Litoral Virtual últimas notícias do litoral
Segunda-feira, 14 de fevereiro de 2005 - Nº 1218 Edições Anteriores

Litoral Virtual Albatroz

Região
Litoral quer municipalizar Rio-Santos
Moradores aprovam a iniciativa
Rais diz que aguarda proposta
Litoral Norte terá consórcio de vereadores
Prefeituras de Ubatuba e Ilhabela podem receber unidade do Corpo de Bombeiros
Campeãs recebem troféus no litoral

Caraguatatuba
Câmara de Caraguá dá cheque sem fundo
Vereador não comenta devolução
Caraguá planeja enviar lixo para o Vale
Balanço da temporada de verão reúne autoridades em coletiva de imprensa
Regata de Vela Oceânica em Caraguá
Turista aponta o pior e o melhor do verão

Ilhabela
Vereadora Nanci recebe visita das mulheres do Circulo de Oração
Luiz Lobo vai à Fernando de Noronha conhecer procedimentos da Taxa Ambiental
Ilhabela usa PPP para centro de conveções

São Sebastião
Fundo Social sorteia bicicleta para usuários de estacionamento
Área de risco motiva pedido por moradias
Caminhão de incêndio do Corpo de Bombeiros é alvo de discussão na Câmara

Ubatuba
Setur faz balanço do carnaval 2005
Casal invade gabinete do prefeito e faz ameaças a funcionários
Aterro Sanitário volta a operar normalmente
Ubatuba participa de discussões sobre educação no Estado
Secretaria de Esporte chama alunos para renovação de matriculas
Atenção, pais de alunos das Emeis Estufa II e Centro
Prefeito visita Corcovado e garante melhorias
“Ação Ambiental” encerra temporada com o plantio de mudas nativas na Praia Grande
Prefeitura sedia reunião sobre gerenciamento costeiro
Parceria leva alimentos à Comunidade Emaús
Fundart abre inscrições para cursos de 2005
Região Sul pode ter mais um posto de saúde

Seções
Artigo
Opinião
Carta do Leitor
Foto do Dia


Notícias da Região Topo

Litoral quer municipalizar Rio-Santos
Objetivo é aumentar a segurança dos pedestres e garantir acessos aos bairros das cidades pelas vias estaduais

Litoral Norte - As prefeituras de Caraguá, São Sebastião e Ilhabela querem municipalizar os trechos das rodovias estaduais que cortam os municípios com o objetivo de aumentar a segurança dos pedestres e garantir acessos aos bairros.
A medida passou a ser objeto de análise das administrações municipais depois que os moradores criticaram as obras de melhorias na rodovia Rio-Santos, executadas pelo governo estadual.
Segundo as associações de bairros, as obras beneficiam apenas os turistas, prejudicando os moradores e o comércio à margem da estrada. Alguns bairros cobram medidas de segurança na Justiça, como é o caso da ação movida por moradores de quatro bairros de Caraguá.
Pressionado pelos moradores, o prefeito de Caraguá, José Pereira Aguilar (PSDB) foi um dos primeiros a aderir à proposta de transferir para o município os trechos da rodovia Rio-Santos.
Segundo Aguilar, as obras em execução na rodovia não favorecem os moradores e principalmente os pedestres.
"Vamos municipalizar dois trechos da rodovia, nas regiões norte e sul", afirmou o prefeito.
Ele disse que, após passar os trechos para responsabilidade da prefeitura, pretende implantar contornos e lombadas eletrônicas para beneficiar os moradores dos bairros.
Aguilar pretende ainda colocar agentes de trânsito e dois carros de resgate nos trechos em que pretende municipalizar.
O prefeito quer municipalizar o trecho entre os bairros do Sumaré e Cidade Jardim, na região norte e entre os bairros do Golfinho e Porto Novo, na região sul.
SÃO SEBASTIÃO - O prefeito de São Sebastião, Juan Pons Garcia (PPS), afirmou que vai tentar fazer um convênio com o DER (Departamento de Estradas de Rodagem) para implantar equipamentos de segurança nos trechos da Rio-Santos entre Boiçucanga e Camburi, na costa sul, e no trecho entre o Canto do Mar e Enseada, na costa norte.
"A rodovia corta os bairros, levando muito risco aos moradores. Se não for possível o convênio com o DER, vou tentar municipalizar esses trechos para que a prefeitura possa ampliar a segurança aos moradores", afirmou.
ILHABELA - Em Ilhabela, o prefeito Manuel Marcos de Jesus Ferreira (PTB), se reúne no dia 15 com representantes do comércio, hotelaria e associação de bairros para discutir a municipalização da rodovia SP-131, que liga o norte ao sul da ilha.
Segundo Ferreira, a ilha tem uma frota de 3.000 carros, mas na temporada, recebe cerca de 13 mil veículos. "Como temos apenas uma única rodovia, os problemas de trânsito são muitos e os acidentes, também", afirmou.
Ferreira quer municipalizar um trecho de seis quilômetros da SP-131, que liga o centro a Barra Velha, a partir da conclusão das obras de recapeamento que serão executadas pelo Estado, no valor de R$ 2,4 milhões.
O prefeito ainda quer implantar radares para garantir maior segurança aos moradores dos bairros.
A Secretaria do Estado dos Transportes afirmou que aguarda o encaminhamento de propostas para se manifestar sobre a municipalização. Salim Burihan/(Fonte: ValeParaibano)

Moradores aprovam a iniciativa

Litoral Norte - Moradores dos bairros Martim de Sá, Terralão, Canta Galo e Cidade Jardim, em Caraguatatuba, paralisaram na Justiça as obras de melhorias na rodovia Rio-Santos, de abril a julho do ano passado.
Os moradores cobravam do Estado, mais segurança aos pedestres e um acesso ao bairro Cidade Jardim.
O Estado conseguiu derrubar a liminar no TJ (Tribunal de Justiça) para dar continuidade as obras, se comprometendo a estudar as medidas reivindicadas pelos moradores.
Até agora, nada foi feito. Os moradores decidiram então recorrer ao prefeito José Pereira Aguilar (PSDB).
"Temos a palavra do prefeito de que com a municipalização nossas reivindicações serão atendidas", afirmou a advogada dos moradores, Sandra Mascari.
Segundo ela, o processo continua em andamento na Justiça e somente será suspenso com o atendimento das reivindicações.
Os moradores dos bairros da região sul de Caraguá iniciaram um movimento em janeiro, também como mesmo objetivo. Cobram mais acessos aos bairros e segurança aos pedestres.
"Ficou claro que as obras beneficiam apenas os turistas em detrimentos aos moradores. Reivindicamos os contornos e mais segurança aos pedestres", disse José Antonio Briguetti, responsável pelo movimento.
Segundo Briguetti, o prefeito também se comprometeu em colaborar com os moradores dos bairros da região sul, a partir do momento que o trecho da rodovia passe a ser de responsabilidade do município. "É a nossa última esperança", disse. (Fonte: ValeParaibano)

Rais diz que aguarda proposta

Litoral Norte - O secretário estadual dos Transportes, Dario Rais Lopes, afirmou por meio de sua assessoria, que aguarda o encaminhamento das propostas de municipalização de trechos das rodovias estaduais na região para se manifestar sobre o assunto.
Lopes ainda avalia as reivindicações feitas pelos moradores em relação à implantação de novos acessos e rotatórias ao longo da Rio-Santos. Caso as reivindicações sejam atendidas, serão necessários novas licitações para as obras.
A secretaria informou que as obras de melhorias na Rio-Santos serão concluídas até o dia 28, mas que a inauguração depende da agenda do governador Geraldo Alckmin (PSDB).
Estão sendo concluídas as obras de pavimentação e ciclovia no trecho entre Caraguá e Ubatuba, além de dois dispositivos de acesso, drenagem e ciclovia, no trecho entre Caraguá e São Sebastião.
O Estado investe R$ 31,6 milhões nas obras, recursos provenientes de uma parceria com o BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento). A Rio-Santos recebeu obras de duplicação, drenagem, acostamento, terceira faixa e ciclovia.
Ao todo, foram executados 12,6 quilômetros de duplicação, 31 quilômetros de acostamento e 10 quilômetros de ciclovia. (Fonte: ValeParaibano)

Litoral Norte terá consórcio de vereadores
Políticos articulam Câmara regional para debater segurança, saúde e educação

Litoral Norte - Os vereadores das quatro cidades do Litoral Norte --Caraguatatuba, Ilhabela, São Sebastião e Ubatuba-- retomaram as discussões para a criação da Câmara Regional do Litoral Norte. Segundo os parlamentares, o órgão deverá ser oficializado em março.
A decisão foi tomada sexta-feira, durante uma reunião entre os presidentes das Câmaras, realizada em São Sebastião.
Na ocasião, os representantes dos quatro municípios reafirmaram o interesse na criação da associação.
Em 2001, quando a idéia surgiu, as discussões não prosperaram devido a um impasse entre os vereadores das cidades.
No próximo encontro, agendado para a próxima quarta-feira, em Ubatuba, começam as discussões para a elaboração do estatuto da associação.
O presidente da Câmara de Ilhabela, Luiz Lobo (PL), disse que a regulamentação do estatuto está sendo priorizada pelo grupo, que quer oficializar a Câmara Regional o mais rápido possível.
"Vamos seguir os moldes da Câmara Oeste, que reúne oito municípios da região Oeste do Estado. A associação dará mais força política para as cidades do Litoral Norte", disse Lobo ao ValeParaibano.
O presidente da Câmara de Ubatuba, Jairo Felipe Félix dos Santos (PT), também afirma que a intenção é juntar forças para as reivindicações junto aos governos federal e estadual.
"Precisamos de um hospital regional, com urgência. Uma faculdade pública, aumento do efetivo policial e meio ambiente também estão na lista de prioridades", disse. (Fonte: ValeParaibano)

Ubatuba e Ilhabela podem receber unidade do Corpo de Bombeiros

Litoral Norte - O primeiro posto de Bombeiros do Litoral Norte foi instalado em 1990 em São Sebastião, em um prédio provisório no centro da cidade, e, posteriormente, com inauguração do atual prédio em 2000.
O segundo foi o de Caraguatatuba, construído em nove meses e inaugurado em outubro de 1999.
O terceiro e quarto postos estão `encomendados´ na lista de prioridades dos prefeitos de Ubatuba e Ilhabela, com implantação
prevista para este ano.
José Eduardo Stanelis de Aquino, capitão do 4 º Sub-Grupamento de Bombeiros da região, confirmou a `vontade política´ dos prefeitos Eduardo César (PL), de Ubatuba, e Manoel Marcos (PTB), de Ilhabela, para a instalação das unidades.
"Eles (os prefeitos) estão providenciando verba para a instalação desses postos. Será um convênio entre as prefeituras, que darão a infra-estrutura, e o governo do Estado, que providenciará o efetivo e os veículos".
Hoje, o posto de São Sebastião atende Ilhabela e o de Caraguá auxilia Ubatuba, nos casos de incêndios. Na temporada, é instalado um Grupamento de Busca e Salvamento em Ubatuba.
"Quando São Sebastião atendia Caraguá, eram cerca de 200 ocorrências anuais. No primeiro ano de funcionamento do posto de Caraguá atendemos quase duas mil ocorrências".
O capitão Stanelis explicou que o padrão de atendimento internacional prevê o tempo hábil para a chegada da viatura ao local da ocorrência em até cinco minutos, pois se o tempo for maior, as vítimas podem sofrer lesões irreversíveis.
"Só em janeiro deste ano, o posto de Caraguá auxiliou 500 vítimas na `Operação Verão´. Hoje, 80% das chamadas na região são de resgate e 20% de incêndio. Há 20 anos, este quadro era inverso".
Vontade Política - O prefeito de Ubatuba, Eduardo César, confirmou que há 15 dias esteve reunido com o comando do 11º Agrupamento de Bombeiros do Vale Paraíba, conversando sobre o assunto.
"O ideal seria a construção de uma base completa orçada em R$ 300 mil, mas não temos esta verba hoje. O mais viável é reformar o GBS para receber o Grupo de Incêndio e a cidade passará a ter atendimento completo. Assim, reduziremos 80% dos gastos e a população começará a ter o serviço ainda este semestre. Esta é uma obra `pra ontem´ ".
Com isso, o gasto previsto é de R$ 60 mil para construção de alojamento e garagens para abrigar as novas viaturas contra incêndio.
"Estamos aguardando o governo do Estado dar o aval e fechar a parceria, mas já sabemos que há uma pré-disposição", alegou Eduardo César.
O prefeito de Ilhabela, Manoel Marcos, disse que está avaliando os custos e o local para instalação de uma base na cidade.
"O Corpo de Bombeiros é uma necessidade do arquipélago, visto que estamos separados do continente. Se neste ano não conseguirmos verba, incluiremos a obra no Orçamento de 2006. Tenho quase certeza que teremos uma unidade na Ilha". (Fonte: Correio do Litoral)

Campeãs recebem troféus no litoral

Litoral Norte - São Sebastião e Ilhabela também divulgaram na semana passada o nome das escolas de samba campeãs do Carnaval 2005. A premiação para as agremiações das duas cidades será feita com a entrega de troféus e menções honrosas, já que as prefeituras não irão dar prêmios em dinheiro neste ano. Em São Sebastião, das cinco escolas que entraram na avenida, a campeã foi a Sol de Verão, que trouxe para a cidade o Carnaval de Parintis e o bumba-meu-boi. Em Ilhabela, a escola campeã foi a Unidos do Padre Anchieta. (Fonte: ValeParaibano)

Notícias de Caraguatatuba Topo

O Guaruçá BIL -= Bolsa de  Imóveis do Litoral Salete

Câmara de Caraguá dá cheque sem fundo
Promotoria investiga emissão de documento com saldo insuficiente para devolução de verba à prefeitura

Caraguatatuba - O ex-presidente da Câmara de Caraguá Wilson Gobetti (PPS) está sendo acusado de devolver verba do Legislativo para o Executivo com cheque sem fundos, quando do encerramento de sua gestão em 2004.
A denúncia foi encaminhada anteontem ao Ministério Público pela ONG (Organização Não-Governamental) Olho Vivo. Segundo a ONG, por ocasião da prestação de contas de seu mandato como presidente do Legislativo em 2004, Gobetti teria devolvido R$ 90.951,64 aos cofres públicos, como determina a legislação.
A devolução, no entanto, teria sido feita com um cheque da agência da Nossa Caixa que não tinha saldo suficiente para cobri-lo.
Na representação enviada à Promotoria, o presidente da entidade, João Lúcio Teixeira, disse considerar o assunto 'extremamente grave'.
"Há indícios e até evidências de que teria havido desvio de verbas públicas", afirmou Teixeira no texto da representação protocolada no Ministério Público.
Segundo Teixeira, a prefeitura, além de depositar os R$ 90 mil na conta da Câmara para cobrir o cheque sem fundos ainda teria devolvido o documento para o Legislativo.
"Nós queremos saber onde foram parar os R$ 90 mil que sobraram no Legislativo em 2004", disse o representante da ONG Olho Vivo.
NOTIFICAÇÃO- O promotor da Cidadania, Gustavo Albano Dias da Silva, assim que recebeu a representação, notificou imediatamente a Câmara e a prefeitura.
Os representantes do Executivo e do Legislativo terão cinco dias para prestar esclarecimentos sobre o caso ao Ministério Público.
Segundo o promotor, a instauração ou não de inquérito civil dependerá das respostas de Gobetti e da prefeitura sobre o assunto.
Para Silva, se não houver comprovação de possível erro administrativo, o MP poderá instaurar inquérito para apurar eventuais irregularidades no caso.
Gobetti, que foi reeleito para cumprir novo mandato após obter 1.284 votos no pleito de 2004, nega qualquer irregularidade em seu ato. Ele afirma que ainda não foi notificado pelo MP sobre o assunto (leia texto nesta página).
A data do cheque é a mesma em que Gobetti foi detido pela Polícia Militar sob acusação de utilizar um Golf, ano 2002, roubado em São Bernardo do Campo (SP).
A delegada Elizabeth Maluf instaurou inquérito policial para apurar o caso.
A identificação do carro foi feita pela turista I.C., de Campinas (SP). Ela chegava com a família para passar o Réveillon em Caraguá quando viu o veículo.
O atual presidente do Legislativo, Juarez Pardim (PPS), não quis se pronunciar sobre a devolução do cheque por acreditar que trata-se de tema referente à gestão anterior na mesa diretora.
DEVOLUÇÃO- A possível falha foi constatada também pela própria prefeitura, conforme certidão de autoria do atual secretário da Fazenda, José Edvaldo Del Vale, emitida no último dia 25.
De acordo com a certidão nº 01, o cheque de nº 10680 do Banco Nossa Caixa, no valor de R$ 90.951,64 da Câmara a favor da prefeitura, emitido em 30 de dezembro de 2004, por encerramento do balanço para transição, 'não foi depositado por insuficiência de saldo'.
Segundo explicou o secretário da Fazenda no documento, o prefeito José Pereira Aguilar (PSDB) foi informado sobre o caso e determinou a adoção de 'medidas contábeis' cabíveis.
TRANSFERÊNCIA- Conforme detalha o documento, no dia 4 de janeiro, Del Vale decidiu transferir dinheiro para a Câmara, no valor de R$ 90.951,64, e devolver o cheque emitido pelo ex-presidente.
O prefeito Aguilar afirmou ontem que teria orientado Del Vale a encaminhar o duodécimo para a Câmara, descontado o valor do cheque, o que acabou não ocorrendo.
"Ele [Del Vale] me informou que juridicamente não poderia descontar o valor do cheque emitido sem fundos para a prefeitura por tratar-se assunto referente à gestão anterior", disse Aguilar ao ValeParaibano.
Considero o assunto extremamente grave. Há indícios e até evidências de que teria havido desvio de verbas públicas
João Lúcio Teixeira é presidente da ONG (Organização Não-Governamental) Olho Vivo de Caraguatatuba. (Fonte: Salim Buriham/ValeParaibano)

Vereador não comenta devolução

Caraguatatuba - O vereador de Caraguatatuba Wilson Gobetti (PPS) afirmou ontem que ainda não foi notificado pelo Ministério Público para apresentar sua defesa no caso do cheque sem fundos repassado à prefeitura.
Ele disse que apenas irá se manifestar sobre o assunto após ser notificado oficialmente e adiantou que prestará esclarecimentos diretamente ao promotor.
Para Gobetti, não teria havido nenhuma irregulariade na emissão do cheque no penúltimo dia de seu mandato como presidente do Legislativo de Caraguá, em 30 de dezembro.
O atual presidente da Câmara, Juarez Pardim (PPS), disse que tomou as medidas administrativas necessárias para se resguardar de qualquer problema no futuro.
Pardim afirmou ainda que, por trata-se de assunto da administração passada, preferia não emitir qualquer comentário sobre o assunto. Segundo ele, o ex-presidente deve se responsabilizar pelas sua contas.
O vereador do PPS disse ainda que recebeu integralmente em janeiro o duodécimo --repasse em dinheiro enviado pelo Executivo mensalmente para cobrir as despesas do Legislativo.
A Prefeitura de Caraguatatuba encaminhou R$ 425 mil à Câmara no mês passado para custeio das despesas dos parlamentares. (Fonte: ValeParaibano)

Caraguá planeja enviar lixo para o Vale

Caraguatatuba - O prefeito de Caraguatatuba, José Pereira Aguilar (PSDB), afirmou ontem que a prefeitura deverá transportar o lixo produzido na cidade para um aterro particular no Vale do Paraíba.
Segundo Aguilar, o atual aterro utilizado pela prefeitura está localizado em área pertencente à Fazenda Serramar, cujo proprietário não quer mais o lixo no local.
"Não temos uma área adequada para implantar um novo aterro, por isso, optamos em transportar nosso lixo para o Vale do Paraíba", disse.
Segundo ele, a prefeitura contratou uma empresa especializada para obter licenciamento junto à Cetesb (Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental) de uma área localizada no bairro do Poiares, que será utilizada apenas para o transbordo do lixo.
Com o serviço de transbordo, a prefeitura deverá dobrar o gasto com o lixo, atualmente de R$ 150 mil mensais. "Vamos fazer o transbordo até encontrarmos uma solução regional para o lixo", afirmou.
Segundo Aguilar, os prefeitos do Litoral Norte deverão procurar a Secretaria Estadual do Meio Ambiente para discutirem uma solução para o depósito do lixo na região.
A prefeitura recolhe diariamente cerca de 60 toneladas por dia de lixo. Na temporada, são coletadas em média 160 toneladas por dia.
Em janeiro deste ano, devido a problemas no acesso ao aterro da Fazenda Serramar, a prefeitura pagou R$ 100 por tonelada de lixo transportada para um aterro particular localizado na cidade de Santa Izabel.
O Lixo
Quanto é produzido: 60 toneladas por dia
Valor gasto com o lixo: R$ 150 mil por mês
Onde fica o aterro: Fazenda Serramar, em Caraguá
Para onde deverá ser enviado: aterro particular no Vale do Paraíba
Fonte: Prefeitura de Caraguá. (Fonte: ValeParaibano)

Balanço da temporada de verão reúne autoridades em coletiva de imprensa
O prefeito Aguilar participou, juntamente com representantes das secretarias de Caraguá e órgãos ligados à segurança, de uma coletiva nesta sexta-feira, na qual foram divulgados dados sobre a temporada de verão 2004-2005 e o carnaval 2005 no município

Caraguatatuba - Durante a coletiva de imprensa realizada nesta sexta-feira, dia 11, às 9h, na sede da Secretaria Municipal de Educação de Caraguatatuba, foram divulgados dados referentes à temporada de verão 2004-2005 e carnaval 2005. De acordo com os participantes do evento, a parceria entre os órgãos foi o ponto principal para o sucesso das ações realizadas no período.
Estiveram presentes ao lado do prefeito José Pereira de Aguilar (PSDB), para tratar do assunto, os secretários municipais de Esportes e Recreação, Nivaldo Rodrigues Alves, de Saúde, João Correia Senna Filho, e de Turismo, Ricardo de Lima Ribeiro, a presidente da Fundacc (Fundação Educacional e Cultural de Caraguatatuba), Eloíza Aparecida Andrade Antunes de Oliveira, o diretor de Receita da Secretaria da Fazenda, Reinaldo Luiz Figueiredo, o diretor de Trânsito, Cel. Celso Rapaci, o Comandante PM do Vale do Paraíba, Cel. Sérgio Teixeira Alves, o Comandante PM do Litoral Norte, Major Milton Pouza Júnior, o Comandante PM de Caraguá, Cap. Valter Padulla, o 2º Sargento da Polícia Rodoviária Estadual, Paulo Celso Abreu, a delegada titular de Caraguá, Elizabeth Zago Maluf de Camargo, o Comandante do Corpo de Bombeiros Salvamar, Cap. Carlos Eduardo Smicelato, o 1º Tenente do Corpo de Bombeiros de São Sebastião, Danilo de Oliveira Godoy, a presidente da Defesa Civil, Claudia Ruiz, a presidente do GAC (Grupo de Apoio Civil) Albatroz, Maísa Nascimento de Oliveira Silva, a diretora do PAT (Posto de Atendimento ao Trabalhador), Cilce Fabretti, e a coordenadora do Conselho Tutelar, Cíntia Fernandes. O presidente da ACE (Associação Comercial e Empresarial) de Caraguatatuba, Jorge Washington de Camargo, foi convidado, mas não compareceu por motivos de ordem pessoal.
Segurança
De acordo com informações do Major PM Pouza, o Litoral Norte foi atendido por um policiamento composto por 440 policiais militares fardados e 20 à paisana. “Desta vez recebemos vários recrutas (policiais recém-formados) que demonstraram competência e responsabilidade. Tivemos uma média diária de cinco prisões em flagrante delito”, disse. Ele informou também que foram registradas 618 ocorrências nesta temporada e na passada, foram 698.
Segundo ele, no carnaval não houve ocorrências graves, sendo observada uma redução de 11,7% de Boletins de Ocorrência PM lavrados. O major acrescentou, falando sobre o número de flagrantes. “Tivemos 66 pessoas presas por tráfico de entorpecentes, o que significa um acréscimo de 38% de flagrantes dessa natureza”.
A Polícia Civil, de acordo com a delegada Elizabeth, recebeu um reforço de 15 policiais para o período, considerado suficiente para suprir as necessidades da delegacia do município. “Graças ao apoio de infra-estrutura que recebemos da prefeitura, fizemos um trabalho de prevenção muito forte. Essa preocupação em tratar bem o policial, em fazer parceria, estimula o trabalho”.
Ela disse que, no carnaval, não houve registros de homicídios, o que é um dado excelente para o município. “Registramos um aumento no número de furtos a interior de veículos e, para solucionar, iremos planejar novas ações. Acredito que Caraguá está passando uma imagem de cidade mais segura. Nosso carnaval não foi violento e isso é resultado do entrosamento entre PM, Polícia Civil e prefeitura em benefício para a população”, afirmou.
Para encerrar os pronunciamentos das polícias, o Cel. Sérgio do Comando do Vale do Paraíba, falou também sobre outros municípios da região. “Tivemos em Caraguá índices criminais abaixo do esperado. Ficamos abaixo da média se comparados às outras cidades, como Santos, Guarujá e Bragança Paulista que tiveram graves ocorrências”.
Ele afirmou que a segurança em Caraguá foi modelo. “O resultado obtido aqui pode ser tirado como modelo de solução para a segurança. A parceria e a conversa entre prefeitura e polícia foram fundamentais para o sucesso da operação, pois segurança é um problema social que deve ser resolvido com inteligência e parceria”.
Segundo ele, a intenção do Comando é manter o nível de tranqüilidade na região, pois a expectativa é permanecer com o trabalho da força tática e os reforços nos feriados e finais de semana.
“O Comando Geral possui um padrão na distribuição de efetivo calculado com base em dados do município como área, população, sazonalidade, problemas de criminalidade, existência de presídios, etc. O Estado todo tem 645 cidades e um total de 95 mil policiais. Queremos manter o trabalho da força tática do Litoral Norte”.
O Comandante dos Bombeiros Salvamar, Cap. Smicelato, comemorou o índice zero de óbitos por afogamento. “Tivemos 89 ocorrências no total, sendo 22 no carnaval. Não foi registrado nenhum óbito por afogamento e duas pessoas faleceram, uma num acidente na costeira e outra numa embarcação”.
Ele disse ainda que trabalharam, na temporada, 30 guarda-vidas temporários, 20 dos bombeiros e 15 da Petrobrás.
O 1º Tenente do Corpo de Bombeiros de São Sebastião informou o número de ocorrências atendidas pelo Comando de Caraguá e disse que o município é o terceiro da região em maior número de atendimentos. “Caraguá só perde para São José e Jacareí em número de atendimentos. É um índice excelente para o município, que atente Ubatuba também”. O tenente informou que em janeiro foram realizados 310 resgates, 27 salvamentos e 16 incêndios. No carnaval, um incêndio e 76 resgates, em sua maioria, de acidentes de trânsito por causa do consumo de álcool.
O prefeito José Pereira de Aguilar (PSDB) agradeceu a atuação dos órgãos de segurança, os cumprimentou e confessou que estava preocupado com o Carnaval. “Sabemos que o Carnaval é uma festa tradicional e perigosa, eu estava preocupado por isso. Mas felizmente, tivemos um resultado positivo. Eu mesmo presenciei um flagrante que a polícia fez durante uma revista na entrada da Praça de Eventos. Minha caneta não vai funcionar para fazer uma festa de baderneiros. Quero ver a família, o idoso, o portador de deficiência e a criança brincando um carnaval com alegria e segurança. Quero zelar pela integridade física de nossa população e, para isso, precisamos nos unir às polícias e trabalhar sempre em parceria”.

Trânsito - O diretor da Ditran (Divisão de Trânsito) de Caraguá, Cel. Celso Rapaci, ressaltou a importância da parceria realizada com a Polícia Militar.
“Procuramos dar seguimento, fluidez e segurança nos eventos do verão. Evitamos os congestionamentos, fornecendo rotas alternativas. Visamos administrar o trânsito local, para que a Polícia Militar se preocupasse mais em cuidar da integridade física das pessoas. A parceria foi perfeita, conseguimos ter um verão e um carnaval sem congestionamentos e com segurança para motoristas, ciclistas e pedestres", concluiu.
O Sargento Abreu, da Polícia Rodoviária Estadual, disse que, em cerca de 190 km de malha viária monitorada, os registros de acidentes de trânsito foram menores. “A temporada foi mais curta, conseqüentemente, o número de acidentes também caiu. No ano passado, tivemos 600 ocorrências e este ano registramos 526. Tivemos uma média de 15 a 20 policiais e 3 viaturas de reforço, atuando de sexta a domingo”. Ele acrescentou que, no carnaval, normalmente há um aumento de 3% nas ocorrências de acidentes devido à imprudência, ao desrespeito às leis e ao consumo de álcool pelos motoristas.

Defesa Civil - A presidente da Comissão de Defesa Civil, Claudia Ruiz, avaliou os períodos de temporada e carnaval como tranqüilos. “Não houve registro de ocorrência grave”, afirmou.
Ela informou que foram atendidas 62 ocorrências no total, entre elas, ataques de abelhas, pequenos vazamentos de óleo em pista, resgates devido ao alcoolismo e alagamento de casas localizadas abaixo do nível da rua. “Devido às chuvas, tivemos cinco deslizamentos de terra, sendo apenas uma família removida. Não houve remoção de pessoas nos nove alagamentos atendidos. Nosso trabalho foi considerado tranqüilo, mesmo com aumento das chuvas, o número de ocorrências não aumentou”.
Segundo ela, os voluntários do GAC (Grupo de Apoio Civil) Albatroz, apoiaram o trabalho da Defesa Civil, na Praça de Eventos, durante o carnaval. Atualmente o GAC tem 124 voluntários inscritos e aproximadamente 60 atuantes, segundo a coordenadora Maísa Silva.

Conselho Tutelar - Para a coordenadora do Conselho Tutelar, Cíntia Fernandes, o resultado obtido neste ano foi considerado recorde, pois não houve nenhuma ocorrência. “O trabalho preventivo em equipe e as parcerias firmadas foram os principais aspectos que nos levaram a obter esse resultado positivo”, concluiu.
Antes do carnaval, a equipe do Conselho realizou um trabalho preventivo, orientando os comerciantes locais sobre a lei que proíbe a venda de bebidas alcoólicas para menores de 18 anos, o que segundo Cíntia colaborou para o bom resultado.

Esporte - O secretário de Esportes e Recreação, Nivaldo Rodrigues Alves, falou sobre o papel social que a secretaria desenvolveu para que todas as crianças e adolescentes do município e turistas pudessem praticar uma atividade física com o Projeto Férias, desenvolvido em todos os núcleos esportivos do município.
“Durante a temporada, os núcleos esportivos e o CEMUG (Centro Esportivo Municipal “Ubaldo Gonçalves”) tiveram atividades monitoradas com a participação de mais de 2.500 crianças e adolescentes, sendo 20% desse total turistas”, disse. Ele completou dizendo que a piscina e a quadra de tênis também ficaram disponíveis.
Ações recreativas e competitivas gratuitas, como beach soccer, futvolei, skate e passeios de barco a vela, também estavam inclusas no projeto de férias de verão.
Segundo o secretário, a prefeitura não teve custos com as atividades desenvolvidas, pois parcerias foram firmadas com a iniciativa privada para a realização dos eventos.

Empregos - A diretora do PAT (Posto de Atendimento ao Trabalhador), Cilce Fabretti, explicou que, em dezembro, foram atendidas 1.239 pessoas, encaminhadas 1.066 e 280 se encaixaram nos empregos. “No mês de janeiro, foram 1.447 atendidos, 1.393 encaminhados e 117 admitidos. No pré-carnaval. foram 400 pessoas atendidas, 337 encaminhadas e 9 admitidas”.

Fiscalização do Comércio - O comércio ilegal também foi fiscalizado pela prefeitura. O setor de Fiscalização do Comércio atuou com 11 fiscais no esquema de plantão. Segundo o diretor de Receita da Secretaria da Fazenda, Reinaldo Luiz Figueiredo, a equipe trabalhou, no sábado, até as 2h e, no domingo, até as 0h.
Quanto às polêmicas “espuminhas”, a equipe teve um compromisso sério de coibir sua comercialização nas ruas. “De acordo com a legislação, não podemos proibir o uso da espuminha, mas podemos apreender o material dos vendedores ilegais, já que a prefeitura não emitiu nenhum alvará para a comercialização de produtos carnavalescos”.
De acordo com ele, foram apreendidos, no Carnaval, em torno de 1.200 produtos comercializados por ambulantes, entre sprays, cervejas e outras bebidas alcoólicas, artesanato, água e produtos de praia. Em toda a temporada de verão, a fiscalização apreendeu outros 800 produtos e 4 mil peças de artesanato.

Saúde - O secretário municipal de Saúde, João Senna Correia Senna Filho disse que disponibilizou as ambulâncias necessárias para o atendimento, durante o carnaval, nas três regiões norte, centro e sul.
Ele lembrou que o arrastão contra a Dengue, feito pelo setor de Zoonoses, abordou 4 mil residências e recolheu 3 toneladas de lixo. “Foi um trabalho preventivo feito no período certo, prevenindo maiores problemas com a doença. Este ano, foram registrados somente 10 casos suspeitos, porém não ainda não confirmados”, finalizou.
A prevenção contra DSTs (Doenças Sexualmente Transmissíveis) e Aids também aconteceu em toda a temporada, com a distribuição de 22 mil preservativos nas Unidades de Saúde. No Carnaval, a campanha foi intensificada na Avenida da Praia, distribuindo mais de 5 mil camisinhas no Carnaval. Os agentes do Programa Redução de Danos (prevenção e tratamento a doenças sexualmente transmissíveis) também desenvolveram a Oficina do Sexo, que orienta sobre o uso do preservativo e outros cuidados. No Agito Vanguarda, foram distribuídos folhetos explicativos e mais de 1.500 camisinhas.

Turismo - O secretário municipal de Turismo, Ricardo de Lima Ribeiro, agradeceu a todos os secretários e parceiros que trabalharam na temporada de verão e no carnaval.
“O balanço do carnaval não poderia ser melhor. A cidade conseguiu passar a sensação de segurança para a população. Primeiro pelo baixo índice de violência registrado em toda a temporada, depois pelo sistema criado em parceria com a Polícia Militar”.
Segundo ele, as medidas tomadas para prevenir a violência, especialmente no carnaval, como o fechamento da Praça de Eventos, a instalação de câmeras de monitoramento, a revista na entrada e outras ações realizadas em conjunto por todas as secretarias municipais também foram responsáveis pelos resultados positivos do balanço pós-carnaval.
O secretário lembrou que, no verão, a população aumentou em 90%, chegando a 288 mil pessoas, no período próximo ao Reveillon, e 300 mil na virada do ano. Segundo ele, Caraguá atraiu para a Praça de Eventos, 45 mil pessoas no show da banda Roupa Nova, 5 mil no do Beto Guedes, 10 mil no Batom na Cueca e 10 mil no do Julinho Marassi e Gutemberg. Além disso, a Praça de Eventos manteve um público diário de 1.500 pessoas com os shows gratuitos do Projeto de Verão.
No carnaval, o público médio diário foi de 20 a 25 mil pessoas, e no Massaguaçu, foi de 4 mil. “Isso mostra o esforço que a cidade precisou fazer para atender aos visitantes, principalmente, da polícia, dos bombeiros, da Secretaria de Saúde e da Ditran. Todos trabalharam para oferecer o melhor ao turista na temporada de verão”, disse.
Ele completou dizendo que a família ganhou o seu espaço neste carnaval em Caraguá, onde foi oferecida uma programação para todas as idades e gostos. “Como reconhecimento, a prefeitura vem recebendo inúmeros e-mails e telefonemas de turistas, elogiando o carnaval deste ano, tanto pela programação, quanto pela segurança, que foi oferecida em todos os lugares da cidade”.

Cultura - A família também foi o alvo da Fundacc (Fundação Educacional e Cultural de Caraguatatuba), que promoveu o Coreto em Sol, com bandas de MPB e chorinho, exposições de arte, filmes e doze peças teatrais no Centro Educacional e Cultural Mário Covas. Todas as atrações foram oferecidas durante toda a temporada de verão.
Os bairros e as praças da cidade recepcionaram milhares de foliões, com a programação do Carnaval de Antigamente. Segundo a presidente da Fundacc, Eloíza Aparecida A. A. de Oliveira, o evento mais uma vez obteve total sucesso de público. Cerca de 4 mil pessoas pularam o Carnaval na Praça da Matriz, no Centro. Outras 400 preferiram pular no coreto do Travessão e outras 600 optaram pelo Porto Novo, onde a festa foi realizada pela primeira vez na Praça do Entreposto de Pesca, atraindo grande público das Colônias de Férias.
De acordo com a presidente, o Carnaval de Antigamente registrou índices positivos, com nenhum incidente envolvendo os foliões. “A família pôde participar da festa que levou bandas musicais, blocos carnavalescos, bonecões, confetes e serpentinas para três praças da cidade, relembrando os velhos tempos de folia. Com isso, estamos resgatando a cultura e a presença da família, que é o grande regulador da sociedade. Quem não respeitou a idéia foi simplesmente vaiado em nosso Carnaval de Antigamente”, disse a presidente da Fundacc”.
O concurso de fantasia para crianças, que aconteceu pelo terceiro ano teve 82 participantes. Os vencedores ganharam troféus e prêmios simbólicos.
Segundo Eloíza, a Fundacc cumpriu o seu papel de formar público para as artes, levando turistas e moradores para o Teatro, para os shows musicais realizados nas praças e para o Museu de Arte e Cultura, onde puderam apreciar a Exposição de Carmem Miranda. (Fonte: PMC)

Regata de Vela Oceânica em Caraguá
O 2ª Regata de Vela Oceânica abre o VI Campeonato de Vela Oceânica de Ubatuba, nos próximos nos dias 19 e 20, no Yate Clube da Praia Martin de Sá, a partir das 13h

Caraguatatuba - A II Regata de Vela Oceânica de Caraguatatuba acontece no próximo final de semana, 19 (sábado) e 20 (domingo), no Yate Clube Martin de Sá a partir das 13h. O evento que é organizado pela Racional Turismo, com o apoio da Secretaria Municipal de Turismo valerá como a primeira etapa do VI Campeonato de Vela Oceânica de Ubatuba.
A previsão é de que 15 barcos da cidade de Santos, Ilhabela, Ubatuba e Caraguá se inscrevam para o evento. Segundo o organizador do evento, Cláudio Ramires, o objetivo é trazer para Caraguá, em 2006, uma das etapas do Campeonato Paulista.
Para o secretário de Turismo, Ricardo de Lima Ribeiro, eventos como este proporcionam lazer aos moradores e atraem turistas para a cidade. "Estamos no final de uma temporada, o nosso objetivo é continuar atrair o turista para a cidade", concluiu Ricardo.
O evento será dividido nas categorias Ranger 22, Fast 23, e Especial. Os três primeiros colocados de cada categoria receberão troféus e medalhas, o campeão geral receberá o troféu Transitório Água do Mar.
Para mais informações ligue (12) 3842-304/ 9769-1710 com Alexandre Martinho. (Fonte: PMC)

Turista aponta o pior e o melhor do verão
Trânsito, poluição e lixo são pontos negativos do Litoral Norte; praias e reforço no policiamento recebem elogios

Caraguatatuba - O que foi bom e o que foi ruim neste verão? O Valeparaibano fez uma enquete com turistas das quatro cidades do Litoral Norte sobre a temporada de 2005.
As quatro cidades receberam juntas cerca de três milhões de pessoas ao longo desse período, que oficialmente termina após o Carnaval.
A maioria dos turistas entrevistados apontou o trânsito, a superlotação, a poluição em algumas praias, coleta de lixo e a falta de opções culturais como os pontos críticos do verão. Entre os pontos positivos, os turistas destacaram a quantidade e beleza das praias, a mata atlântica e as cachoeiras, as opções noturnas e o reforço no policiamento.
A jornalista Adriana Bailoni, de São Paulo, que passou por Ubatuba, elogiou as praias, entre elas, a Domingas Dias e as opções noturnas da cidade, entre elas, a danceteria Tribo, inaugurada este ano.
Ela destacou como pontos negativos a falta de opções culturais e deficiente coleta de lixo nas praias. "Ubatuba tem vários prédios históricos e muitas tradições folclóricas mas infelizmente a prefeitura não valoriza este segmento", afirmou.
A publicitária Flávia Bucanos, de São Paulo, que passou um fim-de-semana na cidade, elogiou as praias, a mata atlântica preservada e as opções de restaurantes. Flávia apontou o trânsito como um dos principais pontos negativos.
Daiani Lima, de São José dos Campos, que frequentou Caraguá na temporada, elogiou as opções culturais, entre elas, as peças teatrais e as exposições promovidas no Museu Adaly Coelho Passos. Daiani mencionou ainda as ciclovias como aspecto a ser valorizado.
Ela elencou como pontos negativos o trânsito congestionado, a deficiência na coleta de lixo e a ocupação desordenada nas encostas da Serra do Mar.
A artista plástica Cleide Silva, de Campinas, aponta como pontos positivos as praias, as opções culturais, as opções noturnas e o reforço no policiamento. Cleide fez críticas ao trânsito, a poluição das praias centrais e a qualidade dos shows.
Márcio Roberto Silva, o DJ Marcinho, curtiu a temporada em Maresias, em São Sebastião. Ele criticou o trânsito, a superlotação e a falta de opções de restaurantes nas praias da costa sul. Marcinho elogiou as praias e o perfil dos turistas que frequentam a costa sul.
A estudante Fernanda Marchesan, de São Paulo, que está passando as férias em Ilhabela, destacou as praias, as dezenas de cachoeiras, os bares e o aumento do policiamento. Como aspecto negativo, citou o trânsito, a fila da balsa e as constantes quedas de energia.

Programa Ação Litoral

Notícias de Ilhabela Topo

Vulcano Portal da Palmeira

Vereadora Nanci recebe visita das mulheres do Circulo de Oração

Ilhabela - A vereadora Nanci Peres de Araújo Zanato se reuniu na tarde de sexta-feira com as mulheres do Circulo de Oração da Igreja Assembléia de Deus. Marli Dourado, Elza Miranda, Elizete Arruda e a pequena Giovana Arruda juntaram-se à parlamentar para Orar pela paz nos trabalhos da Câmara. Na semana passada, a vereadora Nanci esteve reunida com os pastores Celso Miranda e Edson E. Dourado, numa visita de autoridade espiritual. A intensão da vereadora é repetir esses encontros uma vez por semana, pedindo sempre por todos os munícipes, funcionários e parlamentares da Casa de Leis. "Quero fazer jus ao slogan da minha coligação: "Ilhabela com muito mais amor". Peço a proteção de Deus para que consiga realizar meu trabalho com seriedade como sempre fiz". (Fonte: Câmara Municipal de Ilhabela)

Luiz Lobo vai à Fernando de Noronha conhecer procedimentos da Taxa Ambiental

Ilhabela - O presidente da Câmara Muncipal vereador Luiz Antônio dos Santos, Luiz Lobo(PL) está de viagem marcada para Fernando de Noronha. O parlamentar tem audiência marcada para o próximo dia 24, com o Administrador Geral do Distrito Estadual, Sr.Edrise Airtes Fragoso. Lobo é autor do requerimento que sugere ao prefeito Manoel Marcos a criação de uma taxa ambiental nos moldes da já existente em Noronha para Ilhabela. O vereador quer conhecer de perto todos os procedimentos de implantação e de cobrança para adaptar à realidade do seu município. (Fonte: Câmara Municipal de Ilhabela)

Ilhabela usa PPP para centro de conveções

Ilhabela - O prefeito de Ilhabela, Manoel Marcos de Jesus Ferreira (PTB) encaminhou projeto de lei para a Câmara esta semana com o objetivo de implantar na cidade as PPPs (Parceria Público Privado). Com o projeto aprovado pelos vereadores, Ferreira pretende angariar recursos para construir um centro de convenções em Ilhabela. A proposta é inspirada nas parcerias incentivadas pelo governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), que também estão sendo implementadas pelo governador Geraldo Alckmin (PSDB). (Fonte: ValeParaibano)

Notícias de São Sebastião Topo

Litoral Virtual Superchic

Fundo Social sorteia bicicleta para usuários de estacionamento
Mais de quatro mil reais arrecadados em estacionamento montado na Rua da Praia durante o Carnaval serão revertidos para o Fundo Social da Solidariedade

São Sebastião - Na manhã de hoje foi realizado o sorteio de uma bicicleta, organizado pelo Fundo Social de Solidariedade, durante a programação da rádio Morada do Sol. O cupom sorteado foi o de número 0080, entregue ao dono de um veículo Verona, placa BRL 8901.
Na ocasião, estavam presentes além dos locutores da rádio Morada do Sol, o Prefeito Dr. Juan Garcia, a presidente do Fundo Social, Rosa Maria Mota e os membros do Conselho Deliberativo da entidade, Jairo Alves Cruz, Marisa Paiva Orselli, Ana Margarida Freire e Neide da Rocha Palumbo.
Concorreram ao prêmio todos os clientes que estacionaram seus veículos no estacionamento montado pelo Fundo Social de Solidariedade, no Aterro da Rua da Praia, durante o carnaval.
A Prefeitura de São Sebastião, por meio do decreto nº 3027/05, autorizou o uso durante os dias quatro e nove deste mês, do terreno público, denominado Aterro da Rua da Praia, ao Fundo Social de Solidariedade, para realização de um estacionamento. “É interesse da administração que todas as ações que visem doações e aquisições sejam canalizadas para o Fundo Social de Solidariedade, que tem uma agilidade muito grande em atender a população. Somos gratos, pois certamente esse valor será revertido em projetos sociais”, afirmou o Prefeito durante o sorteio.
O valor arrecadado, R$ 4.705,00, já foi depositado na conta do Fundo Social da Solidariedade. Segundo a presidente da instituição, Rosa Maria Mota o valor será revertido em prol da comunidade em ações sociais a serem realizadas ao longo do ano. “Este valor superou nossas expectativas. Pretendemos, para os próximos anos, aprimorar ainda mais estes projetos”, destacou a presidente.
O prêmio foi doado à entidade pela empresa Eclipse Sound. Todos que utilizaram o estacionamento, pagaram uma taxa de R$ 5,00 e receberam um ticket que dava direito a concorrer ao sorteio da bicicleta. O estacionamento funcionou durante os cinco dias de carnaval, neste período foi registrada a entrada de 941 veículos.
Todas as noites do feriado o estacionamento esteve funcionando sob a organização do Fundo Social, com auxílio da Defesa Civil, Guarda Patrimonial, Detraf e voluntários. “O apoio que recebemos foi essencial para o sucesso. Agradeço a Prefeitura, ao Mário Alves dos Santos, (o Marinho), ao João Olegário Leite (o João Papai) e ao Valdir Simões (o Garoçá), que perderam as noites de folia para nos ajudar”, destacou a presidente do Fundo, que salientou ainda o apoio da gráfica Tuffi, que confeccionou os tickets. (Fonte: PMSS)

Área de risco motiva pedido por moradias

São Sebastião - O prefeito de São Sebastião, Juan Pons Garcia (PPS), vai se reunir na próxima semana com o secretário estadual de Habitação, Emanuel Fernandes, para solicitar uma parceria com o Estado para a construção de 300 moradias populares no município.
O prefeito quer construir as moradias nos bairros de Boiçucanga, na costa sul e no Jaraguá, na costa norte. Em Boiçucanga, os moradores da Vila Tropicanga deverão ser beneficiados com as novas moradias.
Segundo Garcia, o objetivo é transferir as famílias que ocupam irregularmente as áreas de risco e as áreas verdes para as moradias populares."Queremos dar uma solução definitiva para esses problemas", afirmou.
O prefeito afirmou que a prefeitura não precisará desapropriar áreas particulares para a construção das casas populares. "Temos áreas públicas nos dois bairros para construir as moradias", disse.
Garcia disse que pretende discutir com Fernandes a possibilidade da prefeitura construir conjuntos de 50 a 60 moradias em outros bairros da cidade.
Segundo ele, nos bairros Canto do Mar, Enseada e Jaraguá, existem muitas ocupações irregulares, principalmente de famílias ocupando as áreas verdes, que devem ser preservadas.
As ocupações irregulares em São Sebastião foram alvos de várias demolições de imóveis, entre mansões, pousadas e barracos, feitas pela administração anterior. Elas estavam em áreas consideradas de risco e de preservação ambiental. (Fonte: ValeParaibano)

Caminhão de incêndio do Corpo de Bombeiros é alvo de discussão na Câmara

São Sebastião - A situação de um caminhão do Corpo de Bombeiros, que está parado no pátio da Prefeitura, foi alvo de discussão na Câmara de São Sebastião. Trata-se de um requerimento apresentado pela vereadora Solange Rodrigues de Araújo Ramos (PV), aprovado em sessão ordinária realizada no último dia 9. Segundo ela, o veículo encontra-se fora de operação devido a falta de reposição de peças.
De acordo com Robson Wilson dos Santos (PPS), o “Robson Ceará”, o referido caminhão está parado na Prefeitura desde a administração passada. “A informação da secretaria responsável é de que o conserto já está sendo providenciado”, informa. Conforme declarou, o problema é a questão financeira, já que a recuperação do veículo fica em torno de R$15mil.
Para Solange, o conserto deve ser breve. Ela lembra que há dois meses pegou fogo no morro entre os bairros de Paúba e Maresias, se alastrando rapidamente em direção as casas que ficam próximas. “A comunidade acionou o Corpo de Bombeiros, mas ao chegar ao local a água foi insuficiente para apagar o fogo”, disse.
“A Costa Sul está precisando do Corpo de Bombeiros efetivo na região porque se houver um incêndio de proporção maior, uma tragédia poderá ocorrer”, salientou Carlos Augusto Senatore (PSDB), o “Guto”.
Hidrantes – A questão dos hidrantes também foi debatida pelos vereadores durante a última sessão.
A autora do requerimento, vereadora Solange Rodrigues, pergunta ao Poder Executivo se há intenção da administração instalar mais hidrantes no município, já que existe apenas dez localizados no centro da cidade. Ela também quer saber se há parceria com a Sabesp para a instalação e verba para a execução da obra.
De acordo com informação da Sabesp, o custo para a colocação de aproximadamente 100 hidrantes fica em torno de R$70mil.
Na região sul do município, segundo Ramos, o trabalho do Corpo de Bombeiros fica difícil na hipótese de ocorrer algum incêndio, pois não existem hidrantes em nenhum bairro. (Fonte: Câmara Municipal de São Sebastião)

Notícias de Ubatuba Topo

Restaurante Solar das Águas Cantantes Mary´s Casa na Fortaleza

Setur faz balanço do carnaval 2005

Ubatuba - A Secretaria de Turismo de Ubatuba, Setur, avaliou como positivo o resultado das festividades do Carnaval de 2005. Segundo o secretário Luiz Felipe Azevedo, apesar do pouco tempo disponível para a organização do evento, todo o roteiro previamente estabelecido foi cumprido, com apenas alguns previsíveis atrasos. “Os desfiles dos blocos aconteceram dentro das datas previstas, sem maiores incidentes”, comentou.
Presença massiva - Os foliões de Ubatuba compareceram em peso ao corredor turístico de Ubatuba, que esse ano se estendeu da rotatória do Itaguá à ponte do Perequê-açú. Os turistas puderam acompanhar a folia no Itaguá, com o E.C. Itaguá, que permaneceu em frente à Capela, além dos blocos do Guaruçá e Fio de Ouro, que desfilaram pela região. Na Av. Iperoig, área central da cidade, todos os presentes acompanharam e brincaram bastante com os blocos Recordar é Viver, Bloco do Funil e Bloco do Garça.
Marchinhas na praça - No coreto da Igreja Matriz, que contou com uma decoração especial preparada pelo carnavalesco Nei Martins, muitas famílias se divertiram com as marchinhas interpretadas pela Lira Padre Anchieta, além da participação do bloco do Guaruçá e do Recordar é Viver. A garotada também teve sua vez, pois as matinês (com entrada franca), ocorreram todos os dias por volta das duas da tarde, no Tubão, contando com a presença de dezenas de crianças e suas famílias.
Ponto alto x problemas - Segundo a Secretaria de Turismo, o ponto alto do Carnaval 2005 ficou por conta do desfile do Bloco do Garça no sábado, que acabou por reunir milhares de pessoas por toda a Avenida Iperoig. Por ser a única a contar com uma bateria com maior número de instrumentos e com uma estrutura mais organizada, foi a mais aclamada pela multidão que se espalhava pela avenida.
O desfile mais polêmico foi o do irreverente Bloco da Cachorrada, que acabou por causar inúmeros transtornos durante sua passagem. Os maiores problemas ficaram por conta de atos de vandalismo, carros amassados e avariados, bloqueio de vias públicas, brigas e enfrentamento com a Guarda Municipal.
Carnaval 2006 - “O que vimos durante este ano servirá como base para o Carnaval de 2006, que já começou a se preparado”, afirma o secretário de turismo Luiz Felipe Azevedo. “Se tudo correr dentro do que estamos planejando, o próximo Carnaval contará com a volta das nossas escolas de samba, além do resgate do Carnaval de marchinhas, que foi tão bem aceito pelas famílias que nos prestigiaram neste ano”, completa.
A Setur agradece o apoio da Fundart, através de seu presidente, Martiniano Viana, e do assessor cultural Nei Martins, pela dedicação durante o evento. Também agradece aos efetivos da Guarda Municipal, da Polícia Militar e da equipe de Trânsito, que atuaram de modo efetivo durante todos os dias do Carnaval. (Fonte: Assessoria de Comunicação PMU).

Casal invade gabinete do prefeito e faz ameaças a funcionários
Na noite anterior, o casal foi até a residência do prefeito e ameaçou quebrar tudo na prefeitura caso não conseguisse um emprego

Ubatuba - O Gabinete do Prefeito foi invadido na última quinta-feira pelo casal Regina Alves Ferreira Santos e João Alves dos Santos Filho causando um grande tumulto no Paço Municipal. Segundo o boletim de ocorrências registrado após a confusão, o casal teria ido na noite anterior até a casa do prefeito e feito ameaças. Na ocasião teriam dito que caso o prefeito não arrumasse emprego para um deles, que teria ajudado na campanha eleitoral, no dia seguinte invadiriam a prefeitura e quebrariam tudo.
Recebidos por um assessor do prefeito logo no início da manhã, Regina e João passaram a agredi-lo verbalmente e em dado momento tentaram esmurrá-lo, sendo impedidos por um policial militar que se encontrava nas proximidades. Segundo o prefeito, que acabou conversando com o casal após o incidente, a questão do desemprego é realmente preocupante, porém, isso não justifica a forma agressiva com que pessoas da prefeitura foram tratadas.
“Não há vagas para contratação de pessoal e o nosso empenho hoje é de incentivar a instalação de novas empresas no município que possam gerar novos campos de trabalho. Além do mais, estamos trabalhando firme no desenvolvimento do turismo visando a geração de emprego e renda para a nossa comunidade, tão sofrida e carente de condições de trabalho”, enfatizou Eduardo César. (Fonte: PMU)

Aterro Sanitário volta a operar normalmente
Transbordo do lixo não será necessário

Ubatuba - O tempo colaborou e a Secretaria de Obras pôde dar continuidade à nova cava que estava com sua operacionalização comprometida devido às chuvas que assolavam a cidade. Com isso a coleta foi normalizada e o secretário João Paulo Rolim acha que até amanhã (12) tudo estará resolvido. “Acredito que todo o lixo será compactado e aí então vamos abrir uma nova etapa de obras no aterro, para conseguir uma vida útil de mais um ano”. A Secretaria lembra ainda que a melhor maneira para evitar acumulo de lixo no aterro é a separação do lixo nas casas. Para isso dá algumas dicas:
Reduza ao máximo o lixo produzido,
Não misture materiais recicláveis com o lixo orgânico,
Reutilize tudo o que for possível e facilite a reciclagem,
Papel velho não é lixo, é matéria prima,
Reciclar é preservar o Meio Ambiente !
Vale lembrar que não podem ser reciclados embalagens de pizza., lâmpadas e pilhas, papel de fax, papel higiênico e papéis metalizados e lixo orgânico em geral (restos de comidas).
Antes de jogar embalagens de comida e latinhas de bebida, lave bem com água. Como o lixo reciclável é estocado por mais tempo, os restos podem criar mau cheiro, e atrair insetos e ratos. E também os restos de bebida e comida atrapalham o processo industrial de reciclagem.
As pessoas interessadas em receber a visita do caminhão da Coleta Seletiva pode solicitar o serviço através do telefone 3833-2846. (Fonte: PMU)

Ubatuba participa de discussões sobre educação no Estado
Representantes de Ubatuba foram encarregadas de divulgar as informações para toda a região

Ubatuba - Ubatuba esteve presente numa importante reunião que irá discutir a criação do Fórum Permanente de Secretários/Dirigentes de Educação de São Paulo, bem como a transição Fundef/Fundeb. O encontro, que aconteceu no fim de janeiro, em Americana, teve como representantes de Ubatuba a coordenadora do ensino fundamental, Cristiane Gil e a assessora Luciana Valério Cunha. Elas foram encarregadas de passar as informações para todo o Litoral Norte e Vale do Paraíba, uma vez que essas regiões não tiveram representantes.
O objetivo do evento foi contextualizar a discussão sobre a política de financiamento da educação e ampliar a discussão sobre a proposta do governo para o Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica) que irá custear também as despesas com a educação infantil e ensino médio. Cristiane Gil diz que a participação dos municípios nesses encontros é essencial. “A nossa mobilização contribui para que os interesses da Educação Municipal sejam atendidos”. Luciana Valério Cunha acrescenta: “Nesses encontros, são colocadas questões de relevância nacional, que atingem diretamente os municípios. As cidades que não possuem representantes ficam prejudicadas nas decisões”.
Cerca de 90% do financiamento da educação básica no Brasil está a cargo dos Estados e Municípios. A proposta em discussão é que, em 2006, o Fundeb substitua o Fundef (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental), que foi um fundo criado em 1996 para financiar o ensino fundamental. Em março, acontecerá outro encontro em Araraquara, para continuar as discussões acerca do assunto. (Fonte: PMU)

Secretaria de Esporte chama alunos para renovação de matriculas

Ubatuba - A Secretaria de Esporte e Lazer de Ubatuba deu início no dia 10, às renovações de matriculas para as escolinhas de esportes. Os alunos que participaram das aulas de basquete, vôlei, surf, futebol e natação adulto em 2004 deverão comparecer ao ginásio de Esportes Tubão (Avenida Prof Thomaz Galhardo), das 9h às 17h, até o dia 17. Já os alunos da Melhor Idade serão atendidos em seus bairros, conforme cronograma abaixo, com exceção dos alunos da hidroginástica que deverão comparecer à Piscina Municipal. O período entre os dias 21 e 28 será reservado para quem pretende se iniciar em alguma área esportiva. É necessário levar duas fotos 3X4 e cópia da certidão de nascimento. Serão abertas vagas em dois períodos para futebol, vôlei, basquete e surf, este com aulas na Praia Grande, Perequê Açu e Maranduba. Maiores informações podem ser obtidas através do telefone 3833-3818.

Cronograma para Renovação de Matrículas para alunos da Melhor Idade:

21 a 25 /02 das 8 às 10:30 h.
Maranduba – Academia da Suzana
Estufa II – Sede da Sabe
Itaguá – Sede da Escola de Samba
Estufa I - Igreja São Benedito
Silop - Associação dos Aposentados Ubatuba

22, 24 e 28 das 8 às 10:30 h.
Praça Bip
Taquaral – Escola Hugo Simeão
Enseada – Igreja Santa Rita
Lagoinha – Salga

21, 23 e 25 das 8 às 10:30 h.
Ipiranguinha – Posto de Saúde
Lázaro – Escola Municipal do Saco da Ribeira
Centro – Salão da Igreja São Francisco
Perequê Açu - Terminal Turístico

21, 22 e 23 das 8 às 10:30 h.
Horto – Salão do Horto

22, 25 e 28 das 8 às 10:30 h.
Marafunda – Capela Santa Cruz (Fonte: PMU)

Atenção, pais de alunos das Emeis Estufa II e Centro

Ubatuba - A Secretaria Municipal de Educação comunica aos pais de alunos que as aulas da Emei Estufa II e da Emei Centro começarão no dia 15 de fevereiro, por conta das reformas que estão sendo terminadas nos próximos dias. Em 2005, a Emei Centro funcionará no antigo prédio da Elektro. (Fonte: Assessoria de Comunicação – PMU)

Prefeito visita Corcovado e garante melhorias
Estrada poderá ser recapeada em parceria com o governo estadual

Ubatuba - O prefeito Eduardo César participou, na semana passada, de uma reunião no bairro do Corcovado, com o objetivo de buscar soluções para os problemas enfrentados pelos moradores. Acompanhado do secretário de Obras, João Paulo Rolim e do vereador Romerson de Oliveira (Mico), o prefeito ouviu da população as principais reivindicações. Entre elas, a melhoria do asfalto e a iluminação da estrada que liga o bairro à rodovia SP-55. O secretário de Obras, João Paulo Rolim, entende as queixas dos moradores. “A população reclama com toda a razão, pois existem trechos intransitáveis. Segundo ele, isso se deve principalmente a baixa qualidade do material utilizado na obra”.
Ainda segundo Rolim, o secretário estadual de Transportes, Dario Rais Lopes, esteve analisando a situação da Estrada do Sertão da Quina na semana passada e atendendo a solicitação de prefeito Eduardo César, vai estudar a inclusão da Estrada do Corcovado nesse programa de melhorias. “A idéia é utilizar asfalto quente no recapeamento, pois a durabilidade desse material é bem maior e a qualidade do serviço também”, disse o secretário de Obras.
Regime de urgência - Enquanto o Estado estuda essa inclusão, o prefeito Eduardo César garantiu aos moradores do Corcovado que a estrada receberá, a partir da segunda quinzena de fevereiro, uma operação tapa-buraco. Segundo ele, essa operação irá, melhorar, temporariamente, as condições da estrada, devolvendo aos moradores do bairro maior segurança. (Fonte: PMU)

“Ação Ambiental” encerra temporada com o plantio de mudas nativas na Praia Grande

Ubatuba - O projeto “AÇÃO AMBIENTAL - VERÃO 2005” encerrou suas atividades de conscientização com os turistas nestes quatro dias de carnaval. O fim-de-semana de carnaval foi marcado pelo plantio de mudas nativas em seis canteiros nos arredores da Praia Grande. Ao todo, foram plantadas cerca de 40 mudas, entre coqueiros, pitangueiras, mulungus, cássias e jundus de espécies diversas.
O plantio foi planejado pelo técnico Antônio Devide, da Secretaria Municipal de Agricultura Pesca e Abastecimento (SAPA), e contou com a participação de aproximadamente 30 crianças, agentes ambientais da ASSU e SEIVA e voluntários. O Secretário Municipal de Meio Ambiente, Paulo Pires (Sri) também participou do plantio e disse que essa é uma ação que simboliza o contato direto com a terra, a valorização da natureza. “O envolvimento da nossa comunidade e dos turistas com as causas ecológicas gera uma mudança de conceitos. As pessoas passam a ver a ecologia como algo fácil de se praticar. Plantar uma árvore e separar o lixo reciclável, por exemplo, são atitudes simples que fazem muita diferença”.
O encerramento oficial da campanha acontecerá no casarão da Fundação de Arte e Cultura (FUNDART) dentro de 30 dias. A ambientalista Karina Sarilho, convida os ecologistas ubatubenses: “Contamos com a presença de todos os parceiros, assim como a comunidade ecologicamente consciente para celebrar com a gente o fim dessa etapa do “Ação Ambiental” .
Este é o segundo ano que o projeto Ação Ambiental atua no município, levando Educação Ambiental aos freqüentadores de Ubatuba. Com o lema “Ubatuba é uma festa, mas vamos cuidar da casa!”, foram desenvolvidas atividades como: oficinas interativas; mutirões de limpeza; pesquisas de opinião; informações turísticas; registro de denúncias e sugestões para encaminhamento. O artista e agente ambiental Carlos Alberto Piovesan, comenta que “gradativamente, o projeto cresce, conquistando novas parcerias que, assim como nós, buscam fazer de Ubatuba uma cidade que convive em harmonia com a natureza”. (Fonte: PMU)

Prefeitura sedia reunião sobre gerenciamento costeiro

Ubatuba - Através da Secretaria Municipal de Agricultura, Abastecimento e Pesca, Ubatuba sai na frente e realiza a primeira reunião envolvendo a Secretaria Estadual de Meio Ambiente para solucionar as dúvidas junto ao órgão fiscalizador, que é a polícia ambiental e os principais envolvidos, os pescadores. O encontro organizado pela Secretaria Municipal de Agricultura e Pesca, contou com representantes do Instituto de Pesca, Colônia de Pescadores Z-10, Secretaria Estadual do Meio Ambiente e Polícia Ambiental.
Para Valéria Cress Gelli, Secretária Municipal de Agricultura e Pesca, a reunião serviu para tirar algumas dúvidas antigas e também analisar outras que surgiram após a promulgação da lei. “Em breve faremos uma grande campanha de conscientização para que o setor produtivo desenvolva suas atividades de uma forma responsável. Estaremos encaminhando um relatório com todas as questões que ainda existem ao Governo Estadual para que sejam feitas as adequações necessárias”, salientou Valéria.
A secretária-executiva do Grupo Setorial de Coordenação do Litoral Norte, Marta Emerich, diz que a interpretação da lei de zoneamento marinho vem sendo a grande dificuldade dos setores envolvidos. “Pretendemos realizar reuniões nas quatro cidades do Litoral Norte, pois toda nova lei leva um certo tempo para ser assimilada”. Se necessário as revisões serão feitas posteriormente, através de decreto”, completou Marta. Entre as atribuições do Grupo Setorial estão a elaboração dos planos de ação e gestão, as ações prioritárias e a definição dos recursos e atividades necessárias para que sejam implementadas. (Fonte: PMU)

Parceria leva alimentos à Comunidade Emaús
Secretaria de Esporte e Fundo Social entregam mais de 100 quilos de alimentos

Ubatuba - A Secretaria Municipal de Esporte e Lazer repassou ao Fundo Municipal de Solidariedade cerca de 120 quilos de alimentos, que foram arrecadados durante o “Verão Nick”. Durante o evento quem contribuía com um quilo de alimento não perecível, recebia dois ingressos para assistir a sessões de desenho animado. O Fundo Social de Solidariedade escolheu a Comunidade Emaús para receber esse alimento devido ao fato de ser a única, nesse primeiro momento, a solicitar o apoio do Fundo.
O Secretário de Esporte, Bittencourt Jr., ficou emocionado durante a entrega. “Essa foi apenas a primeira de muitas ações sociais que o esporte fará durante essa administração. Sei que essa pequena ajuda foi bem recebida”, completou o secretário. A presidente do Fundo Social, Denise Montemor César, também ressaltou a importância dessas ações. “Sabemos o trabalho que a comunidade Emaús desenvolve, e ficamos contentes em ajudar”. “Sempre que a população necessitar o Fundo Social se fará presente”, afirmou Denise. (Fonte: Assessoria de Comunicação PMU)

Fundart abre inscrições para cursos de 2005

Ubatuba - A FUNDART abriu inscrições para o curso de pintura em tela, com o professor e artista plástico Pauli Gil e ballet clássico, com a professora Alessandra Penha.

Aos interessados no curso de pintura:
Re-matrícula: de 10 a 18/02/2005
Matrícula: de 21/02 a 01/03/2005, das 8h às 12h e das 14h às 18h.
Início das aulas: 02/03/2005 – quarta-feira
Local: Casarão do Porto - FUNDART

Ballet Clássico:
Iniciação: crianças de 7 a 8 anos / 9 a 11 anos de idade
3º ano: adolescentes até 12 anos
Matrícula: de 10/02 a 04/03
das 8h às 12h e das 14h às 18h.
Início das aulas: dia 28/02 – segunda-feira (as aulas começarão antes do término das inscrições para os alunos que já estiverem matriculados).
Local: Casarão do Porto - FUNDART

Não esqueça:
- 1 foto 3X4
- fotocópia da certidão de nascimento
- fotocópia de um comprovante de residência

Informações: (12)3833-7000 / 3832-4584 (Fonte: Assessoria de comunicação PMU).

Região Sul pode ter mais um posto de saúde

Ubatuba - O Araribá, região Sul de Ubatuba, pode ganhar um Posto de Saúde. A proposta é dos vereadores, Jairo dos Santos, presidente da Câmara, Luciana Machado e Osmar de Oliveira, que se reuniram com a comunidade local, no dia 03 de fevereiro.Os Postos de Saúde existentes na região ficam na Maranduba e no Sertão da Quina, distantes da comunidade que se desloca a pé, para uma consulta médica.
Na oportunidade, os moradores reivindicaram melhorias para o bairro, que segundo eles, está “uma calamidade”.Falta iluminação pública, as ruas estão em péssimo estado, não sobe caminhão de lixo e ambulância, quando é chamada, atola e não sai do lugar. O presidente da Regional Sul, Mário Clarassoti, presente na reunião, afirmou que os problemas das ruas começam a ser solucionados, com a melhora do tempo.
Uma outra questão que preocupa a todos é a expansão desordenada de Vila Santana, no Araribá. O vereador Jairo dos Santos propôs a criação de uma associação para atuar junto ao ITESP, Instituto de Terras do Estado de São Paulo, e regularizar a situação fundiária local. (Fonte: Câmara Municipal de Ubatuba)


Ação Litoral
 
Artigo Topo

Ministério das Cidades
Encaminho notícia da Assessoria de Imprensa do Ministério das Cidades, porque deve interessar a todos.

Abraços,
Regina Teixeira

Ministério das Cidades lança campanha para mobilizar prefeitos e sociedade na elaboração do Plano Diretor Participativo

O Ministério das Cidades promove na próxima quarta-feira (16) a primeira reunião da Coordenação Nacional da Campanha do Plano Diretor. O encontro discutirá as estratégias, a formação dos Núcleos Estaduais de Mobilização e o calendário da campanha de informação e esclarecimento junto à população. O objetivo é mobilizar e sensibilizar mais de 2 mil municípios a realizarem o Plano Diretor Participativo, conforme determina o Estatuto das Cidades – Lei Federal 10.257/2001.
Pela lei, os municípios, com mais de 20 mil habitantes, além dos que integram Regiões Metropolitanas e Aglomerados Urbanos, têm até outubro de 2006, conforme estabelece o Estatuto das Cidades, para elaborar ou atualizar seus planos diretores sob pena do prefeito incorrer em improbidade administrativa.
A reunião, que será no Ministério das Cidades, em Brasília, participarão representantes dos vários segmentos do Conselho das Cidades, de outros Ministérios, entidades representativas dos municípios, Ministério Público, Movimentos Populares e da Câmara de Deputados. Segundo a secretária nacional de Programas Urbanos do Ministério Cidades, Raquel Rolnik, a mobilização da campanha busca ganhar a adesão da sociedade.
"Queremos romper essa idéia tecnocrática de que Plano Diretor é somente para especialistas e, muitas vezes, com o debate limitado aos segmentos do setor imobiliário. Ele precisa ser uma construção coletiva, que prevê espaços bem localizados na cidade, por exemplo, para incluir a moradia das pessoas de baixa renda e também defina locais para os equipamentos públicos, áreas de lazer, etc", explica Raquel.
Ela lembra ainda que a lei estabelece também a obrigatoriedade do Plano Diretor para as cidades que são de especial interesse turístico ou os que estão na área de influência de algum tipo de empreendimento de impacto ambiental de âmbito regional. O Ministério elaborou um livro sobre o assunto que está disponível na internet
http://www.cidades.gov.br <http://www.cidades.gov.br/>) para ajudar a capacitar os municípios na elaboração do Plano Diretor.A equipe técnica do Ministério, que já está com várias parcerias com outros ministérios, entidades, movimentos, também está à disposição dos municípios para apoiar a elaboração do Plano, explica o diretor de planejamento urbano da Secretaria Nacional de Programas Urbanos, Benny Schasberg. Segundo ele, o Plano Diretor deixa de ser um mero instrumento de controle e uso do solo para se tornar um instrumento que introduz um outro modelo de desenvolvimento menos injusto e mais sustentável das cidades brasileiras.

Assessoria de Imprensa do Ministério das Cidades
Telefones: (61) 411 4661 ou 2108 1602
Brasilia, DF - (61) 2108-1602
www.cidades.gov.br

 

Opinião Topo

Leme e Estrela
Ronaldo Dias

Dizem que uma das boas coisas, da liberdade de expressão, é poder participar. Faz bem e, melhora a auto estima. As expressões de satisfação e, mesmo as de indignação, assim se justificam. O que não se pode, é perder o respeito, devido, às opiniões de outrem. Elementar. Não é preciso instrução educacional para este entendimento. Este tipo de educação, é apenas, uma questão de berço. Nada mais. Também, não se pode e, não se deve, discutir nestas referidas "liberdades" gostos e, preferências pessoais. Tem indivíduos que gostam e, até se alimentam de coisas, que à muitas outras, dá asco. Questão de gosto. Outros, preferem o silêncio e a comodidade de serem "conduzidos". Seguem, silentes e, cordatos, sem leme, passivos, ao sabor daquilo e, daqueles, que os conduzem. Ficam nas mesmas praças. Questão de QI. Então pode-se, sem maior dificuldade de entendimento, concluir (novamente) que falar ou opinar, sobre o que não se entende e, principalmente sem objetivo, além da provocação gratuita, muito melhor calar. A desinformação e, a falta de educação, aquela, suficiente para interpretar o que se lê, são justificativas que deram motivos às reformas pedagógicas do ensino fundamental. Questão do maior flagelo humano e, causa principal do subdesenvolvimento. Leme e estrela, não garantem rumo. Para não ficar perdido, é preciso saber "ler" o céu para navegar.

Ronaldo Dias
Ubatuba, SP

Carta do Leitor Topo

Agradecimento - Gostaríamos de utilizar esse espaço democrático e de grande alcance para reafirmar o nosso agradecimento a uma entidade que não mediu esforços para ajudar as vítimas dos deslizamentos e enchentes que assolaram Ubatuba na última quinzena de janeiro. Trata-se da Pastoral da Criança, que durante todos os dias em que mais de cem pessoas foram obrigadas a permanecerem no Ginásio de Esportes Tubão esteve ao nosso lado, cuidando, ajudando, se solidarizando com as vítimas. A todos os membros da Pastoral da Criança, o nosso muito obrigado e que Deus abençoe a cada um de vocês.
Atenciosamente,

Kátia R. Gomes Nunes
Secretária da Assistência Social
Prefeitura Municipal de Ubatuba


Que Absurdo Sr. Prefeito!!!! - Onde está a nossa segurança??? Até o sábado posterior ao carnaval, vivíamos em um "quase paraíso", sem grandes ocorrências. Na mesma noite, após o policiamento reserva ir embora da cidade, tivemos na Maranduba, cinco casos. Parece que a bruxa está solta, ou será os bandidos e salafrarios que nos obrigam a ficar trancados em nossas casas, com medo e temendo pelos nossos familiares?
Cadê o policiamento?
Moramos em um bairro esquecido por Deus e por nossa antiga prefeitura. Não temos asfalto, atendimento a sáude adequado, segurança, rede de esgoto e a nossa água em dias de chuva se torna imprópria ao consumo humano. Em nossa comunidade nada pedimos a não ser o que nos é de direito. Aproveitando, convém lembrar. O Sr. conhece a ponte do Rio Maranduba, que por um acaso foi a comunidade quem fez? Pois é, está quase caindo. O Sr. pode nos ajudar? Entendemos que o seu mandato está apenas começando, e que o Sr. ainda não teve tempo hábil para tomar as devidas providências. Esperamos que essa administração corrija os erros da passada. Porém um um problema a mais: URGENTE.

Rosimeire Matias
Ubatuba, SP

Foto do Dia Topo

Para participar desta seção basta enviar as fotos com crédito do autor e legenda, no tamanho mínimo de 1024 x 768 pixels com resolução de 72dpi para fotododia@litoralvirtual.com.br
O envio de foto caracteriza autorizada a sua publicação e identifica o remetente como autor.

Ubatuba-SP

Garças no Itaguá - Emilio Campi


Garças no Itaguá
 ©Emilio Campi


Para instalar a foto como papel de parede (wallpaper)
Clique na foto acima. Após carregar a foto ampliada, clique com o botão direito do mouse sobre a imagem e escolha "Definir como papel de parede" ou "Definir como fundo de tela". Para ajustar a imagem em tela cheia, clique em qualquer lugar da área de trabalho com o botão direito do mouse, escolha "Propriedades" / "Fundo de Tela" ou "Papel de Parede" / "Ampliar".

Arquivos:  Foto Saudade  -  Foto do Dia

 Faça seu comentário, crítica, opinião ou sugestão no Litoral Virtual:
Clique Aqui


As notícias, fotos e cartas publicadas neste boletim são de inteira responsabilidade de suas fontes e autores,
não expressando necessariamente a opinião deste informativo. O envio de qualquer material para nosso e-mail
será considerado como autorizado a sua publicação e assumida a total responsabilidade pelo seu conteúdo.
As cartas devem conter nome completo, RG, endereço, telefone de contato e um e-mail válido.
Reservamos o direito de não publicar cartas que não contenham a devida  identificação do autor.

Editor Chefe: Emilio Campi
Editora Assistente: Jullyany Roberta Cruz


GRÁTIS!!
Receba as Últimas Notícias do Litoral em seu e-mail:

Quero receber GRATUITAMENTE o boletim Últimas Notícias do Litoral:

e-mail:
Cidade:



Obs.: Você poderá cancelar o recebimento das notícias a qualquer momento.

Conheça as cidades do Litoral Norte Paulista:

Caraguatatuba Ilhabela São Sebastião Ubatuba

Litoral Virtual
O mais completo site do Litoral Norte Paulista na Internet
Sugestões, críticas e informações, entre em contato:
info@litoralvirtual.com.br

©1995/2001 Emilio Campi - Studio Maranduba - Direitos Reservados
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem a expressa autorização do autor