Litoral Virtual últimas notícias do litoral
Quarta-feira, 27 de outubro de 2004 - Nº 1145 Edições Anteriores

Giorgio Portal da Palmeira Locação

Região
Delegado não acredita que tráfico de drogas do Rio de Janeiro se estruture na região
Bombeiros estudam novos postos no litoral
Prefeitos boicotam transição de governo no Litoral Norte
Políticos esperam decisão da Jusiça
Frente Fria deixa a região hoje pelo oceano em direção a Bahia


Caraguatatuba
Feira do Saber é visitada por 3 mil pessoas
Escola de Pais Cidadãos finaliza turma no CEI Rio do Ouro
IV Tarde da Cidadania acontece no CEI Rio do Ouro nesta quarta-feira 27
Prefeitura inaugura mais de 20 obras até dezembro
Projeto 'Da Cidade para a Escola' é lançado na Câmara
Arcebispo de Aparecida Participa de Evento
Bikers de Caraguá dominaram a 2ª Copa Caiçara
Ciclistas de Caraguá se destacam em competições
Pilotos de Caraguá se destacam no Paulista Regional de Kart
Semana Pedagógica do Módulo terá participação do vice-cônsul de Cuba
Premiação do FET será hoje à noite na Fundacc

Ilhabela
Temporada de pesca oceânica 2004 nas águas
Pés no Chão apresenta espetáculo
Embratur promove encontro turístico na Ilhabela


São Sebastião
Montadora fará embarque de 4.540 carros, o maior volume já realizado pelo porto
Alckmin deve inaugurar obra no porto
Última etapa do festival de teatro é realizada hoje no Municipal
Sob pressão
Parcelamento de dívida da Prefeitura com o Faps ‘quase’ é votado em regime de urgência
Comunidade de Maresias doa materiais de construção para reforma no Posto de Bombeiros

Ubatuba
Feira das Nações abre comemorações do 367º aniversário de Ubatuba
Atletas do interior faturam a 36ª Prova Pedestre Cidade de Ubatuba
Paulo Kid garante o título paulista de Longboard na Praia de Itamambuca
Prova Pedestre

Seções
Opinião
Artigo
Carta do Leitor
Foto do Dia


Notícias da Região Topo

Delegado não acredita que tráfico de drogas do Rio de Janeiro se estruture na região

Litoral Norte - O delegado Seccional da região, João Barbosa Filho, não acredita que o tráfico de drogas do Rio de Janeiro esteja montando estrutura para venda na região. A informação vai na contramão com a da Polícia Civil carioca de que facções criminosas estariam demarcando território nas principais cidades do litoral paulista.
Conforme o setor no Rio, o PCC estaria montando uma estrutura de venda de drogas a partir de Angra dos Reis até a Costa Sul de São Sebastião. “Tudo pode acontecer. Mas não acredito, até porque se isso acontecesse teríamos briga com os que já estão aqui”, disse Barbosa Filho.
De acordo com o delegado Seccional, o índice de homicídio caiu, o que demonstra que não está tendo mortes por briga de ponto. “Os daqui não iriam deixar os de fora agir. Se eles estivessem aqui teria uma reação”, analisou.
Sobre a possibilidade das cadeias locais abrigarem presos da facção, o delegado disse que pode ter “simpatizantes”. “Muito preso fala que é do PCC só para se vangloriar perante os outros detentos ou para não sofrer represálias”, acrescentou.
Aqui no Litoral Norte, explicou o delegado, existem presos da Baixada Santista (principalmente do Guarujá), que agem na Costa Sul de São Sebastião. Já em Caraguata-tuba, eles são provenientes do Vale do Paraíba e somente em Ubatuba é que tem alguma influência da cidade carioca, mas ainda é pouca para se imaginar que tenha estrutura de facções.
O delegado lembra também que, pensando na possibilidade de Ubatuba prender membros do PCC, estes não ficam mais na região- no caso na cadeia de São Sebastião. Desde que a cadeia ficou parcialmente interditada, eles seguem direto para as unidades prisionais do (Fonte: Imprensa Livre)

Bombeiros estudam novos postos no litoral

Litoral Norte - O Corpo de Bombeiros está viabilizando a implantação de unidades de combate a incêndio em Ubatuba e na costa sul de São Sebastião.
O prefeito eleito de Ubatuba, Eduardo César (PL), esteve ontem em Caraguatatuba, para discutir o assunto.
Ubatuba tem cerca de 80 mil habitantes e não possui unidade de combate a incêndio. O atendimento é feito pelos bombeiros de Caraguá.
Segundo o comandante do Corpo de Bombeiros em Caraguá, tenente José Eduardo Stanelis, a idéia é implantar em Ubatuba um novo modelo proposto pelo Estado, conhecido como Posto 1, uma unidade pequena, formada por 15 homens e duas viaturas, sendo uma de combate a incêndio e outra de resgate.
A implantação do posto seria possível a partir de uma parceria entre o Estado e a prefeitura. Os custos estão avaliados em R$ 300 mil.
Stanelis pretende apresentar o projeto para o prefeito eleito de São Sebastião, Juan Pons Garcia (PPS), na próxima semana. A proposta é instalar uma nova unidade na cidade, em um bairro da costa sul.
O comandante disse que, durante a temporada de verão, é obrigado a transferir para Ubatuba um efetivo e duas viaturas para atender as ocorrências.
"Tínhamos dificuldades para atender Ubatuba durante a temporada devido à distância --55 quilômetros-- e os constantes congestionamentos na Rio-Santos", afirmou. (Fonte: ValeParaibano)

Prefeitos boicotam transição de governo no Litoral Norte
Eduardo César e Pons Garcia cobram acesso às prefeituras de Ubatuba e São Sebastião

Litoral Norte - Os prefeitos eleitos de Ubatuba, Eduardo César (PL), e Juan Manoel Pons Garcia (PPS), de São Sebastião, enfrentam dificuldades para dar a largada no processo de transição de governo e temem eventuais colapsos nos serviços públicos na temporada de verão.
Ambos reclamam que não conseguem obter acesso às informações relativas às prefeituras que assumem em 1º de janeiro de 2005, em pleno pico de movimentação de turistas nas cidades.
Os obstáculos estariam sendo criados pelos atuais prefeitos, Paulo Ramos (PFL) e Paulo Julião (PSDB), derrotados nas urnas.
Os dois ainda aguardam a tramitação de recursos na Justiça Eleitoral para 'abrir as portas' da administração aos eleitos para o cargo (leia texto nesta página).
Nas eleições de 3 de outubro, em Ubatuba, Eduardo César foi eleito com 12.109 votos (30,45% do total de válidos). O pefelista Paulo Ramos contabilizou 11.465 votos (28,83% dos válidos).
Eduardo César afirmou que, diante do que chama de 'omisssão' do atual prefeito, pretende encaminhar após o feriado prolongado de Finados um ofício a Ramos. A idéia é comunicar oficialmente ao chefe do Executivo o interesse do eleito em obter informações da administração.
"Tenho que fazer a transição até o início de dezembro para evitar problemas na temporada de verão", afirmou.
Quando assumiu a prefeitura, em 2001, Paulo Ramos enfrentou dificuldades logo no início do governo, em janeiro. Ele foi obrigado a convocar um 'mutirão' para efetuar a limpeza pública e a coleta de lixo em Ubatuba por causa da falta de equipamentos e profissionais da administração em condições de executar o serviço.
São Sebastião - Em São Sebastião, Juan Pons Garcia se elegeu com 16.396 votos (48,44%). O atual prefeito Paulo Julião, que tentava a reeleição, obteve 8.139 votos (24,04% dos válidos), ficando em segundo lugar na disputa.
"Quem está no governo é que tem que convidar o prefeito eleito para tomar ciência da situação", afirmou Juan Garcia ao ValeParaibano.
Segundo ele, Julião ainda não lhe fez qualquer convite para uma audiência para discutir a transição.
Ele quer ter em mãos até o início de dezembro informações sobre projetos e serviços em andamento, bem como, uma avaliação da situação financeira da prefeitura.
Extra-oficial - Eduardo César e Juan Garcia ocuparão as prefeituras pela primeira vez. Sem acesso direto aos dados oficiais do governo, os dois vem tentando obter informações da administração por meio de conversas com funcionários de diversos departamentos e secretarias.
Ubatuba tem 18 secretarias municipais e 1.800 servidores. O orçamento para 2005 é de R$ 90 milhões.
Em São Sebastião, a prefeitura tem 10 secretarias, cerca de 3.200 servidores e um orçamento de R$ 195 milhões para 2005.
Sem tropeços - Em Caraguá e Ilhabela, a transição de governo deverá seguir caminho oposto ao das vizinhas cidades do Litoral Norte.
O prefeito Manoel Marcos de Jesus Ferreira(PFL) foi releeleito para novo mandato em Ilhabela.
Em Caraguá, José Pereira Aguilar (PSDB), eleito em 3 de outubro, foi indicado candidato pelo atual prefeito Antonio Carlos da Silva (PSDB), de quem foi vice e é aliado político.
Em outras cidades da região onde opositores venceram a eleição, o processo de transição vem sendo tranquilo.
É o caso de Campos do Jordão. Na estância serrana, o atual prefeito Lélio Gomes (PSB) baixou um decreto criando uma equipe de transição e abriu a administração para o eleito, João Paulo Ismael (PMDB), seu adversário político.
Segundo Gomes, as divergências políticas não devem impedir que ocorram problemas de ordem administrativa no início do novo mandato.
Em Taubaté e São José, como candidatos do mesmo partido do atual prefeito (PSDB) venceram o pleito, o processo de mudança de governo também promete ser sereno.
"Vou comunicar oficialmente o prefeito o meu interesse. Tenho que fazer a transição até o início de dezembro para evitar problemas durante a temporada de verão". Do prefeito eleito de Ubatuba, Eduardo César (PL), sobre a transição de governo. (Fonte: ValeParaibano)

Políticos esperam decisão da Jusiça

Litoral Norte - Os prefeitos Paulo Ramos (PFL) e Paulo Julião (PSDB) não foram localizados ontem para comentar o assunto. Julião encontrava-se em reunião em São Paulo e até as 22h não retornou as ligações da reportagem.
A assessoria de Ramos informou que o prefeito também encontrava-se fora de Ubatuba.
O secretário de Governo de São Sebastião, Roberto Leite, disse que o assunto deveria ser tratado diretamente com Julião.
Em São Sebastião, Julião, ainda aguarda parecer da justiça eleitoral de denúncia feita contra Garcia. Ele foi acusado pela coligação que apoia Julião, de tentar obter recursos de maneira irregular para sua campanha eleitoral. O Ministério Público considerou a denúncia improcedente. Falta parecer do juiz eleitoral local.
Em Ubatuba, a coligação que apoiou Pedro Tuzino (PSDB) acusou Eduardo César de supostamente utilizar espaço público durante a campanha eleitoral. O TRE indeferiu o pedido da cassação de César por cinco votos a um. O recurso deve seguir para o TSE. O assessor de Governo, Casemiro Galvão, não foi localizado para comentar as supostas dificuldades na transição. (Fonte: ValeParaibano

Frente Fria deixa a região hoje pelo oceano em direção a Bahia

Litoral Norte - A frente fria que chegou à região Sudeste na segunda-feira, vinda do Sul do país e que atingiu o litoral na manhã de ontem, hoje, ruma ao Espírito Santo pelo oceano atlântico. O Centro de Previsão do Tempo e Estudos Climáticos, de Cachoeira Paulista, a considera fraca, pois mesmo tendo provocado queda na temperatura e chuva, está acompanhada por ventos de velocidade baixa.
“Ao chegar na região provocou alterações no litoral de São Paulo e pode continuar alterando o tempo no litoral do Rio de Janeiro”, diz o meteorologista Gustavo Escobar. “Hoje o céu ainda pode continuar nublado, mas ao longo do dia o sol deve aparecer em alguns momentos, com máxima em torno de 26 graus.
A temperatura sofrerá elevação gradativa a partir de amanhã, quando a máxima deve atingir 28”. Ele também explica que as frentes são as responsáveis pela queda de temperatura nesta estação, por que separam “o ar quente e úmido, comuns nesta época, do ar frio e seco. Quando os dois se encontram, ocorre a queda”.
Ainda de acordo com o meteorologista, outro fator que contribui para baixa temperatura na primavera é que, geralmente, as frentes frias passam a ser acompanhadas por ventos anticiclone. “Estão atrás do sistema e circulam no sentido oposto ao de um ciclone. O que provoca a queda de temperatura”.
El Niño - A meteorologista Anete Freitas, do setor de clima do CPTEC, diz que, com relação ao fenômeno, há previsões de que se configure no início do próximo ano, de acordo com o acompanhamento que o centro brasileiro realiza nos modelos atmosféricos de estações meteorológicas internacionais.
Apesar disso, ela também diz que não é “uma verdade absoluta que possa vir a acontecer. Estamos monitorando desde julho áreas de águas aquecidas nos setores central e oeste do oceano pacífico. Esse aquecimento contínuo dá condições para que o fenômeno possa se configurar.Se acontecer deve ser de fraca intensidade”, diz.
Caso atue no verão 2005, o “garoto” deve reduzir a intensidade de chuvas nas regiões Norte e Nordeste e aumentá-las no Sul do país.A região Sudeste e, por conseqüência, o Litoral Norte devem sofrer, conforme Anete, pouca influência do fenômeno. (Fonte: Imprensa Livre)

Notícias de Caraguatatuba Topo

O Guaruçá Anuncie Aqui

Feira do Saber é visitada por 3 mil pessoas

Caraguatatuba - Mais de 3 mil pessoas visitaram a 2ª ‘Feira do Saber’, realizada no dia 22 de outubro, por alunos do Colégio Módulo. O evento bateu recorde em número de atrações e teve como destaque o ‘Ciência em Show’ da USP e a transformação da Monga, uma experiência de física e ilusão de ótica com os alunos.
A Feira integrou escola e comunidade, despertando o interesse de todos com as mais diversas áreas do conhecimento. Por meio de parcerias, o evento promoveu exposições interativas como a maquete do trânsito em Caraguá, com a Ditran (Divisão de Trânsito); a oficina ‘Mundo das Drogas’ com o PROERD (Programa de Erradicação de Drogas) da PM; o Museu Oceanográfico da USP; e o intestino humano.
Os visitantes puderam apreciar salas ambientadas, como a da Mata Atlântica, com vegetação, essência e até fundo musical; a sala dos índios, que contou sobre a dizimação dos Tupinambás e a vinda dos Guaranis para a região, a sala da música, que mostrou os diversos estilos musicais e um tabuleiro de Hip Hop; e as salas de literatura infantil e juvenil que exibiram com cenários e performances, temas como Hary Potter, O Senhor dos Anéis, Clube do Beijo, entre outros.
Também despertaram o interesse do público, uma rádio feita pelos alunos através da internet, a oficina de fotografia, a sala de artes plásticas, as artes marciais, mergulho, com o instrutor César Gentille, os esportes radicais com o piloto José Mário, a Sala da Estética, com a cabeleireira Marlene Eleutério, os shows musicais e o rap do lixão, além das apresentações de teatro sobre o tema ‘O homem que calculava’, de Malba Tahan. Outra oportunidade de informação foi a palestra sobre sexualidade e qualidade de vida, com a psicóloga e pedagoga Dra. Etles Maziero.
Além dos patrocinadores Madeireira Getuba e Casas Pernambucanas, o evento teve como parceiros a Agência de Correios, o Laboratório Eras, o Projeto Caravela Kids, a ACE (Associação Comercial e Empresarial), o GAC (Grupo de Apoio à Pessoas com Câncer)a Vale Verde, o Grupo Gesto, de São José dos Campos, Corpo de Bombeiros de Caraguatatuba, Serramar Laticínios de Guaratinguetá, Oficina Juma Artes e Projeto Luxo Vira Lixo. A coordenação foi de Marisabel G.Francesca e Carlos Focesi. (Fonte: Módulo)

Escola de Pais Cidadãos finaliza turma no CEI Rio do Ouro

Caraguatatuba - O projeto Escola de Pais Cidadãos... Um sonho Possível, está encerrando nesta terça-feira 26, uma turma de pais de alunos do CEI Profª Honorina Pacheco Corrêa, do Rio do Ouro, em Caraguatatuba, administrado por meio da parceria entre a Prefeitura de Caraguatatuba e a Fundação Orsa.
Esse trabalho, que é desenvolvido com pais de alunos de Educação Infantil, em todos os CEIs da cidade, teve como principal objetivo trazer a família para dentro dos portões escolares, proporcionando-lhes a chance de voltar a freqüentar a escola, uma vez por semana, discutindo temas diversos como direitos da família, relação entre pais e filhos, psicologia, pediatria, entre outros. As palestras foram ministradas por vários profissionais, como diretores de escola, professores, psicólogos, médicos e juizes, que se dispõem a participar do trabalho voluntariamente, discutindo temas de grande relevância no momento.
Esse é o terceiro ano de desenvolvimento do trabalho, que foi estendido também aos pais de alunos do Ensino Fundamental, que participam do projeto Escola de Pais Cidadãos... União e Harmonia, com temas relacionados à pré-adolescência. O encerramento da Escola de Pais no CEI Rio do Ouro acontece nesta terá-feira 26, às 17h30. (Fonte: SME/PMC)

IV Tarde da Cidadania acontece no CEI Rio do Ouro nesta quarta-feira 27

Caraguatatuba - O CEI – Centro de Educação Infantil “Profª Honorina Pacheco Corrêa”, do bairro Rio do Ouro, administrado por meio de um convênio entre a Prefeitura de Caraguatatuba e a Fundação Orsa, desde sua inauguração em 2001, realizará nesta quarta-feira 27, a quarta edição da Tarde da Cidadania.
O evento, que mobiliza toda a comunidade do Rio do Ouro, entre pais de alunos e moradores, acontece com sucesso desde sua primeira edição, em 2001, oferecendo a todos atividades diversificadas.
Neste ano, segundo informou a diretora do CEI, Matilde Malva,a novidade neste ano está nas oficinas de ginástica, culinária e biscuit, que serão abertas a toda comunidade.
Assim como nos anos anteriores, haverá aferição de pressão arterial e cortes de cabelos gratuitos, além da participação do Corpo de Bombeiros e Polícia Militar, que levarão as viaturas de resgate do Bombeiro Salvamar e Ronda Escolar, as quais poderão ser visitadas pelas crianças. Segundo informou a equipe escolar, tosos os participantes receberão orientações sobre os cuidados com o meio ambiente, e haverá no local barracas de doces e salgados, além da apresentação das crianças do CEI, sob o tema “Pequenos Cidadãos”. A Tarde da Cidadania acontece nesta quarta-feira 27, das 14h às 18h, no CEI Rio do Ouro. Participe. (Fonte: SME/PMC)

Prefeitura inaugura mais de 20 obras até dezembro
Novas escolas, unidades de saúde, ginásios esportivos, quadras, centros comunitários, estação de coleta e tratamento de esgoto, pavimentação, entre outras aumentam a qualidade de vida e o atendimento à população.

Caraguatatuba - A prefeitura de Caraguá inaugura até dezembro deste ano, mais de 20 novas obras que visam a melhoria da qualidade de vida dos moradores. São novas Unidades de Saúde, escolas, complexos esportivos, centros comunitários, avenidas reurbanizadas, praças reformadas, nova sinalização, rede coletora de esgoto, pontes, rotatórias, quadras esportivas, entre outras.
A prefeitura concretiza, até dezembro, obras importantes para a educação, como a EMEI ETOE Osimoto no bairro Getuba, que foi reformada e ampliada; a Escola Estadual Avelino Ferreira, no bairro Porto Novo, que também foi reformada; e a EMEF Maria Tereza de Souza Castro, no Getuba, que foi reformada e ampliada. As melhorias nas escolas continuam com a informatização de toda a rede de educação infantil, um convênio entre a IBM e a Secretaria de Educação. Todas as demais secretarias também receberão novas obras, como a interligação do sistema telefônico através de convênio com a Telesp/Telefônica.
Na área da Saúde também serão entregues obras de peso como o novo prédio da secretaria de Saúde, na avenida Rio Branco, no Indaiá; e a reforma e ampliação do Posto de Saúde do Centro. Outra obra que vai proporcionar mais saúde à população é a Rede Coletora e Estação de Tratamento de Esgoto da Ilha do Sol, que está sendo construída no bairro Rio do Ouro.
A prefeitura também inaugura, até dezembro, os Complexos Esportivos do Casa Branca, do Morro do Algodão e Tinga, além de três quadras de tênis, a do Centro Esportivo Ubaldo Gonçalves, a do CIASE no Travessão e a do CIEFI do Porto Novo. No bairro Getuba será inaugurado um Centro Comunitário.
A reurbanização da avenida Maria Carlota no Massaguaçu é outra obra que valoriza ainda mais a Praia da Cocanha, no Massaguaçu. O bairro também receberá a Ponte do Sertão dos Tourinhos. O Centro de Apoio aos Pescadores e Maricultores da Praia da Cocanha também será inaugurado em 2004. A obra é mais uma demonstração do apoio da prefeitura aos maricultores, que tem resultado em conquistas importantes para as 19 famílias envolvidas no cultivo de mexilhões.
Diversos bairros terão obras inauguradas até o final do ano, como o Olaria que terá o canal de drenagem da avenida Ipiranga, revestido; o Tinga que terá as Ruas Gonçalo Pacheco e Higino Martins, pavimentadas; e no Indaiá as avenidas São Paulo, Rio Grande do Sul, Paraná, Pernambuco e Amazonas foram pavimentadas, assim como a rua Antonio Domiciano no Jardim Primavera. Trechos dessas ruas fazem parte da obra da Ponte do Rio Santo Antonio, Rotatória Antonio Neder Martins e Praça Antenor Trindade, no Indaiá. (Fonte: PMC)

Projeto 'Da Cidade para a Escola' é lançado na Câmara

Caraguatatuba - Foi lançado no dia 29 de setembro, na Câmara Municipal de Caraguatatuba, o Projeto "Meio Ambiente: da cidade para a escola", com presença de 150 alunos da 6º série do ensino fundamental, secretarias municipais e vereadores. O projeto é realizado por estudantes das Faculdades Integradas Módulo em parceria com a Escola Estadual Thomaz Ribeiro de Lima, e conta com o apoio da Secretaria de Meio Ambiente. O objetivo é estudar sobre os mangues da cidade, por meio de palestras e visitas a locais com vegetação de mangue. Um dos mangues escolhidos foi o do Rio Juqueriquerê.
Estiveram presentes à cerimônia, o Secretário de Meio Ambiente, Engº. Aracy Mansano; o presidente interino da Comissão das Bacias Hidrográficas de São Paulo, Prof. Dr. Marcos Couto; a Profa. Dra. Celma Danini; o Presidente da ONG Acaju, Sr. Pedro Paes Sobrinho; a coordenadora da EE Thomaz Ribeiro de Lima, Profa. Aparecida Helena e alguns membros do projeto.
O estudante Charles Ribeiro comentou que a finalidade do projeto é conhecer um dos mais importantes ecossistemas existentes no local, lembrando que o mangue é considerado o berçário da vida. "Aprender sobre esse ecossistema por meio de fotos, filmes ou outro recurso didático pode ser muito interessante, mas conhecê-los ao ar livre é realmente inesquecível, além de muito eficaz. E é isso que propomos aos participantes" disse.
O aluno Felipe da Cruz Neves, compôs a mesa diretora representando os alunos da 6º série e disse que ficou muito feliz por participar do projeto. "Eu nunca tinha dado importância ao mangue, apesar de já ter ouvido falar sobre ele. Mas agora, realmente estou interessado em saber mais", afirmou.
O projeto vai até o dia 13 de novembro deste ano e contará com seis encontros. "Para nós foi uma grande idéia e muito bem vinda. A educação ambiental, em tempos de vastas degradações é sempre vista com bom olhos. Parcerias desta natureza deveriam existir em todos os segmentos da sociedade", comentou a coordenadora da Escola Thomaz.
"A educação ambiental não pode se basear em meras palavras, mas sim em ações concretas na resolução dos problemas", comentou o Secretário do Meio Ambiente, Engº Auracy Mansano, que também parabenizou o projeto. (Fonte: PMC

Arcebispo de Aparecida Participa de Evento

Caraguatatuba - O arcebispo de Aparecida, Dom Raimundo Damaceno, participa neste sábado, 30, da Concentração Vocacional da Sub Região Pastoral de Aparecida que acontece em Caraguatatuba. O evento deve reunir cerca de 400 pessoas, entre elas lideranças da pastoral Vocacional nas Dioceses de Caraguatatuba, Lorena, Taubaté, Aparecida e São Jose dos Campos. O evento terá início às 8 horas, de frente ao quiosque 30, na Praia do Indaiá. O ponto de encontro é uma forma de acolher os participantes junto ao que a cidade tem de mais belo que é a natureza. Da praia, os participantes seguirão em caminhada rumo à Catedral Divino Espírito Santo onde Dom Damaceno ministrará palestra com o tema Igreja, povo de Deus a serviço da vida. Às 12 horas, preside a Santa Missa. É a primeira vez, como Arcebispo, que Dom Raimundo Damaceno visita a Diocese de Caraguatatuba.
Faz parte da programação do evento apresentações culturais das Dioceses da Sub Região Pastoral de Aparecida, acompanhando o tema que também será o do 2º Congresso Nacional da Pastoral Vocacional que acontece me 2005, em Itaicí - “Ide também voz para a minha vinha” (Mt 20,4)
Na diocese de Caraguatatuba a organização está por conta do assessor e reitor do seminário Beato Anchieta, Pe. Alessandro H Coelho. (Fonte: Diocese de Caraguatatuba)

Bikers de Caraguá dominaram a 2ª Copa Caiçara
Pilotos de Caraguá venceram 8 das 16 categorias da 2ª Copa Caiçara de Bicicross realizada do último domingo, 24, na pista de Bicicross Ton Ferreira em Caraguá

Caraguatatuba - A pista de bicicross Ton Ferreira foi palco da segunda etapa da Copa Caiçara de Bicicross no dia 24, domingo. 107 pilotos disputaram as 16 categorias. A equipe do Caraguá Bicicross Clube se destacou com oito categorias premiadas, seguida por São José dos Campos, que venceu três, Jacareí duas, e Ilhabela, Americana e Atibaia, que venceram uma categoria.
Participaram da competição renomados atletas. O evento contou com atletas de Atibaia, Americana, Araraquara, Caçapava, Cosmópolis, Igaratá, Indaiatuba, Jacareí, Paulínia, São Bento do Sapucaí, São José dos Campos, São Paulo, Várzea Grande Paulista e Litoral Norte. Na principal categoria do BMX, a Elite Man, o biker Allan “Aladim” Duarte (Americana / Mônaco) atual líder do Paulista, venceu a prova de ponta a ponta, seguido do piloto Mauro Aquino (Jacareí), recém chegado dos Estados Unidos e em terceiro lugar Rafael Calefo de Indaiatuba. Completaram ainda a prova, o medalhista de ouro nos 48º Jogos Regionais Leandro de Paula ( Jacareí) em 4º, Edmilson Gomes ( Igaratá ) em 5º, Everton Sales ( S.J.Campos ) em 6º, Geovani Vieira ( Indaiatuba ) em 7º e Marcos Chokito ( Jacareí / Mônaco ) em 8º lugar.
Os pilotos de Caraguá também conquistaram diversas premiações. Na categoria até 6 anos masculino, Matheus Prazeres conquistou o 1º lugar e Tiago Freire ficou com a 3ª posição; na categoria 9-10, Rodolfo Correia ficou com o 1º lugar e Gabriel Alves com o 2º; na categoria 11-12 anos os três troféus foram conquistados por atletas caraguatatubenses, Alessando Fernandes em 1º, Alan Marques (Capetinha) em 2º e Paulo Leal (Baiano) em 3º. Na categoria 15-16 anos Danilo Dias (Cabelo) conquistou o 1º lugar e Evandro Castilho (Oreia) ficou com o 3º lugar; na categoria 15 anos feminino, Carolina Spielkamp conquistou o 1º lugar; na categoria 30/39 anos, Pérsio César ficou com o 1º lugar e Luís Santos com o 3º; na categoria MTB masculino o 2º lugar ficou com Lucas Kazi e Jefferson Esquirro, ficou com o 3º lugar. Na categoria 19 anos masculino, Alexandre Lima ficou com o 1º lugar e Gel Castilho com o 3º. Na categoria Júnior Man o vitorioso foi Celso Bugarelli com a 1ª colocação.
A copa Caiçara foi organizada pela Caraguá Bicicross Clube com apoio da Federação Paulista de Bicicross, Secretarias de Turismo, Esportes e Recreação e Saúde, Defesa Civil e o Corpo de Bombeiro Mirim. (Fonte: PMC)

Ciclistas de Caraguá se destacam em competições
Os atletas de ciclismo de Caraguá conquistaram medalhas de prata e bronze no último domingo, 24. A equipe é a 3º colocada no ranking geral da Federação.

Caraguatatuba - A Associação de Ciclistas de Caraguá tem muito o que comemorar, durante as competições que aconteceram durante o ano os atletas aumentaram o seu potencial e mais medalhas e troféus foram conquistados. A equipe já ocupa o terceiro lugar no ranking geral da Federação Paulista de Ciclismo.
No último domingo, 24, a cidade de Santa Branca recebeu cerca de 150 ciclistas na etapa de “Mountain Bike” e a equipe “Nossa Caraguá” esteve presente com 4 atletas. Os ciclistas participaram na categoria Master, onde João Carlos foi o vice-campeão; na categoria Sênior A, Alexandre Magno terminou a competição em 5º lugar e Ivair Alves, mesmo com o pneu furado, conseguiu se recuperar e chegar na 6ª posição. Já na categoria Cadete, Gustavo Rodolfo terminou em 11º lugar. O circuito da prova foi de 1.500 metros mas o vento forte e o calor fez com que vários atletas desistissem da competição.
O circuito tinha cerca de 12 km de extensão, várias subidas técnicas e trechos de alta velocidade, na maioria das categorias os atletas tinham que dar duas voltas para completarem a prova, isso dificultou o desempenho dos competidores.
No mesmo dia, cerca de 100 atletas participaram da fase final do Campeonato Interestado, em Taubaté. Caraguá foi representada pelo atleta Sérgio Minato, que mesmo após forte disputa, terminou em 8º lugar. Na classificação final da prova o atleta caraguatatubense ficou com a 3ª posição.
A equipe “Nossa Caraguá” tem o apoio da prefeitura, por meio da Secretaria de Esportes e Recreação e das lojas J. Bike. (Fonte: PMC)

Pilotos de Caraguá se destacam no Paulista Regional de Kart
O bom tempo facilitou a penúltima etapa Paulista Regional de Kart. Pilotos de Caraguá conseguiram bons resultados na disputa

Caraguatatuba - Os Pilotos de Kart foram premiados com o tempo bom e os raios de sol do último domingo, 24, em Caraguá, quando pilotos da grande São Paulo, interior, Vale do Paraíba e Litoral Norte, disputaram nas categoria RD 135cc, Parilla Sênior, Parilla Graduados, Parilla Júnior.
disputaram a penúltima etapa Paulista Regional de Kart. Pilotos de Caraguá conseguiram bons resultados na prova.
O piloto de Caraguá, Dennis Canteruccio, que disputou o campeonato na categoria Cadete conquistou o 3º lugar, deixando para trás vários favoritos da prova. Nathan Oliveira que disputou na categoria Parilla Graduados não deu chance para os adversários e conseguiu a 3º posição. Já Amorosino que disputou a RD 135cc também ocupou o 3º lugar no pódio.
Durante as competições os pilotos tiveram uma pausa para assistir o Grande Prêmio Brasil de Fórmula 1. Um telão foi montado nas dependências do Kartódromo especialmente para pilotos assistirem a prova.
O campeonato é organizada pela KRT Moto Clube com a supervisão da FASP (Federação Automobilística de São Paulo) e tem o apoio da Secretaria de Turismo de Caraguatatuba e iniciativa privada.
A próxima etapa do campeonato acontecerá nos dias 20 e 21 de novembro no Kartódromo de Caraguá. (Fonte: PMC)

Semana Pedagógica do Módulo terá participação do vice-cônsul de Cuba

Caraguatatuba - Foi ontem a abertura da Jornada Pedagógica das Faculdades Integradas Módulo. O evento é promovido pelo ISE (Instituto Superior de Ensino) que abrange os cursos de Pedagogia, Normal Superior, Letras, Educação Física, História e Ciências Biológicas e segue até o dia 29. Na cerimônia haverá apresentações do projeto Guri, Coral dos Surdos da EMEF Maria Francisca Tavoláro de São Sebastião, Dança de Rua com alunos da Fundação Cultural e Educacional de Caraguatatuba e dança da Terceira Idade, no Ginásio Poliesportivo da Unidade do Centro.
Um dos destaques dessa edição acontece hoje, com a participação do vice-cônsul de Cuba no Brasil, Dr. Adolfo Núnez Fernández. Ele vai ministrar a palestra “As revoluções educacionais no ensino cubano: alfabetização, educação e cultura, qualidade total”, no auditório da faculdade, a partir das 20h. (Fonte: Imprensa Livre)

Premiação do FET será hoje à noite na Fundacc

Caraguatatuba - Depois de quase um mês oferecendo apresentações teatrais bem diversificadas, voltadas para vários públicos, a Fundacc (Fundação Educacional e Cultural de Caraguatatuba) realiza a premiação do FET (Festival Estudantil de Teatro).
Com muita expectativa, os inúmeros grupos que participaram da mostra ficarão sabendo dos resultados, dividido nas categorias adulta, infantil, de rua e esquetes.
O prêmio em dinheiro, que soma o total de R$ 4,5 mil, será entregue aos 1º e 2º lugares da mostra adulta e os primeiros lugares da categoria de rua e esquetes.
Haverá também a premiação com troféus confeccionados exclusivamente para a mostra, que irá para outros destaques, como melhor ator, atriz, ator e atriz coadjuvante, diretor, cenografia, figurino, sonoplastia, maquiagem e iluminação.
Todos os participantes da mostra receberão troféus. A cerimônia de premiação é aberta para o público em geral e será realizada na sede da Fundacc, a partir das 20h. (Fonte: Imprensa Livre)

Notícias de Ilhabela Topo

Vulcano Sailing Shop

Temporada de pesca oceânica 2004 nas águas

Ilhabela - No dia 30 de outubro, o Yacht Clube de Ilhabela (YCI) iniciará a Temporada de Pesca Oceânica 2004. O YCI, que há 15 anos oferece suas instalações para a temporada, estima a participação direta de 200 pessoas no campeonato e um público indireto de aproximadamente 4,5 mil pessoas.
A temporada é apreciada pelos moradores de Ilhabela e conta com a participação de cidades como Santos, Ubatuba, São Sebastião e Rio de Janeiro durante os quatro meses de evento, abrangendo toda a alta estação de verão.
A competição será dividida em oito etapas, sendo que a primeira acontecerá no dia da abertura do evento. Cada etapa do torneio contará com a média de 20 a 40 barcos nas águas de Ilhabela, que é considerada a capital paulista da pesca oceânica e a única cidade de São Paulo a sediar esse tipo de evento. Outras sete etapas serão distribuídas dentro do XV Torneio de Marlin Azul e do XXII Torneio de Peixes de Bico.
A tripulação de cada embarcação é formada por quatro pescadores, dois marinheiros e um fiscal. Os barcos ficarão 11 horas em alto mar, das 5h30 às 16h30.
Preocupados com a preservação do meio ambiente e conscientização dos pescadores, todas as etapas da temporada são feitas na modalidade tag & release, ou seja, pegue e solte. Além desse trabalho de conscientização, a pesca oceânica tem um convênio com o instituto Billfish Foundation, da Flórida. "Eles recebem o histórico de cada peixe, marcado e solto e fazem um estudo de migração, crescimento e remetem de volta para o Brasil", explica Cláudio Figueiredo, Diretor de Pesca da temporada.
O evento, que é considerado o de maior duração na alta temporada da cidade, encerra-se no dia 12 de fevereiro do ano que vem com a premiação dos ganhadores.
O YCI busca patrocinadores e parceiros interessados em interagir com o público que transita pelo local durante toda a temporada. Estão previstas diversas atividades esportivas paralelas no YCI no período da Temporada.
As inscrições para a competição ainda estão abertas. Para saber mais sobre a temporada de pesca oceânica, acesse www.yci.com.br.
Sobre a Temporada de Pesca 2004 - A Temporada de pesca oceânica 2004 é uma iniciativa do Yacht Clube de Ilhabela, com certificação da IGFA-The International Game Fish Association, para promover a pesca esportiva. (Fonte: Thais Cattucci

Pés no Chão apresenta espetáculo
É hoje, às 21 hs, no Espaço Cultural Pés no Chão, a apresentação de “Samwaad – Rua do Encontro”, espetáculo de Ivaldo Bertazzo, realizado pelo Projeto Dança-Comunidade.

Ilhabela - Através da sutileza da dança e da música em perfeita sintonia, extremos culturais são interligados, e o samba, o choro, a dança de rua e os clássicos acordes indianos convivem em harmonia. Concebido e dirigido por Ivaldo Bertazzo, Samwaad é fruto de um projeto ousado, que reuniu 55 jovens de realidades sociais diversas, provenientes de 7 ONGs paulistanas.
Através de um trabalho profundo e abrangente, estes jovens adquiriram uma impressionante qualificação técnica, que se traduz em evoluções belas e harmoniosas e num admirável sentido de grupo.
Não há discursos nem palavras, só música, canto rítmico, percussão e dança. E o que se vê é uma impressionante declaração à vida e à comunhão solidária.
A ponte entre o Oriente e o Ocidente é apenas uma entre tantas outras criadas pelo espetáculo. Samwaad mostra que todas as possibilidades podem ser concretizadas, desde que haja vontade, disciplina e envolvimento.
O Pés no Chão colocou um telão do lado de fora do prédio para que todos possam assistir o espetáculo.
O 8° Dança e Movimento tem o patrocínio da Petrobrás, o apoio da Secretaria de Estado da Cultura, Sebrae, Arte Markanti, e a colaboração do Jornal Imprensa Livre, Associação Comercial e Industrial de Ilhabela, Secretaria Municipal de Cultura de Ilhabela e Núcleo Gastronômico Ilhabela.
O Espaço Cultural Pés no Chão fica na Rua da Cocaia, 720, em Ilhabela. Mais informações pelo telefone 12 3896 6727, ou no site www.pesnochao.org.br. Entrada franca. (Fonte: Imprensa Livre)

Embratur promove encontro turístico na Ilhabela

Ilhabela - Representantes de 11 operadoras de turismo, sendo uma peruana e as demais brasileiras, reuniram-se com cinco empresários do turismo local nas dependências do Ilha Flat Hotel na noite de segunda.
O encontro integra a Caravana Brasil, projeto da Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo) que apresenta produtos e destinos brasileiros a operadores turísticos, dentro da estratégia da diversificação da oferta do Brasil no exterior.
Segundo a gerente de Apoio e Comercialização da Embratur, Jurema Monteiro, a viagem serve para os profissionais se aproximarem e aprenderem mais sobre o produto que já vendem ou vão começar a oferecer.
“Nesta caravana, que começou no último dia 23 e vai até quarta-feira (27), os profissionais visitam hotéis, restaurantes e praias com potencial para o turista de fora”, explica.
O itinerário compreende Angra dos Reis, Ilha Grande, Paraty, Ilhabela, Maresias, Juqueí, Riviera de São Lourenço, Guarujá e Santos.
De acordo com Jurema, se o profissional que monta pacotes conhece mais, pode aumentar as opções de viagens para seus clientes. Uma das metas da Embratur é trazer, no ano de 2007, nove milhões de turistas estrangeiros ao país, que sejam responsáveis por um gasto de US$ 8 bilhões.
Neste ano, 12 estados foram visitados por mais de 100 operadores nacionais e estrangeiros em 13 viagens. Os 11 produtos já existentes para comercialização no exterior são: Golfe, Negócios & Eventos, Cidades Patrimônio, Festas & Eventos, Pesca Esportiva, Mergulho, Aventura, Incentivo, Sol & Mar, Ecoturismo e Resorts. As parcerias da Caravana Brasil 2004 são Varig, Resorts Brasil, Bureau de Golfe, Infraero (Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária), Braztoa, BITO (Brazilian Incoming Travel Organization), Convention Bureaux e os governos dos estados e municípios. (Fonte: Imprensa Livre)

Notícias de São Sebastião Topo

anuncie aqui Superchic

Montadora fará embarque de 4.540 carros, o maior volume já realizado pelo porto

São Sebastião - A General Motors exportará um total de 4.540 carros pelo porto de São Sebastião no próximo dia 8. Além de ser a primeira exportação da GM por meio desse porto será também a maior exportação de veículos realizada pelo local em um um único embarque.
Os veículos da GM serão exportados para o México. Serão enviados automóveis dos modelos Astra, Corsa, Meriva e Montana, fabricados nos complexos industriais da montadora em São José dos Campos e em São Caetano do Sul.
Três dos modelos exportados --Corsa, Meriva e Montana-- são fabricados pela GM de São José.
Cerca de 1.500 veículos já estão armazenados nos pátios da Dersa (Desenvolvimento Rodoviário S/A), administradora do porto.
O restante dos automóveis está sendo enviado diariamente ao pátio da Dersa. A atracação de navios de grande porte no porto só está sendo possível graças aos investimentos feitos no local pelo Estado (leia texto nesta página).
Antes das obras de construção de dois dolphins --estruturas que permitem a atracação de navios de grande porte--, que serão inaugurados oficialmente no dia 8, o porto recebia apenas navios com capacidade para até 2.500 veículos.
O navio Prince Number 1, da empresa norueguesa Hual, atracará no porto no dia 7 de novembro. O navio tem 195 metros de comprimento e 13 andares. Os carros serão transportados para o navio nos dias 8 e 9. A embarcação seguirá para o México no dia 9.
Retomada - A retomada da exportação de veículos pelo porto de São Sebastião começou em abril deste ano, quando a Dersa fechou contrato com a Volkswagen para a exportação de 2.000 carros da montadora por mês para a Argentina.
A exportação de veículos está movimentando a economia local, principalmente, os setores de restaurantes, hotéis e postos de combustível.
Atualmente, além dos carros, são exportados granéis e gado para países do Mercosul. O porto movimenta anualmente 400 mil toneladas.
Com as obras previstas pelo governo do Estado, o porto estará apto para exportar a partir de 2010 volume superior a 3 milhões de toneladas anuais. (Fonte: ValeParaibano)

Alckmin deve inaugurar obra no porto

São Sebastião - A Secretaria do Estado dos Transportes informou ontem que o governador Geraldo Alckmin (PSDB) deverá comparecer na solenidade de inauguração das obras de ampliação do porto de São Sebastião, programada para o próximo dia 8.
O Estado investiu R$ 2,3 milhões na construção dos dois novos dolphins, que permitem a atracação de navios de grande porte, como o Prince Number 1, com capacidade para transportar até 5.000 veículos.
Antes da construção das estruturas, o porto local recebia navios com capacidade para até 2.500 veículos.
Segundo o secretário estadual dos Transprotes, Dario Rais Lopes, atualmente o porto está capacitado para atrair novos clientes e aumentar ainda mais sua produtividade.
O secretário adiantou que, ainda este ano, deverá ser concluído o projeto executivo para as obras de ampliação do porto local, orçado em R$ 57,8 milhões. Entre as obras previstas, está a construção de mais dois berços de atracação e o aumento do calado (profundidade). (Fonte: ValeParaibano)

Última etapa do festival de teatro é realizada hoje no Municipal

São Sebastião - O Teatro Municipal vai estar bem movimentado hoje com a realização da etapa final do Festival de Teatro, realizado pela Secretaria de Estado da Educação. Seis peças teatrais estão competindo nessa categoria, representando cidades do Litoral e Vale do Paraíba.
As modalidades de música e dança já foram encerradas e a Escola Dr. Eduardo Correa da Costa Junior, da Diretoria de Ensino de Caraguatatuba, conquistou o primeiro lugar. Agora, os estudantes participam entre os dias 8 e 9 de novembro de uma apresentação em Campos do Jordão.
No teatro já aconteceram três etapas. A primeira foi realizada nas unidades escolares, onde cada diretor teve que escolher uma peça para concorrer na fase seguinte, que foi por município.
Neste caso, São Sebastião, Ilhabela, Caraguatatuba e Ubatuba tiveram que indicar um espetáculo para concorrer na fase por diretoria de ensino. Nessa fase, apenas uma peça venceu para representar o Litoral Norte, que foi a “Crônica do Punk”, que também ganhou na fase seguinte, em Pindamonhangaba.
Agora, na fase final, a peça vai concorrer com outras seis, para receber o título de melhor por Inter-pólos, ou seja, entre regiões do estado. Desta vez, os representantes são de Miracatu, Pindamonhangaba e Jacareí.
Apesar disso, entre as seis peças apresentadas, há três categorias diferenciadas, fator que pode aumentar as chances dos alunos de São Sebastião conquistarem o primeiro lugar. Há categoria para alunos do ciclo 1 (1ª a 4ª série), ciclo 2 (5ª a 8ª série) e ensino médio. “A Crônica do Punk” está inscrita nessa terceira modalidade.
O dirigente de ensino Laércio Albarici conta que foram sugeridos vários locais para sediar o encerramento, mas acabaram escolhendo São Sebastião porque a cidade possui um dos melhores teatros entre as cidades participantes e ainda estava com horário disponível para agendar o evento.
Hoje, as apresentações acontecem a partir das 9h e prosseguem até as 17h. A organização do evento separou as apresentações, sendo que três peças serão realizadas no período da manha e três no período da tarde. O resultado final será divulgado por volta das 17h. (Fonte: Imprensa Livre)

Sob pressão

São Sebastião - Representantes de associações ligadas à Federação Facenorte, entidade que reúne sociedades amigos da Costa Norte, fizeram um manifesto ontem à noite, na Câmara de São Sebastião, para que a entidade seja mantida no Comus (Conselho Municipal de Saúde).
O grupo protestou contra o projeto de lei 26/2004, de autoria do prefeito Paulo Julião, que tira a Facenorte e coloca a Uninorte, que também conta com sociedades amigos de bairro da região norte da cidade.
Após a pressão, o projeto acabou sendo retirado de pauta. O pedido de vistas por dez dias foi apresentado pelo vereador Edvaldo Reimberg. Alguns vereadores já manifestaram que serão contra o projeto de lei. (Fonte: Imprensa Livre)

Parcelamento de dívida da Prefeitura com o Faps ‘quase’ é votado em regime de urgência
Pedido chegou a ter as dez assinaturas necessárias, mas dois vereadores acabaram desistindo de tal iniciativa. Proposta segue nas comissões parlamentares da Câmara

São Sebastião - O projeto de lei 079/2004, que autoriza a Prefeitura de São Sebastião a parcelar dívida junto ao Faps (Fundo de Aposentadoria e Pensão do Servidor), foi lido na sessão de ontem da Câmara Municipal e, por pouco, não acabou votado em regime de urgência, isto é, sem a tramitação pelas comissões parlamentares.
A proposta de autoria do prefeito Paulo Julião é alvo de críticas, principalmente do Sindserv (Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de São Sebastião), sob a alegação de falta de consulta ao conselho do fundo de pensão.
O requerimento de urgência especial foi apresentado durante a sessão com a assinatura de dez vereadores: Ronaldo Lourenço, Marcos Leopoldino, Benedito Amâncio, João Barreto, José Cardim de Souza, Marco Antônio de Souza, Carlos Borba, Dalton Silva, Zé Luiz e Marcos Fuly. Entretanto, Barreto e Lourenço decidiram retirar seus nomes do requerimento, evitando a votação imediata. “Retiro minha assinatura para que possa ser melhor discutido”, disse o vice-presidente João Barreto.
Na Câmara o projeto também é criticado por alguns vereadores. “Sou contra, porque vai prejudicar os funcionários”, disse Edvaldo Reimberg.
“Discutimos pouco e conversei com alguns servidores, que têm muitas informações para passar”, completou Wagner Teixeira, que também já declarou ser contrário à medida.
“Eu como servidor estou sendo lesado. Me dá R$ 5 milhões que aplico com muito mais que 6% ao ano”, enfatizou o vereador Aldo Conellian.
Sem a votação em regime de urgência, o projeto de lei segue nas comissões parlamentares, onde pode ficar por até 90 dias.
Em reportagem publicada na edição de ontem do Imprensa Livre, o presidente do Sindserv, Afonso da Silva Vale, afirmou que a categoria é contrária ao parcelamento. “Hoje tem é que se falar em pagamento”, declarou o sindicalista. Silva Vale salienta que a dívida já foi parcelada em outras ocasiões.
No ofício encaminhado à Câmara, o prefeito defende sua proposta. “A medida viabiliza o cumprimento pelo Poder Executivo dessa obrigação financeira de forma equilibrada e diluída, amenizando o ônus orçamentário”.
Caso o projeto seja aprovado, a Prefeitura de São Sebastião fica autorizada a parcelar o valor do saldo devedor do empréstimo que contraiu junto ao Faps, bem como a dívida relativa à contribuição patronal do período de fevereiro a setembro de 2000, no montante aproximado de R$ 6,9 milhões.
O parcela-mento, segundo o prefeito, é necessário em razão da queda de receita e a obrigato-riedade de adequação de despesas.
Ainda no ofício encaminhado à Câmara, ele esclarece que, do valor total da dívida, cerca de R$ 5,1milhões foram emprestados na gestão passada. Ou seja, a atual administração contraiu R$ 1,7milhão.
O débito será pago em 120 parcelas mensais, com vencimento da primeira no dia 10 de janeiro de 2005, sobre as quais incidirão juros de 6% ao ano e correção monetária calculada pela tabela Price. (Fonte: Imprensa Livre)

Comunidade de Maresias doa materiais de construção para reforma no Posto de Bombeiros

São Sebastião - Os moradores do bairro de Maresias se uniram na iniciativa que visa à reforma do 3º S/GB – 2º Posto do Corpo de Bombeiros, localizado no bairro. Lojas de materiais de construção e moradores realizaram doações para a ampliação e melhora das instalações do posto, que começou a ser utilizado pelo Corpo de Bombeiros em 1989 e recebeu apenas reformas de manutenção desde então.
“Nós estávamos precisando dessa reforma e a comunidade de Maresias percebeu a importância e urgência do assunto e decidiu tomar uma atitude”, explicou Igor Sergei Klein, tenente do grupo de Salvamento Marítimo.
As obras da reforma estão sendo realizadas pelos próprios soldados do Corpo de Bombeiros. “Esse é um ótimo exemplo de que a população realmente pode tudo quando existe vontade e determinação. Quando cada um ajuda com o que pode e todos se empenham, o resultado sempre é satisfatório”, ressaltou o tenente Klein.
Apesar das doações realizadas pelos munícipes e comerciantes de Maresias, as obras do posto ainda necessitam de alguns itens de construção para serem concluídas. “Precisamos principalmente de cimento, piso e madeira para terminar a reforma.
Gostaríamos de agradecer muito à população de Maresias”, concluiu o tenente. Os interessados em colaborar com a reforma podem obter mais informações pelo telefone do Posto de Bombeiros em Maresias, 3865-6700. (Fonte: Imprensa Livre)

Notícias de Ubatuba Topo

Restaurante Solar das Águas Cantantes Parabéns Ubatuba

Feira das Nações abre comemorações do 367º aniversário de Ubatuba

Ubatuba - Há 17 anos a Feira das Nações é presença marcante nas festividades do aniversário de Ubatuba. Inicialmente promovida pelo Rotary Club, hoje é incentivada por grande parte das instituições oficiais e entidades filantrópicas do município, como o Lar Vicentino, o Clube Primavera, a APAE, Sociedade Acácia, a Casa da Amizade, Casa Paroquial e outros.
As barracas típicas, que representam diversos países, servem pratos tradicionais, numa espécie de festival gastronômico.
Lá o visitante experimenta desde uma deliciosa paella espanhola, um espaguete italiano, uma legítima salsicha alemã, a bacalhoada portuguesa ou até mesmo o sushi japonês.
A Feira das Nações também apresenta espetáculos artísticos e folclóricos, atraindo grande público que, por causa dadata, já está na cidade devido ao feriado de finados, quando, normalmente, encerra-se a festa.
A renda é revertida para a comunidade carente do município.
Neste ano, a abertura está prevista para hoje às 19h, com barracas do Brasil, Portugal, Itália, China, Japão, Alemanha e países árabes. (Fonte: Imprensa Livre)

Atletas do interior faturam a 36ª Prova Pedestre Cidade de Ubatuba

Ubatuba - A atleta Tânia Aparecida Barbosa, que ficou com o 2º lugar no geral feminino da Prova Pedestre de Ubatuba
A festa era dos ubatubenses, mas quem comemorou mesmo foram os atletas de Cruzeiro e Tremembé, que faturaram a 36ª Prova Pedestre Cidade de Ubatuba, evento comemorativo ao aniversário do município, no domingo.
Os primeiros lugares no percurso de 12 quilômetros nas categorias adulto, juvenil e veterano foram conquistados pelos atletas da Equipe Papa Léguas Maxion/ Mizuno de Cruzeiro: Luís Paulo da Silva Antunes, Jefferson Douglas de Castro e Luiz Carlos Laurindo, respectivamente.
O atleta de São Sebastião Antônio Ramos ficou em 1º em sua categoria.
No percurso de 6 quilômetros, o vencedor na categoria infantil foi Emerson Vilela Pereira, que também integra a equipe Papa Léguas, de Cruzeiro.
O primeiro lugar na geral feminino foi conquistado por Nathalia Lazarini de Oliveira, da Equipe CME de Tremembé, 16 anos, vencedora da categoria feminino até 18 anos; já na categoria feminino acima de 18 anos, a campeã foi Tânia Aparecida Barbosa, de São Sebastião, que ficou em 2º lugar no geral feminino.
“Não consegui acompanhar a Nathalia, que estava com um ritmo muito forte, chegou cerca de 30 segundos na minha frente”, contou a sebastianense, de 33 anos, que percorreu os 6 km em 22’28”.
Entre os ubatubenses, o destaque foi para o atleta Antonio Carlos de Jesus, da Equipe A.E.L.I.N. de Ubatuba, segundo colocado na geral.
Na classificação por equipes, a campeã foi Papa Léguas Maxion/Mizuno - Cruzeiro, seguida pela Equipe A.E.L.I.N. de Ubatuba, em segundo e Equipe de Parati, na terceira colocação.
Participara da prova, que foi realizada pela Prefeitura Municipal de Ubatuba, através da Secretaria de Esportes, cerca de 120 atletas. (Fonte: Imprensa Livre)

Paulo Kid garante o título paulista de Longboard na Praia de Itamambuca


Ubatuba - Aconteceu durante o último fim de semana, na praia de Itamambuca, em Ubatuba, o Rip Wave Paulista de Longboard Profissional, evento que decide o campeão paulista profissional dos “pranchões” em 2004.
O guarujaense Paulo Kid, atual campeão brasileiro da modalidade, conquistou o título da competição nos últimos instantes da bateria final. Kid derrotou o seu conterrâneo Adriano “Alemão”, que ficou com o vice-campeonato, e Jaime Viúdes e Kleber Silvano, ambos de Itanhaém, que ficaram respectivamente com a 3ª e 4ª colocações.
“Alemão” liderou durante praticamente toda a bateria final, mas faltando cinco minutos para o fim do evento Kid conseguiu uma nota 8.15 pontos, e apenas dois minutos depois encontrou outra excelente onda, que lhe garantiu 7.75 pontos e a vitória pelo incrível placar de 15.90 contra 15.75 pontos de “Alemão”.
“Quando temos uma final com quatro atletas bons, o que faz a diferença é o mar. Eu estava em sintonia com as ondas e as condições estavam difíceis para todos, era loteria e a onda certa veio para mim”, disse Kid.
“Fico muito feliz por esta boa fase e mais ainda por levar esse título agora que voltei para a equipe Hang Loose, onde iniciei a minha carreira. Nos últimos dois meses não tenho treinado muito em função do meu trabalho como técnico, pois agora sou chefe de equipe da Hang Loose e estou cuidando mais da garotada, cuidando da carreira e do foco deles”, acrescentou o campeão.
Apesar da derrota nos últimos minutos, “Alemão” demonstrou estar satisfeito com o resultado. “Quando faltavam cinco minutos eu estava confiante e o Kid veio e eu não acreditei, mas mesmo assim foi ‘show’. O Kid quando acerta, não tem jeito”, afirmou “Alemão”, de apenas 19 anos de idade e que pode ser considerado uma das grandes revelações dos “pranchões” em 2004.
Insatisfação - A alegria não foi unânime nas areias de Itamambuca. O sebastianense Carlos “Bahia”, outro grande talento da nova geração dos “pranchões”, perdeu na primeira rodada da competição e ficou insatisfeito com os árbitros do evento.
“Eu surfei a primeira onda e recebi 7 pontos por ela. Eu não estava escutando a locução do evento e a minha terceira onda nessa bateria foi muito parecida com a primeira e os juizes me deram apenas 3 pontos nessa onda. Isso não pode estar certo”, explicou “Bahia”, que formalizou uma reclamação junto a Abrasp (Associação Brasileira de Surf).
“Não é querer falar, quando você perde, então perdeu e fim de papo, mas assim é muito ruim. Os juizes precisam ter mais critério na hora da decisão, porque no mar deve vencer o melhor e não aquele que possui o melhor patrocínio ou reside em determinada região”, completou Bahia.
Outras informações e fotos do Rip Wave Paulista de Longboard Profissional podem ser acessadas no site www.waves.com.br. (Fonte: Imprensa Livre)

Prova Pedestre

Ubatuba - Foi realizada pela Prefeitura Municipal de Ubatuba, através da Secretaria de Esportes e Lazer, a 36ª Prova Pedestre Cidade de Ubatuba, na Avenida Iperoig, dia 24 de outubro de 2004.
Com a presença de aproximadamente 120 atletas, que disputaram com muito empenho a Prova Pedestre, tivemos como grandes vencedores do percurso de 12 Km, na categoria adulto Luis Paulo da Silva Antunes, na categoria juvenil Jefferson Douglas de Castro e na categoria veteranos Luiz Carlos Laurindo, todos da Equipe Papa Léguas Maxion/ Mizuno de Cruzeiro.
No percurso de 6 Km, o vencedor na categoria infantil foi Emerson Vilela Pereira da Equipe Papa Léguas Maxion/ Mizuno de Cruzeiro
Na categoria feminino até 18 anos a vencedora foi Nathalia Lazarini de Oliveira da Equipe CME de Tremembé e na categoria feminino acima de 18 anos a vencedora foi Tânia Aparecida Barbosa , de São Sebastião.
O primeiro colocado de Ubatuba foi o atleta Antonio Carlos de Jesus, da Equipe A.E.L.I.N. de Ubatuba.
Por equipes a classificação foi a seguinte:
Campeã Equipe Papa Léguas Maxion/Mizuno - Cruzeiro
Vice campeã Equipe A.E.L.I.N. de Ubatuba.
3ª Colocada Equipe de Parati A Secretaria de Esportes e Lazer, agradece a todos os envolvidos direta ou indiretamente na 36ª Prova Pedestre Cidade de Ubatuba. (Fonte: SEL/PMU)

Ação Litoral

Opinião Topo

ELEIÇÕES: O dia seguinte, o passo seguinte!
Renato Nunes


Amarguras e decepções para uns, alegrias e esperanças para outros. Como foram muitos os candidatos apresentados ao distinto público, a radiografia oficial do eleitorado tirada em 3 de outubro apresentou muitas divisões. Nenhuma era largamente predominante mas apontou um surpreendente vencedor. Esse é o nosso sistema, não só devemos aceitá-lo como valorizar e promover seu resultado.
Eduardo César prefeito, Domingos vice, quem diria!
Não importa, quem o disse foi o povo e pronto! Esse foi o dia seguinte. Agora o que importa são os próximos quatro anos. Esse é o passo seguinte.
Nota-se, porém, que o vírus do velho atraso e ranço político começa a se movimentar. A tática superada e anti social de procurar continuamente destruir o vencedor prejudicando-lhe a administração para, do desastre surgir como salvador na rodada eleitoral seguinte, está sendo novamente articulada. Seus autores pouco se importam com o fato de que suas iniciativas penalizam a cidade e seus habitantes. O devastador efeito desse caruncho da cidadania está mais do que comprovado pelos anos de sua prática aplicada pelos políticos derrotados em todas as cidades e Estados deste nosso Brasil. Até no governo da República estamos vendo que algumas iniciativas da bancada governista no Congresso reeditam projetos do governo anterior, por eles mesmos recusados para que não fossem implantados e para que não houvesse êxito. Por essa visão política, o fiasco de um grupo é tido como um vetor eleitoral importante para quem quiser sucedê-lo. Essa é uma tese de Poder, que não tem nada a ver com o importantíssimo papel da oposição quando no exercício da luta por uma tese de Desenvolvimento. No cenário nacional com a enorme visibilidade assegurada pelos grandes jornais e redes de televisão, os efeitos dessa política do Poder, apesar dos inquestionáveis atrasos que tem provocado ao país, são mais ou menos compensados pelas diferentes composições políticas dos Estados. No caso de uma cidade pequena como a nossa, dependente do Estado e da União, sem planos, sem forças e confiança em suas próprias pernas, a política de Poder que começa a ser delineada pela oposição e pelos caciques derrotados irá soterrar irremediavelmente as esperanças que o resultado das urnas revelou.
É o caso de se perguntar, então, que direito tem eles de travar o surgimento de uma nova proposta de trabalho, nascida do envolvimento das forças da cidade com objetivos comuns de melhoria da qualidade de vida, de melhores empregos e da organização de nossa economia? O que os leva a pensar que os votos que conseguiram amealhar nos showmícios, nos votos trocados por areia, blocos, favores médicos, lhes dão cacife político para manipular as relações entre o Executivo e o Legislativo visando seu projeto pessoal de Poder?
Para esse tipo de perguntas não há respostas porque sempre dirão que na Democracia compor com os adversários é fazer política e Poder ninguém dá, você cria condições e o toma.
Porém, o que sabemos é que essa balela sem ética nasceu de uma prática durante a ditadura, quando o que era importante era manter o Congresso aberto. Fazer política era isso, aliar-se a qualquer um desde que se mantivesse a voz do Parlamento, fossem expostas nossas contradições perante o mundo livre e agências internacionais de desenvolvimento, ganhando aos poucos massa crítica numericamente importante até que os próprios chefes do regime autoritário declarassem que a abertura seria feita, mas de forma lenta e gradual!
Daí para frente todos sabem o que aconteceu, ficou , porém, a cultura do acordo pelo poder como a expressão de grande capacidade política, da qual ainda não nos libertamos.
Chegou a hora de pôr uma pá de cal sobre essa forma de fazer política. Como não se trata de calar a boca de ninguém, deixemos os acordos pelo Poder para os que se pretendem caciques, ficando para nós, a comunidade, os acordos de Desenvolvimento.
Queremos do novo Prefeito e seus companheiros idéias claras e objetivas sobre como pretendem montar uma nova visão administrativa e de desenvolvimento para esta cidade, e em troca, as forças vivas de todos os setores da comunidade serão sua retaguarda para que ele não se deixe capturar pelas forças do atraso, da politiquice, e não se sinta só nos naturais embates que ainda virão.
Seus acordos serão nossos acordos. Seus compromissos de trabalho serão nossos compromissos de apoio. Ubatuba merece.

Renato Nunes
Ubatuba, SP

Artigo Topo

A MÃO INVISÍVEL DO MERCADO
Ernesto F. Cardoso Jr.


“Os maiores perigos para a liberdade escondem-se na influência insidiosa de homens devotados, bem-intencionados, mas desprovidos de compreensão”. Louis Brandeis, Juiz da Suprema Corte dos EUA.

Conta-se a seguinte estória entitulada,
           Eu, o Lápis: Minha Árvore Genealógica”
“Ninguém... ninguém, mesmo, sabe como chego a ser feito, diz o lápis. Em primeiro lugar, a madeira de que sou formado é fornecida por uma árvore, uma certa árvore de fibras longas, que cresce em determinados lugares e até certo ponto de desenvolvimento para se obter o melhor rendimento. Agrônomos e agricultores definem esse ponto e ao ser atingido determinam o seu corte. Para tanto, serras feitas de aço ou, modernamente, moto-serras de fabricação complexa que vem de indústrias de máquinas e de motores, onde milhares de pessoas trabalham, são usadas no corte dessas árvores. Quando a plantação é extensa, constroem-se acampamentos de madeireiros, com alojamentos e refeitórios para o abrigo e a manutenção dessa força de trabalho. Vem, depois, o carregamento dos troncos em caminhões ou trens e depois até em navios, dotados de guindastes especiais e pessoal de carga e descarga treinado. A escolha do meio de transporte implica em estudos de logística feitos por analistas para a definição da melhor viabilidade e custo. Até agora, notem bem, só falei da madeira de que é constituída a minha parte externa. Na minha fabricação, continua o lápis, entram outras milhares de pessoas com diversas especialidades e habilitações, por exemplo: na extração do minério, para fabricação do aço, do cobre e de outros minerais que são as matérias básicas das serras, dos machados, das moto-serras, dos caminhões e dos guindastes especializados. Chegadas as toras ao seu destino - as serrarias, são transformadas em ripas que são transportadas até as fábricas de lápis. Agora, diz o lápis, olhem para o meu interior. É feito de um minério extraído lá no antigo Ceilão, hoje Sri Lanka. Após vários e complicados processos termina em grafite, com dureza específica e alto grau de pureza, definidos por técnicos e trabalhadores especializados. O anel metálico que situa-se em minha parte superior para encaixe da borrachinha – o casquilho, é de uma liga metálica estanhada que vem de uma siderúrgica, onde outros tantos milhares de trabalhadores qualificados atuam. A borrachinha, que se encaixa nesse casquilho, que todos acham que é feita de látex, não é. É um produto sintético, semelhante à borracha, com idêntica capacidade de apagar riscos de lápis e que se obtém por uma reação do óleo de colza, extraído na Indonésia, com cloreto de enxofre. Depois de tudo isto, diz o lápis: deseja, ainda, alguém, por em dúvida o que eu havia dito, que nenhuma pessoa sobre a face da Terra sabe como chego a ser feito? Se você ainda duvida, então pense no seguinte: nenhuma pessoa, das milhares implicadas na produção dos materiais que entram em minha fabricação e nos processos referidos, trabalhou porque queria fazer um lápis. Todas executaram seus diversos e múltiplos trabalhos como meio de obter os bens e serviços que desejavam ou necessitavam. Toda a vez que alguém vai a uma papelaria para me adquirir, diz o lápis, essa pessoa estará trocando um pouco de seu trabalho pelo valor ínfimo dos serviços que milhares realizaram para que eu viesse a existir. Não é, pois, espantoso como é que cheguei a ser feito? Um pedaçinho roliço de madeira, com minério purificado dentro, um anel de metal estanhado e de borracha sintética formando a minha cabeça, tudo empregado em quantidades definidas para que haja o menor desperdício possível e maior eficiência de produção para definição do menor preço aceitável ao mercado e do maior lucro desejado pelo fabricante. E, ninguém, aboletado num escritório refrigerado, membro respeitado de um super ministério de planejamento, deu ordens a essas milhares de pessoas, nem coordenou essas dezenas de operações, nem qualquer força policial obrigou-as a fazer o seu trabalho. Essas pessoas vivem em países diversos, falam línguas diferentes, praticam religiões que até as fazem se odiar, todavia, nenhuma delas impediu que houvesse a necessária cooperação e coordenação, o preciso entrosamento para que eu fosse produzido, nas quantidades que o mundo precisa, a preços que todos acham razoável e à disposição de todos que de mim necessitam.”
Esta estória, na sua singeleza, encerra uma das mais importantes observações da Economia moderna de livre mercado, mas, deixemos o sábio e profundo analista, que viveu há mais de duzentos anos explicar, então, como foi que tudo isto aconteceu sem que houvesse qualquer planejamento centralizado dirigindo as milhares de pessoas envolvidas na fabricação desse lápis. Seu nome é Adam Smith, um dos pais da Economia moderna de mercado. Filósofo como era, buscava entender como é que “os interesses particulares e as paixões dos homens são levados na direção do que é mais agradável aos interesses de toda a sociedade”. Concluiu, então, que, “ se a troca de bens e/ou serviços entre duas partes for livre e voluntária, ela não ocorrerá a menos que ambas as partes considerem que podem tirar benefício para si próprios dessa troca”
A maioria das falácias econômicas, cuja principal é a pretenciosa suposta capacidade do Estado de centralizadamente planejar a Economia, tem origem na ignorância desta percepção aparentemente simples, de que uma “mão invisível”, mas, poderosa e muito sábia, determina o que deve ser feito, onde, de que modo e em que quantidades e preços.
O seu lápis, a um preço irrisório, disponível em abundância em toda a parte, é exemplo eloqüente de como as forças livres de mercado são muito mais sábias e eficientes do que todo o complicado e supostamente erudito processo de planejamento macroeconômico centralizado.
O sistema de preços é o mecanismo que desempenha essa tarefa, sem direção centralizada, sem exigir que pessoas se falem, ou se gostem e muito menos sem ditar-lhes suas vidas e suas ocupações. O sistema de preços, deixado a flutuar livremente, na maioria dos bens e serviços produzidos, permite que pessoas cooperem pacificamente numa determinada fase da vida, enquanto cada uma delas trata de seus próprios interesses no tocante a tudo o mais.
Sabe você que nome se dá a esta escola de pensamento? Chama-se “Liberalismo Econômico.” As sociedades mais ricas e cultas praticam-no por inteiro ou parcialmente; as mais pobres e incultas deitam-lhe xingação.

Ernesto F. Cardoso Jr.
efcardosojr@uol.com.br

Carta do Leitor Topo

Repassado por Pedro Vicente Tuzino/SABESP/BR em 10/01/2002 21:58
Para: albertorollo@uol.com
De: Pedro Vicente Tuzino/SABESP/BR
Data: 26/10/2004 11:30
Dr. Alberto Rollo
Venho por meio deste, manifestar a V.Sª. que não tenho interesse em entrar com recurso no TSE, face ao processo movido pela coligação Viva Ubatuba em 26/set em que figuram o Sr. Eduardo Cesar e o Sr. Domingos dos Santos. Optamos pelo recurso ao TRE/SP em 03/out, pois ainda não havia a definição de resultados da campanha eleitoral. È minha decisão e foi referendada por unanimidade pelo conselho político da coligação Viva Ubatuba. Desde já agradeço os préstimos de seu Escritório e enalteço o seu excelente trabalho desempenhado pela sua tão ilustre equipe.

Engº Pedro Tuzino
Ubatuba 23 de outubro de 2004


Quem "tom" terá o resgate? - Passada a fase da euforia, da vitória e, das comemorações, urge planejar a transição do governo e já, desde já, iniciar o proposto RESGATE. Não é fácil resgatar. Resgatar é muito mais do que simplesmente fazer. Assume-se a responsabilidade de recuperar, a qualquer custo, (mesmo os doloridos e dolorosos) o que estava perdido, para encaminhar ou, no mínimo, recolocar no devido lugar. Resgatar Ubatuba, na acepção proposta na campanha, dependerá da vontade política da mudança; de um planejamento sério, competente e exeqüível; de profissionais habilitados e capacitados de executá-lo. Chega de operações arriscadas e de improvisos. Nada de amadorismos. Chega de "distribuição dos peixes" e "vantagens" para uns, em detrimentos de todos. Chega de privilégios dirigidos. Chega de "poesias troikas" irresponsáveis e inconseqüentes. Chega de clientelismo. Chega de paternalismos. Chega da proliferação perniciosa dos SUBEMPREGOS. Tudo pela educação, formação e capacitação para o mercado de trabalho. Tudo pelas oportunidades. Iguais. Para todos. Tudo para Ubatuba. Tudo para o futuro dos nossos filhos. Se a cor da parte for realmente roxa, assistiremos e viveremos uma corajosa Mega Operação. Se for assim, não faltará colaboradores e voluntários. Que venha.

Ronaldo Dias
Ubatuba, SP

Foto do Dia Topo

Para participar desta seção basta enviar as fotos com crédito do autor e legenda, no tamanho mínimo de 1024 x 768 pixels com resolução de 72dpi para fotododia@litoralvirtual.com.br
O envio de foto caracteriza autorizada a sua publicação e identifica o remetente como autor.

Caraguatatuba-SP

Av. da Praia Caraguá


Avenida da Praia
©Franklin Rosevelt Teixeira


Para instalar a foto como papel de parede (wallpaper)
Clique na foto acima. Após carregar a foto ampliada, clique com o botão direito do mouse sobre a imagem e escolha "Definir como papel de parede" ou "Definir como fundo de tela". Para ajustar a imagem em tela cheia, clique em qualquer lugar da área de trabalho com o botão direito do mouse, escolha "Propriedades" / "Fundo de Tela" ou "Papel de Parede" / "Ampliar".

Arquivos:  Foto Saudade  -  Foto do Dia
 

 Faça seu comentário, crítica, opinião ou sugestão no Litoral Virtual:
Clique Aqui


As notícias, fotos e cartas publicadas neste boletim são de inteira responsabilidade de suas fontes e autores,
não expressando necessariamente a opinião deste informativo. O envio de qualquer material para nosso e-mail
será considerado como autorizado a sua publicação e assumida a total responsabilidade pelo seu conteúdo.
As cartas devem conter nome completo, RG, endereço, telefone de contato e um e-mail válido.
Reservamos o direito de não publicar cartas que não contenham a devida  identificação do autor.

Editor Chefe: Emilio Campi
Editora Assistente: Jullyany Roberta Cruz


GRÁTIS!!
Receba as Últimas Notícias do Litoral em seu e-mail:

Quero receber GRATUITAMENTE o boletim Últimas Notícias do Litoral:

e-mail:
Cidade:



Obs.: Você poderá cancelar o recebimento das notícias a qualquer momento.

Conheça as cidades do Litoral Norte Paulista:

Caraguatatuba Ilhabela São Sebastião Ubatuba

Litoral Virtual
O mais completo site do Litoral Norte Paulista na Internet
Sugestões, críticas e informações, entre em contato:
info@litoralvirtual.com.br

©1995/2001 Emilio Campi - Studio Maranduba - Direitos Reservados
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem a expressa autorização do autor