Litoral Virtual últimas notícias do litoral
Quinta-feira, 23 de junho de 2005 - Nº 1306 Edições Anteriores

Sol e Vida Inteligraph Uba-Uba

Região
Polícia Comunitária é filosofia do novo comando da região
Inverno chega com chuvas
Litoral Norte se prepara para a renovação da carteira de motorista


Caraguatatuba
Congresso Técnico dos Jogos Regionais reúne 400 pessoas no Teatro Municipal
Caraguá investe em atletas locais para o 49º Jogos Regionais
Geração Independente vence a 1ª Taça Cidade de Caraguá
Caraguá tem atendimento odontológico até 21 horas
Operação Pápa-Cárie nas creches
“Neversário do Nerso” no Teatro Mario Covas
Câmara discute Veto sobre Loteamento
Câmara rejeita atendimento prioritário nos bancos


Ilhabela
Atividades do Mês do Meio Ambiente em Ilhabela
Última reunião define detalhes da Conferência Municipal em Ilhabela
Ladrões motorizados voltam a agir em Ilhabela

São Sebastião
Reunião na Câmara de São Sebastião apresenta cursos profissionalizantes
Pescadores autuados pela Polícia Ambiental buscam apoio na Câmara
Vereador propõe alteração na lei de repasse de verba ao Hospital das Clínicas
Vereadora cobra implantação de placas em ruas para auxiliar moradores e turistas
Câmara aprova normas para instalação de toldos
Danilo Costa começa bem no Super Surf em Maresias

Ubatuba
Juíza proíbe obras em quiosques
Câmara instala CPI para apurar desvio de verbas em Ubatuba
ACIU e Sebrae implantarão o PDTR em Ubatuba
Secretário de Esporte participa do lançamento de Manual de Incentivo Fiscal
Ubatuba fica com a prata na Livovali
Nova diretoria da AUS toma posse
Pregão Presencial será adotado pela Prefeitura de Ubatuba
Trevo do Saco da Ribeira passa por remodelação
Prefeitura de Ubatuba passará por reforma administrativa
Prefeito vai a CDHU para agilizar casas populares para Ubatuba
Escola da Lagoinha
Prefeitura de Ubatuba abre inscrições para Cipa

Seções
Artigo
Carta do Leitor
Foto do Dia


Notícias da Região Topo

Polícia Comunitária é filosofia do novo comando da região

Litoral Norte - Trazendo o conhecimento da polícia comunitária, chegou esta semana o novo comandante do Batalhão da PM, com sede em São Sebastião, e responsável pelos quatro municípios da região. Trata-se do tenente-coronel Eduardo Luiz Carbonari.
O novo comandante chega numa época em que a população, representada pelos Conselhos de Segurança das cidades e os prefeitos reivindicam aumento de policiais militares para conter a criminalidade que vem crescendo no Litoral. “Hoje trabalhamos com a qualidade no lugar da quantidade”, disse o coronel, descartando a possibilidade de aumento no efetivo.
Até porque, explicou o coronel, antes de pensar em criar uma nova companhia, que seria a vontade de moradores, ou aumentar o efetivo, devem ser preenchidas as vagas existentes no Batalhão de 10% a 15% do efetivo atual, chamado de “claros”.
Trabalho social - Carbonari veio do Batalhão de Sertãozinho, da região de Ribeirão Preto. Sua experiência dentro da idéia de Polícia Comunitária foi em Campinas, onde comandou trabalhos sociais junto às comunidades carentes das favelas. “Foram ações de cidadania, que trouxeram resultados satisfatórios. A violência diminuiu nestes bairros”, disse o coronel.
"Hoje trabalhamos com a qualidade no lugar da quantidade", disse o coronel Eduardo Carbonari, descartando aumento no efetivo
Para Carbonari, na periferia existem pessoas inteligentes que querem produzir e são com elas que a polícia realiza um serviço social. É este tipo de trabalho que o novo comandante da PM pretende implantar na região. “A aproximação não é do tipo ‘mão na cabeça’, mas com educação. Assim será o elo com a comunidade”, completou o coronel, afirmando que todos serão tratados sem distinção.
Controle de crimes - Dentro da filosofia de polícia comunitária, ainda será feito um trabalho em conjunto com a Polícia Civil. “Vamos detectar os locais com maior índice de furtos ou roubos e fazer um trabalho para reduzir o crime”, destacou. Para isso, acrescentou Carbonari, a PM tem um setor que faz um controle e análise da criminalidade nas cidades.
Com 39 anos na Polícia Militar, o coronel conhecia o Litoral Norte somente durante passeios, mas garante que a criminalidade na região não está grande se comparando com outros locais, como Campinas e Ribeirão Preto.
Fora repressão - Por já ter atuado em lugares violentos é que o coronel afirma que não adianta aumentar o efetivo. Segundo Carbonari, para conter a criminalidade a polícia deve fazer um trabalho de aproximação com a comunidade, mudando o conceito de repressão. “A PM deve atuar ostensiva, fardada e preventiva nas ruas”, acrescentou.
Para o coronel, todas estas mudanças nos comandos da PM, sejam no Batalhão e Companhias dos municípios, que receberam capitães novos, foram pensando em melhorias. “É preciso renovação, pois o tempo acaba trazendo acomodação”, finalizou o coronel.
Sub-comando traz experiência das regiões violentas de SP - O novo sub-comandante do Batalhão do Litoral Norte, que assume a região, junto com o tenente coronel Eduardo Luiz Carbonari, traz a experiência das regiões violentas de São Paulo.
O major Vicente Perine Júnior veio do Batalhão com sede no Jardim Ângela, periferia da zona sul da cidade, considerada uma das piores, onde ficou por três anos nos 28 anos de PM, sempre na cidade paulista. Antes, o major trabalhou na região do Itaquera, na zona leste, também com índice de crimes elevados. (Fonte: Imprensa Livre)

Inverno chega com chuvas
Temperatura baixa e garoa marcam o primeiro dia de inverno no Litoral Norte

Litoral Norte - O inverno a partir das 3h46 – horário de Brasília - de ontem trouxe chuva que deve permanecer pelo menos até quinta-feira, na maior parte do Litoral Paulista, em decorrência da chegada de massa de ar úmida e fria.
São os dados do Cptec/Inpe (Centro de Previsão do Tempo e Estudos Climáticos/Instituto Nacional de Previsão do Tempo).
Nesta quarta-feira, 22, o dia continuará nublado e com chuvas fracas no Vale do Paraíba, na Serra da Mantiqueira e no Litoral Norte as temperaturas não terão mudanças significativas: a mínima será de 17°C e a máxima de 19°C hoje.
A tendência para quinta-feira é de céu nublado e chuvas, principalmente no litoral. As temperaturas estarão baixas durante o dia; no Litoral Norte, entre 17 e máxima de 20°C. Na sexta-feira, não há previsão de chuva, mas o dia ficará nublado com períodos de céu claro. As temperaturas seguem baixas; no Litoral Norte, entre 16 e 21°C.
Baixada Santista - Na Baixada Santista, esta quarta-feira também deve ser de chuva, com temperatura mínima de 16 e máxima de 20°C. A chuva permanecerá na quinta-feira, com trégua na sexta-feira, assim como no Litoral Norte.
No Litoral Sul, a cidade de Registro terá céu claro hoje, com temperatura mínima de 16 e máxima de 21°C. A pesquisadora do Cptec, Viviane Algarve, explica que a tendência para sábado e domingo é de melhoria do tempo e gradativa elevação da temperatura no litoral.
A nova estação - Conforme o Cptec/Inpe, o ano mais frio na região Sudeste foi 1997 e o mais quente 2002, mas de maneira geral, as temperaturas máximas e mínimas ficaram acima da média entre 1°C e 2°C.
O período de inverno compreende os meses de junho, julho e agosto, estendendo-se até o dia 21 de setembro, com a redução de temperaturas e dos acumulados de chuva no Centro-Oeste e Sudeste. O principal sistema meteoroló-gico que atua nesta época do ano é a frente fria, seguida da incursão de massa de ar frio que, dependendo da sua trajetória e intensidade, ocasionam declínio acentuado de temperatura, eventuais ocorrências de geadas e precipitação de neve em locais serranos e chuvas generalizadas nas Re-giões Sul e Sudeste.
Os meteorologistas relatam que constantes inversões térmicas nesta estação causam nevoeiros pela manhã. (gotículas d’água que flutuam no ar e reduzem a visibilidade a menos de 1.000 metros).
Além da redução da visibilidade, ocorre alto índice da umidade relativa do ar, cujos valores alcançam até 98%, pela manhã. No período da tarde, após a dissipação do nevoeiro, o índice da umidade relativa do ar diminui consideravelmente, chegando a 40%.
O ar seco e o vento fraco favorecem a formação da bruma - substâncias sólidas suspensas na atmosfera, tais como poeira e fumaça – intensificando a condição de poluição do ar, principalmente nas grandes cidades.
A previsão para o trimestre julho a setembro é de chuvas próximas à média histórica em praticamente todo país, exceto para o extremo norte da região Norte onde a previsão é de chuvas variando de normal a abaixo da média.
Conforme Viviane Algarve, a previsão de chuvas para o trimestre junho, julho e agosto, no Sudeste, é de 200 a 300 milímetros o que significa pouca chuva. Para se ter uma idéia, ela explica que no trimestre janeiro, fevereiro e março, época de maior volume de chuva, os índices totalizam entre 700 a 800 milímetros. (Fonte: Imprensa Livre)

Litoral Norte se prepara para a renovação da carteira de motorista

Litoral Norte - Para renovar a carteira de motorista será necessário um curso de direção defensiva e primeiros socorros. A lei de renovação entra em vigor no dia 5 de setembro no Estado de São Paulo. O preço do curso varia entre R$ 60,00 e R$100,00 e deve durar cerca de 4 dias, com 15h/aula, sendo 10h/aula de direção defensiva e 5hsaula de primeiros socorros.
Em São Sebastião, as auto-escolas registram um número grande de pessoas que procuram fazer a renovação antes do mês de setembro, cerca de 20 a 30 por dia.
De acordo com a portaria n°1070 de 17 de junho de 2005 a renovação só pode ser feita 30 dias antes do vencimento da carta. “As pessoas têm desculpas como ‘perdeu a carta de motorista’ para poder fazer a renovação antes da nova lei”, disse Marjone Araújo Sousa, diretor de uma rede de auto-escolas.
Quanto ao atendimento à demanda dos motoristas, as auto-escolas estão preparadas: profissionais credenciados darão aulas em salas equipadas com computadores e material didático. O aluno terá presenças digitais, feitas por biometria - equipamento acoplado ao computador que faz a leitura digital.
Nas ruas da cidade os motoristas são a favor do curso de direção defensiva e primeiros socorros, mas não concordam com o valor a ser cobrado pelo serviço. Segundo o mergulhador René Garavatti, o curso é válido. “Eu acho interessante, porém o custo é alto, tem que existir um critério para os motoristas dirigirem com mais responsabilidade”.
O frentista Natanael Costa apóia a medida.
“Eu acho muito bom, excelente, uma prevenção de acidentes tanto para o motorista quanto para o pedestre, mas eu acho que o curso deveria ser gratuito”.
O diretor da rede de auto-escolas, Marjone, não acredita que o curso será realmente realizado pelo motorista. “Eu acho que vai funcionar se todos os níveis da classe social fizerem o curso, aí sim o aprendizado será muito bem aplicado”.
Lei já vale em Caraguatatuba - Em Caraguatatuba desde outubro de 2004, a nova lei já está valendo e os motoristas ao renovarem a carteira têm que fazer o curso de primeiros socorros e direção defensiva.
A Unitran (União do Trânsito) e a Wander, dois centros de formação de condutores, moveram uma ação contra o Ciretran (Circunscrição Regional de Trânsito) da cidade no sentido da exigência do curso, e o Poder Judiciário de Caraguatatuba concedeu uma liminar favorável aos CFC (Centro de Formação de Condutores).
Desde então, os motoristas ao renovarem sua carteira são obrigados a fazer o curso. Para isto, desembolsam R$ 40,00 incluindo o material e as aulas, ou com 18h/aula, estão novamente aptos a dirigir. (Fonte: Imprensa Livre)

Notícias de Caraguatatuba Topo

O Guaruçá Caraguatatuba

Congresso Técnico dos Jogos Regionais reúne 400 pessoas no Teatro Municipal

Caraguatatuba - Cerca de 400 pessoas entre autoridades civis e militares, dirigentes, secretários de Esportes e vice-prefeitos de várias cidades, técnicos e chefes de delegações participaram do Congresso Técnico do 49º Jogos Regionais, na última terça-feira, dia 21, a partir das 16h, no Teatro Mario Covas. Todos foram recepcionados pela fanfarra e as balizas da EMEF “Prof. Alaor Xavier Junqueira”, que fizeram uma apresentação na Praça Lucinha Mendonça.
Ao lado do prefeito José Pereira de Aguilar (PSDB), compuseram a mesa da solenidade o presidente da Câmara, Juarez Pardim, o vice-prefeito de São Luiz do Paraitinga, José Carlos Luzia Rodrigues, o secretário de Esportes e Recreação de Caraguá, Nivaldo Rodrigues Alves, o representante do secretário da Juventude, Esporte e Lazer Lars Grael, José Cleófano Lima Maffei, o chefe do Comitê Dirigente, Jorge Eduardo Alves Moraes, o inspetor regional de esportes, Paulo Luiz Vantini, o comandante da 2ª. Cia PM Capitão Marcos Antônio Marcondes Carvalho, o comandante do Corpo de Bombeiros do Litoral Norte, Capitão José Eduardo Stanelis de Aquino, e a delegada titular de Caraguatatuba, Elizabeth Maluf Zago de Carvalho.
A cerimônia solene teve início com os agradecimentos às autoridades presentes e, em seguida, todos cantaram juntos, o Hino de Caraguatatuba e o Hino Nacional. Logo depois, foi exibido um vídeo-clip intitulado “Caraguá: a cidade dos esportes”, preparado pela Assessoria de Comunicação Social e pela Produtora de Vídeo AVP. Foram dados avisos e lidas cartas de intenções de três cidades (Taubaté, Jacareí e Lorena) que querem ser sede dos Jogos Regionais e de uma que deseja sediar os Jogos Abertos (São Carlos).
A delegada Elizabeth foi a primeira a falar e informou aos representantes das delegações como será realizado o trabalho da polícia, que terá foco preventivo. “Teremos o apoio de todas as forças: Polícias Civil, Militar e Rodoviária, trabalhando pela maior segurança e garantia da integridade física dos participantes dos Jogos”, disse. Ela acrescentou que a Polícia Rodoviária e a Ditran (Divisão de Trânsito) farão juntas uma campanha de redução de velocidade na SP-55 e que será instalada no Centro Esportivo Municipal “Ubaldo Gonçalves”, uma delegacia móvel.
O capitão Stanelis disse que todas as unidades de resgate estarão à disposição do evento. “Para nós é um grande prazer fazer parte desse evento e também uma grande responsabilidade, portanto, estaremos disponibilizando nossos homens e também as unidades de resgate, inclusive a ABSR (Auto-Bomba Salvamento e Resgate)”, afirmou.
O secretário de Esportes e Recreação, Nivaldo Alves, se emocionou ao agradecer a confiança nele depositada pelo prefeito Aguilar. “Agradeço a todos os secretários que estão participando conosco do evento, pois a integração é muito importante neste momento. Obrigado ao prefeito Aguilar pela confiança de deixar uma responsabilidade como essa a mim e minha equipe”, finalizou.
O presidente da Câmara, vereador Juarez Pardim, elogiou o trabalho que Nivaldo vem realizando na Secretaria de Esportes e parabenizou o prefeito por conseguir trazer os Jogos Regionais mais uma vez para a cidade.
O representante do secretário Lars Grael, José Cleófano Lima Maffei, fez um cumprimento especial a Nivaldo Alves e disse que a cidade está mostrando que realmente é a cidade dos esportes. “Pelo o que tenho visto em Caraguá na área esportiva, desde o ano passado, o slogan tem o porquê de ser. Caraguatatuba está mesmo se tornando a cidade dos esportes!”, afirmou.
O prefeito Aguilar falou sobre a integração das secretarias na realização do evento e sobre a importância de zelar pela integridade física, de todos os atletas e técnicos, daí toda a infra-estrutura de segurança e saúde para o evento. Ele aproveitou para pedir ao secretário Nivaldo que elabore um projeto para envolver toda a população a praticar alguma atividade física.
Após seu pronunciamento, o prefeito Aguilar entregou o troféu de vencedor do concurso do mascote dos Jogos ao aluno João Fernandes da Fonseca Júnior, do 4º ano B, da EMEF “Prof. Alaor Xavier Junqueira”. Além do troféu, ele e a escola receberam, cada um, uma bicicleta, ambas doadas pela J Bike que foram entregues também pelo secretário Nivaldo Alves. Ao aluno Arthur Satoru Emori, do Nível II B, da EMEI “Maria de Lourdes Lucarelli Perez”, que também teve a idéia de desenhar um polvo como mascote, o representante do secretário Lars Grael, José Cleófano Lima Maffei, entregou uma bicicleta, doada pela Secretaria de Turismo.
Em seguida, iniciaram os trabalhos técnicos do Congresso. Os congressistas puderam apreciar uma exposição de fotos, no hall do teatro, com 30 imagens registradas pelos fotógrafos Gianni D´Angelo, Gustavo Grunewald, Rafael Romero e Wanderley Costa no 48º Jogos Regionais em 2004. (Fonte: PMC)

Caraguá investe em atletas locais para o 49º Jogos Regionais
O município decidiu investir na formação de atletas locais por meio da parcerias com as Escolas Estaduais. Objetivo é fortalecer as categorias de base.

Caraguatatuba - A Secretaria Municipal de Esportes e Recreação de Caraguatatuba decidiu não contratar atletas de outros municípios para competirem no 49º Jogos Regionais, como aconteceu no ano passado. A secretaria optou pela possibilidade de fazer parcerias com escolas municipais e investir nos atletas da cidade.
Este ano a cidade terá atletas próprios nas modalidades Handebol, Ginástica Rítmica, Xadrez e Tênis de Mesa, ao contrário do ano passado, quando não tinha equipes formadas nas modalidades.
Segundo o secretário municipal de Esporte e Recreação, Nivaldo Alves, o objetivo da Secretaria é trabalhar e investir nas categorias de base, que compreendem todas as modalidade em idades de até 21 anos.
"O mais importante não é ficar bem colocado, mas estarmos preparados para realizar os jogos tão bem como no ano passado e, acima de tudo, participar dos jogos com atletas formados pelo município", disse o secretário Nivaldo Alves, na coletiva à imprensa sobre os Jogos na semana passada.
De acordo com o Diretor de Esportes, Prof. Luiz Cláudio Passos Ribeiro dos Santos (Dado), a participação dos atletas de fora foi importante nos Jogos Regionais do ano passado, pela troca de experiências. "Os atletas de fora incentivaram a formação de equipes em modalidades que não tínhamos antes, como aconteceu, por exemplo com o Handebol e com a Ginástica Rítmica. "Os atletas puderam conhecer melhor as modalidades e assim ficaram mais empolgados com a possibilidade de competirem nos Jogos Regionais deste ano", contou Dado.
Este ano Caraguá poderá participar com equipes que vem treinando desde o início do ano no Centro Esportivo Municipal e contando com o apoio da Secretaria Municipal em outras competições. "Dentro da nossa realidade estamos bem preparados para a competição. Além do mais, a participação de nossos atletas nos Jogos tem uma função social que é a de estar envolvendo as famílias dos atletas", comenta Dado.
Diversas escolas estaduais de Caraguá terão seus atletas competindo no 49º Jogos Regionais. Um dos exemplos é a equipe de Ginástica Rítmica formada por ginastas de várias escolas e categorias. Elas competiram recentemente na Universidade Anhembi Morumbi de São Paulo, se saíram muito bem e em julho estarão disputando os regionais.
O Xadrez é outro exemplo, ano passado Caraguá ficou muito bem colocada, tendo conquistado 2º lugar no Feminino e 3º lugar no Masculino, com o intercâmbio de atletas . "O resultado fortaleceu a equipe, este ano 4 enxadristas de Caraguá irão participar do Jogos. Igualmente aconteceu na modalidade Tênis de Mesa, com o intercâmbio de atletas fomos muito bem em 2004, e agora com a sua própria equipe, Caraguá disputará os Regionais e com chances de se destacar". (Fonte: PMC)

Geração Independente vence a 1ª Taça Cidade de Caraguá
A competição premiou a goleira menos vazada e a artilheira do campeonato

Caraguatatuba - A 1ª Taça Cidade de Caraguá de Futsal chegou na final no dia 17, sexta-feira, e a equipe Geração Independente sagrou-se campeã da competição.
As disputas foram acirradas entre as equipes que lutaram para conquistar o título de campeã da competição, mas a equipe Geração Independente não deu chance à equipe Barra Velha (Ilhabela) e venceu de 7 a 1. Na disputa pelo terceiro lugar, a equipe SEJUR (São Sebastião) enfrentou a equipe C. A. Poiares e venceu de 5 a 1, e ficou com o 3º lugar.
Foram premiadas com troféus e medalhas as três primeiras equipes. Também recebeu troféu a atleta Viviane da equipe SEJUV, artilheira da competição com 12 gols, e Karlene, da equipe Geração Independente, goleira menos vazada com 5 gols.
A 1ª Taça Cidade de Caraguá teve início no dia 21 de maio com a participação de 6 equipes de Caraguá, São Sebastião e Ilhabela. (Fonte: PMC)

Caraguá tem atendimento odontológico até 21 horas
Para ser atendido, o morador só precisa ir até a Unidade de Sáude, no horário da 13h às 21 horas e marcar consulta.

Caraguatatuba - A Secretaria Municipal de Saúde Caraguatatuba está prestando serviços odontológicos para moradores, até às 21 horas, na Unidade de Saúde do Centro. O serviço está sendo prestado desde o início e visa atender os principalmente os trabalhadores que não podem ir durante o dia até o consultório dentário.
No consultório são realizados tratamentos de atenção básica dentária, incluindo restauração em amálgama e em resina, urgências, exodontia, raspagem periodontal, polimento e até radiografia odontológica. Podem utilizar o serviço, pessoas com idade acima de 18 anos.
Para serem atendidos, os moradores só precisam ir até a Unidade de Sáude, no horário das 13h às 21 horas e marcar a consulta. Segundo o diretor da Divisão de Saúde, Olégario Alves dos Santos, os usuários não estão usufruindo dos serviços prestados neste novo horário, na Unidade do Centro.
Nos outros bairros da cidade são oferecidos os mesmos tratamentos, das 7h às 17 horas. Basta ir até às Unidades de Sáude e marcar consulta. Há consultórios nos bairros Tabatinga, Massaguaçu, Casa Branca, Jaraguazinho, Porto Novo, Perequê Mirim, Tinga (na Unidade de Saúde e no SOE-Serviço de Especialidade Odontológica). (Fonte: PMC)

Operação Pápa-Cárie nas creches

Caraguatatuba - A Divisão de Saúde Bucal de Caraguatatuba irá realizar no mês de julho uma Operação Pápa-Cárie em todas as creches do município. As crianças receberão o tratamento inovador que tem a finalidade de tratar pequenas cáries e prevenir problemas mais graves no futuro.
Segundo o diretor da Divisão, a Operação Pápa-Cárie vai utilizar um equipamento lançado recentemente no mercado, que não utiliza a broca para retirar cáries em crianças. "O método é excelente porque a criança não sente dor, já que um produto utilizado dissolve a cárie e em seguida é aplicada a restauração em resina ou metal. Esta é uma maneira de prevenir cáries maiores quando estas crianças estiverem na idade escolar".
Para promover o mutirão, uma equipe de dentistas e auxiliares está sendo montada para que o atendimento seja realizado em todas as creches.
Novo serviço:
Após os Jogos Regionais, por volta do dia 25 de julho, terá início o atendimento de crianças no trailler da Escola do Pegorelli, com a inauguração do novo espaço. (Fonte: PMC)

“Neversário do Nerso” no Teatro Mario Covas

Caraguatatuba - O Teatro Mario Covas apresenta o show “Neversário do Nerso” no dia 2 de julho às 21 horas.A concepção do show conta com a garimpagem dos novos causos e a seleção das melhores piadas de sua carreira.
Os ingressos a R$20,00 podem ser adquiridos no Teatro Mario Covas. Mais informações pelo telefone (12) 3881 2623.
Pedro Bismark comemora 20 anos de carreira e divide a festa com o público através de seu novo show, sugestivamente batizado de Neversário do Nerso.
Nesses 20 anos muita coisa mudou no Brasil e no mundo, e assim também a carreira desse mineiro de Muriaé, que adotou a cidade de Juiz de Fora e foi carinhosamente acolhido por ela. Dos palcos da cidade e turnês pela região ele partiu para a consagração nacional através da Escolinha do Professor Raymundo. O Brasil inteiro pôde então conhecer sua mais famosa criação – o ingênuo e simpático caipira Nerso da Capitinga.
Muitos personagens surgiram ao longo do tempo, como travesti irreverente ‘Neiva Zelina’, o bêbado ‘Pudim de Cachaça’, e sua eterna implicância com as sogras, a lavadeira Marieta e sua simplicidade de mulher do povo e romântico conquistador Astolfo. Alguns desses personagens participaram de todos os shows de Pedro Bismarck, outros fizeram apenas parte de alguns deles. Mas todos estarão dividindo o palco com o Nerso, para que as novas platéias tenham a oportunidade de conhecer e também para que o público fiel, que o acompanha desde o início da carreira nos bares de Juiz de Fora possa relembrar.
A concepção do show com a garimpagem dos novos causos, e a seleção das melhores piadas de sua carreira, ficou a cargo do próprio Pedro e da diretora Lúcia Martins. O show conta ainda com a trilha sonora de Sérgio Leite e figurino de Lúcia Sobreira. A produção e a supervisão geral ficaram a cargo de Geraldo Magela Lauro.
Nos intervalos do espetáculo, enquanto o artista se prepara para dar vida a cada um dos personagens, o público poderá assistir num telão de vídeos às confusões e trapalhadas em que Nerso e o primo Gervásio se metem na tentativa de fazer um bolo de aniversário. O filme conta com as participações especiais de Tarcísio Santos, como primo Gervásio e de Toninho Dutra como o dono do Armazém da Capitinga. Para sua realização foram criados especialmente cenários e locações que envolvem vários profissionais da cidade, do projeto à execução.
Só uma coisa não mudou ao longo desses 20 anos: o carisma e a extraordinária capacidade de fazer rir deste mineiro querido pelo Brasil inteiro.Para quem procura diversão, nada melhor do que se juntar a Pedro Bismarck para soprar essas 20 velinhas. (Fonte: PMC)

Câmara discute Veto sobre Loteamento
Projeto do Vereador Carlinhos da Farmácia foi vetado totalmente pelo Prefeito Aguilar

Caraguatatuba - O Parlamento Municipal de Caraguatatuba discute na tarde desta quinta-feira – 23 de junho, a partir das 14 horas, durante a sua 9ª Sessão Extraordinária, Veto Total do Prefeito Aguilar (PSDB) sobre projeto do Vereador Carlinhos da Farmácia (PSDB) que transforma em Condomínio os Loteamentos Park Imperial e Marverde. Há também outros projetos na pauta desta sessão.
O projeto do Vereador Francisco Carlos Marcelino – Carlinhos da Farmácia (PSDB), causou polêmica pelo fato de tornar fechado – um Condomínio, os Loteamentos Park Imperial e Marverde, ambos localizados no bairro de Massaguaçu, na zona norte da cidade. O Prefeito José Pereira de Aguilar (PSDB), viu por bem Vetar Totalmente a propositura, pelo fato de ferir a legislação vigente.
Outro projeto na pauta é de autoria do Vereador Aurimar Mansano (PTB), que cria o Circo-Escola na cidade. A iniciativa visa dar ensinamento para crianças carentes. O último projeto da pauta tem a autoria do Vereador Aureliano Gonçalves Pereira – AG Pereira (PPS) e autoriza o Executivo a criar a Guarda Escolar nas unidades escolares da rede pública municipal de ensino.
A sessão terá início às 14 horas, com entrada franca à população. (Fonte: Câmara Municipal de Caraguatatuba)

Câmara rejeita atendimento prioritário nos bancos
Projeto previa benefícios aos policiais na fila dos caixas

Caraguatatuba - A Câmara Municipal de Caraguatatuba rejeitou por 6 (seis) votos contrários, Projeto de Lei do Vereador Omar Kazon (PL) que dispunha sobre atendimento prioritário aos policiais civis e militares nas filas dos bancos locais. O objetivo do Vereador era o de agilizar o atendimento da categoria.
O Parlamento Municipal aprovou em segundo turno alteração da Lei Orgânica Municipal (LOM), no seu artigo 177, que proíbe a instalação de estabelecimentos penais no município. A emenda foi aprovada por 8 (oito) votos favoráveis e 1 (hum) contrário. Com a aprovação, fica livre o caminho para o Prefeito José Pereira de Aguilar (PSDB), instalar na cidade o CDP (Centro de Detenção Provisória), que abrigará os reclusos a espera de julgamento das cidades do Litoral Norte do estado.
Foi aprovado também Projeto de Lei do Vereador Francisco Carlos Marcelino – Carlinhos da Farmácia (PSDB), que oficializa a Feira Municipal de Arte e Artesanato da Martin de Sá. A propositura foi amplamente discutida, ainda mais com a emenda do Vereador Agostinho Lobo de Oliveira – Lobinho (PSDB), que permitia aos artesãos levarem seus trabalhos para eventos no centro da cidade. Há rumores de que o Prefeito Aguilar irá vetar parcialmente o projeto, principalmente quanto à emenda.
O único projeto rejeitado durante a 21ª Sessão Ordinária semanal foi o de autoria do Vereador Omar Kazon (PL), que garantia atendimento especial nas filas dos bancos locais para policiais civis e militares. Esta propositura também foi amplamente discutida e polemizada, com opiniões divididas entre os Vereadores. Ao final o projeto foi rejeitado por 6 votos contrários, contra 3 favoráveis.
No Expediente foram lidos e encaminhados às Comissões Permanentes 2 Projetos de Lei. Ainda no Expediente, uma Moção foi retirada e outras 2 aprovadas, além de 1 Requerimento. Durante o intervalo foram lidas 151 Indicações.
Ao final da Sessão Ordinária o Presidente Juarez Pereira Pardim (PPS), convocou os Vereadores para uma Sessão Extraordinária, nesta quinta-feira – 23 de junho, às 14 horas, para tratar de projetos que ainda tramitam no Expediente e estão aptos a serem discutidos em plenário. (Fonte: Câmara Municipal de Caraguatatuba)

Programa Ação Litoral

Notícias de Ilhabela Topo

Vulcano Portal da Palmeira

Atividades do Mês do Meio Ambiente em Ilhabela

Ilhabela - As atividades em comemoração ao mês do Meio Ambiente, realizadas pela Prefeitura de Ilhabela, através da Secretaria Municipal de Meio Ambiente em parceria com Parque Estadual de Ilhabela, AMAI e com o apoio do Eco-Point, tiveram sua continuidade na última semana.
No dia 16 (quinta-feira), os alunos da Escola Anna Leite – Praia Grande participaram das atividades. Acompanhados por monitores da Secretaria de Meio Ambiente, Viveiro Municipal de Mudas e Parque Estadual de Ilhabela, foram conhecer a trilha da cachoeira dos Três Tombos na Feiticeira, onde além de se divertirem na caminhada aprenderam sobre as plantas nativas e espécies encontradas em nosso município.
No dia 17 (sexta-feira) os alunos da creche Renato Maldonado – Bairro Itaquanduba, visitaram o Parque das Cachoeiras, na sede da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, e o Viveiro de Mudas, acompanhados por professores e monitores da Secretaria.
Dando continuidade as comemorações nos dias 22, 23 e 24 (quarta, quinta e sexta), na Casa do Meio Ambiente, no Engenho D´Água, está sendo realizado Projeto Adote esta Árvore, desenvolvido pela Secretaria Municipal do Meio Ambiente.
No Sábado (25) será realizada a Oficina de Artes, também na Casa do Meio Ambiente, onde as crianças aprenderão a reciclar materiais, brincando com os monitores. (Fonte: PMI)

Última reunião define detalhes da Conferência Municipal em Ilhabela

Ilhabela - Na tarde de ontem, no auditório do Paço Municipal, foi realizada a ultima reunião da pré-conferência das cidades em Ilhabela , sob a coordenação da secretária de Meio Ambiente, Maria Inês Fazzini Biondi.
A reunião teve o objetivo de fazer os acertos finais para a organização do dia do evento, que será realizado no dia 4 de julho, no Centro Comunitário da Barra Velha.
O objetivo da conferência será propor diretrizes para a Política Nacional de Desenvolvimento Urbano, especialmente, sobre as seguintes temáticas: saneamento básico; ocupação desordenada; consciência ambiental; emprego, qualificação e desenvolvimento. Todos os temas são de âmbito municipal.
A Conferência Municipal das Cidades será integrada por representantes democraticamente escolhidos. Terá como lema “Cidade Sustentável” e como tema “Construindo a Política Nacional de Desenvolvimento Sócio-Ambiental Sustentável”. O tema deverá ser desenvolvido de modo a articular e integrar as diferenças políticas urbanas, de maneira transversal.
O relatório da conferência deverá ser entregue à Coordenação Executiva Nacional com cópia para a Estadual, até cinco dias após a realização. A conferência será composta de mesa de debates, grupos temáticos e plenária, para produzir um relatório final, a ser encaminhado para o prefeito municipal.
A comissão é composta por 13 membros: a coordenadora Maria Inês Fazzini Biondi (Prefeitura), Lucilia Spiritus (Aquário de Ilhabela), Maria Lucia Prado (Associação Centro de Triagem), Edvaldo Anizio da Silva (Sindserv), Terezinha Siqueira (Associação Comercial), Poty-guara Tibiriçá Lopes (Yacht Club de Ilhabela), vereador Carlos Alberto de Oliveira Pinto (Câmara), Roger Moran (Rotary Club), Maria das Graças Souza (Pastoral da Criança), Marilia Brito (Parque Estadual de Ilhabela), vice-prefeito Simões (S.A.B), Leninha Viana (Imprensa) e Sandra Regina (S.A.C.I). (Fonte: Imprensa Livre)

Ladrões motorizados voltam a agir em Ilhabela

Ilhabela - Dois assaltantes, que usam moto para praticar crime, voltaram a agir na tarde de segunda-feira, em estabelecimento comercial da cidade. Desta vez, um supermercado no bairro Reino foi o alvo da dupla que age com capacetes.
O gerente do estabelecimento estava trabalhando em um dos caixas, substituindo um outro funcionário. Ele foi rendido pelos assaltantes, sendo um com capacete preto e o outro branco.
Apresentado um revólver, calibre 38, eles anunciaram o roubo, pegando cerca de R$ 600 do caixa. Em seguida, a dupla subiu em uma moto, Honda, modelo NX-Bros, cuja placa estava coberta, não sendo possível identificá-la.
O crime foi registrado na delegacia da cidade. O delegado Vanderlei Pagliarini de Almeida Filho suspeita de que a dupla seja a mesma dos roubos anteriores praticados por dois ocupantes em uma moto. Eles já estariam identificados.
O assalto anterior aconteceu no mês passado, quando dois estabelecimentos comerciais no Perequê foram vítimas dos assaltantes motorizados, que agiram na manhã e noite do mesmo dia. (Fonte: Imprensa Livre)

Notícias de São Sebastião Topo

São Sebastião Superchic

Reunião na Câmara de São Sebastião apresenta cursos profissionalizantes

São Sebastião - O presidente interino da Câmara, Modesto Koji Ono, “Kotian” (PTB) esteve reunido, na manhã de hoje, 22, com a APRESCONCI – Associação dos Prestadores de Serviços na Construção Civil do Litoral Norte.
Cerca de 20 desempregados estiveram presentes no plenário da Câmara onde foram apresentados os cursos que serão oferecidos pela Associação.
“São cursos gratuitos na área da elétrica e mecânica, no sentido de qualificar o trabalhador do município”, informa o presidente da APRESCONCI, Juarez Dias Brito.
Kotian entende que é uma vergonha as empresas admitirem trabalhadores de outras cidades, pois considera que a mão de obra local possui potencial para preencher as vagas. “Não culpo as empresas. Elas contratam o profissional melhor preparado. O município que deve se organizar para mudar esse quadro oferecendo cursos de capacitação”, comenta.
É assim que pensa também o autônomo da construção civil, José Severino. Ele diz que vai participar do curso de elétrica porque acredita que suas chances aumentam no mercado de trabalho. “Com o diploma na mão eu tenho como competir com o cara que vem de fora”, declara Severino.
Os cursos terão o apoio e orientação do Senai. Os formandos receberão diploma com validade em todo o território nacional. Ainda não há previsão para o início das aulas. (Fonte: Câmara Municipal de São Sebastião)

Pescadores autuados pela Polícia Ambiental buscam apoio na Câmara

São Sebastião - A prisão de cinco pescadores, ocorrida no último dia 7, acusados de estarem praticando pesca de arrasto em área proibida pelo Gerenciamento Costeiro, está sendo avaliada pela procuradoria da Câmara, atendendo à solicitação do vereador Dalton José da Silva (PL).
O vereador aponta irregularidades na ação policial. “Segundo o jurídico da Câmara, o flagrante só ocorre quando não existem dúvidas sobre a razão da ilegalidade. Os policiais não tinham como precisar se aquele local era proibido, falta sinalização”, entende Dalton.
“Não há critério na fiscalização. Os pescadores deveriam ser apenas notificados”, completa.
Os acusados foram conduzidos ao 3º Distrito Policial Civil de onde só foram liberados após o pagamento de fiança. “Nunca passei tanta humilhação na minha vida”, reclama o pescador Nerivaldo Tomé, há 35 anos no ramo. Ele conta que permaneceu detido das 9hs até às 22hs.
Já o pescador José Carlos Moreira não entende porque apenas cinco embarcações foram autuadas sendo que eram quase 20 arrastando camarão naquela área.
Além da detenção, os pescadores tiveram seu produto apreendido, foram multados em R$350 e vão responder a processo criminal. O vereador garante que vai entrar com um recurso pedindo a nulidade da autuação.
Na sessão desta terça-feira, o vereador Dalton usou a tribuna da Câmara para comentar o caso. “Vou reivindicar junto aos órgãos competentes providências quanto à sinalização. Deveriam ser colocadas bóias e bandeiras que sinalizem a proibição da pesca em determinados locais. Não discuto o decreto do Gerenciamento Costeiro e sim a forma como foi conduzida a operação que culminou com a prisão desses pescadores”, argumenta o vereador.
Ainda na pesca, Dalton comemorou a desapropriação de uma área de 4.800m2 no bairro do São Francisco para a construção de um entreposto pesqueiro. “É uma luta antiga nesta Casa, desde 2001 venho apresentando várias indicações e requerimentos solicitando esta medida. É uma vitória dos pescadores”, define. (Fonte: Câmara Municipal de São Sebastião)

Vereador propõe alteração na lei de repasse de verba ao Hospital das Clínicas

São Sebastião - O vereador Marcos Leopoldino solicitou junto ao Executivo o encaminhamento de um projeto de lei que altere o repasse financeiro ao Hospital das Clínicas. A idéia é igualar a subvenção municipal ao valor recebido do SUS no mês anterior.
Desta forma, se a proposta já estivesse sendo aplicada, ao invés dos R$150 mil repassados pela Prefeitura no mês de junho, a verba seria de R$304 mil (valor referente ao repasse do SUS em maio).
A iniciativa agrada o provedor da Santa Casa, Décio Moreira Galvão. “É o limite do ideal. Com esse aumento poderíamos sanar boa parte das despesas e manter em condições de funcionamento os serviços fundamentais oferecidos pelo hospital”, comenta Galvão. “Quem ganha com isso é a entidade e principalmente a população”, finaliza.
O vereador considera que a medida é necessária devido ao alto custo operacional do hospital. “Sabemos que a maioria dos atendimentos são realizados por intermédio do SUS, cujo repasse, ainda assim, está abaixo dos custos reais. A Administração não pode ser omissa diante das dificuldades financeiras pelas quais atravessa o hospital”, ressalta Leopoldino.
A lei em vigor estipula a concessão de subvenção no valor de até R$200 mil mensais. De abril a junho o Executivo repassou o valor de R$150 mil por mês.
Na sessão desta terça-feira, 21, o vereador Kotian demonstrou preocupação com a possibilidade da desativação das UTIs. Ele lembra que são gastos mais de R$100 mil para manutenção dos sete leitos de UTI.
“O hospital precisa de ajuda, se o provedor não é do agrado do prefeito que se resolva de outra maneira. A população não pode ser penalizada”, conclui Kotian. (Fonte: Câmara Municipal de São Sebastião)

Vereadora cobra implantação de placas em ruas para auxiliar moradores e turistas

São Sebastião - A ausência de placas identificando os nomes das ruas dos bairros e a numeração correspondente das casas foi alvo de um requerimento aprovado por unanimidade, de autoria da vereadora Solange Rodrigues de Araújo Ramos (PTB), durante a última sessão ordinária da Câmara de São Sebastião, 21.
Segundo ela, a falta da sinalização está causando diversas reclamações por parte de moradores e turistas, já que prejudica, dentre outros, a entrega de correspondências e a localização de determinados pontos turísticos.
Solange lembra que em 1.992 a administração se preocupava com o turismo.
“Nas regionais os turistas podiam obter informações em relação aos principais pontos turísticos da cidade. Hoje não existe mais isso e eles procuram muito”, reclama.
A parlamentar quer saber se existem na Prefeitura alguns projetos voltados para a questão turística como, por exemplo, informes sobre a localização dos centros de informações, hotéis, restaurantes, passeios, ecoturismo, praias, entre outros atrativos, e melhoria da sinalização no município.
Em um outro requerimento, também aprovado por unanimidade na mesma sessão, Solange indaga ao Poder Executivo quais os dias de coletas de lixo no bairro do Paúba. Ela questiona, ainda, se há possibilidade de implantar 30 lixeiras comunitárias e qual o lugar indicado para a colocação de entulho e podas naquele bairro. (Fonte: Câmara Municipal de São Sebastião)

Câmara aprova normas para instalação de toldos

São Sebastião - A Câmara de São Sebastião aprovou por unanimidade, em sessão ordinária realizada ontem, 21, o projeto de lei 021/05, de autoria do vereador José Cardim de Souza (PP), que estabelece normas para a instalação de toldos em edificações.
De acordo com a proposta, as coberturas serão permitidas na parte posterior dos imóveis desde que possuam como comprimento máximo o equivalente a sua testada (parte de rua que fica a frente de um prédio) oficial – de acordo com o cadastro da Prefeitura – e largura nunca superior a do passeio público denominado de ‘calçada’ adjacente ao edifício.
A fixação e sustentação de cada toldo deverão ser efetuadas por sistema que utilize somente as paredes ou estruturas que compõem a fachada do imóvel.
Não será permitido outro tipo de instalação que utilize o piso da calçada ou qualquer outro artifício para tal que possa obstruir a passagem das pessoas.
A proposta determina, ainda, que nos locais onde não haja presença de ‘calçadas’, bem como nas áreas com distância inferior a 50 metros de imóveis tombados, as coberturas serão permitidas apenas após análise da Divisão de Arquivo Histórico da Prefeitura. A mesma regra deverá ser seguida em relação as casas situadas no perímetro que engloba o Centro Histórico (Zona 7) para a instalação de qualquer tipo de toldo.
O vereador Dalton José da Silva (PL), que pertence a bancada governista, anunciou que existe um projeto mais amplo em fase de estudo na Prefeitura e que, pelo fato de levar mais algum tempo para ser concluído e devido a proximidade do recesso parlamentar, a Câmara resolveu aprovar a proposta do Cardim. “Quando o projeto vier do Executivo, vamos discutir com os vereadores”, justifica.
O projeto foi encaminhado à sanção. (Fonte: Câmara Municipal de São Sebastião)

Danilo Costa começa bem no Super Surf em Maresias
O atleta Tent Beach participa da segunda etapa do evento como convidado

São Sebastião - O surfista Danilo Costa começou bem na segunda etapa do Super Surf 2005, que iniciou nesta quarta-feira, dia 22 de junho, na praia de Maresia, em São Sebastião. Ele foi superior ao cearense André Silva, vencendo a terceira bateria do dia com o somatório de duas de suas melhores ondas alcançando 15 pontos, contra 4,56 de seu oponente.
“Foi irada a bateria, peguei três tubos”, conta o surfista de 27 anos, que é um exímio tube rider de front side. “Passei para a próxima fase com duas ondas que valeram 8,5 e 6,5”. O surfista agora enfrenta o paulista Eric Miyakawa na segunda bateria de amanhã, dia 23.
Danilo Costa compete no evento como convidado dos organizadores. “Inicialmente, eu solicitei o convite. Quando estava lá na Bahia, durante o WQS que rolou na semana passada, recebi a ligação do pessoal da Abrasp e do Grupo Abril, confirmando a minha participação no evento”, comemora.
Porém, ele fala que, no momento, está mais focado no WQS (World Qualifying Series). “Este ano, estou correndo as etapas cinco e seis estrelas do WQS”. Danilo pretende retornar à elite do surf mundial e diz que a participação no Super Surf servirá como um bom treinamento, já que este ano, as disputas da categoria masculina passaram a ser homem a homem, aumentando o grau de dificuldade da competição.
Paulista radicado no Rio Grande do Norte, Danilo Costa quando não está fora do Brasil gosta de participar dos eventos do país. No final do mês passado, ele correu a 1ª etapa do Circuito Estadual do Rio Grande do Norte, em Extremoz, nas ondas de Genipabu. O surfista fez uma bela apresentação, com direito a aéreo, e venceu a categoria profissional.
O atleta adorou competir em casa e disse que se as próximas etapas do evento não coincidirem com nenhum de seus compromissos participará novamente. Ainda nos últimos dias de maio, o surfista embarcou para uma trip na Itália, onde surfou pela primeira vez. Para manter esse rip, Danilo Costa ainda treina musculação e natação. Haja fôlego.
Danilo Costa conta com o patrocínio da Tent Beach, Billabong, Oakley e pranchas Ricardo Martins. (Fonte: Fama Assessoria)
 
Notícias de Ubatuba Topo

Restaurante Solar das Águas Cantantes Ubatuba

Juíza proíbe obras em quiosques

Ubatuba - A juíza da 2ª Vara da Justiça de Ubatuba, Ana Lia Beall, concedeu liminar ontem ao MDU (Movimento em Defesa de Ubatuba) determinando à prefeitura a suspensão imediata das obras de ampliação dos quiosques à beira-mar, bem como de novas autorizações para reformas dos estabelecimentos.
Em sua decisão, a juíza determinou ainda, que até a regularização das permissões de uso pela prefeitura, fica proibida a venda ou aluguel dos quiosques. A liminar proibiu ainda a execução de música ao vivo ou mecânica nos quiosques e a instalação de mesas e cadeiras na praia.
Ela estabeleceu uma multa diária de R$ 500 à prefeitura, em caso de desobediência.
A ação contra a prefeitura e a associação dos quiosques foi impetrada na semana passada pelo MDU, questionando a legalidade das concessões. A entidade quer que a prefeitura coloque os quiosques em licitação. Existem 98 quiosques nas praias da cidade.
O prefeito Eduardo César(PL) não foi localizado ontem para comentar o assunto. O vice-presidente da associação dos quiosques de Ubatuba, Carlos Roberto do Lago, afirmou que a entidade somente irá se pronunciar após ser intimada pela Justiça. (Fonte: ValeParaibano)


Câmara instala CPI para apurar desvio de verbas em Ubatuba

Ubatuba - Com a aprovação unânime dos vereadores, foi constituída ontem, na 20ª Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Ubatuba, a Comissão Parlamentar de Inquérito para apuração de responsabilidade por desvios de verbas públicas através da folha de pagamento dos servidores da Prefeitura Municipal.
O desvio ficou confirmado em cerca de R$ 30 mil só no último mês e o funcionário responsável pelo setor de pagamentos foi exonerado e teve seus bens bloqueados pela Justiça.
O presidente da Câmara, Jairo dos Santos (PT) falou sobre a importância do acompanhamento do Legislativo nas investigações: “Nada mais legal e transparente que acompanhar toda e qualquer apuração acerca do que ocorreu na Prefeitura, juntamente com a Promotoria e a Polícia”.
O vereador Charles Medeiros (PSDB), considerou imprescindível que “se separe o joio do trigo”:
“Tem muita gente competente no serviço público e sem as devidas investigações podem pairar dúvidas quanto a profissionais de carreira. É um fato de repercussão nacional e que deve ser amplamente investigado para ajudar a não pré-julgar pessoas”. Charles Medeiros lembrou que a verba desviada poderia estar sendo usada em setores como Educação e Saúde e que esta deve ser ressarcida aos cofres públicos.
Outro vereador a se manifestar quanto à CPI foi Gerson de Oliveira (PMDB), que falou sobre aprofundamento das investigações, ouvindo culpados e responsáveis, “com a maior clareza e o mais rápido possível”.
A composição da comissão só foi negociada em reunião após a sessão. Até o fechamento desta edição ainda não tinham sido divulgados os nomes dos vereadores que comporão a CPI.
Na Ordem do Dia constavam 23 itens, todos aprovados na sessão. Entre eles estavam o Substitutivo ao Projeto de Lei n° 38/05, do vereador Gerson de Oliveira, que altera o artigo 11 da Lei 1.667/97, que dispõe sobre o comércio expansionista e o Projeto de Lei n° 042/05, do Executivo, que voltou à Ordem do Dia e dispõe sobre as Diretrizes Orçamentárias para elaboração do Orçamento do município para o exercício de 2006.
O vereador Claudinho Gulli (PMDB) teve projeto aprovado por unanimidade, que alterou a denominação da praça localizada na Rua Guarani para “Praça Trópico de Capricórnio”.
Os demais itens, moção, pedidos de informação e requerimentos foram votados em bloco e referiam-se, em suma, a reparos na rede de esgoto, extensão de linhas telefônicas, policiamento e saúde, entre outros tópicos.
Nas explicações pessoais o presidente da Casa falou sobre saneamento básico, assunto discutido em audiência pública, realizada ontem pela manhã. Jairo dos Santos, Charles Medeiros e Gerson de Oliveira falaram sobre ida à São Paulo para tratar diretamente com a superintendência da Sabesp a urgência da conclusão das obras da rede de tratamento de esgoto e água no município. (Fonte: Ana Gabriela Fernandes/IMP - Foto: Renato Bopulos/USC)  

ACIU e Sebrae implantarão o PDTR em Ubatuba

Ubatuba - O SEBRAE em parceria com a ACIU promoveu no dia 21 de junho a Palestra do Programa de Desenvolvimento do Turismo Receptivo (PDTR).
O evento contou com a participação de grupos interessados na organização, sistematização e desenvolvimento do turismo receptivo na cidade, pois acreditam que Ubatuba tem um grande potencial turístico que não é aproveitado.
Fernando E. Pedreira, empresário da Maranduba, quer levar o PDTR para transformar a região sul em um produto turístico “Temos um manancial turístico muito diversificado e muito extenso como cultura, aldeia, ruínas, trilhas, cachoeiras, praias paradisíacas, artesanato, enfim uma diversidade muito grande que não é aproveitada”. Ele diz também que pretende engajar a comunidade, principalmente os jovens nesse processo de desenvolvimento turístico.
Segundo o Secretário de Turismo Felipe de Azevedo, vivemos um quadro de turismo desorganizado e não rentável. “O nosso objetivo é inverter isso com os quesitos básicos turísticos como sinalização e informação turística, capacitação de mão de obra local, formatação e divulgação de produtos turísticos”.
O secretário acredita que o diagnóstico agora é o fator crucial e o PDTR é a ferramenta de como fazer isso gerando fomento e profissionalização. “Temos que perceber a gravidade de um turista mal atendido” declara.
A nova diretoria da ACIU visando o desenvolvimento da cidade com o PDTR já esta encaminhando um ofício ao Sebrae solicitando o programa.
Para mais informações sobre o PDTR entre em contato com a ACIU no telefone 3832 1449. (Fonte: ACIU)

Secretário de Esporte participa do lançamento de Manual de Incentivo Fiscal
Publicação dá dicas para obtenção de verbas para desenvolvimento de projetos esportivo-sociais

Ubatuba - O Secretário Municipal de Esporte e Lazer, Bittencourt Jr. esteve presente ao lançamento do Manual de Incentivo Fiscal - Projetos Esportivos Sociais, ocorrido na Bovespa, em São Paulo, na última segunda-feira (20). O evento contou com a presença de vários empresários paulistas, dos presidentes da Bovespa e BM&F, autoridades como o vice-governador do Estado de São Paulo, Cláudio Lembo, o Secretário da Juventude, Esporte e Lazer, Lars Grael e atletas como Magic Paula, Karina, Marta, Paulão, Aurélio Miguel e Montanaro.
O manual é uma publicação com detalhes da Lei de incentivo fiscal esportivo, que permite a captação de recursos nas empresas para projetos esportivos que visam à inclusão social da criança e adolescente. Podem participar dos projetos ongs, prefeituras, entidades sem fins lucrativos ou entidades de ensino superior do Estado de São Paulo.
“Estamos falando de um chamamento cívico. Os empresários podem ajudar a transformar a realidade das crianças e adolescentes paulistas sem colocar a mão no bolso, apenas com o dinheiro do imposto”, avalia o Secretário da Juventude, Esporte e Lazer do Estado de São Paulo, Lars Grael.
Os empresários podem destinar até 6% do imposto de renda devido ao governo para projetos esportivos sociais no Estado de São Paulo. A Secretaria da Juventude, Esporte e Lazer irá realizar a avaliação técnica e esportiva do projeto. Em seguida, a proposta passa pelo CONDECA, que faz o seu julgamento, de acordo com seu estatuto e a partir daí libera a proposta para que seus autores possam captar recursos na iniciativa privada. O recurso para projetos esportivos sociais vem em sua totalidade das empresas doadoras. A responsabilidade na captação da verba é do próprio autor do projeto.
O secretário Bittencourt Jr.dá um exemplo de como o programa pode funcionar. “Com a aprovação de projetos esportivos sociais poderemos criar núcleos de esportes na cidade e contratar profissionais para ministrar as aulas, levando o esporte a um maior número de pessoas, que é uma das metas da administração municipal”. Bittencourt fez questão de salientar a presença de Ubatuba no lançamento do manual. “A secretaria vem participando de diversos eventos promovidos pela Secretaria da Juventude, Esporte e Lazer, mantendo contato com as principais autoridades esportivas do Estado de São Paulo, visando obter apoio para as atividades esportivas na cidade”.
Na oportunidade, foi protocolado um ofício junto a Secretaria da Juventude, Esporte e Lazer, solicitando o custeio da premiação para a segunda etapa do 9º Circuito de Águas Abertas, que acontecerá na praia do Lázaro, em agosto. (Fonte: PMU)

Ubatuba fica com a prata na Livovali
Equipe infantil se esforça mas não consegue superar Mogi das Cruzes

Ubatuba - O vôlei infantil de Ubatuba ficou com a medalha de prata na disputa contra Mogi das Cruzes na final da Livovali. A primeira partida em Mogi, no sábado, 18 foi vencida por Mogi por três sets a um com parciais de 25/22, 22/25, 25/23 e 25/23 .
O jogo de volta aconteceu no Tubão, dia 21 e era tudo ou nada. Caso Ubatuba vencesse, haveria um jogo desempate . O primeiro set foi bem equilibrado, onde as equipes se alternavam à frente do placar. O time de Ubatuba chegou a abrir 24 a 22, mas permitiu a reação de Mogi que virou para 25 a 24. Porém, demonstrando superação marcou três pontos seguidos e venceu por 27 a 25.
A partir daí a equipe de Mogi mostrou ter mais calma nos momentos finais e venceu os três sets restantes da mesma forma. As equipes se alternavam à frente do placar até a metade dos sets, depois Mogi abria vantagem e Ubatuba não acompanhava o ritmo. Resultado 25/17, 25/19 e 25/22 para Mogi. Placar final três sets a um e Mogi das Cruzes é a cidade campeã da Livovali 2005 na categoria infantil masculino.
A torcida que incentivou o time de Ubatuba até o final, aplaudiu efusivamente os atletas durante a entrega das medalhas, reconhecendo a boa campanha dos jovens.
Mais decisão - O time infanto-juvenil masculino vai à quadra no sábado, 25, no Tubão a partir das 15h30, para o segundo jogo contra Mogi das Cruzes. Na primeira partida da melhor de três jogos ocorrida domingo, 19, Ubatuba venceu por três sets a um, com parciais de 20/25, 26/24, 25/23 e 25/17. Vencendo, Ubatuba fica com o título. Caso Mogi vença, o terceiro jogo acontece no dia 28, também em Ubatuba. (Fonte: PMU)

Nova diretoria da AUS toma posse

Ubatuba - A Associação Ubatuba de Surfe tem nova diretoria, que tomou posse em reunião realizada ontem, na Associação Comercial de Ubatuba.
O renomado surfista Tadeu Pereira tomou posse como diretor-presidente, com a presença de grandes nomes do surfe, como atletas, empresários do surfwear, o secretário Municipal de Turismo, Luiz Felipe Azevedo, o vice-presidente da Federação Paulista de Surfe, Alberto Jacob.
A eleição teve chapa única, sendo assim, os componentes da nova diretoria foram eleitos por unanimidade.
O ex-presidente da AUS, Julio César de Jesus, o Demon, passou o cargo para Tadeu Pereira, despedindo-se da diretoria da associação. Demon agradeceu a Deus e a antiga diretoria, desejando sucesso aos novos integrantes.
Tadeu falou sobre os ideais do novo grupo diretor: “é um grupo bem homogêneo, com objetivos em comum. Uma das propostas é trazer o WCT para Ubatuba, colocando a cidade no cenário internacional”.
Os circuitos municipais, universitários e regionais também são prioridade para a AUS, segundo Tadeu. “Vamos caminhar juntos e isso foi o que me motivou a retornar e dar mais um pouco do que eu sei para o surfe de Ubatuba”, disse o diretor-presidente, que já havia ocupado a posição anos atrás.
A solenidade da posse foi marcada para o dia 1º do próximo mês, em local a ser definido. Também fazem parte da mesa diretora: Carlos Roberto Souza (vice-presidente); Renato Vella (diretor executivo); Pedro de Carle Gottheiner (diretor financeiro); João de Carle Gottheiner (diretor de eventos); Álvaro Cor-rea (diretor de Relações Públicas); Paulo Motta (diretor técnico) e Edinaldo Muniz Oliveira, o Jabá (diretor de estrutura). (Fonte: Ana Gabriela Fernandes/IMP - Foto: Renato Bopulos/USC)

Pregão Presencial será adotado pela Prefeitura de Ubatuba
Novo sistema garantirá maior agilidade e mais transparência em licitações

Ubatuba - A Prefeitura de Ubatuba está se preparando para adotar o pregão presencial. Trata-se de uma nova modalidade de licitação utilizada para a aquisição de bens e de prestação de serviços comuns com qualquer valor estimado da contratação. O pregão oferece benefícios para todos os envolvidos no processo, ou seja, a sociedade tem ampla transparência, o fornecedor amplo acesso à disputa e a Prefeitura a rapidez no processo de compra, além da redução de preços, custos operacionais e tempo de duração do processo.
Funcionários da Secretaria de Administração irão passar por treinamentos específicos e se tornarão pregoeiros. Para a realização do pregão, a Prefeitura irá dispor de uma sala própria, com infra-estrutura necessária. A nova modalidade deverá começar a vigorar em meados do segundo semestre deste ano.
O secretário de Administração, Sílvio Bonfiglioli Neto, explica que o pregão é uma sessão pública com diversas regras de funcionamento, onde existem várias vantagens, entre elas, a redução do prazo de publicidade para o recebimento da proposta que é de oito dias úteis, a inversão das fases, com a habilitação no final e apenas da licitante que ofertou o menor preço, redução do número de recursos administrativos, entre outras. “Acreditamos que o pregão também será uma oportunidade para que os comerciantes locais se interessem mais em participar das licitações municipais, tendo em vista as vantagens oferecidas”, avaliou Bonfiglioli.
Cadastro - Para a participação no pregão presencial é necessário que o fornecedor seja devidamente cadastrado junto à Prefeitura. Segundo a Secretaria de Administração hoje cerca de 300 fornecedores são de outras cidades e apenas 20 de Ubatuba. “Gostaríamos que o comerciante local nos procurasse e efetuasse o seu cadastro para poder estar disputando as concorrências. Dessa forma estaremos movimentando o dinheiro do comércio local, já que muitas vezes eles são convidados e não participam”, explicou Sílvio Bonfiglioli.
Os interessados no cadastro devem procurar a Seção de Compras da Prefeitura e saber quais são os documentos necessários.
A ACIU (Associação Comercial e Industrial de Ubatuba) em parceria com a Prefeitura de Ubatuba irá dispor para seus associados as exigências necessárias para o cadastro na Prefeitura. (Fonte: PMU)

Trevo do Saco da Ribeira passa por remodelação

Ubatuba - A Secretaria de Obras iniciou um trabalho de reconfiguração no traçado do acesso ao Saco da Ribeira. O trabalho visa facilitar o trânsito de veículos de grande porte, principalmente aqueles que transportam barcos até a marina.
Segundo o Secretário de Obras, João Paulo Rolim, o trabalho deve ser rápido. “A obra deve estar concluída em quinze dias. Vamos também cuidar do projeto paisagístico, nivelar os bloquetes e finalizar com uma operação tapa-buracos na entrada do bairro”, garantiu Rolim. (Fonte: PMU)

Prefeitura de Ubatuba passará por reforma administrativa

Ubatuba - O IBAM (Instituto Brasileiro de Administração Municipal) iniciará em julho a reforma administrativa na Prefeitura de Ubatuba que será dividida em duas etapas, sendo que a primeira deverá estar concluída dentro de três meses. Na primeira etapa todos os funcionários do quadro municipal serão entrevistados individualmente para que a empresa possa conhecer suas qualificações e poder adequá-los às suas funções corretamente. Os quadros de chefias serão reestruturados, com uma melhor definição das funções.
Todo o organograma da Prefeitura deverá ser alterado. O secretário de Administração, Sílvio Bonfiglioli Neto adianta que algumas secretarias serão extintas e outras criadas. “Tudo dependerá do laudo conclusivo que será apresentado pela empresa. Já temos a noção de que o organograma de algumas secretarias e assessorias hoje é inviável”, avaliou Bonfiglioli. Até outubro a Prefeitura irá encaminhar ao Legislativo as mudanças propostas na primeira etapa. Na segunda fase das avaliações o IBAM estará revendo os estatutos do servidor, do magistério e o plano de carreira dos funcionários, que deverá ser concluída até o final do primeiro semestre de 2006.
IBAM - O Instituto é responsável por executar ações juntos às Prefeituras e Câmaras Municipais, órgãos dos governos municipais, estaduais e federal, além de instituições nacionais e estrangeiras, com a finalidade de elaborar estudos e pesquisas, consultoria técnica e ensino em administração contábil, financeira e orçamentária, administração fiscal e tributária, concurso público, geoprocessamento, gestão de recursos humanos, entre outros. (Fonte: PMU)

Prefeito vai a CDHU para agilizar casas populares para Ubatuba

Ubatuba - O prefeito de Ubatuba, Eduardo César, esteve ontem em São Paulo conversando com Antônio Carlos da Silva, ex-prefeito de Caraguatatuba e hoje na CDHU – Companhia de Desenvolvimento de Habitação Urbana do Estado de São Paulo, para agilizar a liberação das 100 casas populares prometidas pelo Governador Geraldo Alckmin, quando da sua visita a Ubatuba, em abril deste ano.
Segundo o prefeito, o processo é lento, pois além de encontrar a área adequada, a prefeitura deve também providenciar toda a infra estrutura necessária para a construção das casas, como arruamento, asfalto, iluminação, águas pluviais, esgoto e água potável. “Além do custo alto da infra estrutura, a prefeitura não possui áreas próprias para novos conjuntos habitacionais”, disse Eduardo César. “Mas apesar de todas as dificuldades estamos empenhados em conseguir essa área – já visitamos três nos últimos dias – pois temos muitas famílias morando hoje em áreas de risco e que necessitam com urgência, serem removidas”, finalizou. (Fonte: PMU)

Escola da Lagoinha
Charles Medeiros e a região Sul

Ubatuba - No último dia 17, aconteceu uma reunião na escola Agostinho Alves da Silva, no bairro da Lagoinha, reunindo pais, alunos, professores e funcionários da escola. A reunião teve como propósito discutir as providências que deverão ser tomadas quando da reforma do prédio escolar. Para conversar com a população, estiveram presentes, além da diretora da escola, Maria Bernadete, a secretaria de educação Izabel Roseli e o vereador Charles Medeiros. O grupo envolveu perto de cem pessoas. Bernadete esclareceu como será a rotina da escola no período de reforma, falou sobre o espaço que os alunos terão nesse período e como funcionará o transporte para o prédio provisório. Izabel esclareceu ainda que não foi encontrado um local próximo da escola para atender os alunos durante o período da reforma. "Os acontecimentos futuros referentes à escola e sua reforma estão dentro da programação da Secretaria da Educação. O processo foi analisado com muito carinho por nossos profissionais" comentou a secretária da Educação, Izabel.
Alguns moradores se manifestaram em relação à construção de um novo prédio para atender a demanda da região. Charles disse então que "não é possível construir uma escola de imediato, mas é possível melhorar a que já existe; no entanto, não está descartada a construção de uma nova escola. Estive reunido com o engenheiro responsável e o mesmo me mostrou uma foto aérea com uma excelente localização para um prédio escolar na Lagoinha", finalizou o vereador.
Charles Medeiros vem desde o mandato passado lutando por infra-estrutura em todo município, principalmente para as regiões mais distantes e carentes. No caso específico da escola da Lagoinha, foram realizados vários pedidos desde 2003. No começo deste ano várias indicações e ofícios foram encaminhados a Secretaria de Educação Municipal e no dia 30 de março foi realizada no pátio da escola uma reunião com representantes de pais e alunos. Charles Medeiros, na ocasião tomou conhecimento das propostas de reforma e dos estudos para viabilizar uma nova escola na região. O vereador Charles Medeiros vai continuar dedicando especial atenção à região da Maranduba e adjacências, tentando se inteirar dos problemas que há e procurando levar ao executivo as informações que possam resultar em ações concretas. Fonte: Assessoria Charles Medeiros. (Fonte: Assessoria Charles Medeiros)

Prefeitura de Ubatuba abre inscrições para Cipa
A Comissão Interna de Prevenção de Acidentes é um importante agente no trabalho de aprimoramento de técnicas de segurança para funcionários

Ubatuba - As inscrições para a eleição da Cipa da Prefeitura de Ubatuba começam no próximo dia 27 e vão até 11 de julho. No total, são 8 vagas, quatro para titulares e quatro para suplentes. As eleições acontecem no dia 2 de agosto e todos os servidores estão convidados a participar.
O papel da Cipa é identificar os riscos no processo de trabalho, contando com a participação do maior número de funcionários e, a partir daí, elaborar um plano de trabalho focado na prevenção. O chefe do serviço de recursos humanos da prefeitura, George Friederich, diz que candidatar-se a uma vaga como essa é um ato de cidadania. “O servidor trabalha em benefício dos demais, desempenha o importante papel da prevenção que, muitas vezes, elimina a necessidade de remediar”. (Fonte: PMU)

Ação Litoral
 
Artigo Topo

Turismo, Preservação e Comunidade

Introdução - O turismo, que se alimenta principalmente do patrimônio natural e cultural, é uma faca de dois gumes no que diz respeito à preservação. Por um lado, a vertente tradicional do turismo de massa pode ter efeitos devastadores sobre a cultura, a ecologia e a estética, como se nota em vários lugares de intensa visitação.
Por outro lado, o turismo sob formas mais calmas e alternativas, como as diferentes modalidades de turismo cultural e de natureza, é hoje visto como um catalisador do desenvolvimento sustentável, capaz de dinamizar economias locais, preservando ao mesmo tempo a cultura e o meio ambiente.
Quanto disso é verdade? Quais são as reais contribuições do turismo para a preservação? Que desafios e possibilidades se abrem para o turismo e o patrimônio neste final de milênio? Como esse difícil diálogo se traduz em ações concretas de planejamento no Brasil hoje?

Turismo e Preservação: Conflitos e Possibilidades - Durante os anos 70 começou-se a criticar o impacto negativo do turismo de massas sobre o meio ambiente, apontando-se a devastação de áreas naturais, como parques e zonas costeiras, até o comprometimento da qualidade de vida nos centros históricos das cidades, causada por congestionamento, todo tipo de poluição e danos, aumento de violência e crescimento desordenado da periferia.
Na década de 80 falou-se muito na necessidade de desenvolver formas alternativas de turismo, através de uma abordagem holística da atividade, de forma a beneficiar visitantes e visitados. O hemisfério norte investiu muito em suas cidades turísticas, na diversificação de seus atrativos, na interpretação e apresentação de seu patrimônio. O planejamento fez-se, no entanto, sem uma efetiva parceria criativa entre órgãos de preservação e turismo, sem o efetivo envolvimento da população e de suas práticas culturais, que foram, em muitos casos, excluídos e pasteurizados para o rápido consumo turístico.
O resultado pode ser visto ainda hoje quando se passeia por algumas cidades européias, por exemplo. Tem-se a impressão do déjà vu, tal a mesmice de certas paisagens urbanas, esvaziadas de conteúdo sócio-cultural, meros cenários de filme ou shopping centres ao ar livre, com decoração e mobiliário semelhante e lojas sempre iguais, a celebração do não-lugar no cenário global. O prazer da visita é comprometido, aqui e lá, por razões distintas, sendo o denominador comum a concentração de gente e barulho.
É só nesta década, especialmente após a Eco92 no Rio de Janeiro, que a questão da sustentabilidade ganhou conceitos e formas concretas, levando a novas concepções de como desenvolver o turismo, e todas as atividades correlatas, de forma sustentável. Hoje, concorda-se que o turismo sustentado deve voltar-se para harmonizar as necessidades de seus quatro componentes: a comunidade receptora, os visitantes, o meio ambiente e a própria atividade.
Se bem planejado dentro dos princípios da sustentabilidade, o turismo pode ter um impacto positivo e ser um catalisador para a restauração, preservação e revitalização de paisagens naturais e culturais, pode reforçar a cultura local e contribuir para a geração de empregos e renda das comunidades.

Planejamento Participativo e Parcerias para Ação - Além de levar em consideração a preservação da natureza, da cultura e dos processos produtivos locais, o planejamento sustentável deve adotar uma abordagem que trabalhe a mentalidade da população nativa e os hábitos das organizações turísticas locais. Ou seja, levar em conta os medos, desejos e necessidades da população local tornou-se essencial no planejamento turístico hoje.
Resumindo, o planejamento do turismo com a comunidade é visto como necessário ao desenvolvimento sustentável por duas razões principais:
1. Se o desenvolvimento do turismo não for compatível com desejos e objetivos da comunidade, ou for dominado por interesses econômicos exclusivamente externos, conflitos e tensões podem resultar no declínio do turismo.
2. Residentes têm o direito de serem envolvidos no desenvolvimento de uma indústria que sempre traz custos e benefícios para sua comunidade.
Planejar com, ao invés de para (a comunidade), não é fácil, uma vez que:
1. A dependência de recursos externos, públicos ou privados, impede o controle local.
2. E os objetivos econômicos individuais de curto prazo tendem a predominar sobre os objetivos comunitários de longo prazo.
3. Há falta de informação e treinamento
4. Falta visão e interesse e compromisso daqueles não envolvidos diretamente com o turismo
Assim, o envolvimento da comunidade é vital para o desenvolvimento sustentado do turismo, desde que faça parte de uma estratégia mais ampla e integrada, o que requer sólidas parceiras entre organizações públicas e privadas.

Interpretação do Patrimônio: comunicando com o turista - Num contexto de rápido crescimento do turismo cultural e de natureza em suas várias formas, a interpretação e apresentação do patrimônio natural e cultural tornaram-se cruciais para despertar atitudes preservacionistas, tanto das comunidades receptoras e dos visitantes, quanto dos empreendedores turísticos.
Em julho de 1999, realizou-se na Universidade de Bournemouth, Inglaterra, a conferência internacional Apresentação e Interpretação do Patrimônio na Europa, destinado a avaliar a prática européia, bem como as tendências e perspectivas da interpretação para o próximo milênio.
As apresentações técnicas e acadêmicas revelaram uma preocupação comum: a de que, neste final de milênio, a humanidade não está realmente ganhando a luta pela preservação, por maior que tenha sido até aqui o esforço em tombar conjuntos históricos e restaurá-los, em delimitar áreas naturais de conservação e proteção e em estabelecer parâmetros sustentáveis para o planejamento turístico. Vale dizer, os padrões de desenvolvimento e de comportamento têm sido mais destrutivos que preservacionistas.
Por outro lado, várias comunicações revelaram também uma certeza comum: a de que a única chance de reverter esse quadro que temos hoje é de trazer a preservação para o coração e a mente das pessoas, lidar com suas emoções de forma a desenvolver nelas afeição pelo ambiente que as circunda, pelo espaço público, pela natureza, pela vida silvestre, por sítios históricos.
A construção de atrações culturais e naturais é crucial para o desenvolvimento do turismo sustentado e necessário para reconciliar os interesses da preservação e do desenvolvimento. Uma boa atração, por sua vez, é desenvolvida em torno de um conceito construído a partir da interpretação das histórias, lendas e segredos do lugar. Duas perguntas são essenciais no desenvolvimento de uma atração natural ou cultural: qual é o espírito do lugar? E como transmiti-lo aos visitantes?
As respostas a essas perguntas estão em grande parte com a comunidade, que precisa ser estimulada a buscá-las na memória coletiva, em sua história oral e documentada. Uma boa tarefa conjunta para os órgãos de preservação e de turismo: envolver, desde o início, os moradores no levantamento do inventário cultural e turístico de suas localidade, e dar-lhes um canal de expressão para os vários sentidos que atribuem ao seu patrimônio.
As paisagens urbanas e naturais são multivocais, isto é, um mesmo objeto, lugar ou fenômeno tem, geralmente, vários sentidos e identidades, de acordo com quem os atribui ao longo do tempo. São as várias vozes da comunidade, as várias narrativas, tempos e motivos diferentes - os econômicos, os estéticos e os políticos.
Por outro lado, sabe-se que a pessoa média está mais interessada em pessoas e nos usos que fazem de lugares e coisas, que em arquitetura, geologia ou cerâmica. Assim, dar um canal de expressão para as várias vozes da comunidade interpretarem seu patrimônio enriquece a interpretação e a experiência vivencial do visitante, ao mesmo tempo em que valoriza o lugar. Mais que informação, interpretar é revelar significados, é provocar emoções, é estimular a curiosidade, é entreter e inspirar novas atitudes no visitante, é prover uma experiência inesquecível com qualidade.
Para atingir seus objetivos, a interpretação utiliza várias artes da comunicação humana - teatro, literatura, poesia, fotografia, desenho, escultura, arquitetura - sem se confundir, no entanto com os meios de comunicação ou equipamentos que lhe servem de veículos para expressar mensagens: placas, painéis, folders, mapas, guias, centros, museus, etc. Nada substitui, no entanto, a interpretação ao vivo, quando realizada com guias sensíveis ao ambiente e às necessidades dos visitantes.
Interpretar com a comunidade exige uma estratégia de comunicação social efetiva e permanente dos órgãos de preservação com os herdeiros do rico e variado patrimônio natural e cultural do país.
Tanto o IPHAN quanto o Ibama e seus braços estaduais não têm esta tradição (por várias razões que não cabem aqui comentar), concentrando seus esforços, geralmente, em ações de normatização e fiscalização, com raras exceções. Mesmo os monumentos, conjuntos e áreas mais visitados, raramente são devidamente interpretados e apresentados para os vários tipos de usuários.
Assim, os próprios moradores e administradores locais não se envolvem na proteção e valorização de algo que não são estimulados a valorizar e interpretar para si mesmos. Por outro lado, sem ter muito o que ver e usufruir em termos de atrações culturais e naturais bem montadas, os visitantes acabam por não entender nem valorizar as ações de preservação, muito menos por desenvolver atitudes de apreciação e proteção de ambientes naturais e culturais.
Os órgãos oficiais de turismo, por sua vez, investem quase exclusivamente na promoção de lugares como destinos turísticos, uma vez que a atividade é dominada por transporte, acomodação e operação. A tarefa de sensibilizar as administrações locais e os próprios comerciantes e empresários do setor para o planejamento e desenvolvimento do turismo sustentável é apenas uma tarefa secundária e descontinuada (o PNMT é a rara e insuficiente exceção da política deste setor).
Não há, concretamente, um programa conjunto com os órgãos de preservação para promover o desenvolvimento cultural das comunidades, reciclar suas habilidades para as novas vocações abertas pelo turismo cultural ecológico, direcionar os investimentos do setor para serviços e equipamentos adequados ao local.

Conclusão - O Desenvolvimento sustentado do turismo cultural e ecológico no Brasil depende de: Capacidade de desenvolvimento do produto turístico integrado: atrações cultural-ecológicas ligadas por roteiros adequados, amparados por infraestrutura suficiente e equipamentos e serviços de qualidade. Vale dizer, capacidade de planejamento para ação.
A formação de público para as várias formas de turismo cultural e "verde", através da interpretação: sensibilização através da aprendizagem informal da comunidade e dos visitantes.
Parcerias para marketing integrado, através de rede de informação para o turista e marketing externo para mercados emissores.
A interpretação é, portanto, instrumento essencial na gestão do patrimônio e no desenvolvimento do turismo diversificado e sustentável porque:
Diversifica as atrações turísticas e de lazer de determinada localidade.
Provê oportunidades de aprendizagem informal no campo da educação ambiental e patrimonial.
Orienta os fluxos de visitação, protegendo ambientes frágeis.
Provê instrumental de planejamento em parceria com a comunidade.
Racionaliza as ações dos órgãos de patrimônio, meio ambiente, planejamento urbano e turismo.
O Caso Brasileiro: Perspectivas e tendências
O desenvolvimento do turismo cultural no país depende da capacidade dos órgãos públicos de preservação e turismo estruturarem programas conjuntos a serem implantados localmente em parceria com a comunidade latu sensu: prefeituras, moradores, comerciantes e empresários locais, escolas e associações, Ongs e igrejas.
Em sintonia com o que acontece no restante da vida do país, estamos, também aqui, a depender da capacidade de sensibilizar e mobilizar pessoas e recursos para a causa da preservação com desenvolvimento. O turismo não é apenas uma questão econômica, é uma alternativa de desenvolvimento social e cultural das localidades brasileiras. É por isso que deve estar presente nos programas conjuntos de comunicação do patrimônio com seus herdeiros, ajudando a realizar o encontro do patrimônio com a comunidade desde o inventário cultural até sua interpretação e apresentação ao público.
Até realizarmos isso, todo brasileiro continuará a sentir-se como um filho deserdado, o patrimônio será sempre do outro, do Estado brasileiro, dos acadêmicos, dos especialistas que o guardam a sete chaves. Se conseguirmos realizar essas tarefas, as perspectivas que se abrem para o turismo cultural são fantásticas, dada a riqueza da diversidade cultural do país.
Podemos pensar em vários tipos de roteiros para o turismo de interesse especial, que tem a preservação como denominador comum e que representa uma efetiva perspectiva de desenvolvimento para as localidades a médio e longo prazo: o turismo histórico, arquitetônico, artístico, gastronômico, rural, educacional, esotérico. É de se esperar que a interpretação e apresentação do patrimônio sigam a tendência internacional de países com tradição na área de turismo histórico cultural, revelada nesses últimos anos do milênio.

A autora - A Professora Stela Maris Murta é mestre em planejamento pela University of Oxford Brooks, com a tese "O Papel da Interpretação no Planejamento Urbano"; Diretora da Território Brasilis Consultoria LTDA, empresa especializada em interpretação de ambientes para o turismo; e co-autora do livro "Interpretação do Patrimônio para o Turismo Sustentado" (um Guia). Fonte: http://www.ecoviagem.com.br/ecoestudos/stelamaris/autora.asp
Ubatuba, 08/04/2003

Enviado por:
Ronaldo Dias
Ubatuba, SP

Carta do Leitor
As mensagens, fotos e opiniões  publicadas neste boletim são de inteira responsabilidade de suas fontes e autores,
não expressando necessariamente a opinião deste informativo. O envio de qualquer material para nosso e-mail
será considerado como autorizado a sua publicação e assumida a total responsabilidade pelo seu conteúdo.
As mensagens deverão conter nome completo, RG, endereço, telefone de contato e um e-mail válido.
Reservamos o direito de não publicar cartas que não contenham a devida  identificação do autor.
Topo

A César, só o que é de César - Há muito se esperava uma atitude firme e determinada do judiciário e do MP para colocar fim as pretensões de alguns legisladores municipais que, imaginando-se todo poderosos, legislavam fazendo, tabula rasa da lei maior. A constituição. Não fosse assim, vários desmandos não teriam sido levados a efeito e muitos sonhos de desavisados e mal informados, não se transformariam em verdadeiros pesadelos. As notícias, sobre as determinações judiciais que regulamentam a concessão de uso de área pública, voltam para o ponto inicial da obediência incondicional ao artigo 175 da Constituição `Federal. Todo o mais, leia-se toda legislação municipal (quarenta leis) que não obedeceram esta ordem, são simplesmente, i-n-c-o-n-s-t-i-t-u-c-i-o-n-a-i-s. Ou seja, todas juntas, valem tanto quanto uma nota de trezentos reais. Isto posto, creio em uma nova ordem municipal, onde a tolerância, necessária ao bom entendimento e a convivência entre a comuna, obedecerá a reverência e a legalidade, pondo fim a explicita arrogância pretensiosamente amparada por uma legalidade inexistente. A recente reformulação na direção do corpo jurídico do executivo, creio já ser a correção necessária ao entendimento e, respeito a lei e, a cidadania. Ainda: “Somos todos iguais perante as leis”. Aguardemos novas posturas do legislativo.

Ronaldo Dias
Ubatuba, SP


Errata
- Caro amigo. A foto do dia 22 é da Praia da Fazenda, nao de Ubatumirim.
Grato pelas lindas fotografias! Continua!

Theodore Taylor
Admirador de Ubatuba


Divulgação de abertura de concurso Público - Por Gentileza, solicitamos a divulgação da abertura de concurso para a Polícia Civil, se puderem, agradeceríamos chamadas até o dia de encerramento. Desde já agradeço.

Gilvan Ferretti
Escrivão Chefe
Delegacia de Polícia de Ubatuba

CONCURSO PARA CARREIRA DE ESCRIVÃO DE POLÍCIA
PRAZO PARA INSCRIÇÃO: DE 13.07.2005 ÀS 12:00 HORAS DO DIA 19.07.2005
TAXA: R$ 29,26
SALÁRIO INICIAL: R$ 1.191,16
ESCOLARIDADE: ENSINO MÉDIO (SEGUNDO GRAU)
OBS: O REQUERIMENTO DE INSCRIÇÃO SERÁ REALIZADO EXCLUSIVAMENTE PELA INTERNET, ATRAVÉS DO ENDEREÇO ELETRÔNICO DO BANCO NOSSA CAIXA: www.nossacaixa.com.br
MAIORES INFORMAÇÕES: www.policia-civ.sp.gov.br


Associação Costa dos Alcatrazes - Na feira internacional de Turismo, a "Brite" realizada no final de maio e inicio de junho, a Costa dos Alcatrazes despertou interesse de vários segmentos, entre eles o São Paulo Convention & Visitors Bureau. As entidades, assinaram contrato no último sábado 18/06/05. FOTO ACIMA: Sentados / Luiz Vergílio - Presidente da ACA - Associação Costa dos Alcatrazes e Toni Sando - Diretor Superintendente SPCVB. Em Pé / Guto Ferrarini - Diretor - ACA , Ana Maria Carvalho - Gerente de Relacionamento - SPCVB , Ruben Valduga - Gerente de Marketing - SPCVB e Jean Gras - Diretor - ACA A Associação Costa dos Alcatrazes como associada terá os benefícios : Trabalhos institucionais do SPCVB - o apoio institucional em projetos que visem melhorar o turismo receptivo da cidade de São Paulo e o incremento do turismo de eventos; - a possibilidade de participação na mídia indireta através de várias campanhas de marketing veiculadas pelas emissoras de TV, jornais e revistas do trade, privilegiando nossos associados através da divulgação institucional no nosso site www.visitesaopaulo.com; - a inserção da empresa associada no São Paulo Visitors & Meeting Planner Guide e no Guia do Planejador de Eventos, publicações específicas de apresentação da cidade para distribuição em feiras nacionais e internacionais aos “decision makers”, privilegiando nossos associados; - o mailing com todos os contatos efetuados em nossas participações em feiras nacionais e internacionais, possibilitando aos associados efetuar suas ações comerciais sem, necessariamente, participar dos referidos eventos, tendo o SPCVB como representante; - a prioridade no recebimento do calendário anual de eventos desenvolvido pelo SPCVB, com informações privilegiadas aos seus associados, uma publicação distribuída nas feiras e que representa uma ferramenta de trabalho imprescindível para empresas que trabalham nos segmentos de turismo da cidade; - a inserção do nome de sua empresa e seus representantes na relação de associados em nosso site www.visitesaopaulo.com, assim como a possibilidade de divulgação de promoções de sua empresa no mesmo site; - a informação e indicação para seleção de fornecedores de produtos e serviços, quando necessário, quer sejam eles hotéis, centros de eventos, restaurantes, buffets, centros de compras, organizadores de eventos, promotores de feiras, serviços auxiliares (montagem, sonorização, serviços gráficos, etc), agências de viagens, serviços de transporte aéreo e terrestre, profissionais especializados (guias, tradutores, intérpretes, fotógrafos etc); - a viabilização de suporte logístico em “Fam Trips” (“Viagens de familiarização”) para operadoras turísticas e imprensa com a parceria de empresas associadas; - a elaboração da logística de visitas de inspeção para eventos, de acordo com as necessidades do cliente envolvendo diversos associados (companhias aéreas, hotéis, centros de eventos, operadoras de turismo, agências de viagens, organizadores de eventos, restaurantes, etc...)
Abraços

Luiz Alberto Vergilio
Associação Costa dos Alcatrazes
Presidente


Nota Oficial - Aproveito o momento em que foi aprovada Emenda à Lei Orgânica que libera a construção de estabelecimentos penais na cidade (CDP – Penitenciárias) para esboçar o meu total desprezo pela matéria, que no futuro certamente trará conflitos, desespero, medo e insegurança à população. Saliento que fui o único voto contrário nos 2 turnos de votação.
Sou contrário à vinda de um CDP (Centro de Detenção Provisória) há mais de 9 anos. Entendo que uma unidade prisional numa cidade turística como a nossa será um retrocesso ao progresso, o entrave ao Turismo, a paralisação dos investimentos e o caos aos contribuintes, que aqui escolheram para viver e criar seus filhos.
A chegada do “Cadeião” servirá para criar instabilidade entre os moradores, o aumento das favelas e o crescimento desordenado de barracos, onde irão morar os parentes dos presos. Tenho plena certeza disto e os meus 15 anos como Delegado de Polícia Civil me dão a experiência necessária para tal.
Apoio uma mudança na política carcerária, a geração de emprego e renda e a exclusão definitiva de todas as unidades prisionais de cidades turísticas, balneárias e climáticas, pois uma cidade como a nossa merece investimentos em Saneamento Básico, Lazer, Entretenimento e principalmente de um Hospital Regional, e não um “Cadeião”, que só fará ter fugas, superlotação, desespero e corrupção.
Dizer que o CDP será regional é uma mentira deslavada e profana, pois é líquido e certo que detentos de outras cidades e regiões virão para cá, contribuindo para a ação e dominação de grupos do Crime Organizado.
Luto e sempre lutarei contra a instalação de um CDP em Caraguatatuba e esta nota é a prova, no futuro, que estou certo, pois irá se instaurar no município uma onda de violência, de instabilidade e medo entre todos. Que Deus não nos tenha traçado um futuro pior!!!

Aurimar Mansano
Vereador PTB
Câmara de Caraguatatuba


Pôr que Ubatuba não decola? - Pense num BOING que irá levantar vôo...
O Piloto auxiliado pelo co-piloto são os que comandarão a nave, que será monitorada totalmente, em terra, pela torre de controle que vai direcionando os mesmos durante o trajeto.
Os passageiros, não são meros expectadores, mas antes de decolar têm uma aula de todos os procedimentos que deverão seguir durante o vôo, pelos comissários de bordo.
Assim é uma cidade ela é comandada pelas autoridades Prefeito (Piloto e co-piloto) e equipe, e os vereadores (torre de controle).
Pergunto: Quem tem sido os comissários de bordo da população ubatubense?
Vejo aqui, desde que cheguei, um espírito de derrota e descontrole total por parte da população, é cada um por si e os pistolões por todos, é um tal de puxa tapete aqui, competição sem sentido.
Se olharmos para a história ao ver a Alemanha no pós-guerra, derrotada, vemos também uma população que apesar de tudo não se deixou abater e foi em frente e sempre para reconstruir o país e hoje podemos contemplar a solidez deste país em todos os sentidos. Sabia que na Alemanha eles pagam para o poder público direcionar seus resíduos domésticos, além da reciclagem ser obrigatória?
Ubatuba vamos tomar consciência de nossa responsabilidade, levantar a cabeça nos unirmos e termos boas idéias para sair desta crise?
Estamos no "planeta água" praia não é exclusividade nossa.
E que o SENHOR, JESUS CRISTO, nos ajude a chegarmos lá em seu NOME eu oro. Amém.

Cristina
via e-mail


Praia Grande - Caro Editor. Em relação á proposta do arq. Nunes para a remodelação da praia Grande, não posso opinar sobre o mérito, pois a apresentação aqui foi genérica, mas traz novidades que merecem ser estudadas.
Quero me manifestar sobre o "custo zero" de implantação e manutenção do projeto.
Não existe custo zero para a comunidade. Iremos pagar um preço menor que é a poluição de nossa paisagem pelos anuncios, e um maior que é a fixação em Ubatuba de uma industria poluidora que continuará a vender nossa paisagem como pano de fundo para anuncios de mortadela e bancos, que não beneficiam em nada a economia do município.
Uma vez implantada essa industria, e com os pífios controles sobre o meio ambiente demonstrados pela alegria com que os quiosqueiros continuam suas obras irregulares, a realidade será irreversível, e deplorável.
Já pude acompanhar esse debate em São Sebastião, em projeto de permuta por obras de arte, e seu realizador foi sensivel aos argumentos apresentados, suspendendo a tal permuta, e realizando o projeto sem danificar o valor maior do município, que é a paisagem.
Espero que por aqui tenhamos o mesmo bom senso.
Precisamos de leis que regulamentem a publicidade, e de fiscalização decente para entre outras coisas evitar essa zombaria que é a continuação das obras dos quiosques.

Mike Buser
Ubatuba, SP


Hans Staden ou Clodovil? - Genial a idéia do vereador Charles Medeiros de promover a semana Hans Staden. Falta apenas esclarecer qual semana do mês de agosto e se já há algum projeto ou ações para concretizar e firmar a semana em nosso calendário turístico.
Poderiam dar continuidade a esse tipo de inicitativa e transformar datas como da Paz de Iperoig em ações que venham divulgar nossa cidade em período da baixa temporada, formando um verdadeiro calendário turistíco local e explorar nossa vocação de turismo histórico.
PS: Concordo também com Dr. Renato sobre a exagerada divulgação do aniversário do apresentador Clodovil. Será verdade que havia prefeitos de nossa região entre os convidados, será que eles presenciaram a exposição dos fundilhos do pretenso artista?

Mauri Alves
Moradora de Ubatuba

Foto do Dia Topo

Para participar desta seção basta enviar as fotos com crédito do autor e legenda, no tamanho mínimo
de 1024 x 768 pixels com resolução de 72dpi para fotododia@litoralvirtual.com.br

Atenção! - A sessão Foto do Dia passará a divulgar também fotos de pessoas da região. Esta será nossa forma de homenagear e prestigiar pessoas de destaque no Litoral Norte. As fotos enviadas deverão ser no enquadramento "close" podendo ser coloria ou PB, no tamanho mínimo de 1024 x 768 pixels com resolução de 72dpi. O envio da foto caracteriza autorizada a sua publicação, assumindo o autor total responsabilidade pela publicação da mesma..

Ubatuba:

Saco da Ribeira - Nei/AMEUbatuba

Saco da Ribeira
©nei / AMEUbatuba

Envie sua foto!

Para instalar a foto como papel de parede (wallpaper)
Clique na foto acima. Após carregar a foto ampliada, clique com o botão direito do mouse sobre a imagem e escolha "Definir como papel de parede" ou "Definir como fundo de tela". Para ajustar a imagem em tela cheia, clique em qualquer lugar da área de trabalho com o botão direito do mouse, escolha "Propriedades" / "Fundo de Tela" ou "Papel de Parede" / "Ampliar".

Arquivos:  Foto Saudade  -  Foto do Dia

 Faça seu comentário, crítica, opinião ou sugestão no Litoral Virtual:
Clique Aqui


As notícias, fotos e cartas publicadas neste boletim são de inteira responsabilidade de suas fontes e autores,
não expressando necessariamente a opinião deste informativo. O envio de qualquer material para nosso e-mail
será considerado como autorizado a sua publicação e assumida a total responsabilidade pelo seu conteúdo.
As cartas devem conter nome completo, RG, endereço, telefone de contato e um e-mail válido.
Reservamos o direito de não publicar cartas que não contenham a devida  identificação do autor.

Editor Chefe: Emilio Campi

GRÁTIS!!
Receba as Últimas Notícias do Litoral em seu e-mail:

Quero receber GRATUITAMENTE o boletim Últimas Notícias do Litoral:

e-mail:
Cidade:



Obs.: Você poderá cancelar o recebimento das notícias a qualquer momento.

Conheça as cidades do Litoral Norte Paulista:

Caraguatatuba Ilhabela São Sebastião Ubatuba

Litoral Virtual
O mais completo site do Litoral Norte Paulista na Internet
Sugestões, críticas e informações, entre em contato:
info@litoralvirtual.com.br

©1995/2001 Emilio Campi - Studio Maranduba - Direitos Reservados
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem a expressa autorização do autor

contador, formmail cgi, recursos de e-mail gratis para web site