Litoral Virtual últimas notícias do litoral
Segunda-feira, 01 de novembro de 2004 - Nº 1147 Edições Anteriores

Giorgio Portal da Palmeira Locação

Região
Finados: Mais de 30 mil pessoas devem visitar cemitérios da região
Caraguá tem praia mais poluída do Litoral Norte

Caraguatatuba
Prefeitura quer aumentar número de competições esportivas para 2005
Vereadores negam recebimento de passes urbanos da Praiamar

Ilhabela
Luiz Lobo e Nanci Peres entram na briga pela presidência da Câmara


São Sebastião
Presos acusados de assaltar hotel
Bairro do Jaraguá recebe pela segunda vez Caravana do Esporte
DER vai instalar lombadas e ilhas de travessia em Maresias
Rombo nas contas do Sindserv pode chegar a R$ 2,5 milhões, diz delegado seccional
Vereadores adiam votação do projeto de parcelamento de dívida com o FAPS
Parlamentares discutem projeto que extingue Facenorte do Comusss

Ubatuba
ACIU aposta em sucesso para a temporada de verão 2004/2005
Renato Galvão: um nome que marcou Ubatuba no ano de 2004

Dr. Ricardo fala de seus projetos e objetivos para 2005
Mais um Mercado é alvo de assaltantes no Estufa II

Seções
Opinião
Artigo
Carta do Leitor
Foto do Dia


Notícias da Região Topo

Caraguá tem praia mais poluída do Litoral Norte

Litoral Norte - A praia do Indaiá, uma das mais frequentadas de Caraguá, lidera o ranking das mais poluídas do Litoral Norte, de acordo com os boletins de balneabilidade divulgados pela Cetesb (Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental) nos primeiros nove meses do ano.
As praias da Armação, em Ilhabela, e Perequê-Mirim, em Ubatuba, estão em segundo no ranking. Pontal da Cruz (São Sebastião) e Perequê (Ilhabela) aparecem em terceiro.
Em 35 boletins divulgados até o final de setembro, a praia do Indaiá apareceu como imprópria para banho em 24.
Uma praia é considerada imprópria quando apresenta índices de ciliformes fecais superiores a 1000 NMP (número mais provável) em 100 mililitros de água em duas ou mais amostras, das cinco realizadas pela Cetesb mensalmente.
Algumas praias apresentaram excelentes índices de balneabilidade, não aparecendo nenhuma vez como impróprias, entre elas, Mocóca e Martin de Sá (Caraguá), Grande (Ubatuba), Saco da Capela (Ilhabela) e Maresias, Camburi e Baleia (São Sebastião).
A Cetesb monitora as praias do Litoral Norte desde a década de 70. Atualmente, são monitoradas 64 praias da região.
A Cetesb sinaliza as praias impróprias com a bandeira vermelha e as próprias, com verde. O banho de mar em praias impróprias oferece riscos de doenças.
Combate à poluição - O prefeito de Caraguá, Antonio Carlos da Silva (PSDB), afirmou que até o final de 2005 a cidade terá 85% do seu esgoto tratado.
Silva disse que é preciso que os proprietários de residências façam a ligação de seus esgotos na rede coletora. Segundo ele, estão em operação as estações da Massaguaçu, Martin de Sá e Indaiá.
O prefeito em exercício de Ilhabela, José Donizete da Silva (sem partido), disse que será feito um investimento de R$ 17 milhões em obras de saneamento na ilha. "Vamos passar de 7% para 60% de moradias atendidas pela coleta e tratamento de esgoto." Segundo ele, uma parceria entre a Sabesp e moradores da praia do Pinto garantirá a implantação de saneamento naquela praia. O secretário de Meio Ambiente de São Sebastião, José Teixeira Filho, disse que está sendo feita a operação "caça-esgoto" no bairro Pontal da Cruz para notificar e multar os proprietários que lançam esgotos na praia ou córregos. O prefeito de Ubatuba, Paulo Ramos(PFL), não foi localizado para comentar. (Fonte: ValeParaibano)

Finados: Mais de 30 mil pessoas devem visitar cemitérios da região

Litoral Norte - As prefeituras da região estimam receber neste feriado de Finados a visita de aproximadamente 30 mil pessoas nos 16 cemitérios do Litoral Norte. Em São Sebastião, a expectativa é de cerca de 3 mil visitantes no cemitério do centro da cidade e mais 3,5 mil nas unidades da Costa Sul.
Além do centro, há cemitérios em Toque-Toque Pequeno, Maresias, Boiçucanga, Juquehy, Barra do Una e São Francisco, este último desativado e tombado pela Prefeitura. O horário para visitação será das 7h às 18h.
Em Caraguatatuba, a direção do cemitério municipal aguarda a visita de cerca de 15 mil pessoas. Construído em 1959 no bairro do Indaiá, no local já foram enterrados mais de 17 mil corpos.
Em Ilhabela, a direção do cemitério central pintou muros, gavetas e campas, retoques para receber aproximadamente 2 mil pessoas das 8h às 18h.
Ubatuba conta com cinco cemitérios: Santa Cruz, na região central; Bela Vista, no Ipiranguinha; da Marambuba; do Ubatumirim; e outro na divisa com Parati. Os dois primeiros são os maiores. Em todas as unidades, devem passar cerca de 10 mil pessoas.
Mais visitados - Um dos jazigos mais visitados do Litoral Norte fica no Cemitério de Caraguatatuba. Lá está sepultado Jean Pierre Toth. Filho de pais estrangeiros, Jean Pierre morreu de pneumonia em 4 de julho de 1959, com 36 dias de vida.
Seu túmulo recebe em média a visita de 500 pessoas nos fins de semana. Os visitantes, vindos inclusive de outras cidades do Litoral e Vale do Paraíba, deixam objetos, brinquedos e doces no túmulo, doados depois para entidades assistenciais.
Em São Sebastião, um dos mais visitados é o túmulo do menino
conhecido por Toninho, falecido em 1965. Segundo a direção do cemitério, pessoas de São Paulo e que freqüentam ou têm comércio na rua Amazonas, conhecida popularmente por Rua da Lama, deixam flores, velas e doces no túmulo. Dizem que o menino é milagreiro.
Este ano, a expectativa é de que muitas homenagens sejam feitas no túmulo da última paneleira da cidade, Adélia Barsotti, falecida em outubro do ano passado.
Em Ilhabela, um dos túmulos mais visitados é o do exprefeito de Ilhabela, Eurípides da Silva Ferreira, alvo de muitas homenagens. (Fonte: Correio do Litoral)

Notícias de Caraguatatuba Topo

O Guaruçá Anuncie Aqui

Prefeitura quer aumentar número de competições esportivas para 2005

Caraguatatuba - A convite do secretário de Esportes e Recreação de Caraguatatuba, representantes de entidades e associações esportivas do município reuniram-se esta semana na SECER (Secretaria de Esportes e Recreação), para falar sobre o calendário de eventos esportivos de 2005.
A reunião teve a participação de 21 representantes de associações, entre eles a Liga Caraguatatubense de Futebol, o Caraguá Bicicross Clube, Associação de Ciclistas, Associação de Vôo Livre, de Surfe e de Canoagem, academias de capoeira, Liga de Judô, Caratê, Tae Kwon Do, atletismo, entre outros.
Além dos campeonatos de modalidades esportivas representativas como Jogos Regionais, Jogos Abertos, JORI (Jogos Regionais do Idoso), Joguinhos do Interior, a SECER quer abrir espaço e oferecer apoio para a realização de novos campeonatos.
O secretário Nivaldo Alves solicitou que todos participem da programação de eventos e competições para o calendário de 2005. Segundo ele, a prefeitura dará apoio para a realização de diversos campeonatos, com prioridade para quem apresentar o projeto.
“Ao invés de levarmos nossos atletas para competirem em outros municípios, queremos trazer os atletas para a nossa cidade. Somos uma cidade turística, temos infra-estrutura para realizar campeonatos de qualquer modalidade e, além disso, temos a praia e o mar”, disse.
O secretário quer que o calendário seja distribuído em janeiro para que os visitantes tenham acesso à programação e possam se preparar. “A prefeitura também poderá se programar para os eventos, promovendo obras de adequação e infra-estrutura.
Com esse planejamento, as federações também poderão se programar melhor e poderemos evitar duplicidade de campeonatos no mesmo dia”, afirmou.
Quem não participou da reunião também poderá entregar suas propostas na SECER até o final do mês de novembro. Durante este período a diretoria de Lazer e Recreação discutirá e definirá o calendário para o ano que vem.
A SECER também está preparando o projeto de verão e o calendário sócio-educativo para crianças e adolescentes de 9 a 16 anos. (Fonte: Imprensa Livre)

Vereadores negam recebimento de passes urbanos da Praiamar

Caraguatatuba - O vereador Celso Pereira (PSDB) e o atual diretor da Câmara, José Benedito Gonçalves Pinto (PHS), o Zezinho Prequetê (vereador em julho do ano passado), prestaram na última quartafeira, 27, esclarecimentos na Delegacia de Polícia de Caraguatatuba, em investigação instaurada sobre a denúncia feita por uma emissora de rádio local, a respeito da suposta doação de 150 passes aos 17 vereadores da atual gestão, oferecidos pela empresa Praiamar, concessionária do transporte público da cidade.
Os cidadãos Paulo César da Silva e Antônio Pereira da Silva entraram com representação no Ministério Público em julho de 2003, pedindo a verificação do recebimento desses passes. A promotoria pediu à Polícia Civil, a abertura de inquérito para puração dos fatos.
A Assessoria Jurídica do Legislativo explicou tratar-se de averiguação de crime praticado por particular contra a administração pública, no caso a Câmara, e que os demais vereadores serão levados para prestar esclarecimentos até o próximo dia 5 de novembro.
Na próxima semana, devem ser ouvidos o vereador Nilson Lopes (PPS) e o presidente da Câmara, Wilson Agnaldo Gobetti (PPS). Restarão ainda as oitivas de Aurimar Mansano (PTB), Dalva Ricardo Santana (PMDB), Juarez Pardim (PPS), Leonor Diniz (PP), Omar Kazon (PL) e Vera Peixoto (PL).
Contradições - O depoimento dos vereadores começou a ser colhido somente no final de agosto deste ano, quando prestaram esclarecimentos Valmir Gonçalvez (PSDB) e Agostinho Lobo de Oliveira (PSDB). Ambos negarm ter recebido a doação.
Em 3 de setembro, foi a vez do vereador Anderson Bertoncini (PL) prestar depoimento.
"Sou rival da empresa e fiscalizador rígido. Não fui nem bem-atendido pela diretoria da Praiamar. Jamais recebi passe".
Mas alguns vereadores confirmaram o recebimento. Madalena Fachini assumiu publicamente em entrevista a uma emissora de rádio local que recebia 150 passes mensais da Praiamar.
"Eu repassava os passes para a Apae (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais) e para o asilo Pró+Vida, depois da denúncia não recebi mais", disse.
O vereador Laércio Aparecido de Andrade (PPS), o Bolha, também revelou que repassava os passes, desta vez, aos atletas da Secretaria de Esportes. "Minha atuação como parlamentar está fundamentada no apoio ao esporte".
Avaliação - O delegado Gilberto Carlos Fernandes Júnior, que comanda as investigações, disse que nos depoimentos colhidos até então, os vereadores negam o recebimento dos passes, assim como a gerência da Praiamar negou ter feito as doações aos vereadores. "Não temos nada de concreto, só conjecturas. A única prova que temos são os depoimentos que, sozinhos, não comprovarão crime. Terminarei de colher as oitivas e encaminharei à promotoria, que julgará se houve crime, ou não". (Fonte: Correio do Litoral)

Notícias de Ilhabela Topo

Vulcano Sailing Shop

Luiz Lobo e Nanci Peres entram na briga pela presidência da Câmara

Ilhabela - A briga nos bastidores e nas articulações políticas no arquipélago
andam de vento em popa.
Dois vereadores pleiteiam a presidência da Câmara: Luiz Antônio dos Santos (PL), o Luiz Lobo, e Nanci Peres de Araújo Zanatto (PTB), reeleitos nas eleições de outubro e ambos da bancada de apoio do prefeito também reeleito, Manoel Marcos (PTB). Talvez seja esse o motivo do clima de paz entre os concorrentes.
"Não somos nem adversários políticos, apenas queremos o mesmo cargo", diz Nanci.
"Ela é tão bem-preparada quanto eu", avalia Lobo.
Luiz Lobo assume seu terceiro mandato, mas foi já eleito por quatro vezes. Em 93, não pôde assumir sua cadeira por um problema de homônimo (pessoas com nomes idênticos) não resolvido dentro do prazo legal.
Ainda assim, Lobo foi diretor de Esportes, o que segundo ele, tornou-
se uma boa oportunidade para conhecer como funciona, na prática, o Executivo.
O vereador afirma que as negociações com os colegas estão bem adiantadas.
"Conversei com cinco vereadores, que até agora não deram certeza de voto, mas senti uma confiança muito grande no apoio deles".
O projeto mais ousado de Lobo para a presidência da Casa é transmitir as sessões em tempo real, via internet.
"Ainda preciso fazer um estudo detalhado sobre custos e benefícios para o município".
Além disso, o parlamentar quer unir forças a Manoel Marcos e resolver problemas pendentes que atingem a população, como o saneamento básico, além de encontrar soluções para a questão da segurança na cidade.
Força feminina - Única mulher eleita para a legislatura 2005 e com o status de atual líder do prefeito na Câmara, Nanci Peres de Araújo Zanatto admite que as negociações para sua candidatura estão indo muito bem, porém esconde o jogo.
"Ainda não vou divulgar meus projetos, mas garanto que ninguém ama tanto esta ilha quanto eu", garante.
"Tenho me dedicado exclusivamente a Ilhabela no decorrer de todos esses anos e, como presidente da Câmara, vou me dedicar ainda mais".A vereadora já foi presidente entre 83 a 85 e exerce em 2005 o sexto mandato. (Fonte: Correio do Litoral)

Notícias de São Sebastião Topo

anuncie aqui Superchic

Presos acusados de assaltar hotel

São Sebastião - A Polícia Militar prendeu na manhã de sábado  Alexandre de Abreu Oliveira, 23 anos, e Jéferson Guilherme da Silva, 18 anos, acusados do assalto ocorrido na madrugada de ontem no Hotel Aliança, em São Sebastião. No assalto, segundo a PM, os dois homens agrediram o proprietário, de 70 anos. A prisão ocorreu em Caraguatatuba, no bairro do Porto Novo, durante um bloqueio da PM. Os suspeitos, que residem no Itatinga, em São Sebastião, teriam confessado o assalto e informado onde estavam os objetos furtados. A PM recuperou os objetos, que estavam na casa de um terceiro suspeito. (Fonte: ValeParaibano)

Bairro do Jaraguá recebe pela segunda vez Caravana do Esporte

São Sebastião - Com a grande aceitação da primeira “Caravana do Esporte”, realizada no começo de abril, a Sociedade Amigos do Bairro de Jaraguá pediu bis. A Secretaria de Esportes, Juventude e Lazer (Sejuv) atendeu ao pedido e, neste domingo, a comunidade do bairro irá receber a segunda edição do evento, que visa integrar e sociabilizar os moradores da região.
Monitores da Sejuv e o grupo de escoteiros Guaravita irão organizar uma grande gincana, com atividades recreativas, a partir das 13h, no Campo do Estrela (em frente ao centro comunitário).
A Caravana do Esporte é um evento gratuito, sem limite de idade. No final das atividades serão distribuídos saquinhos surpresas com guloseimas. (Fonte: Imprensa Livre)

DER vai instalar lombadas e ilhas de travessia em Maresias


São Sebastião - O engenheiro do DER (Departamento de Estradas e Rodagem), Alberto Gasco, afirmou na reunião do Conseg (Conselho de Segurança) do 1º distrito (Maresias), realizada quinta-feira, no Restaurante das Tias, em Maresias, que serão “ instaladas quatro lombadas e ilhas de travessia no trecho de Maresias”.
As obras e os perigos da SP-55 foram um dos assuntos repetidamente abordados pelo presidente do Conseg, Aldo Amadei: “Eu fiquei quieto uma vez e um acidente fatal aconteceu. Desta vez nós vamos agir para que outros acidentes não aconteçam.
A pista foi reformada e isso é um convite para os motoristas dirigirem em alta velocidade, tanto é que um número grande de cachorros estão sendo atropelados e isso indica que nós devemos ser cautelosos”, ressaltou Aldo.
Em Maresias, como em outras praias do litoral norte, a rodovia corta os bairros e serve, na prática, como rua.
“Isso (a instalação das ilhas de travessia e das lombadas) será feito de forma gradativa para que os motoristas se habituem com os obstáculos”, esclareceu o engenheiro.
O prefeito eleito de São Sebastião, Juan Pons Garcia, compareceu ao encontro e abordou assuntos referentes à Costa Sul do município.
Além do prefeito eleito, o capitão Fernando Marcos Pedroso de Carvalho, o delegado Odair Bruzo e o tenente Igor Sergei Klein representaram respectivamente as policiais Militar e Civil e o Corpo de Bombeiros.
A reunião foi iniciada por Aldo Amadei, atual presidente do Conseg, e foram discutidas questões sobre as operações de verão de ambas as polícias e do Corpo de Bombeiros, as obras e perigos da rodovia SP-55 e a segurança pública de Maresias.
“Nossa operação de verão começa no dia 26 de dezembro e segue até o dia 26 de fevereiro. Durante esse período nós vamos receber um reforço de dezesseis agentes, que devem atuar junto ao 2º distrito, em Boiçucanga”, explicou o delegado Odair.
“A Policia Militar também vai receber um reforço para a temporada, nós estimamos que cinqüenta homens deverão completar o nosso efetivo da Costa Sul durante esse período. Vinte e cinco ficarão aqui (Maresias) e outros vinte e cinco estarão alojados na Barra do Una”, afirmou o capitão Fernando.
O Corpo de Bombeiros também adota procedimentos especiais durante os períodos de maior tramite turístico no município. “A diferença é que nós chamamos de operação praia segura e ela começa a partir do dia 1 de dezembro.
Nós conversamos com a Petrobras e pedimos um reforço de trinta e cinco guarda-vidas temporários. Nem sempre eles mandam esse número exato, mas certamente algo próximo disso”, disse o tenente Klein.
“Outros trinta e cinco homens devem ser contratados pela prefeitura, mas isso ainda precisa ser conversado. Portanto, nossa expectativa é de setenta homens a mais durante a operação”, acrescentou Klein.
Juan Garcia chegou cerca de trinta minutos após o início da reunião e fez considerações sobre os tópicos debatidos. “Por enquanto eu sou apenas um civil como outro qualquer, mas quero deixar claro que vocês podem contar com a minha ajuda no que diz respeito a batalhar por apoio para a realização dessas operações”, garantiu. (Fonte: Imprensa Livre)

Rombo nas contas do Sindserv pode chegar a R$ 2,5 milhões, diz delegado seccional

São Sebastião - A investigação instaurada pela Delegacia Seccional de São Sebastião aponta um rombo de aproximadamente R$ 2,5 milhões nas contas do Sindserv (Sindicato dos Servidores Públicos Municipais).
A afirmação é do delegado seccional do Litoral Norte, João Barbosa Filho.
Desde julho deste ano, a polícia apura supostas irregularidades em aprovação de atas de 2003 e em notas fiscais de despesas do sindicato.
Um relatório preliminar de 44 páginas contém itens sobre os quais a Polícia Civil pretende questionar novamente os membros da diretoria, durante as oitivas do inquérito.
Um total de 27 pastas foi entregue à perícia. O inquérito policial se encontra na segunda fase. Nela, os membros da diretoria precisam provar, item a item, que o dinheiro usado foi gasto para beneficiar os associados, como deveria constar na documentação entregue à Polícia Civil.
Além disso, as empresas cujos nomes aparecem freqüentemente como conveniadas, serão chamadas para também provar que esses convênios favorecem os associados.
Segundo o delegado seccional do Litoral Norte, João Barbosa Filho, foram questionadas somente as atas. "Agora, iniciaremos o processo pelo qual ouviremos a explicação sobre cada item das contas. Somando toda a documentação, o valor pode chegar a R$ 2,5 milhões".
Barbosa Filho explica que da documentação entregue à polícia constam recibos e cheques, na sua maioria, erroneamente preenchidos, alguns deles a lápis, outros assinados por terceiros, muitos sem o nome do destinatário do benefício, outros sem discriminação dos produtos fornecidos e serviço prestado pelo conveniado, além de vários deles sem firma reconhecida.
"Se não conseguir provar quem foi beneficiado com o valor gasto que aparece nos recibos, a diretoria deverá ressarcir o cofre do sindicato".
João Barbosa Filho comenta que existe a possibilidade de esses serviços terem sido realmente feitos.
"Talvez esses comércios sejam mesmo conveniados com o sindicato. Mas, vão ter de provar".
O delegado avalia que, em caso de comprovação das irregularidades,
toda a diretoria do sindicato poderá ser indiciada por vários crimes, concussão contra a administração pública (exigir para si ou outrem, direta ou indiretamente, vantagem indevida), estelionato (obter para si ou para outrem, vantagem ilícita ou qualquer outro meio fraudulento), formação de quadrilha (associação de três ou mais pessoas para fim de cometer crimes), corrupção (solicitar ou receber para si ou outrem vantagem indevida ou aceitar promessa de tal vantagem), sonegação fiscal (extraviar livro oficial ou qualquer documento de que tem a guarda em razão do cargo; sonegá-lo ou inutilizá-lo) e apropriação indébita (apropriar-se de coisa alheia móvel de que tem a posse ou a detenção).
Somados os crimes, a pena pode ultrapassar os 30 anos, com possibilidade de ser aumentada em um terço, em razão de serem os envolvidos no caso, funcionários públicos.
"Não estamos aqui para condenar ninguém, apenas queremos saber a verdade, nós e os denunciantes", conclui o delegado.
Explicações - A reportagem do Correio do Litoral entrou em contato com o presidente do Sindserv, Afonso da Silva Vale, em seu celular, na tarde desta sexta-feira, 29.
Ele disse que estava de folga e não comentaria o assunto.
A documentação - O inquérito foi aberto em julho deste ano, depois que a reportagem do Correio do Litoral publicou uma matéria em sua edição 93, em que o funcionário público Carlos Alberto de Santanna, o Gilbertinho,
denunciou supostas irregularidades em notas fiscais pagas e apresentadas pelo sindicato na assembléia geral, quando a prestação de contas de 2003 do Sindserv foi colocada em votação.
A documentação na documentação anexada à investigação, entre os recibos, o que mais chama a atenção é o freqüente registro mensal de compras, com valores próximos e sempre nos mesmos locais, como mais de R$ 50 mil gastos em uma única papelaria, mensalmente.
Na investigação, chama a atenção ainda a compra de pares de óculos com lentes oftálmicas e de sol no valor de até R$ 201.
Constam ainda recibos sem discriminação de serviço em academia de ginástica, no valor de aproximados R$ 1,5 mil, e conserto de aparelho celular no valor de R$ 105, incluindo compra de bateria.
"O Sindserv tem aparelhos de telefonia celular? Caso positivo, não pude constatar a "conta" ou o "recarregamento" contabilizado nas despesas", questiona o delegado no inquérito.
Outro item que chama a atenção é o conserto do carro de um advogado do sindicato, realizado mensalmente, além de recibos de pedágio.
"O que traz forte indício de o veículo ser de outra cidade", também avalia o delegado no inquérito. (Fonte: Correio do Litoral)

Pressionados, vereadores adiam votação do projeto de parcelamento de dívida com o FAPS


São Sebastião - Os vereadores de São Sebastião adiaram a votação do projeto de lei 79/04, de autoria do Executivo, que autoriza a Prefeitura a parcelar dívida com o FAPS (Fundo de Aposentadoria do Servidor Público Municipal), proveniente do empréstimo contraído do próprio Fundo.
A idéia é dividir a quantia de R$ 6,9 milhões em 120 parcelas, a contar de 10 de janeiro de 2005, com juros de 6% ao ano.
Mesmo com a manobra do regime de urgência especial proposto por dez parlamentares, a manifestação de servidores públicos que compareceram à sessão da última terça-feira, 26, foi mais forte. Pelo regimento interno da Câmara, para um projeto tramitar em regime de urgência são necessárias assinaturas de dez vereadores, no caso, rubricadas pelo presidente da Casa, Marcos Leopoldino (PTB), o vice João Barreto (PL), e os vereadores Benedito Amâncio (sem partido), Ronaldo Lourenço (PP), José Cardim de Souza (PP), Marcos Antônio de Souza (PSDB), Carlos Antônio de Souza Borba (PMDB), Dalton José da Silva (PL), José Luiz Ribeiro (PSDB) e Marcos Antônio do Carmo Fuly (PSDB).
Depois de acaloradas discussões e de manifestações populares, Barreto e Lourenço resolveram retirar suas assinaturas, evitando assim uma votação imediata.
Com a decisão, o projeto tem 90 dias para tramitar na Casa, podendo então ser votado somente em 2005, na gestão do prefeito eleito Juan Pons Garcia (PPS).
Mas, tudo indica que o projeto seja votado ainda este ano, já que um dos motivos de sua apresentação seria o fato de o prefeito Paulo Julião (PSDB) ter de se adequar à Lei de Responsabilidade Fiscal.
Para o vereador Wagner Teixeira (PV), os servidores seriam prejudicados, pois não tinham conhecimento da matéria.
"Somos sabedores de que os projetos votados em regime de urgência acabam desgastando esta Casa, então por este motivo, gostaria de requerer vistas por 15 dias", explica.
"Infelizmente, é o prefeito Paulo Julião quem vai pagar o pato, pois isso vem de outras administrações. É a primeira administração em que a Lei de Responsabilidade Fiscal está vigente, senão o exprefeito
João Siqueira estava preso e o ex-prefeito Luizinho (Luiz Alberto de Faria), também. Não é justo deixarmos esta dívida para o próximo prefeito".
O vereador Erwin Edson da Mota (PTB) rebateu os comentários de Teixeira e informou que as parcelas da atual administração estão atrasadas desde setembro de 2003.
"Sabiam que tinham de pagar, mas não fizeram isso".
Avaliação - Para o presidente do Sindserv (Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de São Sebastião), Afonso da Silva Vale, há anos a Prefeitura tem esta dívida com o FAPS.
"A primeira foi contraída na administração do ex-prefeito Luizinho, cerca de R$ 9 milhões. Já na administração do exprefeito João Siqueira, foram R$ 5 milhões, emprestados e pagos, devendo somente a parte patronal", explica.
"A atual administração não está honrando nem com a parcela do empréstimo, nem com a parte patronal, tendo por obrigação a
quitação deste débito".
Ainda segundo Vale, existe uma lei federal proibindo a renegociação da dívida e não houve documentação do conselho deliberativo do FAPS para autorizar a renegociação.
"Todo vereador que compactuar com este projeto é tão irresponsável quanto o atual prefeito", esta foi a frase do prefeito eleito de São Sebastião, Juan Manoel Pons Garcia (PPS).
Garcia disse em entrevista ao CORREIO DO LITORAL que a admnistração em vigor deveria ter feito um planejamento para saldar a dívida e, além de não realizar este estudo, ainda contraiu mais um empréstimo com o FAPS.
"Este projeto é uma irresponsabilidade fiscal e a atual administração tinha de honrar sua dívida, e não o fez. O funcionalismo público não pode e não deve aceitar". (Fonte: Correio do Litoral)

Parlamentares discutem projeto que extingue Facenorte do Comusss

São Sebastião - A polêmica envolvendo a criação de uma nova entidade representativa dos bairros da Costa Norte de São Sebastião está de volta.
Um projeto de lei substitutivo, de autoria do Poder Executivo, retira os representantes da Facenorte, que representa três SABs (Sociedades de Amigos de Bairros) da Costa Norte dentro do Comusss (Conselho Municipal de Saúde de São Sebastião).
E inclui o nome da federação recém-criada, a Uninorte, que engloba 12 SABs.
O projeto, que estava na pauta da ordem do dia da sessão da última terça-feira, 26, seria votado, mas graças a um pedido de vistas por 10 dias do vereador Edvaldo Amarante Reimberg (PPS), a votação foi adiada.
O vereador Aldo Conellian (PV), que esteve à frente da Secretaria da Saúde e acompanhou os trabalhos dos membros da Facenorte no Comusss, disse ser contrário ao projeto.
"O Conselho de Saúde tem papel fundamental nas decisões, ajudando e muito na condução e planejamento dos programas de saúde desta cidade. Não sou contra a ninguém participar deste conselho, sou contrário a este projeto, pois de uma tacada não se pode tirar toda uma história de participação".
Ainda segundo Conellian, o projeto poderia ser mais bem redigido.
"Se tiver alguma entidade querendo fazer parte deste Conselho Municipal, acho que a Prefeitura deve dar condições, mas mantendo a paridade".
O parlamentar Erwin Edson da Mota (PTB) alegou que o projeto tem cunho político.
"Simplesmente estão banindo a Facenorte e colocando tudo na Uninorte por questões políticas. Não é decente aprovarmos este projeto, retirando quem está há anos participando e dar lugar a uma entidade nova, criada recentemente com anseios políticos". (Fonte: Correio do Litoral)

Notícias de Ubatuba Topo

Restaurante Solar das Águas Cantantes Parabéns Ubatuba

ACIU aposta em sucesso para a temporada de verão 2004/2005

Ubatuba - “A expectativa para a temporada de verão deste ano é de que as vendas de fim de ano superem em pelo menos 50% as do ano passado”.  Esta é a fala da Associação Comercial e Industrial do município, que tem realizado uma parceria bem sucedida com o empresariado local.
A presidente da ACIU, Dalva Maria dos Santos, afirma que boa parte do comércio já começou a contratar e que até o Natal o índice de contratações temporárias nos mais diversos setores ligados ao comércio, só deve aumentar.
“No banco de dados da associação os interessados em trabalhar se cadastram, deixando o nome e outras informações, como algum curso que tenha. Aí, as empresas consultam e podem entrar em contato direto com seus futuros contratados. Já temos mais de 500 pessoas”. O banco de dados pode ser visto no site www.aciubatuba.com.br .
Conforme Dalva Maria, nem a previsão dos meteorologistas sobre um possível verão mais chuvoso do que em anos anteriores desanima. “Isso é relativo. Durante esse ano tivemos feriados sem sol e que foram bons para o comércio que não tem tido maiores problemas. Os estabelecimentos agradam a todos os turistas em relação aos de outras cidades da região. Temos preços mais baratos e, em alguns casos, o turista chega a comprar aqui para levar a São Paulo”.
O comércio tem investido em capacitação de mão de obra para priorizar o bom atendimento ao turista. Em restaurantes e lanchonetes, por exemplo, os funcionários sempre estão cumprindo normas básicas de higiene –como manusear alimentos de luvas – e atendem o turista sempre com simpatia. Talvez isso seja resultado, de acordo com a presidente da associação, dos cursos profissionalizantes que têm sido oferecidos junto com a Secretaria Estadual do Trabalho, Sebrae e ACIU. Um destes, que entre os meses de agosto e setembro deste ano formou cerca de 70 pessoas, é o “Sabor e Qualidade”.
Trata-se de programa dirigido especialmente aos “quiosqueiros, lancheiros e ambulantes, para capacitá-los no manuseio e alimentação de alimentos. Foi realizado neste ano com a ajuda do Sebrae”, completou Dalva Maria.
Ela também explica que o curso tem duração de 110horas/aula, aproximadamente dois meses. “Orienta também o micro empresário para que possa manter um planejamento de propaganda e administração adequada para o negócio.
Depois os participantes ganham certificado de participação e o selo de garantia, para ser afixado no estabelecimento comercial”.
Se a mão de obra tem que ser capacitada, o empresário que contrata também deve estar disposto a trabalhar durante qualquer período do ano, mesmo com a sazonalidade que geralmente paira sobre as cidades do litoral. Pensando nisso, a fim de motivar o empresariado, é que mais uma vez, em parceria com o Sebrae, é desenvolvido pela associação comercial curso de motivação ao empresariado, chamado Empretec. Segundo Dalva, a eficiência do curso é certa e conta com o apoio da Organização das Nações Unidas, que acredita no desenvolvimento do potencial empreendedor.
“Quem faz o curso de motivação consegue perceber que tem potencial empreendedor por meio de entrevistas, oficinas e vivências. O curso procura estimular mudanças no comportamento pessoal que mais tarde vão refletir no campo empresarial. Mexe com a pessoa e afasta o perigo de quebra do negócio”, diz ela. Um dos pontos abordados no Empretec é fazer com que o empresário consiga perceber se têm as 10 características de um bom empreendedor, como a persistência para enfrentar os obstáculos “e o comprometimento pessoal com a empresa para ajudar os funcionários e priorizar os clientes”.

Palestras - A parceria entre a Associação Comercial de Ubatuba e o Sebrae coloca a disposição 10 temas de palestras para a escolha dos associados e do empresariado em geral. De acordo com a ACIU, as datas serão comunicadas poste-riormente aos inscritos quando forem confirmadas pelo Sebrae. Mais informações pelo telefone (12) 3832-1449. Entre os temas estão: lucratividade, terceiri-zação, vigilância sanitária, divulgação da empresa, analise de mercado e marketing de serviços e internet.

Natal - O esforço para manter estruturado todos os segmentos do setor turístico municipal tem rendido bons frutos e faz com que se diferencie de outras cidades. Somente na região central, são pelo menos quatro centros de compra que não devem nada aos de uma grande capital. Os lojistas estão se preparando e, apesar de não revelar muitos detalhes, ela diz que haverá uma parceria entre comerciantes para a decoração natalina no município e que Papai Noel também chega à cidade em dezembro. “Cada lojista também deve fazer sua promoção de acordo com o que procura sua clientela”. Fotos: Marcello Veríssimo. (Fonte: Imprensa Livre)

Renato Galvão: um nome que marcou Ubatuba no ano de 2004
Renato Galvão é o Campeão Brasileiro de Surf Profissional de 2004

Ubatuba - Com apenas 22 anos, Renato Galvão sagrou-se campeão brasileiro de surfe profissional, fato este que não ocorria desde o bi-campeonato de Ricardo Toledo, que foi o último representante paulista a conquistar um título brasileiro.
Neste intervalo houveram alguns nomes, como Tadeu Pereira, Alexandre “Costinha”, Edgar Bischof, Izaias Silva e Odirley Coutinho, que representaram bem a cidade de Ubatuba e o estado de São Paulo. Isto sem mencionar a enorme quantidade de atletas de todo o estado de São Paulo, como Wagner Pupo, Renan Rocha, Erick Miakawa, Beto Fernandes e Adriano Mineirinho, dentre muitos talentos do esporte.
Este título poderia não ter acontecido se pensarmos que Renato, logo no início de sua carreira como surfista, pensou em desistir de surfar.
Segundo seu relato, um dia antes de viajar para Saquarema, onde ele se sagraria campeão profissional de 2004, em uma palestra que deu, contou que por falta de dinheiro para trocar de prancha quase desistiu do surfe, pois seus pais não tinham condições de lhe comprar uma prancha nova e a sua estava sem condições.
Logo veio o apoio de Zecão, que lhe ofereceu um patrocínio fornecendo-lhe as pranchas para que ele treinasse e fosse para as competições com chances de lutar pelos títulos.
Renato começou a surfar aos 10 anos e com 12 anos ingressou na Escolinha Municipal de Surfe de Ubatuba, sob a supervisão do seu então técnico, Alberto Jacob.
Segundo Jacob, Renato em seu primeiro campeonato fora de Ubatuba já chegou à final, o que chamou a atenção de todos.
Daí por diante as coisas começaram a acontecer com naturalidade. Ele não pensava mais em desistir de surfar, muito pelo contrário, passou a se dedicar cada vez mais aos treinos, aprimorando assim seus fundamentos, com estilo e técnica de competição que eram passados durante seus treinos na Escolinha Municipal. Os títulos foram surgindo desde cedo e ele logo se sagrou campeão paulista na categoria Iniciante e em seguida campeão paulista Mirim.
“Ele se diferenciava dos outros atletas pelo seu poder de autoconcentração e, enquanto outros atletas achavam que ele era um rapaz metido ou arrogante, que não falava com ninguém, na verdade ele estava buscando sua maior concentração para atingir seus objetivos. Ele sempre foi muito focado e isto faz a diferença” diz Alberto Jacob. “Ele sempre esteve entre os melhores em todas as categorias que passou” completa Jacob, que mostra muito orgulho de ter sido seu técnico por tantos anos.
Com as constantes viagens do atleta, a união entre Jacob e Renato ficou um pouco complicada e Galvão passou a ser treinado por “Carlinhos” Roberto, seu atual treinador. Os últimos três anos foram realmente muito especiais para o atleta. Em 2002 ele sagrou-se campeão paulista profissional. No ano seguinte venceu a divisão de acesso à elite do surfe nacional (Super Trials) e este ano a grande conquista: o título de campeão brasileiro de surfe profissional.
No segundo semestre deste ano Renato foi para a Europa para disputar a perna Européia do WQS (segunda divisão do circuito mundial de surfe profissional), aproveitando um intervalo no calendário do Circuito Brasileiro. Com um surf moderno e com muita competitividade, ele venceu a etapa na Inglaterra, faturando nada mais nada menos do que dez mil dólares, além de levar o nome de Ubatuba e do Brasil ao ponto mais alto do pódio.
“As coisas estão acontecendo muito rápido para mim e só tenho que agradecer a Deus”. Atualmente Renato é freqüentador da Igreja Ágape de Ubatuba, o que, segundo ele, só tem trazido bons frutos para sua vida. Um dos seus objetivos para o ano que vem é conquistar uma vaga para a elite do surfe mundial, e para isto ele vai competir em todas as etapas do WQS.
Renato tem todo o apoio de sua família e de sua esposa Aline, e a união com o seu atual técnico “Carlinhos” vem dando excelentes frutos. Carlinhos consegue passar uma tranqüilidade muito grande para o atleta, corrige seus pontos fracos, aprimora ainda mais sues pontos fortes, além de cuidar da parte física de Renato. Como resultado, acabou coroado com o título de campeão do Supersurf. Texto: Ana Gabriela Fernandes - Fotos: Renato Boulos. (Fonte: Imprensa Livre)

Dr. Ricardo fala de seus projetos e objetivos para 2005


Ubatuba - O vereador Dr. Ricardo, em entrevista exclusiva, falou de seus projetos atuais e objetivos para o próximo mandato. Preocupado com o bem estar da população, uma vez que é médico, o vereador sempre se empenhou em buscar melhorias em todos os setores, mas principalmente na área da saúde e turismo.
Um dos trabalhos de grande importância para a população e para o desenvolvimento do turismo já está em prática. Recentemente Dr. Ricardo solicitou à Telefônica a instalação de um aparelho para deficientes auditivos. Dois já estão instalados, um na ADUBA – Associação dos Deficientes de Ubatuba e outro na Câmara Municipal. “A gente tem interesse de ampliar esse serviço com mais oito telefones espalhados pela cidade, pois é um investimento bom, que vai inclusive desenvolver o turismo. Além disso, estou tentando entrar em contato com as câmaras do litoral norte para que se mobilizem e cobrem das empresas de telefonia a instalação desses aparelhos”, explicou.
Outro projeto considerado de grande importância pelo vereador é a retirada do recesso parlamentar da Câmara no mês de julho, “inicialmente estamos entrando com um projeto de resolução para retirar o recesso no mês de julho e estamos estudando com o corpo jurídico uma forma de fazer férias coletivas, entre os dias 15 de dezembro a 15 de janeiro, que também é um mecanismo de economia e de grande interesse tanto para a Câmara quanto para a população”, disse Dr. Ricardo, enfatizando que a partir de janeiro irá propor um outro projeto para que o recesso da temporada de verão seja também retirado.
Dr. Ricardo também é um forte candidato à presidência da Câmara em 2005, “estamos em negociação com os novos eleitos e os vereadores que permaneceram para que a gente faça uma câmara coesa”, disse. Na condição de presidente, se eleito, pretende buscar um outro local para instalação do Legislativo, representar Ubatuba nas esferas estadual e federal para desenvolver a cidade de maneira sustentável, “vamos nos empenhar para gerar mais empregos e mostrar que Ubatuba tem um potencial muito grande para o desenvolvimento turístico, como também tem para a implantação de indústria aeronáutica, de marinas e convênio com a Nuclebrás, que pode gerar subvenções com as quais traríamos melhorias para a população, como a compra de ambulâncias, instalação de uma UTI e aquisição de material para o hospital. Outra atitude é buscar junto ao Executivo sanar de uma vez as dificuldades econômicas da Santa Casa e fazer com que Ubatuba volte a ser um pólo econômico da região”, finalizou. (Fonte: Laura Ennes)

Mais um Mercado é alvo de assaltantes no Estufa II

Ubatuba- Mais um mercado foi alvo de roubo esta semana, que já tinha registrado uma ocorrência neste tipo de estabelecimento no mesmo bairro Estufa II. Desta vez, o mercado fica na rua Santa Cruz, invadido na noite de quinta-feira.
Eram 19h15 quando o comerciante P.M.A., de 58 anos, e sua mulher foram rendidos por um assaltante, que usava um capuz e portava um revólver. Ele anunciou o roubo, pegando R$ 60 do caixa e fugindo em uma bicicleta que deixou no lado de fora do estabelecimento.
Segundo a vítima, o assaltante aparentava ser menor de idade. A Polícia Militar foi avisada, fazendo patrulhamento pelo bairro, mas sem encontrar o suspeito.
O roubo foi registrado na delegacia da cidade. Na terça-feira um outro mercado no bairro tinha sido invadido por uma dupla, que roubou R$ 300. Na ocasião, o assaltante armado disparou um tiro, que não chegou a atingir ninguém. (Fonte: Imprensa Livre)

Ação Litoral

Opinião Topo

Até onde vão as obrigações
Herbert Marques

Os homens públicos deveriam, pela função que ocupam, quer nos cargos eletivos quer nos de carreira, terem por formação profissional a obrigatoriedade de terminar aquilo que deram início, independentemente do tempo que lhe resta para permanecer em seus cargos. Eu explico. O prefeito atual enfrentou cobras e lagartos para asfaltar a cidade. Depois da batalha ganha, já na boca das eleições, começou em ritmo acelerado o asfaltamento das ruas centrais, dando a entender que cumpriria sua tarefa antes de ver seu mandato submetido às urnas, o que não conseguiu a nível de asfaltamento e de reeleição. Foi derrotado muito provavelmente tendo como um dos fatores o açodamento.
O que nos resta hoje? Uma cidade com asfaltamento completo em determinadas ruas, incompleto em outras e tantas mais ainda por fazer. Ao se observar máquinas paradas, tudo indica que ao prefeito derrotado está faltando o princípio básico de responsabilidade e obrigação para com o povo que o conduziu por duas vezes ao Poder Executivo, não o fazendo desta vez muito provavelmente por obediência ao princípio da alternância, tão saudável em qualquer democracia.
Já é hora do homem público ser consciente de suas obrigações e tê-las acima de qualquer paixão, por mais raizada que esteja a necessidade de ocupar o poder a qualquer preço para satisfação de seu ego. O compromisso assumido com o povo que o elege vai até o último dia em que deverá transmitir o poder para seu sucessor e essa responsabilidade é pública, é assumida perante a sociedade no dia em que passou a ocupar seu cargo e o voto de seus eleitores. Um homem público forjado com essas características deveria ser a regra, o que não acontece não só em Ubatuba, como por todas as partes desses rincões afora.
Pelo andar da carruagem ficaremos mais uma vez dessa forma. Cidade esburacada, pavimentação incompleta, total desrespeito para com os cidadãos que pagam seus impostos e esperam de seus homens públicos o mínimo de respeito. O cumprimento da sua obrigação como homem público, principalmente quando eleito pelo povo.
No dizer do popular: Ubatuba é uma cidade sem sorte.

Herbert Marques
Ubatuba, SP

Artigo Topo

Halloween? Aqui?
Jullyany Roberta


Halloween não é nada mais, nada menos que uma invasão cultural cujo veículo principal e atual se chama GLOBALIZAÇÂO.
O que nossa maravilhosa terra, com paisagem esplendidas de praias ensolaradas, com frutos e aves coloridos, tem haver com os dias das Bruxas. Nossa cultura é outra, nossa terra é cheia de cultura e dias lendários. Agora para que comemorar uma coisa que nem ocorreu aqui no Brasil. Por acaso eles comemoram alguma lenda nossa da aqui? O que nos leva a comemorar o Halloween? Uma maneira de negociar-mos? Seria uma troca de vendas?
Hipócritas! Compramos o produto e de brinde vem uma tradição que permanece se formando como 1 dia a mais de feriado no nosso calendário. Hipócritas! Quando tem carnaval, todos que participam gastam com a produção, quando tem festa junina, todos que participam gastam com a produção, e quando à Hallowen, a lógica é gastar com a produção porque é a TRADIÇÃO!!!
Ainda bem que não sou somente eu que penso dessa maneira. Algumas cidades do país já estão tomando suas providencias, tomo como um grande exemplo a cidade de São Luís do Paraitinga, no interior de São Paulo. Essa foi a primeira a aprovar o Dia do Saci, no dia 31 de outubro em oposição ao Halloween. Parabéns para essa cidade.
Acho que a sociedade tem que refletir sobre o que entra e sai aqui no Brasil, pois temos o direito de reivindicar e não pensar que somente o presidente que manda, por que nem ele mesmo manda, só assina o que a maioria concorda.

Jullyany Roberta
Ubatuba, SP

Carta do Leitor Topo

Colhemos o que aqui plantamos I - Em sua fundamental opinião no " Colhemos ... " você atinge o âmago do 'óbvio ululante'. Charles Medeiros é de lúcida coragem em sua posição anti-clientelistica, anti-populista e anti-demagógica. Política digna e eficaz se faz com coragem cívica.
Parabéns Charles, parabéns Emilio. Será que desta vez vai ???
Dizem que o diabo é perigoso por ser velho. É meu caso, pois conhecimento e experiência vêm com a velhice (infelizmente). Sempre que uma nova administração vem, as esperanças retornam. Esperemos pelo milagre.
Alguns indícios que acompanho mais de perto indicam que vão trocar seis por meia duzia, pelo menos na área de saúde. Na SCasa a provedoria que parece ter assumido é a mesma que administrou a decadência da Misericórdia.
Administradora d'antanho, remanescente desta época de decadência, é vista a vagar pelos corredores, neste retorno auto denominando-se diferentemente.
Outros 'salvadores', que n'outros ambientes são cobrados por dilapidação, são consagrados pela ignorância da reconsagração eleitoral.
Notória figura de autos criminais mantém cargo no nosocômio. É negativo demais.
Ontem o prefeito eleito, tudo indica imbuido das melhores intenções, esteve na SCasa ouvindo os diversos segmentos.
Espero que a inspiração cívica e a percuciência lhe permitam apoiar-se em pessôas e segmentos lúcidos e sérios que possibilitem nosso único hospital ressurgir do buraco em que se encontra, tanto para segurança dos aqui moradores quanto para estimular o turismo, pois o segmento mais forte e com retorno econômico e presencial mais permanente é o de terceira idade.
Este grupo, por razões evidentes, só se apresenta com infra estrutura de saúde adequada.
O PSF, não sei se ainda administrado (???) pela SCasa (???) é programa de largo alcance social e, bem administrado e gerido, é magnífico instrumento de saúde e justiça social.
Como tudo na vida que não opta pela linha reta de atuação (a administração pela SCasa é 'gambiarra', eis que o certo seria estar na administração pública, sujeita aos controles dos Tribunais de Contas e da Lei de Responsabilidade Fiscal) é boa idéia desperdiçada, contaminada pela 'administração' espúria.
Esperamos pelos novos tempos com esperança. Mas nunca nos esqueçamos de que
" pau que nasce torto, morre torto".
Abraço.

Roberto de Mamede Costa Leite
Ubatuba, SP

Colhemos o que aqui plantamos II - Muito corajosa e correta sua observação sobre a migração desordenada que vai passo a passo inchando Ubatuba.
A ausência de políticas sociais por parte dos governos estabelecidos,aliada a covardia da população, que passivamente tudo aceita,e assim justifica a política executada,me faz crer, que no curto prazo não veremos luz no fim do túnel. Me ponho a imaginar o que mais é necessário acontecer neste pais,(mais pessoas são assassinadas que paises em guerra,1/3 da população vive com menos de R$1,00/dia, assassinos, vigaristas e pilantras são eleitos para cargos públicos,....... e por ai vai) para que o povo se indigne, saia dessa modorrice e exija o mínimo de respeito aos seus direitos de cidadão, Ate quando vamos querer fazer omeletes sem quebrar os ovos?. Quem souber que o diga.

Sergio Abreu
Ubatuba, SP

Foto do Dia Topo

Para participar desta seção basta enviar as fotos com crédito do autor e legenda, no tamanho mínimo de 1024 x 768 pixels com resolução de 72dpi para fotododia@litoralvirtual.com.br
O envio de foto caracteriza autorizada a sua publicação e identifica o remetente como autor.

Ubatuba-SP

Canoa em Maranduba - Emilio Campi


Canoa em Maranduba
©2004 Emilio Campi


Para instalar a foto como papel de parede (wallpaper)
Clique na foto acima. Após carregar a foto ampliada, clique com o botão direito do mouse sobre a imagem e escolha "Definir como papel de parede" ou "Definir como fundo de tela". Para ajustar a imagem em tela cheia, clique em qualquer lugar da área de trabalho com o botão direito do mouse, escolha "Propriedades" / "Fundo de Tela" ou "Papel de Parede" / "Ampliar".

Arquivos:  Foto Saudade  -  Foto do Dia
 

 Faça seu comentário, crítica, opinião ou sugestão no Litoral Virtual:
Clique Aqui


As notícias, fotos e cartas publicadas neste boletim são de inteira responsabilidade de suas fontes e autores,
não expressando necessariamente a opinião deste informativo. O envio de qualquer material para nosso e-mail
será considerado como autorizado a sua publicação e assumida a total responsabilidade pelo seu conteúdo.
As cartas devem conter nome completo, RG, endereço, telefone de contato e um e-mail válido.
Reservamos o direito de não publicar cartas que não contenham a devida  identificação do autor.

Editor Chefe: Emilio Campi
Editora Assistente: Jullyany Roberta Cruz


GRÁTIS!!
Receba as Últimas Notícias do Litoral em seu e-mail:

Quero receber GRATUITAMENTE o boletim Últimas Notícias do Litoral:

e-mail:
Cidade:



Obs.: Você poderá cancelar o recebimento das notícias a qualquer momento.

Conheça as cidades do Litoral Norte Paulista:

Caraguatatuba Ilhabela São Sebastião Ubatuba

Litoral Virtual
O mais completo site do Litoral Norte Paulista na Internet
Sugestões, críticas e informações, entre em contato:
info@litoralvirtual.com.br

©1995/2001 Emilio Campi - Studio Maranduba - Direitos Reservados
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem a expressa autorização do autor