do fundo do leito dos rios.
Esta atividade é ao meu ver, absolutamente auspiciosa para a preservação da natureza no seu estado atual, pois a grande, imensa, terrivelmente vasta quantidade de terra, detritos que as chuvas lançam aos rios provenientes da ocupação humana e mesmo dos deslizamentos naturais das montanhas, estão assoreando em demasia os mangues e as margens ribeirinhas.
Pessoas ligadas aos órgãos de Defesa Ambiental, sem se dar conta do malefício que certas leis geram ou pelo menos sem se importar com as verdadeiras catástrofes que estão nos rodeando se empenham de forma exagerada em cumprir leis que mais causam DANO que BENEFÍCIO.
Senão vejamos, não estão aí os nossos poderes constituídos para proteger nossa pátria, nossa gente e nossos costumes?
É extremamente fácil, abordar caminhões que praticando seu trabalho pacífico são apreendidos pelas autoridades sem poder esboçar a mínima resistência. Pessoas que por décadas trabalham honradamente estão sendo massacradas ao praticarem uma atividade que é também um benefício para a natureza. Certamente os homens não podem fazer absolutamente tudo que quiserem para suprir suas necessidades e seus interesses econômicos. Para isso existem leis que regulamentam as nossas atividades, imputam limites e penalidades, concedem direitos.
Contudo, como as atividades humanas são muitas, será que nossas autoridades não poderiam dar prioridade e mais empenho à coisas que são talvez mais importantes, tais como Saúde, Segurança, Educação.
Nossas autoridades estão aí para: Combater esgotos lançados aos rios, criadouros de mosquitos, ocupação de áreas de risco e mananciais, resolver o problema do lixo e limpeza, a guarda e a manutenção dos bens públicos, combate ao crime, drogas .... Enfim Saúde, Segurança, Educação, tudo isso dá uma lista tão grande que seria necessário muitos livros para dissertar sobre esses assuntos... então? Será que as nossas autoridades já estão fazendo tudo isso muito bem? E por estarem satisfeitas com nosso nível de Saúde, Segurança, Educação podem se permitir à atacar "perigosos areeiros"?
Isso apenas serve para tirar a dignidade do Servidor Público, que por orientação superior, esta se afastando de sua verdadeira vocação que é a de servir o povo. 
Qual a verdadeira razão desta brutalidade?

Fernando Bueno
Ubatuba, SP

Foto do Dia Topo

Ubatuba

Praia do Félix

Praia do Félix
©Emilio Campi


Para instalar a foto como papel de parede (wallpaper)
Clique na foto acima. Após carregar a foto ampliada, clique com o botão direito do mouse sobre a imagem e escolha "Definir como papel de parede" ou "Definir como fundo de tela". Para ajustar a imagem em tela cheia, clique em qualquer lugar da área de trabalho com o botão direito do mouse, escolha "Propriedades" / "Fundo de Tela" ou "Papel de Parede" / "Ampliar".

Arquivos:  Foto Saudade  -  Foto do Dia
 

 Faça seu comentário, crítica, opinião ou sugestão no Litoral Virtual:
Clique Aqui


As notícias, fotos e cartas publicadas neste boletim são de inteira responsabilidade de suas fontes e autores,
não expressando necessariamente a opinião deste informativo. O envio de qualquer material para nosso e-mail
será considerado como autorizado a sua publicação e assumida a total responsabilidade pelo seu conteúdo.
As cartas devem conter nome completo, RG, endereço, telefone de contato e um e-mail válido.
Reservamos o direito de não publicar cartas que não contenham a devida  identificação do autor.

Editor Chefe: Emilio Campi
Editora Assistente: Jullyany Roberta Cruz


GRÁTIS!!
Receba as Últimas Notícias do Litoral em seu e-mail:

Quero receber GRATUITAMENTE o boletim Últimas Notícias do Litoral:

e-mail:
Cidade:



Obs.: Você poderá cancelar o recebimento das notícias a qualquer momento.

Conheça as cidades do Litoral Norte Paulista:

Caraguatatuba Ilhabela São Sebastião Ubatuba

Litoral Virtual
O mais completo site do Litoral Norte Paulista na Internet
Sugestões, críticas e informações, entre em contato:
info@litoralvirtual.com.br

©1995/2001 Emilio Campi - Studio Maranduba - Direitos Reservados
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem a expressa autorização do autor