Litoral Virtual últimas notícias do litoral
Terça-feira, 13 de dezembro de 2005 - Nº 1419 Edições Anteriores

Mary´s Chalés Pousada das Cachoeiras Buffet Giorgio

Região
Litoral Norte ganha clínica para tratar pacientes com câncer
Operação Verão da PM inicia no dia 27
Polícia mapeia venda de droga no litoral


Caraguatatuba
Começa mutirão para cadastro do Bolsa-Família
Concurso “Caraguá: Educação Digital” premia os vencedores
Torneio de Voleibol 4X4 terá final nesta terça-feira
Educação encerra concursos e divulga os vencedores
1ª Mostra Cultural da EMEF Poiares acontece hoje
DIG recupera mais material do roubo na Reserve du Moulin e ainda três armas
Polícia investiga seqüestradores de famílias de gerentes em filmagem em posto
“O Quebra Nozes” comemora, até amanhã, o aniversário do Teatro Mario Covas


Ilhabela
Saúde da Ilha terá ‘ambulancha’
Ilhabela intensifica controle de borrachudos


São Sebastião
Grupo protesta contra Marinha
‘Papai Noel’ do TEBAR entrega brinquedos às entidades assistenciais
Marinha reinicia exercícios neste final de semana. Ibama liberou tiros
Sindserv terá mulher como presidente pela primeira vez
Asasf faz eleição no domingo para escolha de nova diretoria
Ex-funcionário alerta sobre venda de seguro quitação da Ponto Frio
Juan anuncia obras no valor de R$ 20 milhões para 2006
Abaixo-assinado protesta contra aluguel de terreno usado pela Colônia
Frutuante e pontes de acesso a passageiros na travessia da Balsa
Polícia abre sindicância para apurar fuga de preso
São Sebastião pode receber aeroporto
Madrigal Cantarte fica com a segunda suplência na fase regional
Estudante recebe prêmio da Marinha por redação sobre o Cisne Branco
Visitas monitoradas no Sítio Arqueológico de São Francisco começam em janeiro
Grupo do Vale abastece mercado
Associação defende esportes e meio ambiente
Projeto ensina adolescentes a optarem por vida saudável


Ubatuba
Torneio da Melhor Idade de Ubatuba termina com festa
Festa marca encerramento do ano nas escolinhas de esporte de Ubatuba
Escola Madre Glória vence Joguinhos Escolares de Ubatuba
Praia Grande se prepara para o verão
Prefeitura lança cartilha sobre congelamento de áreas
II SARAU DA ESCOLA IDALINA DO AMARAL GRAÇA EM UBATUBA
Moradores do Parque Estadual da Serra do Mar não serão removidos
Prefeitura de Ubatuba implanta ciclofaixas a partir do dia 20
Condephaat conclui tombamento da Igreja Matriz de Ubatuba


Seções
Opinião
Poesia
Carta do Leitor
Foto do Dia

Notícias da Região Topo

Litoral Norte ganha clínica para tratar pacientes com câncer

Litoral Norte - O Instituto de Oncologia do Vale (IOV), sediado em São José dos Campos, já está funcionando com uma clínica em Caraguatatuba para atender pacientes com câncer de todo o Litoral Norte. Os doentes oncológicos de Caraguatatuba, Ubatuba, São Sebastião e Ilhabela agora podem receber tratamento de alta qualidade em quimioterapia sem precisar se deslocar para os grandes centros urbanos, facilitando a vida diária de toda a família e agilizando a busca da cura. A clínica do IOV tem capacidade de atender em torno de 20 pacientes por dia, sejam por convênio, pelo Sistema Único de Saúde (SUS) ou particulares. O corpo clínico é composto por quatro médicos oncologistas (Adriano Mendes, Carlos Flávio Turci, Carlos Frederico Pinto e Marcelo Taborda), além do clínico geral plantonista Juliano Silva Santos. Em uma área de 220 metros quadrados de construção, o IOV conta com consultório, sala de observação com leito, sala de quimioterapia com poltronas confortáveis e central de diluição dos quimioterápicos.
PREVENÇÃO - O Instituto de Oncologia do Vale não tem como único objetivo o tratamento do câncer. O combate à doença por meio da educação e da informação para a prevenção do câncer é sua marca de responsabilidade social. Em 2006 os profissionais deverão iniciar uma jornada de palestras para a comunidade sobre a importância do diagnóstico precoce e de hábitos saudáveis de vida na luta contra o câncer. De acordo com esse objetivo, a primeira ação do IOV foi ceder seu imóvel, ao lado da nova clínica, com área de 104 metros quadrados, para a Associação de Combate ao Câncer de Caraguatatuba. Fundada em junho de 2004, a associação auxilia os pacientes carentes com cestas básicas, transporte, medicamentos, apoio psicológico e pretende implantar cursos de artesanato para melhorar a qualidade de vida dos pacientes. Clínica IOV Caraguatatuba – Avenida Maranhão, 97 – Jardim Primavera, e funciona de segunda a sexta-feira, das 8h00 às 12h00 e das 13h00 às 17h00. Para contato, ligue 12 3881-1881 / 3883-5686. (Fonte: PMC)

Operação Verão da PM inicia no dia 27

Litoral Norte - O comando do CPI-1 (Comando de Policiamento do Interior) inicia no dia 27 a "Operação Verão" no Litoral Norte. A operação contará com o reforço de cerca de 500 policiais distribuídos nas quatro cidades da região. A novidade para essa temporada será o deslocamento de um pelotão da Rota (Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar), de São Paulo, com seis viaturas e 24 homens para atuar nas quatro cidades. A operação será efetuada até o dia 31 de janeiro de 2006. (Fonte: ValeParaibano)

Polícia mapeia venda de droga no litoral
Combate ao narcotráfico será intensificado na temporada de verão, quando cresce o consumo de entorpecentes

Litoral Norte - A Dise (Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes) de São Sebastião mapeou os pontos de venda de droga nas quatro cidades do Litoral Norte. Com os dados, a Polícia Civil vai intensificar as investigações na tentativa de inibir a ação de traficantes na temporada de verão, período em que cresce o consumo de entorpecentes na região. O mapa dos pontos de venda de drogas foi elaborado pelo serviço de inteligência da Dise, com apoio de policiais da DIG (Delegacia de Investigações Gerais). Ao todo, foram identificados 16 pontos de venda de maconha, cocaína e crack --5 em São Seabstião, 8 em Caraguá, 2 em Ubatuba e 1 em Ilhabela (veja quadro nesta página). A delegada-seccional de São Sebastião Elaine Biazolli reuniu uma equipe de investigadores experientes e conseguiu modernos equipamentos tecnológicos para que a Dise reduza o consumo e a venda de droga no litoral. O apoio da Delegacia Seccional de São Sebastião já tem dado bons resultados, segundo o delegado titular da Dise de São Sebastião, Hugo Pereira de Castro, com prisões de traficantes que agem no litoral. O delagado afimou que nas investigações, os policiais deverão interceptar ligações de telefones fixos e celulares, com autorização da Justiça, usar câmeras para filmagens noturnas e ainda irão se infiltrarem, a paisana, entre os consumidores.
SÃO SEBASTIÃO - Em São Sebastião, segundo mapeamento da Dise, não existe "grandes" traficantes agindo nos bairros da costa sul, entre eles, Maresias e Boiçucanga. Nesses dois bairros, onde o consumo de cocaína, maconha e ectasy é grande durante a temporada, atuam apenas pequenos distribuidores, uma vez que a maioria dos consumidores compra a droga na capital. "O tráfico de crack e maconha ocorre com maior intensidade nos bairros da Topolândia, Itatinga e Enseada. Não existe mais tráfico na Vila Galvão, onde se concentram os bares e boates, que vivem da prostituição", disse Castro. O delegado afirmou que nas boates ocorre apenas o consumo de cocaína, que chega através dos navios que atracam no porto.
ILHABELA - Em Ilhabela, a polícia identificou apenas um ponto de venda de drogas, no bairro Barra Velha. Segundo a Dise, no local é comercializado apenas maconha. Na ilha o consumo de drogas, principalmente a cocaína, é feita pelos turistas e veranistas de alto poder aquisitivo. A droga seria trazida da capital, apenas para o consumo em festas e bares.
CARAGUÁ - Segundo levantamento feito pela Dise, a facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital) comandaria o tráfico de drogas em Caraguatatuba. O PCC seria o principal fornecedor de maconha e crack nos bairros do Travessão, Tinga, Morro do Algodão, Pereque-Mirim e Benfica. A venda de cocaína e também de crack se concentra nos bairros do Olaria, Sumaré e Poiares. No centro da cidade, no calçadão da Santa Cruz e na Avenida da Praia, agem pequenos distribuidores de cocaína e crack.
UBATUBA - As investigações feitas pela polícia em Ubatuba constataram que existem na cidade dois pontos de tráfico de crack. Um no bairro do Pereque-Açu e outro na Estufa. Três traficantes, que atuavam no litoral, foram presos pela Dise. Nos últimos três meses, um total de 40 pessoas envolvidas com o tráfico de drogas foi presa pela polícia.
PRISÕES - As investigações e as prisões levaram a polícia a apreender 20 quilos de maconha, 3 quilos de cocaína e 2 quilos de crack. A apreensão é considerada recorde na região. Em outubro, a polícia prendeu E.H.C.A., 54 anos, com 4,5 quilos de maconha em Ilhabela. O traficante era considerado uma dos principais fornecedores da droga na cidade. Uma das principais traficantes de crack em Ubatuba, E.C.C., 64 anos, foi presa em novembro, juntamente com outras cinco pessoas. Usando um restaurante, a traficante vendia cerca de 6.000 pedras de crack por mês. PCC - No início deste mês a Dise desmantelou em Caraguá o esquema do traficante H.L., o "Tom", 29 anos, ligado ao PCC. Segundo a polícia, "Tom" vinha faturando cerca de R$ 300 mil mensais com a venda de drogas na cidade. (Fonte: ValeParaibano)

Notícias de Caraguatatuba Topo

O Guaruçá Caraguatatuba


Começa mutirão para cadastro do Bolsa-Família
Começa o mutirão para cadastramento, recadastramento e atualização para o Programa Bolsa-Família, em Caraguá.

Caraguatatuba - As secretarias Municipais de Educação, Assistência Social e setor de Informática de Caraguá, estão trabalhando a partir desta semana no cadastramento do programa Bolsa-Família. O atendimento está sendo feito em sistema de mutirão, em três escolas: no CIEFI Benedito Inácio Soares, no bairro de Massaguaçu, até quinta-feira, dia 15; na EMEF Antonia Ribeiro, no Estrela D´Alva, do dia 19 a 22 de dezembro; e de 26 a 29, na EMEF Geraldo de Lima, no Perequê Mirim. Todas as famílias já cadastradas deverão comparecer a um dos três locais para fazer a atualização ou recadastramento, até mesmo aquelas que já recebem o benefício. O programa do Governo Federal beneficia famílias com renda mensal de até dois salários mínimos ou renda per cápita de R$ 100,00. Também são avaliados pela equipe do Governo o número de filhos freqüentando a escola e outros fatores que comprovem a necessidade. As famílias interessadas devem apresentar documentos como RG, CIC, Carteira Profissional, Registro de Nascimento de cada integrante da família e comprovante de endereço. De acordo com a secretária municipal de Assistência Social, Antonia Aparecida Decanini, aproximadamente 5 mil famílias do município estão cadastradas no Programa Bolsa-Família, sendo que 2.100 recebem o benefício. Ela informou que fica por conta do Governo a expansão do recurso em todo o país, e que isso depende dos recursos disponíveis e o número de famílias cadastradas. (Fonte: PMC)

Concurso “Caraguá: Educação Digital” premia os vencedores

Caraguatatuba - A EMEF Profº Alaor Xavier Junqueira, do bairro Travessão, foi a vencedora do concurso “Caraguá Educação Digital” na etapa final, realizada no auditório do Colégio Módulo, com a preença do Prefeito, primeira dama, secretária de Educação e outras autoridades municipais. A equipe vencedora apresentou o tema “S.O.S Terra”, com recursos multimídia, mostrando a importância da Agenda 21 e da coleta seletiva. A coordenação foi da Profª Regiane Gomes Souza Monteiro. Os alunos do 4º ano explicaram também quais os problemas causados pelo desmatamento desordenado e pela poluição desenfreada. O momento de maior destaque foi a apresentação do tema “Tratando da água e sua importância para a vida no planeta”. A EMEF “Profº Luiz Ribeiro Muniz” que apresentou o projeto “Eu? Pacato ? Aqui Não – A cidade e a história de Caraguatatuba”, coordenados pela Profª Marly Elenir Pereira, foi a vice-campeã; e a EMEF “Carlos Altero Ortega” com o projeto “ Sistema Solar- O planeta Terra no Sistema Solar“ e os diferentes tipos de planetas e suas características, com a Profª Roseli Sousa dos Santos foi a terceira colocada. O juri foi composto pela Assistente Pedagógica da Diretoria Regional de Ensino e coordenadora do curso de Pedagogia das Faculdades Integradas Módulo, Maria Antonia de Lima Ribeiro Furgeri; a coordenadora de Recursos AudioVisuais das Faculdades Integradas Módulo, Márcia Zumpano; o publicitário Carlos Bartolomeu Cavalcanti; e Sueli Andreia Frederico Coelho, representando a secretaria municipal de Educação de São Sebastião. O concurso de criação de aulas de multimídia foi lançado em outubro pela secretaria municipal de Educação, que foi incentivada pelo sucesso do 1º Concurso Nacional Multimídia Visual Class, no qual a equipe de Caraguatatuba foi campeã. A responsável pela elaboração do projeto foi a supervisora da área de informática educativa, Cláudia Maria Lopes de Avelar Burihan. A versão Municipal abriu o concurso para alunos de 3º e 4º anos do Ensino Fundamental, beneficiando aproximadamente 3 mil alunos. Os objetivos do concurso foram de promover a inclusão digital dos professores; incentivar os professores a implantarem projetos pedagógicos com seus alunos utilizando a tecnologia educacional; desenvolver nos alunos o espírito de pesquisa e planejamento, promovendo a construção de conhecimento; desenvolver a habilidade oral, a auto-estima e a auto-confiança dos alunos. O projetos tiveram como temas: Meio Ambiente, Saúde, Sexualidade, Pluralidade Cultural e Ética. Foram desenvolvidos com o Software da Visual Class em formato executável, gravados em mídia CD-R, contendo informações na forma de textos, imagens, sons, fotos, narrações, músicas, exercícios, atividades, jogos educativos, etc. De acordo com os critérios de Avaliação, a equipe vencedora foi a que alcançou maior pontução nos critérios: didática, criatividade, conteúdo, recursos utilizados, beleza e harmonia e apresentação. A premiação para o 1º lugar foi um computador para o professor, um celular pré-pago para cada aluno do grupo vencedor, um celular para o monitor, e troféu para cada aluno. Para o 2º Lugar e 3º lugares, troféu e medalha. (Fonte: PMC)

Torneio de Voleibol 4X4 terá final nesta terça-feira
O torneio que teve início no dia 24 chega a final nesta terça-feira, dia 13, com competições acirradas entre as equipes

Caraguatatuba - A Secretaria de Esportes e Recreação de Caraguatatuba está promovendo o Torneio Popular Voleibol 4X4, que terá a final nesta terça-feira, dia 13, a partir das 19h, no CEMUG (Centro Esportivo Municipal Ubaldo Gonçalves). As equipes femininas Garotas do Vôlei e Thomaz disputam a final. Já no masculino disputam o 3º lugar as equipes Winx e Evolution e as equipes ACM Ritmos e Fundacc lutam para levar para casa o troféu de campeão. O 1º Torneio Popular Voleibol 4X4 teve início no dia 24 de novembro com a participação de 17 equipes e 102 atletas disputando as categorias masculino e feminino. As equipes 1º, 2º e 3º colocados serão premiadas com troféus e medalhas e a 4ª colocada receberá medalha. (Fonte: PMC)

Educação encerra concursos e divulga os vencedores

Caraguatatuba - Dois concursos estudantis realizados na rede municipal de ensino foram encerrados esta semana, num evento que aconteceu no auditório das Faculdades Módulo. O primeiro deles é o concurso “Caraguá Educação Digital” e o segundo, o “Concurso de Paródias” do projeto “Trânsito Legal”. A equipe da EMEF Profº Alaor Xavier Junqueira foi a vencedora do “Caraguá Educação Digital”, com a apresentação do tema “S.O.S Terra”. Na proposta foi mostrada a importância da Agenda 21 e da coleta seletiva para a cidade. Os alunos do 4º ano ainda explicaram quais os problemas causados pelo desma-tamento desordenado e pela poluição desenfreada. O destaque da apresentação foi a abordagem da importância da água para a vida no planeta. Já o vencedor do Concurso de Paródias foi o grupo da EMEF Lúcio Jacinto dos Santos. Esse concurso veio culminar o projeto “Trânsito Legal” de 2005, com paródias de músicas conhecidas, mas com letras que tratassem da importância da obediência às leis de trânsito. Ambos os concursos tiveram a fase local, ou seja, cada unidade escolar participante apresentou vários grupos, em que apenas um se classificasse para as finais. De acordo com a Secretária de Educação, Silmara Selma Mattiazzo Bolognini, as iniciativas ajudam no processo de ensino/aprendizagem na educação básica. Ela acredita que com isso os alunos se interessem mais pela escola e tenham mais aproveitamento em sala de aula. (Fonte: Imprensa Livre)

1ª Mostra Cultural da EMEF Poiares acontece hoje

Caraguatatuba - A EMEI/EMEF Profº João Batista Gardelin, localizada no bairro Poiares, realiza hoje, a partir das 17h00, sua 1ª Mostra Cultural. O público que visitar o local poderá encontrar diversos trabalhos realizados por alunos durante o ano letivo.
O evento terá uma exposição coletiva de diversos projetos, como “Arte e Cor”, “Fazendo Arte na Escola”, “Criança Também faz Arte” e “Jornalista Mirim”. As crianças, de diversas idades, desenvolveram temas como flores, fotografia, colagem, modelagem e expressões artísticas. Na mostra os alunos levantarão ques-tionamentos do papel da obra de arte, não só como objeto estético, mas também como objeto educativo, com abordagem crítica e humorística. A EMEI/EMEF Profº João Batista Gardelin fica na rua Joaquim José Silva Xavier, nº 180, Poiares. A entrada é franca. (Fonte: Imprensa Livre)

DIG recupera mais material do roubo na Reserve du Moulin e ainda três armas

Caraguatatuba - A DIG (Delegacia de Investigações Gerais) do Litoral Norte apreendeu, na tarde de ontem, mais material do roubo ocorrido no final do mês passado na Reserve du Moulin, região central de São Sebastião. O material estava em uma casa no bairro Perequê-Mirim. Três aparelhos de TV, computador, entre outros objetos foram localizados na casa, onde morava uma família. A revista no imóvel ainda revelou uma pistola, uma espingarda e um revólver. As armas estavam em cima de uma tábua de passar roupa, enroladas em cobertor dentro de um quarto. Embora a casa fosse habitada por crianças, todas as armas estavam carregadas, propiciando um perigo. O dono da casa foi conduzido à DIG, sendo indiciado por receptação e porte ilegal de armas. Ele seria recolhido na cadeia pública local. Esta semana a DIG já havia encontrado uma parte dos objetos do mesmo roubo em três casas nos bairros Pere-quê-Mirim e Barranco Alto, na região sul de Caragua-tatuba. Três pessoas foram presas por receptação. Nestas casas estavam televisão, DVD, câmara digital, dentre outros objetos, e dois revólveres, calibres 38 e 32. O roubo na Reserve foi cometido por um bando que fez a família refém por cinco horas. Eles carregaram uma caminhonete e um outro carro, ambos da família, com os objetos retirados da casa. Os veículos foram localizados, posteriormente, abandonados nos bairros Enseada e São Francisco.
(Fonte: Imprensa Livre)


Polícia investiga seqüestradores de famílias de gerentes em filmagem em posto

Caraguatatuba - Policiais da DIG (Delegacia de Investigações Gerais) do Litoral Norte estão com a filmagem feita no circuito de câmaras em um posto de combustível da cidade, onde os carros dos seqüestradores pararam para abastecer antes de seguir para São Paulo, onde foi o cativeiro das duas famílias dos gerentes do Banco do Brasil. O crime ocorreu esta semana. O delegado do setor, Hugo Pereira de Castro, disse que os policiais iriam assistir ainda ontem a filmagem. Ele também explicou que ainda não há suspeitos do crime, que teria sido cometido por um bando de fora, embora não descarte a participação de algum bandido local que deu informações. A partir das dicas, alguém do bando ficou alguns dias na cidade observando as famílias. Um parente de um dos gerentes, que prefere não ter o nome revelado, disse que um bando rendeu as duas famílias simultaneamente nas casas, na noite de terça-feira. No total eram dez pessoas, incluindo um bebê. Os seqüestradores estariam em igual número. As famílias foram levadas, divididas em dois carros, para São Paulo, parando antes em um posto de Caragua-tatuba, onde foram feitas as filmagens. Todos ficaram juntos em uma casa, cujo bairro paulistano, as vítimas desconhecem o lugar. Os gerentes tiveram que trabalhar no dia seguinte normalmente, retirando o dinheiro do resgate pago na tarde de quarta-feira, quando as famílias foram libertadas na zona norte de São Paulo. Somente depois, é que a polícia foi avisada. Segundo uma das vítimas, os seqüestradores ficaram a maior parte do tempo de máscaras, procurando sempre esconder os rostos, além de falarem pouco. “Em nenhum momento foram violentos”, revelou, o que aparenta que seriam profissionais. As famílias, naturalmente, estão abaladas. (Fonte: Imprensa Livre)

“O Quebra Nozes” comemora, até amanhã, o aniversário do Teatro Mario Covas

Caraguatatuba - O CBMC (Corpo de Baile Municipal de Caraguatatuba) estreou na última quinta-feira “O Quebra Nozes”, balé que segue em cartaz no Teatro Mário Covas até amanhã. A apresentação está acontecendo em comemoração ao aniversário de um ano da casa de espetáculos. Em 2005, o grupo apresentou Coppélia, que encantou o público e abriu o “Litoral em Dança”. Familiares dos dançarinos, funcionários e a imprensa puderam conferir em primeira mão o espetáculo, que lotou o teatro durante a pré-estréia. Hoje e amanhã os bailarinos se apresentam para o público em geral. Os ingressos podem ser adquiridos antecipadamente na Fundacc, no MACC – Museu de Arte e Cultura de Caraguatatuba, no Teatro Mario Covas e na Nice Calçados, a R$ 20,00. Nos próprios dias dos espetáculos, o ingresso custará R$ 40,00 e R$ 20,00 (meia- entrada). Crianças acima de 5 anos pagam entrada. Este espetáculo contará com o elenco fixo do Corpo de Baile e também com alunos das oficinas culturais de dança da Fundacc, num total de 136 bailarinos, entre os quais 11 são do Corpo de Baile adulto, 11 do mirim e 10 do infantil; dois bailarinos são convidados, e os demais são oriundos das oficinas culturais de dança da Fundacc. Este espetáculo conta com coreografia e direção geral de Cristina Neves, que também responde pela direção do CBMC. Os bailarinos convidados são de São Paulo: Thiago Rodrigo dos Santos e Liliane Baptistucci. Santos é aluno de ballet clássico desde 2001, atualmente sob a direção das maîtres Camilla Pupa e Sandra Amaral. Integrante da Cia. Estável do Elenco Promo-dança desde 2003 sob direção de Mauricio Oliveira, participou de trabalhos com os maestros Eduardo Bonnis, Valéria Mattos, Fernando Silva entre outros. Foi premiado nos festivais de Joinville (2003, 2004 e 2005), ENDA (2004 e 2005) – 1ºs lugares e Promodança. Já Liliane é estudante de Ballet Clássico, Nível Avançado, atualmente sob direção da Maïtre Camilla Pupa. Iniciou seus estudos de Ballet Clássico aos três anos de idade. Prestou exames da Royal Academy of London, tendo altíssimas notas. Conquistou o título de I Solista Promodança para 2004/2005 e é integrante da Cia. Estável do Elenco Promodança para 2005. Obteve 1º lugar no ENDA/2005, sendo a 2º maior nota do festival e 1º lugar no I Festival Cidade de Santos – Dançar a vida – 2005 – medalha de ouro, entre outros tantos títulos e prêmios. O Teatro Mario Covas fica na Av. Goiás, 187, Indaiá. Mais informações: (12) 3881-2623. (Fonte: Imprensa Livre)

Notícias de Ilhabela Topo

Vulcano Portal da Palmeira

Saúde da Ilha terá ‘ambulancha’

Ilhabela - A Secretaria de Saúde vai passar a contar, no próximo ano, com uma nova embarcação para atender as 17 comunidades tradicionais, cerca de 680 caiçaras nativos, que vivem nas ilhas situadas próximas ao arquipélago: a “ambulancha”. A ambulancha, que é um programa inédito no Estado de São Paulo, custará R$ 140 mil e a maior parte dos recursos para sua compra vêm do Ministério da Saúde, cerca de R$ 130 mil, e o restante será completado com verba da Prefeitura, em torno de R$ 8,3 mil. Com a aquisição do novo meio de transporte, o diretor da Saúde, Márcio Tenório, afirma que a Prefeitura deve economizar R$ 47 mil por ano, além de melhorar o atendimento médico que é prestado nas comunidades isoladas. De acordo com Tenório, a ambulancha, de 9 metros, possui motor de 250 HPs e pode atingir 80 km/h. “Um barco normal demora 2h30 para ir do Centro até a Ilha de Búzios, por exemplo. Com a ambu-lancha o mesmo percurso poderá ser feito em apenas 45 minutos. O veículo ficará ancorado no Saco da Capela e poderá transportar até 13 pessoas”, explica. O edital de licitação para compra da ambulancha está previsto para ser publicado no início de janeiro e, após o processo ser concluído, estima-se que no máximo em 60 dias a embarcação já deverá estará atendendo as comunidades tradicionais. Atualmente apenas o Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro e os governos do Paraná e de Belém possuem esse meio de transporte. A ambulancha de Ilhabela será equipada com equipamentos de primeiros socorros e terá em sua tripulação: médico, enfermeiro, agente comunitário e auxiliar de enfermagem. “A ambulancha é uma grande conquista para a cidade e atende a uma reivindicação antiga dos moradores. Com esse meio transporte poderemos oferecer melhores condições no atendimento à saúde para as comunidades tradicionais”, diz Tenório. (Fonte: Imprensa Livre)

Ilhabela intensifica controle de borrachudos

Ilhabela - A Secretaria de Saúde intensificou o controle de borrachudos, reforçando o monitoramento nas nascentes e com aplicação de BTI, inseticida natural, por causa do período de chuvas, quando é comum aumentar o número de focos. De acordo com o diretor Márcio Tenório, atualmente o município trata 333 focos do mosquito, que estão situados entre as praias do Jabaquara, na parte norte, até o bairro do Frade, no sul. “Por causa da chuva, ocorreu um aumento da vazão dos córregos e cachoeiras, assim como o número de borrachudos, por isso, tivemos que aumentar a aplicação de BTI, assim como o monito-ramento”, explica. A área mais problemática da cidade é o bairro Água Branca, nas proximidades da Cachoeira da Toca onde, segundo Tenório, a média é de 13 picadas/horas por homem, quando em dia normal é de 10 picadas/horas. “Nós estamos realizando constantes buscas das larvas dos borrachudos que fica no meio da mata e avaliando os novos cursos d’água. No total, já encontramos 22 novos focos”, finaliza o diretor Márcio Tenório. (Fonte: Imprensa Livre)

Notícias de São Sebastião Topo

São Sebastião Superchic

Grupo protesta contra Marinha

São Sebastião - Ambientalistas e moradores de São Sebastião pretendem realizar no final de semana um protesto contra a retomada dos exercícios de tiro pela Marinha no Arquipélago de Alcatrazes. Uma reunião na quinta-feira decidirá detalhes do protesto contra suspensão do embargo que liberou os exercícios. O Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis) havia proibido em março a Marinha de realizar exercícios no arquipélago, após constatar danos ambientais provocados por um incêndio no dia 30 de novembro de 2004 no Saco do Funil, onde ficam os alvos. SUSPENSÃO - A assessoria do Ibama informou que o embargo foi suspenso no dia 6 último após um acordo entre os ministérios do Meio Ambiente e da Defesa. Um grupo de estudos irá avaliar os exercícios durante 120 dias. A Marinha reiniciou os exercícios no fim-de-semana. Até ontem às 18h, a Marinha não havia retornado às ligações para comentar o assunto. "Estamos indignados com o Ibama que como órgão fiscalizador jamais poderia concordar com a utilização do arquipélago para exercícios", disse Eduardo Hypólito do Rego, do Instituto EducaBrasil. A Sociedade em Defesa do Litoral Brasileiro, o Instituto Terra& Mar e a OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) também vão aderir à manifestação. (Fonte: ValeParaibano)

‘Papai Noel’ do TEBAR entrega brinquedos às entidades assistenciais

São Sebastião - O TEBAR (Terminal Marítimo Almirante Barroso) entregará ao longo desta semana, mais de 450 brinquedos arrecadados através do projeto ‘Adote uma criança neste Natal’. A primeira visita do ‘Papai Noel’ aconteceu nesta segunda-feira, 12, no Berçário Santana, localizado no bairro da Topolândia.
As próximas entidades a serem visitadas pelo ‘Papai Noel’ do TEBAR são: Berçário Amigos da Criança, Associação Sebastianense da Promoção Social, Creche Dona Laurinda e Casa da Criança e do Adolescente. (Fonte: PMSS)

Marinha reinicia exercícios neste final de semana. Ibama liberou tiros

São Sebastião - Os exercícios de tiro praticados pela Marinha do Brasil, que transformam em alvo o santuário ecológico do Arquipélago de Alcatrazes, estão de volta e foram reiniciados neste final de semana. Eles foram liberados pelo próprio Ibama (Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis), na última segunda-feira e a Marinha confirmou sua realização. A notícia da liberação, veiculada ontem pela Folha de S. Paulo, estourou como uma bomba em São Sebastião, especialmente na comunidade ambientalista. Revoltante, triste, inacreditável e lamentável foram alguns dos adjetivos ouvidos de autoridades e militantes sobre a notícia. “É inacreditável”, disse o prefeito Juan Garcia, no meio de uma reunião de trabalho no Espírito Santo. “O município de São Sebastião é privado de usufruir da beleza de nosso arquipélago, somos proibidos de explorar Alcatrazes turisticamente, mas a Marinha pode ir lá dar tiros?”, questionou ele, fazendo coro com todos os entrevistados ontem sobre o assunto. Último exercício incendiou a ilha - Os exercícios da Marinha em Alcatrazes foram embargados pelo Ibama em março último, em conseqüência do incêndio que destruiu parcialmente a ilha principal do arquipélago, em novembro de 2004. Após apurar e confirmar as denúncias de que o incêndio havia sido provocado pela explosão de uma bomba lançada por navios da Marinha, o Ibama não só embargou novos exercícios, como aplicou multa de R$1milhão na Marinha. A suspensão do embargo é resultado de um acordo entre os Ministérios do Meio Ambiente e o Ministério da Defesa, após a oficialização de um Grupo de Trabalho integrado por técnicos destes dois Ministérios e também da Marinha. A finalidade do grupo é realizar estudos para definir se há ou não possibilidade de conciliar a proteção ambiental de Alcatrazes, com os exercí-cios de tiro. Um relatório conclusivo deve estar pronto em 90 dias e, enquanto isto, os exercícios poderão ser conduzidos, sob supervisão do Ibama. A notícia traz uma entrevista com o diretor de Ecossistemas do Ibama, Valmir Gabriel Ortega, explicando que a Marinha “apresentou argumentos muito fortes” que convenceram o Ministério do Meio Ambiente da necessidade de manter os navios de guerra em operação. A Marinha tem alegado que esses exercícios são importantes para a segurança nacional e que Alcatrazes é o único local disponível. Marinha confirma - A retomada dos exercí-cios de tiro em Alcatrazes neste final de semana foi confirmada oficialmente pelo Serviço de Relações Públicas da Marinha ontem, no início da noite. A confirmação veio de Brasília, por meio de fax. Durante todo o dia de ontem, a presença de vários helicópteros da Marinha sobrevoando o Canal de São Sebastião, usando o heliporto da Capitania dos Portos para abastecer navios de guerra que estavam na barra sul do Canal, parecia já confirmar a funesta notícia. Como uma novela, a Delegacia local da Capitania dos Portos não confirmou a realização dos exercícios nesse final de semana. Segundo o delegado, Capitão-de-Fragata Pereira, apenas o Serviço de Relações Públicas do 8º Distrito Naval, em São Paulo, poderia dar informações sobre o assunto. No 8º Distrito Naval, no entanto, a Tenente Ana Dadorian jogou a bola para Brasília, com a exigência de que a pergunta fosse feita por escrito, e enviada por fax para o Serviço de Relações Públicas da Marinha do Brasil. O escritório local do Ibama também não tinha qualquer informação sobre o assunto. Roberto Reis, chefe de fiscalização da Estação Ecológica Tupinambás, que inclui o arquipélago, disse que “a Marinha do Brasil nunca informou ao Ibama o dia de qualquer exercício de tiro”. Segundo ele, o processo de embargo interposto pelo Ibama estava no Gabinete da Ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, depois de ter passado pela Superintendência do Ibama em São Paulo. “Sinal que o recurso da Marinha foi aceito”, calcula ele. Finalmente, por volta das 19h00, o Capitão-de-Mar-e-Guerra Paulo Ricardo Médici, diretor do Serviço de Relações Públicas da Marinha, confirmou a notícia. No fax enviado por ele ao Imprensa Livre,a Marinha confirma as reuniões realizadas entre os Ministérios da Defesa, do Meio Ambiente e o comando da Marinha, que resultaram na edição da Portaria Interministerial nº 1345, de 5 de dezembro deste ano. Esta portaria “cria um grupo de trabalho interministerial, com a finalidade de realizar estudos para a implementação de medidas conciliatórias dos interesses da segurança na-cional e de proteção no Arquipélago de Alcatrazes”. Ainda segundo a nota, “o embargo imposto à Marinha do Brasil foi suspenso e, no momento, estão sendo realizados exercícios na área, devidamente acompanhados por representantes dos Ministé-rios da Defesa e do Meio Ambiente (por intermédio do Ibama), embarcados nos navios da MB”. Autoridades e ambientalistas protestam - Juan Garcia, prefeito de São Sebastião – “Não há a mínima condição de concordar com esta atitude. Temos que acatar, por causa da nossa condição inferior hierarquicamente, mas é inaceitável. São Sebastião é privado, inclusive, de usufruir da beleza de Alcatrazes. A exploração turística é proibida. No entanto, a Marinha pode ir lá fazer exercícios de tiro. Uma beleza daquelas, uma raridade, quem tem um cenário como aquele no mundo? Nós já tínhamos pensado inclusive em fazer um estudo jurídico para ver qual a condição que o município teria para tomar para si o arquipélago e iniciar sua exploração turística”.
Wagner Teixeira, vereador e presidente da Câmara Municipal - "Isto é um retrocesso! Todo mundo lutando, de longa data, pela preservação do arquipélago e, de uma hora para a outra, o Ibama libera os tiros da Marinha. É uma agressão ao meio ambiente. Vou fazer uma moção de apelo à Ministra do Meio Ambiente, como membro do PV e como morador de São Sebastião. Enquanto em outros lugares do mundo se tenta preservar a natureza, aqui se destrói. A atitude do Ibama é revoltante! Porque o Ibama não vai embargar a destruição da Amazônia? É triste e lamentável morar num país tão maravilhoso e ver isto acontecer. Em Alcatrazes não se permite o turismo, lá é um santuário ecológico e eu gostaria que meu filho pudesse conhecer aquele lugar”. Fausto Pires de Campos, coordenador do Projeto Alcatrazes - “Já cansamos de mostrar que aquele é o maior espaço de biodiversidade da região Sudeste do país, que abriga espécies endêmicas e sujeitas à extinção. O que mostra que a Marinha deve ter um lobby muito forte”. Sergio Pereira, presidente do PV e da Federação Pró-Costa Atlântica – “É lamentável. É uma liberação na contra-mão de todo o esforço de preservação ambiental. Todas as pessoas conscientes aqui no Litoral Norte estão lutando pela preservação de Alcatrazes. Não dá nem para saber em que esta liberação está baseada. Que argumentos fortes foram estes que a Marinha usou? Serão argumentos mais fortes que os da necessidade de preservação ambiental? Será que a Marinha depende disto para cumprir sua função e se preparar para a 3ª Guerra Mundial? Isto já se tornou ridículo. Treinar lá para quê? É como o Serviço Militar: para quê? Tudo coisa do tempo do onça. Tudo isto precisa ser revisto. É revoltante!” Eduardo Hipólito do Rego presidente do Instituto Educa Brasil, vice-presidente do Mopress e ex-Secretário Municipal de Meio Ambiente– “Esta notícia é absolutamente frustrante! Pelo visto, este grupo de trabalho criado em Brasília já decidiu que é possível conciliar preservação e tiros. É uma piada, a votação neste grupo será sempre 2 a 1 – Ministério da Defesa e Marinha, contra o Ministério do Meio Ambiente. Aliás, desta vez deve ter sido 3 a 0. A única coisa que pode explicar isto são os interesses da indústria de armamentos, além do aspecto militar, autoritário e prepotente. O mais triste é ver que nosso grande aliado, o Ibama, desta vez mudou de lado, caiu, agora é aliado de quem está destruindo o meio ambiente. Esta foi uma notícia fúnebre para a comunidade ambientalista. Principalmente para nós, do Mopress (Movimento de Preservação de São Sebastião) que durante toda a década de 90 movemos uma ação judicial contra estes exercícios. A ação foi até a 2ª instância mas, em 98, o Tribunal Regional Federal, em São Paulo, deu ganho de causa à Marinha. Agora deveríamos fazer um protesto, o enterro simbólico deste diretor do Ibama. O incêndio do ano passado foi comprovado pelo próprio Ibama, então não vê quem não quer ver. Está claramente comprovado o prejuízo que os exercícios da Marinha causam ao arquipélago. O Ibama reconheceu isto com o embargo, e agora claramente não resistiu à pressão do lobby gigante que a Marinha tem lá”. Teo Balieiro, assessor de Meio Ambiente da Prefeitura e ex-presidente da Federação Pró-Costa Atlântica – “É uma total falta de sensibilidade e demonstra pouco senso de avaliação, pois há pouco tempo tivemos um grande incêndio lá". (Fonte: Imprensa Livre)

Sindserv terá mulher como presidente pela primeira vez

São Sebastião - Os servidores municipais escolheram ontem a chapa 1, presidida pela professora Ângela Couto, com o médico Aldo Conelian como vice, para dirigir o Sindserv (Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de São Sebastião) pelos próximos dois anos. A apuração dos votos, na sede do sindicato, contou com a presença do vice-prefeito Paulo Henrique Ribeiro Santana, o PH, que inclusive ajudou na contagem dos votos. Também marcou presença no sindicato o secretário de Administração, Alberto Carlini. Ao final da apuração, a nova presidente do Sindserv disse que não terá nem tempo para comemorar a vitória. “Nossa prioridade total agora será discutir a reforma do Estatuto do Servidor, que já está na Cãmara”, disse Ângela. A disputa foi acirrada entre a chapa 1, liderada por Ângela, que recebeu 515 votos; e a chapa 2, encabeçada por Marcos de Assis Leite, o Marquinhos fiscal, que teve 453 votos. A terceira colocada foi a chapa 4, liderada por Lucelmo Lacerda de Brito, com 259 votos; seguida pela chapa 3, de Marco Aurélio Leopoldino, com 220 votos. Foram apurados ainda 34 votos nulos e 20 votos em branco. A eleição, realizada nos últimos dois dias, foi o terceiro escrutínio. O primeiro, em agosto, foi anulado pela Justiça; o segundo, na semana passada, não alcançou o quorum necessário de 1.514 votos. Dessa vez, dos 2.271 associados aptos para votar, 1.501 servidores compareceram às urnas, mais que na eleição da semana passada. O quorum necessário agora era, inclusive, menor – 1.137 votos. (Fonte: Imprensa Livre)

Asasf faz eleição no domingo para escolha de nova diretoria

São Sebastião - A Asasf (Associação de Amigos do Bairro São Francisco) promove amanhã, dia 11, das 9h00 às 12h00, na quadra de esportes Alberto Augusto Ferreira, localizada na Praça da Figueira, a eleição para a escolha da sua nova diretoria. Duas chapas estarão concorrendo nesta eleição: Força São Francisco (Chapa 1) e Esperança (Chapa 2). Para poder votar, é preciso ser morador ou possuir uma propriedade no bairro, além de ser maior de 16 anos. A Força São Francisco disputa a diretoria da entidade com Luiz Antônio Galvão (presidente) e Francisco Leite dos Santos (vice-presidente). A chapa Esperança tem à frente Tiago Fortunato (presidente) e Josué Fortunato (vice-presidente) O morador Luiz Fernando de Oliveira Silva, de 36 anos, o Nando, deixa a presidência da entidade após 4 anos e disse que está que está feliz com as conquistas, apesar de saber que o bairro ainda necessita de muitas melhorias. “Eu deixo a Associação feliz porque foi uma expe-riência super legal. Desafios sempre vão existir e vai depender do que cada um vai colocar como meta. Existem muitos problemas a serem enfrentados, como a poluição da praia, a falta de rede de esgoto e o crescimento desordenado, mas o principal é o envolvimento dos moradores”, disse. Junto com Nando, deixam a Associação Amigos do Bairro São Francisco: Sidney (vice-presidente), Cida (1ª secretária), Alexandre (tesoureiro), Sirlene (diretora ambiental), Elizângela (cerimonial), Thiago (2º tesoureiro), Dinho (diretor de esportes) e Fátima (diretora social). (Fonte: Imprensa Livre)

Ex-funcionário alerta sobre venda de seguro quitação da Ponto Frio

São Sebastião - O ex-funcionário da loja Ponto Frio de São Sebastião, Luiz Carlos Félix Marques, esteve no Imprensa Livre para reclamar sobre a venda de seguro quitação que é vendido na loja. De acordo com Marques, o seguro oferece cobertura para desemprego involun-tário, incapacidade física total, mesmo que temporária, morte natural ou acidente e invalidez permanente total por acidente. No entanto, após ser demitido da empresa, o ex-funcionário, que havia comprado alguns eletrodomésticos e feito o seguro-quitação, não conseguiu resgatar o valor das parcelas e teve o nome enviado para o Serasa. “Eu trabalhei na área de vendas da loja por dois anos e era obrigado a vender o seguro-quitação porque tinha uma meta a cumprir. Caso não conseguisse vender, era preciso embutir no preço da mercadoria, ou seja, eu dava um desconto e acrescentava o valor do seguro. Era o meu emprego que estava em jogo”, afirma. Marques foi demitido da loja no dia 13 de setembro e, após um mês, acionou o seguro. Ele conta que na ocasião foram solicitados diversos documentos e apenas três deixaram de ser enviados, porque a Ponto Frio teria se negado a entregá-los. São eles: cópia autenticada da autorização para movimentação do FGTS, cópia autenticada do recolhimento do INSS dos últimos doze meses de trabalho consecutivos e uma declaração original do empregador com firma reconhecida das assinaturas, informando carga horária e motivo da dispensa. “Não é justo nem direito que a pessoa que fez o seguro garantia, após 58 dias de sua demissão, tenha que arcar com os valores das parcelas vencidas. Esse seguro é eficaz ou serve para lesar o consumidor desinformado?”, questiona na carta que encaminhou ao Procon. A assessoria de imprensa da loja afirma que o assunto referente ao seguro quitação de Luiz Carlos Felix Marques está na esfera decisória da seguradora e não do Ponto Frio. “Aguardamos solução e tão logo a recebamos, encaminharemos a vocês (jornal)”, informaram. (Fonte: Imprensa Livre)

Juan anuncia obras no valor de R$ 20 milhões para 2006

São Sebastião - Em entrevista coletiva realizada esta semana, o prefeito Juan Garcia garantiu que investirá R$ 20 milhões em obras no próximo ano. Juan ressaltou que serão “R$ 20 milhões, no mínimo” e que serão obras “grandes, que vão aparecer”. As obras anunciadas estão previstas no PPA (Plano Plurianual) que, válido por quatro anos, destina R$ 150 milhões para as obras a serem feitas no período. Para 2006, elas incluem a reurbanização do aterro da Rua da Praia; reforma do Balneário dos Trabalhadores, na Praia Grande, com a implantação do Centro de Esportes Radicais e do Centro de Convenções. Para a área da Saúde, estão previstas a construção de um novo Posto de Saúde na Topolândia; e construção do Centro de Controle de Zoonoses, no Jaraguá. Para a Educação, a construção de três grandes escolas, cada uma com capacidade para 900 alunos. Os bairros beneficiados serão: Enseada, Boiçucanga e Topo/Itatinga. Apenas nessas escolas, a Prefeitura vai investir R$ 5.5 milhões. Segundo o prefeito, essas três escolas deverão ser entregues ainda no primeiro semestre de 2006. A escola de Boiçucanga teve sua licitação aberta em outubro. Um grande projeto de drenagem e calçamento urbano está previsto para a Costa Norte. Juan diz que a “população dessa região do município está inquieta, mas nós temos que esperar a finalização do estudo hidrológico contratado. É ele quem vai dizer para onde as águas devem correr e vai orientar todo o trabalho de drenagem”. Esse estudo fica pronto em janeiro. Também há projetos de calçamento urbano para os bairros de São Francisco, Topolândia, Maresias, Boiçucanga e Juquehy. Em relação ao saneamento básico está previsto o início de operação do Centro de Resíduos Sólidos, que possibilitará a destinação adequada de restos de entulho, podas, sucata e lixo. E ainda a implantação de rede para coleta e tratamento de esgoto nos bairros de Paúba, Barra do Sahy e Baleia. Esses projetos serão executados por meio de PCMs (Planos Comunitá-rios de Melhorias). Outras iniciativas citadas foram a implantação da primeira faculdade de tecnologia (Fatec), com cursos nas áreas de petróleo e gás natural; e a realização de concurso público para a contratação de 60 agentes de segurança, com implantação da Guarda Civil Municipal. Entre as ações de informática previstas estão a compra de quatro servidores, a instalação de uma antena para transmissão de dados na Ilha Montão de Trigo, e a implantação de um sistema de vigilância por meio de câmaras. Balanço do primeiro ano - Segundo o prefeito Juan Garcia, o primeiro ano de sua administração foi fundamentalmente dedicado à readap-tação da máquina administrativa e implantação de novas posturas. A frota municipal de veículos também recebeu atenção especial. Juan diz que investiu na valorização do servidor público, reservando a eles 75% dos cargos comissionados da Prefeitura. Na área financeira, o prefeito mencionou um inesperado superávit, o saldo de caixa, de R$ 12.5 milhões, com que a Prefeitura vai fechar o ano. “Saldo mesmo”, insiste Juan, “com todos os compromissos deste ano já saldados, e fora dívidas e empenhos do mês de janeiro. Dinheiro que só pode ser gasto em 2006”. A expectativa da equipe era um superávit de R$ 5 milhões. Ele diz que esse superávit é resultado de economia. Principalmente na reade-quação do quadro de funcionários, que enxugou a folha de pagamentos com uma redução de até R$ 1 milhão em alguns meses.
“Eu não inflei a Prefeitura. Estamos utilizando apenas 68% dos cargos comis-sionados. Também fizemos uma racionalização de gastos em todas as secretarias. Não houve corte, mas sim o direcionamento para gastar bem, gastar certo, no que realmente é preciso”, diz Juan. Outros fatores que geraram tal economia, na visão do prefeito, foram a imple-mentação, desde julho, dos pregões eletrônico para compra via internet – ele cita um caso de compra de medicamentos onde, numa única compra a Prefeitura teria economizado R$ 300 mil; e do pregão presencial, usado para a compra de máquinas pesadas, veículos e ambulâncias, no qual as fábricas ou revendedoras aparecem para fazer suas propostas ao vivo, como num leilão. Em relação ao ISS (Imposto sobre Serviços), a equipe conseguiu aumentar a arrecadação em 30%, e promete outro aumento semelhante para o próximo ano, que reserva ainda uma novidade: o ISS eletrônico. “O pagamento do ISS pela internet é mais eficiente e deve diminuir a sonegação. Também os carnês do IPTU poderão ser tirados e impressos em casa, com código de barras. Queremos a Prefeitura o mais informatizada possível, para agilizar os serviços e aumentar a arrecadação. Isto vai nos dar velocidade, tanto ao governo, quanto ao usuário”, acredita o prefeito. (Fonte: Imprensa Livre)

Abaixo-assinado protesta contra aluguel de terreno usado pela Colônia

São Sebastião - Com um documento contendo 96 assinaturas os pescadores de Barra do Una, na Costa Sul, querem impedir que um terreno nas margens do rio, que é usado pela Colônia de Pesca, seja alugado para empresas públicas ou privadas. O pescador Luciano Leme da Silveira explica que repercutiu no bairro notícia sobre uma marina que teria feito uma proposta para o presidente da Colônia de Pesca, Guilmer Puertas, para alugar parte do terreno em troca de um guincho e uma rampa para o pescador. Silveira afirma que os pescadores do bairro são contra a proposta, porque já existe um projeto para o terreno, que prevê a instalação de um alojamento para a Defesa Civil e o Corpo de Bombeiros. “A idéia da marina é ancorar as lanchas em frente ao terreno e nós ficaríamos sem local para colocar as nossas canoas. Além disso, o projeto do alojamento iria por água abaixo e é muito importante não somente para os pescadores, mas para os turistas e moradores do bairro. No ano passado, teve um acidente grave em que uma garota ficou por 15 minutos submersa no rio e não morreu por um milagre. Se a Defesa Civil estivesse no local, o resgate seria mais rápido”, salienta. De acordo com o morador Amarildo Luciano, o presidente da Colônia de Pesca, Guilmer Puertas, sem explicar o motivo, teria se recusado a assinar o documento contra o aluguel do terreno antes da realização de uma reunião no bairro e sem a presença de um advogado. No entanto, cópias do abaixo-assinado foram encaminhadas para a Marinha do Brasil, Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis), Ministério Público, OAB/ SP (Ordem dos Advogados do Brasil) e imprensa. Colônia de Pesca - O presidente da Colônia de Pesca, Guilmer Puertas, alega que não protocolou o abaixo-assinado porque o terreno em questão não pertence à entidade, mas ao SPU (Serviço do Patrimônio da União). “Não assinei porque o terreno não pertence à Colônia, apenas nos foi cedido pela União. Eu pedi ao Luciano (Leme da Silveira) que identificasse no abaixo-assinado os nomes dos pescadores que são associados da Colônia e marcasse uma reunião para discutir o assunto com os pescadores do bairro”, afirma. Puertas confirma a proposta feita pela marina, de fazer uma permuta para o uso parcial do terreno em troca do guincho e da construção da rampa, mas diz que não tem nada acertado. “Existe uma ação no Ministério Público contra a Colônia de Pesca, por causa do uso desse terreno. Eu sou a favor que os terrenos, em Barra do Una ou em outros bairros, sejam usados em parceria com a iniciativa privada. Estou disposto a estudar essa possibilidade antes que a Prefeitura desaproprie a área e não faça nenhuma benfeitoria para o pescador. Metade seria melhor do que nada”, diz. (Fonte: Imprensa Livre)

Frutuante e pontes de acesso a passageiros na travessia da Balsa

São Sebastião - A Dersa vai iniciar a construção de um flu-tuante metálico e duas pontes de acesso para passageiros na travessia da balsa em São Sebastião, em janeiro. A empresa que fará a obra será contratada ainda este mês, via pregão, um processo mais rápido que a licitação, e terá um prazo de três meses para ser concluída. De acordo com a assessoria de imprensa da Dersa, o valor previsto da obra é de R$ 3,7 milhões. O anúncio da obra do flutuante foi feito pelo deputado estadual Marcelo Bueno (PTB), após uma reunião com o secretário de Estado dos Transportes, Dario Rais Lopes. (Fonte: Imprensa Livre)

Polícia abre sindicância para apurar fuga de preso

São Sebastião - A Polícia Civil abriu uma sindicância para apurar a fuga do preso José Carlos Almeida, de 26 anos, que estava recolhido na cadeia local desde agosto em um flagrante de assalto em Juquehy, na Costa Sul. A fuga foi descoberta esta semana quando foram entregar a ele um mandado de prisão, expedido em outro inquérito, na cadeia. Muitas vezes, mesmo detido, o preso é relatado em outro processo, que tem a prisão decretada. Embora preso, ele tem que estar ciente deste novo mandado de prisão e assinar o documento. Foi isso que foi feito na cadeia, mas ao procurar o preso, os carcereiros de plantão não o acharam, desconhecendo também quando ou como fugiu. O 1° Distrito Policial recebeu a ocorrência, registrando como fuga de preso.
Falha - A polícia não acredita que ele tenha escapado nas últimas fugas registradas por túneis uma vez que a contagem acontece diariamente e quando há fuga, esta recontagem costuma ser minuciosa. Para o setor, houve falha em uma destas recontagens diárias. Na cadeia há rotatividade constante, quando presos mudam de celas, em razão de problemas no convívio, o que dificulta a revista. São cerca de 20 homens em espaços destinados a seis pessoas. Além do inquérito de fuga, o caso também será apurado em uma sindicância administrativa da Correge-doria da Polícia Civil para investigar se teve facilitação na fuga do preso. Lotação - A lotação da cadeia local tem registrado cerca de 240 presos, número recorde desde sua instalação. Ela vem abrigando presos de todo o Litoral Norte depois da desativação da cadeia de Caraguatatuba e da permanência de somente presas em Ubatuba (Ilhabela não mantêm presos). A prisão conta com poucos funcionários em comparação com o montante de presos. Ainda esta semana, policiais da cadeia e ainda do plantão estão se revezando para vigiar um preso internado no hospital. Este teve complicação em um antigo ferimento de tiro na boca e passou por cirurgia. Para a assessoria de imprensa da SAP (Secretaria de Administração Penitenciária) todos os problemas carcerários serão resolvidos com a construção do CDP (Centro de Detenção Provisória) em Caraguatatuba. A previsão é que dentro de seis ou oito meses o centro, com capacidade para 768 presos, seja inaugurado na região, “aliviando o problema em todo Litoral Norte”, disse a assessoria. Como foi a prisão do foragido - A prisão de José Carlos Almeida aconteceu no final de agosto, em uma padaria de Juquehy. Um policial militar que estava de folga conseguiu prendê-lo após entrar em confronto. O policial estava com a família na lanchonete, invadida por quatro homens, sendo dois armados de revólveres. Mesmo sem arma, o policial entrou em luta corporal com um dos assaltantes, que chegou a disparar um tiro, que falhou. O policial conseguiu deter Almeida, morador em Ber-tioga. O assaltante foi conduzido ao 2° Distrito Policial, onde se registrou o roubo. Embora sem antecedente criminal, na ocasião, ele seria suspeito de fazer outros assaltos na região. (Fonte: Imprensa Livre)

São Sebastião pode receber aeroporto

São Sebastião - O presidente da Câmara, Wagner Teixeira, propôs durante sessão ordinária realizada esta semana, a construção de um aeroporto na Costa Sul de São Sebastião. A iniciativa foi aprovada por meio de uma emenda ao projeto de lei 52/05, de autoria do Executivo, que estabelece o plano plurianual do município para o período de 2006 a 2009, e define as metas e prioridades da Prefeitura para o exercício de 2006. "É uma idéia para fomentar o turismo, mas que deve ser discutida com todos segmentos da sociedade civil organizada. O aeroporto não seria somente para São Sebastião, mas para toda a região do Litoral Norte de São Paulo", argumenta Teixeira. Para ele, o empreendimento seria uma forma de atrair tanto o turista nacional como o internacional. "A região vem crescendo significativamente e está na hora de levantarmos essa bandeira. Um aeroporto é essencial para um município com vocação para o turismo. Em cidades turísticas da região nordeste há aeroporto. Como o plano plurianual é para o período de 2006 a 2009, teremos tempo para encontrar uma área e debater junto com a população" , enfatiza Teixeira. O presidente também acha que a construção de um aeroporto na região poderia ser útil ao porto de São Sebastião. "O governador já disse que pretende realizar o transporte de cargas por meio de trem. Essa seria mais uma alternativa para ser discutida com relação ao porto", salienta. A única cidade do litoral norte paulista que possui um aeroporto é Ubatuba. Na lei de uso e ocupação do solo da Costa Sul de São Sebastião não existe dispositivo algum que trate do assunto, ou seja, não há restrição quanto a implantação de um aeroporto. Para a jornalista e integrante da diretoria da SAMJU (Sociedade Amigos de Juquehy), Regina Helena de Paiva Ramos, a proposta é excelente, pois a região sul do município precisa se desenvolver do ponto de vista turístico. "Um aeroporto é indispensável e eu acredito que seja viável", declara. Contudo, ela ressalta que é necessário haver um amplo debate com a sociedade civil organizada em obediência a legislação. Questionada sobre um local para se construir o aeroporto, Ramos disse que o único lugar amplo da região sul, com áreas para serem desapropriadas, seria o bairro de Boracéia. "A Câmara Municipal precisa tomar mais iniciativas como essas para o desenvolvimento e bem estar da Costa Sul", conclui. O empresário e presidente da Associação Costa dos Alcatrazes, Mario Augusto Ferrarini, considera a proposta fantástica. No entanto, ele tem dúvida se a Costa Sul teria lugar apropriado para a instalação de um aeroporto em função da grande quantidade de mata (vegetação nativa). "Mas a associação é favorável a todo tipo de desenvolvimento, desde que seja avaliado o impacto ambiental porque é necessário preservar o que temos de melhor que é a mata, as praias e a qualidade de vida", frisa Ferrarini. Para ele, se não houver a possibilidade de se construir um aeroporto, que seja implantado um heliporto na região para atender o perfil dos clientes de hotéis e pousadas. "Recebemos diversos questionamentos sobre locais onde existe permissão para o pouso de helicópteros", conclui. A organização em questão representa empresários de 12 praias entre Boracéia (divisa com Bertioga) e Praia Brava, em Boiçucanga. O vice-prefeito Paulo Henrique Ribeiro de Santana acredita que a obra não possa ser construída no Litoral Norte em função do Decreto 49.215, assinado pelo governador Geraldo Alckmin, em 2004, que dispõe sobre o ZEE (Zoneamento Ecológico-Econômico). Entretanto, o assessor de meio ambiente da Prefeitura, Téo Balieiro, que participou da elaboração do ZEE, afirmou que desde que haja interesse público, relevância social para a região, e todo um processo de planejamento relacionado a vários fatores, a liberação pode ocorrer. Para Balieiro, a implantação de um aeroporto na cidade deve ser pensada de forma regional. "Esse tipo de empreendimento é muito abrangen-te, pois envolve uma série de questões como, por exemplo, a integração com outros meios de transportes e a mobilidade urbana", declara. "A iniciativa é válida, mas devemos respeitar os princípios da cidade para incrementar o turismo de forma sustentável", concluiu. O presidente da Federação Pró-Costa Atlântica, Sérgio Pereira de Souza, que já foi vereador na cidade, disse que a construção de um aeroporto na Costa Sul é ‘meio difícil’ devido ao número limitado de áreas disponíveis. Ele também acredita que a medida deva ser trabalhada de maneira regional. "Precisamos continuar com a idéia de regionalizar para desenvolver o turismo". Para Souza, a iniciativa seria viável na Costa Norte com o apoio das cidades vizinhas de Caraguatatuba e Ilhabela.
"Não somos contra a implantação de qualquer investimento que ofereça melhores condições de transporte, mas é preciso verificar as prioridades do município", acrescenta. "Em vez de aeroporto seria conveniente a construção de píers atracadouros ao longo das praias, o que seria mais apropriado para a região", sugere Souza, que também questionou a responsabilidade pela construção do empreendimento em questão. "O aeroporto não é obra municipal, mas uma atribuição de órgãos estaduais e federais", acredita. A Federação Pró-Costa Atlânica representa todas as associações de bairro situadas na Costa Sul do município. O projeto de lei, com a emenda aprovada, será encaminhado à sanção do prefeito Juan Garcia logo após a próxima sessão ordinária, que acontece na terça-feira, 13. Campo de Aviação em Juquehy - São Sebastião já teve um campo de aviação, construído em Juquehy em 1960 (fotos), devido às necessidades da população que residia na região. Era um meio de realizar assistência, principalmente em relação à saúde das comunidades isoladas, pois não havia estrada e todo atendimento acabava sendo feito pela Aeronáutica. Segundo o ex-vereador e comerciante Nívio Faustino, o 'Zéca', morador de Juquehy, o socorro era solicitado por meio do telégrafo, em mensagem que era enviada para a praia de Guaratuba, de lá para o centro de Bertioga, e depois para a Base Aérea de Santos. Nas fazendas da região, de acordo com Zéca, alguns trabalhadores, de vez em quando, eram picados por cobras venenosas e a ajuda tinha de ser rápida. O auxílio também era utilizado para aquelas pessoas que haviam sofrido algum tipo de fratura ou estivessem 'muito doentes'. Zéca informa que a implantação do campo de a-viação foi uma luta de seus irmãos Maurício Benedito Faustino e Simeão Faustino - oficiais da Aeronáutica na época - junto ao comandante da Base Aérea de Santos, Coronel Paulo Garção Ribeiro Salema. O serviço funcionou até 1971, ano em que o campo de aviação foi homologado pelo DAC (Departamento de Aviação Civil). Entretanto, com o posteamento da luz interditaram a pista em função da energia elétrica. A pista tinha 600 metros de extensão por 50 metros de largura e foi instalada em propriedade dos herdeiros da família Mãe Bernarda. Os aviões, antes, pousavam na areia das praias de Boracéia, Juquehy ou Baleia, pelo fato delas serem planas. Os modelos que utilizavam o campo de aviação eram do tipo Cessna (bimotor para seis lugares); T6 e NA (aviões usados para treinamento) e o popular Teco-Teco. O local era balizado a cada 25 metros com cones de madeira, pintados de branco, além da presença de uma biruta (aparelho que indica a direção dos ventos e orienta as manobras dos aviões). Indagado sobre a construção de um aeroporto na Costa Sul, o comer-ciante acredita ser viável e necessário para desafogar o transtorno enfrentado pelos turistas nas rodovias que dão acesso ao Litoral Norte paulista. "O aeroporto também seria um atrativo para trazer o turismo interna-cional". Além disso, a sua implantação, segundo Zéca, poderia ser benéfica aos dois únicos portos do Estado de São Paulo: Santos e São Sebastião. (Fonte: Imprensa Livre)

Madrigal Cantarte fica com a segunda suplência na fase regional

São Sebastião - O Madrigal Cantarte, apesar de não ter sido selecionado para a fase estadual do Mapa Cultural Paulista, tem motivos para comemorar. O grupo, formado há nove meses, vem se destacando entre os corais da região e ficou em terceiro lugar na apresentação da fase regional do Mapa, realizado em São José dos Campos no último dia 7. Com essa colocação, o grupo ficou como segundo suplente na competição. Além disso, o maestro Marco Antonio Rego Câmara, recebeu uma menção honrosa como melhor regente da mostra. Outras cidades estavam envolvidas na competição, tais como Caçapava, Lorena, Pindamonhangaba e São José dos Campos. O Madrigal Cantarte foi o representante de São Sebastião. O vencedor da fase foi Pindamonhangaba, que conquista o prêmio pela terceira vez consecutiva. Câmara considera o resultado como uma vitória. O Madrigal Cantarte tem vinte integrantes. Ele comentou que a formação do grupo foi realizada em março e desde então, tem feito vários trabalhos com o apoio da Secretaria de Cultura e Turismo, que tem obtido destaque. O maestro ainda disse ter ficado surpreso com a menção que recebeu. “Esse prêmio é um mérito pelo trabalho que estamos realizando, o reconhecimento”, destacou. Marco Antonio falou o grupo teve uma boa pontuação, que não foi muito distante da equipe que ficou em primeiro lugar. (Fonte: Imprensa Livre)

Estudante recebe prêmio da Marinha por redação sobre o Cisne Branco

São Sebastião - O aluno Felipe de Oliveira Queiroz, da Escola Estadual Profª Nair Ferreira Neves, bairro São Francisco, recebeu na última quinta-feira o Prêmio Operação Cisne Branco, uma homenagem da Marinha do Brasil. A redação escrita pelo estudante foi considerada a melhor do Estado. Ele foi pre-miado num evento realizado no Comando do 8º Distrito Naval, em São Paulo. Felipe estuda na segunda série do ensino médio e já havia sido destaque no município com a redação, que lhe rendeu a premiação da Marinha em São Sebastião. É que o concurso foi divido em três fases: municipal, estadual e federal. O aluno sebastianense já conquistou duas etapas e agora, se vencer a próxima, receberá uma homenagem em Brasília, consagrando-se autor da melhor redação brasileira desse concurso. Os temas desenvolvidos pelos estudantes também são divididos entre o ensino médio e fundamental. Felipe, que foi orientado pela professora Roseane durante a elaboração desse trabalho, resolveu participar do concurso após divulgação feita pela Marinha na própria escola. O concurso é destinado a alunos de escolas públicas estaduais, municipais e particulares de todo o país. Não foi a primeira vez que Felipe se destacou em projetos da unidade escolar que freqüenta. Ele também foi homenageado esta semana no Módulo, pela participação do projeto ‘Retrate sua escola’. Segundo Marcelo Brasil, coordenador pedagógico da Escola Nair Ferreira Neves, esses resultados acontecem devido ao bom desempenho dos alunos e do corpo docente. Ele acredita que as habilidades do aluno, apoiadas pelos professores, podem trazer ótimos resultados, como é o caso de Felipe. (Fonte: Imprensa Livre)

Visitas monitoradas no Sítio Arqueológico de São Francisco começam em janeiro

São Sebastião - Conhecer um pouco da história do Brasil Colônia. Isto é possível após pouco mais de uma hora de caminhada na trilha que leva ao Sítio Arqueológico de São Francisco. A partir de janeiro, a Secretaria de Cultura e Turismo (Sectur) da Prefeitura de São Sebastião inicia as visitas monitoradas do Programa de Ecoturismo. Na próxima terça-feira, na Videoteca Municipal, a Sectur ministrará um curso de capacitação para os monitores que trabalharão nas visitações ao sítio arqueológico. Esta semana, o diretor de Turismo, Rogério Barroso, acompanhado do arqueólogo Wagner Bornal, do Departamento de Patrimônio Histórico, esteve no local. Ele destacou o potencial turístico, assim como a proposta educa-tiva, abrindo espaço para visitas de escolas da própria cidade. No caminho, além do contato com a fauna e flora da Mata Atlântica, o visitante pode se refrescar em pequenas nascentes. O sítio arqueológico, que abrigava uma fazenda dos tempos do Brasil Colônia, é uma relíquia e vem sendo estudado há 13 anos. Hoje já se estuda transformá-lo em Parque Arqueológico, por conta do tamanho de sua área, que já ultrapassa 65 mil m². A cada dia os pesquisadores encontram novidades da história da colonização brasileira nos séculos 18 e 19. O sítio, que tem mais de 200 anos, está situado dentro da área do Parque Estadual da Serra do Mar. Já foram resgatados milhares de fragmentos de faiança inglesa, vidro, metal e cerâmicas neo-brasileiras (mistura da cultura negra, branca e indígena) durante a pesquisa. A maioria do material encontrado é manifestação simbólica da nobreza, do poder militar e da crença, esta última com a presença de uma igreja e um oratório. Foram localizadas também pedras que simbolizavam trabalho de cantaria. As construções do sítio foram feitas em sistema de terraço, divididos em nove patamares, sendo na parte mais alta a casa do senhor da fazenda. O piso dos terraços era de pedra, ardósia ou de chão batido e as telhas foram produzidas pelos escravos. Uma fornalha chama a atenção pelo tamanho e também pelas técnicas de engenharia utilizadas na época, como a captação de água para resfriamento, que percorre grande parte da área por canais de pedra e telha. Atualmente, o sítio passa por um trabalho de manutenção e limpeza, sob acompanhamento do arqueólogo Wagner Bornal. A idéia é que cada monitor seja responsável por turmas de até 10 pessoas. (Fonte: Imprensa Livre)

Grupo do Vale abastece mercado

São Sebastião - Os traficantes que atuam na região pretendem comercializar novos tipos de drogas durante a temporada de verão, buscando consumidores de maior poder aquisitivo. A informação chegou a Dise a partir de escutas telefônicas autorizadas pela Justiça durante investigações que resultaram na prisão de três pessoas. Segundo o delegado Pereira de Castro, os traficantes descobriram que existe mercado na região para venda de drogas mais caras como a merla (maconha produzida em laboratório) haxixe e ectasy (droga sintética). ABASTECIMENTO - O levantamento feito pela Dise identificou também a origem das drogas que abastecem o Litoral Norte. A região da costa sul de São Sebastião e Ilhabela são abastecidas por traficantes de São Vicente, Santos e Guarujá, todos no litoral sul paulista. Os traficantes de São José dos Campos e Jacarei são os responsáveis pela cocaína, crack e maconha vendidas em Caraguatatuba. As drogas comercializadas em Ubatuba são procedentes de Taubaté. (Fonte: ValeParaibano)

Associação defende esportes e meio ambiente

São Sebastião - A Ascam (Associação de Surfe de Camburi), na costa sul de São Sebastião, é uma associação de surfistas do município fundada em 1990 e tem como principal objetivo a difusão do esporte e a conservação do meio ambiente e da qualidade de vida local e regional. Uma das principais conquistas da Ascam foi a regulamentação das escolas de surfe da região, há 2 meses. A sssociação desenvolve trabalhos e projetos relacionados a práticas de esportes. Além do surfe, há capoeira, frescobol e voleibol. A entidade também participa de várias atividades relacionadas ao meio ambiente. Entre os principais projetos voltados para o meio ambiente estão a implantação de lixeiras seletivas nas praias, que permitem a separação dos diferentes tipos de lixo, e a preservação do rio Camburi, com trabalhos de limpeza do mesmo. A Ascam também faz parte da campanha "Operação Praia Limpa", promovida pelo governo do Estado de São Paulo.
AJUDA - Atualmente a associação se mantem pela boa vontade de seus integrantes, além de receber ajuda de comerciantes da região, que por enquanto ainda é pouca. Segundo o atual presidente da Ascam, Gione dos Santos, 31 anos, a associação tem interesse em ampliar seus projetos, mas para isso é necessário ajuda financeira. "Precisamos de apoio e incentivo, para que possamos aumentar nossos projetos sociais", disse Gione. (Fonte: ValeParaibano)

Projeto ensina adolescentes a optarem por vida saudável
Escola de surfe oferece palestras e aulas gratuitas em praia de São Sebastião

São Sebastião - A Ascam (Associação de Surfe de Camburi), em São Sebastião, realiza projeto sócio-ambiental para adolescentes carentes do bairro. O projeto "Salto para o Futuro" existe há 5 anos e incentiva os jovens da região a participarem de palestras educativas, além de oferecer aulas gratuitas de surfe. O projeto idealizado pela Ascam tem como principal objetivo trabalhar a socialização de crianças e adolescentes, valorizando práticas esportivas e ensinando novos hábitos, para que eles aprendam a levar uma vida mais saudável. Segundo o comerciante e presidente da associação, Gione dos Santos, 31 anos, o bairro do Camburi teve um crescimento populacional muito rápido, mas não teve progresso, e não oferecia estrutura para crianças e adolescentes, que acabavam sem opções de lazer. "Isso motivou a associação a criar um projeto que atendesse as necessidades desses jovens", disse Gione. A associação passou a oferecer aulas de surfe gratuitas, para que os jovens pudessem ter uma atividade que os valorizassem socialmente. As aulas são dadas pelo professor de educação física Anselmo Teverão, 44 anos.
OPORTUNIDADE - Segundo Teverão essa foi uma oportunidade para que os jovens carentes pudessem participar de um esporte que faz parte da cultura local, mas que infelizmente é elitizado. "As pranchas de surfe e roupas de borracha, necessárias para a prática do esporte, são muito caras, impedindo que pessoas de pouco poder aquisitivo possam participar das aulas", afirmou Teverão. Para que as crianças e adolescentes tivessem acesso ao material necessário a associação realizou, há 3 anos, a campanha "Surfista Solidário", onde receberam várias doações de surfistas e comerciantes da região. Para que os jovens possam participar das aulas é necessário que estejam matriculados na escola e que frequentem as aulas regularmente. "Resolvemos impor essa condição porque percebemos que muitos deles não davam valor aos estudos, e alguns mal sabiam ler ou escrever", disse o professor. Atualmente são 20 alunos que frequentam as aulas de surfe da associação. A Ascam também oferece aulas e palestras sobre alimentação, para ensinar aos jovens de Camburi a adotarem hábitos alimentares mais saudáveis e não se tornarem obesos. ALIMENTAÇÃO - Os alunos tem acompanhamento de uma nutricionista, onde são incentivados ao uso de boa parte dos alimentos que não são aproveitados normalmente e portanto desperdiçados. "O que mais nos motiva a continuar com esse trabalho é poder ver os saldos positivos que temos com os jovens daqui", disse Santos. (Fonte: ValeParaibano)

Notícias de Ubatuba Topo

Restaurante Solar das Águas Cantantes Posto Ipiranga

Torneio da Melhor Idade de Ubatuba termina com festa

Ubatuba - A última etapa do Torneio da Melhor Idade 2005 terminou com uma grande festa, no sábado, 10. Aproximadamente 500 pessoas compareceram ao Ginásio de Esportes Tubão para acompanhar a Dança de Salão, última modalidade em disputa. Após uma bela apresentação de tango com os dançarinos Reinaldo e Mariane, teve início a cerimônia de premiação de todas as modalidades. O Secretário de Esporte e Lazer Bittencourt Jr. e a Presidente do Fundo Social de Ubatuba Denise César, ao lado de outras autoridades, entregaram as medalhas e troféus aos campeões. “Pela primeira vez Ubatuba dá a devida atenção ao pessoal da melhor idade. Fico feliz em ver o Tubão repleto de gente animada”, disse Denise. “Em 2006 continuaremos trabalhando nossos atletas, visando os Jogos Regionais do Idoso, buscando classificação para os Jogos Estaduais”, disse Valéria Carvalho, coordenadora de competição da Melhor Idade de Ubatuba.. Os destaques de cada unidade do Projeto Atividade Física e Cidadania também receberam medalhas e todos os participantes do Projeto receberam certificado de participação. Para fechar a noite foi servido um jantar, que teve a animação do músico Sales. A última etapa do Torneio da Melhor Idade 2005 foi uma parceria entre a Secretaria de Esporte e Lazer, Fundo Social e Secretaria de Saúde de Ubatuba e contou com o apoio de Naturalli Garden Center, Planstel, Supermercado Paulista, Varejão Rei das Frutas, Floricultura Rosa de Saron.
Confira os campeões:
Atletismo Feminino
50 a 59 anos - 3.000 mts – Roseli de Abreu Damásio
60 a 65 anos - 2.000 mts – Jupira Ferreira de Carvalho
66 a 70 anos - 1.500 mts – Lucila Anita P Araújo
71 anos acima - 1.000 mts – Celeste de O Damásio
Atletismo Masculino
60 a 65 anos - 3.000 mts – Adilson R de Oliveira
50 a 59 anos - 3.000 mts – Francisco Paulino / 2.000 mts – Wilson Alael Januzzeli
+ 71 anos acima - 1.000 mts – Clodoaldo da Silveira Tavares
Natação Feminino
66 a 70 anos - Maria Aparecida Santana
+ 71 anos - Izabel Rodarte dos Reis
Natação Masculino
50 a 59 anos - Delmar Soares
60 a 65 anos - Rivaldo de Oliveira
+71 anos - Jose Balogh
Bocha
Vicente Tierno / Maria Helena Tierno
Buraco
Sebasião Ferreira de Carvalho / Claudete Mendes
Damas
Ataíde Paiva
Dominó
50 a 59 anos
Maria Stella de Miranda / Salete Pannizzollo
+ 60 anos
Sebastião Ferreira de Carvalho / Públio Marcius de Miranda
Malha
Hermínio Jose de Mattos / Laudelino Mesquita
Tênis de mesa
Waldyr dos Santos
Truco
Manoel Anísio / Benedito Gabriel
Vôlei
Equipe Poruba
Dança de Salão
Wilson Januzzelli / Maria Wanda
(Fonte: PMU)

Festa marca encerramento do ano nas escolinhas de esporte de Ubatuba

Ubatuba - As escolinhas de esporte da Secretaria de Esporte e Lazer da prefeitura de Ubatuba encerraram suas atividades na última sexta-feira, 9. Em uma grande festa que aconteceu no Ginásio de Esportes Tubão, aproximadamente 900 alunos receberam seus certificados de conclusão de atividades em 2005. Participaram da entrega dos certificados o vice-prefeito Domingos dos Santos, o secretário de Esporte e Lazer Bittencourt Jr., e a secretária de Educação, Patrícia Pereira. Na ocasião, Bittencourt Jr, recebeu uma homenagem pelo trabalho desenvolvido em 2005: das mãos do vice-prefeito Domingos dos Santos, Bittencourt recebeu uma placa comemorativa, presente dos amigos da secretaria. Após a cerimônia de entrega dos certificados a garotada brindou o fim das aulas com lanches e refrigerantes. Apesar do encerramento das atividades das escolinhas, a Secretaria de Esporte e Lazer mantém o atendimento ao público, das 8 às 18 horas. (Fonte: PMU)

Escola Madre Glória vence Joguinhos Escolares de Ubatuba

Ubatuba - A EM Madre Maria da Glória foi a vencedora da terceira edição dos Joguinhos Escolares de Ubatuba. Com destaque na modalidade queimada, a escola do Parque dos Ministérios totalizou 32 pontos na classificação geral e conquistou o primeiro lugar. Em segundo ficou a EM Mário Covas Júnior, do bairro Ipiranguinha, com 23 pontos, dois à frente da EM Olga Gil, que concluiu os Joguinhos na terceira posição, com 21 pontos. A terceira edição dos Joguinhos Escolares de Ubatuba foi realizada através de uma parceria entre a Secretaria de Educação e a Secretaria de Esporte e Lazer. (Fonte: PMU)

Praia Grande se prepara para o verão

Ubatuba - A Secretaria de Obras da Prefeitura de Ubatuba vem executando serviços em várias ruas da Praia Grande, principalmente na marginal e nos estacionamentos. Na marginal da praia, local de grande circulação na temporada, foi aplicada uma base de brita graduada (mistura de vários tamanhos de pedras), que facilita o nivelamento, dá maior sustentação, diminui a trepidação dos veículos, proporcionando maior conforto aos usuários do trecho. Ainda na marginal foram instaladas caçambas para recolhimento de lixo a cada 100 metros, para que não haja acúmulo de detritos. Diversas ruas também receberam nivelamento, capinação e limpeza. (Fonte: PMU)

Prefeitura lança cartilha sobre congelamento de áreas

Ubatuba - A Prefeitura Municipal de Ubatuba lançou, na última semana, uma cartilha explicativa sobre o Projeto de Congelamento de Áreas Irregulares, que será distribuída nas reuniões de bairros e casas que foram congeladas durante o processo. A publicação, que tem uma tiragem inicial de 10 mil exemplares, responde às principais perguntas feitas pela população, utilizando uma linguagem simples, com exemplos e ilustrações. Segundo o responsável pelo Programa de Congelamento, Claudinei Salgado, a cartilha será um importante instrumento de comunicação. “Quando se fala em congelamento, surgem muitos boatos que amedrontam a população. Essa cartilha ajudará a esclarecer as dúvidas e tornar mais acessível o entendimento dos cidadãos ubatubenses”. Resultados em 2005 - Até agora, quinze bairros foram congelados no município. A maioria deles está em processo de regularização fundiária. Segundo a prefeitura, os locais que não tiverem possibilidade de regularização farão parte do programa de habitação do município. Como resultado, algumas das áreas congeladas tiveram o índice de -2,9% de crescimento, ou seja, o crescimento está diminuindo, por conta das demolições dentro das áreas congeladas. (Fonte: PMU)

II SARAU DA ESCOLA IDALINA DO AMARAL GRAÇA EM UBATUBA
Rua da Cascata, 400 – Ipiranguinha - Ubatuba

Ubatuba - Antes de tudo, Parabéns Escola Idalina pelo destaque de ser o primeiro lugar nas Olimpíadas de Matemática do Estado de SP, Campeões em Ubatuba e segundo do Litoral Norte. Destacando os alunos Aída Lambrini Menezes Lima 6ª B, Ana Clara Gomes Pimenta 6ª C e Danilo Alves Barreto 1º CA, os quais estarão representando Ubatuba em Brasília, no momento de receberem suas honrarias. Especial agradecimento a Professora Maria Célia de Souza Vieira, responsável pela cadeira de Matemática do Idalina. O II Sarau: Dia 02 do corrente mês, sob o tema “Pluralidade Cultural”, “Venha Conhecer Nossa Cultura” a diretoria, coordenação, professores, alunos e pessoas da comunidade demonstraram, mais uma vez, muito bom gosto e profissionalismo. Mostraram que com organização, trabalho e união é possível proporcionar Cultura ao povo. O Sarau foi elaborado em homenagem a comunidade do Ipiranguinha, bairro que apresenta uma das maiores populações da cidade e grande miscigenação das regiões do Brasil. O pátio da escola ficou repleto de espectadores, que puderam presenciar o alto nível artístico e o excelente trabalho, como exemplo o da Professora Mariana Noronha Santana com seu fantástico grupo de dança, bem como o de todos os envolvidos. Ação Social: O ingresso foi um quilo de alimento e foram arrecadadas 48 cestas básicas que serão distribuídas a alunos carentes da escola no Domingo, dia 11, encerramento da Escola da Família, sob responsabilidade da Diretoria e Professora Márcia.
 (Fonte: www.revistalocal.com.br )

Moradores do Parque Estadual da Serra do Mar não serão removidos


Ubatuba - Moradores do Puruba, Picinguaba e Sertão do Ubatumirim, no Parque Estadual da Serra do Mar, poderão permanecer nos seus locais de moradias e também manter suas atividades econômicas, que incluem agricultura e pastagens, sendo reconhecidos como moradores tradicionais da área. A notícia foi dada em reunião conclusiva do Plano de Manejo do Parque, realizada na sede da Secretaria Estadual do Meio Ambiente, na quarta-feira. “A região do Parque em Ubatuba passa a ser considerada Zona Histórico Cultural, pois ali temos quilombolas e caiçaras tradicionais”, diz José Roberto Jr., que participou da reunião representando a Prefeitura de Ubatuba. “Agora será feito um zoneamento e será oficializada a permanência mediante compromisso de conservação da área”, completou. O plano de manejo garante a permanência dos atuais moradores e seus descendentes no local. (Fonte: Imprensa Livre)

Prefeitura de Ubatuba implanta ciclofaixas a partir do dia 20

Ubatuba - A Prefeitura de Ubatuba iniciou ontem a colocação de placas de trânsito nas ruas Conceição e Thomas Galhardo, no centro da cidade, com o objetivo de ir preparando motoristas e ciclistas para a implantação das ciclofaixas nas duas ruas a partir de 20 de dezembro. Além das placas avisando que é proibido parar e estacionar do lado esquerdo das duas ruas, também serão afixadas, na próxima semana, faixas alertando o motorista sobre as mudanças. Assim que as placas de trânsito estiverem colocadas, guardas municipais e Polícia Militar estarão nas ruas dando orientações aos motoristas e ciclistas. De acordo com o cronograma finalizado em uma reunião na manhã de ontem (foto), no gabinete do prefeito, a pintura da ciclofaixa será iniciada na próxima semana, no dia 14, data em que as tintas de demarcação estarão disponíveis na Prefeitura. Presente à reunião, o prefeito Eduardo César defendeu a urgência da implantação da ciclofaixa. “Não podemos mais suportar o caos do trânsito no centro da cidade, que provoca tensão entre ciclistas e motoristas e que infelizmente acaba culminando em sérios acidentes. Temos uma estatística mostrando que em média a Santa Casa de Ubatuba atende por dia três ocorrências envolvendo ciclistas”, disse. De acordo com o prefeito, a queda neste índice resultará em economia na Santa Casa e principalmente minimiza o sofrimento das vítimas e de suas famílias. Apresentação pública - O projeto técnico do Programa Cicloviário, elaborado por um consultor do ministério das Cidades, especialista em bicicletas, foi aprovado por unanimidade na sua apresentação pública. “Esta aprovação reflete o acerto do meu governo em planejar antes de realizar. Foram vários meses de estudo da realidade local e de planejamento das etapas de implantação do programa cicloviário para que tenhamos, num futuro próximo, a melhor solução possível, para a problemática da bicicleta na nossa cidade”, ressaltou Eduardo César. “Acredito que estas duas ciclofaixas vão organizar o fluxo das bicicletas, que é intenso nestas ruas. Turisticamente é muito importante que já nesta temporada, que deverá receber público recorde, estimado pela Secretaria de Turismo em cerca de 1,2 milhão de pessoas, o trânsito nestas duas importantes ruas esteja organizado”, finalizou o prefeito. Comunicado do STM - A Seção de Tributos Mobiliários (STM) da Prefeitura entregou esta semana a 218 comerciantes das duas ruas onde serão implantadas as ciclofaixas, um comunicado alertando que a partir de agora “serão apreendidas as coisas móveis, inclusive mercado-rias expostas ou abandonadas em vias ou logradouros públicos sem a devida autorização da Fazenda Municipal”. Segundo Lucilene Maria Pereira Tavares, chefe do setor, o comunicado se reporta à implantação das ciclofaixas nas ruas Conceição e Thomas Galhardo e lembra aos comerciantes que esta determinação já é antiga e está prevista no artigo 69 da Lei Municipal 1011 de 18/12/1989 (Código Tributário Municipal). Confira o cronograma de implantação do Programa Cicloviário de Ubatuba:
9 a 13/12: instalação de placas de sinalização vertical
12/12 – Início da veiculação dos spots educativos nas rádios locais
13/12 – Colocação de faixas de divulgação sobre a proibição de parar e estacionar do lado esquerdo das ruas que terão a ciclofaixa e início da orientação dos motoristas por parte da Guarda Municipal e Polícia Militar, sobre as mudanças no trânsito, inclusive com entrega de folhetos.
De 14 a 19/12 – Pintura das faixas de demarcação das ciclofaixas
20/12 – Início da operação das ciclofaixas e colocação das faixas de orientação a ciclistas e motoristas e início da entrega de folhetos educativos (Fonte: Imprensa Livre)

Condephaat conclui tombamento da Igreja Matriz de Ubatuba

Ubatuba - O Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Artístico, Arqueológico e Turístico (Condephaat) formalizou o tombamento da Igreja Matriz de Ubatuba, incluindo o Cruzeiro da Praia. O pedido foi feito pela Fundação de Arte e Cultura (Fundart) em 1992 e o encaminhamento para processo de tombamento foi aprovado pelos conselheiros, numa reunião que aconteceu no último dia 28 de novembro, depois de passar por avaliações de historiadores e peritos do Condephaat. A notícia foi dada ao vice-prefeito Domingos dos Santos, à administradora da Paróquia, Nara Ruiz, e a assessores do deputado Padre Afonso (PV), em reunião realizada na Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo, na quarta-feira. Segundo o vice-presidente do Conselho, José Rodolpho, “a comunicação oficial chegará nos próximos dias à Promotoria Pública, à Delegacia Civil e à Prefeitura, que têm o dever de proteger o que restou de patrimônio histórico e arquitetônico no município”. Apesar do tombamento ainda não estar concluído, a Paróquia já pode fazer projeto e arrecadar verbas através da Lei Rouanet para obras de restaurações. (Fonte: Imprensa Livre)

Programação de Cinema em Ubatuba
Semana de 09/12 à 15/12/2005

CINE PORTO ( UBATUBA)
fone - 3833-2066 ( 012 )

Lançamento Nacional "Harry Potter e o cálice de fogo"  
Aos sábados e domingos ás: 13:10 hs - 16:00 hs - 18:50 hs e 21:40 hs.
De 2ª a 6ª feira : 15:30 hs - 18:10 hs - 21:00 hs.


CINE PASSEIO ( UBATUBA )

fone 3832-2843 ( 012 )

"AS CRÔNICAS DE NARNIA: O LEÃO , A FEITICEIRA E O GUARDA-ROUPA."
Ás 14:00 hs - 16:30 hs - 19:00 hs e 21:30 hs.

Fonte: cineporto@hotmail.com
 

Ação Litoral
 
Opinião Topo

Remoção de Famílias
José Nelio de Carvalho

A página C-4 da Folha de São Paulo, de 4ª.feira desta semana, 7/12, traz notícia sobre o processo de aprovação do Plano de Manejo do Parque da Serra do Mar, que pelo que consta da reportagem já está pronto, devendo ser aprovado pelo Estado e pelo Consema (Conselho Estadual do Meio Ambiente). Sob o título “FAMILIAS TRADICIONAIS NÃO SERÃO REMOVIDAS”, : “Em vez de expulsar todas as pessoas que vivem no Parque Estadual da Serra do Mar para garantir sua preservação, o plano de manejo prevê que os moradores tradicionais (como quilombolas e caiçaras) permaneçam no local...Por ser uma unidade de conservação integral, não deveria haver ocupação na área preservada...não há cadastro dos moradores...” E continua a notícia : “Para os idealizadores do plano de manejo, os habitantes tradicionais podem impedir invasões .“ Queremos oficializar a permanência mediante o compromisso de conservar a área”, diz a coordenadora do plano, Adriana Matoso. “Moradores não poderão ampliar o terreno”.
A matéria traz também a afirmação de que o Plano de Manejo é “documento equivalente ao Plano Diretor de uma cidade”.
O Parque Estadual da Serra do Mar em Ubatuba, começando desde a divisa com Paraty, na cota 0, no nível do mar, segue por esta cota até a divisa entre Praia Brava e Almada, englobando diversos núcleos já existentes, inclusive a Vila de Picinguaba, antigo distrito criado por lei estadual. No restante do município, o Parque atinge algumas ocupações, nos sertões, sendo considerado no entorno, uma área de amortecimento. O Plano de Manejo prestes a ser aprovado, incidirá sobre toda essa área, importante para os moradores e para Ubatuba como um todo.
Por omissão do Poder Público Municipal estamos assistindo há algum tempo uma intervenção, não sei se branca ou verde no município de Ubatuba por parte do Estado.
É momento de lembrarmos que o Brasil é um Estado Democrático de Direito, significando com isto que todos, inclusive governantes e seus agentes devem obediência às leis. E que existe uma lei complementar à constituição denominada Estatuto da Cidade, de 10 de julho de 2001, que estabeleceu prazos e formas para que os municípios planejem todo o seu território. Os assuntos de interesse local, por imposição da Constituição, são de competência exclusiva dos municípios (art.30 C.F.).
O meio ambiente ecologicamente equilibrado, bem de uso comum do povo (não só de alguns privilegiados) é essencial à sadia qualidade de vida, impondo-se ao Poder Público (também ao Municipal) e à coletividade o dever de defendê-lo e preservá-lo para as presentes e futuras gerações. (art.225 da C.F.).
A questão é por demais complexa e importante para que o Município fique omisso e a reboque do Estado nesta questão. A aplicação do Estatuto da Cidade, que contém vários dispositivos expressos sobre a questão ambiental, dará a garantia necessária ao Estado, às organizações ambientalistas e ao próprio Ministério Público, fiscal da lei, de que o Município de Ubatuba não abdicou de suas obrigações constitucionais.
O Estatuto da Cidade, lei complementar à Constituição estabelece que o plano diretor deverá englobar o território do município como um todo (art.40-par.2º.).
Os conflitos previsíveis com a aplicação do plano de manejo pelo Governo do Estado poderão ser minimizados se os órgãos municipais e os agentes públicos cumprirem também a sua parte, dentro da legalidade, para que a o Parque da Serra do Mar participe do processo que poderá transformar Ubatuba num município com desenvolvimento sustentável e não se torne abrigo de guetos incontroláveis.

José Nelio de Carvalho
Advogado
Ubatuba, SP

Poesia Topo

Alegria no mar
Espio as nuvens arrastadas
Pelos ventos
Que vão despejando bátegas
De chuvas no mar
Como se estivessem regando
Um jardim
E, miraculosamente,
Brotam botos
Fazendo evoluções
Contentes toda a vida
Aos saltos e trambolhões
Achando graça,
Se não me engano,
Só porque a chuva
Está lavando o oceano.

Natal em Ubatuba
Na Praia da Fortaleza
Nós é que éramos
Papai Noel para nós mesmos
E para as crianças pequenas
Fazíamos barcos de caixeta
Pipas de papel manteiga
Pião carrapeta
Jogos de miriguitos
E as mais bonitas danças
E cantigas de roda
Quanto mais antigas
Mais bonitas.
Dizem que no céu
Também não é preciso Papai Noel.

Félix Cabral
Ubatuba, SP

Carta do Leitor
As mensagens, fotos e opiniões  publicadas neste boletim são de inteira responsabilidade de suas fontes e autores,
não expressando necessariamente a opinião deste informativo. O envio de qualquer material para nosso e-mail
será considerado como autorizado a sua publicação e assumida a total responsabilidade pelo seu conteúdo.
As mensagens deverão conter nome completo, RG, endereço, telefone de contato e um e-mail válido.
Reservamos o direito de não publicar cartas que não contenham a devida  identificação do autor.
Topo

Só Ele dá o frio, conforme o cobertor - Muitos avanços e descobertas das ciências proporcionaram um aumento não só da longevidade, como na qualidade de vida da raça humana. Um dos principais inventos foi a refrigeração. Atualizados em uso doméstico, o freezer e a refrigerador são equipamentos utilíssimos no acondicionamento, proporcionando um período mais longo de estocagem e, de durabilidade dos alimentos para o consumo. Assim, congelar, passou a ser sinônimo de duração, de deixar como está, para uso futuro. Esta palavra, acabou também passado para o jargão sócio-político-ambiental-preservacionista-de-araque para referir-se a ocupações humanas em áreas tidas como de preservação. Congelar, supõe-se moléculas intactas, com populações inertes, sem o que, o que se congela, segura e, cientificamente, irá se deteriorar. Assim, congelar uma área de invasão, sem que se apresente solução imediata para o crescimento vegetativo da população da área "congelada", é "tapar o sol com a peneira" ( imaginem, o que a ciência tem a dizer sobre "tapar o sol com a peneira"). O que se oferece à população "congelada". Pílulas?Camisinhas? DIU? Barbantes? Tabelinhas? Nó nas trompas? Qual alternativa? O crescimento desta população "congelada" irá obedecer a qual norma? Depois, de tantos nascimentos, a família moradora desta, deverá procurar outra área, ainda não congelada, para invadir e, mudar-se? Ora, está mais do que na hora da proteção ambiental irmanar-se com a realidade da necessidades de espaços para atender o crescimento das populações (crescimento vegetativo e migratório) (respeitado o direito de ir e vir) . Enfrentar este problema, de frente. Sem medidas paliativas, protelatórias ou poéticas. Não há como, preservar, restringir ou congelar áreas, sem que se controle o crescimento de suas populações. Ao contrário, quando se propicia e, incentiva o crescimento desordenado de populações, promovendo a sua procriação "laboratorial", protegendo-as irracionalmente (sem conhecer e ter comprovação certifica de qual é o número de indivíduos para que se considere equilibrado seu índice populacional) até mesmo dos predadores naturais, é igualmente insano. Respeitadas as "propostas" de congelamento de uns e, incentivo a procriação de outros, o homem morrerá de fome, no relento, contemplando o palmito a beira de um mar de tartarugas.

Ronaldo Dias
Ubatuba - SP


Acrobacias em céu de brigadeiro - Coisas estranhas podem estar acontecendo ou, será apenas uma questão de enfoque? Uma questão de equipamento? Uma questão de condução? Ou, uma questão, pura, de habilidade? Vamos avaliar, neste momento, apenas coisas, digamos, fora do normal. Coisas testadamente estabelecidas e, tidas como certas, ou como equilibradas. Se, por exemplo, estivermos em pleno vôo, em um avião comercial, dito de carreira, alguns parâmetros podem ser observados e, serem considerados "normais". Se olharmos pela janelinha e percebermos que as nuvens são deixadas para traz, se olharmos para cima, constatarmos uma imensidão azul e, para baixo, o mar, ou uma cidade, ou, uma floresta ou um deserto será uma visão normal. Coisas Terráqueas. Agora, se estivermos em uma aeronave de acrobacia que, por óbvio, foi construida para suportar suas peripécias e, em suas evoluções acrobáticas fizermos as mesmas observações anteriores, estas, podem ter inteerpretações totalmente diferentes com enfoques totalmente contrários. Assim ,podemos fácilmente concluir que qualquer acrobacia em aeronave própria para tanto, é perfeitamente normal. Porém, quando a aeronave é de transporte de passageiros e, estiver se comportando, digamos, acrobáticamente, em céu de brigadeiro, alguma coisa não está bem. Ou, existe alguma pane na fuzelagem, nos sistemas ou, provávelmente, o piloto sumiu!

Ronaldo Dias
Ubatuba - SP

Foto do Dia Topo

Para participar desta seção basta enviar as fotos com crédito do autor e legenda, no tamanho mínimo
de 1024 x 768 pixels com resolução de 72dpi para fotododia@litoralvirtual.com.br.  O envio da foto caracteriza autorizada a sua publicação, assumindo o autor total responsabilidade pela publicação da mesma.

Ubatuba

Amanhecer no Perequê - Emilio Campi

Ponta das Toninhas
©Nelson Schmidt

Envie sua foto!

Para instalar a foto como papel de parede (wallpaper)
Clique na foto acima. Após carregar a foto ampliada, clique com o botão direito do mouse sobre a imagem e escolha "Definir como papel de parede" ou "Definir como fundo de tela". Para ajustar a imagem em tela cheia, clique em qualquer lugar da área de trabalho com o botão direito do mouse, escolha "Propriedades" / "Fundo de Tela" ou "Papel de Parede" / "Ampliar".

Arquivos:  Foto Saudade  -  Foto do Dia

 Faça seu comentário, crítica, opinião ou sugestão no Litoral Virtual:
Clique Aqui


As notícias, fotos e cartas publicadas neste boletim são de inteira responsabilidade de suas fontes e autores,
não expressando necessariamente a opinião deste informativo. O envio de qualquer material para nosso e-mail
será considerado como autorizado a sua publicação e assumida a total responsabilidade pelo seu conteúdo.
As cartas devem conter nome completo, RG, endereço, telefone de contato e um e-mail válido.
Reservamos o direito de não publicar cartas que não contenham a devida  identificação do autor.

Editor Chefe: Emilio Campi
Atualização: Juliano Gregori

GRÁTIS!!
Receba as Últimas Notícias do Litoral em seu e-mail:

Quero receber GRATUITAMENTE o boletim Últimas Notícias do Litoral:

e-mail:
Cidade:



Obs.: Você poderá cancelar o recebimento das notícias a qualquer momento.

Conheça as cidades do Litoral Norte Paulista:

Caraguatatuba Ilhabela São Sebastião Ubatuba

Litoral Virtual
O mais completo site do Litoral Norte Paulista na Internet
Sugestões, críticas e informações, entre em contato:
info@litoralvirtual.com.br

©1995/2001 Emilio Campi - Studio Maranduba - Direitos Reservados
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem a expressa autorização do autor