Litoral Virtual últimas notícias do litoral
Terça-feira, 03 de maio de 2005 - Nº 1272 Edições Anteriores

Litoral Virtual Inteligraph

Região
-


Caraguatatuba
Aterro regional de lixo será em Caraguá
15º Torneio Top Spin de Tênis de Caraguá
Presidente Juarez Pardim visita Severino Cavalcanti em Brasília
Câmara discute Ônibus gratuito e fones de emergência
Juarez Pardim participa do Encontro Regional do PPS


Ilhabela
Evangélicos em Ação em Ilhabela
O sol aparece para realização da 2ª etapa das Maratonas Aquáticas de Ilhabela

São Sebastião
São Sebastião lidera movimento pela revisão dos repasses de royalties
III Taça Cidade de São Sebastião de Judô reune diversos atletas

Ubatuba
Ubatuba usa Guarda Municipal para impedir invasão em áreas
Secretaria de Assistência Social inicia trabalho com andarilhos
Fundo Social e Associação Comercial promovem bazar para o dia das mães
Secretaria amplia período para inscrição de atletas de Ubatuba em prova de natação
Vôlei de Ubatuba tem rodada vitoriosa na Livovali
Ordem do dia da 13º Sessão da Câmara Municipal de Ubatuba

Seções
Carta do Leitor
Foto do Dia


Notícias da Região Topo

-

Notícias de Caraguatatuba Topo

O Guaruçá Caraguatatuba

Aterro regional de lixo será em Caraguá

Caraguatatuba - O grupo de trabalho formado por representantes das prefeituras do Litoral Norte, da Cetesb (Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental) e da Secretaria Estadual do Meio Ambiente, definiu que a sede do Cittres (Centro Integrado Tecnológico de Tratamento de Resíduos Sólidos) da região será em Caraguatatuba.
O Cittres deverá ser implantado em uma área de 350 mil metros quadrados, no bairro do Pau D'Alho, a cerca de 6 quilômetros do centro da cidade.
A decisão foi tomada na última sexta-feira em reunião realizada em Caraguá. Segundo o secretário do Meio Ambiente da cidade, Auracy Mansano, a área de Caraguá é uma das poucas existentes na região indicada para a sediar o aterro regional de lixo.
DESAPROPRIAÇÃO - O prefeito José Pereira de Aguilar (PSDB) disse que pretende discutir com seus colegas como será feita a desapropriação da área para o aterro regional. "As prefeituras devem se cotizar para comprar a área", afirmou.
Aguilar disse que é possível que a Prefeitura de Caraguá desaproprie o local e cobre uma taxa mensal das demais prefeituras para depositarem o lixo no aterro.
O prefeito de Ubatuba Eduardo César (PL) afirmou que a opção por Caraguá vai beneficiar todas as prefeituras da região. "Não temos áreas adequadas para sediar um aterro. Para nós ficará mais barato enviar o lixo para Caraguatatuba", disse. (Fonte: ValeParaibano)

15º Torneio Top Spin de Tênis de Caraguá
Juscelino Marcondes é o grande campeão

Caraguatatuba - Terminou domingo, dia 1º, o 15º Torneio Top Spin de Tênis de Caraguatatuba. O torneio que é considerado uma dos mais tradicionais da região reuniu cerca de 60 tenistas de todo o Litoral Norte. A competição é promovida pela Academia de Tênis Top Spin durante o mês de aniversário de Caraguatatuba.As finais foram prestigiadas por um bom público.
Na Categoria C, sagrou-se campeão Dênis Raikovi, que na final derrotou Salim Burihan por dois sets a zero ( 6/4 e 6/4). A partida durou cerca de duas horas e foi uma das mais disputada do torneio. Um total de 28 tenistas disputou a categoria C.
Na Categoria B o título ficou com Danilo dos Reis, que venceu na final Marcos Costa(Marcão), por dois sets a zero, parciais 6/2 e 6/2. Danilo soube aproveitar o nervosismo de Marcão, que não se encontrava em seus melhores dias, e com tranquilidade chegou a vitória.
Koichi, de 56 anos, foi o destaque da categoria A. Com saques precisos e excelente preparo físico, Koichi soube superar a juventude de Mário Henrique e venceu a final por dois sets a zero, parciais 6/2 e 6/4. Koichi que não perdeu um set sequer ao longo do torneio é um dos maiores destaques do tênis no Litoral Norte.
A Categoria A que reuniu os principais tenistas da região teve uma final bastante disputada. De um lado, Juscelino Marcondes, considerado o melhor tenista do litoral; do outro, uma jovem revelação, Marcos Borelli( Marquinhos), de apenas 16 anos. No primeiro set Juscelino usou e abusou da sua experiência para vencer seu adversário com certa facilidade por 6/1. No segundo set Marquinhos foi melhor, mas não o suficiente para levar a partida para o terceiro set. Vitória de Juscelino por 6/4.
Após as finais foi feita a solenidade da entrega dos troféus que contou com as presenças de Toninho Barbosa, Celinho, Euclides, Walace, Antonio Carlos da Silva Junior, Duda, Lelau, Neto, Giane D'Angelo, Marisa, Dulcinéia, Gustavo, entre outros. O torneio teve como patrocinadores: Econorte, LBL, Doma Radiologia,Contábil Kawata, Loja Siri-Cri-Cri, Hospital do Celular e Central Carnes. No próximo domingo, o Programa Vip, da TV Bandeirantes exibirá os principais lances das finais do torneio.

Presidente Juarez Pardim visita Severino Cavalcanti em Brasília

Caraguatatuba - O Presidente da Câmara, vereador Juarez Pardim esteve em Brasília nos dias 26, 27 e 28 de Abril, junto com os vereadores Baduca Filho e Omar Kazon, para participarem do Encontro Nacional de Vereadores e Prefeitos, realizado pela UNV (União Nacional dos Vereadores).
Aproveitando a ocasião, Juarez Pardim e os presidentes das Câmaras do Litoral Norte, Wagner Teixeira de São Sebastião, Luiz Lobo de Ilhabela e Jairo dos Santos de Ubatuba, estiveram em audiência com o Presidente da Câmara dos Deputados, Sr. Severino Cavalcanti para entregar um documento oficial assinado pelos quatro Presidentes das Câmaras do Litoral Norte. O documento é um pedido de apoio do Presidente da Câmara, Severino Cavalcanti, para a construção do Hospital Regional do Litoral Norte.
Severino Cavalcanti recebeu o pedido e já determinou de imediato que o Deputado Arnaldo Faria de Sá, que se encontrava junto do grupo, providenciasse junto ao Ministro da Saúde, Sr. Humberto Costa, a tramitação do pedido da construção do Hospital Regional do Litoral Norte.
Juarez Pardim e os presidentes das Câmaras do Litoral Norte, estiveram também no Ministério da Saúde protocolando o mesmo pedido.
Pardim voltou bastante confiante de Brasília e diz “O Hospital Regional é um sonho antigo nosso, uma necessidade da população e nós, somando forças com
a Associação de Combate ao Câncer de Caraguatatuba, dos quatro Presidentes das Câmaras do Litoral Norte, do Deputado Arnaldo Faria de Sá, que muito tem nos ajudado e principalmente com o apoio do Severino Cavalcanti, que é de suma importância, estamos realmente muito confiantes que o Hospital vai sair.” (Fonte: Câmara Municipal de Caraguatatuba)

Câmara discute Ônibus gratuito e fones de emergência
Legislativo discute também nome para ponte do rio Santo Antonio

Caraguatatuba - A Câmara Municipal de Caraguatatuba discute nesta terça-feira – 3 de Maio, durante a sua 13ª Sessão Ordinária semanal, projetos de lei de autoria do Legislativo com votação única e em 2 turnos. Os projetos vão de denominação de rua a transporte coletivo gratuito para idosos.
O Vereador Omar Kazon (PL) quer denominar de “Firmino José Alves” a ponte sobre o rio Santo Antonio, localizada na avenida Miguel Varlez e que fica próxima a Casa de Saúde Stella Maris. O nome sugerido pelo Parlamentar é o do pai do atual Presidente da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) – subsecção Caraguatatuba, Almir José Alves, recentemente agraciado com o Título de Gratidão Caiçara.
Já o Vereador Aurimar Mansano (PTB) elaborou projeto que obriga a colocação de painel com os telefones emergenciais em todos os eventos públicos da cidade. Para o Vereador, é importante e necessário que os espectadores tenham acesso rápido aos telefones de emergência no caso de um imprevisto.
Finalizando, projeto de Emenda à Lei Orgânica Municipal, de autoria do Vereador Francisco Carlos Marcelino – Carlinhos da Farmácia (PSDB), com votação em 2 turnos, altera o artigo 206 da Lei Orgânica Municipal, reduzindo a gratuidade no transporte coletivo para os maiores de 60 anos. Atualmente esta gratuidade é para os maiores de 65 anos e segundo o Estatuto do Idoso, é dado liberdade ao município de propor esta redução com base em projeto de lei.
A Sessão Ordinária semanal da Câmara Municipal de Caraguatatuba tem início toda terça-feira, a partir das 19h30, com transmissão simultânea pelo canal 30 da NET – TV a Cabo. (Fonte: Câmara Municipal de Caraguatatuba)

Juarez Pardim participa do Encontro Regional do PPS

Caraguatatuba - O Presidente da Câmara Municipal de Caraguatatuba, vereador Juarez Pardim (PPS) esteve presente no sábado último, 30/04 na Câmara Municipal de Pindamonhangaba, no Encontro Regional do Partido Popular Socialista – PPS.
O Encontro teve como objetivo organizar o Partido na Região do Vale do Paraíba e Litoral Norte, dar continuidade ao Planejamento Estratégico do PPS para os próximos anos, inclusive as eleições de 2006 e dentre outros temas, a posição do PPS frente aos Governos Estaduais e Federais.
No evento estiveram presentes várias lideranças do PPS, como o Sr. Davi Zaia, Presidente Estadual e o Presidente Nacional do Partido, Roberto Freire.
Urbano Patto, Coordenador Regional do PPS acha que o Partido tem uma posição atuante no Litoral Norte, principalmente em Caraguatatuba, tendo em vista que nas eleições anteriores elegeu: em 2004, três vereadores; em 2000, dois vereadores e em 1996 elegemos quatro vereadores e também por duas vezes elegemos os vice-prefeitos da cidade. São Sebastião por sua vez, tem eleito hoje 1 vereador e 1 prefeito.
Diante do atual fortalecimento do PPS no Litoral Norte, Davi Zaia, Urbano Patto e Roberto Freire, Presidente Nacional do Partido, Caraguatatuba já tem um Pré-Candidato a Deputado. (Fonte: Câmara Municipal de Caraguatatuba)

Programa Ação Litoral

Notícias de Ilhabela Topo

Vulcano Portal da Palmeira

Evangélicos em Ação em Ilhabela

Ilhabela- No último sábado, o Círculo de Oração Brado de Vitória, da Assembléia de Deus, ministério de Provetá completou um ano. A igreja fica no bairro do Bexiga, em Ilhabela. O vice-prefeito Antônio Carlos Cajado Simões, o vereadores Márcio Garcia, Nanci Peres de Araújo Zanato e o ex-vereador Walter Duarte de Souza , foram prestigiar os 'irmãos na fé'. Márcio Garcia fez uso da palavra, parabenizando às mulheres do Circulo de Oração. No domingo, desta vez na Igreja Assembléia de Deus, ministério de Santos, a vereadora Nanci foi homenageada pelo seu aniversário.
Na foto, as autoridades políticas e os pastores Eliseu de Souza, Elizeu Benedito, e os presbíteros Osmar dos Santos e Cláudio de Souza. CMI

O sol aparece para realização da 2ª etapa das Maratonas Aquáticas de Ilhabela

Ilhabela - No último domingo, dia 1º, aconteceu na Praia Grande, em Ilhabela, a 2ª etapa do IV Circuito de Maratonas Aquáticas de Ilhabela. A largada aconteceu as 10h30 com tiro de largada da professora Beth Padilla e a torcida de um grande público que prestigiou a prova.
A chuva deu uma trégua no domingo e o sol saiu para animar os competidores que vieram de várias cidades de São Paulo. Apesar da água estar quente, boa para a prática do esporte, a opinião geral dos nadadores foi que a prova foi um desafio, já que o mar estava mexido com muitas marolas e correnteza forte exigindo o dobro de concentração em seus 2,5 km de percurso.
Estreando no campeonato, Rafael Torquato, mais um atleta da Faculdade Unimonte, de Santos, foi o 1º a completar o percurso com o tempo de 37 minutos e 05 segundos. Empatados mais uma vez, os santistas Clayton Silva Diniz (Cat E/Estilo do Corpo/Atsei) e João Alexandre Rodrigues (Cat D/Estilo do Corpo/Atsei) completaram a prova em 41 minutos e 5 segundos ficando com o 2 º lugar na classificação geral. Em 3º lugar no geral masculino, Danilo Lescreck (Cat D/Unimonte/Santos) completou a prova com 42 minutos e 38 segundos.
Nadando por Ilhabela Harry Finger (Cat H/Harry Imóveis) foi o 1º a chegar com o tempo de 45 minutos e 46 segundos seguido por Eros Pinna (Cat B/Harry Imóveis/Filhos do Sol) com o tempo de 46 minutos e 46 segundos.
No feminino, a santista Kelly Cristina Lopes (Categoria B/ Unimonte) chegou em primeiro lugar com o tempo de 42 minutos e 32 segundos. Em 2º na geral feminina ficou Catia Silva (Cat G) de Caraguatatuba com o tempo de 44 minutos e 01 segundo seguida pela ilhabelense Maíra de Souza Moraes (Categoria C/Unimonte) com o tempo de 44 minutos e 02 segundos.
Nesta etapa apenas a corajosa nadadora Cleusa de Santana Santos, 71 anos, participou da Prova de incentivo Menor e Melhor Idade, nadando um percurso de cerca de 100 metros.
A premiação aconteceu na praça da Praia Grande com a premiação de medalhas, certificados e camisetas para todos os nadadores.
A 3ª etapa do IV Circuito de Maratonas Aquáticas de Ilhabela 2005 acontecerá dia 5 de junho (domingo), com largada na Praia do Barreiros e chegada na Praia da Pedra do Sino com percurso de 2,5 km. Dependendo das condições do mar o percurso poderá ser invertido. As inscrições para esta etapa já podem ser feitas através do site www.ativo.com ou no local da prova. A taxa é R$10,00 para a prova principal e de R$5,00 para a prova Melhor e Menor Idade mais 1 quilo de alimento não perecível a serem entregues no dia da prova.
Quem quiser ver as fotos ou informações sobre o evento enviar e-mail para paulailhabela@hotmail.com 
O IV Circuito Municipal de Maratonas Aquáticas de Ilhabela 2005 é realizado em parceira com a Prefeitura Municipal de Ilhabela, através da organização da Secretaria de Secretaria Municipal de Esportes, Juventude e Laser de Ilhabela, apoio marítimo com botes do Projeto Navegar, Ambulância da Secretaria Municipal de Saúde, Departamento de Trânsito e parceira com comércios: Auto Viação e Turismo Ilhabela, Centro Náutico Ilhabela, João Ilha Materiais de Construção, Harry Imóveis, Restaurante Vianna, Braga Estamparia, Supermercado Central, Imagem Comunicação. Apoiaram na segurança nesta etapa Caiaques Sul da Ilha.

Classificação por categoria

Cat. A masculino
1º Gustavo Mendes dos Santos – Linha D’Água – Caraguatatuba

Cat. A feminino
1º Moana Reinmann Kojin – Ilhabela

Cat. B masculino
1º Eros Santiago Pinna – Harry Imóveis/Atlântico – Ilhabela
2º Paulo Henrique Santos – Escola Anna Leite – Ilhabela
3º João Paulo Silva – Ilhabela

Cat. B feminino
1º Kelly Cristina Lopes – Unimonte – Santos

Cat. C masculino
1º Rafael Torquato – Unimonte – Santos
2º Juliano Santos de Carvalho – Sr. Cochilo – Ilhabela

Cat. C feminino
1º Maíra de Souza Moraes – Unimonte – Santos

Cat. D masculino
1º João Alexandre Rodrigues – Estilo do corpo/Atsei - Santos
2º Danilo Lescreck – Unimonte - Santos
3ª Eduardo Salinas – Nancy Zanatto – Ilhabela

Cat. E masculino
1º Clayton Silva Diniz – Estilo do Corpo - Santos
2º Tiago Mosmann Couto – Vídeo Mar – São Sebastião
3º Danilo Godoy – Ilhabela
4º Ronaldo Prata – Pinheiros – São Paulo
5ª Fábio Nunes – Alfa Calçados/Benê Music/Farma Vida – São Sebastião

Cat. E feminino
1º Cristiana Magalhães Lescreck – Santos
2º Mônica - Ilhabela

Cat. F masculino
1º Francisco Pacífico Arouca – Aquático Baroni - Jacareí
2º José Ricardo dos Reis Silva – Ilhabela
3º Acácio Borges – Ilhabela

Cat. G masculino
1º Adrian Kojin – Ilhabela
2º Pablo Melero – Ilhabela

Cat. G feminino
1º Catia Silva – Caraguatatuba
2º Selma Sandoval – Ilhabela
3º Márcia de Pinho Tamasiro – Adidas – São Sebastião

Cat. H masculino
1º Harry Finger – Harry imóveis – Ilhabela

Cat. I masculino
1º Pedro Basílio – Ilhabela

Cat. I feminino
1º Miriam – Ilhabela

Cat. Necessidades Especiais Masculino
1º Roberto de Siqueira Campos – São Paulo

Notícias de São Sebastião Topo

São Sebastião Superchic

São Sebastião lidera movimento pela revisão dos repasses de royalties
Prefeito quer rever distribuição de verba da ANP para cidades que sediam terminais de petróleo

São Sebastião - O prefeito de São Sebastião, Juan Pons Garcia (PPS), recém-eleito presidente da Abramt (Associação Brasileira dos Municípios com Terminais Marítimos e Fluviais de Petróleo e Gás Natural), passou a liderar um movimento nacional para forçar o governo federal a rever os critérios de distribuição de royalties para as cidades atingidas por atividades relativas à produção de petróleo.
O royalty é uma compensação financeira paga pela ANP (Agência Nacional de Petróleo) aos municípios produtores de petróleo ou que possuam terminais ou instalações afins.
A contrapartida também é paga aos municípios limítrofes às cidades com terminais ou áreas de embarque e desembarque de petróleo.
O movimento, que tem respaldo dos 12 municípios que compõem a Abramt, quer ampliar de 40% para 60% o valor dos royalties destinado às cidades que possuam terminal de petróleo ou gás.
São Sebastião, por exemplo, recebe anualmente 40% dos royalties do total de petróleo e derivados movimentados no Tebar (Terminal Marítimo Almirante Barroso).
Os municípios de Ilhabela, Caraguatatuba e Bertioga dividem os outros 60% de royalties destinados pela ANP por serem cidades vizinhas ao terminal e estarem sujeitas a danos ambientais provocados pelo eventual derramamento de óleo no Tebar.
Em 2004, São Sebastião recebeu R$ 37,7 milhões em royalties. Ilhabela, Caraguá e Bertioga receberam, cada uma, R$ 13,7 milhões.
"Não é justo São Sebastião receber 60% do petróleo consumido no país e ter direito a apenas 40% dos seus royalties", afirmou Garcia ao ValeParaibano.
Segundo ele, as portarias feitas a partir de 2002, que alteraram os valor dos royalties destinados ao seu município, tiveram 'interesse político'.
De acordo com o prefeito, não teria lógica o fato de Bertioga, cidade situada a 120 quilômetros de São Sebastião, ser beneficiada com royalties.
"Trata-se de uma decisão meramente política, que prejudicou São Sebastião", afirmou Juan.
O prefeito de Bertioga, Lairton Gomes Goulart (PL), afirmou que seu município não abrirá mão dos royalties pagos pela ANP e defendeu o critério de distribuição de recursos em vigor no país.
"Nossas praias já foram poluídas por derramamentos ocorridos em São Sebastião", afirmou.
MEMÓRIA- Bertioga e Caraguá recebem royalties desde 2002 por influência do ex-ministro da Justiça Aloysio Ferreira Nunes (PSDB) --atualmente secretário de Governo do prefeito da capital, José Serra (PSDB).
O prefeito de Caraguá, José Pereira Aguilar (PSDB), disse que os recursos liberados pela ANP são 'fundamentais' para a prefeitura local.
"O prefeito Juan deveria tentar tentar ampliar a arrecadação de São Sebastião, sem prejudicar os outros municípios", disse.
O prefeito de Ilhabela, Manoel Marcos de Jesus Ferreira (PTB), não retornou as ligações para comentar o assunto.
A ANP informou que os critérios de distribuição de verba são meramente técnicos e não há previsão para qualquer alteração no procedimento. (Fonte: ValeParaibano)

Entenda o Caso

* De 1998 a 2002, São Sebastião tinha direito a 60% dos royalties destinados pela ANP ao Terminal Almirante Barroso, ficando os 40% restantes destinados às cidades de Ilhabela e Caraguatuba;
* A partir de 2002, com novas portarias, o município passou a receber apenas 40% dos royalties, os 60% restantes passaram a ser divididos entre Ilhabela, Caraguatatuba e Bertioga;
* A Abramt quer alterar a distribuição fazendo com que os município que sediam terminais voltem a receber 60% dos royalties. Os municípios que integram a associação preparam uma ação judicial para questionar a ANP. (Fonte: ValeParaibano)

III Taça Cidade de São Sebastião de Judô reune diversos atletas
São Sebastião pega 3º lugar na classificação geral

São Sebastião  - No último domingo (01/05) a Prefeitura de São Sebastião por meio da Secretaria de Juventude, Esporte e Lazer (Sejuv) e a 2º Delegacia Regional da Federação Paulista de Judô trouxeram para a cidade uma das mais importantes competições de judô da região do Vale do Paraíba, Litoral Norte e Fundo Vale. Trata-se da 2ª Etapa do “III Circuito Shihan”, que foi realizada no Tebar Praia Clube e recebeu o nome “III Taça Cidade de São Sebastião”. Participaram 25 gremiações das cidades de Cruzeiro, Caçapava, Atibaia, São José dos Campos, Jacareí, Pindamonhangaba, Taubaté, Guaratinguetá, Mogi das Cruzes, Suzano, Poá, Canas e São Sebastião, totalizando cerca de 600 atletas.
A abertura contou com a presença do prefeito Dr. Juan Garcia, da diretora de Esportes da Sejuv, Raquel de Jesus, da diretora de Eventos Neila Bruneti Ítavo, do delegado regional da Federação Paulista de Judô, Cláudio Calasans Camargo, do coordenador de árbitros e mesários, Harley Barbosa Amaral e do diretor técnico da região, Josino Francisco. O secretário da Sejuv, Anthero Ventura também compareceu para a premiação dos atletas.
Na ocasião, o prefeito falou da experiência de sediar eventos de grande porte no município. “Este é primeiro evento esportivo de grande porte que realizamos neste ano. Temos a intenção de trazer mais campeonatos se possível, estaduais e nacionais. No momento sabemos que o município não possui infra-estrutura para sediá-los, mas quero que para os próximos anos São Sebastião já possa contar com espaços físicos adequados para receber estas competições”, disse. Também destacou o papel que a modalidade exerce na formação dos atletas. “São Sebastião está orgulhosa de recebê-los aqui, principalmente os atletas, que estão se submetendo a uma linha de formação. O judô é um esporte com características extremamente disciplinadoras e formativas do caráter da personalidade do seu praticante”, afirmou ressaltando que mais importante que a vitória são a tenacidade e a perseverança que a modalidade tão sabiamente prega.
Antes das competições oficiais um Festival ofereceu oportunidade para que os iniciantes em diversas categorias pudessem treinar e receber mais orientações sobre os fundamentos da modalidade. A atividade contou com aproximadamente 150 participantes, onde todos receberam medalhas de participação.
Para a diretora de Esportes, Raquel de Jesus, São Sebastião mostrou intensa participação com mais de 100 atletas do município. Na disputa individual 27 atletas sebastianenses conseguiram podium entre primeiro e quarto lugares. Destes, três atletas das categorias do feminino e 24 atletas do masculino. Oito atletas sagraram-se campeãs e 10 conseguiram o vice-campeonato. Nove ficaram entre a terceira e quarta colocação. (Confira no quadro a classificação de cada atleta no individual e sua respectiva categoria).
Na classificação geral desta 2ª etapa do Circuito Shihan, a equipe Sindserv de São Sebastião (99 pontos) ficou com a terceira colocação, ficando atrás da vice ADPM/São José dos Campos (133 pontos) e da campeã, Academia Calasans (193 pontos) também de São José dos Campos. Em quarto está a Setur de Cruzeiro (75 pontos) e em quinto está Pindamonhangaba (60 pontos).
Nesta competição que faz parte do "Circuito Shihan de Competições", os atletas e as gremiações estão buscando pontuar para o circuito, conquistando boas classificações, “daí o alto nível técnico do evento”, justifica o delegado regional Calasans. Ele conta ainda que o Litoral Norte sediará no total, duas etapas do circuito, esta em São Sebastião e a 6º e última etapa em Ubatuba no mês de outubro (competição de aniversário da cidade). A próxima etapa do Circuito Shihan será realizada no mês de julho na cidade de Caçapava.
Segundo o técnico sebastianense Uátila Ferreira dos Santos, a equipe sebastianense é composta por mais 200 de atletas que participam dos treinos oferecidos pela Escolinha de Judô e equipe de competição organizada pela Prefeitura de São Sebastião. Ele conta que está feliz com os resultados. “Nossos judocas estão indo muito bem e para a próxima etapa, esperamos resultados melhores ainda”, conta.
As Escolinhas de Judô da Prefeitura continuam com vagas disponíveis para os interessados em se tornar grandes judocas. As aulas gratuitas acontecem em Boiçucanga, no Ginásio de Esportes do Cascalho, às segundas e quartas-feiras e no Topovaradouro, no Ginásio Gringão, às terças, quintas e sextas-feiras. Em ambos os locais as aulas acontecem em três períodos, manhã, tarde e noite. As inscrições podem ser feitas no próprio local com o professor. Maiores informações pelo telefone 3892-2062.

O começo - O judô, modalidade esportiva olímpica, é uma luta corpo-a-corpo criada pelo prof. Jigoro Kano, a partir de antigos estilos de Jiu-Jitsu, uma arte marcial japonesa milenar usada para a defesa pessoal nos campos de batalhas pelos guerreiros samurais. O Professor Jigoro Kano era professor de inglês e possuía o curso superior da universidade Imperial do Japão em Ética e Filosofia.
Ele estudou as antigas formas de Jiu-Jitsu aperfeiçoando-as de modo a eliminar os golpes perigosos para que elas pudessem transformar-se em um esporte tal qual conhecemos hoje, o judô o qual pode ser praticado por crianças a partir dos quatro anos de idade até a 3º idade (conhecemos mestres com mais de 70 anos que ainda praticam as técnicas do judô) de ambos os sexos.
O professor Jigoro Kano fundou a Escola Kodokan em 1882 (escola do caminho da fraternidade, hoje o centro máximo do judô mundial) e rapidamente começou a difundir o novo esporte, o qual buscava acima de tudo formar o guerreiro no sentido interior, um cidadão capaz de enfrentar as adversidades do dia-a-dia com perseverança, honestidade, autocontrole, autoconfiança e educação, ou seja, vencer o principal adversário que é a si próprio buscando aprimorar-se cada vez mais com o intuito de ser útil à sociedade.
Por suas características extremamente formativas do caráter e da personalidade do seu praticante, além de conferir-lhe um preparo físico incomum, o judô foi difundido mundialmente e hoje um dos principais pólos da sua pratica são as escolas uma vez que é um esporte idealizado para educar acima de tudo.
Médicos, psicólogos, pedagogos e educadores reconhecem o judô como uma modalidade esportiva e uma arte marcial que além do desenvolvimento das qualidades físicas, do preparo para a defesa pessoal e das competições esportivas, prepara o seu praticante para enfrentar a luta do dia-a-dia com muita tenacidade e perseverança.
A disciplina exigida no dojô (local de treino), o respeito ao Sensei (professor) e à hierarquia (colegas mais graduados), a etiqueta e a cortesia (os cumprimentos), os árduos treinamentos onde se busca a constante superação e aperfeiçoamento físico, técnico e espiritual, levam ao aperfeiçoamento pessoal e à formação integral do aluno objetivo este almejado por toda escola e é por isso que o Prof. Jigoro Kano é reconhecido como o "Pai da Educação Física do Japão" e também por esse motivo que milhares de estabelecimentos de ensino em todo o mundo tem o judô como um forte aliado e uma ferramenta de trabalho importantíssima no seu currículo. (Fonte: PMSS)
 
Notícias de Ubatuba Topo

Restaurante Solar das Águas Cantantes Ubatuba

Ubatuba usa Guarda Municipal para impedir invasão em áreas
Locais de preservação ambiental e de risco serão monitorados pela prefeitura

Ubatuba - A Prefeitura de Ubatuba vai utilizar a Guarda Municipal para impedir novas ocupações em áreas de preservação ambiental e de risco. Esta semana, famílias que já estão nesses locais serão cadastradas pela administração.
Segundo a Defesa Civil, existem 711 casas em áreas de risco ou em locais de preservação ambiental, onde residem 3.595 pessoas. O MP (Ministério Público) cobrou da prefeitura urgência na retirada das famílias que ocupam áreas de preservação ambiental.
"A situação é preocupante", afirmou o promotor da Habitação e Cidadania de Ubatuba, Oswaldo de Oliveira Coelho.
Segundo ele, administrações anteriores chegaram a incentivar a ocupação de áreas de risco ou de preservação permanente por meio da doação de terrenos.
Segundo Coelho, o MP prepara ações contra ocupações ocorridas em áreas de parque nos bairros da Pedreira, Morro da Pipoca e Perequê-Mirim. "A situação requer urgência por parte da prefeitura", afirmou.
Coelho esteve reunido com o prefeito na última quinta-feira, ocasião em que cobrou providência por parte da prefeitura no combate à invasão das áreas de preservação ambiental.
O prefeito Eduardo César (PL) disse ontem que uma ação integrada será iniciada esta semana no município com o objetivo de impedir novas ocupações em áreas de preservação permanente.
APOIO - Na sexta-feira, a prefeitura com o apoio da Guarda Municipal fará o cadastramento dos moradores do bairro Morro da Pipoca. Segundo César, no local residem de 30 a 40 famílias.
Além do cadastramento, a prefeitura pretende conscientizar os moradores a evitarem novas ocupações no local.
O prefeito negocia com o Estado, por meio da CDHU (Companhia de Desenvolvimento Habitacional Urbano), a construção de cem moradias para transferir famílias que vivem em áreas de risco ou de preservação ambiental. O prefeito analisa três áreas para destinar à CDHU.
"Vamos começar o congelamento dessas áreas e viabilizar a construção de moradias para futuramente remover as famílias que ocupam áreas de risco ou de preservação", afirmou. (Fonte: ValeParaibano)

Secretaria de Assistência Social inicia trabalho com andarilhos

Ubatuba - A secretaria de Assistência Social iniciou, através do Setor de Migração, um trabalho de recolhimento, triagem e encaminhamento de andarilhos em Ubatuba. Na madrugada do dia 23, em parceria com a Guarda Municipal, aconteceu uma ronda, que resultou no encaminhamento de oito andarilhos para suas cidades de origem. “Sei que é pouco, diante do número de andarilhos que existe na cidade, mas vamos continuar com essas ações até a solução do problema”, afirmou a secretária de Assistência Social de Ubatuba, Kátia Nunes.
Os andarilhos recolhidos são entrevistados, tomam banho, recebem alimentação e posteriormente são levados à casa de familiares em suas cidades de origem. Kátia Nunes pretende montar um centro onde o atendimento e encaminhamento de migrantes deverá ser otimizado. “Vamos buscar parcerias para alugar uma casa, com o objetivo de abrigar essas pessoas por um curto período de tempo, no máximo três dias, onde poderemos localizar dados referentes aos andarilhos, como busca de parentes e levantamento de antecedentes criminais antes do encaminhamento”, disse a secretária.(Fonte: PMU)

Fundo Social e Associação Comercial promovem bazar para o dia das mães

Ubatuba - O Fundo Social de Solidariedade de Ubatuba, em parceria com a Associação Comercial e Empresarial de Ubatuba realiza de 5 a 7 de maio o “Bazar das Mães”, com objetivo de garantir presentes a preços mais em conta para as mães de Ubatuba. As entidades filantrópicas de Ubatuba estarão vendendo artesanato de fabricação própria no salão da Associação Comercial e o resultado da venda será aplicado em seus projetos assistenciais.
“Convido a todos que pretendem presentear as mães a visitar o Bazar e auxiliar nossas entidades. Aproveito para agradecer a Associação Comercial pela cessão do espaço”, disse Denise César, presidente do Fundo Municipal. (Fonte: PMU)

Secretaria amplia período para inscrição de atletas de Ubatuba em prova de natação
Os nadadores de Ubatuba que efetuarem inscrições até quinta-feira estarão isentos de taxa

Ubatuba - A Secretaria de Esporte e Lazer prorrogou o prazo para inscrição dos atletas de Ubatuba que desejam participar da 36ª Travessia Internacional de Ubatuba. A nova data limite é 5 de maio e os interessados devem se dirigir à piscina municipal entre 6h30 às 11h30 ou das 14 às 22 horas. Vale lembrar que os atletas inscritos nesse período não pagarão a taxa de inscrição, visando incluir um maior número de atletas da cidade nessa importante prova.
A 36ª Travessia Internacional de Ubatuba acontece no dia 15 de maio à partir das 8h.
A imprensa sempre deu grande destaque à prova durante esses anos, como pode se verificar em algumas matérias dos anos 70 arquivadas pela Secretaria de Esporte e Lazer. Confira trechos de algumas delas:
- “Uma festa alegre na qual o Sol esteve sempre presente. A reunião dos melhores nadadores da América do Sul” – Diário de SP 1972.
- “No cenário em que Anchieta escreveu os famosos versos à virgem santíssima chegarão os mais renomados nadadores da América do Sul para uma competição de 9.400 metros no Oceano Atlântico que exigirá muito arrojo e preparo técnico dos atletas. Será um acontecimento digno de ser presenciado por um grande público” – Última Hora 1973.
- “Um verdadeiro desfile de campeões estarão se defrontando na mais importante prova desta modalidade no calendário da Federação Paulista de Natação” – Folha da Tarde 1973
- “A beleza de um espetáculo ante o encantamento de uma natureza exuberante” – Folha de São Paulo 1972
- “É que nesta data, uma plêiade de nadadores Sul-americanos levarão para a terra Tamoia a técnica, o denodo e a coragem de campeões de natação” – A Gazeta Esportiva 1973. (Fonte: PMU)

Vôlei de Ubatuba tem rodada vitoriosa na Livovali
Vitórias deixam equipes a um passo das semifinais

Ubatuba - As equipes de vôlei infantil masculino e feminino da Secretaria de Esporte e Lazer de Ubatuba venceram seus jogos, disputados no domingo, dia 1, no Ginásio de Esportes Tubão. As meninas venceram Pindamonhangaba por 3 sets a 0 (25/12, 25 21 e 25/21) e precisam de mais uma vitória para avançar rumo à semifinal. A próxima partida das meninas comandadas por Geraldo Vanoni é em Caraguá, domingo, contra a equipe da casa. O Masculino também venceu por 3 a 0 o time de São Sebastião com parciais de 25/10, 25/19 e 25/14 e tambem ruma a semifinal da Liga. (Fonte: PMU)

Ordem do dia da 13º Sessão da Câmara Municipal de Ubatuba

Ubatuba - O Vereador Jairo dos Santos - PT, Presidente da Câmara Municipal de Ubatuba, anuncia a Ordem do Dia da 13ª Sessão Ordinária desta Casa, a realizar-se no dia 03 de maio de 2005, às 20:00 horas, constituída de Projetos de Lei e outras proposições abaixo relacionadas:
ORDEM DO DIA:
EM ÚNICA DISCUSSÃO:
01 – PROJETO DE LEI N° 027/05, do Ver. GERSON DE OLIVEIRA - PMDB, que acrescenta parágrafo ao artigo 76 da Lei 711/84, estabelecendo prazo de 30 dias para que o proprietário da obra em infração proceda a sua regularização sem prejuízo da continuidade dos trabalhos.
02 – PROJETO DE LEI N° 037/05, do EXECUTIVO, que altera o art. 3º, Caput, da Lei nº 2666 de 04 de abril de 2.005, ampliando para a referência 14 (quatorze) os servidores beneficiados com a Cesta Básica.
03 – PEDIDO DE INFORMAÇÃO N° 036/05, do Ver. RICARDO CORTES - PV, sobre a Merenda Escolar, das escolas de nosso Município.
04 – PEDIDO DE INFORMAÇÃO N° 037/05, do Ver. ROMERSON DE OLIVEIRA – PFL, sobre a situação da creche que será aberta, no bairro do Perequê-Mirim.
05 - REQUERIMENTO Nº 147/05, do Ver. OSMAR DE SOUZA - PFL, à Telefônica, instalação de um orelhão na rodovia Oswaldo Cruz, em frente ao ponto final, no bairro do Pé da Serra.
06 - REQUERIMENTO Nº 148/05, do Ver. EDILSON FÉLIX – PSC, à Sabesp, solicitando reparos na rede de esgoto da rua Acre, no bairro da Silop.
07 - REQUERIMENTO Nº 149/05, do Ver. RICARDO CORTES - PV, à Elektro, extensão da rede elétrica, no km 86 até 85 da rodovia Oswaldo Cruz, no bairro do Pé da Serra.
08 - REQUERIMENTO Nº 150/05, do Ver. GERSON DE OLIVEIRA – PMDB, à Sabesp, providências para solucionar o defeito existente no tratamento de esgoto, no bairro das Toninhas. (Fonte: Câmara Municipal de Ubatuba)

Ação Litoral

Carta do Leitor Topo

Salvem a Arte - Ao Prefeito de Ubatuba, ao Presidente da Fundart e à Comunidade. Salvem A Arte! A Arte, antes que um emprego, é um dom que transcende a rotina mental do ser humano. Uma vida sem arte é apenas um ESTATUTO que todos têm que seguir à risca. Feliz a comunidade que tenha em seus representantes culturais, ARTISTAS, ao invés de burocratas. E artistas exercendo a sua arte, organizando e MOSTRANDO como se faz arte, para que ela não seja um manual a ser teoricamente discutido, mas um farol aceso sinalizando, na prática, caminhos que integrem o ser humano à própria arte de viver.
Existe no Conselho Deliberativo da Fundart, formado pelo presidente e coordenadores de grupos setoriais, uma polêmica se funcionários e coordenadores de grupos setoriais poderiam apresentar seus próprios projetos artísticos à Fundação, o que NADA CONSTA nos estatutos da Fundart.
A questão da não aprovação da Oficina de Teatro de Bonecos, desenvolvida por um verdadeiro artista, advém do fato dele exercer a função de chefe do setor de projetos, eventos e oficinas da Fundação. O interessante, é que o projeto dele foi pré-aprovado, para, em seguida, ser censurado e recusado. Incoerência?
Como também não pode ser aprovado o projeto do coordenador do grupo setorial de música, por ser culpado de exercer esse cargo VOLUNTÁRIO E NÃO REMUNERADO. Mais um projeto precioso recusado pelo mesmo conselho deliberativo do qual ele mesmo faz parte. QUEM PERDE É A ARTE.
É importante que a COMUNIDADE tome consciência que a arte não é emprego e quem tem o seu talento deve ter as portas abertas para ele. E que diga isso para seus céticos representantes.
Se a Fundação de ARTE e CULTURA de Ubatuba não pode usar seus artistas porque estão ligados à ela, ela será então uma pobre Fundação SEM ARTE.
Ubatuba, 1 de maio de 2005 (Dia do Trabalhador)
Aiyan Zack (José Antonio G. T. Freitas)
Membro do Conselho Deliberativo e Coordenador do Grupo Setorial de Artes Cênicas e

Dança da Fundart
Ubatuba, SP


Correção ACIU - Comunicamos que, na reforma do nosso estatuto social, ficou estabelecido que o nome da entidade é Associação Comercial de Ubatuba, denominada de ACIU, não existindo mais o Empresarial.
Agradecemos a vossa gentileza em estar publicando materias envolvendo a ACIU, mas pedimos o favor de utilizar o nome correto em mensagens futuras, colaborando assim para a divulgação da alteração ocorrida.
Sendo o que tinhamos para o momento despedimo-nos,
Atenciosamente,

Celio M. Stefani
Gerente da ACIU
Ubatuba, SP


Ponte Recuperada - No Pereque Acu, foi recuperada a ponte, diz a noticia, foi feita nova cabeceira e reforço para agüentar as chuva, na MARANDUBA não e diferente, e só fazer as cabeceiras e levantar a passarela que lá esta e tudo ficaria provisoriamente resolvido, ou será que estão esperando que a mesma vá de vez para o leito do rio.
Só para lembrar que aquela de madeira que a comunidade construiu esta lá quebrando o galho

Jose Carlos Cusato
Maranduba, Ubatuba, SP


Motoristas x Ciclistas - Estou cansada de ouvir e ler reclamações de motoristas contra os ciclistas da cidade, e concordo que existem sim alguns mal educados, como muitos motoristas também. Mas reparo que as reclamações são colocadas de uma maneira muito elitista, prevalecendo o ponto de vista de pessoas que possuem carro e que talvez nunca tenham necessitado de usar uma bicicleta como meio de transporte. Consideremos então os seguintes fatos:
1) Os ciclistas são a MAIORIA da população da cidade, pessoas pobres que não tem dinheiro para comprar um carro.
2) Eles andam de bicicleta não por esporte ou lazer, mas como meio de transporte, pois muitos deles não tem dinheiro sequer para pagar uma passagem de ônibus, e muitas vezes nem acesso e esse tipo de transporte.
3) Essa MAIORIA da população, é composta, além de trabalhadores e estudantes, também de donas de casa, crianças e pessoas idosas.
4) Essas pessoas estão totalmente desprotegidas, tem que enfrentar no seu dia a dia, vento, chuva, sol quente, frio, calor, poeira na cara, lama, além dos buracos que são ainda mais perigosos para quem está de bicicleta do que de carro, além do cansaço, de ás vezes até horas de pedalada,muitas vezes carregando peso.
5) Alguns motoristas educados, tem alguma paciência, porém muitos, são impacientes e arrogantes, e agem como essas pessoas fossem pragas invadindo um espaço que consideram só seu. Simplesmente ignoram os ciclistas. Alguns andam super apressados, parecem até que estão em São Paulo. Usam seus carrões, com ar condicionado, tração nas 4 rodas, retrovisores por todos os lados, para se locomover até em pequenas distâncias, e acham que os ciclistas tem que prestar toda a atenção neles, não se lembrando que uma bicicleta carece de todos esses recursos, e também precisam das ruas e rodovias para chegar ao seu destino, pois não tem seu espaço próprio.
6) Concluindo, seria uma atitude muito mais simples e generosa, em vez de ficar reclamando dos ciclistas (uma vez que a falta de educação se faz presente em ambas as partes), serem mais solidários e reinvindicarem mais ciclovias, principalmente que atravessem o centro da cidade, e também no sentido trevo-taubaté - Praia grande, onde ocorre o maior fluxo de ciclistas e consequentemente mais acidentes.

Jussara Cordeiro Guimarães
Moradora de Ubatuba que utiliza bicicleta, e não anda na contramão


Pequenos Assassinatos - Muito boa a explanação do Sr. Ronaldo Dias, a respeito dos ciclistas e a forma como trafegam pelas nossas ruas, avenidas. Porém quero acrescentar a esse artigo a situação que vários motoristas passam quando tem que cruzar a Rodovia Oswaldo Cruz, para acessarem o bairro do Jardim Carolina, Samambaia e Marafunda. Pois pela lei de trânsito devemos aguardar no acostamento da direita a oportunidade de atravessarmos a rodovia, e ao iniciarmos a travessia nos deparamos com os ciclitas que ao ver o carro cruzando a rodovia com as setas alertando já fazem cara feia no qual querem dizer: "não vou parar" ou "você é que tem que parar, pois estou na ciclovia".
Conclusão, os motoristas tem duas opções:
1 - não param e os ciclistas acabam desviando para marginal e xinguam o quanto podem; ou
2 - os motoristas param o carro na travessia, deixando a traseira do veículo na pista contrária correndo o risco de provocar acidentes.
Enfim, concordo plenamente que já está mais do que na hora de tomarmos (toda a Sociedade) conciência em respeitar a Lei que regulamenta o trânsito.

Marcelo Lima
Ubatuba, SP

Foto do Dia Topo

Para participar desta seção basta enviar as fotos com crédito do autor e legenda, no tamanho mínimo de 1024 x 768 pixels com resolução de 72dpi para fotododia@litoralvirtual.com.br
O envio de foto caracteriza autorizada a sua publicação e identifica o remetente como autor.

Ubatuba

Igreja Matriz - Emilio Campi

Igreja Matriz
©Emilio Campi


Para instalar a foto como papel de parede (wallpaper)
Clique na foto acima. Após carregar a foto ampliada, clique com o botão direito do mouse sobre a imagem e escolha "Definir como papel de parede" ou "Definir como fundo de tela". Para ajustar a imagem em tela cheia, clique em qualquer lugar da área de trabalho com o botão direito do mouse, escolha "Propriedades" / "Fundo de Tela" ou "Papel de Parede" / "Ampliar".

Arquivos:  Foto Saudade  -  Foto do Dia

 Faça seu comentário, crítica, opinião ou sugestão no Litoral Virtual:
Clique Aqui


As notícias, fotos e cartas publicadas neste boletim são de inteira responsabilidade de suas fontes e autores,
não expressando necessariamente a opinião deste informativo. O envio de qualquer material para nosso e-mail
será considerado como autorizado a sua publicação e assumida a total responsabilidade pelo seu conteúdo.
As cartas devem conter nome completo, RG, endereço, telefone de contato e um e-mail válido.
Reservamos o direito de não publicar cartas que não contenham a devida  identificação do autor.

Editor Chefe: Emilio Campi
Editora Assistente: Jullyany Roberta Cruz


GRÁTIS!!
Receba as Últimas Notícias do Litoral em seu e-mail:

Quero receber GRATUITAMENTE o boletim Últimas Notícias do Litoral:

e-mail:
Cidade:



Obs.: Você poderá cancelar o recebimento das notícias a qualquer momento.

Conheça as cidades do Litoral Norte Paulista:

Caraguatatuba Ilhabela São Sebastião Ubatuba

Litoral Virtual
O mais completo site do Litoral Norte Paulista na Internet
Sugestões, críticas e informações, entre em contato:
info@litoralvirtual.com.br

©1995/2001 Emilio Campi - Studio Maranduba - Direitos Reservados
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem a expressa autorização do autor