Litoral Virtual últimas notícias do litoral
Terça-feira, 24 de maio de 2005 - Nº 1287 Edições Anteriores

Anuncie Aqui Inteligraph

Região
Ressaca atinge praias do Litoral Norte
Turistas devem lotar Campos do Jordão
Seminário discute inclusão de cultura negra no ensino
Litoral Norte participa do 1º Salão Brasileiro de Turismo
Ministério do meio ambiente propõe parceria com Litoral Norte


Caraguatatuba
Motorista escapa de linchamento em Caraguá após acidente em que 5 pessoas morreram
Estado dá aval para obra do CDP
Ministério Público quer impedir realização de rodeio
“Litoral em Dança” teve mais de cem coreografias apresentadas
Equipe de Karatê de Caraguá é destaque em Ubatuba
Ciclista de Caraguá conquista primeiro lugar em Ubatuba
Enxadrista de Caraguá é quinto em São José dos Campos
Caraguá define programação para o Dia do Desafio
Câmara participa do Challenge Day
Câmara discute Semana da Mulher


Ilhabela
Câmara X Câmara
Aniversário do Márcio Junior

São Sebastião
Após 4 h no mar, turista é resgatado
Caminhoneiros apelam por fim da proibição de tráfego na Costa Sul
Protesto por segurança em rodovia reúne 200 pessoas na Enseada
Prefeitura entrega nova frota com 33 veículos nesta quinta-feira (26/05)
Amor Exigente oferece curso de sensibilização
Agenda 21 em São Sebastião define novas metas para mobilizar a comunidade local
Servidores vão à Câmara reclamar de corte das horas extras
Câmara vota projeto que estabelece normas para instalação de toldos

Ubatuba
Ressaca derruba muro de arrímo no Itaguá
Campeonato da categoria Fraldinha começa com muitos gols
ADUBA promove Show de Outono
Fundart amplia oferta de cursos em Ubatuba
Fundart abre inscrições para Oficina de Tecelagem
Inscrições abertas para o Mapa Cultural Paulista
Ordem do Dia da 16ª Sessão Ordinária da Câmara de Ubatuba

Seções
Carta do Leitor
Foto do Dia


Notícias da Região Topo

Ressaca atinge praias do Litoral Norte
Ondas de até 3 metros arrastam árvores, afundam barco e invadem praias; Cptec alerta banhistas

Litoral Norte - Uma forte ressaca (fenômeno que reflete o avanço do mar sobre o continente) atingiu ontem as praias do Litoral Norte. As ondas de até três metros de altura derrubaram árvores e afundaram um barco em Caraguatatuba.
Os meteorologistas emitiram ontem à noite novo alerta para a repetição do fenômeno em toda a costa nas regiões Sul e Sudeste durante todo o dia de hoje.
Desde domingo, o avanço da maré provocou alagamentos em avenidas à beira-mar e em vários trechos de praias em São Sebastião e Ilhabela.
Em São Sebastião, um turista de Mogi das Cruzes (SP) foi levado por uma onda durante uma pescaria e passou quatro horas no mar (leia texto nesta página).
A ressaca vem sendo causada pela frente fria que chegou a região, segundo informou o Cptec (Centro de Pesquisa do Tempo e Estudos Climáticos), ligado ao Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), em Cachoeira Paulista.
Segundo o coordenador do setor de meteorologia do Cptec, Gustavo Escobar, a chegada da frente fria ao Litoral Norte fez com os ventos atuassem sobre o mar, provocando agitação marítima e as ondas que atingiram o continente.
Em Caraguatatuba, a maré avançou sobre as praias do Centro, Indaiá, Camaroeiro e Martin de Sá. "Foi uma das maiores ressacas dos últimos 10 anos", afirmou o comerciante e pescador José Mendes, proprietário do Bar do Katira, na praia do centro de Caraguá.
O muro de arrimo feito por Mendes não conseguiu impedir que a água do mar avançasse sobre seu estabelecimento comercial, que ficou parcialmente alagado. O avanço do mar atingiu também quiosques das praias Martin de Sá, Indaiá e Aruan.
Na praia do centro, a força da maré derrubou duas árvores. A maré também chegou ao parque de diversões Trombini e as avenidas Arthur Costa Filho, Geraldo Nogueira da Silva, na região central, e Aldino Schiavi, na Martin de Sá.
Em São Sebastião, o mar avançou sobre o aterro da avenida da praia, no centro. Em Ilhabela, a prefeitura foi obrigada a desviar o tráfego na avenida São João, no Perequê, devido ao alagamento provocado pela maré.
Os ventos de até 30 km/h não prejudicaram as operações na travessia da balsa e no terminal marítimo da Petrobras, em São Sebastião.
A Marinha alertou na sexta-feira iates clubes e colônias de pesca sobre a piora das condições de navegação no litoral.
O presidente da colônia de pesca de São Sebastião, Guilmer Tavares, disse que os pescadores atracaram suas embarcações em locais abrigados e devem retornar ao mar após a ressaca.
Segundo a previsão da meteorologia, o tempo deverá permanecer nublado e sujeito a chuvas ainda hoje. Uma nova frente fria deve atingir o Litoral Norte a partir de amanhã, ocasionando declínio das temperaturas (leia texto nesta página).
REINCIDÊNCIA- Esta é a segunda vez em menos de um mês que ressacas afetam o Litoral Norte.
No dia 27 de abril, a ressaca deixou inacessível por cerca de duas horas o centro da cidade. Na ocasião, a agitação marítima causou dois pontos de alagamento nas avenidas São João e Dois Coqueiros, as únicas vias de acesso ao centro de Ilhabela. (Fonte: ValeParaibano)

Turistas devem lotar Campos do Jordão
Hotéis estão praticamente lotados para o Corpus Christi; Litoral Norte aguarda mudança no tempo

Litoral Norte - Com a rede hoteleira quase lotada, as cidades de Campos do Jordão e Santo Antonio do Pinhal, na Serra da Mantiqueira, estão preparadas para o feriado de Corpus Christi, que deverá abrir oficialmente a temporada de inverno nos municípios.
Em contrapartida, as cidades do Litoral Norte --Caraguatatuba, Ilhabela, São Sebastião e Ubatuba-- não estão com grandes expectativas, já que as previsões meteorológicas pouco favoráveis deixaram vagas de sobra nos hotéis e pousadas.
Em Campos do Jordão acontece, a partir de quinta-feira, o Festival de Música Popular, que será um atrativo adicional para os turistas que visitarem a cidade durante o feriado prolongado.
"Estamos ansiosos para a chegada do feriado porque sabemos que esta temporada será muito melhor em relação aos anteriores. Nossa expectativa é que cerca de 40 mil turistas visitem a cidade", disse o secretário de Turismo de Campos do Jordão, Flávio Vasquez de Oliveira Ventura.
A estimativa de público informada ontem pelo secretário é menor que a previsão feita pela Secretaria de Turismo, na semana passada, que havia informado que o público para o feriado de Corpus Christi era de 160 mil pessoas.
Para o secretário de Turismo de Santo Antonio do Pinhal, Antonio Claudio Nunes de Azevedo, a expectativa de movimento para o feriado prolongado não poderia ser melhor. "Já não temos mais vagas em pousadas e hotéis, o que é o prenúncio de uma ótima temporada de inverno. Estamos muito otimistas", disse.
A cidade de Santo Antonio do Pinhal tem 48 pousadas que, juntas, oferecem cerca de 1.000 leitos.
LITORAL - Sem grandes expectativas de movimento, as cidades do Litoral Norte torcem para que a chuva dê uma trégua no feriado, o que poderá melhorar o movimento.
Segundo o assessor do Sinhores (Sindicato dos Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares) do Litoral Norte, José Carlos de Souza, até o final da tarde de ontem ainda estava baixa a procura por acomodações para o feriado de Corpus Christi.
"O feriado de Corpus Christi tradicionalmente já não é muito forte para as cidades do Litoral Norte. Por isso, acreditamos que se o tempo melhorar até o final de semana, poderemos ter uma surpresa", disse.
Já o secretário de Turismo de Ubatuba, Luiz Felipe Azevedo, aposta em um evento de pára-quedismo, que acontecerá no aeroporto Gastão Madeira, durante os quatro dias do feriado, para impulsionar o movimento turístico da cidade.
Além de mostrar um pouco da modalidade esportiva, o evento dará a oportunidade aos turistas de experimentarem um salto duplo.
"Mas, para isso, estamos apostando em uma significativa melhora do tempo a partir de quarta-feira", disse. (Fonte: ValeParaibano)

Seminário discute inclusão de cultura negra no ensino

Litoral Norte - Uma parceira entre as Secretarias de Educação das prefeituras do Litoral Norte e a Delegacia de Ensino de Caraguatatuba promove hoje, a partir das 8h, o Seminário Regional Étnico Cultural, no Teatro Municipal de São Sebastião. O evento, que vai discutir a inclusão da cultura negra no calendário escolar, reúne profissionais da área de educação e autoridades das cidades de Caraguatatuba, Ilhabela, São Sebastião e Ubatuba. De acordo com a organização, o objetivo da iniciativa é sensibilizar os profissionais do setor sobre a necessidade da inclusão da cultura negra nas aulas, realidade exigida pela lei federal 10.639/03. Além disso, o seminário visa mobilizar a comunidade escolar e a sociedade civil para incentivar a implementação de políticas públicas neste sentido. A mesa de autoridades do evento vai contar com a presença dos prefeitos e secretários das cidades participantes. Os convidados serão recepcionados por uma apresentação de jongo na abertura do encontro. Em seguida, Banda e Coral municipais de São Sebastião fazem uma exibição no palco do teatro. Além disso, será mostrado um vídeo sobre a história dos afro-descendentes no Litoral Norte. Pela manhã, a programação conta ainda com palestras sobre educação inclusiva, a presença do negra em São Sebastião e particularidades históricas das relações raciais no Brasil. O grupo de dança "Amigos e Estudantes Africanos" se apresenta às 13h30, iniciando a segunda parte do evento. Durante o período, serão realizadas palestras abordando os temas diversidade e identidade na educação, ética, cidadania e educação, grandes escritores negros brasileiros, ritos e rituais: cultura religiosa Banto e currículo e diversidade étnico-cultural, além de debates entre professores. (Fonte: ValeParaibano)

Litoral Norte participa do 1º Salão Brasileiro de Turismo
Pela primeira vez, os municípios do Litoral Norte falam de seus atrativos turísticos e da infra-estrutura em um único material de divulgação, assim como a participação em conjunto em uma feira de turismo.

Litoral Norte - Os secretários de Turismo de Caraguá, Ilhabela, Ubatuba e São Sebastião, Ricardo de Lima Ribeiro, Ricardo Fazzini Dias, Luiz Felipe Azevedo e Júlio Buzzi, respectivamente, reuniram-se com a secretária executiva do Circuito Litoral Norte, Eunice Bourroul, em Caraguá nesta segunda-feira, na Secretaria de Turismo para definirem os últimos preparativos para o 1º Salão do Turismo - Roteiros do Brasil, que acontece de 1 a 5 de junho, no Expo Center Norte.
Na feira, o Ministério do Turismo irá apresentar todos os roteiros turísticos propostos este ano, além dos já existentes. O Circuito Litoral Norte é um dos roteiros a serem apresentados. Este é o primeiro passo dados pelos quatro secretários do litoral para a regionalização do turismo.
Os secretários discutiram na reunião o modelo da logomarca do Circuito Litoral Norte e também o material impresso de divulgação como folder, flyer, tarifários, que será levado para a feira. O Governo está financiando 10 mil impressos para cada circuito.
O evento irá reunir operadores e agentes de viagem, gestores públicos, pequenos e microemprendedores, professores, estudantes e público em geral. O público esperado é de 100 mil pessoas. São esperados 80 operadores e 50 jornalistas internacionais, além dos profissionais brasileiros.
É a primeira vez que os municípios do Litoral Norte falam de seus atrativos turísticos e da infra-estrutura em um único material de divulgação, assim como a participação em conjunto em uma feira de turismo.
A participação conjunta em outras feiras de turismo também foi discutida pelos secretários na reunião, assim como o possível apoio do Sebrae ao Circuito Litoral Norte.
A regionalização do turismo no Brasil foi um dos temas do 25º Congresso Brasileiro de Turismo, que aconteceu este mês, em Belo Horizonte-MG, assim como a política nacional e as metas do Plano Nacional de Turismo. Entre as metas, uma delas é receber até 2007, 9 milhões de turistas estrangeiros; aumentar o turismo interno de 45 milhões de desembarques em vôos domésticos para 65 milhões; gerar 1.200 milhões de empregos no Brasil e criar três produtos Turísticos por estado (meta que já será alcançada no Salão de Turismo). (Fonte: PMC)

Ministério do meio ambiente propõe parceria com Litoral Norte

Litoral Norte - Semiramis Biasoli, técnica responsável pelas ações desenvolvidas no Estado de São Paulo pela Diretoria de Educação Ambiental do Ministério do Meio Ambiente, esteve dia 22/05, em Ubatuba para participar e trazer o apoio oficial do MMA à 1ª Oficina do Coletivo de Animadores do Núcleo Regional Litoral Norte dos Programas Municípios Educadores Sustentáveis – MES – e Programa de Formação de Educadores Ambientais.
A oficina foi realizada no futuro Centro de Educação Ambiental da Praia Brava da Fortaleza, contando com os facilitadores Eduardo Piva e Marta Penha de Carvalho e o apoio do Aquário de Ubatuba.
Participaram dessa Oficina, representantes dos quatro municípios e de várias secretarias municipais, entre as quais as Secretarias de Meio Ambiente e de Educação de Caraguatatuba, São Sebastião e Ubatuba, de Arquitetura e Urbanismo/ Ubatuba, Câmara Municipal de São Sebastião, educadores, acadêmicos da Unitau e da Usp, SABs, munícipes, profissionais liberais, empresários, agentes de saúde e outras instituições tais como: Instituto Argonauta, ADUBA, FUNDART, Aquário de Ubatuba, AMEU, IPEMA, Centro Cultural São Sebastião Tem Alma, Associação Mantenedora do Aquário de Ilhabela, Instituto Gondwana, ADC Ubatuba, Conselho Municipal de Saúde de Ubatuba, ACDU, Green Way, Caeté-Ecologia, Terra Mar, Mopress, Instituto Ambiental de Itu, ACAJU e representante dos artesãos de Ubatuba.
Esta oficina teve como objetivo esclarecer dúvidas sobre os dois projetos, ampliar a participação das quatro cidades e planejar as ações a serem desenvolvidas. No final do dia foram formadas comissões com participantes agrupados por município.
O Programa MES – Municípios Educadores Sustentáveis – vem sendo desenvolvido em várias regiões do Brasil e tem procurado agrupar municípios que já participam dos Comitês de Bacias Hidrográficas ou alguma outra forma de organização regional para solução de problemas ambientais.
Um dos objetivos principais do programa é:
“Estimular e apoiar em cada município a organização das instituições locais e a realização de parcerias para a construção de projetos educativos que conduzam à sustentabilidade”
“A maior vantagem para o município que adere ao Programa consiste em receber orientação e formação de quadros para o processo de transformação de seu modelo de gestão. A gestão centralizada vai sendo gradativamente substituída por uma gestão participativa, e por um modelo de sustentabilidade local que leve em conta a realidade do município.”
Além disso, “todos aqueles que cumprirem os objetivos delineados nos Foros Regionais” receberão o Selo MES - Município Educador Sustentável, que é uma espécie de certificado ISSO de qualidade, o que dará ao município uma maior qualificação para acesso a financiamentos federais e de instituições internacionais.
Um dos processos educacionais previstos pelo MES é o Programa de Formação de Educadores Ambientais, cujo objetivo é
“Contribuir para o surgimento de uma dinâmica nacional contínua de Formação de Educadores(as) Ambientais, a partir de diferentes contextos, que leve à formação de uma sociedade brasileira educada e educando ambientalmente.”
A Sra. Semiramis Biasoli já esteve em Ubatuba em 10/02 para divulgação e para uma primeira discussão desses programas. Esse primeiro grupo teve a incumbência de estudar e se aprofundar no conhecimento dos programas para socializar com as outros municípios e instituições do Litoral Norte.
Em seguida, nos dias 31 de março e 1º de abril, em Indaiatuba, devido à complexidade dos programas, foi realizado um grande seminário com transmissão ao vivo via tv a cabo, e, além da equipe da Diretoria de Educação Ambiental, contou com a participação de várias universidades e de representante da Secretaria Estadual de Educação e de Meio Ambiente. Foram convidados representantes de 4 bacias hidrográficas do Estado de São Paulo: do Rio Tietê, Piracicaba, Rio Grande e Litoral Norte. Do Litoral Norte, participaram representantes de Ubatuba e Ilhabela. Nesse seminário, cada região apresentou um relato do que já é feito em termos de educação ambiental e quais os recursos e possibilidades de cada região.
Cada participante voltou com a tarefa de socializar as informações e atrair as instituições que possam contribuir para o desenvolvimento do programa local.
Durante a oficina realizada dia 22/05, concluiu-se que uma das tarefas mais importantes, urgentes e necessárias é a adesão das instituições de nível superior e dos prefeitos das quatro cidades. Um representante da Prefeitura de Ubatuba acha que é quase certo a adesão da Prefeitura porque ela já disponibilizou vários funcionários para participarem da construção do programa local. Apenas o município de Ilhabela ainda não tem um representante do governo local nos dois programas.
Os quatro municípios terminaram suas discussões e as expuseram para o grupo, sendo que, no geral, todos pareceram bem envolvidos e estimulados a prosseguir trabalhando a fim de atingir os objetivos dos dois programas e, com isso, fazer com que nosso país, através de seus cidadãos, trilhe com firmeza os caminhos da sustentabilidade. (Fonte: Comissão de Comunicação)

Notícias de Caraguatatuba Topo

O Guaruçá Caraguatatuba

Motorista escapa de linchamento após acidente em que 5 pessoas morreram
Moradores do bairro Massaguaçu foram até a Santa Casa para tentar linchar acusado de acidente; Polícia Militar é acionada para reforçar segurança

Caraguatatuba - O operador da Bolsa de Valores Marcelo Fonseca Aragão, 34 anos, acusado do acidente na rodovia Rio-Santos em que cinco pessoas morrreram, escapou de um linchamento quando estava internado na Santa Casa de Caraguatatuba.
A Polícia Civil informou que o motorista foi ameaçado de linchamento no último sábado por moradores do bairro do Massaguaçu, revoltados com o acidente. A Polícia Militar foi acionada para reforçar o policiamento no local.
A Polícia Civil de Caraguá começou a investigar a origem da maconha encontrada no veículo Ford Explorer dirigido por Aragão.
O acidente ocorreu às 7h45 de sábado, nas proximidades do bairro do Massaguaçu. Aragão dirigia um Ford Explorer e teria perdido o controle do veículo, invadido a pista contrária e batido em um Ford Fiesta que seguia no sentido contrário.
Os cinco ocupantes do Ford Fiesta morreram no acidente --Pedro Alves Teles, 62 anos, que dirigia o carro; Carla Cristina Alves da Silva, 24 anos; Ivone Borges, 37 anos; Victor Borges, 2 anos, e Ismael Borges, 36 anos.
Familiares das vítimas suspeitam que o motorista do Ford Explorer estaria embriagado ou drogado no momento do acidente. Aragão sofreu ferimentos leves.
Segundo a delegada Elizabeth Maluf Zago, responsável pelo inquérito, uma pequena porção de maconha, de 1 grama, teria sido encontrada pela polícia debaixo do banco do passageiro do Ford Explorer, com placa de São Paulo.
O veículo pertence a Aragão, que foi indiciado por homicídio culposo --sem intenção de matar--, cuja pena prevê de dois a quatro anos de detenção. O motorista pagou fiança de R$ 1.100 e responderá o crime em liberdade.
Segundo a delegada, o exame de embriaguez realizado em Aragão, na delegacia, teve resultado inconclusivo pelo fato de o motorista ter recebido medicamento na Santa Casa, logo após o acidente. "Pode ter havido imprudência e negligência por parte do motorista", disse a delegada.
A delegada afirmou que serão realizadas perícias técnicas no veículo para saber suas condições mecânicas e a velocidade que o motorista trafegava no momento do acidente.
A polícia investiga também a denúncia de que o motorista do Ford Fiesta fazia transporte clandestino. O inquérito deverá ser concluído em 30 dias.
OUTRO LADO - Aragão não foi localizado ontem para comentar o assunto. O advogado de Aragão, Hamilton Sodré, responsável pela sua defesa, disse que ele está internado em uma clínica da capital em estado de choque.
Sodré afirmou que o acidente teria ocorrido quando Aragão deixava sua casa de veraneiro, na praia de Capricórnio, para comprar pão em uma padaria do Massaguaçu. "Ele não sabe explicar o que ocorreu no momento da batida. Ele ainda está muito abalado com o acidente", disse.
Segundo Sodré, a droga encontrada no carro não pertence ao seu cliente. "O carro ficou muito tempo em frente à delegacia e qualquer um poderia ter colocado a droga no interior do veículo", disse.
Josefa Teles, 64 anos, mulher do motorista Pedro Teles, disse que a família cobrará indenização pela sua morte. Teles deixou seis filhos. "Ele (Aragão) estava dirigindo embriagado. Foi um irresponsável", disse. Josefa negou que Teles fazia transporte clandestino de passageiros no momento do acidente. "Ele apenas deu carona para alguns amigos", afirmou. (Fonte: ValeParaibano)

Estado dá aval para obra do CDP

Caraguatatuba - A Prefeitura de Caraguatatuba informou ontem que o DEPRN (Departamento Estadual de Proteção dos Recursos Naturais) aprovou a área indicada pelo prefeito José Pereira de Aguilar (PSDB) para abrigar o CDP (Centro de Detenção Provisória) do Litoral Norte.
Segundo a prefeitura, o laudo foi entregue na sexta-feira à SAP (Secretaria de Administração Penitenciária). A única restrição feita pelo DEPRN teria sido quanto ao local indicado para receber o esgoto. A prefeitura informou que será elaborado um novo projeto de esgoto.
A área para construção do CDP fica no bairro do Porto Novo, a 18 quilômetros do centro. Aguilar deve agilizar agora a desapropriação da área de 102 mil metros quadrados.
O CDP terá 10 mil metros quadrados e capacidade para 768 presos, alojados em oito módulos, cada um com capacidade para 96 detentos. O Estado deve investir R$ 13 milhões na obra, que deve ser concluída em oito meses, a partir da doação da área ao Estado.
Na semana passada, a prefeitura realizou uma audiência pública para apresentar o CDP. (Fonte: ValeParaibano)

Ministério Público quer impedir realização de rodeio

Caraguatatuba - O Ministério Público, através de uma ação civil pública proposta na última quinta-feira pelo promotor Moacyr Whitaker Cohn de Assumpção, pretende impedir a realização do rodeio na cidade, que está programado para começar na quinta-feira, em estrutura montada ao lado do terminal rodoviário.
De acordo com o promotor, o motivo da elaboração da ação se fundamenta nos “maus tratos que os animais sofrem em eventos deste tipo”
“A lei determina que maltratar animais é crime. A ação se baseia neste quesito. Não entrei em outros méritos, até porque acredito na legalidade da empresa organizadora”, afirma.
A ação foi ingressada na 2ª vara cível de Caraguatatuba. O despacho do juiz deve ser concluído até o final da tarde de hoje.
O advogado da empresa Big Star, que organiza o rodeio, Marcelo William Moreira de Lima, permanece no aguardo da decisão do juiz para decidir qual medida judicial será ingressada. “Vamos tomar as atitudes cabíveis. O empecilho é que o Fórum de Caraguatatuba não funciona nos feriados e, se for necessário sustar a medida, temos que recorrer ao plantão judicial em São José dos Campos ou São Paulo”, diz.
Questionado sobre as leis de nº 10220 e 10519, que permitem a execução de rodeios, Lima diz: “As leis existem, mas o Ministério Público é uma instituição de grande valor e crédito”, relata.
Para Vera Moraes, da Big Star, “os animais não se machucam e nem sofrem nenhum tipo de dano durante os rodeios”.
Segundo suas palavras, além do “sedem ser de lã”, serão usadas “esporas sem pontas”. “Estamos de acordo a lei. Teremos a presença de veterinário e possuímos todos os alvarás. Rodeios existem há muito tempo no Brasil inteiro. Não existe motivo para o evento deste feriado ser cancelado”, argumenta.
Apesar de não estar diretamente ligada à organização, a prefeitura municipal de Caraguatatuba oferece suporte ao rodeio, mas permanece na expectativa da decisão do juiz. “Estamos aguardando. Vamos agir conforme a determinação legal”, explicou o diretor de eventos da Secretaria de Turismo, Gilson Cabrera. (Fonte: Imprensa Livre)

“Litoral em Dança” teve mais de cem coreografias apresentadas

Caraguatatuba - O Teatro Mário Covas foi movimentado nos últimos dias com a realização do “1º Litoral em Dança”. Em três dias de mostra competitiva, mais de 100 coreografias foram apresentadas, envolvendo cerca de mil bailarinos. Ao todo, participaram representantes de 21 cidades, de São Paulo, Minas Gerais e Paraná.
A estrutura do evento agradou a maioria dos participantes. De acordo com os organizadores, houve uma preo-cupação para oferecer as melhores condições para todas as pessoas e principalmente manter a segurança dos artistas e público em geral.
Segundo a coordenadora de dança da Fundacc e diretora do Litoral em Dança, Cristina Neves, o intuito do festival foi traçar um panorama da dança no país e realizar a troca de experiência entre os grupos. Ela considera que esse foi um meio de estimular, divulgar e valorizar as expressões artísticas em dança, oferecendo espaço a artistas novos e grupos amadores.
Para a presidente da fundação, Eloíza Antunes, essa realização foi um meio de oferecer um espaço para as apresentações de dança. Na apresentação do Corpo de Baile de Caraguatatuba, ela destacou que os jovens envolvidos na arte têm muito potencial e só precisam de um incentivo para mostrar o que podem fazer.
No último dia o público pôde conferir 40 coreogra- fias. Nos dias anteriores, foram apresentados 32 e 38 espetáculos respectivamente.
Durante o encerramento, ocorrido no domingo, o grupo Passo a Passo fez um show à parte, com a apresentação dos integrantes do corpo de baile do Estúdio Ballet Cisne Negro, que foram convidados para mostrar seu trabalho.
Na ocasião, foram divulgados os resultados que elegeu os melhores, nas modalidades adulto, infantil e juvenil, das seguintes categorias: ballet de repertório, clássico livre, street dance, jazz, contemporâneo, estilo livre e carácter. Os primeiros colocados receberam certificados e troféus, mas o melhor bailarino, o melhor bailarino e a melhor coreografia da mostra receberam cada um, o prêmio em dinheiro no valor de R$ 1 mil. O ballet Ana Araújo, de São José dos Campos conquistou o prêmio de melhor coreografia e um de seus integrantes ganhou o título de melhor bailarino.
Quem julgou as apresentações nos três dias, foram Isaura Guzman, Luís Arrieta e Camilla Pupa. Isaura é formada pela Escuela Nacional de Artes Havana. Ela foi integrante do Ballet de Cuba e diretora permanente da CUMBRE Cia de Dança de São Paulo.
Já Luís, é coreógrafo, professor e pesquisador, natural da Argentina. Ele foi por duas vezes o diretor artístico do ballet de São Paulo e diretor do Eco ballet de câmara contemporâneo de Belo Horizonte. Camilla é diplomada pela Escola Municipal de Bailados de São Paulo e habilitou-se como artista, bailarina e maitre pelo Sindicato dos profissionais da dança do Rio de Janeiro e pelo sindidança de São Paulo. Desde então vem se dedicando na preparação de bailarinos e professores.
Os workshops realizados durante o festival propiciaram novos conhecimentos a pelo menos 360 bailarinos, gratuitamente. Eles aconteceram durante três dias, no período da manhã e tarde. Aliás, durante esse período, também foram realizados apresentações em praças públicas, para descentralizar o que seria realizado durante a Mostra competitiva.
Grupos da região - Os dançarinos da região mostraram que têm potencial e competência para competir com outros grupos do país. A abertura do “Caraguá em Dança”, com a apresentação de Coppélia, pelo Corpo de baile municipal, mostrou ao público um trabalho de qualidade, que demorou seis meses para ficar pronto.
Esse trabalho teve o empenho de alunos e profissionais, que se dedicaram para mostrar o seu melhor. Cristina Neves foi quem remontou e dirigiu o espetáculo. Jac Costa foi o responsável pelo cenário e Junior Magresco pela iluminação.
Além do grupo da casa fazer bonito, outros também foram destaques. O primeiro é o grupo Pés no Chão, de Ilhabela, que conquistou o primeiro lugar na categoria Clássico Livre Adulto. Apesar de não ser da filosofia do grupo participar de competições, o Pés no Chão mostrou o trabalho a pedido de vários alunos. Somente na produção estão participando 20 pessoas.
Quem montou a coreografia foi Mauro Schnaider, quando passou pela região e os ensaios feitos por Virgínia Uca. O tema apresentado tratava de sensações, liberdade e prisões. Essa coreografia vencedora também irá competir por Ilhabela no Mapa Cultural Paulista.
O co-reógrafo responsável também recebeu o prêmio de revelação durante a mostra.
O grupo flamenco Guadalquivir também foi destaque no “Litoral Dança”, ficando em terceiro lugar, no carácter adulto, com a coreografia La Geralda Y Palmas. Não foi a primeira vez que a coreografia é premiada e a diretora do grupo, Martine Blain diz que já está preparando outro trabalho para ser mostrado. “Devemos parar essa com essa apresentação, que fazemos há mais de um ano e, montar uma outra. Nossa primeira meta é participar do Mapa Cultural Paulista”, destacou.
No total, participam dessa coreografia 10 pessoas. Ela retrata uma tradicional festa realizada em Sevilla. Martine explica que para chegar ao ponto que está hoje precisou de muitos ensaios e dedicação dos artistas. “Fizemos uma apresentação muito boa, com muita força e disciplina.
Vejo a montagem diariamente, mas sempre tenho algo a aprender”, ressaltou. A categoria carácter engloba diversos ritmos e está relacionada ao folclore. “Acho que o palco e a estrutura contribuíram para nosso resultado. Quem fez o evento, fez bem feito”, finalizou. (Fonte: Imprensa Livre)

Equipe de Karatê de Caraguá é destaque em Ubatuba
Este é o terceiro campeonato que a equipe sagra-se campeã, este ano. A próxima competição acontece no sábado, dia 28, no Ginásio do Ibirapuera, em São Paulo

Caraguatatuba - Equipe de Karaté da Secretaria de Esportes e Recreação de Caraguatatuba sagrou-se campeã do 3º Gran Prix Nunes de Karaté. A competição aconteceu no domingo, dia, 22, em Ubatuba e reuniu de 16 associações e cerca de 220 atletas.
A equipe caraguatatubense participou com 34 atletas das 34 categorias disputadas e trouxeram para casa 9 medalhas de ouro, 6 de prata e 9 de bronze. A equipe disputou as categorias Katá e Shiai Kumitê, que também é dividida em subcategorias. Caraguá conseguiu 272 pontos na contagem geral dos pontos, enquanto Ubatuba, a segunda colocada, teve 126 pontos.
"Essa é a terceira vitória que tivemos neste ano, a primeira aconteceu em Cubatão, quando os atletas disputaram o Campeonato Paulista Regionalizado, a Segunda aconteceu em São Paulo e agora a nossa terceira vitória. Para nós este é o resultado de muito treino e dedicação", afirmou Edson Mendes do Amaral (Edinho), técnico da equipe.
No próximo sábado, dia 28, às 9h, a equipe participará, no Ginásio do Ibirapuera, em São Paulo da final do Campeonato Paulista Karatê Boys. Das quatro cidades do Litoral, somente Caraguatatuba foi classificada para participar da competição. Foram classificadas 4 atletas: Débora Cristine torres, Karen Steffany, Jéssica Dias e Larissa Suzuki. Disputaram uma vaga na competição, cerca de 626 associações e aproximadamente 500 atletas. "Estamos confiantes para a competição, esta semana vai ser de muito treino e esperamos continuar fazendo o mesmo trabalho que temos feito este ano", finalizou Edinho. (Fonte: PMC)

Ciclista de Caraguá conquista primeiro lugar em Ubatuba
Mesmo com muitas dificuldades os resultados foram positivos para a equipe caraguatatubense

Caraguatatuba - O atleta da Associação de Ciclismo de Caraguatatuba, Francisco Alves, garantiu o primeiro lugar na 4ª etapa do Campeonato Valeparaibano, na categoria Máster. O campeonato aconteceu domingo, dia 22, em Ubatuba.
Participaram ainda do campeonato, na categoria Sênior A, os atletas João Alves que ficou com o 4º lugar, Sérgio Minato ficou com 9ª colocação, Selmo Alves ficou com a 14ª e José Joaquim, mesmo com pneu furado conseguiu a 30ª colocação. Na categoria Sênior B, Adolfo José terminou em 12º e Alexandre Magno teve o pneu furado e não terminou a proba. Na Sub-30, Jefferson Bonifácio teve uma queda, mas conseguiu terminar a prova e ficou em 15º lugar, Gustavo Rodolfo também teve o pneu furado e não terminou a prova.
A competição foi realizada na rodovia Rio Santos. Todas as categorias largaram do centro da cidade. As categorias Sênior A e B e a Sub-30 seguiram pela rodovia até a divisa do estado, um percurso de 50 metros, onde retornaram para o local de largada, totalizando 100 metros de corrida. Já a categoria Máster B, retornou na altura dos 25 km, totalizando 50 metros de prova.
Foram muitas dificuldades ao longo da corrida, devido a forte chuva durante a realização do evento. A pista ficou escorregadia e os tombos foram constantes, em alguns trechos a velocidade chegou a 70km, sem falar no frio e nos vários pneus furados causando assim, desistência de diversos atletas. (Fonte: PMC)

Enxadrista de Caraguá é quinto em São José dos Campos
O atleta disputará a próxima etapa que acontece no dia 19 de junho, em Pindamonhangaba

Caraguatatuba - O atleta de Xadrez de Caraguatatuba, Fábio Alves Lins Júnior, conquistou o quinto lugar na 4ª etapa do 6ª Circuito Valeparaibano de Xadrez, que aconteceu no dia 22, Sábado, em São José dos Campos.
A competição reuniu todas as cidades do Vale do Paraíba e Litoral Norte e teve a participação de cerca de 101 participantes. Fábio foi único atletas do Litoral Norte que garantiu a classificação para a próxima fase do circuito.
A próxima rodada acontece no dia 19 de junho, em Pidaminhangaba. (Fonte: PMC)

Caraguá define programação para o Dia do Desafio
Além das Secretarias de Esportes e Educação todas as associações, SABs academia e a população em geral podem formar suas equipes e praticar uma atividade

Caraguatatuba - Caraguá já está se preparando para o Challenge Day (Dia do Desafio) que acontece anualmente, no mês de maio. Este ano, a competição será no dia 25. A programação já está definida. As atividades acontecem na Praça Tom Ferreira, núcleos esportivos e escolas municipais. O evento está sendo organizado pela Secretaria de Esportes e Recreação em parceria com o SESC de São José dos Campos, com apoio das demais secretarias municipais.
Durante todo o dia a programação vai ser intensa. Na Praça Ton Ferreira serão disputadas modalidades de Vôlei, Basquete e Skate, nos núcleos esportivos terão as atividades de Futebol, Vôlei, Basquete e Handebol, as escolas municipais farão atividades com temas livres. Além das Secretarias de Esportes e Educação, as demais secretarias e a Câmara Municipal estarão praticando uma atividade física às 16h, na Rua Frei Pacífico Wagner.
Todas as instituições, como associações, SABs, academias e a população em geral podem formar suas equipes e praticar um atividade física, para ajudar Caraguá a vencer a cidade adversária. Após a atividade, as informações como atividade praticada e quantidade de pessoas participantes devem ser informadas para a Secretaria de Esportes nos telefones 3888-4110/3887-1165.
Este ano, Caraguá enfrenta a cidade de Danlí Honduras, que fica no estado de El Salvador em Honduras. No ano passado, Caraguá venceu a cidade de Cadereyta de Montes (México). 62.22% da população aderiu a campanha e praticou uma atividade física, uma média de 43,107 habitantes. Este ano, a cidade espera superar o ano anterior, e vencer a cidade adversária.
O Dia do Desafio começou em 1983, na cidade do Canadá. No ano seguinte, a experiência foi compartilhada com as cidades vizinhas. Desde então, o Dia do Desafio passou a realizar-se anualmente, e cresce em número de cidades, e em total de participantes, ano após ano.
O evento é uma competição entre cidades, uma disputa entre amigos, é uma forma de incentivar em cada pessoa da empresa, da escola, da rua, do bairro, enfim, de toda a comunidade a praticar uma atividade física diária para poder ter uma vida mais saudável. (Fonte: PMC)

Câmara participa do Challenge Day
Funcionários, Vereadores e Assessores vão dançar por 15 minutos

Caraguatatuba - A Câmara Municipal de Caraguatatuba promete muito axé a vibração por 15 minutos na próxima quarta-feira – 25 de maio, às 16h30. Tanta animação se deve ao fato de acontecer neste dia o 10º Challenge Day “O Dia do Desafio”, quando Caraguatatuba estará disputando com a cidade de Danli – em Honduras, na América Central.
Nos 10 anos de Challenge Day, Caraguatatuba perdeu somente em 95 e 96, para cidades situadas no Brasil e no exterior. O Dia do Desafio é a competição onde vence a cidade que tiver a maior porcentagem de pessoas, com base em sua população fixa, praticando pelo menos 15 minutos de atividade física.
Na convocação geral expedida pela Direção Geral da Câmara a ordem é descontrair e mexer o esqueleto por 15 minutos, como forma de ajudar o município e driblar a “Inatividade Física”. A atividade escolhida pela Câmara será a dança, que terá axé e outros ritmos contagiantes.
É dado como certo que a Câmara dará a sua contribuição para o Challenge Day juntamente com a Prefeitura, ou seja, com o Prefeito Aguilar, funcionários e Secretários Municipais. Um carro de som ficará a disposição durante os 15 minutos na rua Siqueira Campos para os membros do Legislativo e Executivo ajudarem a cidade a vencer a partir das 16h30.
No mesmo dia está programada uma Audiência Pública sobre a Lei de Responsabilidade Fiscal, às 16 horas de quarta-feira - 25 de maio, que deverá ser interrompida por 15 minutos para a realização da atividade física. Estima-se que em torno de 100 pessoas da Câmara e Prefeitura participem da atividade no Dia do Desafio. (Fonte: Câmara Municipal de Caraguatatuba)

Câmara discute Semana da Mulher
Projetos da Sessão anterior também estão na pauta

Caraguatatuba - A Câmara Municipal de Caraguatatuba discute nesta terça-feira – 24 de maio, durante a sua 16ª Sessão Ordinária semanal, projeto de autoria do Vereador Omar Kazon (PL), que institui a “Semana da Mulher” em Caraguatatuba. Os projetos não votados na semana anterior também estão na pauta para serem discutidos.
O projeto do Vereador Omar Kazon é na verdade um tributo às mulheres. Na propositura constam atividades como Cabeleireiro, Manicure, Ginástica, Medicina, entre outros. Além destes eventos, haveria palestras que abordem o mundo feminino no relacionamento afetivo, no dia-a-dia, na política e no trabalho. Se aprovado, a Semana da Mulher aconteceria na primeira semana do mês de março.
Os projetos não votados na semana anterior voltam a pauta nesta sessão. Do Vereador Aurimar Mansano (PTB), dispõe sobre a arborização da cidade. Este projeto seria na verdade um apoio ao gerenciamento urbanístico do município, onde o crescimento e o desenvolvimento de uma cidade não pode estar alheia ao Meio Ambiente.
O terceiro e último projeto da noite é de autoria do Vereador Agostinho Lobo de Oliveira – Lobinho (PSDB), que concede Cestas Básicas para os portadores de doenças graves em Caraguatatuba. Segundo o projeto todo aquele que tiver renda mensal inferior a 2 salários mínimos e estiver em tratamento contínuo por mais de 3 (três) meses, terá direito a 1 (uma) Cesta Básica mensalmente na Assistência Social.
Esta sessão, que será transmitida ao vivo pela NET – TV a Cabo, no seu canal 30, marca a volta do Presidente Juarez Pereira Pardim (PPS) a sua função, depois de um afastamento de 15 dias, em virtude de uma cirurgia de Apêndice. O mesmo acontece com o Vereador Omar Kazon (PL), que retorna ao Legislativo depois uma cirurgia corretiva, que o afastou por 15 dias das funções. A Sessão Ordinária semanal é aberta a população e tem início sempre às 19h30. (Fonte: Câmara Municipal de Caraguatatuba)

Programa Ação Litoral

Notícias de Ilhabela Topo

Vulcano Portal da Palmeira

Câmara X Câmara

Ilhabela - A Câmara de Ilhabela ganhou a partida por 5x2 contra a Câmara de São Sebastião e o presidente da Câmara Sebastianense, Wagner Teixeira, não fez gol, mas não vai abandonar a carreira política como havia prometido anteriormente, pois segundo ele, o time da Ilha não era formado unicamente por membros da Casa de Leis, sendo assim, para ele, a partida não foi válida.
Luiz Lobo, rebateu as informações do colega, admitindo que o time não era formado por membros da Câmara, (o prefeito Manoel Marcos, o secretário de Esportes Beto de Mazinho também jogaram pelo time da Ilha) mas que se comparados por idade, o time de São Sebastião tinha a obrigação de ganhar a partida. "Jogamos com veteranos, quarentões e eles jogaram com um time com rapaziada de 20 anos", justificou o presidente.
Na foto os presidentes das Câmaras de Ilhabela e São Sebastião: Luiz Lobo e Wagner Teixeira, rivais só na escolha dos times do coração. (Fonte: Câmara Municipal de Ilhabela)

Aniversário do Márcio Junior

Ilhabela - O fim de semana foi de comemorações, com o aniversário do herdeiro do vereador Marcio Garcia de Souza, o Márcio Junior, que comemorou seu primeiro aninho de vida junto com o priminho, Augusto Amorim, na escolinha Cata Vento. O parlamentar emocionou os presentes, num belo discurso, agradecendo a Deus pelo presente de poder acompanhar de perto o desenvolvimento de seu filho.
Aniversário no Hotel Ilhabela - Nicolas Dutra Rosas, também comemorou seus dez anos em grande estilo no Hotel Ilhabela. Os pais do moço, Débora Bock Dutra e Henrich Rosas Tampe, da Thermo Service, eram só sorrisos. Os amiguinhos aprovaram a tarde, que foi regada com piscina, jogos de pimbolim e muito bolo de chocolate.
Na foto: as famílias Souza e Amorin com seus respectivos bebês: Márcio Garcia, a esposa Jose de Amorin e o filho Márcio Junior e o casal Willian e Diana Amorim, com o filho Augusto. (Fonte: Câmara Municipal de Ilhabela)

Notícias de São Sebastião Topo

São Sebastião Superchic

Após 4 h no mar, turista é resgatado

São Sebastião - "Nasci de novo". A expressão resume o drama do turista José Maria da Silva, 35 anos, resgatado na manhã de domingo pelo bombeiros, após passar quatro horas no mar, enfrentando a ressaca e ondas de até três metros de altura, em São Sebastião.
Silva recebeu alta ontem a tarde no hospital da cidade. Ele e mais três amigos, todos de Mogi das Cruzes (SP), pescavam na madrugada de domingo em uma costeira da praia do Toque-Toque Pequeno, quando uma onda o lançou ao mar.
"A gente não pôde fazer nada porque estava muito escuro e as ondas eram enormes", afirmou o amigo Ademir Francisco Rosa, 31 anos.
Segundo ele, somente era possível ouvir os pedidos de socorro de Silva. Os amigos acionaram o Corpo de Bombeiros. Silva foi resgatado por volta das 8h, a um quilômetro do local onde pescava.
Silva disse que procurou se afastar da costeira, para evitar que as ondas lançassem seu corpo contra as pedras. "Decidi tirar toda a roupa e ficar apenas de cueca para poder nadar melhor", afirmou.
Católico, ele disse que passou boa parte do tempo rezando e pedindo a Deus que lhe salvasse. Silva é casado e tem um filho. (Fonte: ValeParaibano)

Caminhoneiros apelam por fim da proibição de tráfego na Costa Sul
DER afirma que não há possibilidade de alterar limite de peso de caminhões por conta das condições da rodovia

São Sebastião - A Coopertrans (Cooperativa de Transporte de Cargas de São Sebastião) está fazendo um apelo às autoridades do município para revisão da portaria do DER (Departamento de Estradas e Rodagem) que proíbe o tráfego de caminhões acima de 15 toneladas no trecho da SP-55 entre Praia Grande e Baleia, na Costa Sul.
Outro problema apontado pelo presidente da cooperativa, José Benes Filho, o Pepisco, é o fechamento da barreira de Barra do Una. “Como o DER não tem balança para aferir o peso, eles multam nossos caminhões vazios ou cheios.
Vazio, um caminhão pesa 8 toneladas. Agora, fecharam o acesso à nossa barreira, o único trabalho que tínhamos. O impressionante é que a rodovia tem milhares de acessos ilegais e a cooperativa trabalhando com 70 caminhões é um transtorno”, desabafou.
Pepisco cita que grandes empresas trafegam normalmente com a obtenção de liminares judiciais.
“A Enob, empresa coletora de lixo, não tem problemas com seus caminhões trucks e fazem o transbordo diariamente, apoiada pela lei e pela prefeitura. Nós caminhoneiros ficamos na marginalidade, sendo humilhados, trabalhando de noite, de madrugada, sempre apavorado em saber se a Polícia Rodoviária vai nos multar ou nos prender”.
O presidente da Coopertrans disse ainda que luta para que os serviços existentes na cidade sejam repassados aos caminhoneiros locais. “Infelizmente empresas de fora estão aí e quando precisam, terceirizam com mais empresas de outros municípios. O único meio de haver justiça e uma distribuição de renda é fazer com que as autoridades apóiem o cooperativismo”, concluiu.
O DER informou ontem, por meio de sua assessoria de imprensa, que não há possibilidade de alterar o limite de peso de caminhões por conta das condições da rodovia, isto é, pavimento e segurança. Na última terça-feira, durante sessão da Câmara, o órgão estadual foi alvo de duras críticas do vereador Wagner Teixeira, que deverá buscar apoio junto a lideranças políticas do Estado. (GG) (Fonte: Imprensa Livre)

Protesto por segurança em rodovia reúne 200 pessoas na Enseada
Manifestantes afirmam que, caso obras não sejam iniciadas até amanhã, pistas serão ‘bloqueadas’ no feriado

São Sebastião - Um protesto organizado pela Sociedade Amigos do Bairro da Enseada reuniu cerca de 200 pessoas, no último domingo, na praça principal do bairro. O objetivo foi sensibilizar autoridades sobre os riscos de acidentes no trecho duplicado da SP-55.
Não houve paralisação do trânsito, porém, isso ainda não está descartado. “Vamos aguardar providências até quarta-feira. Se nenhuma obra começar, como a colocação de lombadas, vamos interditar a estrada durante todo o feriado”, ameaçou a presidente da SAB, Débora Trindade.
Entre as reivindicações da comunidade estão: rotatória de acesso ao bairro, iluminação central, passagem para cadeirantes, faixas de pedestre e lombadas.
De acordo com a presidente, após a duplicação da rodovia, a velocidade dos carros aumentou significativamente. “Hoje existe um risco grande, principalmente, em frente à escola, onde crianças atravessam diariamente. Além disso, como aqui é um bairro de periferia, as crianças estão acostumadas a viver com liberdade e correm risco ao atravessarem para a praia”, observou.
Para ela, a faixa de pedestre e as lombadas já possibilitariam uma travessia com mais segurança.
Em razão da falta da rotatória, alguns motoristas realizam conversões proibidas, já que o ponto de retorno mais próximo no sentido São Sebastião-Caraguá fica no Canto do Mar, a cerca de 2km da Enseada. Débora disse que já esteve na prefeitura para reivindicar tais melhorias. Ontem pela manhã, ela protocolou ofício na sede do DER, em Caraguá.
“Fizemos o pedido por escrito, mas antes mesmo do protesto já havia recebido um telefonema de um engenheiro do DER, que garantiu melhorias na segurança”.
Na última sexta-feira, antes da manifestação, a reportagem entrou em contato com a assessoria de imprensa do DER.
A informação obtida era de que existem placas indicativas de limite de velocidade e que a fase atual é de observação do novo traçado. Em março, durante visita à cidade, o secretário de Transportes, Dario Rais Lopes, percorreu este trecho da SP-55 e anunciou a construção da rotatória, que ainda não foi iniciada. (GG) (Fonte: Imprensa Livre)

Prefeitura entrega nova frota com 33 veículos nesta quinta-feira (26/05)
Medida foi adotada pela atual administração em razão do sucateamento da frota encontrada no começo do ano

São Sebastião - Nesta quinta-feira (26/05), chega a São Sebastião a primeira fase de renovação da frota de veículos. A solenidade de Renovação da Frota será realizada nesta quinta-feira, às 19h30, na rua Duque de Caxias (ao lado da Igreja Matriz). Nesta primeira fase, 33 veículos foram adquiridos pela Prefeitura de São Sebastião, por meio de pregão presencial, uma nova modalidade de licitação utilizada para a aquisição de bens e de prestação de serviços comuns, o que gerou uma economia de mais R$ 35 mil aos cofres públicos.
De acordo com instituições ligadas ao assunto, o acesso às licitações por essa nova modalidade, o pregão presencial, está ao alcance de todos, propiciando benefícios para todos os envolvidos no processo: para a sociedade, a ampla transparência; para o fornecedor, o amplo acesso à disputa e para a administração, a celeridade no processo de compra, a redução de preços, de custos operacionais e de tempo de duração do certame.
Para o prefeito a disponibilidade destas informações visa o atendimento de objetivos e compromissos deste governo, ou seja, o de promover um ajuste fino nas despesas públicas e propiciar maior transparência à gestão de compras governamentais, por meio de livre consulta. De acordo com o secretário de Administração, Alberto Guilherme Carlini, até julho, o município deverá receber a segunda fase de renovação da frota, que incluirá de três a cinco ambulâncias.
De acordo com o secretário da Fazenda, Amin Nossabein, numa previsão inicial seriam gastos R$ 889.234,75 para adquirir os 25 gols, quatro saveiros e quatro kombis. “Com o pregão presencial o valor caiu para R$ 853.308,60 o que representou uma economia de R$ 35.926,15”, explicou Nossabein.
A Prefeitura de São Sebastião conta hoje, entre ambulâncias, furgões, caminhões, tratores, kombis, entre outros, com 100 veículos em funcionamento. Destes, cerca de 20%, de acordo com o Defrota da Secretaria da Administração, estão em manutenção, não sendo portanto, suficientes para atender a demanda de um município tão extenso. Também em razão do estado em que os veículos foram encontrados, boa parte sucateada, se fez necessária a aquisição de novos veículos. Até o presente momento para atender esta demanda, foi necessária a locação de 24 veículos, que com a chegada desta nova frota serão devolvidos.
Com a chegada da nova frota, a Prefeitura passará a contar com um total de 133 veículos. A nova frota sofreu uma padronização, sendo todos da marca Volkswagen. O secretário de Administração explica que a medida de padronização traz benefícios como uniformidade das especificações técnicas, dimensionamento racionalizado da frota, funcionalidade e segurança. Já a compatibilização da técnica com desempenho, equilíbrio e confiabilidade na manutenção e assistência técnica e uniformização da especialização e mão-de-obra, foram destacadas pelo secretário, como vantagens técnicas.
De acordo com Nossabein, a escolha da marca foi feita considerando a rede de concessionárias e oficinas que atendem de forma sistematizada, toda linha produzida pela montadora abrangendo todo o território paulista, além da vantagem econômica. “As kombis e gols adquiridos, com exceção das saveiros, são bi-combustível”, destaca.
Frota Sucateada - Em janeiro, ao visitar o pátio de transportes da Prefeitura, o prefeito considerou a situação encontrada como catastrófica. “Os que não estão sucateados estão parados por problemas mínimos, que poderiam ter sido resolvidos, mas devido ao tempo que estão parados, tiveram sua manutenção encarecida”, declarou na ocasião.
De acordo com o Defrota da Secretaria de Administração, a prefeitura tem hoje 100 veículos em funcionamento, sendo que, destes, 20% estão em manutenção. Além destes, existem ainda mais de 80 veículos e nove caçambas de caminhões coletores, que estão sucateados, sem condições de serem recuperados.
O próximo passo, de acordo com o secretário de Administração, será realizar um leilão, que ainda não tem data prevista. “A providência é tirar tudo o que se possa aproveitar de cada carro e o resto será leiloado”, conta. (Fonte: PMSS)

Amor Exigente oferece curso de sensibilização

São Sebastião - No próximo dia 04 de junho, das 8 às 18 horas, no Tebar Praia Clube, a Assae (Associação São Sebastião de Amor Exigente) e a Prefeitura de São Sebastião oferecem gratuitamente o “Curso de Sensibilização de Amor Exigente”.O Amor-Exigente é composto por grupos de apoio e ajuda mútua que encorajam a pessoa a agir em vez de só falar. Eles visam construir a cooperação familiar e comunitária, desencorajando a agressividade e a violência.
Quem participar aprenderá como agir para melhorar a sua qualidade de vida, prevenir uso de drogas e álcool, recuperar dependentes químicos e reestruturar a família.
O Amor Exigente é um novo enfoque para verdadeiros e comprovados conceitos de educação. É uma proposta comportamental, destinada a pais, orientadores, educadores e familiares em geral como forma de prevenir e solucionar problemas com os alunos, filhos, entes queridos. Em grupos de apoio e ajuda mútua do Amor-Exigente, os pais, professores e familiares são encorajados a agir e construir a cooperação familiar e comunitária. É para todos os que querem prevenir problemas e/ou querem trabalhar por sua Comunidade. A família e a escola devem ter a oportunidade de conhecer o Amor-Exigente.
O curso do Amor Exigente poderá ser feito por qualquer pessoa interessada, basta comparecer ao local. (Fonte: PMSS)

Agenda 21 em São Sebastião define novas metas para mobilizar a comunidade local

São Sebastião - Na última sexta-feira (20/05), o Pontal da Cruz, na Costa Norte do município, reuniu diversos segmentos da sociedade civil, entidades não governamentais e poder público que estiveram imbuídos em definir novas etapas para a elaboração da Agenda 21 Local. Na ocasião foram apresentadas as novas estratégias de sensibilização e mobilização que serão adotas no município.
Na ocasião o grupo da Agenda 21 cobrou comprometimento dos poderes públicos, visando alcançar algumas das metas propostas que estão intimamente ligadas a ações do legislativo e executivo. Entre estas metas está decretar e aprovar a implementação do Fundo Municipal da Agenda 21, do Fórum Municipal da Agenda 21 e a nomeação da Comissão Executiva da Agenda 21.
A Prefeitura de São Sebastião, enquanto poder público, já assumiu compromisso no processo de construção da Agenda 21 Regional do Litoral Norte e tem participado com um número expressivo de participantes. Nesta última reunião participaram o secretário de Governo, Paulo Rogério Motta, o secretário de Serviços Urbanos, José Carlos Moreno, além de representantes da Secretaria da Educação, da Secretaria de Saúde e da Secretaria de Meio Ambiente e Urbanismo.
O Fundo Nacional de Meio Ambiente já disponibilizou, mediante projeto aprovado, uma verba no valor de R$ 100 mil, que será investida neste processo. A Prefeitura de Ilhabela é a tomadora dos recursos junto ao Fundo Nacional do Meio Ambiente e o Instituto de Pesca é responsável pela coordenação técnica do projeto. As quatro Prefeituras Municipais já são parceiras, bem como diversas entidades da sociedade civil e vários órgãos municipais e estaduais.
Sete grupos regionais com integrantes das quatro cidades foram montados, sendo eles administrativo, pedagógico, divulgação, informação técnica, mobilização, rede 21 e indicadores do desenvolvimento sustentável. A estes grupos cabem articular estratégias para a formação continuada de agentes regionais que promovam o desenvolvimento local sustentável, por meio da disseminação dos princípios e indução dos processos de elaboração e implementação da Agenda 21 Local.
A representante da Facenorte, Célia Pinto, que também compõe o grupo de divulgação anunciou que o grupo está empenhado em reunir dados de todos os comércios, entidades civis, religiosas, educacionais, não-governamentais, e tantas forem possíveis no município para que se possa criar um canal de comunicação com estas entidades que deverão repassar as informações sobre o processo da Agenda 21 para o seu público. Todos podem se cadastrar passando endereço, telefone, nome para contato e e-mail, para o telefone 3892-5176 ou ainda para o endereço eletrônico (agenda21litoralnorte@grupos.com.br). Também está sendo articulada a montagem de uma Rede 21, que reúna todas as mídias para que a Agenda 21 chegue a todos os lugares.
O grupo Pedagógico também expôs suas ações. De acordo com Mercedes Pons Garcia, que represanta o grupo e a Secretaria da Educação, um concurso está sendo eleaborado sobre a Agenda 21 para ser lançado entre as escolas da rede municipal do Litoral Norte visando uma mudança de postura em relação ao tema. O concurso deverá ser lançado na categoria aluno, que irá variar de acordo com a idade, unidade escolar, por meio de aplicação de um projeto ligado ao tema e para a comunidade. Ainda falta estabelecer alguns aspectos como a data de lançamento e a premiação, o que deve ser acertado na próxima reunião Regional em Caraguatatuba. O concurso também deverá criar capas de caderno e um mascote para Agenda 21.
O questionário que servirá para identificar os problemas de cada bairro também foi tema de discussões e alguns apectos deverão ser definidos na próxima reunião regional. A Prefeitura também estará participando com a mobilização e envolvimento dos profissionais da área da Educação (escolas municipais) e da Saúde (Programa de Saúde da Família-PSF) para que os mesmos possam atuar como multiplicadores do projeto, bem como membros de entidades ambientalistas e líderes de bairro. A meta é atingir cerca de 80% da população municipal. ”Queremos usar estes meios para mobilizar a comunidade, sobre o que é Agenda 21, identificando os problemas do bairro. As pessoas da comunidade escolar e do programa de saúde da família vão ser a base do nosso trabalho. Elas serão treinadas e junto aos bairros irão identificar as lideranças, os problemas, para trazer para a plenária municipal, onde serão discutidos e decididos os encaminhamentos”, explica a coordenadora do Projeto Agenda 21 Litoral Norte– SP, Zuleika Beyruth.
Os municípios que possuem processo de Agenda 21 formalmente instituídos aumentam as chances de obter financiamentos estaduais e federais para seus projetos.
“A Agenda 21 é um processo educativo, informativo e de mobilização das comunidades para juntos definirmos nosso futuro comum. Para isto precisamos estabelecer um compromisso entre nós e respeitar nosso passado, conhecer nosso presente, criar laços com o local onde vivemos, e agir para melhorar nossas vidas no futuro próximo. O processo de construção deverá ocorrer durante todo o ano de 2005 e início de 2006”, conta André Cabral, biólogo da Secretaria de Meio Ambiente e Urbanismo.
A Agenda 21 Litoral Norte objetiva ser um documento de compromisso – um Plano de Ação - entre todas as pessoas, organizações, associações, entidades e poder público para garantir ao mesmo tempo o desenvolvimento humano, justiça social, sustentabilidade econômica, respeito à natureza e qualidade de vida para o Litoral Norte.
Em 1992 foram definidas diretrizes para orientar a construção de Agendas 21 em vários níveis: global, nacional, estadual, local. Este documento foi assinado por 172 países que desde então estão trabalhando para colocar em prática estas diretrizes. O Brasil e o estado de São Paulo já contam com Agendas 21, agora é a nossa vez. A Agenda 21 LN é voltada para a ação prática, buscando a solução de problemas.
Vale ressaltar que qualquer pessoas pode participar da Agenda 21. A inscrição pode ser feita pela enviando um e-mail para (agenda21litoralnorte@grupos.com.br), comparecendo a Secretaria de Meio Ambiente e Urbanismo ou comparecendo as reuniões locais e regionais. A próxima reunião regional será será realizada dia 8 de junho, das 9 às 18 horas na Diretoria de Ensino de Caraguatatuba. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 3892-6000 ou 3892-1568 com André Cabral, biólogo da Semur.
Construindo a Agenda 21 do Litoral Norte - As etapas de construção da Agenda 21 passam primeiro por realizar um levantamento preliminar dos problemas da região, através de questionário a ser preenchido por representantes de cada bairro e consultando os inúmeros estudos e planos já elaborados sobre o Litoral Norte. A partir daí todos devem ter conhecimento do diagnóstico da região, ou seja, quais os problemas que temos que enfrentar. Na seqüência, serão capacitadas 15 pessoas para que saibam divulgar o que é Agenda 21 e como as pessoas podem colaborar. Estas 15 pessoas capacitarão, em 4 oficinas por município, líderes comunitários, mais agentes de saúde e professores e outros interessados dos bairros do Litoral Norte, num total de 640 pessoas. Essas pessoas vão atuar nos bairros e ampliar mais ainda o processo participativo. Em seguida serão eleitos os delegados por bairro para fazerem parte da plenária municipal. (Fonte: PMSS)

Servidores vão à Câmara reclamar de corte das horas extras

São Sebastião - Mais de 20 servidores estiveram na Câmara Municipal na manhã de hoje, 23, protestando contra a alteração da jornada de trabalho, para os funcionários em desvio de função da Guarda Patrimonial.
Segundo os servidores, com a proposta da Prefeitura os funcionários passariam a trabalhar 40 horas semanais, e não mais em regime de turno de 12 por 36. Para os servidores da Guarda Patrimonial, que estão no cargo de origem, a jornada permanece inalterada.
Eles reclamam que a medida acarreta o corte das horas extras, prejudicando cerca de 160 servidores que encontram-se nesta situação.
“Nos outros setores continua como está, por que somente a nossa categoria vai ser afetada?”, questiona o coletor José Carlos dos Santos.
“Queremos que seja criado um plano de carreira para chegar numa situação de igualdade”, acrescenta.
Os servidores foram atendidos pelos vereadores José Cardim de Souza e Solange de Araújo Ramos.
“Não adianta depois o Executivo enviar um projeto em regime de urgência para os vereadores votarem sob pressão”, declara Solange referindo-se à Reforma Administrativa que está sendo elaborada pela Prefeitura.
O vereador Cardim convidou os servidores a comparecerem na sessão de amanhã, 24, e diz que vai apresentar um requerimento solicitando informações a respeito. (Fonte: Câmara Municipal de São Sebastião)

Câmara vota projeto que estabelece normas para instalação de toldos

São Sebastião - A Câmara de São Sebastião vota nesta terça-feira, 24, o projeto de lei 021/05, de autoria do vereador José Cardim de Souza, que estabelece normas para a instalação de toldos em edificações da cidade.
Uma moção de aplausos direcionada aos policiais civis e militares também deve ser votada pelos parlamentares, além da redação final ao projeto de lei que dispõe sobre o licenciamento de obras.
O Poder Legislativo vota, ainda, três pareceres. O primeiro está relacionado ao projeto de lei 022/05, de autoria do presidente Wagner Teixeira (PV), que dispõe sobre a cassação de alvará de funcionamento dos estabelecimentos que realizarem adulterações nos combustíveis. Já o segundo parecer é em relação ao projeto de emenda a lei orgânica 001/05, de autoria do Poder Executivo, que institui como símbolo turístico do município a obra conhecida como “O peixe”. E, por fim, o terceiro parecer é voltado ao projeto de decreto legislativo 007/05, de autoria do presidente Wagner Teixeira, que concede título de cidadão sebastianense ao presidente da Petrobras/Transpetro, José Eduardo Dutra.
Três propostas também serão lidas: uma que dispõe sobre oficialização de praça pública e duas que concedem título de cidadão sebastianense. Além disso, será feita a leitura de uma moção de aplausos e reconhecimento à equipe mirim de basquete masculino do município, pela vitória obtida no torneio ‘Serra do Mar e Litoral Norte’.
Ainda na mesma sessão, cerca de 10 requerimentos serão apreciados e votados e 40 indicações serão lidas. A pauta, no entanto, pode sofrer alterações. (Fonte: Câmara Municipal de São Sebastião)
 
Notícias de Ubatuba Topo

Restaurante Solar das Águas Cantantes Ubatuba

Ressaca derruba muro de arrímo no Itaguá

 

Ubatuba - As fortes ondas decorrentes da ressaca que atingiu a região ontem causou estragos em varios pontos da orla marítima. Na Avenida Leovigildo Dias Vieira, praia do Itaguá, cerca de 20 metros do muro de arrimo dasabou devido o impacto das ondas.
Hoje pela manhã a prefeitura retirou uma amendoeira que ficou comprometida tendo suas raízes totalmente expostas, causando o risco de queda sobre a orla.
Uma embarcação também encalhou na orla do Itaguá, sendo severamente castigada pelas ondas.
Varias pessoas tentaram em vão trazer a embarcação para terra, onde ficaria a salvo.
Segundo José Carlos Vital, engenheiro da secretaria de obras da Prefitura de Ubatuba, já estão sendo feitos os levantamento e estudos para reestruturar o dano causado, que será reparado dentro do cronograma de obras. (Fonte: Litoral Virtual)

Campeonato da categoria Fraldinha começa com muitos gols

Os pequenos balançaram a rede 29 vezes na primeira rodada

Ubatuba - O Estádio Municipal Ciccillo Matarazzo esteve em festa na manhã de sábado, 21, na cerimônia de abertura do Campeonato Municipal da Escolinha Rubens Salles, categoria Fraldinha, para crianças de 7 a 9 anos. Após o desfile das dez equipes participantes e o hasteamento das bandeiras, a bola rolou para uma rodada completa, acompanhada atentamente pelo bom público presente, em sua maioria composto por familiares dos jovens talentos.
Após as partidas os garotos receberam lanche, fornecido pela Secretaria de Esporte e Lazer. Conheça os resultados: Rei do Camarão 1 X 5 Marconi, Irmãos Ribeiro 5 X 0 Ismael Comida Caseira, Quiosque Vovô Almiro 2 X 1 Varejão Santa Rita, Jija Locadora 7 X 0 Smidi Calçados e Rossi Calçados 5 X 3 Mercado 24 horas. A próxima rodada será no dia 28/5 à partir das 10 horas: Rei do Camarão X Irmãos Ribeiro, Quiosque Vovô Almiro X Marconi, Jija Locadora X Ismael Comida Caseira, Rossi Calçados X Varejão Santa Rita, Smidi Calçados X Mercado 24 horas. (Fonte: PMU)

ADUBA promove Show de Outono

Ubatuba - A Associação dos Deficientes de Ubatuba (ADUBA) realizará no próximo dia 12 de junho o “Show de Outono 2005”, na praça BIP. O evento, que visa arrecadar fundos para manutenção dos trabalhos oferecidos a mais de mil associados, promoverá um grande festival de prêmios, contando com uma Moto Honda, Tv a cores, aparelhos de DVD entre outros. Maiores informações poderão ser obtidas junto à entidade, na rua Manoel Cruz Barbosa, 332, ou através dos telefones 3833-4466 ou 3833-0519. (Fonte: PMU)

Fundart amplia oferta de cursos em Ubatuba

Ubatuba - Para o mês de junho, a Fundart tem muitas novidades para quem gosta de arte. Para os apreciadores de música, abriram os cursos de flauta, coral, piano, percussão e violão. Também entram em cena o curso de teatro, desenho e literatura. Informe-se sobre horários, início das aulas, instrutores e requisitos para inscrição na recepção da Fundart. Os cursos com aulas nos bairros serão divulgados brevemente. (Fonte: PMU).

Fundart abre inscrições para Oficina de Tecelagem

Ubatuba - Para quem se interessa pela atividade milenar de tecer fios, essa é uma grande oportunidade. A professora Débora U. Barocas, tecelã, fiadeira e tingideira, ensinará técnicas de tecelagem e fiação para o desenvolvimento da criatividade pessoal e a possibilidade de geração de uma outra fonte de renda. O curso também orientará sobre aproveitamento de materiais naturais como algodão e fibra de bananeira, reciclados como o PET, retalhos e nobres como a seda e a lã. Os interessados devem ter idade acima dos 14 anos. O material a ser utilizado é fuso, tear e seus complementos básicos, tipo navetes, réguas, tesoura, fita métrica, 2 agulhas, fios e fibras.
As aulas terão início no dia 3 de junho, às 16 horas. A primeira aula será aberta ao público interessado. O curso tem carga horária semanal de 4 horas. Mais informações: (12) 3833-6184 e 9769-8223, ou (12)3033-7000 / 7001 / 3832-4584 - Casarão do Porto – Praça Anchieta, 38 – Centro fundart@fundart.com.br. (fonte: Assessoria de Comunicação – PMU)
Acompanhe a programação do curso:
1º módulo:
junho / julho – Fiação / Tecelagem básica
Aulas práticas iniciando, com fiação em fibra de PET com fuso e roca,
incluindo várias técnicas de produção de fios e mesclagem
Apresentação dos vários tipos de fibras como: PET, lã, algodão, seda, etc..
Noções básicas sobre:
- teoria das cores
- tecelagem na história e tecelagem no Brasil
- diferentes teares
- tipos de tramas
preparação do projeto:
- montagem do tear:
- cálculo do urdume e tapume.
Calculo de materiais e preparação para projeto
Execução do projeto
2º módulo:
agosto / setembro
- Tecelagem avançada
- tramas especiais
- tecidos e tapetes
- execução do 2º projeto
3º módulo:
outubro/ novembro
- montagem e acabamento
- ponchos, blusas e bolsas. (Fonte: PMU)

Inscrições abertas para o Mapa Cultural Paulista

Ubatuba - As inscrições para a fase municipal do mapa cultural em Ubatuba poderão ser feitas até 30 de maio, na Fundart (Fundação de Arte e Cultura de Ubatuba). São diversas as modalidades, que vão desde artes plásticas, canto coral, dança, desenhos de humor e fotografia, até contos, poesias, teatro e vídeo.
O Mapa Cultural Paulista objetiva identificar e ressaltar a produção cultural do interior e do litoral de São Paulo em treze regiões, com as expressões artísticas. No ano passado, o evento mobilizou 316 municípios com 1663 inscrições. O Mapa Cultural Paulista representa um avanço na política cultural, seja pelo intercâmbio nas regiões, valorizando novos talentos, com um movimento que une as mais distantes e diferentes culturas regionais.
Os interessados em participar, devem retirar a ficha de inscrição e o regulamento na Biblioteca Municipal, que fica na praça 13 de maio – Centro, ou na Fundart - Casarão do Porto – Centro ou no Museu Washington de Oliveira ou pelo site: http://www.darc.sp.gov.br/.
DARC - Departamento de Atividades Regionais da Cultura
Governo do Estado de São Paulo - Rua Mauá, 51 - 2º andar - sala 238/239- Luz
Cep: 01028-900 - São Paulo - SP. e-mail: darc@sp.gov.br  - Tel/Fax: (011) 3351-8125 / 3351-8126. (Fonte: PMU)

MODALIDADES

Artes Plásticas - O artista pode inscrever no máximo 3 trabalhos.
Serão escolhidos 3 artistas. Idade: livre.

Canto Coral - O grupo pode inscrever no máximo 4 trabalhos totalizando 15 minutos.
Será escolhido um grupo. Idade: a partir de 14 anos.

Dança - O grupo pode inscrever no máximo 1 trabalho.
Será escolhido um grupo. Idade: a partir de 14 anos.

Desenho de Humor - O desenhista pode inscrever: 1 cartum e 2 charges / 3 caricaturas / 2 charges e 1 caricatura / 2 caricaturas e 1 charge / 1 charge, 1 cartum e 1 caricatura.
Serão escolhidos 2 desenhistas. Idade: a partir de 15 anos.

Fotografia - O fotógrafo pode inscrever no máximo 5 trabalhos.
Serão escolhidos 10 fotógrafos. Idade: livre.

Conto - O escritor pode inscrever no máximo 3 trabalhos.
Será escolhido 1 escritor. Idade: livre.

Poesia - O poeta pode inscrever no máximo 3 trabalhos.
Será escolhido 1 poeta. Idade: livre.

Teatro - O grupo pode inscrever no máximo 1 trabalho.
Será escolhido 1 grupo. Idade: livre.

Vídeo - O videomaker pode inscrever no máximo 1 trabalho totalizando 15 minutos.
Será escolhido 1 vídeo. Idade: livre. PMU

Ordem do Dia da 16ª Sessão Ordinária da Câmara de Ubatuba

Ubatuba - O Vereador Jairo dos Santos - PT, Presidente da Câmara Municipal de Ubatuba, anuncia a Ordem do Dia da 16ª Sessão Ordinária desta Casa, a realizar-se no dia 24 de maio de 2005, às 20:00 horas, constituída de Projetos de Lei e outras proposições abaixo relacionadas:
ORDEM DO DIA:
EM ÚNICA DISCUSSÃO:
01 - Projeto de Lei n° 027/05, do Ver. Gerson de Oliveira - PMDB, que acrescenta parágrafo ao artigo 76 da Lei 711/84, estabelecendo prazo de 30 dias para que o proprietário da obra em infração proceda a sua regularização sem prejuízo da continuidade dos trabalhos.
02 - Projeto de Lei n° 35/05, do Executivo, altera a Lei n° 2.650/05, que dispõe sobre o Regime Próprio de Previdência Social - RPPS, quanto à composição do Conselho de Administração.
03 - Projeto de Lei n° 38/05, do Ver. Gerson de Oliveira - PMDB, que altera o artigo 11 da Lei 1.667/97, que dispõe sobre o comércio expansionista.
04 - Projeto de Lei n° 40/05, do Ver. Jairo dos Santos - PT, que institui a URNA DO POVO, no Município de Ubatuba.
05 - Projeto de Lei n° 41/05, do Ver. Jairo dos Santos - PT, que dá denominação a logradouro público, no bairro do Morro das Moças, rua Anazira Garcez Carvalho.
06 - Projeto de Lei n° 43/05, do Ver. Charles Medeiros - PSDB, que declara de Utilidade Pública Municipal a Sociedade Amigos de Itamambuca.
07 - Moção n° 27/05, do Ver. Ricardo Cortes - PV, de Apelo ao Excelentíssimo Senhor Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, para que determine a Marinha do Brasil a suspensão da utilização do Arquipélago de Alcatrazes, como raia de tiro.
08 - Moção n° 28/05, do Ver. Ricardo Cortes - PV, de Apelo ao Excelentíssimo Senhor Comandante da Marinha do Brasil, que se abstenha da utilização do Arquipélago de Alcatrazes, como raia de treinamento de exercícios de tiro.
09 - Pedido de Informação n° 43/05, do Ver. Edílson Felix - PSC, sobre a lista de prioridade e cronograma mensal de obras.
10 - Pedido de Informação n° 44/05, do Ver. Edílson Felix - PSC, sobre o transporte público de nosso município.
11 - Pedido de Informação n° 45/05, do Ver. Edílson Felix - PSC, sobre os cargos de confiança preenchido na atual gestão do Executivo.
12 - Pedido de Informação n° 46/05, do Ver. Edílson Felix - PSC, sobre o atendimento nos Postos de Saúde de nosso município.
13 - Requerimento n° 166/ OS, do Ver. Charles Medeiros - PSDB, à Ouvidoria do DER, redutor de velocidade na Rodovia Manoel Hipólito do Rego (SP-55), próximo ao km 76, em frente ao Mercado Ubá Oba.
14 - Requerimento n° 167/ 05, do Ver. Charles Medeiros - PSDB, à Petrobrás, construção da unidade de processamento e a base de distribuição de gás no município de Ubatuba.
15 - Requerimento n° 168/ 05, do Ver. Osmar de Souza - PFL, à Sabesp, prolongamento da rede de água ao longo da rua Belmon Butller, no bairro do Perequê-Açú.
16 - Requerimento n° 169/ 05, do Ver. Osmar de Souza - PFL, ao DNIT, reforma, limpeza e sinalização da ciclovia na região sul do município.
17 - Requerimento n° 170/ 05, da Verª Luciana Machado - PDT, ao DAEE, serviço de desassoreamento do rio Maranduba, no bairro da Maranduba.
18 - Requerimento n° 171/ 05, do Ver. Edílson Felix - PSC, ao DER, instalação de faixas indicativas de travessia de pedestre na rodovia Osvaldo Cruz km 89, em frente ao posto de gasolina no bairro do Morro das Moças.
19 - Requerimento n° 172/ 05, do Ver. Edílson Felix - PSC, ao DNIT, manutenção e conservação da sinalização horizontal na Rodovia Mario Covas (BR-101), trecho do trevo da praia Grande ao trevo de Taubaté.
20 - Requerimento n° 173/ OS, do Ver. Claudinho Gulli - PMDB, à Telefônica, instalação de um telefone comunitário na rua Liberdade em frente ao n° 44, no bairro do Jardim Ubatuba II.
21 - Requerimento n° 174/ 05, do Ver. Romerson de Oliveira - PFL, à Guarda Municipal, policiamento preventivo na Escola Municipal José Celestino Aranha.
22 - Requerimento n° 175/ 05, do Ver. Romerson de Oliveira - PFL, à Telefônica, instalação de um telefone público (orelhão), na rua Projetada em frente ao n° 33, no bairro do Perequê-Mirim.
23 - Requerimento n° 176/ 05, do Ver. Romerson de Oliveira - PFL, à Telefônica, instalação de um telefone público (orelhão), na altura do n° 33 da avenida Principal, no bairro do Vale do Sol.
24 - Requerimento n° 177/ 05, do Ver. Romerson de Oliveira - PFL, à Empresa de Ônibus Cidade de Ubatuba, acrescentar 02 (dois) horários de ônibus, sendo das 12:20 e 18:20 horas, para o bairro do Rio Escuro. (Fonte: Câmara Municipal de Ubatuba)

Ação Litoral

Carta do Leitor
As mensagens, fotos e opiniões  publicadas neste boletim são de inteira responsabilidade de suas fontes e autores,
não expressando necessariamente a opinião deste informativo. O envio de qualquer material para nosso e-mail
será considerado como autorizado a sua publicação e assumida a total responsabilidade pelo seu conteúdo.
As mensagens deverão conter nome completo, RG, endereço, telefone de contato e um e-mail válido.
Reservamos o direito de não publicar cartas que não contenham a devida  identificação do autor.
Topo

A Hora e a Vez - Prezado ROBERTO MAMEDE, agradeço muito suas palavras e entusiasmo. Seu pedido para que eu comente o escárnio da Praia Grande registrado nas fotos publicadas na semana passada, não é nenhum pouco espinhoso de ser atendido como você disse, aliás, nem sei porque o seria. O assunto é que é, esse sim, impossível de ser resolvido, proibido ou demolido, enquanto nós, moradores e eleitores de Ubatuba, não criarmos uma frente apolítica, serena e permanente, composta por cidadãos que se recusem a aceitar, conformados como se corretas fossem, todas as iniciativas do Poder Público apenas porque Prefeitos e Vereadores são pessoas legitimamente escolhidas pelo povo.
Erram e erram muito. Com algumas exceções sempre erraram, e quatro anos é tempo longo demais como intervalo entre julgamentos. Dentro desse período, intervenções urbanas trazem conseqüências irreversíveis, para bem ou para mal. Não podemos nos dar ao luxo de achar que nossa obrigação com a cidade se esgota no voto. Fazemos mal em não ajudá-los a não cometer erros, pois as funestas conseqüências se voltam contra nós. Mas, se insistirem em fazer acordos de compadre com o bem público, também agimos mal se não fizermos valer o interesse coletivo. Com a Lei Orgânica de Ubatuba e o Estatuto da Cidade conquistamos o poder de intervir como cidadãos e temos que saber usá-lo. Se mobilizados, podemos acionar o Poder Judiciário e o Ministério Público para evitar que estraguem nossa cidade, o que vale dizer, agir em defesa de nossa ECONOMIA e dos nossos EMPREGOS.
Porque a sedutora canção de sustentar família só pode ser ouvida se for cantada por quiosqueiros, ambulantes, marreteiros, quando querem se apropriar do espaço público dando-lhe destinação particular, comercialmente desleal e socialmente prejudicial ao êxito de outras atividades economicamente melhor vocacionadas?
A esbórnia em que o salve-se quem puder transforma a Praia Grande nas épocas em que a cidade mais precisa de atenção e juízo para cativar os turistas que sustentavam nossa economia passou dos limites. Ninguém nega que o congestionamento do transito e a degradação do uso da orla desvalorizam a região e prejudicam todos os setores da nossa cidade.
Por tudo isso afirmo que minha palavra como técnico deixa de ter qualquer sentido, o que precisamos agora é da palavra do cidadão. O brilhante texto do GILMAR ROCHA, que fez o histórico, exibiu nossa fragilidade coletiva e indicou o caminho a tomar; o brado indignado do WAGNER; a ininterrupta e indomável crítica do RONALDO DIAS, são manifestações que soam como os acordes de uma nova canção de sustentar família, só que desta vez para ser cantada por toda a comunidade com a clara mensagem de organizar coletivamente o futuro deste município.
Não se trata de eliminar o importante serviço de apoio ao usuário e ao turista da Praia Grande, mas de regra-lo limitando-o a um contexto não suicida, que não contamine, pelo mau exemplo, o processo de ocupação comercial das áreas de interesse turístico. O exemplar embargo simultâneo de todas as obras determinado pelo Prefeito EDUARDO CÉSAR tem que ser aplaudido e sustentado por todos. A ação e o momento são únicos na história deste município. As inevitáveis manobras para prejudica-lo politicamente só podem ser barradas por um permanente e explícito apoio da comunidade.

Renato Nunes
Ubatuba, SP


Os quiosques, a paisagem e a cidade - Em ingles se diz "draw the line" . A tradução ao pé da letra seria algo como riscar a linha. Trata-se de uma expressão idiomática que básicamente significa estabelecer limites. O direito seu vai até onde se inicia o dos outros. Acho que o embargo das obras irregulares nos quiosques da Praia Grande tem este significado político. Me sinto na obrigação de elogiar o embargo, pois o mesmo foi uma decisão política e administrativa correta. O prefeito Eduardo César demonstrou com esta atitude que quer acertar. Aliás, muito elucidativo foi o texto do Sr Gilmar Rocha, que faz um histórico legal e político da questão. Realmente trata-se de um equívoco legal , chamar aos concessionários , ou seus ilegais sucessores de proprietários. Entretanto o engano do atual secretário de arquitetura e urbanismo é totalmente justificável pois, de fato, os mesmos assim vêm sendo tratados pelo poder público há muitos anos. Realmente a questão é muito maior do que a construção de banheiros e ampliação dos quiosques.Passa pelo direito de todos à paisagem e passa também, pela falta de responsabilidade ética de certos profissionais liberais do ramo da construção civil que realizam obras sem aprovação e muitas vezes em desconformidade com os códigos de obras e leis de uso e ocupação do solo. Ao meu ver, deveríamos discutir se os profissionais que incidem e reincidem na construção de obras irregulares não deveriam ter suas licenças para trabalhar no município, caçadas por períodos variáveis entre 6 meses e 4 anos.Acho que seria uma boa forma de coibir novos problemas deste tipo.Tenho certeza de que uma entidade séria como a Associação de Engenheiros e Arquitetos compartilha com os princípios de ética e responsabilidade que devem permear a atividade dos profissionais a ela filiados. Ele seria um excelente projeto de lei a nível municipal. Quem se habilita a ser o autor? Tenho certeza que se tivéssemos também um Conselho Municipal de Desenvolvimento -CMD atuando , tal como exposto pelo Sr. Renato Nunes em texto de algumas edições atrás, estas obras provavelmente nem tivessem iniciado. Vale lembrar que ainda aguardamos nosso plano diretor e uma nova lei de uso e ocupação do solo, peças fundamentais para planejarmos nosso futuro. O fato é que os políticos e gestores de nosso município, vêm há muito tempo, tratando questões fundamentais como estas, como moeda de troca barata do varejo político em busca de votos. Está na hora de trabalharmos no atacado, enxergando o nosso futuro e o de nossos filhos.

Hugo Gallo
Ubatuba, SP


Ainda os quiosques - Também li a matéria de autoria do Arquiteto Gilmar Rocha, publicada pelo Correio Guaruçá em 21/05/2005, sob o título "Quiosques da Praia Grande". Com relação aos incontestes fatos abordados pelo autor, desejo tecer um comentário e fazer uma indagação: a) o primeiro quiosque a iniciar e concluir uma expressiva reforma, com sensível ampliação da área construída, mediante corte de coqueiro e árvore, foi o quiosque Pilequinho, fato esse documentado e denunciado em 24 de maio de 2004 à Prefeitura, dando origem ao processo administrativo SAU/6525/04. Logo a seguir outros dois ou três quiosques fizeram intervenções arquitetônicas similares, tudo no ano de 2004, sem projetos aprovados e sem alvarás de construção expedidos pela Prefeitura.
b) o que impediu o Arquiteto Gilmar Rocha, então Secretário de Arquitetura e Urbanismo, de sustentar publicamente o entendimento que ora defende e de implementar as medidas que agora sugere adequadas e necessárias para o caso?

Thomas De Carle
Ubatuba, SP


Primeiros & Segundos - Enquanto aguardamos os resultados e as ações das providencias oficiais, após alguns "tsunamis", provocados por vários produtores de solilóquios, pergunto, sem angústia, sobre o que se teria, ou o que se poderia esperar, no lugar dos primeiros, se não houvessem os segundos. Dizem, os especialistas em técnicas de sobrevivência que, em situações caóticas, mesmo quando se percebe a chegada do resgate, deve-se gritar! Repetidas vezes. Até sermos ouvidos e devidamente atendidos. Basta estar do lado certo.

Ronaldo Dias
Ubatuba, SP


Menos solilóquios e mais ações eficazes - Com esse título, o Sr. Ernesto F. Cardoso Jr. Propõe aos jornais locais a elaboração de um seminário sobre Ubatuba. Essa atitude revela a preocupação de muitos cidadãos e é justamente isso que nós queremos. O seminário serve como uma primeira tacada mas a transformação depende de um trabalho constante e planejado que atinja todos os cidadãos e que eles não sirvam de massa de manobra como aconteceu com a lei dos transgênicos.
É bom que o Sr. Ernesto e toda a população saiba que, em pleno domingo, das 8 às 18 h, um grupo de mais de 50 pessoas das quatro cidades do Litoral Norte passaram o dia discutindo os Programas Municípios Educadores Sustentáveis – MES - e Formação de Educadores Ambientais.
Os objetivos desses programas são:
“Estimular e apoiar em cada município a organização das instituições locais e a realização de parcerias para a construção de projetos educaditos que conduzam à sustentabilidade.”
“Apoiar e estimular processos que possibilitem, por meio da formação de educadores(as) ambientais, incentivar processos educativos que apontem para a transformação ética e política em direção à construção da sustentabilidade socioambiental por intermédio da ação individual e coletiva.”
A importância desse evento é o esforço de toda a região para resolver problemas de cada município e a percepção de que existem problemas comuns e que somente o esforço coletivo é que poderá trazer os melhores frutos.
Esse esforço regional já foi iniciado bem antes através do Comitê de Bacia do Litoral Norte e da Agenda 21 do Litoral Norte.
A idéia de organização de uma região levando em consideração a bacia hidrográfica vem dando bons frutos. Um dos exemplos é a elaboração de projetos a serem financiados pelo FEHIDRO – Fundo de Recursos Hídricos, formado por uma parte dos recursos provindos da cobrança da taxa de água. Segundo os técnicos de saneamento, um real gasto no tratamento da água e do esgoto tem como conseqüência uma economia de 4 reais que seriam gastos em tratamento de saúde. A TV mostrou que uma das primeiras realizações do Comitê de Bacia do Vale do Paraíba foi a construção de uma usina de tratamento de esgoto.
Em todos os exemplos citados, o que vem dando certo é a parceria entre Estado, Município e a sociedade civil organizada. E é isso que os dois programas propõem e, que em breve estaremos discutindo com parcelas cada vez mais amplas da população. Para isso é fundamental o apoio de órgãos da imprensa como este.

Rui Alves Grilo
Ubatuba, SP


Entulho na Maranduba - Um desastre de entulho na rua Sargento Luis Ribeiro Pires, Maranduba, Ubatuba. Desculpe uma pergunta: Vale a pena pagar mais IPTU ?

     

Que esta acontecendo com nossas ruas? Porque nao fecha de vez esta rua para formar oficialmente um deposito de lixo e entulho? Lamentavelmente lutamos ja anos para uma melhora na Maranduba e o resultado e isso!!

Michael Schmeis
Ubatuba, SP


O lugar de lixo é no seu devido lugar - Gostaria de manifestar a minha indignação quanto a quantidade de lixo jogado em ruas, praças e vários pontos turísticos de nossa cidade. Ontem 22/05, por volta de 19:00h fui até a estátua de São Pedro situada no morro da prainha no centro e me deparei com vários copos, papel de chocolate e papéis diversos jogados no chão, não sou contra pique-nique, mas poderiam jogar o lixo que sobrar em seu devido lugar. Ao decer o referido morro, notei que o lixo se espalhava todo pelo meio fio; será que o(s) responsável(eis) por isso não sabe(m) o que é um LIXO, se esse for o caso, vamos enssinar: LIXO: 1 Tudo que se varre para deixar limpo um casa, rua, jardim etc. 2. Restos ou coisas inaproveitáveis. 3. Imundíce; sujeira; cisco. Agora, já que sabemos o que é lixo, que tal coloca-lo no seu devido lugar, não é! Vamos respeitar os cidadões e as senhoras (garis) que trabalham dia-a-dia para nos garantir uma cidade mais limpa, vamos ser mais responsáveis e não jogar a culpa em que é mais fácil, no governo, pois nesse caso, acho eu, que educação vem de berço.

Alex Ismael
Ubatuba, SP


BLABLABLA... - Lamento os repetidos BLABLABLA... do Sr. ORLANDO V. SALES e não vou deixar a indignação responder. Domino meus impulsos. Máxime em se tratando de agressões gratuitas, infundadas e procedentes de alguém que, declara desconhecer minha pessoa,
a trajetória histórica desenvolvida e as realizações que foram consumadas ao longo de minha vida. A sabedoria me indica que, certos insultos, devem ser devolvidos, a quem os proferiu, com educação, serenidade e calma.
As referências “maioral”, “imortal”, “abocanhar uma nomeação na Administração Pública”, “Escola de Maradona” “fanfarrão”, “nazismo”, “insubstituível”, etc. etc. não são termos adequados para definir minha personalidade, minhas atitudes frente aos cargos públicos e à sociedade.Não me enquadro nesses conceitos. Eles ficam onde estavam.São propriedade do Sr. Orlando V. Sales. Certas pessoas pretendem projetar sobre os outros os horrores de suas consciências. Não sei se é o caso do Leitor indignado.
A frase “Volta para sua terra natal, ou faça algo de útil” é bastante grave. Nenhum cidadão sensato pode deixar se dominar pela indignação e ferir os direitos constitucionais e individuais de quaisquer que seja. Mais serenidade não prejudicará o autor do BLABLABLA.
Enquanto a fazer algo útil, mesmo que não seja do conhecimento de Vossa Senhoria, existe uma gama de realizações em Ubatuba e em outras localidades.Apesar de serem evidentes e de conhecimento público alguns pretendem negar essas realizações. Por dever de ofício tenho que defender a verdade. É o que tenho feito até agora e provocado sua indignação.
Neste momento estou fazendo algo útil para uma sociedade violenta e agressiva. Respondo a seus destemperos, insultos, apreciações erradas e absurdos, com serenidade, educação e sem revides.
Sr. Orlando V. Sales- Leitor indignado – não sofra. Quando veja minha assinatura em algum artigo pule-o, não leia. Para que sofrer havendo milhões de textos mais interessantes e melhor elaborados que aqueles por mim produzidos?. Sua opinião é sua. Existem outras pessoas que bastante apreciam o que escrevo e que conhecem minha trajetória. A elas e a este escriba, o Sr., deve respeito.
Meus respeitos a todos os leitores.

Corsino Aliste Mezquita.
RG 2.976.292 – 3
Ubatuba, SP


Respeito não se pede, se conquista! - Antes de iniciar esta mensagem, segundo informação noticiada ontem, milhões de pais deram nota 8 à rede pública de EDUCAÇÃO fundamental por este BRASIL afora; sinal de que as coisas estão melhorando, principalmente na área educacional, sem excluir UBATUBA.
E, por falar em EDUCAÇÃO, tema do qual Corsino Aliche Mezquita se auto-intitula conhecedor da matéria, devo-lhe dizer que não se pede respeito, não se impõe respeito, não se exige respeito, contudo conquista-se o respeito.
Aproveitando essa matéria devo-lhe responder: Não me venha falar sobre os seus Direitos Constitucionais e Individuais, que entre os 185 milhões, pelo menos duas pessoas que nenhum mal lhe fez, você tentou arranhar a imagem delas, que também possuem os mesmos direitos. Quem escreve o que quer, também, lê o que não quer.
Ora, sugerir a você a voltar para sua terra natal não se trata de ofensa ao seu direito, e sim dizer que você aqui não faz falta e pouco importa a sua trajetória, se algo de relevante foi feito em sua época, foi pelo dever e obrigação, agora entrar para a história...? São outros quinhentos. Entendeu ou quer mais...? Isto é, se continuar a detonar as pessoas, sem demonstrar um fato concreto, você vai precisar trocar o seu telhado, porque serei o 1o. a jogar pedra na sua vidraça.
Bem, vou direto ao tema de hoje. Qual é na verdade o papel do PROFESSOR EDUCADOR? Na minha opinião, não basta a aptidão, necessário haver vocação àquele que busca conhecer o universo dos educandos e ajudá-los a construir em sua formação.
Pesquisando o tema encontrei no BV Unisul o discurso do Prof. Gabriel Chalita, o qual pertence ao quadro do 1o. escalão Educacional do Governo do Estado de São Paulo.
(...) Em certo momento alguém pergunta: “Mas professor Gabriel há quem afirme que o computador irá substituir o professor, e que nesta era em que a informação chega de muitas maneiras, o professor perdeu sua importância. Ele responde, com serenidade: “O computador nunca substituirá o professor. Por mais evoluída que seja a máquina, por mais que a robótica profetize evoluções fantásticas, há um dado que não pode ser desconsiderado: a máquina reflete e não é capaz de dar afeto, de passar emoção, de vibrar com a conquista de cada aluno. Isso é um privilégio humano”.
(...) Às tantas, ele classificou os professores de seguinte forma: Professor arrogante, professor inseguro, professor lamuriante, professor ditador, professor bonzinho, professor desorganizado, professor oba-oba, professor livresco, professor “tô-fora”, professor dez questões, professor tiozinho, e finalmente, o professor educador.
Gostei da parte que fala sobre professor arrogante, lamuriante, ditador e educador, porque já passei por essas experiências.
Quanto ao professor arrogante, disse: “Ele se acha detentor do conhecimento. Fala de si o tempo todo e coloca os alunos em um patamar de inferioridade. Ao menor questionamento, pergunta quantas faculdades já fez o aluno, se já escreveu algum livro, se já defendeu teses. Gosta de parecer um mito; teima em propalar, às vezes inventando os elogios que recebe em todos os congressos dos quais participa; conta histórias a respeito de si mesmo para mostrar quanto é competente e querido. Não gosta de ser interrompido, não presta atenção quando algum aluno quer lhe contar um feito seu. Só ele interessa; só ele basta. O que se pode dizer é que o professor arrogante tem uma rejeição a si mesmo e não acredita em quase nada do que diz. Como sofre, possivelmente, de complexo de inferioridade, precisa de auto-afirmar usando a platéia cativa de que dispõe: os alunos”.
“O professor lamuriante reclama de tudo o tempo todo. Reclama da situação atual do país, da escola, da falta de participação dos alunos, da falta de material para dar um bom curso, do currículo, das poucas aulas que tem para ministrar sua matéria. Passa sempre a impressão de que está arrasado e não encontrar prazer no que faz.” (...).
“O professor ditador é aquele que não respeita a autonomia do aluno.
Trabalha como se fosse um comandante em batalha; exige disciplina a todo o custo. Grita e ameaça. Não quer um pio, zela pela sala como se fosse um presídio; ninguém pode entrar atrasado nem sair mais cedo; ninguém pode ir ao banheiro, é preciso disciplinar também as necessidades fisiológicas. Dia de prova parece também dia de glória (...) O professor ditador está perdido na necessidade de poder. Poder e respeito não se impõem, se conquistam.” (...)
“O professor que se busca construir é aquele que consiga de verdade ser um educador, que conheça o universo do educando, que tenha bom senso, que permite e proporcione o desenvolvimento da autonomia de seus alunos. Que tenha entusiasmo, paixão; que vibre com as conquistas de cada um de seus alunos, não discrimine ninguém, não se mostre mais próximo de alguns, deixando os outros à deriva. Que seja politicamente participativo, que suas opiniões possam ter sentido para os alunos, sabendo sempre que ele é um líder que tem nas mãos a responsabilidade de conduzir um processo de crescimento humano, de formação de cidadãos, de fomento de novos líderes.
Ninguém se torna um professor perfeito, aliás, aquele que se acha perfeito, e portanto, nada mais tem a aprender, acaba se transformando num grande risco para a comunidade educativa. No conhecimento não existe o ponto estático – ou se está em crescimento, ou em queda. Aquele que se considera perfeito está em queda livre, porque é incapaz de rever seus métodos, de ouvir outras idéias, de tentar ser melhor.”(...). Texto original extraído: www3.unisul.br/paginas/setores/bu/Buvirtual/
Finalizando, ganha um prêmio, aquele que adivinhar de quem é a seguinte frase: “O escritor curto em idéias e fatos será, naturalmente, um autor de idéias
curtas, assim como de um sujeito de escasso miolo na cachola, de uma cabeça de coco velado, não se poderá esperar senão breves análises e chochas tolices”. Autor ?? – (A imprensa e o Dever da Verdade).
Nota: Qualquer semelhança é mera coincidência.

Orlando V. Sales
RG 11.906.489
Ubatuba, SP

Foto do Dia Topo

Para participar desta seção basta enviar as fotos com crédito do autor e legenda, no tamanho mínimo de 1024 x 768 pixels com resolução de 72dpi para fotododia@litoralvirtual.com.br
O envio de foto caracteriza autorizada a sua publicação e identifica o remetente como autor.

Ubatuba

Solidariedade no Itaguá - Emilio Campi

Solidariedade no Itaguá
©Emilio Campi


Para instalar a foto como papel de parede (wallpaper)
Clique na foto acima. Após carregar a foto ampliada, clique com o botão direito do mouse sobre a imagem e escolha "Definir como papel de parede" ou "Definir como fundo de tela". Para ajustar a imagem em tela cheia, clique em qualquer lugar da área de trabalho com o botão direito do mouse, escolha "Propriedades" / "Fundo de Tela" ou "Papel de Parede" / "Ampliar".

Arquivos:  Foto Saudade  -  Foto do Dia

 Faça seu comentário, crítica, opinião ou sugestão no Litoral Virtual:
Clique Aqui


As notícias, fotos e cartas publicadas neste boletim são de inteira responsabilidade de suas fontes e autores,
não expressando necessariamente a opinião deste informativo. O envio de qualquer material para nosso e-mail
será considerado como autorizado a sua publicação e assumida a total responsabilidade pelo seu conteúdo.
As cartas devem conter nome completo, RG, endereço, telefone de contato e um e-mail válido.
Reservamos o direito de não publicar cartas que não contenham a devida  identificação do autor.

Editor Chefe: Emilio Campi

GRÁTIS!!
Receba as Últimas Notícias do Litoral em seu e-mail:

Quero receber GRATUITAMENTE o boletim Últimas Notícias do Litoral:

e-mail:
Cidade:



Obs.: Você poderá cancelar o recebimento das notícias a qualquer momento.

Conheça as cidades do Litoral Norte Paulista:

Caraguatatuba Ilhabela São Sebastião Ubatuba

Litoral Virtual
O mais completo site do Litoral Norte Paulista na Internet
Sugestões, críticas e informações, entre em contato:
info@litoralvirtual.com.br

©1995/2001 Emilio Campi - Studio Maranduba - Direitos Reservados
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem a expressa autorização do autor