Litoral Virtual últimas notícias do litoral
Segunda, 04 de outubro de 2004 - Nº 1130 Edições Anteriores

Barra da Lagoa Portal da Palmeira Locação

Eleições 2004:
Apuração das cidades do Litoral Norte - Clique Aqui

Região
Treze pessoas são pegas fazendo “boca de urna” em São Sebastião


Caraguatatuba
Aguilar vence Álvaro Alencar e é eleito prefeito de Caraguatatuba
Álvaro e Mansour dizem ter feito campanha humilde e limpa

Ilhabela
Manoel Marcos é reeleito com mais de 60% dos votos válidos
Candidatos do arquipélago “madrugam” no dia de votação

São Sebastião
Com o dobro dos votos, Juan bate Paulo Julião nas urnas de São Sebastião
Julião espera outro resultado; Ernane acredita na “Justiça Divina

Ubatuba
“Estou muito feliz, vamos mostrar o que é política séria”, diz Eduardo César, eleito prefeito

Seções
Carta do Leitor
Foto do Dia

Notícias da Região Topo

Treze pessoas são pegas fazendo “boca de urna” em São Sebastião

Litoral Norte - São Sebastião foi a única das quatro cidades da região a registrar prisões por “boca de urna”. Treze pessoas foram levadas para o Tebar Praia Clube, local designado pelo juiz Josué Vilela Pimentel a abrigar as pessoas que infringiram a lei.
Os demais municípios, embora ocorressem brigas e desentendimentos, não tiveram nenhum caso que chegasse a detenção de cabos eleitorais.
As treze pessoas detidas em São Sebastião, incluindo um menor de idade e o candidato Luiz Axé (PHS), resultaram em seis termos circunstanciados, crime eleitoral de menor potencial ofensivo, previsto no artigo 39 da Lei 9.504/97, referente a “boca de urna”, ou seja, fazendo propaganda de candidatos.
Segundo o juiz, o grupo ficou recolhido nos vestiários feminino e masculino, do ginásio do clube, enquanto eram registradas as ocorrências. Os infratores foram levados ao local pela Polícia Militar, que atendia as denúncias de fiscais de partidos nas ruas. A maioria dos detidos estava próximo de escola da região central, nos bairros que vão do Pontal da Cruz ao Itatinga.
Conforme o juiz, os primeiros infratores chegaram por volta das 10 horas e três horas depois já tinham sido liberados. No período da tarde não se registrou crime eleitoral. Termo circunstanciado não tem prisão ou multa.
Os infratores irão responder em liberdade pelo crime, que tem pena prevista de seis meses a um ano, com a alternativa de prestar serviços à comunidade pelo mesmo período e multa de 5 mil a 15 mil Ufir.
Candidato
O juiz explicou que, segundo testemunhas, o crime eleitoral impetrado pelo candidato Luiz Guedes de Alencar Júnior, o Luiz Axé, era que estaria carimbando no braço dos eleitores seu número. De acordo com o juiz, o candidato negou.
Pimentel explicou que se for confirmado crime eleitoral e caso o candidato seja eleito, pode ser passível de cassação. A reportagem não conseguiu contato com o candidato. (Fonte: Imprensa Livre)

Notícias de Caraguatatuba Topo

Caraguatudo O Guaruçá Anuncie Aqui

Aguilar vence Álvaro Alencar e é eleito prefeito de Caraguatatuba

Caraguatatuba - O candidato José Pereira de Aguilar (PSDB) ganhou as eleições municipais com 28.454 votos válidos, contra 15.204 do candidato Álvaro Alencar, que terminou em segundo. A cidade registrou no total 49.475 eleitores e teve um índice de abstinência de 10.178, que representa 17,06%.
O candidato do PT Maurice Mansour ficou na terceira colocação, com 1705 votos, o equivalente a 3,45%. No resultado final das apurações, 1256 eleitores votaram em branco e 2856 anularam o voto.
A contagem dos votos foi realizada no Ginásio Municipal de Esportes Ubaldo Gonçalves. Os disquetes com os relatórios das 130 seções de Caraguatatuba chegaram no local por volta das 18h, onde uma multidão aguardava ansiosamente os resultados da apuração.
A primeira parcial foi divulgada as 19h30 e já declarava Aguilar como o vencedor da disputa municipal. O candidato do PSDB mantinha uma diferença de Álvaro superior a 10 mil votos.
A vitória nas urnas não foi uma novidade para o candidato do PSDB, que já esperava o resultado positivo. “Percebi que ia ganhar quando senti a vibração do povo nos colégios eleitorais. Por onde eu passei as pessoas me aplaudiam e me chamavam de prefeito”, relata entusiasmado.
70% dos vereadores se reelegem - A Câmara Municipal contará com sete vereadores reeleitos em 2005. Esse índice representa 70% do legislativo, que a partir da próxima administração terá seu número reduzido para dez vereadores. O coeficiente eleitoral na cidade foi de 4.947 votos, ou seja, cada partido que atingiu essa marca pôde eleger um vereador.
O vereador Aurimar Mansano, PTB, foi o que recebeu mais votos, com 2411. Em seguida aparecem os candidatos Omar Kazon e Cristian Alves de Godoi, ambos do PL.
O PSDB e PPS são as legendas que mais terão representantes na Câmara Municipal. Cada partido elegeu três vereadores. O partido da situação terá Celso Pereira, Agostinho Lobo de Oliveira e Francisco Carlos Marcelino. Já o PPS contará com Juarez Pereira Pardim, Wilson Agnaldo Gobetti e Germinio de Souza. (Fonte: Imprensa Livre)

Álvaro e Mansour dizem ter feito campanha humilde e limpa

Caraguatatuba - Os candidatos a prefeito derrotados Álvaro Alencar Trindade (PMDB) e Maurice Mansour (PT), afirmam terem feito campanha humilde e limpa. José Pereira de Aguilar (PSDB) venceu com 28.454 votos , o equivalente a 47,7%, Álvaro teve 15.204, ou 25,5% dos votos e o principiante Mansour conseguiu 1705 votos, ou 2,8%.
Álvaro declarou que o dever foi cumprido. “Fizemos um campanha limpa, porém mais uma vez as nossas forças foram insuficientes para vencer a máquina administrativa.
Mas no geral a campanha foi um sucesso, pois cumprimos com nosso papel. Eu esperava muito mais de 15 mil votos, mas vou continuar lutando. Quanto ao meu futuro político, só Deus sabe”.
Já Mansour relatou que teve uma campanha trabalhosa. “Todo mundo que entra numa disputa é pra ganhar. Foi uma campanha difícil, dentro dos nossos recursos e com pessoal limitado, mesmo porque continuei trabalhando como médico. No geral, estou satisfeito com o resultado”, finalizou. (Fonte: Imprensa Livre)

Notícias de Ilhabela Topo

Vulcano Sailing Shop

Manoel Marcos é reeleito com mais de 60% dos votos válidos

Ilhabela - O prefeito Manoel Marcos, da Coligação “Ilhabela com Muito Amor”, ntinuará ocupando o cargo por mais quatro anos. Ele saiu vitorioso da apuração nas eleições conquistando exatos 8.099 votos dos eleitores no arquipélago.
Esse patamar equivale a 63,75% dos votos válidos nas 37 urnas existentes nas seções, que englobam um total de 13.286 eleitores aptos a votar. Isso representa quase o dobro do total de votos válidos dos outros três adversários.
O resultado foi divulgado às 20h20, no ginásio de esportes do Tebar Praia Clube, em São Sebastião.
No final da apuração, Manoel Marcos estava feliz com a vitória nas urnas. Disse que o total de votos comprova o “trabalho de respeito e dignidade à população que foi realizado nos últimos quatro anos. Os eleitores souberam reconhecer.
Agora, a responsabilidade aumentou ainda mais para ver o que está faltando e executar as melhorias para a qualidade de vida do cidadão”, ele disse, durante a festa com os eleitores.
De acordo com o prefeito reeleito, a vitória se concretizou também no Legislativo. “Nossa coligação fez sete vereadores na Câmara, somos maioria. Os vereadores são pessoas que tem amor pela cidade e vamos trabalhar em conjunto”.
Apesar de ter saído vitorioso, com ampla diferença de votos, foi seguido por Nilce Signorini, do PDT, com 3.340 votos, chegando a 26,29%. A petista Cláudia Kerber, terceira colocada, conquistou 706, ou seja, 5,56% dos votos válidos. Já o tucano Antônio Colucci, do PSDB, ficou com 559 votos – 4,40%.
Até às 22h30 de ontem a reportagem procurou estes candidatos, mas estavam com os telefones celulares desligados. Somente a assessoria de imprensa da candidata do PT informou que ela teria viajado para a capital paulista. (Fonte: Imprensa Livre)

Candidatos do arquipélago “madrugam” no dia de votação

Ilhabela - Os candidatos a prefeito e vice levantaram cedo para votar ainda pela manhã e dedicar o resto do domingo a caminhadas pelas ruas do município e visitas às seções eleitorais para acompanhar o andamento do pleito.
A petista Cláudia Kerber começou o dia por volta das 6h da manhã. Votou por volta das 8h30, na seção 68 da escola Eva Esperança Silva, que fica na Barra Velha. Depois percorreu os locais de votação para, entre outras coisas, verificar o trabalho dos fiscais de seu partido.
Ela disse que, independente do resultado nas urnas, a campanha foi válida para a “construção de um projeto político. Entregamos nosso plano de governo para mais de 10 mil pessoas”. Confiante em um bom resultado, horas antes da apuração, disse que as pesquisas divulgadas nas últimas semanas não a assustaram já que “foram feitas sem seguir critérios científicos. Não foram pesquisas e sim enquetes”.
Já Manoel Marcos, do PTB, que concorria à reeleição, saiu de casa às 9h, mas votou às 11h30 também na escola Eva Esperança Silva – na oitava seção. “A população deve saber reconhecer o trabalho realizado até agora e dar a oportunidade para concluirmos as obras realizadas”, afirmou. Aparentemente tranqüilo, disse estar confiante em um resultado positivo.
Colucci e Nilce - O tucano Antonio Colucci, do PSDB, foi outro candidato que acordou cedo, às 6h30. Segundo ele, antes de votar tomou café na casa da sogra junto com os filhos. Por volta de 10h estava na escola estadual Maria Gema para exercer sua missão de eleitor. “Estou confiante. A população pôde avaliar as propostas para decidir”.
Ainda ontem Toninho passou o dia visitando as escolas e seções eleitorais. Também fez a última caminhada pela cidade da campanha 2004.
A candidata Nilce Signorini foi procurada pela reportagem, mas até o fechamento desta edição não tinha sido localizada e não havia retornado aos telefonemas. (Fonte: Imprensa Livre)

Notícias de São Sebastião Topo

Arte em Concreto Celular Nautica Superchic

Com o dobro dos votos, Juan bate Paulo Julião nas urnas de São Sebastião
Candidato do PPS teve 16.396 votos contra 8.139 do atual prefeito. Em 3º lugar, Ernane com 7.092. Apuração durou mais de seis horas

São Sebastião - O médico e advogado Juan Manoel Pons Garcia (PPS), da Coligação Novos Tempos, é o novo prefeito de São Sebastião. Ele foi eleito com o dobro dos votos de seu principal adversário, o tucano Paulo Julião (PSDB), da Coligação São Sebastião Vive Melhor.
Juan teve 16.396 votos (48,4%) contra 8.139 (24%) do atual prefeito. Ainda na noite de ontem, ele comemorou o resultado ao lado de correligionários.
Ernane Primazzi, da Coligação Mãos Limpas (PSC-PV), teve 7.092 votos (20,95%). Já o candidato Gabriel Rosa (PSDC-PCB) conseguiu 1.598 (4,7%). Por último, Luiz Ramos, do PT, com 626 votos (1,8%).
Dos 36.075 votos válidos, o município de São Sebastião registrou 568 brancos, 1.656 nulos e uma abstenção de 6.911 eleitores.
A apuração, no ginásio do Tebar Praia Clube, durou mais de seis horas. Iniciada às 18h, a contagem dos votos só foi encerrada às 0h30.
Um problema ocorrido na urna de Barra do Sahy, na Costa Sul, foi o principal motivo do atraso.
“O contratempo foi provocado por um equívoco do mesário que digitou um título inválido, entrando uma justificativa como voto. Assim, a urna computava 406 votos, mas com 405 comparecimentos”, explicou o juiz eleitoral, Josué Vilela Pimentel, no início da madrugada de hoje, após o encerramento da apuração.
Segundo ele, uma pane na urna eletrônica também fez com que parte dos votos do bairro fosse no sistema manual. O caso foi resolvido após a recontagem feita pela comissão apuradora. “Por um voto, demoramos horas para terminar o trabalho de apuração”, enfatizou.
Apesar da falha, Josué Pimentel ressaltou a tranqüilidade das eleições, tanto em São Sebastião quanto em Ilhabela. “Bem diferente da campanha, que foi um pouco tumultuada”, comparou.
O presidente da Subseção São Sebastião/Ilhabela da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), Luiz Tadeu de Oliveira Prado, diz que espera que tudo o que foi prometido seja cumprido. “A população tem uma grande expectativa sobre o candidato eleito. Resultado das urnas não se discute”.
Mais de 2 mil pessoas acompanharam a apuração no ginásio, que teve um forte esquema de segurança, com policiais civis, militares e federais. Dentro da quadra, muitos fiscais de partido e candidatos a vereador. Dos candidatos a prefeito, apenas Gabriel Alves esteve no Tebar Praia Clube. (Fonte: Imprensa Livre)

Julião espera outro resultado; Ernane acredita na "Justiça Divina"
“Se nada daquilo foi crime, fica difícil saber o que é”

São Sebastião - Os candidatos a prefeito, Paulo Julião (PSDB) e Ernane Primazzi (PSC), comentaram ontem a decisão da Justiça Eleitoral no caso das gravações contra Juan Garcia (PPS), Artur Balut (PFL) e Estevão Ciapina (PFL). “É uma decisão do juiz e tem de ser respeitada, mas cabe recurso.
Tenho convicção de que as provas são transparentes, réus confessos. É um processo que passa por vários níveis”, disse Julião, que espera outro resultado junto ao TRE (Tribunal Regional Eleitoral).
Ernane disse que esperava outro resultado. “Infelizmente, a Justiça se ateve a parte técnica e não ao mérito da questão. Se nada daquilo foi crime, fica difícil saber o que é. Acredito que isso será revisto em outra esfera. Tenho uma boa expectativa para a eleição, pois a Justiça Divina é maior. A justiça será feita nas urnas”, enfatizou.
Já o candidato do PT, Luiz Ramos, lamentou os rumos tomados na campanha. “Deixaram de apresentar propostas para tentarem uma eleição na Justiça”, declarou Ramos. Gabriel Rosa, do PSDC, não foi localizado até o fechamento desta edição. Ele participava de caminhada política por bairros da Costa Sul. (Fonte: Imprensa Livre)
 
Notícias de Ubatuba Topo

Restaurante Solar das Águas Cantantes Giorgio

“Estou muito feliz, vamos mostrar o que é política séria”, diz Eduardo César

Ubatuba - Expressando muita alegria, o prefeito eleito Eduardo César (PL) disse que seu governo vai dar exemplo do que é política séria. Ele concedeu entrevista quando estava praticamente eleito, por volta das 23h, acompanhado por seu vice, Domingos Santos (PT). Ambos são vereadores de Ubatuba.
Quanto à disputa acirrada, voto a voto, entre Eduardo César e Paulo Ramos, o prefeito eleito disse que sabia da difícil eleição, em razão da estrutura grande da campanha de Paulo Ramos, que queria a reeleição.
“Mas a cidade respondeu à administração o fato de o atual governo não ter correspondido às expectativas”, disse Eduardo César. “A sociedade respondeu que confia em nossas propostas coerentes”, vibrou o prefeito eleito.
Eduardo César, 38 anos, que exerce o 3º mandato como parlamentar de Ubatuba, disse que suas primeiras ações como prefeito serão pela Saúde, pelo Turismo e pela recuperação dos bairros. “Peço apoio da imprensa porque vamos fazer um governo transparente”, ele concluiu. (Fonte: Imprensa Livre)

Ação Litoral

Carta do Leitor Topo

Parabéns! - Caro Sr. Eduardo Cesar (Prefeito Eleito de Ubatuba). É com muito orgulho que venho aqui agradecer o seu brilhante trabalho em toda a campanha limpa e honesta que dirigiu na cidade de Ubatuba. Gostaria de parabenizá-lo pela etica, pois em momento algum, você citou nome de outros candidatos que com você concorriam a administração municipal.
Faço votos para que faça uma excelente administração em nossa cidade, nasci nessa cidade como você, e sei o quanto a população de Ubatuba precisa. Conto com você e desejo toda a sorte pra você, sua familia e toda a sua equipe que juntos fizeram um trabalho digno, limpo e honesto que foi reconhecido nas urnas.
Parabéns e muito sucesso.
"Corajoso não é aquele que decide suicidar-se para mostar que tem coragem, mas aquele que opta por viver e enfrentar todos os obstáculos da vida!"

Ozéias Amaro de Oliveira
Acad. de Direito - Unitau

Foto do Dia Topo

Ubatuba

Puxada de rede cinzenta em Ubatuba

Manhã cinzenta
©Emilio Campi


Para instalar a foto como papel de parede (wallpaper)
Clique na foto acima. Após carregar a foto ampliada, clique com o botão direito do mouse sobre a imagem e escolha "Definir como papel de parede" ou "Definir como fundo de tela". Para ajustar a imagem em tela cheia, clique em qualquer lugar da área de trabalho com o botão direito do mouse, escolha "Propriedades" / "Fundo de Tela" ou "Papel de Parede" / "Ampliar".

Arquivos:  Foto Saudade  -  Foto do Dia
 

 Faça seu comentário, crítica, opinião ou sugestão no Litoral Virtual:
Clique Aqui


As notícias, fotos e cartas publicadas neste boletim são de inteira responsabilidade de suas fontes e autores,
não expressando necessariamente a opinião deste informativo. O envio de qualquer material para nosso e-mail
será considerado como autorizado a sua publicação e assumida a total responsabilidade pelo seu conteúdo.
As cartas devem conter nome completo, RG, endereço, telefone de contato e um e-mail válido.
Reservamos o direito de não publicar cartas que não contenham a devida  identificação do autor.

Editor Chefe: Emilio Campi
Editora Assistente: Jullyany Roberta Cruz


GRÁTIS!!
Receba as Últimas Notícias do Litoral em seu e-mail:

Quero receber GRATUITAMENTE o boletim Últimas Notícias do Litoral:

e-mail:
Cidade:



Obs.: Você poderá cancelar o recebimento das notícias a qualquer momento.

Conheça as cidades do Litoral Norte Paulista:

Caraguatatuba Ilhabela São Sebastião Ubatuba

Litoral Virtual
O mais completo site do Litoral Norte Paulista na Internet
Sugestões, críticas e informações, entre em contato:
info@litoralvirtual.com.br

©1995/2001 Emilio Campi - Studio Maranduba - Direitos Reservados
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem a expressa autorização do autor