Litoral Virtual últimas notícias do litoral
Segunda-feira, 25 de outubro de 2004 - Nº 1143 Edições Anteriores

Giorgio Portal da Palmeira Locação

Região
Após onda de crimes, PM faz megablitz no Litoral Norte


Caraguatatuba
Campeonato de Pipas enfeitará céu do litoral
Secretaria promove reunião para definir calendário esportivo
"Fui muito "peitudo porque tinha ânsia de fazer tudo mais rápido", desabafa Antônio Carlos, em sua última prestação de contas

Ilhabela
Ilhabela quer praia exclusiva de cães
Taxistas e empresa de ônibus criticam proposta de transporte alternativo

São Sebastião
Grupo da Febem visita o Cebimar
Suposto descumprimento de prazos pode extinguir processo contra Juan Garcia

Ubatuba
Definidos os semifinalistas do Paulista Profissional de Longboard
Adiados para votação oito projetos de lei em Ubatuba

Seções
Carta do Leitor
Foto do Dia


Notícias da Região Topo

Após onda de crimes, PM faz megablitz no Litoral Norte

Litoral Norte - Após uma série de crimes violentos, a Polícia Militar realizou na última sexta-feira uma megaoperação com 200 homens nas quatro cidades do Litoral Norte. A ação foi determinada pelo secretário da Segurança Pública do Estado, Saulo de Castro Abreu Filho.
A operação teve como finalidade influir positivamente na sensação de segurança dos moradores e frequentadores da região e também preparar o efetivo para a temporada de verão.
O Litoral Norte, especialmente Caraguatatuba, a maior cidade da região, tem registrado número elevado de roubos. Na primeira quinzena deste mês, foram contabilizados 35 roubos no município. Em um sequestro ocorrido no dia 10, morreu uma menina de 5 anos.
O aumento da violência deixou a população insegura. Preocupados com o risco de queda no movimento, representantes de comércio e hotelaria cobraram providências.
Na operação de ontem, realizada das 14h às 22h, a PM mobilizou 200 policiais militares, inclusive do setor administrativo, de vários batalhões.
Foram feitos 13 bloqueios em locais de grande movimentação de veículos e foi intensificado o policiamento em 18 bairros da região, onde os índices de criminalidade aumentaram.
Prisões - Até as 19h30, a megaoperação tinha contabilizado duas prisões por tráfico de drogas e uma prisão de condenado procurado. Em Caraguá, às 16h, em um bloqueio efetuado próximo à ponte do rio Juqueriquerê, no bairro do Porto Novo, a PM prendeu uma pessoa portando 73 gramas de maconha, 33 gramas de crack e um revólver calibre 32.
Segundo o comandante da PM na região, major Milton Pouza Junior, a ação teve como objetivo garantir maior tranquilidade aos moradores do Litoral Norte. Ele afirmou ainda que o índice de criminalidade em Caraguá não aumentou nos últimos meses.
A PM não informou quantas viaturas foram utilizadas na operação e nem de onde vieram os policiais que participaram. O CPI (Comando de Policiamento do Interior) irá reforçar o policiamento na região dos dois próximos feriados. (Fonte: ValeParaibano)
 
Notícias de Caraguatatuba Topo

O Guaruçá Anuncie Aqui

Campeonato de Pipas enfeitará céu do litoral

Caraguatatuba - A cidade vai ser sede no dia 14 de novembro do Campeonato de Pipas e Papagaios. O evento acontece na Praça de Eventos, na Praia do Centro, com premiação para os melhores em Tamanho, Criatividade, Beleza e Engenhosidade, em suas respectivas categorias. O tema é livre. Para participar do campeonato, os interessados devem entrar em contato com a equipe de Sílvio Voce ou pelo site www.pipas.com.br.
Outro evento com destaque para as pipas, mas com objetivos educativos, é o Revoada Educativa, que aconteceria em outubro e foi adiada devido ao mau tempo. O evento irá oferecer, no mesmo dia e local, oficinas, distribuição de mais de 2.000 pipas, carreteis de linha, rabiolas e gibis educativos.
O projeto “Revoada Educativa - Pipas com Segurança” é realizado pela empresa Bandeirante Energia, Coats Corrente e Secretaria de Turismo. O objetivo é unir o lazer e a educação para ensinar as crianças como soltar pipas e papagaios com segurança.
A empresa quer conscientizar sobre os riscos de acidentes como choques elétricos e cortes pelo uso de cerol nas linhas.
Vários monitores vão ensinar técnicas de empinar e construir uma pipa, aviões e planadores de papel. O material para confecção será distribuído gratuitamente. (Fonte: Imprensa Livre)

Secretaria promove reunião para definir calendário esportivo

Caraguatatuba - Depois de receber os Jogos Regionais, com um investimento de R$ 2 milhões, Caraguá já se prepara para definir o calendário esportivo do ano que vem.
Representantes de entidades esportivas deverão se reunir com o secretário de esportes, Nivaldo Alves, para tratar do planejamento anual das modalidades esportivas de 2005, nesta segunda-feira, às 19h. O evento será realizado na Secretaria de Esportes e Recreação.
O objetivo do encontro é programar o calendário anual dos eventos esportivos para que não ocorra duplicidade de competições. “Outro tema importante que será discutido é a viabilidade de trazer mais eventos esportivos para a cidade visando beneficiar o turismo local, uma vez que a cidade oferece estrutura adequada para diversas modalidades esportivas”, disse o secretário de Esportes, Nivaldo Alves.
De acordo com o secretário, o encontro é aberto aos representantes de entidades esportivas, onde irão discutir assuntos do interesse de todos.

Serviço:

Reunião:
Dia: 25 de outubro
Horário: 19h
Local: Ginásio de Esportes Municipal Ubaldo Gonçalves, que fica na Av. José Herculano, 50, Jardim Britânia. (Fonte: Imprensa Livre)

"Fui muito "peitudo" porque tinha ânsia de fazer tudo mais rápido", desabafa Antônio Carlos, em sua última prestação de contas

Caraguatatuba - Aparentando cansaço, o prefeito Antônio Carlos da Silva (PSDB) compareceu à Câmara de Caraguatatuba na noite de terçafeira, 19, para a última prestação de contas.
"Não inchamos a máquina, tanto que temos somente 43% da folha comprometida com o pagamento dos servidores. Nunca persegui
ninguém, mesmo aqueles que tive vontade, Deus me iluminou para não proceder (assim). Termino o mandato com o coração cheio de perdão, mas até o dia 31 de dezembro tem muito trabalho".
Antônio Carlos falou sobre o crescimento da cidade durante os últimos oito anos.
"Assumimos uma cidade com déficit orçamentário de 75%, mas fomos
atrás dos royalties, do dinheiro da Serra (do Mar) e melhoramos. De 34 mil eleitores, a cidade passou a ter quase 59 mil e este pessoal vai ao posto de saúde, os filhos estudam...", disse.
"Enfrentar tudo o que ainda enfrento não é fácil. Dizem que, como empresário, sou dono da cidade inteira. Hoje, tenho menos negócios em Caraguá do que quando assumi como prefeito", afirmou.
Esta 16ª prestação de contas teve característica diferente das anteriores, pois os vereadores somente elogiaram, e muito, o trabalho do prefeito.
"Hoje, tivemos uma prestação diferente, porque não há expectativa do que irei fazer. Gostaria de lamentar pelas pessoas cujas expectativas
não atingi e agradeço as parcerias. E a esta Casa que aprovou os projetos do Executivo. Minha maior obra foi transformar as verbas em prestação de serviço".
Os desabafos continuaram - "Nunca vi um prefeito pedir para os vereadores aprovarem uma CPI que, diga-se de passagem, não deu em nada, mas eu sabia da minha integridade. Depois, toda a imprensa veio para cima, no depoimento à Polícia Federal, tenho certidão que comprova minha honestidade.
Amadureci neste processo democrático. Fui muito "peitudo" porque tinha ânsia de fazer tudo mais rápido", enfatizou.
Dos 17 vereadores que compareceram à prestação, somente Leonor Diniz (PP) questionou Antônio Carlos sobre a obra do teatro que não terminou e sobre o novo aparelho de ultra-som.
O prefeito respondeu que houve mudança de cronograma na obra do teatro, mas que o projeto foi readequado e, se não houver mais imprevistos, será entregue ainda este ano.
A maior exaltação ao prefeito foi feito por Celso Pereira (PSDB).
"Às vezes, levo a fama de "puxa-saco" por elogiar Antônio Carlos, mas ele transformou Caraguá na cidade mais bonita do Brasil". (Fonte: Correio do Litoral)

Notícias de Ilhabela Topo

Vulcano Sailing Shop

Ilhabela quer praia exclusiva de cães
Proposta defendida por ONG busca a diminuição de riscos de doenças transmitidas pelas fezes dos animais

Ilhabela - A cidade de Ilhabela pode vir a ser a primeira cidade brasileira a ter uma praia exclusiva para cães. A proposta vem sendo defendida pela ONG (organização não governamental) Ilhabela.Org, entidade ambientalista dedicada à preservação e desenvolvimento sustentável da ilha.
Ilhabela, assim como as demais cidades da região, não consegue coibir a presença de animais nas praias. Segundo levantamento feito pela ONG, existem cerca de 6.000 cães na ilha. Apesar das leis municipais e das multas previstas, a falta de fiscalização impede que as prefeituras impeçam a presença dos cães nas praias mais frequentadas (leia texto abaixo).
A proposta colocada em discussão na ilha é a demarcação de uma praia específica para que moradores e turistas possam levar seus cães até o mar. A área sugerida é a que vai do centro náutico até a balsa, onde há uma extensa faixa de areia pouco atrativa para os banhistas.
Para Ricardo Anderáos, da Ilhabela.Org, trata-se de uma proposta que deve ser debatida com a comunidade da ilha. "É uma ótima alternativa para que as pessoas possam levar seus cães para a praia, sem levar riscos aos demais frequentadores", comentou.
Segundo ele, com a criação da praia exclusiva para cachorro, também chamada de "parque canino", os donos de animais deixariam de levar seus cães para as praias mais frequentadas pelos banhistas, evitando os riscos de doenças transmitidas pelas fezes dos animais.
A veranista Natália Bakuer, dona de dois cães de raça, disse frequenta com seus animais praias desertas para evitar incomodos aos banhistas. "Meus cães são vacinados e bem tratados, além disso, recolho as fezes em um saquinho para evitar a poluição da areia", comentou.
A criação da praia para cães foi considerada polêmica pelo prefeito em exercício da ilha, José Donizete da Silva (sem partido) e pelo presidente da Câmara, Jediel Vieira (PV). "Temos que analisar a proposta muito bem", comentou Santos. Vieira propõe uma audiência pública para discutir o assunto. (Fonte: ValeParaibano)

Taxistas e empresa de ônibus criticam proposta de transporte alternativo

Ilhabela - O projeto de lei para a criação de transporte alternativo em Ilhabela,
de autoria do vereador José Garcia de Souza (PSB) e que tramita na Câmara, não foi bemaceito entre os taxistas da cidade.
Segundo eles, trata-se de um iniciativa política para fazer média com a população.
"Ele quer mostrar serviço, já que não foi reeleito, só que o projeto nasceu morto e cheio de defeitos", afirma um taxista que não quis se identificar.
Outros colegas, que também preferiram não revelar seus nomes por "medo de perseguição" dizem que Ilhabela não comporta o serviço e que nas cidades onde existe o transporte alternativo, divergências e confusões são freqüentes.
"Hoje, isso se tornou uma máfia, eles põem até fogo em ônibus".
Já o assessor jurídico da Auto Viação Ilhabela, Fernando Siqueira, informou que o projeto, tecnicamente, termina na origem.
Com base na Constituição Brasileira e na Lei Orgânica do Município, o advogado afirma que a competência do projeto deve ser iniciativa do Poder Executivo.
Em relação às constantes reclamações sobre os serviços prestados por sua empresa, Siqueira diz que existem projetos de ampliação de horários de ônibus, nas vias norte e sul e em bairros como Carijós, assim como ampliação de linhas, como para o Morro do Cemitério.
"Tudo depende do entendimento com a prefeitura. A empresa está cumprindo com o contrato, mas a cidade cresceu e o contrato precisa ser adaptado às novas demandas, além de outras mudanças na estrutura viária, como calçamento, para criar o acesso dos ônibus em alguns bairros".
Já o autor do projeto, vereador José Garcia, acredita que o transporte alternativo não deve atrapalhar os taxistas, uma vez que os usuários, em sua maioria, não costumam usar o meio de transporte.
Segundo ele, o parecer jurídico da Câmara também é contrário, mas ele persistirá até o fim.
"A população vive reivindicando melhorias no transporte".
O projeto deve ser submetido a uma audiência pública na próxima quarta-feira, 27, às 19h, na Câmara.
A audiência foi solicitada, através de requerimento, pelo vereador Rogério Ribeiro de Sá (PT), o Catolé. (Fonte: Correio do Litoral)

Notícias de São Sebastião Topo

anuncie aqui Superchic

Grupo da Febem visita o Cebimar

São Sebastião - Um grupo de 17 adolescentes de São Paulo, participante de um programa de liberdade assistida da Febem, visitará hoje o Cebimar (Centro de Biologia Marinha) da USP em São Sebastião. Os adolescentes vão visitar a praia do centro, acompanhados de monitores, para conhecerem a fauna e a flora marinha. Eles também vão participar de uma trilha subaquática, acompanhados por dois biólogos do Cebimar. O programa "Um Dia na Praia", terá cinco horas de duração. Os adolescentes também vão conhecer detalhes da Mata Atlântica. (Fonte: ValeParaibano)

Suposto descumprimento de prazos pode extinguir processo contra Juan Garcia

São Sebastião - A coligação "Novos Tempos", que apóia o prefeito eleito de São Sebastião, Juan Manoel Pons Garcia (PPS), através dos advogados
Paulo Delgado e Alberto Carlini, entrou na tarde da última quinta-feira, 21, com recurso denominado contra-razões, referente ao recurso apresentado pelo advogado Luís Antônio Nascimento Curi, da coligação "São Sebastião Vive Melhor", que apóia o atual prefeito de São Sebastião, Paulo Julião (PSDB), no caso das fitas - Curi apresentou o recurso de embargos de declaração, pois no seu entendimento, discorda em trechos da sentença proferida pelo juiz eleitoral da cidade, Josué Vilela Pimentel, que indeferiu o pedido de cassação contra o candidato Juan Pons Garcia, o seu vice Paulo Henrique Santana (PHS), além dos candidatos ao Legislativo e que disputaram as eleições, Estevão Flávio Ciapina e Artur Ramirez Balut, ambos do PFL, acusados de cometer suposto crime eleitoral de captação de recursos ilícitos e votos.
Nas contra-razões, os advogados da coligação "Novos Tempos", alegam intempestividade do recurso (fora do prazo), apresentado pela coligação de Julião.
"A sentença do juiz eleitoral foi proferida em 1º de outubro e dado ciência ao advogado de Paulo Julião, às 10h27. Pela legislação, a partir desta data, Luís Antônio Curi teria prazo de três dias para oferecer recurso, ou seja, até o dia 4 de outubro. O recurso escolhido por ele (Curi) foi o embargo declaratório (combate supostas falhas da sentença) e foi entregue, via fax, à Justiça Eleitoral, em 2 de outubro", esclarecem os advogados.
Segundo eles, a lei estabelece cinco dias para que a parte que apresenta recurso por fax envie o original do recurso. "Portanto, o prazo venceu em 7 de outubro. Por sinal, até hoje, o documento original não foi entregue".
Após a decisão, o advogado de Paulo Julião impetrou outro recurso, dessa vez intitulado inominado (cabível contra sentença de acolhimento, rejeição do pedido ou extinção do processo). "Ora, se o embargo declaratório não teve validade, qualquer outro recurso deveria ter seu prazo expirado em três dias, a valer pela sentença proferida pelo juiz em 1º de outubro, ou seja, em 4 de outubro".
De acordo com Alberto Carlini e Paulo Lima Delgado, o recurso inominado foi protocolado em 9 de outubro.
"Resultado, há intempestividade de oferta do recurso e portanto, o processo deve ser extinto".
Questionado pela reportagem quanto ao procedimento adotado a partir da apresentação das contra-razões, os advogados disseram que, recebida a documentação, o juiz encaminha para o promotor eleitoral, no caso, Fernando César Bourgogne, para manifestação. O processo volta para o juiz, que então, emite sua sentença.
Os advogados atentam para o fato de o juiz Josué Vilela Pimentel, pela natureza da ação (investigação judicial), ter a competência como juiz-corregedor para trancar o processo ou remeter ao Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo.
"Se decidir pelo primeiro caso, o processo passa a ser extinto. No segundo caso, ele (juiz) remete informações ao TRE-SP, que decide a questão. O Tribunal recebe e agenda para a primeira reunião ordinária, o julgamento, realizado por relator sorteado pelo órgão".
Eles acreditam em parecer favorável em relação às contra-razões e, com isso, o processo nem seria remetido para a capital.
O promotor eleitoral de São Sebastião, Fernando César Bourgogne, disse ter recebido o recurso na tarde desta sexta-feira, 22, e deve analisar a documentação no final de semana. Bourgogne deve emitir um parecer sobre o recurso na próxima segunda-feira, 25.
Teor das denúncias - Nas contra-razões, os advogados comentam ainda a pressão da parte denunciante em querer demonstrar o impossível.
"Não houve corrupção eleitoral, pois nada se provou, a não ser reuniões entre pessoas, não havendo troca de promessas, pagamentos ou recebimentos, quer em espécie, ou não. E essas reuniões sempre se deram a convite do empresário e seu auxiliar, cujas conversações demonstraram com nítida verdade, a insistência para atrair promessas em troca de auxílio em futura campanha eleitoral, e isto sim, verdadeira prática de extorsão e formação de quadrilha contra políticos.
A grande verdade é que, de antemão, o denunciante sabia que ia perder as eleições e tentaram buscar no tapetão a segurança para a empresa. Tanto é verdade, que o primeiro recorrido, Juan Manoel Pons Garcia, candidato eleito a prefeito, obteve como resultado o expressivo percentual de 48,44% (16.396 votos), enquanto o candidato denunciante contentou-se em ter 24,04% (8.139 votos)".
Explicações - O advogado da coligação "São Sebastião Vive Melhor", Luís Antônio do Nascimento Curi, disse não ter informação sobre a alegação de descumprimento de prazo.
"O embargo declaratório não foi acolhido. Esse é um assunto que não deve ser debatido na mídia, pois são trâmites do processo".
Em relação ao recurso inominado, ele explicou que só terá uma definição mais concreta na próxima semana, quando então o recurso sobe para São Paulo.
Crime comum - Paralelamente à briga na esfera eleitoral, o juiz Josué Vilela Pimentel
solicitou uma investigação na esfera policial, uma vez que a coligação de Paulo Julião denunciou um suposto crime de extorsão, formação de quadrilha e abuso de poder econômico no caso das fitas.
Segundo o delegado seccional do Litoral Norte, João Barbosa Filho, o inquérito foi aberto, mas só começa a fase de oitivas após a conclusão de um laudo requisitado pela Polícia Civil da cidade, para avaliação técnica da veracidade das fitas.
O órgão responsável por essa avaliação é o IC (Instituto de Criminalística).
O inquérito tem prazo de conclusão de 30 dias, mas em função da complexidade do caso, pode durar até 90 dias, ou seja, depois da posse do prefeito eleito. (Fonte: Correio do Litoral)

Notícias de Ubatuba Topo

Restaurante Solar das Águas Cantantes anuncie aqui

Definidos os semifinalistas do Paulista Profissional de Longboard

Ubatuba - As semifinais do Paulista Profissional de Longboard já estão definidas. A competição começou nesta sexta-feira, na Praia de Itamambuca
O novo campeão estadual será definido domingo. Junto serão realizadas as finais do 8º Uluwatu ZN de Surf, o maior e mais tradicional evento exclusivo para surfistas da capital paulistana, que começa neste sábado de manhã, com a participação de 100 competidores, todos moradores na Zona Norte da cidade.
No longboard o nível técnico foi muito forte, como já era esperado, mesmo com as condição do mar não estando boas, com ondas de 1 metro, de leste, correnteza e sem formação.
Dos oito semifinalistas, cinco fazem parte do seleto grupo dos tops 20 do Mundial deste ano, realizado na França. “Para nós é muito bom ter sempre vários tops, porque quando competimos lá fora não perdemos o ritmo. Chegamos sempre preparados”, afirmou Danilo Rodrigo Mulinha, de 19 anos, uma das revelações da categoria e 12º no Mundial.
O grande destaque do dia foi Jaime Viúdes, que garantiu a maior nota da categoria, um 8,25 pontos, e tem duas das três melhores somatórias. “A Ferrari está muito boa”, brincou Jaime, referindo-se à sua prancha. Ele vem de duas vitórias seguidas, uma no Brasileiro Profissional, em Pernambuco, e outra no Paulista Amador, em Praia Grande.
“Peguei a prancha antes do Brasileiro Profissional e já ganhei dois campeonatos seguidos. Espero que essa fase continue. Hoje (sexta-feira) já comecei bem”, afirmou o surfista de 22 anos, que está usando uma prancha Storm Rider, feita pelo shaper Neco Carbone.
Além de Jaime, que é de Itanhaém e mora em Guarujá, garantiram vaga na semi os tops do Mundial, Diego Rosa, de Bertioga, Amaro Matos, Paulo Kid e Danilo Rodrigo, todos guarujaenses. Na 1ª bateria estarão competindo Jaime, Diego, atual 5º melhor do Mundo, Amaro, 9º colocado no Mundial, e Adriano Alemão, vice-campeão brasileiro profissional ano passado e uma das revelações da categoria.
Na outra, Paulo Kid, atual campeão nacional profissional, o também guarujaense Danilo Rodrigo, uma das maiores revelações da categoria, e dois novos talentos, Kleber Silvano, de Itanhaém, e Leandro Alexandre, de São Vicente.
Também na sexta-feira foram realizadas as eliminatórias da categoria open local, exclusiva para os atletas de Ubatuba, do 8º Uluwatu ZN de Surf 2004. A final também será realizada no domingo e vai reunir um dos maiores nomes de todos os tempos de Ubatuba, o bicampeão brasileiro profissional Ricardo Toledo, Eduardo Silva, Alex Cunha e Wellington Carrane (irmão mais velho da vice-campeã brasileira do Super Surf Suelen Naraisa).
Surfistas paulistanos estréiam hoje - Neste sábado, será a vez dos surfistas das categorias paulistanas. Estarão em disputa três categorias: a open, a longboard e a mais de 30 anos. As disputas começam às 8h, com duas fases seguidas da open. Dois surfistas dividem o favoritismo, Bruno Koch, que busca o tricampeonato (venceu ano passado e em 2000) e Denis Rodrigo, vencedor em 2002 e vice na edição de 2003. Bruno é um dos mais animados e quer se despedir da carreira amadora com uma vitória. Já nos pranchões destaque para Alexandre Ramires, que também tenta o tri.
No domingo, a competição começa às 9h. As finais serão realizadas a partir das 11h20, com a categoria open local. Os atletas da master disputam a final às 11h40. Logo depois, ao meio-dia, é a vez da longboard dos surfistas da ZN. Na seqüência, às 12h20, será realizada a decisão do título paulista profissional dos pranchões e, fechando o evento, a open ZN, às 12h50. (Fonte: Imprensa Livre)

Começou o Campeonato Municipal de futmesa de Ubatuba

Ubatuba - Foi dada a largada para a disputa do mais antigo evento promovido pela AUFM (Associação Ubatubense de Futebol de Mesa), o Campeonato Municipal de Ubatuba, o mais tradicional torneio de futmesa de todo o Litoral Norte de São Paulo, disputado desde 1997.
O atual campeão, André Rafael, começou bem a defesa do título conquistado em 2003 e é um dos líderes do Grupo "A", ao lado de Alexandre Augusto e Ednelson Prado (apontado como o maior rival de André na 1ª Fase). A grande surpresa do grupo até o momento é Sérgio Godoy na 5ª colocação. Pelo Grupo "B", Adauto Júlio lidera isolado, justificando o favoritismo, 3 pontos à frente de Ralph Solera e Edu Macedo Jr. A surpresa do grupo até o momento é Denauser Queiróz, que está na zona de classificação (4ª posição).
O Campeonato Municipal continua Sábado que vem, na escola Capitão Deolindo, das 15:30 às 18:00h, com a disputa de mais 3 rodadas. A entrada é franca para o público e a AUFM disponibiliza duas mesas para os visitantes que quiserem testar suas habilidades com as palhetas. (Fonte: AUFM)

Adiados para votação oito projetos de lei em Ubatuba

Ubatuba - Em Ubatuba, a sessão da última terça-feira, 19, foi marcada pelo adiamento da maioria dos projetos de lei que estavam em pauta para votação.
Eram dez projetos e oito foram retirados, entre eles, o que autoriza a concessão de alvará de funcionamento a estabelecimentos comerciais, mediante a apresentação do protocolo do pedido de vistoria da Vigilância Sanitária e do Corpo de Bombeiros.
Outro projeto polêmico que também teve adiada sua votação refere-se à obrigação de caderneta de obras nas construções. Os dois são iniciativas do Executivo.
Já a proposta que autoriza o Executivo a conceder cesta básica aos voluntários de Defesa Civil, de autoria do vereador Charles Medeiros (PSDB), também foi adiada.
O vereador João Mazieiro (PP) pediu vistas no projeto que autoriza o Executivo a conceder 30 licenças para venda de artesanato, na praça Alberto dos Santos, no bairro do Itaguá.
Um projeto foi retirado de pauta, por ausência do autor. O único aprovado e por unanimidade garante aos portadores de deficiência auditiva o direito de acompanhar, através da língua brasileira de sinais, as sessões da Câmara local e cerimônias públicas realizadas na cidade. A proposta é do vereador Ricardo Cortes (PFL). (Fonte: Correio do Litoral)

Ação Litoral
 
Artigo Topo

Diário de Bordo
Irineu Nalin

(as aventuras do primeiro velejador brasileiro a dar a volta ao mundo em solitário, sem escalas, pelo oceano Austral - Mello, André Magalhães Homem de, São Paulo: Clio Editora, 2004 - 240 pg. - R$46,00)

"...Ouvi um barulho enorme no casco. O barco literalmente tremeu todo, quase parando. Pronto, tudo acabado, pensei..."

Irineu Nalin

Essa aventura eu já conhecia. O André, fiquei conhecendo-o em Ilhabela, alguns meses após essa empolgante façanha. Mas, uma coisa me intrigava. Não era um velejador tão conhecido e, apesar de seu feito ter sido uma grata surpresa, restava-me ainda muita indagação: como chegou a essa realização? Com essa publicação tudo ficou esclarecido.
Encontro-o na recente São Paulo Boat Show, no standard da Moana, autografando seu livro, animado com os novos projetos de aventuras náuticas: "está ocorrendo no Brasil aquilo que já ocorreu, décadas atrás na França, o pessoal está se motivando a sair para fora".
Não é para menos, após mais de vinte anos, da iniciativa de Belov, que com seu Três Marias, construído por ele, já deu três voltas ao mundo, que novas iniciativas surgissem. Apesar dessa evolução, das medalhas olímpicas, ainda é muito pouco, considerando-se a extensa costa que temos.
Com uma narração explicita o autor conta detalhes de sua preparação: etapas gradativas de aperfeiçoamento, vocação despertada aos 11 anos de idade. Muito embora, não tenha seguido os degraus tradicionais básicos de formação no iatismo, também não se aventurou por aí, sem antes se sentir seguro e preparado.
Nisso é rico em detalhes que servem de bons exemplos, tanto aos iniciantes como aos marujos mais experientes, começando pelo critério da escolha do barco: um Island Packet 35 "DEJAVU" (Déjà-vu). Da preparação necessária a um navegador solitário que vai além das habilidades de saber velejar, sendo imprescindível conhecimentos de manutenção e de outras habilidades para sobreviver no barco ou até dos novos valores que incorpora em sua vida, cortando o cordão que o prende em terra.
Os leitores adeptos dessas aventuras certamente viajarão com ele na realização de seu sonho, que pode-se questionar: talvez, iniciado pela impulsão de uma fuga? Por outro lado, como já mostrava em suas andanças, o velejador boa praça Hélio Setti Jr. (1954-1992), parece que o melhor mesmo está em terra. Logicamente, após cumprida a navegação, as vezes monótona outras estressante, porém necessária para que a aventura se concretize. Não como erroneamente é utilizada, através da expressão "navegar é preciso", que atribuída ao poeta Fernando Pessoa, teria sido citado antes por Pompeu, com o sentido de exato, correto.
A realização de façanhas como essa por brasileiros, deve ser considerada pelo leitor menos informado do que ocorre no mundo náutico, como um mérito duplo: além do feito em si, o esforço e vontade na realização do sonho embutido no projeto. Uma contribuição positiva para ser utilizada como exemplo na formação de nossa juventude. Exemplares de livros como esse deveriam fazer parte das bibliotecas escolares.
Porém, apesar do patriotismo que todos devemos ter, deve-se atentar que no mundo náutico, muita coisa mais expressiva está ocorrendo com mais freqüência, em vista das condições econômicas, materiais, incentivo e apoio disponíveis nos países mais desenvolvidos.
Entretanto, isso não é condição indispensável quando se quer mesmo navegar. Estando em Ilhabela há alguns anos, fico sabendo pelo "Guti" da chegada do exterior de um mini veleiro. Vejo ali em uma poita no Saco da Capela aquele minúsculo veleiro que mais parecia um barco de brinquedo, contrastando com os demais.
Não resisti e fomos no bote do "Zé Lua" até lá. Ao nos aproximarmos vejo um senhor de cabelos brancos e arrepiados. Apertei suas mãos e dei-lhe congratulações. O Sr. Eugeniy Gvozdeu em seu "SAID" de 3,60 x 1,40, foi cordial e disse ser Ucraniano e que tinha atravessado os mares Cáspio, Negro, Mediterrâneo e no Atlântico, fez uma perna direto das Canárias ao Rio de Janeiro e que de Ilhabela iria para o sul passando por Santos até chegar ao Uruguai e Argentina, como misturava russo, inglês, espanhol foi o que consegui entender. O Gerente do Pindá, informou-me que ele aceitou o apoio do clube mas, recusava o convite de fazer refeições em terra.
Era um barco de construção rústica mas com aparência bastante forte, seu mastro era menor que de um Laser e não contava com recursos eletrônicos e sequer luzes de navegação, etc. Isso mostra que sofisticação ou um ou dois pés a mais ou menos não pode servir de desculpa para quem quer mesmo ir em busca de seus sonhos.
Somente muito tempo depois vejo reportagem na Revista Náutica (nº 141), estava a caminho do Cabo Horn, já tinha antes dado volta ao mundo entre 1992/96 no veleiro Lena de apenas 5,5 metros, era engenheiro mecânico aposentado e recebia apenas US$17 por mês, tendo construído o barco na varanda de sua casa com reaproveitamento de materiais, tinha levado 90 dias das Canárias até o Rio de Janeiro e chegado com sinais de desidratação. Isso tudo leva-me a concluir que o mesmo com poucos recursos seguia seu sonho que tudo indica era obter recordes. Como o André, este é outro exemplo de determinação e muita coragem.
Os navegadores solitários são pessoas especiais, capazes de enfrentarem a imensidão do mar, a adversidade da natureza e suportarem a solidão. O que justifica o interesse que competições internacionais de volta ao mundo em solitário estão despertando. Estas, ao contrário de aventuras isoladas, exigem equipamentos sofisticados para serem competitivos. Participar, envolve um projeto custoso mas, com alto retorno ao patrocinador. Esperamos poder ver o André, representando o Brasil na próxima "5 Oceans 2006/07 - The ultimate solo challenge".

Ir.23/10/04
Consulte Aqui Artigos Anteriores

Carta do Leitor Topo

Super Domingo - ...após dias e dias desgastantes e cansativos, exaustos, esperamos por um merecido descanso. Esperamos por um daqueles dias em que a madrugada de lua alta, apresenta um show de estrelas, a espera dos primeiros raios do sol. Quando eles aparecem, é olhar o mar e aceitar o convite das ondas do Baguari, com reverências à esquerda e à direita. Perfeitas!

Ronaldo Dias
Ubatuba, SP


Projeto Jardins das Artes na Praça do Caiçara - Sou assídua leitora do jornal mas, a notícia Projeto Jardim das Artes na Praça do Caiçara saiu como notícia de Ubatuba e na verdade será em Caraguatatuba. No nosso município está sendo estudada uma forma de melhor aproveitamento da Praça Capricórnio, aí sim com Feira de Artesato, exposição de Artes Plásticas e outras. Gostaria que fosse providenciada a correção para que não cause transtornos as pessoas interessadas.
Grata.

Maria Fernanda Martins
Ubatuba, SP

Foto do Dia Topo

Inauguramos o novo espaço da Foto do Dia com colaborações de leitores que tenham uma imagem que mereça ser divulgada. Enviar as fotos com crédito do autor e legenda, no tamanho mínimo de 1024 x 768 pixels com resolução de 72dpi para fotododia@litoralvirtual.com.br
O envio de foto caracteriza autorizada a sua publicação e identifica o remetente como autor.

Ilhabela-SP

Ilhabela Adriano Perna


Canoa em Ilhabela
©Adriano Perna


Para instalar a foto como papel de parede (wallpaper)
Clique na foto acima. Após carregar a foto ampliada, clique com o botão direito do mouse sobre a imagem e escolha "Definir como papel de parede" ou "Definir como fundo de tela". Para ajustar a imagem em tela cheia, clique em qualquer lugar da área de trabalho com o botão direito do mouse, escolha "Propriedades" / "Fundo de Tela" ou "Papel de Parede" / "Ampliar".

Arquivos:  Foto Saudade  -  Foto do Dia
 

 Faça seu comentário, crítica, opinião ou sugestão no Litoral Virtual:
Clique Aqui


As notícias, fotos e cartas publicadas neste boletim são de inteira responsabilidade de suas fontes e autores,
não expressando necessariamente a opinião deste informativo. O envio de qualquer material para nosso e-mail
será considerado como autorizado a sua publicação e assumida a total responsabilidade pelo seu conteúdo.
As cartas devem conter nome completo, RG, endereço, telefone de contato e um e-mail válido.
Reservamos o direito de não publicar cartas que não contenham a devida  identificação do autor.

Editor Chefe: Emilio Campi
Editora Assistente: Jullyany Roberta Cruz


GRÁTIS!!
Receba as Últimas Notícias do Litoral em seu e-mail:

Quero receber GRATUITAMENTE o boletim Últimas Notícias do Litoral:

e-mail:
Cidade:



Obs.: Você poderá cancelar o recebimento das notícias a qualquer momento.

Conheça as cidades do Litoral Norte Paulista:

Caraguatatuba Ilhabela São Sebastião Ubatuba

Litoral Virtual
O mais completo site do Litoral Norte Paulista na Internet
Sugestões, críticas e informações, entre em contato:
info@litoralvirtual.com.br

©1995/2001 Emilio Campi - Studio Maranduba - Direitos Reservados
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem a expressa autorização do autor