Litoral Virtual últimas notícias do litoral
Quarta-feira, 29 de dezembro de 2004 - Nº 1187 Edições Anteriores

Giorgio Portal da Palmeira Locação

Região
Litoral Norte espera 1,5 mi de turistas no Réveillon
Cidades têm novas casas noturnas
Shopping flutuante animará o Litoral Norte

Caraguatatuba
Caraguá fecha o ano com inaugurações, shows, bailes e queima de fogos
Cantor Daniel faz megashow gratuito
Caraguá lança programação de verão 2004/2005
Prefeitura entrega Rede Coletora e Estação de Tratamento de Esgotos na Ilha do Sol
Ex-prefeito é homenageado em Caraguá
Praça Diógenes Ribeiro de Lima e Espaço Cultural são inaugurados
“Os caipiras” é atração de hoje do Teatro Mário Covas
Assaltantes invadem casa de veraneio de sub-oficial da Aeronáutica


Ilhabela
Virada do ano eletrônica na praia do Curral

São Sebastião
São Sebastião não tem Réveillon e Ilhabela promove queima de fogos
Falta de documento pode deixar cidade sem ambulâncias na temporada
DER interrompe utilização do sistema Pare/Siga em obras na Costa Sul
Ong’s querem estudo de impacto da obra da Sabesp em RPPN
Prefeitura implanta baias de conversões em três bairros

Ubatuba
Queima de fogos na Prainha
Férias no Lázaro começam mal para grupo de turistas do interior

Seções
Opinião
Artigos
Carta do Leitor
Foto do Dia


Notícias da Região Topo

Litoral Norte espera 1,5 mi de turistas no Réveillon
Cidades programam queima de fogos e shows para a virada do ano; hotéis da região estão quase lotados

Litoral Norte - As prefeituras do Litoral Norte programaram shows pirotécnicos e apresentações musicais para receber cerca de 1,5 milhão de turistas que começam a chegar hoje à região para o Réveillon.
O movimento registrado no Natal animou comerciantes e hoteleiros, que esperam ultrapassar as estimativas de faturamento. Hotéis e pousadas estão quase lotados, segundo representantes do setor.
Em Caraguatatuba, são esperadas 500 mil pessoas no feriado. A festa começa já amanhã, com show gratuito do cantor Daniel, na Praça de Eventos, a partir das 22h.
Na sexta-feira, no mesmo local, haverá show com a banda Audigy antes da queima de fogos. Após a passagem do ano, o show musical continua com a banda Palace.
Para celebrar a passagem do ano, serão realizados dois shows pirotécnicos com duração de 21 minutos, nas praias do Centro e Massaguaçu. No bairro de Massaguaçu, também haverá show com a banda High Fly.
A prefeitura está investindo cerca de R$ 120 mil nos eventos de final de ano.
Em São Sebastião, a prefeitura não programou eventos este ano, nem mesmo a tradicional queima de fogos. O motivo seria a falta de recursos.
Em Ilhabela, haverá queima de fogos em três locais --Centro, Praia Grande e Praia do Perequê. Os shows pirotécnicos terão duração de oito minutos.
Segundo o diretor de Turismo de Ilhabela, Alfredo Cirilo, também haverá show no centro com a banda Ambervision.
Cirilo disse que vários hotéis, restaurantes e bares da orla também promoverão queima de fogos.
Em Ubatuba, a prefeitura irá realizar uma queima de fogos na Praia do Matarazzo, com duração de oito minutos. Uma show musical gospel está programado para a Praia Grande.
LEITOS - Segundo a rede hoteleira do Litoral Norte, restam poucas vagas nos estabelecimentos das cidades. Alguns locais estão com até 95% dos leitos ocupados. Para quem deixou para a última hora, a opção pode ser o aluguel de casas de veraneio.
Em Caraguá, segundo a Associação de Hotéis, 95% dos leitos estão reservados para o feriado de Réveillon. Entre os estabelecimentos que ainda têm vagas estão o Hotel Sol de Verão e a Pousada Gabriel (veja quadro nesta página).
Em Ilhabela, 60% dos leitos estavam reservados ontem. Os pacotes para casal custam entre R$ 2.000 e R$ 5.000.
Em Ubatuba, segundo o Sindicato de Hotéis, 85% dos leitos estão ocupados. Para conseguir reserva na cidade, uma dica é ligar para a central de atendimento disponibilizada pela rede hoteleira.
Em Maresias, uma das praias mais badaladas da costa sul de São Sebastião, ainda há poucas vagas para o Réveillon. Os pacotes para casal variam de R$ 1,2 mil a R$ 4.000.
A delegada do Creci (Conselho Regional de Corretores de Imóveis), Celeste Dimasi, afirmou ontem que a procura por locação de casas cresceu 100% este ano, mas ainda existem boas opções. Salim Burihan (Fonte: Salim Buriham/ValeParaibano)

Cidades têm novas casas noturnas

Litoral Norte - Moradores e turistas do Litoral Norte terão duas novas opções de lazer noturno na região a partir do dia 31 --a Day Club, na praia de Maresias, em São Sebastião, e a Tribo Club, na praia do Matarazzo, em Ubatuba.
Segundo Ricardo Piazza, um dos donos da Day Club, a casa é similar ao Café Del Mar, em Ibiza (Espanha), e ao Nikki Beach, de Saint Tropez (França), destinada a um público classe A, que, segundo pesquisa feita pelos proprietários, chega a 700 mil pessoas durante o verão.
Foram investidos R$ 600 mil na nova casa, que ocupa cerca de 3.600 metros quadrados em frente à praia. Serão realizados shows ao longo do dia e especiais acústicos à noite.
A casa funcionará das 12h às 2h da madrugada. Entre as atrações estão os grelhados do restaurante japonês Kosushi, de São Paulo. O local é ponto de encontro de jovens e modelos famosas na capital.
A danceteria Tribo Club abre suas portas também no dia 31. A nova casa foi construída no topo do morro da Prainha.
São mais de 2.000 metros quadrados de área construída, com vários ambientes e capacidade para 9.000 pessoas.
Segundo Antonio Vagner Silva, um dos proprietários do estabelecimento, foram investidos cerca de R$ 1,5 milhão na casa noturna, que também será destinada a um público de maior poder aquisitivo.
A Tribo Club conta até mesmo com ambulatório médico para os clientes. Na virada do ano, haverá show com a escola de samba Vai-Vai, de São Paulo, e vários DJs. (Fonte: ValeParaibano)

Shopping flutuante animará o Litoral Norte

Litoral Norte - Um navio cargueiro transformado numa espécie de shopping center flutuante ficará ancorado alternadamente nas praias de Ilhabela, Baleia e Ubatuba, no litoral norte de São Paulo. Trata-se do Projeto Maré, com patrocínio da Claro e da Siemens, cujo objetivo é levar as mordomias da cidade
grande para a praia. O navio terá uma unidade móvel da badalada boate Sirena e dos restaurantes
Casa Pizza e Sushi Kin – e até uma parte da academia Reebok, com massoterapia, quadras de esportes, jogos eletrônicos e espaço infantil monitorado.
DJs convidados irão transmitir programações musicais ao vivo em uma rádio montada no navio. O Projeto Maré estará em Ilhabela entre 1.º e 16 de janeiro; na Baleia, de 19 a 30 de janeiro, e em Ubatuba, de 2 a 13 de fevereiro.
O funcionamento será sempre de quarta a sexta-feira, do meio-dia às 22 horas; sábado, até meia-noite, e domingo, até as 19 horas. Para participar é só se cadastrar nos quiosques montados nas praias. O acesso ao navio, com capacidade para mil pessoas, é gratuito. Outras informações: 0800-036-3636 e 0800-11-9484. (Fonte: Estadão)

Notícias de Caraguatatuba Topo

O Guaruçá BIL -= Bolsa de  Imóveis do Litoral Salete

Caraguá fecha o ano com inaugurações, shows, bailes e queima de fogos
Show com o cantor Daniel é uma das atrações da festa de final de ano, que conta ainda com inaugurações de 18 obras, bailes de Réveillon e queima de fogos

Caraguatatuba - A festa de final de ano já começou em Caraguatatuba. Até o dia 31 de dezembro, serão realizadas inaugurações, show com o cantor Daniel, bailes de Réveillon e queima de fogos.
Nesta terça-feira, 28, o prefeito Antonio Carlos da Silva inaugura a obra de reurbanização da praça "Dr. Diógenes Ribeiro de Lima" e do Espaço Cultural "Paulo Mário Mott", no Centro, às 9h.
No Indaiá serão entregues o busto do "Dr. Geraldo Nogueira da Silva", o anel viário "Renato Navarro Magalhães" e o novo prédio da Secretaria Municipal de Saúde e do Centro Municipal de Fisioterapia e Diagnóstico por Imagem. Já os moradores do Rio do Ouro receberão a Rede Coletora e Estação de Tratamento de Esgotos da Ilha do Sol. As inaugurações acontecem às 10h, 11h, 12h e 13h, respectivamente.
Na quarta-feira, 29, serão inauguradas no bairro Tinga a reforma da praça "Pastor José Edson Rangel", o Complexo Esportivo "João Rodrigues de Godoi Filho" e a Quadra Poliesportiva "Joaquim Gonçalves Pereira Neto", às 9h.
No Morro do Algodão, os moradores receberão o Completo Esportivo "Eden Pimenta", às 10h. E no Porto Novo, serão entregues o CIEC II (Centro Integrado de Educação e Cidadania) - Ciranda do Crescer "Regina Helena de Oliveira Pedroso", às 11h, e a reforma e ampliação da Escola Estadual de Primeiro e Segundo Grau "Avelino Ferreira", às 12h30.
As inaugurações terminam na quinta-feira, 30, com a reurbanização da avenida Maria Carlota, na Cocanha, às 9h, e do Segundo Distrito Policial "Herman Pereira de Faria", no Massaguaçu, às 10h.
No bairro Jetuba, serão entregues as reformas e as ampliações das Escolas Municipais de Educação Infantil "Itoe Yoshimoto" e "Professora Maria Thereza de Souza Castro" e do Centro Comunitário, a partir das 11h. E na Casa Branca, haverá a inauguração do Completo Esportivo "Firmino José Alves", às 12h. PMC

Cantor Daniel faz megashow gratuito
Bailes e queimas de fogos marcam a chegada de 2005

Caraguatatuba - Um megashow gratuito com o cantor Daniel agitará moradores, turistas e veranistas no dia 30 de dezembro, em Caraguá. A apresentação será na Praça de Eventos, na avenida Dr. Arthur Costa Filho (avenida da Praia), no Centro, a partir das 22h. São esperadas mais de 20 mil pessoas para o show.
O cantor apresentará os principais sucessos do seu novo CD, "Em Qualquer Lugar do Mundo", lançado neste ano. O público curtirá também outras músicas que marcaram carreira de Daniel, como as gravadas, em 2003, no CD de comemoração aos 20 anos de carreira.
Festa de Ano Novo - No dia 31 de dezembro, a festa de Ano Novo acontece nas praias do Centro e Massaguaçu, com bailes de Réveillon e shows pirotécnicos.
A cantora Mara Amaral e a banda Audigy agitarão os moradores e turistas com muito axé, forró, MPB, rock e pop, no Baile de Réveillon, às 22h, na Praça de Eventos, localizada na praia do Centro. Já a banda Palace apresenta um repertório variado, incluindo clássicos dos anos 70, às 0h30, do primeiro dia do ano.
No Massaguaçu, o baile de Réveillon será animado pela banda High Fly, que apresentará vários ritmos como: rock, pop e MPB, na praça do Coreto, na avenida Maria Carlota, a partir das 22h30.
A comemoração da chegada de 2005 será com os shows pirotécnicos nas duas praias (Centro e Massaguaçu). As orlas marítimas serão 'invadidas' por muitas luzes e cores durante 21 minutos. (Fonte: PMC)

Caraguá lança programação de verão 2004/2005
Projetos contam com shows, atividades esportivas, gincanas e recreação infantil, a partir do dia 29 de dezembro

Caraguatatuba - Começa nesta quarta-feira, 29, a Programação de Verão 2004/2005 de Caraguatatuba. A prefeitura, em parceria com a TV Band Vale, realiza o projeto 'Verão Vivo', na praia Martim de Sá. O objetivo é oferecer entretenimento ao público que freqüenta a cidade durante a temporada de verão.
Os moradores, turistas e veranistas poderão curtir várias atrações como: vôlei, aulas de aeróbica e axé, alongamento, gincanas, mini competições esportivas e recreação infantil. Os banhistas participarão também de ações voltadas à preservação da natureza, como a Operação Praia Limpa e a Coleta de Lixo Reciclável.
Para atender os banhistas, uma estrutura será instalada na praia Martim de Sá, com 150 metros de tenda com palco, som e iluminação, para exposições de marcas; quadra multiuso, para recreação infantil, vôlei e peteca; e equipes de monitores, manutenção e de organização. Uma equipe móvel fará 'blitz' para a distribuição de brindes.
No dia 1º de janeiro de 2005, o grupo 'Roupa Nova' faz uma apresentação gratuita de seu novo CD Acústico, às 23h, na Praça de Eventos, localizada na avenida Dr. Arthur Costa Filho (avenida da Praia), no Centro.
A programação inclui também apresentações musicais com artistas de renome nacional nos dias 15, 22 e 29 de janeiro.
Outro projeto que agitará a temporada na cidade é o 'Agita Verão 2005', realizado em parceria com a Rádio Beira Mar FM, de São Sebastião. A programação, aberta ao público, inclui vôlei, futvôlei e gincanas.
O projeto inicia nos dias 8 e 9 de janeiro, na Praia da Mococa, e as mesmas atividades acontecerão nos dias 5 e 6 de fevereiro, na praia da Cocanha e nos dias 19 e 20, na Martim de Sá. (Fonte: PMC)

Prefeitura entrega Rede Coletora e Estação de Tratamento na Ilha do Sol
A prefeitura inaugurou na tarde desta terça-feira, dia 28, a Rede Coletora e a Estação de Tratamento de Esgotos da Ilha do Sol, localizada no bairro Rio do Ouro

Caraguatatuba - O prefeitura de Caraguatatuba entregou na tarde desta terça-feira, dia 28, à comunidade da Ilha do Sol, no bairro Rio do Ouro, mais um benefício: a Rede Coletora e a Estação de Tratamento de Esgotos.
O solenidade de inauguração contou com a presença do prefeito Antonio Carlos da Silva, do secretário de Meio Ambiente Agricultura e Pesca, Auracy Mansano Filho, do representante da empresa Samic Engenharia e Construção, responsável pela implantação, elevação e construção da obra, Carlos Suzuki; do representante da Tações Ltda, responsável pelo fornecimento e operação do equipamento, Erico Fonseca; da secretária executiva do Comitê de Bacias Hidrográficas, Rosa Maria Mancini, de vereadores, secretários e autoridades locais.
Com a rede coletora, todo o esgoto da Ilha do Sol será levado para a estação. Lá, todo o lixo orgânico será tratado antes de ser lançado no Rio Santo Antônio, que deságua entre as praias do Centro e Indaiá. O rio passará a receber líquido sem nenhuma contaminação.
A obra foi realizada em uma parceria com a prefeitura e o Fehidro (Fundo Estadual de Recursos Hídricos).
Durante seu discurso, o secretário Auracy Mansano falou da luta em conseguir as verbas para a realização desta obra. “A prefeitura, por meio da Secretaria de Meio Ambiente lutou e conseguiu a verba para mais esta realização. Foram mais de R$ 450 mil investidos, mas esse valor é muito pouco em vista do benefício que trará à população. Estamos preparando Caraguá para o futuro”.
O prefeito Antonio Carlos da Silva falou sobre alguns benefícios realizados no bairro como a nova ponte, a escola, a pavimentação de ruas do bairro e a construção do CEI (Centro de Educação Infantil).
“Gostaria de agradecer o voto de confiança que a população depositou em mim. Vocês me deram a oportunidade de desenvolver um bom trabalho no município. Caraguá está diferente daquela cidade que encontrei há oito anos. Estou deixando a administração com a sensação do dever cumprido”, finalizou o prefeito.
A cerimônia foi encerrada com o descerramento da placa inaugural. (Fonte: PMC)

Ex-prefeito é homenageado em Caraguá

Caraguatatuba - O ex-prefeito de Caraguatatuba, Geraldo Nogueira da Silva, conhecido no município como Boneca, foi homenageado nesta terça-feira, dia 28, com a inauguração de um busto na Avenida da Praia do Indaiá, que recebeu seu nome
Durante as comemorações de aniversário de 146 anos de Caraguá, foi inaugurada a Avenida Geraldo Nogueira da Silva para homenagear o ex-prefeito, mais conhecido como Boneca. Nesta terça-feira, 28 de dezembro, um busto, esculpido por Otávio Teixeira Mendes, foi inaugurado, dentro das festividades de final de ano da prefeitura de Caraguá.
Estiveram presentes, na solenidade, além do prefeito Antonio Carlos da Silva, alguns familiares do homenageado como a viúva de Geraldo Nogueira da Silva, Selma Valeriane Nogueira; sua filha, Lilian Nogueira; sua mãe, Ruth de Oliveira Nogueira, e seu neto, Lucas Valeriane Nogueira. O ex-prefeito José Bourabeby e a ex-prefeita Teresa Cunha também marcaram presença à cerimônia.
Após a execução do Hino de Caraguatatuba e do Hino Nacional, pela Banda Municipal “Carlos Gomes”, o prefeito Antonio Carlos e a presidente da Fundacc (Fundação Educacional e Cultural de Caraguatatuba) Eloíza Aparecida Andrade Antunes de Oliveira fizeram a entrega de flores para a filha e a viúva do ex-prefeito homenageado.
Lilian, representando a família, fez um agradecimento ao prefeito, dizendo que seu pai havia amado Caraguatatuba. “Acredito que ele está muito feliz com esta homenagem, esteja onde ele estiver, pois amou muito esta cidade”.
O autor da lei, que determina o nome da avenida, vereador Valmir Gonçalves, disse que a elaborou pensando em reconhecer o trabalho realizado pelo ex-prefeito Boneca em Caraguá, e que Antonio Carlos merece permanecer na história do município por eternizar uma pessoa que tanto fez pela cidade.
A presidente da Fundacc falou sobre uma doação, feita por Geraldo Nogueira da Silva, ao Arquivo Público do Município de Caraguatatuba. “O Boneca reuniu todos os documentos de sua história política, doando para o arquivo um fonte muito segura por ser documental”. Segundo ela, essa documentação foi usada para a elaboração do livro Santo Antônio de Caraguatatuba, lançado pela Fundacc e que resgata a história do município.
“Sempre falo que uma cidade sem cultura é uma cidade sem história. Devemos procurar homenagear aqueles que contribuíram, pelo desenvolvimento do município, com lealdade e respeito. O Boneca se preocupou com o registro histórico de Caraguá. E isso tem um valor inestimável”. Ele completou justificando a frase escolhida para compor a placa do busto: “Escolhemos essa frase porque diz tudo o que ele dizia e acreditava: ‘cidade sem história é como um filho abandonado nas ruas, sem certidão de nascimento’”.
Ao final da solenidade foi descerrada a placa inaugural do busto de Geraldo Nogueira da Silva.
Conheça um pouco sobre Geraldo Nogueira da Silva, o Boneca - Nascido em 16 de dezembro de 1929, na cidade de Queluz, veio para Caraguatatuba na década de 60, após ter tido um bar em São José dos Campos chamado “Bar do Boneca”.
Abriu um bazar em Caraguá, tornando uma pessoa muito popular por vender produtos aos trabalhadores da antiga Fazenda dos Ingleses, hoje, Fazenda Serramar.
Com menos de um ano no município, foi vereador de oposição e se elegeu prefeito em 1964. Governou Caraguatatuba, de 1965 a 1968, e ficou conhecido como o “prefeito da catástrofe”, uma tromba d’água que assolou a cidade em 1967 e que ele não mediu esforços para reconstruir o que foi perdido.
Após uma intervenção cirúrgica, faleceu em 18 de janeiro de 1998, na cidade de Caçapava. (Fonte: PMC)

Praça Diógenes Ribeiro de Lima e Espaço Cultural são inaugurados
Desde março de 2004, a Praça “Diógenes Ribeiro de Lima” vinha passando por obras de reurbanização. Neste dia 28 de dezembro ela foi inaugurada juntamente com um novo espaço cultural

Caraguatatuba - A Praça “Diógenes Ribeiro de Lima”, localizada no centro de Caraguatatuba, foi inaugurada na manhã desta terça-feira, dia 28, num clima de muita comemoração, reunindo autoridades, moradores e turistas.
Segundo o prefeito Antonio Carlos da Silva, o novo espaço para exposições de arte, instalado no local, irá promover o turismo cultural no município. O antigo prédio da Setur (Secretaria de Turismo), totalmente reformado, abrigará, agora, o Espaço Cultural “Paulo Mário Mott”.
Durante a solenidade de inauguração, o prefeito fez a entrega da réplica da placa do Espaço Cultural para a viúva do homenageado, Maria José de Barros Mott, em seguida, os presentes puderam visitar as instalações do local e apreciar a exposição de artesanato montada especialmente para esta data.
Após a visita, houve o descerramento das placas. Para homenagear o secretariado municipal, que encerrou seu mandato, Antonio Carlos fez questão de implantar uma placa no prédio inaugurado com os nomes de todos os secretários. Ele agradeceu a cada um pelo trabalho e esforço concedido em benefício da população caraguatatubense.
A presidente da Fundacc (Fundação Educacional e Cultural de Caraguatatuba), Eloíza Aparecida Andrade Antunes de Oliveira, falou sobre a importância de a cidade ganhar mais um espaço para o incentivo `a cultura e ao lazer.
O secretário de Obras Públicas, João Benavides Alarcon, enfatizou que a praça deixou de ser um local de passagem para se tornar um lugar de estar. “Com a reurbanização, o paisagismo, os novos bancos, a área de lazer e o espaço cultural tornaram a praça um local para conversar, descansar, apreciar artesanato, ler, namorar, enfim, uma área de permanência, não somente de passagem”, afirmou.
A obra - A praça recebeu paisagismo, piso em mosaico, um novo orquidário, novos bancos, um conjunto de sanitários e uma área de lazer com mesas e bancos. Houve também a ampliação do calçadão da Rua Santa Cruz até a Avenida Dr. Arthur Costa Filho (Avenida da Praia), unindo a praça ao calçadão. O valor total gasto na obra, que teve início em 15 de março e término em 18 de dezembro de 2004, foi de R$ 415.703,93.  (Fonte: PMC)

“Os caipiras” é atração de hoje do Teatro Mário Covas

Caraguatatuba - O humor vai tomar conta do teatro Mário Covas hoje à noite, com o show “Os Caipiras”, às 21h00. No elenco, a dupla Heittor Barsalini e Ricardo Porto. De acordo com o próprio Ricardo Porto, o objetivo do espetáculo não é satirizar o caipira e sim, mostrar sua ingenuidade e pureza.
Os atores avaliam que o espetáculo caipira tem uma grande aceitação do público, por ser um humor ingênuo, que conquista a platéia pela simpatia, sem ridicularizar a personagem.
Para Heittor Barsalini, a figura do caipira está extremamente ligada ao adulto e existe uma empatia. “O caipira está para o adulto, assim como o palhaço está para a criança. Procuramos sempre sintonia com a platéia, pois é desta aliança que surgem os momentos mais divertidos.”
Além de fazer apresentações em teatros, clubes, empresas, eventos e praças públicas, a dupla também leva humor aos pacientes e internos de hospitais e asilos, um serviço voluntário para a ONG “Os Hospitalhaços”.
Os ingressos para os espetáculos podem ser adquiridos na bilheteria do Teatro Municipal, que fica na avenida Goiás, 187, Indaiá.
Mais informações podem ser obtidas pelos telefones (12) 3883-7555 e 3883-3737.
Quem são “Os Caipiras” - Heittor Barsalini é ator e diretor formado pela Unicamp. Tem atuado e dirigido trabalhos para teatro e vídeo desde 93. Com mais de 43 produções, já participou de festivais no Brasil e na Alemanha. Atualmente trabalha no seriado de humor da emissora SBT, “Meu Cunhado”.
Ricardo Porto se formou na arte cênica pelo Conservatório Carlos Gomes e pelo Centro de Pesquisa Teatral, dirigido por Antunes Filho, trabalhando em cerca de 40 produções teatrais, minis- séries da Globo e em novelas da Record, SBT e Globo. (Fonte: Imprensa Livre)

Assaltantes invadem casa de veraneio de sub-oficial da Aeronáutica
Profissionais das Forças Armadas têm sido alvo de crimes na cidade

Caraguatatuba - Dois desconhecidos invadiram na madrugada de ontem a casa de veraneio da rua Seis, no bairro Massaguaçu, do sub-oficial da reserva da Aeronáutica, J.L.G., de 64 anos, morador em São Paulo. Embora não tenham relação, profissionais das Forças Armadas têm sido alvo constantes de criminosos na cidade. Este é o sétimo caso em menos de dois anos.
O sub-oficial contou à polícia que estava em casa com a esposa, quando dois desconhecidos encapuzados invadiram o imóvel, entrando pela porta da cozinha, que estava aberta. Um deles portava um revólver, calibre 32.
A dupla pegou R$ 300 e jóias e fugiu tomando rumo ignorado. A Polícia Militar não encontrou os suspeitos após patrulhamento pela cidade.
O caso anterior envolvendo profissionais das Forças Armadas ocorreu no mês passado. A vítima foi um tenente lotado no Batalhão da PM do Litoral Norte, cujo nome não foi divulgado, rendido com a mulher e filho dentro da residência.
Os assaltantes armados pegaram televisão, aparelho de DVD, computador, celular e o revólver pertencente à PM.
Outros crimes anteriores, de maior gravidade, tiveram como vítimas um soldado, dois capitães, três tenentes e um major aposentado (todos da PM) e um capitão do Exército. Na sua maioria, turistas que foram rendidos em casas de veraneio. Os crimes continuam em investigação na delegacia.
Mais roubo - A madrugada de segunda-feira ainda registrou outro roubo, tendo como vítima o tatuador P.A.V., de 22 anos, morador em São Paulo.
Ele andava no calçadão da praia quando três pessoas, um deles aparentando estar armado, se aproximaram pegando um aparelho celular, R$ 30 e uma corrente de ouro. Em seguida, fugiram. (Fonte: Imprensa Livre)


Programa Ação Litoral

Notícias de Ilhabela Topo

Vulcano Sailing Shop

Virada do ano eletrônica na praia do Curral

Ilhabela - Quem for para Ilhabela, além da opção da queima de fogos na Vila (Centro), poderá passar a noite da virada com muita música eletrônica, na praia do Curral. Trata-se da festa que será promovida pela DPNY Beach, com vários DJ’s.
Músicas de Buddha-Paris, Pacha-Ibiza e Omen-Frankfurt devem dar o tom da comemoração. “Será uma festa de todos os estilos”, anuncia a promoter Ana Lúcia Queiroz.
Segundo ela, duas bailarinas do Domingão do Faustão foram convidadas para a festa: Aline Barbosa e Aline Pirro.
Também está prevista queima de fogos. O ingresso, que custa R$ 100 e dá direito a dois drinques ou quatro refrigerantes, pode ser encontrado no Portal Ilhabela (Vila), no Shopping da Construção (Barra Velha) ou na DPNY, na avenida José Pacheco do Nascimento, 7696, na Praia do Curral (local da festa).
Os organizadores esperam atrair cerca de mil pessoas. Outras informações podem ser obtidas pelos telefones (12) 3896-5134 ou 3896-3086. (Fonte: Imprensa Livre)

Notícias de São Sebastião Topo

Litoral Virtual Superchic

São Sebastião não tem Réveillon e Ilhabela promove queima de fogos

São Sebastião - Enquanto a Prefeitura de Ilhabela prepara uma queima de fogos na Vila (Centro) para comemorar a virada do ano, no lado do continente a situação é bem diferente. Em São Sebastião, segundo o prefeito Paulo Julião, não haverá o tradicional show pirotécnico da virada do ano.
“Não há nada previsto, exceto os vá-rios eventos autorizados. A prefeitura não fará nada. Estamos fechando o caixa”, justificou o prefeito, que no dia 31 de dezembro estará em seu último dia de mandato.
Já o prefeito eleito Juan Manoel Pons Garcia diz que não tem como promover a festa. A posse oficial será no dia 1º de janeiro, às 17h00, na Câmara.
Julião defende que na virada de 2000 para 2001 conseguiu organizar a queima de fogos, mesmo sem ter assumido a prefeitura. Sem a festa popular de ano novo, algumas empresas da cidade começam a se movimentar para oferecer opções a moradores e turistas.
O Hotel Terrinos Flat Mar, na praia das Cigarras, promete ceia, música ao vivo e “vista da queima de fogos de Ilhabela”. Segundo o gerente Haroldo Costa, a festa é feita há vários anos. “Antes era um atrativo a mais, mas agora não haverá festa no aterro da Rua da Praia e o comércio fica quase todo fechado”, disse.
Para Oliver Gayet, do Porto Grande Hotel, o cancelamento da queima de fogos na Rua da Praia se deve à situação financeira da prefeitura e à falta do processo de transição de governo no município. Membro do Conselho Municipal de Turismo, Gayet diz que reclamações sobre a indefinição de um calendário de eventos para 2005 já ha-viam sido apresentadas anteriormente.
“Não sabemos nada até agora. Temos praias bonitas, hotéis preparados para receber os turistas, mas a parte secundária ainda não foi programada”, lamentou. Além de ceia e música ao vivo, o Porto Grande Hotel preparou uma queima de fogos.
Na praia de Maresias, a noite da virada de vips e famosos será na “Casa Vivo na Praia”, que posteriormente será aberta ao público. Outros hotéis e casas noturnas da Costa Sul também já estariam programando eventos para comemorar a passagem de ano. (Fonte: Imprensa Livre)

Falta de documento pode deixar cidade sem ambulâncias na temporada
Motoristas podem deixar de atender ocorrências com medo de ter seus documentos apreendidos

São Sebastião - Com apenas duas ambulâncias em operação para atender todo o município, a situação pode piorar em plena temporada. Na sexta-feira passada, após se envolver em um acidente de trânsito, a terceira viatura, que atende à Costa Sul, foi apreendida pelo Ciretran por estar com os documentos vencidos.
As duas ambulâncias em operação – uma de UTI e outra de atendimento pré-hospitalar - também se encontram sem documento e os motoristas podem se recusar a atender ocorrências, com receio de ter suas carteiras apreendidas.
Segundo o secretário da Saúde, Paulo Jorge, como os carros foram doados pelo governo do Estado, eles vieram sem o documento de doação. “Estamos aguardando o documento de doação”, afirma Paulo Jorge.
O novo secretário da pasta, Antônio Guilherme Duarte de Carvalho, diz que medidas serão tomadas para atender à demanda da temporada. “Não tenho pontualmente quais são os carros que estão em más condições.
Gostaria de fazer a minha análise, para tirar as minhas conclusões. Ainda esta semana irei ao local. Nós vamos estar começando alguma coisa no dia 3; procurar outras viaturas para poder atender a demanda desta temporada”. (Fonte: Imprensa Livre)

DER interrompe utilização do sistema Pare/Siga em obras na Costa Sul

São Sebastião - O DER (Departamento de Estradas e Rodagem), órgão estadual responsável pelas obras que estão sendo realizadas na rodovia SP-55, suspendeu a utilização do sistema Pare e Siga (mecanismo que utiliza sinais luminosos e cancelas para garantir à alternação do fluxo da estrada nos trechos em que as obras estreitam a pista) no último dia 22 e deve retomar o sistema somente a partir do dia 4 de janeiro, próxima terça-feira.
Segundo a assessoria de imprensa do DER, “o sistema Pare e Siga foi interrompido momentaneamente, mas funcionários capacitados estão organizando o trâmite de veículos nos trechos em obras”.
As alterações que estão sendo feitas na serra localizada entre os bairros de Maresias e Boiçucanga, na Costa Sul, representam bem a necessidade de um sistema confiável de inversão de fluxo. A pista está sendo alargada e funcionários e máquinas estão ocupando uma das faixas, ou seja, durante um trecho de aproximadamente 150 metros de extensão, veículos que viajam em direções opostas dispõem de apenas uma faixa para transitarem e o controle que garante a alternância do fluxo está sendo realizado sem sinais luminosos ou cancelas.
O 4º Pelotão da Policia Rodoviária em São Sebastião informou que dois acidentes, envolvendo carros e sem vítimas, aconteceram entre Maresias e Boiçucanga desde o último dia 22 e que esse número “é considerado normal durante essa época do ano”.
“Esse trecho está perigoso mesmo. Hoje (ontem), por exemplo, um ônibus quebrou na serra e os carros estavam sendo orientados a seguirem em frente ou parar apenas pelos gestos de um funcionário do DER. Acontece que até esse funcionário chegou a ficar confuso e dizer primeiro para ir e depois para esperar.
Um equívoco desse pode causar uma tragédia”, disse André Ulloa, morador da cidade de São Paulo que está aproveitando as festividades de fim de ano no Litoral Norte.
A assessoria do DER afirmou que aproximadamente 76 mil veículos deverão utilizar a rodovia dos Tamoios, 28 mil estão previstos para a rodovia Oswaldo Cruz e outros 52 mil carros deverão utilizar a rodovia Mogi-Bertioga para chegar ao Litoral Norte durante os próximos dias. Um número estimado entre 480 e 610 mil veículos está previsto para a rodovia dos Imigrantes, mas a estrada serve de acesso a outros destinos além do Litoral Norte.
“As obras que estão sendo realizadas pelo DER visam melhorar a qualidade e segurança da SP-55 e deverão estar concluídas até a segunda quinzena do próximo mês de janeiro”, concluiu a assessoria de imprensa do DER.
Informações, dúvidas, sugestões ou reclamações pelo telefone (11) 3707-2250 ou através do site www.der.org.br . (Fonte: Imprensa Livre)

Ong’s querem estudo de impacto da obra da Sabesp em RPPN

São Sebastião - Representantes de instituições da sociedade civil e de órgãos do Estado falaram sobre o impasse em relação ao projeto de instalação de barragem para captação de água, da Sabesp, em área de RPPN (Reserva Particular do Patrimônio Natural) em Barra do Una.
No dia 16 deste mês, o juiz federal Renato Brath Pires, da Comarca em São José dos Campos, determinou a suspensão de obras, atendendo pedido liminar do Ministério Público Federal, autor da ação contra a Sabesp.
No dia 15, a Sabesp começava a realizar serviços dentro da RPPN para instalação de projeto. A empresa tem licenças para a instalação do projeto, emitidas pelo DEPRN (Departamento Estadual de Proteção de Recursos Naturais), em 2001 e sob anuência do Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente).
Em 2003, o Ibama baixou portaria criando a RPPN. No último dia 20, o Ibama autuou a Sabesp por “causar danos direto ou indiretamente em área de Unidade de Conservação”.
O advogado Luiz Tadeu de Oliveira Prado, presidente da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) subseção São Sebastião/Ilhabela, considera que o caso das obras da Sabesp na RPPN precisa ser analisado com cautela a fim de não causar falta de abastecimento de água, mas também sem prejuí-zo ao meio ambiente. Prado, que é vice-presidente do Comdurb (Conselho de Meio Ambiente e Urbanismo de São Sebastião) afirma que o conselho não se manifestou sobre esta obra na RPPN.
Adrian Fuhrhausser, da Una Econática-Associação Ecológica Rio Una, considera necessária a realização do EIA-Rima (Estudo de Impacto Ambiental- Relatório), já que a obra da Sabesp tem relevante importância social, numa área que precisa ser preservada. “A Sabesp tem condições de elaborar o EIA-Rima, em seis meses ou até um ano; precisamos saber real-mente qual seria o impacto ambiental, para não haver arrependimento depois”.
A secretária executiva do CBH/LN (Comitê de Bacias Hidrográfica do Litoral Norte), Rosa Maria Mancini, órgão formado por representantes do Estado, das prefeituras e sociedade civil, prefere não se manifestar sobre o caso pontual das obras da Sabesp em RPPN, mas ela diz ser necessário maior e melhor relação entre os órgãos licenciadores, para que todos tenham conhecimento sobre os processos em fase de análise e discutam os assuntos.
Segundo ela, o CBH-LN começou a praticar esta medida em reuniões mensais com representantes da Cetesb (Companhia Estadual de Tecnologia Ambiental), do DEPRN, e do Ministério Público, entre outros.
O advogado Eduardo Hipólito do Rego, diretor jurídico do Instituto Educa Brasil em São Sebastião, afirma que a licença concedida a Sabesp pelo DEPRN precisa ser revista, já que a natureza da área em questão mudou para RPPN. “Agora a licença deve ser de competência do Ibama, como órgão federal”.
Nivaldo Simões, presidente do Grupo Setorial do Gerenciamento Costeiro do Litoral Norte, considera que a licença concedida a Sabesp perdeu validade uma vez que o status da área mudou para unidade de conservação federal, a RPPN. “As licenças podem ser revogadas, canceladas e anuladas porque não são eternas.
Neste caso, deve ser cancelada; reconheço que se trata de obra de cunho social, mas falamos agora de uma RPPN; devem ser estudadas alternativas para a obra da Sabesp. Barra do Una tem vários mananciais e fora de unidade de conservação”.
O inspetor florestal, João Evangelista de Melo Neto, que atua para a Fundação SOS Mata Atlântica, afirma que a intervenção de obra na área da RPPN em Barra do Una, em tese, necessita também de autorização do Instituto Florestal, conforme preconiza resolução do Conama (Conselho Nacional do Meio Ambiente) porque se trata de área vizinha ao Parque Estadual da Serra do Mar.
Conforme o DEPRN, que concedeu a licença, a obra tem impacto somente localizado. O diretor do Parque Estadual- Núcleo São Sebastião, Edson Marques Lobato, afirma ter sido informado que técnicos concordaram com alternativa de obra da Sabesp, há cerca de dois quilômetros rio-abaixo, fora da RPPN e próximo a ETA (Estação de Tratamento de Água). Segundo ele, a Sabesp descartou esta opção, o que causou estranheza uma vez que proporcionaria menores custos. (Fonte: Imprensa Livre)

Prefeitura implanta baias de conversões em três bairros

São Sebastião - Considerando o aumento da frota de veículos devido à proximidade da temporada de verão, a Prefeitura de São Sebastião, por intermédio do Detraf (Departamento de Tráfego), deu início na semana passada à implantação de baias de conversões de veículos nos bairros Porto Grande, Arrastão e Morro do Abrigo, no trecho compreendido desde a avenida Guarda Mor Lobo Viana, avenida Manoel Hipólito do Rego e avenida Manoel Teixeira, alterando mão de direção conforme o seguinte:
Porto Grande - Rua Fausto César: mão única sentido avenida Guarda Mor Lobo Viana até a rua África.
Arrastão - Alameda das Lagostas - mão única sentido avenida Guarda Mor Lobo Viana até a alameda dos Paratis. (Fonte: PMSS)

Notícias de Ubatuba Topo

Restaurante Solar das Águas Cantantes Mary´s Solar Bem Te Vi

Queima de fogos na Prainha

Ubatuba - A noite da virada do ano em Ubatuba será marcada, principalmente, pela queima de fogos na Praia do Matarazzo, mais conhecida como Prainha, promovida pela Comtur – Companhia de Turismo de Ubatuba.
Além dessa comemoração, queimas de fogos feitas por associações de bairros, hotéis, danceterias e iniciativas particulares acontecem por toda a cidade.
Não faltarão opções para quem gosta de curtir a noite até o amanhecer. Casas noturnas oferecerão programações variadas para todos os gostos.
O mais novo espaço de entretenimento do Litoral Norte, a Tribo Club (Prainha), a inaugurar na própria noite de Réveillon, a partir das 20h00, vai oferecer show com uma ala da escola de samba Vai-Vai, com 23 integrantes, mesa de frutas tropicais, show pirotécnico e DJs famosos em duas pistas de dança.
Abre também a Daft, no Itaguá; o Red Beach, na Vermelha do Norte; o 180º, na Prainha, além de bares, quiosques e restaurantes na avenida do Itaguá e na Avenida Iperoig, local onde tradicionalmente fica lotado de gente para receber o ano que está chegando.
Outras alternativas são: Praia Grande, Tenório, Vermelha do Centro, Itamambuca, Enseada e Lázaro. Todas oferecem fogos de artifícios que prometem emocionar quem estiver por perto. O lado Sul da cidade, Fortaleza, Lagoinha e Maranduba também são boas opções.
Mais tranqüilo, para quem procura admirar a noite com mais sossego, em meio à natureza, será o Ano Novo nas praias de Picingüaba, Fazenda, Ubatumirim, Camburi, Almada, Promirim e outras para o extremo Norte do município. (Fonte: Ana Gabriela Fernandes/Imprensa Livre)

Férias no Lázaro começam mal para grupo de turistas do interior

Ubatuba - As férias começaram mal para um grupo de amigos, vindos de Salto, interior de São Paulo. As vítimas terão que passar o Réveillon sem dinheiro e documentos, além de cartões de crédito e celulares, levados por três assaltantes, que pularam a mureta da casa de veraneio, no bairro Lázaro, na madrugada de ontem.
Os amigos conversavam na varanda da residência da rua Cajueiro, quando foram rendidos por um trio, que portava revólver e pistola.
As vítimas ficaram reféns enquanto os assaltantes pegavam os objetos pessoais, além de uma televisão e chaves de carro. Em seguida, o trio fugiu tomando rumo ignorado.
E mais turistas foram vítimas de roubo na cidade. Na noite de segunda-feira o crime acorreu no bairro Toninhas, onde cinco desconhecidos armados entraram em uma casa, rendendo uma família, que ficou 40 minutos trancada em um aposento até conseguir sair e avisar a Polícia Militar.
O grupo pegou dinheiro e roupas, fugindo em seguida. Também na noite do mesmo dia, uma administradora de empresas de São Paulo foi vítima de roubo cometido por três assaltantes armados de revólver e faca, que fugiram levando celulares, jóias e dinheiro. (Fonte: Imprensa Livre)

Ação Litoral

Artigo Topo

Dignidade e Espírito de Lealdade
Jorge Lee


Que bom seria se tudo o que dizemos pudéssemos confirmar um segundo depois. Às vezes, as pessoas falam sem pensar e nem sequer dão conta de que estão fazendo promessas que não podem cumprir. Como em todos os países do mundo, no Brasil não é diferente. Todos os cidadãos, sem exceção, fazem algum tipo de promessa que não podem cumprir. É possível que tal mania seja um desvio de conduta do país como um todo. Não se trata de casos isolados. Todos nós, de alguma forma, cometemos esse deslize. Seja no mais alto escalão até o mais simples colaborador de todas as instituições.
Como livrar nossa pátria dessa maldição? Talvez ouvindo mais e falando menos? Pode ser uma saída.
Talvez pensando melhor antes de falar? Também é um bom caminho. A forma com a qual pretendemos nos expressar cabe a cada um de nós escolher. O que precisamos ter como referência é o que pretendemos obter como resultado das nossas atitudes. Alguém disse um dia que “Atitude é Tudo”. Eu concordo com essa afirmação, porém, de nada vale uma atitude cujo resultado não foi mensurado. É mais ou menos como dizer: “Quem fala o que quer, ouve o que não quer”.
O paradigma que abordamos nesta semana é: Ubatuba: atitude e lealdade.
A lealdade é uma mistura de caráter e consideração sem medidas exatas. No passado portugueses e índios brasileiros se juntaram para lutar contra holandeses e espanhóis num pacto de lealdade. A questão é que depois de cada vitória contra os oponentes, os portugueses deletavam de suas memórias as coligações que faziam com os povos indígenas e seguiam adiante com suas atrocidades. Isso causava mágoa e ressentimento nos corações inocentes daqueles que tinham fé na palavra. A história de nossa cidade se confunde entre o passado e o presente. Há muito o que rever desde os primeiros dias. Os tempos são outros e parece que não aprendemos a lidar com a moral e a ética. Não vai aqui nenhum julgamento individual. Quem não concordar que somos aprendizes de uma escola chamada VIDA, que se manifeste. Alguns seres humanos têm maior compreensão sobre esses fatos e conseguem transformá-los em aprendizado para seguirem em frente.
Como num jogo de roleta russa, Ubatuba pode estar sendo munida de seres humanos dessa natureza, como também de outra. Suposições à parte, é óbvio que esperamos por dirigentes que tenham dignidade e espírito de lealdade. Todos os dias de nossas vidas, vividas em Ubatuba, são como as promessas que fazemos e não cumprimos. Nós mesmos somos responsáveis por não darmos a devida atenção às nossas palavras. Tudo o que fazemos tem o poder do verbo. Sejamos leais, principalmente aos nossos anseios mais verdadeiros sobre uma Ubatuba justa, igualitária e solidária.
O ano novo pode fazer diferença em nossas vidas.
Feliz 2005 para quem tiver atitude!

Jorge Lee
Consultor de Planejamento de Vida,
Entusiasmo e Motivação

Opinião Topo

Como melhorar a arrecadação municipal em Ubatuba
Luiz Roberto de Moura


Quem já participou de uma administração pública sabe que, quando se entra é a hora de fazer "todos" os ajustes necessários para o alcance do melhor desempenho da "máquina". Postergar decisões nesta hora significa fazer gastos inúteis e malversar o dinheiro público.
A melhora da Receita do município se dará, basicamente, com a execução de um minucioso recadastramento imobiliário, que terá como resultado um aumento significativo no número de contribuintes, fazendo com que a máxima "onde todos pagam, todos pagam menos", possa se tornar uma realidade em Ubatuba.
O primeiro semestre de 2005 deve ser aproveitado, também, na elaboração de uma nova Planta de Valores Genéricos (PVG) que determinará os valores venais dos imóveis de Ubatuba; valores estes que serão usados como base de cálculo do IPTU - Imposto Predial e Territorial Urbano, tornando-o atual e justo. As atualizações feitas com base em índices, sobre os valores da PVG, ao longo dos anos (a atual tem 15 anos), tornaram os seus valores irreais, pois não é desta forma que se procede a valorização dos imóveis, isto sem contar que não foram levadas em consideração as desvalorizações que certamente sofreram uma série de áreas no município. Distorções criadas pela utilização de índices na PVG propiciam o surgimento de projetos de lei para corrigir "erros" pontuais "existentes".
Aconselho ainda um reestudo do Código Tributário Municipal e de suas alterações para a eliminação das deformações nascidas nos últimos mandatos.
No segundo semestre de 2005 deve ser enviado para discussão e aprovação da Câmara Municipal de Ubatuba, o resultado do reestudo do Código Tributário Municipal em conjunto com a PVG para que aprovados possam ser aplicados, a partir de janeiro de 2006.
Como participei da redação do projeto de lei e da elaboração da PVG que se transformaram na lei nº 1011 de 18 de dezembro de 1989, que dispõe sobre o Código Tributário e a Planta de Valores Genéricos do município de Ubatuba, em vigor, afirmo que para a execução destas sugestões não será necessária a contratação de pessoal e/ou de empresa, uma vez que a Prefeitura tem em seu quadro funcional, técnicos com formação para tal empreendimento.
Sou contrário a aumentos e/ou criação de tributos e/ou taxas. Existem outras posturas a serem revistas ou criadas para aumentar a arrecadação do município sem onerar o bolso de quem já paga tanto e tem tão pouco como retorno. Medidas simples estão aí para serem tomadas. Parecem ser de conhecimento geral, mas falta alguém tomar a iniciativa para realizá-las. Ubatuba, com certeza, agradecerá.

Luiz Roberto de Moura
Editor do "O Guaruça/UbaWeb"

Carta do Leitor Topo

Dos discursos às ações - Milton Friedman premio Nobel de economia em 1976, afirmava que a única responsabilidade social de uma empresa era “O maior lucro possível para os acionistas...” Os impostos pagos geridos pelo governo, seriam, a seu ver, a contribuição máxima que as empresas deveriam destinar às atividades sociais. Nada mais. Hoje, a bandeira da “sustentabilidade” desconhecida da maioria, já é hasteada por grandes empresas. São projetos de investimentos vultosos e, raras as exceções, com resultados mensuráveis. A busca por certificações de seus projetos provoca o crescimento da importância opinativa, tanto de institutos dedicados a ações de responsabilidade social (Ethos e Global Reporting) como, de ditos “especialistas” em investimentos sociais privados. Na verdade, as empresas não encontrando ofertas de projetos confiáveis e mensuráveis partem com suas próprias asas, em vôo cego, para ações em busca de certificados que lhes atestem publicamente, tantos e quantos graus de responsabilidade social. Muito em breve práticas de sustentabilidade, não seduzirão mercados e consumidores formadores de opinião. O índice de ecoeficiência será a medida padrão para a avaliação das empresas, política e socialmente corretas. Nunca houve uma demanda tão grande e tantas oportunidades para o aparecimento de empresas ou prestadores de serviços, voltados ao planejamento, desenvolvimento, aplicação e avaliação de atividades privadas de responsabilidade social. Educadores, sócio-ambientalistas, cientistas políticos, pedagogos sociais, sociólogos, eco-empreendedores e demais profissionais, que militam no desenvolvimento humano, é chegada a hora que é preciso atender a demanda gerada pelos discursos. Após 30 anos das afirmações de Friedman, esta talvez, seja uma oportunidade histórica. E única.

Ronaldo Dias
Ubatuba, SP
 

Foto do Dia Topo

Para participar desta seção basta enviar as fotos com crédito do autor e legenda, no tamanho mínimo de 1024 x 768 pixels com resolução de 72dpi para fotododia@litoralvirtual.com.br
O envio de foto caracteriza autorizada a sua publicação e identifica o remetente como autor.

Ubatuba-SP

Beija-flôr - Roberto Russo


Beija-flôr
©Roberto Russo


Para instalar a foto como papel de parede (wallpaper)
Clique na foto acima. Após carregar a foto ampliada, clique com o botão direito do mouse sobre a imagem e escolha "Definir como papel de parede" ou "Definir como fundo de tela". Para ajustar a imagem em tela cheia, clique em qualquer lugar da área de trabalho com o botão direito do mouse, escolha "Propriedades" / "Fundo de Tela" ou "Papel de Parede" / "Ampliar".

Arquivos:  Foto Saudade  -  Foto do Dia

 Faça seu comentário, crítica, opinião ou sugestão no Litoral Virtual:
Clique Aqui


As notícias, fotos e cartas publicadas neste boletim são de inteira responsabilidade de suas fontes e autores,
não expressando necessariamente a opinião deste informativo. O envio de qualquer material para nosso e-mail
será considerado como autorizado a sua publicação e assumida a total responsabilidade pelo seu conteúdo.
As cartas devem conter nome completo, RG, endereço, telefone de contato e um e-mail válido.
Reservamos o direito de não publicar cartas que não contenham a devida  identificação do autor.

Editor Chefe: Emilio Campi
Editora Assistente: Jullyany Roberta Cruz


GRÁTIS!!
Receba as Últimas Notícias do Litoral em seu e-mail:

Quero receber GRATUITAMENTE o boletim Últimas Notícias do Litoral:

e-mail:
Cidade:



Obs.: Você poderá cancelar o recebimento das notícias a qualquer momento.

Conheça as cidades do Litoral Norte Paulista:

Caraguatatuba Ilhabela São Sebastião Ubatuba

Litoral Virtual
O mais completo site do Litoral Norte Paulista na Internet
Sugestões, críticas e informações, entre em contato:
info@litoralvirtual.com.br

©1995/2001 Emilio Campi - Studio Maranduba - Direitos Reservados
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem a expressa autorização do autor