Litoral Virtual últimas notícias do litoral
Quarta-feira, 11 de maio de 2005 - Nº 1278 Edições Anteriores

Litoral Virtual Inteligraph

Região
Campo de gás pode adiantar produção


Caraguatatuba
Apae protesta contra medida do governo
MP defende que ensino é para todos
Caraguá faz audiência para discutir presídio
Loteamento de Caraguá espera rede de esgoto e pavimentação
Loteamento é regular, mas falta escritura

Educadores participam de reunião sobre biodiversidade
Caraguá é convidada a participar do encontro de avaliadores do prémio Itaú-UNICEF 2005
Caraguá visita empresas de reciclagem em São José dos Campos
Pró Bandas abre inscrições para oficinas de música na Fundacc
Casa Beija-flor realiza Tarde da Solidariedade
Nota Oficial da Câmara Municipal de Caraguatatuba
AG Pereira quer AACD Regional
Apae faz manifestação e pede apoio da Câmara
Aurimar quer pronto atendimento nas UBS
Câmara vota Brasão de Armas em 2º turno


Ilhabela
Prefeito de Ilhabela ganha direito de voltar ao cargo
Juiz concede “efeito suspensivo” e Manoel Marcos pode aguardar recurso no cargo
“Prevaleceu o bom senso, pois o prejuízo seria irreparável”
Procurada é capturada em operação da PM

São Sebastião
Justiça indefere pedido de liminar para aumento da tarifa de ônibus da Autoviass
Sindserv: falha foi aplicar em um só banco
Bairro São Francisco recebe reunião comunitária nesta quinta-feira
Vereadora aponta falta de médicos na rede municipal
Secretaria da Saúde promove Semana da Enfermagem até quinta-feira
PM prende assaltantes após roubo de caminhão de gás na Costa Sul
Publicitário é vítima de roubo em Maresias
Delegado alerta sobre golpe telefônico na cidade

Ubatuba
Prefeito se reúne com moradores do primeiro núcleo congelado de Ubatuba
Ubatuba sedia 1º encontro de redeiros
Travessia de Ubatuba mobiliza grande equipe de apoio
Secretaria de Agricultura e Pesca promove curso de capacitação
Setur homenageia as mães no mês de maio
Ubatuba busca participação na 2ª Conferência Nacional das Cidades
IV Festival de Músicas e Paródias Escola Tancredo
Ladrões trancam casal no banheiro no sábado à noite

Seções
Artigo
Carta do Leitor
Foto do Dia


Notícias da Região Topo

Campo de gás pode adiantar produção

Litoral Norte - A Petrobras pretende antecipar para 2007 a produção de gás do campo de Mexilhão, anteriormente prevista para 2008. O campo, que fica em águas do Litoral Norte, tem reservas comprovadas de 85 bilhões de metros cúbicos de gás, de um total de 420 bilhões descobertos.
Os municípios de Caraguatatuba e São Sebastião aguardam com expectativa a definição da Petrobras pelo local onde será construída a unidade de processamento e a base de distribuição de gás da reserva do campo de Mexilhão, na bacia de Santos, que abrange o Litoral Norte.
Os dois municípios querem receber a unidade, pois a cidade deverá receber mais recursos financeiros, além de atrair investimentos do setor petrolífero.
A estatal prevê investir US$ 3 bilhões no projeto Mexilhão, mas ainda não definiu o local onde vai ser construída a unidade de processamento.
O secretário do Meio Ambiente, Agricultura e Pesca de Caraguá, Auricy Mansano Filho, disse ontem que o município "reúne todas as condições geográficas, geológicas e de estrutura para sediar a unidade da Petrobras".
Segundo Auricy, a unidade de gás poderia ser construída em uma área na região sul, onde existe uma grande área de várzea.
O prefeito de São Sebastião, Juan Pons Garcia (PPS), não foi localizado ontem para comentar o assunto e, segundo a assessoria de imprensa, somente ele é quem poderia falar. (Fonte: ValeParaibano)

Notícias de Caraguatatuba Topo

O Guaruçá Caraguatatuba

Apae protesta contra medida do governo
Determinação de incluir portadores de deficiência à rede regular de ensino gera manifestações no Litoral Norte

Caraguatatuba - As unidades da Apae (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais) de duas cidades do Litoral Norte --Caraguatatuba e Ubatuba-- fizeram mobilizações ontem em protesto contra a determinação do governo federal de integrar imediatamente os alunos especiais à rede regular de ensino.
Segundo uma cartilha publicada pelo Ministério Público Federal e pela Secretaria de Educação Especial do Ministério da Educação, quem desobedecer à determinação está sujeito às penas previstas pelo artigo 246 do Código Penal, que trata do crime de abandono intelectual.
O artigo prevê detenção de 15 dias a um mês e aplicação de multa para aquele que deixar, sem justa causa, de prover a instrução primária de um filho em idade escolar.
Em Caraguatatuba, cerca de 200 pessoas participaram de uma passeata que percorreu as ruas do centro da cidade, saindo da Praça Cândido Mota. Uma comissão protocolou na prefeitura e na Câmara um ofício solicitando o apoio das autoridades à causa. O mesmo aconteceu em Ubatuba.
Segundo a delegada regional da Apae no Vale do Paraíba, Litoral Norte e Serra da Mantiqueira, Silvana Maril da Silva, a entidade é favorável à inclusão dos alunos com necessidades especiais à rede regular de ensino, desde que haja condições para isso.
"Somos a favor da inclusão, mas não da forma como está sendo imposta pelo governo federal. As crianças com deficiência mental precisam de cuidados específicos, que a rede regular de ensino ainda não tem condições de oferecer", disse.
Segundo ela, as 19 unidades da Apae na região foram orientadas a se mobilizar para chamar a atenção da população e das autoridades para o problema.
"Nem todas as cidades fizeram passeatas, mas todas encaminharam documentos solicitando o apoio de órgãos govenamentais e da sociedade civil", disse.
A presidente da Apae da Caraguatatuba, Madalena Fachini, disse que a mobilização na cidade conseguiu a adesão dos pais de todos os 91 alunos da entidade.
INTEGRAÇÃO - "Não se pode impor com radicalismo a integração dos portadores de deficiência. Nós nos preocupamos com isso porque sabemos das dificuldades encontradas hoje na rede regular de ensino. Acredito que os pais e a sociedade entendem nosso posicionamento", disse.
Segundo Josué Tobias, assessor jurídico da Fenapae (Federação Nacional das Apaes), com sede em Brasília e que lidera a mobilização em todo o país, os pais e os dirigentes das unidades estão sendo orientados a encaminhar à Justiça um habeas-corpus preventivo, com pedido de liminar, para evitar a punição e garantir o direito de manterem seus filhos matriculados em escola especial.
"A Apae existe há 50 anos e mantém o atendimento a 230 mil crianças em todo o país. O trabalho não pode deixar de existir de uma hora para outra", disse.  (Fonte: ValeParaibano)

MP defende que ensino é para todos

Caraguatatuba - O Ministério Público Federal informou que as escolas especiais devem funcionar como complemento à educação de alunos portadores de necessidades especiais, sem dispensar a educação da rede regular de ensino, que é de direito a todos os cidadãos.
Por isso, todos os alunos especiais em idade escolar, independente do grau e tipo de deficiência, devem ser encaminhados à rede regular de ensino, imediatamente.
Ainda segundo o MP, todas as instituições que mantêm uma escola especial, ainda que ofereça atendimento educacional especializado, devem providenciar com urgência a matrícula do grupo que atende, pelo menos daqueles alunos em idade de 7 a 14 anos, na rede regular de ensino.
Para os jovens que ultrapassaram essa idade-limite, a matrícula deve ser em escolas comuns.
As prefeituras de Caraguatatuba e Ubatuba, que receberam o ofício das Apaes, ontem, informaram que apóiam a manifestação das entidades. Elas também admitiram que a rede municipal de educação não têm condições de acolher todos os alunos atendidos hoje pela Apae.  (Fonte: ValeParaibano)

Caraguá faz audiência para discutir presídio
Objetivo é esclarecer dúvidas da população sobre segurança do CDP, que deve ser implantado na cidade

Caraguatatuba - A SAP (Secretaria de Administração Penitenciária) do Estado e a Prefeitura de Caraguatatuba realizam na próxima segunda-feira uma audiência pública para discutir a implantação de um CDP (Centro de Detenção Provisória) no município.
A reunião acontece na Fundacc (Fundação Cultural de Caraguatatuba), às 19h30, com participação de técnicos da SAP, da delegada seccional do Litoral Norte, Eliane Maria Biasoli, da delegada titular do município, Elizabeth Maluf, e de alguns representantes de prefeituras que sediam CDPs.
Segundo o prefeito José Pereira de Aguilar (PSDB), a audiência foi marcada com o intuito de esclarecer dúvidas da população. O prefeito disse que os esclarecimentos servirão para acabar com a possível rejeição.
Segundo Aguilar, a instalação do CDP em uma área distante 16 quilômetros do centro garantirá total segurança. A prefeitura aguarda a liberação dos alvarás ambientais para desapropriar a área de 200 mil metros quadrados no bairro do Rio Claro.
Aguilar pretende utilizar 100 mil metros quadrados para implantar um centro de recuperação de dependentes químicos.
SUPERLOTAÇÃO - A delegada Elizabeth Maluf disse que, além de oferecer melhores condições aos presos, o CDP permitirá o fim da superlotação nas cadeias de Caraguá e São Sebastião.
A SAP pretende investir R$ 13 milhões no CDP, que terá vagas para 700 presos. Segundo a SAP, as obras serão iniciadas assim que a prefeitura repassar a área e devem durar oito meses.  (Fonte: ValeParaibano)

Loteamento de Caraguá espera rede de esgoto e pavimentação
Moradores reivindicam solução para lama e más condições de higiene nas ruas

Caraguatatuba -Moradores do loteamento do Sato, no bairro Morro do Algodão, em Caraguatatuba, sofrem com a falta de infra-estrutura do local. O loteamento não tem asfalto e nem rede de esgoto.
Segundo a prefeitura, o loteamento ainda não foi pavimentado por ainda faltar a rede de esgoto, que é de responsabilidade da Sabesp (leia texto abaixo).
Os moradores estão fazendo um abaixo-assinado para conseguir uma solução imediata para os problemas.
O morador Sérgio Coelho, 40 anos, já fez vários pedidos à prefeitura na tentativa de melhorar a qualidade do bairro. Mas, segundo ele, os agentes começam as obras e não terminam. No momento, só foram colocadas as guias nas ruas.
A moradora Elaine Cristina de Oliveira, 32 anos, disse que um dos maiores problemas é falta de asfalto. Em dias de chuva, as ruas ficam cheias de lama e buracos.
Os caminhões que trafegam pelas ruas contribuem para o aumento de buracos, criando poças d'água. Quando a situação se agrava, fica impossível sair de casa. As crianças não conseguem ir à escola e o acesso ao posto de saúde é complicado.
Caminhar até o ponto de ônibus está cada vez mais difícil. Trabalhadores precisam passar por caminhos de terra até chegar na parte asfaltada do Morro do Algodão, onde passa o transporte coletivo.
Um caminhão da prefeitura já passou pelo Sato jogando terra e areia de praia nas ruas, mas, segundo os moradores, a situação piora ainda mais quando isso é feito.
O acúmulo de água suja contribui para o aparecimento de muitos caramujos. Outro grande problema que os moradores enfrentam é a falta de rede de esgoto no bairro.
Segundo moradores, algumas valas estão a céu aberto, aumentando as chances de enchentes em dias de forte chuva.
Muitos terrenos estão praticamente abandonados. Com o mato alto e sujeira, surgem muitas cobras e mosquito, colocando em risco a saúde de todos.
Os moradores protestam dizendo que a prioridade de obras da prefeitura é sempre o centro da cidade por ser mais visitado por turistas. (Fonte: ValeParaibano)

Loteamento é regular, mas falta escritura

Caraguatatuba - A assessoria de imprensa da Prefeitura de Caraguatatuba informou que o loteamento do Sato, no Morro do Algodão, é regular e os moradores pagam o IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano). Mas como a escritura de posse do local ainda não foi definida, o loteamento não é aprovado. Para resolver esta situação, os moradores precisam acionar a Secretaria de Urbanismo da cidade.
O loteamento ainda não foi asfaltado por causa da rede de esgoto que é de responsabilidade da Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo). A prefeitura cobrou da Sabesp um parecer a respeito dos bairros que ainda não possuem rede de esgoto. A companhia informou que existe um programa de regularização em que até 2009 atenderão 99% dos bairros que necessitam da rede.
Após a instalação da rede de esgoto, a prefeitura oferecerá o Plano Comunitário Municipal de Pavimentação. Este projeto é um convênio com os moradores, prefeitura e a Caixa Econômica Federal.
Quanto aos terrenos abandonados, a assessoria orienta aos moradores a comparecerem à Secretaria de Urbanismo para fazerem um pedido de reclamação. Como os terrenos são propriedades particulares, a prefeitura não pode mandar agentes para fazer a limpeza. Os proprietários são notificados. O telefone da Secretaria de Urbanismo de Caraguatatuba é o (12) 3882-5487. (Fonte: ValeParaibano)

Educadores participam de reunião sobre biodiversidade

O vídeo é bastante didático para que as crianças se conscientizem da importância da preservação do meio ambiente

Caraguatatuba - A Secretaria de Educação de Caraguá realizou uma reunião com professores coordenadores para apresentar o projeto de Biodiversidade do Litoral Norte desenvolvido pela ONG Vale Verde. A reunião aconteceu no dia 4, quarta-feira, no auditório da secretaria.
Durante o encontro, a coordenadora da ONG, Viviane Ribeiro, ministrou uma palestra para os participantes e entregou 200 cópias do vídeo-documentário da Biodiversidade do Litoral Norte, o que você tem a ver com isso? para as principais instituições do litoral, incluindo a Secretaria de Educação e APAE (Associação de Paes dos Excepcionais) de Caraguá.
O vídeo documentário, que foi produzido em parceria com as Faculdades Integradas Módulo, UNIVAP (Universidade do Vale do Paraíba) e a Dutrafer Reciclagens Industriais é bastante didático para que as crianças se conscientizem sobre os perigos da poluição do planeta e sobre a importância econômica e ambiental do patrimônio genético, que representa a Mata Atlântica e sua biodiversidade na região.
Durante a reunião foi abordado também os projetos Lixomania esta mania vai pegar, pelas supervisoras de ensino, Rosana Leite Albuquerque e Regina Espíndola e o projeto Kidsmart, pela supervisora de ensino e informática, Claudia Burihan. (Fonte: PMC)

Caraguá é convidada a participar do encontro de avaliadores do prémio Itaú-UNICEF 2005
O representante de Caraguá será um dos avaliadores do prêmio

Caraguatatuba - A Secretaria Municipal de Educação de Caraguatatuba foi convidada a participar do grupo de avaliação da 6ª edição do prêmio Itaú-UNICEF 2005, que acontece nos dias 10 e 11, terça e quarta-feira. Foi representando a secretaria o Assessor Técnico Pedagógico, Humberto César. O encontro acontece na cidade de Ribeirão Preto
Os projetos avaliados serão de ação sócio-educativas e os finalistas regionais serão apresentados nos dias 15 e 16 de setembro, as premiações acontecerão nos meses no dia 20 de outubro e 10 novembro. A premiação nacional acontecerá no dia 28 de novembro, em São Paulo, com grande evento.
O prêmio Itaú-UNICEF é um projeto de educação e participação de iniciativa da fundação social Itaú Social e do UNICEF (fundo das Nações Unidas para a Infância) e tem como objetivo identificar e dar visibilidade ao trabalho de organização da sociedade civil sem fins lucrativos, que estimulam o ingresso, regresso, permanência e participação da escola pública e contribuem para a educação integral de crianças e adolescentes brasileiros de 6 a 18 anos, em condições de vulnerabilidade sócio-econômica. (Fonte: PMC)

Caraguá visita empresas de reciclagem em São José dos Campos
A população terá de ser conscientizada que a educação ambiental começa em casa, com a separação do lixo

Caraguatatuba - Representantes das Secretarias Municipais de Educação, Meio Ambiente e Assistência Social visitaram a URBAM (Urbanizadora Municipal S/A) e a Dutrafer Reciclagens Industriais de São José dos Campos, na quinta-feira, dia 5. O objetivo da visita foi conhecer o trabalho desenvolvido com a coleta seletiva e projetos sociais que tiveram sucesso na região.
Foram representando a Secretaria de Educação as Supervisoras de Ensino, Rosana Leite de Albuquerque e Regina Espíndola Chaves. Já a Secretaria de Meio Ambiente foi representada pelo Assessor Técnico de Meio Ambiente, Wilson Cardoso e pela Agente Administrativo, Kátia Tavares, quem representou a Assistência Social foi a responsável pela Capacitação dos projetos de geração de renda, Regina Inês dos Santos. Acompanharam a equipe os representantes da Associação Arte e Viver, Zenilda Damas Soares, Lino Teixeira e Sandra Virgínia Ineias e da Ong Vale Verde, Maria Eliza e Viviane.
A URBAM é uma instituição ligada à prefeitura que faz a coleta do lixo e recicla materiais como: papel, plástico, metal e madeira.
Após a coleta, o lixo orgânico é separado, manualmente, do material reciclável e acomodado em fardos. Esses materiais são vendidos para empresas de reciclagem, o dinheiro arrecadado é revertido para o próprio município. Já o lixo orgânico é colocado em uma máquina bio-digestor e transformado em adubo.
Todo o chorume retirado do lixo orgânico é depositado em recipientes e tratado com um bactéria viva que o transforma em um líquido quase limpo. Todo esse líquido é usado para lavar os caminhões de coleta.
A DutraFer é uma empresa especializada em gerenciamento e coleta de resíduos industriais e fornecimento de mão de obra e atua há 13 anos na área de Reciclagem Industrial e Educação Ambiental. É a responsável pelo projeto "Ciclo de Recicláveis" que visa levar a educação ambiental às industrias, escolas e comunidade em forma de palestras educativas, exposições, teatro, biblioteca ambiental e jogos interativos voltado para o público em geral. O projeto vem se desenvolvendo com resultados positivos em São José dos Campos.
"Foi muito importante a visita, fiquei impressionado com a qualidade do trabalho da URBAM e da Dutrafer. Nós cidadãos teremos que começar fazer a reciclagem. A população terá que se conscientizar que, a reciclagem e a qualidade de vida começa em casa. Com a conscientização de todos podemos preservar o ambiente em que vivemos e garantir melhor qualidade de vida", finalizou Wilson Cardoso. (Fonte: PMC)

Pró Bandas abre inscrições para oficinas de música na Fundacc

Caraguatatuba - A FUNDACC - Fundação Educacional e Cultural de Caraguatatuba realiza nos dias 28 e 29 de maio o Pró-Bandas - oficinas de música gratuitas que serão oferecidas no CEPROLIN-Centro de Educação Profissional do Litoral Norte, com o objetivo de aprimorar os conhecimentos de músicos, bandas e maestros de nossa região. As oficinas acontecem no sábado, 28, das 8:30h às 12:30h e das 14:30 às 18:30h e domingo, 29, das 8:30h às 12:30h. Ao final do curso será dado um certificado de participação a todos.
O Pró-Bandas mostra-se como veículo eficaz na reciclagem e reestruturação das bandas de música, além de apresentar fortes subsídios para a formação de novas gerações de músicos e maestros.
Este projeto, que visa resgatar as mais antigas manifestações musicais da história e fomentar a política cultural no interior do Estado de São Paulo, que se apresenta em sua sexta edição, é promovido pela Secretaria de Estado da Cultura do Governo do Estado de São Paulo, através do Conservatório Dramático e Musical “Dr. Carlos de Campos” de Tatuí, que conta para sua realização com o apoio da FUNDACC – Fundação Educacional e Cultural de Caraguatatuba.
Aliando técnicas, métodos e profissionais qualificados, o Pró Bandas oferece a qualquer pessoa que já tenha conhecimento musical, cursos de regência, flauta, clarineta, saxofone, trompete, trombone, tuba e percussão.
As inscrições estão abertas na FUNDACC até o dia 25 de maio, de segundas às sextas-feiras das 9 às 17 horas.
A FUNDACC fica na Rua Santa Cruz, 396- Centro. Telefones: (12) 3883- 3737 e 3883- 3727. (Fonte: Fundacc)

Casa Beija-flor realiza Tarde da Solidariedade
Toda renda arrecadada no evento será revertida para os projetos desenvolvidos com a população carente do município

Caraguatatuba - A Casa Beija-flor realizará a Tarde da Solidariedade, com um chá beneficente, no próximo sábado, dia 14 de maio, a partir das 15 horas. O objetivo do evento é arrecadar renda para dar continuidade aos projetos desenvolvidos, no local, com famílias carentes e adolescentes.
Segundo os organizadores do evento, a principal meta é conseguir verbas para efetuar o pagamento dos equipamentos adquiridos para a realização dos cursos de biscoito e de concreto celular.
Toda a população está convidada a participar e contribuir com o Projeto Aquarela da Casa Beija-flor. Mais informações pelos telefones (12) 3883-5984 ou 3883-5062. (Fonte: PMC)

Nota Oficial da Câmara Municipal de Caraguatatuba

Caraguatatuba - O Vereador e Presidente da Câmara Municipal de Caraguatatuba, Juarez Pereira Pardim (PPS), eleito por unanimidade para o Biênio 2005/2006, foi submetido a uma cirurgia de Apendicite Aguda, às 10 horas do último sábado, na Casa de Saúde Stella Maris.
A cirurgia foi feita pela equipe do médico Marcelo Ugatti, composta pelo gastroenterologista Henrique Leone, pelo anestesista Luis Armando e pela circulante Edna Prado.
A Apendicite Aguda é a inflamação do Apêndice, que é uma estrutura vermiforme (em forma de verme), que sai da primeira porção do intestino grosso. Tem comprimento variável em torno de 10 centímetros e localiza-se na parte inferior do abdômen. O Apêndice apresenta um canal em seu interior que se comunica com o intestino grosso, onde existem fezes semilíquidas. O causador da Apendicite Aguda é habitualmente um pequeno bloco de fezes endurecidas, chamadas de “fecalito”, que obstrui a Apêndice.
Segundo o médico Marcelo Ugatti a cirurgia durou em torno de 90 minutos com amplo sucesso. Atualmente o Vereador está sem soro e em repouso na Santa Casa, apresentando um ótimo estado clínico pós-operatório, devendo ficar internado por mais 3 (três) dias, devido ao tratamento com antibióticos.
Por ordem médica, foi dado Atestado para repouso absoluto por 15 (quinze) dias ao Parlamentar/Presidente, contados a partir de 9 de maio – segunda-feira. Neste período quem assume a Presidência da Câmara é o Vice-Presidente, Vereador Aurimar Mansano (PTB) e para o lugar do Vereador Pardim quem ocupará a cadeira será o suplente da coligação Antonio Estevam de Matos (PSDC). (Fonte: Câmara Municipal de Caraguatatuba)

AG Pereira quer AACD Regional
Vereador foi conhecer a entidade em SP e ficou impressionado

Caraguatatuba - O Vereador Aureliano Gonçalves Pereira – AG Pereira (PTB), da Câmara Municipal de Caraguatatuba, quer efetivar a criação de uma AACD (Associação de Assistência a Criança Defeituosa) Regional em Caraguatatuba. Para isso esteve visitando a entidade na capital e ficou impressionado com o atendimento e os trabalhos realizados.
A AACD existe há mais de 10 anos em São Paulo e cuida apenas das crianças vítima de Paralisia Cerebral e de deformidades física e congênita. A entidade vive de doações e da campanha anual intitulada “Teleton”, feita pelo SBT (Sistema Brasileiro de Televisão).
Na visita o Vereador esteve acompanhado da dona de casa Carla Aparecida de Castro e seu filho, Wembley de Castro Ferreira, de 11 anos, vítima de Paralisia Cerebral e que não tinha os movimentos motores básicos.
O Vereador percorreu a entidade, principalmente nos setores de hidroterapia, fonoaudiologia, fisioterapia, os setores de consulta e a escola de ensino básico. Durante a visita o Vereador apurou que a meta para construção de uma unidade da AACD em Caraguatatuba não ficaria em menos de R$ 16 milhões. Carla Aparecida apurou também que somente de Caraguatatuba, em 2003, a AACD recebeu 200 crianças. Há estimativas atualizadas de que há cerca de 500 pacientes do Litoral Norte que visitam a entidade anualmente.
Outra constatação do Vereador é a de que 90% dos casos tratados na AACD são gratuitos, devido a um convênio com o SUS (Sistema Único de Saúde). A Prefeitura de Caraguatatuba tem um convênio com a AACD, nas Oficinas de Aparelhos e nos setores de Ortopedia e Prótese.
Esta mesma porcentagem é de cura dos pacientes que lá chegam e um exemplo disto é o próprio Wembley de Castro, que após uma cirurgia e 6 meses de tratamento retomou as funções básicas de locomoção. O Vereador agora quer levar o Prefeito José Pereira de Aguilar (PDSB) para uma visita ao local, fazendo ele de porta-voz e emissário, junto aos outros Prefeitos, de reuniões e estudos que agilizem a construção de uma Regional da AACD em Caraguatatuba.
O Vereador Pereira ficou impressionado com o local. “Só não é uma fábrica de sonhos porque tudo que vi é realidade, simplesmente linda e maravilhosa”, disse. O Parlamentar vai agilizar a todo custo a implantação de uma Regional da AACD no Litoral Norte, com sede em Caraguatatuba. “Além de sermos o centro geográfico do Litoral Norte, temos condições de trazer e realizar mais este benefício aos nossos cidadãos”, frisou. (Fonte: Câmara Municipal de Caraguatatuba)

Apae faz manifestação e pede apoio da Câmara
Manifestantes seguiram pela Prefeitura e Câmara entregando panfleto e documento

Caraguatatuba - A Apae (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais), de Caraguatatuba, realizou na tarde de ontem – 10 de maio, uma manifestação pacífica pelas ruas do centro da cidade, reunindo aproximadamente 200 pessoas, entre alunos, professores, pais e diretores da entidade, para reclamar de um documento feito pelo Governo Federal, quanto à inclusão de seus alunos na rede pública estadual e municipal. Os Vereadores Carlinhos da Farmácia (PSDB) e Baduca Filho (PL), prometeram apoiar a entidade em suas reivindicações.
A direção da Apae ficou surpresa com o documento elaborado pela Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão - do Ministério Público Federal, com o apoio do Ministério da Educação que sugere às instituições que atendam os alunos com deficiência mental, independente do grau de deficiência, a encaminhá-los à rede pública de ensino. Segundo o documento, o não encaminhamento resultará aos dirigentes, bem como pais e responsáveis a denúncia por Crime de Abandono Intelectual.
De acordo com uma das diretoras da Apae, Rosana Fachini, a rede pública não está preparada para isso. “Podemos até dizer que a rede pública poderia receber o aluno de cadeira de rodas, o surdo ou o cego, mas não está. Imagine então o deficiente mental”, desabafa a diretora.
Fachini alega que a Apae está preparando o aluno deficiente para a rede pública, mas não entende o por que da obrigação de enviá-lo, pois a entidade funciona como uma escola normal, só que voltada diretamente aos deficientes mentais, portadores da Síndrome de Down.
Os Vereadores Francisco Carlos Marcelino – Carlinhos da Farmácia (PSDB) e Cristian Alves de Godoi – Baduca Filho (PL), comprometeram-se a apoiar as reivindicações da Apae, recebendo um documento elaborado pela diretoria. Os Parlamentares informam que fizeram uma cópia e a direcionaram ao Presidente da Câmara. O Vereador Carlinhos da Farmácia é totalmente favorável. “A Apae de Caraguá está preparada, mas o governo, seja ele qual for ainda não. Apoio as solicitações da entidade e lutaremos para este problema seja resolvido o quanto antes”, frisou. (Fonte: Câmara Municipal de Caraguatatuba)

Aurimar quer pronto atendimento nas UBS
Medida visa desafogar PS da Santa Casa

Caraguatatuba - O Vereador Aurimar Mansano (PTB), da Câmara Municipal de Caraguatatuba, aprovou Requerimento, de nº 18/2005. que requer informações da Secretaria Municipal de Saúde quanto ao funcionamento das UBS (Unidades Básicas de Saúde) no município. O Parlamentar quer as UBS funcionando com Pronto-Atendimento.
O Vereador baseia o Requerimento no grande número de atendimentos feitos diariamente pelo PS (Pronto-Socorro) da Casa de Saúde Stella Maris, que por estar constantemente lotado, tem um atendimento precário, o que reverte em várias reclamações por parte dos usuários.
Atualmente as UBS tem apenas o objetivo de realizar consultas previamente agendadas e exames, além do fornecimento de remédios, sendo que o usuário padece na demora para este tipo de atendimento, pois há demora nas filas e falta de médicos.
Para sanar este problema, o Vereador elaborou Requerimento onde pede informações ao Secretário Municipal de Saúde, no sentido de viabilizar o Pronto-Atendimento nas UBS de todo o município, para que com isso, possa desafogar o volume de usuários na Santa Casa. Além do Requerimento e percebendo a necessidade de resolver esta questão, o Parlamentar incluiu esta proposta no PPA (Plano Plurianual).
Para o Vereador seria necessária a contratação de Clínico Geral para efetivar este Pronto-Atendimento e que possa encaminhar para o Centro de Especialidades, tirando boa parte destes usuários do PS da Santa Casa. “Não podemos ter um bom atendimento com uma Santa Casa defasada de estrutura e muito menos podemos ficar enviando usuários para lá, para cuidar de casos leves e não tão emergentes. Dividir este atendimento com as UBS seria a melhor maneira de distribuir o atendimento, cuidar melhor da Saúde e nossos munícipes”, relatou. (Fonte: Câmara Municipal de Caraguatatuba)

Câmara vota Brasão de Armas em 2º turno
Executivo vetou totalmente denominação de rua de autoria de Celso Pereira

Caraguatatuba - A Câmara Municipal de Caraguatatuba vota hoje, terça-feira – 10 de maio, durante a sua 14ª Sessão Ordinária semanal, Projeto de Emenda à Lei Orgânica Municipal sobre o uso do Brasão de Armas do município. Há também Veto Total do Executivo quanto a denominação de rua, de autoria do Vereador Celso Pereira (PSDB).
O Projeto de Emenda à Lei Orgânica Municipal (Pelom), tem a autoria do Vereador Francisco Carlos Marcelino – Carlinhos da Farmácia (PSDB) e disciplina o uso do Brasão de Armas do município nos carros da frota oficial. Atualmente o Brasão de Armas é usado nos documentos oficiais, papéis timbrados, uniformes e nos prédios públicos de autarquia direta e indireta do município. O projeto já foi aprovado em primeiro turno e depende de aprovação em segundo turno para ser promulgado.
O segundo e último projeto da noite é um Veto Total do Executivo quanto a denominação de rua de autoria do Vereador Celso Pereira – Celsinho (PSDB), que denominou rua Diego Bordezan para a atual rua 17 no Loteamento do Sol, no bairro do Massaguaçu. Geralmente Vetos do Executivo quanto a denominação de vias públicas dizem respeito a falhas técnicas no projeto.
As Sessões Ordinárias semanais acontecem toda terça-feira, a partir das 19h30, com transmissão ao vivo pelo canal 30 da NET – TV a Cabo. (Fonte: Câmara Municipal de Caraguatatuba)

Programa Ação Litoral

Notícias de Ilhabela Topo

Vulcano Portal da Palmeira

Prefeito de Ilhabela ganha direito de voltar ao cargo
Juiz mantém Manoel Marcos na função até análise de denúncia pelo TRE

Ilhabela - O juiz eleitoral de São Sebastião, Luiz Antonio Carrer, acatou ontem o recurso impetrado pelo prefeito de Ilhabela, Manoel Marcos de Jesus Ferreira (PTB), que teve o mandato cassado na última quinta-feira por suposto abuso de poder econômico e do uso da máquina administrativa na campanha de 2004.
Em dezembro, a coligação 'Competência e Honestidade' e a candidata a vereadora Mônica Gomes (PSDB) denunciaram Ferreira por suposto crime eleitoral.
O prefeito foi acusado de utilizar funcionários públicos e equipamentos da administração em um comício realizado em setembro por sua coligação no bairro do Portinho.
Com a decisão de Carrer, o prefeito mantém-se no cargo até julgamento do caso pelo TRE (Tribunal Regional Eleitoral).
Os advogados de Ferreira ingressaram também com uma medida cautelar no TRE, mas diante da decisão do juiz de São Sebastião, não aguardaram o parecer os desembargadores do tribunal.
"Visando evitar a convocação de novas eleições de forma precipitada, diante do recurso previsto, com a entrega provisória do cargo ao presidente da Câmara de Vereadores e, posteriormente, o representado ser reconduzido ao cargo, no caso de provimento do seu recurso, entendo que o efeito suspensivo merece ser concedido. Como tal posicionamento sérios transtornos e prejuízos à administração Municipal e a população, serão evitados", afirmou Carrer, em sua decisão.
Ferreira não foi localizado ontem para comentar o assunto. Ele não compareceu ontem à prefeitura, permanecendo na capital, reunido com seus advogados.
"No TRE serão seis juízes para avaliar o caso, temos certeza de que iremos reverter a sentença concedida em primeira instância", afirmou o advogado do prefeito, Hélio Silveira.
Segundo Silveira, caso Manoel Marcos fosse afastado do cargo, enquanto o recurso estivesse em fase de apreciação pelo TRE, poderia ocorrer uma 'instabilidade político-administrativa no município, com grandes prejuízos à população local'.
A oposição não ficou surpresa com a decisão de Carrer de manter o prefeito no cargo.
PREJUÍZO- Segundo o candidato derrotado à prefeitura Antonio Colucci (PSDB), o juiz tomou uma decisão tecnicamente correta, pois se o prefeito fosse afastado, antes da apreciação do TRE, o município seria prejudicado.
"As acusações são graves e muito bem fundamentadas, dificilmente o prefeito conseguirá reverter a decisão de primeira instância no TRE", disse Colucci.
A candidata a vereadora Mônica Gomes (PSDB), moradora do bairro do Portinho, que foi autora da denúncia formal contra o prefeito reeleito, disse que está bastante tranquila pois tem certeza de que o TRE manterá a cassação do prefeito.
"Estou bastante confiante de que tanto o TRE como o TSE se pronunciarão pela cassação do prefeito devido às irregularidades cometidas pela sua coligação nas eleições do ano passado", disse.
Manoel Marcos também é investigado pelo Ministério Público e por meio de inquérito policial na Delegacia Seccional de São Sebastião por supostas irregularidades na liberação de loteamentos em áreas de preservação ambiental em Ilhabela. (Fonte: ValeParaibano)

Juiz concede “efeito suspensivo” e Manoel Marcos pode aguardar recurso no cargo

Prefeito de Ilhabela retoma seu trabalho enquanto aguarda julgamento em 2ª instância. Denunciante tem três dias para apresentar “contra-razões”. Em seguida, processo será novamente avaliado pelo MP e só aí encaminhado ao TRE

Ilhabela - O juiz eleitoral da Comarca de São Sebastião e Ilhabela, Luiz Antonio Carrer, concedeu ontem o “efeito suspensivo” para que o prefeito Manoel Marcos, cassado na semana passada por uso da “máquina administrativa durante a campanha”, possa permanecer no cargo enquanto aguarda o resultado de recurso junto ao TRE (Tribunal Regional Eleitoral).
“Não é razoável e proporcional convocar novas eleições para o próximo mês, trocando o Chefe do Poder Executivo Municipal, sem que ocorra julgamento do recurso interposto pelo Tribunal Regional Eleitoral. Não podemos nos esquecer que existe a possibilidade do Tribunal Regional dar provimento ao recurso, de forma total ou ainda de forma parcial, excluindo-se, por exemplo, da condenação a cassação do diploma”, relatou o juiz.
Carrer diz ainda que o “efeito suspensivo” merece ser concedido, pois desta maneira, prejuízos à administração e à própria população serão evitados. “Entendo, por fim, que a segurança jurídica estaria seria- mente comprometida com a execução provisória do julgado, que se reveste de caráter quase definitivo, diante da irreversibilidade de muitos efeitos diretos e indiretos que poderiam ser causados”.
Em outro trecho, o juiz considera “possível a concessão do efeito suspensivo, notadamente, no presente caso, em que foi aplicada a sanção da cassação do diploma e, por conseqüência, perda do cargo eletivo”.
Conforme o despacho expedido ontem, a ex-candidata a vereadora Mônica Gomes, que apresentou a denúncia contra Manoel Marcos, tem três dias para entregar as “contra-razões”, ou seja, até quinta-feira. Em seguida, o Ministério Público terá o mesmo prazo para novamente avaliar o processo, que será encaminhado ao TRE.
O recurso apresentado pelos advogados do prefeito, Hélio Silveira e Wanda Lúcia dos Santos, tem cerca de 80 páginas. Em um dos trechos, eles relatam que “fatos de conhecimento notório ocorrido durante as campanhas eleitorais, após a derrota de uma das correntes políticas, são travestidos de roupagem de ilícito e apresentados aos olhos desta Justiça Especializada como se fosse um grande abuso capaz de macular os valores democráticos”.
Os advogados argumentam, por exemplo, que “se o abuso foi tão evidente e de tamanha dimensão, porque somente muito após a realização das eleições é que foi trazido ao conhecimento do Poder Judiciário?”. Ainda no recurso, a defesa de Manoel Marcos cita que o juiz não externou nenhuma linha sobre os argumentos apresentados.

Retrospectiva - Além do prefeito, o vice-prefeito de Ilhabela, Antônio Carlos Cajado Simões, também foi cassado pela Justiça Eleitoral, na última quinta-feira. Pela sentença em 1ª instância, ambos estão inelegíveis por três anos, a contar da eleição realizada em outubro de 2004, e terão de pagar 30 mil Ufirs.
O juiz eleitoral julgou procedente a “Ação de Investigação Judicial Eleitoral”, impetrada em 16 de dezembro do ano passado pela candidata a vereadora Mônica Gomes (PSDB), da coligação “Competência e Honestidade”, que denunciou “uso da máquina pública e abuso de poder econômico” na campanha eleitoral.
Ela apontou uso da máquina na ocasião da tradicional “Festa da Primavera”, realizada no bairro Portinho, onde paralelamente o então candidato à reeleição teria promovido um comício.
O promotor de Justiça Eleitoral, Bruno Márcio de Azevedo, se manifestou pela “improcedência da investigação”. Mas, apesar deste parecer, o juiz eleitoral acatou a denúncia. “O ocupante de cargo de Chefe do Poder Executivo Municipal tem em suas mãos o Poder Político e Econômico, que se usados em prol da sua campanha afeta o princípio constitucional da isonomia”, relatou o juiz, na sentença.
Manoel Marcos impetrou, na última sexta-feira, o recurso que será encaminhado ao TRE e, ontem, conseguiu o “efeito suspensivo” para que possa continuar no cargo até a manifestação em 2ª instância. Caso perca no Tribunal Regional Eleitoral, em São Paulo, ele ainda poderá recorrer ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral), em Brasília. Em caso de nova derrota, o presidente da Câmara, Luiz Lobo, assume sua vaga e no prazo de 120 dias é obrigado a convocar novas eleições, conforme determina a LOM (Lei Orgânica Municipal). (Fonte: Imprensa Livre)

“Prevaleceu o bom senso, pois o prejuízo seria irreparável”

Ilhabela - Manoel Marcos, em entrevista ontem ao Imprensa Livre, comentou a decisão do juiz eleitoral em conceder “efeito suspensivo” para que permaneça no cargo enquanto aguarda o julgamento do recurso no TRE. “Prevaleceu o bom senso, pois o prejuízo seria irreparável”, disse o prefeito.
Ele agradeceu as manifestações de confiança da população. No fim de semana houve carreata de apoio ao prefeito pelas principais ruas da cidade, com mais de 200 veículos. “O povo de Ilhabela demonstrou carinho e em nenhum momento aceitou a decisão”.
Manoel Marcos afirma estar tranqüilo e confiante quanto ao recurso em 2ª instância. “Estou confiante com relação à decisão no TRE. A democracia não pode ser ameaçada desta maneira, isso é perigoso. Com certeza vai prevalecer a legitimidade do resultado das eleições”. Único reeleito da região, Mané, como é conhecido, obteve 64% dos votos (8.099) contra 3.340 da segunda colocada, Nilce Signorini (PDT), 706 de Cláudia Kerber (PT) e 559 de Toninho Colucci (PSDB).
Com o “efeito suspen-sivo”, Mané retoma os trabalhos ainda hoje. Às 11h00, ele concederá uma entrevista coletiva. “Estou ainda mais motivado para trabalhar. Provarei para políticos maldosos, que não se conformam com o resultado das eleições e ficam combatendo um político que trabalha pela saúde, educação e desenvolvimento, que posso fazer muito mais pelo município”, concluiu.

Carreata - No sábado foi realizada uma carreata em solidariedade ao prefeito Manoel Marcos.
Mais de 200 veículos participaram da carreata, que teve início na Barra Velha, passando pelos bairros Água Branca, Cocaia (onde mora o prefeito), Itaguassú, Itaquanduba, Pequeá e Vila e retorno.
A comerciante Sirlene Aparecida Messias de Lima foi a organizadora do evento, que contou com bandeiras do Brasil, camisetas da campanha de 2004 e bandeiras com a foto do prefeito. Manoel Marcos, que ficou em frente à sua residência com sua família e amigos, por onde a carreata passou, emocionado agradecia a todos a manifestação de carinho. (Fonte: Imprensa Livre)

Procurada é capturada em operação da PM

Ilhabela - G.R.C., de 20 anos, foi capturada durante operação da Polícia Militar na cidade, na noite de sexta-feira. Visando reduzir o índice de criminalidade no município o setor deu início a uma série de blitzen na cidade.
A primeira surtiu resultado, com a prisão de G., que chegava em Ilhabela, para procurar emprego juntamente com um amigo, com várias passagens policiais.
A mulher é foragida da cadeia feminina de Ubatuba, onde estava recolhida por um furto. Ela é residente em Caraguatatuba e se encontrava na garupa de uma moto CG Titan 125, que foi parada na saída da balsa. Os policiais militares conduziram G. à delegacia, onde ficou recolhida, sendo posteriormente removida para Ubatuba.
A Polícia Militar montou vários pontos de bloqueio visando motocicletas e veículos suspeitos. O comando da PM informa que tais operações serão realizadas com freqüência, em dias, horários e locais de maior incidência criminal no município. (Fonte: Imprensa Livre)

Notícias de São Sebastião Topo

São Sebastião Superchic

Justiça indefere pedido de liminar para aumento da tarifa de ônibus da Autoviass

São Sebastião - O juiz Fernando Henrique Pinto, da 1ª Vara de São Sebastião, indeferiu pedido liminar que objetivava a retomada do decreto 3007, de 27 de dezembro de 2004, destinado a reajuste em 11% das tarifas de ônibus da Autoviass (Auto Viação São Sebastião).
A empresa, concessionária do transporte coletivo na cidade, ingressou o mandado de segurança número 473/2005, contra Juan Pons Garcia, prefeito, que revogou o 3007/2004, por meio do novo decreto 3012/2005, de 1º de janeiro deste ano.
Por meio do pedido liminar, a Autoviass solicitou a suspensão do decreto de Juan Garcia, até julgamento do mandado, e a restauração do editado pelo ex-prefeito Paulo Julião, baixado a menos de uma semana do final de seu governo, para o aumento das tarifas de ônibus em 11%. Em termos da tarifa básica (R$ 1,70), o valor passaria para R$ 1,90 (tarifa básica).
O juiz Fernando Henrique Pinto relata a possível necessidade de perícia contábil e até prova dos alegados custos. Ele prevê a necessidade de instrução probatória, o que implicaria na inviabilidade de mandado judicial. “Em mandado judicial não se produz provas; o mandado é para garantir direito líquido e certo”, adiantou o juiz, ontem em entrevista ao Imprensa Livre.
O juiz afirma que, em geral, as empresas de transporte coletivo apresentam planilhas de custos que irão compor o preço das tarifas. “Não se trata de não haver necessidade de reajuste, mas não é porque o diesel, por exemplo, subiu determinado percentual, que as tarifas terão o mesmo reajuste”. Ele também afirma que o contrato entre a prefeitura e a Autoviass é muito genérico quanto aos critérios de reajuste e nem sequer aponta as formas de apuração. O juiz indeferiu o pedido liminar e determinou que Juan Pons Garcia, o prefeito, preste informações que julgar pertinentes em dez dias.

Ministério Público - O Ministério Público também se manifestou pelo indeferimento do pedido liminar. Conforme a promotora de justiça Ana Chami, não se vislumbra com clareza sobre vício no decreto a-tual, uma vez que haveria necessidade de análise contábil para o aumento das tarifas das passagens. Segundo ela, é viável ao governo municipal a revisão de seu ato, por meio do novo decreto “mesmo porque tal medida se solidarizou com o interesse da população no sentido de não ser majorada a tarifação do transporte coletivo”.
Conforme a manifestação da promotora, o próprio impetrante (a Autoviass) salientou que seu pedido de revisão das tarifas foi elaborado com base em planilha modelo, “o que afasta do poder concedente (a prefeitura) a possibilidade de analisar o pretendido de forma mais minuciosa e adequada à municipalidade pretendendo-se valer-se mesmo da verdadeira perícia contábil. “Se depender da perícia, não cabe mandado de segurança, mas ação ordinária”, ela também explicou ontem ao Imprensa Livre.
Em entrevista publicada no dia 28 de abril, o empresário Luiz Carlos Soares, dono da Autoviass, acentuou que várias cidades da região já deram o aumento das passagens dos ônibus coletivos, entre elas Caraguatatuba e Ubatuba, no Litoral Norte, em São José dos Campos, no Vale do Paraíba. Todas passaram de R$ 1,70 para R$ 1,90. Ontem, o Imprensa Livre tentou contato com ele, mas sem sucesso. (Fonte: Imprensa Livre)

Sindserv: falha foi aplicar em um só banco

São Sebastião - O presidente do Sindserv (Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de São Sebastião), Afonso da Silva Vale, comentou ontem a liquidação do Banco Santos, onde o Faps (Fundo de Aposentadoria e Pensão do Servidor) ainda tem retido cerca de R$ 21 milhões. Para ele, a única falha foi aplicar um valor alto em uma só instituição financeira.
“No processo das aplicações, embora o valor alto, legalmente não havia nenhum impedimento. Só foram possíveis pois existia aval do Banco Central. Então, no meu ponto de vista, a falha gravíssima foi esta, investir tanto dinheiro em um só banco”, frisou.
Silva Vale ressalta que os títulos públicos, que têm rentabilidade menor, são mais seguros aos aplicadores. “Tanto que R$ 41 milhões foram devolvidos”, relembrou.
Ao contrário do que disse o diretor do Faps, Rogester Aleixo Alves, na semana passada, o sindicalista considera que já houve prejuízo para a categoria. “Só posso afirmar que não haveria prejuízo se o dinheiro estivesse na mão”.
De acordo com o presidente do Sindserv, as taxas do Banco Santos eram as menores. “Era a melhor rentabilidade. Pelo que investigamos, não houve irregularidade na aplicação. O fato é que investiram muito e existe o risco”.
Para o sindicalista, hoje há necessidade de novo cálculo atuarial. “Isso vai dizer se conseguiremos saldar as aposentadorias nos próximos anos”.
Em reportagem publicada na semana passada, o diretor do Faps declarou o seguinte: “O fundo de pensão dos servidores municipais não será prejudicado com a liquidação do Banco Santos”. Segundo ele, ainda há perspectivas de que se resgate os R$ 21 milhões investidos no Banco Santos.
Alves disse que, mesmo que isso não aconteça, o fundo de pensão não sofrerá prejuízos. “A nossa dificuldade será enorme para resgatar esse dinheiro investido, mas ainda há chances disso acontecer. O FAPS irá procurar a medida mais adequada para buscar esse dinheiro e daqui a aproximadamente 60 dias nós poderemos dizer quais serão nossas atitudes. Independente disso, os servidores não serão prejudicados”, enfatizou.
O patrimônio do FAPS hoje é de R$ 174 milhões, sendo que R$ 84 milhões estão investidos em títulos públicos; R$ 21 milhões estavam no Banco Santos e o restante dos investimentos foram para fundos de pensão.
Rogester Alves salientou que, mesmo sem contar com o dinheiro que está no Banco Santos, o FAPS pode pagar as aposentadorias dos servidores até 2100. (Fonte: Imprensa Livre)

Bairro São Francisco recebe reunião comunitária nesta quinta-feira

São Sebastião - A Prefeitura de São Sebastião estará realizando nesta quinta-feira, dia 12, a quarta reunião comunitária com a população. O bairro que receberá o prefeito Dr. Juan Garcia e todo o secretariado desta vez, é o São Francisco na Costa Norte do município. O encontro será realizado a partir das 18 horas, no Clube Sete de Setembro (localizado a rua Martins do Val, número 254).
Esta série de reuniões foi iniciada no dia seis de abril, em Boiçucanga na Costa Sul, passando também pelo bairro do Canto do Mar na Costa Norte, no dia 14 de abril. O último encontro entre prefeito e comunidade foi realizado no dia quatro de maio em Barra do Sahy. Por ser um bairro que abriga dois núcleos de ocupações irregulares, os da Vila Baiana e Vila Mosquito, o congelamento destas áreas acabou sendo um dos focos principais da reunião.
Para a próxima quinta-feira a Prefeitura espera que o número de participantes seja intenso como nas anteriores. Uma média de cem pessoas tem comparecido para dar sugestões, fazer reivindicações e opinar sobre soluções para os problemas dos bairros em que residem. (Fonte: PMSS)

Vereadora aponta falta de médicos na rede municipal

São Sebastião - A vereadora Solange de Araújo Ramos (PTB) está questionando, por meio de requerimento apresentado na sessão desta terça-feira, 10, o atendimento médico no PSF da Enseada.
Segundo a vereadora, a unidade de saúde não possui um médico para realizar os atendimentos diariamente.
“Semana passada tive uma reunião com moradores da Enseada que reclamaram desse problema. A Prefeitura deveria manter um médico diário em cada PSF”, entende Solange.
Essa não é a primeira vez que a vereadora questiona as unidades de saúde da rede pública municipal.
A parlamentar também já apontou deficiências no PSF de Barequeçaba, onde os médicos estariam cumprindo apenas 20 das 40 horas semanais exigidas. “O problema é que a falta de profissionais obriga os médicos a atenderem em mais de um local. Eles ficam metade do seu horário em um PSF e metade em outro”, explica.
A vereadora acredita que a Prefeitura não está conseguindo contratar novos médicos porque eles recebem um salário maior em outras cidades. “É necessário que seja feito um reajuste salarial, caso contrário vamos continuar sentindo falta de bons profissionais nas unidades de saúde do município”, argumenta Solange, e revela: “Um médico da Prefeitura de São Sebastião ganha em torno de R$2 mil a R$2,5 mil somando-se salário e ajuda de custo. Em algumas cidades os vencimentos chegam a R$7 mil”, conclui. (Fonte: Câmara Municipal de São Sebastião)

Secretaria da Saúde promove Semana da Enfermagem até quinta-feira
Evento tem início hoje e se estende até a próxima quinta-feira com uma série de atividades voltadas para o profissional da área

São Sebastião - O dia 12 de maio, conhecido mundialmente como o dia da Enfermagem, está sendo comemorado na cidade com uma “Semana da Enfermagem”, promovida pela Prefeitura de São Sebastião e organizada pela Secretaria da Saúde (SESAU), que visa abordar e esclarecer aspectos atuais da realidade da profissão no município. A cerimônia de abertura acontece na noite do dia 10, às 19 horas, mas a programação segue até quarta-feira, dia 12. Profissionais e estudantes estarão reunidos na videoteca municipal durante os três dias para discutir questões relacionadas aos direitos e deveres do profissional, acidentes de trabalho, atendimento pré-hospitalar, gravidez na adolescência, responsabilidade social, entre outros.
O evento pretende também homenagear o dia do Auxiliar de Enfermagem, comemorado no dia 25 de maio. São Sebastião tem hoje mais de 60 enfermeiros atuando no município, incluindo profissionais do Hospital de Clínicas de São Sebastião, do Programa de Saúde da Família (PSF) e da rede municipal de Saúde. Estes dois últimos somados reúnem um total de 47 profissionais de enfermagem, segundo a coordenadora de Enfermagem da SESAU, Rosalina Baldine Rodrigues.
Além de trocar experiências e aprofundar seu conhecimento sobre os temas “Assedio Moral” e “Direitos e Deveres do Funcionário Celetista e Estatutário”, os convidados participarão da palestra ministrada pelo assessor Jurídico da SESAU, Dr. Antonio Carlos Nisoli de P. Silva, e assistirão a apresentação da palestra "Psicodrama: Cuidando de quem cuida", com a palestrante Ana Lúcia Nunes Domingues.
O evento prossegue nesta terça-feira, dia 11, das 19 às 21 horas, ainda na Videoteca Municipal, onde haverá exposição de três palestras. “Acidente de Trabalho” e “Acidente com Perfuro-cortante – Fluxograma”, abordados pelos dois palestrantes, o enfermeiro Antônio Alves dos Santos Filho e a médica Carla B. de Barros. Em seguida, as enfermeiras Maria Antonia Barbosa e Flávia Cristina R. dos Santos falam sobre “Cuidados de Enfermagem no Atendimento Pré-Hospitalar”.
No último dia dos trabalhos, dia 12, a Videoteca estará reservada, das 18 às 20 horas, aos temas “Parcerias no PSF-Programa de Saúde da Família”, abordado pela enfermeira Eliana Maria Schiavetti do PACS Boracéia e a palestra “Gravidez na adolescência” ministrada pela enfermeira Cristiane Celene Duarte do Hospital de Clínicas de São Sebastião.
Na mesma noite, a partir das 20 horas, o evento prossegue no salão de eventos do Porto Grande Hotel (Av. Guarda Mor Lobo Viana, nº 1440, no Porto Grande) com um momento reservado para a descontração, com dinâmicas de grupo, show de calouros, homenagens e entrega de prêmios cedidos pelo comércio local. Na mesma noite, marcando o encerramento de semana, um coquetel será oferecido aos presentes.
A comissão organizadora da Semana de Enfermagem é liderada pela coordenadora de Enfermagem da SESAU, Rosalina Baldine Rodrigues, que há 12 anos entrou para a classe de profissionais de enfermagem. Segundo conta a rotina do profissional mudou um pouco. “O enfermeiro deixou de se dedicar apenas ao cuidar das pessoas para atender a uma outra demanda que o mercado foi impondo e acabamos aceitando que é um lado mais burocrático e administrativo”.
Para uma das enfermeiras mais antigas da rede municipal de Saúde, o dia-a-dia da profissão apesar de ser agitado e corrido é compensatório e gratificante. Márcia Saavedra, atual diretora do Departamento de Controles de Doenças e Programas da SESAU, conta como foi esta experiência. “Me formei há 16 anos e logo ingressei na Prefeitura de São Sebastião. Neste período passei por Pronto Socorro, Unidades de Saúde, Ciama e hoje estou na secretaria. Apesar da profissão não ter um horário certo e de ter que concilia-lo com a criação de meus filhos, acredito que quando gostamos do que fazemos , acaba sendo compensatório”, relata.
Márcia Saavedra também considera que o foco da profissão se modificou um pouco com o passar do tempo. “A enfermagem assistencial hoje é mais comum em Hospitais. Na saúde pública, a ela ganhou características administrativas. Hoje o enfermeiro dentro da rede municipal tem a responsabilidade sobre praticamente toda a unidade de Saúde”, explica. Mas atenta ainda para o fato de que, com estas mudanças, o profissional da área acabou ampliando seu espaço no mercado de trabalho, hoje tão globalizado e concorrido.
“O objetivo é propor um momento de reflexão sobre os rumos da profissão, destacando o comprometimento do enfermeiro com o saber fazer, o saber ser e o saber aprender”, diz a coordenadora de Enfermagem da SESAU.
A origem da enfermagem - A enfermagem é, a par da reprodução, o mais antigo dos ‘deveres’ impostos às mulheres nas sociedades humanas. Há cem anos atrás, tornou-se, contudo, a primeira profissão feminina, organizada pelas próprias mulheres, como sugere Bingham no seu livro Ministering Angels.
A origem etimológica da palavra inglesa nurse : vem do francês antigo nurrice (a pessoa que amamenta um bebê ou que cuida de uma criança), do latim tardio nutricia (ama, ama seca), que deriva por sua vez do latim nutrix (a pessoa que alimenta, ama).
Atuação - Historicamente, o foco de atenção da Enfermagem tem sido as necessidades relevantes de saúde e bem-estar do indivíduo, família e comunidade. A enfermagem é uma profissão que integra a ciência e a arte no cuidado do ser humano, com a finalidade de promover, manter e restaurar a saúde.
Para definir sua atuação, a Enfermagem busca a compreensão da origem e desenvolvimento dos agravos à saúde humana, em seus vários aspectos: biológicos, psicológicos, sociais e culturais. Na essência, os atos da Enfermagem visam a síntese entre arte e ciência, filosofia e técnica, e entre o social e natural. Dedicação, paciência, espírito de liderança, senso de humanidade e disposição para trabalhar em equipe são algumas das qualidades esperadas de um enfermeiro ou enfermeira. (Fonte: PMSS)

PM prende assaltantes após roubo de caminhão de gás na Costa Sul

São Sebastião - A Polícia Militar prendeu na tarde de sexta-feira três pessoas suspeitas de roubar o motorista e ajudante que fazem a entrega com o caminhão da Copagas. O crime foi no bairro Toque-Toque Pequeno, na Costa Sul. O trio, moradores nos bairros Paúba, Itatinga e Topolândia, foi identificado pelas vítimas.
O motorista W.F., de 28 anos, e o ajudante R.M., de 41 anos, foram abordados por três assaltantes, todos armados. Mediante ameaça, eles pegaram R$ 1,2 mil e um celular.
A Polícia Militar foi avisada e em patrulhamento na SP-55 deparou, algumas horas depois, com dois suspeitos - D.R.A.M., de 19 anos, e um adolescente de 16 anos, saindo do mato na rodovia e entrando em um carro, conduzido por J.F.M., de 47 anos. Eles foram revistados, tendo a polícia localizado dinheiro com cada um. O valor roubado já estava dividido.
A revista feita nos três ainda revelou a presença de um revólver. Na casa de J., a polícia apreendeu mais outro revólver e uma pistola e cheques do Banco do Brasil, Itaú, Bradesco e Banespa, que eram da Copagas. O trio foi reconhecido pelas vítimas e levado à delegacia, onde se registrou o roubo.
Mais roubos - Ainda na sexta-feira, a Polícia Militar atendeu outro roubo em uma loja do Centro. Desta vez três assaltantes chegaram atrasados. Eles queriam levar o dinheiro do estabelecimento, mas como o proprietário já tinha saído para fazer o depósito, eles fugiram levando várias roupas. (Fonte: Imprensa Livre)

Publicitário é vítima de roubo em Maresias

São Sebastião - O publicitário L.C.A.A., de 54 anos, morador em Atibaia, foi vítima de roubo em uma casa de veraneio no bairro Maresias, na Costa Sul, na noite de domingo.
Dois assaltantes invadiram o imóvel. Um deles estaria portando uma pistola. A dupla pegou U$ 300, duas malas de roupas, carteira, celular, relógio e R$ 60, fugindo em seguida com rumo ignorado.
O bairro de Boiçucanga também registrou um roubo no final de semana, em um bar na avenida Walkir Vergani. Assaltantes roubaram cartões telefônicos para recarga de celular e R$ 590. (Fonte: Imprensa Livre)

Delegado alerta sobre golpe telefônico na cidade

São Sebastião - O delegado titular do 1° Distrito Policial, Odair Bruzos, faz um alerta aos moradores de um golpe telefônico que está ocorrendo na cidade. Em uma semana, revelou Bruzos, foram registrados seis casos de residentes locais, dois deles no Pontal da Cruz.
Conforme o delegado, os golpistas estão tendo a ousadia de ligar a cobrar para a casa das pessoas. Eles alegam que são funcionários da Telefônica e pedem para que o atendente digite alguns números.
Em um dos casos, a pessoa disse que era um técnico e estava em um poste próximo, que apresentou um problema.
O falso funcionário alega que a linha está com defeito e diz que para consertá-la é necessário digitar determinados números.
Analisando a série que mandam digitar, o delegado calcula que seja de celulares no Rio de Janeiro. Para Bruzos, as ligações devem estar sendo desviadas a algum presídio carioca.
Caso a pessoa não desligue e ignore o telefonema, poderá ter a desagradável surpresa do golpe quando receber a conta. Por isso, o delegado pede para que as pessoas fiquem alertas e não atendam estes chamados, até porque a Telefônica não liga a cobrar para a casa de clientes. (Fonte: Imprensa Livre)
 
Notícias de Ubatuba Topo

Restaurante Solar das Águas Cantantes Ubatuba

Prefeito se reúne com moradores do primeiro núcleo congelado de Ubatuba

Ubatuba - O prefeito de Ubatuba Eduardo César esteve na tarde desta terça-feira (10) reunido com os moradores do Morro da Pipoca, o primeiro núcleo congelado no município. No encontro com os moradores do local, o prefeito explicou a necessidade do processo de congelamento das áreas ocupadas irregularmente. “É urgente o estancamento da ocupação irregular em Ubatuba e para isso precisamos contar com o apoio da comunidade para que não haja mais nenhum tipo de construção nesses locais”, disse.
Durante a reunião o prefeito foi enfático ao dizer que qualquer construção que venha a ser construída na localidade a partir de agora, será imediatamente demolida. “Para isso a Guarda Municipal fará rondas diárias para verificar qualquer irregularidade”, lembrou o prefeito.
Trabalho de equipe - Durante toda a semana passada equipes da Prefeitura estiveram no local fazendo a medição das moradias e a localização delas através de GPS. As 39 moradias existentes no local foram fotografadas, numeradas e assistentes sociais cadastraram as famílias que lá residem, num total de 20. Uma placa foi colocada na entrada do Morro da Pipoca informando aos moradores que o Núcleo foi congelado no dia 6 de maio e que qualquer construção a partir dessa data será demolida. (Fonte: PMU)

Ubatuba sedia 1º encontro de redeiros

Ubatuba - A Secretaria de Agricultura, Pesca e Abastecimento de Ubatuba promoverá na próxima segunda-feira, 16, o 1º Encontro de Redeiros. O evento, que acontece na Ilha dos Pescadores, é destinado a pescadores e demais interessados na arte de confeccionar e consertar redes de pesca e no aprendizado de técnicas sobre como dispor bóias e chumbadas nas redes.
O engenheiro agrônomo e pesquisador oceânico, Roberto Seckendorff, estará coordenando o encontro. Maria Izabel Pires Serrano, da Secretaria Municipal de Agricultura e Pesca dá detalhes sobre o evento. “O encontro servirá para troca de técnicas entre os pescadores. Não haverá apenas uma pessoa mostrando como as coisas devem ser feitas, como em uma aula. Os mais antigos poderão ensinar macetes aos mais novos”, salienta. Informações e inscrições no Mercado Municipal de Peixe ou na Secretaria de Agricultura e Pesca. Informações também através dos telefones 3833-1245 com César ou 3834-1077 com Maria Izabel. O 1º Encontro de Redeiros é uma parceria da Secretaria de Agricultura, Pesca e Abastecimento de Ubatuba, Instituto de Pesca e Colônia Z 10. (Fonte: PMU)

Travessia de Ubatuba mobiliza grande equipe de apoio
Prova deve reunir mais de mil nadadores no dia 15

Ubatuba - A Secretaria de Esporte e Lazer de Ubatuba finaliza os preparativos para a realização da 36ª Travessia Internacional Cidade de Ubatuba, que acontece neste domingo, 15. Uma grande equipe composta por funcionários das secretarias de Turismo, Saúde, Obras, Guarda Municipal, além da Secretaria de Esporte e Lazer está envolvida nos preparativos desta prova, que faz parte do Campeonato Paulista de Maratonas Aquáticas. Os atletas e acompanhantes terão uma ambulância à disposição durante o evento.
O Tamoios Iate Clube participará com sete barcos (de um total de dez) para auxiliar a demarcação do circuito, que terá três largadas distintas para as provas de 1000 m (Praia do Matarazzo), 3000 m(Cais do Porto) e 9400 m(Perequê Açu), todas com término na Praia do Cruzeiro, em frente ao Centro de Informações Turísticas. O Corpo de Bombeiros e a Polícia Ambiental também farão acompanhamento do trajeto. A segurança de água contará com pessoal em caiaques e pranchas de surf em todo o percurso. A arbitragem e infra-estrutura técnica são de responsabilidade da Federação Aquática Paulista.
Segundo informações dos organizadores da prova são esperados 1.200 participantes, inclusive recordistas mundiais e campeões brasileiros e paulistas. Até a manhã do dia 10, cerca de 750 atletas já haviam confirmado participação. Na prova curta, a maior delegação pertence ao clube Círculo Militar, com 45 inscritos. Nas provas de média e longa distância, a equipe Scania/Atlantis enviará 49 nadadores, sendo temporariamente, a mais numerosa delegação.
Organizada pela Federação Aquática Paulista - FAP e Igor de Souza Eventos Promoções - ISEP, com o apoio da Prefeitura Municipal de Ubatuba, a Travessia Internacional de Ubatuba faz parte do maior campeonato de maratonas aquáticas da América Latina.

Confira abaixo o que já foi dito sobre a Travessia de Ubatuba:

“Na verdade precisamos que este tipo de competição se alastre por todo o Brasil. Na minha opinião Ubatuba vem com isso dar um grande exemplo aos demais centros. Quando recebi o convite não pensei duas vezes para me deslocar de Ribeirão Preto até aqui.” – Abílio Couto (1924 - 1998) - Primeiro brasileiro a atravessar o canal da mancha, maio 1984
“Esta prova deve ser imitada por outros lugares, porque acima de tudo ela é um incentivo nas boas relações humanas.” - Vicente Matheus / Presidente do Corinthians (1908-1997), maio 1974
“Estava receoso quanto ao resultado por causa das contínuas vitórias dos argentinos, mas sempre confiei em minha capacidade. O resultado seria melhor se o mar não estivesse revolto.” Djan Madruga / Vencedor da prova, com quebra de recorde em maio, 1975
“Essa Travessia é uma das mais tradicionais do litoral paulista - neste ano estava em sua 34ª edição. É uma prova atraente para quem está em forma e bem preparado. É um martírio para os que não conseguiram se preparar, pois é a mais longa do circuito atual do Campeonato Paulista, com quase dez quilômetros de extensão.Dizem que é muito boa para a memória também, por que depois da prova você fica doído por mais alguns dias e vive se lembrando do domingão que passou… O trajeto é sui generis, pois não implica em circuitos repetitivos, quer dizer, não é daquelas provas em que o nadador tem que dar duas, três - ou mais - voltas para concluir a prova. Trata-se de um formato que parece um grande quadrilátero ligeiramente aberto, onde dois dos lados são realmente grandes, chegando a mais de três quilômetros cada e o nadador facilmente pode perder a referência de onde está a bóia”. – Percival Milani / nadador – extraído do site www.canaldamancha.com  (Fonte: PMU)

Secretaria de Agricultura e Pesca promove curso de capacitação
Objetivo é orientar melhor o produtor no manejo do camarão

Ubatuba - Aproveitando a proximidade do final do período de defeso do camarão (31 de maio) a Secretaria de Agricultura, Pesca e Abastecimento promove, no próximo dia 23, um curso de capacitação com o tema “Conservação do camarão- da captura à venda”. Os interessados devem se inscrever até o dia 21 no Mercado de Peixe, com César ou na Secretaria de Agricultura, Pesca e Abastecimento, com Maria Izabel. O curso acontecerá no auditório da Escola Padre José de Anchieta, rua Amazonas, 595, Silop, das 14 às 17h30.
Confira a programação e os palestrantes:
- Produção do Camarão no município de Ubatuba – Venâncio Guedes de Azevedo – Oceanógrafo / Pesquisador Cientifico
- Valor Nutricional do Camarão / Utilização da Casca do Camarão – Mirna Ap. Zucheratto – Nutricionista
- Coffe break
- Importância da Rastreabilidade na Cadeia Produtiva – Drª Ana Maria Paschoal da Cruz / Médica Veterinária
- Uso Adequado do Sulfito no Camarão – Claudia Raffaelli Nascimento Nutricionista
(Fonte: PMU)

Setur homenageia as mães no mês de maio
Essa é a quarta exposição da série que traz para a Setur um tema diferente a cada mês, com obras de artistas, técnicas e materiais diversos

Ubatuba - Dando prosseguimento à série de exposições temáticas realizadas pela Secretaria de Turismo de Ubatuba, o espaço, este mês, contempla o tema "A Mulher e a Maternidade", numa justa e oportuna homenagem ao dias das mães. A colaboração dos artistas que cederam trabalhos do próprio acervo possibilitou compor uma exposição agradável que vale a pena visitar.
A mostra conta com trabalhos em óleo sobre tela, como o "Abraço Ianomani" de Adriano Oliveira, que retrata a maternidade indígena; "A virgem e o menino" de Wladimir Ferreira; em estilo sacro e esculturas em concreto celular de Rose de Freitas. Todas as peças são premiadas.
Em Ubatuba, são poucos os artistas que se dedicam a retratar a figura humana. Segundo Paulo Alves, coordenador do grupo setorial de artes plásticas da Fundart, alguns fatores contribuem para isso. “Seja pela dificuldade ou por causa do apelo do mercado no município, cujos temas mais procurados pelos compradores são as flores, peixes e paisagens, é difícil encontrar artistas que se dediquem à figura humana”. Mesmo assim, Paulo Alves reconhece a importância das exposições temáticas como um grande incentivo aos artistas locais.
O Centro de Informações Turísticas, onde as exposições estão sendo realizadas desde o início do ano, é um espaço privilegiado. Situado na Av. Iperoig, no Centro, beirando o mar da Praia do Cruzeiro, o espaço tem toda a sua estrutura em vidro transparente. Segundo Carlos Rizzo, encarregado das exposições na Setur, o público está se acostumando com as exposições e visitando o Centro freqüentemente. “Além do fluxo constante de turistas que buscam o Serviço de Informações, o Centro vai se firmando, cada vez mais como um espaço de visitação dos moradores de Ubatuba, pois sempre tem uma novidade agradável para se ver e conhecer”.
Rizzo faz questão de lembrar que as exposições não fazem restrições quanto à técnica e os materiais utilizados. “O mais importante é que o trabalho atenda ao tema eleito para cada mês”. Para o próximo mês, o tema é “Peixes e Pescadores”. (Fonte: PMU)

Ubatuba busca participação na 2ª Conferência Nacional das Cidades

Ubatuba - O secretário de Arquitetura e Urbanismo da prefeitura, Ary Jardim de Azevedo, deverá participar da Tribuna Popular da sessão de hoje da Câmara Municipal. Representando o prefeito Eduardo César (PL), o secretário fará a convocatória para a 2ª Conferência Nacional das Cidades, que ocorrerá em novembro, em Brasília.
Será formada uma comissão preparatória constituída por representantes dos poderes judiciário, legislativo e executivo, OAB de Ubatuba, Associação Comercial e Industrial de Ubatuba, Asso-ciações de Bairros e Associação de Engenheiros e Arquitetos.
A comissão terá como prioridade discussões de assuntos ligados às políticas públicas, habitacionais, turismo, mobilidade urbana e transportes, reforma urbana e política de saneamento e meio ambiente.
“As propostas definidas serão defendidas no encontro estadual na tentativa de elegermos delegados para a Conferência Nacional em novembro”, explicou o secretário. (Fonte: Imprensa Livre)

IV Festival de Músicas e Paródias Escola Tancredo

Ubatuba - A Escola Tancredo está promovendo o IV Festival de Músicas e Paródias, que acontecerá no dia 4 de junho, a partir das 19 horas.
A participação poderá ser individual (estudante) ou em bandas com até 6 componentes ( Mínimo 2 estudantes). O Tema é MÍDIA e as letras deverão ser inéditas.
A inscrição é gratuita e deverá ser feita na escola, entre os dias 16 a 25 de Maio, à tarde ou à noite. (Fonte: Comissão Organizadora do Festival)

Ladrões trancam casal no banheiro no sábado à noite

Ubatuba - O atendente R.Q.C., de 21 anos, foi vítima de roubo quando estava na casa da namorada na noite de sábado, no bairro Perequê-Açu.
R. contou à polícia que a residência foi invadida por três desconhecidos, que trancaram o atendente e a namorada no banheiro.
O trio fugiu levando celulares, jóias, aparelho DVD, televisão, filmadora, aparelho de som e dinheiro. A Polícia Militar foi avisada do crime, não encontrando os suspeitos. (Fonte: Imprensa Livre)

Ação Litoral

Artigo Topo

SIM, SOMOS ACOMODADOS
(em resposta às afirmações do Presidente de que somos um povo acomodado)
(por Alessandro Eloy Braga, Professor de Literatura e Escritor de Brasília-DF)


Sim, Excelentíssimo Senhor Presidente da República, somos acomodados. Somos acomodados porque aceitamos receber um salário mínimo de R$ 300,00 reais, enquanto os franceses recebem um de R$ 4.000,00. Somos acomodados porque
aceitamos pagar juros e encargos contratuais a cartões de crédito e bancos que ultrapassam os 12% ao mês e porque aceitamos que a Caderneta de Poupança renda apenas 0,5%.
Somos acomodados porque aceitamos que o Governo passe a cobrar novamente contribuição social dos aposentados. Somos acomodados porque permitimos que nossos idosos passem mais de 10 horas em uma fila para receber ou dar
entrada em sua aposentadoria. Somos acomodados porque aceitamos que o Comitê de Política Monetária do Banco Central aumente todos os meses a taxa básica de juros e que isso provoque um efeito cascata na economia que nos faz pagar
os juros mais altos do mundo em todos os setores do mercado.
Somos acomodados porque aceitamos pagar mais de 40% do valor de tudo o que compramos em impostos e impostos e impostos e impostos e impostos... Somos acomodados porque aceitamos pagar em impostos retidos na fonte o equivalente
a três meses de trabalho. Somos acomodados porque aceitamos transitar em rodovias e avenidas deterioradas e que danificam nossos carros e que provocam tantos acidentes e que matam tantas pessoas, enquanto não sabemos exatamente para onde vão as verbas arrecadadas com a enorme quantia que pagamos em impostos, como o IPVA, CPMF e aqueles cobrados sobre o preço dos combustíveis.
Somos acomodados porque aceitamos colocar nossos filhos em escolas públicas deterioradas, sem segurança, com profissionais desanimados e insatisfeitos, com professores que são vistos como os profissionais mais desclassificados
da sociedade e que ganham salários que não são suficientes nem para preencher o vazio da barriga, quem diria se alimentar de cultura. Ou como disse o outro Presidente que o antecedeu: que os professores são apenas pessoas que não conseguiram ser outra coisa melhor na vida, são derrotados.
Somos acomodados porque permitidos tantas diferenças sociais e que tantos passem fome e vivam abaixo da linha da miséria, porque é evidente que somos nós que fazemos essa distribuição desigual da renda. Somos acomodados porque
permitimos que os madeireiros destruam a selva amazônica e que os norte-americanos e europeus e japoneses roubem nossa biodiversidade e depois a vendam a nós por preços altíssimos.
Somos acomodados porque ainda comparecemos às urnas de dois em dois anos para escolhermos pessoas que não representam o povo, mas que representam apenas seus próprios interesses. Somos acomodados porque ainda não
revolvemos, todos nós eleitores, anular nossos votos e mostrar nossa descrença em governos como o seu. Somos acomodados porque aceitamos que estes "representantes do povo" façam leis que não beneficiam em nada ou muito pouco o povo ou que aumentem, quando bem entendem, os seus próprios salários, que já passam de R$ 35.000,00, somadas todas as regalias
parlamentares.
Somos acomodados porque permitimos as altas taxas de desemprego. Somos acomodados por vivemos em um país em que, para se comprar uma simples geladeira, é preciso dividir seu preço em 24 vezes, com juros falsos de 1% ao mês, quando deveríamos ser capazes de comprá-la à vista. Somos acomodados porque permitimos o aumento das tarifas básicas de água, luz e telefone e dos combustíveis, valores que representam as maiores contribuições para o aumento da inflação e que são, em sua maioria, autorizados por esse mesmo Governo que chama seu povo de acomodado.
Sim, somos acomodados porque permitimos que nossa segurança pública seja tão precária. Somos acomodados porque permitimos que os bandidos (traficantes, ladrões, seqüestradores, parlamentares, prefeitos, governadores, ministros e
presidentes, entre outros) tomem conta de nossa sociedade e façam desse povo uma simples massa de manobra.
Sim, somos acomodados porque acreditamos que um operário, um homem saído do sofrimento mais rude da seca, um sindicalista, um ex-comunista, um nacionalista fosse fazer algo de significativo pelo país, provocar mudanças profundas nas estruturas políticas, econômicas e sociais e por isso fomos acomodados e votamos em Vossa Excelência, e acreditamos em Vossa Excelência.
Sim, Senhor Presidente, somos acomodados porque somos nós que não oferecemos uma educação de qualidade, capaz de formar cidadãos críticos, lutadores e não acomodados. Sim, Senhor Presidente, somos acomodados porque aceitamos que o Senhor vá à televisão e diga palavras tão vis e hipócritas a esse povo que é tão acomodado por não acreditar mais que seja possível mudar algo nesse país de pouquíssimos escolhidos e de muitos apartados.
Somos acomodados porque ainda conseguimos sobreviver nesse Brasil que nem é o nosso.

Enviado por
Mia Mafalda
Ubatuba, SP

Carta do Leitor Topo

Mordida de jararaca. Conduta médica: somente lave o local. Pasmem!!!!!!! - Tudo na vida passa... a dor, a alegria, enfim, nessas alturas dos acontecimentos, já aprendi que o que temos que fazer hoje é pra ser feito no momento, senão, o próprio tempo acabará fazendo com que as injustiças sejam esquecidas.
Venho aprendendo, lutando e atuando como possível dentro do meu momento e como tudo passa, não poderia ficar calada, pois com certeza essa história absurda que vocês vão ler agora também acabará perdendo sua força e mais uma vez a justiça deixará de ser feita, se ela que será... Bom, vamos aos fatos.
Tenho uma pequena chácara no Bairro da Casanga e amo muito aquele lugar em especial, dentro de toda essa maravilhosa cidade em que vivemos. Desde então venho tentando atuar na comunidade, passar um pouco do que sei para aquelas criaturas maravilhosas que hoje participam das minhas aulas.
Enfim, tinha ido a São Paulo no feriado de 21 de abril. Quando retornei, apesar de cansada, fui dar minha aulinha.
Perguntei por uma aluna, que nunca falta e sua mãe. Me disseram que como a filha havia sido picada de cobra, elas não foram. No dia seguinte, bastante condoída com a situação fui visitá-la e fiquei sabendo do ocorrido.
Sendo picada pela cobra (que o marido matou), ela foi levada por um vizinho à Santa Casa para fazer o que todos nós sabemos que tem que ser feito - tomar o soro antiofídico. O que aconteceu, consultando o "doutor", que mesmo vendo a cobra e seu pé inchado, com a região afetada começando a arroxear, ele simplesmente a "orientou" a ir para casa e lavar com água limpa e sabão, como se fosse um mero cachorrinho, e vacinado, ainda por cima.
A minha amiga, apesar de já estar com muita dor, voltou para casa, lavou, como ele havia mandado e passou a noite com a dor aumentando, juntamente com o inchaço.
No dia seguinte, logo cedo, ela se dirigiu novamente à Santa Casa e foi medicada corretamente. Constando no receituário do médico que a atendeu decentemente que ela tendo sido "vítima de animal peçonhento (JARARACA 0/C)...Foi realizado soro após 12 horas'. TC estava incongulação no início, normalizando após 10 horas".
No desespero da minha amiga, ela não perguntou o nome do "doutor". Agora vocês não imaginam o trabalho e a canseira que foi para descobrir! Depois de irmos isoladamente inúmeras vezes, descobrimos que poderia ser um tal, mas para colocar a boca no trombone, precisávamos ter certeza. Chegamos na Santa Casa na 5ª feira (dia 05.05), por volta do horário e o 'senhor' porteiro dificultou ao máximo nossa entrada. Disse que TODOS os pacientes teriam que ser atendidos para podermos simplesmente ver o tal "doutor". Imaginem vocês a situação, estávamos minha amiga vítima, sua mae, uma vizinha amiga e eu. Sendo que minha amiga vítima tem uma filhinha de 4 anos. Passaríamos a noite ali, isso se não tivéssemos lá até agora.
Quis brigar, subir nas tamancas, me deparando com tamanha falta de humanidade e falei com o 'senhor' porteiro que nem que eu tivesse que chamar a polícia nós iríamos ver o médico. Eu não queria ser atendida por ele (Deus me livre!!!).
Mas fui mais inteligente - lembrei que tenho convênio e que cliente particular, além de poder entrar com acompanhante e eu tinha que entrar, para minha amiga poder reconhecer o dito cujo, tem prioridade de atendimento.
Acreditem. Ele nos orientou para sentarmos em uma sala isolada, uma vez que onde o povo fica é de frente para onde dois médicos estavam atendendo e gente, isso NUNCA aconteceu comigo. E logo nos chamou para sermos atendida pelo tal "doutor" que achávamos que era. Só que para nossa surpresa, não era. Era um outro que apesar de trabalhar com o tal uma vez por semana aqui em Ubatuba, ele não sabia o nome do colega. E segundo minha amiga vítima ele tinha estado na sala enquanto o outro "a medicava". Dá pra acreditar?
Só que ele anotou nossos dados e nos disse que ia tentar descobrir quem foi. E que entraria em contato.
Fui informada lá mesmo, para me dirigir ao SAME que funcionava das 8 às 17 hs.
Fomos pra Casanga, chegando lá, não tinha mais que 10 min. o médico que nos atendeu me ligou dizendo para eu voltar que ele achava que sabia quem era o médico e que era para eu conversar com ele. Disse que não voltaria, pois estava longe e ele me perguntou - "Mas você não mora no Itaguá?" Você acha que eu mereço?
Aí começou a novela do dia seguinte - chegamos à portaria da Santa Casa às 8.01. O porteiro nos informou que só abre às 9. Fizemos hora pela cidade e às 9 hs estávamos lá de novo. O senhor porteiro nos disse que não estava aberto ainda.
Eu perguntei - "mas não abre às 9?" ele autorizou nossa subida. Chegamos à porta do SAME e acreditem, estava FECHADA!!! Perguntei pelo atendente, me informaram que havia saído para tomar um café e já voltava.
Gente! O negócio é pra abrir às 9 e antes mesmo de abrir nosso atendente JÁ foi tomar café? Que isso? Que país é esse?
Enfim, ele chegou às 9.20, nós duas plantadas na porta. É claro que ele disse que não seria possível conseguirmos a tal ficha, agora sabe porque? Porque estava sem sistema! Oras bolas, pra se pegar uma ficha numa sala cheinha delas, precisa de sistema, perguntei? Era só ir pelo nome/dia/horário informei ao meu amigo, ainda por cima eu já havia observado que o sistema estava funcionando em outros departamentos, porque só no dele que não???
Meu amigo, posso até ter cara de idiota, mas não sou.
Eu disse a ele que só sairia de lá com a tal ficha. Sentamos na cadeira dispostas a esperar o dia inteiro se fosse preciso. Peguei meu celular e comecei a ligar pedindo ajuda de amigos. Enfim, acho que ele percebeu minha resolução e corria para dentro e para fora da sala. Além disso, toda hora vinha alguém até a porta nos olhar. Me senti uma atração turística. Poxa vida, numa cidade tão maravilhosa, tão repleta de atrações, uma mais linda que a outra, eu, euzinha virei uma? UAU!
Enfim, 55 min. Depois ele veio com a FICHA DE ATENDIMENTO AMBULATORIAL. E perguntou se queríamos xerox! Mas é claro, meu amigo, era o mínimo que eu poderia querer nessas alturas, pois o restante no que concerne ao bom atendimento já havia sido terrível!
Mas, enfim, consegui, após 22 dias, descobrir quem foi o tal "doutor". Agora, meus amigos, isso vai ficar assim? Apesar da minha amiga não ter ficado com seqüelas, será que o atendimento dele se fosse com seu filho, ou com algum parente seria o mesmo, mandar passar uma agüinha numa picada de cobra, ainda por cima JARARACA?
Será que o tal médico faltou na aula ou nunca ouviu falar que é necessário aplicar soro antiofídico quando se é picado de cobra?
Bom, vamos dar nome aos bois: o que mais interessa é o “doutor” que é o dr. Alexandre de A Sofiatti, agora o atendente do SAME (cafezinho) é o Eric S. Pereira.
Coloco aqui esta minha declaração publicamente, pois a indignação que me provocou o total desrespeito humano, acredito não ter sido a primeira, nem a última dentro da Santa Casa de Misericórdia de Ubatuba.
Meus agradecimentos somente ao Dr.Antonio Maury Lancia, que a atendeu 12 hs. Após o ocorrido, acredito que tenha sido o salvador da vida da minha amiga.

Ana Helena Paula Carvalho
Ubatuba, SP


Agradecimento da Defesa Civil - A Defesa Civil de Ubatuba vem a público agradecer Mário Vicente Strianefe, que no último sábado cedeu sua embarcação para levar guardas municipais e membros da Defesa Civil até a Ilha do Mar Virado para averiguarem uma informação de que havia um incêndio na Ilha. Lá chegando, foi constatado que não se passava de um alarme falso.

Defesa Civil de Ubatuba


Blablabla... - Quanto blablabla!!!!!!!!.... é a ex (chefe..?) da Fundart (admin.97/00) detonando o ex da Fundarte (adm.01/04) para o chefe atualque detonou todos os ex chefes anterioresNão fosse pouco ainda temos que ler o ex-chefe da Educação, detonando a atual chefe da pasta e por ai vai.......... e note bem; lidas de outras plagas, nos passam a impressão de que fizeram e aconteceram na cidade, que Ubatuba de hoje é uma cidade escandinava em todos os seus aspectos.... tais são as melhorias que fizeram pela cidade. Quantas escolas, m2 de pavimentação, postos de saúde, tratamento de esgotos, creches, limpeza urbana, transporte eficiente, segurança, nasceram em função do blablabla? Me inspira um "blearg", tal qual "Gastão o vomitador ", personagem do Jaguar. Num exercicio de imaginação, como se encontraria Ubatuba, sem esses maravilhosos trabalhos que os tais "benemeritos" (todos eles) disseram ter feito; melhor ou pior?
Fica por conta de cada um ousar pensar no dito acima. Nos meus raros momentos de inquietação, divago e imagino se não seria melhor detonar o sistema atual (todo ele!) e começar de novo, tirando dos "benemeritos" o poderoso cheque em branco que lhes damos a cada eleição, deixando-os trabalhar somente no arroz com feijão, que ja é bastante, pois caso contrario haja "cojones" para aturar tanta hipocrisia e outras cositas mas!...

Sergio Abreu
Ubatuba, SP


Comércio e Urbanismo da Av. Iperoig - Eu, Wagner Aparecido Nogueira, apresentei-me à Tribuna Livre, neste dia (10/05), solicitando à atenção das autoridades e dos ilustres vereadores e vereadora, para o abandono da avenida Iperoig. Informei sobre alguns estabelecimentos comerciais, que não mais tendo esperança na atividade que desempenhavam, fecharam suas portas. Citei o Paulo Mota; o Ivan e o Orlando, estes últimos, artesãos de considerado sucesso, mas que desacreditaram do comércio, devido ao alto custo operacional e também, pela falta de investimentos na urbanização do seu entorno.
Indaguei a todos, o porque, mesmo com tantas manifestações contrárias as atividades do parque Trombini, este continua funcionando sem nenhuma fiscalização, quanto ao espaço que pode desenvolver sua atividade e também, quanto a finalidade de sua atividade comercial, pois, quando chega o verão, percebemos a ocupação de um espaço tão grande, que todos os restaurantes a sua frente, ficam privados da vista privilegiada que deveriam oferecer a seus frequentadores.
Não obstante tudo isto, percebemos também, que funcionam barracas de sorvete; pipoca; churros; fliperamas e outras atividades afins que concorrem diretamente com os comércios da avenida, tirando-lhes, na hora mais propícia, um faturamento fundamental, para que possam pagar as suas obrigações durante todo o ano.
Questionei, como sempre faço, o funcionamento da Feira de Artezanato, seus fundamentos, suas obrigações e seus propósitos, quanto as responsabilidades para com a comunidade, pelo simples fato, de que a cidade lhes oferece toda a infraestrutura funcional, através dos impostos arrecadados de todos os contribuintes e canalizados para o entorno da mesma.
No final dos trabalhos legislativos, o ilustre vereador Claudinho, justificou o fato de sua atividade de artesão, sofrer os mesmos problemas inerentes a todas as atividades comerciais Brasil afora e que seus custos, para o deslocamento de carro, até a praia e para a feira, lhe são altos. Há também o sofrimento quanto às intempéries e lógico, sem dúvida, pela falta de investimentos do setor público e dos comerciantes, a falta de uma massa de turistas, como há cinco anos passados, quando Ubatuba recebia um turísta de melhor qualidade. Moral da história, por falta de investimento, a própria atividade de ambulante, esta definhando.
Gostaria de deixar bem claro, que não tenho nada contra as atividades informais, mas não há caminho para uma sociedade sadia, senão, ode procurar aprimorar suas atividades, quer sejam elas comerciais; turísticas ou sociais, elevando assim, o padrão de vida de todos os munícipes e em consequência, a arrecadação de impostos.
Se o poder público esta comprometido com as melhoras, que oriente todos os envolvidos, buscando a evolução do artesão, fomentando a ele, todos os mecanismos de aprimoramento, para que se torne um micro-empresário e conquiste o mundo, respeitando não só os seus direitos, mas a inteligência e os direitos de todos.
Se o poder público esta interessado em melhorar o acolhimento dos turístas que procuram nossa cidade, providêncie logo a urbanização de toda a nossa orla, pois, é da mesma que podemos agregar mais valia aos nossos produtos, que em sua maioria, não havendo grandes indústrias na região, concentra-se nos serviços.
Obrigado pela a atenção que sempre sou tratado.
Um abraço a todos, respeitosamente,

Wagner Aparecido Nogueira
Ubatuba, SP


Secretario de Turismo - As declarações do secretário de turismo de Ubatuba, Sr. Luiz Felipe Azevedo ontem, aqui, no Litoral Virtual estão, com as minhas desculpas Sr. secretário, recheadas de inconsistências. Acredito que as tenhas concebido no afã da prática das boas intenções e não, nas das maledicências. Estas últimas, não fazem o seu feitio. Assim peço que nomeie aqui mesmo, nesta coluna, os "alguns acionistas" da COMTUR (a quem se refere) que estejam "plantando " informações incorretas sobre o assunto: COBRANÇA DE ESTACIONAMENTO. Todos temos o maior interesse em saber quem são eles, inclusive, para chamá-los à atenção, visto que, até o presente momento, não há, oficialmente, o que comentar. Eles ainda erram em tomar o precioso tempo do senhor secretário polemizando o que não lhes compete. De toda forma, a cobrança ou não e, em que forma e condições, se acontecer, dentre tantos outros assuntos de maior importância, não só dos interesses do trade turístico, mas do desenvolvimento econômico de Ubatuba, estão sendo tratados diretamente com o Sr. Prefeito. Ficou acertado em reunião, que quando houver uma decisão definitiva sobre este e, todos os demais assuntos relevantes em pauta, por sua importância, ele, o próprio prefeito, fará as declarações oficiais. Com absoluta certeza e, a seu tempo, informará o Sr. secretário de turismo das suas decisões, naquilo que for de sua competência ou, de sua secretaria. Para finalizar, esclareço que todas as decisões oficiais sobre o assunto "COMTUR" tem característica e redação própria e, são para conhecimento público, formalmente publicadas no jornal local.

Ronaldo Dias
Ubatuba, SP


Homenagem?!? - Na única matéria prevista para votação na seção da Câmara no dia 03/05, o prefeito de Ilhabela, que dois dias depois, no dia 05 de maio, teve seu mandato cassado, foi homenageado com o título de cidadão sebastianense pelos nobres vereadores. A homenagem foi proposta pelo vereador José Cardim de Souza e aprovado por unanimidade pelos demais vereadores presentes à votação.
Agora eu pergunto: Que homenagem é esta? Homenagem às diversas denúncias que o prefeito vêm sofrendo ultimamente? Homenagem pelo suposto uso indevido da máquina administrativa? (motivo pelo qual teve o mandato cassado)
Que história é essa? Será que os vereadores podem responder?
Na seção “Curtas” do Jornal Imprensa Livre de 04 de maio, intitulado “Homenagem”, além de relatar o fato ainda fala de futura solenidade de entrega do título ao prefeito cassado de Ilhabela. Essa eu quero ver....

Luis Filipe Rodrigues
São Sebastião, SP


Edital de Convocação - A AMOCIJA Associação de Moradores do Cidade Jardim estará realizando ASSEMBLÉIA GERAL ORDINÁRIA com o objetivo de elegermos nova diretoria para o biênio 2005/2007. Convidamos os moradores e comerciantes de nossa Comunidade para comparecerem e prestigiarem a eleição.
Data: 22/05/2005 (domingo)
Horário : 16:00 horas
Local:Alameda dos Pessegueiros, 80, Cidade Jardim.
Aqueles que tiverem interesse em participar da nova diretoria, deverão inscrever suas chapas até o dia 20/05/2005. Informações, ligue 3883-7475 c/ Orlando.
Lembrem-se, somente com a participação de todos é que nossa Comunidade terá força política suficiente para lutar pelos interesses visando melhorar a qualidade de vida em nosso bairro.

Roberto Pereira Dias - Presidente
Orlando R. Siqueira - Secretário

AMOCIJA Associação de Moradores do Cidade Jardim
Caraguatatuba, SP


Rodoviário e Turismo São José Ltda, bem limitada por sinal! - Como leio o Litoral Virtual diariamente e sei que muitos de Ubatuba lêem também, achei interessante publicar a reclamação que fiz via e-mail para a ANTT sobre a empresa Rodoviário e Turismo São José Ltda. que presta um serviço de transporte precário tanto aos moradores de Ubatuba quanto aos turistas que são importantíssimos na nossa economia.
Vejam a que ponto chegou o serviço prestado por esta empresa que somente visa lucrar:

Meu nome é Felipe José Passos Silva, sou Engenheiro Mecânico (registro CREA - SP n° 5061386901/D) e gostaria de fazer uma reclamação da Empresa Rodoviário e Turismo São José Ltda., que atende a linha Guaratinguetá/SP - Parati/RJ. Desde 1998 utilizo esta linha pois minha família mora em Ubatuba e fiz o curso de Engenharia Mecânica na Unesp de Guaratinguetá. Hoje estou cursando Mestrado em Engenharia Mecânica na mesma Universidade. Mas ontem, 09/05/05, aconteceu um problema. O horário do ônibus sair de Ubatuba é de 8:30h, mas como tem acontecido seguidamente toda segunda-feira de manhã, ele não tem chegado em Ubatuba, vindo de Parati, antes das 8:45h. Ontem o ônibus (número 842) chegou às 8:50h mas teve que ser trocado por motivos não informados aos passageiros pelo ônibus 834. Após a troca de ônibus, deixamos a rodoviária de Ubatuba às 9:15h, ou seja, 45 minutos de atraso. Quando estávamos no trecho de serra da Rodovia Oswaldo Cruz (SP - 125), o ônibus 834 quebrou a embreagem e não pudemos prosseguir a viagem. Isto ocorreu por volta das 9:45h. Foi avisado a garagem através da Polícia Rodoviária Estadual e também pelo DER, visto que no local não tinha sinal de celular. Estávamos a menos de meia hora da garagem mas para espanto de todos, inclusive do motorista (também uma vítima do descaso da empresa) o outro ônibus (1101) chegou somente às 11:50h e partimos dali para o restante da viagem às 12:05h, ou seja, 2:20 depois de ter quebrado o ônibus.
Como costumo viajar bastante nesta linha, eu viajo em vários ônibus da referida empresa, e tenho andado em cada ônibus, um pior que o outro. Os ônibus 832, 834, 836, 838, 822, 704, são todos ônibus de motor dianteiro, com 5 marchas. São ônibus muito fracos para esta linha, visto que a estrada (SP - 125) é conhecida pela sua serra inclinada com suas curvas em "cotovelo", além de serem altamente ruidosos e quentes (pois o motor fica dentro do ônibus, ao lado do motorista), o que é prejudicial tanto para os passageiros quanto aos motoristas. A empresa coloca estes ônibus citados acima, tanto na linha Guaratinguetá - Parati quanto na linha Taubaté - Ubatuba pois são ônibus mais novos, do final da década de 90. Já os ônibus considerados reservas, mas que geralmente se encontram na linha (330,328,1100,1101,1082,1084) são ônibus mais fortes mas são mais antigos, do final da década de 80.
Outro fato, é que quase todos os ônibus citados acima ainda não têm cintos de segurança em todas as poltronas, muito menos a cortina da cor vermelha indicando saída de emergência.
Portanto, gostaria que a ANTT estivesse verificando os ônibus desta referida empresa, se necessário autuando-a, para que o serviço prestado por ela melhore, pois este está muito precário, e os usuários merecem coisa melhor pelo que pagam.
Desde já agradeço e espero uma solução rápida.

Felipe José Passos Silva
Engenheiro Mecânico

Foto do Dia Topo

Para participar desta seção basta enviar as fotos com crédito do autor e legenda, no tamanho mínimo de 1024 x 768 pixels com resolução de 72dpi para fotododia@litoralvirtual.com.br
O envio de foto caracteriza autorizada a sua publicação e identifica o remetente como autor.

Ubatuba

Escuna Ilha Anchieta - Roberto Russo

Escuna Ilha Anchieta
©Roberto Russo


Para instalar a foto como papel de parede (wallpaper)
Clique na foto acima. Após carregar a foto ampliada, clique com o botão direito do mouse sobre a imagem e escolha "Definir como papel de parede" ou "Definir como fundo de tela". Para ajustar a imagem em tela cheia, clique em qualquer lugar da área de trabalho com o botão direito do mouse, escolha "Propriedades" / "Fundo de Tela" ou "Papel de Parede" / "Ampliar".

Arquivos:  Foto Saudade  -  Foto do Dia

 Faça seu comentário, crítica, opinião ou sugestão no Litoral Virtual:
Clique Aqui


As notícias, fotos e cartas publicadas neste boletim são de inteira responsabilidade de suas fontes e autores,
não expressando necessariamente a opinião deste informativo. O envio de qualquer material para nosso e-mail
será considerado como autorizado a sua publicação e assumida a total responsabilidade pelo seu conteúdo.
As cartas devem conter nome completo, RG, endereço, telefone de contato e um e-mail válido.
Reservamos o direito de não publicar cartas que não contenham a devida  identificação do autor.

Editor Chefe: Emilio Campi
Editora Assistente: Jullyany Roberta Cruz


GRÁTIS!!
Receba as Últimas Notícias do Litoral em seu e-mail:

Quero receber GRATUITAMENTE o boletim Últimas Notícias do Litoral:

e-mail:
Cidade:



Obs.: Você poderá cancelar o recebimento das notícias a qualquer momento.

Conheça as cidades do Litoral Norte Paulista:

Caraguatatuba Ilhabela São Sebastião Ubatuba

Litoral Virtual
O mais completo site do Litoral Norte Paulista na Internet
Sugestões, críticas e informações, entre em contato:
info@litoralvirtual.com.br

©1995/2001 Emilio Campi - Studio Maranduba - Direitos Reservados
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem a expressa autorização do autor