Litoral Virtual últimas notícias do litoral
Segunda-Feira, 10 de Abril de 2006 - Nº 1500 Edições Anteriores

Pousada Marazul Pousada das Cachoeiras Jornal Agito

Região
UNITAU participa da Blitz Ação Solidária
UNITAU é selecionada para implantar biblioteca digital

Caraguatatuba
Crime muda rotina em condomínio
Nova Secretária da Educação
Projeto Recuperação e Reforço
Projetos e Ações Diferenciados Resultam na Inserção dos Jovens do Litoral Norte no Mercado de Trabalho

Ilhabela
Cadeia vira Museu do Mar em Ilhabela
Prédio foi tombado pelo Condephaat em 2001
Governador participa de reunião com prefeitos de estâncias

São Sebastião
Equipes sebastianenses defendem a cidade dentro e fora de casa
Prefeitura e Associação Comercial realizam 1ª Feira de Imóveis na cidade
“Ele está usando o CDHU para verticalizar o município”


Ubatuba
Preso acusado de tráfico de drogas
Ave rara de Ubatuba atrai pesquisadores
Cidade tem 390 espécies catalogadas
Corpo tem penas verdes e amarelas
Paixão de Cristo ubatubense homenageia cultura caiçara
Prefeitura decreta lacração do Parque Trombini
Prefeito esclarece projeto de cobertura de feira hippie
Dr. Ricardo apresenta Projeto de Lei que dá prioridade de atendimento aos idosos
Moradores da Vila Paris se reúnem com prefeito

Seções
Poesia
Carta do Leitor
Foto do Dia

Notícias da Região Topo

UNITAU participa da Blitz Ação Solidária
Alunos do curso de Odontologia realizam trabalhos junto à comunidade

Litoral Norte - Pelo terceiro ano consecutivo, o Departamento de Odontologia da UNITAU participa da Blitz Ação Solidária, um programa de serviços gratuitos oferecidos à comunidade, que acontece neste sábado, 8 de abril, no Bairro Quiririm.
Além de tratamento odontológico, a população tem acesso a serviços de saúde, jurídicos e bancários.
Para os alunos, o projeto é uma chance de fazer o primeiro contato com a comunidade carente, identificando problemas e desenvolvendo atividades educativas e de conscientização, como cuidados com a escovação e com a saúde bucal.
O trabalho é realizado por alunos do primeiro e terceiro anos de Odontologia, que, a cada mês, visitam diferentes bairros da cidade. Estiva, Bosque da Saúde e Parque Planalto serão os próximos bairros a serem visitados, e o horário de atendimento é das 9h às 15h. (Fonte: UNITAU)

UNITAU é selecionada para implantar biblioteca digital
Instituição está entre as universidades públicas escolhidas pelo Ministério da Ciência e Tecnologia para a criação de um acervo digital de teses e dissertações

Litoral Norte - A Universidade de Taubaté foi uma das 16 instituições públicas de ensino superior de todo país selecionadas pelo IBICT (Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia), órgão ligado ao Ministério da Ciência e Tecnologia, para a implantação de uma biblioteca digital que fará parte do programa nacional de disponibilização de textos acadêmicos via internet. Esse programa é idealizado pela Capes (Coordenação de aperfeiçoamento de pessoal de nível superior), órgão do Ministério da Educação (MEC).
Todas as universidades selecionadas possuem programas de pós-graduação reconhecidos pelo MEC. Neste ano, foram defendidas mais de 90 dissertações na UNITAU. “Fazer parte deste grupo é importante, pois oferece uma visibilidade de âmbito nacional para os trabalhos da Universidade”, declarou a Pró-reitora de Pesquisa e Pós-graduação, Profª. Dra. Maria Júlia Ferreira Xavier Ribeiro.
A criação da biblioteca está sendo realizada em etapas, sob a supervisão do Prof. Dr. Getúlio Batista. Dois técnicos em informática e uma bibliotecária foram enviados à Brasília no início de abril, para participar de um curso de capacitação, que abrange aulas sobre os softwares do Sistema de Publicações Eletrônicas de Teses e Dissertações (TEDE), do programa do IBICT. (Fonte: UNITAU)

Notícias de Caraguatatuba Topo

O Guaruçá Caraguatatuba


Crime muda rotina em condomínio

Caraguatatuba - A morte por estrangulamento de Ingrid Cardoso Esteves Nunes, 22 anos, ocorrida na última terça-feira no Condomínio Costa Verde Tabatinga, em Caraguatatuba, um dos mais luxuosos do Litoral Norte, trouxe medo e mudou a rotina de moradores e funcionários do local.
Ingrid, que trabalhava como caseira em uma das mansões da avenida Atlântica, antes de ser assassinada foi violentada sexualmente, conforme comprovaram os exames feitos pelo IML (Instituto Médico Legal).
O condomínio que tem um dos mais sofisticados sistemas de segurança, com monitoramento eletrônico, portarias vigiadas 24 horas e vigilantes espalhados por todas as quadras, reforçou ainda mais as medidas de segurança após a morte da caseira.
Os poucos moradores evitam ficarem sozinhos em suas casas e a maioria dos veranistas que pretendia descer este fim-de-semana, suspenderam a viagem. Os funcionários evitam andar sozinhos e deixam o emprego antes do dia escurecer. O assassino ainda não identificado pela polícia.
A funcionária C.B., 30 anos, disse que o crime chocou a todos no condomínio, que tem entre seus moradores, a apresentadora Hebe Camargo e o piloto Rubem Barrichelo.
O administrador do condomínio Valdir Ribeiro Couto disse que foi o primeiro crime registrado no local, desde a sua implantação na década de 70. Segundo ele, a diretoria do condomínio acompanha com muita preocupação as investigações feitas pela polícia.
A delegada de Caraguá Elizabeth Maluf Zago disse duas equipes da polícia percorrem o condomínio em busca de pistas que levem ao autor do crime. (Fonte: ValeParaibano)

Nova Secretária da Educação

Caraguatatuba - Assumiu a Secretaria de Estado da Educação no lugar do Prof. Dr. Gabriel Chalita que desincompatibilizou-se para participar do processo eleitoral em cargo eletivo, a professora Maria Lúcia Vasconcelos, pedagoga que já exerceu funções diversas e agora realiza o grande sonho. _"Ser secretária da Educação do meu Estado é uma imensa honra, quero continuar trilhando o princípio do resgate da escola pública para a consolidação da qualidade do ensino", afirmou a secretária em seu discurso de posse. Dirigente de Ensino, supervisores, diretores e professores do Litoral Norte desejam à Profa. Maria Lúcia, muito sucesso no se novo cargo. Parabéns! (Fonte: Diretoria Regional de Ensino de Caraguatatuba)

Projeto Recuperação e Reforço

Caraguatatuba - Neste mês de abril a Diretoria Regional de Ensino inicia as capacitações para os professores que desenvolvem o Projeto de Recuperação e Reforço atendendo assim 38 escolas públicas estaduais do ensino fundamental. Tem como objetivo buscar constantemente a qualidade de ensino e incentivar os alunos a sentirem prazer e aprimorar seus conhecimentos, pois, é na diferença que aprendemos. (Fonte: Diretoria Regional de Ensino de Caraguatatuba)

Projetos e Ações Diferenciados Resultam na Inserção dos Jovens do Litoral Norte no Mercado de Trabalho

Caraguatatuba - A Secretaria da Educação do Estado de São Paulo têm subsidiado as escolas estaduais através da CENP (Coordenadoria de Ensino e Normas Pedagógicas) com propostas de trabalho mediante a temas diversificados para projetos, estes que podem ser adequados devido à realidade local em que as escolas estão inseridas.
A Diretoria de Ensino de Caraguatatuba engloba 38 escolas estaduais pelos municípios de Ubatuba, Caraguatatuba, São Sebastião e Ilhabela. O trabalho realizado pela Oficina Pedagógica consiste em subsidiar professores na sua prática pedagógica através de projetos e ações diferenciadas mediante recursos disponíveis, tentando despertar a criatividade, cooperação, integrar a coletividade e produzir as mudanças necessárias à formação de uma realidade mais justa.
O papel da Diretoria, através das Oficina Pedagógica, é de capacitar, orientar os profissionais da educação - professores - no desenvolvimento de tais projetos que tenham como resultado final, mudanças atitudinais dos seus alunos, envolvendo a comunidade local, buscando aprimorar habilidades e competências. Procura-se o envolvimento de parcerias, estas que algumas vezes, abrem caminhos para inserir alguns dos nossos jovens no trabalho. Pode-se comprovar alguns casos de resultados positivos da inserção destes jovens no mercado de trabalho ligado a realidade local da sua região, que no caso do litoral norte, a indústria que move a região é o turismo ligado ao meio ambiente - ecoturismo. (Fonte: Diretoria Regional de Ensino de Caraguatatuba)
 
Notícias de Ilhabela Topo

Vulcano Portal da Palmeira

Cadeia vira Museu do Mar em Ilhabela

Ilhabela - O prédio que no passado abrigou o Fórum e a Cadeia de Ilhabela vai ser a sede do primeiro museu da cidade, o Museu do Mar, que será aberto com o objetivo de preservar a história e a saga do povo caiçara.
O prédio está passando por restauro, que deve ser finalizado no mês de julho, para retomar a aparência da época em que foi construído, no início do século 20.
"Por ter sido construído com areia e pedra da costeira, em alguns lugares da fachada e na parte interna era possível ver o desgaste natural promovido pelo tempo", afirmou a coordenadora de projetos culturais, Gisele Lucena de Mello.
Ela disse que durante o restauro, os pintores foram surpreendidos com a descoberta de afrescos com motivos florais na sala onde eram feitos os julgamentos dos presos. "Um pedaço dessa pintura será mantido porque faz parte da história."
GRADES - Também com a intenção de resgatar o passado, algumas grades usadas na época da cadeia serão recuperadas e recolocadas no lugar para visitação dos turistas.
"Impressiona ver a espessura das paredes, que foram construídas para impedir a fuga dos presos, e o tamanho das grades. Não vamos colocar todas as grades para não atrapalhar a circulação das pessoas, mas algumas vão permanecer", afirmou Gisele.
Além disso, será mantida a cor original do prédio, na tonalidade ocre. "Esse prédio é um marco da cidade e até hoje desperta muita curiosidade. Com o museu, as pessoas vão poder conhecer um pouco da cultura de Ilhabela, como a Congada, que é nossa dança mais tradicional", disse.
ECOTURISMO - Além do Museu do Mar, o antigo prédio da cadeia vai abrigar no andar superior a sede do Parque Estadual de Ilhabela, responsável pela formulação do Projeto Ecoturismo da Mata Atlântica, através do qual foi possível conseguir recursos junto ao BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento) para o restauro, orçado em R$ 700 mil.
O projeto de ecoturismo está sendo desenvolvido por meio da Secretaria do Meio Ambiente do Estado e que vai dispor de um total de US$ 15 milhões para parques estaduais. Os parques abrigam cachoeiras, cavernas, praias, trilhas, mirantes e estradas-parque. Os recursos serão investidos para melhorar a estrutura de recepção, serviços de hospedagem e alimentação para os turistas.
ACERVO - O Museu do Mar vai reunir tudo que se relacione com a vida marinha e também com os primeiros habitantes de Ilhabela, desde objetos recolhidos em naufrágios até imagens e depoimentos de caiçaras. A exposição permanente será elaborada por uma empresa que será escolhida por meio de licitação para cuidar especialmente do assunto. (Fonte: ValeParaibano)

Prédio foi tombado pelo Condephaat em 2001

Ilhabela - O prédio da cadeia de Ilhabela já teve várias utilidades. Foi construído em 1913 pela Secretaria de Viação e Obras Públicas do Estado de São Paulo para ser cadeia e Fórum. Além disso, até pouco tempo, abrigou a Câmara. Em 31 de agosto de 2001 o prédio foi tombado pelo Condephaat (Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Artístico, Arqueológico e Turístico do Estado de São Paulo). Em 2005, por decreto estadual, da Secretaria de Segurança Pública, passou para a Secretaria de Meio Ambiente. (Fonte: ValeParaibano)

Governador participa de reunião com prefeitos de estâncias

Ilhabela - Prefeitos de 67 municípios das estâncias hidrominerais, climáticas, balneárias e turísticas do Estado de São Paulo se reuniram neste sábado, em Ilhabela, com o governador Cláudio Lembo.
O encontro, promovido pela Associação das Prefeituras de Cidades Estância do Estado de São Paulo (Aprecesp), tem como objetivo discutir assuntos referentes à entidade e fomento do turismo dos municípios.
"Nos últimos seis meses, o Governo paulista autorizou repasse de R$ 300 milhões do Departamento de Apoio ao Desenvolvimento das Estâncias (Dade) para as Estâncias", disse Fernando Longo, secretário de Turismo. Esses recursos são investidos em obras de infra-estrutura voltadas ao turismo. Em 2006, estão previstos repasses de ordem de cerca de R$ 130 milhões.
O Departamento de Apoio ao Desenvolvimento das Estâncias (Dade) é responsável pelos repasses de recursos para o desenvolvimento da infra-estrutura turística, atuando como um elo entre os municípios e o Estado. De 1995 a 2006, o Governo de São Paulo liberou R$ 702 milhões para as estâncias turísticas.
Atualmente a Aprecesp vem trabalhando para divulgar as cidades. Para isso, criou um site (www.aprecesp.com.br) onde são publicadas as notícias das estâncias, atrativos, calendários de eventos e diversas outras informações ligadas ao turismo.
O governador destacou que as reuniões são de extrema importância porque os prefeitos trocam experiências e posições. "Isso é muito importante na política. Política é ter diálogo. É a arte de se relacionar”, afirmou Lembo. (Fonte: Imprensa Livre)

Notícias de São Sebastião Topo

São Sebastião Superchic

Equipes sebastianenses defendem a cidade dentro e fora de casa
Neste final de semana as equipes sebastianenses estarão disputando diversos campeonatos fora e dentro da cidades.

São Sebastião - Amanhã, 8, o Estádio Otoniel dos Santos recebe a final do 1º Torneio Caiçarinha de Futebol Society, que será disputada entre Colégio Objetivo e Escola Estadual Josepha Santana Neves, às 10 horas da manhã.
Também no sábado, na praia de Cambury, começa o campeonato paulista de surfe Maresia SP Contest, que termina no domingo. Participam do campeonato mais de 150 surfistas.
Em Pindamonhangaba, no Ginásio João do Pulo, às 16 horas, as meninas do vôlei defendem São Sebastião na Liga Coneleste Paulista.
Nas águas de Ubatuba, a equipe sebastianense de pesca submarina busca vencer a penúltima etapa do Campeonato Paulista de Pesca Submarina Individual organizada pela Federação Paulista de Desportos Subaquáticos (FPDS).
Em São José dos Campos, no domingo, 09, a equipe de damas de São Sebastião busca o título na 14ª Copa Chevrolet. Participam da competição, mais de 30 cidades.
Na próxima segunda-feira, 10, às 20h15, o Gringão vai tremer. O Ginásio de Esportes José de Souza Gringo receberá o primeiro jogo da equipe sebastianense de futsal, na 8ª Copa Vanguarda de Futsal, contra a cidade vizinha, Ilhabela.
Ainda no domingo, os campos de futebol da cidade vão estar movimentados com a quarta rodada do 1º Campeonato Sebastianense de Futebol Veteranos, onde 14 times estarão disputando em diferentes regiões da cidade. Programadas para as iniciar às 9 horas, estão a disputa entre Unidos da Olaria e Sebastianense, no Estádio Municipal; Guarani B e Guarani A, no Campo do Guarani, na Enseada; Polícia Militar e Canto do Mar, no campo do Sete de Setembro, no bairro São Francisco; Paúba e Camburi, em Maresias e em Boiçucanga a disputa é entre Pau Brasil e Boa Esperança. Às 10 horas é a vez de Cruzeirinho e Sete de Setembro se enfrentarem no Estádio Municipal e do Boiçucanga e o Cachoeira duelarem em Boiçucanga. (Fonte: PMSS)

Prefeitura e Associação Comercial realizam 1ª Feira de Imóveis na cidade
Serão cerca de 800 imóveis a venda e 15 imobiliárias participando do evento, que pretende atrair grande público

São Sebastião - Com o intuito de aumentar o fluxo de pessoas na cidade e gerar renda para o município durante a baixa temporada, a Prefeitura de São Sebastião em parceria com a Associação Comercial de São Sebastião (Aciss) realiza a 1ª Feira de Imóveis da cidade.
A feira será entre os dias 14 e 23 de abril, das 15h às 22 horas e contará com 32 estandes num espaço de 600 m², incluindo praça de alimentação e shows musicais ao vivo nos finais de semana.
A idéia da feira é inovadora na cidade e de acordo com o presidente da Aciss, Fábio Aranha, o principal objetivo do evento é atrair um grande público para São Sebastião, para agitar a economia local.
“Estamos realizando propagandas em diversos veículos de comunicação, com o objetivo de trazer, principalmente, pessoas de fora para o nosso município”, diz Aranha.
O presidente destaca que o objetivo é atrair um público com poder aquisitivo elevado. “Nossa expectativa é muito boa para essa primeira feira, que terá cerca de 800 imóveis a venda para os visitantes”, completa o presidente da Aciss.
Serão 14 imobiliárias participando da feira, incluindo na lista, CREA, CRECI, paisagistas, seguradoras, seguranças, bancos, Prefeitura e a Aciss.
Fabio Aranha ressalta que o ambiente onde será instalada a feira, na Rua da Praia, será ideal para fechar grandes negócios. “Os visitantes terão toda a estrutura necessária para a efetivação da compra dos imóveis”.
Foram gastos cerca de R$60 mil para a realização da feira, que tem ainda o apoio do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE), do Banco Nossa Caixa e do Banco da Caixa Econômica Federal.
Por ser um pedido antigo do segmento imobiliário, o presidente da Aciss declara que esta primeira feira não será a última a ser realizada no município. “Outras campanhas nesse estilo de feira estão para acontecer até o final do ano, com o intuito, sempre, de aumentar a circulação de pessoas na cidade durante a baixa temporada”. (Fonte: PMSS)

“Ele está usando o CDHU para verticalizar o município”
Declarou o secretário de Habitação do Estado, Marcio Antonio Bueno, sobre o Projeto das ZEIS de autoria da Prefeitura

São Sebastião - Esta foi uma das afirmações feitas na audiência solicitada pelos vereadores, Wagner Teixeira (PV), José Cardim de Souza (PP), Marcelo dos Santos Mattos (PMDB), Arthur Ballut (PFL) e Marcos Leopoldino (PSDB), com participação dos deputados estaduais, Ricardo Trípoli, Alberto “Turco Loco” Hiar, ambos do (PSDB) e do vice prefeito Paulo Henrique Santana, na ultima quinta feira, 6, em São Paulo
De acordo com o secretário da Habitação do Estado de São Paulo, Marcio Antonio Bueno, há uma distorção quando as pessoas pensam que começar uma possível “verticalização” pelo CDHU, é uma alternativa.
“Eu não vou assumir compromisso porque tenho regras a cumprir. Eu acho que o Juan está usando o CDHU para verticalizar a cidade. Na minha gestão não vou fazer nada que a legislação não permita. Vocês são obrigados a elaborar o plano diretor”.
Bueno também afirmou, que a prefeitura de São Sebastião, até o momento, apenas enviou um protocolo de intenção para construção de moradias populares, com data de 30 de março de 2006, ou seja, dois dias depois do projeto da ZEIS ser rejeitado pela Câmara. Antes deste protocolo de intenção, o Executivo havia enviado à secretaria, em julho de 2005 um protocolo solicitando a construção de 200 casas em regime de auto construção (mutirão), no entanto, nenhuma área foi indicada pelo município.
O secretario fez questão de explicar os trâmites legais e os critérios para que, município e população, possam se beneficiar com habitações populares.
Segundo ele, em primeiro lugar a prefeitura envia um protocolo de intenção manifestando a necessidade de construções populares. N a seqüência o município relata a demanda local, ou seja, quantas casas serão necessárias para atender a população. No entanto, o Estado, não se compromete em atender toda a demanda. Pois não pode haver privilégios para um único município. Em seguida a prefeitura deverá indicar uma área para a construção dos imóveis e, para finalizar, a documentação da área é examinada e o projeto passa por uma avaliação para possível aprovação.
Porém, algumas exigências devem ser destacadas. A área indicada será avaliada; o impacto ambiental é considerado de extrema importância; no caso de área de risco, todos os moradores deverão ser retirados do local e deverá ser estabelecido um plano para que outras pessoas não voltem a ocupa-lo.
Outra dúvida levantada pelos vereadores durante a reunião foi em relação ao sistema utilizado pelo CDHU para a entrega dessas casas à população.
“A população está sendo informada que essas moradias não terão nenhum custo. Que eles não vão pagar nada”, questionou Wagner Teixeira.
“De graça não podemos fazer nada. Em nenhuma hipótese. A prestação mínima do carnê é em torno de R$ 45 que a família vai pagar ao longo de 25 anos de financiamento”, essa foi a resposta dada pelo secretário da Habitação.
Ele ainda esclareceu que os interessados em participar do programa precisam se inscrever e posteriormente participar de um sorteio. “Esse é o sistema utilizado pelo Governo. O único caso que dispensa a participação em sorteios, são os casos de moradores de área de risco. Isso se a demanda for igual ao número de casas construídas. Por exemplo: se tiver 200 famílias e tiver 50 casas tem sorteio. Se for um projeto para extirpar área de risco você tem 50 famílias, nós fazemos 50 casas e aí não tem sorteio”, acrescentou.
Deputados - Os deputados estaduais, Ricardo Trípoli e Alberto “Turco Loco” Hiar, reafirmaram que tanto eles como os vereadores, são favoráveis à recuperação dessas áreas degradadas e a construção de casas populares para quem precisa. Porém, isso não implica que sejam prédios verticalizados e que o prefeito não tenha que fornecer as áreas, até porque é uma obrigatoriedade da prefeitura com o CDHU.
“A secretaria de Habitação exige que para fazer um adensamento desse tipo há necessidade que a prefeitura diga quais são as áreas. Não tem sentido ele (prefeito) mandar um projeto de lei para a Câmara onde não estejam especificadas quais serão as áreas”, destacou Trípoli.
Para ele, a audiência demonstrou a vontade dos vereadores em resolver esse problema. “Os vereadores votaram contra o projeto da ZEIS, porque é um projeto que não estava completo e não passaria pelo crivo da secretaria de Habitação por conta dessas deficiências. Agora é definir exatamente quais são as áreas que deverão ser realizadas o projeto de construção das casas”, finalizou o deputado.
Já o deputado Turco Loco, continua afirmando que há uma grande especulação imobiliária por trás do projeto. Ele ressalta que não tem um estudo de impacto ambiental, que o plano diretor ainda não foi aprovado e que há uma grande inverdade quando o prefeito diz que se não for construções de cinco pavimentos o CDHU não libera dinheiro.
“O CDHU só vai liberar o dinheiro caso o projeto cumpra todas as exigências. E o prefeito fica jogando a comunidade contra os vereadores como se eles fossem contrário à moradia popular. Não somos contra. Nosso medo é a especulação imobiliária”, assegurou.
Vereadores - Para os vereadores a audiência reforçou a suspeita de que realmente não há nada liberado em termos de recursos financeiros para São Sebastião, como vem dizendo o prefeito à população.
Segundo eles, o secretário mostrou apenas um protocolo de intenção que não assegura nenhuma liberação de verba para o município.
Unânimes, os vereadores disseram que vão elaborar um projeto para resolver a questão de assentamento dessas famílias. Porém, o projeto só será formulado depois de visitas aos núcleos, consultas em todos os órgãos competentes, como DPRN, Ministério Publico, Sabesp, sociedade civil organizada e audiências com a população para detectar quais são as reais necessidade e prioridade em cada área.
Ainda de acordo com eles a participação da prefeitura será fundamental para a realização desse levantamento para que essa questão seja resolvida o mais breve possível e a comunidade seja atendida de formal legal. (Fonte: Câmara Municipal de São Sebastião)

Notícias de Ubatuba Topo

Restaurante Solar das Águas Cantantes Mais Skate Gaivota

 

Preso acusado de tráfico de drogas

Ubatuba - A Polícia Militar de Ubatuba prendeu ontem a noite o desempregado Lucas Souza Silva, 22 anos, suspeito de tráfico de drogas. Segundo a PM, ele estaria vendendo drogas no bairro Mato Dentro, em Ubatuba, por volta das 22h30, quando foi detido. Foram apreendidos com Silva 15 pedras de crack e R$ 144 em dinheiro. De acordo com a polícia, Silva, que mora em Taubaté, foi flagrado pegando a droga num saco plástico perto de uma bananeira, para vendê-la a um cliente. O desempregado foi levado ontem para a Cadeia Pública de Ubatuba. (Fonte: ValeParaibano)

Ave rara de Ubatuba atrai pesquisadores
Tiê-coroa, que vive na copa das árvores é um dos 50 pássaros mais raros do mundo, vira atração turística

Ubatuba - A descoberta da existência de um pássaro, a Calyptura Cristata, popularmente identificada como Tiê-coroa, está atraindo pesquisadores internacionais para Ubatuba. O pequeno passarinho que vive nas copas das árvores é considerado um dos 50 pássaros mais raros do mundo.
Segundo o pesquisador Carlos Rizzo, o pássaro foi registrado pela primeira há 190 anos atrás e desde então foi avistado apenas três vezes, duas delas recentemente, em Ubatuba.
A Calyptura Cristata foi vista em 1890 ao norte da cidade do Rio de Janeiro, em 1966 na Serra dos Órgãos e alguns dias atrás em Ubatuba, no Sertão do bairro Folha Seca e no Taquaral.
Rizzo afirmou que a presença do pássaro em Ubatuba foi registrada por Martin Schaefer, da Universidade de Freiburgo, da Alemanha e confirmada por Ronald Orenstein, pesquisador do Canadá.
O pesquisador de Ubatuba disse que não existem registros fotográficos do passarinho e nem gravação de sua voz e nem registro de seus hábitos. Por isso, segundo ele, os pesquisadores internacionais devem aparecer em maior número na cidade para tentar captar imagens e sons da Calyptura Cristata.
Segundo Rizzo, a espécie é considerada próxima a extinção, pela Birdlife International, uma organização internacional que registra e cataloga pássaros no mundo todo.
FOTOS - Rizzo afirmou ainda que o pássaro é muito difícil de ser avistado porque frequenta somente as copas das árvores, o que dificulta a visão dos observadores. Atualmente, existe apenas desenhos da Calyptura Cristata, elaborados após seus três avistamentos anteriores.
Esta semana um grupo de observadores canadenses esteve em Ubatuba tentando conseguir fotos e registro dos sons do passarinho. Os ornitólogos estiveram no sertão da Folha Seca, na Praia Dura, no Taquaral e no Angelim.
Rizzo disse acreditar que na temporada de avistamento de pássaros em Ubatuba, que se estende de maio a novembro, um grande números de observadores visitará o município para tentar captar imagens e sons do passarinho.
Segundo Rizzo, esta é a terceira vez que a cidade ganha destaque internacional como local privilegiado para observação de aves raras. Em 1976, foi registrado em Ubatuba a espécie Psylorhamphus Gutattus, popularmente conhecida como macuquinho-pintado e em 1995, a Iodopleura Pipra, também conhecida como anambé de crista.
Com o avistamento da Calyptura Cristata a cidade passa a ter catalogada 390 espécies observáveis. Desse total, 41 aves estão ameaçadas de extinção. Uma das espécies mais ameaçadas é a Iodopleura Pipra que pode ser avistada no bairro do Taquaral (leia texto nesta página).
ROTEIRO - Ubatuba é a primeira cidade do Litoral Norte a elaborar um roteiro dos locais de observação de pássaros. Um guia feito pela secretaria de Turismo descreve os lugares e os melhores horários para observação dos pássaros catalogados no município.
ALERTA - Entre as principais espécies ameaçadas de extinção em Ubatuba estão a Claravis Godofrida (pararu-espelho, uma pombinha azulada), Touit Melanonota (apuim-da-costa preta, um periquito), Amazona Vinacea (papagaio do peito roxo), Iodopleura Pipra (anambé de crista), Glaucis Dohrmii (beija-flor canela) e a Sporophila frontalis (pichochó). (Fonte: ValeParaibano)

Cidade tem 390 espécies catalogadas

Ubatuba - A observação de pássaros ganhou destaque em Ubatuba a partir de 1975, logo após a passagem pela cidade do ornitólogo norte-americano Edwin Willis. Encantado com a diversidade das espécies, Willis, passou a divulgar a cidade aos demais observadores internacionais.
No ano passado, a Secretaria de Turismo resolveu transformar a observação de aves em um atrativo turístico. Foi elaborado um guia português/inglês com 18 pontos de observação de pássaros no município.
Segundo o guia de observação Carlos Rizzo, os locais mais visitados pelos observadores estrangeiros são o sertão da Folha Seca, a estrada do Monte Valério, o Taquaral e o bairro do Ubatumirim.
Rizzo, que estuda aves da cidade há oito anos, disse que das 390 espécies catalogadas no município, 42 só são vistas em Ubatuba e outras 41 espécies estão ameaçadas de extinção devido à degradação das matas.
Entre as espécies ameaçadas estão a Claravis Godofrida (pombinha cinza azulada), o Glaucis Dohrmii (beija-flor-canela) e o Iodopleura Pipra (anambé de crista). (Fonte: ValeParaibano)

Corpo tem penas verdes e amarelas

Ubatuba - A Birdlife Internacional, organização internacional que cataloga e estuda pássaros em todo o mundo, classifica a Calyptura Cristata (Tiê-coroa) como uma das espécies em ameaça de extinção e de poucas informações científicas. Segundo a entidade, existem apenas antigos registros sobre o pássaro e informações não substanciais sobre seus hábitos.
Um cientista identificado como Vieillot descreveu o pássaro após encontrá-lo, em 1818. A ave mede cerca de 7,6 centímetros, tem bico curto e grosso e cauda curta. O Tiê coroa tem as partes superiores verdes e as partes inferiores amarelas.
Outro cientista, Descourtilz, descreveu seu canto em 1852 como "breve, rouco e forte". Consta que o Tiê-coroa vive aos casais e que está sempre em movimento, mantendo-se a uma altura média na beira da mata, à procura de alimentos.
A população do pássaro, ameaçado de extinção no Brasil, vem se reduzindo a cada ano. Descourtilz foi o único cientista a dar informações sobre o Tiê-coroa, após encontrar um casal da espécie no Rio de Janeiro. A aparição em Ubatuba está atraindo o interesse de observadores internacionais, entre eles, franceses, alemães, norte-americanos e canadenses. (Fonte: ValeParaibano)

Paixão de Cristo ubatubense homenageia cultura caiçara
Este ano, a Paixão de Cristo contará com eventos na região central, na região oeste e na região sul do município

Ubatuba - Em 2006, a encenação da Paixão de Cristo traz como novidade a ênfase na cultura caiçara. O espetáculo do Centro acontecerá na Ilha dos Pescadores e suas imediações, na sexta feira santa, dia 14, a partir das 21h. A encenação começa com o nascimento de Jesus dentro de um barco, abaixo da ponte que liga o Bairro Perequê-Açu ao Centro. Depois os atores passam por dois palcos que serão montados dentro da Ilha e a Via Crucis acontecerá nas ruas que circundam o Mercado de Peixe. A morte de Cristo acontecerá de forma tradicional, no alto do Morro da Prainha.
Este ano, a Prefeitura de Ubatuba assumiu a responsabilidade orçamentária do evento e deixou toda a produção do espetáculo por conta da empresa Cia. do Mar Atividades Artísticas. A Companhia e a Prefeitura já vêm realizando parcerias em diversos projetos de Secretarias Municipais, como o “Magrelândia”, voltado para educação do ciclista no trânsito e “Folia com Saúde”, realizado no carnaval para incentivar o uso de camisinha na preservação de doenças e gravidez precoce.
O prefeito Eduardo Cesar disse que, esse ano, com a mudança de estruturação do evento, conseguiu-se fazer uma economia de R$ 10 mil em relação ao ano passado, sem contudo, tirar o brilho da apresentação. Segundo ele, a mudança do local trará benefícios para o evento. “O fato de ser um local relativamente pequeno faz com que as pessoas possam assistir à peça com mais facilidade, sem ter que ficar se deslocando muito. Espero que a apresentação deste ano seja melhor que a do ano passado e que no ano que vem seja melhor ainda, porque continuaremos apoiando o evento sempre”.
Mais de 30 profissionais, entre atores, produtores e técnicos estão envolvidos no espetáculo, que contará ainda com a presença de cerca de 200 figurantes. O ator Bado Todão, que representa o papel de Jesus Cristo desde 1989 e é também o produtor da peça, diz que a alternativa de executar a encenação na Ilha dos Pescadores é uma oportunidade de resgatar um pouco da cultura, tendo como cenário uma vila caiçara. “Eu acredito que a população local irá nos receber com muito carinho e, se eles permitirem, a Ilha pode se tornar um espaço definitivo para a apresentação”.
As inscrições para a figuração da Paixão de Cristo ainda estão abertas. Quem quiser participar desse belo espetáculo deve comparecer à Rua Dr. Esteves da Silva 268, em frente à Ordem dos Advogados do Brasil.
Encenação no Ipiranguinha - Os moradores da região oeste poderão prestigiar a encenação da Paixão de Cristo no dia 13, quinta feira, a partir das 19h30. Este é o quarto ano de apresentação dessa encenação religiosa, que envolve toda a comunidade local, independente da religião. Os atores estarão presentes na missa da Igreja Nossa Senhora de Fátima e a encenação, que começa logo após, inicia-se na Praça Madre Sofia. Depois, os espectadores seguem em procissão a via sacra pela Rua da Cascata, finalizando na rua dos Pacíficos.
A organização do evento está por conta do administrador paroquial, Pe. José Ramos, Luiz Denis de Souza e Marcílio Lopes, membros da comunidade.
Semana Santa agitada na região sul - Um evento que vai comemorar a Semana Santa deve atrair não só os moradores de Ubatuba como muitos turistas para a Maranduba, nos dias 14 e 15 de abril. Na sexta-feira, 14, haverá uma encenação da Paixão de Cristo com atores da igreja católica do próprio bairro, a partir das 20 horas, na Praça de Eventos. Para animar o sábado de aleluia, a banda local D´Jahga se apresenta na Praça de Eventos. A festa acontece a partir das 20h, com apoio da Prefeitura Municipal de Ubatuba, Secretaria Municipal de Turismo e Comissão dos Moradores da Maranduba.
Cinema ao ar livre - A Paixão de Cristo, produção de US$ 25 milhões, dirigida por Mel Gibson e assistida por cerca de 300 milhões de pessoas no mundo inteiro, será exibida na Maranduba e no Sertão da Quina. Na Maranduba, o filme será apresentado no dia 13, quinta-feira, às 21 h, na Praia. No dia 14, sexta-feira, a exibição do filme acontecerá no campo de futebol do Sertão da Quina, a partir das 21 horas, ambos com entrada franca.
A iniciativa da Fundart, em parceria com Prefeitura Municipal de Ubatuba irá permitir que um telão de 18 m2 seja utilizado para apresentar essa impactante filmagem que recebeu três indicações ao Oscar.
Tendo como atores principais James Caviezel e Mônica Bellucci, o filme conta as últimas 12 horas da vida de Jesus Cristo. Foi rodado em Roma e é inteiramente falado em aramaico e latim, línguas usadas na época de Jesus Cristo. A título de curiosidade, numa das locações do filme, o ator Jim Caviezel e o diretor assistente foram atingidos por um raio. Apesar do susto os dois não sofreram nada. (Fonte: PMU)

Prefeitura decreta lacração do Parque Trombini

Ubatuba - Foi determinada pela Prefeitura de Ubatuba, através do Decreto número 4550, de 7 de abril de 2006, a lacração do estabelecimento Trombini e Trombini Ltda, considerando que o parque de diversões, objeto de exploração comercial da citada empresa, não possui alvará de funcionamento e não está inserido no projeto de urbanização da Avenida Iperoig, além de ser dever do Poder Executivo zelar pelo interesse público, de tal forma que interesses particulares não se sobreponham ao interesse coletivo. A empresa citada desrespeitou os procedimentos legais a fim de adotar as medidas necessárias à sua desativação, já que o Decreto número 4534, de 2 de março de 2006 determinou o fechamento do parque e tal determinação foi acintosamente desconsiderada pela empresa. Consta do referido Decreto que a sociedade de modo geral manifesta-se no sentido de que o parque é incompatível com o espaço que ocupa e que não há interesse público para que o estabelecimento continue com suas atividades. Para o prefeito Eduardo Cesar, o fechamento do Parque Trombini atende uma antiga reivindicação dos cidadãos, do comércio e principalmente dos vereadores da Câmara Municipal. (Fonte: PMU)

Prefeito esclarece projeto de cobertura de feira hippie
Em reunião com os expositores, o prefeito Eduardo Cesar e o vereador Claudinho Gulli mostraram o porquê de a cobertura ainda não ter sido efetuada

Ubatuba - Com o objetivo de esclarecer dúvidas a respeito da obra de cobertura da feira hippie e sua respectiva paralisação, o prefeito de Ubatuba, Eduardo Cesar, juntamente com o vereador Claudinho Gulli, reuniram cerca de cem expositores no auditório da Escola Tancredo Neves, na última sexta-feira, 7. Foram apresentados com clareza os aspectos mais importantes do projeto do Centro de Convivência e Entretenimento, que tem R$ 453.883,40 de verbas vindas do Dade (Departamento de Apoio ao Desenvolvimento das Estâncias) desde a administração passada. Para Eduardo Cesar, o principal intuito de estar reunido com os artesãos que expõem na feira hippie é chegar a um entendimento para um assunto extremamente sério e de interesse de todos. “Estou mantendo o compromisso de campanha de todos os candidatos a prefeito nas últimas eleições, que é ver a cobertura implantada. Para isso saibam que podem contar comigo como um aliado, pois farei o que puder fazer para resolver o problema”, disse o prefeito.
Paralisação - As obras da cobertura do Centro de Convivência e Entretenimento, que abriga em torno de 120 expositores, estão paralisadas desde o dia 11 de janeiro por uma decisão do Poder Judiciário, acatando uma liminar na qual o Condephaat (Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Artístico, Arqueológico e Turístico do Estado de São Paulo) pediu paralisação da obra até que se comprove a ausência de prejuízo à visibilidade ou destaque dos bens patrimoniais. Tal comprovação somente ocorrerá após decisão final a ser tomada no processo administrativo de tombamento do Cruzeiro e da Igreja Matriz, em trâmite no próprio Condephaat.
Os artesãos aguardam pela cobertura, que para eles seria a realização de um antigo sonho. O vereador Claudinho Gulli é expositor há mais de 20 anos na feira hippie e tem lutado, ao lado da Prefeitura, para ver o sonho concretizado. “Vejo o esforço da Prefeitura e tenho confiança que a cobertura vai sair justamente porque sei que o prefeito está trabalhando muito por isso”. “O Claudinho tem brigado tanto quanto eu para ver a feira hippie coberta, ele é um defensor das necessidades da classe, por isso estamos tentando resolver um problema que para mim é questão de honra”, disse o prefeito aos artesãos.
Aspectos jurídicos - O secretário de Assuntos Jurídicos da Prefeitura, Marcelo Mourão, explicou minuciosamente os aspectos jurídicos que envolvem o caso, deixando claro para os expositores que a paralisação das obras foi resultado do esforço contrário de um pequeno grupo que usou de argumentos desfavoráveis à cobertura, atrapalhando a evolução de um projeto que beneficiará não só os artesãos, mas toda a cidade. A Associação em Defesa do Povo Caiçara (ADPC) foi a entidade que interferiu e pediu a paralisação das obras no início de janeiro. Tendo sido citada no dia 27 de janeiro, a Prefeitura interpôs Agravo de Instrumento contra a decisão que concedeu a liminar pleiteada, tendo em vista que a referida liminar foi concedida com base em simples informação, sem oportunidade de ouvir a parte contrária. O agravo está sendo analisado pelo Tribunal de Justiça. A Prefeitura apresentou também contestação por ter administração atual recebido parecer favorável do IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional), e do Condephaat tendo sido o projeto elaborado dentro da melhor técnica, inclusive com cálculo estrutural.
Polêmica - O prefeito abordou também um outro assunto de muita polêmica no município: a retirada da amendoeira para a obra. Primeiramente ele explicou que a amendoeira não é uma espécie protegida por lei e que havia a necessidade técnica da remoção. “Entre preservar a amendoeira e permitir que vocês tivessem um espaço melhor, optamos pelos dois, já que a árvore está bem cuidada em um local onde não sofre agressões. A Prefeitura está defendendo o trabalho e o sustento dos artesãos”.
União entre os artesãos - O prefeito Eduardo Cesar enfatizou a necessidade da união dos expositores para que os interesses públicos sejam defendidos. “Independente de gostar ou não do prefeito deve haver união para que a população alcance seus objetivos. A Prefeitura vai ajudar no que for possível para ver o sonho de vocês ser realizado”, disse o prefeito aos artesãos. A discussão foi aberta a perguntas as quais o prefeito e seus assessores presentes fizeram questão de responder uma a uma. Ao fim das perguntas, o artesão, José Benedito Silva Rodrigues, entendendo a boa vontade da Prefeitura, disse: “tenho a tranqüilidade de saber que para nós, feirantes, você é a pessoa que mais lutou a nosso favor”, referindo-se ao prefeito. (Fonte: PMU)

Dr. Ricardo apresenta Projeto de Lei que dá prioridade de atendimento aos idosos

Ubatuba - Preocupado em oferecer melhor qualidade de vida aos idosos, o presidente da Câmara, vereador Dr. Ricardo Cortes (PV), elaborou o Projeto de Lei que dá preferência de tramitação aos processos e procedimentos administrativos aos cidadãos com idade igual ou superior a 60 anos.
De acordo com o Projeto o idoso deverá ter tratamento prioritário no balcão e no protocolo, distribuição do processo com tarjeta de cor diferenciada na capa, despacho, notificação, intimação, oitiva, decisão, publicação, recurso, cujos procedimentos administrativos, em qualquer fase, receberão prioridade de andamento e conclusão. O Projeto refere-se ao atendimento em qualquer órgão administrativo do Legislativo e do Executivo no Município.
Segundo Dr. Ricardo o Projeto visa garantir os direitos do idoso, "o envelhecimento é o curso natural da vida de todo cidadão e sua proteção é garantida por Lei, por isso elaborei este projeto, garantindo um tratamento que respeite a sua dignidade, que agilize a tramitação dos processos e procedimentos, cujo objetivo é garantir a ele efetividade de seus direitos", disse Dr. Ricardo, lembrando que o Poder Judiciário já respeita esse direito preferencial ao idoso, seguindo o que determina o Estatuto do Idoso. (Fonte: Laura Ennes)

Moradores da Vila Paris se reúnem com prefeito

Ubatuba - O prefeito Eduardo Cesar, juntamente com a assessora de Desenvolvimento de Assuntos Comunitários, Silvana Niel, esteve reunido com membros do Movimento dos Moradores do Parque Paris, no último dia 30. O objetivo do encontro foi discutir sobre a realização de obras em duas praças do bairro.
Uma das praças, chamada Praça Benedito Mariano dos Santos será urbanizada através de uma parceira entre o Movimento dos Moradores e a Prefeitura. Os moradores financiaram a compra de 60 tubulões e a Prefeitura se responsabilizou pela execução da obra, que já está acontecendo. Segundo o prefeito, a conclusão da primeira fase, que compreende a estrutura básica para a reurbanização. Em relação à outra praça, ao lado, a comunidade apresentou um projeto, que está sendo analisado pela prefeitura, para transformar o espaço em centro comunitário. (Fonte: PMU)

 


Semana de 06/04 à 13/04/2006

CINE PORTO (Ubatuba)
fone :3833-2066 ( 012)

"A Era do Gelo 2" 
Ás 16:00 hs - 17:50 hs - 19:40 hs -21:30 hs( No sábado e domingo também ás 14:20 hs)


CINE PASSEIO (Ubatuba)
fone : 3832-2843 ( 012 )

"Os Seus os meus e os nossos"
16:00 - 17:50 - 19:40 - 21:30Hs 



 

Ação Litoral
 
Poesia Topo

O velho e o mar

Durante toda a semana
O velho caiçara tentou
Varar a barreira das ondas
Na boca da barra
Do Rio Poruba
Para ir pescar
E o mar o fez recuar
No sétimo dia
Do descanso do senhor
O mar se aquietou
E, enfim, o pescador
Pode sair pro trabalho
Armou o tresmalho
E, em seguida,
Tratou de retornar
Mas não conseguir atracar
Porque o mar reergueu-se
Em vagalhões de mau humor
E canoa e pescador
Na areia o mar pinchou
Pelo castigo do pecado
Do domingo violado.
Mas a história continua
E, em compensação,
No dia seguinte
Quando a rede visitou
O nosso pescador
Encontrou peixes pra muitos dias
Oferta de um Deus gozador.

 

Félix Cabral
Ubatuba, SP

Céu Azul

Quando Olho O Horizonte
Vejo Obstáculos Em Fronte
Vejo Montanhas, Vejo Montes
Vejo Matas Verdejantes
Vejo O Céu Azul
Vejo O Sol Brilhar
Mas, No Meu Olhar,
Sinto Lágrimas Brotar
Ofusca Minha Visão,
Quero Chorar
Quero Gritar
Sinto Dor No Coração
Não Consigo Ver O Que Eu Quero,
Talvez Uma Ilusão
O Pensamento É Sincero
Não Vai Além Da Verdade
Eu Queria Enxergar.......... Felicidade!!!!

J. Bueno
(direitos autorais reservado)
 

Carta do Leitor
As mensagens, fotos e opiniões  publicadas neste boletim são de inteira responsabilidade de suas fontes e autores,
não expressando necessariamente a opinião deste informativo. O envio de qualquer material para nosso e-mail
será considerado como autorizado a sua publicação e assumida a total responsabilidade pelo seu conteúdo.
As mensagens deverão conter nome completo, RG, endereço, telefone de contato e um e-mail válido.
Reservamos o direito de não publicar cartas que não contenham a devida  identificação do autor.
Topo

PROCURANDO PÊLO EM OVO - O título foi sugerido por funcionário municipal que, há trinta anos, conhece minha vida pública e privada e sabe que nunca compactuei com a corrupção e a ilegalidade. A pessoa também tem acompanhado as atitudes do Sr. Eduardo de Souza César, em relação a minha pessoa, como vereador primeiro e, agora, como prefeito. Para o funcionário, já faz algum tempo, que está configurada a "discriminação de origem".
A última, como vereador, foi denunciar-me, intempestivamente, pelo crime de acumulação ilegal de aposentado com cargo em comissão de Secretário de Educação. Tive que ocupar a Tribuna Livre da Câmara para defender-me e ler o $ 10° do Artigo 37 da Constituição Federal. Até hoje não sei se não o conhecia ou conhecendo-o agia contra suas normas e determinações.Em ambas hipóteses era seu dever conhece-lo e respeita-lo.
Já, na qualidade de prefeito municipal de Ubatuba, tem me caluniado, processado e publicado inverdades, em vários órgãos de imprensa, ao meu respeito. A situação é tão escancarada e grave que um dos seus assessores sentiu-se obrigado a comunicar-lhe, por escrito:
"Não temos nenhum fato que desabone a conduta do referido ex-Secretário".
"Mas não. V. Exa. Insiste em sua intenção de processar o ex-Secretário de Educação.....O processo que foi aberto contra ele (artigo Incompetência Mata) foi extinto sob o fundamento de que o ex-Secretário de Educação exerceu seu sagrado direito de "LIVRE MANIFESTAÇÃO DE PENSAMENTO", garantido constitucionalmente(artigo 5°, IV, da Constituição Federal).
"Ora Sr. Prefeito. Não sou um títere a serviço de "vingancinhas pessoais".
Advogados e assessores jurídicos "são defensores da Prefeitura e não da pessoa do Prefeito".
Pelo andar da carruagem, o Sr. Prefeito, Eduardo de Souza César, não assimilou as mensagens dos textos, acima citados e de outros, mais contundentes, que lhe tem sido entregues ou publicados, por críticos e colaboradores de campanha. Há também indícios de ter encontrado os títeres e marionetes para, com dinheiro dos contribuintes (sou um deles) silenciar todos aqueles que denunciam, simplesmente raciocinam e, até, os vereadores que tentam cumprir seu dever de fiscalizar.
No dia 07-04-06, curiosamente um dia após a publicação de artigo de minha lavra: "PARA COMPARAR", comentando o suposto superfaturamento de três obras escolares, em 100%(cem por cento), 150%(cento e cinqüenta por cento), se comparadas com escolas, com o mesmo projeto, construídas na administração anterior e sem que os materiais de construção tenham tido aumento significativo, foi publicado na imprensa virtual ( Litoral Virtual, Ubatuba Víbora e Guaruçá) e posteriormente nos semanários( A Cidade e Agito) notícia da Prefeitura: "Prefeitura move ação para restituir prédio de escola desativada da Casanga". No final da matéria a Prefeitura informa: "Na próxima semana será proposta uma ação civil pública contra o ex-Secretário de Educação que, de modo indevido, autorizou a utilização de bem público"(Fonte PMU).
Não conseguimos atinar onde se encontra o delito de autorizar, a TÍTULO PRECÁRIO, com o conhecimento do Sr. Prefeito e de toda a administração, o uso, conservação e manutenção do prédio desativado. Também não conseguimos adivinhar as vantagens que o município terá com essa ação civil pública. Vingancinhas pessoais de que falam assessores?
Silenciar a minha pena?. Desviar a atenção sobre as gravíssimas mazelas da administração municipal?. Não sei. O eventual leitor tire suas conclusões.
Quero deixar bem claro, para toda a comunidade de Ubatuba, que, com a cessão do prédio, a título precário, pretendia-se:
1°- Que o prédio fosse conservado e mantido em bom estado até que a Prefeitura encontrasse outra função para ele. Isso foi cumprido enquanto estivemos na administração.
2°- Evitar fossem furtadas portas, janelas, instalação elétrica e hidráulica, como costuma acontecer em prédios desativados, principalmente, quando são públicos.
3°- Que ele não seguisse o mesmo destino que tiveram, em administrações anteriores, a escola do Canto da Praia de Ubatumirim, do Saco das Bananas e, em parte, da Fazenda da Caixa. Esta posteriormente reformada para atender a comunidade.
4°- Que funcionária efetiva da Prefeitura Municipal, com salário aproximado de R$ 400,00 e problemas de moradia, tivesse melhores condições de sobrevivência.
Caso exista algum delito, deve receber o nome de "EXCESSO DE ZELO" para que o patrimônio municipal não sofresse depredação. A esse delito poderíamos acrescentar o de "SENSIBILIDADE SOCIAL" para com os necessitados.
Entendemos que o Poder Judiciário deve ser respeitado e só acionado quando existam delitos nocivos aos interesses públicos e, após, esgotados os procedimentos administrativos, as negociações sérias e o diálogo social. Negociar é preciso. Respeitar os cidadãos dever de todos que ocupam cargo público e por eles (cidadãos) são remunerados.

Corsino Aliste Mezquita
Ubatuba, SP

Carta de um Brasileiro

Caro Senhor Presidente da República Federativa do Brasil,

Venho por meio desta comunicação manifestar meu total apoio ao seu esforço de modernização do nosso país. Como cidadão comum, não tenho muito mais a oferecer além do meu trabalho, mas já que o tema da moda é Reforma Tributária, percebi que posso definitivamente contribuir mais.Vou explicar:
Na atual legislação, pago na fonte 27,5% do meu salário. Como pode ver, sou um brasileiro afortunado.
Sou obrigado a concordar que é pouco dinheiro para o governo fazer tudo aquilo que promete ao cidadão em tempo
de campanha eleitoral. Mesmo juntando ao valor pago por dezenas de milhões de assalariados!
Minha sugestão é invertermos os percentuais. A partir do próximo mês autorizo o Governo a ficar com 72,5% do meu salário. Portanto, eu receberia mensalmente apenas 27,5% do resultado do meu trabalho mensal.
Funcionaria assim:
Eu fico com 27,5% Limpinhos, sem qualquer ônus. O Governo fica com 72,5% e leva as contas de:

1. Escola,
2. Convênio médico,
3. Despesas com dentista,
4. Remédios,
5. Materiais escolares,
6. Condomínio,
7. Impostos municipais, estaduais e federais,
8. Água, luz, telefone e energia,
9. Supermercado,
10. Gasolina,
11. Vestuário,
12. Lazer,
13. Pedágios,
14. Cultura,
15. INSS,
16. CPMF,
17. IPVA,
18. IPTU,
19. ISS,
20. ICMS,
21. Segurança,
22. Previdência
privada e qualquer taxa extra que por ventura seja repentinamente criada por qualquer dos Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário.

Um abraço Senhor Presidente, e muito boa sorte, do fundo do meu coração!

Ass: Um trabalhador que já não mais sabe o que fazer para conseguir sobreviver com dignidade.

PS: Podemos até negociar o percentual!
E TEM MAIS...
Agora vejam só a farra do Congresso Nacional
a..Salário: R$12.000,00
b..Auxílio-moradia R$ 3.000,00
c.. Verba para despesas "comprovadas" R$ 7.000,00
d. Verba para assessores R$38.000,00
e. Para 'trabalharem' no recesso R$25.400,00
f.. Verba de gabinete mensal R$35.000,00
g..
Transporte: Passagens aéreas de ida e volta a Brasília/mês; Direito a "contratar" 20 servidores para seu gabinete;
h.. 13º e 14º salários, no fim e no início de cada ano legislativo;
i.. e 90 dias de férias anuais e folga remunerada de 30 dias.
ISSO, PARA CADA UM DOS 514 DEPUTADOS!

Esse dinheiro sai dos cofres públicos, ou seja, do nosso bolso!

a.. Mostre sua indignação e envie este texto a todos os seus amigos e conhecidos para que protestem junto aos deputados federais e senadores.
b.. E ainda querem que você doe um pouquinho para o "Fome Zero".
TENHA SANTA PACIÊNCIA!!!!!

Maria Cruz
Ubatuba, SP

Pesquisas Eleitorais - As pesquisas, respeitadas as margens para mais, ou para menos, dificilmente erram. A recente, referente a "corrida" para o posto maior da Alvorada, elaborada pela Data Folha, atesta a supremacia na preferência popular por Lula. Imaginem! Particularmente, digo, infelizmente! Tenho esta pesquisa (específica) que sinaliza Lula lá (novamente) com alto "desvio". Ela não considera (portanto não avalia) que maioria dos entrevistados tratam-se de desesperançados que, atônitos, assistem diariamente pela TV o festival de bandalheiras que se transformou a administração política deste país. Assim, como diz o comercial do flex power "a álcool ou a gasolina" (para governar nos moldes que nos apresentam) tanto faz! Tanto faz quem seja, se a bandalheira é a mesma. Quem se importa quem seja o "eleito" ? Os entrevistados votam porque o voto é (lamentavelmente) obrigatório. Se não o fosse, o dia deste ato, dito de maior expressão cívica, facilmente seria usado, integralmente, para as atividades rotineiras de lazer, até mesmo para "bater" uma bolinha com o pessoal. Para confirmar esta afirmação, de quem ninguém se importa com eleição, não é preciso nenhuma pesquisa científica. Pobre povo.

Ronaldo Dias
Ubatuba, SP

Prezado Emilio Campi, meus parabens a voce e toda sua equipe,pelos seis anos ,do jornal Litoral Virtual, que bom seria se houvesse muito mais pessoas como voce,que teve a brilhante ideia de atraves deste jornal tanto contribuir para o crescimento e fortalecimento de nossa querida Ubatuba,hoje sou um morador de Ubatuba e vigiado em ler este informativo.Que Deus de proteja ,continue assim sempre um batalhador dos ideais do povo desta cidade.

Mauricio de Souza
Morador da Maranduba

Foto do Dia Topo

Para participar desta seção basta enviar as fotos com crédito do autor e legenda, no tamanho mínimo
de 1024 x 768 pixels com resolução de 72dpi para fotododia@litoralvirtual.com.br.  O envio da foto caracteriza autorizada a sua publicação, assumindo o autor total responsabilidade pela publicação da mesma.

Ubatuba

Golfinho Mar Virado - Fuçada

Golfinho Mar Virado
©
Fuçada
Envie sua foto!

Para instalar a foto como papel de parede (wallpaper)
Clique na foto acima. Após carregar a foto ampliada, clique com o botão direito do mouse sobre a imagem e escolha "Definir como papel de parede" ou "Definir como fundo de tela". Para ajustar a imagem em tela cheia, clique em qualquer lugar da área de trabalho com o botão direito do mouse, escolha "Propriedades" / "Fundo de Tela" ou "Papel de Parede" / "Ampliar".

Arquivos:  Foto Saudade  -  Foto do Dia

 Faça seu comentário, crítica, opinião ou sugestão no Litoral Virtual:
Clique Aqui


As notícias, fotos e cartas publicadas neste boletim são de inteira responsabilidade de suas fontes e autores,
não expressando necessariamente a opinião deste informativo. O envio de qualquer material para nosso e-mail
será considerado como autorizado a sua publicação e assumida a total responsabilidade pelo seu conteúdo.
As cartas devem conter nome completo, RG, endereço, telefone de contato e um e-mail válido.
Reservamos o direito de não publicar cartas que não contenham a devida  identificação do autor.

Editor Chefe: Emilio Campi
Atualização: Juliano Gregori

GRÁTIS!!
Receba as Últimas Notícias do Litoral em seu e-mail:

Quero receber GRATUITAMENTE o boletim Últimas Notícias do Litoral:

e-mail:
Cidade:



Obs.: Você poderá cancelar o recebimento das notícias a qualquer momento.

 

Conheça as cidades do Litoral Norte Paulista:

Caraguatatuba Ilhabela São Sebastião Ubatuba

Litoral Virtual
O mais completo site do Litoral Norte Paulista na Internet
Sugestões, críticas e informações, entre em contato:
info@litoralvirtual.com.br

©1995/2001 Emilio Campi - Studio Maranduba - Direitos Reservados
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem a expressa autorização do autor