Litoral Virtual últimas notícias do litoral
Terça-feira, 25 de Setembro de 2007 - Nº 1849 Edições Anteriores

Maré Legal Terra Caiçara

Região
Polícia Ambiental executa operação de fiscalização em comemoração ao aniversário da corporação


Caraguatatuba
Fundo Social de Caraguá recebe doação de quase meia tonelada de alimentos do Unimódulo
Dia da Multiação atende milhares de pessoas no bairro Perequê-Mirim
2º GP Caraguá Ciclismo é Aqui acontece dia 30 de setembro
Caraguá sediou etapa regional do Pró Natação neste fim-de-semana
Direito à alimentação é tema da "Semana Josué de Castro" de 10 a 16 de outubro
Quiosque do Flávio e Associação Long Teh promovem Tarde do Yakissoba em Caraguá
Câmara discute convênio com Fundação Casa

Ilhabela
Vereador propõe multa para quem derrubar árvores


São Sebastião
Tebar realiza maior simulado de emergência da história do terminal
Prefeitura obtém verba do Ministério das Cidades para aplicar em núcleo congelado de Juquehy
1º Jogos do Idoso de São Sebastião vai reunir mais de 350 participantes a partir de quinta-feira
Seduc reúne 130 professores no 5° Encontro do projeto “Leitura e Escrita”
Empresa apresenta projeto sobre a Estação de Tratamento de Esgoto da Vila Sahy
Comtur de São Sebastião discute ações para a “curta” temporada do verão 2008
Juquehy faz troca de materiais recicláveis por alimento e doa mudas de Pau-brasil

Ubatuba
"Prefeitura no Bairro" acontece no Horto
Prefeito se dispõe a ajudar comunidade do Corcovado com pavimentação da estrada

Seções
Poesia
Carta do Leitor
Foto do Dia

Notícias da Região Topo

Polícia Ambiental executa operação de fiscalização em comemoração ao aniversário da corporação

Litoral Norte - Em comemoração ao 20º aniversário do 3º Batalhão de Polícia Militar Ambiental do Litoral Norte, os profissionais se dividiram em áreas e fizeram uma ampla operação de fiscalização, que começou às 12h da última quinta-feira e terminou às 20h de sexta-feira, dia 28.
De acordo com informações do Tenente Marco Aurélio da Polícia Ambiental de São Sebastião, foram executados nove autos de infrações ambientais; cerca de 40 boletins de ocorrência; apreensão de uma arma de caça e um veículo; três autuações de desmonte de pedras e aproximadamente 43 áreas fiscalizadas.
A ação, que durou 32 horas, teve o apoio de duas embarcações para as atividades do Pelotão Marítimo, 10 veículos e cerca de 40 homens empregados na operação.
Segundo o tenente, todos os municípios devem passar por essa fiscalização, que verificará desmatamento não-autorizado, caça e pesca irregular e mineração.
Cidadania
Paralelo a operação do 20º aniversário do 3º Batalhão, os profissionais também fizeram atividades de educação ambiental com palestras em escolas da região sobre a exploração de recursos naturais.
Esse é um projeto que conta com o apoio das prefeituras de Ilhabela e São Sebastião e existe há cerca de cinco anos, conforme informações do tenente Marco Aurélio.
Intitulado de “Nasce uma vida: plante uma vida”, o projeto consiste em incentivar o plantio de uma árvore a cada nascimento nas quatro cidades litorâneas. Durante a operação de aniversário, 11 crianças nasceram no Litoral Norte: São Sebastião (8), Ilhabela (1) e Ubatuba (2). A Polícia Ambiental visita as mães, entrega flores e agenda uma data para que ela plante uma árvore – uma atitude de cidadania, conscientização e respeito com as novas gerações. (Fonte: Imprensa Livre)


Notícias de Caraguatatuba Topo



O Guaruçá Caraguatatuba

Fundo Social de Caraguá recebe doação de quase meia tonelada de alimentos do Unimódulo
O Centro Universitário Unimódulo, de Caraguá, realizou durante todo o mês uma campanha de arrecadação de alimentos entre alunos do colégio e da faculdade. Os produtos arrecadados foram repassados aos Fundos Sociais de Solidariedade, das quatro cidades do Litoral Norte, após o encerramento da Semana das Profissões

Caraguatatuba - O Centro Universitário Unimódulo, de Caraguatatuba, entregou à presidente do Fundo Social de Solidariedade, da Prefeitura Municipal de Caraguá, quase meia tonelada de alimentos não-perecíveis.
Os produtos foram arrecadados por meio de uma campanha realizada com alunos da faculdade e do colégio.
Segundo informou a presidente do Fundo Social de Caraguá, a primeira-dama, Rosângela Leite Carrijo de Aguilar, "como a faculdade tem alunos das quatro cidades do Litoral, a quantidade arrecadada foi distribuída conforme os alunos que moram também nas demais cidades da região, durante a Semana das profissões", explicou.
A doação dos alimentos ao Fundo Social de Solidariedade de Caraguá aconteceu na manhã desta sexta-feira, 21 de setembro, na sede do Unimódulo, com a presença da Presidente do Fundo, Rosânegla Leite Carrijo de Aguilar, do Reitor do Unimódulo, Alexandre Nogueira Gonçalves, do Pró-Reitor de Relações Comunitárias e Extensão, Léo Reis, da coordenadora do Fundo Social, Cilce Fabrette, entre outros.
Os alimentos doados ao Fundo Social de Caraguá totalizaram 469 quilos e serão repassados para entidades filantrópicas que trabalham com as famílias carentes de Caraguá. (Fonte: PMC)

Dia da Multiação atende milhares de pessoas no bairro Perequê-Mirim
Durante todo o dia, milhares de pessoas foram atendidas pelo mutirão da solidariedade, que ofereceu gratuitamente inúmeros serviços. Confecção de documentos, orientações diversas e apresentações culturais foram algumas das atividades que marcaram o evento no Perequê Mirim, no último sábado.

Caraguatatuba - O Dia da Multiação, realizado pela Prefeitura de Caraguatatuba no último sábado, dia 22 de setembro, no bairro Perequê-Mirim repetiu o sucesso das edições anteriores, realizando um total 14.044 atendimentos em diversos serviços, durante todo o dia. Realizado na EMEF (Escola Municipal de Ensino Fundamental) Profª Edna Maria Nogueira Ferraz, o evento ofereceu os mais variados serviços, de saúde à entretenimento, reunidos num mesmo local, gratuitamente.
Desde o inicio das atividades, às 8h, pessoas de todas as idades já começaram a procurar as ações oferecidas pelo mutirão social. O morador do bairro Perequê Mirim, Paulo dos Santos Ferreira, foi acompanhar a filha na obtenção da segunda via do documento de identidade.
Ele considerou a ação muito importante para a população, principalmente pela facilidade que trouxe a todos. "Para tirar esse documento teríamos que ir a vários lugares e gastar certa quantia de dinheiro. Aqui conseguimos fazer as mesmas coisas e de graça. Eles tiraram as fotografias, xérox e nos atenderam muito bem. Gostei muito do que vi hoje por aqui", completou.
Para Marlene Dias dos Santos, o evento proporcionou uma grande economia para a família. "Estávamos sem dinheiro e quando soube que teria corte de cabelo, vim para cá com meu marido e meus filhos. Foi muito bom, pois todos nós conseguimos cortar o cabelo e será uma preocupação a menos para a gente esse mês", destacou.
O atendimento à mulher foi uma prioridade do encontro. A equipe do PSF, com enfermeiros e auxiliares de enfermagem, ficou a disposição de todas para fazer orientações sobre a saúde da mulher e também realizar a coleta de preventivo. Segundo a equipe, muitas mulheres de todas as idades realizaram pela primeira vez o exame e o Multiação foi uma boa oportunidade para que orientações sobre a saúde da mulher fossem realizadas. Também voltado para a mulher, houve uma apresentação com alunos do décimo semestre do Unimódulo, que apresentaram de forma clara e objetiva, mais detalhes sobre a Lei Maria da Penha, que trata sobre a violência doméstica contra a mulher.
Ainda na área da saúde foram realizadas orientações sobre saúde bucal e escovação para as crianças, realizadas pela Secretaria da Saúde. O colégio Tableau também integrou a ação, com uma equipe que realizou aferição de pressão arterial.
As crianças puderam brincar em pula pula, realizar pintura em rosto, assim como participaram de ações educativas. A Polícia Militar, por exemplo, ofereceu desenhos e pinturas sobre o Proerd e a Ditran (Divisão de Trânsito de Caraguatatuba) promoveu brincadeiras sobre a educação no trânsito.
De acordo com a Secretaria de Assistência Social, Antônia Aparecida Decanini Marcelino, responsável pela realização do Dia da Multiação, todos os parceiros colaboraram voluntariamente, para oferecer os benefícios à comunidade, o que garante o sucesso de cada edição do Programa, como foi o caso do Perequê Mirim.
A coordenadora do evento, Cilce Fabrette, comemorou os resultados obtidos nesta edição do Dia de Multiação. Ela comentou que essa atividade foi implantada no município em 2005 e, desde então, só tem obtido bons resultados por onde passa, oferecendo auxilio a população que mora em regiões mais distantes, com importantes serviços.
O mutirão social, que ofereceu diversos serviços gratuitos à comunidade, totalizou 14.040 atendimentos, durante todo o dia. Segundo explicou a coordenadora do Dia da Multiação, Cilce Fabrette, foi um dos recordes de participação, "Mesmo sem a presença da equipe do Poupa-Tempo a comunidade participou ativamente de todos os serviços, foram expedidos 330 RGs, 100 CPF's e 80 Carteiras de Trabalho".
Ainda segundo Cilce Fabrette, a comunidade aproveitou serviços como cortes de cabelo. "Só cortes de cabelos tivemos quase 500 pessoas atendidas".
Os serviços de retirada de documentos, como R.G., Certidão de nascimento e casamento eram os mais procurados pela comunidade. Muitas pessoas também tiveram a oportunidade de tirar a carteira de trabalho, que ficava pronta e na hora e em seguida, fazer o cadastramento no PAT (Posto de Atendimento ao Trabalhador), assim como verificar a existência de vagas atuais.
A Fundacc (Fundação Educacional e Cultural de Caraguatatuba) marcou presença com a realização de diversas apresentações culturais, com muita dança, música e teatro. Os alunos das oficinas culturais do bairro Perequê Mirim tiveram a oportunidade de mostrar o que estão aprendendo durante as aulas.
Também houve serviços de orientação sobre tarifa social da Sabesp, orientações das secretarias municipais, recreação para as crianças, além do Governo Itinerante, onde o prefeito José Pereira de Aguilar e secretários atendem individualmente a população, ouvindo seus problemas e principais reivindicações para o bairro.
Entre os voluntários do Multiação estão: as Secretarias de Assistência Social, Educação, Esportes, Urbanismo, Comunicação, Serviços Públicos, Meio Ambiente, Gabinete, Divisão de Informática, Ditran, Procon, Banco do Brasil, Serviços de Foto 3x4, OAB, PAT/SINE, Cartório de Registro Civil, SABESP, Defesa Civil, Conselho Tutelar, GAC - Grupo de Apoio Civil, Polícia Militar, Associação Comercial, Associação Matinata, INSS, entre outros.
A próxima edição do Dia de Multiação está prevista para o mês de novembro e beneficiará a comunidade do Tinga. (Fonte: PMC)

2º GP Caraguá Ciclismo é Aqui acontece dia 30 de setembro
Esta é a segunda vez que Caraguá sedia o GP de Ciclismo. A prova acontecerá no próximo domingo, dia 30, a partir das 8h, na Avenida da Praia

Caraguatatuba - Os amantes do ciclismo já têm compromisso marcado no próximo domingo, dia 30 de setembro. A Prefeitura de Caraguatatuba, por meio da SECER - Secretaria de Esportes e Recreação, realizará o 2º GP Caraguá Ciclismo é Aqui, com disputa de várias categorias.
A prova acontecerá na av. Dr. Arthur Costa Filho(Avenida da Praia), com concentração na Praça de Eventos, a partir das 8h.
De acordo com a organização da competição, serão disputadas as categorias Fraldinha, Infantil, Juvenil, Open Estreantes, Sênior A(de 30 a 39 anos), Sênior B(de 40 a 49 anos), Feminino Livre, Paraolímpico, Máster acima de 50 anos, MTB Livre e Open Elite.
Participarão da disputa ciclistas de Caraguá, do Litoral Norte, Vale do Paraíba e outras cidades. Compareça e torça por seu atleta favorito. A entrada é franca. Prestigie! (Fonte: PMC)

Caraguá sediou etapa regional do Pró Natação neste fim-de-semana
Cerca de 500 nadadores estiveram em Caraguá para a competição regional que reuniu no CEMUG, nadadores de diversas categorias, de todo o Vale do Paraíba e Litoral Norte

Caraguatatuba - A etapa regional do Pró Natação, foi realizada neste sábado, 22 de setembro, em Caraguá, onde reuniu cerca de 500 atletas entre 8 e 18 anos, de cidades da região do Vale do Paraíba e Litoral Norte.
Segundo o diretor de Esportes e Recreação da SECER - Secretaria de Esportes e Recreação da Prefeitura Municipal, Renato Aguilar, "além de ter sediado o torneio regional, Caraguá está se preparando para a etapa final, que também será sediada pelo município, no mês de novemrbo", destacou. Foram disputadas várias modalidades separadas por faixa etária, dos 8 aos 18 anos, na piscina do CEMUG - Centro Esportivo Municipal Ubaldo Gonçalves. O Pró Natação é uma realização da Secretaria da Juventude, Esportes e Lazer, do Governo do Estado de São Paulo, em parceria com a Prefeitura de Caraguá.
Confira os melhores resultados:
Categoria Mirim - Nado Livre 50 m
1° lugar - Júlia Alves - 48 seg 97 mil
Categoria Pré Mirim 1 - 50 m
1° lugar - Thomaz do Prado
2° lugar - Lucas Muniz
3° lugar - Tunay Antunes
Categoria Juvenil - 100 m Nado Livre
1° lugar - Ulisses Moraes
Categoria Petiz - 200 m Medley
4ª Lugar - Giovana Rubião 3 min 21 seg 45 mil
Categoria Petiz 2 - 200 m Medley
5° lugar - Guilerme Campos - 3 min 11 seg 99 mil
Infantil 2 - 200 m Medley
5ª lugar - Alessandra da Silva - 3 min 28 seg 34 mil
Juvenil - 200 m Medley
2ª lugar - Ana Beatriz Guimarães - 3 min 02 seg 57 mil
Categoria Mirim - 50 m Nado Costa
2° lugar - Giovana Almeida - 43 seg 63 mil
Categoria Petiz - 100 Nado Costa
3ª Lugar - Giovana Rubião 1 min 32 seg 74 mil
Categoria Petiz - 100 Nado Costa
3ª Lugar - Lucas Saraiva - 1 min 41 seg 58 mil
Categoria Infantil 2 - nado Costa 100 m
2ª lugar - Paloma Michaela - 1 min 25 seg 37 mil
Categoria Juvenil - Nado Costa - 100 m
2° lugar - Matheus Campos - 1 min 12 seg 73 mil
Categoria Juvenil 2 - Nado Peito
2° lugar - Vitor Celso - i min 21 seg 56 mil
Categoria Pré-Mirim 1 - Nado Livre 50 m
3ª lugar - Sâmara Amaral - 41 seg 47 mil
2° lugar - Matheus Campos
Categoria Mirim - Borboleta 50 m
2ª lugar - Núbia Xavier (Fonte: PMC)

Direito à alimentação é tema da "Semana Josué de Castro" de 10 a 16 de outubro
A Semana Josué de Castro será realizada na cidade entre 10 e 16 de outubro. O principal objetivo do evento, que mobilizará diversos órgãos, associações e entidades, é discutir o direito à alimentação

Caraguatatuba - Caraguá sediará de 10 a 16 de outubro a "Semana Josué de Castro", na Praça de Eventos, na Avenida da Praia, com várias atrações, tendas, serviços de informação, entre outros.
O evento, realizado pela Secretaria de Assistência Social da Prefeitura de Caraguá, em parceria com outras secretarias, associações e entidades, terá sua abertura oficial no dia 10 de outubro(quarta-feira), às 18h, e o tema principal será o "direito à alimentação". Em seguida, às 19h30, haverá missa com o Bispo Dom Altieri. Em toda a área da Praça de Eventos, estarão distribuídas as tendas: Josué de Castro, CREAS - Centro de Referência de Assistência Social, Tenda de Temperos, espaço dos Maricultores, Agricultores orgânicos, Ervas Medicinais, Pastoral da Criança, CRESANS - Centro de Referência Regional em Segurança Alimentar e Nutricional e Cáritas.
Haverá também a participação das Carretas da Univap, com cursos gratuitos à população nas áreas de Manipulação de Alimentos, Culinária, além do auditório volante que servirá para palestras, capacitações e apresentações em geral.
Serão várias as atrações até o dia 16 de outubro, durante o evento que acontecerá sempre das 11h às 22h, a partir do dia 11(quinta-feira), quando será realizada uma apresentação do pregador evangélico Adeilton Costa, de Santa Catarina, às 19h.
No dia 12, sexta-feira, acontecerá o Recreança, na Prça de Eventos, com muitas atrações na área de recreação para as crianças de Caraguá e no dia 13 também haverá atrações para o público de todas as idades.
No dia 15 de outubro, será realizado o curso de Nutrição da Univap e no dia 16, data em que se comemora o Dia Mundial da Alimentação, haverá a entrega de premiações dos vencedores da 1ª Olimpíadas Josué de Castro, que teve início neste sábado, 22 de setembro, no CEMUG(Centro Esportivo Municipal Ubaldo Gonçalves, e ainda um ato ecumênico às 19h e o show da banda Anjos de Resgate, às 21h, encerrando a Semana Josué de Castro com "chave-de-ouro". (Fonte: PMC)

Quiosque do Flávio e Associação Long Teh promovem Tarde do Yakissoba em Caraguá
Evento revela traços da cultura chinesa e arrecada fundos para atletas que vão para o Brasileiro de Tai Chi e Kung Fu

Caraguatatuba - Admiradores da cultura e da culinária chinesa poderão apreciar nesse domingo em Caraguatatuba uma amostra dessa tradição. A Associação Long Teh de Kung Fu e Tai Chi e o Quiosque do Flávio promovem a Tarde do Yakissoba. O evento arrecada fundos para a equipe municipal que disputará o Brasileiro de KF e TC, que esse ano acontece em Fortaleza (CE).
A entrada custa R$12 e dá direito a uma porção individual de Yakissoba. Há as variações com carne, camarão e tofu com champignon para os vegetarianos. Além da boa comida, haverá apresentações de Kung Fu e da Dança do Leão, tradicionalmente feita na China para atrair bons fluídos.
Brasileiro - Cerca de 15 atletas da Long Teh de Caraguá vão para o Campeonato Brasileiro de Kung Fu e Tai Chi Chuan, entre eles os irmãos e atletas Bolsa Esporte UNIMÓDULO Camila e Murilo Oliveira. A equipe vem se destacando em campeonatos desde meados de 2005, quando se instalou na cidade. Nos Regionais desse ano, foi a vencedora por equipes com mais de 30 medalhas.
Um pouco de história - Há mais de 20 anos no Brasil, a Associação Long Teh de Wushu vem transmitindo os ensinamentos do mestre Tsao A Po para jovens e adultos. Além do Wushu (Kung Fu em Chinês), nas três academias são também ministrados o Tai Chi Chuan, arte que ensina como encontrar o equilíbrio entre mente e corpo, e o Chi Kung, que significa Força Interior e ajuda os praticantes de Kung Fu a terem resistência física. Há uma Long Teh em Ubatuba, uma em São José dos Campos e uma em Caraguatatuba. Essa última fica sob a coordenação do professor Ditinho.
Na Long Teh é ensinado o estilo Shao Lin do Sul de Kung Fu. Ele foi fundado na Índia, e não na China como muitos pensam, pelo monge indiano Ta Mo. Mas foi sim na China que essa arte se desenvolveu. No caso da parte Sul do país, os movimentos são mais baseados no chão, com poucas acrobacias e uso mais elaborado dos movimentos feitos com os braços.

Câmara discute convênio com Fundação Casa
Projeto do Executivo faz permuta com área para instalação de Unidade Regional

Caraguatatuba - A Câmara Municipal de Caraguatatuba discute nesta terça-feira - 25 de setembro, durante a sua 29ª Sessão Ordinária semanal, projeto do Executivo sobre convênio com a Fundação Casa, para instalação de uma Unidade Regional. No projeto consta uma permuta de área na zona sul para a construção do prédio.
No projeto a Prefeitura pede autorização para realização de convênio com a Fundação Casa (leia-se Febem), com a permuta de uma área na região sul, em troca do terreno de propriedade do estado no bairro do Getuba, na zona norte, ou seja, o terreno onde seria construída a Unidade Regional será, caso seja aprovado o convênio, de propriedade da Prefeitura, que em troca, dará outra área na região sul, próximo a CDP (Centro de Detenção Provisória).
Outro projeto do Executivo constante na pauta também fala em convênio, desta vez com a Unitau - Universidade de Taubaté, para cooperação Pedagógica - Técnico - Científica.
O Vereador Wilson Gobetti (PDT), apresenta propositura autorizando o Executivo a regularizar construções clandestinas na cidade e finalizando, proposta do Vereador Aurimar Mansano, que vem sendo adiada há pelo menos 4 sessões, cria o Serviço de Avaliação do Atendimento Hospitalar aos pacientes do SUS (Sistema Único de Saúde). A Sessão Ordinária semanal do Legislativo local é transmitida a partir das 19h30, sempre às terças-feiras pelas rádios Oceânica - 670 Khz e Caraguá FM - 89,5 Mhz sendo que esta última ainda apresenta a versão on line, direto de seu site, bastando clicar www.caraguafm.com.br  (Fonte: Câmara Municipal de Caraguatatuba)

Notícias de Ilhabela Topo

Vulcano Portal da Palmeira

Vereador propõe multa para quem derrubar árvores

Ilhabela - O Vereador José Jorge Pereira (PTB), Zeca do São Pedro, pretende apresentar um Projeto de Lei que acrescenta parágrafos a um dos artigos da Lei 98/80 que dispõe sobre o patrimônio turístico, a proteção ambiental e o parcelamento, uso e ocupação do solo no município de Ilhabela.
Conforme a propositura do Vereador Zeca, o responsável pelo dano, derrubada não autorizada ou morte provocada de árvores, em áreas públicas ou particulares do Município fica sujeito às seguintes penalidades: plantio de 150 árvores por unidade inutilizada e pagamento de multa no valor de, até cinco árvores, de R$ 600,00 por árvore; de seis a 10 árvores, multa de R$ 1.000,00 por árvore; mais de 10 árvores, multa de R$ 2.000,00 por árvore. Os locais para plantio das árvores serão indicados pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente.
A justificativa apresentada pelo edil afirma que as árvores são indispensáveis ao equilíbrio da vida natural do planeta, dos ecossistemas e da própria sobrevivência e, por isso, tornam-se necessárias medidas punitivas que inibam o desmatamento e preservem o meio ambiente. (Fonte: Câmara Municipal de Ilhabela)

Notícias de São Sebastião Topo

São Sebastião Superchic

Tebar realiza maior simulado de emergência da história do terminal

São Sebastião - O Terminal Marítimo Almirante Barroso (Tebar), realiza nesta terça e quarta-feiras (25 e 26/9), a partir das 9h, o maior exercício de simulado de emergência de sua história. A ação, que deve mobilizar mais de 300 participantes, além de mais de 50 embarcações e dezenas de veículos, envolverá ainda o Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, Ibama, Cetesb, Defesa Civil e Secretarias de Meio Ambiente do Litoral Norte.
De acordo com informações da assessoria de imprensa da Transpetro, o objetivo do simulado é, além do treinamento de toda a força de trabalho, testar a capacidade de resposta de todos os envolvidos e dos equipamentos no atendimento de emergências.
O simulado vai retratar da forma mais realista possível, uma falha na estrutura que faz o carregamento e descarregamento de combustíveis de navios. O “acidente” vai gerar um vazamento de petróleo no mar, incêndio no convés do petroleiro e na plataforma. Dentro do simulado, quatro empregados vão sofrer ferimentos e um não vai sobreviver. Além disso, o vazamento de óleo atingirá as quatro cidades do Litoral Norte. Para dar mais realismo às cenas, as vítimas serão maquiadas e um tipo de material de origem vegetal parcialmente decomposto (turfa), será jogado na água para simular o vazamento e o recolhimento de óleo. (Fonte: PMSS)

Prefeitura obtém verba do Ministério das Cidades para aplicar em núcleo congelado de Juquehy

São Sebastião - A Prefeitura de São Sebastião, por meio da Divisão de Habitação, da Secretaria de Obras e Planejamento (Seop), conseguiu uma verba junto ao Ministério das Cidades no valor de R$ 1,03 milhão para investir no saneamento básico e infra-estrutura da Vila Queiroz Galvão, localizada no bairro de Juquehy, na Costa Sul de São Sebastião.
O recurso será repassado pelo Fundo Nacional de Habitação de Interesse Social, através do programa de urbanização, regularização e integração de assentamentos precários – ação melhoria das condições de habitabilidade. De acordo com a Divisão de Habitação, o local a ser beneficiado tem 1.263 pessoas, 192 famílias e 210 imóveis.
A Prefeitura já vem promovendo investimentos nos núcleos ao longo do município, conforme os projetos de urbanização vão sendo aprovados. Na Vila Sahy, no bairro de Barra do Sahy, Costa Sul de São Sebastião, por exemplo, a municipalidade está implantando a rede coletora de esgoto em parceria com a Sociedade Amigos do bairro (Sabs). Já os moradores das Vilas Barreira e Débora, em Cambury, também na Costa Sul, receberam recentemente os carnês de Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU), o que lhes dá o direito a regularização de seu imóvel, e no Chico Soldado, na Costa Norte, foi implantada a rede de água potável, entre outras reivindicações feitas às concessionárias de serviço público como a Bandeirante Energia. (Fonte: PMSS)

1º Jogos do Idoso de São Sebastião vai reunir mais de 350 participantes a partir de quinta-feira

São Sebastião - Tudo pronto para o 1º Jogos do Idoso de São Sebastião (Jiss), que será aberto no próximo dia 27 de setembro (quinta-feira), data em que se comemora o Dia Nacional do Idoso. A programação de atividades vai se estender até domingo (30/9) e conta com diversas atividades extras além das competições, como oficina de cerâmica e show com Jerry Adriani, no sábado, às 21h, na Rua da Praia. O evento deve reunir cerca de 360 participantes, divididos em oito delegações das cidades de São Sebastião, Ubatuba, Ilhabela, Caraguatatuba, Bertioga, Cubatão, Mogi das Cruzes e São José dos Campos.
A maior delegação é a da cidade de São José, que deve trazer 62 atletas para disputar o 1º Jiss. Em seguida, vem São Sebastião, com 55 participantes, depois Cubatão, com 53, Ubatuba e Mogi das Cruzes, ambas com 51 atletas, seguidas de Caraguatatuba, com 43 pessoas, Bertioga com 34, e Ilhabela com 8 participantes. A partir das 14h de quinta-feira (27/9), as delegações das oito cidades serão recepcionadas na E.M. Henrique Botelho, no Porto Grande.
Em seguida, às 16h, os idosos participarão de um coquetel na Secretaria de Cultura e Turismo (Sectur), com o Coral da Faculti, saindo em seguida para uma caminhada. Às 18h, acontece a abertura oficial, na Praça de Eventos da Rua da Praia, já com as competições de coreografia, dança de salão e a escolha da Miss e Mister Terceira Idade, na qual cada cidade deverá apontar um casal para a disputa. São Sebastião concorrerá com Bento de Oliveira, 68 anos, e Neuza Azevedo de Moura, 66 anos, que foram selecionados por uma comissão composta por professores do Projeto Atividade.
Na sexta-feira (28/9), as competições começam cedo, a partir das 9h, com os jogos da modalidade bocha, no CAE do Pontal da Cruz, e keima-gol na Faculdade de São Sebastião (Fass). Às 9h30 acontecem as partidas de tênis na quadra da Rua da Praia, e a partir das 10h, o CAE da Vila Amélia sedia os jogos de basquete adaptado. À tarde, a partir das 13h, na Praia Grande, estão previstas as competições da modalidade pesca, e às 14h serão disputadas as partidas de tênis de mesa no pátio da Secretaria de Cultura e Turismo (Sectur). Concomitante aos jogos, a sexta-feira reserva também um torneio de peteca na quadra Rua da Praia, a partir das 9h; visita monitorada ao Centro Histórico, às 17h; oficina de cerâmica na Sectur, às 18h30; e apresentação de chorinho na Praça do Coreto, a partir das 21h.
No sábado (29/9), o dia começa com as competições de vôlei adaptado feminino, a partir das 9h, na Fass, e o masculino acontece no CAE da Vila Amélia, no mesmo horário. Ainda às 9h haverá o segundo dia de torneio de peteca na quadra da Rua da Praia. A partir das 10h, a Praça de Eventos sedia o congresso técnico de damas e xadrez, além das competições de dominó. Já no Clube da Malha, localizado no bairro do Porto Grande, ocorrerão as competições de malha e sinuca, também a partir das 10h, e no mesmo horário, na Sectur, acontecem as partidas de tranca. O dia termina com um baile especial, animado pelo show do cantor Jerry Adriani na Praça de Eventos da Rua da Praia, a partir das 21h.
Para encerrar as competições no dia 30 de setembro (domingo), a partir das 9h30, o Tebar Praia Clube será palco das finais do basquete adaptado, keima gol e voleibol adaptado. Após os jogos, haverá a cerimônia de encerramento, no Tebar.
A realização do 1º Jogos do Idoso de São Sebastião é do Fundo Social de Solidariedade em parceria com a Prefeitura de São Sebastião, por meio das Secretarias das Subprefeituras (Sesub), Educação (Seduc), Saúde (Sesau), Cultura e Turismo (Sectur), Governo (Segov) e Segurança (Segur). O evento tem parceria também com o Centro de Convivência da 3ª Idade "Polvo" e Tebar Praia Clube. Mais informações pelos telefones (12) 3892-4991 ou 3892-6257. (Fonte: PMSS)

Seduc reúne 130 professores no 5° Encontro do projeto “Leitura e Escrita”

São Sebastião - A Prefeitura de São Sebastião, por meio da Secretaria de Educação (Seduc), realizou no último sábado (22/9), na EM Henrique Botelho, o 5° encontro do projeto “Leitura e Escrita”, que tem convênio com a Fundação Volkswagen e o Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária (Cenpec).
O encontro foi realizado entre o grupo gestor e grupo escola, sendo capacitados por formadores de São Paulo, que separaram os participantes por disciplinas que ministram na rede municipal para aplicar o conteúdo de acordo com o currículo do projeto. Mais informações pelo telefone (12) 3892-4717. (Fonte: PMSS)

Empresa apresenta projeto sobre a Estação de Tratamento de Esgoto da Vila Sahy

São Sebastião - No último sábado (22/9), a empresa Flipper Tecnologia Ambiental fez a apresentação do projeto referente à Estação de Tratamento de Esgoto (ETE), que será construída na Vila Sahy, localizada no bairro de Barra do Sahy, na Costa Sul de São Sebastião.
O encontro aconteceu na sede da Sociedade Amigos da Barra do Sahy (Sabs), responsável pela contratação da firma, e contou com a presença de representantes da Prefeitura, Associação de Moradores da Vila Sahy (Amovila) e membros da Sabs. Após explanação técnica sobre o conteúdo do projeto, os envolvidos realizaram uma visita ao local onde a ETE será implantada, que está sendo aterrado pela Subprefeitura da Costa Sul, da Secretaria das Subprefeituras (Sesub), através da Regional de Boiçucanga. Os serviços devem ser concluídos na próxima quarta-feira (26/9).
A previsão é de que no dia 1° de outubro a obra da ETE seja iniciada, sendo concluída dentro de aproximadamente 45 dias.
O investimento total da rede coletora de esgoto e da ETE, que está sendo executado por meio de uma parceria entre Prefeitura e Sabs, é de quase R$ 1 milhão. A administração entrou com cerca de R$ 670 mil e a entidade com o restante. (Fonte: PMSS)

Comtur de São Sebastião discute ações para a “curta” temporada do verão 2008

São Sebastião - Os membros do Conselho Municipal de Turismo (Comtur), de São Sebastião, se reúnem nesta quarta-feira (26/9), em primeira chamada às 18h, para discutir a elaboração do Plano Turístico para a curta temporada do Verão 2008 e o Projeto de Criação de uma linha turística para circular neste período. O encontro será no Hotel Canoa, em Barra do Una, na Costa Sul.
Como o Carnaval cai na primeira semana de fevereiro, a temporada de verão vai ser uma das mais curtas dos últimos anos. Por isso, os integrantes do Comtur vão discutir iniciativas para que o período seja bem aproveitado por todos os setores que dependem do turismo.
Outro tema da reunião é a apresentação da Linha Turística criada para alavancar o setor. A idéia é que um ônibus saia da Costa Norte e outro da Costa Sul, passando pelas praias onde o turista pode descer. Esse ônibus teria horário específico e preço diferenciado. (Fonte: PMSS)

Juquehy faz troca de materiais recicláveis por alimento e doa mudas de Pau-brasil

São Sebastião - A comunidade de Juquehy, na Costa Sul de São Sebastião, realizou no último sábado (22/9) o segundo “Mutirão do Verde”, idealizado pela Sociedade Amigos do bairro (Samju). Trata-se de uma ação em que o cidadão leva materiais recicláveis e troca por alimento como arroz, feijão, farinha, leite, açúcar, dentre outros. Aproximadamente 2 toneladas de sucata foram recolhidas. Mudas de Pau-brasil foram doadas a comerciantes que colaboraram com a entrega de alimentos.
Segundo a representante da Samju, Marianita Bueno, a iniciativa visa à conscientização e preservação das pessoas em relação à limpeza do bairro onde residem. “A associação vem colaborando com o meio ambiente. O próximo mutirão será realizado, em breve, com maior movimentação da comunidade”, espera.
A ação teve o apoio dos moradores e turistas e atraiu grande número de crianças carentes. “Estou trazendo esse material para tirar do quintal de casa e pegar alimento. Acho isso legal porque limpa o bairro”, declarou Willian de Magalhães Saldanha, 9 anos, de Juquehy. “É importante fazer esse trabalho porque nós acabamos separando o lixo e ajudamos no combate à dengue”, acrescentou o irmão Washington de Magalhães Saldanha, 12 anos.
“Iniciativas como essa podem não ser suficientes para salvar o mundo, mas seguramente vão torná-lo muito melhor. Atitude é tudo. Parabéns aos idealizadores do projeto”, disse o representante comercial Osmar de Oliveira Júnior, 54 anos, de São Bernardo do Campo.
“É a segunda vez que participo e faço isso porque ajuda na alimentação dos meus filhos e também para limpar o nosso bairro”, completou o ajudante geral, Onofre dos Santos Neto, 37 anos.
A Samju deve realizar uma outra ação no mês de dezembro com o objetivo de proporcionar um Natal melhor à comunidade carente. (Fonte: PMSS)

Notícias de Ubatuba Topo

Restaurante Solar das Águas Cantantes Terra Caiçara Salete


"Prefeitura no Bairro" acontece no Horto
O “Prefeitura no Bairro” é um projeto que oferece a oportunidade de a comunidade conversar diretamente com o prefeito e com os secretários

Ubatuba - No último sábado, 22, foi a vez de o bairro Horto receber o Projeto Prefeitura no Bairro, quando as diversas secretárias municipais se reúnem para aproximar a comunidade dos serviços realizados pela prefeitura. O prefeito Eduardo César esteve presente e durante todo o evento atendeu as pessoas da região oeste, tirando dúvidas e prestando esclarecimentos sobre os mais diversos assuntos. "O Prefeitura no Bairro é um projeto que oferece a oportunidade de a comunidade conversar diretamente com o prefeito e com os secretários. Apesar de sempre atendermos a comunidade no gabinete, às vezes a falta de horários em nossa agenda dificulta e acabamos não conseguindo falar com todas as pessoas que nos procuram, como gostaríamos. Por isso, as pessoas devem aproveitar este evento para estarem mais próximas da prefeitura", disse o prefeito.
A diretora da Escola Municipal Maestro Pedrinho, Vani de Fátima da Silva, agradeceu a prefeitura: "falar qualquer coisa seria pouco para uma iniciativa tão importante que traz a prefeitura para perto da comunidade, prestando serviços". A munícipe Zulmira Sanchez Muller também se manifestou: "quero agradecer por tudo o que o prefeito tem feito por nós. Moro nesta região há 15 anos e nunca tinha visto tanta evolução".
Equipe comprometida e unida - O prefeito falou aos presentes e lembrou da construção da Escola Maestro Pedrinho, que era um sonho da comunidade. "Para mim é um grande orgulho realizar o Prefeitura no Bairro nesta escola que era um sonho e foi construída com a maior qualidade. O "Prefeitura no Bairro" é um dia de trabalho, mas é também um dia de festa", disse o prefeito que elogiou o trabalho do professor Elias Batista, com as crianças do grupo Escolata (da E.M Maestro Pedrinho), que apresentaram seus números de dança e música durante o evento. "A região oeste é de suma importância, possui o maior número de trabalhadores do município e vem sendo tratada com muito carinho. Isto só é possível com uma equipe comprometida, unida e que tem amor ao próximo e pelo que faz. É esta equipe que está aqui hoje, com vocês e isto explica porque estamos fazendo mais em três anos do que já foi feito nos últimos trinta anos", completou o prefeito.
A assessora de Desenvolvimento de Assuntos Comunitários, Silvana Niel, comemorou mais uma edição de sucesso: "tivemos a presença maciça da comunidade que teve a chance de conversar com o prefeito, com os secretários e ainda assistir à linda apresentação das crianças da Escola Maestro Pedrinho".
Diversos serviços - Novamente, os munícipes que compareceram ao evento tiveram a oportunidade de se beneficiar com vários serviços prestados pela prefeitura. A Secretaria de Cidadania e Assistência Social realizou atendimentos como o cadastro para o Programa Bolsa Família e exposição e venda de produtos do projeto de Geração de Renda. Havia também um posto do Banco do Povo, do Procon e da Ouvidoria Municipal, prestando esclarecimentos aos interessados. A equipe da Secretaria de Saúde esteve orientando as pessoas sobre saúde bucal e prevenção da dengue, além de prestar serviços como aferição de pressão arterial e exames de glicemia. Pelo Programa de Saúde Animal, houve orientação sobre a promoção da saúde e posse responsável de cães e gatos.
A Secretaria de Agricultura, Pesca e Abastecimento participou do evento com uma exposição de hortas suspensas e com a realização de cadastro para agricultores, pescadores e maricultores. A Secretaria de Meio Ambiente distribuiu mudas e a Secretaria de Turismo levou panfletos e folders informativos. O Fundo Social de Solidariedade expôs e vendeu seus produtos e a Casa do Brinquedo teve um espaço especial, com muita diversão e brincadeiras para as crianças.  (Fonte: PMU)

Prefeito se dispõe a ajudar comunidade do Corcovado com pavimentação da estrada
O prefeito, que já busca solução para o problema há mais de dois anos, será acompanhado por uma comissão formada por pessoas do bairro em uma reunião com o secretário estadual de Transportes

Ubatuba - O prefeito de Ubatuba, Eduardo César, esteve reunido com a comunidade do bairro Corcovado, na noite do último sábado, dia 22. O principal assunto da reunião foi a necessidade da pavimentação da estrada que corta o bairro. Ficou acertado que uma comissão formada por pessoas do bairro e vereadores vai acompanhar o prefeito, em viagem a São Paulo, nesta terça-feira, 25, para uma conversa com o secretário estadual de Transportes, Mauro Arce.
De acordo com o prefeito, que já busca uma solução para o problema há mais de dois anos, há uma grande chance de o Estado estabelecer uma parceria com o município para a pavimentação da estrada. “Estamos há mais de dois anos trabalhando para conseguirmos a melhor forma possível de melhorarmos a estrada e vimos no secretário estadual de Transportes o respaldo que precisávamos para atingir nosso objetivo. Se o Governo do Estado se propuser a nos ajudar, será excelente, pois esta comunidade está realmente precisando muito desta obra”, disse o prefeito.  (Fonte: PMU)

CINEMA - SEMANA DE 2109 A 27/09/2007

"RATATOUILLE"
Dublado!!! Desenho!!!
Ás 15:00 hs.

"O ULTIMATO BOURNE"
Ação!!!! C/ Matt Damon!!!!
Ás 17:10 hs -21:30 hs.

"PRIMO BASÍLIO"
Drama!!!C/ Débora Dolabella,Glória Pires, Reynaldo Gianecchini, Fábio Assunção!!!
Ás 19:20 hs.


cineporto@hotmail.com
Acesse nosso site www.cinemasdolitoral.com.br

Ação Litoral

Poesia Topo

A nova estação

De repente é primavera,
O cuitelinho embebeda-se
Misturando os néctares
Das flores do quintal
E inebriado dispara
Como dardo voador
Furando o céu de setembro
Exibindo namorador
Os instintos da sedução.
As fêmeas ficam fascinadas
E as flores do caramanchão.

Felix Cabral

Carta do Leitor
As mensagens, fotos e opiniões  publicadas neste boletim são de inteira responsabilidade de suas fontes e autores,
não expressando necessariamente a opinião deste informativo. O envio de qualquer material para nosso e-mail
será considerado como autorizado a sua publicação e assumida a total responsabilidade pelo seu conteúdo.
As mensagens deverão conter nome completo, RG, endereço, telefone de contato e um e-mail válido.
Reservamos o direito de não publicar cartas que não contenham a devida  identificação do autor.
Topo

Apagão em Vila do Ubatumirim

A tradição oral sempre foi o meio de comunicação mais eficaz, onde não existe outro meio de se levar noticias. Nos meios comunitários, onde a comunicação é direta, tudo se sabe no veículo da tradição, de boca em boca. E partindo-se do brocardo popular de que "onde há fumaça há fogo", não se pode deixar de acreditar no que está circulando na "Vila Apolinário", onde existem vários moradores.
A notícia oral que corre é que seria assinado um "TAC", entre autoridade do Meio Ambiente e representante da ELEKTRO, com o objetivo de retirar os relógios de luz e os postes de distribuição da referida Vila, e assim, promover um apagão, o que deixaria as famílias, em grande parte aposentados, sem condições de usar suas residências no local.
Em primeiro lugar que autoridade ousaria promover um ato tão drástico, tão injusto, tão anti-democrático, tão contra o bom senso, em plena campanha federal do programa "luz para todos", determinando a uma prestadora de serviços, um ato de rescisão unilateral de um contrato de fornecimento aprovado, vistoriado há mais de cinco anos e cumprido pela CESP, portanto negocio jurídico perfeito e acabado, com direito adquirido, em quinze padrões de ligação?
A pergunta que cabe é: Por que o Poder Publico, apela para recursos extremos, ilegais, eu diria, para não dizer arbitrários e drásticos, contra pessoas simples que não estão armadas de espírito anti-ambientais, muito pelo contrario, conscientes das necessidades do desenvolvimento sustentável, e que apenas exercem seu legítimo direito de ocupação e posse, esta em sua maioria tradicional, e que, por força de decretos e regulamentos discutíveis juridicamente, foram "malhadas" no circulo do Parque Estadual da Serra do Mar, o qual teve início num plano de gestão, na quota 100, depois, como uma "tsuname", em sentido contrário, foi descendo serra abaixo, até a praia, na quota 0?
Não se tratando de ordem judicial, a medida se aninha somente na vontade política da autoridade e, neste caso, a Elektro apenas estará atendendo a uma solicitação da autoridade ambiental que não pode emitir ordens, mas somente promover ações, vontade que pode restar infrutífera, face ao remédio das ações judiciais cabíveis. No meu entender a autoridade ambiental não pode emitir ordens, somente o Poder Judiciário. Dest'arte, a Elektro não estaria obrigada a cumprir determinações que não sejam emanadas da Justiça. Se o faz é por entendimentos amigáveis, por vontade política, consciente e inegável. Essa prestadora de serviços concedidos pelo Poder Publico, tem a obrigação de submeter a ordem à Justiça, a quem competiria decidir sobre a legalidade, num processo, com direito de ampla defesa, porque muitos direitos estão envolvidos na questão.
Resolvi escrever sobre o assunto porque a noticia propalada já é de domínio publico no lugarejo citado e porque é oportuno emitir minha opinião sobre uma questão tão polêmica.
Minha opinião é como advogado, nada pessoal, mesmo porque também tenho elogiado o que de bom se fez em Ubatuba, em matéria de política ambiental. Tenho em alguns casos aplaudido a representante regional do Ministério Publico Ambiental, porque os planos de gestão e manejo dessa política precisam de "mão de ferro" para sua execução. Porem, não aprovo medidas drásticas para nada. Acho que o direito é um instrumento do Estado Democrático e deve ser aplicado sempre com justiça e bom senso.
Claro que sou a favor do desenvolvimento sustentável, da preservação dos recursos naturais do Município, seus recursos hídricos prioritariamente, principalmente porque sei que dentro de vinte anos a água potável será mais valiosa que o petróleo para as populações do mundo inteiro, mormente do velho mundo. .
Acho que a implantação do Parque Estadual da Serra do Mar, vem sendo executada, em muitos casos, sob uma falsa premissa de que o Estado tem domínio sobre grande parte das terras do Município, e sem respeito aos legítimos possuidores, sem respeito à ocupação de áreas remotamente descaracterizadas, impedindo a habitação e intenção de pessoas nativas de desenvolverem sua cultura.
Caberá à Elektro a medida drástica do desligamento das luzes , ao arrepio do direito adquirido, e a medida extrema poderá gerar um apagão geral dentro do Parque, porque é também ditado popular que "quem faz um cesto faz um cento". Lógico que decisão judicial poderá reverter a situação. Isso é um alerta pois creio que todos que vivem dentro da área definida como Parque Estadual, estarão sob a mesma espada.
Acredito que se reverterá a situação e prevalecerá a vontade do povo, com respeito aos seus direitos adquiridos, à propriedade e a posse legítima, cujo conhecimento é da competência do Poder Judiciário.
Tenho defendido a tese de que o Estado não tem domínio algum dentro do Município. Em suas ações discriminatórias não provam seu domínio, pressuposto necessário, segundo já julgou o STF. Se o Estado quer domínio dentro do Parque da Serra do Mar, deve investir nas indenizações e desapropriações onde houver legítimo direito de posse ou propriedade.
Na verdade o Estado estabeleceu servidões invisíveis de fiscalização de áreas de preservação, em seus decretos e leis ambientais. Isso não interfere em nada com o direito de propriedade privada.
Creio que as ações discriminatórias propostas pelo Estado não terão guarida nas instancias superiores, pois não pode o mesmo pedir discriminação de terras particulares, sem legitimidade para tanto. Seria necessário provar, na petição exordial, seu domínio.
A Procuradoria do Estado entende que este tem domínio sobre terras devolutas oriundas das Sesmarias que foram transferidas da União para os Estados. Porém, segundo a historiadora e pesquisadora da USP, doutora Maria Luiza Marcilio, em sua obra "O Caiçara", as Sesmarias, criadas pelo Reino de Portugal, no Município de Ubatuba, não prosperaram, sendo que na maioria foram vendidas a particulares, caindo, portanto, no domínio privado, com simples ocupação possessória, sem registro público, situação que durou mais de cem anos até o advento da edição do Código Civil pátrio, como registrado nos arquivos da Paróquia. A pesquisadora realizou estudos na França, Portugal e nas Dioceses brasileiras que mantém os documentos de posse de famílias de Ubatuba.
Assim, sem origem o domínio do Estado, não pode o mesmo sequer pedir discriminação de terras particulares.
O que o Estado pode é criar mecanismos jurídicos para fiscalizar os recursos minerais e os crimes de dano e degradação de florestas e do meio ambiente em geral. Não pode instituir normas que afrontem a autonomia do Município, garantida pela constituição federal, nem intervir em sua administração, salvo nos casos previstos na lei maior. Porém, a política ambiental quer promover o reflorestamento de áreas já descaracterizadas pelos sítios caiçaras e por proprietários de terras, remotamente.
Para isso, sem utilizar dos meios lícitos, tem criado artifícios para recuperar a vegetação, onde ela já não existe há muito tempo. O ideal seria evitar devastação nos locais dos recursos minerais e controlar, de modo equilibrado, em consonância com a política municipal, mas respeitando a autonomia do Município e as necessidades de sua população.
Por sua vez, o Município pode organizar suas terras, como previsto no inciso VIII do artigo 30 da Carta Magna. Isto quer dizer que ele pode legislar complementarmente em matéria de meio ambiente. Pode, por lei municipal, criar seu Plano Viário e implantá-lo, onde quer que seja dentro do Território do Município. Pode criar seu Plano de Desenvolvimento e Expansão Urbana e seu Plano de Desenvolvi mento Rural, com instalação de seus sítios horti-granjeiros, cuja produção já liderou no CEASA nos anos sessenta, quando aqui chegaram os japoneses, devido ao seu clima especial e chuvoso. Enfim, pode planejar a ocupação do solo.
O dispositivo citado instituiu que "compete aos Municípios: ...VIII - promover, no que couber, adequado ordenamento territorial, mediante planejamento e controle do uso, do parcelamento e da ocupação do solo urbano"
Nessa autonomia municipal creio que o Estado não pode intervir, criando planos de administração costeira e de ocupação. Não. Inclusive nos terrenos de marinha, só a União pode fiscalizar, sendo indelegável esse poder de policia.
Assim, fiscalizar as servidões invisíveis estabelecidas pelo Estado e os recursos minerais existentes no Município, e reprimir os crimes de dano e degradação é a função das autoridades ambientais do Estado, isto sem intervir na questão de posse e propriedade particulares, principalmente seus direitos adquiridos, e na autonomia municipal.
O resto compete ao Município e na questão do conhecimento de outros direitos, inclusive de propriedade ou posse legítima é assunto do Judiciário. Jogar duro contra a população, com medidas extremas, sob o escudo da defesa ambiental, não é licito nem democrático.

Claudionor Quirino - OABSP 48.170
Ubatuba, SP

Acontecendo o Óbvio
Posto de gasolina nas proximidades da rotatória de acesso a Ubatuba vindo da SP-125

Em artigo publicado nas três revistas virtuais (19-06-07) e no jornal "A SEMANA", de 20-06-07, página 09, sob o título, "POSTOS E POSTURAS", analisávamos as nefastas conseqüências futuras, para o município de Ubatuba, pessoas residentes no entorno e para a circulação do transito, naquela entrada da cidade, caso fosse construído o posto de gasolina projetado para aquele local, por ser totalmente inadequado e os prejuízos óbvios.
As conseqüências nefastas são tão óbvias que já estão acontecendo. A ciclovia foi coberta por grossa camada de concreto. Quem autorizou esse absurdo?. Pode o município ficar na dependência de caprichos e interesses ilegítimos de particulares?. Prefeito e vereadores não foram eleitos para zelar pelos interesses do município, pela ordem, o progresso, o cuidado de seu patrimônio e o bem-estar de seus cidadãos?. Supostas propinas e benesses imediatas podem prevalecer sobre o futuro do município?.
Constatei que, a pedido de cidadãos, direta, violenta e absurdamente prejudicados, a JUSTIÇA, embargou a obra. Parabéns para o magistrado(a) que despachou o embargo. Quando Executivo e Legislativo prevaricam a Justiça deve intervir. Entretanto essa atitude louvável da Justiça não apaga os sintomas de descalabro, corrupção e "tudo é possível, tudo se consegue com dinheiro em Ubatuba". Não só os apaga como os reforça.
Assusta saber que o Projeto de Engenharia do Posto é assinado por engenheiro(a) lotado na Secretaria de Arquitetura e Desenvolvimento Urbano e que, outro SECRETÁRIO do Sr. Eduardo de Souza César possui procuração passada em cartório nos seguintes termos: Constituo meu mui digno procurador o Sr. XXXX para "assinar, dar andamento e acompanhar os trâmites legais de um projeto de aprovação de um posto de gasolina localizado na avenida Thomaz Galhardo neste município". Assina XXXX. Ubatuba l4 de Fevereiro de 2006. Assusta porque as leis municipais estão sendo violadas com suposta anuência do Sr. Prefeito, do Secretário de Administração e de outros que deveriam zelar pelo seu cumprimento. O Estatuto dos Funcionários Públicos dispõe: "Capítulo 11". "Das Proibições".
Artigo 202 "Ao funcionário é proibido:
V - valer-se do cargo para lograr proveito pessoal:
VIII - pleitear como procurador ou intermediário junto às repartições públicas municipais...";
XII - receber propinas, comissões e vantagens de qualquer espécie".
O relatado acima revela o comportamento dos pupilos do Sr. Eduardo de Souza César e o respeito à lei que é praticado na atual administração municipal. Indica também como o município está sendo esbulhado.
Esperamos que os ocupantes dos poderes Executivo e Legislativo pensem, pensem, pensem mesmo que seja pouco, no futuro do município, cumpram as leis que juraram cumprir, não as revoguem para promulgar outras que atendam corruptores em prejuízo do município e tenham consciência que a cidade é de todos e não pertence a cada um.
"A idéia de que uma cidade pertence a todos, mas não a cada um de seus habitantes, já tem milênios na Europa. Aliás nasceu lá. No Brasil, a maioria de nossos prefeitos nunca ouviu falar dela". (Ruy Castro. Outra cidade limpa. Folha A2, de 24-09-07).
Ao Prefeito e a seus assessores não é permitido colocar qualquer estrupício em qualquer lugar. A lei não os permite, mas..., na Ubatuba atual, os estrupícios são colocados.

Corsino Aliste Mezquita
Ubatuba 25 de Setembro de 2007

CAIÇARA...

Segundo o antropólogo e mestre em toponímia (nominação de lugar) pela Universidade de São Paulo (USP), Benedito Prezia, respeitado autor de livros sobre a questão indígena e que trabalha junto às comunidades indígenas do Estado de São Paulo, explica-nos que, ao pé da letra, por assim dizer, o nome origina-se da palavra tupi kaaysa, que significa cerca de galho, usada para pegar peixe ou fortificação construída para defender a aldeia. Caiçara passou a ser então o homem que vive desse tipo de pesca, capturando peixes nessa armadilha rudimentar, feita com galhos de árvore do manguezal.
Mas também é traduzida por outros mestres, doutores e especialistas como grupo de pessoas que criou uma independência econômica e cultural, mesclando técnicas e conhecimentos iniciada pelos índios , um dos povos mais representativos dos processos de interação pacífica entre homem e natureza, otimizando o aproveitamento dos recursos naturais da Mata Atlântica, portador de um desenvolvimento ímpar através de um complexo sistema de atividades que se complementam, com destaques para as atividades de origem indígena como o sistema agroflorestal de manejo, a agricultura de coivara (pousio), a pesca, a captura de animais, a coleta de moluscos e crustáceos e confecção de grande parte de utensílios de uso e trabalhos diários. Cada família possui uma área de plantio e uso dentro de uma área maior, que possibilitam o descanso da terra onde a vegetação se mantém e onde em determinados momentos se realiza o extrativismo, principalmente para o artesanato. Esta população adquiriu um vasto conhecimento de plantas nativas da Mata Atlântica e suas utilidades, onde muitos deles são usados como remédios eficientes. Toda esta sabedoria, esse conhecimento adquirido em séculos de existência é traduzido cientificamente como etno-conhecimento, isto é, simplificando tudo, trata-se de sabedoria popular. Tudo através da tradição oral e conduzido pelo ritmo da natureza, o ciclo de reprodução, da coleta, da captura de animais, das plantações, dos ventos, dos mares, do deslocamento das aves, e principalmente no que se refere ao manejo correto, único, típico e exclusivo de espécies de nossa fauna e flora para uso, habitação e alimentação, para que fique mais claro do que se trata, ele é um ser nativo, como uma árvore, faz parte deste meio, deste habitat. Trata-se pois, não de uma espécie exótica e muito menos de uma espécie invasora que quer mudar a paisagem de acordo com outros métodos não originais. Método certo é aquele faz parte de sua cultura e tradição, o método natural.
Infelizmente tudo isto está entrando em fase de extinção, quando se tira um morador tradicional da lida, do contato tradicional com a terra e com o mar, joga-se a cada dia um pouco deste conhecimento no lixo. O sistema em moldes capitalistas, a especulação imobiliária, a biopirataria e a criação de Unidades de Conservação em moldes americanos como é o caso do Parque da Serra do Mar, que exclui o morador tradicional do contato com o meio ambiente, dá-se destino a morte de um povo, sua cultura, seu conhecimento, sua vida, pois realiza-se estes óbitos através de meios legais, porém imorais, que nestes nestes últimos 30 anos, isto é 10.950 dias faltou com o devido respeito e virou as costas para a uma fase importante da Memória Nacional Brasileira. Lembre-se de que o caiçara tem uso cerimonial, quase que religioso dos recursos naturais a sua volta, pois se existe o verde hoje, ele foi o responsável por esta abundância, que atualmente querem o classificar como "inimigos do verde" e expulsar quem cuidou com tanto carinho dos recursos que tanto necessita para trabalhar .
Mas isto pode mudar, tem que mudar, esta classe sofredora e silenciosa pode ser reconhecida, isto é, poderá oficialmente ser "gente" que tem seu valor, reconhecido pela história. Que digam os especialistas.

Ezequiel dos Santos
Caiçara de Ubatuba

É barato!

As notícias da corrupção desenfreada tomam conta dos noticiários. Ao longo dos anos, não nos posicionamos contra este avanço de desgovernos. Junto com outros problemas e senões, os varremos para debaixo do tapete. Comodamente, deixamos o tempo passar sem dar a importância devida a este, ou aquele fato, que no futuro, não muito distante, viria influenciar negativamente nossas vidas. Desdenhamos do temerário exercício do poder amparado pelos nossos despretensiosos votos, por aqueles que viriam pelo caminho político, implantar, bem debaixo de nossos narizes e, em nome da democracia, a ditadura dos desmandos e do clientelismo. Reféns da nossa omissão, como contribuintes, pagamos com impostos escorchantes, todas as contas. Até mesmo aquelas, dos cartuchos, que nos darão fim. As necessidades da população estão muito aquém, das suas. Manipulam em seus benefícios, favores a saúde, a educação e, a segurança! Sanguesugas! Buscam e defendem a manutenção do poder a qualquer custo ou título. Vendem suas mães e, negam seus filhos. Vale tudo! A corrupção instalada flutua em todos os níveis e escalões, e provoca escândalos em série. Suas apurações nunca são conclusivas e, sempre seguem ao sabor dos interesses dos apuradores com os envolvidos. Multiplica-se em progressão geométrica, transparente aos nossos olhos, silenciosa aos nossos ouvidos, cínicas a nossa inteligência. As pesquisas mostram que a inércia do povo é inconsciente e, baseia-se, não na concordância, mas, na expectativa do recebimento de “bolsas miséria”. É muito barato!

Ronaldo Dias
Ubatuba, SP

Outra cidade limpa

RIO DE JANEIRO - Preces foram ouvidas e, inspirado na iniciativa do prefeito Gilberto Kassab, que limpou São Paulo do entulho publicitário que a asfixiava, o Rio também resolveu arrumar a casa. Já poderia ter feito isso bem antes. Há anos não falta quem proteste contra os abusos que agridem uma das paisagens urbanas mais bonitas do mundo. Mas, antes tarde.
O projeto de lei do vereador Paulo Cerri (DEM) propõe o banimento de outdoors, painéis na lateral de edifícios e placas em marquises, além de regular os letreiros das lojas comerciais pelo tamanho das fachadas. Apenas por este último item já será um alívio ver o Rio livre daqueles letreiros de bancos, drogarias e casas de vídeo. No lugar deles, renascem as fachadas ecléticas, neoclássicas, art déco ou mesmo modernistas de seus edifícios.
Pena que, ao contrário da lei paulistana, o projeto carioca libere o mobiliário urbano e permita que ele continue a ostentar poluição. Com isso, já se pode imaginar os postes, placas de rua, sinais de trânsito e relógios infestados de galhardetes, painéis eletrônicos e outros apêndices para compensar os espaços perdidos.
A idéia de que uma cidade pertence a todos, mas não a cada um de seus habitantes, já tem milênios na Europa. Aliás, nasceu lá. No Brasil, a maioria dos nossos prefeitos nunca ouviu falar dela. Para eles, o dinheiro produzido por uma licença para instalar um estrupício publicitário é mais importante que a preservação do espaço onde será instalado o dito estrupício.
Os parques, praias, lagoas, praças, calçadões, encostas, trilhas e ciclovias do Rio, além de sua arquitetura, compõem um patrimônio natural e urbano iniciado há 500 anos. Pertence aos cariocas e a todos que se extasiam com ele, não aos agentes da poluição, sejam estes particulares ou administradores.

Enviado por
Ronaldo Dias
Ubatuba, SP

Brasil do Lulla

O Zé Ramalho teve peito!!!
Veja esse clip do Lula antes que a censura apague:

Foto do Dia Topo

Para participar desta seção basta enviar as fotos com crédito do autor e legenda, no tamanho mínimo
de 1024 x 768 pixels com resolução de 72dpi para fotododia@litoralvirtual.com.br.  O envio da foto caracteriza autorizada a sua publicação, assumindo o autor total responsabilidade pela publicação da mesma.

Costeira da Maranduba  © Luciano Cancelier

Costeria da Maranduba
©Luciano Cancelier

Envie sua foto!

Para instalar a foto como papel de parede (wallpaper)
Clique na foto acima. Após carregar a foto ampliada, clique com o botão direito do mouse sobre a imagem e escolha "Definir como papel de parede" ou "Definir como fundo de tela". Para ajustar a imagem em tela cheia, clique em qualquer lugar da área de trabalho com o botão direito do mouse, escolha "Propriedades" / "Fundo de Tela" ou "Papel de Parede" / "Ampliar".

Arquivos:  Foto Saudade  -  Foto do Dia

 Faça seu comentário, crítica, opinião ou sugestão no Litoral Virtual:
Clique Aqui


As notícias, fotos e cartas publicadas neste boletim são de inteira responsabilidade de suas fontes e autores,
não expressando necessariamente a opinião deste informativo. O envio de qualquer material para nosso e-mail
será considerado como autorizado a sua publicação e assumida a total responsabilidade pelo seu conteúdo.
As cartas devem conter nome completo, RG, endereço, telefone de contato e um e-mail válido.
Reservamos o direito de não publicar cartas que não contenham a devida  identificação do autor.

Editor: Emilio Campi

GRÁTIS!!
Receba as Últimas Notícias do Litoral em seu e-mail:

Quero receber GRATUITAMENTE o boletim Últimas Notícias do Litoral:

e-mail:
Cidade:



Obs.: Você poderá cancelar o recebimento das notícias a qualquer momento.

 

Conheça as cidades do Litoral Norte Paulista:

Caraguatatuba Ilhabela São Sebastião Ubatuba

Litoral Virtual
O mais completo site do Litoral Norte Paulista na Internet
Sugestões, críticas e informações, entre em contato:
info@litoralvirtual.com.br

©1995/2001 Emilio Campi - Studio Maranduba - Direitos Reservados
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem a expressa autorização do autor