Litoral Virtual últimas notícias do litoral
Quinta-feira, 06 de janeiro de 2005 - Nº 1193 Edições Anteriores

Giorgio Portal da Palmeira Locação

Região
-

Caraguatatuba
Caraguá muda área para lixo
Bairros e praias têm esquema especial de coleta de lixo no verão
Praça de Caraguá vira ponto de encontro de famílias de moradores e turistas
Rave de Forró é atração do Projeto Verão 2005 em Caraguá
Caraguá gera empregos temporários
Futebol de areia e vôlei animam moradores e turistas em Caraguá
Correnteza misteriosa arrasta as fazendas marinhas da Cocanha


Ilhabela
Hoteleiro alemão é morto em Ilhabela
Manoel Marcos anuncia calendário comemorativo aos 200 anos de Ilhabela

São Sebastião
Juan diz que PJ mentiu sobre déficit
Rua da Praia voltará a ter mão-dupla na temporada de verão
Seis condenados da cadeia local vão para a penitenciária de Potim
Dez ficam feridos em acidentes no litoral

Ubatuba
Câmara convoca sessão para formalizar Posse e Eleição da Mesa
Prejuízo: carnês distribuídos em Ubatuba trazem IPTU sem reajuste
Jovens são roubados à luz do dia nos bairros de Itaguá e Centro
“Capoeirando” começa hoje em Ubatuba

Seções
Opinião
Artigos
Carta do Leitor
Foto do Dia


Notícias da Região Topo

-

Notícias de Caraguatatuba Topo

O Guaruçá BIL -= Bolsa de  Imóveis do Litoral Salete

Caraguá muda área para lixo

Caraguatatuba - A Prefeitura de Caraguá definiu ontem a contratação da empresa Anaconda para fazer o transbordo do lixo recolhido no município até um aterro sanitário em Santa Isabel.
A contratação emergencial foi feita devido ao recalque da ponte sobre o rio Pirassununga, que impede o acesso dos caminhões ao aterro localizado na Fazenda Serramar.
A ponte sofreu um recalque na segunda-feira e a prefeitura ainda não definiu se conserta a ponte ou constrói uma estrutura provisória, com apoio do Exército.
Ontem, o capitão Marcelo Vinicius Mota Linhares, do 2º Batalhão do Exército de Pinda vistoriou a ponte.
Segundo o secretário de Urbanismo, Leandro Borela, a prefeitura tenta autorização do Exército para instalar uma ponte provisória.
Ontem, 120 toneladas de lixo foram transportadas para São José.
O diretor de Coleta Pública, Gilberto dos Santos, disse que a prefeitura pagará R$ 100 por tonelada transportada. Segundo ele, o lixo deverá ser levado a Santa Isabel durante uma semana.
DENÚNCIA - Moradores do Jardim Gaivotas denunciaram ontem que a prefeitura estaria depositando o lixo em um terreno do bairro.
Segundo o comandante da Polícia Ambiental, Marco Aurélio Ribeiro Silva, sem autorização, a prefeitura não pode depositar lixo no bairro. A Cetesb (Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental) informou desconhecer o caso.
O secretário de Meio Ambiente, Auraci Mansano, disse que a prefeitura utiliza o terreno para transbordo do lixo até São José. "O lixo é colocado em caçambas e não no solo." (Fonte: ValeParaibano)

Bairros e praias têm esquema especial de coleta de lixo no verão
Produção de lixo triplica durante a temporada; reforço na limpeza inclui funcionários e veículos

Caraguatatuba - A prefeitura de Caraguatatuba realiza um esquema especial de coleta de lixo nos bairros e nas praias, durante a temporada de verão. O reforço acontece até março, devido ao aumento de visitantes no município. Segundo o diretor da Divisão de Limpeza Urbana, da secretaria de Serviços Públicos, Gilberto Santos, a coleta de lixo passou de 60 toneladas/dia (índice da baixa temporada) para uma média de 180 toneladas/dia, no verão. "A produção de lixo triplica nesta época. Somente entre os dias 1º e 3 de janeiro, a média de lixo recolhido foi de 650 toneladas".
Para atender a demanda, a coleta de lixo é feita diariamente na região Central e três vezes por semana nas regiões Sul e Norte do município. O trabalho acontece das 6h às 20h.
O diretor afirmou ainda que há reforço do número de funcionários e de caminhões de coleta.
"A limpeza nas praias é feita por 50 pessoas, desde a Tabatinga até o Porto Novo. O número de caminhões de coleta passou de 8 para 16 e de funcionários, que atuam nos veículos, aumentou de 24 para 60".
Para auxiliar na limpeza da cidade são usados seis caminhões basculantes (para apoio na limpeza de praia), três retroescavadeira (máquinas de apoio aos basculantes), duas carregadeiras, duas varredeiras de praia (limpeza da areia), um trator com rastelo e um trator roçadeira. Nas praias, foram distribuídos 50 contêiners, para o depósito de lixo.
Queda de ponte: Na tarde desta terça-feira, dia 4, a queda da Ponte Pirassununga, localizada na Fazenda Serramar, no caminho para o lixão, prejudicou o ritmo da coleta do lixo. Segundo o secretário de Serviços Municipais, Roberti Costa, uma das cabeceiras da ponte sofreu um recalque e o tráfego de caminhões foi interditado no local, devido ao excesso de peso.
Imediatamente a assessoria jurídica da prefeitura entrou com uma medida cautelar, solicitando autorização para a entrada de técnicos no local para iniciar as avaliações da situação da ponte e futura construção.
A Juíza substituta da 1ª Vara Civil, Cristina Alves Biagi Fabre, concedeu uma liminar nesta tarde.
O prefeito José Pereira de Aguilar (PSDB) pediu ajuda ao 8º Batalhão de Infantaria do Exército em Pindamonhangaba, solicitando a instalação de uma ponte provisória no local.
Os engenheiros do Exército visitaram o local, acompanhados dos secretários de Urbanismo, Leandro Borella, de Obras, Raul Pesci e de Serviços Públicos, Roberti Costa, e puderam analisar as condições da ponte após o acidente e deverão começar a obra imediatamente.
O prefeito Aguilar informou que enquanto a obra está em andamento, o lixo recolhido está sendo depositado no Aterro da URBAM, em São José dos Campos e assim foi normalizada a coleta de lixo na cidade.

Confira a programação de coleta de lixo:

Região Central
- Coleta diária: Jardim Estrela D'alva, Caputera, Benfica, Jardim Califórnia, Indaiá, Jardim Aruan, Prainha, Jardim Forest, Ipiranga, Martim de Sá, Jardim Primavera, Centro (rua engenheiro João Fonseca e avenidas Frei Pacífico Wagner, Prestes Maia e Dr. Arthur Costa Filho) e nos quiosques (em toda orla marítima).
- Segunda, quarta e sexta-feira: Poiares, Jardim Gaivotas, Sumaré, Cidade Jardim, Canta Galo, Jaraguazinho, Rio do Ouro e Ponte Seca.
-Terça, quinta-feira e sábado: Jardim Terralão, Jardim Guaxinduba, Olaria, Casa Branca, Jardim Jaqueira, Jardim Samambaia, Tinga e Jardim Itaúna.

Região Sul
- Segunda, quarta e sexta-feira: Porto Novo, Praia das Palmeiras, Morro do Algodão, Travessão, Jaraguá, Pegorelli, Jardim Parnazio (Colônia de Férias) e quiosques.
- Terça, quinta-feira e sábado: Jardim Britânia, Balneário Golfinho (Jardim das Palmeiras), Pontal Santa Marina, Perequê-mirim, Vapapesca, Barranco Alto e quiosques.

Região Norte
- Segunda, quarta e sexta-feira: Getuba, Portal da Cachoeira, Portal da Fazendinha, Jardim Santa Rosa, Sertão dos Tourinhos, Massaguaçu (sentido morro e praia), Cocanha, Roteiro do Sol, Mococa, Condomínio Verde Mar e quiosques.
- Terça, quinta-feira e sábado: Capricórnio I, II e III, Delfim Verde, Condomínio Costa Verde Tabatinga, Condomínio As Gaivotas, Jardim Caraguatatuba, Jardim do Sol, Jardim Mariela, Világio Verde Mare, Gardemar, Tabatinga (bairro), Parque Imperial, Patrimônio, Condomínio Mar Verde (lixeira e bairro) e quiosques.

Telefones para solicitações de serviços:
Secretaria de Serviços Públicos/Regional Centro: (12) 3882-1567 e 3882-5859
Secretaria de Serviços Públicos/Regional Norte: (12) 3884-3555
Secretaria de Serviços Públicos/Regional Sul: (12) 3887-4432 e 3887-3313 (Fonte: PMC)

Praça de Caraguá vira ponto de encontro de famílias de moradores e turistas
Moradores e turistas aprovaram a reurbanização da Praça Diógenes Ribeiro de Lima, inaugurada no dia 28 de dezembro de 2004, que se tornou, em 2005, o novo ponto de encontro familiar

Caraguatatuba - A Praça “Diógenes Ribeiro de Lima” recebeu obras de reurbanização, no período de março a dezembro de 2004. Em 2005, o local passou a ser uma nova opção de lazer para turistas e moradores de Caraguá, que aprovaram as modificações do local, tornando-o um novo ponto de encontro das famílias.
Segundo o taxista Ângelo de Oliveira Natali, que trabalha na praça, os turistas têm elogiado muito as modificações que foram feitas com a reurbanização. “Todo o tempo que estou por aqui trabalhando, conheço pessoas de fora que vêm para Caraguá na temporada. Os turistas têm feito muitos elogios”, disse ele, acrescentando que, em sua opinião, ficou melhor trabalhar na praça. “Com a nova iluminação, ficou ótimo trabalhar à noite. As pessoas passeiam e as crianças brincam no parquinho. Nosso ponto ficou muito mais bonito e isso valoriza o trabalho dos sete taxistas que atuam aqui. A praça ficou linda mesmo!”, finalizou.
O comerciante Paulo Carlos Souza também acredita que o local está muito mais bonito e o espaço bem aproveitado. “Não tenho nem palavras para dizer o quanto a praça está mais bonita, mais aconchegante. O local foi realmente transformado. É preciso que as pessoas que freqüentam a praça valorizem e zelem por este espaço de lazer que as famílias de moradores e turistas ganharam em Caraguá”, afirmou.
De acordo com o aposentado Dituzo Tagava Jairo, que mora nas proximidades do local, ele e sua família ganharam um espaço de lazer muito mais agradável. “A praça está excelente. Tem um parquinho, para as crianças, bancos e mesas, para descansar e passar o tempo num ambiente mais bonito e alegre”.
A obra - A praça recebeu paisagismo, piso em mosaico, um novo orquidário, novos bancos, um conjunto de sanitários e uma área de lazer com mesas e bancos. O prédio da antiga Setur (Secretaria de Turismo) foi revitalizado e recebeu o nome de Espaço Cultural “Paulo Mário Mott”, que abrigará exposições de artes, como pintura e escultura.
Houve também a ampliação do calçadão da Rua Santa Cruz até a Avenida Dr. Arthur Costa Filho (Avenida da Praia), unindo a praça ao calçadão. O valor total gasto na obra, que teve início em 15 de março e término em 18 de dezembro de 2004, foi de R$ 415.703,93. (Fonte: PMC)

Rave de Forró é atração do Projeto Verão 2005 em Caraguá
Trio Virgulino, Cris Monteiro, Banda de Maria, Ayakaio e Trio Filhos de Garanhuns serão as atrações do Forrave

Caraguatatuba - Entre as diversas atrações da programação do Projeto Verão 2005 de Caraguá, uma festa ´rave´, o Forrave reunirá diversas bandas de forró, algumas de renome nacional, em Caraguá, no próximo dia 15. Entre os nomes confirmados para o Forrave estão o Trio Virgulino, Cris Monteiro, Banda de Maria, Filhos de Garanhuns e Ayakaio. A banda Tribo Caiçara, de Caraguá fará a abertura do evento.
Os shows de verão acontecem, de terça a domingo, na Praça de Eventos, a partir das 22 horas, com entrada franca. Apenas o Forrave, que terá duração de 7 horas, começará às 17 horas. Nos sábados, os shows começam às 23 horas.
Confira a programação de shows musicais:
Dia 04, Terça-feira
- Tribo Caiçara (forró)
Dia 05. Quarta-feira
- Muleque Atrevido (samba e pagode)
Dia 06, Quinta-feira
- Banda Sofisma (pop rock)
Dia 07, Sexta-feira
- João Marcos e Juliano (sertanejo)
Dia 08, Sábado
- Julinho Marassi e Gutemberg (apalosa, MPB, pop-rock)
Dia 09, Domingo
- Bichos da Costeira (reggae)
Dia 13, Quinta-feira
- SDR (Somos Do Rock) – (pop-rock)
Dia 14, Sexta-feira
- Ousadia de viver (pagode)
Dia 15, Sábado, 17h
- Forrave (7 horas de forró)
Dia 16, Domingo
- João Marcos e Juliano
Dia 22

Beto Guedes - Sobre o Trio Virgulino

Formado por Enok Virgulino (sanfona), Adelmo Nascimento (triângulo) e Roberto Pinheiro, (zabumba) o TRIO VIRGULINO faz parte da história do forró. Com 23 anos de carreira foram os responsáveis pelo resgate do ritmo tipicamente Brasileiro: O forró pé de serra.
Fazem em média 20 apresentações por mês, e já contaram com participações ilustres de Caetano Veloso, Elba Ramalho, Moraes Moreira, Dominguinhos e Osvaldinho do Acordeon.
No início dos anos 90 o TRIO VIRGULINO recebeu convites para se apresentar em Universidades. O primeiro show foi realizado na Unicamp, o sucesso foi tão grande que receberam convites para se apresentar também na USP e na PUC. A cada dia o público universitário ia se tornando mais fiel, acompanhando todos os shows.
Foi assim que nasceu o "Forró Universitário" grande responsável pelo surgimento de bandas como: Falamansa, Bicho de Pé e Rastapé. Na época seus integrantes eram universitários que curtiam os shows do TRIO VIRGULINO. Não é toa que hoje o TRIO VIRGULINO é padrinho destas bandas. Com o reconhecimento do público e das casas especializadas neste segmento o TRIO VIRGULINO gravou mais dois trabalhos: "Forró e Paixão (1998)" e "O Beijo que você me deu (1999)".
Com o estouro o TRIO VIRGULINO pôde levar o melhor da nossa música para a França, EUA, Inglaterra e Espanha, despertando assim a atenção da Gravadora Deck Disck - Abril Music, que os contratou e lançou em Junho de 2001 "Coração Feliz" , produzido por João Augusto com participações especiais de Falamansa e Dominguinhos. Retratando de forma clara a alegria e espontaneidade desses três pernambucanos que conquistaram o Brasil.
Em terras estrangeiras o sucesso continua !!! As últimas apresentações aconteceram em Maio/03, na Inglaterra, Espanha e Portugal.
O TRIO VIRGULINO se prepara para gravar seu sexto trabalho, que trará várias composições próprias e participações especiais. O lançamento está previsto para o final do mês de maio. (Fonte: PMC)

Caraguá gera empregos temporários
Mais de 250 pessoas foram empregadas com as vagas disponíveis no PAT.

Caraguatatuba - O PAT (Posto de Atendimento ao Trabalhador) de Caraguatatuba, em parceria com a prefeitura empregou mais de 250 pessoas durante o mês de dezembro. A expectativa é que este ano o número de pessoas empregadas, durante a temporada, seja maior que a do ano passado, quando foram empregadas mais de 700 pessoas no período de dezembro de 2003 a março de 2004. ?
Para a assistente social da Secretaria de Assistência Social, Rita de Cássia de Moraes Canudo, a maior dificuldade para o preenchimento das vagas solicitadas pelos empresários é a falta de qualificação dos candidatos.
"O nosso maior problema é atender o perfil que o empregador solicita em relação aos quesitos escolaridade e experiência profissional", declarou Rita.
Segundo ela, todos os candidatos com os requisitos solicitados pelos empregadores já estão trabalhando.
Hoje, o PAT conta com vagas para diversas áreas de atuação. Os interessados devem procurar o posto de atendimento que fica na rua Taubaté, 520, bairro Sumaré, para fazer sua inscrição. Para as vagas disponíveis os interessados devem ir ao local ou entrar em contato pelo telefone 3882-5211.
Segue relação das vagas disponíveis no PAT: Chapeiro, Copeiro, Churrasqueiro, Cozinheiro geral, Ajudante de Cozinha, Pizzaiolo, Garçom, Garçonete, Motociclista – com moto para entregas, Vendedor Externo, Promotor de vendas, Salgadeiro, Motorista de caminhão, Padeiro, Zelador, Montador, Vigilante, Serralheiro, Recepcionista, Segurança, Açougueiro, Faxineiro, Repositor de mercadorias. (Fonte: PMC)

Futebol de areia e vôlei animam moradores e turistas em Caraguá

Caraguatatuba - A secretaria de Esportes prepara uma série de atividades recreativas para animar as férias de moradores e turistas. Descontração não faltará. Pela orla do município, serão realizadas aulas de futebol de areia e vôlei de praia nos períodos da manhã e tarde.
A recreação será comandada por professores e estagiários de Educação Física. A ficha de inscrição pode ser retirada na sede da secretaria até a próxima sexta-feira. O projeto termina no dia 29 de janeiro.
Os interessados podem participar indo até os quiosques 32, e entre o 35 e 36 na praia do Indaiá, no centro. Ainda na região central, ao lado da pista de Bicicross, também está programado um torneio de futebol de areia livre. As aulas acontecerão, no 35, todas as quartas e sábados das 9h00 às 13h00 e das 15h00 às 18h00. Já no quiosque 32, onde ocorrerá o torneio, o horário da tarde é reduzido em uma hora – das 14h00 às 18h00. De manhã, neste local, a recreação também está marcada das 9h00 às 13h00.
De acordo com Renato Leite, diretor da divisão de recreação e lazer, o torneio de futebol está dividido por categorias. Ele explica que na mirim masculino podem se inscrever crianças de 13 e 14 anos, nascidos entre 1991 e 1992. Pela infantil masculino e feminino, Leite diz que os jogos são destinados a jovens de 15 e 16 anos. Neste caso, os participantes devem ser de 1989 e 1990.
Já a categoria livre, diz ele, é destinada para homens e mulheres a partir de 17 anos. O conselho arbitral se reúne nesta sexta-feira, às 18h00, para realizar o sorteio das chaves e equipes que irão compor a tabela de jogos.
Núcleos - Os núcleos esportivos também realizam atividades especiais neste período de férias. Vinte e seis monitores da secretaria estarão a postos para auxiliar os participantes, nas unidades do Perequê–Mirim, Barranco Alto, Morro do Algodão, Poiares, Tinga, Olaria e Massaguaçu. Para natação, a recreação será na piscina do Centro Municipal Ubaldo Gonçalves. Tudo acontece de segunda a sábado, das 8h00 às 12h00 e das 14h00 às 18h00.
A prefeitura informou ainda que no Centro Integrado de Atendimento Sócio Educativo (Ciase), do Travessão, também está com atividades nas férias. 20 funcionários coordenarão os projetos. Aulas de ginástica, voleibol, basquete, futebol de salão, bocha e futebol de campo para crianças, adolescentes e adultos serão oferecidas este mês na região sul da cidade. O horário é das 8h00 às 17h00 de segunda a sábado e das 9h00 às 16h00, aos domingos. (Fonte: Imprensa Livre)

Correnteza misteriosa arrasta as fazendas marinhas da Cocanha

Caraguatatuba - Uma forte correnteza que passou a 600 metros da praia da Cocanha, Costa Norte de Caraguá, na madrugada do dia 27, arrastou os 30 long lines (cordas resistentes que sustentam as bóias com os mariscos) usados para a prática da maricultura. As estruturas foram levadas por 100 metros em direção ao continente.
O que mais impressionou os maricultores foi o fato do mar ter permanecido calmo na última semana. “Não entendo o que aconteceu. Penso até na possibilidade dos Tsunamis da Ásia terem interferido nas correntes marítimas daqui”, afirma o principal produtor da Cocanha, José Luís Alves.
O seu prejuízo foi de R$ 2 mil. “Além dos gastos que vou ter para arrumar tudo, também deixei de ganhar dinheiro. Muitas pessoas me procuram para comprar mariscos e eu não tenho para oferecer”, disse. O maricultor Wilson Marcondes também contabilizou seu prejuízo. “Nunca vi nada parecido por aqui. Como tenho um long line, calculo em R$500”.
As fazendas marinhas são sustentadas por poitas que pesam 700 quilos e funcionam como âncoras, que mantém as estruturas presas no fundo do mar.
A professora e pesquisadora do Instituto Oceanográfico da USP (Universidade de Saão Paulo) de São Paulo, Ilana Wainer, esclareceu que não existe relação entre o fenômeno ocorrido na Ásia com o deslocamento das fazendas marinhas da Cocanha.
“A possibilidade é mínima. As correntes de maré são causadas pelo vento. A relação com a Ásia é muito indireta. Alguma interferência até pode ocorrer no Oceano Pacífico, através dos fortes ventos do Índico”, comentou.
O oceanógrafo e pesquisador Gabriel Clauzet explicou que qualquer alteração nas correntes marítimas ocorridas na Ásia iria parar na costa da África. Clauzet afirmou também que é possível uma forte rajada de vento proporcionar uma correnteza e não refletir no tamanho das ondas. “Os pescadores podem ter se confundido.
Não é porque as ondas não estavam grandes que o mar não apresentava fortes correntes”. O oceanógrafo explicou ainda as diferenças entre maremoto e Tsunami. “Os Tsunamis são causados pelos abalos sísmicos das placas tectônicas. Já o maremoto é conseqüência da instabilidade do clima, de ciclones ou chuvas intensas”, finalizou.
O trabalho de reestruturação do cultivo das fazendas marinhas é árduo e consiste em desembaraçar e esticar os long lines, resgatar as poitas e colocá-las de volta no local de origem. (Fonte: Imprensa Livre)

Programa Ação Litoral

Notícias de Ilhabela Topo

Vulcano Sailing Shop

Hoteleiro alemão é morto em Ilhabela
Vítima foi atingida com tiro no abdômen dentro de sua pousada; polícia suspeita de latrocínio ou crime passional

Ilhabela - O comerciante Bodo Rudiger Reuschemberg, 65 anos, foi encontrado morto no início da madrugada de ontem em sua pousada, no bairro do Itaquanduba, em Ilhabela. Familiares da vítima, que residem na Alemanha, chegam hoje à cidade para acompanhar as investigações.
O crime teria ocorrido por volta da 1h. Hóspedes da pousada acionaram a Polícia Militar logo após ouvirem um tiro e gritos de socorro. Reuschemberg foi encontrado caído com um tiro no abdômen, sem vida, em frente a um dos chalés da pousada.
A PM localizou um capuz e identificou marcas de sangue nas paredes do chalé. Em um terreno ao lado, foram encontrados um capuz, uma bolsa e um moleton de cor azul.
O hóspede M.P.F, de São José, disse à polícia que ouviu o disparo e em seguida gritos.
O delegado Vanderlei Pagliarini de Almeida Filho não foi localizado ontem para comentar o crime. Ele estaria em diligências em busca de informações sobre o crime.
O delegado seccional do Litoral Norte, João Barbosa Filho, informou que a polícia trabalha com a possibilidade de Reuschemberg ter sido morto ao reagir a um assalto. Há também a hipótese de crime passional.
Segundo ele, nada teria sido roubado. "A polícia localizou R$ 571 no chalé e não constatou nenhum objeto furtado", disse.
Segundo ele, o comerciante vivia sozinho em Ilhabela e era uma pessoa reservada. A polícia checou ontem as agências bancárias da ilha para saber se o comerciante havia feito alguma retirada na terça-feira.
INSEGURANÇA - O presidente da Associação Comercial, Marcelo Carlos, disse que o crime preocupa. "Ilhabela sempre foi um local bastante tranquilo", afirmou.
O presidente do Conseg (Conselho Comunitário de Segurança), Wolf Schauder Lindmayer, disse que em dezembro enviou ofício às autoridades cobrando o aumento do efetivo policial, mas que até agora não recebeu resposta.
Uma das propostas é implantar sistema de monitoramento por câmeras. As seis câmeras instaladas na ilha pela prefeitura foram desativadas em setembro.
O secretário de Administração, Norberto Batista, informou que as câmeras foram retiradas para manutenção. Segundo ele, a empresa responsável até hoje não fez os reparos. (Fonte: ValeParaibano)

Manoel Marcos anuncia calendário comemorativo aos 200 anos de Ilhabela

Ilhabela - O prefeito Manoel Marcos (PTB) iniciou as comemorações do bicentenário do município com um pré-calendário de eventos, contendo diversas exposições, gincanas, atividades de Ecoturismo, entre outras. O anúncio foi o primeiro ato oficial do chefe do Executivo em sua segunda gestão.
Segundo ele, “o respeito ao passado é fundamental na condução para o futuro”. O prefeito também destaca que o bicentenário de Ilhabela “é uma oportunidade ímpar para lembrar a importância da preservação do nosso patrimônio histórico e ambiental”. Manoel Marcos também mostrou a toda a imprensa um selo comemorativo contendo a data de todas as comemorações do município.
A partir de amanhã, no aquário municipal, acontecem uma gincana, oficina e teatro. Já no dia 20, o “Ecoverão” Ilhabela promoverá passeios em trilhas e exposição de folders explicativos com o selo do bicentenário fixadas em diversas localidades do município.
Ainda em janeiro ocorre uma gincana com exposição do Greenpeace (entidade não-governamental interna-cional de preservação ambiental). No dia 22, haverá também uma tenda no centro da cidade (Vila) com workshops de artes para crian-ças com atividades temati-zadas com a história de Ilhabela. Serão expostos trabalhos de revistas em quadrinhos, material de desenho, pranchas de atividades, entre outros.
Na segunda quinzena de janeiro serão realizadas as festividades da “Festa da Padroeira” com a distribuição de folhetos com o selo “Ilhabela 200 anos” na Igreja Matriz Nossa Senhora D’Ajuda e também na Rua Dr. Carvalho. O evento será aberto a todos, como shows, quermesses e programação litúrgica. No dia 2 de fevereiro encerram-se as festividades.
Ecoturismo e Projetos Culturais - A partir de amanhã acontece a Gincana Ecológica “Lixo Legal”, na Praça Roberto Fazzini (antigo campo de aviação). Já nos dias 15 e 16 terá início o projeto “Verão Limpo”, na praia do Perequê e Curral. No dia 20 de janeiro, aniversário do Parque Estadual de Ilhabela, acontece uma concentração na Av. Princesa Isabel, no bairro do Engenho D’água. Já no dia 3 de fevereiro, o evento “Integrar e Mobilizar” será realizado na praia do Perequê, em frente ao Hotel Pelicano.
Os projetos culturais que serão ainda inseridos no pré-calendário são oficinas de artesanato caiçara, brincadeiras e cantigas infantis, cartilhas de cultura, dança, artes plásticas, apresentação da orquestra popular de Ilhabela, entre outros. Mais informações podem ser obtidas pelos telefones (12) 3896-1747, na Fundação Cultural e (12) 3896-1091 (Secretaria de Turismo). (Fonte: Imprensa Livre)

Notícias de São Sebastião Topo

Litoral Virtual Superchic

Juan diz que PJ mentiu sobre déficit

São Sebastião - O prefeito Juan Manoel Pons Garcia afirmou ontem, em nota distribuída por sua assessoria, que o ex-prefeito Paulo Julião mentiu ao informar que a prefeitura foi entregue com um déficit de R$ 2 milhões. A declaração de Julião sobre a dívida deixada para a nova administração foi publicada ontem no Imprensa Livre. “O ex-prefeito continua mentindo”, declarou Juan Garcia.
Segundo o secretário municipal da Fazenda, Amin Nossabein, citado na nota, o ex-prefeito entregou a prefeitura com dívidas de curto prazo que somariam R$ 10.927.470,77, o que não inclui a dívida do FAPS (Fundo de Aposentadoria e Pensão do Servidor), que seria de R$ 17.511.793,77.
Além disso haveria uma dívida confessada junto ao INSS, FAPS, PASEP e Ministério da Fazenda de R$ 16.661.624,64 e um precatório (mandado de pagamento contra a prefeitura) de R$ 16.661.624,64.
A prefeitura teria um saldo bancário de R$ 3.281.187,14 insuficiente para pagar as dívidas vencidas. Além disso, as contas de 2004 ainda não foram fechadas e os valores podem sofrer alterações, destaca a nota.
Outro lado - No final da noite, por telefone, o ex-prefeito Paulo Julião disse que “déficit e dívida são coisas diferentes” e atribuiu o caso “à inexperiência deles com as contas públicas”. (Fonte: Imprensa Livre)

Rua da Praia voltará a ter mão-dupla na temporada de verão

São Sebastião - A Rua da Praia (foto ao lado), um dos principais pontos turísticos no Centro Histórico de São Sebastião, voltará a ter mão-dupla para veículos nesta temporada de verão. Este semana, pouco depois de sua posse, o prefeito Juan Manoel Pons Garcia determinou a abertura da área até então utilizada apenas como calçadão.
O local está fechado para o trânsito há pelo menos dez anos. Segundo a assessoria de imprensa da prefeitura, a área será aberta somente durante o dia, ou seja, à noite continuará como calçadão.
A escala de horário e a data para o funcionamento do novo sistema ainda não foram definidas pela Secretaria de Serviços Urbanos. O controle será feito pelo Detraf (Departamento de Tráfego).
Ontem, funcionários da prefeitura ainda trabalhavam no reparo de danos provocados pela retirada de bancos e postes de iluminação pública. A medida visa aliviar o trânsito, principalmente na temporada, e deve funcionar até a execução de um projeto de reurbanização da Rua da Praia.
Ontem à tarde, a reportagem do Imprensa Livre ouviu comerciantes locais. “Acho a idéia excelente e acredito que será bom para o comércio. Espero que a praça seja reformada, principalmente a iluminação, pois hoje a Rua da Praia fica na escuridão”, disse a empresária Ana Rocha, da Sorveteria Rocha.
O comerciante Reinaldo Vasquez, da Casa Esperança, também considera a iniciativa positiva. “Acredito que será bom. De repente movimenta mais a rua, pois deixa o acesso mais fácil para o comércio”, concluiu. (Fonte: Imprensa Livre)

Seis condenados da cadeia local vão para a penitenciária de Potim

São Sebastião - Seis condenados da cadeia pública local foram removidos na manhã de segunda-feira para a penitenciária de Potim. A transferência contou com um esquema de segurança da Polícia Civil.
Os presos, que não tiveram os nomes divulgados, são condenados em regime fechado nos crimes de assalto, tráfico de entorpecentes e homicídio.
Com a remoção, a cadeia, que tem capacidade para 60 pessoas, ficou com 130 presos e ainda mantém cinco condenados em regime semi-aberto.
Já Caraguatatuba, que com São Sebastião forma as únicas cadeias masculinas no Litoral Norte, estava ontem com 124 presos, para uma capacidade de 48. Nela há 11 condenados, sendo oito em regime fechado e três no semi-aberto. A maioria dos crimes é assalto.
A cadeia de Caragua-tatuba está interditada judi-cialmente em razão da precariedade estrutural do prédio e a de São Sebastião também passa pelo mesmo processo. Por esta razão é que autoridades locais viabilizam a construção de um CDP (Centro de Detenção Provisória) na região. (Fonte: Imprensa Livre)

Dez ficam feridos em acidentes no litoral

São Sebastião - Dez pessoas ficaram feridas em dois acidentes ocorridos desde a última terça-feira em São Sebastião. Segundo o Corpo de Bombeiros de Maresias, às 20h de ontem, um veículo de passeio caiu no rio próximo à ponte do bairro do Una e deixou três pessoas feridas. As vítimas, um casal e uma criança tiveram de ser socorridos por helicóptero da polícia. Elas foram levadas para o pronto-socorro da cidade. Outras sete pessoas ficaram feridas em um acidente no km 17, próximo ao bairro das Cigarras, na Rio-Santos, na noite de anteontem. (Fonte: ValeParaibano)

Notícias de Ubatuba Topo

Restaurante Solar das Águas Cantantes Mary´s Solar Bem Te Vi

Câmara convoca sessão para formalizar posse e eleição da mesa
O vereador Osmar de Souza - PFL - será empossado pela 3ª vez em menos de uma semana
 
Ubatuba - A Câmara Municipal de Ubatuba convocou para hoje, quinta-feira dia 6, os vereadores para uma sessão extraordinária que será realizada às 11 horas. A sessão tem como pauta a formalização e posse do vereador eleito Osmar de Souza (PFL) no cargo de vereador. Também será realizada a Eleição da Mesa para a Sessão Legislativa do Exercício de 2005.

Esta será a 3ª vez que o vereador Osmar de Souza é empossado em menos de uma semana, pois o mesmo já tomou posse em sessões realizadas nos dias 1 e 2 de janeiro, conforme matéria publicadas pelo Litoral Virtual em 03/01/2005.

Esta será também a segunda eleição da mesa, pois a primeira ocorreu em 02/01/2005, presidida pelo vereador Osmar de Souza, onde o vereador Jairo dos Santos (PT) foi eleito presidente da mesa, conforme apresentado em vídeo disponibilizado pelo Litoral Virtual em 03/01/2005 (Assista ao Vídeo).
 

    


Vereador Osmar empossa prefeito em 01/01/2005


Vereador Osmar empossado como presidente
elege mesa diretora em 02/01/2005

Prejuízo: carnês distribuídos em Ubatuba trazem IPTU sem reajuste

Ubatuba - Os carnês de IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) de Ubatuba começaram a ser distribuídos na terça-feira, dia 3, pelos Correios a todos os contribuintes. Os valores não foram reajustados porque o governo municipal anterior imprimiu os carnês sem a atualização de 12,27% correspondente à inflação do período.
Com o reajuste, a previsão de arrecadação totalizaria em R$ 49.542.338,67. Sem a atualização dos 12.27%, a previsão de receita deste imposto é de R$ 44.127.851,32, uma diferença de R$ 5.414.487,35. A perda pode ser ainda maior, considerando índice de inadimplência; em 2004, a média atingiu 28%.
Conforme informações da assessoria de imprensa do município, não será possível estabelecer legislação para reajustar o IPTU porque esta medida valeria somente para o exercício 2006. O jurídico da prefeitura continua avaliando o caso para algum tipo de providência.
Cota única - Para o pagamento do IPTU em cota única ou a primeira parcela o prazo é dia 15, sábado, mas pode ser pago até dia 17, segunda-feira. Quem não receber o carnê pode obter a segunda via pela Internet, no site www.ubatuba.sp.gov.br ou retirá-la no setor de Tributos da prefeitura após o dia 10, segunda-feira.
Os contribuintes que optarem pela cota única terão desconto de 10%. Para quem adota esta mesma medida desde 2001, o desconto é de 14%. Neste ano, foram emitidos cerca de 51 mil carnês em Ubatuba. (Fonte: Imprensa Livre)

Jovens são roubados à luz do dia nos bairros de Itaguá e Centro

Ubatuba - Dois jovens de 18 e 16 anos sofreram dois roubos distintos durante a segunda-feira nos bairros Itaguá e Centro. Eles foram rendidos quando caminhavam nas ruas.
O primeiro roubo foi por volta das 8h00, na avenida Milton de Holanda Maia e vitimou o estudante C.A.T.N., de 18 anos.
Ele contou à polícia que foi rendido por um desconhecido que, com violência, o obrigou a deitar no chão e fugiu levando documentos e dinheiro.
O segundo crime do dia aconteceu por volta das 15h00, na praça Nóbrega, no Centro. A vítima foi o office-boy M.A.S., de 16 anos, que estava a caminho do banco para fazer um depósito.
Um desconhecido, com cabelos grisalhos e cavanhaque, armado com revólver se aproximou, anunciou o roubo, levando os R$ 2,4 mil que seriam depositados. A Polícia Militar foi avisada nos dois casos, fazendo patrulhamento pelo bairro, mas sem localizar os suspeitos. (Fonte: Imprensa Livre)

“Capoeirando” começa hoje em Ubatuba
O Encontro Internacional de Capoeira inicia sua quinta edição no município

Ubatuba - Começa hoje, na Praia Dura, o “Capoeirando”, um congresso que traz para Ubatuba capoeiristas e mestres de diversos países. O evento oferece ao público, cursos para iniciantes e graduados, palestras, aulas de instrumentos, percussão, músicas, rodas na praia e treinamentos na mata.
O Congresso Internacional de Capoeira acontece todos os anos, nas cidades de Ubatuba (SP), Ilhéus (BA) e Arraial do Cabo (RJ). Em 2005, o “Capoeirando” conta com a participação de mestres como: Magrelo de Itabuna (BA), Cabelo, dos EUA, Quebrinha, de Taubaté e Lobão, de São José dos Campos.
A Prefeitura Municipal de Ubatuba, numa parceria entre a Secretaria de Esportes e Lazer e a Secretaria de Educação está apoiando a 5ª edição do evento no município. O encerramento do “Capoeirando” acontecerá no Tubão, no sábado às 20h e será marcado por uma apresentação de capoeira e malabares. Os mestres farão uma aula gratuita capoeira e percussão aberta à comunidade. Segundo o Mestre Quebrinha, o “Capoeirando” tem o objetivo de promover a integração entre capoeiristas e divulgar a arte da capoeira.”
As pessoas interessadas em participar do encontro podem entrar em contato com o grupo pelo telefone 3848-9456.  (Fonte: PMU)

Ação Litoral

Artigo Topo

O Turismo Sustentável Regional
Paulo de Tarso M. Marques

Uma afirmativa do presidente do CONELESTE – Conselho Pró Turismo do Cone Leste Paulista, o Dr. Ramón Castro Tourón, levou-me a refletir sobre a importância do turismo na região do Vale do Paraíba. Ele disse: “... nada nos falta para despontarmos como uma das regiões mais pródigas para o turismo. A não ser despertar!”.
Dias atrás participei de um Fórum regional, organizado em Pindamonhangaba por uma das escolas de turismo da região, no qual foi abordado apenas um dos aspectos que fazem o desenvolvimento do turismo sustentável, ainda que em um de seus segmentos mais significativos. Porém temos muito para mudar aqui dentro, abordando vários aspectos que privilegiem o turismo e o desenvolvimento local sustentável.
Sou apaixonado pela região, nossa gente e nossos costumes. Reconheço que temos um compromisso com o futuro, respeitando o passado e fazendo do presente um lugar preservado e sustentado, com carinho e orgulho. Considero-me suspeito para falar bem, porque nasci na Mantiqueira, moro no Vale e freqüento com regularidade cada uma das seis microrregiões aqui definidas, com roteiros próprios que preservam usos, costumes, tradições e meio ambiente.
O estado de São Paulo é, sem dúvidas, o maior emissor de turismo doméstico. Segundo levantamento da Secretaria de Ciência, Tecnologia, Desenvolvimento Econômico e Turismo, sai de São Paulo cerca de 70% dos turistas do Brasil. A explicação está no alto desenvolvimento do estado que ocupa lugar privilegiado na economia nacional, possibilitando que os paulistas e paulistanos contribuam para o aprimoramento dos destinos turísticos.
Considerando-se o elevado número de visitantes que passam pelas nossas cidades podemos entender a região como um dos mais importantes pólos receptivos de turismo, com aproximadamente 14 milhões de visitantes por ano.
Seguindo as orientações do Ministério do Turismo, o aprimoramento do turismo nos estados se dará através do incentivo à regionalização, beneficiando características e potencialidades de cada microrregião, preservando características e apelos próprios.
Então o turismo assume proporção de desenvolvimento econômico e torna-se realidade em um trabalho muito mais sério do que poderíamos imaginar, devendo ser encarado como oportunidade para geração de renda e emprego, bem como justificativa suficiente para melhorar a qualidade de vida das comunidades instaladas em diferentes destinos.
A partir do III Fórum Regional realizado em Campos do Jordão, em 1996, com o auxílio de alguns abnegados, o Vale do Paraíba despiu-se de suas vaidades e adotou um nome que vem sendo, desde então, trabalhado como o maior destino do turismo doméstico estadual. Adotou a identificação de Cone Leste Paulista, reunindo seis circuitos turísticos segundo suas vocações e potencialidades.
Aqui estão fixadas opções definitivas do turismo e, graças a ações governamentais, sob o comando do então governador Mário Covas, com a continuidade do trabalho do governador Geraldo Alckmin, a região desfruta de sistema viário dos melhores; as 16 estâncias receberam incentivos e equipamentos que as tornaram destinos dos mais eficientes para oferecer conforto e oportunidade de entretenimento e lazer a milhões de visitantes que anualmente passam por aqui; e, a iniciativa privada, acompanhando o desenvolvimento do turismo nas comunidades, preparou equipamentos de hospitalidade que nada deixam a desejar a outros centros de recepção de turistas.
É evidente que o mercado turístico no Brasil passa a não ser coisa para amadores e a não comportar mais experiências, exigindo profissionalismo.
Os esforços despendidos pela Secretaria de Turismo, junto às prefeituras e órgãos municipais, com a boa conivência do SEBRAE, do SENAC e mais recentemente do SENAI, começam a apresentar frutos e a capacitar melhor o turismo receptivo na região.
Um bom exemplo é a estância de Bananal, onde a população resolveu assumir simpatia e hospitalidade para bem receber visitantes e transformou a pacata cidade em referência do turismo, inclusive com aproveitamento das históricas fazendas do tempo do Brasil Império. Leva junto, ao progresso, as antigas “cidades mortas” do Fundo do Vale, na serra da Bocaina, como eram referenciadas por Monteiro Lobato. Hoje, com orgulho, formam o Vale Histórico, preservando história, cultura e meio ambiente, além de oferecer oportunidades, sem discriminações, para o aprimoramento do turismo receptivo, respeitando características de cada cidade.
A Costa Verde Paulista, o mais bonito litoral do Brasil, dá demonstrações de civilidade quando une esforços para divulgação do circuito turístico utilizando recursos de todas as cidades. Com o advento dos atentados terroristas, que causaram estragos no turismo mundial, a procura pelo litoral norte aumentou em 25%, atingindo cerca de 3,5 milhões de visitantes na temporada 2002/2003, número que vem aumentando e nesta temporada atingiu recorde ainda não registrado.
E a regionalização não para por aí. Novas estratégias estão sendo testadas no Alto Paraíba, capitaneadas pelo interesse de São Luís do Paraitinga em liderar o turismo cultural, possibilitando visitas aos casarões coloniais preservados pelo patrimônio, passando pelo respeito às tradições folclóricas e musicais, até encontrar-se com o turismo de aventura, privilegiado pelos cuidados com o meio ambiente, adotados a partir do Núcleo Santa Virgínia, do Instituto Florestal.
Nesta microrregião encontram-se também os esforços de Paraibuna e o aprimoramento do turismo local, com o envolvimento da comunidade e as outras cidades lindeiras à represa, onde os momentos de lazer se fazem com o exercício de turismo náutico e lacustre.
Destaque-se o esforço das cidades da Serra da Mantiqueira em se posicionar como eficiente região para abrigar turismo, incentivando a implantação do Convention Bureau regional, para incrementar utilização especialmente fora da temporada.
O Cone Leste Paulista, que conta com as bênçãos da padroeira do Brasil, começa a despertar para o turismo. Começa a tomar consciência da sua importância para o desenvolvimento e aprimoramento do turismo domestico, tanto no estado de São Paulo como no Brasil.
Conta com opções que vão desde o turismo tecnológico, que motiva mais de 600 visitantes por semana a conhecerem o desenvolvimento da indústria e de áreas de pesquisas de ponta, ao turismo caboclo, que privilegia cidades que prestigiam tradições como o tropeiro, a gastronomia e as festas folclóricas.
A melhor expressão destas manifestações acontece durante o Revelando São Paulo – Vale do Paraíba, realizado pela Secretaria de Cultura, a cada ano, nos meses de julho, em São José dos Campos, mostrando toda a riqueza cultural da região.
Mas é preciso discutir os melhores caminhos do turismo. As cidades mudaram. Algumas administrações mudaram. A economia mudou e parece que para melhor.
Só não muda a coragem dessa gente e a disposição de ser hospitaleira, aprendendo a respeitar a cultura e o passado, desenvolvendo o turismo.
Basta continuar a despertar para enfrentar o futuro.
Desperta para o futuro... Vale.

Paulo de Tarso M. Marques
Delegado Regional de Turismo

Opinião Topo

Vocação para o barraco
Jorge Lee

Antes de fazer qualquer comentário sobre os últimos acontecimentos em nossa famosa cidade, peço a Deus que ilumine meus pensamentos e meu coração para ser justo e sincero e para não ser demagogo e hipócrita. Digo nossa “famosa cidade”, pois ela é, cada vez mais, motivo de notícias por toda a mídia. Em um momento é a casa do apresentador Clodovil que já virou banalidade na imprensa, em outro momento é a nova Administração Municipal que virou vidraça, depois a Câmara Municipal que, por meio de alguns dos seus membros, transformou o dia de posse de todos os políticos da cidade em um “forrobodó”.
São temas que não acabam mais para os jornalistas da imprensa marrom, que esperam por fatos como os que estamos tendo que engolir todos os dias. Que bom seria se todos se lembrassem o quanto Ubatuba perde cada vez que tais fatos são expostos na mídia em nível nacional. Já não basta a cidade fétida, suja, desorganizada e dominada pelo tráfico de drogas? Não. Ainda não estamos satisfeitos. É preciso denegrir também a imagem das instituições que comandam o destino do município. Este que vos escreve é somente um cidadão que, por aprender com lições do passado, não tem conta bancária, não possui cartões de crédito e só faz compras relevantes à vista. Mas o que isso tem a ver com os problemas da cidade? Digamos que a simplicidade é o caminho. Porque nossos desejos são sempre maiores que nossas possibilidades? Nossos dirigentes sabem que não podem ir além de X e querem Y. Se conseguirmos arroz com feijão neste primeiro ano de nova administração municipal, já estaremos dando um passo gigantesco. Infelizmente, tem gente querendo feijoada completa e caipirinha de vodka e alguns querendo azedar tudo. Nesse caldeirão de vaidades que estão sempre acima dos interesses coletivos, há muitas colheres tortas que não contribuem em nada para o nosso progresso.

O paradigma desta semana é: Temos vocação para o barraco. E agora?

E agora José?
Tentamos sair do lamaçal ou jogamos mais barro e água para continuarmos lutando na imundice?
Os cidadãos de bem têm a obrigação de cobrar das pessoas públicas o mínimo de dignidade, pelo menos com relação à nossa Ubatuba que já está muito e muito degradada. Ser uma pessoa pública é antes de tudo se comprometer em ser exemplo. Não adianta nada ser religioso, mostrar fé em Deus, em Jesus, em Buda, na natureza e cometer atos no mínimo contraditórios com o que se prega. Um grande amigo meu, que trabalha com eventos turísticos, educativos e culturais para jovens sempre me diz: _ Quando eu quero conhecer um monitor da minha equipe, eu vou conhecer a família dele. É isso. Berço, criação e educação. Ainda há tempo para resgatar Ubatuba na concepção da palavra. Mas o exemplo tem que vir de cima. Tomemos cuidado, pois nem sempre o que vem de cima é um bom exemplo a ser seguido. Perdoem-me os que acreditam que o “barraco” está formado. Há muita gente de bem que quer ver Ubatuba – Capital do Surf na crista da onda. Enquanto um maremoto de verdade arrasa o outro lado do mundo, Ubatuba sofre com sua tempestade em copo d’água criada por pessoas que não conseguem enxergar além do próprio umbigo.

Jorge Lee
Consultor de Planejamento de Vida,
Entusiasmo e Motivação

Carta do Leitor Topo

O recado foi dado - É digno de anotação a manifestação do educador Corsino Aliste Mesquita, ao entregar o cargo de Secretário da Educação da Prefeitura de Ubatuba. Quem conhece o Corsino entendeu perfeitamente o recado que deixou ontem nas páginas deste conceituado informativo eletrônico.
Magoado com a atitude de seu sucessor, deixa transparecer, na sua melhor forma de se comunicar pela imprensa, o que virá por aí. E querem saber de uma coisa, não vem coisa miúda. Língua afiada, raciocínio rápido, pena mais rápida ainda, Corsino irá infernizar a vida de seu sucessor, ou sucessora, disso não tenham a menor dúvida.
Está dado o recado. Andem exatamente em cima da linha para evitar maiores aborrecimentos, que não deverão ser poucos.

Herbert Marques
Ubatuba, SP


Resgate Ubatuba é um slogan sério ou uma frase de campanha? - Mas o que nos parece é uma Piada!!! Como tantas que ja ouvimos falar, parece que sim, pois o primeiro parecer do nosso Ilustrissimo Senhor Prefeito, foi a favor de poucos em detrimento de muitos.
Se assim continuar estaremos como sempre sem uma expectativa de um futuro melhor como Estância Balnearia de Alto Nível.
Ja perdemos tantos Investimentos em favor de poucos.
Até quando permaneceremos como uma Estância de segundo plano.Até quando seremos o Bairro De CARAGUATATUBA.
Quando teremos Praias com bom acesso?
Quando teremos Praias sem Borrachudos?
Quando teremos Ruas sem Buracos?
Quando teremos boa Saúde?
Quando teremos Escolas de Alto Nível?
Quando Teremos Grandes Investimentos?
Até quando seremos Cidade de Fim de linha?
Até quando Senhor Prefeito?
Quem tem poder maior aqui nesta Cidade,é (6) meia dúzias de comerciantes,
ou Promotora, ou o Senhor Prefeito?
RESGATE UBATUBA É SÉRIO, OU MAIS UMA FRASE DITA EM PALANQUE.
Acreditamos numa administração para todos e não para poucos.
Senhor Prefeito Resgate Ubatuba.

Eneias Amaro
Corretor
Ubatuba, SP


Acesso Via Aeroporto - É impossível de compreender que Ubatuba irá passar durante sua temporada de trânsito mais intenso, sem utilizar o acesso recém construído, em função de meia dúzia de estabelecimentos comerciais.
Isso quer dizer que todos os turistas e moradores de Ubatuba, percorrerão um percurso maior, com buracos e trânsito intenso, durante 3 meses, porque alguns comerciantes (uma minoria), teme uma pequena queda nas vendas.
Hummmmm,....não estamos começando bem...

Roberto Russo
Ubatuba, SP


Tumulto na Posse - Assim como João Pessoa, que colocou sua carta dia 04/01, muita gente não entendeu o que aconteceu na posse dos Vereadores, Prefeito e Vice Prefeito de Ubatuba. Mas eu participei de tudo e sabendo o que e porque estava ali e digo: aquilo foi o MAIOR ATO DE DEMOCRACIA QUE UBATUBA JÁ VIVEU.
Vou contar, tudo começou no dia seguinte da eleição, DISPUTA PELA PRESIDÊNCIA DA CÂMARA, foi indicado Dr. Ricardo pelos vereadores Biguá, Charles e Marquinhos e o Jairo pelos vereadores Osmar, Edilsom, Luciana, Mico e Claudinho, então é evidente que o Jairo ganharia a Presidência, foi ai que começou a confusão de tentarem validar os votos do Julião (que teria sido caçado por estar coligado em dois partidos), nesta tentativa conseguiram uma liminar e no dia da diplomação o Claudinho sem saber de nada, esperava seu diploma, além de não ser diplomado, um outro foi diplomado, foi uma falta de respeito, mas esse também não pode tomar posse para dar voto ao Dr. Ricardo.
O pior veio depois, ameaças por telefone, tanto que os seis vereadores se viram obrigados a se refugiarem todos juntos e com suas famílias em um local seguro desde o dia 30/12 só saíram de lá dia 01/01 para a posse (sou testemunha disso, estive lá e fotografei).
Outra surpresa foi não dar a posse ao Osmar, assim sem o voto do Claudino que não foi diplomado e Osmar sem ser empossado, seriam 4x4 e eles por tempo de casa ficariam com a Presidência da Câmara.
É ISSO QUE NÃO PODE MAIS, esse pessoal que se acha dono de tudo, que tudo pode, que faz o que quer e dali não quer sair mais, nunca mais, quer o poder para sempre sem que possamos fazer nem exigir nada, porque se reclamarmos vamos parar na delegacia e na Vara Criminal assim como eu fui, esse pessoal que quer nos calar a qualquer custo, ISSO NÃO PODE MAIS ACONTECER, TEM QUE ACABAR, UBATUBA TEM QUE MUDAR.
Muito mais eu sei, não posso dizer aqui, porque na verdade não existe a liberdade de livre expressão, procurem saber quem é que estaria por traz deles, quem seria o Diretor Geral da Câmara, se o Dr. Ricardo fosse o Presidente, ai vocês vão dar razão a toda aquela manifestação, pois o povo já não agüenta mais essa troca de cargos entre os mesmos, mudam de lugar mas não querem sair nunca.
Acho que agora já esclareci ao João Pessoa, a diferença que faria se a posse do Osmar não fosse tumultuada daquela forma, na eleição para o presidente, esse um voto faria muita diferença para Ubatuba.
Gostaria de estar parabenizando o Domingos Vice-Prefeito e Eduardo Cezar Prefeito, pois quando o Biguá os chamava para serem empossados e dar continuidade a sessão, o povo gritava que não, que não poderia prosseguir a sessão sem o Osmar, eles olharam para todos, ouviram os nossos pedidos e sentaram-se, não foram tomar a posse.
É ISSO QUE PRECISAMOS, UM PREFEITO E UMA CÂMARA DE VEREADORES QUE OUÇAM O CLAMOR DO POVO É ASSIM QUE UBATUBA SERÁ RESGATADO.
Também quero contar que o Marquinho Tio Sam, está vindo juntar-se a nós, muito obrigado Marquinho, você fez a escolha certa.
Espero que ninguém mais sofra ameaças, porque nós estaremos lá, em todas as sessões e para tudo que precisar.
AQUELE ATO NÃO FOI DE VANDALISMO, MAS SIM DE DEMOCRACIA, FOI UM MARCO NA HISTÓRIA DE UBATUBA., FOMOS SIM TODOS EM PASSEATA DA CÃMARA PARA A DELEGACIA E IREMOS QUANTAS VEZES FOR NECESSÁRIA, SÓ ASSIM HAVERÁ MUDANÇA.
O Povo Unido, Jamais Será Vencido!

Bel Dergham
Sertão da Quina
Ubatuba, SP


Lá e cá - Planejar é o meio e a maneira mais rápida, coerente, correta e certa de chegar-se a um objetivo. Sem planejamento, estamos na rota do caos. Há uns 15 anos fui presenteado com um pequeno livro “criando o paraíso” que mostrava uma síntese da “idealização” da Zona Hoteleira de Cancun- México. Algumas fotos do “antes” mostram claramente que o resultado final do trabalho só foi possível com muito planejamento dos idealizadores, legisladores, arquitetos, ambientalista, urbanistas e paisagistas. Com certeza na direção dos grupos de trabalho não havia lugar para “amadores” mesmo os de boa ou maior vontade. Definido o público que se pretendia atingir, a definição das ocupações proporcionais dos espaços, progressivamente, de acordo com o crescimento do empreendimento, foi uma realidade.
Estudaram-se as necessidades (todas) dos usuários de modo que os serviços disponíveis fossem o suficiente para atende-los satisfatoriamente. Assim, houve um equilíbrio na concorrência dos serviços oferecidos. Ou seja, não haveria dois Mac Donald, onde houvesse “mercado” apenas para um. Idem para as demais atividades, sem perder a variedade nas “ofertas”. Assim, também não se construiu hotéis enquanto não houvesse uma infraestrutura adequada de serviços para atender os clientes deste meio de hospedagem. Idem para todos as atividades econômicas envolvidas.
Equilíbrio. Concorrência sim, mas equilibrada. Esta pequena e simples decisão fomentou o interesse dos investidores que se sentiram seguros quanto à aplicação de seus recursos. Para não me alongar, o resultado para quem conhece, foi surpreendente. Ali foi construído um verdadeiro DESTINO TURÍSTICO. A cidade (Cancun, fora da Zona Hoteleira), uma São José dos Campos, acabou sendo obrigada ao longo dos anos a seguir e entrar no “ritmo” da organização urbana.
O nosso crescimento é desordenado. A ocupação dos espaços sem planejamento mostra claramente que estamos a porta do caos urbano. Vide vilas, becos e ruelas Para o caos também a proteção e preservação ambiental no seu mais amplo sentido. A paisagem urbana e a natural, duramente agredida por ações insensatas e inconseqüentes, tornam uma verdade que qualquer investimento de maior porte virá “somar” ao caos que se instala. Logo, os órgãos oficiais, principalmente os ambientais, são prontos aos “pareceres” negativos.
Fogem os investidores para outros DESTINOS. Circulo vicioso. O crescimento demográfico (o mais alto de qualquer região do Brasil) não se acanha. Parece que quanto pior e mais difícil melhor. Junto com o crescimento demográfico, as necessidades da população. Serviços públicos, emprego, moradia (em um município com 80% de área de preservação) emprego, educação e saúde. Tudo a ser “bancado” pelo tal do IPTU. Nada de “fermento” apenas mais e mais fatias do mesmo “pão”. A permanecer essa toada, qualquer vidente adivinha nosso destino.
Artigo publicado em 04/10/2002.

Ronaldo Dias
Ubatuba, SP

Foto do Dia Topo

Para participar desta seção basta enviar as fotos com crédito do autor e legenda, no tamanho mínimo de 1024 x 768 pixels com resolução de 72dpi para fotododia@litoralvirtual.com.br
O envio de foto caracteriza autorizada a sua publicação e identifica o remetente como autor.

Ubatuba-SP

PEIA - Alexandre Antonakis


Ruínas Ilha Anchieta
©Alexandre Antonakis


Para instalar a foto como papel de parede (wallpaper)
Clique na foto acima. Após carregar a foto ampliada, clique com o botão direito do mouse sobre a imagem e escolha "Definir como papel de parede" ou "Definir como fundo de tela". Para ajustar a imagem em tela cheia, clique em qualquer lugar da área de trabalho com o botão direito do mouse, escolha "Propriedades" / "Fundo de Tela" ou "Papel de Parede" / "Ampliar".

Arquivos:  Foto Saudade  -  Foto do Dia

 Faça seu comentário, crítica, opinião ou sugestão no Litoral Virtual:
Clique Aqui


As notícias, fotos e cartas publicadas neste boletim são de inteira responsabilidade de suas fontes e autores,
não expressando necessariamente a opinião deste informativo. O envio de qualquer material para nosso e-mail
será considerado como autorizado a sua publicação e assumida a total responsabilidade pelo seu conteúdo.
As cartas devem conter nome completo, RG, endereço, telefone de contato e um e-mail válido.
Reservamos o direito de não publicar cartas que não contenham a devida  identificação do autor.

Editor Chefe: Emilio Campi
Editora Assistente: Jullyany Roberta Cruz


GRÁTIS!!
Receba as Últimas Notícias do Litoral em seu e-mail:

Quero receber GRATUITAMENTE o boletim Últimas Notícias do Litoral:

e-mail:
Cidade:



Obs.: Você poderá cancelar o recebimento das notícias a qualquer momento.

Conheça as cidades do Litoral Norte Paulista:

Caraguatatuba Ilhabela São Sebastião Ubatuba

Litoral Virtual
O mais completo site do Litoral Norte Paulista na Internet
Sugestões, críticas e informações, entre em contato:
info@litoralvirtual.com.br

©1995/2001 Emilio Campi - Studio Maranduba - Direitos Reservados
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem a expressa autorização do autor