Litoral Virtual últimas notícias do litoral
Quarta-feira, 28 de julho de 2004 - Nº 1085 Edições Anteriores
Barra da Lagoa Portal da Palmeira Disk Denúncia

Região
Turismo em Baixa: Litoral Norte amarga prejuízo em julho
Baepi Pinna é 9º e Gabriel Melchert o 11º no mundial de Optimist
Cidades aprovam extensão dos Regionais


Caraguatatuba
Voleibol de Caraguá tem estréia fácil
Luta olímpica é vinculada pela 1ª vez nos Jogos Regionais 
Fundacc traz grupo do Macunaíma no projeto Caraguá em Cena
Juíza aplica teste para 29 candidatos em Caraguá
OAB de Caraguá pede interdição da cadeia pública por lotação
Obra da Rio-Santos destrói praça e revolta moradores
Medida é necessária, diz DER

Ilhabela
Rencontro das lideranças do turismo de Ilhabela 


São Sebastião
Expedição Marinha do “Visão Costeira” vai zarpar
Burocracia atrasa o reinício das transmissões da Rádio Costa Sul

Ubatuba
Balanço do SuperSurf etapa Ubatuba
Projeto "Na Trilha do Mangue": conhecer para preservar
Ubatuba entrega obras na praia do Itaguá


Seções
Opinião
Artigo
Carta do Leitor
Foto do Dia

Notícias da Região Topo

Turismo em Baixa: Litoral Norte amarga prejuízo em julho

Litoral Norte - As vendas e a lotação na rede hoteleira no Litoral Norte nas férias de julho ficaram abaixo da expectativa este ano.
Para os representantes das prefeituras e entidades das cidades litorâneas, a maior causa do prejuízo financeiro por parte do comércio, hotéis e restaurantes foi a chuva e o frio intenso. Segundo eles, o movimento de turistas foi cerca de 30% abaixo do esperado.
O presidente da Associação dos Hotéis e Pousadas de Caraguatatuba, Wilson de Oliveira, disse que a meta era ocupar 50% dos hotéis, mas a ocupação média foi de 30%.
"Tivemos um grande prejuízo pois contávamos com o dinheiro que podia ser levantado com o movimento das férias de julho para pagar contas", afirmou Oliveira.
Segundo ele, a chuva atrapalhou muito o turismo. "Agora nossa expectativa é com relação ao feriado de 7 de Setembro."
O secretário de Turismo de Caraguá, Paulo Noronha, disse que o movimento foi em torno de 30% a menos que o previsto. "Essa chuva toda não é normal no mês de julho. Teve gente que chegou no litoral na sexta e foi embora no sábado por causa da chuva e do frio."
Em Ilhabela, o faturamento do comércio e da rede hoteleira também ficou abaixo do esperado. "Na Semana da Vela --de 9 a 17 de julho-- a ocupação dos hotéis girou em torno de 80%, mas depois caiu para 30%", afirmou o diretor de Turismo, Alfredo Cyrillo.
Para o secretário de Turismo de Ubatuba, Sidney Gasparetto, a rede hoteleira foi muito prejudicada porque além do movimento ter sido menor do que o previsto, a maior parte dos turistas que foi para a cidade tinha casa em Ubatuba.
Segundo ele, eram esperadas 80 mil pessoas e estiveram na cidade cerca de 50 mil --37,5% a menos. (Fonte: ValeParaibano)

Baepi Pinna é 9º e Gabriel Melchert o 11º no mundial de Optimist

Litoral Norte - O Campeonato Mundial da Classe Optimist, em Salinas, no Equador, terminou, neste domingo (25), com satisfação geral dos velejadores e técnicos e com o recorde de 51 países participantes.
O resultado final confirmou a tendência dos últimos anos registrando a ascenção técnica da flotilha asiática, fato comprovado pelo vencedor da competição, o chinês Wei Ni.
A flotilha brasileira terminou a competição com dois velejadores entre os quinze melhores, Baepi Pinna em 9o e Gabriel Melchert em 11º.
Classificação Final:
1 - CHN - WEI NI
2 - NZL - PAUL SNOW-HANSEN
3 - ESP - EUGENIO DÍAZ
4 - NZL - DANIEL WILLCOX
5 - POL - LUKASZ PRZYBYTEK
6 - POL - KACPER ZIEMINSKI
7 - TRI - MATTHEW SCOTT
8 - CRO - FILIP MATIKA
9 - BRA - BAEPI LACATIVA PINNA
10 - TAH - CORENTIN GUEGAN
11 - BRA - GABRIEL MELCHERT
12 - GER - TINA LUTZ
13 - MEX - DIEGO REYES
14 - MEX - ERIK BROCKMANN
15 - ITA - PAOLO CATTANEO 
102 - BRA - FABIO MELCHERT GALVANESE 
111 - BRA - HENRIQUE VASCONCELOS BACK
133 - BRA - GUILHERME BARBOSA LIMA (Fonte: Correio do Litoral)

Cidades aprovam extensão dos Regionais

Litoral Norte - Após uma semana de competições em pistas, piscinas, quadras e canchas, chegou ao fim a 48ª edição dos Jogos Regionais, que este ano foi disputada em Caraguatatuba.
Em anos anteriores, a afirmação acima estaria correta e o público já conheceria a campeã da maior competição regional entre municípios do Brasil. Nesta edição, entretanto, uma nova fórmula da Secretaria Estadual de Juventude, Esportes e Lazer "esticou" os Regionais de oito para dez dias, para não sobrecarregar os alojamentos e viabilizar que cidades pequenas recebessem o torneio. A medida, até ontem, estava sendo aprovada parcialmente pelas delegações.
"A princípio, o pico no último fim de semana, quando houve uma concentração de modalidades começando e terminando, foi contraproducente. Mas temos que esperar o fim da competição para avaliar melhor", disse Dalvi Rosa Moreira, secretário de Esportes de São José dos Campos.
Diferente dos outros anos, nesta edição dos Jogos muitas modalidades já voltaram para casa. Em Caraguá estão apenas as coletivas, como vôlei, basquete, handebol e futebol, além do xadrez e da luta olímpica.
"Antes, a vantagem era em termos de grupo, pois com todos juntos o grupo ficava mais unido e as delegações ficavam motivadas até o último instante. Agora esvaziou um pouco, mas isso não tirou o brilho da competição. E, para nós, que somos vizinhos, também não influenciou muito, pois apenas atletas que moram longe, ficaram alojados em Caraguá", disse Luiz Carlos Melo Cardim, secretário de Esportes de São Sebastião.
A cidade anfitriã, entretanto, aprovou totalmente as novas regras. Para Nivaldo Alves, secretário de Esportes de Caraguatatuba, o público tem correspondido às expectativas.
"Em todos os núcleos estamos tendo um bom público. No futebol feminino, entre Caraguá e Ubatuba, por exemplo, havia mais de 2.000 pessoas no estádio. Na final do beach soccer, mais de 1.500 pessoas lotaram as arquibancadas. Mas é claro que depende da modalidade. Algumas, como as coletivas, atraem mais público mesmo", disse Alves.
"No geral, o aumento de dias foi melhor porque não sobrecarregou os alojamentos. Está havendo um revezamento e acho que a nova fórmula está aprovada", acrescentou. (Fonte: ValeParaibano)

Notícias de Caraguatatuba Topo

Capitão Campos Junior - Fale Comigo O Guaruçá Pousada das Cachoeiras

Voleibol de Caraguá tem estréia fácil
Os times feminino e masculino da cidade passam com facilidade pelos primeiros adversários e acreditam na conquista de medalhas

Caraguatatuba - Os primeiros jogos dos times de vôlei de Caraguá, disputados nesta segunda-feira, dia 26, no CEMUG (Centro Esportivo Municipal "Ubaldo Gonçalves"), não tiveram grandes emoções devido à fragilidade dos times de Paraibuna, no feminino, e de Cachoeira Paulista, no masculino. 
Importante ressaltar que na fase de classificação, as equipes disputam apenas três sets, pontuando a equipe que ganha dois sets. Neste dia 27, terça-feira, o time feminino enfrenta Roseira, às 14h, e o time masculino enfrenta Aparecida, na seqüência, também no CEMUG.

Feminino
- O jogo de estréia contra Paraibuna começou muito bem para o time da casa, com ataques potentes de Verônica e Cida. Logo, o time caiçara abriu vantagem, mostrando uma técnica bem apurada e superior à do time adversário, em especial nos saques táticos de fundo de quadra.
Depois do oitavo ponto de Caraguá, o time de Paraibuna ficou mais desatendo, errando muito. Aproveitando a desatenção do time adversário, Lucilia faz o primeiro ‘ace’ da partida, no meio da quadra adversária.
A torcida de Paraibuna ainda tentou animar a equipe, mas sem êxito. Caraguá continuou crescendo na partida, virando muitas bolas de ‘2ª’, na quadra adversária. Os ataques também se mantiveram fortíssimos nas mãos de Cida e Lucilia, as maiores pontuadoras da partida. O primeiro set terminou com o time adversário cedendo o último ponto para Caraguá, 25 x 08.
O segundo set começou com atraso, devido à conferência de rodízio das atletas de Paraibuna, que começou fazendo dois pontos na seqüência, com os erros de Caraguá.
Depois do oitavo ponto de Paraibuna, Caraguá voltou a dominar a partida, em especial pelos ataques da ponteira Cida. As jogadas do time adversário não conseguiram evoluir e o time da casa deslanchou no placar. O vigésimo ponto do time caiçara foi, mais uma vez, por ‘ace’, feito por Alcione.
Para a técnica de Caraguá, Shirley Arantes de Faria, a estréia foi boa, apesar do nervosismo das jogadoras e do ginásio estar cheio. "O que mais me preocupou no jogo foi o fato da líbera, Cíntia, não ter treinado com a gente. Faltou entrosamento", afirmou. Final, Caraguá 25 x 11, 2 sets a zero.

Vôlei Masculino
- O início do primeiro set foi bem tranqüilo para Caraguá, prometendo uma bela partida, em especial pelo time anfitrião ter ganho do time infantil do Banespa/Mastercard/São Bernardo, em jogo amistoso, na semana passada.
Caraguá começou explorando bem o bloqueio de Cachoeira Paulista, que não conseguiu bons passes e ter a mesma eficiência no fundamento. O destaque do set ficou por conta do levantador caiçara Henrique virando muitas bolas de ‘2ª’, com uma excelente qualidade técnica e percepção de jogo. O time chegou ao 8º ponto com facilidade.
Aproveitando os momentos de desatenção do time de Caraguá, o nº11 de Cachoeira Paulista, Paulo, fez belas jogadas, virando quase todas as bola no ataque. O bloqueio do time também cresceu, principalmente no meio-de-rede.
No final do primeiro set, se via um rali digno de grandes equipes, a torcida indo ao delírio e Caraguá fechando em 25 x 19.
O segundo set foi disputado, mostrando a força da equipe do Vale que, no domingo, dia 25, já tinha ganho de Aparecida por 2 sets a zero. O bloqueio de ambas as equipes foi o destaque do set. Numa seqüência de três ‘aces’, de Lucas, que mostrou uma mistura de técnica e força, o time de Caraguá abriu vantagem, exibindo superioridade em todos os fundamentos, fechando o set em 25 x 13, e o jogo em 2 sets a zero.
Para o técnico, Alexandre Gardelin, por ser o primeiro jogo do time nos Regionais, o resultado foi muito bom, apesar do nervosismo da estréia. "Os jogos da fase de classificação serviram de base para a próxima fase, quando o nível dos jogos fica mais equilibrado", disse. (Fonte: PMC)

Luta olímpica é vinculada pela 1ª vez nos Jogos Regionais 

Caraguatatuba - A prova de luta olímpica acontece nesta quarta, dia 28, em Caraguá, a partir das 10 horas no quadra poliesportiva do Colégio e Faculdades Integradas Módulo. Serão disputadas categorias oficiais olímpicas como masculino 55 kg, 60 kg, 66 kg, 74 kg, 84 kg e 96 kg; e feminino 48 kg, 55 kg, 63 kg, 66 kg e 72 kg. A diferença é que nos Jogos Regionais há uma tolerância de até dois quilos.
A modalidade foi vinculada aos Jogos Regionais este ano, e valerá 9 pontos para os municípios vencedores. Estarão disputando os municípios de Caraguá, São José dos Campos, Mogi das Cruzes, Santa Isabel, Taubaté, Registro, Cruzeiro, Caçapava, Suzano e Pindamonhangaba. 
Segundo o presidente da Federação Paulista de Luta Olímpica, Elísio Cardoso Macambaia, para a apresentação da luta, serão utilizados equipamentos oficiais de olimpíadas. "Será uma bonita e requintada apresentação. A luta olímpica é uma modalidade dinâmica, narrada nos mínimos detalhes para que o público possa entender" disse ele. Ele afirmou que ninguém terá dificuldade de entender a luta.
Mais sobre a luta olímpica:
A luta olímpica é o único esporte que esteve presente em todas as olimpíadas. 
Foi em Atenas que o primeiro homem ganhou uma medalha na modalidade, com o grego Eurípedes, em 700 AC. 
A luta olímpica feminina ganhará medalhas em Atenas, pela primeira vez nas olimpíadas. A modalidade concorre a quatro medalhas de ouro. 
A luta olímpica é a modalidade que mais premia nas olimpíadas. Em números são 18 de ouro, 18 de prata e 18 de bronze. 
É o segundo esporte mais praticados por universitários na Europa. (Fonte: PMC)

Fundacc traz grupo do Macunaíma no projeto Caraguá em Cena

Caraguatatuba - No próximo dia 7 de agosto, sábado, apresenta-se em Caraguatatuba um espetáculo do Teatro Escola Macunaíma, de São Paulo: Uma Peça Por Outra, de Jean Tardieu, direção de Mônica Granndo, comédia livre, contando com 21 atores no elenco. Os ingressos custam R$8,00 e R$4,00 para estudantes e terceira idade. A apresentação acontece no Auditório da Fundacc às 20h30. A peça tem uma hora de duração.
O espetáculo faz parte do projeto Caraguá em Cena realizado pela Fundacc – Fundação Educacional e Cultural de Caraguatatuba, promovendo um intercâmbio entre os grupos da região, abrindo espaço para apresentações das companhias teatrais, e oferecendo entretenimento para a população a preços populares.
Segundo Eloiza Antunes, presidente da Fundacc, são muitos os projetos na área de artes cênicas em 2004 - “Estamos investindo bastante na área de teatro, com projetos diversificados, sempre visando envolver os grupos teatrais, atores e dramaturgos no processo de fortalecimento da arte cênica, criando encontros, promovendo espetáculos, leituras dramáticas, festivais de teatro e concursos de dramaturgia. É com grande satisfação que recebemos um espetáculo do Teatro Escola Macunaíma em Caraguatatuba” comenta.
O espetáculo “Uma Peça Por Outra” fez parte da 60ª Mostra do Teatro Escola Macunaíma, que aconteceu entre os dias 17 de junho a 18 de julho deste ano em São Paulo. Segundo Granndo - “nesta peça, Tardieu ridiculariza os usos e costumes de nossa sociedade substituído-os por outros de aparência absurda. Com isso, quer nos chamar a atenção sobre a condição das coisas absurdas que consideramos obrigatórias a cada dia” - comenta a diretora.
No elenco do espetáculo está Junior Magresco, responsável pela área de teatro da Fundacc, o elo entre a Fundacc e o Macunaíma nesta apresentação. (Fonte: PMC)

Juíza aplica teste para 29 candidatos em Caraguá
Postulantes a vagas na Câmara de Caraguá que não comprovaram escolaridade passarão por exame escrito; prova será realizada no dia 4

Caraguatatuba - A juíza eleitoral de Caraguatatuba, Regiane dos Santos, convocou 29 dos 126 candidatos a vereador para uma prova escrita em que será avaliada a escolaridades de cada um deles.
A prova será aplicada no dia 4, às 10h, no salão de audiências do Fórum. Quatro dos atuais vereadores da cidade estão entre os convocados para fazer o exame. Quem for reprovado pode ter sua candidatura suspensa.
Segundo a juíza Regiane dos Santos, seriam convocados para fazer a prova os candidatos que não comprovassem documentalmente a escolaridade.
Após analisar cada um dos pedidos de registro de candidatura encaminhados ao Cartório Eleitoral, a juíza decidiu chamar 29 políticos para a prova de escolaridade. Segundo ela, a Justiça tem que publicar a lista oficial dos candidatos até o dia 14 de agosto.
A prova estava inicialmente marcada para amanhã, mas no final da tarde de ontem foi transferida para o próximo dia 4.
Segundo a chefe do Cartório Eleitoral, Eline Oliveira Alves, a data da prova foi adiada porque não haveria tempo hábil para convocar os 29 pré-candidatos.
Segundo o Cartório Eleitoral, será aplicado um teste para comprovar se os pré-candidatos sabem ler e escrever.
A promotora eleitoral, Maria Cristina Tadeu Garcia, disse que considera necessária a realização do teste de escolaridade.
"Caso eleito, o candidato terá que avaliar e elaborar projetos de lei, representando os interesses da coletividade", afirmou.
Segundo ela, a elaboração da prova tem respaldo da Constitução Federal e da Legislação Eleitoral.
"A resolução 21.608 do TSE, em seu artigo 28, determina como documento necessário para registro do candidato o comprovante de escolaridade. Quando não existe o comprovante, a Justiça atribui ao juiz eleitoral outros meios para a aferição da escolaridade, neste caso, a prova escrita ou oral para os pré-candidatos", explicou.
SAIA-JUSTA- Entre os atuais vereadores de Caraguatatuba quatro foram convocados para o teste: Agostinho Lobo, o 'Lobinho' (PSDB), Aureliano Pereira (PTB), Juares Pardim (PPS) e Nilson Lopes da Silva, o 'Nenzão' (PPS).
Pereira, 60 anos, que cumpre seu terceiro mandato na Câmara de Caraguá e concorre à reeleição, afirmou ontem que se recusará a fazer a prova e que recorrerá à Justiça Comum para manter sua candidatura a vereador.
"Nunca tinha sido convocado antes para teste de escolaridade", disse. Ele afirma que estudou até a oitava série e que ocupou o cargo de primeiro secretário entre 90 e 91, quando lia os projetos e indicações. 
Pardim, 39 anos, em seu segundo mandato, também mostrou-se surpreso com a convocação. "Tenho boa caligrafia e sei ler e escrever, não terei problemas em fazer a prova", afirmou.
Pardim, disse que, concluiu o primário, mas não tem comprovante escolar. 'Lobinho' e 'Nenzão' não foram localizados para comentar o assunto pela reportagem do ValeParaibano. (Fonte: ValeParaibano)

OAB de Caraguá pede interdição da cadeia pública por lotação
Laudo entregue ao Ministério Público aponta condições precárias nas celas

Caraguatatuba - A OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) de Caraguatatuba solicitou ontem ao Ministério Público a interdição da cadeia pública da cidade.
O pedido de interdição, acompanhado de um laudo feito pela Comissão de Direitos Humanos da OAB local, foi encaminhado à Promotoria no final da tarde.
O laudo confirma a superlotação e a fragilidade da cadeia pública, que tem capacidade para 48 detentos e abriga atualmente 141 presos.
Na madrugada do último dia 18, sete presos fugiram do local através de um túnel. As constantes fugas e tentativas têm preocupado os moradores, já que a cadeia está instalada em bairro residencial.
Segundo o presidente da OAB de Caraguá, Almir Alves, a Comissão de Direitos Humanos da Ordem visitou a cadeia na tarde de segunda-feira, comprovando a superlotação. Ele afirmou que o local está em péssimas condições.
"Nas celas superlotadas, a comissão constatou a presença de esgoto e de ratos, ambiente propício para as transmissão de doenças entre os presos", afirmou Alves.
Segundo ele, apesar de a prefeitura estar ajudando no reparo das celas interditadas devido às várias tentativas de fugas, a situação continua muito precária na cadeia.
Alves disse acreditar que o Ministério Público tomará as providências para interditar a cadeia ou transferir os presos para outro local.
O promotor de execuções de Caraguá, Moacyr Whitaker, não foi localizado ontem pelo ValeParaibano para comentar o pedido da OAB.
Whitaker e a juíza-corregedora Simone Cristina de Oliveira vistoriaram a Cadeia Pública de Caraguatatuba no último dia 20. O laudo da visita deverá ser divulgado no início de agosto.
A Secretaria de Segurança Pública não comentou ontem com o ValeParaibano o pedido de interdição feito pela OAB.
Na semana retrasada, a secretaria informou, por meio de nota, que a Cadeia Pública de Caraguá será reformada para melhorar as condições da carceraagem e que o projeto está em fase de análise. (Fonte: ValeParaibano)

Obra da Rio-Santos destrói praça e revolta moradores
Prefeitura é forçada a demolir coreto e área de lazer de bairro

Caraguatatuba - Os moradores do bairro do Porto Novo, região sul de Caraguatatuba, foram surpreendidos com a demolição da Praça Isaías de Souza, a principal do bairro, um dos mais populosos da cidade.
No último fim-de-semana, a prefeitura demoliu as quadras de bocha, de malha, de futsal, um coreto e os jardins. A praça dará lugar a uma segunda pista da rodovia Rio-Santos.
A prefeitura alega que praça foi construída em área pertencente ao DER (Departamento de Estrada de Rodagem) (leia texto nesta página).
A demolição da praça, principal área de lazer do bairro, começou no sábado e prosseguia ontem.
Desolados, comerciantes e crianças acompanhavam os trabalhos finais de remoção do material.
A prefeitura construiu a praça a pedido dos moradores em novembro de 2000, investindo cerca de R$ 150 mil no serviço.
"Só temos a lamentar a demolição deste espaço que era a única área de lazer da comunidade", afirmou o aposentado Carlos Gomes, de 54 anos.
Segundo ele, a prefeitura não precisava demolir a praça para que o DER construísse a segunda pista da rodovia.
O DER informou que 'não havia outra alternativa para implantar a segunda pista da rodovia Rio-Santos', na ligação Caraguá-São Sebastião.
A professora Rita Aparecida Pessoa, há 14 anos no bairro, demonstrava muita tristeza ao ver os homens da prefeitura demolindo o que restava da praça na manhã de ontem.
"Agora, não temos o que fazer no bairro, a não ser ir à praia", afirmou. Ela demonstrava muita preocupação também com os riscos que a estrada, ampliada, poderá oferecer as crianças e idosos do bairro. "Com a duplicação da rodovia, atravessar a pista será muito complicado para todos nós", disse.
O comerciante Nilton Rodrigues Costa, afirmou que, com a destruição da praça o comércio local será prejudicado.
A vereadora Dalva Santana (PMDB), com base eleitoral no bairro, criticou a prefeitura por ter feito a demolição no fim-de-semana, surpreendendo os moradores. "Os moradores estavam negociando com a prefeitura a transferência dos equipamentos para outro local", afirmou.
A vereadora Madalena Fachini (PSB) fotografou o local antes e durante a demolição para cobrar explicações da prefeitura na Câmara.
A oposicionista pretende questionar a prefeitura sobre a construção da praça em área pertencente ao DER. "A área pertencia ao DER desde 1962", disse.
O presidente da Associação Amigos do Bairro do Porto Novo, Isaías de Souza Filho, não foi localizado para comentar o assunto. A praça tinha o nome de seu pai, uma dos moradores mais conhecidos do bairro. (Fonte: ValeParaibano)

Medida é necessária, diz DER

Caraguatatuba - O gerente geral do DER (Departamento de Estradas de Rodagem) no Litoral Norte, Flávio Carneiro Cesaris, afirmou que foi necessário demolir a praça para implantação da segunda pista da rodovia Rio-Santos no trecho.
Segundo ele, não havia outra alternativa para fazer a obra. O engenheiro afirmou que parte da praça se encontrava em um área pertencente ao DER.
O secretário de Obras da Prefeitura de Caraguá, João Alarcon, disse que o trabalho de demolição foi feito pela prefeitura para agilizar as obras do DER no trecho.
Segundo ele, parte da praça havia sido construída em área do DER.
Alarcon disse que todo o material retirado do local está sendo armazenado para ser reaproveitado na implantação de outra área de lazer no bairro.
O secretário de Obras afirmou ainda que a prefeitura ainda não definiu o local da nova área de lazer do bairro.
Ele disse que existe a possibilidade da nova praça ser construída em uma área localizada na avenida Brasil. "Por enquanto, ainda não temos nada decidido com relação a construção da nova praça." (Fonte: ValeParaibano)



Notícias de Ilhabela Topo

Vulcano
Sailing Shop

Rencontro das lideranças do turismo de Ilhabela 
Presidente da Embratur Participa do Evento e Destaca Importância da Região 

Ilhabela - O presidente da EMBRATUR (Instituto Brasileiro de Turismo) Eduardo Sanovicz vai participar, no próximo sábado, dia 31, a partir das 18h, no Ilha Flat Hotel em Ilhabela (SP), do Encontro de Lideranças do Turismo de Ilhabela. O encontro é promovido pela diretora de Infra-estrutura e Meio Ambiente da Associação de Bairro do Perequê, Cláudia Kerber. 
Diversas autoridades e entidades do turismo vão participar com temas ligados ao turismo e principalmente à região de Ilhabela e São Sebastião, bem como todo o litoral paulista. A abertura será feita por Cláudia Kerber que vai falar sobre o desenvolvimento do turismo para a cidade. Jarbas Favoretto, membro do Conselho Estadual de Turismo do Estado de São Paulo, vai falar sobre a importância da criação de um conselho de turismo. 
O diretor superintendente da UBRAFE e SINDIPROM, presidente do Futur - Fundo Municipal de Turismo da Cidade de São Paulo -, membro do Conselho Estadual de Turismo do Estado de São Paulo e do Conselho Nacional de Turismo do Ministério do Turismo Armando Arruda Pereira de Campos Mello vai discorrer sobre o calendário de turismo para Ilhabela. 
A importância do destino regional será o tema do diretor-executivo do Santos e Região Convention & Visitors Bureau Marcelo Pedroso. O diretor consultivo da AMITur para assuntos de turismo náutico, José Nelson de Moura, trata da importância das marinas como gerador de emprego. 
O evento será encerrado por Eduardo Sanovicz, que vai destacar o grande papel que tem Ilhabela e São Sebastião como destino turístico nacional. Sanovicz apresentará ainda os resultados que o Ministério do Turismo,  por meio da EMBRATUR, tem conquistado com o grande crescimento de ingresso de turistas. 

Notícias de São Sebastião Topo

Nautica Superchic

Expedição Marinha do “Visão Costeira” vai zarpar

São Sebastião - Com uma tripulação de 9 integrantes, a embarcação Grilo I vai levantar âncoras na manhã desta quarta-feira, dia 28, da foz do Rio Perequê-mirim, para a expedição do projeto “Visão Costeira”, das Faculdades São Sebastião. À partir de uma navegação ao longo da costa, incluindo todas as ilhas e lajes, a equipe pretende reunir em dois dias de trabalho, informações, registros de foto e de vídeo para montar o primeiro diagnóstico ambiental costeiro do município.
No primeiro dia a expedição, que irá cobrir o trecho entre a região da divisa com Caraguatatuba até Maresias, irão embarcar representantes do Centro de Biologia Marinha da USP, do IBAMA, das Faculdades São Sebastião e profissionais de fotografia (Atual) e de vídeo (7 Lux). No segundo dia, que seguirá até a Ilha do Montão de Trigo, serão catalogados os trechos da foz do Rio Parateús – divisa de município com Bertioga -, até o Costão de Boiçucanga, ocasião em que se juntará à equipe uma oceanógrafa e um representante do Instituto Educa Brasil, ONG ambientalista que apóia o projeto.
Há 25 dias, a equipe recebeu um treinamento no mar, participando de uma expedição preliminar que navegou entre o Porto comercial e a Praia Brava de Boiçucanga. Na ocasião, a equipe identificou, fotografou, mediu e pesou alguns animais que foram encontrados mortos na linha da costa, como um Pingüim de Magalhães e uma Tartaruga, além de vários outros flagrantes ambientais. 
Para a oceanógrafa Shirley Pacheco, do Instituto Terra e Mar, a expedição será uma ótima oportunidade para observar a migração das baleias Jubarte, que estão nesta época do ano dirigindo-se para Abrolhos. O Coordenador do projeto e professor das Faculdades São Sebastião, Eduardo Hipólito do Rego, quer fazer do trabalho uma referência para o planejamento de ações do zoneamento ecológico/econômico do Gerenciamento Costeiro, e projetos do Comitê de Bacias Hidrográficas do Litoral Norte. “Antes mesmo de zarpar já temos informações inéditas sobre incorreções em mapas oficiais, e o projeto quer comprovar que devemos ter mais cuidado com nossas unidades de conservação”, frisou o Coordenador.

Burocracia atrasa o reinício das transmissões da Rádio Costa Sul

São Sebastião - No último dia 31 de março a Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) interditou a rádio Costa Sul FM, em Boiçucanga. Depois de uma denúncia anônima, os fiscais visitaram as instalações da rádio e a emissora encontra-se inoperante desde então. Alcyr Toledo Vianna é o presidente da SCCS (Sociedade Comunitária Costa Sul), sociedade responsável pela rádio. 
Nos últimos três meses ele vem tentando reativar as transmissões da emissora junto ao lento e complicado conjunto de processos burocráticos que regem a política brasileira. 
“Conseguimos a outorga da rádio, assinada pelo ministro das telecomunicações. Inclusive a medida já foi publicada no diário oficial da união”, disse Alcyr.
“Essa foi uma conquista importante, mas ainda não garante a reinstalação da rádio”, completa ele. Atualmente o processo está sendo analisado pela Casa Civil da Presidência da República e o mesmo ainda deve receber o aval do Congresso Nacional. 
“Estimamos por volta de mais um mês na Casa Civil e outros três meses no Congresso Nacional, no máximo, isso por causa da lei da inércia”, ressaltou Alcyr, referindo-se a portaria que garante a votação dos projetos apresentados ao Senado em no máximo noventa dias. 
Caso esse não entre em pauta após esse período, a permissão para o funcionamento da rádio será automaticamente estabelecida. 
A rádio era sintonizada no 93.5FM, em Boiçucanga e proximidades. “Provavelmente a sintonia da rádio não será a mesma agora. 
A Anatel deve informar o novo número assim que tudo estiver de acordo com a lei”, afirmou Alcyr. “As pessoas nos dizem afalta que a rádio faz. Todos os dias elas me param na rua e perguntam quando nós iremos retomar as transmissões”, acrescentou.
Os principais programas veiculados pela Costa Sul FM eram noticiários e informações de utilidade pública. Segundo Alcyr a rádio sempre visou preservar as três principais riquezas da região: as riquezas cultural, ambiental e educacional. 
“Agora falta pouco e nós certamente iremos voltar mais fortes ainda. O povo pode esperar porque muito em breve a Costa Sul FM vai estar de novo no ar”, concluiu Alcyr. (Fonte: Imprensa Livre)

Notícias de Ubatuba Topo

Restaurante Solar das Águas Cantantes Foto do Dia 

Balanço do SuperSurf etapa Ubatuba
Ubatuba é um dos principais cenários do surf brasileiro

Ubatuba - Uma cidade distante e com muita natureza, que abriga um viveiro de grandes talentos do surf do passado, presente e do futuro. 
Itamambuca, sob a proteção dos surfistas que são ambientalistas de várias gerações, conseguiu sobreviver à devastação da mata atlântica e à especulação imobiliária que vem acontecendo nos últimos tempos. 
A densa mata, o riozinho e o cantinho de Itamambuca continuam intactos. 
A estrada de terra que liga a BR até a praia estava castigada depois de dez dias de chuva. 
A diferença de vinte anos para cá que notei foram as árvores que cresceram bastante, deixando esse caminho uma verdadeira floresta. 
As ondas não estavam as melhores porque o swell era de leste. Porém, tinha um tamanho. 
A distância da arrebentação faz desta praia uma verdadeira maratona para os competidores. 
Por ter sido a quarta e penúltima etapa do circuito, foi muito importante e decisiva para a definição dos atletas que brigam pelo título brasileiro. 
Renato Galvão, o líder, ficou em quinto, com Odirlei Coutinho em terceiro e Léo Neves em 17º. 
O título vai ser definido em Saquarema e tudo pode acontecer. 
A força de Ubatuba pode ser notada pelos líderes do ranking atual: Renato Galvão e Odirlei Coutinho, além da Suelen Naraisa no feminino. 
Isso sem falar da nova geração, que vem poderosa. Um de seus maiores expoentes, que vai explodir muito em breve, talvez de uma maneira bem impactante (tipo Mineirinho 2) acredito ser o Mateus Toledo, filhote prodígio do bicampeão brasileiro Ricardo Toledo
Falando dos ex-campeões, Pedro Muller arregaçou as mangas e botou suas "Asas de Águia" para funcionar e voltou a ocupar o seu lugar no topo do pódio, coisa que ele estava acostumado a fazer sempre há 10, 20 anos atrás. 
Grande campeão, grande surfista e grande pessoa, Pedro venceu nomes de peso como o ídolo internacional Peterson Rosa, Wagner Pupo, outro veterano sagaz, e finalmente Adilton Mariano na final, mostrando a todos que a técnica e a competitividade tem um peso grande no resultado de uma bateria. 
Mariano inspirado pode mostrar o seu talento extremo e arrojado, da escola Fábio Silva. Extrapolou em suas manobras com uma incrível elasticidade nas junções e lay-backs muito controlados. Wagner Pupo é um competidor que sempre chega junto e pode vencer a qualquer momento.
No surfe feminino, Suelen acabou perdendo em casa e Silvana Lima cresceu no ranking vencendo a grande Tita Tavares na final. Outra decisão prorrogada para Saquarema que acontece em outubro. 
O circuito SuperSurf vai ter uma final emocionante. Quem sabe as ondas de Saquarema possam surpreender, neste ano de inverno rigoroso e de ciclones periódicos, proporcionando ondas desafiadoras atrás da laje. 
Itaúna, quando as ondas estão grandes, exige prancha adequada, preparo físico, disposição e conhecimento do local. Pode estar marola também, quem sabe? Estas incertezas que tornam o surf um esporte sem lógica e sem favoritos. 
Que vença o melhor e parabéns a todos envolvidos neste sucesso...
Aloha! (Fonte: Correio do Litoral)

Projeto "Na Trilha do Mangue": conhecer para preservar

Ubatuba - Defendido há um ano no Comitê de Bacias Hidrográficas do Litoral Norte (CBH-LN), o projeto de educação ambiental “Na Trilha do Mangue”, apresentado pela SAI, foi aprovado para receber recursos do FEHIDRO, instância financeira do Sistema Integrado de Gestão dos Recursos Hídricos (SIGRH). 
Partindo do pressuposto de que é preciso conhecer para preservar, o projeto visa levar informações relevantes sobre o ambiente, a crianças de 7 a 11 anos; inserir a temática ambiental, com ênfase na preservação do mangue, nos programas das disciplinas escolares; e formar agentes multiplicadores. 
“As crianças fazem parte de uma comunidade em que os pais usam o mangue para tirar madeira e carangueijo, e podem funcionar como inibidoras do mau uso desse espaço”, acredita a pedadoga Lígia Schmitt, integrante da equipe do projeto. 
“A gente tem que compreender como este mangue faz parte do cotidiano das pessoas e entender quando a ação é predatória ou sustentada”, completa. 
Segundo ela, o conhecimento será construído através de atividades práticas e lúdicas, envolvendo um universo de 266 alunos, das escolas de Itamambuca e Poruba, além dos professores, que receberão treinamentos e um material auto-instrutivo, para organizar as ações e otimizar o aprendizado em sala de aula. 
O engenheiro ambiental e sanitaristal Francisco Nunes Lopes, da equipe de coordenação, salienta que o projeto pode ter continuidade e que a Secretaria de Educação já manifestou interesse em adotá-lo no ano letivo de 2005. 
Esse estudo é particularmente importante em nossa região, onde os manguezais vêm sendo degradados, em decorrência da ocupação desordenada à sua volta e do descaso com o gerenciamento dos resíduos domésticos gerados. 
A Sociedade Amigos de Itamambuca é a tomadora dos recursos, no montante de R$ 70 mil, por ser uma entidade do terceiro setor, sensível às questões ambientais, que são uma de suas atribuições estatutárias.
O projeto Na Trilha do Mangue foi apresentado no dia 10 de julho, na sede da SAI, a todos os associados interessados. 
O roteiro da palestra e o projeto estão disponibilizados no site www.salveitamambuca.com.br  (Fonte: Correio do Litoral)

Ubatuba entrega obras na praia do Itaguá

Ubatuba - A prefeitura de Ubatuba concluiu as obras de infra-estrutura na região da praia do Itaguá. Na urbanização da rua Leovegildo Dias Vieira foi construído um novo calçadão e um muro de contenção para as águas marítimas, além da instalação de nova iluminação. Também foram feitas no local obras para a instalação de uma ciclovia, com 1 km de extensão, e a recuperação de dois ranchos de pescadores. Os ranchos tem quatro boxes cada e abrigam principalmente canoas. As melhorias na praia do Itaguá foram realizadas em parceria com o governo do Estado, que também financiou a construção. (Fonte: ValeParaibano)

Ação Litoral

Opinião Topo

O que desejamos? 
Angelo Nogueira 

Há quem diga que o brasileiro é corrupto por natureza, herança genética dos degredados portugueses. Nada disso! Somos apenas vítimas de nossa cultura. A cultura do "jeitinho". Ensinamos nossos filhos a ser "espertos" e queremos "levar vantagem" em tudo. Por isso preferimos votar em quem nos acena com favores, elegemos quem "rouba mas faz" e acabamos vítimas dos verdadeiros "malandros".
Apesar de alguns avanços e conquistas, a sociedade brasileira convive com problemas estruturais que encontram na corrupção um de seus maiores fundamentos. Seus danos não se limitam à farra com o dinheiro público e aos conseqüentes prejuízos causados nos setores de saúde e educação, entre outros. É na inversão de valores da sociedade e na deformação moral de seus indivíduos que se concentram os efeitos mais nefastos da corrupção. Tendo como ponto de partida a tolerância com os pequenos delitos, não há muito o que percorrer até a aceitação das grandes falcatruas no poder público.
Onde a sociedade não tem condições de se impor de forma organizada, o controle das instituições responsáveis pela fiscalização do poder não é eficiente. E é justamente a falta de um efetivo controle do poder que oferece um terreno fértil para o florescimento da corrupção. Seus botões já podem ser vistos desde as campanhas eleitorais: os famosos "caixas 2", a compra de votos e o uso da máquina administrativa.
As estratégias empregadas para alcançar ou manter o poder abrem espaço para um afrouxamento moral, pois a sociedade, que nem sempre tem muita clareza sobre o lícito e o ilícito, o ético e o aético, acaba sendo conivente com práticas que, em outras circunstâncias, não seriam toleradas. O economista Amartya Sem enfatiza que "o modo como as pessoas se comportam depende freqüentemente de como elas vêem - e percebem - o comportamento dos outros", em especial o dos detentores do poder.
O caminho para a solução dos problemas relativos ao processo eleitoral passa obrigatoriamente pelo aperfeiçoamento do controle das campanhas dos candidatos e a punição mais efetiva dos atos de corrupção eleitoral. Entretanto, embora a sistemática das eleições tenha sido aperfeiçoada para que mereça maior credibilidade, ainda há brechas na legislação. Além do mais, o TSE não está dotado de meios legais que lhe permitam realizar investigações, ele só pode agir quando acionado, ainda assim sua atuação lenta alimenta a expectativa de impunidade.
Esta realidade não vai mudar através de decretos ou grandes atitudes governamentais. As mudanças só ocorrerão quando você e eu, juntos, estivermos indignados o bastante para querer mudar. Porque enquanto a sociedade não for capaz de distinguir os limites do que é política e eleitoralmente aceito só está legitimando a imoralidade e hasteando a bandeira da impunidade. Como diz o cientista político Sérgio Abranches: "A política é a cara da sociedade, mesmo que esta queira manter a ilusão de que é melhor do que a política que engendra. Afinal, onde se locupleta um, locupletam-se todos."
É isso que desejamos?

Angelo Fonseca Nogueira Junior
Caraguatatuba / SP
E-mail: angelonogueira@modulo.br 

Artigo Topo

Irmãos cara-de-pau 
Carlos Rizzo

Não, não é sobre o filme, que é muito bom por sinal. É sobre esta característica tão brasileira que para nós já não causa espanto. A cara-de-pau se apresenta melhor em épocas estáveis, sem crise, quando sobra tempo para brincadeiras e elas sempre são bem vindas. Sempre me lembro de um amigo meu que era o maior cara-de-pau para toda e qualquer situação. Uma vez apostamos que ele não teria coragem de dar um tapa na careca de um fulano na primeira fila das poltronas do cinema, ele nem pensou.
Depois do sonoro tapa na careca do fulano gritou "Otávio, velho amigo! O fulano virou-se enfurecido e meu amigo completou estarrecido: "Ai! Meu Deus! O senhor me desculpe, mas de costas é muito parecido com um amigo meu". E cheio de desculpas saiu de ré até nós para receber o dinheiro da aposta. Nós, de sacanagem, propomos que a gente dobrava a aposta se ele fosse novamente dar outro tapa na careca do fulano. Ele não teve dúvidas, procurou o fulano que havia mudado de lugar e foi até lá e depois de outro tapa foi logo falando " Otávio, velho amigo, dei um tapa na careca de um cara pensando que fosse você e...". Novamente estarrecido e de joelhos, pedia desculpas para o fulano que não sabia se descarregava a sua fúria ou aceitava as desculpas. Pagamos dobrado pela cara-de-pau do nosso amigo.
Na Rádio Nacional na década de 40, Paulo Silvino Neto que queria ser cantor, mas convencido por Oduvaldo Cozzi se transformou em humorista, criou um candidato a vereador que só falava "mentiras" do tipo: "Eu vou roubar mesmo, vocês eleitores são uns trouxas" e com a falsa campanha, amealhou 25.000 votos para vereador na cidade do Rio de Janeiro. No Rio, em outros tempos, um macaco recém-chegado ao zoológico foi chamado de Macaco Simão e recebeu mais votos que muito candidato humanóide.
Outro dia a turma do Casseta e Planeta comparou os legisladores às prostitutas pela insistente mania que eles tem de mudar de posição a troco de dinheiro. Das prostitutas ganharam um processo judicial, alegaram que, pelo menos elas têm ética.
O máximo da cara-de-pau é político em campanha para a reeleição depois de um mandato chinfrim. O pouco dever cumprido se transforma em obras feitas, em serviços conquistados. Despesas obrigatórias se tornam em investimentos aplicados no município. Nos discursos, ainda desafiam os que estão chegando pela primeira vez a mostrarem alguma obra que realizaram pelo município. Como mostrar se ainda não foram eleitos? Então finalizam a cara-de-pau: não se arrisquem com os desconhecidos. Não sei porque me lembrei do lema de campanha para prefeito do Otacílio Lacerda em 1982.
Como já falei, a cara-de-pau é mais comum em épocas mais estáveis do que a que vivemos atualmente. Parece que os políticos em reeleição não estão em crise, pelo menos crise econômica. Demonstraram tanta cara-de-pau quando dizem que trabalharam tanto pelo município, demonstraram tanta cara-de-pau quando dizem que querem continuar trabalhando mais e mais pelo município que, quando a gente vê como está a nossa cidade a gente fica em dúvida: será que é do trabalho que eles gostam tanto?

Carlos Rizzo
Ubatuba, SP

Carta do Leitor Topo

Areeiros de Ubatuba - Parabéns pela mateira constante na seção de carta do leitor sob o título AREEIROS DE UBATUBA de autoria do Sr. Fernando Bueno. Realmente os problemas que estão sendo causados por exigências legais absurdas são importunas e descabidas.
Seria ótimo que este Site tentasse aprimorar esta matéria trazendo um pouco de luz para nossas autoridades, que neste caso estão agindo de marcha a ré e contra o interesse de toda a população e da própria natureza.
Sem mais, atenciosamente.

Sérgio Gelli
via e-mail

Foto do Dia Topo

Ubatuba

Rio Ubatumirim

Rio Ubatumirim
©Emilio Campi


Para instalar a foto como papel de parede (wallpaper)
Clique na foto acima. Após carregar a foto ampliada, clique com o botão direito do mouse sobre a imagem e escolha "Definir como papel de parede" ou "Definir como fundo de tela". Para ajustar a imagem em tela cheia, clique em qualquer lugar da área de trabalho com o botão direito do mouse, escolha "Propriedades" / "Fundo de Tela" ou "Papel de Parede" / "Ampliar".

Arquivos:  Foto Saudade  -  Foto do Dia
 

 Faça seu comentário, crítica, opinião ou sugestão no Litoral Virtual:
Clique Aqui


As notícias, fotos e cartas publicadas neste boletim são de inteira responsabilidade de suas fontes e autores,
não expressando necessariamente a opinião deste informativo. O envio de qualquer material para nosso e-mail
será considerado como autorizado a sua publicação e assumida a total responsabilidade pelo seu conteúdo.
As cartas devem conter nome completo, RG, endereço, telefone de contato e um e-mail válido.
Reservamos o direito de não publicar cartas que não contenham a devida  identificação do autor.

Editor Chefe: Emilio Campi
Editora Assistente: Jullyany Roberta Cruz


GRÁTIS!!
Receba as Últimas Notícias do Litoral em seu e-mail:

Quero receber GRATUITAMENTE o boletim Últimas Notícias do Litoral:

e-mail:
Cidade:



Obs.: Você poderá cancelar o recebimento das notícias a qualquer momento.

Conheça as cidades do Litoral Norte Paulista:

Caraguatatuba Ilhabela São Sebastião Ubatuba

Litoral Virtual
O mais completo site do Litoral Norte Paulista na Internet
Sugestões, críticas e informações, entre em contato:
info@litoralvirtual.com.br

©1995/2001 Emilio Campi - Studio Maranduba - Direitos Reservados
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem a expressa autorização do autor