Litoral Virtual últimas notícias do litoral
Terça-feira, 09 de novembro de 2004 - Nº 1152 Edições Anteriores

Giorgio Portal da Palmeira Locação

Região
Pescadores pedem escritório da SEAP na região


Caraguatatuba
Ladrão leva R$ 17 mil em Caraguá
Pastoral Fé e Política tem 1º Concurso de Presépios
Priscila é eleita a Miss Comerciária 2004
Jovens promovem no próximo sábado "festa de caridade"
Suposto assaltante é morto após roubar casa de major e soldado
Cão é baleado ao avançar contra ladrões que agiam no Pegorelli
Roubaram sítio no Perequê-Mirim; foram presos no São Francisco
Caraguá recebe o segundo módulo do Curso de Arbitragem do Surfe
AG Pereira quer solução para a UBS do Morro do Algodão
Baduca será nome de anexo dos Vereadores


Ilhabela
Motos de competição são apreendidas em Castelhanos
8ª etapa do Circuito de Maratonas Aquáticas

São Sebastião
São Sebastião avalia base da Petrobras
Alckmin inaugura obra em São Sebastião
Estado prevê privatizar porto em 2005
Instalação de base de gás é discutida, mas sem consenso
Pais preocupados pedem melhorias na conservação de brinquedos
Governo conclui projeto de ampliação até fim do ano
Moradora pede providências com relação a abuso de sargento da PM

Ubatuba
Câmara discute instalação de feira de artesanato na Praça Santos Dumont
Homem tenta apartar briga entre irmãos e acaba sendo esfaqueado

Seções
Carta do Leitor
Foto do Dia


Notícias da Região Topo

Pescadores pedem escritório da SEAP na região

Litoral Norte - As colô-nias de pescadores do litoral norte (Z-14 de São Sebastião, Z-6 de Ilhabela, Z-10 de Ubatuba e Z-8 de Caraguatatuba) entregaram um documento para o ministro da SEAP (Secretaria Especial de Aquicultura e Pesca) José Fritsch que sugere a implantação de um escritório regional em Caraguá.
O documento, que foi entregue pelos pescadores ao ministro na sexta-feira, durante o Primeiro Seminário de Pesca e Maricultura, pede também alterações na instrução normativa número 3, artigo 10, de 12/05/04, que proíbe a concessão de licenças para pesca de espécies controladas, no caso da região o camarão, um dos crustáceo mais abundantes do litoral norte.
A solicitação não se refere a obter novos números de permissões e sim realizar uma pesquisa com todas as licenças da pesca do camarão, identificar os barcos que estão desativados e repassar a licença a um trabalhador profissional.
O pedido da instalação de um escritório da SEAP na região tem um motivo simples. Os pescadores não tem condições de ir a São Paulo resolverem problemas como renovação de documentos, carteirinha de pescador e licença de barcos.
“Ir até a capital custa dinheiro e perda de tempo. O escritório trata de pesca e aquicultura, então tem que estar perto do mar. Nossa região possui cerca de 5 mil profissionais que vivem diretamente da pesca”, diz o diretor presidente da colônia Z-14, Guilmer Tavares, que fala também que os pescadores já possuem uma sugestão sobre qual pessoa poderia ocupar o cargo de chefe do escritório.
“Acreditamos e confiamos no trabalho do dr. Paulo Marcos de França Pereira (encarregado do escritório regional do Ministério da Agricultura no litoral norte), que é médico veterinário e está há mais de 20 anos na região. Sua competência pode ser comprovada na realização do seminário de pesca. Nunca vi uma autoridade do porte de um ministro visitar nossa região”.
Ele destacou ainda a importância do seminário e analisou outro problema enfrentado pelos pescadores de São Sebastião. “Relatei ao ministro o problema do preço do combustível. Os barcos estrangeiros, além de obterem a licença mais rápida do que nós, pagam 90 centavos no litro do diesel, enquanto nós da região desembolsamos R$1,70 pela mesma quantidade”, concluiu.
O vice-presidente da AMESP (Associação dos Maricultores do Estado de São Paulo) e integrante da colônia Z-8, da Cocanha, José Luís Alves, também concorda que um escritório da SEAP na região ajudaria os pescadores. “Ficaria muito mais fácil.
A documentação demora às vezes mais de um mês para chegar”, diz. Alves, porém, não acredita que a reivindicação seja atendida. “Não estou confiante. Essas coisas são lentas e demoram muito para serem feitas”, opina.
O coordenador geral de maricultura da SEAP, Felipe Suplicy, diz que a estrutura de sua secretaria ainda não é suficiente para a implantação de um novo escritório e lembra que o setor da aquicultura estava sem um órgão especializado há mais de 10 anos.
“Com a criação da SEAP a demanda de pedidos dos pescadores, maricultores e aquicultires em geral é muito maior do que a capacidade atual da secretaria. Enquanto não conseguirmos aumentar nosso quadro de funcionários dificilmente iremos colocar um escritório regional fora das capitais”, esclareceu, para a infelicidade dos pescadores locais.
O coordenador de maricultura ressalta ainda que a cidade de Caraguatatuba não seria o local ideal para uma possível implantação de um escritório da secretaria especial. “Tem que ser um ponto central e que atenda toda a faixa litorânea. Acredito que Santos seria adequado, por sua localização geográfica permitir o deslocamento com maior agilidade aos dois extremos do estado”.
A razão da escolha da cidade de Caraguatatuba como reivindicação dos pescadores para a instalação do escritório regional da SEAP deve-se ao fato do município ser o mais populoso do litoral norte e estar situado entre São Sebastião e Ubatuba. De acordo com o IBGE, Caraguá tem 86 mil habitantes. (Fonte: Imprensa Livre)

Notícias de Caraguatatuba Topo

O Guaruçá Anuncie Aqui

Ladrão leva R$ 17 mil em Caraguá

Caraguatatuba - Um homem armado assaltou ontem à tarde a concessionária Nipakh Honda, em Caraguatatuba. O assalto aconteceu às 15h45, quando a loja estava cheia. Nenhum cliente percebeu o roubo. Até as 19h30, a polícia não tinha pistas do assaltante.
Segundo o gerente, E., 37 anos, ele e mais três funcionários foram surpreendidos pelo assaltante no setor administrativo. "Ele nos obrigou a deitar no chão e ficar calados, sob ameaça de um revólver calibre 38", disse. Segundo o gerente, todos foram pisados e mal-tratados pelo assaltante, que alegava estar acompanhado por outros quatro homens.
O gerente informou ainda que o assaltante estava bem trajado. Segundo ele, cerca de vinte pessoas estavam na loja no momento do assalto, mas ninguém percebeu o roubo.
Além do dinheiro, o assaltante levou os aparelhos celulares de todos as vítimas. A loja fica no centro da cidade, região em que já foram assaltados em plena luz do dia uma loja de departamentos e uma sorveteria. (Fonte: ValeParaibano)

Pastoral Fé e Política tem 1º Concurso de Presépios

Caraguatatuba - O regulamento do 1º Concurso de Presépios, da Pastoral Fé e Política da Igreja Católica será lançado no próximo dia 24, com objetivo de despertar a cultura religio-sa e o verdadeiro sentido do Natal. As premiações serão simbólicas, nas categorias residencial e não residencial (comércio e outros).
Criatividade e beleza serão analisados no concurso, que estará recebendo as inscrições entre os dias 1º e 17 de dezembro, na Cúria Dio-cesana, localizada a Rua Santos Dumont, 100, no centro da cidade. Os participantes também colaborar na inscrição com um quilo de alimento. As fichas de inscrição podem ser encontradas a partir do próximo dia 24 no comércio, instituições e paróquias.
Os presépios classificados ficarão expostos em local público de 29 de dezembro a 6 de janeiro de 2005, e a população poderá eleger o mais criativo e bonito. A premiação será feita no dia 6 de janeiro. A novidade é a terceira categoria, cujos presépios serão mostrados por foto, devido ao impedimento de deslocamento, como os presépios construídos em jardins, casas e outros.
Também está prevista palestra sobre o histórico dos presépios, o que faz parte da programação cultural do Concurso. A idéia do concurso foi da CBCavalcanti Marketing & Comunicação Ltda, sendo reformulada e assumido pela Pastoral Fé e Política. Todas as pessoas podem se inscrever. (Fonte: Imprensa Livre)

Priscila é eleita a Miss Comerciária 2004, concurso que arrecadou 3 toneladas de alimentos

Caraguatatuba - Em clima havaiano, a jovem Priscila Tavares Romaneli, de 17 anos, faturou o Miss Comerciária 2004, concurso realizado pelo Sindicato dos Empregados do Comércio de Caraguatatuba e Região, disputado na última sexta-feira, no Princes Clube, em Caraguá. O evento arrecadou três toneladas de alimentos não perecível - a entrada foi três quilo de alimentos por pessoa.
Um total de doze belas funcionárias do comércio local disputou a coroa da beleza. Em segundo lugar ficou Quessaline Aires Vieira e em terceiro Cristiane Maria da Silva. A organização do Concurso ficou com Isa Meire e Sueli Santana.
Primeiramente as classificadas desfilaram em trajes havaianos, posteriormente de maiô preto e por último com vestidos de gala. Durante os três desfiles, houve apresentação de coreografias do bailarinos da Fundacc (Fundação Cultural e Educacional de Caraguá).
A vencedora Priscila está cursando o terceiro colegial e pretende ser juíza. Ela gosta de ir para praia nas horas de lazer e sonha passar no concurso para a magistratura. Referente às horas tensas na passarela ela revelou.
“A primeira vez que entrei estava tremendo, mas na segunda vez coloquei na cabeça que a coroa seria minha e desfilei mais confiante. Agora espero compartilhar esta felicidade com as outras concorrentes. Só dou um conselho para as que concorrerão o ano que vem: treinem muito!”.
O patrocínio da Miss Comerciaria 2004 foi das Casas Pernambucanas. Dentre os jurados, estavam o presidente da Câmara, vereador Wilson Agnaldo Gobetti e o produtor de moda Karlos Ferreira.
O Princes Clube esteve lotado com cerca de 600 convidados, a quem foram servidos coquetéis e drinks especiais. As três toneladas de alimentos arrecadadas farão parte das cestas básicas de natal distribuídas pelo Sindicato. “Mais uma vez o evento fui um sucesso”, resumiu a a presidente do Sindicato, Ana Célia dos Santos. (Fonte: Imprensa Livre)

Suposto assaltante é morto após roubar casa de major e soldado

Caraguatatuba - O suposto assaltante Aguinaldo, cujo sobrenome era desconhecido da polícia, foi morto com um tiro no peito, após roubo ocorrido no final da tarde de sábado, na casa de veraneio do major da reserva O.C.B.J., 60 anos, e o filho, o soldado E.A.B., de 27 anos, no bairro Praia das Palmeiras.
Quatro assaltantes, que chegaram em motos, teriam invadido a casa, rendendo o major na entrada da residência. A nora dele viu o sogro rendido e antes que eles entrassem na casa, avisou o marido, também PM e soldado, que pegou sua pistola, arma de sua propriedade.
O E.A.B., lotado em Mogi das Cruzes, atirou contra Aguinaldo, que portava um revólver, calibre 38 e caiu morto na frente da casa. Os outros três fugiram, sendo capturados posteriormente pelas imediações por viaturas da PM, acionadas pelas vítimas. Eles são L.M.F., de 19 anos, e dois menores de 17 anos.
Segundo o capitão Valter Padula, comandante da PM de Caraguatatuba, esta quadrilha seria suspeita de praticar roubos na região, onde estariam aterrorizando. O corpo de Aguinaldo ficou no IML até a tarde de ontem, quando foi reconhecido por parentes. (Fonte: Imprensa Livre

Cão é baleado ao avançar contra ladrões que agiam no Pegorelli

Caraguatatuba - Um cachorro, cuja raça não foi revelada à polícia, foi baleado ao reagir aos assaltantes que rendiam a comerciante S.P.A., de 65 anos, na noite de sexta-feira, no bairro Pegorelli.
Antes disso, dois assaltantes encapuzados tinham tentado abordar o filho da comerciante C.A.F.N., de 28 anos, que evitou a dupla manobrando o carro e saindo do local.
C. chegava em casa, quando surgiram os assaltantes, que queriam assaltá-lo. A vítima conseguiu escapar com o carro, chamando a polícia. Enquanto isso, a dupla rendia a comerciante, que havia saído da casa para ver a razão do barulho e latido dos cães.
Um dos cachorros avançou em um dos invasores, que disparou contra ele, atingindo-o na pata. A dupla fugiu, conseguindo levar R$ 700 da comerciante. A polícia fez patrulhamento pela cidade, mas não conseguiu localizar os suspeitos.  (Fonte: Imprensa Livre

Roubaram sítio no Perequê-Mirim; foram presos no São Francisco

Caraguatatuba - A dupla A.B.S., de 27 anos, e um adolescente de 15 anos, foi presa no final da tarde de domingo, sob suspeita de roubo em uma propriedade agrícola, na avenida José da Costa Pinheiro, bairro Perequê-Mirim. Os dois fugiram com o carro da vítima sentido São Sebastião. Uma viatura da PM conseguiu interceptar o veículo em fuga no bairro São Francisco.
O casal de agricultores I.K., de 58 anos, e M.K., de 56 anos, foram abordados por duas pessoas, que invadiram sua propriedade. Um deles se armou com um “penado”, atingindo I.K. e pegando R$ 199, um toca fita e documentos do carro e da vítima, levando o Gol vítima na fuga.
A Polícia Militar foi avisada, passando o caso, via rádio, para todas viaturas que estavam nas ruas. Já em São Sebastião, um veículo da PM deparou com o carro ocupado pelos suspeitos. Ao perceber que foi flagrada, a dupla abandonou o carro, fugindo a pé.
Os policiais militares conseguiram deter os dois ainda nas proximidades. Eles foram levados à delegacia, onde se registrou o roubo. O agricultor foi conduzido ao pronto-socorro, onde foi medicado e depois liberado. (Fonte: Imprensa Livre

Caraguá recebe o segundo módulo do Curso de Arbitragem do Surfe

Caraguatatuba - Seguindo o cronograma do curso de Introdução à Arbitragem do Surfe, as Faculdades Integradas Módulo, em Caragua-tatuba, receberam neste último sábado, dia 6 de novembro, a segunda etapa do curso.
O primeiro módulo teve como convidado o diretor técnico da ABRASP (Associação Brasileira de Surf Profissional), Paulo Motta, que falou sobre noções básicas de julgamento em baterias de surfe dando uma introdução ao procedimento e andamento de um campeonato de surfe.
Nesta segunda fase, o aluno de Educação Física Jonas Ricci (juiz profissional e shaper) ministrou um workshop aprofundando as noções de regras gerais de surfe, para a aplicação dos critérios passados na primeira fase do curso.
Um dos pontos mais enfatizados foram as interferências, que são as situações que geram mais polêmica durante um campeonato de surfe. Foram passados os tipos básicos de interferência, o direito de passagem em baterias de quatro surfistas e quando não houver prioridade em baterias de 2 surfistas, interferência de remada, snaking e todas as penalidades possíveis nestes casos.
Os tipos de picos também foram citados, como point break (quando existe apenas uma direção disponível), múltiplos picos ao acaso (fundo de areia) e um pico (fundo de areia, pedra ou coral).
“Muitas vezes os juizes de surfe trabalham sob pressão e stress e algumas situações de reclamação por parte de atletas tem que ser relevadas, pois o juiz não está ali para punir e sim para avaliar o desempenho do competidor” afirma Jonas Ricci.
“O juiz tem a obrigação de estar atento a todas as situações que acontecem dentro da água, pois a evolução do surfe fez com que estratégias de competição sejam utilizadas pelos atletas, o que exige ainda mais daqueles que estão julgando uma bateria de surfe” completa Ricci.
O recurso do vídeo, que atualmente é utilizado em algumas competições, também foi abordado durante a palestra. Segundo Jonas, o julgamento do surfe busca sempre a perfeição, por isto existe um corpo de juízes - head judge, spoter e agora o vídeo, que em alguns casos pode até mudar o resultado de uma bateria.
Assuntos como adequação de julgamento em categorias como Petit, Feminino e Longboard, julgamento em más condições de surfe, duração oficial de baterias, W.O, congressos técnicos antes das competições e as funções de cada elemento do corpo técnico, também foram abordados neste segundo módulo.
“Este curso é uma semente que está sendo plantada para atuar a nível estudantil. Não queremos formar um novo grupo de juízes para saturar o mercado e sim promover novos eventos, abrindo o campo de trabalho” finalizou Jonas Ricci.
O próximo módulo do curso está agendado para o dia 27 de novembro, das 15 às 18 horas, e será aplicado pelo bicampeão brasileiro de surfe profissional, Ricardo Toledo, quando será realizado um campeonato virtual onde os participantes aplicarão a parte prática, já na função de juízes.  Finalizando, deverá acontecer um campeonato de surfe, no qual participam como juízes os alunos que se destacarem no curso. O curso tem apoio das Faculdades Integradas Módulo e da Água do Mar Surf Shop. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 3897-2043, na secretaria da faculdade.  (Fonte: Imprensa Livre

AG Pereira quer solução para a UBS do Morro do Algodão
Parlamentar constatou problemas na construção da UBS durante visita

Caraguatatuba - O Vereador reeleito Aureliano Gonçalves Pereira – AG Pereira (PTB), da Câmara Municipal de Caraguatatuba, esteve visitando nos últimos dias a UBS (Unidade Básica de Saúde) do Morro do Algodão, na zona sul da cidade e constatou problemas na estrutura do prédio, recém-inaugurado. A visita foi acompanhada por técnico da Prefeitura e o Parlamentar quer uma solução rápida para o assunto. O problema foi constatado pela comunidade do bairro que avisou o Vereador.
O Vereador visitou a UBS acompanhado de funcionários da Câmara, do seu Assessor Parlamentar e do Pastor Paulo Girotto. Alertado pela comunidade, quanto aos problemas no local, o Parlamentar fez uma minuciosa vistoria no prédio da UBS do Morro do Algodão, na zona sul da cidade, que foi recentemente inaugurado.
Acompanhado também pelo assistente da Secretaria Municipal de Obras Públicas, o engenheiro Raul Pesci Jr., o Vereador observou as diversas rachaduras nas paredes e na laje da UBS e ficou temeroso quanto a solidez do prédio. Ao mesmo tempo verificou o atendimento e os médicos do local, constatando alguns problemas.
O assistente Pesci Jr. também fotografou o local e disse que só daria um parecer após estudar o projeto do prédio. Para o Vereador devem ser realizadas medidas para solucionar o problema. “Um problema como este não pode ocorrer num prédio público e em tão pouco tempo. Estamos cobrando e vamos aguardar o parecer e qual solução será dada”, disse. (Fonte: Câmara Municipal de Caraguatatuba)

Baduca será nome de anexo dos Vereadores
Projeto do Presidente da Câmara denomina ex-Vereador para ala dos Parlamentares

Caraguatatuba - A Câmara Municipal de Caraguatatuba discute na próxima terça-feira, dia 9 de novembro, na Ordem do Dia da sua 37ª Sessão Ordinária semanal, projeto de Decreto Legislativo de autoria do Presidente da Câmara, Wilson Agnaldo Gobetti (PPS), denominando de “João Rodrigues de Godoy Filho – Baduca”, o anexo destinado aos gabinetes dos Vereadores. O Parlamentar faleceu em maio deste ano.
A Sessão Ordinária semanal da Câmara de Caraguatatuba terá apenas três (3) projetos, entre eles 2 (dois) do Executivo; O primeiro fala num convênio com a Segurança Pública estadual e o segundo sobre o transporte coletivo no município.
O Executivo encaminhou autorização de convênio com a Secretaria Estadual da Segurança Pública, com o intuito de facilitar a vinda de policiais para o reforço de temporada no Verão. Estes policiais ficarão espalhados pelo Litoral Norte para auxiliar as ações do 20º Batalhão de Polícia Militar, sediado em São Sebastião.
O segundo e último projeto de autoria do Executivo fala na instituição operacional do serviço de transporte na cidade. Na verdade é um manual com direitos e deveres de ambas as partes – Prefeitura/Concessionária, para a manutenção do transporte coletivo no município.
O último projeto da noite é um Decreto Legislativo, de autoria do atual Presidente da Câmara, Wilson Agnaldo Gobetti (PPS) e denomina de João Rodrigues de Godoy Filho – Baduca, o anexo destinado aos gabinetes dos Vereadores. O Vereador Baduca faleceu em 31 de maio deste ano e foi o primeiro Parlamentar a falecer durante o mandato, desde a criação da Câmara de Caraguatatuba. (Fonte: Câmara Municipal de Caraguatatuba)

Notícias de Ilhabela Topo

Vulcano Sailing Shop

Motos de competição são apreendidas em Castelhanos

Ilhabela - Oito motos foram apreendidas na Estrada de Castelhanos no domingo. Elas não tinham placas e estavam com documentação irregular. A apreensão aconteceu por acaso, quando o delegado da Ciretran da cidade, José Luiz Tibiriçá, estava em uma padaria, de folga, e avistou motos sem placas, sendo abastecidas em um posto de gasolina.
O delegado suspeitou de que os motociclistas iriam para a estrada de Castelhanos. Com ajuda de um policial civil, que também estava de folga, o delegado se dirigiu para rodovia de acesso a Castelhanos, a SP-131.
Ele encontrou as motos, que por serem de competição somente podem trafegar em pista própria e não em uma rodovia estadual. As motocicletas, que são importadas, não apresentavam placas.
Conforme o delegado, os veículos pertencem a empresários de São Paulo que combinaram aquele passeio, porém sem a devida documentação das motos, equipamentos e placas. “As pessoas pensam que a Estrada de Catelhanos é uma trilha e que não precisa respeitar o C.T.B. (Código de Trânsito Brasileiro)”, disse o delegado.
Segundo o delegado, muitos turistas tratam a cidade como “terra de ninguém”, se “esquecendo” que a cidade tem a mesma legislação do país. As motos ficaram apreendidas no pátio da delegacia e serão liberadas após a entrega das documentações. (Fonte: Imprensa Livre)

8ª etapa do Circuito de Maratonas Aquáticas de Ilhabela comemora aniversário do Centro Náutico Ilhabela

Ilhabela - O frio e garoa não intimidaram os competidores da 8ª etapa do III Circuito Municipal de Maratonas Aquáticas de Ilhabela que aconteceu no último domingo, dia 7 de novembro. Cerca de 45 nadadores largaram no Pier do Perequê as 11h25 com tiro de largada do empresário Paolo Angeloni e chegada no Centro Náutico Ilhabela, também no bairro do Perequê.
A prova aconteceu em comemoração ao aniversário de 15 anos do Centro Náutico Ilhabela, que tem sido parceiro do Campeonato desde o início, local onde os nadadores foram recepcionados com frutas, lanches e distribuição de camisetas comemorativas.
Um grande público acompanhou a premiação que contou com entrega de medalhas e sorteio de brindes. O prefeito Manoel Marcos e sua família, o vereador Luiz Lobo e o secretário do planejamento Norberto Batista prestigiaram o evento.
O primeiro a cruzar a linha de chegada foi o santista Marcos Fuschini (Cat G/Pousada dos Marinheiros), com o tempo de 26min e 27seg. A nadadora de Caraguatatuba Cátia Silva (Cat F) foi a primeira mulher a completar o percurso com tempo de 29min e 40 seg ficando em 4º na geral.
Entre os atletas de Ilhabela, Harry Finger (Cat H/Harry Imóveis), Eros Santiago Pinna (Cat B/Bar Atlântico/Harry Imóveis), Moana Kojin (Cat A) e Mônica Gomes (Cat E/Ger-com) ficaram em 1º nas respectivas categorias.
Os nadadores João Paulo Silva (Cat B/ Restaurante Ilha Sul), Sohan Bello e Silva (Cat A/ASCA), Juliano Carlavlho (Cat C) e Geancarlo Padilla (Cat D) completaram a prova em 2º lugar na categoria. Em 3º ficaram os nadadores Douglas Carvalho (Cat B), Eduardo Salinas (Cat D) e Pablo Melero (Cat G).
José Ricardo Reis (Cat F/Panathlon) e José Edson Barreto (Cat H/Americana) terminaram em 4º na categoria e em 5º Manoel Carvalho (Cat H/Marina Paolo).
A prova de incentivo Menor e Melhor Idade aconteceu por volta das 11h40 no Centro Náutico Ilhabela e contou com a participação de 9 nadadores iniciantes entre eles Cleusa de Santana de 71 anos, Victor Julião de 12 anos, Pedro Julião de 11 anos, Rafael Augusto Oliveira de 11 anos, Óiguen Carlos de Faria de 11 anos, Suryah Reis de 13 anos, Marina Ariane Silva de 13 anos, Marcos Aurélio de 12 anos e Cintia Moraes de 12 anos.
O destaque ficou para o idealizador da prova, o professor Mário Bello, que 25 dias depois do AVC que sofreu, participou da etapa com ajuda dos companheiros Eugênio Pierotti, José Eustáquio, do Panathlon de Santos e Sílvio Naslauski, todos cumprindo com o juramento e a filosofia do Panathlon que é a do fair play.
A 9ª etapa do III Circuito de Maratonas Aquáticas de Ilhabela ainda não tem data e percurso definido e deverá ser divulgado na próxima semana.
O evento foi organizado pelo Panathlon Clube de Ilhabela e contou com o patrocínio do Centro Náutico Ilhabela, da Ger-com de Mauá, apícola São Caetano e ASCA de Brasópolis e apoio da Prefeitura Municipal de Ilhabela. (Fonte: PMI)

Notícias de São Sebastião Topo

anuncie aqui Superchic

São Sebastião avalia base da Petrobras

São Sebastião - São Sebastião está se mobilizando para sediar a base de apoio de exploração de gás natural, proveniente da jazida encontrada pela Petrobras a 130 quilômetros de Ilhabela.
Santos e Angra dos Reis (RJ) já estão na disputa pela base. Para que São Sebastião ganhe a base será preciso mudar a Lei Orgânica do Município, que proíbe o armazenamento em cavernas pela Petrobras ou o transporte do gás por dutos.
Ontem, pela primeira vez a sociedade civil organizada discutiu o assunto na Câmara. A Petrobras deverá começar a exploração da jazida a partir de 2007.
Apesar de as promessas de 36 mil empregos e do aumento na arrecadação municipal, ambientalistas e advogados cobraram mais informações técnicas e jurídicas sobre a implantação da base de apoio no município.
Cautela - "Temos que avaliar a questão com muita cautela", disse o presidente da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) em São Sebastião, Luiz Tadeu de Oliveira Prado.
Para o ambientalista Eduardo Hipólito do Rego, do Instituto Brasil Educar, a Petrobras tem que enviar especialistas para dar informações mais concretas sobre a exploração da jazida de gás natural.
"Não podemos mudar a lei desta maneira, sem ter dados precisos e concretos. É um risco muito grande", afirmou.
O assunto vinha sendo discutido apenas pela Comissão Especial de Assuntos Referentes a Petróleo e ao porto, presidida pelo vereador Marcos de Souza (PSDB).
"A sociedade tem que avaliar se vale a pena ou não fazermos um lobby para sediar a base de apoio", afirmou. (Fonte: ValeParaibano)

Alckmin inaugura obra em São Sebastião
Gorvernador participa da 1ª megaexportação de carros da GM pelo porto, que foi ampliado para atender à demanda

São Sebastião - O governador Geraldo Alckmin estará hoje em São Sebastião para inaugurar, às 10h30, os dois novos dolphins --estruturas metálicas que permitem a atracação de embarcações de grande porte-- no porto da cidade.
As obras foram feitas pelo governo do Estado com o objetivo de ampliar as operações no porto. Foram investidos R$ 2,3 milhões nos dois dolphins, por meio da Dersa (Desenvolvimento Rodoviário S/A), empresa responsavél pela administração do porto de São Sebastião.
Como os dolphins ultrapassam o tamanho do cais, o porto poderá receber navios com capacidade para até 5.000 veículos. Antes, a capacidade do porto era para embarcações com capacidade para até 2.500 carros.
Alckmin também assistirá a primeira megaexportação de carros feita no porto. A General Motors exportará para o México, 4.540 veículos fabricados nas unidades de São José dos Campos e São Caetano do Sul. Serão exportados automóveis de modelos Astra, Corsa, Meriva e Montana.
A General Motors, sétima maior exportadora do país, com US$ 968,3 milhões de janeiro a setembro deste ano, de acordo com dados do Ministério do Desenvolvimento, utilizava até agora o porto de Santos para suas remessas internacionais.
Embarcação - Os automóveis serão transportados pelo navio Prince Number 1, de bandeira norueguesa, que mede 195 metros de comprimento. A GM pretende movimentar 50 mil carros por ano por meio do porto de São Sebastião.
"Hoje, o porto está capacitado para atrair novos clientes. Com as melhorias programadas poderemos aumentar ainda mais a sua produtividade", disse o secretário estadual dos Transportes, Dario Rais Lopes, que também acompanhará o governador hoje em São Sebastião.
Segundo Rais Lopes, o Estado deverá começar em 2005 o processo de privatização do porto (leia texto nesta página).
O porto de São Sebastião voltou a exportar veículos a partir de abril deste ano, quando a Dersa fechou um contrato com a Volkswagen para embarcar uma média de 2.000 carros por mês para a Argentina. São modelos Gol, produzidos na unidade da Volks de Taubaté.
Além da Volks, a Fiat também já utilizou o porto local, que exportou para a Argentina experimentalmente 500 veículos. A Ford fez consultas para também utilizar o local, segundo o gerente do porto, Paulo Rogério de Almeida. Almeida afirmou que, cada embarque de carros feito por meio do porto de São Sebastião, gera 250 empregos diretos e outros 250 indiretos.
Segurança - Representantes da sociedade civil organizada, da OAB de São Sebastião e o prefeito eleito Juan Pons Garcia (PPS) pretendem aproveitar a presença de Alckmin hoje em São Sebastião para reivindicar ao governador mais segurança para o município.
"Vou reivindicar o aumento real do efetivo da Polícia Militar. Não podemos contar com o reforço apenas no feriado e temporada de verão", disse o prefeito eleito, Juan Pons Garcia.
Um total de 4.540 carros será embarcado para o exterior pelo porto de São Sebastião (Fonte: ValeParaibano)

Estado prevê privatizar porto em 2005

São Sebastião - A Dersa (Desenvolvimento Rodoviário S/A) deve finalizar ainda este ano o projeto de ampliação do porto, segundo o secretário estadual dos Transportes Dario Rais Lopes.
O projeto prevê a construção de uma nova ponte de acesso em "L", com estrutura para receber mais dois berços para atração de navios. O porto possui atualmente apenas um berço para receber navios.
O projeto está orçado em R$ 57,8 milhões e inclui obras para aumento do calado do porto, que passará de 8,5 metros para 14 metros de profundidade. Outros R$ 20 milhões deverão ser investidos em equipamentos.
Segundo Rais Lopes, o processo de privatização do porto deverá começar em janeiro de 2005/
O secretário afirmou que empresas italianas, chinesas e japonesas demonstraram interesse em operar o porto local, além de quatro empresas nacionais.
Com as obras de ampliação, o porto de São Sebastião, que movimenta em média 400 mil toneladas ano, a partir de 2010 movimentará um volume de 3 milhões de toneladas anuais.
O Estado também tem investido nas rodovias que dão acesso ao porto, procurando facilitar o escoamento das cargas.
Um valor de 57,8 milhões de reais deverão ser gastos no projeto de modernização do porto. (Fonte: ValeParaibano)

Instalação de base de gás é discutida, mas sem consenso
Comissão especial da Câmara debate possível mudança da Lei Orgânica com representantes da sociedade civil

São Sebastião - Durante mais de duas horas vereadores e representantes da sociedade civil discutiram, ontem à tarde, no plenário da Câmara, a possível instalação de uma base de apoio no município à exploração do gás natural, encontrado em área marítima de Ilhabela, sem chegar a um consenso. Um dos motivos é a falta de informações técnicas sobre o funcionamento e impacto provocado por esta nova estrutura.
A reunião foi promovida pela comissão especial de assuntos ligados ao porto, reforma tributária e petróleo, da Câmara de São Sebastião, formada pelos vereadores Marco Antônio de Souza (presidente), Wagner Teixeira (secretário) e também Carlos Borba (membro), que não compareceu.
Na abertura, às 14h30, o ex-vereador Luiz Leite Santana, o Zangado, presidente da Associação Civil para o Desenvolvimento Econômico e Tecnológico de São Sebastião, falou sobre a importância de uma discussão regional do assunto, já que envolve outras cidades. “Se nossa região não estiver unida, vai perder sempre. A base de apoio precisa de um aeroporto, estrutura portuária e técnicos especializados.
A Baixada Santista está com unhas e dentes para que fique lá e a comunidade tem de definir o que quer. Não há desenvolvimento sem custo. Os problemas têm de ser contornados e fiscalizados dentro de planejamento”, declarou o ex-vereador.
Atualmente, a base estaria descartada na cidade por força do artigo 157 da Lei Orgânica Municipal. Este proíbe o armazenamento de gás em tanques-caverna e de superfície, além de transporte por meio de dutos.
O vereador José Cardim de Souza relembrou que, há cerca de sete anos, a comunidade fez um abaixo-assinado com mais de 2 mil assinaturas e apresentou um projeto de iniciativa popular definindo tal restrição, aprovada por unanimidade na Câmara.
Na época, a Petrobras cogitava instalar tanques de gás em cavernas no município. Cardim considera que a possível alteração do artigo da Lei Orgânica tem que ser definida pela população. “Farei o que a comunidade achar. Se tivermos a base de apoio do gás, teremos o triplo do dinheiro.
Ruas calçadas, não faltarão remédios nos postos, mas por outro lado, teremos que conviver com o progresso”, disse o vereador, referindo-se ao aumento da migração, em razão do crescimento das vagas de emprego e suas conseqüências. “O que queremos, pra onde vamos levar nossa cidade?”, indagou.
O presidente da comissão especial, Marquinho Souza, avalia que ainda é cedo para se ter alguma definição. “Estamos colocando essa discussão às entidades, mas não vamos sair hoje com nada definido. A alteração da emenda dependerá da população”, concluiu. Ele informou que a comissão fará uma avaliação desta primeira reunião para, posteriormente, agendar um novo encontro.
A discussão sobre gás natural começou em abril do ano passado, quando a Petrobras anunciou a descoberta da reserva com aproximadamente 419 bilhões de metros cúbicos, a cerca de 150km de Ilhabela. O local foi denominado como “Poço de Mexilhões”. A base de apoio não necessitaria de tanques-caverna, mas de gasodutos.
Sociedade Civil - A secretária da Federação Facenorte, Célia Pinto, ressaltou a importância do reforço na fiscalização. Ela ressaltou o crescimento de ocupações desordenadas na Costa Sul. “Ainda temos muito a discutir”, avaliou.
O advogado Luiz Felipe da Costa Santana teme que a cidade não tenha tempo de brigar pela instalação da base de apoio. “Hoje, se quisermos brigar com Santos, temos de mudar a lei orgânica e participar de uma luta. Não queremos cavernas de gás, mas proibir o transporte é um radicalismo ecológico muito grande.
Podemos viabilizar um novo estágio de desenvolvimento. Santos está alguns anos na nossa frente, articulado com deputados estaduais e federais. Não podemos demorar ou será tarde demais”, declarou Costa Santana.
Já o advogado e ambientalista Eduardo Hipólito do Rego, membro do Consema (Conselho Estadual do Meio Ambiente), quer dados técnicos sobre a base de gás. “Não vimos explicação da empresa que vai fazer este trabalho. Onde está a matriz? Quanto tempo vai haver exploração? Acho complicado que todo um trabalho seja alterado sem que tenhamos noção de como vai ficar ou como será a operação”. Hipólito também lembrou da luta contra as cavernas para armazenamento de gás. “A história das cavernas começou em 1994, quando a Petrobras entrou com pedido de licenciamento, que conseguiu em 1996. Só não fez porque o primeiro projeto de iniciativa popular impediu”. O vereador de Ilhabela, Rogério Ribeiro de Sá, o Professor Catolé, propõe um trabalho em conjunto com a Câmara de São Sebastião. A idéia é promover novas reuniões. Catolé informou que, em Ilhabela, já existe um movimento contrário à instalação da base de apoio na região. “Falam em 36 mil novos empregos e o impacto é grande. A nossa lei orgânica prevê plebiscito para projetos de grande impacto”, finalizou. A reunião terminou às 17h00. (Fonte: Imprensa Livre)

Pais preocupados pedem melhorias na conservação de brinquedos

São Sebastião - O que era para ser diversão se tornou preocupação para pais e familiares de crianças que freqüentam o parque público na Rua da Praia. Eles reclamam das condições de uso dos brinquedos, que enferrujados e com defeitos – como correntes quebradas – põem em risco a segurança dos pequenos. Cerca de metade dos aparelhos encontra-se inadequado para uso.
O encarregado de obras, Eduardo Oliveira, conta que é desconfortável para o sobrinho brincar, pois já sabe que “corre o risco de se machucar. Precisam arrumar e colocar brinquedos mais modernos”, sugere.
Para o comerciante César Rodrigues, por ser a única área de lazer na região central, a área não poderia ter tantos brinquedos estragados.
“Está extremamente perigoso. As partes enferrujadas podem ferir as crianças”, diz ele, que não autoriza que a filha vá desacompanhada ao parque. “Também falta um vigia para impedir atos de vândalos que ajudam a destruir”.
Outro que se diz preocupado com a condição de uso dos brinquedos é o morador Éderson Ramos, pai de uma criança de dois anos. “O parque está abandonado há muito tempo. Tem criança que acaba não brincando por causa dos brinquedos. Isso preocupa bastante, pois a qualquer hora pode acontecer um acidente”.
Outro Lado - O secretário de serviços urbanos, Ueneri Reich, prometeu ontem que executará melhorias no parque “assim que o tempo melhorar. Até o fim deste mês estaremos mexendo no local. Em dezembro, provavelmente antes do Natal, já terá mudanças”, garantiu.Diferente do que foi relatado pelos pais das crianças à reportagem, o secretário disse que é feita manutenção no parque, mas que nem sempre são apenas crianças que utilizam o local para se divertir.
Com relação à falta de vigilância, o assessor técnico da Guarda Patrimonial, João Luiz, afirmou que após as 21h a ronda fiscaliza o local todas as noites. Segundo ele, o pouco efetivo do departamento impossibilita que se desloque um vigia para atuação fixa em frente ao parquinho.
“A ronda percorre 70 postos de Maresias ao Canto do Mar durante as noites de segunda a sexta-feira e o parque é um deles”. (Fonte: Imprensa Livre)

Governo conclui projeto de ampliação até fim do ano; Alckmin visita porto na manhã de hoje

São Sebastião - O governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin, vista hoje pela manhã o Porto de São Sebastião. Ele irá acompanhar o embarque de 4.540 veículos da GM que serão exportados para o México.
Este ano, segundo a Secretaria Estadual dos Transportes, o governo finaliza o projeto executivo para ampliação do Porto/Dersa. Foram analisados potencial de mercado de cargas e alternativas à disposição para que o porto capture uma parcela significativa desse fluxo de transporte.
O projeto prevê a construção de uma nova ponte de acesso em “L”, com estrutura para receber mais dois berços para atracação de navios e o aumento do calado, que passará de 8,5 metros para 14 metros. A obra está orçada em R$ 57,8 milhões, mais R$ 20 milhões para equipamentos.
Para a realização dessas obras será necessário obter o licenciamento junto à Secretaria do Meio Ambiente (EIA-Rima). A previsão é que, em 2010, o Porto/Dersa possa movimentar mais de 3 milhões de toneladas anuais. Até o ano passado a média era de 400 mil toneladas/ano.
Exportação GM - As últimas unidades do lote de 4.540 veículos da General Motors chegaram ainda na semana passada. Três pátios do Porto de São Sebastião estão lotados.
Este é o primeiro embarque de veículos GM para exportação pela cidade. Alckmim estará no porto pela 2ª vez este ano, já que em abril, acompanhou a operação com carros da Volkswagen exportados à Argentina. Na ocasião ele inaugurou o “novo corredor de exportação” do Estado de São Paulo (Campinas-Vale do Paraíba-São Sebastião).
Às 10h30 de hoje Alckmin ainda participará de uma solenidade de inauguração dos dois novos dolphins de atracação, uma obra feita pelo governo estadual com investimento de R$ 2,5 milhões. Com a nova estrutura, só na movimentação de veículos a capacidade do porto foi aumentada em 40%. Até então, recebia navios para 2,5 mil carros, e hoje para até 4,9 mil unidades.  (Fonte: Imprensa Livre)

Jovens promovem no próximo sábado “festa de caridade” para ajudar vítima de acidente

São Sebastião - A quadra de esportes do Bairro de São Francisco será palco da 1ª Charity Fest, no próximo sábado, a partir das 22h00. Como diz o próprio nome, trata-se de uma “festa de caridade”.
Os organizadores são os jovens Rodrigo Silva Oliveira e Jefferson Chagas. Segundo eles, o objetivo do evento é arrecadar fundos para ajudar o morador Jardel Chagas, conhecido no bairro como Charlie Brown, vítima de um acidente de moto há pouco mais de um mês.
Jardel, que é irmão de Jefferson, caiu com sua motocicleta próximo ao bairro da Topolândia e, mesmo usando capacete, fraturou vários ossos da face. Após o acidente, ele passou por cirurgias e o custo dos medicamentos é alto. “Por isso decidimos fazer esta festa, para ajudá-lo”, disse Rodrigo Oliveira.
A 1ª Charity Fest terá as bandas Jambra (reggae), de São Sebastião, e DNA (rock), de Santos. Também haverá muita música eletrônica, com o DJ Lerdo.
Os convites já estão à venda na Mamutis, Atual Comunicação, Espelho Surf e Sorveteria Napoli. Haverá sorteio de brindes durante a festa. (Fonte: Imprensa Livre)

Moradora pede providências com relação a abuso de sargento da PM

São Sebastião - A moradora Vera Lúcia da Silva prestou queixa ontem na Ordem dos Advogados do Brasil e na Polícia Militar em razão de suposto abuso de autoridade realizado pelo sargento HLA. O caso ocorreu no último sábado, por volta das 14h, no Jaraguá, Costa Norte do município.
Ela conta que estava em casa quando foi chamada por vizinhos dizendo que a polícia estaria levando seu filho ELS preso. Até o momento de chegar no local, em que estava a viatura, Vera não sabia o motivo para a inesperada prisão. “Fui informada que ele estava indo como testemunha. Mas como se negou o colocaram dentro do camburão”.
Um outro rapaz identificado apenas como “Ronaldinho” também estaria envolvido no caso, que, aparentemente, tratava-se de uma abordagem de rotina – como normalmente é realizada pela polícia.
Vera, que acompanhou o filho até a delegacia dentro da viatura, diz que ocorreu abuso de parte do policial. “Meu filho ficou na delegacia enquanto fomos ao pronto socorro fazer exame de corpo delito”.
Depois, retornaram ao DP onde começou o interrogatório que só teria terminado à noite. Neste período, ela diz que o escrivão fazia tudo para que o rapaz entrasse em contradição. “Perguntavam porque ele estava tão nervoso, e meu filho respondeu era porque estava sendo tratado como bandido”. Nessa hora, o sargento teria dito: “mas é bandido mesmo, porque está reclamando?”.
Vera, em defesa do filho, disse que o sargento não poderia dizer que o filho era bandido, pois mesmo respondendo a um processo por roubo ainda não foi julgado e quem o julgará “é o juiz, o promotor e não um sargento, por isso não pode chamá-lo de bandido”. Nesse momento, segundo Vera Lúcia, a tensão pairou no local.
“O sargento apontou o dedo no meu nariz, gritando, e dizendo que era melhor eu ficar quietinha senão ele poderia arrumar para a minha cabeça”. “Pensei em abrir um boletim de ocorrência contra ele (o sargento), mas a advogada e meu filho pediram para eu não falar mais nada, respirei fundo e pedi a Deus para ter controle”. “É importante a atuação da polícia para a segurança da população, mas tem que se rever à postura de alguns policiais”.
Ordem repudia - O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, subsecção São Sebastião/Ilhabela, Luiz Tadeu de Oliveira Prado, repudiou a atitude do sargento. “Em vista o depoimento que a senhora Vera Lúcia prestou em nossa sede, no qual afirma ter sido destratada dentro do 1°Distrito Policial, pelo sargento, quando lavratura de uma ocorrência da qual não era parte, visivelmente alterado, fazendo ameaças caso a mesma não ficasse quieta, tendo também em chamado seu filho de bandido, no momento em que era ouvido como testemunha sem razão para tal, solicitamos que as dignas polícias civil e militar abram inquérito, objetivando os necessários esclarecimentos dos fatos e a eventual punição do culpado”, disse Luiz Tadeu.
O que diz a Polícia Militar - O comandante interino do 20° Batalhão da Polícia Militar, em São Sebastião, Major Milton Pousa Júnior, disse ontem que não tinha conhecimento do caso.Mas que quando a corporação receber a queixa disse que apurará o caso. “Quando o identificarmos, e se realmente a versão for verdadeira, o policial será punido. A PM não compactua com maus policiais”, disse o major. (Fonte: Imprensa Livre)

Notícias de Ubatuba Topo

Restaurante Solar das Águas Cantantes Foto do Dia

Câmara discute instalação de feira de artesanato na Praça Santos Dumont

Ubatuba - Na sessão de câmara de hoje a noite, 09/11/04, será discutido o Projeto de Lei que trata da criação de outra feira de artesanato a ser instalada na Praça Santos Sumont. Ao que tudo indica, a iniciativa ocorre diante de forte pressão dos interessados, sem nenhuma preocupação com as técnicas administrativas, que exigem sempre estudo prévio e intenso planejamento, levando em conta questões de urbanismo como trânsito estacionamento, segurança, reflexo no comercio forma e fatores de infra-estrutura como sanitários públicos, por exemplo.
Diante da celeridade com que o assunto vem sendo tratado na câmara, é importante que os cidadãos preocupados com o futuro desta cidade estejam presentes a seção plenária desta noite, não só para prevenir medidas que possam contrariar a boa política turística como também trazer grande prejuízo ao comercio formalmente estabelecido.

Homem tenta apartar briga entre irmãos e acaba sendo esfaqueado


Ubatuba - O pedreiro G.F., de 34 anos, foi atingido com uma facada no peito após tentar apartar uma briga entre irmãos, no bairro Maranduba, na tarde de sexta-feira.
O lavrador C.B.P., de 36 anos, morador em Ouro Fino/MG, estava brigando com seu irmão R.B.P., de 18 anos, quando o pedreiro decidiu intervir. C.B.P. não gostou da intromissão, vindo a pegar uma faca e atingir o pedreiro.
A Polícia Militar foi avisada, conduzindo o lavrador à delegacia. Ele alegou que estava passando uns dias na cidade, tendo bebido demais o que provocou seu descontrole. O pedreiro foi socorrido até a Santa Casa, onde ficou internado. (Fonte: Imprensa Livre)

Ação Litoral

Carta do Leitor Topo

Desistência do Recurso – O serviço de acompanhamento de processos do sítio do TSE, nos informa que os embargos de declaração opostos pela coligação Viva Ubatuba, em face do julgamento do recurso que pede a cassação do registro do candidato vencedor da eleição para prefeito de Ubatuba, foram rejeitados, em julgamento ocorrido em 04/11/2004, tendo em vista a ausência de obscuridade, contradição ou omissão no julgado. Por outro lado o candidato derrotado da coligação autora do recurso, publicou recentemente neste jornal virtual, cópia de uma mensagem eletrônica enviada aos advogados contratados, informando que não tem mais interesse no prosseguimento daquele feito. É preciso, no entanto, que os advogados da coligação Viva Ubatuba, entendam a singela mensagem eletrônica como expressa determinação e juntem aos autos a necessária petição requerendo a desistência do recurso nos termos da lei, caso contrário este poderá seguir tramitando para a satisfação e esperança dos que querem a manutenção dos atuais titulares nos cargos executivos eletivos, e daqueles que se opõem à vontade popular e ao princípio democrático da alternância do poder.

Thomas De Carle
Ubatuba, SP

Foto do Dia Topo

Para participar desta seção basta enviar as fotos com crédito do autor e legenda, no tamanho mínimo de 1024 x 768 pixels com resolução de 72dpi para fotododia@litoralvirtual.com.br
O envio de foto caracteriza autorizada a sua publicação e identifica o remetente como autor.

Ubatuba-SP

Barco em Maranduba - Emilio Campi


Barco em Maranduba
©2004 Emilio Campi


Para instalar a foto como papel de parede (wallpaper)
Clique na foto acima. Após carregar a foto ampliada, clique com o botão direito do mouse sobre a imagem e escolha "Definir como papel de parede" ou "Definir como fundo de tela". Para ajustar a imagem em tela cheia, clique em qualquer lugar da área de trabalho com o botão direito do mouse, escolha "Propriedades" / "Fundo de Tela" ou "Papel de Parede" / "Ampliar".

Arquivos:  Foto Saudade  -  Foto do Dia
 

 Faça seu comentário, crítica, opinião ou sugestão no Litoral Virtual:
Clique Aqui


As notícias, fotos e cartas publicadas neste boletim são de inteira responsabilidade de suas fontes e autores,
não expressando necessariamente a opinião deste informativo. O envio de qualquer material para nosso e-mail
será considerado como autorizado a sua publicação e assumida a total responsabilidade pelo seu conteúdo.
As cartas devem conter nome completo, RG, endereço, telefone de contato e um e-mail válido.
Reservamos o direito de não publicar cartas que não contenham a devida  identificação do autor.

Editor Chefe: Emilio Campi
Editora Assistente: Jullyany Roberta Cruz


GRÁTIS!!
Receba as Últimas Notícias do Litoral em seu e-mail:

Quero receber GRATUITAMENTE o boletim Últimas Notícias do Litoral:

e-mail:
Cidade:



Obs.: Você poderá cancelar o recebimento das notícias a qualquer momento.

Conheça as cidades do Litoral Norte Paulista:

Caraguatatuba Ilhabela São Sebastião Ubatuba

Litoral Virtual
O mais completo site do Litoral Norte Paulista na Internet
Sugestões, críticas e informações, entre em contato:
info@litoralvirtual.com.br

©1995/2001 Emilio Campi - Studio Maranduba - Direitos Reservados
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem a expressa autorização do autor