Litoral Virtual últimas notícias do litoral
Sexta-feira, 06 de agosto de 2004 - Nº 1092 Edições Anteriores
Barra da Lagoa Portal da Palmeira Disk Denúncia

Região
-


Caraguatatuba
Quadrilha faz 10 reféns em roubo a shopping em Caraguá
Lojista fica surpreso com a ousadia
Direção se reúne com comerciantes
Candidatos são aprovados em teste
MACC expõe mesa do Deputado Diógenes Ribeiro de Lima 

Ilhabela
Mulher de São Paulo procura irmã em Ilhabela
Operação policial resulta na prisão de procurado na balsa


São Sebastião
Plano de segurança vai proibir atracação de barcos de pesca no cais do Porto/Dersa
Procuradores da Eness atacam CEI
São Sebastião descarta adotar Guarda
Expedição diagnostica problemas ao longo da costa sebastianense

Ubatuba
Igreja católica realiza debate eleitoral em Ubatuba
Começa hoje o I Festival Gastronômico e Cultural de Ubatuba
Suelen Naraisa passa pelas triagens no Mundial de Surfe


Seções
Opinião
Artigo
Carta do Leitor
Foto do Dia

Notícias da Região Topo

-

Notícias de Caraguatatuba Topo

Caraguatudo O Guaruçá Anuncie Aqui

Quadrilha faz 10 reféns em roubo a shopping em Caraguá

Lojas já estavam fechadas no momento do assalto; alvo era posto bancário

Caraguatatuba - Cinco homens armados furtaram os caixas-eletrônicos do Banco do Brasil localizados no posto bancário do Caraguá Praia Shopping, o mais movimentado da cidade, na noite de anteontem. Os assaltantes fizeram dez pessoas como reféns, entre elas, uma criança de colo. A polícia ainda não tem pistas do grupo.
O assalto ocorreu às 22h30, horário em que as lojas já estavam fechadas e apenas os restaurantes funcionavam. O shopping fica no centro da cidade, em frente à Praia do Centro, e o movimento era pequeno no momento do crime.
O valor levado pelos assaltantes não foi informado pelo Banco do Brasil.
O assalto teve início quando um homem se aproximou do vigia Geraldo Evangelho Martins Cardoso alegando que iria buscar sua tia. Ao adentrar a portaria que fica na rua Paul Harris, Cardoso foi rendido pelo assaltante. "Fica tranquilo que vai acontecer uma parada aí", afirmou o assaltante ao vigia.
Segundo Cardoso, o assaltante explicou que o grupo iria 'fazer' os caixas do banco, sem prejudicar ninguém e sem roubar nada das pessoas que se encontravam no shopping. Utilizando um celular, o assaltante acionou os demais membros da quadrilha.
Cardoso contou à polícia que no telefonema o assaltante avisou que ele já havia sido dominado e que era para render o outro vigia, João Carlos Pagan. A partir daí, outros quatro assaltantes armados passaram a render as pessoas que circulavam pelo shopping.
No segundo piso, onde ficam os restaurantes, seis pessoas foram rendidas, entre elas, um casal com uma criança de poucos meses. Sob mira de pistolas, todos ficaram sentados na praça de alimentação.
Também foram rendidos dois comerciantes e a advogada Gláucia Trindade, filha do candidato a prefeito Álvaro Alencar Trindade (PDT). Segundo Gláucia, eles agiram como "profissionais".
A maioria dos assaltantes trajava calça jeans e camisetas coloridas e aparentava ser jovem, segundo o depoimento das vítimas.
Os reféns foram levados para uma sala, onde permaneceram por três horas. Nesse período, utilizando marretas e furadeiras, eles arrombaram os caixas do posto bancário. Eles colocaram uma lona no vidro do posto, para que as pessoas que passassem pelo local não percebessem o que ocorria do lado de dentro.
Antes de irem embora, entregaram a chave da sala para um dos vigias e deixaram os celulares das vítimas do lado de fora.
O casal com o filho foi levado como garantia na fuga pelos assaltantes.
INVESTIGAÇÃO - O delegado Gilberto Carlos Fernandes disse que tentaria ouvir as vítimas para obter mais detalhes dos assaltantes. Apenas o vigia Cardoso compareceu à delegacia para prestar queixa do assalto.
O delegado tentava também identificar o casal com a criança, levados como reféns. Ele suspeita que o casal pode fazer parte da quadrilha, já que a polícia não tinha informações sobre o paradeiro. (Fonte: ValeParaibano)

Lojista fica surpreso com a ousadia

Caraguatatuba - A advogada Gláucia Andrade, uma das pessoas feitas refém pela quadrilha, afirmou que o assalto foi ousado e surpreendeu a todos.
Preocupada, ela comentou que iria pedir à administração do shopping a retirada do posto bancário do estabelecimento.
Segundo ela, o posto coloca em risco a segurança dos lojistas e frequentadores. Gláucia tem um escritório de advocacia no terceiro piso do shopping, onde fica o setor empresarial.
O presidente da Associação de Lojistas, Danilo D' Angelo, não foi localizado ontem pelo ValeParaibano para comentar o assunto.
O lojista Alessandro Cavalheiro, membro da associação, também afirmou ter ficado surpreso com a ousadia dos assaltantes.
Apesar da preocupação, Cavalheiro afirmou que de nada adiantaria aumentar a segurança no local. Ele disse que a insegurança é comum em todas as cidades. "Por lei, os vigias não podem andar armados", disse. (Fonte: ValeParaibano)

Direção se reúne com comerciantes

Caraguatatuba - O diretor do Caraguá Praia Shopping, Luiz Belizário, não quis falar sobre o assalto ocorrido anteontem no local.
No início da noite de ontem, ele se reuniu com o presidente da associação, Danilo D'Angelo, e o gerente de um banco. Não foi informado o motivo do encontro.
Ontem à tarde, o movimento no shopping era normal. O posto bancário do Banco do Brasil apresentava filas, já que apenas um dos caixas estava funcionando.
Com um público médio de 200 a 300 pessoas no período noturno, o Caraguá Praia Shopping é um dos principais pontos comerciais de Caraguá. Localizado em lugar nobre, em frente à praia, o local é o preferido para compras pelos turistas e serve também como ponto de encontro dos jovens.
O shopping tem três acessos pelas ruas Paul Harris e São Benedito e pela avenida Arthur da Costa Filho, a principal.
Após as 22h, as portas laterais são fechadas, permanecendo aberta apenas a que dá acesso à avenida da praia, devido ao movimento nos restaurantes. Por turno, apenas dois vigias trabalham no local. (Fonte: ValeParaibano)

Candidatos são aprovados em teste

Caraguatatuba - Os 19 candidatos convocados pela Justiça Eleitoral para realizar a prova para verificação de escolaridade foram aprovados no teste, aplicado anteontem na sede da Fundacc (Fundação Cultural de Caraguatatuba).
Os registros de candidatura de todos foram deferidos ontem pela juíza eleitoral Regiane dos Santos, segundo informou o Cartório Eleitoral de Caraguá.
"Vou até comemorar", afirmou o candidato Pedro Marques de Oliveira (PSDB), 43 anos, ao ser comunicado pelo ValeParaibano de que tinha sido aprovado no teste, que consistiu em um ditado de três linhas.
Ele afirmou que estava apreensivo com o resultado da prova feita na quarta-feira. "Estava todo mundo tenso e preocupado com a prova que seria aplicada pela juíza", disse.
Segundo informou o Cartório Eleitoral, foram indeferidos os registros de candidaturas de Carlos de Oliveira (PTB), Antônio Eliziário Dionizio (PT) e Walmir José da Costa(PRP). Os três não compareceram ao exame escrito.
Costa teve seu nome substituído pelo partido na quarta-feira.
O PT e o PTB vão disputar as eleições com um candidato a menos devido à falta de tempo hábil para substituição de Oliveira e Dionizio.
Ontem também, foi indeferido o registro de candidatura de Lúcia Santos, a "Lúcia dos Prazeres" (PDT).
Vão concorrer a uma vaga na Câmara 123 candidatos oficializados pela Justiça Eleitoral. (Fonte: ValeParaibano)

MACC expõe mesa do Deputado Diógenes Ribeiro de Lima 

Caraguatatuba- Quem visitar o MACC – Museu de Arte e Cultura de Caraguatatuba durante o mês de agosto vai poder conferir além das exposições “...do Nosso Mar” e “O Amigo da Onça” e das salas da história de Caraguatatuba, o Destaque do mês, que são sempre algumas peças do acervo, ou recebidas por empréstimo de outro museu, que ficam em destaque durante um período.
São duas as peças deste mês: Máquina de escrever Remington, da década de 50. Pertenceu, durante 50 anos, à Prefeitura da Estância Balneária de Caraguatatuba, acervo do MACC. Também está em destaque, uma mesa em imbuia e cedro, doada pelo Deputado Estadual Diógenes Ribeiro de Lima à Prefeitura da Estância Balneária de Caraguatatuba em 1952.
Esta mesa, durante 50 anos, foi utilizada por várias secretarias da Prefeitura. Em 2002, foi transferida ao MACC – Museu de Arte e Cultura de Caraguatatuba para integrar o Acervo de Patrimônio Histórico do Município.
O MACC fica na Praça Dr. Cândido Motta, 72, no centro de Caraguá. Informações pelo telefone 3883 9188. (Fonte: PMC)



Notícias de Ilhabela Topo

Vulcano
Sailing Shop

Mulher de São Paulo procura irmã em Ilhabela

Ilhabela - A auxiliar de compras Raquel Resende da Silva, 31 anos, que mora no Jardim Herplin, em São Paulo, procura por sua irmã, Rosilda Resende da Silva, 25 anos, que estaria vivendo em Ilhabela. 
Ontem, por telefone, Raquel explicou que não vê sua irmã desde o ano 2000, e também não faz contato com ela desde 2002. “Ela telefonava para mim, mas por problemas financeiros, perdi a linha telefônica”. 
Segundo Raquel, sua irmã tem cerca de 1,65 de altura, olhos castanhos claros e cabelos encaracolados. Seria dona de casa ainda hoje, tem dois filhos, Sabrina e Jon, ambos de 9 anos, e é casada com o pedreiro Edicarlos, conhecido por Bel, de 27 a 30 anos.
Raquel afirma que esteve em Ilhabela por duas vezes, em 1999 e 2000. 
“Minha irmã morava a cerca de 20 minutos da balsa, em imóvel alugado, não sei onde fica, porque me buscavam de carro”.
Os telefones para contato com Raquel são (11) 4055-7485 e (11) 7146-5801. (Fonte: Imprensa Livre)

Operação policial resulta na prisão de procurado na balsa

Ilhabela - Uma operação conjunta das Polícias Civil e Militar, na quarta-feira, resultou na prisão de L.C.I.S., de 20 anos, dentro da balsa que faz travessia para São Sebastião. L. estava sendo procurado por porte de arma, além de suspeito de roubo. 
Ele estava com o primo W.F.S., de 19 anos, que portava dois papelotes de cocaína e uma sacola com várias roupas furtadas de uma loja e cheques roubados de um restaurante durante a semana.
Pela manhã, policiais cercaram a casa de L. na Água Branca, para cumprir um mandado de prisão preventiva em um processo de porte de arma. Mas o suspeito não foi localizado- 15 minutos antes ele tinha saído.
Enquanto isso, na balsa, uma equipe da PM cruzou com L., que não reagiu à prisão. Ele confessou que sabia da polícia atrás dele e estava indo passar 15 dias em São Paulo. 
Ele e o primo foram conduzidos à delegacia, sendo que W. foi acusado de receptação e porte de droga. Ambos fazem parte da família conhecida como “Ratinhos Brancos”. L. é o nono integrante da família que foi para cadeia. (Fonte: Imprensa Livre)

Notícias de São Sebastião Topo

Nautica Superchic

Plano de segurança vai proibir atracação de barcos de pesca no cais do Porto/Dersa

São Sebastião - A adequação do Porto de São Sebastião a normas internacionais de segurança deverá proibir a atração de barcos de pesca no cais. 
Hoje, pelo menos 20 embarcações utilizam a área. A previsão é que no máximo em dois meses a medida já esteja em vigor.
O gerente do Porto/Dersa, Paulo Rogério de Souza Almeida, acredita que a mudança não prejudicará os pescadores do município. “Hoje, a maioria dos barcos que param aqui são de fora. Utilizam a infra-estrutura portuária sem ônus, sem nenhum tipo de contribuição fiscal para a cidade ou mesmo para o porto”, enfatizou.
No final de maio, Paulo Rogério encaminhou um ofício à Colônia dos Pescadores Almirante Tamandaré (Z-14), de São Sebastião, para saber a quantidade de usuários do cais do porto. 
O presidente da entidade, Guilmer Cássio Puertas Tavares, informou que menos de 10% dos pescadores do município e região usam com regularidade as instalações portuárias. 
Tavares disse que grande parte descarrega o pescado por meio de ‘chatas’ (pequenas embarcações), na praia de São Francisco e também em Boiçucanga. 
“A proibição da parada no porto só vai fortalecer nossa luta pela construção de um píer pesqueiro. É vergonhoso nossa cidade ter a maior frota pesqueira da região e não possuir um entreposto”, declarou o presidente da Colônia Z-14. 
“Quem para no cais são barcos de fora e as parelhas, que detonam o meio ambiente”, completou.
Em reportagem publicada na edição de ontem do Imprensa Livre, Paulo Rogério de Souza Almeida explicou que a reformulação do sistema de segurança atende normas previstas pelo ISPS Code (Código Internacional de Segurança a Navios e Instalações Portuárias).
Segundo ele, desde o atentado de 11 de setembro de 2001, nos Estados Unidos, os portos do mundo também iniciaram uma luta contra o terrorismo. De início, o Porto de São Sebastião passou por uma avaliação de risco, cujo resultado foi encaminhado esta semana à direção da Dersa. 
O plano de segurança será elaborado e aplicado com apoio do Governo Federal. Após receber o certificado internacional, o Porto/Dersa estará habilitado para exportar aos Estados Unidos e Europa. 
Tanto os americanos quanto os europeus não aceitam navios que tenham passado por portos sem o registro. Além da saída dos barcos de pesca da bacia interna do cais, o plano prevê treinamento de pessoal, controle de acesso terrestre e marítimo, e áreas especiais para 
armazenamento de cargas perigosas. 
Assim como o presidente da colônia, Paulo Rogério também destaca a necessidade de um entreposto pesqueiro no município. “Permitirá que o pescador armazene e comercialize seu produto. Também favorece a inspeção do pescado, coisa que não acontece hoje, e evita a evasão fiscal”, concluiu. (Fonte: Imprensa Livre)

Procuradores da Eness atacam CEI

São Sebastião - Os procuradores da Eness Construtora e Serviços Ltda., Eugênio Caldeira e Marco Gessulli Caldeira --que é genro do prefeito Paulo Julião (PSDB)-- não compareceram ontem ao depoimento marcado pela CEI (Comissão Especial de Inquérito) que apura possíveis irregularidades na contratação da empresa pela Prefeitura.
Os empresários protocolaram um documento em que alegam que somente se pronunciarão sobre o caso na Justiça e fazem ataques à comissão.
No texto enviado ao Legislativo, ambos consideram a CEI como "ação meramente política e baseada em fatos ainda não apurados".
O presidente da CEI, Erwin Mota (PTB), lamentou a ausência dos procuradores da empresa, responsável por 13 obras da administração, que somam R$ 1,1 milhão.
"Eles não são obrigados a comparecer. No entanto, perderam uma ótima oportunidade esclarecer os fatos", afirmou.
Mota afirmou ainda, que o depoimento prestado pelo vigia Manoel Ferreira de Souza, suspeito de ser usado como 'laranja' pelos procuradores, comprovou supostas irregularidades na contratação das obras.
"Souza afirmou, ao depor na semana passada, que nunca esteve na prefeitura para assinar nenhum documento referente a Eness e que, algumas de suas assinaturas teriam sido falsificadas por Marco Caldeira", afirmou Mota.
Eugenio e Marco Caldeira não comentaram o assunto com a reportagem. O prefeito Paulo Julião, segundo sua assessoria, somente se manifestará quando convocado pela Justiça.
A CEI convocou para depor na próxima quinta-feira, dia 12, o ex-secretário de Obras, Wander Augusto. O prefeito Paulo Julião foiconvocado para se apresentar à CEI no dia 19.
A CEI foi instaurada em maio a partir de uma ação civil pública e uma ação popular, ambas de autoria do vereador Edvaldo Reimberg (PPS). A partir das ações, a Justiça decretou a quebra dos sigilos fiscal e telefônico de 16 pessoas, entre elas, Julião. (Fonte: ValeParaibano)

São Sebastião descarta adotar Guarda

São Sebastião - A Prefeitura de São Sebastião descartou ontem o reforço da segurança da cidade com a criação de uma guarda municipal em ofício encaminhado à Câmara. O prefeito Paulo Julião (PSDB) alegou falta de verbas para financiar o projeto dos vereadores. O prefeito também informou que não há como pagar pró-labore para policiais militares trabalharem na folga fazendo rondas nos bairros. As propostas foram feitas pela Câmara para conter a 'onda' de violência na Costa Sul da cidade, devido ao défcite de efetivo policial. A distância entre os bairros também dificultaria o atendimento rápido por parte das polícias. (Fonte: ValeParaibano)

Expedição diagnostica problemas ao longo da costa sebastianense

São Sebastião - Pela primeira vez em São Sebastião, uma parceria entre estudiosos da área ambiental e a iniciativa privada vai propiciar a montagem do primeiro diagnóstico ambiental costeiro.
Para isso, a chamada expedição do projeto "Visão Costeira" percorreu por dois dias em um barco cerca de 150 Km da costa litorânea entre a divisa de São Sebastião com as cidades de Caraguatatuba e Bertioga.
Os participantes colheram dados sobre a situação da ocupação urbana na cidade, as unidades de conservação e as áreas de proteção ambiental.
Com uma tripulação de nove integrantes, a embarcação Grilo I partiu da foz do Rio Perequê-Mirim, na divisa entre São Sebastião e Caraguatatuba.
Os estudiosos puderam identificar diversos problemas durante os dois dias da expedição. Um dos locais mais preocupantes, segundo eles, é a região do Canto do Mar. “Apesar de ser um remanescente de mangue, a grande quantidade de lixo encontrado no local é impressionante, desde canos, ferros, sofá, até carcaças de veículos”, avalia o coordenador do projeto e ambientalista do Instituto Educa Brasil, Eduardo Hipólito do Rego.
Outros locais que preocuparam os tripulantes da expedição estão na região central e Costa Sul. “O emissário submarino do Araçá também está em situação caótica, pois o esgoto é despejado no mar sem o devido tratamento. Além disso, as instalações náuticas operam sem o devido licenciamento ambiental”, avalia. “Encontramos também um local impressionante, um enrocamento em Boiçucanga”.
Não só problemas, mas também belezas - Mas a expedição não detectou somente problemas. Os pesquisadores consideraram positivas as condições das unidades de conservação da cidade. Além disso, puderam presenciar um grupo de golfinhos na região do Canto do Mar, considerada uma das regiões com as piores condições. Viram também ninhais de aves em dutos da Petrobras, mais especificamente, a espécie "trinta réis de bico", que consta na lista paulista de animais em extinção.
Segundo o ambientalista Eduardo Hipólito do Rego, o diagnóstico levantado pelos pesquisadores deverá ser apresentado em cerca de 15 dias.
“Fizemos planilhas que, posteriormente, serão transformadas no diagnóstico final. A idéia é montar um acervo sobre a expedição”.
Ele acredita que no futuro sejam necessárias novas expedições em diferentes estações do ano. “Seria ideal realizar uma expedição no inverno, verão, outono e primavera”.
Esclareceu ainda que o diagnóstico não servirá apenas para apontar as irregularidades. “Vamos propor soluções que serão encaminhadas aos órgãos competentes, como Prefeitura, Sabesp, Secretaria Estadual do Meio Ambiente, entre outros”. E para finalizar, Hipólito do Rego ressalta a importância do trabalho. 
“Veja a discrepância, em locais condenados encontramos animais marinhos e até espécies raras de aves”, avalia.
“Precisamos de medidas urgentes em alguns locais ao longo da costa. Caso contrário, o meio ambiente será degradado em progressão geométrica. A degradação necessita ser contida imediatamente”. (Fonte: Correio do Litoral)

Notícias de Ubatuba Topo

Restaurante Solar das Águas Cantantes Giorgio  

Igreja católica realiza debate eleitoral em Ubatuba

Ubatuba - A Pastoral Fé e Política realizou ontem(5 de agosto), no salão da igreja São Francisco, em Ubatuba, o primeiro debate com os candidatos a prefeito do litoral norte. Outros debates no mesmo formato serão realizados em Caraguatatuba, São Sebastião e Ilhabela. No salão paroquial estavam presentes os candidatos: Fabrício Gomes(PSB/PSL), Paulo Ramos(PFL/PMDB/PP), Elizabeth Maluf (PV), Rogério Frediani (PTB/PPS/PSDC/PMN), Eduardo César (PL/PT/PC do B/PHS/PRP) E Pedro Tuzino (PSDB/PSC/PAN/PRTB/PDT). Todos tiveram a chance de expor suas propostas e projetos para o futuro governo.
O debate foi dividido em blocos, nos quais os candidatos se apresentaram, responderam perguntas de membros das pastorais, do publico presente, dos outros candidatos e fizeram as considerações finais. Com o salão praticamente lotado, onde estavam presentes membros das pastorais, religiosos, imprensa, esposas e assessores dos candidato, o debate transcorreu dentro do esperado pelos organizadores, a ponto de não ser preciso usar nenhum direito de resposta, já que a mesa organizadora não detectou nada que pudesse ser considerado ato ofensivo a qualquer candidato. No final foi lido pelo mediador um documento da igreja com os critérios para a escolha de um bom candidato cristão.
Torcida - o debate foi assistido em um telão armado na rua de trás do salão paroquial, onde populares e correligionários dos candidatos puderam assistir e se manifestar; em uma verdadeira festa da democracia, vestidos com camisas dos seus candidatos, segurando faixas, bandeiras e cartazes; eles aplaudiram, vaiaram e cantaram musicas e gritos de suas coligações. 
Briga - o único incidente registrado, envolveu o apresentador Clodovil Hernades e Eunápio Ramos (irmão do atual prefeito) que se confrontaram nas imediações do debate. Clodovil já havia se desentendido na entrada do evento ao ser barrado por não estar credenciado. 
O debate será transmitido na integra pela Rádio Costa Azul na Sexta feira, 6 de agosto.  (Fonte: André Vital)

Começa hoje o I Festival Gastronômico e Cultural de Ubatuba

Ubatuba - Com uma programação recheada de atrações, o I Festival Gastro-nômico e Cultural tem seu primeiro fim de semana de eventos começando hoje. 
Daqui até o dia 29 de agosto, todos os finais de semana terão oficinas de culinária ministradas por chefs dos melhores restaurantes da cidade e diversas apresentações culturais, como música, malabarismo e teatro.
A abertura oficial do festival ocorre hoje às 20h30, com apresentação da Lira Padre Anchieta na Fundação de Arte e Cultura, o Casarão do Porto. Mas as atividades ini-ciam às 9h com a Oficina Senzala & Miolo de Gastro-nomia, na Unitau.
Às 18h tem a apresentação “Esquetes e Sombras” – Roteiro dos Restaurantes, e às 19h acontece simultaneamente a Sexta Básica Musical “Relembrando a boa música”, com Euri, na Praça da Fundart e a apresentação de malabaristas com fogo – Roteiro dos Restaurantes.
Para amanhã estão programadas as oficinas Spa-guetto e Bucaneiros de Gas-tronomia, às 9h e às 15h, respectivamente. A programação a partir das 18h será igual à de hoje, porém com a “Banda na Praça” em frente à Igreja Matriz, às 20h30.
Domingo o dia começa bem e para quem gosta de relaxar é imperdível um passeio até a Praça Capricórnio (em frente ao aeroporto) para participar da “Manhã Zen-Yoga na Praça”, às 8h e em seguida curtir uma boa música, no mesmo local.
As programações que estão no “Roteiro dos Restaurantes” acontecem simultaneamente nos dez restaurantes que participam do festival: Restaurante Trattoria, Restaurante Spaguetto, Pizzaria Bucaneiros, Restaurante Giorgio, Rei do Peixe I e II, Senzala I e II, Restaurante Peixe com Banana e Restaurante Perequim.
As vagas para as oficinas são limitadas e as inscrições gratuitas. Mais informações no (12) 3832-2460. 

Programação:

6/8/2004 
10:03 Fundart apresenta Bazar dos Ceramistas 
5/8/2004 
10:06 Projeto Guri retoma atividades e abre novas inscrições para alunos 
9:59 Artista plástica expõe no Banespa 
9:57 Fundacc investe na dança e oferece aperfeiçoamento para profissionais do litoral 
9:56 São Sebastião e Caraguá debatem cultura popular 
9:40 Grupo apresenta “Fala garota! Fala garoto!” e “Marvada Mula” 
3/8/2004 
11:03 Programação do Brasil Fest in Folk 
10:04 Ubatuba promove I Festival Gastronômico e Cultural 
31/7/2004 
9:44 Oficinas Culturais da Fundacc retomam atividades na segunda 
9:27 Litoral “respira surfe”, diz Romeu Andreatta 
30/7/2004 
9:54 Hepburn é o destaque na videoteca Lúcio Braun em agosto 
9:53 Cooperartess abre forno e oferece descontos de até 50% nas peças 
9:53 Encontro musical promove serestas e seresteiros na Fundart 
29/7/2004 
10:58 Terminal do Ferry Boat tem apresentação de dançarinos (Fonte: Imprensa Livre)

Suelen Naraisa passa pelas triagens no Mundial de Surfe

Ubatuba - A estréia da etapa feminina do Circuito Mundial de Surfe Profissional, o World Qualifiyng Series –WQS, nível 4 estrelas, em Fistral Beach, não poderia ser melhor. 
A ubatubense Suelen Naraisa avançou para enfrentar as cabeças-de-chave do Nokia Pro nas oitavas-de-final, durante a disputa inaugural das duas fases de triagens. 
A catarinense Jacqueline Silva e a cearense Silvana Lima fazem parte da lista de brazucas; já no masculino, doze brasileiros ainda estão na disputa.
Suelen Naraisa (Faculdades Integradas Módulo) vive sua primeira experiência internacional no circuito mundial de surfe profissional e estreou logo na primeira bateria do Nokia Pro. 
A norte-americana Karina Petroni venceu a disputa e a brasileira superou a portuguesa Vanessa Monteiro para garantir a segunda vaga no confronto que contou com apenas três participantes. Em sua segunda participação, Suelen também se classificou em segundo lugar na bateria, atrás da australiana Lauren Ringer. Dessa vez, eliminou Sarah Beardmore, da Austrália, e Lisbeth Vindez Diaz, da Costa Rica. 
Agora, a surfista de Ubatuba, vice-líder no ranking brasileiro do SuperSurf, terá um teste de fogo pela frente. Pela primeira vez Suelen irá enfrentar duas tops da elite mundial do WCT: a sul-africana Heather Clark, que lidera o WQS 2004, e a atual campeã mundial do WQS, Melanie Bartels, do Havaí, além de novamente a australiana Lauren Ringer. 
Suelen está escalada no segundo confronto das oitavas-de-final, fase em que estréiam as outras duas brasileiras (Jacqueline Silva e Silvana Lima). 
A catarinense Jacqueline Silva é uma das cabeças-de-chave da quarta bateria e suas adversárias na briga por duas vagas nas quartas-de-final são a australiana Rebecca Woods, a norte-americana Julia Christian e a inglesa Robyn Davies. 
E, no confronto seguinte, a número 1 do SuperSurf 2004, Silvana Lima, faz sua primeira apresentação nas geladas ondas de Fistral Beach contra três australianas. (Fonte: Imprensa Livre)

Ação Litoral

Opinião Topo

Altas Doses de Otimismo
Caminhos para o turismo. O que será? 

Posso sentir claramente que a conscientização da população sobre a importância do turismo em suas vidas esta crescendo em ritmo acelerado. Era só o que estava faltando. Agora, ninguém mais vai “segurar” essa idéia. O interesse pelo assunto, dos menos esclarecidos, as discussões dos estudantes, e o despertar dos já envolvidos, sentindo as dificuldades resultantes do “laissez-faire” vem formando uma corrente consistente e dinâmica cujo crescimento, em breve, se dará em progressão geométrica.
Esse movimento, inicialmente silencioso, não tardará, forte e de bom som, a cobrar dos responsáveis atitudes, posturas profissionais e responsabilidades. A discussão gerada pela proposta do legislativo da suspensão da cobrança do estacionamento de R$ 3,00 pela COMTUR trás à tona a RAIZ do assunto. A própria COMTUR, e sua justificativa de ser criada e de existir. Esta empresa, repito, é a nossa (e de qualquer outro município que não tem uma) única alternativa para o desenvolvimento do turismo. 
Porque ainda não é? Simples, porque primeiro, necessita (do LEGISLATIVO) de sua regulamentação. Esta “regulamentação” em forma de lei é que, juntamente com seu “contrato social” (primitivo e não o alterado) dará as condições necessárias para sua “sobrevivência” e determinará os parâmetros, as condições e os limites de sua atuação. Eu disse que este trabalho é do LEGISLATIVO. A COMTUR, sem esta REGULAMENTAÇÃO é, simplesmente, NADA. Então, ao contrário de pedir prestações de contas (daquilo que ela não pode fazer), discutir se convém ou não cobrar míseros R$ 3,00 nas praias etc, deveria o legislativo determinar sim, EM LEI, o que ela deve fazer, e de que forma. Tim tim, por tim Tim; qual a origem de suas receitas, suas fontes e qual o destino (orçamentário) destes recursos; determinar em lei (complementar) todas as paralelas de seu caminho. Assim caberia a COMTUR, segui-los. Simples? Sim, é simples! E porque não uma SECRETARIA DE TURISMO? Simples também. 
A lei que determina as diretrizes e bases orçamentárias do município, dificultam ou melhor impedem a distribuições dos recursos conforme se pretenda. Ou seja, jamais seria possível destinar, por exemplo, 5% da arrecadação para o Turismo. Mesmo porque, tal destinação descobriria outro setor como educação, saúde etc, que tem percentuais de aplicação orçamentária também e já definidos em lei. Se, por exemplo, o dinheiro arrecadado pelo “estacionamento da Comtur” fosse depositado na conta da prefeitura, x por cento deste dinheiro iria para a educação, outro x, para a saúde e, assim por diante, até que para o turismo mesmo, nada caberia. Aliás, qual é o percentual do orçamento da prefeitura que esta destinado à secretaria do turismo, que não seja para o pagamento da folha de seus funcionários?
Esta legislação complementar, necessária á COMTUR é na verdade, uma faca de inúmeros “gumes” políticos. A COMTUR, cumprindo seus verdadeiros objetivos, tornar-se-á rapidamente uma entidade autônoma e politicamente MUITO FORTE dentro do município. Tão forte, que (não quero acreditar) seja esse o motivo do Legislativo, com todo o poder que tem, até hoje não regulamenta-la. Será? 
Ou será que é chegada a hora? Tem pessoas no legislativo, principalmente seu presidente, dentre outros, que não teêm os “rabos” presos. Quem tem demonstrado pulso firme e coerência política. Também esta perto, muito perto, a hora de que todos os jovens, homens, mulheres (carentes de empregos e oportunidades) comerciantes em geral, hoteleiros, donos de pousadas, quiosques., bares, restaurantes, lanchonetes, receptivos etc, irão perguntar em uma só voz:
Porque será que o Legislativo não regulamenta de uma vez a COMTUR e nos dá um futuro melhor? Seria um “ovo de Colombo?” Será que é tão difícil? Será que faltam recursos para esta tarefa tão simples? Será que não há assessoria necessária? Ou será, que é chegada a hora?

Ubatuba, 27/01/2003

Ronaldo Dias
Ubatuba, SP

Artigo Topo

Peixe à Guaecá
Irineu Nalin

Gosto de cozinhar, principalmente quando estou inspirado e próximo ao mar, jamais por obrigação. Não sou nenhum apaixonado e pesquisador, também nunca me dediquei ou procurei aprofundar conhecimentos visando o aprimoramento dessa arte. Mas, sei apreciar um prato bem feito, sou exigente e crítico. Não sigo receitas e quantidades, faço tudo de improviso e com os ingredientes que estiverem disponíveis na dispensa. E, assim vou criando pratos e dificilmente faço o mesmo da mesma forma mais de uma vez, mesmo os triviais do dia a dia. A diferença é que esses não comportam muitas variações. Sou da linha orgânica e natural. Segue, como fiz esse prato. Sugestão para um jantar a dois.

1. Lave, descasque e rale uma raiz média de mandioca (segundo o dito popular, as melhores são as colhidas nos meses com "R" - Setembro a Abril). Deixe escorrendo o líquido;
2. Retire a água de um coco verde (ainda em formação). Coloque em uma jarra e deixe na geladeira. Abra o coco e raspe aquela camada ainda molinha que forma sua crosta interna. Reserve;
3. Coloque para cozinhar no vapor: 2 raízes de cenoura e 2 de mandioquinha, cortadas ao meio em sentido longitudinal. Utilize para isso: 1/2 litro de água filtrada e desclorificada. Retire os tubérculos quando atingirem o cozimento médio (ainda semi-duros). Reserve-os e também a água;
4. Coloque em uma panela média, 2 colheres de sopa de azeite de oliva e 1 de manteiga; refogue: 1/4 de cebola roxa, cortadas bem finas e 1 dente de alho picado e em seguida passe rapidamente 12 camarões grandes limpos e sem casca, previamente temperados em suco de 1/2 limão galego maduro, sal e algumas gotas de azeite de oliva que curtiu pimenta malagueta, se preferir. Retire a panela do fogo, enquanto retira para reservar os camarões. Coloque em seguida nessa panela uma xícara de arroz sete cereais integrais, mexa e acrescente aos poucos a água que sobrou do cozimento dos legumes no vapor, acrescente sal a gosto;
5. Enquanto o arroz cozinha em fogo lento e que depende muito de sua habilidade em ir dosando a água, tempere o peixe (2 files de robalo ou linguado ou badejo ou de baiacu - um peixe não comercial, de carne muito branca e deliciosa, mas cujo segredo está em saber retirar sua bolsa venenosa) com o suco de 1/2 limão galego maduro, sal, pimenta branca e ervas como: coentro, tomilho, salsa, maceradas. Reserve;
6. Lave uma folha de bananeira, retirando o caule central e separe 2 pedaços equivalentes ao tamanho de cada filé de peixe e 2 pedaços maiores suficientes para embrulhá-los. Passe os dois lados de cada um desses pedaços levemente na chama do fogo sem queimá-los, unte levemente a parte interna com um pouco de manteiga. Reserve;
7. Fique de olho no arroz e faça uma massa juntando a rala de mandioca espremida de seu suco e passada em peneira fina juntamente com a raspa do coco, de forma que fique uma pasta bem homogênea. Prepare 2 caminhas finas do tamanho de cada filé de peixe em cima de cada pedaço da folha de bananeira menor. Arrume os filés de peixe em cima. Coloque sobre cada um deles: 6 camarões, cubra e enrole com a folha de bananeira maior de forma que as pontas fiquem embaixo da folha menor. Coloque e prenda-os em uma grelha dupla de assar. Leve ao forno (*1) previamente aquecido a 200º, retire antes que as folhas de bananeira fiquem queimadas (+- 15 m.);
8. Volte para o arroz e quando estiver enxugando a água, coloque 1 colher de sopa de passas sem sementes e 1 de amêndoas levemente torradas sem sal e picadas ao meio, misture e cubra com uma colher de sopa de salsa picada.
9. Arrume 2 guarnições de cerâmica artesanal, acomodando no centro delas cada filé, tendo o cuidado de retirar apenas a folha de bananeira maior, num dos lados coloque 2 fatias de cada legume e de outro uma forma redonda do arroz. Respingue azeite de oliva sobre os legumes, o sal fica por conta de cada um. Decore com pétalas de rosa branca.
10. Sirva com a água de coco gelada ou se preferir com um bom Chadornnay ou Sauvignon Blanc.

(*1) - outra opção melhor é assar em churrasqueira a 10 cm. do braseiro, por uns 15 m.

Obs.: Nesse caso, o mais importante é que grande parte dos ingredientes foram colhidos fresquinhos na horta/jardim e o peixe pescado ali pertinho, no mar que fica bem em frente;

Ir./17/05/04
Consulte aqui Artigos Anteriores

Carta do Leitor Topo

O Jacaré ou O Leão - Achei de muito mau gosto a publicação da matéria sobre o jacaré, um tanto alarmista e se o amigo for ao Pantanal, vai ver centenas dêles convivendo em perfeita harmonia com o bicho homem. Quanto aos nossos jacarés de Ubatuba, estão no habitat deles e não estão incomodando ninguém. Deveriam ser protegidos contra alguns mortos de fome que ao lerem a matéria já estão pensando em caçá-los. "Atenção Policia Ambiental". Muito mais perigoso que o jacaré, é o "leão", que lhe morde nas pernas, na cabeça, nos braços etc., e você não o vê. 

Mauricio O Costa
Ubatuga, SP

Foto do Dia Topo

Ubatuba

Praia da Enseada

Praia da Enseada
©Emilio Campi


Para instalar a foto como papel de parede (wallpaper)
Clique na foto acima. Após carregar a foto ampliada, clique com o botão direito do mouse sobre a imagem e escolha "Definir como papel de parede" ou "Definir como fundo de tela". Para ajustar a imagem em tela cheia, clique em qualquer lugar da área de trabalho com o botão direito do mouse, escolha "Propriedades" / "Fundo de Tela" ou "Papel de Parede" / "Ampliar".

Arquivos:  Foto Saudade  -  Foto do Dia
 

 Faça seu comentário, crítica, opinião ou sugestão no Litoral Virtual:
Clique Aqui


As notícias, fotos e cartas publicadas neste boletim são de inteira responsabilidade de suas fontes e autores,
não expressando necessariamente a opinião deste informativo. O envio de qualquer material para nosso e-mail
será considerado como autorizado a sua publicação e assumida a total responsabilidade pelo seu conteúdo.
As cartas devem conter nome completo, RG, endereço, telefone de contato e um e-mail válido.
Reservamos o direito de não publicar cartas que não contenham a devida  identificação do autor.

Editor Chefe: Emilio Campi
Editora Assistente: Jullyany Roberta Cruz


GRÁTIS!!
Receba as Últimas Notícias do Litoral em seu e-mail:

Quero receber GRATUITAMENTE o boletim Últimas Notícias do Litoral:

e-mail:
Cidade:



Obs.: Você poderá cancelar o recebimento das notícias a qualquer momento.

Conheça as cidades do Litoral Norte Paulista:

Caraguatatuba Ilhabela São Sebastião Ubatuba

Litoral Virtual
O mais completo site do Litoral Norte Paulista na Internet
Sugestões, críticas e informações, entre em contato:
info@litoralvirtual.com.br

©1995/2001 Emilio Campi - Studio Maranduba - Direitos Reservados
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem a expressa autorização do autor