Litoral Virtual últimas notícias do litoral
Terça-feira, 06 de Novembro de 2007 - Nº 1871 Edições Anteriores

Maré Legal Terra Caiçara

Região
Chuva, tráfego intenso e acidentes marcaram a volta do turista para casa no feriado de Finados


Caraguatatuba
Dia Internacional da Luta contra o Câncer será celebrado com palestras nas escolas
Equipe de Ciclismo de Caraguá sagra-se campeã do Municipal de São José dos Campos
Prefeitura de Caraguá envia à Câmara Projeto de Plano de Resíduos de Construção Civil e Volumosos
Prefeitura de Caraguá melhora ponto de táxi da Praça Cândido Motta
Projeto “Escola de Pais Cidadãos” forma mais uma turma em Caraguá
Comunidade do Rio do Ouro recebe o Show nos Bairros neste sábado 10
Caraguá se classifica na LIVOVALI
Maratonista traz medalha em prova no Rio de Janeiro

Ilhabela
Limite de ingresso de veículos volta a ser tema de audiência pública
Prefeitura assume UBS de Ilhabela e Unidade recebe melhorias
Estaleiro do Futuro - Audio Conferências Terceiro Setor

São Sebastião
Prefeitura abre inscrições para 25° Concurso de Poesias Nhô Bento
Mais de 60% das pessoas com cadastro no PAT não têm qualificação profissional
Abertas inscrições para último curso de guarda-vidas em São Sebastião
Lombadas eletrônicas diminuem ocorrências de colisões e atropelamentos
Grupos Culturais sebastianenses se destacam no “Movimento Cultural”
Prefeitura certifica alunos do programa Saúde e Prevenção nas Escolas nesta terça-feira
Prefeitura conclui pavimentação de mais duas ruas na Costa Norte
Prefeitura libera mão dupla em ruas do Pontal da Cruz
Prefeitura realiza apreensões durante o fim de semana prolongado
Sucen afirma que São Sebastião tem equipe adequada atuando no combate à Dengue
Trabalhos de Iniciação Científica sobre Sítio Arqueológico entram na reta final


Ubatuba
Ubatuba: coleta de lixo na cidade é feita de forma precária há duas semanas
Entrega do Plano Diretor é adiado pela terceira vez
“Ubatuba em Rede” transforma óleo usado em sabão
Escola Tancredo oferece qualificação profissional em diversas áreas
ACIU participa do Seminário de Competitividade do Litoral Norte
Comunidades Tradicionais

Seções
Poesia
Carta do Leitor
Foto do Dia

Notícias da Região Topo

Chuva, tráfego intenso e acidentes marcaram a volta do turista para casa no feriado de Finados

Litoral Norte - Quem veio para o Litoral Norte neste feriado encontrou tráfego tranqüilo na descida entre quinta e sexta-feira, tempo ensolarado no sábado e, muita chuva e tráfego intenso nos trechos de serra no retorno para casa.
De acordo com informações da Polícia Rodoviária Estadual, entre sexta-feira e domingo, a polícia registrou aproximadamente 22 acidentes com pelo menos 15 vítimas leves e sete graves, mas nenhuma morte.
O motorista que utilizou a rodovia dos Tamoios no retorno para a capital ontem, dia 4, encontrou tráfego intenso desde às 10h. A lentidão ocorreu em todo o trecho de serra e, por volta das 17h, o motorista trafegava entre 30 e 40 quilômetros por hora na subida. Logo após o trecho de serra, o motorista alcançava a velocidade permitida pelas rodovias, que dão acesso a capital paulista e ao interior.
Em São Sebastião, no sábado, dia 3, um jovem de 19 anos, perdeu o controle de um buggy e caiu na ribanceira, na altura da praia da Pitangueiras, na SP-55. Ele teve ferimentos leves, mas foi levado ao hospital pelos bombeiros.
A previsão do Departamento de Estradas de Rodagem (DER) e a Dersa Desenvolvimento Rodoviário S/A, vinculados à Secretaria de Estado dos Transportes, era de um aumento médio de 30% no tráfego em relação aos outros meses. Pelas rodovias de acesso ao Litoral Norte estavam previstos pela Tamoios (SP-99), 54.540 veículos; Mogi-Bertioga (SP-98): 47.990 veículos; Oswaldo Cruz (SP-125): 26.644 veículos e Rodovia Litorânea (SP-55): 176.400 veículos.
Rapaz desaparece em Cambury - Os profissionais do Salvamar, registraram o desaparecimento de um rapaz de 23 anos, na praia de Cambury, no sábado, dia 2, às 16h. Até a tarde de ontem, a família, que é de São Paulo, não sabia se ele teria entrado no mar. Mesmo com as chuvas, os bombeiros continuaram as buscas, mas até o final da tarde deste domingo, não havia “pistas” sobre o destino do rapaz.
Polícia Rodoviária Federal - A Policia Rodoviária Federal registrou um acidente entre dois carros, com duas vítimas fatais no quilômetro 3, em Ubatuba. Um dos motoristas, que transportava mais três pessoas, teria perdido o controle, derrapado na pista, virado a 180 graus e atravessado a pista, batendo a traseira no veículo que vinha na direção oposta com apenas o motorista ao volante no sentido Caraguatatuba.
A Polícia Rodoviária Federal e os bombeiros de Paraty, socorreram todas as vítimas, que foram levadas com vida para o Pronto-Socorro de Paraty. O acidente ocorreu por volta das 1h45 deste domingo e os dois rapazes (de 24 e 25 anos), morreram seis horas depois, às 8h, no hospital vítimas de hemorragia interna. Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal, havia indícios de que o motorista e o passageiro não utilizavam o cinto de segurança. O acidente deixou quatro sobreviventes com ferimentos leves.
Balsa - Quem veio para o feriado de Finados para Ilhabela e deixou para retornar na tarde deste domingo, enfrentou muita chuva e fila na travessia de Ilhabela para São Sebastião. Durante toda a manhã, a fila de espera era de aproximadamente 25 minutos. Porém, a partir das 15h, os motoristas enfrentavam uma espera de pelo menos 1h30.
A Dersa operava com três embarcações, não houve interrupção dos serviços por conta dos ventos, mas mesmo assim, o turista teve transtornos ao retornar da cidade. Em São Sebastião, o movimento se manteve tranqüilo durante todo o feriado. (Fonte: Imprensa Livre)
 


Notícias de Caraguatatuba Topo

O Guaruçá Caraguatatuba

Dia Internacional da Luta contra o Câncer será celebrado com palestras nas escolas

Caraguatatuba - A ACCC – Associação de Combate ao Câncer de Caraguatatuba realizará durante o mês de novembro um ciclo de palestras em celebração ao Dia Internacional da Luta contra o Câncer.
As palestras serão ministradas por profissionais da Saúde, das áreas de Medicina e Odontologia que atuam na cidade, conforme explicou a presidente da entidade, Carmelinda Silva Carlota.
Serão realizados três dias de palestras, as quais serão abertas à toda a população. No calendário, a data é comemorada em 27 de novembro, em todo o mundo.
No dia 26 de novembro (segunda-feira), será realizada a primeira palestra prevista pela Associação de Combate ao Câncer, na escola E.E. Ângelo Barros de Araújo, no bairro Travessão, localizado na região Sul de Caraguá. O tema será Câncer Bucal – o qual será abordado pelo Secretário de Saúde Dr. Olegário Alves dos Santos, às 19h30.
No dia 27 – data oficial de comemoração do Dia Internacional da Luta contra o Câncer, será a vez da escola estadual Colônia dos Pescadores, no Indaiá, sediar uma palestra. Às 19h30, o médico Dr. Marcelo Ugatti falará sobre Câncer do Aparelho Digestivo, e encerrando o ciclo de palestras, o Dr. Maurício Monker Gomes falará sobre Câncer de Mama e de Útero, no dia 28 (quarta-feira), às 19h30, na EMEF Oswaldo Ferreira, no bairro Casa Branca, na região Norte de Caraguá. As palestras terão entrada franca. Mais informações pelo telefone (12) 3881-2556. Participe!
(Fonte: PMC)

Equipe de Ciclismo de Caraguá sagra-se campeã do Municipal de São José dos Campos
No próximo domingo, 11, a equipe caraguatatubense irá para Ubatuba, onde participa da 2ª Super Granfondo do Brasil de Ciclismo, com boas expectativas de vitória

Caraguatatuba - A equipe de Ciclismo da ACC – Associação de Ciclistas de Caraguá, esteve neste domingo, 4, em São José dos Campos, onde participou, com 10 bikers, da 6ª e última etapa do Campeonato Municipal. Com o bom resultado dos atletas nesta prova, a equipe sagrou-se campeã do campeonato.
A competição contou com cerca de 200 atletas de todo o Vale do Paraíba e Litoral Norte, que disputaram 2.500 metros planos. De acordo com os atletas, a chuva no dia da disputa fez com que muitos competidores tivessem dificuldades para concluir a prova e quatro dos competidores de Caraguá tiveram seus pneus furados.
Na categoria Júnior, Heron Domiciano abriu vantagem do pelotão no início da corrida e manteve na liderança até o final, e sagrou campeão. Na mesma categoria, o atleta Degmar Moreira ficou com o 4° lugar. Na paraolímpicos, Francisco de Assis foi o vencedor em sua estréia na equipe. Na categoria Estreantes, Gilson Francisco, apesar de ter um pneu furado, na última volta, o que prejudicou seu desempenho, ficou com o 2° lugar. Na categoria Feminino Elite, Claudete de Vitta ficou em 5° lugar. Na Sênior B, Mauricio Morilha com a 10ª colocação.
Na categoria Open, Jefferson Bonifácio foi o destaque. O atleta enfrentou as melhores equipes do Vale do Paraíba, como, por exemplo, competidores a de São José dos Campos, campeã dos Regionais, com destaque para Alex Diniz, campeão da Volta do Estado de São Paulo em 2006 e Matias Médici, que participou do Jogos Pan-Americanos do Rio de Janeiro; a equipe de São Bernardo do Campo, com Thiago Fiorilli e a de Pindamonhangaba. Apesar de ter um pneu furado, o bike, que estava com a vice-liderança até a 5ª etapa, conseguiu voltar pra disputa e terminou a prova em 8º lugar. Com esse resultado, o atleta caraguatatubense sagrou-se campeão geral da categoria. Os colegas de equipe Ivair Alves e Tadeu Alves ficaram em 12º e 15º lugares respectivamente.
A equipe de Caraguá, que conta com o apoio a Prefeitura, por meio da SECER – Secretaria de Esportes e Recreação; AMEC – Associação Módulo de Educação e Cultura; lojas J.Bike e Bit Company, Geomater Farmácia de Manipulação, Café Eletrônico e Forma Atlética Academia, participa no próximo domingo, 11, em Ubatuba da 2ª Super Granfondo do Brasil de Ciclismo. A equipe levará 4 bikes que competirão nas categorias 19 a 29 anos, 30 a 34 anos e na 40 a 44 anos, com boa expectativa de conquistar bons resultados.
(Fonte: PMC)

Prefeitura de Caraguá envia à Câmara Projeto de Plano de Resíduos de Construção Civil e Volumosos
O objetivo do projeto do Executivo é impedir que materiais de construção civil e volumosos sejam depositados em área de encostas, áreas públicas entre outros e locais protegidos por lei

Caraguatatuba - A Prefeitura de Caraguatatuba enviou à Câmara Municipal, na semana passada, um projeto de lei que cria o Plano de Resíduos da Construção Civil e Resíduos Volumosos. O objetivo do projeto é impedir que esses materiais provenientes da construção civil e volumosos, e também outros tipos de resíduos urbanos, sejam depositados em áreas de “bota-fora”, encostas, terrenos baldios e outras áreas públicas e em locais protegidos por Lei.
Os resíduos de construção civil são materiais retirados de construções; reformas; reparos e demolições; restantes de preparação e da escavação de terrenos, como por exemplo, tijolos, blocos cerâmicos, concreto em geral, rochas, metais, resinas, colas, tintas, madeiras e compensados, forros, argamassa, gesso, telhas, pavimento asfáltico, vidros, plásticos, tubulações, fiação elétrica, entre outros, que também podem ser chamados de entulhos. Já os resíduos volumosos são materiais de processos industriais, constituídos basicamente por material volumoso não removido pela coleta pública municipal rotineira, como móvel e equipamentos domésticos inutilizados, grandes embalagens e peças de madeira, resíduos vegetais de manutenção de áreas verdes públicas ou privadas, entre outros.
Outro tipo de lixo que também consta no projeto do executivo é o Lixo Seco Reciclável. Este material é classificado como de residência ou qualquer outra atividade com características domiciliares constituídos principalmente por embalagens.
O projeto de lei do prefeito José Pereira de Aguilar, classifica como geradores desses Resíduos da construção civil, pessoas físicas ou jurídicas, públicas ou privadas, proprietários ou responsáveis por obras de construção civil ou empreendimento com movimento de terra. Já os geradores de Volumosos, são classificados, além do setor civil, os locatários ou ocupantes de imóvel em que sejam geradores desses resíduos.
Para o transporte desses materiais, o projeto diz que esse trabalho terá que ser feito por pessoas físicas ou jurídicas, encarregadas da coleta e do transporte dos resíduos entre as fontes geradoras e as áreas de destinação.
Para o transbordo, o projeto especifica que as bacias de captação serão em área urbana municipal que ofereça condições homogêneas à disposição correta dos resíduos de construção ou resíduos volumosos nelas gerados, em um único ponto de captação (Pontos de Apoio para pequenos volumes) e que possa ser disponibilizada às instituições voltadas à coleta seletiva de lixo seco reciclável.
Os Pontos de Apoio para pequenos volumes ficarão em locais públicos e/ou privados, desde que disponibilizados, equipados preferencialmente com caçambas, destinadas ao recebimento de desses resíduos, limitados a 1 (um) metro cúbico, gerados e entregues pelos munícipes, podendo ainda ser coletados e entregues por pequenos coletores diretamente contratados pelos geradores, equipamentos esses que, sem causar danos à saúde pública e ao meio ambiente, deverão ser usados para a triagem de resíduos recebidos, posterior coleta diferenciada e remoção para adequada.
Para atender os pequenos volumes de resíduos, o projeto prevê a criação do Disque Coleta para Pequenos Volumes. Este sistema irá possibilitar pequenos volumes de resíduos da construção civil e resíduos volumosos, operados por pequenos coletores privados a partir dos Pontos de Apoio.
As Áreas de Transbordo e Triagem de resíduos de construção serão em estabelecimentos privados destinados ao recebimento de resíduos gerados e coletados por agentes privados, sem causar danos à saúde pública e ao meio ambiente.
Os resíduos volumosos, de Sistema de Gestão sustentável deverão ser triados e aplicados o processo de desmontagem, reutilização e reciclagem; os de construção civil de classe A (origem mineral) deverão ser reutilizados ou reciclados; se não houver inviabilidade das duas opções, os produtos deverão seguir para aterro de Resíduos da construção civil, para preservação ou conformação geométrica em áreas licenciadas.
O projeto só entrará em vigor, após analisado e aprovado pela Câmara municipal. Se aprovado pelo Legislativo, será de responsabilidade do Poder Executivo regulamentar a lei, assim como os locais de transbordo, disciplina dos geradores e transportadores; fiscalizar e aplicar as devidas penalidades, caso necessário, além de fazer cumprir todas as clausulas da lei.
(Fonte: PMC)

Prefeitura de Caraguá melhora ponto de táxi da Praça Cândido Motta
A obra melhorará a qualidade de trabalho dos taxistas e dará mais conforto aos usuários do serviço de táxi

Caraguatatuba - Estão em fase final as melhorias que a prefeitura de Caraguá está fazendo no ponto de táxi da praça Cândido Motta, no centro da cidade. O objetivo da obra é dar qualidade de trabalho para os taxistas do local.
Executada pela Bocato Engenharia e construção LTDA, a obra custará aos cofres público cerca de 14 mil reais e a previsão é de que esteja pronta daqui a duas semanas. O ponto dos taxistas foi revitalizado com cobertura e adequação na saída dos táxis, com isso melhorando o acesso tanto dos táxis como também dos usuários do serviço.
“Com a revitalização os taxistas terão mais comodidade e as pessoas que utilizam o táxi, tanto os que embarcam, quanto que desembarcam no local, terão cobertura para se protegerem do sol e da chuva”, disse o Secretário de Urbanismo, Habitação e Trânsito, Leandro Borella Barbosa.
(Fonte: PMC)

Projeto “Escola de Pais Cidadãos” forma mais uma turma em Caraguá
Depois de oito encontros, temas variados foram abordados, o Projeto “Escola de Pais Cidadãos” chegou ao fim no CIEFI do Travessão. Os pais que concluíram o curso receberam essa semana os certificados

Caraguatatuba - A Prefeitura de Caraguatatuba, por meio da Secretaria de Educação, realiza esta semana a formatura da 10ª turma do Projeto “Escola de Pais Cidadãos – Atitudes de Amor”. O grupo era formado por pais de alunos do CIEFI (Centro Integrado de Ensino Fundamental e Infantil) Prof. Alaor Xavier Junqueira, do bairro Travessão, que nas últimas oito semanas participaram de um curso voltado à educação dos filhos.
A direção da Unidade Escolar diz que os pais gostaram muito do curso. “Eles aprenderam a lidar melhor com os filhos e com os problemas enfrentados pelas crianças”, comenta a coordenadora pedagógica da unidade, Lindalva Nepomuceno.
A cerimônia de encerramento do “Escola de Pais Cidadãos” aconteceu na própria Unidade Escolar, iniciada com a palestra da assistente social e coordenadora do programa na Zona Sul, Luiza Maria Rangel. Na seqüência, os colaboradores do projeto receberam presentes e ainda ocorreu um amigo secreto entre os pais participantes, seguido pela entrega dos certificados para os pais concluintes.
A secretária da educação, Silmara Selma Mattiazzo Bolognini, que participou da formatura, também conversou um pouco com os pais, abordando o tema “A importância dos vínculos afetivos”. O encontro foi finalizado com um jantar especial para os participantes do projeto e convidados.
(Fonte: PMC)

Comunidade do Rio do Ouro recebe o Show nos Bairros neste sábado 10

Caraguatatuba - Neste sábado, dia 10 de novembro, será a vez do bairro Rio do Ouro – região central do município, receber o Show nos Bairros. O evento acontece partir das 18h30, levando diversão para todas as idades e várias atrações. A expectativa é de receber cerca de 3 mil pessoas no campinho do Rio do Ouro, com concurso de karaokê, apresentações da FUNDACC – Fundação Educacional e Cultural de Caraguatatuba, sorteio de brindes e show da dupla João Marcos e Juliano.
A primeira edição do evento foi realizada no bairro Casa Branca, e a segunda, em agosto, aconteceu no Tinga. No mês de outubro foi a vez da comunidade do Perequê-Mirim receber a terceira edição do evento, atraindo milhares de pessoas, assim como nas edições anteriores.
No show de calouros (concurso de karaokê), serão premiados os 1º lugares das modalidades Infantil Masculino, Infantil Feminino e Adulto Livre. O público presente concorrerá ao sorteio de uma bicicleta e uma cesta básica.
O Show nos Bairros, que a cada mês tem beneficiado uma comunidade de Caraguá, era um sonho antigo do prefeito de Caraguá, José Pereira de Aguilar, e por onde passa, recebe a aprovação do público. Este projeto tem como objetivo proporcionar entretenimento, atrações artísticas e muita diversão às comunidades mais distantes, descentralizando os eventos, de modo que todos os bairros da cidade sejam beneficiados com atividades variadas.
Não deixe de participar do Show nos Bairros no campinho do Rio do Ouro. Aproveite e leve toda sua família. A entrada é franca. Participe!
(Fonte: PMC)

Caraguá se classifica na LIVOVALI

Caraguatatuba - A equipe Infanto Masculino de Caraguatatuba, que conta com o apoio da Prefeitura Municipal, por meio da SECER – Secretaria de Esportes e Recreação, venceu São Sebastião nos dois jogos deste fim de semana e se classificou para a final da LIVOVALI (Liga de Voleibol do Vale do Paraíba e Litoral Norte), pela série prata.
No sábado, o time caraguatatubense foi até São Sebastião e conseguiu uma virada marcante no jogo, fechando a partida em 3 sets a 2, com parciais de 25 x 22, 25 x 23, 19 x 25, 22 x 25 e 05 x 15.
Com o apoio da torcida, no domingo, no CEMUG (Centro Esportivo Municipal Ubaldo Gonçalves), Caraguatatuba fez 25 x 22, 25 x 21 e 25 x 23, fechando o jogo em 3 a 0.
O time mirim feminino de Caraguá, que se classificou para a série ouro, disputará as semifinais contra Taubaté, neste sábado, 10 de novembro, em casa e domingo (11) fora. Caso cada equipe vença um jogo, a decisão será em Caraguatatuba.
(Fonte: PMC)

Maratonista traz medalha em prova no Rio de Janeiro

Caraguatatuba - A corredora Roselaine de Souza Silva, que conta com o apoio da Prefeitura Municipal, através da SECER – Secretaria de Esportes e Recreação, conseguiu a quinta colocação na Corrida Nextel Cidade Maravilhosa, no Aterro do Flamengo, na capital carioca.
A prova contou com aproximadamente dois mil atletas no masculino e feminino, e teve também a participação de quenianas e maratonistas renomadas do cenário nacional.
Rose se mostrou feliz com a quinta colocação. “Gostei do resultado, até porque competi com atletas de alto nível”, falou a maratonista caraguatatubense, que fez os 10km da prova em 36 minutos e 37 segundos.
Há mais de dois meses treinando em Campos do Jordão, Rose teve constante contato com maratonistas consagrados. Segundo ela, o último campeão da Maratona de Nova Iorque, Marilson Gomes dos Santos, elogiou muito sua performance.
A atleta tem se preparado para a corrida de São Silvestre em São Paulo no dia 31 de dezembro e acredita que os treinos na Serra da Mantiqueira ajudaram nos últimos bons resultados, devido a altitude de Campos. Antes da prova carioca, Rose havia conquistado o quarto lugar em uma corrida em Goiânia.
Além da SECER, Roselaine conta também com o apoio da Madeireira Getuba, Fran Games e Brinquedos e Maninhos Elétricas e Acessórios.
(Fonte: PMC)

Notícias de Ilhabela Topo

Vulcano Portal da Palmeira

Limite de ingresso de veículos volta a ser tema de audiência pública

Ilhabela - A Câmara Municipal de Ilhabela convida toda a população para a audiência pública que acontece na próxima quarta-feira, dia 7. Será a quarta audiência sobre o Projeto de Lei nº 17/2007, que “dispõe sobre o ingresso e circulação de veículos no Município”.
Quando o projeto deu entrada na Casa, em fevereiro, o presidente Professor Joadir Capucho (PTB) apresentou um requerimento para que acontecessem audiências públicas em número suficiente para a discussão da proposta.
O projeto, apresentado pelo Executivo, disciplina o ingresso e a circulação de veículos na cidade e visa melhorar o fluxo do trânsito em determinados períodos como durante a alta temporada e em alguns feriados prolongados.
O projeto de lei está disponível na homepage oficial da Câmara (www.camarailhabela.sp.gov.br).
A audiência pública acontecerá na próxima quarta-feira, dia 7 de novembro, às 19 horas, na Câmara Municipal de Ilhabela que fica à Rua Benedito Cardeal Sobrinho, 39 – Vila. O debate é aberto a toda população.
Histórico - No ofício que encaminhou o projeto à Câmara, o prefeito Manoel Marcos de Jesus Ferreira justifica a matéria como de importância vital para a cidade, os munícipes e os turistas: “Experiências recentes permitem identificar a problemática de Ilhabela como sendo a travessia do continente em direção à ilha e vice-versa, nos fins de semana da temporada e nos feriados prolongados”, diz o prefeito.
De acordo com a justificativa do prefeito, nessas ocasiões o município sofre de demanda de veículos com permanência de apenas um dia, ou seja, no mesmo dia os veículos e seus ocupantes realizam a viagem de ida e volta - o que resulta em grandes períodos de espera na fila da balsa e outros transtornos na circulação de veículos pelas ruas da cidade.
O projeto apresentado pelo Executivo, no dia 22 de fevereiro, institui regras para disciplinar o ingresso e a circulação de veículos em seu território, visando melhorar o fluxo do trânsito em períodos compreendidos entre a alta temporada, novembro a março; além dos seguintes feriados prolongados: Semana Santa, Tiradentes, Dia do Trabalho, Corpus Christi, Revolução Constitucionalista de 1932, Proclamação da Independência e Dia da Padroeira do Brasil.
Projeto recebeu seis emendas - Uma das emendas apresentadas, a de nº 06/2007, de autoria do vereador Dr. Guilherme Maia (PMDB) acrescenta um inciso ao Projeto de Lei nº 17/2007. De acordo com a emenda, as medidas propostas pelo Projeto não podem ser aplicadas aos meios de transporte de propriedade dos médicos residentes na cidade, pois, do contrário, ficaria limitado o exercício da atividade médica por estes profissionais.
A Emenda 10/2007 de autoria do Presidente da Casa, o Professor Joadir Capucho (PTB), pretende que a redação do parágrafo único do artigo 1º do Projeto fique assim redigido: “Entende-se por períodos específicos os meses compreendidos entre a alta temporada, novembro a março, e feriados prolongados”. Segundo o presidente, o fim visado pelo projeto é limitar o ingresso e a circulação de veículos em Ilhabela na alta temporada e nos feriados prolongados, portanto “entendemos que estes não devem ser enumerados, sob pena de termos feriados prolongados em que a Lei não poderá ser aplicada por falta de previsão, como é o caso do Dia da Proclamação da República, Finados, etc”, justifica o presidente Joadir.
A Emenda 11/2007 acresce ao artigo 4º, que trata das exceções ao ingresso de veículos, os veículos com licenciamento em Ilhabela. Também proposta pelo Presidente da Casa, a Emenda 12/2007 suprime do artigo 2º o item I, que trata dos veículos com prioridade no ingresso no Município, para que o referido inciso possa ser adicionado ao artigo 4º que trata das exceções. Desta forma, os veículos com licenciamento em Ilhabela não deverão sofrer restrições para ingresso e circulação no Município.
As emendas – de nº 19 e a n° 20 – de autoria de José Jorge Pereira (PTB) fazem modificações e acréscimos no Projeto de Lei 17/2007. De acordo com o Artigo 7º do PL, o Executivo Municipal baixará, através de Decreto, os regulamentos necessários à execução da Lei. Em sua primeira Emenda (modificativa) apresentada, o vereador Zeca pretende que o Executivo estabeleça por decreto todas as condições para ingresso de pessoas no Município, dispondo sobre: fornecimento de transporte público adequado (terrestre e marítimo), a partir da balsa, às pessoas excedentes e/ou que não se enquadrarem dentre aqueles cujo ingresso está assegurado; o fornecimento de autorizações específicas; convênio com o Dersa e com o Ciretran.
O vereador Zeca ainda estabelece na emenda que o transporte marítimo poderá ser explorado diretamente pela Prefeitura Municipal ou através de concessão. Segundo o parlamentar, esta emenda asseguraria que a regulamentação pelo Executivo dispusesse sobre as matérias elencadas no artigo modificado, que são de extrema importância para garantir que a finalidade da Lei seja alcançada.
A outra emenda apresentada pelo vereador, a Emenda nº 20, modifica um artigo que dispõe sobre a prioridade do ingresso de veículos e ainda coloca mais cinco incisos que liberam a entrada de veículos de proprietários de casas ou terrenos em Ilhabela; veículos de parentes, convidados ou hóspedes de moradores, proprietários ou possuidores de casas ou terrenos em Ilhabela; veículos de prestadores de serviços ou trabalhadores em Ilhabela que residam em outro município e veículos de locatários ou comodatários de casas ou terrenos em Ilhabela.
A Emenda nº 29/2007, do Presidente Joadir, suprime o artigo 6º do Projeto de Lei nº 17/2007 que diz que: “A violação a presente Lei ensejará aplicação de multa diária no importe de R$ 350,00 por veículo, corrigida mensalmente pelo índice IGP-M (FGV)”. O artigo é considerado inaplicável porque o ingresso dos veículos seria controlado por meio de um sensor instalado antes da travessia.
As três audiências públicas para a ampla discussão do projeto com a população foram realizadas em 21 e 29 de março e no dia 26 de abril – convocadas pelo Presidente da Câmara, que também determinou que o projeto estivesse disponível na homepage oficial da Câmara (www.camarailhabela.sp.gov.br) para que todos os cidadãos tivessem acesso.
O presidente da Câmara também solicitou que para as audiências fossem convidadosVereador pede vista ao PL - Na pauta da sessão ordinária realizada em 10 de setembro constava o Projeto de Lei nº 17/2007 porém o Vereador Beto de Campos (PV) apresentou um requerimento à Mesa pedindo vista do Projeto.
“Ouvir de forma conclusiva setores da sociedade para amadurecimento completo do projeto, extinguir as emendas conflitivas chegando a um consenso e assim exercer o voto com maior tranqüilidade, tendo em vista o projeto ser de grande impacto social e econômico para o município”, afirma Beto na justificativa de seu requerimento. (Fonte: Imprensa Livre)

Prefeitura assume UBS de Ilhabela e Unidade recebe melhorias

Ilhabela - Em cerimônia na Câmara Municipal de Ilhabela com a presença de todo o secretariado, equipe e funcionários da área da saúde, o prefeito reinaugurou, no último sábado, dia 3, a Unidade Básica de Saúde (UBS), que deve atender a população das regiões norte e centro da cidade.
Com a municipalização da UBS, a prefeitura deverá se responsabilizar pela gestão da Unidade a partir de agora.
A história de abandono que acompanha a UBS desde a sua fundação, em 1951, deverá passar por um momento de transformação e conseqüente melhora no atendimento, o que deverá garantir maior qualidade de vida para os moradores dessas regiões do município.
O secretário da Saúde, Dr. Arquimedes Hyppólito e o assessor de administração, Márcio Tenório, salientaram que a UBS da Vila é umas das mais antigas da cidade e, portanto sua história se confunde com a de Ilhabela. “Centro de saúde é uma unidade destinada a dar assistência à população na promoção da saúde, proporcionando qualidade de vida”, afirmou Márcio.
A data da reinauguração coincidiu com o dia em que o ex-prefeito Eurípedes da Silva Ferreira (in memorian), pai do atual prefeito Manuel Marcos de Jesus Ferreira faria aniversário. “Foi um presente para o meu pai!”, explicou o prefeito. Manoel Marcos parabenizou a equipe da Saúde responsável pela UBS da Vila. “Estou muito satisfeito com tudo que tenho ouvido da população sobre o trabalho que vocês desenvolvem”, declarou.
De acordo com o prefeito, no ano passado, o investimento na área da Saúde chegou a 44%. Atualmente, Ilhabela conta com oito ambulâncias, duas vans que transportam pacientes para outras cidades, além de 11 equipes capacitadas e um hospital modelo.
História - A construção da UBS aconteceu no ano de 1951, na gestão do ex-prefeito Benedito Carlos de Oliveira e era de responsabilidade do Estado.
O autor da propositura da reforma foi o vereador e médico Dr.Guilherme Maia. As condições precárias das instalações do prédio foram motivo de denúncia ao Ministério Público que veio fazer verificação junto com representantes da Delegacia Regional do Trabalho.
O prédio reformado recebeu o nome de uma das enfermeiras mais antigas de Ilhabela: Maria Aparecida Siqueira Reale, conhecida por Dona Cidoca - caiçara tradicional da praia do Sombrio.
Aos 7 anos, foi morar na Vila e aos 25 fez um curso de atendente de enfermagem, prestou concurso para o Estado e trabalhou em um hospital em São Paulo. Foi transferida para Ilhabela por meio de um pedido do então prefeito Geraldo Junqueira, onde exerceu a função durante 33 anos.
Além do prefeito, estiveram presentes na cerimônia de reinauguração da UBS, o presidente da Câmara de Ilhabela, Joadir Capucho, os vereadores, Carlos Alberto de Oliveira Pinto, José Jorge Pereira, Dr. Guilherme Maia, os secretários municipais, Luiz Lobo (Administração), Oswaldo Julião (Finanças), Maria Inês Fazzini (Meio Ambiente), Professor Antônio Cornélio, (Educação), Arq. João Marques (Obras), o chefe de gabinete do prefeito, José Donizette, além dos funcionários da Saúde e população. (Fonte: Imprensa Livre)

Estaleiro do Futuro - Audio Conferências Terceiro Setor

Ilhabela - Release 1:
O Estaleiro do Futuro – ( Espaço Azimuth) Promove durante a semana cursos de Ecopedagogia e Responsabilidade Social para Micro e Pequenas Empresas,
Utilizando o Sistema Aula Vox ( Via Internet ) áudio conferências. Os cursos fazem parte da programação da I Semana de Professionalização do Terceiro Setor em Guarulhos – SP
O evento tem como objetivo iniciar uma ampla articulação com os vários segmentos da sociedade, comprometidos com a qualificação e transformação das ações sociais e ambientais, oferecer instrumentos para qualificar a elaboração, execução, gestão e avaliação de projetos sócio-ambientais, além de estabelecer um espaço para encontros permanentes na cidade.
NaTerça e Quarta - 19:00
Interdisciplinaridade no Estudo do Meio - Ecopedagogia- Professora Paula Alves dos Santos: Graduada em Biologia, Coordenadora do Núcleo de Educação Ambiental e Desenvolvimento Sustentável do CIM - Centro de Integração da Mulher;
Na quinta e Sexta- 19:00
Responsabilidade Social para micro e pequenas empresas - Professora Maria Helena: Graduada em Administração e Mestre em Educação
Introdução à Captação de Recursos - Professor Maurício de Oliveira Mota: Graduado em Administração e Odontologia , BA em Gestão Social, especialização em Saúde Pública
Os Cursos são gratuitos, aceitando a contribuição de 1 kilo de alimento não perecível. Maiores Informes:
Endereço: Rua Dr Carvalho 184 A – Centro Ilhabela – SP Telfs: 3896 5997
 

Notícias de São Sebastião Topo

São Sebastião Superchic

Prefeitura abre inscrições para 25° Concurso de Poesias Nhô Bento

São Sebastião - A Secretaria de Cultura e Turismo de São Sebastião abre inscrições a partir de amanhã para o 25° Concurso de Poesias Nhô Bento. Elas serão realizadas até o dia 16 de novembro e o regulamento já está disponível nos locais de inscrição, que são na sede da Sectur, Praça Pôr-do-sol, em Boiçucanga, na Costa Sul, e Centro Comunitário do Jaraguá, na Costa Norte da cidade.
O concurso de poesias visa resgatar o tempo dos senhores de engenho, das sinhazinhas, dos ricos comerciantes e dos jovens que freqüentavam saraus literários, onde se declamava poesia e ouvia boa música. Podem participar poetas amadores ou não, do Litoral Norte e Cone Leste Paulista.
Cada participante pode inscrever uma poesia inédita, com estilo e temas livres em quatro vias datilografadas ou digitadas em papel ofício, identificadas pelo pseudônimo do autor. O artista deverá levar cópias do RG ou certidão de nascimento, preencher no envelope 1 a ficha de inscrição e no envelope 2 incluir as cópias da poesia.
A divulgação das poesias e autores pré-selecionados será feita por meio da imprensa local até o dia 22 de novembro.
Os poemas serão apresentados pelo próprio autor ou intérprete de sua escolha, no pátio da Sectur, no dia 23 (sexta-feira), às 20h30, durante um Sarau.
Como premiação serão concedidos certificados de participação aos 15 trabalhos selecionados. Já os cinco vencedores finais ganharão troféus. Além disso, será atribuída uma menção honrosa para os finalistas e ao melhor intérprete da noite, escolhido pela comissão julgadora, será concedido a placa de honra ao mérito “Professor Dr. José Machado Rosa”. Mais informações pelo telefone (12) 3892-2620.
Nhô Bento - O concurso de poesias “Nhô Bento” leva esse nome em homenagem ao poeta sebastianense, José Bento de Oliveira, que nasceu em 1902, no bairro Pontal da Cruz.
Filho de Pedro André de Oliveira e Firmina de Sousa Oliveira, caiçaras que viviam da pesca, o artista aprendeu as primeiras letras no Grupo Escolar “Henrique Botelho” e, desde então, demonstrava seu dom para escrever.
Ainda jovem, Nhô Bento foi para São Paulo, onde se tornou um poeta em linguagem cabocla. Seu livro “Rosário do Capiá”, considerado um dos grandes trabalhos do autor, reuniu 58 poesias e foi editado em 1946, com prefácio de Monteiro Lobato.(Fonte: Imprensa Livre)

Mais de 60% das pessoas com cadastro no PAT não têm qualificação profissional

São Sebastião - Dados atualizados fornecidos pelo PAT (Posto de Atendimento ao Trabalhador) mostram que existem 7.436 pessoas cadastradas no órgão e que, deste número, 4.488 necessitam de qualificação profissional, ou seja, 60% dos desempregados.
Para mudar este quadro, o Posto de Atendimento ao Trabalhador (PAT) realizou na última semana com a sociedade civil, uma reunião para tratar de assuntos relacionados à 2ª Fase do Projeto “Caravana do Trabalho”, viabilizado pela Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho (Sert).
Dentro da 2ª fase do programa está prevista uma oficina técnica de qualificação profissional, que será realizada no dia 13 de novembro, às 8h30, nas Faculdades São Sebastião (FASS). Na programação será levantada a demanda dos cursos de qualificação previstos para 2008.
Além do PAT, o projeto terá como parceiros a Comissão Municipal de Emprego, sindicatos, programas de transferência de renda, Sociedades Amigos de Bairro, Associação Comercial de São Sebastião e a Igreja Católica, num total de 34 colaboradores.
Segundo a diretora do PAT, Elizete Nossabein, a idéia é de que aproximadamente dez cursos sejam ministrados na cidade, pelo Centro Paula Souza para a qualificação profissional dos cadastrados no PAT. “Já foi levantado previamente as profissões que estão em falta no município. Queremos preparar esta população para os próximos 10 anos”, explica Elizete.(Fonte: Imprensa Livre)

Abertas inscrições para último curso de guarda-vidas em São Sebastião

São Sebastião - O 17º Grupamento de Bombeiros, Salvamar Paulista, está com inscrições abertas para o terceiro e último curso de Guarda-Vidas Temporários em São Sebastião. Os interessados devem procurar o Posto de Salvamento em Maresias, na Costa Sul do município. Esse é um pré-requisito para o candidato que quer trabalhar nas praias da cidade na temporada de verão 2007/2008.
O curso, gratuito, começa no dia 12 de novembro e terá duração de três semanas. Ele é voltado para pessoas de ambos os sexos, maiores de 18 anos e com 1º grau completo. É imprescindível o candidato saber nadar bem e apresentar atestado médico para prática esportiva e documento de identidade. “Tivemos casos de pessoas que se assustaram com ondas de dois metros e esses candidatos, com certeza, não passam no curso”, adianta o comandante do Posto de Bombeiros Marítimos de São Sebastião, tenente Danilo de Oliveira Godoy.
Segundo ele, concluíram os cursos realizados em setembro e outubro 16 e 18 pessoas, respectivamente. Ele observa que o treinamento é puxado, mas o candidato saiu apto a trabalhar como guarda-vida temporários.
Entre as matérias do curso estão Primeiros-Socorros, Salvamento Aquático, Conhecimentos Elementares sobre o Mar, Noções de Navegação, Relacionamento com o Público. Haverá ainda muita natação no mar, corridas na praia e exercícios em costeiras.
A participação e aprovação nesse curso é o requisito fundamental e obrigatório para que o interessado possa ser contratado pela Prefeitura de São Sebastião para atuar em conjunto com os bombeiros, trabalhando na prevenção de afogamentos nas praias mais freqüentadas do município.
Entre as praias que necessitam de reforço extra estão Maresias, Paúba, Cambury, Guaecá, Barra do Una, Barra do Sahy, Juréia, Toque Toque Grande e Cigarras.
O candidato, além de concluir o curso de Guarda-Vidas Temporário, deverá passar por testes práticos de Reanimação Cárdio-Pulmonar e Salvamento Aquático.
Este será o décimo ano em que a Prefeitura de São Sebastião firma parceria com o Corpo de Bombeiros na contratação de guarda-vidas civis sendo a sua grande maioria formada de surfistas moradores das praias a serem cobertas pelo serviço.
A previsão é que serão contratados 30 temporários por três meses para atuar em diversas praias do município. Além de uma ajuda de custo, valor a ser definido, vales transporte e refeição, o município também fornecerá uniforme completo de Guarda-Vida, além de nadadeiras, flutuadores, máscara e protetor solar.
O Posto do Salvamar de São Sebastião fica na avenida Francisco Loup, 635, em Maresias, ao lado da Praça do Surf. Mais informações pelos telefones (12) 3865.6700 e 3865.9253.
(Fonte: PMSS)

Lombadas eletrônicas diminuem ocorrências de colisões e atropelamentos
Mesmo com os equipamentos em funcionamento, alguns motoristas continuam ultrapassando o limite de velocidade permitido

São Sebastião - A Divisão de Tráfego (Ditraf) da Prefeitura de São Sebastião, ligada à Secretaria de Segurança Urbana (Segur), divulgou nesta semana o primeiro balanço das lombadas eletrônicas, que entraram em funcionamento no início de outubro passado. De acordo com informações de Márcio Nonato, diretor da Ditraf, as ocorrências de acidentes e atropelamentos caíram consideravelmente, porém, os números mostram que os motoristas ainda não estão respeitando a velocidade, ultrapassando os totens em limites acima do permitido (40 km/h).
“Os acidentes e atropelamentos diminuíram consideravelmente nas áreas aonde foram instaladas as lombadas, mas apesar do caráter educativo e de toda a divulgação que fizemos, muitos motoristas continuam trafegando acima dos 40 km/h na área dos totens”, declara Márcio. Entre os dias 8 e 26 de outubro, 2.041 veículos foram fotografados pelas lombadas.
Os equipamentos foram aferidos pelo IPEM (Institutos de Pesos e Medidas do Estado de São Paulo) e instalados em três pontos do trecho urbano da rodovia SP-55: Praia Deserta (próximo à Escola da Vela), Arrastão (em frente ao Shopping Villa Mares) e no Portal da Olaria (perto do cemitério). Outra lombada será instalada em local a ser definido no bairro Pontal da Cruz.
Além das lombadas eletrônicas instaladas pela administração municipal, a Prefeitura conseguiu junto ao DER a instalação de um equipamento em Juquehy, próximo à Vila Queiroz Galvão,na Costa Sul.
A tecnologia das lombadas permite ainda classificar o perfil dos veículos que circulam na via, entre carro, moto, caminhão e ônibus. Segundo a Ditraf, este levantamento ainda não foi emitido pela empresa responsável pela coleta de dados, devendo chegar à divisão nos próximos dias.
(Fonte: PMSS)

Grupos Culturais sebastianenses se destacam no “Movimento Cultural”

São Sebastião - Os principais grupos culturais do município se destacaram nas apresentações do “Movimento Cultural”, que reuniu muita dança, folclore, percussão e teatro durante o último sábado (3/11).
Cerca de 50 pessoas foram conferir de perto apresentações de break, dança afro jongo do grupo Acubalin e a peça “Cordéis do Brasil”, que retrata várias passagens das periferias do país, a política e exclusão social. As apresentações que iriam acontecer na Rua da Praia, foram transferidas para a ALNorte devido às chuvas.
A turista paulistana, Marilda Bianca Patches, 36 anos, disse que passou pela Rua da Praia e teve conhecimento do evento, mas achava que não iria acontecer devido ao mau tempo. “Ainda bem que não foi cancelado e pudemos conferir um pouco mais do trabalho realizado pelos grupos de São Sebastião”, disse Marilda.
As apresentações continuam no próximo final de semana, (10 e 11/11), no Centro Comunitário da Topolândia, a partir das 19h30, com break e a peça “Cordéis do Brasil”. Nos dias 24 e 25 de novembro, a área de lazer do Jaraguá recebe o grupo de Dança “Sintonia Corpo e Arte”, a partir das 19h, seguido da peça “Cordéis do Brasil”. Nestes dias, o ingresso custará R$ 2.
O "Movimento Cultural" recebeu o apoio da Prefeitura de São Sebastião, por meio da Secretaria de Cultura e Turismo (Sectur) e tem o patrocínio de Mundo Encantado, Jussa, Atobá, Colégio Progresso, Posada Martin de Sá, Fass e Rony Tatoo. Mais informações pelo telefone (12) 3892-2620.

Serviço
Dias 10 e 11/11 (sábado e domingo)
Local: Centro Comunitário da Topolândia
Preço: R$ 2
19h30 - Dança de Rua Cultura Break
20h - Peça Cordéis do Brasil

Dias 24 e 25/11
Local: Área de Lazer do Jaraguá
Preço: R$ 2
19h - Dança: Grupo Sintonia Corpo e Arte
20h - Peça Cordéis do Brasil
(Fonte: PMSS)

Prefeitura certifica alunos do programa Saúde e Prevenção nas Escolas nesta terça-feira

São Sebastião - A Prefeitura de São Sebastião, por meio das Secretarias de Educação (Seduc) e Saúde (Sesau) certifica nesta terça-feira (6/11), a partir das 9h, no Centro de Saúde “Josiane Pereira de Jesus”, 18 alunos das 7ª séries do Ensino Fundamental que participam do Projeto “Saúde e Prevenção nas Escolas”.
Além das últimas discussões para o Dia Mundial da Aids, que será promovido em São Sebastião no dia 30 de novembro na Rua da Praia, o grupo participará de atrações culturais promovidas pela Secretaria de Cultura e Turismo (Sectur). Mais informações pelo telefone (12) 3892-4717.
(Fonte: PMSS)

Prefeitura conclui pavimentação de mais duas ruas na Costa Norte
São elas: ruas José Joaquim de Freitas e José Catarina de Santana, ambas na Enseada

São Sebastião - A Prefeitura de São Sebastião, por meio da Secretaria das Subprefeituras, acaba de concluir a pavimentação de mais duas ruas na Costa Norte. São elas: rua José Joaquim de Freitas e rua José Catarina de Santana.
Ambas foram pavimentadas com paralelepípedos. Na rua José Joaquim de Freitas foram 800 metros quadrados de calçamento e na rua José Catarina mais 200 metros quadrados.
Todo o trabalho foi realizado pelos funcionários da Subprefeitura da Costa Norte, da Secretaria das Subprefeituras, e por integrantes do Programa Emergencial de Auxílio Desemprego (PEAD), da Secretaria de Trabalho e Desenvolvimento Humano. “Temos de destacar o trabalho de nossos funcionários, que acabam de concluir mais duas ruas na Enseada. Além do reaproveitamento de materiais, como estes paralelepípedos utilizados nas ruas, estas obras representam benefícios para a comunidade, com o atendimento de antigas reivindicações”, disse o secretário das Subprefeituras, José Carlos Moreno.
O subprefeito da Costa Norte, Mario Alves, cita que neste processo outras ruas já foram pavimentadas, entre elas, parte da rua Ademir Fortunato (Enseada), Benedito Firmino (Jaraguá), Boanerges de Moraes (Cigarras) e Benedito Lázaro (Cigarras). A próxima via a ser pavimentada pelo sistema de reaproveitamento de paralelepípedos e com mão-de-obra própria será a Travessa Servidão, na Enseada.
Mais obras
Paralelamente a este trabalho desenvolvido pela Secretaria das Subprefeituras, a Prefeitura de São Sebastião, por meio da Secretaria de Obras e Planejamento, acaba iniciar um pacote de obras de pavimentação na Costa Norte, com investimento de R$ 8 milhões. Ao todo, 14 ruas receberão o calçamento, além de um canal de drenagem na avenida Netuno, no Canto do Mar.
As ruas que serão pavimentadas, de acordo com a Secretaria de Obras e Planejamento, são: Av. Penélope (lado da praia), Av. Netuno (a qual inclui o canal), Av. Nereu e Av. Proteu, no bairro Canto do Mar; rua Castro Alves, Av. Brasil, rua Chile e rua Pérola, no bairro Enseada; e ainda rua Catanduva, rua Estados Unidos, rua Camões Couto, rua Manoel Costa, Estrada Carreador da Enseada e Travessa Vale Verde; no bairro do Jaraguá. Em dezembro do ano passado, a Prefeitura entregou a pavimentação das avenidas Penélope (parte de cima) e Odisseu (lado praia), num investimento de R$ 687 mil. Com isso, a Prefeitura totalizará 22 ruas pavimentadas na Costa Norte desde 2005.
(Fonte: PMSS)

Prefeitura libera mão dupla em ruas do Pontal da Cruz

São Sebastião - Após um período de estudo de trânsito, a Prefeitura de São Sebastião, por meio da Divisão de Tráfego (Ditraf) da Secretaria de Segurança Urbana (Segur), alterou algumas vias de acesso ao bairro Pontal da Cruz, na região central.
Desde a implantação do dispositivo de acesso ao bairro, foram realizadas algumas análises com relação à entrada e saída de veículos nas ruas que tiveram o trajeto alterado. Agora, fica permitido a descida pela rua Wenceslau Brás para quem vai sentido bairro/Centro. Nessa mesma direção, a Ditraf liberou o acesso pela rua São Nicolau que até então só servia para entrar na avenida Manoel Hipólito do Rego.
De acordo com o secretário da Segurança Urbana, Erwin Mota, em um primeiro momento, o trânsito foi adaptado para receber o fluxo de veículos que entrariam no bairro. “Na seqüência, houve um pedido da comunidade para melhorar o acesso à avenida e agora encontramos a melhor alternativa”, finalizou.
(Fonte: PMSS)

Prefeitura realiza apreensões durante o fim de semana prolongado

São Sebastião - A Prefeitura de São Sebastião, por meio dos fiscais da Divisão de Posturas, da Secretaria da Fazenda (Sefaz), executou durante o último fim de semana prolongado uma série de apreensões na praia de Juquehy, localizada na Costa Sul do município, com relação à atividade ambulante.
Dentre os produtos apreendidos estão carrinho, que é utilizado pela categoria para a comercialização dos materiais, além de mercadorias e licença xerocada. A equipe também realizou diversas advertências para os ambulantes que estavam irregulares.
Ainda na Costa Sul, a fiscalização esteve na praia de Guaecá detectando irregularidades para futuras tomadas de providências. Houve também, segundo a chefe da equipe, Cristiane Maria Silva, vistorias em outros bairros, inclusive nos da Costa Norte da cidade. “Todas as praias estão sendo fiscalizadas para futuras ações da Prefeitura”, avisa Cristiane.
(Fonte: PMSS)

Sucen afirma que São Sebastião tem equipe adequada atuando no combate à Dengue

São Sebastião - Em ofício encaminhado à Secretaria de Saúde de São Sebastião, a Superintendência de Controle de Endemias (Sucen) afirma que o município possui uma equipe atuando de maneira adequada no combate à Dengue, com todo o treinamento e em número suficiente para atender a demanda.
No Litoral Norte do Estado, apenas as cidades de Caraguatatuba e Ubatuba vão receber avaliação de equipe especial da Sucen devido a alta incidência de casos autóctones na última epidemia de 2007. Os respectivos municípios não estavam conseguindo realizar o procedimento correto em função do baixo número de funcionários no controle de vetores e, por isso, terão reforço de servidores e equipamentos fornecidos pelo órgão, que avaliou todos os municípios do Estado de São Paulo levando em consideração o número de casos da doença. Dentro dos critérios estabelecidos pela Sucen, a cidade de São Sebastião não se encaixou. “Se por ventura acontecer uma epidemia em São Sebastião, a Sucen se compromete a ajudar nas ações da Prefeitura”, afirma Márcia Saavedra de Souza, diretora do Departamento de Vigilância em Saúde da Secretaria de Saúde de São Sebastião, que estará intensificando as ações de controle da Dengue nos próximos meses, objetivando a redução de criadouros e, conseqüentemente, de ovos do Aedes aegypti no ambiente que possam sustentar a infestação e transmissibilidade.
A Sesau está realizando o Levantamento de Índice Rápido de Infestação por Aedes aegypti (LIRA), que dará informações sobre o nível de infestação de mosquitos. As ações de rotina como pesquisa e tratamento de pontos estratégicos, imóveis especiais, avaliação de densidade larvária e atividades educativas e de bloqueio de transmissão continuam sendo desenvolvidas.
Em 2007, o município apresentou 130 casos positivos de Dengue até o mês de outubro. As dificuldades encontradas pelos agentes de controle são o alto índice de recusa de moradores em recebê-los em suas residências para vistoria e o grande número de casas de temporada que estão fechadas. A colaboração da população é de extrema importância para a redução da infestação do mosquito e, conseqüentemente, diminuição do número de casos.
No dia 24 de novembro, durante o Dia Nacional de Mobilização contra a Dengue, a Prefeitura realizará atividades com músicas, pintura e teatro, na Praça do Coreto, no Centro, onde terá a participação de alunos de 1ª a 4ª séries das escolas municipais que vão trabalhar sobre o tema: “A Dengue é problema meu, seu e de todos”.
(Fonte: PMSS)

Trabalhos de Iniciação Científica sobre Sítio Arqueológico entram na reta final
Estudantes da Unimódulo tentam descobrir entre outros temas, quem foram os primeiros moradores da fazenda onde se localiza o sítio

São Sebastião - Os trabalhos de iniciação científica elaborados por alunos da Unimódulo sobre o Sítio Arqueológico de São Sebastião entraram na reta final. As pesquisas são resultado de uma parceria entre a Prefeitura por meio do Departamento de Patrimônio Histórico da Secretaria de Cultura e Turismo (Sectur) e a universidade, visando avaliar e buscar dados importantes sobre o sítio.
O levantamento bibliográfico e documental em busca dos possíveis ocupantes da instalação é o tema do trabalho desenvolvido pela aluna do curso de História, Aline Mazza e Salles. A partir da lenda que conta a origem da fazenda onde está situado o sítio, a estudante buscou documentos e informações que comprovassem que o local pertenceu um dia a Joaquim Pedro, que segundo contam, era um homem de muitas posses e senhor de escravos, que fazia sua fortuna em cima de um pacto com o diabo. Dizia a lenda que, enquanto ele mantivesse o ‘demo’ preso numa garrafa, seria rico e poderoso.
Um certo dia, o fazendeiro teria ido pescar e sua esposa encontrou a garrafa escondida em seus pertences, liberando o demônio. A partir daí, o marido morreu. Durante o velório na fazenda, as luzes dos lampiões teriam se apagado, ficando todos numa completa escuridão. Quando os presentes conseguiram reascender as lamparinas, testemunharam o diabo levando o corpo de Joaquim Pedro pelo telhado da fazenda.
As pesquisas de Aline comprovaram a existência de Joaquim Pedro. Segundo ela, há registros na cúria de Caraguatatuba, datados de 1831 que falam de seu casamento, logo ao amanhecer, às 6h, com uma jovem grávida. A cerimônia teria sido feita às escondidas apenas na presença da família e uma testemunha. De acordo com o levantamento da estudante, essa jovem seria descendente da família Escobar, uma das primeiras famílias a residir em São Sebastião e Ilhabela. “Os Escobares eram muito ricos, tinham várias posses e foram os principais povoadores das duas cidades. Não tenho indícios para afirmar que a fazenda pertencia a eles, mas tudo leva a crer que sim”, relata, complementando que os indícios mostram também que até se casar com essa moça, Joaquim Pedro devia ser pobre. O trabalho de Aline Salles foi apresentado recentemente numa feira de iniciação cientifica da Universidade do Vale do Paraíba em São José dos Campos. “Participei do Inic com o intuito de divulgar o sítio”, explica.
Outra área explorada por trabalhos de alunos da Unimódulo é o desenvolvimento do webgis, ferramenta que atua no geoprocessamento de dados auxiliando os trabalhos de arqueologia e biologia. Jorge Luiz Chagas da Silva, aluno do curso de Sistemas de Informação procura demonstrar com suas pesquisas a potencialidade desta ferramenta, catalogando as informações do sítio diretamente na rede mundial de computadores.
Wagner Bornal, arqueólogo da Prefeitura, cita também outro estudo de iniciação científica realizada por alunos da Unimódulo que trabalha com a escarificação corporal, analisando os desenhos que os escravos pintavam em seus corpos, como uma tatuagem e que foram encontrados nas peças de cerâmica resgatadas na área do sítio arqueológico. Esse estudo tem previsão de ser finalizado no início do ano que vem.
Além de pesquisar assuntos ligados diretamente à história do sítio, os alunos de Biologia do Unimódulo elaboram pesquisas sobre a fauna existente nas imediações do local. Wagner Bornal ressalta que há ainda outros trabalhos desenvolvidos em parcerias com a Universidade Paulista e as Faculdades São Sebastião. Os alunos trabalham na elaboração do site do sitio arqueológico e da divulgação do local como um destino turístico. “O site está em período de conclusão, pretendemos lançá-lo em dezembro”, finaliza.
(Fonte: PMSS)

Notícias de Ubatuba Topo

Restaurante Solar das Águas Cantantes Terra Caiçara ACIU

Ubatuba: coleta de lixo na cidade é feita de forma precária há duas semanas

Ubatuba - Ubatuba recebeu cerca de 80 mil turistas durante o feriado de Finados. Número um pouco maior que a população do município, e que deve tornar ainda mais crítico um problema que a cidade enfrenta há algumas semanas. Com o fim do contrato da empresa que fazia a coleta, o lixo se acumula nas ruas.
Na casa de Edite Vieira do Rosário, no Parque dos Ministérios, vivem mais cinco pessoas. Por isso, o acúmulo de lixo é grande. Na rua da casa dela, não cabe mais nada nas lixeiras. “Antes os coletores passavam duas, três vezes na semana. Hoje não passa mais. Depois dá um vento, começa a voar sacola pra todos os cantos, a chuva vem e atrapalha cada vez mais”, conta Edite.
Para os moradores da rua é um incômodo. “O cachorro rasga os lixos, o povo fica em cima. E eu sou alérgica, então o lixo que fiz nas ruas faz mal”, afirmou a dona-de-casa Maria Aparecida.
Numa outra rua, no centro de Ubatuba, o problema não é muito diferente. Num trecho existem 20 casas, onde moram cerca de 80 pessoas, que produzem lixo diariamente.
O Secretário de Obras, João Paulo Rolim, da prefeitura reconhece que a coleta está prejudicada na cidade. Agora, a prefeitura improvisou nove caminhões para fazer a coleta em alguns bairros da cidade. “A prefeitura não tem todos os equipamentos que a empresa especializada tem. Vamos fazer um programa especial para o feriado, para tentar minimizar esse problema. Já para que no feriado do dia 15, a gente já tenha a empresa vencedora”, disse.
O nome da empresa que ficará responsável pela coleta de lixo em Ubatuba deve ser anunciado no próximo dia 9. A cidade produz 65 toneladas de lixo por dia. Durante a temporada e feriados, esse número dobra. (Fonte: VNews)

Entrega do Plano Diretor é adiado pela terceira vez

Ubatuba - Pela terceira vez, a prefeitura e a sociedade Ubatubense pediram o adiamento da entrega da L.U.O.S ao legislativo municipal. A última previsão era que o texto fosse entregue até o final de outubro.
Entretanto a Comissão de Sistematização, definida pelo decreto 4755 que está formulando a Lei de Uso e Ocupação do Solo em Ubatuba decidiu, por unanimidade, prorrogar por 30 dias a entrega do projeto para ser votado pela Câmara.
A mudança de data, definida durante a audiência acontecida no último dia 26, justifica-se pela necessidade de ajustes na formulação da lei. O prefeito Eduardo Cesar acatou a decisão do grupo e enviou um projeto de lei à Câmara, solicitando a prorrogação do prazo.
Durante a audiência pública final acontecida no dia 26, na Escola Municipal Pe. Anchieta, foi apresentado o resultado de todas as assembléias realizadas nos cinco distritos espalhados por toda a cidade. Estavam presentes os delegados representantes de cada distrito, bem como a coordenadoria de planejamento, comissão de sistematização e coordenadorias distritais.Um novo cronograma de estudos foi definido e o prazo para a entrega da lei, se aprovado pela Câmara será dia 31. No próximo dia 5, todo o material desenvolvido até agora será disponibilizado aos distritos, para análise de possíveis erros e falhas.
De 6 a 14, serão feitas conferências e compatibilizações dos dados, considerando as leis federais e estaduais para redigir um texto final, que será apresentado no próximo dia 19 ao grupo. Finalmente, no próximo dia 30, a prefeitura entregará o projeto de lei à Câmara Municipal para ser votada.
O prefeito Eduardo Cesar afirma que, assim como toda a formulação da lei, o seu adiamento também foi um processo democrático. “Por ser uma lei complexa e bastante extensa, o grupo achou por bem estender o prazo para ter mais tempo hábil e entregar a Ubatuba a lei que ela merece.(Fonte: Imprensa Livre)

“Ubatuba em Rede” transforma óleo usado em sabão

Ubatuba - Por meio de um coletivo de 21 entidades, chamado “Ubatuba em Rede”, um projeto de transformação de óleo em sabão está sendo realizado no município.
O projeto tem um grande valor ambiental, tendo em vista que cada litro de óleo despejado no esgoto tem capacidade de poluir cerca de 1 milhão de litros de água. Além disso, a transformação de óleo em sabão também cumpre uma função social, gerando trabalho e renda para as mães da Pastoral da Criança.
A transformação beneficiará a Sociedade de Apoio ao Paciente Oncológico (Sapo-Uba) e a Pastoral da Criança. Para os interessados em colaborar, as orientações são: aguardar o esfriamento do óleo e armazená-lo em uma garrafa ou recipiente plástico e levar até a sede da Sapo-Uba. O atendimento é de segunda a sexta, das 14h30h às 17h30. A Sapo-Uba fica na rua Cunhambebe nº 703 fundos.
Além da contaminação das águas, o ato de despejar óleo pelos canos e ralos encarece o processo e prejudica o funcionamento das estações de tratamento de água. O acúmulo de óleos e gorduras nos encanamentos pode causar entupimentos, refluxo de esgoto e até rompimentos nas redes de coleta. Para retirar o produto e desentupir os encanamentos são empregados produtos químicos altamente tóxicos, o que acaba criando uma cadeia perniciosa.
Fora da rede de esgoto, a presença de óleos nos rios cria uma barreira que dificulta a entrada de luz e a oxigenação da água, comprometendo assim, a base da cadeia alimentar aquática e contribuindo para a ocorrência de enchentes. Em contato com a água do mar, esse resíduo líquido passa por reações químicas que resultam em emissão de metano.
Parte da renda da venda de sabão e do excedente de óleo será revertida para a Sapo-Uba que dá apoio aos pacientes oncológicos de Ubatuba desde 2005, prestando auxílio e orientação aos doentes e seus familiares. As voluntárias também realizam campanhas educativas divulgando práticas efetivas para a prevenção e combate ao câncer.
Esta entidade ajuda na compra de medicamentos e pagamento de exames, fornece suplementação alimentar e próteses mamárias aos pacientes sem recursos financeiros.
Profissionais voluntários oferecem fisioterapia, apoio psicológico e orientação relativa aos direitos do paciente de câncer. A Sapo-Uba também fornece lanche para os pacientes que viajam nos veículos da Prefeitura de Ubatuba para realizar tratamentos em outras cidades. (Fonte: Imprensa Livre)

Escola Tancredo oferece qualificação profissional em diversas áreas

Ubatuba - A Escola Municipal Tancredo de Almeida Neves abriu a partir de hoje inscrições para o “vestibulinho” para os Cursos Técnicos do ano letivo de 2008. As inscrições podem ser feitas pela Internet, no site da prefeitura (www.ubatuba.sp.gov.br).
São quatro opções para quem deseja obter uma formação profissional: Contabilidade, Secretariado, Administração e Turismo. O vestibulinho está marcado para o dia 2 de dezembro.
Todos os cursos têm duração de três anos e oferecem registros profissionais nos órgãos competentes. Além disso, a Escola também oferece encaminhamento para estágios, palestras, seminários, exposições, biblioteca, recursos audiovisuais e laboratório de informática e ciências.
Os cursos são oferecidos no sistema médio-integrado, onde o aluno cursa o Ensino Médio, juntamente com o técnico. As pessoas que já concluíram o Ensino Médio também podem realizar o vestibulinho.
O Técnico em Contabilidade trabalha com técnicas para a realização de tarefas rotineiras e auxiliares, referentes à escrituração contábil de pessoas físicas e comerciais vigentes. Além das disciplinas da base comum nacional e diversificada, os alunos têm aulas de Matemática Financeira, Contabilidade Geral, Bancária e Comercial, Prática de Escritório, Informática, Direito e Legislação. Os profissionais desta área podem atuar em bancos, empresas contábeis e prestadoras de serviços, bem como escritórios de contabilidade.
O Técnico em Secretariado utiliza técnicas na assessoria de executivos, profissionais liberais e serviços rotineiros de escritórios e particulares, atuando em bancos, organizações comerciais, escolas, escritórios e consultórios. Os alunos deste curso aprendem Matemática Financeira, Contabilidade Geral, Metodologia e Técnicas Secretariais, Gestão e Qualidade, Direito e Legislação, Informática, Organização e Técnicas Comerciais, além das matérias tradicionais.
O Técnico em Administração atua na assessoria, organização, supervisão, e controle das atividades de diversos setores administrativos de uma empresa. Além das matérias base, este curso ensina Matemática Financeira, Contabilidade Geral e Gerencial, Teoria Geral da Administração. Marketing, Administração Pública e Informática.
O Técnico em Turismo recebe preparação para fazer roteiros turísticos, atividades de lazer, organização de eventos e condução de grupos como guia regional de turismo.
Este profissional atua em agências de turismo, hotéis, setores de entretenimento, espaços culturais e outros. As matérias específicas para este curso são: Recreação e Lazer, Marketing, História e Geografia aplicados ao Turismo, Técnicas de Condução de Grupo, Organização de Empresas e Serviços Turísticos, Informática, Educação Ambiental e Turismo. (Fonte: Imprensa Livre)

ACIU participa do Seminário de Competitividade do Litoral Norte

Ubatuba -  Nos dias 29 e 30 de outubro foi promovido pelo Sebrae- Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas o “Seminário de Competitividade no Litoral Norte”.
O evento foi realizado em São Sebastião e contou com a participação dos secretários de Turismo, empresários e demais autoridades e associações de classe das quatro cidades do Litoral Norte.
Segundo a consultora do Sebrae de São José dos Campos, Maria Aparecida Medeiros, o evento teve por objetivo difundir a cultura empreendedora, as possibilidades de participação em grupos e comunidades com uma atuação mais responsável, consciente, influenciadora e realizadora dessas quatro cidades.
O presidente da Associação Comercial de Ubatuba, Ahmad Khalil Barakat participou do evento e disse que a iniciativa do Sebrae em criar um elo entre as quatro cidades é extremamente bem vinda porque visa o desenvolvimento de todas elas. “As quatro cidades não competem entre si, cada uma tem as suas belezas e suas características, e com essa união o interesse também é de perceber as deficiências de cada uma e tentar solucioná-los juntos”, diz Barakat.
Para o secretário de Turismo de Ubatuba, Luiz Felipe de Azevedo, o seminário “foi excelente”. Felipe contou que o Circuito Litoral Norte recebeu um impulso sem precedentes através do que foi ministrado pelo Sebrae. “Durante dois dias, recebemos e trabalhamos com informações que nos permitirão, em curto prazo, edificar aquela que pretendemos ser uma das destinações turísticas mais competitivas do Brasil”.
O secretário afirmou que a partir de janeiro de 2008 as responsabilidades de Ubatuba no Circuito Litoral Norte irão aumentar consideravelmente, e que juntamente com o Convention & Visitors Bureau e o Sebrae, pretendem realizar um trabalho que permitirá profissionalizar os produtos turísticos da região. “Solicito a adesão de nossos empresários ao Convention, pois será através dele que iremos comercializar os nossos destinos”, concluiu.
Os empresários interessados em fazer parte do Convention & Visitors Bureau deverão entrar em contato com a Secretaria de Turismo de Ubatuba, através do telefone (12) 3833 9007. (Fonte: ACIU)

Comunidades Tradicionais

Ubatuba - Preocupado com as condições enfrentadas pelas Comunidades Tradicionais de Ubatuba, principalmente em áreas de parque, o vereador Charles Medeiros solicitou informações a Ministra de Meio Ambiente, Marina Silva, sobre a possibilidade da elaboração de um dispositivo federal que pudesse garantir a sobrevivência, a cultura e a tradições de nossas Comunidades, principalmente as tradicionais.
Em resposta, a Secretaria Nacional de Extrativismo e Desenvolvimento Rural Sustentável, através de seu Diretor de Extrativismo, Sr. Muriel Saragoussi, informou que o Ministério do Meio Ambiente em parceria com o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate a Fome encaminharam ao Presidente Lula projeto de decreto que instiui a Política Nacional de Desenvolvimento Sustentável de Povos e Comunidades Tradicionais (Decreto nº 6.040/07) e que a implementação de sistemas de conservação, sejam elas federais ou estaduais, tem gerado situações de sobreposição entre áreas relevantes para a conservação e aquelas áreas tradicionalmente ocupadas por comunidades tradicionais indígenas ou não indígenas, como é no caso das comunidades quilombolas e caiçaras.
Saragoussi diz que o objetivo desta Política Nacional visa promover o desenvolvimento sustentável dos Povos e Comunidades Tradicionais, com ênfase no reconhecimento, fortalecimento e garantias de seus direitos territoriais, sociais, ambientais, econômicos e principalmente culturais, com respeito e valorização à sua identidade, suas formas de organização e suas instituições.
A Secretaria Nacional de Extrativismo e Desenvolvimento Rural Sustentável vem elaborando propostas para subsidiar o processo de elaboração de um Plano Nacional de atendimento a estas questões, onde tão logo tenham concluído os temas com o Conselho Nacional de Proteção as Comunidades Tradicionais, será submetidas à consultas públicas que deverão contar com representantes dos povos. A Secretaria informa Charles Medeiros que terá imenso prazer em poder contar com a participação deste vereador e demais representantes neste processo.
“Trata-se de um passo importante para que o Estado possa assumir a diversidade no trato com a realidade social de nossas Comunidades, que dentro deste processo histórico diferenciado, tornou-se independente, assumindo uma identidade natural e modo de vida próprio, mostrando uma riqueza de respeito e sabedoria com as coisas naturais que até o momento não eram reconhecidas por nenhuma Política Pública”, afirma Charles Medeiros.
(Fonte: Assessoria Charles Medeiros)

Semana de 2/11 a 8/11/07

Cine Porto 12 3833 2066

"Putz! A coisa tá Feia"
Desenho!!!! Dublado!!!
ás 15:30hs

"Tropa de Elite"
Ação!!! c/Wagner Moura e Caio Junqueira
ás 17:10 - 19:20 - 21:30hs


cineporto@hotmail.com
Acesse nosso site www.cinemasdolitoral.com.br

Poesia Topo

Vovó Martinha Cabral

Vovó foi para o céu
Sem ler nem escrever
Mas sabia muito bem
Prestar serviços de parteira
Rezar o rosário de memória
Fazer remédio de ervas
E presentear com mudas de flores
Quem nada sentia no corpo
Mas na alma tinha dores.
 

Felix Cabral

Carta do Leitor
As mensagens, fotos e opiniões  publicadas neste boletim são de inteira responsabilidade de suas fontes e autores,
não expressando necessariamente a opinião deste informativo. O envio de qualquer material para nosso e-mail
será considerado como autorizado a sua publicação e assumida a total responsabilidade pelo seu conteúdo.
As mensagens deverão conter nome completo, RG, endereço, telefone de contato e um e-mail válido.
Reservamos o direito de não publicar cartas que não contenham a devida  identificação do autor.
Topo

Coleta de lixo
É só o inicio do problema !

Quando propusemos e debatemos a importância da existência de uma Política Publica de Gerenciamento de Resíduos para o município – que está sendo tratado com notória irresponsabilidade pela administração municipal face aos resultados – estávamos alertando para os prejuízos à sociedade ao meio ambiente e ao orçamento público. Fatos e prejuízos que estamos hoje vendo acontecer. Falta de planejamento e infraestrutura municipais, do atendimento da demanda e recolhimento dos resíduos até a correta destinação e tratamento, do que é gerado pela população em suas residência, nos setores do comercio, serviços de saúde, da limpeza urbana e de outros tipos e categorias especiais como os resíduos dos processos industriais, da construção civil e do tratamento do esgoto, exceção aos resíduos dos serviços de saúde; só para citar os mais comuns. A gestão dos resíduos é da atribuição e responsabilidade do poder público municipal. Mesmo que este repasse por concessão a terceiros, etapas operacionais desse processo, não cessa porquanto a isso, nem se exime o administrador público de suas atribuições.
É prova irrefutável de irresponsabilidade administrativa e incompetência do administrador público municipal, deixar ou permitir o sucateamento da frota pública de veículos e caminhões coletores de lixo, a ponto de só poder contar com apenas dois caminhões coletores e com problemas mecânicos, para atender na emergência todo o município de 70.000 habitantes, que produz no mínimo 80 toneladas de lixo por dia. Estamos vendo as conseqüências com o lixo se acumulando nas ruas, exalando mal cheiro, poluindo, sendo levado pelas enxurradas, arrastado e comido pelos animais. E péssimo para a imagem da cidade e de seus habitantes.
Não vamos entrar no mérito ou irregularidades da administração quanto aos contratos com a empresa que tem a concessão da coleta de lixo no município. Isto já foi denunciado pela justiça (Tribunal de Contas do Estado) que determinou a suspensão do serviço. Fato publicado pela imprensa. Até está data não havia sido divulgado pela prefeitura com qual empresa será efetuado o novo contrato para a coleta do lixo em todo o município. Já que, como sabemos a prefeitura só pode contar com dois caminhões.
Corre um grande risco o administrador público, que entrega exclusivamente à execução na mão de empresas particulares, que a qualquer tempo poderão sofrer impugnação ou quebra de contrato, paralisando um serviço essencial. Deve estar preparado para enfrentar emergências. Queremos dizer que o serviço público tem por obrigação e precaução manter com reserva a sua frota operacional capacitada a garantir a prestação do serviço. No meu entender, deve inclusive, assumir permanentemente com frota própria o serviço em setores ou regiões da cidade, definidas sob a análise da segurança econômica, técnica ou particularidades de aspecto social.
Aterro de resíduos: é outro problema também não resolvido pela atual administração, onde há um grande ralo para o dinheiro público. Sem definição, não obteve até agora o licenciamento ou autorização para a implantação do transbordo de lixo para um aterro sanitário. Deve faltar dados de projeto. Com a área destinada ao descarte já tecnicamente saturada, continua a ocorrer à degradação ambiental no seu entorno, inclusive por estar localizado em área de proteção de mata. A descarga do chorume in natura diretamente nas águas do Rio Grande, vem agravando os riscos à saúde da população e à degradação de um curso d’água dessa importância, suas margens, flora e fauna.
É praticamente inviável que mesmo com investimentos de elevadíssimo custo corrijam SATISFATORIAMENTE os agravos ambientais, revertendo uma situação de degradação contínua, ocasionada pelos erros operacionais nos procedimentos do aterro, negligências e incapacidade técnica;
O Prefeito foi alertado para que não baseasse seus planos na viabilidade de contar em curto prazo com o Aterro Regional de Resíduos (CITRE) a ser instalado e ainda sem local, data e prazo em Caraguatatuba, para receber o nosso lixo. Não seria obra com prazo para solucionar em sua gestão o nosso problema de descarte de resíduos. Portanto teria que ter se capacitado melhor para administrar a questão da geração de lixo em nossa cidade.
As ações de re-educação da sociedade para as questões ambientais, principalmente frente ao problema da geração de resíduos, são ainda muito teóricas.
Pela inexistência de uma política pública, fatos isolados e particulares agregam raros resultados.
Não temos nem fiscalização nem observação do código de postura. Ainda não temos o cidadão nem o empresário conscientes de sua responsabilidade quanto à necessidade de REDUZIR DRASTICAMENTE A QUANTIDADE DE LIXO QUE PRODUZ E QUE TRANSFERE A PARCEIROS. COMO AS EMBALAGENS E SACOLINHAS DE SUPERMERCADO E A SEPARAÇÃO DOS RESÍDUOS RECICLÁVEIS.
O Cooperativismo ainda não se implantou aqui como política social de resultados. Está, cada um por si.
A implantação da Política Publica de Gerenciamento de Resíduos é secção importante de um Plano Municipal de Saneamento Básico, prioritário para se promover melhor qualidade de vida.
Esperamos que ainda em tempo a Administração municipal assuma sua responsabilidade para as mudanças necessárias. Atenda às solicitações dos órgãos ambientais, e proceda, na prática, com aquilo que prega de sua imagem política.
 

Georg Mascarenhas,
Foi chefe de serviços públicos na administração do Prefeito Vizinho Vigneron; é membro da Câmara Técnica de Saneamento no CBH-L

 

Lixeiras

A opção pelo turismo e veraneio de massa, agrava o já insolúvel problema. Muita gente, muito lixo. Falta coleta. Falta lugar para colocar. O MIX da falta de planejamento de ocupação urbana, as restrições legais ( nem por isso menos insanas) e a pressão (idiotizada) dos " ambientalóides" fez, faz e, fará, com que o uso e a ocupação do solo tenha como parâmetro a permanência do que esta ai. Esta imagem, que não é única, se repete e reflete por todos os rincões do município. Lixeiras são uma imundície. Focos de proliferação e transmissão de uma infinidade de vírus e bactérias transmissores das mais variadas doenças. Surto de Dengue? Será pouco. Nossas lixeiras são mesmo para medidas urgentes da ANVISA. Como estarão elas "previstas" no novo Plano Diretor? Serão varridas para debaixo do tapete de quem?

Ronaldo Dias
 

“TROPEÇANDO NA MESMA PEDRA”

Leio na imprensa virtual e escrita local: “Macaco que senta no rabo para falar do rabo do vizinho”. O artigo denuncia o ilustre prefeito de Ubatuba, Sr. Eduardo de Souza César, mais uma vez, de desrespeito a cidadãos ubatubenses bulindo, mexendo, comentando, a vida particular e privada de supostos adversários políticos locais, através dos meios de comunicação de massa, supostamente, financiados pela Prefeitura Municipal.
Como já escrevemos em: “RESPEITO À MAJESTADE E À CIDADANIA” e, em outras oportunidades, não fosse a determinação da Lei Maior:

“SÃO INVIOLÁVEIS, A VIDA PRIVADA, A HONRA E A IMAGEM DAS PESSOAS”
( CF 5°-X- )

seria ato de grosseria, leviandade, desrespeito e falta de educação cívica, uma pessoa, ocupando o cargo de prefeito da cidade, fazer comentários desabonadores sobre a vida privada e familiar de cidadão de sua jurisdição. Não pode ignorar-se que, pelo cargo que ocupa, está obrigado a cuidar, zelar e garantir a educação, saúde, segurança e todos os direitos individuais e coletivos garantidos pela Constituição Federal. Constituição que jurou respeitar e cumprir.
Diria, José Ortega e Gasset que, “a circunstância”, de ocupar o ofendido, cargo eletivo de vereador municipal, torna mais grave, leviana e irresponsável a ofensa. Os Srs. Vereadores devem prestar atenção a esse fato e a outros que já tem ocorrido e cuidar-se. Hoje é um. Amanhã poderão ser todos e cada um. Só é necessário esperar o dia que contrariarem os ímpetos e pretensões do alcaide. Caso tenham alguma dúvida podem consultar os dirigentes do PL (hoje PR) e os do PT, que o elegeram. Outros cidadãos também poderão testemunhar nesse sentido.
Temos defendido que: “os palanques oficiais”, “as tribunas livres”, “as tribunas populares” e “os meios de comunicação de massa” (financiados e patrocinados com dinheiro público), não são locais e meios adequados para, desqualificar ninguém e, menos, para caluniar cidadãos. Devem ser instrumentos para: defender idéias, projetos, dar sugestões, reivindicar direitos e exigir, com linguagem educada e respeitosa, dos ocupantes do poder, os serviços que, obrigados a fazer não fazem ou fazem mal. São também meios adequados para denunciar supostas irregularidades, superfaturamentos, obras não concluídas nos prazos contratuais e quanto o cidadão no exercício de seus direitos deve cobrar e exigir do poder público relaxo, corrompido e não cumpridor de seus deveres. Também, nestes casos, respeitando a individualidade, a honra e a privacidade dos ocupantes do poder.
Algumas de nossas autoridades e cidadãos lacaios e laranjas parecem desconhecer esses princípios elementares de educação cidadã. Quando cidadãos, usando do sagrado direito da liberdade, mesmo que observem todas as regras da boa educação, tem a coragem de denunciar, apontar erros, convidar a sociedade a pensar e a reagir frente à corrupção etc..etc... são caluniados, desancados e considerados inimigos do povo. Mesmo assim no podemos ter medo. Autoridade que não respeita e tropeça sempre na mesma pedra, não será respeitada. Como resposta sempre lhe poderemos dizer: “SÃO INVIOLÁVEIS, A VIDA PRIVADA, A HONRA E A IMAGEM DAS PESSOAS”. (CF 5°-X-).
 

Corsino Aliste Mezquita.
 Ubatuba
.


Faceta inesquecível do meu tempo de criança

No início de 1.966 fui morar no Bairro do Perequê-Açu, a 6 quilômetros de Itamambuca, num lugar bem conhecido, chamado Sumidouro, e fui matriculado no primeiro ano escolar.
A Escola ficava na entrada do Bairro do Taquaral, e tinha apenas uma sala, uma pequena cozinha e um banheiro, onde estudavam, juntos, alunos do primeiro, segundo e terceiro anos, e depois disto tinham que ir para a Cidade.
No curto caminho entre a casa e a escola, tinha uma vendinha, e quando podia, eu me deliciava com o sanduíche de pão com mortadela.
Ali aprendi a ler e escrever, bem como a me relacionar com as pessoas daquele Bairro e dos Bairros vizinhos, que também estudavam na mesma escola.
Todos éramos muito tímidos.
Ainda hoje me lembro com saudade daquele tempo inocente.
Nos Bairros Perequê-Açu e Taquaral moravam quase que somente Caiçaras.
Eram poucos os moradores, e todos se conheciam.
O Perequê era um bairro muito verde, verdíssimo, águas limpas, muitos pássaros e muitos animais.
Para o consumo, todo mundo buscava água nas cachoeiras, e todos os rios eram limpos e cheios de peixes.
Todas as manhãs, na praia do perequê-açu, os pescadores puxavam a rede de arrasto, e os peixes eram muitos, grandes e pequenos, e todos os que ajudavam a puxar a rede levavam alguns como recompensa, ficando a parte vendável com os donos da rede.
Eu a tudo observava, pessoas indo e vindo, carroças, charretes, bicicletas, carros-de-bois.
Nas praias e no mar existiam muitas canoas e poucos barcos.
As canoas e remos eram todos de madeira, e como era agradável passear de canoa, tanto no mar, como no rio indaiá.
O rio indaiá sempre foi de águas cristalinas, e foi neste rio que vi, algumas vezes, um dos crimes mais bárbaros contra a natureza.
Para reduzir as larvas de borrachudos, sem nenhuma reflexão, a Prefeitura Municipal enviava os encarregados pelo controle aos rios e às cachoeiras, e lá colocavam nas águas o inseticida BHC.
De cima da ponte do rio indaiá, podia-se ver o desespero dos peixes e de todos os víveres daquelas águas.
Enlouquecidos pelo veneno BHC, corriam desesperados em direção ao mar, tentando fugir das águas brancas como a leite, efeito do poderoso inseticida.
Era uma corrida em vão.
A morte selava a vida todos, sem misericórdia.
Não bastasse este quadro triste, vivenciei algo que hoje seria um crime ambiental, também dos mais horrendos, a venda dos passarinhos engaiolados.
Alguns vendedores de pássaros traziam do Taquaral e de outras localidades, gaiolas cheias dos mais variados passarinhos, para comercialização na Cidade.
Tinham encomenda garantida.
Eram os pássaros mais lindos, numa só gaiola misturados, maltratados, ignorados, desprezados, sendo vendidos.
O amor do dinheiro era a causa da crueldade.
Uma única vez na vida presenciei uma punição imediata e justíssima.
Isto foi lá pelos idos de 1.966, quando um representante público, realmente público, em flagrante, fez abrir a porta das gaiolas, soltando todos os pássaros ali mesmo na estrada, e em seguida apreendeu estas gaiolas.
Foi a primeira grande lição que aprendi, qual seja, depois da vida, a liberdade é o bem mais precioso que existe.
Tudo acontecia porque estava chegando o progresso.
O bairro estava progredindo, e um dos sinais de progresso daquela época era o envenenamento dos rios e cachoeiras, que além dos borrachudos, matavam quase que todos os viventes, inclusive o próprio homem.
Também no Bairro do Sumidouro, por volta dos anos 1968/1969, vi a destruição de parte de uma montanha.
Eram grandes tratores e inúmeros caminhões.
A terra era cortada, colocada nos caminhões e levada.
A finalidade era aterrar o lugar onde hoje é o principal campo de futebol de Ubatuba, o estádio municipal.
De ponta a ponta do Município, palmitos juçara eram vendidos livremente, areias e pedras eram levadas dos rios, árvores eram cortadas por ordem de empresas, para fazer carvão, e até areia da praia de Itamambuca era retirada para aterrar loteamentos, tudo sem nenhuma preocupação ambiental.
Apesar de no bairro qualquer notícia ser mais rápida do que o vento, inexistia a denúncia de crime ambiental.
O Código Florestal, criado em 1.965, ainda não era conhecido, e muito menos aplicado por lá.
Naquele Perequê-Açu, em 1.968, concluí o terceiro ano escolar, e para continuar os estudos, tinha que ir para a Cidade.
Triste e infeliz realidade, não tinha sequer roupas adequadas, e por isto não ingressei no quarto ano primário, abandonando, sem entender, os estudos.
Meus sonhos estavam, assim, ameaçados.
A miséria que sempre imperou na vida do homem do campo, sempre o sufocou com muito trabalho, fazendo-o, muitas vezes chafurdar-se na embriaguez.
Eu também fui vítima dessa realidade brasileira, chegando a perder um ano escolar.
Porém, alimentado pelos sonhos tive esperança verde, e esta eu nunca deixei madurar, como diziam os saudosos Tião Carreiro e Pardinho, em sua eterna música “Rancho dos Ipês”.
 

Benedito José dos Santos Filho
São Paulo, SP

Charge


 

Foto do Dia Topo

Para participar desta seção basta enviar as fotos com crédito do autor e legenda, no tamanho mínimo
de 1024 x 768 pixels com resolução de 72dpi para fotododia@litoralvirtual.com.br.  O envio da foto caracteriza autorizada a sua publicação, assumindo o autor total responsabilidade pela publicação da mesma.

Guaaruça  ©Elias J. Santos

Guaruça
©Elias J. Santos

Envie sua foto!

Para instalar a foto como papel de parede (wallpaper)
Clique na foto acima. Após carregar a foto ampliada, clique com o botão direito do mouse sobre a imagem e escolha "Definir como papel de parede" ou "Definir como fundo de tela". Para ajustar a imagem em tela cheia, clique em qualquer lugar da área de trabalho com o botão direito do mouse, escolha "Propriedades" / "Fundo de Tela" ou "Papel de Parede" / "Ampliar".

Arquivos:  Foto Saudade  -  Foto do Dia

 Faça seu comentário, crítica, opinião ou sugestão no Litoral Virtual:
Clique Aqui


As notícias, fotos e cartas publicadas neste boletim são de inteira responsabilidade de suas fontes e autores,
não expressando necessariamente a opinião deste informativo. O envio de qualquer material para nosso e-mail
será considerado como autorizado a sua publicação e assumida a total responsabilidade pelo seu conteúdo.
As cartas devem conter nome completo, RG, endereço, telefone de contato e um e-mail válido.
Reservamos o direito de não publicar cartas que não contenham a devida  identificação do autor.

Editor: Emilio Campi

GRÁTIS!!
Receba as Últimas Notícias do Litoral em seu e-mail:

Quero receber GRATUITAMENTE o boletim Últimas Notícias do Litoral:

e-mail:
Cidade:



Obs.: Você poderá cancelar o recebimento das notícias a qualquer momento.

 

Conheça as cidades do Litoral Norte Paulista:

Caraguatatuba Ilhabela São Sebastião Ubatuba

Litoral Virtual
O mais completo site do Litoral Norte Paulista na Internet
Sugestões, críticas e informações, entre em contato:
info@litoralvirtual.com.br

©1995/2001 Emilio Campi - Studio Maranduba - Direitos Reservados
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem a expressa autorização do autor