Litoral Virtual últimas notícias do litoral
Segunda-feira, 22 de novembro de 2004 - Nº 1160 Edições Anteriores

Giorgio Portal da Palmeira Locação

Região
Cidades da região se preparam para o "Dia D" contra a dengue
Comitê de bacias promove reuniões
A consciência negra preservada através das comunidades do Litoral Norte

Caraguatatuba
Policial é preso suspeito de crime
Caraguá prepara transmissão de faixa para novo prefeito
Conselho tem inscrição para nova diretoria
Método de construção de ponte soterra rio na Martim de Sá
Prefeitura de Caraguá antecipa pagamento dos servidores
Aberta as inscrições para a eleição do Conselho Tutelar
Jeep Clube Tamoios faz Campanha de arrecadação de brinquedos para o Natal
Travessão e Rio do Ouro conquistam 1º lugar no concurso “Trânsito Legal 2004”
Formaturas do “Trânsito Legal” acontecem de 24 a 30 de novembro nas escolas


Ilhabela
Parque Estadual estuda alternativas para estrada de Castelhanos
Instituída planta genérica para lançamento de IPTU

São Sebastião
Localizado em São Sebastião avião desaparecido há 10 anos
Justiça arquiva processo do caso Diniz
Modelo vivia seu melhor momento
São Sebastião discute base de gás natural

Ubatuba
Reforma do aeroporto, uma parceria que deu certo
Polícia prende quadrilha em Ubatuba
Acusados de matar policial são detidos
Uma parceria com os quilombolas de Ubatuba
Ubatuba cria Associação Náutica
Associação Náutica de Ubatuba realiza 1ª Jornada De Segurança Marítima

Seções
Esclarecimento
Carta do Leitor
Foto do Dia


Notícias da Região Topo

Cidades da região se preparam para o "Dia D" contra a dengue

Litoral Norte - Sem apresentar casos há um mês, as quatro cidades do Litoral Norte realizam neste final de semana, atividades para comemorar o Dia "D" contra a dengue. O último caso confirmado na região foi no início de outubro, em São Sebastião.
Na cidade, a Secretaria de Saúde organiza com outras Secretarias municipais um arrastão em alguns bairros.
"Será um trabalho não só preventivo, mas bem prático. Escolheremos alguns bairros e mataremos todos os criadouros. A própria Sucen (Superintendência de Controle de Endemias) aconselha a realização de arrastões que dão resultados positivos", confirmou o biólogo Ricardo
Fernandes de Souza.
Atualmente, 18 agentes da dengue atuam em Caraguá, porém mais 10 vagas serão preenchidas a partir de janeiro, devido ao concurso
público que ocorreu há cerca de 15 dias.
Foram registrados desde o início do ano, 437 casos confirmados de dengue, porém a última ocorrência foi em julho.
Em São Sebastião, o diretor da Vigilância Epidemiológica, Eduardo Eiras, disse que serão instaladas tendas "informativas" em bairros do Centro e da Costa Sul. "Faremos divulgação para a população e um arrastão pelos principais bairros".
Ele confirmou que o último caso positivo de dengue na cidade foi registrado no começo de outubro e que, desde o início do último
verão, a cidade tem registrados 45 casos.
Em Ilhabela, a enfermeira da Vigilância Epidemiológica, Simone Fortes, informou que o setor fará arrastão e gincanas com a equipe do PSF (Programa Saúde da Família) e com os 12 agentes da dengue que trabalham durante todo o ano na prevenção da doença e na eliminação
de criadouros.
Desde janeiro, o arquipélago registrou 73 casos autóctones e um importado. O biólogo Neilton Nogueira de Lima, de Ubatuba, informou que a atividade prevista para o "Dia D" na cidade será panfletagem pelas ruas dos principais bairros.
Na semana posterior, haverá palestras nas escolas. Ubatuba é a única cidade na região que não registrou casos autóctones entre os 33 suspeitos.
Três casos importados foram confirmados no primeiro quadrimestre do ano. "Apesar de não registrarmos infestação, na próxima semana faremos um levantamento com mapeamentos das áreas de possíveis criadouros".
Verão - Com a aproximação do verão e o aumento das chuvas é preciso redobrar os cuidados para evitar a dengue. Apesar de não haver epidemia da doença este ano, o governo paulista preparou uma grande campanha para mobilizar a população, que será veiculada na mídia.
Esta será a primeira vez que a administração estadual adotará propaganda em rádio e televisão para o combate ao mosquito
transmissor.
A campanha também contará com distribuição de panfletos e fixação de faixas e cartazes por todo o Estado, chamando a atenção para a prevenção.
A campanha de combate à doença, este ano, terá como foco a mulher. Isso porque, os maiores criadouros do mosquito transmissor continuam
sendo os vasos de plantas. "No ano passado, focamos nas crianças. Fizemos a distribuição de gibis em toda a rede pública estadual e criamos o personagem Dengue-Boy, também para chamar a atenção desse público. Este ano, vamos alertar as pessoas e incentivá-las a fazerem sua parte e também a cobrarem o mesmo de seus vizinhos e do Poder Público", destacou o assessor de comunicação da Secretaria da Saúde, Vanderlei França. (Fonte: Correio do Litoral)

Comitê de bacias promove reuniões

Litoral Norte - O Comitê de Bacias Hidrográficas do Litoral Norte realiza reuniões no Litoral Norte para apresentar aos prefeitos e vereadores eleitos a Agenda 21 e compor sua nova diretoria. As reuniões estão marcadas para ser realizadas na próxima semana. A primeira vai acontecer segunda-feira, às 14h, nas dependências da Câmara de Ubatuba. Na terça-feira, o encontro será às 17h30, na Câmara de Ilhabela. Na quarta-feira, às 14h, o Comitê de Bacias se reúne na câmara de São Sebastião. Na sexta-feira, também às 14h, a reunião vai ser realizada na Câmara de Caraguá. As reuniões são abertas a todos os interessados. (Fonte: ValeParaibano)

A consciência negra preservada através das comunidades do Litoral Norte

Litoral Norte - "...nascia o Deus guerreiro de origem quibunda, Zumbi dos Palmares, depois de se refugiar no mato e chefiar com poucos homens um levante contra tropas coloniais".
Esse pode ser o pequeno resumo da vida de um nordestino do século 17, conhecido como Francisco, que desafiou toda a estrutura social de seu tempo, criou um povoado e fez renascer o orgulho de um povo: os negros.
A homenagem desse dia 20 de novembro vai para Zumbi dos Palmares. E a reflexão também se estende para a região.
Ilhabela e São Sebastião foram dois dos primeiros destinos do tráfico negreiro, no tempo em que se contrabandeavam pessoas para as fazendas de cana-deaçúcar do Vale do Paraíba.
Navios negreiros aportavam na Baía de Castelhanos, na região oceânica de Ilhabela, e os negros, afastados de suas famílias, idioma e cultura, eram conduzidos a uma fazenda de escravos próxima à praia das Figueiras, na Costa Norte de São Sebastião, local hoje conhecido como sítio arqueológico do São Francisco.
Em Ubatuba, escravos fugidos de fazendas de cana-de-açúcar e café fundaram vários quilombos, alguns existentes até hoje, como o da Caçandoca, onde vivem 15 famílias.
No local, o Itesp (Instituto de Terra do Estado de São Paulo) realizou estudos antropológicos que confirmaram o reconhecimento dos remanescentes, já oficializado pelo Estado. Outros, como o de Camburi e Cazanga, estão em fase inicial de estudos.
Os remanescentes sofrem - Em Ubatuba, onde a cultura do negro se misturou a do índio, o quilombo da Caçandoca é visto como exemplo de preservação para todo o País. Mas tem lá seus problemas.
Por estar localizado nos limites do Parque Estadual de Ubatuba, é refém de uma série de restrições ambientais que proíbem, por exemplo, que se faça uma horta onde moram as 15 famílias dos quilombolas ainda residentes no local.
Além disso, como o espaço é pequeno para abrigar tantas pessoas, algumas famílias preferiram se alojar na praia da Caçandoca, o que gerou uma briga judicial.
De acordo com o vereador eleito de Ubatuba e porta-voz da comunidade da Caçandoca, Jairo dos Santos, algumas famílias que habitam a praia da Caçandoca se encontram em situação crítica, pois foi impetrada uma ação de desintegração do local.
"A situação está difícil, pois é provável que o pessoal da comunidade da praia seja obrigado a sair. Agora, temos de esperar o julgamento".
Santos afirma que se o julgamento for a favor da desintegração, várias famílias não terão para onde ir, mas acredita que órgãos públicos tomarão providências.
"Há um risco enorme de eles saírem. Se não houver uma mobilização para preservar a comunidade, eles vão sair, e muitos deles, não tem onde se refugiar".
Sobre uma possível comemoração no dia 20, Jairo dos Santos afirma que a comunidade está planejando fazer uma festa, mas, pela atual situação, não há muitos motivos para se comemorar.
"A única comunidade dos quilombolas, atualmente reconhecida no Estado, é a da Praia da Caçandoca. Eles estão muito inseguros em relação às comemorações. Não há clima"
O negro na região - A luta do movimento negro no País é difícil, e na região também. É a avaliação de Teresinha de Oliveira Marciano Costa, a única representante do Litoral Norte dentro do Conselho Estadual da Consciência Negra.
Ela explica que o movimento negro busca a política de afirmações positivas. "Nossa meta é fazer com que as leis sejam cumpridas. Todo negro tem direitos", salienta.
"O governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), já tem várias propostas e quer colocá-las em prática, principalmente nas áreas de educação e saúde. Há doenças que são particularmente de negros, por isso eles merecem um tratamento diferente".
Teresinha ressalta que o negro precisa da união para poder conquistar o seu espaço dentro da alta sociedade, e é necessária a alfabetização
e a educação desde a infância. "Nós negros, temos de nos unir, pois assim tudo será mais fácil".
Questionada sobre o preconceito que os negros sofrem no Brasil e na região, Teresinha afirma que isso mudou, e que cada vez mais conquista o seu espaço.
"O preconceito com o negro existe, mas o maior (preconceito) é em cima da pobreza. Nós vemos atualmente que o negro tem avançado, um avanço tímido, mas existe", avalia.
"Temos de brigar pela igualdade e pela competência. Cada um de nós, seja negro ou branco, tem um pouco de Zumbi dos Palmares". (Fonte: Correio do Litoral)

Notícias de Caraguatatuba Topo

O Guaruçá BIL -= Bolsa de  Imóveis do Litoral

Policial é preso suspeito de crime

Caraguatatuba - O escrivão M.B., preso em flagrante na última quarta-feira em Caraguatatuba por policiais da Corregedoria da Polícia Civil de São José dos Campos, encontra-se detido no presídio especial da Polícia Civil em São Paulo.
Segundo a Corregedoria, ele foi preso em frente a uma padaria de Caraguá quando recebia R$ 2.000 de um policial civil de Osasco para liberar seu carro apreendido em Ilhabela. O escrivão trabalha há cerca de dois anos na delegacia da ilha.
Segundo o delegado Paulo Roberto Galvão, da Corregedoria da Polícia Civil em São José, o policial de Osasco, cujo nome está sendo mantido em sigilo, fez a denúncia à Corregedoria da capital e o caso passou a ser investigado por São José dos Campos.
Segundo Galvão, a Corregedoria gravou conversas telefônicas entre M.B. e a vítima. No dia do acerto, em Caraguá, a Corregedoria deu voz de prisão ao escrivão, que reside na cidade.
O corregedor afirmou que foi instaurado processo crime contra M.B. que, caso condenado, poderá pegar até 3 anos de detenção. A Corregedoria também instaurou processo administrativo pelo crime de concussão --extorsão feita por funcionário público.
Sobre o possível envolvimento de outros policiais, Galvão explicou apenas que as investigações ainda não se encerraram. O processo, segundo ele, ainda está na fase de instrução. (Fonte: ValeParaibano)

Caraguá prepara transmissão de faixa para novo prefeito

Caraguatatuba- A Câmara de Caraguá vai gastar R$ 3.400 para confeccionar duas faixas que serão entregues ao prefeito eleito José Pereira Aguilar (PSDB) e ao presidente da Câmara no dia 1ª de janeiro de 2005, durante a cerimônia de posse dos dois.
A cidade será a primeira no país a instituir a transmissão de faixas de prefeito e presidente da Câmara.
Segundo assessoria da Câmara, as faixas ficarão prontas no dia 10 de dezembro.
A instituição da transmissão de faixas para o prefeito e presidente do Legislativo a partir de 2005 foi iniciativa do vereador Valmir Gonçalves(PSDB), não reeleito nas eleições deste ano.
"A idéia é dar mais glamour à posse do prefeito e presidente da Câmara", comentou Gonçalves. Ele disse que se baseou na transmissão da faixa presidencial para apresentar projeto de lei aprovado por unanimidade pelos vereadores.
As faixas estão sendo confeccionadas em poliester, em Itaquaquecetuba (SP). Cada uma delas mede 1,20 de comprimento, nas cores azul e branco, cores oficiais do municipio.
Elas devem ser adornadas com um medalhão banhado a ouro, com o brasão do município.
Um móvel especial, fabricado pela Espaço da Marcenaria, de Carguá, será instalado nos gabinetes do prefeito eleito e do futuro presidente da câmara para "guardar"as faixas quando não forem utilizadas. A lei obriga os dois a utilizarem as faixas em datas cívicas como o aniversário da cidade, 20 de abril e no 7 de setembro. (Fonte: ValeParaibano)

Conselho tem inscrição para nova diretoria

Caraguatatuba - O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescentes do Município de Caraguatatuba abriu inscrições para as pessoas interessadas em participar das ações do Conselho Tutelar. As inscrições devem ser feitas até o próximo dia 26, na sede da Secretaria de Assistência Social. A Secretaria está localizada na avenida Bahia, 845. Serão escolhidos os cinco membros titulares, que são remunerados, e três suplentes, que não recebem remuneração. No próximo dia 11 de dezembro será feita uma avaliação das pessoas interessadas para compor a nova diretoria do Conselho da Criança e do Adolescente. (Fonte: ValeParaibano)

Método de construção de ponte soterra rio na Martim de Sá

Caraguatatuba - O rio Guaxinduba, que deságua na praia Martim de Sá, em Caraguá, está parcialmente soterrado desde o início do mês, em função da obra de duplicação da Rodovia Manoel Hypólito do Rego (SP-55), no trecho entre a cidade e Ubatuba.
O soterramento foi feito pela empresa OAS, empreiteira licitada pelo DER (Departamento de Estradas e Rodagem do Estado de São Paulo), para as obras na rodovia.
A justificativa para o fato seria a construção de uma segunda ponte no local.
Segundo a vereadora Madalena Maria Fachini (PSB), autora das denúncias sobre a obra, um dos graves problemas seria de que o Guaxinduba é um rio de risco.
"A população nem sabe o que está acontecendo, mas se der uma chuva forte, haverá enchente e então perceberão o estrago. Vou enviar uma nova denúncia à Promotoria Pública", explicou a parlamentar que no final de setembro, quando o rio foi soterrado pela primeira vez, registrou um boletim de ocorrência na Polícia Ambiental e encaminhou fotos da área.
De acordo com informações da Polícia Ambiental da cidade, desde setembro, a OAS providenciou as licenças ambientais necessárias para andamento da obra.
"Temos uma licença do DPRN (Departamento de Proteção aos Recursos Naturais), expedida no dia 8 de setembro de 2004, autorizando a colocação de estacas e tubos provisórios para a construção de uma ponte, mas consta no termo que o local onde a terra foi retirada, receberá reposição vegetal após o término da obra.
Vamos continuar fiscalizando e verificar se o reflorestamento será feito antes da temporada, previsão do término da construção", explicou
o tenente da Polícia Ambiental, Wantuil Andrade.
O engenheiro César Galdino do DAEE (Departamento de Água e Energia Elétrica do Estado) afirmou que o departamento emitiu autorização para a construção da ponte.
"O que está sendo questionado é o método construtivo da empreiteira, pois o soterramento não é considerado crime ambiental já que o fluxo da água não foi interrompido. Mas a empreiteira poderia ter optado por fazer sobreelevação do percurso d`água".
Nenhum representante da OAS foi encontrado para comentar o assunto com a reportagem. (Fonte: Correio do Litoral)

Prefeitura de Caraguá antecipa pagamento dos servidores
Os servidores públicos da prefeitura de Caraguatatuba receberão antecipadamente o 13º salário e seus pagamentos dos meses de novembro e dezembro

Caraguatatuba - A prefeitura de Caraguá irá efetuar o pagamento dos funcionários municipais antecipadamente, nos próximos dois meses. O salário de novembro será pago, juntamente com o 13º salário, neste dia 30, e não no 5º dia útil do mês seguinte (dezembro), como de praxe.
O salário de dezembro também está previsto para se antecipar. Ele deverá ocorrer no dia 30, penúltimo dia do ano. Segundo informações oficiais, o prefeito Antonio Carlos da Silva quer terminar o mandato e encerrar o ano com as contas todas em dia.
Quanto ao vale-alimentação complementar de Natal, o executivo encaminhou para a Câmara Municipal, nesta sexta-feira, dia 19, um projeto de lei para ser aprovado em regime de urgência.
Em caso de aprovação pelos vereadores, o vale de Natal deverá ser pago em 30 de novembro, juntamente com o salário do mês e o 13º. No ano passado, o valor do vale de Natal foi de R$ 100. Se aprovado o projeto deste ano, o valor passará a R$120.
Compromisso com o funcionário - Este ano, o Ministério do Trabalho realizou uma fiscalização no município para verificar se os pagamentos aos servidores públicos municipais estavam sendo feitos em dia. Foi constatado que a prefeitura não somente cumpria os prazos, como antecipava em alguns dias o pagamento.
O Banco do Brasil encaminhou um documento ao Ministério confirmando o compromisso que a prefeitura de Caraguá tem com seu funcionalismo, nunca atrasando seus salários. (Fonte: PMC)

Aberta as inscrições para a eleição do Conselho Tutelar
Os interessados devem fazer inscrição na Secretaria de Assistência Social, até o dia 26

Caraguatatuba - O CMDCAC (Conselho Municipal dos Diretos da Criança e do Adolescente de Caraguatatuba) abriu inscrições para a escolha dos cinco membros e três suplentes do Conselho Tutelar. Os interessados devem procurar, até o dia 26, (sexta-feira), a Secretaria de Assistência Social.
Para concorrer as vagas de membros (remunerada) e suplentes (gratuita), o candidato deve ter mais de 18 anos, segundo grau completo, experiência mínima de dois anos de trabalho nas áreas de defesa e de atendimento a criança e adolescente. É preciso a apresentação do atestado de antecedente criminal e certidão negativa do cartório. Todos os requisitos exigidos devem ser comprovados em documentos.
Os candidatos que tiverem as inscrições aceitas passarão por uma prova classificatória no dia 11 de dezembro, na EMEF (Escola Municipal de Educação Fundamental) "Dr. Carlos de Almeida Rodrigues", localizada na avenida Pernambuco, 1.101, no bairro Indaiá. A avaliação será nas matérias de conhecimentos específicos como: Lei Orgânica de Assistência Social e Estatuto da Criança e do Adolescente.
Os aprovados na seleção serão considerados candidatos à eleição do Conselho Tutelar, que acontece no dia 20 dezembro. Os membros e os suplentes serão escolhidos pelo voto popular. E para participar do pleito, os moradores devem ter título de eleitor, mais de 16 anos de idade e residir no município por no mínimo dois ano.
Já as entidades e/ou Organizações Não-governamentais que desejarem indicar um candidato para representá-las, deverão apresentar comprovante de inscrição de CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica), ata da última eleição da Diretoria Executiva e apresentar por meio de ofício indicação do representante que votará no dia da eleição, devendo o mesmo identificar-se com a cédula de identidade ou documento com foto.
Mais informações podem ser obtidas na Secretaria de Assistência Social com Rita de Cássia ou Felícia, pelo telefone (12) 3897-7066 e/ou na avenida Bahia, 845, no bairro Indaiá. PMC

Jeep Clube Tamoios arrecada brinquedos para o Natal

Caraguatatuba - O espírito solidário dos jipeiros do Litoral Norte fez com que, mais uma vez, eles participassem de uma campanha de Natal na região. Eles estão empenhados em arrecadar brinquedos para crianças carentes.
O Jeep Clube Tamoios, do Litoral Norte, iniciou esta semana uma campanha para a arrecadação de brinquedos que deverão ser distribuídos a crianças carentes da região. Eles prometem atravessar qualquer obstáculo, seja ele lama, buracos, rios ou mares, para realizarem a entrega. Afinal, isso para eles, tem um motivo bastante justo, além de ser o que eles mais gostam de fazer nas horas de lazer.
Segundo o presidente do grupo, Eduardo Norberto Júnior, a escolha do bairro ainda não foi determinada.
No ano passado, os jipeiros participaram da entrega de brinquedos, arrecadados pelo Rotary Club, para crianças do bairro Poço das Antas.
As doações podem ser feitas pelo telefone (12) 9785-7278 com Júnior. (Fonte: PMC)

Travessão e Rio do Ouro conquistam 1º lugar no “Trânsito Legal 2004”

Caraguatatuba - O Concurso Trânsito Legal, realizado pelo segundo ano consecutivo na rede municipal teve como principal objetivo destacar por meio de trabalhos artísticos o conhecimento adquirido pelos alunos durante o desenvolvimento do projeto Trânsito Legal, por meio da parceria entre a Ditran – Divisão de Trânsito de Caraguatatuba, e Secretaria Municipal de Educação.
Em 2003, foi realizado um concurso de maquetes, no qual foi vencedora a EMEF “Profª Alaor Xavier Junqueira”, com uma maquete feita pelos alunos do 3º ano sob a coordenação da professora Maria Luiza Dória.
Neste ano, foi realizado um concurso de folders e HQs – Histórias em Quadrinhos, e novamente foi vencedora a EMEF “Prof Alaor Xavier Junqueira”, do Travessão, desta vez por meio de um trabalho realizado em conjunto por alunos de todos os 3º anos, e coordenado pela professora Deolinda Virgínia de Nadai.
Dentro do concurso, alunos do 3º ano de toda a rede participaram na categoria HQ, e alunos do 5º das EMEFs do Getuba, Massaguaçú e Casa Branca (que possuem ensino do 5º ao 8º ano), fizeram propostas de folders sobre a Educação no Trânsito.
O tema de ambos os trabalhos estiveram relacionados a ciclista, pedestre, passageiro e equipamento de segurança. A partir disso, foram desenvolvidas atividades com os temas trabalhados durante as aulas com os monitores da Ditran.
O Concurso Trânsito Legal foi realizado tanto no primeiro quanto no segundo semestre, já que as aulas foram divididas entre a região Norte e Sul da cidade. No 1º semestre, ficaram empatadas em 1º lugar as EMEFs “Prof Aída de Castro Grazioli”, do Rio do Ouro, e a 5º B da EMEF “Benedita Pinto Ferreira”, do bairro Casa Branca, em 2º lugar a EMEF “Profª Antônia Ribeiro da Silva”, do Jardim Califórnia, e o 5º A da EMEF “Benedita Pinto Ferreira”, do Casa Branca, e em 3º lugar as EMEFs “Benedito Inácio Soares”, do Massaguaçú, e alunos do 5º D da “Benedita Pinto Ferreira”, do Casa Branca.
No 2º semestre o 1º lugar ficou para os alunos do 3º B da escola bicampeã “Prof. Alaor Xavier Junqueira”, do Travessão, o 2º lugar ficou para o 3º B da EMEF “Prof. Maria Aparecida Ujio”, do bairro Porto Novo, e a 3ª colocação ficou para o 3º E da EMEF “Dr. Carlos de Almeida Rodrigues”, do Indaiá.
Os prêmios para os alunos vencedores são: 1º lugar – um passeio ao zoológico em São Paulo, 2º lugar – uma sessão de cinema e 3º lugar – bicicleta.
Segundo informou o setor de Projetos e Capacitações da SME, as premiações serão disponibilizadas a partir das formaturas do projeto Trânsito Legal que acontecem a partir do dia 24 de novembro. (Fonte: SME/PMC)

Formaturas do “Trânsito Legal” acontecem de 24 a 30 de novembro

Caraguatatuba - Os alunos do 3º e 5º anos, que participaram do projeto “Trânsito Legal”, desenvolvido por meio de uma parceria entre a Secretaria Municipal de Educação e a Ditran – Divisão de Trânsito de Caraguatatuba, receberão entre os dias 24 e 30 de novembro os certificados de participação no programa de Educação no Trânsito, durante as formaturas que acontecerão em escolas e ginásios da Prefeitura Municipal.
O projeto “Trânsito Legal”, desenvolvido pelo segundo ano consecutivo, tem a colaboração dos agentes de trânsito que ministram aulas sobre os deveres e direitos de pedestres, ciclistas e motoristas da cidade, na prevenção de acidentes e melhoria na infra-estrutura e sinalização de ruas, principalmente nas regiões próximas ao perímetro escolar. A partir do desenvolvimento desse trabalho, os alunos tornam-se agentes multiplicadores em suas comunidades, e dessa maneira, a Educação no Trânsito começa em casa, por meio de estudantes envolvidos no projeto.
Formaturas - Na próxima quarta-feira, 24, a partir das 15h recebem diplomas os alunos das EMEFs “Prof. Alaor Xavier Junqueira” e “Masako Sone”. A cerimônia será realizada na EMEF Alaor Junqueira, no Travessão.
No dia 25, a cerimônia de entrega dos diplomas será realizada na EMEF “Prof. Lúcio Jacinto dos Santos”, às 15h30, para os alunos do Tinga e também da EMEF “Prof João Batista Gardelin”, do bairro Poiares.
Na sexta-feira 26, será realizada a formatura dos alunos da EMEF “Dr. Carlos de Almeida Rodrigues”, do bairro Indaiá. A entrega dos diplomas será na própria escola.
Na segunda-feira, 29 de novembro, às 9h30, acontecerá a formatura dos alunos da EMEF “Prof. Geraldo de Lima”, do Perequê-Mirim, também na unidade escolar.
Finalizando as formaturas do projeto “Trânsito Legal 2004”, recebem diplomas os alunos das EMEFs “Profª Maria Aparecida Ujio”, do Porto Novo, “Prof João Benedito Marcondes”, do Barranco Alto, e “Carlos Altero Ortega”, do Morro do Algodão. A formatura será no ginásio do CEI “Profª Maria Carlita Saraiva Guedes” no bairro Morro do Algodão.
Segundo informou o setor de Projetos e Capacitações, responsável pelo acompanhamento do trabalho nas unidades escolares, formam-se no projeto “Trânsito Legal 2004” o total de 970 alunos da rede municipal de Caraguatatuba. (Fonte: SME/PMC)

Notícias de Ilhabela Topo

Vulcano Sailing Shop

Parque Estadual estuda alternativas para estrada de Castelhanos

Ilhabela - A coordenação do Parque Estadual de Ilhabela já se mobiliza para prevenir possíveis problemas em relação à estrada de 18 quilômetros que dá acesso à praia de Castelhanos.
No fim de fevereiro deste ano, a estrada foi interditada e alguns turistas ficaram presos na praia, por conta das fortes chuvas, acúmulo
de lama e deslizamentos.
"O Parque Estadual está coordenando um grupo de trabalho que vai "acordar" quais providências serão tomadas em relação à estrada", explica Marília Britto Rodrigues de Moraes, diretora do Parque.
A tarefa é discutida dentro do Conselho Consultivo do Parque e o grupo de trabalho é formado por representantes dos jipeiros, monitores, Associação Comercial, Associação de Hotéis, Polícia Ambiental e Prefeitura.
O grupo se reuniu na última quarta-feira, 17, para discutir outros detalhes.
Uma das preocupações, segundo Marília, é a questão dos horários. Ela diz ser necessário formular um calendário para evitar o congestionamento que se cria na estrada, nos meses da alta temporada.
Por exemplo, os horários seriam: ida (das 6h às 13h), e volta (das 15h às 20h).
A manutenção da estrada também é motivo de preocupação, pois é necessário orientação técnica para mexer no local.
"É preciso ter sensibilidade para trabalhar na estrada, pois uma ação mal feita pode acarretar inúmeros problemas ambientais que refletirão, também, nos usuários", explica João Batista Dias, educador ambiental.
Segundo ele, o simples fato de uma árvore derrubada desnecessariamente pode acarretar problemas de deslizamentos e erosão, entre outros, o que pode culminar na interdição da estrada, caso ofereça risco às pessoas que freqüentam o local.
Nenhum responsável da prefeitura de Ilhabela quis falar sobre as providências que serão tomadas em relação à estrada, na alta temporada.
Além do Parque Estadual e Prefeitura, o DER (Departamento de Estradas de Rodagem) também é responsável pela área.
A estrada de Castelhanos é um local para turismo de aventura (offroad), com vários pontos acessíveis somente para veículos 4x4 e motoristas experientes, e tais passeios devem ser agendados com os profissionais que atuam no município.
Ao chegar ao local, o aventureiro encontra um vilarejo com 33 casas, 31 de moradores locais e duas de turistas, atingindo uma população de 92 pessoas.
O que mais atrai turistas ao local é a estrutura turística da comunidade tradicional, com bares, restaurantes e campings, além de um mar em condições propícias à prática do surf e trilhas com acesso à cachoeiras e praias paradisíacas. (Fonte: Correio do Litoral)

Instituída planta genérica para lançamento de IPTU

Ilhabela - Em sessão extraordinária realizada na manhã da última terçafeira, 16, os vereadores de Ilhabela aprovaram a redação final do projeto de lei 079/2004, que institui a planta genérica de valores e métodos de avaliação da propriedade imobiliária, para efeito de lançamento do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano), para o ano de 2005.
A proposta, de autoria do Executivo, recebeu três emendas. Entre elas, a que propôs a modificação de um parágrafo ao projeto original: "a partir de 2005, a análise de pedidos para a redução do valor venal deixa de ser feita pela Secretaria de Finanças e volta a ser executada
pela Procuradoria Jurídica".
Outra alteração é a obrigatoriedade da emissão de recibo, quando da data de entrega do carnê do IPTU ao contribuinte.
O funcionário do setor responsável deve registrar no boleto, dia, mês e ano da entrega, desobrigando o contribuinte do pagamento de quaisquer acréscimos, caso o pagamento ocorra após o vencimento da principal parcela.
As emendas modificaram ainda o código de algumas ruas do bairro da Barra Velha e o código de valores dos padrões de construções residenciais.
Descontos - Durante a mesma sessão, foi lido o veto parcial ao projeto de lei 80/04, de autoria do Executivo, que propõe descontos para pagamento de IPTU em atraso.
Uma emenda foi apresentada, e esta autorizaria apenas a concessão de desconto para quem pagasse à vista o imposto atrasado do corrente ano, no caso, em 2004.
Mas, segundo o vereador Walter Duarte de Souza (PTB), o irmão Walter, a emenda criaria um vício negativo.
"As pessoas deixariam de pagar o imposto no início do ano e esperariam pelo desconto, para pagar apenas no final".
Ele ainda citou que não se pode isentar imposto do corrente ano. "Acho o veto justo". (Fonte: Correio do Litoral)
 
Notícias de São Sebastião Topo

anuncie aqui Superchic

Localizado em São Sebastião avião desaparecido há 10 anos

São Sebastião - Foi localizado anteontem, nas encostas da serra no bairro de Toque Toque Grande, em São Sebastião, os destroços do bimotor cenica, prefixo PT-OEK, do empresário, Miguel Gonçalves Marques, de Goiânia(GO). A aeronave estava desaparecida desde 15 de outubro de 1994.
Os destroços do aparelho foram localizados por policiais civis de São Sebastião, a partir de informações dadas por um mateiro da região.
OSSADAS - Também foram encontradas ossadas que podem pertencer as cinco pessoas que estavam na aeronave. Além do empresário e do piloto Átila Fontes, de 30 anos, também estavam na avião, a namorada de Marques e um casal de amigos.
O avião desapareceu durante um vôo entre Curitiba e Rio de Janeiro. Na ocasião, foram feitas buscas nos litorais de São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná e Santa Catarina, sem sucesso. A família do empresário, dona de uma rede de supermercados em Goiânia chegou a oferecer recompensa para quem localizasse o aparelho.
CONFIRMAÇÃO - O ValeParaibano obteve a confirmação de que se trata do aparelho desaparecido em 94, com o pai do piloto, Lamberto Fontes. Ele confirmou o prefixo do aparelho. "Depois de tantos anos de busca, achava que o avião teria caido no mar e dificilmente seria encontrado", comentou.
Familiares do empresário também ligaram ontem para o ValeParaibano para obter maiores informações sobre a localização da aeronave.
Eles devem chegar hoje a São Sebastião para identificarem as vítimas através das ossadas e dos pertences delas recolhidas pela polícia no local do acidente.
Técnicos da aeronáutica devem chegar hoje a cidade para recolher os destroços e investigar as causas do acidente. (Fonte: ValeParaibano)

Justiça arquiva processo do caso Diniz
Modelo Fernanda Vogel perdeu a vida no acidente ocorrido em julho de 2001, em Maresias, em São Sebastião

São Sebastião - A Justiça de São Sebastião decidiu arquivar o processo que apurava o acidente de helicóptero ocorrido em 27 de julho de 2001, em Maresias, no qual perderam a vida a modelo Fernanda Vogel,20 anos, e o piloto Ronaldo Jorge Ribeiro, de 47 anos.
O helicóptero fazia um vôo entre São Paulo e Maresias, quando após uma manobra, caiu no mar. No momento do acidente as condições do tempo eram precárias na região. O empresário João Paulo dos Santos Diniz e o co-piloto Luiz Roberto Áraujo Cintra, sobreviveram.
O juiz Luis Antonio Carrer, da 2º Vara, acatou o pedido de arquivamento do processo no último dia 28, atendendo parecer dado pelo Ministério Público. O juiz não foi localizado para comentar o assunto.
SEM RECURSO - O processo de nª 547 acumulou 438 páginas, 17 delas contendo o parecer dado pelo MP que resultou em seu arquivamento. Com a decisão da justiça local, fica afastada a possibilidade de abertura de uma ação criminal para apurar a responsabilidade do acidente, que resultou na morte do piloto e da modelo.
O parecer do Ministério Público emitido em 25 de outubro explica que "verifica-se que não se apresenta nos autos qualquer indício de conduta típica praticada por João Paulo Diniz e Luiz Roberto Cintra. Desta forma, não se cogita a propositura de ação penal em face dos mesmos, e, não se vislumbrando qualquer diligência que tenha sido omitida pela autoridade policial, impõem-se o arquivamento da presente investigação".
" Após análise dos depoimentos e das condutas dos sobreviventes, pude constatar que nenhum deles cometeu nenhum delito, nenhum crime", explicou o promotor de justiça Fernando César Bourgogne de Almeida, autor do parecer encaminhado ao juiz Carrer. Ele alegou ainda que não lhe compete análisar as condutas do piloto e da modelo. "A análise foi feita em cima dos que sobreviveram", insistiu.
Indagado se a responsabilidade do acidente poderia ser atribuída ao piloto, responsável pela aeronave e pela vôo. Almeida também afirmou que não compete a ele apurar essa possibilidade. O relatório do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos constatou várias irregularidades na aeronave e no procedimento de vôo. (Leia texto nesta página).
INDENIZAÇÃO - Com relação a um possível pedido de indenização por parte das famílias de Fernanda o do piloto, Almeida afirmou que não lhe compete analisar isso. "Depende da dos familiares das vítimas", comentou. Segundo ele, caso isso venha a ocorrer, poderiam vir a ser responsabilizados o grupo Pão de Açúcar, que mantinha o piloto sob contrato ou a empresa fabricante da aeronave.
ACORDO - Os familiares de Fernanda Vogel e do piloto Ronaldo Ribeiro receberam indenização pela morte dos dois no acidente de julho de 2001. A informação foi dada pela advogada Marcela Zanetti, do escritório de advocacia de Mário Luz de Freitas, que atende o grupo Pão de Açucar.
Segundo Marcela, as indenizações teriam sido pagas ainda durante o trancorrer do processo, a partir de um acordo feito entre os familiares e a empresa fabricante do Augusta 109E, helicóptero acidentado em Maresias. O Grupo Pão de Açucar não teria pago nenhum indenização aos familares do piloto e de Fernanda.
Segundo ela, até mesmo o empresário João Paulo Diniz teria sido indenizado pela empresa. Ela, no entanto, não soube informar o valor da indenização paga pela Augusta. Extra-oficialmente, comentou-se na época que cada um teria recebido U$S 400 mil. O ValeParaibano não conseguiu localizar Myriam Vogel, mãe de Fernanda, em Itaboraí(RJ) para comentar o arquivamento do processo em São Sebastião. Os familiares do piloto morto no acidente também não foram localizados. (Fonte: ValeParaibano)

Modelo vivia seu melhor momento

São Sebastião - A modelo Fernanda Vogel Mesquita, 20 anos, morreu no auge da fama. Vivia um de seus melhores momentos pessoais e profissionais. Com seus 1,75 metros de altura, 58 kg e olhos e cabelos castanhos era cobiçada pelos homens e invejada pelas mulheres.
No dia do acidente, 27 de julho de 2001, voava para Maresias para comemorar os dois meses de namoro com o empresário João Paulo Diniz. Antes, foi casada durante dois anos com Ike Cruz, diretor da agência Mega.
Fernanda nasceu no Rio de janeiro em 1980, numa clínica em Botafogo. Passou a infância em Itaborái(RJ). Aos oito anos de idade já desfilava sua beleza divulgando a linha infantil da Hering. Com 15 anos foi para a Alemanha, contratada pela Ford Models, com um contrato de dois anos. (Fonte: ValeParaibano)

São Sebastião discute base de gás natural

São Sebastião - A Câmara de São Sebastião está definindo a data da audiência pública para discutir a instalação de uma base de apoio de exploração de gás natural de uma jazida encontrada pela Petrobras na Bacia de Santos.
O Legislativo estuda também a realização de um plebiscito para votação da proposta de mudança na Lei Orgânica, que permitiria a instalação da base na cidade.
Desde a descoberta da jazida no Campo de Mexilhão, divulgada em abril deste ano, municípios do Litoral Norte paulista e do Litoral Sul fluminense "brigam" para sediar a base de exploração da Petrobras.
Além do aumento dos royalties, o projeto deverá gerar cerca de 36 mil empregos. A Petrobras ainda não decidiu onde construirá a base de apoio. A previsão é que a empresa inicie em 2009 a exploração da jazida, considerada a maior do Brasil.
O artigo 157 da Lei Orgânica de São Sebastião proíbe a armazenagem e instalação de dutos de gás no município. A restrição foi imposta pelos moradores em 1994, por meio de um projeto de lei de iniciativa popular.
"Realizaremos a audiência porque a sociedade tem que avaliar se vale a pena ou não fazermos um lobby para sediar a base de apoio", afirmou o vereador Marco Antonio de Souza (PSDB), presidente da Comissão para Assuntos Referentes ao Porto e ao Petróleo.
IMPACTOS - Segundo ele, a audiência será realizada para que os técnicos da Petrobras possam dar esclarecimentos sobre os impactos positivos e negativos do projeto. Após a audiência, a comissão pretende propor a realização de um plebiscito.
"Vamos consultar órgãos competentes para sabermos como podemos realizar o plebiscito", disse Souza.
Para os ambientalistas, antes de discutir a alteração na lei é preciso obter informações técnicas precisas e detalhadas por parte dos especialistas da Petrobras.
"Não adianta alterar a lei sem que a Petrobras nos diga se estamos capacitados ou não para receber as instalações", disse Eduardo Hipólito do Rego, do Instituto Educa Brasil.
A Petrobras informou que todos os possíveis riscos na exploração da jazida bem como na implantação do gasoduto serão avaliados e posteriormente divulgados.
SÃO SEBASTIÃO - Uma comitiva formada por vereadores de São Sebastião, Caraguatatuba e Ilhabela deve seguir para o Rio de Janeiro nos próximos dias para uma reunião com o diretor de exploração e produção da Petrobras, Guilherme Oliveira Estrela, que coordena os trabalhos do Campo de Mexilhão. (Fonte: ValeParaibano)

Notícias de Ubatuba Topo

Restaurante Solar das Águas Cantantes Foto do Dia

Reforma do aeroporto, uma parceria que deu certo

Ubatuba - O Governo do Estado, este ano, tem investido mais em obras de infra-estrutura no Litoral Norte, o recapeamento da SP-55, Rodovia Manoel Hipólito do Rego é uma solicitação antiga de moradores, comerciantes e políticos sérios. Resultado destas obras foram os o comentários positivos de vários turistas e autoridades que aqui vieram enquanto estava em andamento a obra. Um outro exemplo é o investimento de 2 milhões de Reais no Aeroporto Gastão Madeira, onde também passa o Trópico de Capricórnio, segundo o vereador do PSDB, Charles Medeiros, “a importância do ocorrido é em função da somatória de esforços, e, para que isto tivesse êxito, foi uma briga de três anos e meio envolvendo vários cidadãos”.
Segundo o vereador, as pessoas que estiveram diretamente envolvidas com a solicitação da reforma do aeroporto foram: Luiz Antonio Ayres Neto, Administrador do Aeroporto, Dep. Ricardo Trípoli, vereador Charles Medeiros, pilotos, Secretario Estadual de Transportes Dário Raes Lopes, Engenheiro e Superintendente do Daesp o Dº.José Mauro de Figueiredo Garcia e o empenho do Governador Geraldo Alckmin, que recebeu várias vezes Charles Medeiros, seu companheiro do Diretório Estadual do PSDB, para tratar dos assuntos relacionados ao aeroporto.
"Acredito que a reforma do aeroporto seja um passo que a cidade nunca esquecerá, pois com a devida melhoria, ganha nossa cidade e todo Litoral Norte, acredito que teremos um pólo de desenvolvimento diferenciado, atraindo um turismo de alto nível e com isso mais dinheiro para aplicarmos a nossa cidade", comenta o vereador Charles Medeiros. (Fonte: Ezequiel dos Santos)

Polícia prende quadrilha em Ubatuba

Ubatuba - A Polícia Militar de Ubatuba prendeu anteontem seis integrantes de uma quadrilha acusada de ter praticado quatro roubos no bairro do Itaguá. Três dos integrantes da quadrilha são menores de idade. Os nomes dos suspeitos não foram divulgados pela polícia ontem. Os menores seriam encaminahdos à Vara da Infância e Juventude. Segundo a polícia, a quadrilha, armada com um revólver 38, roubou aparelhos celulares, tenis e objetos pessoais de pessoas que caminhavam pelas ruas do bairro na quinta e sexta-feira. A polícia investiga se o grupo é responsável por outros assaltos na região e possível ligação com outros suspeitos. (Fonte: ValeParaibano)

Acusados de matar policial são detidos

Ubatuba - Uma operação especial feita pelas polícias Civil e Militar prendeu ontem seis pessoas suspeitas de roubos e tráfico de drogas em Ubatuba. O grupo é acusado de ter executado o policial militar Washington Luiz Pereira Gomes, 37 anos, em maio deste ano com quatro tiros no bairro do Estufa 1.
Segundo o delegado Luiz Henrique dos Santos Miranda, foram utilizados na operação 'Arrastão', 10 policiais civis e 15 militares.
Os acusados foram presos simultaneamente nos bairros Ipiranguinha, Perequê-Açu e Taquaral. Foram apreendidos computadores, aparelhos celulares, um carro e uma moto.
Foram presos Reginaldo dos Santos, Edivaldo Rodrigo Santos, Alexandre Lima, Walteir Oliveira, Valdecir Silenciosa e Alexandre Lisboa Silva. Está foragido E.V.A. Eles seriam transferidos ainda na noite de ontem para o CDP (Centro de Detenção Provisória) de Taubaté.
Os detidos foram denunciados por homicídio e formação de quadrilha. A polícia não encontrou armas ou drogas em poder da quadrilha.
Ontem na delegacia, duas vítimas de roubos ocorridos na cidade reconheceram os detidos. Segundo o delegado, os detidos são suspeitos de terem praticado a maioria dos roubos ocorridos na cidade nos últimos feriados prolongados.
Miranda disse que o PM teria sido executado porque havia feito várias prisões de integrantes da quadrilha. (Fonte: ValeParaibano)

Uma parceria com os quilombolas de Ubatuba

Ubatuba - Com um perfil engajado, Suzana Yassuda, proprietária da Beltech Carpetes e Tapetes, procura ajudar sempre que possível na linha de capacitação profissional. Os mostruários da Beltech são feitos pela Fundação Casa do Pequeno Trabalhador, dirigida por Helena Suplicy, que atua com jovens de 14 a 17 anos.
"Em 1997, quando a Beltech trouxe para o Brasil um piso hospitalar que exigia uma mão-de-obra especializada para instalação, veio da Suécia um técnico que deu treinamento para uma garotada selecionada pela Casa do Pequeno Trabalhador entre os que tinham acabado de fazer 18 anos e que estavam deixando, portanto, o programa de capacitação", afirma Suzana ao explicar que atualmente não comercializa mais esse piso, "mas esses meninos estão até hoje trabalhando com isso e são profissionais super reconhecidos nesse mercado e fazem obras no Brasil inteiro".
Esse ano, a Beltech iniciou uma parceria com a Ong SOS Povos da Mata Atlântica, fundada por Vittorio Rossi Jr, diretor do Grupo Rossi, concessionário Volkswagen. Além de auxiliar na luta pela posse definitiva da terra, os técnicos da organização estão implantando programas educacionais e de geração de renda no local.
"Vittorio Rossi Jr é meu amigo e me chamou para ajudá-lo, mas como não acredito num trabalho social baseado em doações, sugeri à ele que procurasse uma forma de geração de renda para a comunidade que fizesse a roda girar", explica Suzana. Uma das idéias da arquiteta foi desenvolver um projeto de capacitação profissional em artesanato onde os tapetes estariam incluídos.
O trabalho envolve uma comunidade de 300 descendentes de escravos (quilombolas) que vivem na região de Camburi, em Ubatuba, litoral norte de São Paulo. "Os primeiros produtos que estamos desenvolvendo são em couro e são trançados à mão. Com o tempo, a nossa idéia é trabalhar com alguns materiais da região, como a taboa", afirma Suzana.
No momento, a Ong está estruturando o seu trabalho com a comunidade. O teatrólogo Ivaldo Bertazzo, do conselho do SOS Povos da Mata Atlântica, já pensou em trazer alguns profissionais da Índia, para ensinar os quilombolas, mas isso ainda não aconteceu por problemas de infra-estrutura que precisam ser resolvidos, como a falta de energia elétrica. Por isso, Suzana Yassuda desenvolveu dois modelos de tapetes em couro que a comunidade vai fazer uma parte. "Eu compro o couro e, num do modelos, mando cortar em tiras que eles trançam e me entregam em quadrados de 50 x 50 cm. Esses quadrados são unidos aqui no meu depósito para fazer os tapetes. No outro modelo eu envio o couro cortado em bolas e eles unem uma bola na outra." Rita Martins (Fonte: Rita Martins/O Guaruçá)

Ubatuba cria Associação Náutica

Ubatuba- Fundada em 07 de julho próximo passado a Associação Náutica de Ubatuba recebeu no dia 07 de outubro, o seu indispensável registro.
Entre outros objetivos, destacam-se:
1- Propiciar condições para a prática eficiente e segura da atividade náutica;
2- Dedicar-se ao ensino e à boa prática da marinharia e da náutica, seja de turismo, desportiva, de lazer, eventual ou permanente de seus associados, em todas as suas modalidades, podendo cumprir missões de emergência ou de notório interesse da coletividade;
3- Promover, colaborar e disseminar os estudos e pesquisas, desenvolvimento de tecnologias alternativas, produção e divulgação de informações e conhecimentos técnicos e científicos que digam respeito às atividades correlatas ao setor.
A ASSOCIAÇÃO NÁUTICA DE UBATUBA já nasceu trabalhando pela qualidade dos serviços náuticos, organizou JORNADA DE SEGURANÇA MARÍTIMA, para 24/11/2004, com o objetivo de disseminar as normas básicas de segurança recentemente modificadas e curso MAM – Marinheiro Auxiliar de Máquinas, para o início de dezembro.

Associação Náutica de Ubatuba realiza 1ª Jornada De Segurança Marítima

Ubatuba - Será no dia 24 de novembro próximo, a partir das 10:00 horas, no Tamoios Iate Clube, à Av. Leovigildo Dias Vieira Nº 1430 – Itaguá - Ubatuba. O Capitão-de-Fragata LUIZ FERNANDO PEREIRA DA CRUZ, Delegado responsável pela prevalência da Segurança em nossa área, objetivando fomentar a conscientização da mentalidade marítima, proferirá conferência sobre “Filosofia de Segurança na Navegação Marítima e Comentários Sobre a Legislação Vigente.” O representante da Autoridade Marítima ouvirá aos presentes.
Associados e especialistas discorrerão sobre:
- Segurança nas operações em terra
- Cuidados com motores e máquinas
- Cuidados exigíveis com o meio-ambiente
- Artefatos de Navegação Eletrônica – GPS
Todos são bem-vindos. A inscrição prévia é indispensável. O evento é gratuito e serão fornecidos Certificados de Participação.
INSCRIÇÕES
Na presidência pelos telefones (012) 3833-5116 ou 3833-4668
Na Secretaria ou pelo telefone (012) 3832-5440
Na Diretoria Técnica ou pelo telefone (012) 3833-2391
 

Ação Litoral

Esclarecimento Topo

Os estragos da desinformação

A desinformação sempre causa estragos. É uma regra sem exceção. Há uma série de inverdades no desabafo do artigo do sr. Afonso Ricca que caso se fixassem no campo de críticas construtivas seriam bem recebidas. O prefeito Paulo Ramos atendeu na última quarta-feira, dia 18, em seu gabinete, a equipe de transição do prefeito eleito Eduardo Cesar, tendo a reunião ocorrida dentro da mais absoluta normalidade, com trocas de informações incluindo as prioridades visando os serviços essenciais para a temporada de verão que se aproxima. Entenda-se como prioridades contratos para fornecimento de combustível, coleta de lixo, reforço do policiamento e convênios com a Santa Casa e com o Programa Saúde da Família - PSF. As duas partes confirmaram a necessidade de soluções de comum acordo. No mesmo dia a coleta de dados teve início. Portanto, cai por terra a informação segundo a qual atual administração estivesse contra a atuação da equipe de transição.
O recapeamento de algumas ruas do centro da cidade será concluído com a colocação da pavimentação definitiva. O fator chuva, comprovado por todos, tem comprometido o andamento dos trabalhos. A compra do Passat teve parecer favorável do Poder Judiciário e o acidente que motivou a destruição do automóvel não teve nada de suspeito, conforme alusões extremamente maldosas, tendo seus ocupantes corrido risco de morte. A documentação sobre o acidente conta com o depoimento de testemunhas e a companhia de seguros garantiu o ressarcimento do prejuízo aos cofres públicos.
Até a intervenção no Banco Santos que estaria comprometendo a saúde financeira do Instituto de Previdência Municipal de Ubatuba - IPMU, é usado como argumento para denegrir a Prefeitura. São 77 institutos além do nosso e incluindo do próprio Banco Central que aplicam em Títulos da Dívida Pública Federal, portanto imunes ao efeitos desse fenômeno. A nota do IPMU publicada na mesma edição do Litoral Virtual (19/11) contem as explicações necessárias que, felizmente, repudiam a desinformação semeadora de intranquilidade junto a comunidade dos funcionários municipais.
O material que vem sendo depositado na área do futuro Centro de Treinamento corresponde ao pavimento retirado da rodovia Gov. Mário Covas (Rio-Santos), na altura da Estufa II, onde vem sendo concluída as obras de um túnel. Não é entulho das obras do Aeroporto conforme foi publicado. O material será transportado para as oficinas da EMDURB e reaproveitado como aterro de rua. Nada que configure a criação de um lixão, pois o material tem destino certo.
Finalizando, achamos fundamental que o cidadão antes de criticar procure informar-se corretamente. Estamos á disposição para o envio das realizações da Prefeitura quando houver real interesse pelas ações positivas que representam o progresso de nossa cidade.

Celso Teixeira Leite
Assessor de Imprensa - Prefeitura de Ubatuba

Carta do Leitor Topo

Ubatuba, agora vai! - Parabéns a UNITAU e aos realizadores do Workshop “ Planejamento do Turismo Sustentável no Município de Ubatuba “, que será realizado nos próximos dias 23 e 24.
Fico aliviado em saber que os bons ares finalmente chegam a Ubatuba e a sociedade civil organizada chama para si a responsabilidade de difundir a cultura do turismo.
Falar sobre os benefícios de um turismo sustentável é chover no molhado. Quero falar do futuro; do futuro que se constrói hoje com a participação de todos, sem exceção.
Já abordávamos essa necessidade junto aos nossos alunos da UNITAU quando ministrava aulas na cadeira de Marketing Estratégico para Hotelaria e Turismo. Lá se vão quase três anos.
Fui mal interpretado, fui perseguido por pessoas que não entendiam absolutamente nada do Setor da Hospitalidade. Nem por isso guardava raiva ou rancor. Guardava esperanças que agora se justificam.
Penso que a população de Ubatuba optou corretamente nas últimas eleições. Torço para que o Prefeito Eleito monte sua equipe de Turismo baseado no conhecimento técnico e não no apadrinhamento político para satisfazer acordos de campanha, como se viu na gestão do Prefeito que deixa o cargo, mas certamente não deixará saudades.
Ao Prefeito Eleito caberá a função de maestro dessa grande equipe que é a comunidade de Ubatuba.
A preservação da Cultura Caiçara é ponto vital nesse novo processo. A preservação das belezas naturais de Ubatuba é uma questão de sobrevivência e de bom senso. E é no bom senso que deve ser pautada a união das entidades para envolver cada cidadão e que será o apoio para um Turismo Sustentável.
São por essas e outras que acredito que Ubatuba, agora vai!

Joaquim Diniz
Professor Universitário e Jornalista
Santos, SP


Hospital Mário Covas - Gostaria de efetuar uma denúncia sobre o péssimo atendimento do Hospital Mario Covas em Ilhabela. Além da demora, cerca de duas horas para ser atendido no pronto-socorro, o diagnóstico do médico de plantão no dia 14/11 foi errado.
Após a análise do RX, ele me informou que eu havia apenas efetuado uma torção no tornozelo, o procedimento foi mobilizar meu pé apenas com faixa e deixar o pé em descanço. Não me avisaram que eu não poderia andar, ou apoiar o pé.
Depois de dois dias meu pé estava muito inchado e roxo, portanto procurei atendimento médico. Em São Paulo fui atendida no S. Luis e fui informada que o caso era GRAVE, que teriam duas hipóteses: ou fratura na tíbia ou rompimento de
ligamento. O procedimento foi imobilizar por 8 dias e efetuar mais exames.
No dia seguinte procurei um médico ortopedista, e fui informada que o caso realmente é GRAVE e que eu fraturei a tíbia e em nenhuma hipótese posso apoiar o pé no chão, pelo fato de eu ter apoiado, só piora a situação (recomendação não dada no hopital Mario Covas).
O que aconteceu no Hospital Mario Covas é muito GRAVE. Quantas pessoas não morreram ou morrerão por este tipo de atendimento??
Espero que alguma atitude seja tomada.

Danielle Lario
São Paulo, SP


Terça na Câmara: Chá de Cadeira - No último dia 16, terça-feira, nas dependências da Câmara Municipal era para ser votado uns dos projetos mais importantes de nossa cidade – Projeto de Lei 152/04 – trocando em miúdos, o Orçamento do Município 2004 exercício 2005. Ali estava para ser aprovado ou não o direcionamento dos recursos para 2005.
Mas quem esteve lá, se deparou mais uma vez com jogos de cartas marcadas, tamanha a falta de educação e desrespeito com o contribuinte, a começar pelo atraso da hora marcada para o início da sessão, depois me parecia que estavam em “reunião” para adiar o projeto, mas imagino eu como foi essa conversa de bastidores e a vergonha que senti depois de observar o comportamento da maioria de nossos representantes.
Pelo que eu entendi, é um monte de papel que a Prefeitura manda a Câmara, para que os vereadores vejam e façam suas devidas emendas ou correções, entendi também que “os nobres vereadores” tiveram quarenta e cinco dias para apreciar a papelada e não entendi o porque do adiamento por duas sessões.
Como eleitor, temos que manter o vínculo com o eleito, manter o cordão umbilical com a pessoa que escolhemos, não basta dar o voto, é necessário que o eleitor acompanhe o eleito, é necessário que o eleitor cobre, fiscalize, ajude e acompanhe, é necessário que o eleitor vá acompanhar a Sessão de Câmara quando possível, não esquecendo de levar lanchinho, revista ou algo para matar o tempo no caso de eventual atraso.
Estranho para mim também foi que, se o projeto é da prefeitura, por que o executivo não mandou alguém para acompanhar o projeto, ou pelo menos falasse com seus vereadores, e o prefeito eleito, Eduardo César, que pelo visto não apreciou o projeto que ele vai trabalhar ano que vem, de repente ele não teve tempo, devido às futuras conversações, vamos acreditar que sim, pois futuro prefeito se desculpou perante a comunidade que estava na Câmara.
Dúvidas a parte, como é que o Vereador Charles Medeiros apresentou noventa emendas e o vereador Marquinhos Tio Sam apresentou oito, o pior ficou alguns vereadores com a desculpa de que não receberam cópias do documento, o pior é que será que este tipo de procedimento não é feito todo ano, como é que eles não sabiam do prazo para votação do projeto, é uma vergonha.
Espero que dia 30 deste mês, venha mais gente prestigiar a Sessão, bom não só esta Sessão, mas todas as que Câmara tiver. Temos que participar.

Orides Zach
Itaguá, Ubatuba, SP


Moção - Acompanho seu trabalho desde o tempo do MARANDUBA NEWS, jornal da Região Sul de Ubatuba, até meu falecido irmão Tião Romão, escrevia as piadas para o seu jornal, coisa que ele adorava fazer, você sabe e fico muito feliz em poder acompanhar o desenvolvimento de seu trabalho, hoje já não é mais um jornalzinho de papel é um informativo de grande valor que podemos ter através da Internet, é um informativo que atravessa fronteiras, isso é maravilhoso.
Em muitas conversas com sua esposa, tomei conhecimento de todo o seu esforço e luta para chegar até aqui e merecer essa homenagem na Câmara Municipal. Parabéns Emilio Campi, você vai longe.

Bel Dergham
Setão da Quina
Ubatuba, SP


Juiz Antonio Braga - Saudações. Estou procurando paradeiro do Juiz Antonio Braga, Ubatuba década dos 60. Agradeço sua atenção.

Pierre Verlaet
New York, USA
pierrenewyork@hotmail.com

Foto do Dia Topo

Para participar desta seção basta enviar as fotos com crédito do autor e legenda, no tamanho mínimo de 1024 x 768 pixels com resolução de 72dpi para fotododia@litoralvirtual.com.br
O envio de foto caracteriza autorizada a sua publicação e identifica o remetente como autor.

Ubatuba-SP

Saco da Ribeira - Paulo Arruda


Saco da Ribeira
©Paulo Arruda


Para instalar a foto como papel de parede (wallpaper)
Clique na foto acima. Após carregar a foto ampliada, clique com o botão direito do mouse sobre a imagem e escolha "Definir como papel de parede" ou "Definir como fundo de tela". Para ajustar a imagem em tela cheia, clique em qualquer lugar da área de trabalho com o botão direito do mouse, escolha "Propriedades" / "Fundo de Tela" ou "Papel de Parede" / "Ampliar".

Arquivos:  Foto Saudade  -  Foto do Dia
 

 Faça seu comentário, crítica, opinião ou sugestão no Litoral Virtual:
Clique Aqui


As notícias, fotos e cartas publicadas neste boletim são de inteira responsabilidade de suas fontes e autores,
não expressando necessariamente a opinião deste informativo. O envio de qualquer material para nosso e-mail
será considerado como autorizado a sua publicação e assumida a total responsabilidade pelo seu conteúdo.
As cartas devem conter nome completo, RG, endereço, telefone de contato e um e-mail válido.
Reservamos o direito de não publicar cartas que não contenham a devida  identificação do autor.

Editor Chefe: Emilio Campi
Editora Assistente: Jullyany Roberta Cruz


GRÁTIS!!
Receba as Últimas Notícias do Litoral em seu e-mail:

Quero receber GRATUITAMENTE o boletim Últimas Notícias do Litoral:

e-mail:
Cidade:



Obs.: Você poderá cancelar o recebimento das notícias a qualquer momento.

Conheça as cidades do Litoral Norte Paulista:

Caraguatatuba Ilhabela São Sebastião Ubatuba

Litoral Virtual
O mais completo site do Litoral Norte Paulista na Internet
Sugestões, críticas e informações, entre em contato:
info@litoralvirtual.com.br

©1995/2001 Emilio Campi - Studio Maranduba - Direitos Reservados
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem a expressa autorização do autor