Litoral Virtual últimas notícias do litoral
Segunda-feira, 06 de dezembro de 2004 - Nº 1170 Edições Anteriores

Giorgio Portal da Palmeira Locação

Região
LRF "empobrece" programação da temporada de verão no litoral
Segurança e coleta de lixo são prioridades

Caraguatatuba
Tarifa telefônica sofre alteração em 3 cidades
Campanha de prevenção ao câncer de pele começa hoje em Caraguá
Programação Natalina da Fundacc tem início dia 3
Alunos da rede municipal participam de formaturas do PROERD de 7 a 14 de dezembro
Educação de Caraguatatuba comemora o Natal com apresentações dos alunos
Começam em Caraguatatuba os preparativos para o programa Caravanas do Conhecimento – Interior na Praia
Performances com palhaços e clowns encerram oficina de teatro na EMEF da Martim
Módulo firma convênio com o MEC e concede 133 bolsas de estudo

Ilhabela
Bonete terá campeonato de surfe no próximo fim de semana

São Sebastião
Incêndio em Alcatrazes reativa discussão sobre exercícios de tiro
1° Cindança Festival procura por patrocínio


Ubatuba
Borrachudo prejudica turismo em Ubatuba
Suelen Naraisa vence etapa, mas Luana Coutinho leva o título do municipal de surfe em Ubatuba
Acquakids de Natação
Dr. Juscelino é homenageado por sua dedicação
Dr. Ricardo sugere campanha para educar ciclistas


Seções
Opinião
Artigo
Carta do Leitor
Foto do Dia


Notícias da Região Topo

Segurança e coleta de lixo são prioridades

Litoral Norte - As prefeituras das cidades do Litoral Norte definiram como prioridades para a temporada a coleta do lixo e o reforço na segurança pública. Como a população praticamente triplica no verão, os gastos com os serviços também aumentam muito. Em São Sebastião, por exemplo, os gastos com coleta de lixo aumentam mais de 70% no verão. O prefeito Paulo Julião (PSDB) afirmou que a coleta está garantida, mas teme faltar verba para hospedagem e alimentação dos policiais que reforçam a segurança na temporada. O prefeito de Ilhabela, Manoel Marcos Ferreira (PTB), afirmou que sua prioridade também é garantir a coleta do lixo reforçada. (Fonte: ValeParaibano)


LRF "empobrece" programação da temporada de verão no litoral
Prefeituras de Ubatuba, São Sebastião e Ilhabela não têm verba para eventos

Litoral Norte - A exigência das prefeituras se adequarem à Lei de Responsabilidade Fiscal está colocando em risco o Verão 2005 no Litoral Norte. Ubatuba, São Sebastião e Ilhabela são as cidades mais afetadas pela falta de recursos para os eventos na temporada.
As prefeituras esperam cerca de 1,5 milhão de visitantes no verão.
Caraguá é a única cidade da região onde a programação de verão deverá ser mantida como shows de artistas de renome, atividades esportivas e recreativas nas praias.
Nas demais cidades, a prioridade é "fechar o caixa" atendendo à Lei de Responsabilidade Fiscal e garantir, pelo menos, a coleta de lixo no verão. Em Ubatuba, o combate ao borrachudo é uma das preocupações do prefeito eleito Eduardo César (PL).
O secretário de Turismo de Caraguá, Paulo Noronha, afirmou que, os eventos de verão estão sendo definidos juntamente com a equipe no novo prefeito José Pereira de Aguilar. Já estão definidos o show de abertura do verão, dia 18, e a festa de Revéillon, segundo Noronha. No ano passado a prefeitura investiu R$ 350 mil nos eventos de verão.
Gilson Cabarera, que cuida da transição na secretaria de Turismo, adiantou que estão previstos para janeiro e fevereiro os shows e todas as demais atividades esportivas e recreativas que anualmente acontecem na cidade. Caraguá deve receber 300 mil pessoas na passagem do ano.
Falta Dinheiro - O secretário de Turismo de Ubatuba, Sidnei Gasparetto, disse que a programação de verão não foi definida porque não há dinheiro em caixa para os eventos. "Estamos garantindo apenas a programação de Natal", explicou.
Segundo Gasparetto, a programação de eventos a partir do dia 1ª de janeiro de 2005 é responsabilidade da nova administração. No verão, segundo ele, Ubatuba recebe cerca de 400 mil pessoas. Cláudia Rattes, indicada pelo prefeito eleito Eduardo César para coordenar a transição de governo, não foi localizada para comentar o assunto.
Em Ilhabela, que deve receber 300 mil pessoas durante o verão, a programação de verão dependerá de recursos da iniciativa privada. "Não temos verba", disse o diretor de Turismo, Alfredo Cirilo. Segundo ele, em quinze dias haverá uma reunião com empresas interessadas em investir nos eventos de verão. No ano passado foram investidos pela prefeitura R$ 200 mil nos eventos.
São Sebastião também não tem verba para os eventos de verão, segundo afirmou o prefeito Paulo Julião (PSDB). Sem recursos, o futuro secretário de Turismo e Cultura, Julio Buzzi, já busca alternativas para conseguir atrativos para moradores e turistas na temporada.
Buzzi disse que está viabilizando shows com artistas da cidade e região e buscando recursos junto à iniciativa privada para a realização da festa de São Sebastião, padroeiro da cidade, a partir de dia 7 de janeiro. A atual administração não informou quanto investiu em eventos na temporada passada, quando mais de 400 mil turistas circularam pela cidade. (Fonte: ValeParaibano)
 

Notícias de Caraguatatuba Topo

O Guaruçá BIL -= Bolsa de  Imóveis do Litoral Refugio Massaguaçu

Tarifa telefônica sofre alteração em 3 cidades

Caraguatatuba - A partir das de ontem as ligações entre as cidades de Taubaté, Tremembé e Caraguatatuba e a localidade de Jaraguá, em São Sebastião, deixaram de ser taxadas como chamadas de longa distância e passaram a ser cobradas como chamadas locais, segundo a Telefônica. Com as alterações, ao fazer uma ligação entre Taubaté e Tremembé o consumidor vai pagar os pulsos de uma ligação local. Dezenas de localidades do Estado passaram pela mudança, que atende às novas regras da regulamentação do setor, estipuladas pela Anatel. A Central de Atendimento (103) funciona 24 horas por dia nos sete dias da semana e a ligação é gratuita. (Fonte: ValeParaibano)

Campanha de prevenção ao câncer de pele começa hoje em Caraguatatuba

Caraguatatuba - A prefeitura municipal, através da Secretaria de Saúde, realiza uma campanha de prevenção ao câncer de pele. A iniciativa começa hoje e dois pontos de atendimento estão disponíveis à população A unidade de saúde do bairro Porto Novo e o Centro de Especialidades, que está localizado no centro da cidade, estão abertas ao público das 8h00 às 16h00.
O objetivo da campanha é diminuir o índice de câncer de pele em Caraguatatuba, que por ser uma região ensolarada durante quase todo o ano, possui aptidão a registrar novos casos, principalmente no período compreendido entre os meses de dezembro e março.
Nos postos de atendimento a população vai ser atendida por um dermatologista. Caso sejam diagnosticados o câncer de pele e sua gravidade, o paciente retorna pra casa já com a cirurgia de remoção agendada.
O secretário municipal de Saúde, Pedro Norberto dos Santos, acredita que a campanha resulte não apenas na prevenção, mas também na resolução de casos. “Quanto antes o câncer for descoberto, mais rápida é a cura. O pior tipo é o melanoma, que é um tumor maligno muito grave que se origina das células que produzem o pigmento da pele.
O paciente pode morrer caso ele não seja diagnosticado rapidamente”, explica o médico pediatra.
Ele comenta também sobre o perfil dos indivíduos que possuem maior tendência pra desenvolver a doença. “Geralmente as pessoas que tem pele e olhos claros possuem um risco maior. Elas necessitam proteger muito bem a pele dos raios solares”.
O secretário fala ainda sobre o principal sintoma da doença. “Mancha ou pinta escura com elevação na pele é um sintoma suspeito. Caso essa pinta comece a crescer ou a doer, a pessoa deve procurar atendimento médico o mais rápido possível”.
As pessoas que tiverem dúvidas ou que desejam qualquer esclarecimento sobre o câncer de pele, também podem se dirigir aos pontos de atendimento.
Câncer de pele - Câncer da pele é o crescimento anormal e descontrolado das células que compõem a pele. Estas células se dispõem e formam camadas, que dependendo da área afetada resultam em diferentes tipos de câncer. Os mais comuns são os carcinomas basoce-lulares, espinocelulares e melanomas. De todos os tumores existentes, o câncer de pele é o mais freqüente.
A radiação ultravioleta é a principal responsável pelo desenvolvimento da doença. Ela se concentra nos raios solares e nas cabines de bronzeamento artificial.
A exposição excessiva ao sol contribui não só para o risco de desenvolvimento do câncer, como também no envelhecimento precoce da pele. Além da radiação solar, outros fatores como raios-x e determinadas substâncias químicas podem levar ao câncer da pele.
As melhores maneiras de prevenção são realizar exames de pele regularmente, proteger-se do sol através de filtros adequados e não utilizar bronzeamento artificial. (Fonte: Imprensa Livre)

Programação Natalina da Fundacc tem início dia 3

Caraguatatuba - A programação A Fundacc Canta o Natal pela Paz inicia suas atividades. A partir do dia 3, a Banda Municipal Carlos Gomes inicia seu concerto de Natal pelas ruas da cidade. Sempre às quintas-feiras, nos dias 3, 10 e 17, às 20 horas, a cidade vai ficar festiva com as músicas executadas pela corporação musical. Já no dia 23, a banda recepciona os turistas que chegam na Rodoviária Municipal a partir das 17 horas, e no mesmo dia, às 20h30, faz a retreta na Praça Dr. Cândido Motta. No dia 30 no mesmo horário, também toca na praça.
No dia 4, sábado, às 20 horas acontece a inauguração da decoração natalina, com o Pólo Cultural Profª Adaly Coelho Passos e da Praça Dr. Cândido Motta iluminados. Na seqüência haverá a cerimônia de inauguração do presépio na praça.
O presépio realizado nos últimos anos pela Fundacc, em 2004 vem com uma releitura da sagrada família, em material reciclado, com a técnica de empapelamento, e do papel machê. Com projeto e execução do artista plástico Jac Costa, as peças, quatro no total, com tamanhos entre 1.60m e 2 metros, foram confeccionadas pelo artista e seus alunas Márcia, Roseth e Agnes, que também assina os figurinos em juta.
No dia 19, encerrando a programação “A Fundacc Canta o Natal pela Paz” acontece chegada do menino Jesus, a apresentação do Auto de Natal Pastoril e a Folia de Reis na sexta-feira, a partir das 21 horas, na Praça Dr. Cândido Motta.
Participam do Auto de Natal Pastoril, alunos das Oficinas Culturais de teatro, sob a direção de Junior Magresco. A apresentação é baseada na festa popular nordestina, que narra a história das pastorinhas a caminho de Belém, e encontram pelo caminho o anjo, a borboleta, a cigana, o pastor e a camponesa, cantando marchinhas, frevo de bloco, maxixe e valsa.
A Folia de Reis é apresentada pelo Grupo de Folia de Reis do Bairro do Tinga. O grupo vai saudando o povo, e cantando em versos toda a história do nascimento do Menino Jesus, envolvendo todos os presentes.
Juntos há seis anos, vêm fazendo apresentações em todo o Litoral Norte e Vale do Paraíba.
O grupo é formado por músicos tocando violas, violão, cavaquinho, pandeiros e tambor. Na Folia tem também o Alferes, que carrega a bandeira e recebe as doações, e o "Palhaço", também conhecido por "Mascarado" ou "Bastião", que ficou distraindo o rei Herodes, por três dias, enquanto Maria fugia com o Menino Jesus. Na Folia, o "Palhaço" é o guardião de Jesus Cristo.
Nos últimos anos, estiveram no evento '"Revelando São Paulo" representando Caraguatatuba. (Fonte: PMC)

Alunos da rede municipal participam de formaturas do PROERD de 7 a 14 de dezembro

Caraguatatuba - O PROERD – Programa Educacional de Resistência às Drogas, desenvolvido nas escolas municipais por meio da parceria entre a Polícia Militar do Estado de São Paulo – Unidade de Caraguá e Secretaria Municipal de Educação, iniciará na próxima terça-feira 7, as cerimônias de formatura dos alunos participantes do trabalho nesse 2º semestre. Assim como no projeto Trânsito Legal, o PROERD desenvolveu o programa na rede municipal em duas etapas. As unidades escolares da região Sul participaram do programa no 1º semestre, e as escolas da regiões Centro e Norte estiveram envolvidas no programa desde o início do mês de agosto.
Esse programa, é realizado pela PM dentro das escolas, e foi criado pelo DARE – Distrito Escolar e Departamento de Polícia de Los Angeles em 1983, chegando ao Brasil, dentro do Estado de São Paulo apenas em 1993.
O PROERD é desenvolvido hoje em mais de 50 países atendendo uma média de 35 milhões de crianças por ano. Os monitores sãos os próprios policiais militares, voluntários, treinados e envolvidos com o programa que tem como material uma cartilha e o mascote, que é o leãozinho. Em Caraguá, os soldados Lígia e De Paula trabalham as questões relativas à prevenção contra drogas nas unidades escolares da Prefeitura Municipal pelo quarto ano consecutivo. Em 2004, somando todas as escolas envolvidas nos dois semestres, participaram do PROERD 712 alunos.
Confira as formaturas:
As EMEFs “Maria Thereza Souza Castro”, do Getuba, “Bendito Inácio Soares”, do Massaguaçú e “Pedro João de Oliveira”, da Tabatinga, realizarão uma formatura conjunta na próxima terça-feira 7, às 9h30, no ginásio da EMEF Benedito Inácio Soares, no bairro Massaguaçú.
No dia 10 de dezembro, recebem os certificados de participação no programa os alunos da EMEF “Oswaldo Ferreira”, do bairro Casa Branca, em cerimônia que acontecerá na própria escola, a partir das 9h30.
No dia 13 de dezembro será realizada a formatura dos alunos das EMEFs “Jorge Passos”, do Jaraguazinho, “Bernardo Ferreira Louzada”, do Rio do Ouro, “Aída de Castro Grazioli”, também do Rio do Ouro, e “Antonia Ribeiro da Silva”, do Jardim Califórnia. A formatura dos alunos dessas escolas será realizada nas dependências da EMEF “Aída de Castro Grazioli”, no Rio do Ouro, às 15h30.
E para encerrar as atividades do PROERD nesse ano letivo, recebem diplomas de participação no programa os alunos das EMEFs “Luiz Ribeiro Muniz”, da Martim de Sá, e “João Thimóteo do Rosário”, do bairro Canta Galo. Essa formatura acontecerá na EMEF da Martim de Sá, no dia 14 de dezembro, às 9h30. Participe. (Fonte: SME/PMC)

Educação de Caraguatatuba comemora o Natal com apresentações dos alunos

Caraguatatuba - A Secretaria Municipal de Educação de Caraguatatuba, já está em clima de comemoração natalina juntamente com as unidades escolares administradas pela Prefeitura Municipal.
Para celebrar o Natal, durante o mês de dezembro, a cidade contará com uma programação especial que inclui apresentações de dança e coral e vários estabelecimentos de Caraguatatuba.
Assim como nos anos anteriores, os cartões de Natal também serão feitos pelos alunos das unidades escolares. Neste ano, são responsáveis pela confecção dos desenhos e mensagens as EMEFs “Bernardo Ferreira Louzada”, do Rio do Ouro, “Masako Sone”, do Pegorelli, “Alaor Xavier Junqueira”, do Travessão e “Dr. Carlos de Almeida Rodrigues”, do Indaiá.
Além disso, mais 5 unidades escolares e 2 CEIs realizarão apresentações natalinas. A primeira apresentação acontecerá na sede da Secretaria Municipal de Educação, com o coral de alunos da EMEF “Luiz Ribeiro Muniz”, da Martim de Sá, no dia 13, às 15h.
No dia 14, a EMEF “Prof João Baptista Gardelin” levará o coral de alunos para uma apresentação no Caraguá Praia Shopping, às 15h.
No dia 15, os alunos da EMEF “João Benedito Marcondes”, do Barranco Alto, apresentam um número de dança no MACC – Museu de Arte e Cultura de Caraguatatuba, às 14h. A EMEF “Prof Lúcio Jacinto dos Santos”, do Tinga, comparece no dia 16/12, às 15h, no Paço Municipal para a apresentação dos alunos participantes do projeto de flautas. No dia 17/12, o Supermercado Silva Indaiá receberá os alunos da EMEF “Pedro João de Oliveira”, da Tabatinga, que se apresentarão na modalidade dança, às 10h. Ainda no dia 17/12, também às 10h, as crianças do CEI Messias Mendes de Souza”, do Ipiranga, farão uma apresentação de coral na praça do coreto. Encerrando as comemorações natalinas com chave-de-ouro, os alunos do CEI “Profª Maria Carlita Saraiva Guedes”, do Morro do Algodão, cantarão músicas natalinas no supermercado Pão-deAçúcar, às 15h. Prestigie nossas crianças! (Fonte: SME/PMC)


Começam em Caraguatatuba os preparativos para o programa Caravanas do Conhecimento – Interior na Praia

Caraguatatuba - O programa Caravanas do Conhecimento “Interior na Praia”, realizado com grande sucesso de 1984 a 1992, ocasião em que proporcionou a 126 mil crianças a chance de conhecer o mar, voltou a acontecer no início de 2004 e trouxe às cidades do Litoral de São Paulo crianças do interior que pela primeira vez puderam banhar-se nas águas das praias do Litoral Paulista. Em razão do sucesso do programa, o programa “Interior na Praia” volta a acontecer em janeiro de 2005.
Essa é uma iniciativa Secretaria de Estado de Economia e Planejamento e demais pastas do Governo Estadual, por intermédio do CEPAM – Centro de Estudos e Pesquisas de Administração Municipal “Fundação Prefeito Faria Lima”.
Em janeiro de 2004 participaram do programa 5.958 crianças do Interior do Estado e Grande São Paulo. 13 municípios do Litoral Paulista receberam 142 municípios. Em julho foi a vez das crianças residentes da região litorânea participarem do programa Caravanas do Conhecimento no projeto “Redescobrindo o Interior”, no qual as cidades que visitaram o Litoral tornaram-se hospedeiras, promovendo assim um intercâmbio cultural e social.
Nesta sexta-feira 3, foi realizada na Diretoria Regional de Ensino de Caraguatatuba a primeira reunião sobre o programa Interior na Praia, com os municípios hospedeiros do Litoral Norte. Estiveram presentes os representantes do CEPAM, Vicente de Paula Leme Curti (coordenador do programa), Rosely Pereira (integrante da equipe técnica), representantes das Secretarias Municipais de Educação de Ubatuba e Ilhabela, além da equipe técnica da Secretaria Municipal de Educação de Caraguá.
Durante a reunião foram discutidos assuntos relacionados à vinda das crianças durante o mês de janeiro e questões como cardápios, atividades de lazer e recreação, sugestões sobre os cuidados para o banho de mar das crianças.
Segundo explicou o coordenador do Interior na Praia, Vicente Curti, foi muito boa a recepção das cidades do Litoral Norte aos municípios visitantes em 2004. “Aqui nessa região não tivemos problemas relacionados ao programa. Fomos atendidos com relação à saúde, alojamento, Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, e essa boa recepção foi possível de perceber por meio dos relatórios que recebemos dos municípios recepcionados nessa região. Acredito que algumas questões técnicas que deixaram a desejar, nesse ano estejam sanadas, em razão da experiência adquirida no início desse ano”, disse.
Em janeiro, a cidade de Caraguatatuba receberá crianças dos municípios de Cajamar, Itararé, Onda Verde, Abrinq9, Atibaia, Lagoinha, Presidente Venceslau, Fernão, Bento de Abreu e Queluz, de 10 a 28 de janeiro.
Serão 18 delegações com 720 crianças, além da previsão de 72 monitores, 18 motoristas e 18 policiais, totalizando uma recepção a 828 visitantes. (Fonte: SME/PMC)

Performances com palhaços e clowns encerram oficina de teatro na EMEF da Martim

Caraguatatuba- Os alunos da EMEF “Luiz Ribeiro Muniz”, do bairro Martim de Sá, em Caraguatatuba, encerraram o projeto Teatro na Escola com “chave-de-ouro”, na tarde desta sexta-feira, 3 de dezembro.
O trabalho, que é desenvolvido por meio de uma parceria entre a Secretaria Municipal de Educação e a Fundacc – Fundação Educacional e Cultural de Caraguatatuba, acontece em várias escolas do município, com monitores de teatro cedidos pela Fundação para a implantação e fomento de atividades culturais dentro da escola, em horário inverso ao período de aula.
Na EMEF Martim de Sá, o monitor de teatro da Fundacc, Rafael Andrade, trabalhou com um grupo de 25 alunos, entre eles estudantes do 3º e 4º ano, além de participantes da comunidade.
Segundo explicou Rafael Andrade, que também ministrou aulas no CIEFI Massaguaçú, a proposta aplicada na Martim de Sá baseou-se no estilo clown, em razão da quantidade de alunos novos que ingressavam no grupo a cada mês. “A entrada constante de atores dificultou a atividade baseada em uma peça teatral, assim, iniciamos um trabalho de clown, que além de ser uma modalidade diferente, desenvolve a espontaneidade nos atores, fazendo-os brincar com as situações do cotidiano”, explicou, completando que “nesse período trabalhamos com a preparação das personagens, como por exemplo, o modo de andar, o riso, o choro, pesquisando os tipos específicos como o branco e o augusto”, concluiu Rafael Andrade.
Para a aluna Caroline Gomes, 10 anos, participar das aulas de teatro foi importante. “Eu aprendi a me comunicar com mais facilidade”, disse. Segundo Aline Avelino de Pinho, 8 anos, “foi muito bom voltar a fazer teatro na escola, porque no ano passado a oficina não chegou até o final do ano, e agora tivemos a oportunidade de aprender coisas novas e estudar peças. Eu era tímida, falava muito pouco, e hoje falo muito mais”, declarou a atriz.
O ator Ricardo Magalhães Junior, 17 anos, aluno da E.E. Colônia dos Pescadores, também participa da oficina na EMEF Martim de Sá, uma vez que o curso é aberto a toda comunidade. Segundo explicou Ricardo, estar no mesmo grupo com atores de diferentes idades já é um grande aprendizado. “Fiz parte do grupo de teatro adulto da Fundacc, e participo hoje da Cia. Genérico, onde estamos apresentando a peça 2 corações e 4 segredos. Entretanto, mesmo envolvido atividades diferentes, resolvi entrar nessa oficina porque sempre me interessei em atuar com crianças. Em minha primeira experiência de clown ainda não tinha grandes noções, mas passei a estudar mais sobre o assunto e enriqueci minha experiência por meio da oficina de mímica com o professor Alejo Linares, da Fundacc”, explicou Magalhães Jr.
Marcando o encerramento da oficina de teatro, os alunos/atores trajados de clowns envolveram todos os estudantes em diversas dinâmicas pelo pátio da escola e dentro das salas-de-aulas, com a colaboração de toda a equipe escolar, incluindo o corpo docente. Os pais de alunos também compareceram à escola para prestigiar o resultado da oficina.
Segundo a diretora da escola, Maristela Aparecida Fernandes de Sousa Sevilhano, o trabalho desenvolvido pelo monitor Rafael Andrade foi muito importante para a unidade escolar e alunos envolvidos. “É interessante observar que o monitor esteve sempre presente e compartilhou conosco todas as suas ações. Ele envolveu as crianças em diversas atividades cênicas. Prova disso é que não há evasão no curso, que tem inclusive o apoio dos pais de alunos. É notável a transformação dos estudantes que participaram da oficina, porque hoje eles estão mais descontraídos, espontâneos e participativos”, finalizou. (Fonte: SME/PMC)

Módulo firma convênio com o MEC e concede 133 bolsas de estudo

Caraguatatuba - As Faculdades Integradas Módulo aderiram ao ProUni (Programa Universidade para Todos). Alunos da rede pública de ensino deverão se inscrever pelo site do MEC no período de 6 a 17 de dezembro.
As Faculdades Integradas Módulo aderiram ao Programa Universidade para Todos. O Convênio firmado com o MEC prevê a concessão de 49 bolsas de estudo integrais e 84 bolsas parciais, distribuídas entre todos os cursos da Instituição.
Para concorrer às bolsas do ProUni, o candidato deverá ter feito todo o ensino médio na rede pública (ou ter sido bolsista integral em escola particular) e ter prestado o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) em 2004.
As bolsas integrais serão concedidas a estudantes cuja renda familiar per capita não ultrapasse um salário mínimo e meio (R$ 390), e as parciais àqueles cuja renda familiar per capita seja de até três salários mínimos (R$ 780). O programa destina-se também a portadores de necessidades especiais, independente de terem estudado em escolas públicas, e a estudantes que atuem como professores de educação básica, desde que estejam pleiteando vaga em curso de licenciatura ou de pedagogia, independente da renda.
Segundo dirigentes do Módulo, além das bolsas do ProUni, a Instituição pretende conceder bolsas parciais para os cursos que não tenham todas as vagas preenchidas no processo seletivo 2005, mesmo que o candidato não tenha realizado o ENEM em 2004.
Os interessados nas bolsas do ProUni deverão se inscrever pelo do site do MEC www.mec.gov.br  entre os dias 06 e 17 de dezembro e os interessados nas vagas remanescentes das Faculdades Integradas Módulo, até o dia 14 de janeiro de 2005. As inscrições poderão ser feitas na própria Instituição, ou nas agências dos Correios. Mais informações pelo fone 3897-2043/3897-2044 ou no site www.modulo.br

Notícias de Ilhabela Topo

Vulcano Sailing Shop

Bonete terá campeonato de surfe no próximo fim de semana

Ilhabela - O esporte como estímulo para integrar a educação e o estudo. Essa é a proposta do 1° Campeonato de Surfe Estudantil na praia do Bonete, extremo sul do município, nos dias 11 e 12 deste mês, destinado para surfistas a partir dos 13 anos, que disputarão baterias nas categorias Open, Junior e Iniciante.
De acordo com a secretaria de Educação, a opção de realizar o campeonato partiu dos alunos do Tele-Curso 2000, que tem aula na comunidade com o objetivo de integrar os estudantes através da prática do esporte. Quem vencer pode levar para a casa pranchas, kits de roupas, óculos de sol entre outros prêmios. Além disso, os vencedores das categorias open e junior receberão prêmios em dinheiro nos valores de R$ 350 e R$ 250.
Os estudantes interessados em participar do campeonato podem se inscrever na Escola Municipal Antônio Honório dos Santos, que fica na praia do Bonete, diretamente com os alunos do telecurso, antes do início da competição. É necessário pagar taxa de R$ 20 e apresentar a carteirinha do estudante com foto e declaração da escola. (Fonte: Imprensa Livre)

Notícias de São Sebastião Topo

anuncie aqui Superchic

Incêndio em Alcatrazes reativa discussão sobre exercícios de tiro

São Sebastião - Um incêndio de grandes proporções ocorrido no último dia 30, levantou mais uma vez a polêmica em torno dos exercícios de tiro realizados pela Marinha do Brasil no arquipélago de Alcatrazes, localizado a 45 quilômetros da costa de São Sebastião.
O foco de incêndio foi detectado pela Marinha, quando realizava seus treinamentos.
Esse exercício militar ocorre desde a década de 70, com autorização dos principais órgãos ambientais.
De acordo com o presidente da Ong (Organização Não-Governamental) Instituto Educa Brasil, Eduardo Hipólito do Rêgo, existe um movimento para retomada de uma ação judicial contra a Marinha, por conta dos exercícios de tiro realizados no arquipélago.
"Vamos nos reunir e ingressar com outra ação, visando provar os danos causados ao meio ambiente de Alcatrazes, pela Marinha do Brasil".
Ainda segundo Hipólito do Rêgo, não se pode admitir que um País com uma biodiversidade tão grande seja responsável pela sua destruição.
"Alcatrazes é um grande jogo de `video game´ para a Marinha realizar seus exercícios de tiro".
Já o presidente da Ong AlNorte (Ambiental Litoral Norte), André Vianna, acredita que o fato ocorrido é mais uma prova da degradação ambiental causada pela Marinha no local.
"É repugnante", resume.
Vianna afirmou ainda a necessidade de um envolvimento não só dos ambientalistas, mas também da sociedade civil, para barrar os exercícios de tiro.
"Vamos nos reunir e tentar impedir esta prática".
Para a ex-secretária de Meio Ambiente de São Sebastião, Regina Helena de Paiva Ramos, a Marinha é a grande culpada pelo incêndio em Alcatrazes. "Temos dito constantemente que a Marinha causa sim, danos em Alcatrazes. Fogo não pega sozinho, alguém pôs fogo".
O incêndio - Somente nesta sexta-feira, 3, as brigadas de combate a incêndio do Ibama (Instituto Brasileiro de Recursos Naturais Não-Renováveis) e Corpo de Bombeiros foram até o local, na tentativa de controlar as chamas.
Segundo Roberto Reis, responsável pela Estação Ecológica Tupinambás do Ibama, o foco de incêndio só não foi combatido anteriormente devido às condições de navegação.
"E também porque as informações obtidas através da Marinha eram de que o incêndio tinha sido controlado". Reis afirmou ainda que as causas do incêndio terão de ser apuradas, para posteriores providências.  "Todos os que causarem danos ao meio ambiente serão autuados".
Em nota distribuída à imprensa na tarde desta sexta-feira, 3, a Marinha do Brasil afirmou que o foco existente na ilha de Alcatrazes tinha sido, inicialmente, observado como extinto na manhã do dia 1º de dezembro.
Conforme a nota, foram designados para a operação de combate ao incêndio, três helicópteros, dois deles dotados de bambi bucket (dispositivo que transporta água), além de embarcações.
A operação envolveu o pessoal da Marinha, 18 bombeiros da cidade de São Paulo, 20 de Caraguatatuba e 20 integrantes do PrevFogo, de Iperó, interior de São Paulo, órgão ligado ao Ibama.
Alcatrazes tem o maior ninhal de aves marinhas da América Latina, contém grande diversidade de animais. As aves são endêmicas, isto é, não existem em outros lugares.
Além de rota de aves migratórias, Alcatrazes serve de rota de cetáceos (baleias jubarte) que, no inverno, migram da Antártica passando por toda costa brasileira para reprodução em Abrolhos, na Bahia, e retornam no verão. (Fonte: Correio do Litoral)

1° Cindança Festival procura por patrocínio

São Sebastião  - Depois da bem-sucedida realização do `1° São Sebas para São Sebastião´, o grupo experimental cênico e audiovisual São Sebastião está à espera de um patrocinador, para realização do 1° Cindança Festival, com previsão de execução no primeiro semestre de 2005.
O Cindança Festival pretender ser uma macro-estrutura do São Sebas, com trabalhos apresentados integrados nas áreas cinematográfica e artística.
A diretora geral do grupo experimental, Íris Bertoni, explica que a previsão de duração do evento é de pelo menos 14 dias, com apresentação de atividades paralelas, palestras técnicas e oficinas de criação para os interessados, além de mostras de fotografia e trabalhos culturais de artistas convidados.
As atividades paralelas serão desenvolvidas para as escolas, com apresentação de tópicos interessantes sobre a história do teatro e do cinema, de maneira interativa, como através de espetáculos e animações de cinema.
Algumas delas devem ser distribuídas pelos bairros da cidade, para maior abrangência dos alunos participantes do Cindança.
Os espetáculos que exigirem estrutura maior serão realizados no Teatro Municipal e as palestras técnicas, ministradas por profissionais da área, além da abordagem de temas como direção de cinema, trilha sonora e arte comparativa.
Já as oficinas de criação terão o próprio grupo experimental São Sebas e os convidados da mostra como alvos. A intenção é fazer com que os alunos do grupo desenvolvam seu aprendizado com profissionais experientes em espetáculos teatrais.
Ainda através das oficinas, haverá ensaios para o encerramento do festival.
"Pretendemos fazer um grande espetáculo de abertura e de encerramento do festival" declara a diretora. Íris afirma que as atividades do Cindança estarão distribuídas pelas escolas dos bairros participantes do evento, uma forma de atingir os alunos que moram em regiões afastadas do centro, como Juquehy, Maresias, Boracéia e Boiçucanga, na Costa Sul.
Existe a idéia de fazer um espetáculo na rua, mas a diretora explica que isso requer uma estrutura maior, como palco e outros acessórios. "Durante o Cindança, pretendemos fazer um espetáculo de rua, muito pedido pela população, mas também esperamos contar com uma importante ajuda financeira". Quanto ao 1º São Sebas, Íris avalia ter sido importante para que os alunos tivessem uma perspectiva do que pode vir a ser o Cindança.
"Faltou mais colaboração da parte dos professores e dos diretores das escolas participantes do evento para que tivesse sido tudo perfeito, mas foi interessante para o nosso grupo, uma apresentação diferenciada".
Presença incentivadora - A presença dos dançarinos Fábio Pinheiro e Fernanda Sáfadi, ex-alunos da diretora Íris Bertoni e atualmente com carreira internacional, foi especial para o grupo experimental.
"Nossos estudantes estavam esperando ansiosamente a chegada dos meus ex-alunos, a minha segunda geração de dançarinos formados. Eu me impressionei com o comportamento do grupo perante eles, pois estavam irreconhecíveis, assistiram a tudo a que tinham direito".
A diretora destaca a importância da disciplina no meio teatral e no cinema, para ela, chave de qualquer sucesso.
Íris ressalta a disciplina apresentada pelos dançarinos e ex-alunos Pinheiro e Fernanda.
"Por possuírem passagens em renomadas escolas de dança, já estão habituados à disciplina".
Sobre a sua expectativa para um futuro próximo em relação ao grupo experimental, atualmente com 12 alunos entre 13 e 21 anos, a diretora afirma que espera fazer deles um núcleo de produção e assim, profissionalizá-los. (Fonte: Correio do Litoral)

Notícias de Ubatuba Topo

Restaurante Solar das Águas Cantantes Salete Recanto da Candinha

Borrachudo prejudica turismo em Ubatuba

Ubatuba - O prefeito eleito de Ubatuba, Eduardo César (PL), fez um apelo esta semana para que a prefeitura regularize o combate ao borrachudo. Ele teme que os insetos "espantem" os turistas da cidade. O combate ao borrachudo está interrompido há alguns meses.
Segundo a prefeitura, houve problemas com os carros e equipes de combate ao borrachudo, mas a partir de segunda-feira o trabalho deverá ser retomado com a contratação de mais 11 pessoas para aplicação do inseticida em quatro veículos. (Fonte: ValeParaibano)

Suelen Naraisa vence etapa, mas Luana Coutinho leva o título do municipal de surfe em Ubatuba

Ubatuba - As meninas da categoria profissional travaram uma disputa emocionante até os últimos minutos da bateria que decidiu o Circuito Municipal Ubatuba de Surfe 2004. Suelen Naraisa faturou a etapa, porém, Luana Coutinho, 2ª colocada, ficou com o título.
Jahia Bettero e Niorai Bettero terminaram na 3ª e 4ª posições, respectivamente. Luana Coutinho é a atual campeã paulista amadora. No municipal, ela venceu a primeira etapa e, com este 2º lugar, garantiu o título com apenas 15 anos.
O dia esteve chuvoso e o mar muito agitado, com condições bastante complicadas. Ondas acima de um metro e com formação irregular exigiram bastante dos competidores.
No primeiro dia caíram no mar as categorias Open, Universitário, Profissional Masculino e Feminino. Além da feminino profissional, a categoria universitário também já definiu seus campeões. Ricardo Toledo foi o vencedor desta etapa, mas o grande campeão ubatubense da categoria universitário é Welington Carane.
Toledo, que havia ficado na 3ª colocação na primeira etapa, terminou na segunda posição no ranking, seguido por Patrick Romann e Gustavo Carvalho.
A categoria profissional Masculino seguiu até as quartas de final. As semifinais serão compostas por: Jéferson Sobrinho que enfrentará João Santana e Edgar Bischof, que vai encarar Jole Leandro. Todos têm chances de conquistar o título, o que aumenta ainda mais a disputa. Neste sábado começa a briga nas outras 12 categorias.
A primeira bateria será logo cedo, às 8h00. No domingo serão realizadas as semifiais da profissional masculino e as finais de 16 categorias.
Ainda no domingo, por volta das 11h00, a AUS (Associação Ubatuba de Surfe) e a GMA (Guardiões do Meio Ambiente) promovem uma ação de conscientização ecológica por meio da coleta de lixo na praia. Serão distribuídas luvas e sacos plásticos para a coleta do lixo. (Fonte: Imprensa Livre)

Acquakids de Natação

Ubatuba - Será realizada pela Prefeitura Municipal de Ubatuba, através da Secretaria de Esportes e Lazer, com apoio das Empresas DIMONACO e RESTAURANTE DRUMOND, neste domingo, dia 05 de dezembro, ás 09:00 horas, na Piscina Municipal, o 5º Torneio Dimonaco/Restaurante Drumond Acquakids de Natação.
O torneio é dividido em várias categorias, sendo que serão premiados com medalhas, os três primeiros de cada prova. Também será disputada pelas academias de natação de Ubatuba, o titulo de campeã do torneio.  (Fonte: SEL/PMU)

Dr. Juscelino é homenageado por sua dedicação

Ubatuba - O vereador Dr. Ricardo entregou, na última terça-feira, dia 30, uma Moção de congratulações ao pediatra Dr. Juscelino Mendes de Almeida Neto, pela sua devoção à profissão.
Dr. Juscelino, através de sua dedicação para com a saúde de mães, crianças e adolescentes, conquistou para a Santa Casa o título Hospital Amigo da Criança, outorgado pela UNICEF. Além disso, seu trabalho incansável em busca de melhorias na área da saúde resultou em excelentes índices no aleitamento materno e na sobrevida infantil.
Há trinta anos na profissão, sempre se atualizando através de estudos, Dr. Juscelino é um exemplo de médico a ser seguido por todos os profissionais da área. Seu trabalho, também baseado no desprendimento e amor ao próximo, tem como principal objetivo preservar vidas e recuperar a saúde da população de Ubatuba. “esta moção vem de encontro a todos os anseios que a gente tem na vida. Um médico quando se prepara para atender o povo precisa ter amor, dedicação, continuidade de estudos, e muito tempo disponível e assim é o Dr. Juscelino, um exemplo de profissional que deve ser valorizado”, disse Dr. Ricardo.
Dr. Juscelino, emocionado, agradeceu a homenagem, “Nesses 30 anos conseguimos vencer muitos obstáculos e conquistar vitórias e talvez a mais importante seja o Hospital Amigo da Criança, resultado de um trabalho de todos os profissionais da área da saúde. Agradeço Dr. Ricardo, meus familiares por esta homenagem que certamente vai ser um incentivo para a gente continuar nosso trabalho”. A Moção foi aprovada por unanimidade pela Câmara. (Fonte: Luana Camargo)

Dr. Ricardo sugere campanha para educar ciclistas

Ubatuba - Preocupado com o grande número de bicicletas que trafegam pelas ruas da cidade o vereador Dr. Ricardo (PFL), acredita que somente uma grande campanha de conscientização nas escolas pode educar os ciclistas e minimizar os acidentes.
Para Dr. Ricardo a lei instituída pelo vereador Charles Medeiros para direcionar o trânsito de bicicletas não foi suficiente para educar os ciclistas, "as autoridades competentes não fiscalizam o tráfego de bicicletas e os ciclistas, por sua vez, não obedecem às regras e as leis de trânsito, trafegam desatentos e o que é pior fazem o que bem entendem e em decorrência disso acabam se envolvendo em acidentes, muitas vezes fatais", explicou Dr. Ricardo.
A falta de direcionamento para os ciclistas é um grande problema a ser resolvido em Ubatuba. "A campanha educativa nas escolas seria um bom ponto de partida, uma vez que é direcionada para crianças e jovens que se tornarão adultos conscientes".
Segundo Dr. Ricardo a Santa Casa recebe diariamente um grande número de ciclistas acidentados com os mais variados tipos ferimentos, desde entorses até fraturas graves, "a bicicleta apesar de ser um transporte barato e saudável é um veículo perigoso, por isso é importante que as pessoas aprendam a seguir as regras de trânsito para evitar acidentes e preservar a própria vida".
O vereador há muito tempo se preocupa com isso, tanto que foi o mediador para a instalação dos semáforos na cidade, "solicitamos os semáforos para facilitar o trânsito de automóveis, mas também para preservar a integridade física dos ciclistas. Hoje os acidentes envolvendo bicicletas diminuíram muito nos cruzamentos com semáforo, mas mesmo assim ainda é preciso fazer um grande trabalho de conscientização dos perigos que este meio de transporte, se utilizado sem regras, pode trazer para a população". (Fonte: Laura Ennes)

Ação Litoral

Opinião Topo

Super Herói II
Esclarecimentos

Recebi alguns e-mails, solicitando esclarecimentos sobre a matéria “SUPER-HERÓI” onde, comentando sobre as escolhas do secretariado e assessores da nova administração, sugeri ao Senhor Prefeito eleito, a contratação de um, ou mesmo de uma equipe de profissionais especializados para desenvolver e planejar novas e criativas alternativas econômicas para Ubatuba. Falei da dificuldade de encontrar este profissional no mercado de trabalho e que, se houvesse sucesso na busca, o salário de secretário seria insuficiente para remunerá-lo. Aos esclarecimentos:
Para o poder público, ampliação da arrecadação. A falta de espaço físico, (o município tem 80% da área considerada de preservação) a ocupação dos melhores recantos e, as resultantes da degradação ambiental limitarão, no futuro próximo, novas construções de veraneio, que são as que tem gerado a maior parte das receitas municipais. Hoje insuficientes (mesmo se bem administradas) estas receitas, baseadas apenas no IPTU, em breve não conseguirão atender os crescentes e explosivos índices populacionais e suprir suas necessidades. Este crescimento explosivo não gera receitas, apenas despesas e problemas além de exigir pesados investimentos.
Para a iniciativa privada, o turismo, nossa vocação inicial (que poderia ser uma grande fonte de arrecadação municipal pelo ISS), grande fonte de desenvolvimento, indústria sem chaminé, criador de empregos perenes e gerador de renda, já é uma atividade acessória e, não será prudente colocá-lo como carro chefe a médio e longo prazo. Esta atividade econômica foi duramente prejudicada e engolida pelo veraneio, sem contar com a volta dos nossos imbatíveis e regulares índices pluviométricos.
Pelo exposto, desconsiderar, por qualquer motivo ou justificativa a proposta inicialmente apresentada, é deixar para depois ou varrer para debaixo do tapete o futuro de nossa gente. Será como percorrer os velhos e marcados caminhos que nos tem feito andar em círculos nas últimas décadas, e chegar onde estamos.
Com isso, quero reafirmar que não será apenas com a melhor secretaria de turismo ou, com a menos equivocada administração da COMTUR que encontraremos orientação e rumos para o nosso tão abandonado e desgovernado crescimento econômico.
Sim, devemos acreditar no trabalho sério, nas boas intenções, na honestidade, na “ficha limpa e na dedicação exclusiva” (como insiste o amigo Sidney), mas não são, e nunca serão, qualidades suficientes para planejar estratégias de desenvolvimento econômico que possam garantir o futuro de nossa gente.

Ronaldo Dias
Ubauba, SP

Artigo Topo

O olho no peixe
Ednelson Prado

A preocupação com os membros da futura administração Eduardo César tem sido responsável por pequenas discussões, por vários cantos do município.
Claro que boa parte discute nomes, outra discute posições e há os que questionam o motivo que os levam a não ter uma chance de serem lembrados.
Em meio a tudo isso está o prefeito eleito, que tem a responsabilidade de escolher pessoas entre os que o apoiaram e os que têm condições técnicas e profissionais para assumir um cargo de comando no primeiro escalão. Não que entre os que o apoiaram não existam pessoas com condição técnica e profissional de assumir uma secretaria. Pelo contrário, há muitos.
Porém, como bem frisou nosso companheiro Emílio Campi, em um artigo assinado por ele no Litoral Virtual, parece que 47 mil pessoas votaram em Eduardo César. Sendo assim, entre todos esses que votaram há centenas, até milhares, que se acham em condições de assumir uma secretaria, ou que se sentem na condição de exigir uma pasta em meio ao apoio dado quando os favoritos ainda eram outros.
O certo é que a escolha do secretariado precisa ser criteriosa. Claro que compromissos de campanha devem ser respeitados, mas não podem nortear totalmente as escolhas.
Pelo contrário, o norte a ser seguido deve ser o do profissionalismo e competência.
Vale lembrar que o motivo óbvio acabou desprezado por outros administradores. Sem competência administrativa, o futuro político fica comprometido.
Exemplos existem vários, como o do ex-prefeito Zizinho Vigneron, que tinha em sua equipe um bom número de pessoas sem a capacidade devida e que só serviram para ajudar a afundar sua administração. É o caso do atual prefeito, Paulo Ramos, que teve em seu quadro de secretários nomes que apenas fizeram figuração, pois nada acrescentaram para a administração e para o desenvolvimento da cidade.
Diante disso, dos exemplos, cabe ao prefeito eleito todo o cuidado do mundo.
O passado serve para o aprendizado futuro, e, por isso, é preciso escolher correto, para que a cidade não estacione por mais quatro anos.
A calmaria que se vê em Ubatuba, após as eleições, pode ter alguns motivos, como a expectativa do resgate prometido, ou, também, o aguardo dos que votaram (e os que hoje dizem que votaram) em Eduardo César, de que sejam lembrados. Caso não sejam, não se surpreendam se após o dia 22 de dezembro começarem os ataques, pessoais e políticos.
Posso estar enganado, mas para mim, essa calmaria é motivada, muito mais, pela segunda do que pela primeira hipótese.
Diante disso, os cuidados devem ser ainda maiores.

Ednelson Prado
Jornalista
Ubatuba, SP

Carta do Leitor Topo

Educação do povo - Com muita razão o comentário do Eng. Mauricio O. Costa sobre os terrenos baldios , a sugestão do Sr. Mauricio mostra que todos os problemas tem solução basta apenas querer resolve-los e colocar as pessoas certas nos locais certos.
A obrigatoriedade dos proprietários de terrenos de limpar e de murar os terrenos já ocorre em pelo menos duas cidades que conheço, Atibaia e Bragança Paulista com muito sucesso. A prefeitura intima o proprietário a manter a propriedade limpa e murada, caso isso não ocorra o município executa o serviço e cobra do proprietário.
Em carta ao Litoral Virtual, ano passado, fiz a mesma sugestão aos nossos vereadores e prefeito de S.Sebastião, mas.... com certeza estavam ocupados em dar nomes a ruas.
Abraços aos amigos.

Marsiglia
Ubatuba, SP

Carta do Eng. Roberto Russo - Pegando uma carona, na muito bem lembrada observação do Eng. Roberto Russo, tambem acho que alguma "organização" no trânsito de bicicletas em Ubatuba é coisa urgentíssima, antes que aconteçam acidentes maiores, que fatalmente irão parar na Sta Casa, mas aí é outra história, certo?
Lembro que a maioria das cidades não possuem uma quantidade tão grande de ciclistas como Ubatuba, e portanto seus motoristas ( os nossos turistas) não estão habituados à essa convivência tão intensa, e que, na temporada, além dos ciclistas de Ubatuba, há os "ciclistas turistas", boa parte crianças, que tambem não estão habituados à essa convivência em suas cidades, e na ânsia de aproveitar as férias, se não forem minimamente instruídos , são vítimas em potencial.
Não acredito que medidas muito radicais ( tipo capacetes, que aliás são obrigatórios em muitos países...) emplaquem, mas alguma coisa precisa começar à ser feita para que se comece uma consientização e coíba abusos, inclusive de bicicletas em duvidoso estado de conservação, onde uma havaiana é o freio.
A ciclovia está ficando uma beleza, mas muitos ainda usam o acostamento, e por aí vai; ainda bem que não temos motoboys igual São Paulo, se não a bagunça estaria completa.

Dino Mottinelli Filho
Ubatuba, SP

Matéria Sobre Terrenos - Muito oportuna a matéria do Eng° Mauricio sobre terrenos baldios. Fica aqui a nossa congratulação, pois trata-se de um verdadeiro pesadelo que vem acontecendo em nossa cidade sem que providências sejam tomas. Achei excelente a idéia da mureta de 1 metro, pois ao lado de minha casa vivo êsse problema a anos, pois o proprietário fechou totalmente o terreno e ali são lançados detritos diariamente sem que possamos fazer nada e ainda mais, não se consegue localizar o dono do maldito terreno. Acho que se alguém tiver vergonha na cara esta lei deve ser implantada imediatamente pois o povo aqui não tem senso e nem educação.

Eduardo G. Gomes
Ubatuba/SP

 

Retransmito - A notícia de que um incêndio atingira a Ilha de Alcatrazes, no litoral norte paulista, deixou autoridades e organizações ambientais em alerta ontem. O fogo foi visto a olho nu do continente, a mais de 35 quilômetros de distância, mas não há detalhes sobre a extensão dos danos. A ilha, conhecida por abrigar uma série de espécies endêmicas, é usada como alvo para treinos de tiro da Marinha.
“Eu estava na praia no fim de tarde (anteontem) e vi um reflexo dourado na ilha. Quando escureceu deu para notar que era fogo”, relata a ecóloga Silvana Aseredo, que mora em Maresias, São Sebastião, e já participou de várias expedições de pesquisa na ilha.
O Ibama, responsável pela Estação Ecológica Tupinambás, que cobre a ponta sul da ilha, tinha poucas informações. O órgão não tem barco para navegar em mar aberto e depende do aluguel de embarcações ou de pegar carona com expedições científicas para chegar até a ilha. “Ainda não tivemos acesso ao local para ver o que aconteceu”, disse ontem ao Estado o chefe substituto da estação, Roberto Reis. “Mas, para tantas pessoas terem ligado, o incêndio deve ter sido significativo.”
Em nota, a Marinha informou: “Durante a realização de exercícios conduzidos por navios da Marinha na Ilha de Alcatrazes, na tarde do dia 30 de novembro, foi observado foco de incêndio na vegetação rasteira; tão logo observado o fato, o exercício foi prontamente interrompido e acionados os meios disponíveis para o combate.” O fogo teria sido apagado rapidamente, mas a nota não especifica o tempo nem o tamanho da área atingida. “As causas do aparecimento deste foco de incêndio estão sendo averiguadas”, conclui.
A ilha abriga cerca de 20 espécies exclusivas de fauna e flora, como a jararaca-de-alcatrazes. Muitas são consideradas ameaçadas justamente pelo risco de um incêndio dizimar a população. Nenhum barco pode se aproximar da ilha sem autorização da Marinha. “Temos uma expedição no dia 13. Acho que veremos só o cadáver”, diz o coordenador do Projeto Alcatrazes da Sociedade de Defesa do Litoral Brasileiro, Fausto Pires de Campos.

Herton Escobar
via e-mail

Queda de Energia - Gostaria de saber porque é tão frequente a queda de energia justamente na noite de 31 de dezembro, em Itamambuca, o que já aconteceu nos tres últimos anos. Precisamos saber para comprar um estoque de velas... Ou para uma ação judicial...
Muito agradeceriamos pela ajuda deste jornal virtual, em obter uma resposta da concessioária Eletropaulo.

Luis Otto Faber Schmutzler
Ubatuba, SP

Terrenos Baldios II - Gostaria de agradecer aqui ao colega engº Roberto Russo e também a Zanza Siquerira pelos comentários e esclarecer que o objetivo da matéria é justamente contar com as idéias da própria população pois o projeto apresentado é básico e pode ser aprimorado. Note que o poder público entra com a infra-estrutura até um certo limite, daí pra frente nós mesmos é que temos colaborar para manter limpa e agradável a cidade em relação a quem nos visita. O exemplo tem que partir do próprio morador. Alguém comentou que já existe uma lei sobre muros em terrenos, mas pelo que sei ela não especifica que tipo de muro e temos visto alguns que transformam o terreno em verdadeiras fortalezas onde não se tem nem idéia do que acontece lá dentro. O objetivo da mureta de 1 metro, do vão livre de 3 metros e da pintura do nº de inscrição é para que tenha uma visualização do imóvel. Facilitando o acesso para limpeza e identificação do proprietário em caso de necessidade além logicamente do custo reduzido da construção. Lembre-se: Ao jogar o entulho em terrenos baldios, além de facilitar a criação de toda espécie de praga, estaremos dificultando e encarecendo sua manutenção. O mato cresce sobre o entulho tornando-se difícil sua limpeza e remoção.

Engº Mauricio O Costa
Ubatuba, SP

Concerto de Natal - Quem estiver em Ubatuba no dia 22 de dezembro, terá um agradável programa no início da noite. Poderá ouvir tradicionais e consagrados cânticos natalinos, interpretados pelo coral polifônico Splendor Caeli. O concerto se realizará na igreja matriz do Ipiranguinha, Paróquia Nossa Senhora de Fátima, às 19h30, sob a regência do Maestro Alexandre Tavares. Mais informações sobre o coral e sua agenda musical podem ser encontradas no site www.splendor.ubbi.com.br

Paula Lessa
(Coordenadora de Eventos)

Foto do Dia Topo

Para participar desta seção basta enviar as fotos com crédito do autor e legenda, no tamanho mínimo de 1024 x 768 pixels com resolução de 72dpi para fotododia@litoralvirtual.com.br
O envio de foto caracteriza autorizada a sua publicação e identifica o remetente como autor.

Caraguatatuba-SP

Praia da Cocanha - Emilio Campi


Praia da Cocanha
©2004 Emilio Campi


Para instalar a foto como papel de parede (wallpaper)
Clique na foto acima. Após carregar a foto ampliada, clique com o botão direito do mouse sobre a imagem e escolha "Definir como papel de parede" ou "Definir como fundo de tela". Para ajustar a imagem em tela cheia, clique em qualquer lugar da área de trabalho com o botão direito do mouse, escolha "Propriedades" / "Fundo de Tela" ou "Papel de Parede" / "Ampliar".

Arquivos:  Foto Saudade  -  Foto do Dia
 

 Faça seu comentário, crítica, opinião ou sugestão no Litoral Virtual:
Clique Aqui


As notícias, fotos e cartas publicadas neste boletim são de inteira responsabilidade de suas fontes e autores,
não expressando necessariamente a opinião deste informativo. O envio de qualquer material para nosso e-mail
será considerado como autorizado a sua publicação e assumida a total responsabilidade pelo seu conteúdo.
As cartas devem conter nome completo, RG, endereço, telefone de contato e um e-mail válido.
Reservamos o direito de não publicar cartas que não contenham a devida  identificação do autor.

Editor Chefe: Emilio Campi
Editora Assistente: Jullyany Roberta Cruz


GRÁTIS!!
Receba as Últimas Notícias do Litoral em seu e-mail:

Quero receber GRATUITAMENTE o boletim Últimas Notícias do Litoral:

e-mail:
Cidade:



Obs.: Você poderá cancelar o recebimento das notícias a qualquer momento.

Conheça as cidades do Litoral Norte Paulista:

Caraguatatuba Ilhabela São Sebastião Ubatuba

Litoral Virtual
O mais completo site do Litoral Norte Paulista na Internet
Sugestões, críticas e informações, entre em contato:
info@litoralvirtual.com.br

©1995/2001 Emilio Campi - Studio Maranduba - Direitos Reservados
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem a expressa autorização do autor