Litoral Virtual últimas notícias do litoral
Quarta-feira, 23 de fevereiro de 2005 - Nº 1225 Edições Anteriores

Litoral Virtual Nautica

Região
Litoral Norte discute regionalização do Turismo
Estado aprova área para CDP do Litoral Norte
Operação da Civil prende 18 no fim de semana

Caraguatatuba
Teatro Experimental de Caraguá abre testes para seleção de atores
Bikers de Caraguá se preparam para os Jogos Regionais 2005
Biker de Caraguá vence etapa de abertura do Campeonato Paulista de Bicicross 2005
CIASE atende hipertensos, diabéticos e obesos
Morador encontra homem ferido no Travessão
Casal tenta sair de loja, sem pagar, com roupas escondidas em carrinho de bebê

Ilhabela
Taxa Ambiental em Ilhabela
Vereador quer reinício das obras da ponte da Rua da Cachoeira

São Sebastião
Interdição de aterro afeta coleta de lixo no litoral
Grávida passa 21 horas em poder sequestradores
Vereadores discutem alterações no Gerenciamento Costeiro
Surfistas e Câmara definem regras para funcionamento das escolinhas de surfe
Programa da MTV grava na praia de Maresias
Vereadores analisam veto a projeto que disciplina instalação de bancas

Ubatuba
Delegação de Melipilla é recebida em solenidade no Paço Municipal
Prefeitura participa de recepção aos alunos da Unitau
Mais um domingo de goleadas no Torneio do Estaleiro
Mulheres do futebol agora querem a areia
Surf Feminino leva graça e força à Praia Grande
Jovem morre com tiros na cabeça
PM é baleado em emboscada no Taquaral
Encapuzados roubam casa de veraneio

Seções
Opinião
Carta do Leitor
Foto do Dia


Notícias da Região Topo

Litoral Norte discute regionalização do Turismo
Litoral Norte ganha título de circuito Costa Verde e passa a receber recursos unificados do Governo de Estado, para a estruturação de produtos turísticos em comum, ainda em 2005.

Litoral Norte - Os secretários municipais de Turismo do Litoral Norte participaram na última sexta-feira, dia 18, do Fórum de Regionalização do Turismo do Estado de São Paulo, junto com outros 30 secretários municipais de Turismo das regiões do Vale do Paraíba, Serra da Mantiqueira e Litoral Norte. O Fórum foi coordenado pelo secretário executivo de Turismo do Estado de São Paulo, Marco Antonio Castelo Branco e representantes da Universidade Salesiana.
O tema do Fórum foi a regionalização do turismo, iniciativa do Governo de Estado que irá vigorar a partir deste ano, com a criação de circuitos e roteiros turísticos. Os circuitos criados a partir de agora devem contemplar o que cada região tem para oferecer como roteiro turístico. como o Circuito Costa Verde que representará o Litoral Norte, o das Frutas, representado pelos municípios Jundiaí, Itupeva e Vinhedo. Há outros circuitos como o das Águas, o das Montanhas, o Caminho do Mar, o Vale Histórico, a Rota do Ouro.
A idéia, segundo o secretário de Turismo de Caraguá, Ricardo Ribeiro, é unificar produtos entre cidades. "Ao contrário de fortalecer municípios, como acontece hoje, o estado quer fortalecer regiões e para isso irá investir em roteiros bem estruturados", explica Ribeiro.
Segundo o secretário Ribeiro, os secretários do Litoral Norte estão a favor porque o Roteiro Costa Verde vai beneficiar a região na captação de recursos do Governo do Estado. "O objetivo é fazer com que mais turistas visitem o litoral e que não fique em uma única cidade, mas que conheçam o que as quatro cidades oferecem", complementou.
Outro objetivo é que o turista permaneça mais tempo na região. "Com a criação do Roteiro Costa Verde e os recursos que o Estado oferece, iremos incentivar, por exemplo, a vinda de turistas da cidade de São Paulo, que podem utilizar mais o seu estado para fazer Turismo. Aqui ele encontra atrativos sem precisar ir tão longe", diz o secretário.
Os principais atrativos do roteiro Costa Verde - que inclui os municípios de Ubatuba, Caraguatatuba, São Sebastião e Ilhabela são: a localização, por estar próximo dos grandes centros RJ, SP e MG; a estrutura viária, que inclui estradas e rodovias como a Carvalho Pinto, a Via Dutra, a Dom Pedro, a Tamoios e a Rio Santos; e além de tudo, faz parte da região onde se concentra grande parte da economia do país.
Segundo Ribeiro, outros pontos fortes da região são as belezas naturais, concentradas entre a praia e a Mata Atlântica, que oferecem condições para a prática de diversas modalidades turísticas. A idéia dos secretários é investir nos Parques Estaduais.
O Ecoturismo será o primeiro produto desenvolvido no Roteiro Costa Verde. Os quatro secretários do Litoral reúnem-se na primeira semana de março para discutir sobre as ações da Fundação Linha Verde, que acaba de ser criada para cuidar das ações do Roteiro Costa Verde. PMC

Estado aprova área para CDP do Litoral Norte

Litoral Norte - A SAP (Secretaria de Administração Penitenciária) aprovou a área indicada pela Prefeitura de Caraguatatuba para a construção do CDP (Centro de Detenção Provisória) do Litoral Norte. O terreno sugerido pelo prefeito José Pereira Aguilar (PSDB) tem 50 mil metros quadrados e fica no bairro Rio Claro, a 12 quilômetros do centro.
Segundo o Estado, a secretaria aguarda a documentação da área por parte da prefeitura para dar início à licitação. A obra será gerenciada pela CPOS (Companhia Paulista de Obras e Serviços).
Com a aprovação, o prefeito pode agora concluir a negociação para compra ou desapropriação do terreno, que é particular.
Segundo a SAP, a área foi aprovada porque atende a todas às normas técnicas. A CPOS deve enviar à SAP ainda esta semana o edital para aprovação, que em seguida deverá ser publicado no Diário Oficial.
As obras devem ser iniciadas em 60 dias e a previsão é que demorem entre oito e dez meses, segundo a secretaria. O CDP, com capacidade para 768 detentos, irá receber presos das quatro cidades do Litoral Norte e, possivelmente, de outras regiões.
A aprovação da área deixa perto do fim uma 'novela' que já dura mais de quatro anos e deve acabar com o problema de superlotação nas cadeias públicas da região.
NEGOCIAÇÃO - O prefeito de Caraguá tem agora dois entraves para resolver para viabilizar a construção do CDP. O primeiro é concretizar a compra da área, de propriedade de Roberto Santana.
Segundo Aguilar, Santana quer negociar toda a propriedade, que tem 300 mil metros quadrados, e não apenas os 50 mil metros necessários para o CDP. Além disso, o valor pedido seria alto demais --cerca de R$ 500 mil.
Aguilar disse que pediu uma avaliação do terreno a três corretores. "Vamos tentar um acordo. Se o preço estabelecido for o de mercado, poderemos adquirir os 300 mil metros e aproveitar para construir outras unidades da prefeitura no local", afirmou.
O ValeParaibano consultou três corretores de imóveis da cidade e apurou que o preço do metro quadrado no bairro Rio Claro varia de R$ 1 a R$ 2.
O outro entrave no caminho de Aguilar será conseguir que a Câmara revogue o artigo 177 da Lei Orgânica Municipal, que proíbe a implantação do CDP. O prefeito se reuniu ontem à tarde com os vereadores para tratar do assunto e disse que não deverá ter problemas para alterar a legislação. (Fonte: Salim Buriham/ValeParaibano)

Operação da Civil prende 18 no fim de semana

Litoral Norte - A Polícia Civil executou entre a noite de quinta-feira e domingo da última semana operação para reprimir o tráfico de entorpecentes nos municípios da região. Resultou na prisão de pelo menos 18 supostos traficantes em bairros de São Sebastião e Ilhabela, onde foi realizada a prisão dos irmãos A.S.S. e P.S.S. que liderariam a venda de cocaína no lado sul do arquipélago. Além dos flagrantes de tráfico, houve ainda autuações por porte de entorpecentes e ocorrências de ato infracional – com adolescentes.
Outras 30 pessoas foram detidas para averiguação. Quatro motocicletas e dois automóveis foram apreendidos.Mais de 50 policiais do Departamento de Narcóticos (Denarc), de São Paulo, com o apoio de setores da Delegacia Seccional do Litoral Norte participaram da ação que também abrangeu municípios da Baixada Santista. Ao todo cerca de 200 homens estiveram na operação batizada de “Litoral Seguro”.
Em São Sebastião executaram batidas na Topolândia, Centro, Barequeçaba, Pontal da Cruz, e realizaram comandos em pontos estratégicos da Costa Sul. Nestes locais, conforme a polícia, foram encontrados mais de 5,5 quilos de cocaína e dois de maconha.
Conforme o delegado Wuppslander Ferreira Neto, que atuou na operação, no Topo, foi preso o suposto líder do tráfico no local M.R.S.F., de 48 anos. Informações davam conta à polícia de que ele estaria ligado ao Primeiro Comando da Capital e que dividiria a venda de drogas com outro suposto traficante da Olaria. Este homem já identificado está sendo procurado pelo Departamento de Narcóticos.
A investigação comprovou as suspeitas por meio de denúncias anônimas e monitoramento realizado pelo serviço de inteligência da Polícia Civil.
A delegada Seccional Elaine Maria Biazola diz que todos os supostos acusados foram levados à cadeia pública. Segundo ela, alguns já possuem passagens anteriores pela polícia no mesmo crime. “Estão à disposição da Justiça. Os casos serão apurados”. Com relação à maconha e cocaína apreendidas, a delegada diz que serão encaminhadas para São José dos Campos, onde técnicos analisarão o material.
Saldo - Elaine Maria Biazola considerou válido o saldo da primeira operação em seu comando na Delegacia Seccional. De acordo com ela, “toda a ação da polícia para inibir qualquer tipo de crime é extremamente válida”. Sem revelar muitos detalhes, a delegada disse que mais operações devem ocorrer ainda durante este ano na região. (Fonte: Marcello Veríssimo/Imprensa Livre)

Notícias de Caraguatatuba Topo

O Guaruçá BIL -= Bolsa de  Imóveis do Litoral Salete

Teatro Experimental de Caraguá abre testes para seleção de atores
O TEC é o grupo de representatividade da Fundacc na área de Artes Cênicas e encerrou 2004 participando da “ópera caiçara” Contos de Areia, apresentada no TMC

Caraguatatuba - O TEC – Teatro Experimental de Caraguatatuba, que representa a FUNDACC – Fundação Educacional e Cultural de Caraguatatuba na área de Artes Cênicas, inicia 2005 realizando um teste para a seleção de atores para a formação do grupo que atuará nas ações da Fundação durante 2005.
As inscrições para participação do teste estão abertas desde a última segunda-feira 21, e terminam no dia 28 de fevereiro, na próxima segunda-feira.
Segundo explicou o diretor de Artes Cênicas da FUNDACC, Junior Magresco, é necessário que o candidato à vaga compareça a Fundação para preencher a ficha e adquirir as instruções para a participação da prova.
Os testes acontecerão no auditório da FUNDACC, no dia 28, a partir das 19h, e poderão participar do processo seletivo atores e pessoas interessadas em teatro com idade mínima de 15 anos. Para Magresco, é ideal que os candidatos tenham alguma experiência na área teatral. Ao comparecer na FUNDACC para retirar as instruções, o candidato levará o material com uma cena indicada pela Fundação, que deverá ser representada pelo ator durante o teste. Além dessa cena, o participante deverá apresentar também uma cena de livre escolha para a comissão julgadora, que será indicada pela Comissão Municipal Setorial de Artes Cênicas da FUNDACC.
O resultado dos testes será divulgado no dia 1º de março e as aulas terão início a partir do dia 2 de março.
Nesse ano, os atores do TEC terão três encontros semanais. Serão duas aulas práticas no Teatro Mário Covas, às segundas e quartas-feiras, e uma aula teórica em sala-de-aula, no prédio das Oficinas Culturais.
O TEC é o grupo de representatividade da FUNDACC, assim como o Corpo de Baile Municipal e o Coral Água Viva, e foi responsável por apresentações como “Vestido de Noiva”, de Nelson Rodrigues, Contos de Areia – a ópera caiçara que fez a pré-inauguração do Teatro Mário Covas, além de demonstrações da cultura regional como a Puxada-de-rede, projeto Leitura Viva e o Boi bumbá.
Não é necessário ter grande experiência em teatro para participar do teste, segundo informou Junior Magresco. “É importante que o candidato tenha noções e alguma experiência, porque de qualquer forma será avaliado pelo desempenho durante sua representação à banca examinadora”, finalizou.
Mais informações podem ser obtidas na FUNDACC, pelos telefones (12) 3883-7555 ou 3883-3737. Participe. (Fonte: PMC)

Bikers de Caraguá se preparam para os Jogos Regionais 2005
Durante os treinos oficiais crianças e adolescentes têm aulas de bicicross gratuitas

Caraguatatuba - Oito pilotos do Caraguá Bicicross Clube estão se preparando para competir na 49ª edição dos Jogos Regionais, que acontece no período de 4 a 17 de julho, em Caraguá. Os treinos oficiais acontecem sempre as terças e quartas feiras das 19h às 21h, na pista Tom Ferreira, no Indaiá.
No ano passado, o bicicross era modalidade de apresentação, este ano, a equipe aguarda a decisão da comissão dos Jogos Regionais para decidir se a modalidade passa a ser oficial.
Os bikers que competiram, no ano passado, conquistaram medalha de prata, na categoria Júnior Man, na classificação geral. Este ano, vão lutar para conquistar a medalha de ouro. “Mesmo sendo uma competição extra, escolhida pela cidade sede, essas competições é que fazem o esporte se tornar uma modalidade oficial”, finalizou o vice-presidente e divulgador do Caraguá Bicicross Clube, Marcus Prazeres.
Durante os treinos, crianças e adolescentes recebem aulas de bicicross, os pais que desejarem inscrever os seus filhos, na escolinha deve comparecer ao local e levar a bicicleta, capacete e calça e camisa, as aulas e inscrições são gratuitas. (Fonte: PMC)

Biker vence etapa de abertura do Campeonato Paulista de Bicicross 2005
O biker Matheus Prazeres venceu em três baterias de sua categoria, 7 anos expert, na primeira etapa do Campeonato Paulista de Bicicross que aconteceu no domingo, dia 20, em Cosmópolis

Caraguatatuba - O piloto de bicicross de Caraguatatuba, Matheus Prazeres, foi destaque na primeira etapa do Campeonato Paulista de Bicicross vencendo três baterias da categoria 7 anos expert. Com esse resultado o piloto conquistou a liderança do ranking paulista. A disputa aconteceu no domingo, dia 20 e a prova foi organizada pela Federação Paulista de Bicicross e pelo Cosmópolis Bicicross Clube. A equipe de Caraguá teve o apoio da Secretaria de Esportes e Recreação e da J. Bike.
A equipe de bikers do Caraguatatuba Bicicross Clube esteve presente com 23 atletas numa competição que teve a participação de cerca de 350 pilotos de 18 clubes, vindos do estado de São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro e Paraná e com um publico de 3.000 pessoas.
A próxima etapa do Campeonato Paulista acontece dia 10 de abril em Caraguatatuba, na pista de Bicicross Tom Ferreira, na Praia do Indaiá.
Segundo o presidente da Caraguatatuba Bicicross, Wellington Dalplat, a competição contará com os melhores pilotos do Bicicross nacional, inclusive com os prováveis representantes do Brasil nos Jogos Pan-americanos de 2007 no Rio de Janeiro e nos Jogos Olímpicos de 2008 em Pequim.
Confira o ranking dos atletas de Caraguá:
Evandro Castilho - vice-campeão na categoria 14 anos expert;
Renye Oliveira (Mônaco) - vice-campeão na categoria 9 anos expert;
Fabio Almeida - vice-campeão na categoria 7 anos novatos;
Lucas Prazeres (J.Bike / Modulo Infantil / big box ) - 5º colocado na categoria até 6 anos novatos;
Luis “Guga” Santos - 6º colocado na categoria 8 anos expert;
Eduardo Cruz (Deposito Poiares / Like Bike) - 6º colocado na categoria 10/11 anos novatos;
Alan Marques, (Nutri Sports / Torak Lan House) - 6º colocado na 13 anos expert;
Rodolfo Correa - 7º colocado na categoria 11 anos expert;
Carolina Spielkamp - 3ª colocada na categoria 14 / 16 anos;
Julia Cruz ( Juninho Bike Shop ) - 5ª colocado na categoria 9 / 10 anos;
Bruna Cruz (Juninho Bike Shop) - 6ª colocada na categoria 11 / 13 anos. (Fonte: PMC)

CIASE atende hipertensos, diabéticos e obesos

Caraguatatuba - O CIASE-Centro Integrado de Ações Sócio-Educativas, em Caraguá, tem vagas abertas para as atividades que atendem hipertensos, diabéticos e obesos, de qualquer idade. O trabalho é coordenado pela professora Milene O. Bastos, das Faculdades Integradas Módulo, que junto de monitores, que são alunos do curso de Educação Física, utiliza exercícios adaptados para controlar as doenças.
Os resultados positivos são comprovados e acompanhados pelo Dr. Maurice Mansour, que também atua no projeto. O uso de medicamentos foi reduzido em 30% e o peso dos pacientes também diminuiu. “Isso se deve à dedicação do grupo, que participa desde outubro do ano passado e não falta a uma aula. Até mesmo nas férias o grupo participou para não perder os efeitos”, conta a coordenadora.
O projeto, que teve início em 2004, atendendo idosos hipertensos, agora atende adolescentes, que são indicados pelos médicos das Unidades de Saúde. Segundo a coordenadora, no grupo de 22 pessoas, há adolescentes que foram encaminhados devido a hipertensão ou obesidade. O projeto atende até mesmo pacientes de São Sebastião, por ser o único na região.
Os pacientes participam das atividades às segundas, quartas e sextas, das 13h30 às 16h. O programa inclui acompanhamento médico que administra o uso dos medicamentos. Uma técnica de enfermagem do PSF-Programa Saúde da Família, faz a aferição de pressão dos pacientes, antes, durante e após os exercícios. Os monitores orientam os participantes no trabalho cardio-vascular fora da água, e na piscina, as aulas adaptadas.
O CIASE está abrindo mais dois grupos para atender a população. As novas turmas serão atendidas às terças, quintas e sábados. Pessoas de qualquer bairro podem participar. Mais informações pelos telefones 3887-9431. (Fonte: Módulo)

Morador encontra homem ferido no Travessão

Caraguatatuba - O carpinteiro I.A.S., de 35 anos, escutou na manhã de domingo um pedido de socorro vindo de um terreno baldio atrás de sua casa, no bairro Travessão. Ao verificar, encontrou J.B.M. gravemente ferido.
A vítima apresentava ferimentos profundos na cabeça, olhos e axilas, provavelmente por golpes de facão.
Enrolado no pescoço, ele ainda tinha um cinto de nylon. J.B.M. foi conduzido ao pronto-socorro da Casa de Saúde Stella Maris, onde permaneceu internado. A tentativa de homicídio foi atendida pela Polícia Militar e registrada na delegacia da cidade. A autoria e motivo do crime ainda são desconhecidos. (Fonte: Imprensa Livre)

Casal tenta sair de loja, sem pagar, com roupas escondidas em carrinho de bebê

Caraguatatuba - Estar com o filho ainda de colo não foi empecilho para o casal L.O.C., de 28 anos, e V.A.O., de 22 anos, pegar roupas na loja Kasual Magazine e tentar sair sem pagar. Eles usaram o carrinho de bebê para esconder as peças. O crime aconteceu na tarde de sábado, na rua Altino Arantes, no Centro.
Um funcionário da loja flagrou os dois colocando as roupas no carrinho e saindo da loja sem fazer o pagamento. Ele alertou os demais atendentes e a Polícia Militar foi avisada.
Sabendo que foram descobertos, eles se separaram durante a fuga. A mulher foi detida no pronto-socorro central e já tinha abandonado algumas peças em uma mesa do setor. Já o companheiro conseguiu ser interceptado em uma galeria nas proximidades.
O restante das roupas ainda estava no carrinho, junto ao bebê. O casal confessou à Polícia Militar o crime, alegando que havia entrado na loja para comprar roupas para o filho, mas decidiu pegar duas bermudas, duas blusinhas, um biquíni, uma calça jeans e um short e sair com o material no carrinho.
O homem disse à polícia que estava arrependido do crime. Só que não é a primeira vez que ele comete um furto. L.O.C. é conhecido da polícia pela prática ilícita e já esteve preso na cadeia local, onde ficou recolhido, em outras ocasiões. Desta vez sua companheira também foi indiciada pelo mesmo crime, sendo removida para cadeia feminina de Ubatuba. (Fonte: Selma Almeida/Imprensa Livre)

Programa Ação Litoral

Notícias de Ilhabela Topo

Vulcano Portal da Palmeira

Taxa Ambiental em Ilhabela
Fernando de Noronha pode ser parâmetro para Ilhabela

Ilhabela - O prefeito de Ilhabela, Manoel Marcos de Jesus Ferreira, o presidente da Câmara, Luiz Lobo, e o secretário de Turismo, Ricardo Fazzini, viajam hoje rumo ao Arquipélago de Fernando de Noronha. A viagem faz parte do levantamento de dados para a possível implantação de uma taxa de preservação ambiental em Ilhabela, proposta por Lobo, a exemplo da cobrada em Noronha. Em 2004, Noronha recebeu 55 mil visitantes, quase 20% estrangeiros. O Parque Nacional Marinho de Fernando de Noronha é formado por 2/3 da ilha principal. Nele estão incluídas todas as 20 ilhas secundárias. Sua extensão total é de 112,7 km² e tem um perímetro de 60 km. O que está fora do Parque é APA - Área de Proteção Ambiental - que define uso racional do espaço para residências, atividades múltiplas e zonas especiais de preservação.
A Taxa de Preservação Ambiental - TPA de Noronha foi criada em 1988 pelo Estado de Pernambuco para assegurar a manutenção das condições ambientais e ecológicas do Arquipélago, seu Distrito Estadual.

Saiba quem tem que pagar - Ela é cobrada de todas as pessoas que visitam a ilha para fazer turismo; das que transitam ou que permancem na área. Só estão dispensadas da TPA, sempre por prazos pré definidos, crianças com menos de cinco anos; as pessoas a serviço da Administração Pública ou de pessoas físicas ou jurídicas, residentes ou sediadas no Arquipélago; as pessoas que estejam visitando parentes na Ilha; os funcionários das companhias aéreas, as pessoas em trabalho de pesquisa ligadas a uma instituição de ensino e as que tenham o título de Cidadão Noronhense.

Por que e como paga - A cobrança da TPA pressupõe a utilização por parte do visitante da infra-estrutura física e o acesso ao patrimônio natural e histórico do Arquipélago de Fernando de Noronha. A cobrança é feita antecipadamente, através de boleto via internet ou no desembarque, seja aéreo ou terrestre. Se a pessoa permanece mais tempo do que o previsto, paga a diferença na saída; se fica menos, recebe devolução.

Quanto paga? - Ferando de Noronha tem capacidade para receber apenas 750 turistas ao mesmo tempo. Assim, o cálculo da TPA é feito segundo uma tabela prevista na lei: quanto mais tempo se permanece na Ilha, maior o valor a pagar. Até 4 dias, o valor é de cerca de R$ 30/dia. Já para um período de 30 dias, o máximo permitido para o turista, paga-se perto de R$ 2.500, uma média de quase R$ 100 por dia. Mais: se o visitante permanece na Ilha mais tempo que o previsto sem agendamento prévio, paga os dias excedentes em dobro. No estudo para Ilhabela se prevêem valores certamente menores e uma escala na contramão da aplicada em Noronha: quanto maior a permanência nos hotéis da cidade, menor o valor a ser pago. O que se pretende é coibir o turismo de um dia, aquele que comprovadamente não traz benefícios para Ilhabela e ainda impõe uma sobrecarga aos serviços públicos.

Controle migratório - O preenchimento da guia para pagamento do imposto deve ser acompanhado de um formulário de controle migratório, a exemplo dos fornecidos nos aeroportos em vôos inernacionais. Recebe-se também 3 vias de um cartão de identificação para entrega no desembarque, no local de hospedagem e no embarque para o continente. Muita gente vê neste desdobramento uma condição bastante desejável para a cidade de Ilhabela porque, indiretamente, seria um mecanismo a mais pela segurança da cidade.
A Administração Geral controla o fluxo de entrada e saída de visitantes e turistas no Arquipélago, e verifica, quando do embarque dos mesmos de retorno ao continente, o correto recolhimento dos valores devidos.

Para onde vai o dinheiro? - Segundo a lei que instituiu o imposto, a receita da TPA deve ser aplicada nas despesas da Administração Geral para manutenção das condições de acesso e preservação dos locais turísticos e dos ecossistemas naturais, existentes no Arquipélago de Fernando de Noronha, e para a execução geral de obras e benfeitorias em benefício da população local e dos visitantes, inclusive para remuneração de pessoal.
Se uma pessoa não recolhe o imposto é inscrita na Dívida Ativa do Estado com multa de 20% mais juros e correção monetária. Quando se trata de visitante ou turista de outro estado ou estrangeiro, a empresa pela qual esteja a serviço ou a agência de viagens promotora ou intermediadora, responde solidariamente pelo pagamento do valor devido. (Fonte: PMI)

Vereador quer reinício das obras da ponte da Rua da Cachoeira

Ilhabela - O vereador Marcio Garcia de Souza(PL) visitou na semana passada os moradores da Rua da Cachoeira, na Barra Velha. O parlamentar foi averiguar de perto as condições da ponte que é uma reivindicação antiga da comunidade local.
No final do ano passado, um engenheiro chegou a visitar o bairro, para dar início às obras. Até o momento, os moradores passam por cima de táboas e o mato, já bem crescido, atrapalha a passagem.
Márcio Garcia já redigiu requerimento, questionando o poder Executivo quanto à data prevista para o início da construção da ponte e também para que seja providenciada uma limpeza no local. O requerimento deve ser lido na próxima sessão.
No mesmo dia Márcio Garcia também visitou os moradores vizinhos, na rua do Senzala. Os moradores reivindicam o calçamento da rua, porque passam por inúmeras dificuldades de acesso em tempos de chuva, além da instalação de três luminárias, pois há um trecho do lugar que é escuro, o que os deixa apreensivos em passar a noite pelo local. Essas reivindicações são promessas de campanha por parte do prefeito Manoel Marcos. Em outro requerimento, o parlamentar indaga do Executivo quais as datas previstas para que os moradores sejam atendidos. (Fonte: Câmara Municipal de Ilhabela)

Notícias de São Sebastião Topo

Litoral Virtual Superchic

Interdição de aterro afeta coleta de lixo no litoral
São Sebastião vive risco de colapso na limpeza urbana; prefeito recorre à Justiça

São Sebastião - A interdição do aterro da Praia da Baleia, em São Sebastião, determinada pela Secretaria Estadual do Meio Ambiente, já prejudica a coleta de lixo no município.
A prefeitura ingressou ontem com um mandado de segurança na Justiça para continuar armazenando o lixo no local, mas a decisão só deve sair hoje.
Segundo a prefeitura, a empresa Enob, responsável pela coleta, deixou de recolher o lixo nos bairros da costa sul nos últimos dois dias.
Como o aterro foi interditado pela Cetesb por volta de 12h de segunda-feira, os caminhões da Enob não tiveram como descarregar o lixo recolhido anteontem na região central.
Segundo a prefeitura, os caminhões carregados permaneceram estacionados em uma área de transbordo localizada na Topolândia.
Antes da interdição, os caminhões depositavam o lixo no aterro e posteriormente recolhiam o lixo das moradias dos bairros da costa sul.
A Enob recolhe cerca de 50 toneladas por dia em todo o município. A prefeitura não soube informar ontem a quantidade de lixo que deixou de ser recolhida na cidade devido à interdição do aterro.
Dos 13 caminhões utilizados na coleta, 11 deles permaneceram ontem carregados e estacionados na área de transbordo da Topolândia.
A coleta seletiva continua sendo feita normalmente. Seis caminhões coletam o lixo reciclado que é armazenado nas cooperativas da cidade.
O vice-presidente da SAB (Sociedade Amigos do Bairro) de Barequeçaba, Sérgio Pereira de Souza, demonstrou preocupação com a situação.
"Se a prefeitura não conseguir liberar o aterro, a coleta de lixo pode ser prejudicada na cidade", disse o líder comunitário.
RECURSO- A procuradora jurídica da prefeitura, Sueli Strop, passou boa parte do dia tentando obter uma autorização da Justiça para que a prefeitura continuasse depositando o lixo no aterro.
Segundo a prefeitura, para apreciar o mandado de segurança, o juiz da 1ª Vara, Fernando Henrique Pinto, dependia de um parecer do parecer do Ministério Público.
A procuradoria disse acreditar que hoje pela manhã sairá a decisão do juiz sobre o tema.
"Vamos tentar o mandado de segurança para continuar depositando o lixo no aterro. Não temos outra alternativa", afirmou o prefeito Juan Pons Garcia(PPS). Ele tenta com os demais prefeitos da região a implantação de um aterro regional no Litoral Norte.
Segundo Garcia, a Justiça deu um prazo até junho para a prefeitura encontrar outra alternativa para a disposição final do lixo recolhido no município.
INADEQUADO- A Cetesb informou ontem, por meio de sua assessoria de imprensa, que o aterro continua interditado.
Para a empresa, o local apresenta irregularidades como presença de urubus e garças, afloramento e empoçamento de chorume (resíduo líquido resultante da decomposição do lixo) atingindo corpos d'água, entre outros problemas.
A engenheira Nádia de Almeida, representante da companhia estatal, esteve no local ontem pela manhã e constatou que a prefeitura respeitou a interdição.
De acordo com a Cetesb, os municípios de Santos, Tremembé e Santa Isabel possuem instalações adequadas para receber o resíduo sólidos coletado em São Sebastião. (Fonte: Salim Buriham/ValeParaibano)

Grávida passa 21 horas em poder sequestradores
Mulher de gerente de banco é levada de sua casa em São Sebastião e libertada sem pagamento de resgate

São Sebastião - A mulher do gerente do banco Nossa Caixa de Ilhabela ficou 21 horas como refém de um grupo armado em São Sebastião. A quadrilha acabou liberando a vítima, grávida de oito meses, após suspeitar que a polícia estaria prestes a esclarecer o caso.
O crime teve início por volta das 20h30 de segunda-feira, quando o casal foi surpreendido por dois homens armados em sua residência, localizada no bairro Reserva de Moullin, em São Sebastião.
O gerente e a mulher, cujos nomes não foram divulgados pela polícia por motivo de segurança, passaram a noite na companhia dos sequestradores.
O bancário foi liberado na manhã de ontem para ir ao trabalho e conseguir o resgate solicitado pelos bandidos. O valor pedido não foi divulgado pela polícia.
A delegada seccional de São Sebastião, Elaine Maria Biazolla, e policiais da DIG (Delegacia de Investigações Gerais) e da delegacia de Ilhabela tiveram conhecimento do caso logo pela manhã e concentraram as investigações na ilha.
INVESTIGAÇÃO - Segundo o delegado Vanderlei Pagliani de Almeida Filho, a polícia investigou várias pistas na tentativa de identificar os autores do crime. Ele afirmou que a mulher chegou a ser levada para um cativeiro.
Segundo ele, por volta das 17h de ontem, a mulher foi liberada no bairro de Massaguaçu, em Caraguatatuba, sem que o pagamento do resgate tivesse sido feito.
A Polícia Civil suspeita que o grupo seria do Vale do Paraíba e formado por cinco ou mais homens. Ninguém havia sido preso até ontem à noite. (Fonte: ValeParaibano)

Vereadores discutem alterações no Gerenciamento Costeiro

São Sebastião - O decreto do governador Geraldo Alckmin que determina normas para a pesca no Litoral Norte está sendo alvo de discussões no setor pesqueiro, Câmara Municipal e Prefeitura.
Na última segunda-feira, 21, os vereadores Modesto Koji Ono (PTB), o “Kotian”, e Dalton José da Silva (PL), estiveram reunidos com representantes da Secretaria Estadual do Meio-Ambiente e da Polícia Ambiental, além de uma comissão formada por pescadores do município.
“A reunião serviu para que algumas dúvidas fossem esclarecidas a respeito do que é permitido e o que é proibido”, resume Kotian.
Segundo o decreto, a pesca industrial de arrasto por parelhas só pode ser realizada em áreas com profundidade superior a 23,6m.
Fica liberada, dentro desse limite, a pesca amadora, artesanal e de arrasto não industrial. “Esse é o ponto que estava gerando maior preocupação já que 90% dos pescadores do município utilizam a pesca artesanal”, declara o presidente da Colônia de Pesca de São Sebastião, Guilmer Tavares.
Ele também defende a proteção de ilhas habitadas. Tavares explica que as ilhas Montão do Trigo, Vitória e Búzios possuem profundidade superior a 23,6m, o que permite a ação de barcos atuneiros. “É necessário criar uma área de proteção ao redor destas ilhas para evitar que a comunidade local seja prejudicada”, explica.
O vereador Dalton entende que ajustes devem ser feitos no Gerenciamento Costeiro. “Queremos discutir em conjunto com as cidades vizinhas de modo a atender os pescadores da região”, comenta. “A pesca artesanal carece de um tratamento diferenciado, pois é um meio de sobrevivência da maioria dos pescadores”, conclui Dalton. (Fonte: Câmara Municipal de São Sebastião)

Surfistas e Câmara definem regras para funcionamento de escolinhas de surf
Hotéis e condomínios terão que contratar escolinhas de surfe cadastradas no município. Alguns tópicos debatidos na reunião geraram polêmica entre os surfistas.

São Sebastião - Cerca de 50 surfistas estiveram reunidos com o presidente da Câmara Municipal, Wagner Teixeira (PV), ontem a noite, 21, na praça Por do Sol, em Boiçucanga, para tratar da elaboração do projeto de lei que regulamenta as escolinhas de surfe de São Sebastião.
A vereadora Solange Rodrigues de Araújo Ramos (PV) também participou do encontro. Na semana passada, o grupo já havia se reunido nas dependências da Câmara. Na ocasião, ficou decidido que os responsáveis por cada escolinha deveriam entregar sugestões na próxima reunião, o que ocorreu ontem. Entretanto, nem todos os presentes apresentaram idéias e/ou opiniões em relação a questão, apenas cinco representantes.
A lei terá mecanismos, entre outros, para proteger principalmente os instrutores locais evitando que academias de outras cidades, na alta temporada e com patrocínio ‘forte’, ocupem de maneira aleatória espaço no município.
O instrutor Marcelo Aguiar, que atua na praia da Baleia, considera o ‘localismo’ inconstitucional. “Gostaria que as pessoas entendessem que a Constituição Federal permite o direito de ir e vir. O localismo pode ser ilegal. É preciso partir daquilo que é consenso. A gente não pode fechar as portas para aqueles que vêm de fora. Eu acho isso errado”, enfatizou.
“Acho que todos têm o direito de ir e vir, mas as escolinhas precisam ter regras. É preciso se preocupar com os que residem aqui”, rebateu o presidente da Câmara.
“Ficamos sob sol e chuva todos os dias, aí chega um cara de fora, com toda a estrutura, e tira o que temos o ano inteiro”, reclama um dos representantes da praia de Maresias.
Alguns tópicos geraram polêmica entre os surfistas. A exigência de um profissional de Educação Física, a obrigação do surfista em possuir o registro do CREFI (Conselho Regional de Educação Física), a questão da lei federal não permitir o trabalho do menor de idade, a abertura de uma empresa, a limitação de alunos por aula, o problema de cada instrutor ter o curso do ISA (International Surf Association), foram alguns deles.
Com base nas sugestões propostas, Teixeira foi lendo uma a uma e os surfistas foram se manifestando contrários ou favoráveis.
Em relação ao número de escolas em cada praia o grupo decidiu que Guaecá terá três; Maresias contará com seis; Camburi com duas; Baleia, Juqueí e Boracéia abrigarão quatro, respectivamente.
As escolinhas também deverão ser taxadas pela Prefeitura, utilizar material de primeiros socorros, desenvolver trabalhos sociais ao município, entre outros.
Cada escola deverá ter professor de educação física ou surfista com registro do CREFI; vocação e ações na área ambiental; instrutores com curso de salvamento ministrado pelo Corpo de Bombeiros; todos deverão provar que são surfistas por meio da ASSS (Associação de Surfe de São Sebastião) ou ASCAM (Associação de Surfe de Camburi); ninguém poderá ser menor de idade; os responsáveis deverão ter nível médio ou superior e não ter mais de uma licença. Além disso, para obter a permissão o interessado deverá ser eleitor e/ou pagar IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) no município.
Depois de ouvir todas as sugestões e idéias, um dos presentes, Robson Jerônimo de Souza, o ‘Careca’, que está paraplégico devido a um acidente automobilístico que sofreu em Ubatuba, há seis anos, questionou a questão da necessidade de inserir no projeto o portador de necessidade especial. “Onde está o trabalho de inclusão social nessa discussão?”, perguntou. Ele, que já foi um surfista atuante, fundou recentemente uma ONG voltada para o problema, cujo objetivo é conscientizar a importância da situação de muitos atletas.
Para o instrutor Anselmo Teverão, da escola de surfe ‘Filhos de Netuno’, em Camburi, o trabalho de inclusão social poderia ser atendido conforme a classificação de cada escolinha. Contudo, a questão não foi definida pelos surfistas.
A questão dos hotéis e condomínios, que geralmente fazem acordos com profissionais para ministrar aulas de surfe, também foi abordada no encontro. A partir da criação da lei, os empreendimentos deverão contratar somente as escolinhas cadastradas no município, o que deve gerar mais emprego.
Atualmente, os hotéis e condomínios na época do verão contratam profissionais que, muitas vezes, não têm vínculo com a cidade nem atuam nas escolinhas. Apenas, tiram a vaga dos que atuam o ano inteiro.
Apesar de ter ocorrido algumas divergências, o presidente da Ascam, Geoni dos Santos, o ‘Leitinho’, considerou a reunião positiva, pois avançou em alguns tópicos.
O presidente da ASSS, Gedeon Gonçalves, também acha que o encontro foi produtivo. Ele aproveitou para entregar a todos os presentes uma ficha de inscrição para o curso de ‘Salva Surf’. “Já conversei com o Tenente Klein sobre o curso. Quando tiver uma data definida é só enviar as fichas para que todos, ou a maioria, possam começar já no mês de março”, disse.
Outras colocações foram feitas, mas deverão ser debatidas junto as associações de surfe da cidade. Aqueles que não entregaram nenhuma sugestão durante a reunião têm prazo até o próximo dia 3 de março para apresentar aos presidentes da ASCAM e da ASSS. Enquanto isso, Wagner Teixeira, disse que encaminhará ao departamento jurídico da Câmara um pré-projeto para que a legalidade do que foi sugerido possa ser analisada.
No dia 14 de março, acontecerá outro encontro entre os surfistas e o presidente Wagner Teixeira, no mesmo local e horário, para que o projeto seja finalizado e apresentado a Câmara dos vereadores.
A linha política adotada pela presidência da Casa é ouvir todos os segmentos da população, assim como está fazendo com os surfistas e fez com os estagiários, com o objetivo de aproximar a comunidade dos trabalhos legislativos. Segundo ele, agindo desta forma a possibilidade de errar é menor. (Fonte: Câmara Municipal de São Sebastião)

Programa da MTV grava na praia de Maresias

São Sebastião - Programa Na Areia da MTV gravou no último domingo, dia 20, na praia de Maresias das 17h às 19h um programa de auditório ao vivo, no qual o público participa de brincadeiras e de um luau onde o público pode fazer perguntas ao convidado e aos apresentadores.
O programa teve início em seis de janeiro deste ano e está percorrendo diversas praias do litoral brasileiro, passando inclusive por Maresias. Dentre as praias onde o programa já foi gravado estão: Arraial da Judá, na Bahia, Búzios, no Rio de Janeiro, Vermelha do Norte, em Ubatuba, Maresias, em São Sebastião e no próximo dia quatro de março o encerramento do programa será em Florianópolis.
No dia 6 de março, das 17h às 19h, vai ao ar os melhores momentos do programa Na Areia que tem como apresentadores Marcos Mion e Mariana Weickerd.
Segundo o diretor de eventos da MTV, Lalo Amaral, cerca de 57 pessoas estiveram envolvidas na organização do evento em Maresias (equipe da MTV).
A MTV convidou o DJ Riva Decibéis para ser o DJ no programa. “Quando a MTV vai gravar o Programa Na Areia, eles chegam nas cidades e fazem o convite aos DJ’s locais, é uma forma de homenagear o artista local”, explicou Amaral.
Para o DJ Riva Decibéis foi um divertimento e uma oportunidade de valorizar o artista local.”Poder mostrar a cara nos meios de comunicações, uma coisa que é bem difícil, foi ótimo porque tive a oportunidade de representar DJ’s do litoral”, disse.
O programa gravado em Maresias foi aberto ao público em geral e apresentou uma programação jovem, o que é características da MTV, além de contar com várias brincadeiras e animação.
O vice-prefeito e secretário da Educação, Paulo Henrique Ribeiro Santana, representou o prefeito Dr. Juan Garcia no evento e foi recepcionado pelo diretor de eventos da MTV, Lalo Amaral, que agradeceu sua presença. “O que é importante em eventos como este que estamos realizando, é o apoio local. E aqui em São Sebastião contamos com o apoio muito bacana da Prefeitura e isso é fundamental para o sucesso da programação”, disse o diretor de eventos da MTV, Lalo Amaral.
Ao final do programa Na Areia em Maresias, foi realizado um luau com a participação dos integrantes da banda Falamansa, com o vocalista Tato e Valdir na sanfona que tocaram para o público presente. O vice-prefeito aproveitou a oportunidade para falar sobre a cidade para os apresentadores e também para os integrantes da banda Falamansa.
Paralelamente a MTV também esteve na semana passada em São Sebastião (4ª, 5ª e 6ª feiras) para a gravação do programa “Câmbio”, com o apresentador Léo Madeira, que vai ao ar todos os dias, das 18h30 às 19h10. Este programa mostrou curiosidades das praias de Juquey, Cambury, Boiçucanga e Maresias. (Fonte: PMSS)

Vereadores analisam veto a projeto que disciplina instalação de bancas

São Sebastião - A Câmara de São Sebastião analisa hoje o veto total do prefeito Juan Garcia ao projeto de lei nº 88/04, de autoria do vereador Wagner Teixeira, que disciplina a instalação de bancas destinadas à venda de livros e revistas em logradouro público. Tal proposta foi aprovada no final do ano passado.
Conforme o projeto, os locais seriam definidos pela prefeitura, porém, não haveria qualquer mudança para os a-tuais proprietários de bancas. Os vereadores podem quebrar o veto do prefeito, sendo que desta forma, a lei seria promulgada pelo presidente da Câmara. Wagner Teixeira explicou, na época da votação do projeto, que a medida visa apenas regularizar a categoria.
Ele citou, por exemplo, a venda de bebidas, cartões telefônicos e alimentos nas bancas, até então designadas apenas ao comércio de jornais e revistas. “Copiamos uma lei que já existe em São Paulo. Estamos aprimorando o que já está sendo feito”, disse Teixeira, na ocasião.
Ainda pelo projeto de lei, a concessão de mais de um ponto será vedada ao mesmo permissionário. A substituição do proprietário autorizado também teria de ser comuni-cada à prefeitura. Outras regras fazem parte da lei proposta por Wagner Teixeira.
Também na sessão de hoje serão votadas duas moções de aplausos e reconhecimento, uma do vereador José Cardim de Souza, destinada às escolas de samba da cidade, e outra da vereadora Solange Ramos, para a HB Filmes.
No expediente, dois projetos referentes à Aprecesp (Associação dos Prefeitos de Cidades Estâncias do Estado de São Paulo) devem ser lidos, assim como a proposta do vereador José Cardim em regulamentar a instalação de cercas elétricas no município. A sessão da Câmara, marcada para as 17h00, ainda prevê a leitura de indicações e a votação de requerimentos. (Fonte: Imprensa Livre)

Notícias de Ubatuba Topo

Restaurante Solar das Águas Cantantes Mary´s Casa na Fortaleza

Delegação de Melipilla é recebida em solenidade no Paço Municipal
Entre os integrantes estão o prefeito, Don Fernando Pérez Villagrán e seis vereadores

Ubatuba - A comitiva chilena da cidade de Melipilla foi recebida no último dia 21, numa cerimônia realizada no Paço Municipal de Ubatuba. Ao som da Lira Padre Anchieta, os prefeitos Eduardo César e Don Fernando Pérez Villagrán cumprimentaram-se, firmando simbolicamente o elo entre as duas cidades.
Melipilla é cidade-irmã de Ubatuba, o que permite um intercâmbio amigável de informações administrativas e relações comerciais. Don Fernando Pérez disse que essa troca de experiências é muito saudável para as cidades que podem utilizar os exemplos para melhorar a qualidade de vida da população. Pérez convidou os representantes de Ubatuba a visitarem também a cidade do Chile. “Poderíamos apenas manter um contato diplomático por telefone e internet, mas nada se compara a olhar nos olhos e fazermos amizade”.
O prefeito Eduardo César ressaltou as semelhanças entre as duas cidades latinas, dizendo que a vocação para o turismo, a luta pela inclusão social e a busca por um mercado mais amplo faz das duas cidades parceiras de crescimento e de interesses em comum. “Lutamos ardorosamente por uma cidade melhor, um município sem fome, com menores desigualdades sociais e, acima de tudo, para proporcionar saúde e educação a todos. Só se vence essa luta com seriedade, transparência e respeito”.
Em discurso, o vice-prefeito Domingos dos Santos falou da importância histórica do Chile para o Brasil, um dos países que acolheram os exilados políticos na época da ditadura militar. “Ficamos felizes por poder estreitar os laços de fraternidade e podermos ajudar a unir os países da América Latina.”
Ao final da cerimônia, os prefeitos trocaram presentes: Ubatuba ficou com uma tela que mostra a cidade de Melipilla vista de cima. Don Fernando Pérez levará para o Chile um quadro com a réplica da Igreja de Ubatuba. (Fonte: PMU)

Prefeitura participa de recepção aos alunos da Unitau

Ubatuba - O presidente da Fundart, Martiniano Nelson Viana e os secretários de Educação, Isabel Roseli Leite e o de Turismo, Luiz Felipe Azevedo estiveram na noite de ontem (21) na Unitau para prestigiarem a aula inaugural do ano letivo de 2005. A convite da direção do campus de Ubatuba, os representantes da Prefeitura aproveitaram a oportunidade para desejar boas vindas aos calouros e sucesso na continuidade dos estudos aos veteranos.
O presidente da Fundart, Martiniano Viana reforçou a importância dos alunos se engajarem ao centro acadêmico, instrumento para lutar por melhores condições de ensino. Ele relembrou sua época de movimento estudantil e a luta contra a ditadura militar, relatando os momentos difíceis que sua geração viveu. Já Luiz Felipe, secretário de turismo ressaltou a necessidade do aperfeiçoamento e da busca da excelência em qualquer profissão nos dias de hoje. Já a Secretária de Educação, Isabel Roseli Leite, mostrou-se bastante entusiasmada com a energia que encontrou no auditório e desejou sucesso e muita garra nos estudos. (Fonte: PMU)

Mais um domingo de goleadas no Torneio do Estaleiro
Almada e Cambucá lideram seus grupos

Ubatuba - Muitos gols marcaram a segunda rodada do 8º Campeonato de Futebol de Areia da Praia do Estaleiro. Na primeira partida o Promirim goleou a equipe dos Galácticos pelo placar de 5 a 2. Na seqüência, Almada e Ubatumirim empataram em três gols, resultado que deu a equipe da Almada a liderança do grupo A, com 4 pontos ganhos. No jogo mais disputado da rodada o time do Cambucá venceu por 3 a 2 a equipe da Picinguaba, e assumiu a liderança do grupo B, com 6 pontos ganhos.
O maior placar da rodada veio na partida final, onde o time do Estaleiro se recuperou da derrota na primeira rodada e massacrou o Itamambuca por 10 a 1. O artilheiro do torneio é César, da equipe da Almada, com 5 gols. A próxima rodada acontece no domingo, 27, a partir das 9:30 h com as seguintes partidas: Auto Posto X Os Galácticos; Promirim X Ubatumirim; JR Parafusos X Picinguaba; Estaleiro X Cambucá.
Damião Celestino, do departamento de futebol da Secretaria de Esporte e Lazer, que apóia o torneio, acompanhou a rodada e conversou com os organizadores. “A organização do campeonato é muito boa. Os atletas vêm com muita vontade de jogar e alguns vêm até de barco para disputar as partidas”, comentou Damião. “Conversei com o pessoal e marcamos uma reunião para sexta-feira na Secretaria onde falaremos sobre o soccer 5 e o feminino, que podem ter etapas na região Norte”, completou Damião. (Fonte: PMU)

Mulheres do futebol agora querem a areia
Secretaria de Esporte e Lazer organiza torneio feminino

Ubatuba - Após o sucesso do 1º Beach Soccer 5, a Secretaria de Esporte e Lazer decidiu abrir espaço nessa nova modalidade também para as mulheres e irá realizar o Beach Soccer 5 Feminino, no próximo dia 6, na praia do Perequê-Açu. As inscrições estão abertas e pelo menos seis equipes já demonstraram interesse em participar. A competição será realizada nos mesmos moldes do masculino, com partidas de dez minutos de duração, e em caso de empate, a decisão será por tiros livres alternados.
As equipes poderão inscrever até oito atletas. O sorteio da ordem dos jogos acontecerá as 8h30 e as partidas começam ás 9 horas. O secretário Bittencourt Jr. garante que as meninas não vão fazer feio. “Ubatuba tem tradição no futebol feminino e as atletas querem mais espaço para praticar o esporte. Além do mais, o evento fará parte das comemorações do Dia da Mulher e a festa tem tudo para ser um sucesso”. O Beach Soccer 5 Feminino é uma realização de Secretaria de Esporte e Lazer e tem o apoio do Quiosque Recanto do Japa, Terral’s Doceria e Imagem Estética. (Fonte: PMU)

Surf Feminino leva graça e força à Praia Grande
Atletas participam de competição por equipes em comemoração a Semana da Mulher

Ubatuba - O surf feminino fará festa na semana da mulher. O departamento de surf da Secretaria de Esporte e Lazer promoverá na Praia Grande um torneio para homenagear as atletas, no próximo dia 6 de março. O evento será no formato Tag Team (disputa por equipes) com atletas das categorias Petit/Estreante, Iniciante, Mirim, Open e Longboard.
Para marcar presença, toda a equipe de trabalho, como juízes, fiscais de área e demais funções, será composta por mulheres. Ricardo Toledo, do setor de surf da Secretaria de Esporte e Lazer, encarregado pela organização desse torneio acha que as mulheres vão fazer bonito.
“O alto nível das surfistas de Ubatuba somado à presença de algumas convidadas irá fazer do torneio um sucesso”. “Temos a Suelen (atual vice-campeã do SuperSurf profissional) , a Jhaia Bettero (campeã paulista universitária e vice-campeã paulista amadora), Luana Coutinho (campeã paulista amadora e municipal) e diversas atletas que obtiveram bons resultados em 2004 e o show está garantido”, completou Toledo. As inscrições estão abertas na Secretaria de Esporte e Lazer até o dia 4 e podem ser feitas pela capitã da equipe. Haverá premiação para todas as finalistas. (Fonte: PMU)

Jovem morre com tiros na cabeça

Ubatuba - Lucimar Rosa da Cunha Pimentel, de 24 anos, morreu na madrugada de domingo, com tiros na cabeça. O corpo foi localizado pela manhã na rua Severino Moreira, bairro Perequê-Mirim.
A Polícia Militar foi avisada por moradores. Segundo eles, Pimentel estaria desde a madrugada no local. Sem documentos, o corpo foi reconhecido por um amigo, morador na mesma rua.
Ele disse à polícia que Pimentel estava passando alguns dias em sua casa e tinha saído para passear de bicicleta. O amigo estava na residência quando soube que Pimentel havia sido baleado.
Na cintura da vítima estava uma pistola de plástico. Segundo a polícia, Pimentel tinha passagens por furto. O crime, ainda de autoria desconhecida, está registrado na delegacia da cidade. (Fonte: Imprensa Livre)

PM é baleado em emboscada no Taquaral

Ubatuba - O soldado da Polícia Militar V.L.N., de 25 anos, foi baleado em uma emboscada na frente de sua casa no bairro Taquaral, na madrugada de domingo. O policial, lotado na cidade, estava de folga, chegando na residência, onde já aguardavam dois encapuzados.
V.L.N. tentou correr, mas foi seguido pela dupla que disparou vários tiros. Apenas um acertou o ombro da vítima, que mesmo ferido no chão sacou sua arma e revidou os tiros.
O soldado informou na polícia que não sabe se conseguiu atingir os atiradores que, pelo barulho, teriam fugido em uma moto. O caso foi registrado na delegacia da cidade como tentativa de homicídio.
A reportagem tentou contato com o comando da PM em Ubatuba, mas o comandante estaria fazendo bloqueios pela cidade com demais policiais e intensificando a patrulha à procura dos suspeitos. (Fonte: Imprensa Livre)

Encapuzados roubam casa de veraneio

Ubatuba - Dois encapuzados invadiram na noite de domingo a casa de veraneio do metalúrgico L.L.O., de 35 anos, morador em Taubaté, localizada no Parque Vivamar.
A dupla ainda rendeu a família do metalúrgico e do engenheiro L.O.O.A., de 37 anos, também residente em Taubaté. Um assaltante era moreno alto e estava armado, aparentemente com uma pistola, e o outro era baixo e magro.
As famílias foram tranca-das em um dos quartos. A dupla fugiu levando os documentos pessoais e bancários das vítimas, quatro celulares, R$ 30, jóias, além das chaves de casa. A vítima conseguiu avisar a Polícia Militar, que chegou a fazer patrulhamento, mas não localizou os suspeitos. (Fonte: Imprensa Livre)


Ação Litoral
 
Opinião Topo

Resposta da COMTUR para mim? A COMTUR fala?
Ronaldo Dias

Alguns esclarecimentos: Quando, juntamente com os companheiros idealizamos a COMTUR (nos moldes da de Florianópolis), o Prefeito era o Dr. Nélio de Carvalho. Nossa firme intenção e, objetivo principal era o desenvolvimento econômico e turístico de nossa cidade. Cansados da inoperância, da falta de dotação orçamentária e, do engessamento político da SETUR, nós sonhávamos. Sonhávamos em dar aos nossos e, aos filhos desta terra, um futuro melhor aproveitando nossa vocação latente. Jamais imaginávamos que a COMTUR, uma Sociedade Anônima, que pelos motivos já exaustivamente expostos em tantas oportunidades, fossemos chegar onde exatamente estamos hoje. Jamais! O desastre administrativo e suas perniciosas conseqüências refletem em cada linha da “Resposta ao Sr. Ronaldo Dias” na edição de ontem. Quem leu, pode facilmente avaliar e, perceber, doses de prepotência, cinismo e sarcasmo. Material não faltaria, porém não pretendo me utilizar (no momento), da ingenuidade daqueles signatários, para dar continuidade a discussões inúteis e inconseqüentes, principalmente por questões hierárquicas. Imaginem, funcionários da empresa, que percebendo minha “ânsia de opinar” me convidarem, a “uma participação atuante e in loco”. No que? Cômico! A falta de meus ”questionamentos anteriores” a que se referem, deve ser porque não encontraram minha assinatura em atas de reuniões da empresa, endossando e/ou autorizando atitudes e “normas” incompatíveis com a legalidade. Não é verdade?
Na próxima reunião do dia 24 p.f (espero que as portas estejam realmente abertas), minhas “sugestões e minhas propostas concretas” a respeito da COMTUR, serão feitas sim! Aos acionistas. Com certeza, dentro das previsões estatutárias, de forma “interventiva e atuante” “sem quaisquer subterfúgios para tal”. Meu objetivo para a COMTUR, desde sua fundação, não mudou de foco. Eu continuo sonhando e, tenho fé.

Ronaldo Dias
Ubatuba, SP

P.S
1- Fui sim o primeiro “diretor presidente” da COMTUR. Na citada no referido artigo de ontem, “primeira reunião” do Conselho de Administração de 30/07/91, por unanimidade, deliberou-se naquela data, que todos os cargos dos dirigentes, inclusive o do diretor presidente, NÃO seriam remunerados.
2- A COMTUR não fala. Quem pode falar é o Conselho de Administração.
3- Pelos estatutos o cargo de diretor presidente é executivo. O Conselho de Administração determina e, o diretor presidente cumpre. Não discute nem inventa. Apenas cumpre.

Carta do Leitor Topo

COMTUR, o que ninguém contou - Bom, para começar, fomos um dos maiores defensores da Comtur nestes anos todos. Mesmo sem ser acionista sempre achei que a empresa era viável e que poderia trazer benefícios à cidade, embora tivesse um contato superficial com a empresa, pois as notícias que tinha dela ou lia na mídia ou ouvia de presidentes e acionistas.
Mas, com a eleição do prefeito Eduardo César fiquei encarregado de fazer um levantamento da situação em que se encontrava a empresa em matéria de documentos e dívidas, créditos, entre outros.
Vários foram os documentos que solicitamos à Sra Patrícia Ortiz para podermos tomar pé de como andava a empresa. Muitos documentos não foram apresentados, por exemplo, o balancete da empresa que deveria estar à disposição de todos todo mês.
Descobrimos depois que o balancete não estava lá, pois a empresa não tinha pago a empresa de contabilidade. Esta história da empresa de contabilidade é até interessante: no início do mandato da atual presidente, ela contratou o escritório de contabilidade do Sr Americano, num contrato de emergência para fazer as prestações de contas da empresa dos presidentes anteriores, Sérgio Carvalho e Guilherme; o que foi feito e apresentado para a empresa que pode prestar contas ao Tribunal de Contas.
A brincadeira da história vem depois: a presidente Patrícia Ortiz abre uma licitação com cartas-convite para uma empresa fazer a contabilidade e auditoria das contas da Comtur. Não sabemos explicar porquê nem uma das cartas-convite foi enviada para empresas de Ubatuba; ou melhor, duas cartas foram enviadas para empresa de Taubaté e a terceira para a cidade de Lagoinha. Uma empresa de Taubaté foi a vencedora que, por ironia do destino, contratou o mesmo escritório de contabilidade de Ubatuba, o Sr Americano, para fazer o serviço, diga-se de passagem, pagando menos da metade do valor do contrato anual. Tem coisas que ninguém explica, mas perguntar não ofende: porque só empresas de Taubaté podem prestar este serviço? Não podemos nem dizer que empresas de Ubatuba não estavam aptas a prestar este serviço, tanto que quem fez o serviço foi o Sr. Americano.
Em outra contratação para levantar os processos da Comtur novamente um escritório de Taubaté. Será que os advogados de Ubatuba não poderiam ter prestado este serviço? Os poucos documentos a que tivemos acesso mostram que a Senhora presidente tem uma paixão muito grande por empresas de fora do município. Não sabemos se existem outros fatos como este, pois não conseguimos ter acesso a toda a documentação.
Mais uma pergunta: porquê publicar o balanço da Comtur na “Gazeta dos Municípios”, um jornal que mal circula em Taubaté, e depois de reclamarmos, a presidente da Comtur republicou o balanço no jornal “A Cidade” meses depois. O balanço apresentava um déficit muito grande.
Já referente às dividas desta administração, não eram poucas, a exemplo de falta de pagamento de INSS, falta de pagamento de salários dos funcionários, falta de pagamento de fornecedores, como as empresas contratadas de Taubaté, falta de pagamento do salário do advogado, entre muitos outros débitos documentados.
A Sra presidente não conseguiu fechar seu ano fiscal pagando tudo que devia até o último dia útil do ano. O maior desespero dela de ficar à frente da Empresa, foi para pegar o faturamento da temporada e pagar as contas que ela não havia pago. Quem tiver dúvidas solicite os recibos de pagamentos autenticados pelo banco para ver em que datas foram efetuados. Mas esta prestação de contas ela vai ter que fazer ao Tribunal de Contas. Os juros e multas gerados por atrasos, advinha quem pagou... nóis mesmo...
Quando a Sra presidente fala que o prefeito Eduardo a está perseguindo, pois ele não conseguiu pôr seu apadrinhado político na empresa. Perguntar não ofende: como ela virou presidente da Comtur, numa situação duvidosa quando o presidente que estava na Alemanha representando o município perdeu o cargo? Sem contar que se comentava pala cidade que a escolha da Sra Patrícia seria um acordo político entre os, na época, presidente da Câmara Rogério e o prefeito Paulo Ramos. O que é isto? Não é apadrinhamento político? Ou será outra coisa?
E por falar em apadrinhamento político, entre outras coisas, quem deve entender bem disto é Ortiz, pois vem de uma família de políticos sérios que já foi prefeito de Taubaté várias vezes e com certeza tem muitos apadrinhados políticos. Ou será que em Taubaté todas as pessoas que trabalham na prefeitura são concursadas? Se forem, me desculpe.
No primeiro dia do ano, fomos surpreendidos na administração por um parecer da administração anterior, baseado num questionamento do Ministério Público que cobrava medidas sobre a lei da Zona Azul, a qual não foi regulamentada, ameaçando de improbidade administrativa o prefeito e o presidente da empresa, e devolução dos valores cobrados; caso a cobrança continuasse. O prefeito Eduardo agiu corretamente baixando um decreto proibindo a cobrança. Desta forma, ele e o presidente da Comtur deixaram de ser responsáveis pela irregularidade. A presidente da Comtur recorreu à justiça e conseguiu uma liminar e continuou cobrando. Agora cabe a justiça julgar a questão, mas o prefeito não vai poder ser acusado de improbidade administrativa. Isto não tinha ficado muito claro até agora.
A Comtur, como não é novidade para ninguém, arrasta uma dívida de mais de 2 milhões de reais, mais de 100 processos trabalhistas, além de outros processos, dívidas com os governos federal e municipal.
Quando se fala que a Comtur dá nota fiscal é verdade, mas ela não recolhe ISS para o município e a dívida já beira uns 500 mil reais.
Lembro-me de uma apresentação onde alegavam que a Comtur era viável. Até pode ser, mas para ser viável ou cada acionista entra com uma parte do seu déficit e o majoritário com a dele ou nos próximos quatro anos estaremos com uma dívida maior e a empresa se arrastando. Fechar qualquer empresa é muito triste: tem funcionários, acionistas, o que ela já representou nestes quase 15 anos; mas, se o remédio é amargo que se use logo, antes que a doença mate.
E para terminar que já está muito grande, a Sra presidente da Comtur, Patrícia Ortiz, criou um regimento interno, como manda que as empresas de economia mista tenham. Neste regimento interno, segundo ela aprovado pela diretoria e referendado pelo conselho, o mandato do presidente da Empresa se inicia no primeiro dia útil de janeiro nos anos ímpares válido por dois anos. Tanto o dela como o do conselho acabaram no dia 3 de janeiro de 2005.
Ela alega que o regimento que ela mesma criou, junto com a sua diretoria, e o conselho aprovou não tem validade para ela e só para os próximos presidentes. Se o regimento não tem validade para o presidente, não tem também para os demais funcionários.
Na semana passada encontrei com a Patrícia Ortiz na porta da Comtur e dei-lhe os parabéns pelos enfeites da avenida. Não tenho nada contra a mesma, só estou cansado de vê-la escrever como se a administração dela à frente da Comtur fosse a mais correta. Uma sugestão: que paremos por aqui. Pois o Ronaldo Dias tem muita razão em muita coisa também, e com certeza tem muito mais gente querendo falar.

Josias B. N. Sabóia (JIJA)
Ubatuba, SP


COMTUR - Junto me ao coro das pessoas que apoiam, admiram e confiam na administração da Sra. Patrícia Ortiz e equipe à frente da COMTUR.

Thomas De Carle
Ubatuba, SP


Pauta da Câmara - Que satisfação ver a pauta da camara publicada com antecedencia, sinto-me como um cidadão de verdade. Posso opinar, dicutir até tentar interferir antes do fato consumado. Anteriormente só podia chorar ou rir pós fato.
Obrigado sr. Jairo sr Emilio e a este informativo o Litoral Virtual.

Alexandre Di Monaco
Ubatuba, SP


Declarações do Vereadort Kotian I - Sobre declaração do vereador Kotian, publicado na seção curtas do Jornal Imprensa Livre - On Line, do dia 19fev2005
A/C: Editor Chefe do Jornal Imprensa Livre. No dia 21FEV05, às 10:30hs, acessei o site do Imprensa Livre, como faço todos os dias e na seção "Curtas", fui surpreendido por declarações de um vereador sobre a atuação das Sociedades Amigos de Bairro, mais expecificamente da Costa Sul de São Sebastião. Na sequência de matérias estava claro que a referida declaração partia do vereador Kotian.
Mais surpreendido ainda, fiquei quando vim a saber que a matéria disponível no site não correspondia a versão impressa, onde na sequência de matérias
passava então, a declaração ao vereador Guto.
A pergunta que fica aqui é, houve manipulação de informação de modo intencional ou terá sido um erro sem maiores intenções. De qualquer modo, uma situação que não é aceitável, é que pessoas venham a se manifestar diante de um assunto, publicado em um meio de comunicação, até agora, confiável, e depois venham a saber que a história não é bem assim.
Situação já esclarecida com a assessoria do vereador Kotian, foi pedida ao Presidente da Câmara, cópia da fita onde se identifica o verdadeiro autor das declarações, o Imprensa Livre já corrigiu seu erro em seu site, ou seja, entre mortos e feridos, quase todos se salvaram. O quase, fica por conta da credibilidade do único jornal diário da região, onde, a partir de agora, será necessário confirmar as noticias que se lê, para evitar novas surpresas.
Ao vereador Kotian, só me resta lamentar o ocorrido, porém, de qualquer forma, continua valendo o convite para que o nobre edil venha à conhecer as atividades da SABS (Soc Ami da Barra do Sahy) e assim conhecer a dura, porém gratificante, realidade do trabalho desenvolvido pelas Sociedades de Amigos.

Eduardo Nunes
Coordenador da Soc Ami da Barra do Sahy
São Sebastião, SP


Declarações do Vereadort Kotian II - Prezado Eduardo, Coordenador da Sociedade Amigos da Barra do Sahy. O Departamento de Comunicação desta Casa de Leis informa que não procedem as declarações feitas pelo vereador Kotian, em relação a SAMJU, conforme veiculação no site do jornal Imprensa Livre, na seção Curtas.
O erro partiu do respectivo meio de comunicação, que já fez a correção a respeito.
O pronunciamento partiu do parlamentar Carlos Augusto Senatore, o Guto, que reside no bairro de Juquehy.
Pedimos a gentileza de enviar esta informação para todos que receberam o seu e-mail relacionado ao assunto.
Obrigado.

Departamento de Comunicação
Câmara Municipal de São Sebastião
São Sebastião, SP


Declarações do Vereadort Kotian III - Prezado senhor Eduardo Nunes, na edição São Sebastião/Ilhabela, versão impressa, de fim de semana do Imprensa Livre,
uma sequência de notas falava do vereador Kotian, novo virtual presidente do diretório municipal do PTB de São Sebastião. Na sequência vinham três notas sobre o vereador Guto, do PSDB e que tem sua base eleitoral na praia de Juquehy, costa sul de São Sebastião. O vereador Guto, relatava entre outras coisas a sequência de notas, fez críticas à Samju, sociedade amigos de Juquehy.
Na edição on line do Imprensa Livre, que recebe manualmente o conteúdo do jornal impresso, o operador do web-site simplesmente pulou uma das notas. Alertados por sua mensagem postada na segunda-feira de manhã, a versão on line foi prontamente corrigida e o erro lhe foi comunicado.
Entretanto a interpretação de que as declarações, da forma como foram publicadas, seriam atribuídas ao vereador Kotian, o que motivou a sua correspondência a ele dirigida, com cópias para outros destinatários e para publicação no site litoralvirtual.com.br, tem lógica, mas não é a única leitura possível, e mesmo uma observação atenta das notas permitiria concluir que não era dele que se estava falando. A sequência errada poderia sim dar a entender que quem falava era o deputado estadual Marcelo Bueno e uma leitura realmente atenta permitia concluir que se tratava sim de Guto.
Trancrevo a última nota a respeito do vereador Kotian:
"Mudança de Ninho - Por falar no vereador Kotian, o novo presidente do PTB (conforme já anunciou o deputado estadual Marcelo Bueno) garante que continua no G-6 (Grupo dos Seis Vereadores de Oposição). Além disso, ele já articula a vinda de outros vereadores para seu partido. Entre eles, estariam Solange de Maresias (PV) e Marcelo Filho do Marinho (PP). Vale lembrar que, recentemente, Solange e Marcelinho participaram de uma reunião a portas fechadas com o deputado estadual, líder regional da legenda. É esperar pra ver".
Agora a primeira nota sobre o vereador Guto, que por falha humana não saiu na edição on line:
"Quem te viu... - O vereador tucano (nem tão tucano assim) carlos Augusto Senatore (PSDB), o Guto, um dos quatro do grupo governista, 'soltou o verbo' contra a Samju (Sociedade Amigos de Juquehy) na sessão da Câmara desta semana, durante a discussão de um requerimento do vereador José Cardim de Souza, que pediu informações sobre o convênio entre a prefeitura e a sociedade amigos para construção das guaritas (aquelas demolidas recentemente). Guto já foi um dos diretores da Samju.
A seguir, a segunda nota da versão impressa sobre o vereador Guto, que veio a ser colocada erradamente, na versão on line, como primeira da sequência sobre ele:
"Quem te vê - Na Câmara, ele fez duras críticas à atual direção da entidade. "A Samju vinha desenvolvendo um trabalho em decorrência de uma autorização do prefeito anterior. Mas não havia nenhum documento válido que pudesse regularizar a obra. O atual prefeito notificou a entidade que apresentasse o documento exigido para continuação da obra, o que não foi respeitado. Por pressões ocultas, como diria Jânio Quadros, o prefeito agiu precipitado, mas agiu certo. As pessoas estão vindo de outras cidades, construindo casas às margens da areia da praia, e pensam que podem comprar o município com o dinheiro e o prestígio que eles acham que têm em qualquer lugar. As sociedades amigos de bairros deveriam estar presentes junto à população mais carente, porém não é isso que ocorre, principalmente em Juquehy. O que estão fazendo é um absurdo. Quem entende de segurança sabe que o portal não dificulta as ações dos bandidos".
Finalmente, vinha na edição impressa - e na on line -, a última nota sobre o vereador Guto, que fez as declarações acima e que, especialmente para vizinhos da Costa Sul, que sabem que ele é de Juquehy, trazia pelo menos a dúvida, por começar do nada, se a anterior dissesse realmente respeito a Marcelo Bueno ou a Kotian:
"Boas maneiras? - Eleito pelo PSDB, partido do ex-prefeito Paulo Julião, Guto, que teoricamente seria da oposição, passou logo no início do mandato do prefeito Juan Garcia, no mês passado, para a base de sustentação do governo. Longe dos polêmicos requerimentos do G-6, o vereador passou a ser um dos defensores de Juan no Legislativo. Contudo, na sessão da última sessão(sic), um fato chamou a atenção. Guto fez questão de cumprimentar o presidente de seu partido, Ubirajara Nascimento, o Bira, fiel escudeiro de Julião, que assistia à sessão. Seria só boas maneiras? Do lado de fora, como quem não quer nada, corria a boca pequena que o ex-prefeito passeava pelo calçadão".
Não pretendo nesta comunicação negar que a versão on line estava incompleta e que uma nota ficou faltando. Quem sabe o que é fazer um jornal diário, em três edições diferentes para Caraguá-Ubatuba, Ilhabela-São Sebastião e Guarujá-Bertioga, tem noção da margem de erro que pode-se incorrer no dia-a-dia.
Nos ofende a insinuação de que o erro tenha sido intencional e a afirmação de que de agora em diante será preciso confirmar o que se lê no Imprensa Livre. Sugiro que, efetivamente, antes de vir a público criticando terceiros citados, leia com atenção o conjunto das informações publicadas. A observação do conjunto que foi ao ar no site permitia alguma dúvida e nunca a certeza de que o vereador Kotian havia feito as declarações. Alguma perspicácia levaria à conclusão de que o autor era aquele referido na nota seguinte.
Nosso erro ocorreu e foi sanado assim que percebido.
O Imprensa Livre vem abrindo certamente, em seus mais de quinze anos como diário, o maior espaço proporcional da mídia regional às atividades do terceiro setor, com destaque às associações de bairro e outras entidades da sociedade civil.
Continuamos à disposição de toda a comunidade do litoral norte e baixada santista e, evidentemente, de nossos vizinhos de Barra do Sahy.
Atentamente

Igor Veltman
editor-chefe
Imprensa Livre

Foto do Dia Topo

Para participar desta seção basta enviar as fotos com crédito do autor e legenda, no tamanho mínimo de 1024 x 768 pixels com resolução de 72dpi para fotododia@litoralvirtual.com.br
O envio de foto caracteriza autorizada a sua publicação e identifica o remetente como autor.

Ubatuba-SP

Fim de tarde no rio Poruba - Claudia Pilan


Fim de Tarde no Rio Poruba
 ©Claudia Pilan


Para instalar a foto como papel de parede (wallpaper)
Clique na foto acima. Após carregar a foto ampliada, clique com o botão direito do mouse sobre a imagem e escolha "Definir como papel de parede" ou "Definir como fundo de tela". Para ajustar a imagem em tela cheia, clique em qualquer lugar da área de trabalho com o botão direito do mouse, escolha "Propriedades" / "Fundo de Tela" ou "Papel de Parede" / "Ampliar".

Arquivos:  Foto Saudade  -  Foto do Dia

 Faça seu comentário, crítica, opinião ou sugestão no Litoral Virtual:
Clique Aqui


As notícias, fotos e cartas publicadas neste boletim são de inteira responsabilidade de suas fontes e autores,
não expressando necessariamente a opinião deste informativo. O envio de qualquer material para nosso e-mail
será considerado como autorizado a sua publicação e assumida a total responsabilidade pelo seu conteúdo.
As cartas devem conter nome completo, RG, endereço, telefone de contato e um e-mail válido.
Reservamos o direito de não publicar cartas que não contenham a devida  identificação do autor.

Editor Chefe: Emilio Campi
Editora Assistente: Jullyany Roberta Cruz


GRÁTIS!!
Receba as Últimas Notícias do Litoral em seu e-mail:

Quero receber GRATUITAMENTE o boletim Últimas Notícias do Litoral:

e-mail:
Cidade:



Obs.: Você poderá cancelar o recebimento das notícias a qualquer momento.

Conheça as cidades do Litoral Norte Paulista:

Caraguatatuba Ilhabela São Sebastião Ubatuba

Litoral Virtual
O mais completo site do Litoral Norte Paulista na Internet
Sugestões, críticas e informações, entre em contato:
info@litoralvirtual.com.br

©1995/2001 Emilio Campi - Studio Maranduba - Direitos Reservados
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem a expressa autorização do autor