Litoral Virtual últimas notícias do litoral
Sábado, 11 de Fevereiro de 2006 - Nº 1463 Edições Anteriores

Ubatudo Pousada das Cachoeiras Jornal Agito

Região
-


Caraguatatuba
Projeto propõe cobrança de tributos municipais via Sedex
Projeto quer criar Centro Odontológico Municipal
Mais de 1,5 mil pessoas concorrem a 166 vagas de agente comunitários
Uma pessoa morre e três ficam feridas em acidente na Tamoios
Final de Beach Soccer é marcada com muitos gols em Caraguá
Escolas e blocos vão animar o Carnaval em Caraguá
Verão Limpo nas praias de Caraguá


Ilhabela
Ilhabela anuncia participação na Seatrade, em março, em Miami
DJ e artistas de circo animam carnaval em Ilhabela
Procurado por tráfico na Alemanha morava há 20 anos na região


São Sebastião
Frente Olhar Por São Sebastião vai às escolas para verificar onde estão sendo aplicados os R$ 7 milhões do Projeto Aquarela
Juan diz que valores dos salários são responsabilidade da Uniemp
Ibama/SP não confirma fechamento de escritório em São Sebastião
Prefeitura consegue apoio de empresário para construção de Centro de Lazer no Itatinga
Presidente da Câmara quer acabar com jeton e recesso em julho
Projeto vetado pela Prefeitura é lei em São Paulo e Campinas
Projeto de verticalização é entregue ao presidente da Câmara durante a primeira sessão do ano


Ubatuba
Prefeitura encerra convênio e Centro de Zoonoses assume canil
PM e Civil desmontam dois pontos de tráfico no mesmo dia
CONVITE da ACIU
CURSO na ACIU- APRENDER A EMPREENDER - TELESSALA SEBRAE
Conselho Municipal de Desenvolvimento toma posse em Ubatuba
Ubatuba realiza carnaval de norte a sul
Deputado aprova emenda de R$ 100 mil para obras de infra-estrutura para a cidade
Prefeitura inaugura sede da Regional Norte no próximo sábado, dia 18


Seções
Poesia
Carta do Leitor
Foto do Dia

Notícias da Região Topo

Litoral Norte -

Notícias de Caraguatatuba Topo

O Guaruçá Caraguatatuba


Projeto propõe cobrança de tributos municipais via Sedex

Caraguatatuba - Projeto de lei de autoria do vereador Juarez Pereira Pardim (PPS) dispõe sobre a expedição de carnês ou avisos de cobrança de tributos municipais pela Prefeitura.
Com três artigos, o projeto pretende que as cobranças sejam enviadas por carta AR ou sedex aos contribuintes. Um artigo único disciplina que o recebimento de carnês ou avisos de cobrança de tributos através de carta simples, desobrigaria o contribuinte do pagamento de multas, juros e correção monetária, por atraso.
O vereador disse ter sido procurado pela população que reclamava de não receber os carnês ou de recebê-los já vencidos.
“Muitas vezes, o contribuinte paga multas e juros injustamente. Embora não haja culpado pelo extravio de correspondências, e que o próprio sistema permite a sua entrega através de caixas de correspondência ou presas à grades ou portões de residências, não isenta o contribuinte da penalidade de multas pelo extravio ou recebimento com atraso”, disse o vereador.
A finalidade do projeto é solucionar o atraso ou não recebimento de carnês. “Solucionar o problema com responsabilidade e segurança tanto para o contribuinte quanto para os cofres do município”, definiu Pardim. (Fonte: Imprensa Livre)

Projeto quer criar Centro Odontológico Municipal


Caraguatatuba - Projeto de lei de autoria do verea-dor Germino de Sousa (PPS) autoriza o Poder Executivo a criar o Centro Odon-tológico do município.
O centro atenderia casos de extração, endodontia, curativos, cirurgia para a extração de dentes e raízes, tratamento de canal, restaurações, prótese total (dentadura) e aplicação de flúor.
O setor de saúde bucal ficaria encarregado de manter o cadastro dos pacientes, com fixação dos nomes em local visível e data da consulta de cada munícipe.
O vereador justifica a criação do centro e aponta os problemas dentários como possível impedimento para conseguir emprego.
“Um dos principais males da população, sem dúvida alguma, é a saúde bucal. Existem dores que levam a pessoa ao desespero, caso não seja tratada de imediato. Uma pessoa com os dentes visivelmente cariados ou sem nenhuma prótese frontal, poucas são as suas chances de conseguir um emprego”, justifica Sousa. (Fonte: Imprensa Livre)

Mais de 1,5 mil pessoas concorrem a 166 vagas de agente comunitários

Caraguatatuba - Um total de 1.502 pessoas tinham sido contabilizadas até as 16h30 de ontem, para participar do processo seletivo que oferece 166 vagas de agentes comunitários para integrar as equipes do Programa Saúde da Família – PSF. Segundo Simone Pereira de Souza, do setor administrativo da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo), entidade que adminstra o PSF desde janeiro, o processo deverá contar com mais de 2 mil candidatos.
O salário de agente comunitário é de R$ 489,15 e vale-alimentação no valor de R$ 86. A data da prova será divulgada depois do dia 13 deste mês, segundo informou Simone Pereira.
A seleção tem três fases: prova de caráter eliminatório com 30 questões de múltipla escolha; dinâmica de grupo de caráter eliminatório e visita a residência para comprovação de endereço. O conteúdo da prova será de conhecimentos gerais e sobre o trabalho do Agente Comunitário.
Simone Pereira disse que está em estudo a contratação de mais 10 agentes. A avaliação do processo seletivo ficará por conta de departamento de Recrutamento e Seleção e equipe técnica de enfermagem da Unifesp e por um representante da Supervisão de Saúde do município.
Os agentes atuarão em 12 Unidades Básicas de Saúde - UBSs, as que tem o maior número de vagas são a do Porto Novo e do Tinga com 31 vagas cada; a UBS do Perequê Mirim preenche 21 vagas; a do Morro do Algodão e Jaraguazinho, 16; no PAC (Programa de Agentes Comunitário) Centro, 12 vagas; a UBS da Casa Branca, Olaria, Massaguaçu e Tabatinga, 6 vagas cada unidade; e a UBS do Getuba, 4 vagas. (Fonte: Imprensa Livre)

Uma pessoa morre e três ficam feridas em acidente na Tamoios

Caraguatatuba - Inês de Moura, de 40 anos, moradora em Ubatuba, morreu e três pessoas ficaram gravemente feridas, incluindo o filho da vítima fatal, de quatro anos, em um acidente de trânsito, envolvendo três veículos, ocorrido na tarde de ontem no Km 69 da rodovia Tamoios.
Um Gol, que descia a serra, dirigido por M.E.O., ao fazer uma ultrapassagem teria invadido a pista contrária e batido frontalmente com um caminhão, que por sua vez foi atingido na traseira por um Ford Fiesta.
Os feridos estavam no Gol. São eles, que moram no bairro Perequê-Mirim em Ubatuba: João Emerson Ferreira, de 21 anos, Bruna Lorena Ramos, de 20 anos e Leonardo Rogério Barbosa, de quatro anos.
A vítima fatal também era passageira do Gol e estaria no banco atrás do motorista. Ela, presa nas ferragens, chegou a ser resgatada com vida, inclusive ajudando no resgate do filho, passando-o para o policial, pela janela do carro.
Inês não resistiu aos ferimentos, vindo a morrer logo depois de dar entrada no pronto-socorro da Casa de Saúde Stella Maris, onde as demais vítimas ficaram internadas. O acidente, registrado na delegacia da cidade, provocou congestionamento nos dois sentidos da rodovia. (Fonte: Imprensa Livre)

Final de Beach Soccer é marcada com muitos gols em Caraguá
Além de troféus e medalhas para as equipes primeiras colocadas, também receberam medalhas os goleiros Menos Vazados e os Artilheiros do campeonato

Caraguatatuba - As últimas disputas do Campeonato de Beach Soccer do projeto Verão, organizado pela Secretaria de Esportes e Recreação de Caraguatatuba, aconteceram nos dias 7 e 8, terça e quarta-feira, e foram marcadas por muitos gols. As finais foram disputadas nas categorias Infantil feminino e Livre masculino e feminino.
Na Infantil feminino, a equipe C.A. Poiares enfrentou a equipe Pastoral e venceu de goleada, 10 a 2; na Livre, as meninas do C.A. Poiares entraram em campo para enfrentar as meninas da Geração Independente e também venceram de 6 a 4. Na categoria Livre masculino a equipe visitante, Sel Ilhabela, enfrentou a equipe da casa, Adil Car. O jogo empatou de 7 a 7. Na prorrogação houve uma cobrança de lateral. O goleiro da Ilhabela atrapalhou-se marcando um gol contra, dando assim o título para a Adil Car.
As equipes vencedoras foram premiadas com troféus e medalhas. Os artilheiros e goleiros também receberam troféus. Na categoria Pré-Mirim, o goleiro Alisson, da equipe Os Incríveis foi premiado com 8 gols; na Mirim recebeu o troféu o atleta Rafael do time Corinthinhas com 5 gols; na Infantil masculino, Lucas da equipe Projeto Futuro levou o troféu com 8 gols; o atleta Luiz Carlos do Juventus foi o premiado pelos 21 gols da categoria Livre masculino, a equipe disputou mais jogos durante o campeonato; na categoria Livre feminino, a atleta Márcia foi a goleira Menos Vazada, com 9 gols e na Infantil feminino, Natália da equipe Poiares recebeu o prêmio com 5 gols.
A artilharia também foi premiada com troféu: Denner da equipe Praia Soccer marcou 6 gols; Daniel da Pastoral marcou 10; Marcos da equipe Módulo marcou 11; Luiz Alberto da Sel. Ilhabela e Rodrigo do Juventus marcaram 13 cada um; as atletas Francielle e Tatiane da equipe Poiares marcaram 6 gols cada e Márcia da Geração Futuro fez 8 gols.
O Campeonato de Bech Soccer teve início dia 20 de janeiro, com a participação de 52 equipes, nas categorias Pré-Mirim, Mirim, Infantil e Adulto, masculino e feminino. O objetivo foi incentivar a prática esportiva na cidade e manter as crianças fora das ruas durante o período de férias. (Fonte: PMC)

Escolas e blocos vão animar o Carnaval em Caraguá
Folia é Aqui! A Secretaria de Turismo está preparando uma grande festa para turistas e moradores, abrindo a programação do "Carnaval Folia é Aqui" com o pré-carnaval, na noite de sexta-feira, dia 24, na Praça de Eventos, a partir das 22 horas.

Caraguatatuba - A Secretaria de Turismo de Caraguá vai oferecer um esquema especial de segurança para os desfiles de escolas de samba e blocos no Carnaval Folia é Aqui, em parceria com a Polícia Militar e com o apoio da Ditran-Divisão de Trânsito. Este ano mais um bloco na programação: o da ASCAFF, dos servidores municipais.
Os blocos desfilam no dia 26 e 27, a partir das 19 horas. As escolas de samba vão para a avenida no dia 27, às 21 horas, com a concentração na Avenida Prestes Maia (em frente ao quiosque Al Badah), e a dispersão na Praça Ton Ferreira. Desfilam as escolas Independente de Caraguá, Unidos do Samba e Unidos do Pé da Serra.
A Império do Litoral Norte apresentará o tema "Todo negro é rei" e espera levar para a avenida aproximadamente 90 integrantes. A escola, que já tem 20 anos e foi campeã por três vezes, ainda tem vagas na bateria e convida moradores e turistas para participar. Segundo o membro da escola, João Lindolfo Soares, ainda há fantasias disponíveis e sem custo, quem preferir algum modelo especial, pode encomendar. "Tivemos pouco tempo para preparar o desfile, mas acreditamos que será uma grande festa. A volta das escolas no Carnaval é a volta da alegria do povo e merece ser comemorada. Quem quiser desfilar deve entrar em contato pelo telefone (12) 3887-4023".
Os blocos de arrastão estão bem organizados este ano, como o Bloco Tudo de Bom, que já está reunindo o comércio da cidade para a Folia de Momo. "Em ritmo de copa do mundo" é o tema do Bloco que reúne representantes da Foccus Promoções e Eventos e o comércio local pela segunda vez. Foliões de toda a parte estão convidados para participar, basta adquirir o seu kit carnavalesco. O Bloco sai na avenida no dia 26, domingo, do Garage Bar, às 21 horas. Quem quiser ainda pode comprar o kit com camiseta, bandana e um adereço (informações 9157-4655 ou no site: www.foccuseventos.com.br).
O Bloco do Urso também promete muita animação este ano, com familiares e amigos se reunindo para mais uma folia de Carnaval. O samba "O urso levantou poeira" foi feito pelo sambista Chalinho. A organização disponibilizará 425 camisetas este ano, quem quiser participar deve entrar em contato com a Rádio Caraguá FM (3883-6111). A concentração do bloco vai acontecer no Bar do Hélio, a partir das 17 horas e a saída do bloco às 19 horas.
Já o Bloco da Cheirosa será a atração das quatro noites no Masaguacu, da Avenida Maria Carlota até a Praça Maria Carlota. A animação na Praia do Massaguaçu ficará por conta da banda Triplix. O Bloco é tradicional na região, e conhecido pela bebida preparada com pinga e cidreira e servida aos participantes.
E o tradicional Bloco das Piranhas prepara uma grande festa para comemorar os 30 anos. Empresários, médicos, comerciantes, políticos e muitos outros profissionais se unem para este movimento que leva mensagens de união, tradição, prazer, alegria, e principalmente, curtirem mais um Carnaval. Contato com o fundador do bloco pelo telefone 9782-0982 (João Luiz Passos). Concentração em frente ao restaurante mamaluá, às 18 h.
História do bloco:
Tudo começou nas décadas de 70 e 80, período áureo do Carnaval em Caraguatatuba. A folia contava com a participação direta da população, foi quando surgiram os primeiros blocos e escolas de samba.
O bloco saiu pela primeira vez com apenas vinte integrantes. A festa começava no antigo Caldinho do Jóia, onde todos, entre um caldinho e outro, curtiam os bailes do Recanto Ana. João Luiz (Égua), Santana (Turista), Tonho Cabel, Lula e outros; inspirados na piranha mais antiga da cidade (Chico Tanque), que já se vestia de mulher desde 1975, iam animar o Recanto Ana em trajes femininos. A partir daí o número de integrantes foi aumentando e atualmente o Bloco já conta com cerca de mil integrantes.
"Folia é Aqui" - A Secretaria de Turismo está preparando uma grande festa para turistas e moradores, abrindo a programação do Carnaval Folia é Aqui com o pré-carnaval, na noite de sexta-feira, dia 24, na Praça de Eventos, a partir das 22 horas.
No mesmo local vai acontecer o baile de carnaval, de 25 a 28, com shows musicais, sempre das 22h às 3 horas. Para garantir a segurança de todos, não será permitida a entrada de espuminhas nem de objetos cortantes. "A idéia é manter o mesmo padrão do carnaval do ano passado, com uma festa dirigida à toda a família. O baile popular terá entrada franca e será fechado para garantir a segurança de todos, queremos proporcionar tranqüilidade aos foliões", afirmou o secretário de Turismo, Ricardo Ribeiro.
A programação da Secretaria de Turismo não para por aqui. A animação na Praia do Massaguaçu ficará por conta da banda Triplix e do Bloco da Cheirosa, que já é tradicional na região, com a bebida preparada a base de pinga e cidreira. A Setur está disponibilizando um carro de som e cordão de isolamento para todos os blocos carnavalescos.
A Prefeitura em parceria com a Polícia Militar e com o apoio da Divisão de Trânsito, quer repetir o sucesso do Carnaval do ano passado, com índice zero de violência e criminalidade. As câmeras de vídeo farão o monitoramento da área central, em toda a Avenida da Praia.
Carnaval de Antigamente - O Carnaval de Antigamente é outra opção em Caraguá, e faz parte da programação da Fundação Cultural. Esta será a sexta edicão desta festa popular com gostinho de antigamente, as marchinhas, as músicas tradicionais e folclóricas do carnaval brasileiro, tudo é curtido com segurança por gente de todas as idades. A festa acontece de 25 a 28 de fevereiro, das 21 às 24 horas, na Praça Dr.Cândido Mota, com bailes populares e animação da orquestra New Band. O Baile infantil acontece no domingo de carnaval, das 16 às 18 horas, com concurso de fantasias infantil, adulto e de grupos mais animados, com direito a muitos prêmios. Os Bailes populares nos bairros acontecerão na Praça do Travessão e Entreposto do Porto Novo, de 25 a 28 de fevereiro, das 21 às 24 horas. (Fonte: PMC)

Verão Limpo nas praias de Caraguá
O prefeito de Caraguá José Pereira de Aguilar, o presidnete da CETESB Rubens Lara, o superintendente da Sabesp Ricardo Amadei, o secretário de Meio Ambiente de Caraguá, Auracy Mansano e outras autoridades e colaboradores estiveram presentes no lançamento do Verão Limpo 2006.

Caraguatatuba - O Programa Verão Limpo, da Cetesb e Secretaria de Estado do Meio Ambiente, foi lançado em Caraguá nesta sexta-feira, dia 10, e permanecerá na Praia do Aruan até domingo, dia 12 de janeiro.
A Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Caraguá em parceria com as secretarias de Saúde, Educação, e diversas Ong´s da cidade está apoiando o evento, levando educação ambiental e conscientização à turistas e moradores.
O evento está acontecendo no mesmo formato do ano passado, com tendas e espaços para atividades recreativas, sempre com o objetivo de educação ambiental. De acordo com o cronograma do Governo de Estado de Meio Ambiente, serão oferecidas oficinas de reciclagem, teatro de bonecos, brincadeiras de quintal e jogos para crianças e adultos.
O Verão Limpo oferece duas programações diferentes:
Programação 1
11 às 12h - oficina de reciclagem Tetra Pack
12 às 13h - teatro de bonecos
13 às 14h - oficina de reciclagem com aplicação de Quilling
14 às 15h - brincadeiras de quintal
15 às 18h - João Ecológico
16 às 17h - Jogos Caminho do Mar
17 às 18h - teatro de bonecos

Programação 2
10h às 11h30 - pirata
11 às 12h30 - intervalo com equipe da FAZESP
12h30 às 13h30 - festival das cores (pintando e aprendendo)
13h30 às 14h30 - dobradura com colagem
14h30 às 15h30 - jogos - encontrando um amigo
15h30 às 16h30 - horário para apresentação
16h30 às 17h30 - encerramento com equipe FAZESP.
(Fonte: PMC)
 

Notícias de Ilhabela Topo

Vulcano Portal da Palmeira

Ilhabela anuncia participação na Seatrade, em março, em Miami

Ilhabela - Ilhabela estará participando em março da feira das Companhias de Cruzeiros Marítimos Seatrade, na cidade de Miami nos Estados Unidos, no estande da Federação Brasileira dos Convention Bureau e da Embratur, juntamente com o Estado de Santa Catarina, a cidade de Búzios e o Estado do Rio de Janeiro. A informação foi divulgada esta semana pelo secretário de Turismo e Fomento, Ricardo Fazzini.
“A intenção é promover Ilhabela para um mercado internacional como destino turístico, proporcionando um contato direto com as companhias de cruzeiros”, enfatizou.
De acordo com o secretário, passam pela costa mais de 250 rotas de cruzeiros internacionais que não param nas cidades brasileiras, devido à falta de conhecimento.
Ainda segundo explica, o Brasil se firmou como ponto estratégico para várias companhias de cruzeiros marítimos, com a temporada brasileira para passageiros locais. Porém a falta de informação, o medo em relação à segurança de seus passageiros em portos na América do Sul e a falta de infra-estrutura fazem com que companhias de cruzeiro optem por capitais de grande porte.
Ricardo diz que atualmente Ilhabela conta com um dos melhores receptivos de na-vios do Brasil e, principalmente, auferiu o grande impacto econômico que esses navios trazem para a economia local.
Em 2001 Ilhabela recebeu cerca de 10 mil turistas de navios de cruzeiro, com uma receita estimada de R$ 836 mil para o comércio da cidade. Para a temporada 2005/2006 são esperados 54 mil turistas, com uma receita estimada de R$ 8 milhões 300 mil.
“Esses fatores foram fundamentais na decisão em participar da Seatrade, onde faremos a promoção de Ilhabela como porto de escala para navios com passageiros americanos e europeus”, salientou Fazzini.
Ele ainda destaca que o principal objetivo seria a captação de navios com passageiros americanos e europeus, que além de trazerem para o município um turista de excelente qualidade, que consome nas lojas, bares e receptivos locais, ainda proporcionará a divulgação de Ilhabela como destino de férias para esses mesmos turistas.
A Secretaria está preparando material técnico para este público específico. “Estamos indo com mais experiência e iremos apresentar um produto diferenciado”, disse.
O material ao qual se refere é uma revista técnica de 32 páginas em inglês, em fase de produção, onde constam nas páginas iniciais a apresentação da cidade pelo prefeito Manoel Marcos e pelo secretário, além de informações necessárias. Entre elas, a localização, porto de escala, funcionamento de desembarque, ancoragem, custo, infra-estrutura e passeios disponíveis, mapas e DVD, entre outras informações.
Fazzini esclarece que na revista constam todos os passeios disponíveis, assim como o receptivo turístico e que as escolhas que compõem os pacotes são feitas pelas próprias companhias marítimas. “Estamos participando da feira para vender Ilhabela como destino.
A partir da venda é praxe que as companhias enviem um técnico para a cidade para escolherá os receptivos que irão compor seus pacote”, esclarece.
Ilhabela já participou da feira em 2001, com mais nove portos brasileiros, o que segundo Ricardo foi decisivo para o aumento do número de escalas de navios de cruzeiro.
A feira - A Feira Seatrade é o maior evento mundial das companhias de cruzeiros marítimos, e será realizada entre os dias 13 e 16 de março. O objetivo da feira é ampliar os contatos com novos destinos, parceiros e fornecedores de produtos e serviços. Com mais de 100 paises representados e 950 estandes, a Seatrade é uma feira fechada à indústria dos cruzeiros marítimos, onde o público alvo se resume a pouco mais de 200 executivos das companhias.
Projetos Futuros - Além da participação em feiras nacionais e internacionais este ano a Secretaria de Turismo de Fomento enviou ao Ministério de Turismo 36 projetos para a melhoria de infra-estrutura de Ilhabela.
Entre os que se destacam estão a marina pública, ampliação do píer da Vila e o Centro de Convenções. Ricardo anunciou que no próximo dia 21 de fevereiro está agendada uma reunião com a secretária nacional do Programa de Desenvolvimento do Turismo, Maria Luiza Campos Leal, e o diretor de Infra-Estrutura Turística, Edras Nascimento para a viabilização dos projetos em destaque. (Fonte: Imprensa Livre)

DJ e artistas de circo animam carnaval em Ilhabela

Ilhabela - Circo, folia e alegria. Estes são os ingre-dientes da festa de carnaval preparada pelo recém-inaugurado DPNY Beach Hotel & Villa, em Ilhabela.
O evento, com data marcada para 25 e 26 de fevereiro e aberto a também a não hóspedes, promete agitar a praia do Curral com performances circenses, boa música e muita animação.
Nesta festa de “gente grande”, o DPNY Beach Hotel & Villa irá receber os foliões com estilo e charme.
Além do clima paradisíaco da natureza local, três ambientes espe-ciais, que incluem um lounge, um bar de praia e o restaurante do hotel, o Tróia, foram organizados para fazer a alegria dos foliões, inclusive com inovações no cardápio. Além disso, o hotel trará a irreverente da trupe do Circo Escola Picadeiro para divertir os festeiros de plantão.
Embalados pela música do DJ David Pires, do badalado Café de La Musique, além de outros DJs convidados para sessões de samba e axé music, os participantes poderão conferir de perto performances de contorcionistas, trapezistas, mágicos e muito mais.
Durante os dois dias de festa, cerca de 15 artistas circularão entre os foliões, apresentando shows a cada 10 minutos. Entre as apresentações programadas estão previstos números de pirofagia e o delicado balé dos tecidos.
Festa de Carnaval - DPNY Beach
Onde: Av José Pacheco do Nascimento, 7668 - Praia do Curral
Quando: 25 e 26 de Fevereiro – a partir das 21h00
Ingresso: R$ 80,00 (com direito a dois drinks e pulseira de identificação)
Local de compra: recepção do hotel – tel.: (12) 3894. 1127
Idade: a partir dos 18 anos
Segurança: garantida por 30 profissionais
Mais informações: www.dpnybeach.com.br  (Fonte: Imprensa Livre)

Procurado por tráfico na Alemanha morava há 20 anos na região

Ilhabela - O alemão Gerhard Hans Meyer Gleich, de 69 anos, era um pacato morador no bairro Ponta das Flechas, na cidade que viveu por quase 20 anos. Na tarde de quarta-feira, poli-ciais federais cumpriram um processo de extradição e um mandado de prisão expedido pelo STF (Supremo Tribunal Federal) atendendo ao governo da Alemanha.
A prisão foi feita por agentes da Superintendência da Polícia Federal de São Paulo, que tiveram apoio de policiais locais. O pedido assinado pelo ministro é datado de outubro do ano passado.
O alemão estaria vivendo legalmente no país. Sua situação atual era permanente, tendo residência fixa no sul de Ilhabela (leia abaixo), onde estaria morando sozinho, a cerca de 23 quilômetros da Barra Velha, e apresentou surpresa ao saber da prisão, segundo a Polícia Federal de São Sebastião.
O setor do Litoral Norte não soube informar o motivo pelo qual ele é procurado na Alemanha e nem o período em que estão tentando localizá-lo. “Apenas demos apoio aos policiais de São Paulo”, afirmou o delegado Dolival Quiles Correia.
A assessoria de imprensa da PF em São Paulo, explicou que o morador de Ilhabela é procurado na Alemanha pela prática de tráfico de entorpecentes.
Conforme a assessoria, Gleich reside no Brasil desde 1988 e desde então estava escondido em Ilhabela. A ordem de prisão foi determinada pelo Supremo Tribunal Federal, nos termos do Acordo de Cooperação Interna-cional entre Brasil e Alemanha.
O preso, informou a assessoria, foi encaminhado à Superintendência da Polícia Federal em São Paulo, recolhido à custódia e permanecerá à disposição do Supremo Tribunal Federal, aguardando a conclusão do processo de extradição.
Ex-vizinhos e empregados mostram surpresa na prisão de alemão
Antes de morar no sul da Ilhabela, o alemão Gerhard Hans Meyer Gleich, residiu no bairro do Portinho, onde manteve residência por 10 anos, segundo moradores.
Os vizinhos ficaram surpresos com a prisão dele, acusado de tráfico internacional de drogas. Para o porteiro de um condomínio, José Benedito Tavares, ex-vizinho de Gerhard, o pessoal do bairro gostava muito dele, apesar de destacar que ele era uma pessoa reservada.
“Nunca o vi com uma namorada e nunca recebia nenhuma visita. Ele vivia sozinho, com os seus cachorros e gatos”.
Já Denilson Gomes conta que construiu uma piscina para o alemão em 1989, na casa do Portinho. “Trabalhei na casa dele como ajudante de pedreiro. Nunca o vi usando droga ou algo parecido. Ele era um bom patrão e nunca atrasou o pagamento. Fiquei surpreso ao saber da prisão”, comentou.
Há cerca de cinco anos, segundo informações dos moradores, Gleich vendeu a propriedade do Portinho e se mudou para o sul da ilha, no bairro Pontas das Flechas e não era visto mais com tanta freqüência no bairro. “Mas sempre que passava no jipe ele dava um tchau”, disseram os moradores. (CK) (Fonte: Imprensa Livre)
 

Notícias de São Sebastião Topo

São Sebastião Superchic

Frente Olhar Por São Sebastião vai às escolas para verificar onde estão sendo aplicados os R$ 7 milhões do Projeto Aquarela

São Sebastião - O vice-prefeito de São Sebastião, Paulo Henrique Santana, anunciou que junto com os vereadores que integram a Frente Olhar Por São Sebastião vai fazer uma vistoria nas escolas municipais para saber quais foram os investimentos feitos pelo Projeto Aquarela, do Instituto Uniemp (Universidade Empresa).
De acordo com PH, a ini-ciativa decorre do veto do prefeito Juan Garcia ao projeto de lei do presidente da Câmara, Wagner Teixeira (PV), que solicitava um relatório mensal explicando como está sendo gasta a verba de R$ 7 milhões, repassada à Uniemp pela Prefeitura.
“Já que o prefeito vetou a prestação de contas e não há como ter acesso aos números de forma legal, nós vamos visitar cada escola da rede municipal para saber o que está sendo feito pelo Projeto Aquarela”, diz. De acordo com o vice-prefeito, por serem “homens públicos”, os vereadores teriam livre acesso aos prédios das escolas.
Ex-secretário - O vice-prefeito Paulo Henrique Santana, até meados de julho do ano passado, também ocupava a pasta de secretário da Educação, justamente na época em que a Prefeitura assinou o contrato com a Uniemp.
“Quando assumi a Secretaria nosso maior problema era estrutural. Um exemplo, é a escola de Barra do Sahy, aonde o teto chegou a desabar. Nesse período, o prefeito me apresentou o projeto chamado Sistema Integrado de Manutenção. O nome de Projeto Aquarela foi dado depois pela Prefeitura”, conta.
Após a assinatura do contrato, o vice-prefeito lembra que deu uma entrevista para o Imprensa Livre, afirmando que no valor do contrato estava prevista a reforma dos prédios públicos.
“Após a publicação da entrevista, o prefeito me ligou e falou que eu não podia mais me manifestar sobre o projeto com a imprensa. Depois de três dias os coordenadores do Aquarela desmentiram a notícia e disseram que se tratava apenas de Projeto Pedagógico Científico”, disse.
De acordo com o vice-prefeito, o auge da crise que culminou com a sua saída da Secretaria da Educação ocorreu na cerimônia em que o prefeito Juan Garcia apresentou o Projeto Aquarela para os professores da rede de ensino.
“Estava combinado que o prefeito passaria a bandeira do Projeto Aquarela para as minhas mãos e eu a entregaria para a diretora de escola mais antiga, mas isso não aconteceu. O prefeito passou para o secretário de Obras, então eu desci do palco e fui embora. Isso ocorreu na sexta-feira e na semana seguinte apresentei minha carta de exoneração do cargo”, diz.
De acordo com os vereadores Wagner Teixeira e José Cardim de Souza, que também integram a Frente Olhar Por São Sebastião, ainda essa semana o grupo vai definir as medidas que serão tomadas sobre o Projeto Aquarela e também sobre o projeto de lei de Juan, que permite a verticalização em áreas congeladas.
Vereadores - Ontem, a reportagem entrou em contato com todos os vereadores de São Sebastião, mas apenas três quiseram se manifestar sobre o assunto: Coringa, Wagner Teixeira e José Cardim de Souza. Os vereadores Solange Ramos e Robson Ceará alegaram ainda não ter lido a respeito dos salários milionários do Aquarela e ficaram de retornar a ligação. No caso dos vereadores Marcos Leopoldino e Dalton da Silva, quem atendeu aos telefonemas da reportagem foram assessores, e nenhum dos dois retornou a ligação. Os vereadores Kotian e Marcelo Matos não atenderam ao telefone.
Ministério Público - A Câmara de São Sebastião aprovou, por unanimidade, na última sessão de Câmara, um requerimento do vereador José Cardim de Souza, que pede que seja encaminhada uma cópia autenticada do contrato firmado entre a Prefeitura e o Instituto Uniemp - Projeto Aquarela, à Promotor de Justiça.
O vereador questiona se o contrato é revestido de legalidade; se para os serviços prestados pelo instituto precisam ou não de licitação; se os valores estariam superestimados e se tal atividade poderia ser desenvolvida por técnicos da Secretaria de Educação, entre outros.
Na mesma sessão, os verea-dores rejeitaram requerimento que pedia que uma cópia do contrato com a Uniemp fosse encaminhada também ao Tribunal de Contas do Estado.
Além disso, também foi lido o veto do prefeito Juan Garcia a projeto de lei aprovado pela Câmara, que obrigava a Prefeitura a apresentar um relatório mensal das atividades desenvolvidas pelo Projeto Aquarela junto à rede educacional do município. Ontem, a reportagem não conseguiu conversar com o promotor para saber se já havia recebido cópia do contrato com a Uniemp.
Repercussão:

“Se a Prefeitura tivesse contratado outra empresa que pagasse salários mais baixos poderia ter diminuído o gasto do erário público. Afinal, se os valores estiverem corretos, R$ 45 mil é quase quatro vezes o salário do prefeito”, diz o vice-prefeito de São Sebastião, Paulo Henrique Santana

“Eu fui o primeiro a denunciar o contrato feito com o Projeto Aquarela era dinheiro público mal utilizado. Em agosto, usei a tribuna da Câmara e fiz um balanço de tudo que poderia ser feito no município com R$ 7 milhões. É como tomar coca-cola: é muito bom, mas ninguém paga R$ 100”, diz o vereador de São Sebastião, José Cardim de Souza

“Quando fiz o Projeto de Lei pedindo os relatórios mensais da Uniemp era para demonstrar transparência, porque já tinha ouvido alguns boatos. Eu me surpreendi com os valores dos salários publicados na matéria. Quero ver o contrato e depois vou apurar com o jurídico da Câmara para saber quais as medidas cabíveis”, diz o presidente da Câmara de São Sebastião, Wagner Teixeira

“Para mim foi uma surpresa, como eu poderia saber que o diretor (do Projeto Aquarela) recebia esse salário (R$ 45 mil). É inacreditável. No entanto, a Uniemp é uma empresa privada, que tem seus próprios planos de salários”, diz o vereador de São Sebastião, o Coringa.

“Embora eu desconheça os detalhes do projeto, me parece incoerente o fato do executivo municipal não querer prestar contas mensais do mesmo. Ao meu entender, a transparência com o dinheiro público é premissa fundamental para um político sobreviver (no sentido político da palavra)”, diz o presidente do PSDB de Ubatuba, Hugo Gallo Neto

“Os valores apresentados são estratosféricos, fogem da realidade nacional, por isso carecem de melhor análise por parte dos Poderes Constituídos”, diz o 1º secretário da Câmara de Ubatuba, Charles Medeiros

“Esse salário fora da realidade é uma afronta aos cofres públicos e à população que paga impostos. Os funcionários públicos devem ser bem remunerados sim, mas conforme a realidade do município e a realidade nacional. É preciso que os fatos sejam bem apurados e bem documentados ,para que se punam os responsáveis por esse tipo de conduta”, diz o presidente do PT de Ubatuba, Maurício Moromizato

(Fonte: Imprensa Livre)

Juan diz que valores dos salários são responsabilidade da Uniemp

São Sebastião - O prefeito Juan Manoel Pons Garcia (PPS) alegou na tarde de ontem que a Prefeitura não tem nenhuma responsabilidade sobre os salários pagos a funcionários que prestam serviços à Uniemp (Instituto Universidade Empresa), empresa responsável pelo Projeto Aquarela no município.
Ontem o Imprensa Livre divulgou em sua seção “Curtas” que o Projeto Aquarela tem em seus quadros funcionários que recebem salários de até R$ 45 mil mensais. Somando dez meses de contrato, para 2006, um “diretor do projeto” tem salário de R$ 450 mil, enquanto um “consultor jurídico” ganha, no mesmo período, R$ 295,5 mil. Já um “consultor jurídico pleno” ganha um pouco “menos”: R$ 187,5 mil. Uma “assistente social pleno” recebe, de acordo com informações apuradas pela coluna, R$ 324 mil.
“Com relação a este assunto, não tenho nada a declarar”, resumiu o prefeito na tarde de ontem, após participar da entrega de defensas de atracação instaladas nos píeres do Tebar (Terminal Marítimo Almirante Barroso). Mas, depois, declarou que “o pagamento dos salários é responsabilidade da empresa”, se referindo à Uniemp. “O contrato está dentro da legalidade”, garantiu.
“A minha maior preocupação é que hoje eu tenho que atender cerca de 30 mil alunos da rede municipal, e a Prefeitura gasta R$ 23,33 por aluno para mantê-los nas escolas, ou seja, menos de R$ 1,00 por dia”, explicou. Os cálculos feitos por ele foram declarados à reportagem para explicar o alto custo do Projeto Aquarela. “Os investimentos (na educação) são bastante satisfatórios”, concluiu o prefeito.
Silêncio
A reportagem procurou na tarde de ontem, na sede do Projeto Aquarela, o consultor Luiz Augusto, mas foi informada por um funcionário de que ele estaria na cidade apenas na segunda-feira. Ele é um dos responsáveis pela implantação do projeto.
O Projeto Aquarela funcio-na em uma residência ajardinada e espaçosa, com amplo estacionamento, voltada de frente para o mar, no número 210 da avenida Dr. Manoel Hypollito do Rego, na Praia Deserta, região central de São Sebastião. É uma região cercada por casas de alto padrão. Não há placas de identificação no local. Sabe-se que a residência é sede da empresa pelo entra e sai de veículos com identificação do projeto, que têm placas de outros municípios.
A secretária municipal da Educação, Marilene Ramachoti Leite, também foi procurada pela reportagem, mas avisou, por meio de sua secretária, que apenas se manifestaria por intermédio da assessoria de imprensa da Prefeitura que, naquele horário, já havia encerrado o expediente. Ninguém na sede da Uniemp em São Paulo foi localizado para explicar o caso. (Fonte: Imprensa Livre)

Ibama/SP não confirma fechamento de escritório em São Sebastião

São Sebastião - A Assessoria de Comunicação do Ibama em São Paulo não confirmou ontem a informação de que o escritório do órgão em São Sebastião seria fechado e o atendimento transferido para Caraguatatuba.
A notícia sobre o fechamento repercutiu mal na comunidade e motivou a divulgação de uma carta dos técnicos locais do Ibama, com considerações sobre os prejuízos da medida, em que pedem que a decisão seja reconsiderada.
Também houve manifestações da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), do vereador Kotian e de entidades ambientalistas, que consideraram a decisão como mais um passo do Ibama em sua estratégia de fragilizar a Estação Ecológica Tupinambás e a abandonar a defesa do Arquipélago de Alcatrazes.
O desmentido, feito ontem por meio de nota assinada pelo assessor de comunicação do Ibama/SP, Airton De Grande, diz que “não há nenhuma posição tomada a respeito da mudança de unidades do Ibama no Estado. Freqüentemente, são veiculadas informações desse tipo, causando embaraço a servidores do Ibama e também aos nossos parceiros nos diversos municípios. Qualquer decisão desse tipo será comunicada imediatamente a toda a imprensa, para pleno conhecimento da sociedade”.
A informação sobre o fechamento do escritório teria sido dada pela própria gerente paulista do Ibama, Analice de Novaes Pereira, na última segunda-feira, durante reunião com as equipes de Caragua-tatuba e São Sebastião. A reunião teria acontecido em Caraguatatuba e incluído até uma visita ao imóvel, já selecio-nado, que iria sediar o novo escritório a ser usado pelas duas equipes unificadas.
Prejuízos - A decisão de mudança teria sido tomada sem qualquer tipo de consulta à equipe de São Sebastião, formada por quatro técnicos – dois geólogos e dois técnicos administrativos.
O argumento apresentado pela gerente teria sido a contenção de custos e unificação das equipes visando o fortalecimento do órgão na região. A notícia teria causado estranheza, uma vez que até julho passado estudava-se justamente o fechamento do escritório de Caraguatatuba.
Na carta divulgada pelos funcionários locais há considerações sobre o tipo diferenciado de trabalho que as duas equipes realizam.
Em Caraguatatuba, onde o Escritório Regional tem cinco funcionários, o trabalho inclui principalmente licenciamentos ambientais e fiscalização. Já em São Sebastião, onde está a sede da ESEC (Estação Ecológica Tupinambás), há um intenso trabalho de educação ambiental junto às escolas do município e no entorno da unidade, apoio às pesquisas realizadas na estação e sua fiscalização.
O documento lembra que o Conselho Consultivo da ESEC, que reúne vários órgãos e entidades do município, realiza suas reuniões em São Sebastião. Isto, aliado às necessidades da fiscalização – 90% dos 2.445 hectares da estação estão em São Sebas-tião, e o restante em Ubatuba – iria exigir o deslocamento constante da equipe entre as duas cidades, aumentando custos. O documento foi enviado aos membros do Conselho Consultivo, como Câmara Municipal e OAB, e também à sede do órgão em Brasília.
Para o ambientalista Eduardo Hipólito do Rego, presidente do Instituto Educa Brasil, “esta é mais uma burrada do Ibama, mais uma tentativa de fragilizar a nossa estação ecológica. Primeiro foi o desembargo de Alcatrazes, permitindo a continuidade dos tiros da Marinha.
Agora querem enviar para longe a fiscalização e o corpo técnico da estação, que já é pequeno. Vamos perder ainda um grande espaço cultural pois a sede do Ibama no município é um ponto de visita para as escolas, com muitas fotos, painéis e muita informação sobre a estação; além de dar vida a um imóvel histórico”.
Hipólito afirma que a colocação sobre custos “é ridícula. Com todas as viagens que a equipe terá que fazer para poder trabalhar a despesa será muito maior”. O presidente do Educa Brasil disse ainda que já tem o apoio de outras quatro entidades para tentar reverter a decisão junto à sede do Ibama, em Brasília. (Fonte: Imprensa Livre)

Prefeitura consegue apoio de empresário para construção de Centro de Lazer no Itatinga

São Sebastião - A Prefeitura de São Sebastião conseguiu o apoio da empresa "Skanska Brasil Ltda" para a construção do Centro de Lazer do Itatinga. Segundo ele, a garantia da parceria foi dada pelo diretor da construtora, Raul Bianco, durante a entrega das novas defensas do píer de atracação de navios do Tebar (Terminal Almirante Barroso), na última quinta-feira (09/02). "Assumiu o compromisso, pois entendeu que sua empresa se instalou em um bairro bastante carente. Ficou sensibilizado com o número de crianças no bairro e se ofereceu para investir na obra", disse o prefeito.
O Centro de Lazer do Itatinga faz parte de um conjunto de obras anunciado pela Prefeitura de São Sebastião para este ano com investimento de R$ 50 milhões. Além de um campo de futebol, o complexo contará com quadra poliesportiva, pista de skate e parque infantil.
A área fica bem ao lado do Conjunto Habitacional do Servidores Municipais. "Esta iniciativa do empresário nos sensibiliza. Isto se deve a postura que esta administração tem adotado, em incitar a comunidade e os empresários a agirem com responsabilidade social", concluiu Dr. Juan. (Fonte: PMSS)

Presidente da Câmara quer acabar com jeton e recesso em julho

São Sebastião - O presidente da Câmara de São Sebastião, Wagner Teixeira (PV), apresentou na primeira sessão do ano, realizada na última terça feira, 7, o projeto de Lei 005/06 - que dispõe sobre o fim do pagamento do "jeton", verba paga aos vereadores quando convocados para sessões extraordinárias.
De acordo com o presidente da Casa, o objetivo de acabar com o jeton é otimizar os trabalhos do Poder Legislativo, tendo em vista que na esfera federal já há propositura semelhante.
"Os recursos públicos devem ser tratados com respeito e seriedade, desta forma podemos dirigi-los com mais eficácia", argumentou Teixeira.
Só em dezembro o prefeito Juan Garcia, solicitou duas sessões extraordinárias. Em janeiro outras duas também foram realizadas a pedido do prefeito. No total em espécies foram gastos cerca R$ 19 mil só com os pagamentos dos jetons.
Fim do recesso - Outra forma de otimizar os custos é reduzir o recesso de julho para apenas 15 dias. Essa proposta também foi apresentada pelo presidente Wagner Teixeira, por meio de um projeto de resolução que está sendo analisado pelos edis.
"Todos essas propostas tem o objetivo de economizar. Podemos retornar esse dinheiro para a população em forma de benfeitoria à comunidade", concluiu Teixeira.
Os projetos estão em andamento e tem o prazo de 90 dias para serem aprovados ou não.
(Fonte: Câmara Municipal de São Sebastião)


Projeto vetado pela Prefeitura é lei em São Paulo e Campinas

São Sebastião - O projeto de lei que obriga as agências bancárias de São Sebastião a manter guarda-volumes à disposição dos usuários foi vetado pelo prefeito Juan Garcia.
Ele questiona a constitucionalidade do projeto alegando que é de competência da União legislar sobre o setor.
Entretanto, a justificativa do prefeito não convenceu o vereador José Cardim de Souza, autor da propositura.
"Esta lei já existe na cidade de São Paulo, foi sancionada pelo prefeito José Serra no ano passado com parecer jurídico favorável. Me causou surpresa o veto", declara Cardim.
Também na cidade de Campinas uma lei semelhante está em vigor desde o dia 17 de janeiro.
O vereador justifica que o objetivo da medida é evitar que os clientes dos bancos que possuam portas com detector de metais enfrentem constrangimentos.
"Esse dispositivo gera inconvenientes desnecessários obrigando o usuário a se desvencilhar de seus objetos metálicos que impedem a entrada no estabelecimento, causando tumulto em certas ocasiões", comenta.
Ele cita como exemplo o caso das mulheres, que muitas vezes têm que exibir o conteúdo das bolsas.
De acordo com o projeto, os armários guarda-volumes devem estar localizados antes das portas giratórias em uma quantidade compatível com o fluxo de pessoas de cada agência.
Seriam entregues chaves individuais que ficariam de posse do usuário enquanto permanecer dentro do estabelecimento.
O descumprimento da lei teria como conseqüência a aplicação de multa diária no valor de R$ 1 mil. O projeto ainda concede aos bancos o prazo de 90 dias para adequação às novas determinações.
O veto está sendo analisado pela Comissão de Justiça da Câmara e será levado ao plenário dentro de 30 dias onde os vereadores poderão acatar ou derrubar o veto.
(Fonte: Câmara Municipal de São Sebastião)


Projeto de verticalização é entregue ao presidente da Câmara durante a primeira sessão do ano

São Sebastião - O prefeito de São Sebastião, Juan Manoel Pons Garcia (PPS), entregou ontem em mãos, ao presidente da Câmara, durante a primeira sessão do ano, o projeto de lei complementar que cria as Zonas Especiais de Interesse Social - ZEIS, que autoriza a construção de prédios até cinco andares no município.
De acordo com o projeto, as ZEIS, são porções do território destinadas, prioritariamente, à recuperação urbanística, à regularização fundiária por assentamento irregular já existente e produção de habitações de interesse social - HIS, incluindo a recuperação de imóveis degradados, a provisão de equipamentos sociais e culturais, espaços públicos, serviço e comércio de caráter local. Ainda conforme o projeto, a ZEIS, é a área ocupada por população de baixa renda, abrangendo favelas, loteamentos e parcelamentos irregulares e precários, empreendimentos habitacionais de interesse social, visando a regularização fundiária das ocupações já existentes.
Segundo o prefeito, o investimento em casas populares na cidade só é financeiramente viável quando se constrói moradias de até cinco pavimentos. Por isso a necessidade de verticalização. "Na Vila Tropicanga, (Costa Sul do município) por exemplo, moram 180 famílias e seria preciso 30 mil metros quadrados de terrenos titulado se fosse para construir casinhas", argumentou.
Para o presidente da Câmara, Wagner Teixeira (PV), que é contra a verticalização, apenas a população irá convencê-lo a mudar de idéia.
"É triste participar de uma legislação que vai de 2005/2008 e depois ser apontado como a primeira legislação que autorizou a verticalização no município. Vou consultar todos os setores da sociedade, com debates, audiências e a partir disto à população irá me dizer de que forma deseja viver em São Sebastião. Na minha opinião o prefeito precisa encontrar outra alternativa, porque não é a população que precisa ir atrás de terreno. O projeto é relevante, tem cunho social, mas eu só mudo minha opinião depois de ouvir a comunidade", concluiu Teixeira.
Plano Diretor - No Plano Diretor elaborado em 1998 e que teve seu prazo expirado em dezembro do ano passado, a cidade definiu que não permitiria a construção de prédios porque havia estoque de terra suficiente para o adensamento no município.
Hoje, São Sebastião tem um crescimento que gira em torno de 5% ao ano. No entanto, na opinião do ex- secretário de Meio Ambiente, Eduardo Hipólito, a situação não mudou. Não havendo desta forma a necessidade de verticalização. (Fonte: Câmara Municipal de São Sebastião)
 

Notícias de Ubatuba Topo

Restaurante Solar das Águas Cantantes Mais Skate Gaivota

Prefeitura encerra convênio e Centro de Zoonoses assume canil

Ubatuba - A Secretaria de Saúde do município assumiu oficialmente, no último dia 6, a responsabilidade pelos cães que vinham sendo cuidados pela Associação de Proteção aos Animais de Ubatuba (Apauba).
Com o final do convênio entre Prefeitura e Apauba, o Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) passará a realizar também as castrações dos animais da cidade, anunciou ontem a assessoria de imprensa da Prefeitura.
A decisão de romper o convênio, que existia desde 2003 e repassava à entidade uma verba de R$ 10 mil ao mês, foi tomada, de acordo com a Prefeitura, a partir da deliberação do Conselho Municipal de Saúde (Comus), aliada a uma determinação do Ministério Público.
Os objetivos anunciados são proporcionar melhores condições de vida aos cães, bem como diminuir os custos dessas atividades, uma vez que as castrações serão a partir de agora realizadas por profissionais da própria secretaria.
Reestruturação - O Centro de Controle de Zoonoses está passando por uma adequação para receber os cães que estão abrigados no canil da Apauba. Em setembro a Secretaria de Saúde contratou uma veterinária, profissional que não existia até então. Duas novas vagas serão abertas, através de concurso, ainda este ano.
As obras de ampliação do CCZ devem ser inauguradas no dia 10 de março. Em relação às castrações, a Secretaria de Saúde anunciou que está adquirindo uma unidade móvel, que levará esse serviço aos bairros. Segundo o secretário de saúde, Marcos Franco, a medida proporcionará um atendimento igualitário às comunidades, atingindo até mesmo os bairros mais distantes.
O secretário afirma ainda que está sendo criado um conselho gestor de unidade, voltado para as ações do CCZ. Esse conselho será formado por entidades como a Apauba e também por pessoas interessadas.
Novas funções - “O verdadeiro papel de uma instituição como a Apauba é realizar um trabalho de conscientização com a comunidade, estimulando a posse responsável de animais. Além disso, por ser uma sociedade defensora dos animais, é preciso verificar denúncias de maus tratos e promover campanhas de doação de animais abandonados”, afirma a presidente da Apauba, Maria Angela Pagliacci.
“A responsabilidade da Secretaria de Saúde, neste sentido, é realizar o controle de zoonoses no município. Isso significa que, além das campanhas de vacinação, a administração pública tem que se preocupar com o controle da população canina e a guarda dos animais abandonados”, salienta o chefe de saúde coletiva, Antônio Jorge Araújo.
Ambas as partes afirmam que a transição está acontecendo amigavelmente e que o trabalho conjunto determinará uma melhora significativa, tanto na vida dos animais quanto no atendimento à população. O prefeito Eduardo César diz que considera positiva a mudança, uma vez que ações eram onerosas e os recursos, insuficientes. (Fonte: Imprensa Livre)

PM e Civil desmontam dois pontos de tráfico no mesmo dia

Ubatuba - As Polícias Militar e Civil desmontaram na manhã e noite de quarta-feira dois pontos de tráfico de crack e maconha na cidade. Três pessoas foram presas e 44,5 gramas dos entorpecentes apreendidos.
Em Maranduba, policiais da delegacia da cidade prenderam E.R.F., de 25 anos, e T.R.S., de 23 anos, que alegaram ser guias turísticos.
Na casa deles a polícia encontrou uma porção grande de 25,6 gramas de maconha e outras menores pesando o total de 17 gramas.
Também foi apreendida com a dupla uma balança, material para embalar a droga, R$ 244,00 e U$ 5,00. A operação da Polícia Civil partiu de uma denúncia anônima.
Crack - Na noite do mesmo dia, o flagrante aconteceu no bairro Perequê-Açu. A Polícia Militar prendeu a dona de casa R.L.F.C., de 38 anos. A prisão também partiu de denúncia anônima de que a mulher estaria traficando há algum tempo.
Os policiais verificaram que havia um movimento intenso na frente da casa da suspeita, inclusive flagraram o momento em que ela entregava algo para uma pessoa no portão. Com a aproximação policial, este usuário saiu correndo, jogando no chão o que a polícia constatou ser uma pedra de crack.
Na casa dela, em cima de um armário na cozinha, dentro de um estojo escolar, foram apreendidas mais cinco pedras do mesmo entorpecente com as embalagens iguais a que o usuário jogou no chão.
A mulher negou o tráfico, alegando que guardava a droga, que pesou cerca de dois gramas, para um amigo. Ela foi conduzida à delegacia, onde se registrou o tráfico de entorpecentes.
 (Fonte: Imprensa Livre)

CONVITE da ACIU

Ubatuba - Com o objetivo de conscientizar a população e regulamentar o parágrafo 5º do artigo 150 da Constituição federal que determina a discriminação dos impostos, a Federação das Associações Comerciais do estado de São Paulo- FACESP e as entidades que participam da Frente Brasileira Contra a MP 232 lançaram a mais recente ação do movimento De Olho no Imposto denominada "Eu tenho esse direito"
Este evento será no próximo dia 15 de fevereiro (quarta feira), em São José dos Campos (Av Teotônio Vilela- s/n próximo ao Paço Municipal), durante o dia, será mostrada à população a quantidade de impostos que nós pagamos.
Os interessados em participar do evento em São José dos Campos terão condução gratuita. O ônibus sairá da Associação Comercial de Ubatuba (Rua Dona Maria Alves, 587- Centro) no dia 15 de fevereiro às 5h45.
O evento contará com:
8h30- café da manhã
9h30- Apresentação Movimento de olho no imposto(empreendedores e lideranças naturais)
11h00- coletiva
12h00-Abertura do evento De olho no imposto (publico em geral)
13h00- Almoço com lideranças (Grupo de mobilização regional)
15h00- visitas a veículos de comunicação e entidades importantes.
Os interessados ligar para a Assessoria de Comunicação da ACIU 3832 1449 ou preencher a ficha no balcão de atendimento da ACIU. (Fonte: ACIU)

CURSO na ACIU- APRENDER A EMPREENDER - TELESSALA SEBRAE

PROGRAMAÇÃO DO CURSO:

1- O Empreendedor : o que é um empreendedor, um País de Empreendedores, a Educação Empreendedora, uma nova Ordem Mundial, as Características do Comportamento Empreendedor;
2- Mercado: Consumidor, Concorrente, Fornecedor, Marketing, os 4 P´s do Marketing;
3- Os Números da Empresa: Custo Fixo, Custo Variável, Margem de Contribuição, Ponto de Equilíbrio, Calculando o Lucro e o Prejuízo, Conhecendo o resultado da Empresa, Capital de Giro e Fluxo de Caixa, Plano de Negócios;
PÚBLICO ALVO: donos de negócios formal e informal, futuros empreendedores que estão abrindo um pequeno negócio, autônomos, produtores rurais.
PRÉ-REQUISITO: idade a partir de 16 anos, portadores de documentação (CIC e RG), que possuam escolaridade a partir do Nível Fundamental.
VALOR : As inscrições são GRATUITAS
DATA: março (assim que completar 21 pessoas) HORÁRIO: à definir
Carga Horária: 24 horas.
Local: Associação Comercial de Ubatuba (rua Dona Maria Alves 587- Centro)
(Fonte: ACIU)

Conselho Municipal de Desenvolvimento toma posse em Ubatuba

Ubatuba - A Prefeitura de Ubatuba empossou na manhã desta sexta-feira, 10, os membros do Conselho Municipal de Desenvolvimento (CMD), em solenidade realizada no auditório da E.M Tancredo de Almeida Neves. No início do evento a Assessora de Expediente de Gabinete, Denise Silveira, fez uma breve explanação sobre a natureza jurídica e as competências do CMD.
O CMD foi criado pela Lei 1103 de 4 de novembro de 1991, pelo então prefeito José Nélio de Carvalho, que esteve presente na mesa de honra da solenidade, representando o Ministério das Cidades. A seu lado na mesa esteve o prefeito Eduardo César (presidente do Conselho), o secretário de Arquitetura e Planejamento Urbano, Rafael Ricardi Irineu (empossado como secretário executivo do CMD) e o vereador Cláudio Gulli, representando o Legislativo.
"Hoje é um marco na história de Ubatuba porque estamos retomando o sistema de planejamento municipal. Ubatuba é pioneira em termos de conselhos e mesmo antes da Constituição de 1988, que exige atos concretos de democracia direta por meio dos mesmos, Ubatuba já o fazia, mas agora será com maior abrangência, com o CMD assumindo sua real função e integrando-se aos demais conselhos", disse José Nélio de Carvalho.
O secretário Executivo empossado, Rafael Ricardi Irineu, garantiu que os trabalhos serão realizados da maneira mais transparente possível, difundindo as prioridades e diretrizes.
Para o prefeito Eduardo César a solenidade representou um sonho tornando-se realidade. "O CMD tem que atuar com imparcialidade, cobrando da administração quando houver necessidade. A sociedade deve participar e se unir em prol do nosso município", acrescentou o prefeito. "Peço a Deus que direcione os passos do Conselho para que tenhamos a cidade com a qual sonhamos, agindo sem diferenças partidárias, religiosas e raciais".
Para a solenidade foram convidados secretários municipais, além de representantes das entidades da administração indireta e da comunidade local, indicados pelas associações representativas de cada área e que fazem parte do CMD.
Atribuições do CMD - O Conselho empossado é um órgão consultivo do prefeito, que tem por atribuição orientar e acompanhar o processo de planejamento permanente do município, articulando a produção dos demais conselhos e comissões existentes e que venham a ser criados; dar parecer sobre planos, programas e projetos que visem o desenvolvimento municipal e encaminhar sugestões para a realização de planos setoriais.
O CMD deverá também absorver as competências do Plano Diretor Participativo, acompanhando a elaboração do mesmo e seu processo de implantação, avaliando resultados e adequando as diretrizes adotadas, fornecendo indicações para o conteúdo das revisões e atualizações.
O Plano Diretor - O Plano Diretor Participativo é uma lei municipal que deve ser aprovada pela Câmara e que tem o objetivo de organizar o crescimento e funcionamento da cidade. Segundo o Ministério das Cidades, a intenção é garantir a todos os cidadãos um lugar adequado para morar, trabalhar e viver com dignidade, proporcionando acesso à habitação, saneamento ambiental, transporte e aos serviços e equipamentos urbanos.
A finalidade de se construir um Plano Diretor é encontrar soluções para os problemas que afligem os moradores de cidades que cresceram de forma excludente e desequilibrada. O Plano Diretor também contribui para a construção da política nacional de desenvolvimento urbano.
Até outubro deste ano, todos os municípios com mais de 20 mil habitantes devem ter seus Planos Diretores aprovados nas Câmaras. Os Planos aprovados há mais de 10 anos devem ser revistos.
A elaboração do Plano Diretor Participativo é feita por uma equipe da Prefeitura, em conjunto com representantes da sociedade. O Estatuto das Cidades prevê a obrigatoriedade da participação popular por meio de reuniões preparatórias e audiências públicas.
CMD em ação - Na solenidade de posse dos membros do CMD já foi definida uma próxima reunião para o dia 23 de fevereiro, que deverá discutir o regimento interno do Conselho e fazer o acompanhamento das reuniões temáticas de cada setor do CMD. Nesta reunião todas as entidades que por algum motivo não puderam comparecer à posse, serão convidadas pela Prefeitura e empossadas.
As reuniões setoriais do CMD serão descentralizadas, comandadas pelos secretários municipais, que devem organizá-las com as pessoas envolvidas com as respectivas áreas. Pessoas que tiverem interesse em participar ativamente de qualquer setor devem procurar o membro do CMD responsável por sua área de interesse.
Plano Diretor na prática - Os trabalhos do Plano Diretor de Ubatuba já estão em andamento, com um grande cronograma de reuniões e outras datas a serem confirmadas nos próximos dias. Na próxima reunião do CMD, marcada para o dia 23 de fevereiro, este cronograma deve ser definido para os seguintes eventos: reunião de lançamento do Plano Diretor; reunião de trabalho na região central e reuniões de lançamento do Plano nas regiões sul, norte e oeste.
Nesta mesma reunião do CMD serão iniciadas as coletas de informações vindas das reuniões setoriais que forem realizadas até a referida data, para que estas sirvam de subsídio na elaboração do Plano Diretor Participativo. (Fonte: Assessoria de Comunicação - PMU)
Confira a formação do CMD de Ubatuba:
I - Presidente: Eduardo de Souza Cesar
II - Secretário Executivo: Rafael Ricardi Irineu
III - Representante da Secretaria Municipal de Assuntos Jurídicos:
Dr. Marcelo Santos Mourão;
IV - Representantes das Secretarias da Prefeitura Municipal:
Sec. Municipal de Administração: Silvio Bonfiglioli Neto;
Sec. Municipal de Agricultura, Abastecimento e Pesca: Valéria Cress Gelli
Sec. Municipal de Arquitetura e Plan. Urbano: Armindo Louro Fernandes;
Sec. Municipal de Educação: Patrícia Gomes Veloso Pereira;
Sec. Municipal de Esportes e Lazer: José Luiz Bittencurt Junior;
Sec. Municipal de Fazenda: Gilson Ferreira da Silva;
Sec. Municipal de Meio Ambiente: Cristiane Aparecida Gil Guimarães;
Sec. Municipal de Obras e Serv. Públicos: João Paulo Rolim;
Sec. Municipal de Cidadania e Desenv. Social: Kátia Regina Gomes Nunes;
Sec. Municipal de Saúde: Dr. Marcos da Silveira Franco;
Sec. Municipal de Turismo: Luiz Felipe Azevedo;
V - Representantes das Entidades da Administração Indireta do Município:
FUNDART - Martiniano Nelson Viana;
FUNDAC - Josiane Brunácio Grunvald;
EMDURB - Edson Pereira Barros;
COMTUR - Marcos Antonio Gilheta;
VI - 01 Representante de cada uma das seguintes áreas da Comunidade local, indicados pelas associações representativas da cada área, dentre seus membros:
a) comércio e prestação de serviços:
- Célio Morais Stefani;
- Marcos Veloso;
b) representante da 119º Sub-Seção - OAB/SP;
- Luiz Celso Rocha
- Thomas De Carle Gottheiner
c) profissionais liberais da indústria da construção:
- Engº Carlos Alberto Mendes de Carvalho;
- Engº Mauro Sérgio Bezerra;
d) profissionais liberais da Saúde:
- Dra. Estela Zemel;
- Dr. André Pereira Guimarães;
e) representante da Assoc. Prof. do Ensino Oficial do Estado de São Paulo - APEOESP:
- Sandra Mara Defendi;
- Marcio de Oliveira;
f) profissionais da Educação:
- Luciana Valério Cunha;
- Renata Ramos Martins;
g) representante do turismo e hotelaria:
- Jorge Ribeiro do Valle;
- Marco Antonio Ruggiero;
h) representante da industria da construção:
- Mário Duarte Lages;
- José Carlos Tadioto;
i) representante dos movimentos ambientalistas:
- Roberto Francine Junior
- Fabian Alberto Pérez
j) representante da atividade pesqueira e maricultura:
- Helder Jorge Gomes Marques;
- Ana Maria Paschoal da Cruz;
VII - 02 (dois) cidadãos detentores de notório saber sobre a realidade do Município, de livre escolha do Prefeito Municipal:
a) Arq.º Renato Nunes
b) Ézio Pastori
VIII - Representantes das Sociedades de Amigos de Bairros:
a) REGIÃO SUL:
- Sr. Fernando Pedreira Júnior (Soc. Amigos do Balneária Santa Cruz);
- Sra. Silvana Aparecida de O. Silva (Assoc. dos Moradores, Companheiros e Amigos da Folha Seca);
b) REGIÃO OESTE:
- Sr. Adilson Aparecido Lopes da Silva (Soc. Amigos do Bairro do Ipiranguinha);
- Sr. Hermínio Leite (Assoc. Moradores do Pq. dos Ministérios);
c) REGIÃO NORTE:
- Sr. Renato de Paula Vella (Soc. Amigos do Itamambuca);
- Sr. Roberto Rodrigues dos Santos (Soc. Amigos do Bairro do Puruba);
(Fonte: PMU)

Ubatuba realiza carnaval de norte a sul

Ubatuba - O Carnaval de Ubatuba em 2006 terá como novidades os carros de som que animarão a festa nos extremos sul e norte da cidade. Na região sul, a concentração acontece na Praia da Maranduba e no Norte, o carro de som fica na Praia de Ubatumirim. Já na Avenida, a alegria fica por conta dos blocos tradicionais, desfilando sambas-enredo, marchinhas e fantasias.
Abrindo a festa, na sexta-feira, dia 24, o Galo da Meia-Noite adentra a Avenida Iperoig soltando fogos de artifício na Ponte do Perequê-Açu e distribuindo cerveja a R$ 1,00 aos foliões uniformizados com a camiseta do bloco. Durante o carnaval, desfilam também o famoso bloco da Caxorrada, que tem como principal característica a troca de sexo. Mas não precisa se preocupar! É só a vestimenta. Homens se vestem de mulheres e vice-versa. A irreverência desse bloco atrai mais adeptos a cada ano.
A alegria inocente do carnaval de marchinhas será homenageada pelos blocos "Recordar é Viver", comandado pela seresteira Dona Ophélia e pelo "Guaruçá", um grupo cultural formado por escritores e amantes da arte e poesia. Eles prometem trazer para a festa ubatubense uma série de novas marchinhas animadas por coreografias e encenações.
Carnaval à moda antiga - Para quem gosta do carnaval tradicional, a alegria fica por conta do Baile Carnavalesco que acontecerá na Praça Exaltação da Santa Cruz, a partir das 21h. A Fundart programou um carnaval à moda antiga, com máscaras, bonecões, fantasias de melindrosas, marinheiros, pierrôs, ciganos, havaianos e etc. Os bailes contarão com a presença de blocos tais como "O Guaruçá" e "Recordar é Viver", que irão mostrar sambas, brincadeiras e marchinhas tradicionais. Para isso, as ruas laterais serão bloqueadas e a Banda Lira, sob o comando do regente Valdeci dos Santos, animará a festa do momo.
I Festival de Marchinhas é adiado por conta das chuvas - O I Festival de Marchinhas, que aconteceria durante este final de semana, dias 11, 12 e 13, teve que ser adiado devido às fortes chuvas que atingiram a cidade nos últimos dias. É que os desabrigados estão alojados no Ginásio de Esportes Tubão, local em que o evento aconteceria. O coordenador do evento, Nei Martins explica que o Ginásio é um ponto de fuga determinado pela Defesa Civil Estadual para essa função. "Infelizmente, teremos que adiar a execução do Festival, mas tenho certeza que isso não diminuirá o brilho do evento, que está sendo aguardado ansiosamente pelos participantes". Com a mudança, o I Festival de Marchinhas Carnavalescas acontecerá nos dias 17, 18 e 19 de fevereiro.
Criatividade e bom humor - Mensalinho, O Dólar da Cueca, O Sumiço do Corrupto, Sou Deputado e Daputada são algumas marchinhas que devem mexer com o público no "I Festival de Marchinhas Carnavalescas" da Fundart. São mais de trinta participantes que vão disputar troféus e premiações em dinheiro. As músicas foram arranjadas pelo maestro Valdecy dos Santos, da Banda Lira Padre Anchieta, que também acompanhará os participantes nos dias do festival. Das 30 marchinhas inscritas, 15 serão apresentadas no primeiro dia e 6 serão escolhidas. O mesmo procedimento acontecerá no segundo dia, totalizando 12 finalistas. No terceiro e último dia, serão escolhidas cinco marchinhas, que serão premiadas de acordo com a sua colocação. Os critérios de avaliação serão: melhor letra e melhor interpretação.
"Queremos resgatar o carnaval tradicional do interior de São Paulo, trazendo novos compositores e criando aquele clima gostoso com máscaras, blocos e marchinhas em que toda a família pode participar", diz Ney Martins, idealizador do concurso. Ele lembra que nos antigos carnavais ubatubenses, era comum os foliões comporem suas próprias marchinhas e que na década de 70, esse costume foi sendo deixado de lado.
Dentre os participantes do I Festival de Marchinhas Carnavalescas, estão nomes conhecidos em Ubatuba, como: Dona Ophélia, Capop, Benetti, Zezinho Marques, Cláudio Serra, Arcélio Manoel, o grupo "O Guaruçá" e muitos outros. O público terá entrada franca. (Fonte: PMU)

Deputado aprova emenda de R$ 100 mil para obras de infra-estrutura para a cidade

Ubatuba - O deputado estadual Marcelo Bueno esteve na manhã desta sexta-feira, 10, em reunião com o prefeito Eduardo César discutindo projetos para Ubatuba. Durante o encontro, o deputado trouxe a boa notícia da inclusão de uma emenda de sua autoria no valor de R$ 100 mil para obras de infra-estrutura para a cidade. A outra novidade é que o deputado estará solicitando, diretamente ao governador, recursos na ordem de R$ 186 mil para a saúde de Ubatuba e outros R$ 200 mil para um Centro de Reabilitação que deverá ser implantada no município.
De acordo com o deputado, as verbas para a Saúde se referem a aquisição de uma ambulância no valor de R$ 36 mil e de implantação de uma UBS - Unidade Básica de Saúde, orçada em R$ 150 mil. Com relação a sua emenda já aprovada pela Comissão de Finanças e Orçamento da Assembléia Legislativa, a expectativa é que ainda este ano os recursos estejam disponíveis para o município.
Deputado estadual pelo PTB em seu primeiro mandato, Marcelo Bueno já conseguiu outros recursos para Ubatuba, inclusive na gestão municipal anterior. "O deputado Marcelo teve votação expressiva em Ubatuba e tem honrado seus votos, já que mantém um forte vínculo com o município, estando sempre presente e auxiliando a cidade na busca de recursos e viabilização de projetos importantes para a população local", lembrou o prefeito Eduardo César. (Fonte: PMU)

Prefeitura inaugura sede da Regional Norte no próximo sábado, dia 18
A Regional Norte facilita e agiliza o atendimento às pessoas que residem distantes do centro e não têm condições de se deslocar até a Prefeitura

Ubatuba - A Prefeitura de Ubatuba vai inaugurar, no próximo dia 18, às 10h, a sede que vai abrigar a Administração da Regional Norte, no bairro do Puruba. A Regional Norte, que tem à sua frente o administrador José Roberto Júnior, tem por competência planejar, organizar e executar os serviços e obras públicas necessárias ao desenvolvimento daquela região e ao bem da comunidade. A Regional Norte realiza também atendimento aos munícipes que procuram orientações e informações. Uma vez por semana também haverá atendimento de assistência social.
A existência da Regional Norte é uma antiga reivindicação dos moradores da região e uma promessa de campanha que o prefeito Eduardo César está cumprindo. Munícipes residentes desde a Itamambuca até o Camburi podem se dirigir à sede da Regional Norte para a busca de soluções de seus problemas relacionados ao município.
José Roberto Júnior, que é morador do bairro do Puruba explica a necessidade da criação desta Secretaria. "Como morador da região norte vejo a necessidade que as pessoas têm de possuir um atendimento da administração pública mais próximo a elas. Muita gente não tem condições de se deslocar até o centro para ter acesso à Prefeitura. Os problemas poderão ser rapidamente resolvidos porque agora temos uma administração para pensar exclusivamente nas pessoas daquela região".
Reforma da Unidade de Saúde - O Bairro do Poruba receberá, no mesmo dia da inauguração da Regional Sul, a sua Unidade de Saúde da Família, que passou por uma ampla reforma e adequação do seu espaço físico, visando um melhor atendimento para a população da região. Uma das modificações mais importantes foi realizada no forro da Unidade. A madeira foi trocado por PVC, tornando o ambiente mais claro e mais bonito.
O interior da Unidade foi reformado para possibilitar a criação de duas salas. Uma delas será destinada à coleta de material para exames laboratoriais e outra para a coleta de exames de citologia e de atendimento de enfermagem. Foram ampliadas ainda as salas da equipe de enfermagem e de saúde bucal. Essa última está sendo preparada para o recebimento de mais um equipamento odontológico, para a atuação de um técnico de higiene dental, e um aparelho de raio-X.
Do lado de fora da Unidade, outras duas salas foram pensadas para melhor acomodar a equipe e os trabalhadores do controle de endemias. Uma delas ficará à disposição dos profissionais da Saúde da Família, para a realização de reuniões de equipe e com a comunidade. A outra sala ficará reservada aos agentes do controle de endemias para reuniões e encaminhamento de ações. (Fonte: PMU)
 

Semana de 10 de Fevereiro à 16 de Fevereiro de 2006

CINE PORTO (Ubatuba)
fone :3833-2066 ( 012)

"Xuxinha e Guto Contra os Monstros do Espaço"
Ás 16:00 hs

"Nanny Mc Phee - A Babá Encantada"
Ás 17:40 hs e 19:30 hs.

"Munique"
Ás 21:20 hs.

CINE PASSEIO (Ubatuba)
fone : 3832-2843 ( 012 )

"As Loucuras de Dick e Jane"
Ás 17:00 hs , 19:00 hs e 21:00.

cineporto@hotmail.com

 

Ação Litoral
 
Poesia Topo

Taurus
Quando o navio sai do porto
Ainda que se conheça a derrota
Há uma grande incógnita
Sobre os comportamentos
De tempos, mulheres, mares
Que o destino põe
Nas ondas, nos portos, nos ares
A história está cheia
De navios festejados
Que retornaram enlutados
Desde a nau Argos
Desde a capitânea de Magalhães
Até ao barco Taurus
Que afundou desarvorado
Ainda que cheio de glória
Nos escolhos da memória.

Trilha caiçara
Uma trilha feita pelos pés
Inicia na casa de pau-a-pique
Passa sob as árvores
Carregadas de frutos
Passarinhos
Gaiolas de alçapão
Meninas de tranças
Meninos de pés no chão
Ranchos de canoas
Casas de farinha
Batráquios na gamboa
Criação de patos e galinhas
Amendoeiras de raízes expostas
Pessoas com as almas expostas
Pescados às dezenas, aos centos
E continua a trilha
No recôndito dos sentimentos.

Dona Maria benzedeira
De sua casa pobrezinha
Abria as janelas
Direto para o céu
Dava risos sozinha
Igual criancinha
Que conversa com os anjos
Fazia orações, benzimentos
E dizia palavras
Sem tino, sem nexo:
Compadre, vigiai vossa frente,
Vigiai vossos costados!
Moça, banhai na água
As suas mágoas!
Menino, não sabeis
Que sangue de passarinho
Dá nódoas na alma?
 

Félix Cabral
Ubatuba, SP
 

Carta do Leitor
As mensagens, fotos e opiniões  publicadas neste boletim são de inteira responsabilidade de suas fontes e autores,
não expressando necessariamente a opinião deste informativo. O envio de qualquer material para nosso e-mail
será considerado como autorizado a sua publicação e assumida a total responsabilidade pelo seu conteúdo.
As mensagens deverão conter nome completo, RG, endereço, telefone de contato e um e-mail válido.
Reservamos o direito de não publicar cartas que não contenham a devida  identificação do autor.
Topo

Carta do prefeito Eduardo César
Prezado Senhor Joel,
Inicialmente lamento o fato de não conhecê-lo pessoalmente. Gostaria muito de saber se o senhor é morador de Ubatuba, onde reside, enfim, alguns dados que me permitiriam ter outras referências a seu respeito, e me dou este direito pois o senhor mostrou-se conhecedor e profundo interessado em minha vida particular.
Faço questão sim de me manifestar, pois reputo como não sendo uma matéria construtiva, que visa o bem estar da sociedade, mas de mero cunho politiqueiro. Ao menos é essa a primeira impressão que o senhor deixou.
Em relação à questão do nepotismo, gostaria sim que o senhor indicasse em que aspecto um de meus assessores tenha errado, pois até onde tenho conhecimento, há assessores e secretários que têm familiares empregados na Prefeitura cuja nomeação ocorreu através de concurso público. Em outros casos a nomeação ocorreu sob minha responsabilidade por serem pessoas de minha confiança e não faço questão de negar tal fato, até por serem pessoas que efetivamente trabalham, diferentemente do que eventualmente tenha ocorrido em outras administrações.
Em relação à sua indicação quanto à Secretaria de Turismo, gostaria muito que o senhor declinasse o nome do servidor que deu-lhe tamanha informação equivocada. A minha indagação inicial se o senhor é residente em Ubatuba funda-se, na medida em que, ao analisar como os eventos em Ubatuba eram organizados, perceberá que sempre estivemos sujeitos a todos os tipos de especulações e interesses pessoais. Sempre tivemos eventos que, de uma forma ou outra, atendiam a interesses pessoais. O projeto a que o Senhor se refere utilizaria uma área pública e haveria a cobrança dos ingressos. Ou seja, não seria um evento público gratuito, onde a cidade seria a patrocinadora. Em um passado recente tivemos a triste marca de um evento denominado “UbaFest”, onde tivemos sérios problemas em relação a má intenção dos idealizadores. Não podemos permitir que iniciativas como essas, que vendem uma grande ilusão de eventos a custo zero e deixam o prejuízo para a cidade, se perpetuem. Não tenho interesse particular financeiro em nenhum evento, muito menos naqueles que possam colocar em risco o erário. Pode ter absoluta certeza de que na medida em que houver uma proposta de pessoas que reconhecidamente são da área e que comprovadamente tragam benefícios para a cidade, daremos nosso integral apoio. Ubatuba tem sim um projeto para o Carnaval, diante de sua tradição. As inúmeras casas noturnas que buscam uma adequação em relação à acústica merecem nosso respeito, sendo que um evento da natureza proposta ofenderia diretamente a tal tipo de comércio que pagam seus impostos no município e prestarão serviço de natureza similar, com segurança e conforto para seus clientes.
Ademais, o senhor citou o comércio local. Gostaria que sua matéria fosse analisada, neste quesito, pelo comércio local, em suas diferentes áreas, para saber se o evento a que se referiu tinha a aprovação do mesmo. Apreciaria que o senhor listasse os nomes dos comerciantes que aprovaram o projeto e que dariam o suporte ao Executivo se necessário. Digo isso por que tenho em mãos um abaixo assinado dos comerciantes que manifestaram-se contrários a tal projeto.
Portanto, senhor Joel, não conduzo os assuntos administrativos de forma aleatória, muito menos eivado de valores religiosos, como quis induzir os leitores a crerem, mas, sobretudo, com responsabilidade. Responsabilidade esta que está faltando a alguns que apenas desejam o caos, mascarados por posicionamentos mesquinhos e desprovidos de verdade.
O problema das enchentes é histórico e gostaria de convidá-lo a estar na Prefeitura na segunda-feira e procurar o Assessor René Nakaya, que terá imenso prazer em lhe mostrar o que a equipe da Prefeitura fará para solucionar o problema apontado, o qual já ocorre há anos, e não foi a atual administração que deu causa.
Ao contrário, gostaria de sua opinião pessoal a respeito das medidas que a Prefeitura está adotando em relação às ocupações irregulares, ao congelamento das áreas invadidas, das demolições de estabelecimentos em área públicas, da retirado do parque de diversões da avenida Iperoig, com a proposta de reurbanização da área. O Tubão foi e é o único local para alojamento das famílias que sistematicamente vêm suas casas invadidas pelas águas, sendo inclusive um ponto de abrigo determinado pela Defesa Civil Estadual para essa função. Os causadores das enchentes, talvez o senhor, no arauto de seu conhecimento administrativo, consiga nomeá-los, como faz questão de ameaçar.
Não tenho receio de críticas. Mas peço apenas que elas sejam no sentido de construir uma cidade melhor. Junto com as críticas o senhor poderia também indicar algumas alternativas viáveis, sob pena de ser mais um com algum tipo de interesse que propicie o caos, apenas para a perpetuação de um pequeno grupo que alterna-se no poder.
Mas por não conhecê-lo, e considerando que a boa-fé se presume a má-fé se prova, presumo que o senhor seja uma pessoa que busca o bem estar da cidade.
Quanto aos aspectos de minha intimidade, de minha fé, me recuso a manifestar-me, pois o tempo será soberano para mostrar que tal crítica não passará de mero oportunismo.
Faço questão que o senhor apresente suas razões, mas antes de se expor, ainda que não completamente, antes, procure a Administração e saiba exatamente o que estamos fazendo pela cidade e talvez pelo problema que aponta, sob pena de reputarmos a sua iniciativa como mero instrumento de promoção pessoal, o que nada se aproveita.
Não é de minha índole mentir, senhor Joel. Creio que o senhor não me conhece para fazer uma afirmativa tão séria, e o senhor pode ter tantos quantos itens queira demonstrar, porém, sendo pontos da mesma natureza que o senhor aventou, tenha certeza que terá meu silêncio neste editorial, pois se trabalhando e trabalhando muito recebo críticas da natureza feita pelo senhor, imagine se abortar parte do meu tempo útil para justificar-me perante aqueles que têm muito mais tempo que eu. Então, de fato, estaremos no mesmo nível de igualdade, e nesse momento o senhor teria razão para críticas.
Estou à sua disposição para críticas e sugestões que visem a melhoria de nossa cidade.

Eduardo César
Prefeito Municipal de Ubatuba

Prezados senhores,
Sobre as preocupações de algumas pessoas sobre a invasão dos turistas mal educados de um dia, lembro-me da historinha que meu pai me contava para eu entender as coisas da vida:
Uma família de turistas de um dia estava deitada na areia da praia e jogava cascas de banana, invólucro de sorvete, papéis, etc, tudo no chão...
Um morador do Litoral lhes perguntou porque faziam isso, porque não deitavam o lixo nas lixeiras, ao que um deles respondeu: "Ah, nós vamos embora hoje à tarde, não é problema para nós..."
Então o morador não teve dúvidas, começou a urinar ali bem pertinho desses sujões... "Porque você está fazendo isso aqui tão perto, ao nosso lado?" A resposta foi clara: "Amigo, eu vou já embora daqui, não há problema para mim..."
Não valeria a difusão desta historinha educativa?

Cassiano Bessa
RG 952.464
morador de fim de semana em Caraguá
 

Foto do Dia Topo

Para participar desta seção basta enviar as fotos com crédito do autor e legenda, no tamanho mínimo
de 1024 x 768 pixels com resolução de 72dpi para fotododia@litoralvirtual.com.br.  O envio da foto caracteriza autorizada a sua publicação, assumindo o autor total responsabilidade pela publicação da mesma.

Ubatuba

Tubarão no Museu do Mar - Juliano Gregori

Tubarão no Museu do Mar
©Juliano Gregori

Envie sua foto!

Para instalar a foto como papel de parede (wallpaper)
Clique na foto acima. Após carregar a foto ampliada, clique com o botão direito do mouse sobre a imagem e escolha "Definir como papel de parede" ou "Definir como fundo de tela". Para ajustar a imagem em tela cheia, clique em qualquer lugar da área de trabalho com o botão direito do mouse, escolha "Propriedades" / "Fundo de Tela" ou "Papel de Parede" / "Ampliar".

Arquivos:  Foto Saudade  -  Foto do Dia

 Faça seu comentário, crítica, opinião ou sugestão no Litoral Virtual:
Clique Aqui


As notícias, fotos e cartas publicadas neste boletim são de inteira responsabilidade de suas fontes e autores,
não expressando necessariamente a opinião deste informativo. O envio de qualquer material para nosso e-mail
será considerado como autorizado a sua publicação e assumida a total responsabilidade pelo seu conteúdo.
As cartas devem conter nome completo, RG, endereço, telefone de contato e um e-mail válido.
Reservamos o direito de não publicar cartas que não contenham a devida  identificação do autor.

Editor Chefe: Emilio Campi
Atualização: Juliano Gregori

GRÁTIS!!
Receba as Últimas Notícias do Litoral em seu e-mail:

Quero receber GRATUITAMENTE o boletim Últimas Notícias do Litoral:

e-mail:
Cidade:



Obs.: Você poderá cancelar o recebimento das notícias a qualquer momento.

 

Conheça as cidades do Litoral Norte Paulista:

Caraguatatuba Ilhabela São Sebastião Ubatuba

Litoral Virtual
O mais completo site do Litoral Norte Paulista na Internet
Sugestões, críticas e informações, entre em contato:
info@litoralvirtual.com.br

©1995/2001 Emilio Campi - Studio Maranduba - Direitos Reservados
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem a expressa autorização do autor