Litoral Virtual últimas notícias do litoral
Quinta-feira, 09 de setembro de 2004 - Nº 1114 Edições Anteriores
Barra da Lagoa Portal da Palmeira Locação

Região
Crimes no litoral triplicam no feriado
Feriado termina com mais vítimas na Dutra
Turistas e moradores conhecem mais sobre a região por meio dos estandes montados no Ecoadventur

Caraguatatuba
Programa Escola da Família comemora um ano com muitas conquistas
A Câmara e os números de Agosto
Projeto define vencimentos para 2005
Ponte sobre o Rio Santo Antônio cria terceira opção de acesso ao centro

Ilhabela
Ilhabela poderá perder R$ 10 milhões em royalties por ano
Bicampeões olímpicos são atração no Match Race Brasil em Ilhabela
Velejador garante vaga na final do Brasileiro de Kitesurf em Vitória

São Sebastião
Juan lidera nas intenções de voto 
Polícia de São Sebastião ouve vítimas de assalto na balsa
Violência domina debate eleitoral no litoral
Estão abertas as inscrições para Iª Corrida para a vida

Ubatuba
Estande de Ubatuba foi sucesso na Ecoadventur Mata Atlântica
Turistas lotam Ubatuba em feriado com cara de temporada

Seções
Artigo
Opinião
Carta do Leitor
Foto do Dia

Notícias da Região Topo

Crimes no litoral triplicam no feriado

Litoral Norte - As delegacias do Litoral Norte tiveram que aumentar o número de funcionários durante o feriado para atenderem ao número de ocorrências, que praticamente triplicou em relação aos demais dias do ano.
Foram registradas 357 ocorrências entre sábado e terça-feira, a maioria de casos de furtos, roubos, acidentes de trânsito e lesões corporais.
Ubatuba registrou 131 ocorrências, Caraguá, 98, São Sebastião, 96, e Ilhabela, 32. A região não recebeu reforço policial no período.
Em Ubatuba, por exemplo, no dia-a-dia, o número de ocorrências não ultrapassa 10. No feriado, foram em média 33 por dia.
"Tivemos que fazer uma escala de funcionários especial para atender à demanda do feriado", disse o delegado Fausto Cardoso. Segundo ele, investigadores e escrivães tiveram trabalhar dobrado para atenderem às ocorrências.
Cardoso afirmou ainda que, como muitos casos de furtos e roubos foram praticados por pessoas de fora da região, fica difícil para a polícia investigar os casos e identificar os autores. "Ubatuba recebeu cerca de 400 mil pessoas no feriado, entre elas, pessoas que vieram para cá com o intuito de praticar furto e roubo", afirmou.
Segundo Cardoso, os turistas e veranistas precisam adotar medidas preventivas para evitar furtos e roubos. "Os turistas deixam seus pertences dentro dos carros e ou na areia da praia, facilitando a ação dos marginais", disse. (Fonte: ValeParaibano)

Feriado termina com mais vítimas na Dutra

Litoral Norte - A via Dutra registrou um movimento abaixo do esperado durante o feriado prolongado de 7 de Setembro, segundo a Polícia Rodoviária Federal. Os números não foram consolidados, mas devem apresentar uma redução de quase 20% no movimento.
Em contrapartida, a quantidade de vítimas foi quase 50% maior do que o considerado "normal" pela polícia. O aumento foi causado pela colisão entre um caminhão de combustível e um ônibus escolar, na última sexta-feira, que resultou na morte de uma pessoa e provocou ferimentos em outras 20.
Em toda rodovia foram registrados 107 acidentes, com 62 feridos e 7 mortos. Segundo a assessoria de imprensa da NovaDutra --empresa que administra a rodovia-- o "pico" de veículos foi registrado na sexta-feira, entre às 16h e 20h, com a circulação de 7.300 carros por hora.
Somente no trecho da 2ª Delegacia de Polícia Rodoviária Federal, entre o km 143 e km 194 da via Dutra (Arujá-São José dos Campos) foram registrados no período 22 acidentes, que provocaram a morte de 2 pessoas e ferimentos em outras 31.
"No ano passado, foram registrados 16 feridos. Se não fosse o acidente de sexta a estatística estaria dentro do habitual," afirmou o chefe de policiamento da Polícia Rodoviária Federal, inspetor Luís Carlos Moreira.
TAMOIOS - A Polícia Rodoviária Estadual informou que o movimento na rodovia dos Tamoios (São José dos Campos-Caraguatatuba) ficou dentro do previsto. Segundo os números do órgão, 64 mil veículos desceram para o litoral no feriado.
Entre a meia-noite de sexta-feira e meia-noite de terça, foram registrados 23 acidentes, com 8 vítimas leves e 1 vítima grave. Não houve mortes. Foram feitas 406 autuações. O DER (Departamento de Estradas de Rodagem) e a Polícia Rodoviária Estadual de Taubaté não informou os dados referetes à rodovia Floriano Rodrigues Pinheiro (Taubaté-Campos do Jordão). (Fonte: ValeParaibano)

Turistas e moradores conhecem mais sobre a região por meio dos estandes montados no Ecoadventur

Litoral Norte - Durante a realização do Ecoadventur, turistas e moradores da região puderam conhecer um pouco mais sobre a situação de cada município e o que cada um pode oferecer no setor turístico. 
A feira do Ecoadventur, que terminou ontem, em Caraguatatuba, teve a participação de várias empresas da região e de fora, que aproveitaram para promover seus produtos, serviços e fazer negócios. O estande do Imprensa Livre foi bastante visitado por morad
A tenda destinada a exposição das quatro cidades, contou com a participação das secretarias de turismo e de representantes de empreendimentos que proporcionam momentos de lazer e entretenimento aos visitantes.
Caraguatatuba foi a que possuía mais representantes, pois contou também com a participação de Organizações não governamentais que atuam na cidade. Nela, era possível conhecer um pouco sobre os pontos de ecoturismo, como trilhas, rapel, vôo livre. Assuntos como os cuidados com acidentes marinhos foram apresentados pelo projeto Caravela, que funciona na cidade, mas tem o atendimento estendido a todo o litoral.
Ilhabela veio representada por funcionários da Secretaria de Turismo, que levou panfletos com indicações de hotéis, o material institucional da cidade, com mapas e atrativos para todos os gostos. 
Já São Sebastião, que não teve a participação da Secretaria de Turismo, teve como representante o Green Way, que passou informações sobre a Costa dos Alcatrazes (trecho que abrange de Boiçucanga a Boracéia). 
Com isso foram fornecidos panfletos sobre as pousadas e hotéis associados com o programa, além de divulgarem o Eco Dynamic, empresa especializada em Ecoturismo, localizada em Cambury. Os visitantes puderam assistir o vídeo “Espírito da Mata”, que retrata da realidade de São Sebastião. 
A Secretaria de Turismo de Ubatuba participou do estande das cidades e trouxe alguns parceiros para o evento. Os representantes do Parque Radical, da praia de Maranduba, foi um deles. Eles trouxeram banners e objetos para exposição, além do material explicativo para quem quiser conhecer de perto os atrativos. 
Para Mônica Attili Costilhas, da Secretaria de Turismo, foi bom participar do Ecoadventur. Ela conta que a secretaria convidou todos as agencias e operadores de turismo para participarem, mas como o evento aconteceu no feriado, nem todas puderam participar. Apesar disso ela julga bastante proveitoso o evento, pois foi possível divulgar um pouco da história da cidade, seus costumes e o que oferece hoje. 
Não foi a toa que houve a exposição de artesanato de caiçaras do município e da aldeia indígena. “O mais positivo disso tudo, foi mostrar que as cidades do Litoral Norte não são somente praia. Também mostrou que todas elas precisam se unir para vender esse produto, que é o turismo”, finaliza.
O prefeito Antonio Carlos da Silva disse que a administração apoiou a realização do Ecoadventur, assim como vem apoiando todas as realizações que possam fortalecer o turismo tanto na cidade, quanto na região do Litoral Norte. Em entrevista exclusiva ao Imprensa Livre, ele disse estar satisfeito com os resultados do evento. 
“Nosso objetivo é sempre fazer parcerias para que a cidade seja promovida. Este então, que tem parceria com o Sebrae, Imprensa e empresas de grande porte, não podíamos deixar de integrar”, conta.
Para o prefeito, Caraguatatuba tem muito mais ecoturismo do que vem explorando, mas isso é um processo que deve ser implantado gradativamente. “Temos muito potencial e não exploramos tudo. 
Porém, é sempre importante estar consciente de que precisamos interagir nesse meio, sempre preservando”.
Quanto ao fato de não haver tanta procura, quanto o esperado, para as palestras sobre os temas ligados ao meio ambiente, o prefeito acha normal por se tratar da primeira edição. “As pessoas precisam conhecer melhor para procurar mais. Acho que na próxima edição estará muito maior”, ressalta.
Para aumentar a participação da comunidade aos assuntos ligados ao meio ambiente, o prefeito disse que implantou nas escolas da cidade essas temáticas, para conscientizar os alunos sobre a importância da preservação. 
O prefeito ainda elogiou os trabalhos desenvolvidos pelas Organizações não governamentais que atuam em Caraguatatuba e as considera o alicerce para a implementação do Ecoturismo. “A atuação das Ong’s, são a base para esse trabalho”, comenta. (Fonte: Imprensa Livre)

Notícias de Caraguatatuba Topo

Caraguatudo O Guaruçá Anuncie Aqui

Programa Escola da Família comemora um ano com muitas conquistas

Caraguatatuba - O Programa Escola da Família, da Secretaria de Estado da Educação completou um ano este mês, e Caraguatatuba, assim como todo o estado têm muito o que comemorar. O programa reúne 6 mil profissionais de educação, 2,5 milhões de universitários e milhares de voluntários para criar uma cultura de paz, despertar potencialidades e desenvolver hábitos saudáveis junto a mais de 7 milhões de jovens. Em Caraguá, os estudantes das Faculdades Integradas Módulo atuam em parceria para oferecer projetos à comunidade.
O programa possibilitou a abertura de 6 mil escolas estaduais aos finais de semana, transformando-as em centros de convivência com atividades voltadas às áreas do esporte, cultura, saúde e capacitação profissional.
O programa beneficia estudantes, garantindo 100% da bolsa de estudo para quem trabalha no programa, no qual o governo subsidia 50% do custo e a Faculdade Módulo, os outros 50%. O programa faz parte de uma série de incentivos que o Módulo oferece para os estudantes. 
Os estudantes atuam na coordenação de projetos que geralmente são criados por eles mesmos, já os estagiários não ganham para trabalhar mas cumprem as horas de práticas pedagógicas que a Faculdade exige. Para se inscrever, o aluno deve acessar o site www.escoladafamilia.sp.gov.br. 
Um dos projetos oferecidos por alunos do Módulo é o curso de Comunicação para iniciantes- português e inglês. O curso acontece aos finais de semana no Módulo. Também são oferecidos nas escolas aos sábados e domingos, aulas de diversas modalidades esportivas como vôlei, basquete, ginástica, dança, ping-pong, sempre com acompanhamento dos alunos de Educação Física. O módulo tem cerca de 30 alunos atuando no Programa, através dos cursos de Educação Física, Pedagogia, Letras, Normal Superior, Ciências Contábeis, Ciências Biológicas, História, Administração e Sistemas de Informação.
Outro exemplo de atividades do Programa Escola da Família é o curso de manicure, promovido por voluntários no E. E. Avelino ???. "As participantes podem até levar seus filhos, já que uma brinquedoteca foi montada com esse objetivo. Para participar basta doar 1 kg de alimento. A comunidade participa do curso ou vai até a escola para fazer uma limpeza de pele por apenas R$2,00", conta a assistente técnica pedagógica do Programa Janete Mara Ferraz.
Na E.E. Benedito Miguel Carlota, no Massaguaçu, o programa está oferecendo curso de canoagem e está movimentando o bairro. A Profa. de Educação Física Rosângela Piro ensina até yoga aos participantes, tudo sem custo algum. Em São Sebastião, um projeto em parceria com a jogadora Ana Moser, está ensinando vôlei para a comunidade. 
Outra grande atração do Programa é o Game Superação Jovem, promovido em parceria com o Instituto Ayrton Sena, que viabiliza oportunidade para que os jovens encontrem soluções concretas para os problemas da sua comunidade. Trata-se de um jogo que incentiva o jovem a transformar o mundo ao seu redor. Enquanto a equipe realiza seu projeto, alcança autonomia, solidariedade e competência, e avançam nas doze fases do jogo enquanto desenvolvem seus potenciais. 
A escola EE Benedito Pinto Ferreira no Casa Branca chega a atrair 300 pessoas para as atividades de música, esporte, dança, capoeira. O mais novo projeto quer abrir a biblioteca da escola para a comunidade, e para isso conta com o apoio do Módulo, que doa experiência no trabalho de organizar uma biblioteca para o uso coletivo. Segundo o educador do programa nesta escola, José Pessoto Neto, as atividades são escolhidas de acordo com o projeto pedagógico da escola. Para ele, o projeto desperta a força da liderança na comunidade. "Muitas pessoas começam cursos na escola e dão continuidade em seu bairro. Apesar de fazer apenas um ano, o projeto está conseguindo trabalhar a força da comunidade. A escola mais do nunca está engajada no aspecto social, trabalhando a formação do cidadão, e ensinando a sociedade a se organizar", opina Pessoto.
O projeto Escola oferece cursos de panificação em 20 escolas de Caraguá, além de cursos de corte e costura, cabeleireiro, manicure, tricô, crochê, alfabetização, entre tantos outros. Para participar basta procurar a escola mais próxima. (Fonte: Módulo)

A Câmara e os números de Agosto
Legislativo mantêm média para ano eleitoral

Caraguatatuba - A Câmara Municipal de Caraguatatuba, através de sua Assessoria de Imprensa, divulga os números do seu Parlamento Municipal para o mês de agosto deste ano. Os números estão abaixo de anos anteriores, mas mantêm a média de produção para um ano eleitoral.
Foram protocolados em agosto 20 Projetos de Lei, 1 Projeto de Decreto Legislativo e 1 Projeto de Emenda à Lei Orgânica, além de 120 Indicações, 9 Moções e 11 Requerimentos.
As visitas em agosto correspondem as pessoas que tem audiências com os Vereadores para tratar de assuntos de seu interesse. Foram registradas 823 pessoas em agosto, com uma média de 37.41 pessoas/dia, para um mês de 22 dias úteis. Já as presenças estão relacionadas aos contribuintes que vem à Câmara nos dias de Sessão, seja ela Ordinária, Extraordinária ou Solene, bem como Audiências Públicas ou Prestações de Contas. Em agosto foram 132 pessoas, com uma média de 26.4 pessoas/sessão para um mês com 5 Sessões Ordinárias apenas.
Para quem acompanha os números da Câmara, alguns valores mostram acréscimo em comparação aos meses anteriores. O fato se explica devido as Férias Coletivas de julho, quando algumas propostas do tipo Indicação e Projeto de Lei acumularam. O número de visitas também aumentou em decorrência disto.
Em resumo, os números refletem com clareza ser este um período eleitoral, quando a produção tem um decréscimo, o que já era esperado, em comparação ao mesmo mês de anos anteriores. (Fonte: Câmara Municipal de Caraguatatuba)

Projeto define vencimentos para 2005
Propositura é tradicional e precisa ser votada antes das eleições

Caraguatatuba - A Câmara Municipal de Caraguatatuba protocolou na última semana proposta tradicional para os subsídios dos agentes políticos a partir de janeiro de 2005. A propositura é baseada em Lei Federal e tem orientação específica do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo.
Com base na Constituição Federal, no seu artigo 37 – inciso 10 e no artigo 39, parágrafo 4º, além da Lei Orgânica Municipal, o Parlamento Municipal de Caraguatatuba apresentou na última semana projeto de Resolução que define os subsídios dos Vereadores, Prefeito, Vice-Prefeito e Secretários Municipais para a gestão 2005/2008, que terá início em janeiro próximo.
O projeto é tradicional e sazonal, pois deve ser apresentado e votado antes do final do ano fiscal, segundo a Constituição Federal e antes das eleições municipais, de acordo com o Tribunal de Contas do Estado. Juristas em geral advertem que pode haver a quebra do “Princípio da Impessoalidade” se algum destes fatores não for seguido.
Os valores estabelecidos para a próxima legislatura são os seguintes: R$ 3.854,00 para os Vereadores, sendo que estes não terão o benefício do artigo 37 – inciso 10 no primeiro ano de mandato, que assegura a revisão geral do vencimento. O salário dos Secretários Municipais será de R$ 3.186,00 ou seja, o mesmo que encerra o ano fiscal de 2004.
Os vencimentos para o Prefeito e Vice-Prefeito obedecem o mesmo estabelecido para os Secretários Municipais, ou seja, respectivamente R$ 11.664,00 e R$ 3.186,00 que são valores pagos até dezembro deste ano. Ao contrário dos Parlamentares, os salários dos Secretários, Prefeito e Vice terão o benefício do artigo 37 – inciso 10. A última revisão geral ocorreu em 2004, com uma atualização de 8%.
A diferença entre a concessão ou não do benefício vem do fato que o vencimento dos Vereadores recebeu uma nova composição, mantendo o patamar de 40% dos salários dos Deputados Estaduais, num total de R$ 9.635,40 o que é permitido por lei.
As alegações comprovam a legalidade da proposta e afastam as interpretações contraditórias, baseadas em fatos descabidos, pois a revisão da remuneração, bem como a fixação de subsídios está amparada em lei. É bom frisar que Legislativo e Executivo são Poderes harmônicos, porém distintos, cabendo aos Parlamentares a fixação dos vencimentos dos agentes políticos do Executivo, do Legislativo e seus Servidores e não dos Servidores Públicos do Executivo, função que cabe exclusivamente ao Prefeito Municipal.
O projeto deverá ser lido nos próximos dias e votado no máximo em 2 sessões. (Fonte: Câmara Municipal de Caraguatatuba)

Ponte sobre o Rio Santo Antônio cria terceira opção de acesso ao centro

Caraguatatuba - Para melhorar o funcionamento do tráfego na cidade, a prefeitura de Caraguatatuba, juntamente com a Ditran (Divisão de Trânsito), está construindo uma ponte sobre o rio Santo Antônio, em um ponto onde na alta temporada ocorre congestionamento, o trevo que liga o acesso ao centro.
Segundo o diretor da Ditran, Celso Rapacci, a ponte cria uma terceira opção de acesso para o centro da cidade, funcionando como intermediária entre os dois pontos da cidade, o que deve diminuir o transtorno tanto para moradores quanto para turistas.
Ciclistas e pedestres também devem ser favorecidos com a obra, uma vez que o local apresenta riscos para quem trafega de bicicleta ou a pé.
Uma calçada com largura de 2m está sendo construída nos dois lados da ponte, que liga as rua Maranhão, no bairro Indaiá, à Rio
de Janeiro, no bairro Primavera.
A obra, no valor total de R$ 230,067,41, tem prazo de entrega para setembro, e estão previstas ainda a construção de uma rotatória e uma praça próximo à ponte, e a recuperação das margens do rio Santo Antônio. (Fonte: Correio do Litoral)

Notícias de Ilhabela Topo

Vulcano Sailing Shop

Ilhabela poderá perder R$ 10 milhões em royalties por ano

Ilhabela - A Prefeitura de Ilhabela resolveu comprar briga com Bertioga e Caraguatatuba. O motivo é financeiro e o problema começou em 2001, quando a Agência Nacional do Petróleo (ANP) baixou uma portaria alterando os critérios para o pagamento de royalties aos municípios vizinhos a portos onde é descarregado o petróleo extraído em alto-mar.
Com as novas regras definidas pela portaria da ANP, Bertioga e Caraguatatuba passaram a receber repasses da Petrobras por manterem divisa de município por água com São Sebastião, que abriga o porto por onde a Petrobras escoa sua produção petrolífera oriunda de plataformas localizadas em alto-mar.
O processo está tramitando na Justiça Federal, em São José dos Campos, e pode provocar uma redução anual de R$ 10 milhões no orçamento de Bertioga, sem contar os cerca de R$ 15 milhões que a Cidade pode ter de devolver à ANP.
‘‘São valores significativos’’, resume o secretário municipal de Administração, Finanças e Jurídico de Bertioga. A ação foi proposta pela Prefeitura de Ilhabela há cerca de um ano.
A iniciativa da ANP tinha a missão de corrigir distorções na medida em que, originalmente, os royalties deveriam ser pagos às cidades que correm o risco de sofrer contaminação com o derramamento de óleo.
Porém, até 2001, mesmo municípios que não estão localizados no litoral mas ficam num raio de 10 quilômetros de São Sebastião recebiam repasses, enquanto Bertioga nada recebia. O problema é que a medida oficial acabou diminuindo a quantia a que Ilhabela tinha direito até então.
Ministério Público - Não bastasse o risco de perder uma receita significativa, a Prefeitura de Bertioga ainda terá de prestar contas sobre o assunto ao Ministério Público (MP). O motivo é a contratação, sem licitação, do advogado José de Mello Junqueira.
Ex-juiz e professor universitário, Junqueira defenderá os interesses da Cidade a partir de um contrato que prevê honorários de R$ 1 milhão 509 mil.
De acordo com a Prefeitura, a falta de licitação se baseia no princípio da notória especialização de Junqueira, que trabalhou no Tribunal de Alçada de São Paulo e no Tribunal de Justiça.
A representação pedindo uma investigação para averiguar os detalhes da contratação foi encaminhada ao MP pelo advogado e candidato a vereador Carmelo Mário Barone em março, mas a troca constante de promotores acabou emperrando a investigação.
‘‘Iniciamos as diligências que se destinam a apurar se instauramos ou não o inquérito civil’’, adianta o promotor José Wellington Costa Neto, que assumiu a Promotoria da Cidadania, Meio Ambiente e Direitos Difusos de Bertioga no dia 3 de agosto.
Apesar de ter iniciado as diligências, Costa Neto salienta que tomará todo o cuidado ‘‘para que o Ministério Público não seja usado’’ com finalidades eleitoreiras.
O promotor adianta que ‘‘as diligências estão bem no começo’’ e afirma que ‘‘a petição inicial não veio acompanhada de documentos que dêem algum indício de ilegalidade’’. (Fonte: Correio do Litoral)

Bicampeões olímpicos são atração no Match Race Brasil em Ilhabela

Ilhabela - Os bicampeões olímpicos Torben Grael e Marcelo Ferreira, da classe Star, e Robert Scheidt, da Laser, são a atração da segunda etapa do Match Race Brasil, competição barco contra barco, que será disputada de 16 a 19 de setembro, em Ilhabela.
Esta será a primeira vez que os ganhadores de medalha de ouro no torneio de vela da Olimpíada de Atenas estarão reunidos no mesmo evento.
Torben, campeão do torneio do ano passado, é o líder do campeonato. Ao lado do tático Marcelo Ferreira, o comandante venceu a primeira etapa de 2004, disputada no início de junho, em Búzios. 
Com isso, lidera a competição, que tem regras simples e é disputada por oito tripulações divididas em quatro Bénéteau 40.7.
Já Robert Scheidt, que foi tático do timoneiro Alan Adler em Búzios, reassume o comando de uma tripulação. O hexacampeão mundial substituirá o português Gustavo Lima. 
Outra novidade é o argentino Santiago Lange, ganhador da medalha olímpica de bronze na classe Tornado, que entrará no lugar do também argentino Torkel Borstrom, vice-campeão em Búzios, que não poderá competir em Ilhabela por questões profissionais.
“Estamos muito felizes com o sucesso da vela brasileira em Atenas e será um grande prazer reunir os atletas que tanto lutaram por bons resultados na Olimpíada”, comentou Ênio Ribeiro, diretor da Vela Brasil, organizadora do evento. 
“A etapa de Ilhabela será muito especial.”
O sistema de disputa, barco contra barco, é o mesmo utilizado na Louis Vuitton Cup, classificatória para a America’s Cup, a competição de vela mais tradicional do mundo, com mais de 150 anos de história. 
A terceira e última etapa do Match Race Brasil está prevista para o período entre 18 e 21 de novembro, no Rio de Janeiro.
A competição deste ano tem novidades. Além da participação de estrangeiros, o torneio tem a disputa de uma Copa Feminina, a realização de uma regata de flotilha Pro-Am, reunindo profissionais e amadores convidados e a presença de duas tripulações apontadas por seletivas organizadas pela Federação Brasileira de Vela em Motor (FBVM). (Fonte: Correio do Litoral)

Velejador garante vaga na final do Brasileiro de Kitesurf em Vitória

Ilhabela - O atual campeão brasileiro Guilherme Brandão, o Guilly, mostrou nesta segunda-feira que continua em forma. Guilly, como é conhecido, garantiu uma vaga na final do maior circuito nacional do mundo, na Praia de Camburi, em Vitória, na etapa de abertura do Oi Kitesurf 2004.
Após o cancelamento das disputas por falta de ventos no final de semana, ele voltou a soprar e Guilly e Joseph Carneiro, vice-campeão brasileiro, venceram todas suas baterias e vão brigar pelo título da etapa na final da chave principal. 
“Vai ser uma disputa bastante equilibrada. O Joseph é um atleta com muita técnica, mas eu vou fazer de tudo para conseguir a vitória”, diz Guilly, que ano passado ficou em segundo no Campeonato Sul-Americano, justamente atrás de Joseph.
Mascote da competição, Reno Romeu, de 14 anos, brigou que nem gente grande e fez uma semifinal disputadíssima com Joseph. O mais jovem atleta da competição agora briga pelo terceiro lugar. No meio da tarde o vento perdeu intensidade e a comissão técnica decidiu adiar o restante das competições para amanhã. As provas finais e as repescagens estão previstas para começar às 10h.
No sistema de disputa do kitesurfe existem duas chaves, a principal e a repescagem, tanto no masculino quanto no feminino. Enquanto os vencedores avançam até a final da chave principal, os perdedores aguardam a decisão do grupo dos ganhadores para dar início à repescagem. O velejador que vencer a repescagem tem direito a desafiar os quatro melhores da chave principal, em confrontos homem a homem.
Estes confrontos sempre indicarão quem desafiará o atleta que está uma posição acima. O campeão da repescagem enfrenta o quarto colocado e quem ganhar a disputa parte para desafiar o terceiro, assim por diante. O campeão da chave principal, por estar invicto na competição, ainda tem o direito de uma revanche em caso de derrota contra o desafiante na grande final. 
No feminino a carioca Carol Freitas, vencedora do evento principal, aguarda a fase dos desafios. O mesmo acontecerá com o ganhador da disputa entre Guilly e Joseph. (Fonte: Imprensa Livre)

Notícias de São Sebastião Topo

Arte em Concreto Celular Nautica Superchic

Juan lidera nas intenções de voto 

São Sebastião - Em parceria com a empresa Toledo & Associados, o CORREIO DO LITORAL faz a primeira pesquisa eleitoral sobre as intenções de voto da população de São Sebastião para prefeito da cidade. O candidato do PPS, Juan Manuel Pons Garcia, sai na liderança com larga vantagem: somadas, as intenções de voto para seus quatro adversários não atingem o percentual de 46,5% alcançado por Juan. São 65,5 habitantes, um eleitorado estimado em 42,9 mil pessoas, margem de erro de 4,9 pontos percentuais, com intervalo de confiança de 95%. Foram ouvidos 402 eleitores. A pesquisa, detalhada, está registrada sob o número 002/04 no Cartório Eleitoral da 132ª Zona Eleitoral. Veja Pesquisa Completa. 

Polícia de São Sebastião ouve vítimas de assalto na balsa

São Sebastião - A Polícia Civil de São Sebastião começou ontem as investigações para apurar o roubo praticado por uma quadrilha no terminal de embarque das balsas que fazem a travessia entre São Sebastião e Ilhabela.
Assaltantes, utilizando como reféns a mulher e o filho do encarregado do terminal, levaram um malote com R$ 123 mil arrecadados pela empresa OP-Mariner no feriado prolongado.
O caso está sendo investigado pelo delegado Múcio Matos de Alvarenga, do 3º Distrito Policial e pela DIG (Delegacia de Investigações Gerais). Alvarenga ouviu ontem os depoimentos de M.A.J., 32 anos, encarregado de arrecadação, e sua mulher L.B.J, 37 anos. O depoimento de M. teve início às 17h30 e não tinha sido concluído até as 20h.
Alvarenga adiantou ao ValeParaibano que durante o depoimento de M. procuraria encontrar pistas sobre o perfil dos assaltantes, detalhes sobre o cativeiro onde L. e seu filho I.A.J., 6 anos, teriam ficado em Caraguá, o porquê da demora na comunicação do roubo à polícia e à empresa, entre outras informações.
A polícia acredita que o roubo tenha sido praticado por um grupo de fora da região, mas não descarta a participação de pessoas da cidade. Segundo Alvarenga, a ação foi semelhante à praticada pelas quadrilhas de roubo a bancos, com a utilização do gerente, após ter sua família como refém.
O roubo foi iniciado na noite de domingo, com dois assaltantes rendendo inicialmente a mulher e o filho de M. em sua casa no bairro da Enseada. Quando M. chegou em casa, também foi rendido pelos assaltantes. Dois integrantes da quadrilha utilizaram o carro de M. para levar sua mulher e seu filho para o cativeiro em Caraguá. Na segunda-feira, M. foi obrigado a recolher o malote e levá-lo até o Balneário dos Trabalhadores, onde os assaltantes, após recolherem o dinheiro, libertaram a mulher e o filho.
PREJUÍZO - A Dersa (Desenvolvimento Rodoviário S/A) não quis comentar o caso ontem. A OP-Mariner, através de sua assessoria de imprensa, informou que a ação dos assaltantes surpreendeu a empresa. Segundo a OP-Mariner, existe um sistema especial de segurança para arrecadação de dinheiro da travessia nos feriados prolongados, quando os bancos estão fechados.
A OP-Mariner, que opera os oito terminais de travessia de balsa no Estado, informou que foi o primeiro roubo sofrido pela empresa desde que assumiu o controle da operação e arrecadação dos terminais da Dersa. Segundo a empresa, a Dersa não sofrerá nenhum prejuízo porque um seguro cobrirá o desfalque. (Fonte: ValeParaibano)

Violência domina debate eleitoral no litoral

São Sebastião - Os moradores e veranistas da Costa Sul de São Sebastião vêm cobrando dos candidatos a prefeito o aumento da segurança nas praias da região.
O índice de criminalidade tem aumentado em bairros como Maresias, Cambury e Juquehy.
Segundo Téo Balieiro, presidente da Federação Pró Costa Atlântica, a segurança vem sendo o item mais reivindicado dos candidatos nesta campanha eleitora. "O aumento dos casos de roubo e estupro nas praias vem preocupando a todos."
O presidente do Conseg (Conselho de Segurança) Aldo Amadei, disse que devido à insegurança tem muita gente vendendo suas casas e deixando a região.
A Polícia Militar tem dois pelotões na região sul, um em Maresias e, outro em Barra do Una. Em três meses, junho, julho e agosto, a PM registrou 135 ocorrências na região.
O prefeito e candidato a reeleição Paulo Julião (PSDB), disse que pretende cobrar do Estado a implantação de uma companhia da PM, bem como, instalar vigilância 24 horas por câmeras de vídeo nas entradas da cidade.
Juan Pons Garcia (PPS) afirmou que vai implantar a guarda municipal, utilizando os agentes de trânsito, ambientais e da defesa civil e instalar portais com câmeras de vídeos.
Luiz Ramos (PT) prometeu a guarda municipal e trabalhos preventivos para coibir a criminalidade.
O comandante da Polícia Militar, major Milton Pouza, disse que guarda a liberação de policiais pelo Estado para completar as vagas existentes nos pelotões de Maresias e Barra do Una. (Fonte: ValeParaibano)

Estão abertas as inscrições para Iª Corrida para a vida

São Sebastião - Estão abertas as inscrições para a Iª Corrida para a vida, que será realizada no domingo, dia 12, pela Prefeitura de São Sebastião. O evento, que tem como slogan “O importante é chegar”, é uma comemoração a Independência do Brasil e tem como objetivo promover atividade física, conscientizando a população visando uma melhor qualidade de vida. 
“A corrida não visa a performance nem a disputa entre os participantes, e sim a inclusão das pessoas que nunca participaram da corrida com vergonha da colocação que poderiam ter e de acharem que não conseguiriam completar a prova”, disse o secretário da Juventude, Esporte e Lazer, Luiz Carlos de Melo Cardim.
Neste caso, o desafio é chegar e reunir famílias, grupos de amigos, de trabalho, alunos de escolas, academias de ginástica , grupos especiais (obesos, hipertensos, diabéticos, APAE), clubes esportivos, num dia de atividade física especial, onde a pessoa poderá caminhar ou correr no seu ritmo, sem forçar, sem competir, apenas participar, inclusive procurando chegar todos juntos.
Para o evento, a Secretaria da Juventude, Esportes e Lazer, disponibilizará todos os seus funcionários e professores de educação física, que orientarão os participantes. Haverá também uma barraca de avaliação física antes da corrida.
A corrida terá duas largadas, uma às 9h, para crianças e jovens de oito à 14 anos, com saída em frente ao Shopping Villamares, e outra às 9h30, para maiores de 14 anos, com saída da frente da Setec, na rua da Praia. Os menores de 14 anos deverão ter a autorização dos pais.
Para se inscrever o participante deverá levar um quilo de alimento ou um brinquedo novo, que serão repassados à Promoção Social para serem doados às entidades carentes do município.
Os 300 primeiros participantes receberão uma camiseta no dia da corrida. As inscrições podem ser realizadas na SEJUV, no Topovaradouro, das 12h às 17h, ou no dia da corrida, no local da largada, das 7h30 às 8h30h. (Fonte: PMSS)

Ação Litoral

Notícias de Ubatuba Topo

Restaurante Solar das Águas Cantantes Giorgio Arborismo Ubatuba

Estande de Ubatuba foi sucesso na Ecoadventur Mata Atlântica

Ubatuba – Durante os dias da feira Ecoadventur Mata Atlântica, que aconteceu até ontem em Caraguatatuba, milhares de pessoas transitaram pelos estandes que foram montados para mostrar o que há de melhor no mundo dos esportes e do turismo de aventura.
Entre tantos outros, esteve presente o estande de Ubatuba, com toda a infra-estrutura e informações necessárias para transmitir aos visitantes o que há para se fazer no município dentro da idéia de ecoturismo e esportes de aventura.
O estande, montado por uma parceria entre a Secretaria Municipal de Turismo e a Comtur, possuía fotos deslumbrantes que mostravam visuais aéreos da cidade e que chamavam a atenção de qualquer visitante que por ali passasse. Artesanatos locais, vídeos e diversos panfletos informativos ficaram à disposição no estande.
No que diz respeito ao tema da feira, Ubatuba está totalmente inserido pois possui diversas trilhas para trekking, algumas das melhores praias do país para a prática do surfe e condições naturais para rapel, mergulho, escalada, pára-quedismo, entre outros.
O espaço da feira esteve bastante movimentado. Coincidindo com o feriado de 7 de setembro, quem passava pela principal avenida de Caraguá não deixava de dar uma olhada no que acontecia dentro da grande estrutura. A entrada foi franca, o que atraiu público além do alvo, ou seja, não só interessados em esportes radicais estiveram visitando a Ecoadventur, mas turistas de diversos locais do país, curiosos e atentos às diversas palestras que aconteceram simultaneamente às exposições.
“O estande de Ubatuba me surpreendeu. As fotos estavam lindas e abrilhantaram ainda mais o evento. Consegui as informações que estava procurando sobre bons lugares para conhecer e caminhar por trilhas”, disse Carlos Eduardo Lopes, estudante de Turismo e morador de Santos.
O sucesso do estande foi realmente significante. Para o empresário Alexandre Antonakis, da operadora de escuna Mykonos, o retorno foi imediato, aumentando o número de clientes nos passeios para as ilhas em Ubatuba. (Fonte: Ana Gabriela Fernandes

Turistas lotam Ubatuba em feriado com cara de temporada

Foto: Ana Gabriela FernandesUbatuba – Os comerciantes e hoteleiros de Ubatuba estão comemorando o movimento inesperado durante o feriado de sete de setembro. Desde a quinta-feira, a maioria dos meios de hospedagem da cidade estava praticamente lotada. De acordo com o Centro de Informações Turísticas, nos dias que se seguiram a procura por acomodações foi crescente, ficando cada vez mais difícil conseguir um hotel ou pousada com vagas.
Nivaldo Renato Fuzetti Júnior, proprietário da Pousada Maui, na Praia das Toninhas, ficou surpreso com a procura por quartos. “Em toda a região das Toninhas, Enseada e Lázaro tivemos lotação máxima. Eu não esperava tanta gente, tanto que dias antes do feriado eu cheguei a fazer reservas com desconto, não sabendo como seria o movimento. Mas a pousada lotou e mesmo sem as reservas antecipadas teria esgotado as vagas”.
Segundo Nivaldo, já estão sendo procuradas vagas para outubro. Um alívio para os empresários do ramo que passaram meses difíceis, com pouquíssimo movimento.
A grande quantidade de carros fez com que as principais ruas do centro da cidade, do Itaguá e Praia Grande ficassem a maior parte do dia congestionadas. Por esse motivo, alguns turistas ainda não haviam deixado a cidade até ontem à noite, com medo de enfrentarem as estradas com trânsito parado.
Nas praias, os comerciantes também estiveram satisfeitos. A Praia Grande, a mais movimentada da cidade viveu um fim de semana prolongado com jeito de temporada de verão. A maioria dos quiosques também teve vendas acima da média em feriados prolongados.
Para os empresários e comerciantes, este feriado pode ter sido uma prévia do que acontecerá no verão: os turistas voltando a freqüentar Ubatuba e impulsionando a economia, que ainda está diretamente ligada aos meses de temporada. (Fonte: Ana Gabriela Fernandes

Artigo Topo

A eleição e suas conseqüências 
Herbert Marques 

Como antes, as eleições municipais concentram toda sua atenção nos candidatos para prefeito, ficando o legislativo para ser escolhido pelos eleitores da forma cartorial de sempre. Vota-se no compadre, no pastor, no irmão de fé ou de sangue, no amigo, menos naquele que deveria ser votado, no mais competente para exercer um mandato onde a sua responsabilidade seria legislar. Recente pesquisa descobriu que mais de cinqüenta por cento da população é semi-analfabeta, ou seja, não discerne aquilo que lê ou escreve. E pior, os mesmos cinqüenta por cento são candidatos a vereadores.
A equação está formada. Voto de compadrio é igual a legislativo inoperante, que por sua vez não leva o executivo a um procedimento compatível com a sociedade que representa. O resultado todos conhecemos.
Falando em Ubatuba, especificamente, basta um simples acesso aos sítios da Internet referentes ao legislativo, ou mesmo os periódicos eletrônicos ou convencionais e nos deparamos com aberrações das mais bizarras em termos de leis aprovadas, propostas, vetadas pelo executivo e depois sancionadas pelo legislativo e por aí afora. Isso sem falar as moções das mais variadas matizes. Verdadeiro bestialógico que faz inveja a qualquer humorista da atualidade. Querem saber mais. E tudo isso é televisado, certamente com pagamento do nosso bolso.
Se conselho fosse bom não seria dado, mesmo assim vamos combinar: deixemos nossos compadres, amigos, visinhos, o pastor de nossa igreja, o irmão de fé, e vamos refletir sobre os candidatos existentes. Não é possível que não encontremos entre eles um que tenha uma formação escolar descente, uma vida correta, uma profissão definida, um conhecimento básico para não falar besteira ou querer ficar rico da noite para o dia, e vamos votar nele. Depois, se esse escolhido pisar na bola, vamos cobra-lo, ou pelo menos esquece-lo e buscar outro na próxima eleição. Ah, um lembrete. Não vamos nos deixar levar por conselheiros de plantão, que querem nos impingir este ou aquele candidato, muito menos votar por favor devido. Voto não é moeda para pagar alguma coisa, muito menos gratidão, que não tem preço.
Sou teimoso. Toda véspera de eleição venho a público nesta e em outras colunas dos diversos meios de comunicação da cidade com esta mesma arenga. Além de teimoso, tem mais, sou otimista. Acho que um dia verei toda uma sociedade desvencilhada desse vício de nos acompanha de antanho. O vício do compadrio, termo hoje franciscaniado em "é dando que se recebe".

Herbert Marques 
Ubatuba, SP

Opinião Topo

Uma Imensa Responsabilidade!
Ernesto F. Cardoso Jr.

Após a elaboração de mais um Programa de Governo para Ubatuba, na realidade um plano de metas, atendendo pedido de um dos candidatos à Prefeitura da cidade, conclui algumas observações que gostaria de partilhar com a nossa sociedade. 
Este plano, além de acatar diretrizes do candidato, baseou-se em estudo feito pela Fundação Getúlio Vargas – FGV, analisando a estrutura da Prefeitura de Ubatuba em 2001 e propondo sua reestruturação, com vistas à modernização e maior eficiência. Valemo-nos, outrossim, de conceitos sobre a primazia do planejamento na condução do governo de uma cidade de autoria do brilhante arquiteto Dr. Flávio Malta.
Nem sempre, numa sociedade como a nossa, a experiência granjeada lá fora é devidamente apreciada. Não pretendo explicar esta constatação em nossas plagas, pois, se por um lado vemos alguns representantes dos grupos migrantes, de limitada capacidade de contribuição cultural e política, ocupando lugares nos Legislativos e Executivos municipais de nosso Litoral Norte, por outro lado, é raro verem-se lá idênticos representantes dos profissionais de nível superior, com maior e relevante experiência e que, pois, maior contribuição poderiam dar à sociedade. O fato, pois, de um dos candidatos buscar essa colaboração é feito singular, provavelmente, por ser o candidato, ele próprio, parte dessa migração culturalmente mais qualificada.
É salutar notar, todavia, que, a exemplo deste candidato ao Executivo Municipal, outros na disputa pela vereança já começam a buscar aconselhamento e troca de idéias. 
Observando, porém, a larga maioria dos que se candidatam a cargos eletivos em nosso país e quem sabe, até em democracias mais cultas e modernas, vem-me à lembrança uma das conversações de Sócrates em “O Primeiro Alcebíades”, na qual o filósofo lhe dizia: “A pior espécie de ignorância é cuidar uma pessoa saber o que não sabe. Entraste pela política, antes de a teres estudado. E não és tu só o que te vejas nessa condição: é esta mesma a da mor parte dos que se metem nos negócios da república...”
Seja como for, o fato é que a elaboração de um plano de governo, obriga ao estudo, mesmo que superficial e a um exercício de síntese, sempre desafiante, ensejando a oportunidade de se concatenar idéias e experimentos em escopo abrangente. É, também, oportunidade de deixar para a sociedade uma proposta de desenvolvimento que, a despeito de conter uma visão particular, pode ser somada a outras, produzindo orientação segura e rumo certo aos destinos da sociedade, pois, a despeito de toda experiência que alguém possa ter e até em decorrência dela, deve-se sempre deixar guiar por aquela máxima, também, de Sócrates, exemplificativa de sua humildade diante do universo do conhecimento humano: “quanto mais sei, mais reconheço que nada sei”. 
Pois bem, pela segunda vez nos pusemos à essa tarefa. A outra foi em 2000, como resultado da coordenação de uma qualificada equipe, conhecedora profunda do município e cujo Programa de Governo acha-se registrado e copiada em nosso Cartório de Notas e Registros, à disposição dos interessados.
Desta vez, no entanto, algo diverso e de maior profundidade nos sensibilizou. No passado, provavelmente em razão de nossa própria formação econômica e administrativa, bem como o exercício dessa profissão por muitos anos em empresas diversas, guiava-nos uma visão fortemente técnica, alicerçada na busca dos melhores resultados diante dos escassos recursos, mais voltada para a análise custo – benefício com ênfase materialista. Nunca dantes havíamos atentado, ou nos sensibilizado tanto, com o lado social, humano, individual, que é a enorme e fundamental diferença entre o contexto filosófico do exercício de uma administração pública versus a administração privada. Nunca nos preocupara tanto constatarmos, na elaboração das metas para cada setor, o quanto a vida do cidadão é influenciada, para o bem ou para o mal, pela atuação de um Prefeito. É possível até afirmar que nenhum outro governante, nos demais níveis, pode de forma tão clara e direta, determinar o grau de bem-estar do cidadão. Ele é o responsável pela saúde, educação, transporte público de todos os munícipes. Ele é o que escolhe e constrói obras que afetam a vida de cada um de nós. Ele é o que dá destino aos recursos arrecadados do IPTU, ICMS, ISS, IPVA, taxas e receitas diversas e na medida em que gaste esses recursos honesta e sabiamente, faz retornar a cada cidadão benefícios que lhe conferem a medida de seu IDH – Índice de Desenvolvimento Humano, pelo qual, atualmente, se mede o conjunto de ações públicas que afetam o bem-estar geral do cidadão. É ele que ministra a equidade, pela qual se procura diminuir as iniquidade sociais. É ele que ao assim atuar, multiplica oportunidades de trabalho e emprego, promove o desenvolvimento geral da cidade que sempre é acompanhado do desenvolvimento social de cada cidadão. É ele quem pode ajudar a criar uma visão de futuro promissor e tem significativo poder de engajar o processo econômico do município na era da globalização e vice-versa, estendendo para além dos limites geográficos de sua urbe a atuação e a influência de seus munícipes. Enfim, grande parte de tudo aquilo que diz respeito ao bem-estar de todos e de cada um de nós, moradores de uma cidade, está nas mãos do Prefeito realizar, ou ajudar, ou criar, ou melhorar, ou planejar, ou catalisar, pois, lembrando Franco Montoro, “é no município que vivemos”. Basta exemplificar na saúde, por exemplo, numa situação individual grave de emergência, a obtenção do alívio, da cura e até da continuidade da vida, por um bom atendimento num Posto de Saúde, de primordial responsabilidade dele. Na educação, sua influência direta na vida de milhares de crianças e jovens que cursando o sistema de ensino público podem buscar a continuidade de sua preparação profissional por terem tido um ensino público de qualidade. Outra vez, de primordial responsabilidade do Prefeito. É o futuro promissor de cada jovem que está em jogo. No conjunto, esses jovens marcam o impacto de uma geração no desenvolvimento de um país. A Coréia do Sul, por exemplo, iniciou sua marcha para o rol dos países de Primeiro Mundo quando, há trinta anos, destroçada e miserável, decidiu dar aos seus jovens uma educação de alta qualidade que persiste até hoje, havendo transformado esse pequeno e atrasado país asiático em celeiro de tecnologia avançada. Foram os professores, sob a batuta dos prefeitos, em sucessão, que determinaram o alto IDH desse povo e seu conseqüente bem-estar e preparo para integrar o moderno mundo globalizado. Não amaldiçoaram a globalização, nem a incriminaram, antes, preparam-se para dela extrair a pujança de sua atual riqueza nacional. 
Nunca dantes nos havia ocorrido, como desta feita, compreender tal imensa responsabilidade e grandeza do cargo e da função de um Prefeito.
Mas, para que nosso futuro Prefeito tenha esse grandioso e profundo senso de sua responsabilidade e marcante influência, é preciso, primeiro, que a própria sociedade assim a entenda e assim a exija. 
Que cada candidato, pois, a despeito da juventude e inexperiência que caracteriza a maioria dos atuais postulantes ao cargo, faça uma séria reflexão sobre as reais motivações que o leva à essa disputa: se ambição egotista, ou devotado senso de missão, de serviço, de ministrar às necessidades de nossa população como seu Servidor principal. 
Missão é qual ministério. É a sublime arte de ministrar, tal como o clérigo que ministra o evangelho ao pecador, o médico que ministra o remédio ao doente, o filantropo que ministra o pão ao faminto. Ministrar, é servir a outrem e esse serviço só é devidamente realizado sob um profundo senso missionário.
Além desta postura íntima, sincera, é preciso buscar qualificação política, tendo consciência do moderno papel do governo na condução da sociedade. A evolução desde a era medieval, do início da formação das urbes, com seus monarcas de mandato divino, até o “governo do povo, pelo povo e para o povo”, através do sufrágio universal, contribuição inestimável da Revolução Francesa, aprimorada pela Revolução Americana e pelo extenso exercício da democracia em diversas partes do mundo, está a ditar que o principal papel do governo é bem distinto do de antanho, qual seja, o de ser o catalisador das potencialidades da sociedade, dando a ela todo o poder de desenvolve-las, limitando-se a guiar, dar rumo, orientar, facilitar, estimular, de tal modo que o governo passe a ser a solução e não o problema da sociedade, o seu entrave, como ainda o é entre nós e demais países de cultura idêntica, estigmatizados pelo baixo senso do valor do indivíduo e das potencialidade que a sociedade, em conjunto, possui, apegados à falsa noção da onisciência do Estado e ao paternalismo político retrógrado, bem a exemplo do que atualmente se vem repetindo em nosso País.
Hoje, temos toda uma nova visão experimental, pragmática, de reinvenção do governo que podemos sintetizar nos dez princípios fundamentais da obra de David Osborne e Ted Gaebler, “Reinventando o Governo”, um aprimoramento do exercício da democracia americana e que são assim definidos:
Governo catalisador: navegando em vez de remar
O governo pertence à comunidade: dando responsabilidade ao cidadão, em vez de servi-lo
Governo competitivo: introduzindo a competição na prestação de serviços 
Governo orientado por metas e objetivos: transformando órgãos burocratizados
Governo de resultados: financiando resultados e não recursos
Governo e seus clientes: atendendo às necessidade do cliente e não da burocracia
Governo empreendedor: gerando receitas ao invés de despesas
Governo preventivo: a prevenção em lugar da cura
Governo descentralizado: da hierarquia à participação e ao trabalho de equipe
Governo orientado para o mercado: induzindo mudanças através do mercado.
Por fim, retornando à supremacia do senso de missão do governante que deve sepultar a vil ambição egotista, é oportuno lembrar que paralelamente ao idealismo que tal postura reclama, há um aspecto, francamente pragmático, pois, transcrevendo as observações dos dois autores acima citados sobre governos orientados pelo senso de missão, concluíram o seguinte: 
São mais racionais do que aqueles orientados por normas.
São mais efetivos; produzem melhores resultados.
São mais inovadores, mais flexíveis e tem o moral mais elevado.
Em lugar, pois, da busca do poder pelo poder e do cifrão da corrupção, comparsa fiel da ambição desmedida, o alto senso de MISSÃO é o que deveria caracterizar os bons governantes. 
Possa, pois, o que vier a ser escolhido, ao concluir seu mandato, dizer como Rui Barbosa em sua “Oração aos Moços”: “Tenho o consolo de haver dado a meu país tudo o que me estava ao alcance: a desambição, a pureza, a sinceridade, os excessos de atividade incansável, com que, desde os bancos acadêmicos, o servi, e o tenho servido até hoje.
Eleitor, escolha o seu candidato com o mesmo senso de responsabilidade.

Ernesto F. Cardoso Jr.
efcardosojr@uol.com.br 

Carta do Leitor Topo

Carta de Apoio da Equipe COMTUR - A correria do dia-a-dia muitas vezes não nos permite enxergar a realidade que nos cerca com os devidos olhos. Quantas vezes nós já ouvimos falar que essa ou aquela é ou era a pessoa certa para cuidar do turismo em Ubatuba? 
Infelizmente um assunto tão sério como parece ter passado despercebido para muitos, considerando a nossa vivência no município por esses anos. 
Mas gostaríamos de convidar vocês moradores de Ubatuba e leitores do Litoral Virtual a abrir os olhos para ver conosco um pouco do que temos presenciado no trabalho que nós estamos realizando na gestão Patrícia Ortiz na Companhia Municipal de Turismo. 
Nos anos de casos e descasos que rondaram a nossa EMPRESA, para quem não sabe a COMTUR é uma empresa sim, escândalos, gestões complicada (não queremos falar mal de ninguém), víamos uma empresa desacreditada e muito mal vista, todos nós sabemos do que estamos falando. Então, como reverter este quadro, aparentemente tão complexo? 
Temos aprendido desde que a Sra. Patrícia Ortiz assumiu a empresa e deu realmente a cara para bater. Começamos a trabalhar em uma empresa que voltou a ter credibilidade, que está tentando se reerguer com coragem e auxílio de uma equipe unida. Aprendemos que nesses meses que ninguém faz nada sozinho. 
Pessoas precisam de pessoas com credibilidade, que tenham corações tão sinceros e dispostos quanto dessas mulheres: Patrícia e Samantha, que acreditaram que poderiam transformar uma empresa falida e desacreditada em uma EMPRESA capacitada e realizadora, com projetos concretos e não com mega projetos que nunca saíram do papel. 
Com a contribuição de parceiros: Acionistas, Prefeitura, Empresários, grandes empresas e Fundart, vêm realizando ações e combatendo cotidianamente mau agouro. 
A equipe COMTUR também apóia fervorosamente essa jornada, nos fazendo acreditar que vale a pena combater “boi” de fora e lutar pelo ingresso de Ubatuba no cenário do turismo profissional.

EQUIPE INTERNA COMTUR 
(Cíntia, Mônica, Marcus, Gisele, Sr. Pedro, Arilson, Joilson, Maruan, Emília e Júlio)
Obs: A justiça realmente é um direito e não um privilégio. 
Patrícia e Samantha, são pessoas dignas como vocês que fazem a diferença. 


E a ética na política? - Há alguns anos atrás, ainda presidente da Subsecção da OAB local, iniciamos a primeira campanha pública de Ética na Política, sugerindo aos candidatos de todo o Estado de São Paulo que procurassem desenvolver suas campanhas dentro de princípios éticos que devem nortear todo cidadão, seja ele homem público ou simplesmente mortais. Colocamos cartazes muito bem elaborados pelos pontos mais importantes da cidade e demos várias entrevistas nos meios de comunicação. Hoje vejo como uma semente lançada no deserto de areia e desprovido de H²O. Nenhum arvoredo, por mais tênue que fosse, vingou.
A edição de ontem deste prestigioso jornal virtual bem demonstra o andamento da carruagem política em nossa cidade. Ataques pessoais a candidatos, denúncias de ameaças ao editor deste veículo de informação, informação sobre queima de material de propaganda, relatos de temas utilizados em campanha e que não passam, se verdade, de engodo e estelionato político, ataque pessoal a empresários e políticos, em fim, verdadeira batalha onde as armas não convencionais, restringem-se a pau de galinheiro.
Caros leitores do Virtual: Política se faz com idéias, coerência e principalmente, ética, o que tudo indica, não está havendo por aqui.

Herbert Marques
Advogado em Ubatuba


Parabéns! - Emílio, parabéns por manter imparcial e democraticamente o espaço dedicado ao leitor. Parabéns também ao Sr Ezio Pastore, pela elucidadiva matéria "Mea Culpa" na edição anterior.

Ronaldo Dias
Ubatuba, SP


O candidato ausente - Com antecedência de 30 dias, as entidades de Caraguatatuba que organizaram, no dia 5/9/2004, encontro para conhecer e discutir as propostas ambientais dos candidatos a prefeito da cidade, levaram o convite aos pleiteantes do cargo público.
Uma semana antes do evento surgiram rumores sobre o não comparecimento do candidato da situação. Rumores estes, não confirmados por sua assessoria.
Às 23:00 hs do dia 4/9/2004 a comissão organizadora foi informada que o candidato José Pereira de Aguilar seria ausente para ocupar-se de outro compromisso. Lamentavelmente, a imprensa e as 70 pessoas presentes foram privadas de conhecer as idéias do candidato, cujo site também não traz informações sobre o tema e cujo plano de governo não foi possível obter junto a sua assessoria.
Na conclusão do encontro foi apresentado termo de compromisso ambiental para a cidade de Caraguatatuba e para o Litoral Norte, assinado pelos candidadatos presentes: Alvaro Alencar e Maurice Mansour.
Pela relevância que a questão ecológica possui na vida dos cidadãos, a comissão organizadora do encontro tentará obter a mesma adesão do candidato Aguilar.

Carmelita Begnozzi
Comissão Organizadora
Caraguatatuba, SP

Foto do Dia Topo

Ubatuba

Praia da Enseada

Praia da Enseada
©Emilio Campi


Para instalar a foto como papel de parede (wallpaper)
Clique na foto acima. Após carregar a foto ampliada, clique com o botão direito do mouse sobre a imagem e escolha "Definir como papel de parede" ou "Definir como fundo de tela". Para ajustar a imagem em tela cheia, clique em qualquer lugar da área de trabalho com o botão direito do mouse, escolha "Propriedades" / "Fundo de Tela" ou "Papel de Parede" / "Ampliar".

Arquivos:  Foto Saudade  -  Foto do Dia
 

 Faça seu comentário, crítica, opinião ou sugestão no Litoral Virtual:
Clique Aqui


As notícias, fotos e cartas publicadas neste boletim são de inteira responsabilidade de suas fontes e autores,
não expressando necessariamente a opinião deste informativo. O envio de qualquer material para nosso e-mail
será considerado como autorizado a sua publicação e assumida a total responsabilidade pelo seu conteúdo.
As cartas devem conter nome completo, RG, endereço, telefone de contato e um e-mail válido.
Reservamos o direito de não publicar cartas que não contenham a devida  identificação do autor.

Editor Chefe: Emilio Campi
Editora Assistente: Jullyany Roberta Cruz


GRÁTIS!!
Receba as Últimas Notícias do Litoral em seu e-mail:

Quero receber GRATUITAMENTE o boletim Últimas Notícias do Litoral:

e-mail:
Cidade:



Obs.: Você poderá cancelar o recebimento das notícias a qualquer momento.

Conheça as cidades do Litoral Norte Paulista:

Caraguatatuba Ilhabela São Sebastião Ubatuba

Litoral Virtual
O mais completo site do Litoral Norte Paulista na Internet
Sugestões, críticas e informações, entre em contato:
info@litoralvirtual.com.br

©1995/2001 Emilio Campi - Studio Maranduba - Direitos Reservados
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem a expressa autorização do autor