Litoral Virtual últimas notícias do litoral
Segunda-feira, 13 de junho de 2005 - Nº 1298 Edições Anteriores

Pousada Albatroz Inteligraph Cemar Boats

Região
PM altera comando em quatro cidades do Litoral Norte
Novos comandantes das cidades já conhecem a região


Caraguatatuba
Técnicos começam a percorrer traçado de subida do gasoduto ao Vale na terça-feira
Projetos supervalorizam as áreas da zona sul de Caraguá
Antônio Carlos será ouvido na Justiça Eleitoral em processo no qual é acusado de cometer suposto crime eleitoral
Grupos de Teatro se apresentam de 13 a 15 de junho em Caraguá no TMC
Gobetti participa de evento pelo Desarmamento
Caraguá conquista a sua maior vitória
Presidente do PL visita Escola Públicas apresentando o Concurso de Redação do PL


Ilhabela
Empresário que apóia G-5, bloco oposicionista à administração, agride funcionário público
Competindo, Vando se prepara para a Copa do Mundo

São Sebastião
Prefeitura anuncia melhorias para Maresias durante reunião comunitária

Ubatuba
Polícia e MP ouvem servidor acusado de desviar dinheiro
Prefeitura desembarga obras de quiosques da Praia Grande
Impasse sobre propriedade de terras quilombolas pode acabar
Guarda Municipal regulariza registro de armas
Oficina de Dança de Ubatuba é Destaque no VI Vale Arte Festival
Julho tem pára-quedismo em Ubatuba
Gaivota Cria Eventos apresenta Jartar Empreteco
Fundart realiza grande exposição de artesanato em Ubatuba
Moradores do bairro do Sertão do Ingá pedem socorro aos vereadores
Vereador Claudinho Gulli visita bairro de Folha Seca

Seções
Artigo
Opinião
Carta do Leitor
Foto do Dia


Notícias da Região Topo

PM altera comando em quatro cidades do Litoral Norte

Litoral Norte - O tenente-capitão Eduardo Luiz Carbonari, da região de Campinas, assumiu o comando do 20º Batalhão da Polícia Militar no Litoral Norte. Ele vai ocupar o posto do major Milton Puza, que foi transferido para São José.
Além disso, a sede do comando no Litoral Norte, hoje em São Sebastião, será transferida para Caraguatatuba, no antigo escritório do DER (Departamento de Estrada de Rodagens), no bairro do Sumaré.
Os comandantes da companhias também serão remanejados a partir de segunda-feira. O capitão Marcos Marcondes, de Ubatuba, deverá assumir o comando de São Sebastião. O capitão Eduardo Rosmaninho, de São Sebastião, assumirá a PM em Caraguatatuba, enquanto o capitão Valter Padula, de Caraguá, deverá assumir a PM de Ubatuba.
O comandante do CPI-1, coronel Sérgio Teixeira Alves, afirmou que mudanças são medidas de rotina e atendem necessidades administrativas.
Segundo Alves as mudanças não estariam relacionadas ao recente relatório divulgado pela Unesco, que classificou Caraguá e São Sebastião como as cidades com maiores índices criminais no Estado. (Fonte: ValeParaibano)

Novos comandantes das cidades já conhecem a região

Litoral Norte - Os novos comandantes que assumem nesta semana as companhias da PM nas cidades da região já conhecem os setores. É o que informou o coronel Sérgio Teixeira Alves, comandante da PM no Litoral Norte, Vale do Paraíba e Serra da Mantiqueira.
Conforme o coronel, os capitães designados para os novos cargos já trabalharam ou atuam nas cidades próximas. É o caso, disse o coronel, do capitão Valter Padulla, que saiu de Caraguatatuba para assumir Ubatuba.
Já em Caraguatatuba, explicou o comandante, dois nomes estão sendo cotados, que são os capitães Eduardo Rosmaninho, que já atuou na companhia de São Sebastião e atualmente chefiava o setor operacional da PM do Litoral Norte; ou Marcos Antônio Marcondes de Carvalho, que era de Ubatuba. Caso o capitão Rosmaninho fique em Caraguatatuba, o cargo no setor operacional, “que é muito importante dentro da PM”, ficará com Marcondes.
São Sebastião - O capitão Ivo de Oliveira Lopes Júnior, que assumirá São Sebastião e Ilhabela, trabalhou por oito anos, quando tenente, no policiamento de Caragua-tatuba. Um único comandante vem de fora, para o Batalhão, vaga que deve ser preenchida por um tenente-coronel.
Conforme o comandante do CPI, esta mudança não aconteceu somente no Litoral Norte, mas sim em todo o Estado, uma vez que a PM teve uma série de promoções. Tenentes passaram para capitães e majores para tenentes-coronéis.
Estes últimos, explicou, devem assumir Batalhões e foram designados para onde havia interesse e vaga. No caso do setor local, havia o espaço, uma vez que o major Milton Pouza Júnior era interino no cargo. “Fizemos um ajuste administrativos nos cargos”, completou.
Qualidade - O comandante disse que o objetivo sempre é pensar em melhorar a segurança e a qualidade do serviço. “Mudanças são boas, pois motivam e oxigenam o trabalho”, destacou. Para o coronel, seguindo esta linha, “o melhor é começar a mudar pelos comandos”.
O capitão Fernando Marcos Pedroso de Carvalho, disse o coronel, que comandava São Sebastião e Ilhabela, pediu afastamento por um ano, para viagem ao exterior. “Ele foi transferido para facilitar”, analisou. Já o major Pouza, explicou o comandante, irá para São José dos Campos em razão de ajuste administrativo, “mas nada impede que em uma outra promoção retorne ao litoral”, avaliou.
Embora não seja da região, o novo comandante do Batalhão, salientou o coronel, é um oficial competente, com 35 anos de serviço na corporação. Já o sub-comando do setor, que também estava vago, será ocupado pelo major Vicente Perine Júnior, “que é do litoral”, lembrou Alves.
OAB pede permanência dos policiais na região - Em ofício encaminhado ao Governo Estadual e ao Comando Geral da PM, o presidente Luiz Tadeu de Oliveira Prado, da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), da 136ª Subsecção de São Sebastião/Ilhabela, pediu a permanência dos oficiais na região.
Para o presidente os policiais transferidos, além de residirem nos municípios, identificaram-se plenamente com a população do Litoral Norte, “prestando relevantes e notórios serviços, como é o caso do capitão Fernando, capitão Rosmaninho, capitão Padulla e capitão Marcondes, bem como o major Pouza”, disse no ofício.
Conforme o presidente da OAB, a remoção deles para outras localidades acarretará para sociedade prejuízos, isto porque, “até a necessária ambientação dos novos oficiais, certamente ocorrerá um grande espaço de tempo, colocando em risco a segurança dos nossos munícipes”, explicou Luiz Tadeu.
Por fim, o presidente da ordem solicita a permanência dos oficiais nos postos em que se encontram atualmente, “medida esta que se encontra de acordo com a vontade da população litorânea”. (Fonte: Imprensa Livre)

Notícias de Caraguatatuba Topo

O Guaruçá Caraguatatuba

Técnicos começam a percorrer traçado de subida do gasoduto ao Vale na terça-feira

Caraguatatuba - A assessoria de imprensa da Petrobrás sede do Rio de Janeiro ainda não confirmou a escolha do município para receber a Unidade de Tratamento do Gás, assim como a assessoria da presidência da Petrobrás.
Um dos técnicos da Companhia que esteve na cidade na tarde da última quinta-feira disse que todas as informações que podiam ser divulgadas foram passadas diretamente ao prefeito José Pereira de Aguilar. “Não podemos dar informações antes do presidente oficializar”, disse o técnico da base da Petrobrás em Campinas, que pediu para não ser identificado.
Aguilar reuniu a imprensa da região na tarde do último dia 9 e anunciou que a cidade receberá a Unidade de Gás. Uma mensagem eletrônica, enviada as 10h09 do dia 3, assinada pela Gerência de Imprensa da Petrobrás, confirma: “...O gás seguira através de gasoduto submarino de 34 polegadas e 165 km para a Unidade de Tratamento do Gás, em Caraguatatuba”, conforme escrito.
A secretária Municipal de Planejamento, Economia e Gestão, Luz Marina de Aquino, explicou que a oficialização por parte da Presidência da Companhia depende de cumprimento de agenda dos diretores. “Há assuntos mais importantes na agenda do presidente, além do que há diretores que estão em viagem para o exterior. Os técnicos estão fazendo estudos que não estão completos. O mais provável é que Caraguá seja a escolhida, porque os técnicos não estão estudando outras cidades”, disse.
Na próxima terça-feira, os técnicos da Petrobras estarão novamente na cidade, dessa vez analisando o caminho mais provável onde serão instalados os gasodutos, desde a praia na zona sul de Caraguá até chegar a Taubaté. “No final da próxima semana, teremos provavelmente um traçado final dos gasodutos”, afirmou a secretária.
Na semana passada, a Prefeitura de Caraguá, criou por decreto uma Comissão Especial Municipal para assessorar, realizar estudos, apresentar propostas e acompanhar os trabalhos junto à Petrobrás
A Comissão é formada pelo procurador jurídico, Ailton de Carvalho Júnior, a secretária de Planejamento Economia e Gestão, Luz Marina de Aquino, o secretário de Meio Ambiente, Agricultura e Pesca, Auracy Mansano Filho, e o corregedor administrativo municipal, Antônio Feliciano Valladão de Souza.
“A Comissão é uma ponte de ligação entre a Prefeitura e a Petrobras. Estaremos analisando todos os impactos e benefícios da construção da Unidade de Gás na cidade. Está em negociação o tipo de colaboração a Prefeitura dará a Companhia. Não sabemos se vamos doar a área a Petrobrás, mesmo porque não sabemos o traçado final e por isso não temos como cotar valores”, finalizou a secretária Luz Marina. (Fonte: Imprensa Livre)

Projetos supervalorizam as áreas da zona sul de Caraguá
Ampliação do porto, base de gás e outros empreendimentos fazem triplicar valor de terrenos

Caraguatatuba - O valor dos terrenos localizados na região sul de Caraguatatuba triplicou após o anúncio dos projetos de ampliação do porto de São Sebastião, de instalação de uma base de gás em Caraguá, da construção de um novo acesso rodoviário ao porto e de um CDP (Centro de Detenção Provisória).
Na região sul de Caraguá, precisamente nos bairros Pegoreli, Rio Claro e Travessão, estão as grandes áreas que deverão ser adquiridas pelo Estado, prefeitura, empresas nacionais e multinacionais para viabilização dos novos empreendimentos.
Os projetos começaram a influenciar o mercado imobiliário há pelo menos seis meses.
Somente a Unidade de Processamento de Gás, que será implantada pela Petrobrás, deverá ocupar uma área de cerca de 1 milhão de metros quadrados. A estatal informou que analisa três áreas situadas nos bairros do Rio Claro e Pegoreli, atualmente ocupadas por lavouras e a criações de gado, para instalar a base.
O Estado pretende viabilizar a duplicação e um novo acesso rodoviário ao porto de São Sebastião e a prefeitura deverá desapropriar áreas para construção do CDP e implantação do aterro regional de lixo.
PROCURA - Tem sido grande o número de consultas feitas às imobiliárias e aos proprietários de sítios, chácaras e glebas de terras na região, por parte das empresas e especuladores.
Segundo levantamento feito pela Prefeitura de Caraguá são mais de 5 milhões de metros quadrados de áreas à disposição dos interessados.
As negociações acontecem em Caraguá e nas cidades de São Paulo, Campinas e São José dos Campos. Em apenas uma das imobiliárias da região sul, a Rokita Imóveis, dez grandes áreas foram comercializadas nos últimos seis meses.
"Uma empresa multinacional adquiriu 150 mil metros quadrados para instalar uma depósito de containers (baús fechados para armazenar cargas destinadas à exportação) já prevendo a ampliação do porto", afirmou a corretora Karen Rokita.
Segundo ela, a área que estava avaliada em cerca de R$ 100 mil há alguns anos teria sido vendida por R$ 300 mil. "As notícias sobre a duplicação do porto e da instalação da base de gás aumentaram em muito a procura por terras na região sul", disse Karen.
O corretor Severino Paiva, da Imobiliária Paiva, disse que pequenas áreas próximas à rodovia Rio-Santos estão sendo procuradas por empresas que vão utilizar os serviços do porto de São Sebastião. "Existem poucas áreas à disposição e os preços praticamente triplicaram", afirmou.
Mas o anúncio dos projetos não animou apenas o mercado de imóveis. O prefeito de Caraguá, José Pereira de Aguilar (PSDB), acredita que os projetos, principalmente a base de gás, vão aumentar muito a receita municipal. O orçamento atual do município é de cerca de R$ 120 milhões. Os moradores do Litoral Norte também já sonham com os empregos que deverão surgir com os novos empreendimentos.
Empreendimentos serão concluídos até 2008 - As obras de ampliação do porto de São Sebastião deverão ser concluídas em 2008. Os investimentos previstos para a duplicação do porto e da implantação do corredor de exportação devem chegar a R$ 1 bilhão. Muitas empresas que utilizarão o porto deverão montar filiais de apoio na região. A Petrobras anunciou investimento de US$ 1 bilhão na Unidade de Processamento de Gás do Campo de Mexilhão. A recente crise boliviana está fazendo com que a estatal agilize o projeto, inicialmente previsto para 2009.
Moradores esperam geração de emprego - O prefeito de Caraguá, José Pereira de Aguilar (PSDB), acredita que a duplicação do porto de São Sebastião e a instalação da base de gás em sua cidade vão acelerar o desenvolvimento dos municípios da região, gerando arrecadação e empregos. "Nosso orçamento, de cerca de R$ 120 milhões, deverá ser substancialmente aumentado", disse. Moradores da região também esperam aumento da oferta de emprego. "Está muito difícil conseguir emprego e nossa expectativa é grande", afirmou Benedito Castilho, do bairro Barranco Alto. O morador Carlos Martins acredita que os projetos serão bons para a cidade. "Atualmente, as coisas andam difíceis por aqui." (Fonte: ValeParaibano)

Antônio Carlos será ouvido na Justiça Eleitoral em processo no qual é acusado de cometer suposto crime eleitoral

Caraguatatuba - O ex-prefeito Antônio Carlos da Silva (PSDB) deverá ser ouvido na próxima semana pela juiza eleitoral de Caraguatatuba, Regiane dos Santos, em audiência referente ao processo nº 05/05, em que ele é acusado de ter cometido crime eleitoral durante as eleições do dia 6 de outubro de 2002.
A denúncia, feita pelo promotor Moacir Witaker, é de que ele teria praticado ´boca de urna` dentro da escola "Estrela D´Alva". "Isso não procede", afirmou o ex-prefeito. "Eu estava votando e todos sabem que um prefeito atrai a atenção de muita gente".
Ele justifica que a aglomeração de pessoas à sua volta motivou seus inimigos políticos a pensarem que ele estaria praticando crime eleitoral.
Antônio Carlos foi fotografado e o Ministério Público acatou a denúncia. O processo tramitou durante anos no Tribunal Regional Eleitoral porque como prefeito, Antonio Carlos tinha prerrogativa de foro.
Agora que não está mais empossado no cargo, toda a documentação voltou para a zona eleitoral de Caraguatatuba. Segundo o advogado do ex-prefeito, Dorival de Paula Júnior, Antônio Carlos diz que no momento em que foi fotografado "apenas tirava do bolso o seu título de eleitor".
A denúncia foi levada ao Ministério Público pelo ex-rival político, Álvaro Alencar (PMDB). Conforme o advogado, a primeira audiência preliminar aconteceu em maio.
"Como era um crime menor, de potencial menos ofensivo, o promotor queria que pagássemos R$ 15 mil, mas eu não concordei", declarou Dorival.
Ele lembra que a pena mínima dada ao ex-prefeito seria de seis meses e que a mesma já teria prescrito uma vez que se passaram mais de dois anos sem que houvesse qualquer manifestação a respeito do caso.
"O promotor alega que por se tratar de crime eleitoral a população quer ver a pessoa ser punida. E a juíza iria receber a denúncia".
Além de Antônio Carlos, serão ouvidas as testemunhas de defesa e acusação. O advogado do exprefeito acredita que a decisão sairá logo, já que a Justiça Eleitoral é mais rápida.
Caso seja condenado, o ex-prefeito poderá pegar pena mínima de seis meses e perder seus direitos políticos.
"Como ele não tem antecedentes criminais e a pena prescreveu ele só deverá perder seus direitos políticos". (Fonte: Correio do Litoral)

Grupos de Teatro se apresentam de 13 a 15 de junho em Caraguá no TMC
Várias cidades da região do Vale do Paraíba e Litoral Norte estão realizando a etapa municipal do Mapa Cultural Paulista, na modalidade Teatro. Neste ano Caraguatatuba participa dessa primeira fase com três grupos

Caraguatatuba - O Mapa Cultural Paulista está movimentando várias cidades do Cone Leste Paulista em diferentes modalidades como fotografia, artes plásticas, contos, entre outros.
Nesta segunda-feira, 13 de junho, em Caraguatatuba, começa a etapa municipal do projeto, na modalidade Teatro, com a apresentação da peça “Por um fio”, (comédia) de Maria Clara Machado e Cacá Mourthé, sob a direção de Rafael Andrade, pela Cia Genérico.
Na terça-feira 14, apresentam-se no palco do Teatro Mário Covas os atores do TEC – Teatro Experimental de Caraguatatuba (FUNDACC), com a peça “Zona Contaminada” (comédia negra - censura 14 anos), de Caio Fernando Abreu, e direção de Junior Magresco.
O  Mapa Cultural Paulista objetiva identificar e ressaltar a produção cultural do interior de São Paulo em treze regiões, com as cidades sedes das expressões artísticas. As modalidades são disputadas nas fases municipais, regionais e estaduais.
Segundo informou a FUNDACC – Fundação Educacional e Cultural de Caraguatatuba, o júri será composto pelo presidente da Comissão Municipal Setorial de Artes Cênicas, dr. Pedro Norberto dos Santos, o professor em mímica e clown, Alejo Linares e o jornalista da área de Cultura do jornal Imprensa Livre, Ricardo Hiar.
As peças serão avaliadas por maturidade de concepção, criatividade e técnica. Os espetáculos acontecem na próxima semana, de segunda a quarta-feira, sempre às 20h, no Teatro Mário Covas. A entrada é franca. Prestigie! (Fonte: PMC)

Gobetti participa de evento pelo Desarmamento
Passeata abriu campanha e comemorou dia mundial alusivo a data

Caraguatatuba - A Câmara Municipal de Caraguatatuba, através do Vereador Wilson Agnaldo Gobetti (PPS), participou na manhã de hoje – 10 de junho, de uma passeata que deu início a Campanha do Desarmamento e que comemorou o dia mundial ligado à data. Cerca de 300 crianças percorreram o centro da cidade pedindo o fim da posse e comercialização de armas.
As crianças estiveram reunidas na Praça de Eventos, oriundas de diversas escolas, como a Emef (Escola Municipal de Educação Infantil) da Casa Branca e do Jardim Califórnia. Estiveram presentes, além do Vereador Wilson Gobetti, a Secretária Municipal de Educação Silmara Bollognini, o Secretário Municipal de Saúde João Senna Filho, o Superintendente Regional da Sabesp (Saneamento Básico do Estado de São Paulo), Ricardo Manckel e membros da Associação Municipal dos Guardadores de Carro, coordenadores, supervisores e professores ligados à rede pública municipal de ensino.
Nos discursos o tema, como não poderia deixar de ser, foi o Desarmamento e a repercussão que as autoridades esperam sobre o tema. O slogan da campanha é “Segurança não se faz com Armas”. Após os discursos os integrantes da passeata percorreram as ruas do centro da cidade, terminando na praça de eventos, onde tudo começou. Várias ações serão feitas a favor do Desarmamento, culminando em outubro, quando deverá ocorrer o Plebiscito Nacional.
No projeto de lei que o Vereador está fazendo sobre o assunto, consta como novidade à criação da Bandeira do Desarmamento, que deverá ser feita com base num concurso, entre os alunos da rede pública municipal e particular de ensino. A bandeira dará mais direcionamento a campanha, além de simbolizar com maior facilidade o objetivo, que é o de desarmar a população.
Para o Vereador Gobetti uma grande reflexão deve ser feita sobre o assunto. “Devemos conscientizar as futuras gerações quanto ao perigo das armas, pois estando despreparado, você pode estar contribuindo para a morte de sua família ou de algum inocente por aí. A Segurança se faz com Educação, Empregos, Cidadania e garantias iguais para todos”, concluiu. (Fonte: Câmara Municipal de Caraguatatuba)

Caraguá conquista a sua maior vitória
Documento oficial da Petrobrás chega em 1 semana

Caraguatatuba - A vinda da Estação de Tratamento de Gás Natural da Petrobrás (Petróleo Brasileiro S.A.) para Caraguatatuba será a maior conquista desde que a cidade passou a Estância Balneária, em 1947. O empreendimento irá modificar em muito as finanças municipais, além de contribuir para a melhoria na qualidade de vida da cidade.
O anúncio da vinda da Estação de Tratamento de Gás Natural da Petrobrás foi feita na tarde de quinta-feira, pelo Prefeito José Pereira de Aguilar (PSDB), durante Coletiva, em seu gabinete. O evento foi sucedido da visita de técnicos da empresa, que estão na cidade avaliando áreas e estudando a topografia da cidade.
O Presidente da Câmara Municipal, Juarez Pereira Pardim (PPS), não tem dúvidas de que a Presidência da Petrobrás irá enviar na próxima semana o documento comprovando a escolha da cidade. “A Prefeitura fez um trabalho muito bom em termos de mapeamento, logística e apoio, além de sermos, estrategicamente, melhor posicionados para receber o empreendimento”, conta.
Pardim não quer se aventurar em sonhos, mas estima que as mudanças serão grandiosas, trazendo inúmeros benefícios para o município. “Posso estimar que a infraestrutura urbana, saneamento básico e segurança pública, sem contar a Saúde e a Educação irão se beneficiar em muito da vinda da Petrobrás”, frisa.
Falar na vinda da Estação de Gás é também citar a geração de empregos – diretos e indiretos e seus respectivos dividendos – Royalties e Repasses do ICMS. “Na construção da base teremos a geração de empregos na Construção Civil. Com o seu funcionamento, os empregos indiretos e a modernização das empresas locais que irão atender a demanda do empreendimento trarão uma vida nova à cidade e veja que não estou incluindo a instalação e criação de empresas especializadas, que deverão fazer a manutenção da estação”, disse.
Quanto à política, Pardim fala que a Estação de Gás será o fiel da balança da regionalização do Litoral Norte. “Todas as cidades da região apoiaram o CDP para Caraguá, bem como a Estação de Resíduos Sólidos (Lixão). Em contrapartida, todos queriam a Estação de Gás e o Hospital Regional. Posso dizer que o hospital vem depois, pois a Estação de Gás já é nossa”, concluiu. (Fonte: Câmara Municipal de Caraguatatuba)

Omar Kazon visita Escola Pública apresentando Concurso de Redação do PL

Caraguatatuba - Durante o início do mês de Junho o Presidente do PL de Caraguatatuba, Omar Kazon (PL) visitou as escolas públicas de Caraguatatuba, junto com seus assessores e o Presidente do PL Jovem, Wagner Ramiro, para apresentar o Concurso de Redação do PL.
”É com muita satisfação que fazemos estas visitas, os adolescentes e jovens de nossa cidade estão bastante motivados com este concurso, pois é uma forma de expressar seus pensamentos diante do cenário político”, comenta Kazon.
O PL do estado de São Paulo lançou o mês passado o “Concurso de Redação Alvaro Valle”, que é um evento cultural, promovido pelo Instituto Alvaro Valle, do Partido Liberal, em parceria com o Diretório Regional do PL-SP, destinado a jovens e adolescentes, na faixa etária de 16 a 25 anos, regularmente matriculados no ensino fundamental, médio ou superior, bem como os já graduados que comprovem a colação de grau universitário e que residem em qualquer município do estado de São Paulo.
Kazon observa que os temas das redações são pertinentes, atuais e o momento é oportuno. “Foi criado recentemente o PL Jovem, cujo presidente é o nosso amigo Wagner Ramiro, mais conhecido como Waguinho, os propósitos de um Partido Jovem é exatamente este, dar aos jovens a oportunidade de se familiarizar com a política, conscientizá-los da força do voto em uma eleição, ter compromissos sociais e dar sugestões”.
“Esperamos que muitos jovens se inscrevam no concurso pois os prêmios são interessantes, viajar para Brasília, conhecer os 3 Poderes e ainda por cima ganhar um Notebook, além de que os professores dos alunos premiados e as escolas onde eles estudam também receberão prêmios. Esperamos incentivar assim os jovens a participarem da vida política de nosso país”, comenta Waguinho. (Fonte: Câmara Municipal de Caraguatatuba)

Programa Ação Litoral

Notícias de Ilhabela Topo

Vulcano Portal da Palmeira

Empresário que apóia G-5, bloco oposicionista à administração, agride funcionário público

Ilhabela - Todos sabem que o principal papel do vereador é fiscalizar o gasto do dinheiro público. Em Ilhabela, um grupo de vereadores que formam o G-5 - suposto bloco de oposição, tem mostrado o sentido inverso da teoria, pois tem sido sinônimo de caso de polícia.
Na última semana, dois dos cinco vereadores pertencentes ao bloco oposicionista se envolveram em uma confusão em um bar do bairro Perequê. Guilherme Henrique Maia (PMDB) e José Roberto de Campos (PMN), o Beto, estavam em uma mesa, acompanhados do empresário Enzo Cabezaolias, do vice-prefeito de Ilhabela, Antônio Cajado Simeu Pedro Persch (PTB), e de outros apoiadores do G-5.
O empresário, segundo denúncia, teria provocado pessoas que estavam à outra mesa, composta por funcionários públicos municipais. No calor das discussões, segundo consta em boletim de ocorrência, Cabezaolias teria agredido moralmente e fisicamente o funcionário público de carreira, Edélcio Pedro Borba.
Em entrevista à reportagem, Borba disse que a agressão teria ocorrido depois que ele chamou o empresário de caloteiro. "Estávamos conversando sobre trabalho e o empresário constantemente fazia insinuações em voz alta, agredindo verbalmente os funcionários", adianta.
Segundo o denunciante, a raiva do outro grupo teria sido motivada pelo fato de o prefeito Manoel Marcos (PTB) sentar-se à mesa com os funcionários e ser aplaudido depois de anunciar que no dia 1º de julho pagaria o salário mensal e a primeira parcela do 13º salário aos servidores.
Ainda segundo informações do denunciante, um dos vereadores teria sacado uma arma de fogo, mas acabou contido pelos demais ocupantes da mesa.
Além de Borba, o dono do bar também deve registrar boletim de ocorrência contra o empresário, que apóia o G-5. A justificativa para lavrar o documento seria ofensas morais proferidas por Enzo Cabezaolias às garçonetes do estabelecimento comercial.
O funcionário público informou que fará uma representação no Sindicato de sua categoria, solicitando assessoria jurídica.
Mais confusão - E no mesmo dia, quatro vereadores do G-5 se envolveram em outra confusão. Sem informar nada à administração, ou mesmo portando documentos solicitando autorização, Carlos Alberto de Oliveira Pinto (PMDB), José Roberto de Campos (PMN), o Beto, José Jorge Pereira (PTB), o Zeca de São Pedro e Guilherme Henrique Maia (PMDB) estiveram no Centro de Triagem de Ilhabela, mas foram impedidos de entrar no local.
Indignados com a decisão de dois funcionários do setor, os vereadores chegaram a acionar a polícia, alegando que parlamentar pode ter acesso a qualquer lugar. Mas segundo a secretária de Meio Ambiente, Maria Inez Fazzini Biondi, a função do vigia e do procurador é controlar a saída e entrada do setor.
"Quem entra e quem sai precisam ser rigorosamente monitorados, mesmo assim, as pessoas precisam seguir algumas determinações por conta do risco potencial de contaminação, normas essas exigidas pela Organização Mundial da Saúde, Código Sanitário e Cetesb".
Maria Inez explicou que mesmo com as regras, os vereadores não são impedidos de entrar no setor. "Mas como qualquer pessoa, precisam seguir normas".
Outro lado - O empresário Enzo Cabezaolias desmente as acusações de que ele teria partido para a agressão. "Apenas me defendi". Segundo ele, houve, sim, uma confusão generalizada. "Lamentavelmente, o grupo ligado ao prefeito estava presente com a clara intenção de começar um atrito. Fazia chacotas e provocações até que os ânimos se alteraram. Por estar em maioria, radicalizou".
Ele ainda disse: "Nós, apoiadores do G-5, estamos sendo vítimas de grande pressão porque incomodamos muito. Porque não nos intimidamos, eles querem deturpar os fatos".
O empresário informou ainda que dois vereadores do grupo, (Zeca de São Pedro e Márcio Garcia) estiveram em audiência com o presidente nacional do PMDB, Michel Temer, e o secretário da Segurança Pública, Saulo de Castro Abreu, na última sexta-feira, 10, relatando os fatos e pedindo providências quanto a integridade física de todos.
O vereador Guilherme negou a acusação de que durante a discussão teria sacado uma arma. "Eu tenho realmente duas armas: a inteligência e a caneta". Maia disse que valoriza a vida humana e esclareceu. "Buscava apenas apartar uma desinteligência entre dois senhores de idade". E explica que acabou agredido, por isso revidou. "Sou da paz, mas na minha cara ninguém bate. Não baixo a cabeça para ninguém.
Eu dou porrada!"
Ele condenou de forma veemente a radicalização pela qual a política de Ilhabela vem passando. "Estamos todos sendo ameaçados, essa situação tem que ter fim".
E atribuiu à versão de que teria sacado de uma arma - a qual assegura ser calúnia - , a uma manobra política, que visa atingir seu grupo. "Essas pessoas têm por hábito jogar baixo, usando intimidação e agora, calúnia".
O vereador afirmou que os fatos só vêm confirmar o seu último discurso em plenário. "Relatei a pressão psicológica a que estamos sendo submetidos e solicitei a concessão de seguro de vida".
Ponderado, o vereador José Roberto de Campos, o Beto, declarou que o problema ocorrido foi tão somente uma discussão por diferenças entre duas pessoas que estavam em grupos distintos, porém dentro no mesmo bar.
"Não vejo o incidente com conotação política". Segundo o vereador, o fato não teve o vulto que estão tentando atribuir. "Não cheguei a
presenciar que alguém tivesse sacado qualquer arma. Nosso embate, no G5, é exclusivamente no campo das idéias".
Já o vereador José Jorge Pereira, o Zeca de São Pedro, pediu mais respeito por parte do secretariado municipal. "Esperamos poder cumprir com o nosso papel sem interferências".
Carlos de Oliveira, ouvido, lamentou a radicalização dos últimos fatos. "São atitudes que não levam a nada. Ninguém ganha com isso". Afirmando que nunca teve qualquer tipo de problemas com relação à ameaças, ele conclui. "Levo a coisa com seriedade e respeito a todos, por isso não tenho medo".
O vereador Márcio Garcia disse que, mesmo não estando na cidade no dia do episódio, tem a informação que a briga não envolveu nenhum dos parlamentares pertencentes ao G-5.
"Mesmo assim, preciso sentar com meus companheiros e avaliar algumas atitudes do grupo. Temos de acabar com esse impasse entre prefeito e vereadores".
Manoel Marcos condena atitudes do G-5 - "Fazer oposição inteligente é uma coisa, agora partir para agressões morais e físicas, eu condeno", explicou o prefeito de Ilhabela, Manoel Marcos, ao comentar os dois episódios envolvendo o G-5.
Segundo ele, o verdadeiro papel dos vereadores está sendo desvirtuado. "Eles precisam fiscalizar, mas de forma inteligente e não usando truculência e agressividade, ainda mais quando atingem funcionários públicos. Isso eu não vou permitir".
Questionado sobre a formação do G-5 e dos constantes ataques ao seu primeiro escalão, Manoel Marcos disse não entender tais atitudes."Eu mesmo não entendo os motivos que levaram o comportamento de uma possível insatisfação dos vereadores. Eles sempre foram bem atendidos nas suas reivindicações, quando pediam para a comunidade. Agora, interesse próprio, não!". E mais, condenou a Moção de Repúdio aprovada pela Câmara contra a secretária de Meio Ambiente, Maria Inez Fazzini Biondi. "Como dão uma Moção dessa para uma pessoa que comandou o transbordo do lixo na cidade, desenvolveu o trabalho do Plano Diretor, responsável pela educação ambiental, participa das discussões do aterro regional? Até agora não entendi".
Além disso, o prefeito disse que acha incoerente a atitude deles. "Para alguns membros do primeiro escalão eles dão Moção de Repúdio, para outros, Moção de Louvor. Vale lembrar que a escolha do primeirão escalão teve o aval dos partidos dos quais os vereadores do G-5 fazem parte", avalia.
"Eles são inteligentes o suficiente para avaliar o que estão fazendo. Será que estão realmente preocupados com a cidade?", questiona.
Perguntado especificamente sobre a atitude do vereador e presidente do seu partido, José Jorge Pereira, o Zeca de São Pedro, o prefeito mandou um recado. "Não sei o motivo para ele fazer parte desse grupo, pois mesmo antes de se tornar vereador foi atendido pela administração nas reivindicações relativas a seu bairro. Ele deveria repensar o que está fazendo".
Presidente da Câmara - Todo o problema enfrentado entre G-5 e Executivo, disse o presidente da Câmara, Luiz Antônio dos Santos (PL), o Luiz Lobo, vem ocorrendo por falta de diálogo. "Nem os vereadores e nem o prefeito estão tendo habilidade política, mas não podemos permitir que a discussão passe do campo das idéias e se estenda para agressões verbais e físicas". (Fonte: Correio do Litoral)

Competindo, Vando se prepara para a Copa do Mundo

Ilhabela - O ciclista ilhabelense, Edvando de Souza Cruz, o Vando, competiu no último final de semana, dias 4 e 5, pelo Power Biker 2005, "Desafio das Terras Altas da Mantiqueira" na cidde de Passa Quatro, Minas Gerais, obtendo a 4ª colocação.
A competição, válida pelo ranking da CBC (Confederação Brasileira de Ciclistas), é considerada umas das principais e mais duras provas de mountain bike na maratona do Brasil e contou com a presença de 500 ciclistas, de 10 estados.
Edvando conta que devido a um problema mecânico não foi possível conseguir uma colocação melhor. "No primeiro dia de prova estava em 1° lugar, com uma certa vantagem dos demais colocados, mas devido a um problema no pedal fui parar na 7ª colocação".
De acordo com o ciclista, somente no domingo, segundo dia de competição, foi possível alavancar uma posição melhor, quando obteve o 1° lugar e caiu para a 4ª posição na classificação geral, mostrando-se satisfeito. "Mesmo não obtendo o 1° lugar, creio que fiz uma boa prova".
O Power Biker foi disputado no sistema "trip trail" (maratona), em dois dias, com os bikers divididos em três categorias: ouro (para os ciclistas federados), prata (para os não-federados, mas que já participaram de competições) e bronze (voltada aos estreantes).
Os campeões só foram conhecidos depois da soma dos tempos. No sábado, 4, foram percorridos 45 km de percurso na categoria ouro, a mesma em que Vando competiu.
Já no domingo, 5, foram mais 48 km de distância. A premiação oferecida aos primeiros colocados foi de R$ 10 mil em dinheiro, fora os prêmios doados pelos patrocinadores, que passam de R$ 20 mil em produtos.
Preparação - Sobre a sua preparação para a Copa do Mundo, Edvando explica que competições como o Power Biker servem de treinamento para a Copa do Mundo, para a qual afirma ter uma boa expectativa.
" Tenho uma boa perspectiva para o mundial, pois uma das etapas será realizada aqui no Brasil e conto com ajuda da torcida". E ele completa: "Mesmo sabendo que o nível de qualidade dos ciclistas tem aumentado muito, espero fazer uma boa apresentação na Copa do Mundo". (Fonte: Correio do Litoral)

Notícias de São Sebastião Topo

São Sebastião Superchic

Prefeitura anuncia melhorias para Maresias durante reunião comunitária

São Sebastião - A comunidade do bairro de Maresias participou quinta-feira (09/06) de uma reunião comunitária com o prefeito Dr. Juan Garcia e os secretários municipais, onde puderam apresentar suas reivindicações e ouvir sobre o que a Prefeitura tem feito pelo município neste início de administração. A Prefeitura também anunciou benefícios para o bairro nas áreas de Saúde e Educação durante a reunião realizada na Escola Municipal Dulce César Tavares, localizada na Rua do Forno, no Sertão de Maresias.
O prefeito falou sobre o objetivo da Prefeitura em recuperar o atendimento primário em saúde, oferecendo condições para que a comunidade tenha acesso a boas consultas, bons exames e bons tratamentos. Lembrou ainda os esforços que vem sendo feitos para tentar reparar as falhas que foram deixadas na E.M. Dulce César Tavares que, apesar de ter sido inaugurada ainda no ano passado, a obra ficou incompleta e com problemas estruturais.
O vice-prefeito e secretário Municipal da Educação, Paulo Henrique Santana, declarou quais são os planos futuros para a Educação no bairro. “Vamos construir uma creche e com a transferência dos alunos da Emei para o prédio da EM, vamos fazer no local um novo prédio para a Emei visando atender melhor a comunidade. Ainda não temos datas previstas, mas já temos um arquiteto fazendo a medição e projetando a construção de um novo prédio”, anunciou.
“Já conseguimos desativar o uso do prédio da Escola Municipal de Educação Infantil Peixinho Dourado, cuja estrutura está completamente comprometida, com as paredes emboloradas e mofadas, sanitários sem condições adequadas de uso, o que acabava colocando em risco a saúde das crianças”, disse o secretário. Para desativar o prédio onde estava situada a Escola de Educação Infantil, localizada também na Rua Caminho do Forno, o secretário informou que foi necessário agilizar a ampliação do prédio que já atendia a EM Dulce César Tavares, para que pudesse receber também os cerca de 220 alunos da Educação Infantil. Segundo Geni Amaral dos Santos, que é diretora da Emei Peixinho Dourado há dois anos, o prédio foi construído, ainda na administração passada, para ser provisório. “Era para ser um prédio provisório, mas acabamos ficando mais tempo que o esperado e por ser feito de madeira, acabou se deteriorando com o tempo”, explicou.
O secretário também lembrou que diversas melhorias já foram feitas na EM Dulce César Tavares depois que assumiu a pasta. “Estamos tendo desgastes com a empresa que executou a obra, a Lix Construtora, pois a obra foi inaugurada e paga, ainda na administração passada e ficaram diversos problemas estruturais a resolver. Contudo, já atendemos diversas reivindicações dos moradores, colocando os vidros no prédio, já solicitamos a compra das mesas para a merenda, colocamos as calhas. Solicitamos iluminação para a rua, abrimos uma vala ao lado da rua para escoar a água e evitar alagamentos, também rebaixamos e nivelamos a rua tendo em vista que a escola foi construída abaixo do nível da rua o que estava gerando alagamentos na escola. Reclamaram sobre a limpeza da escola e nós contratamos mais duas serventes para ajudar. Pediram alteração no cardápio da merenda escolar e acionamos a empresa que mandou nutricionista para melhorar a merenda. Então, não podem dizer que as coisas não estão mudando”, argumentou.
Lembrou ainda sobre a geração de 150 empregos para professores substitutos e de recuperação paralela. “Quando faltava um professor, as crianças eram dispensadas por que não havia quem o substituísse. Hoje isso não acontece mais. E com a recuperação paralela haverá uma aceleração do nível de ensino”, explicou.
Saúde - Na ocasião, o secretário Municipal da Saúde, Guilherme Duarte de Carvalho, anunciou que atendendo a pedidos dos moradores será disponibilizada uma ambulância para o bairro, que fará atendimento 24 horas. Ele lembrou ainda que, com a chegada da 2ª fase de renovação da frota, o município estará recebendo cerca de cinco novas ambulâncias.
De acordo com o secretário, é necessária uma equipe de PSF para cada 4.500 moradores. “Em Maresias temos hoje, uma população que gira em torno de 6.500 moradores que contam com duas equipes de PSF, ou seja temos duas unidades atendendo um número menor de habitantes do que o exigido”, afirmou. Ainda assim, ele reconheceu que algumas mudanças precisam ser feitas. “Temos alguns problemas? Sim, mas estamos batalhando para resolvê-los”, disse ele se referindo a uma reclamação dos moradores afirmando que o PSF do bairro estaria precisando de melhorias em limpeza e conservação. Neste sentido, o secretário respondeu informando que o material para realizar estes reparos já foi solicitado e que em breve o prédio deverá receber entre os reparos, uma nova pintura e consertos nos sanitários.
Em meio a pedidos de saneamento básico, iluminação, calçamento, entre outros, o mais abordado foi o Programa de Congelamento. Tendo em vista que os moradores do bairro ainda apresentavam dúvidas sobre o programa, apesar de a Prefeitura já ter realizado reunião para explicar a implantação do mesmo no local, ficou decidido que a Prefeitura irá marcar novas reuniões entre os moradores e a equipe que coordena o programa.
O secretário de Cultura e Turismo, Júlio Buzi, falou que as oficinas culturais devem ser iniciadas em breve em Maresias, pois a contratação de monitores já está ocorrendo por meio de parceria com uma OSCIP (Organização da Sociedade Civil de Interesse Público) e está buscando um local para receber as oficinas no bairro.
O prefeito finalizou a reunião dizendo que em nenhuma época na história do município, uma Prefeitura fez o que se está fazendo agora. “Estou trazendo o governo, e não apenas o prefeito, para conversar e ouvir a comunidade. Para juntos tentarmos construir uma cidade mais democrática e uma administração participativa. Isso nunca existiu”, concluiu. (Fonte: PMSS)
 
Notícias de Ubatuba Topo

Restaurante Solar das Águas Cantantes Ubatuba

Polícia e MP ouvem servidor acusado de desviar dinheiro

Ubatuba - O ex-servidor municipal de Ubatuba Alvelino Almeida Júnior, exonerado sob acusação de desviar de dinheiro da folha de pagamento do funcionalismo, prestou depoimento sexta-feira à Polícia Civil.
Ele foi ouvido pelo delegado Wagner Bassi e pelo promotor Osvaldo Almeida Coelho no quarto do hospital onde está internado desde quarta-feira. O ex-servidor foi esfaqueado no sítio da família.
Segundo o delegado, Almeida Júnior negou-se a prestar informações sobre o suposto desvio de dinheiro.
"Ele afirmou que só falará sobre o assunto em juízo", disse Bassi. O ex-servidor disse ter sido vítima de um atentado. Segundo ele, os homens encapuzados entraram na casa gritando que iriam 'apagá-lo'.
Almeida Júnior contou ao delegado que entrou em luta corporal com os bandidos e que fugiu com a faca no peito. Após correr por cerca de quatro quilômetros e se esconder na mata, ele teria retirado a faca do peito. Ele disse ainda que acionou a família por um celular.
O delegado disse que pretende fazer uma perícia no sítio para tentar encontrar pistas que possam levar à identificação e prisão dos responsáveis pelo crime.
O promotor Osvaldo Almeida Coelho disse que pretende ouvir novamente Almeida Júnior quando ele deixar o hospital. "Ele falou muito pouco e não quis comentar o desvio do dinheiro", disse.
O advogado do ex-servidor, Luiz Cláudio Leite, disse que seu cliente foi orientado a só falar sobre a acusação de desvio de dinheiro após a sindicância da prefeitura comprovar oficialmente seu possível envolvimento no caso.
C.M.S., namorada e sócia de Júnior, prestou depoimento quinta-feira à noite ao Ministério Público. "Ela negou qualquer envolvimento no desvio de dinheiro da folha de pagamento", disse o promotor.
COMISSÃO- A prefeitura nomeou sexta-feira os servidores Ernesto Cardoso Júnior (Gabinete), Luiz Antônio Serpa (Centro de Processamentos de Dados) e José Geraldo Silva (Guarda Municipal) para a comissão de sindicância que irá apurar o montante de dinheiro desviado da folha de pagamento, desde quando o golpe era aplicado e os servidores envolvidos. (Fonte: ValeParaibano)

Prefeitura desembarga obras de quiosques da Praia Grande

Ubatuba - Seis das oito obras de ampliação de quiosques na Praia Grande de Ubatuba que estavam embargadas desde o dia 18 de maio tiveram ontem à tarde (9) a liberação por parte da Secretaria de Arquitetura e Urbanismo da Prefeitura. Os permissionários tiveram que fazer um projeto da obra de reforma e/ou ampliação de acordo com as novas normas de padronização estabelecidas pela prefeitura. As obras serão retomadas e deverão obedecer os seguintes parâmetros: altura máxima da edificação – 5,40 metros contados do piso da varanda; área coberta fechada de no máximo 63,00 m² correspondendo a um módulo retangular de 9,50 m e comprimento por 6,50 m de largura e a largura máxima das varandas de 4,50 m.
A prefeitura determinou a paralisação das obras porque nenhuma delas tinha o projeto aprovado pela Secretaria de Arquitetura e Urbanismo nem tampouco o alvará de reforma. Segundo Ary Jardim de Azevedo, secretário de Arquitetura e Urbanismo, o embargo foi necessário porque todas as reformas estavam sendo feitas sem o aval da lei.
Os quiosques que sofreram o auto de embargo foram: Ponto de Encontro, Ponto Chic, Kaiambá, Quiosque do Gordo, Asa Branca, Pica-pau, Arca de Noé e Cantão.
O secretário de Arquitetura, Ary Jardim informou ainda que está sendo providenciado junto a SAU o projeto de urbanização não só da orla da Praia Grande como também das demais praias de Ubatuba, nos moldes do Projeto Orla, do Governo Federal. Ary lembrou também que tanto os procedimentos básicos (abaixo) como o modelo oficial dos quiosques e as tabelas para preenchimento de A. R. T. encontram-se afixados no mural da Secretaria.
Procedimentos básicos para aprovação de projetos de quiosques:
- Requerimento
- ART de responsável pela execução e fiscalização do projeto
- 04 vias de planta
- 04 vias de memorial descritivo
- provação na AEA de Ubatuba
- Termo de permissão de uso
- Documentação para aprovação no Serviço de Saúde Coletiva
- Termo de Compromisso quanto ao fiel cumprimento da legislação específica sobre quiosque, bem como da contrapartida da urbanização do entorno do quiosque, segundo modelo a ser apresentado pela SAL
- Caderneta de Obras (Fonte: PMU)

Impasse sobre propriedade de terras quilombolas pode acabar

Ubatuba - O litígio que perdura desde a década de 90 na praia de Caçandoca, em Ubatuba, pode ter seu fim em breve. O secretário de Justiça do Estado, Hédio Silva Júnior, trouxe a boa notícia aos moradores remanescentes de um quilombo.
As 60 famílias da comunidade poderão permanecer no local por mais três meses, enquanto a questão de posse da área é discutida. Nessa última semana, uma liminar dada pelo Tribunal de Justiça suspendeu a ação de reintegração de posse favorável à Urbanizadora Continental S/A - Comércio, Construção e Imóveis, que briga pela área.
No dia 13 de maio, data em que se comemora a Libertação dos Escravos, organizações e representantes do movimento quilombola fizeram um manifesto para que os moradores da área ali permanecessem.
Trata-se de uma das 2.228 comunidades remanescentes de quilombos dentro do País, segundo apontamentos feitos pela Universidade de Brasília, que estudou o tema.
Um dado triste levantado durante o estudo é que desse total, apenas 70 grupos não estão envolvidos em brigas fundiárias. Em Ubatuba, a situação se agrava. A Caçandoca é um dos trechos mais valorizados do litoral paulista.
No ano 2000, o Instituto de Terras de São Paulo (Itesp) reconheceu a Caçandoca como território quilombola. Mesmo assim, isso não trouxe tranquilidade às famílias que descendem dos trabalhadores de uma fazenda de café da região, e cuja ocupação remete às últimas décadas do século XIX.
O juiz da comarca de Ubatuba, Antonio Mansur Filho, revalidou uma liminar concedida em 1998 à Urbanizadora Continental. Os diretores da empresa sentaram à mesa com diretores do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária em São Paulo (Incra), representantes da Secretaria Especial de Promoção da Igualdade Racial e do governo do Estado e tentaram um acordo.
Espera-se que a empreendedora estabeleça um valor para que o governo compre a área e traga a paz aos moradores. Caso não haja entendimentos, o quilombo poderá ser desapropriado, evitando a expulsão das famílias.
Ourtra questão envolvendo aquela área é que não se tem idéia se ela seria ou não pública. Desde a década de 90, o governo estadual entrou com uma ação discriminatória que até hoje não foi concluída, como explicou o vice-prefeito da cidade, Domingos dos Santos (PT).
"Se forem áreas devolutas, o governo nem mesmo terá de indenizar a empresa", lembra. Para ele, a publicação da portaria assinada pelo superintendente regional do Incra, Raimundo Pires Silva, de que aquela área é território quilombola dá mais segurança às famílias que ali estão.
"Suspeita-se que aquelas áreas tenham sofrido a ação de grilagem", explicou. "O laudo do Incra foi um passo importante para aquelas famílias".
Para ele, nada mais justo que a comunidade quilombola seja beneficiada, após anos sendo maltratada. "Eles foram sendo expulsos por grileiros e agora podem retornar às suas casas e reconstruir suas vidas".
Conflitos - Uma série de problemas ocorreram desde que a briga pela terra começou na Caçandoca. Em uma das vezes, a comunidade se viu impedida de usar a estrada - bloqueada para que os moradores do local não usassem o transporte público.
Algumas famílias chegaram a desistir das terras e tentar a sorte. As que ficaram passaram por situações desconfortantes, chegando a morar em barracos de lonas, sem direito a água, luz ou esgoto. "Agora, a terra deverá voltar para quem sempre viveu ali", acredita o vice-prefeito. (Fonte: Correio do Litoral)

Guarda Municipal regulariza registro de armas

Ubatuba - Na semana passada os guardas municipais Alex Sandro dos Santos e Walmor Mariano Ballio estiveram em São Paulo no SINARM - Sistema Nacional de Armas onde receberam das mãos da delegada de Polícia Federal Alexandra Cássia Cardoso o registro de 83 armas. Em janeiro de 2002 a Polícia Rodoviária Federal fez a doação dessas armas para a corporação. "O registro das armas doadas hoje é fato consumado, já que tantas iniciativas foram tomadas sem sucesso. A regularização é de extrema importância para a população e a corporação, garantindo mais segurança para o cotidiano de ambos", explicou Alex. (Fonte: PMU)

Oficina de Dança de Ubatuba é Destaque no VI Vale Arte Festival

Ubatuba - O Ballet de Ubatuba, representado pela Professora Alessandra Penha, da “Oficina de Dança” da Fundart (Fundação de Arte e Cultura de Ubatuba), teve cinco das sete apresentações premiadas, no VI Vale Arte Festival de Taubaté, que aconteceu no último dia 4. O evento reuniu bailarinos do Vale do Paraíba, Grande São Paulo e outros estados, que foram julgados por uma banca com renomados nomes, como Magaly Bueno, atual professora da Escola Municipal de Bailarinos de São Paulo e Beth Durão, bailarina e professora de Ballet com especialização no Royal Ballet da Inglaterra.
O Grupo “Oficina de Dança” existe desde 1997 e é coordenado. A proposta do curso, segundo a professora Alessandra Penha, “é o ensino da técnica de ballet clássico e acadêmico, como forma de acesso da população à cultura. Outro aspecto relevante, é a utilização das aulas para estimular o crescimento pessoal por meio da observação da postura correta e da disciplina”. No ano de 2005 o curso de Ballet Clássico recebeu 202 alunas matriculadas dividas em 9 turmas.
A Professora Alessandra agradece todas as alunas e pais envolvidos pela total dedicação, à diretora da Escola Municipal Maria Josefina, Flávia Comitte, por ceder o espaço da Escola para os ensaios finais, às Secretarias de Educação e de Transporte, à Direção da FUNDART e a todos os funcionários que direta e indiretamente contribuíram para esses ótimos resultados. (Fonte: PMU)

Julho tem pára-quedismo em Ubatuba
Feras dos saltos voltam à Ubatuba para disputa da 2ª etapa do Circuito Chevrolet Montana

Ubatuba - Ubatuba sediará nos dias 2 e 3 de julho a 2ª Etapa do Circuito Chevrolet Montana de Pará-Quedismo, que acontecerá no Aeroporto Gastão Madeira. A realização do Circuito Chevrolet tem por objetivos promover, desenvolver e incentivar a prática da Formação de Queda Livre, Freestyle, Skysurf e Freefly e Pilotagem de Velame. O evento contará com as participações de Dani Monteiro (Esporte Espetacular) e Sabiá (ESPM).
Para o secretário de Turismo de Ubatuba, Luiz Felipe de Azevedo, a realização dessa etapa é um grande passo para a cidade. “É um marco histórico no turismo de Ubatuba. O salto de pará-quedas em nossa cidade é sensacional, além de reunirmos grandes nomes da categoria. Estamos dando um salto para o turismo de qualidade”, acredita Felipe.
Na sexta-feira, 1º, haverá a apresentação e treinamento dos árbitros, saltos de treinamento (livre) e reunião preparatória. No sábado, 2, começam os saltos de competição que prosseguem até domingo, quando a etapa termina com a premiação.
As próximas etapas ocorrerão nos dias 17 e 18 de setembro em Piracicaba (SP) e 25, 26 e 27 de novembro em Campinas (SP). (Fonte: PMU)

Gaivota Cria Eventos apresenta Jartar Empreteco

Ubatuba - O exercício "Cria" do seminário Empretec que esta acontecendo em Ubatuba estará realizando um jantar de confraternização nesta terça-feira, dia 14, as 19 horas na Churrascaria Gauchão, onde serão servidos rodízio de carnes, frios e pratos quentes (bebidas à parte).
Serão sorteados presentes e brindes, e o lucro será revertido em pról da Creche Francisquinho. O convite individual custará R$ 20,00 e crianças até 10 anos pagam meia. O convite estará a venda na Associação Comercial de Ubatuba. Participe!

Fundart realiza grande exposição de artesanato em Ubatuba

Ubatuba - A partir da próxima terça-feira, dia 14, os artesãos de Ubatuba, por meio do grupo setorial de artesanato da Fundart (Fundação de Arte e Cultura de Ubatuba) se reunirão numa exposição que promete resgatar e revitalizar a verdadeira arte popular ubatubense. São mais de 95 expositores inscritos, de diversas categorias mostrando sua arte no Casarão do Porto, atual sede da Fundart.
Cerâmica, entalhe em madeira, biscuit, crochê, tricô, porcelana, pintura em tecido, cestaria, arte indígena, afro-arte, bambu e outros trabalhos poderão ser apreciados e comprados até o dia 30 de junho.
A abertura começa às 20h, na terça-feira, dia 14. Depois, a exposição pode ser visitada de segunda a sexta, das 9h às 12h e das 14h às 18h. Sábados e domingos, das 16h00 às 22h00. O Casarão do Porto fica na Praça Anchieta, 38 – Centro. Para mais informações: (12)3833-7000 / 7001. (Fonte: PMU)

Moradores do bairro do Sertão do Ingá pedem socorro aos vereadores

Ubatuba - Faz bastante tempo que a comunidade do Sertão do Ingá, Região Sul da cidade, pede providências para os inúmeros problemas do bairro, de acordo com o representante dos moradores, Joede Feijó.
Na reunião desta quinta-feira, dia 09 de junho, com a presença do presidente da Câmara Municipal, Jairo dos Santos, PT, dos vereadores Luciana Machado, PDT, Osmar de Souza, PFL, e do Administrador da Regional Sul, Mário Clarassotti, eles expuseram as reivindicações prioritárias e pediram soluções urgentes. Entre elas estão a recuperação da Estrada do Ingá; abertura de valas para o escoamento das águas das chuvas; iluminação em toda a extensão da estrada do Ingá; segurança à noite, principalmente para os estudantes que retornam tarde para casa; transporte para os 92 alunos existentes por período do dia, sem contar com os que estudam a noite; e a construção de uma Escola Municipal para o bairro.
O lixo jogado nas ruas, principalmente na Praça Amazonas, bem na entrada do Sertão do Ingá e os restos de açougue, como ossos de animais, lançados na rua 16, outra entrada do bairro, provocando mau cheiro e perigo de contaminação, foram motivo de queixa e revolta, transmitidas por Joede Feijó. Ele, agora, diz estar com esperança de que na próxima reunião, marcada para a primeira quinta-feira de julho, os vereadores cheguem com boas notícias por parte da Prefeitura em relação ao atendimento de todas as reivindicações. Para isso, Jairo dos Santos, Luciana Machado e Osmar de Souza assumira compromisso de enviar ofícios e se empenhar junto ao Executivo. (Fonte: Câmara Municipal de Ubatuba)

Vereador Claudinho Gulli visita bairro de Folha Seca

Ubatuba - Os moradores de Folha Seca pedem rapidez na solução dos problemas do bairro. O vereador Claudinho Gulli, PMDB, e o Assessor de Assuntos Comunitários da Prefeitura, Claudiney Salgado, visitaram a região, no dia 06 de junho, a convite do presidente da Associação dos Moradores e Amigos da Folha Seca – AMAFS – Aparecido Francisco Miraldo.
Eles receberam cópia de um ofício onde solicitam, com a máxima urgência, a construção de um Posto de Saúde na Praia Dura.Além disso, a comunidade pede a restauração das pontes da estrada principal do bairro que estão danificadas desde as fortes chuvas que aconteceram no mês de abril. (Fonte: Câmara Municipal de Ubatuba)

Ação Litoral
 
Carta do Leitor
As mensagens, fotos e opiniões  publicadas neste boletim são de inteira responsabilidade de suas fontes e autores,
não expressando necessariamente a opinião deste informativo. O envio de qualquer material para nosso e-mail
será considerado como autorizado a sua publicação e assumida a total responsabilidade pelo seu conteúdo.
As mensagens deverão conter nome completo, RG, endereço, telefone de contato e um e-mail válido.
Reservamos o direito de não publicar cartas que não contenham a devida  identificação do autor.
Topo

Foto do Dia Pessoas - Oi Emilio, achei muito bom divulgar fotos de pessoas na Sessão Foto do Dia, mas, acho importante conter algumas informações pessoais como: onde nasceu, profissão, sabe essas coisas básicas. A foto que foi publicada sexta, olhei bem aquele Senhor, me parece conhecido, não sei, não sei se é da Câmara ou se é pescador, acho legal essas informações a respeito das pessoas.

Bel Dergham
Sertão da Quina, Ubatuba, SP


Será o Resgate? - Parabéns Eduardo Cezar, gostei de ver sua atitude no caso do desvio de verba pública na folha de pagamento, foi correto, mas guardem bem esse homem, pois já deu para ver que tem gente grande no meio, quase calaram a boca do mesmo, deve saber muita coisa.
Sua atitude foi honrosa, mas Eduardo, não se esqueça de nós aqui da Região Sul, ficamos esperando um mutirão de sessenta homens que iriam dar uma geral em toda região e aqui no Sertão da Quina só fizeram aquele conhecido TAPA-BURACOS, que em reunião de Associação o senhor garantiu que não jogaria dinheiro fora com os tapa-buracos e todo o restante prometido estamos esperando e desesperando.
Gostaria de saber qual sua posição quanto a CPI dos Quiosques, ouvi falar que o senhor não era favorável, mas não tenho certeza da informação e não gostei dela, pois em tudo que há dúvida, problemas, pendências, deverá ser esclarecido, senão como RESGATAR UBATUBA por inteiro?

Bel Dergham
Sertão da Quina, Ubatuba, SP


"O Mundo de Bobi" - Estórias para boi dormir - Prezados leitores. Não há como ficar indiferente às supostas alegações de "atentado", ou seja, de "tentativa de homicídio" sofrida por certa pessoa. Ora, é notório o fato de que: se "bandidos homicidas" vão matar alguém, ainda mais para "calar alguém" e em sendo três os supostos executores do crime, entende-se, pelo que vemos na mídia e nas estatísticas, que teriam feito de forma mais brutal (ou tiro, ou paulada, várias facadas para atingir um órgão vital), enfim, outros meios "mais eficientes".
Estranheza também causa o fato de que os supostos bandidos tenham sido idiotas o bastante ou bonzinhos e com muita compaixão de não terem "pego" o celular da suposta vítima, justamente para dar a ela a oportunidade de vida e de um dia tornar-se a testemunha crucial em um processo criminal de tentativa de homicídio contra eles proposta. Difícil, outrossim, não pensar em: "sem querer querendo numa alto lesão".
É, tem gente aprendendo muito com as "artes ocultas do imaginário" e da "cara-de-pau", muito aplicadas em Brasília e da política do "não fui eu", "eu sou a vítima", "é uma conspiração contra a minha pessoa" (conspiração internacional?).
Alguém está assistindo muito um desenho chamado "O Mundo de Bobi".
Tamanha imaginação. Sim, mas é válido (válido no enfoque de um suposto ato desesperado), pois que estória mais se poderia argüir? Seria a de quem matou Lineu? Ah, não. Esta já sabemos.
Quem serão os três "bandidões"? Os três patetas? Seriam integrantes da: gang da "Laura", da "Nazaré" e do assassino do "Jorge Junqueira"?
Não! Pode ter sido " 'Satan' " Hussein. Alguém duvida? Será? É um mistério.
Quem pode duvidar disso? Eu não duvido. Mas também, não acredito. Estranho, não?
Parece que pode haver, como está sendo tentado, em tese, uma "inversão" de acusado para vítima.
Fatos assim não podem cair no esquecimento, pois há quem diga que "se esquecemos o passado estamos condenados à repeti-lo".
Bem. Suposições à parte, o que nos importa descobrir além da verdade, ou seja, do (s) verdadeiro (s) culpado (s) para que seja aplicada a Justiça, é também se descobrir o quantum teria sido desviado e se o Povo de Ubatuba (a maior, senão a única vítima nesta história toda) conseguirá reavê-lo. Aí, já é outra, mas outra história ... .
De um cidadão Ubatubense no exercício de seu direito de expressão.

Carlos Eduardo Santos Midões
Ubatuba, SP

Foto do Dia Topo

Para participar desta seção basta enviar as fotos com crédito do autor e legenda, no tamanho mínimo
de 1024 x 768 pixels com resolução de 72dpi para fotododia@litoralvirtual.com.br

Atenção! - A sessão Foto do Dia passará a divulgar também fotos de pessoas da região. Esta será nossa forma de homenagear e prestigiar pessoas de destaque no Litoral Norte. As fotos enviadas deverão ser no enquadramento "close" podendo ser coloria ou PB, no tamanho mínimo de 1024 x 768 pixels com resolução de 72dpi. O envio da foto caracteriza autorizada a sua publicação, assumindo o autor total responsabilidade pela publicação da mesma..

Pessoas:

Gente: Pedro da Agência

Pedrinho da Agência
Aproveito a oportunidade enviando a foto (anexa), do Sr. Pedro Lucindo da Silva, mais conhecido por (Sr. Pedrinho da agência), acredito que a foto seja prox. aos anos 60, pioneiro no serviços na Empresa Rodoviária Atlântico, por volta dos anos 50, na época como cobrador de Jardineira, lembro de seus comentários, uma viagem para Taubaté demorava o dia inteiro quando não era interrompida por a quebra da Jardineira ou por barreiras na estrada, qual era via Catuçaba e sem asfalto de Ubatuba a São Luiz, sendo o meio de comunicação na época.
Falecido em janeiro de 1992 , mas os mais idosos de Ubatuba iram lembrar-lo.
Acho que também vale agente relembrar, pois foi um batalhador por Ubatuba também.
dos filhos:
Pedro Lucindo da Silva
Luiz Fernando Lucindo da Silva
Jose Marcos Lucindo da Silva

Envie sua foto!

Para instalar a foto como papel de parede (wallpaper)
Clique na foto acima. Após carregar a foto ampliada, clique com o botão direito do mouse sobre a imagem e escolha "Definir como papel de parede" ou "Definir como fundo de tela". Para ajustar a imagem em tela cheia, clique em qualquer lugar da área de trabalho com o botão direito do mouse, escolha "Propriedades" / "Fundo de Tela" ou "Papel de Parede" / "Ampliar".

Arquivos:  Foto Saudade  -  Foto do Dia

 Faça seu comentário, crítica, opinião ou sugestão no Litoral Virtual:
Clique Aqui


As notícias, fotos e cartas publicadas neste boletim são de inteira responsabilidade de suas fontes e autores,
não expressando necessariamente a opinião deste informativo. O envio de qualquer material para nosso e-mail
será considerado como autorizado a sua publicação e assumida a total responsabilidade pelo seu conteúdo.
As cartas devem conter nome completo, RG, endereço, telefone de contato e um e-mail válido.
Reservamos o direito de não publicar cartas que não contenham a devida  identificação do autor.

Editor Chefe: Emilio Campi

GRÁTIS!!
Receba as Últimas Notícias do Litoral em seu e-mail:

Quero receber GRATUITAMENTE o boletim Últimas Notícias do Litoral:

e-mail:
Cidade:



Obs.: Você poderá cancelar o recebimento das notícias a qualquer momento.

Conheça as cidades do Litoral Norte Paulista:

Caraguatatuba Ilhabela São Sebastião Ubatuba

Litoral Virtual
O mais completo site do Litoral Norte Paulista na Internet
Sugestões, críticas e informações, entre em contato:
info@litoralvirtual.com.br

©1995/2001 Emilio Campi - Studio Maranduba - Direitos Reservados
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem a expressa autorização do autor

contador, formmail cgi, recursos de e-mail gratis para web site