Litoral Virtual últimas notícias do litoral
Segunda-feira, 03 de Dezembro de 2007 - Nº 1883 Edições Anteriores

Maré Legal Terra Caiçara

Região


Caraguatatuba
Associação Comercial e Procon de Caraguá promovem palestra para comerciantes
PAT de Caraguá oferece recolocação profissional em 25 novas áreas nesta semana
Cemitério de Caraguá inicia exumações de falecidos entre 2003 e 2004 em janeiro
Entregas de certificados aos alunos do PROERD prosseguem na próxima semana em Caraguatatuba
Escola Estadual de Caraguatatuba recebe prêmio internacional
Exposição de presépio de Artesão de Caraguá em São Paulo inicia neste domingo 03
Câmara realiza Extraordinária e aprova toda a pauta

Ilhabela
Câmara convoca audiência para discutir plantão de farmácias
Projeto de Lei proíbe comerciantes de descartar óleo em rede de esgoto e águas fluviais
Presidente da Câmara solicita melhorias para quadras


São Sebastião
Encerramento do projeto “Solidariedade com o Meio Ambiente” é marcado com plantio de árvores
Jogos da Assetj em São Sebastião começam nesta terça (04)
Natação, surf, vôlei e futebol agitam o fim de semana nas Olimpíadas dos Servidores
Na próxima segunda, estão previstas as partidas da semifinal do basquete feminino

Ubatuba
Zona Azul volta a ser cobrada em dezembro
Prefeitura demoliu quiosque no Itaguá
Prefeito lança seu informativo
IPTU mais caro em 2008
Jovens de Ubatuba buscam recursos na Câmara Municipal de São Paulo
Exposição fotográfica sobre os oceanos no Tamar de Ubatuba
Área de lazer é inaugurada com grande festa no Parque Guarani
Baleias-de-Bryde chegam ao Litoral Norte Paulista
Proerd forma mais mil crianças em Ubatuba
Técnicos do Ibama ensinam pescadores a preencherem Mapas de Bordo


Seções
Poesia
Carta do Leitor
Foto do Dia

Notícias da Região Topo


 


Notícias de Caraguatatuba Topo

O Guaruçá Caraguatatuba

Associação Comercial e Procon de Caraguá promovem palestra para comerciantes

Caraguatatuba - A ACE - Associação Comercial e Empresarial, em parceria com Procon de Caraguatatuba, está promovendo uma palestra para os comerciantes do município sobre a lei Estadual 12733/07, que obriga os proprietários de estabelecimentos comerciais a identificarem os preços dos produtos nas prateleiras e vitrines. A palestra acontecerá no dia 6 de dezembro, quinta-feira, às 14h, no auditório da Associação.
A palestra será ministrada pelo diretor de Relações Institucionais da Fundação Procon de São Paulo, Dr. Robson dos Santos Campos. Segundo a ACE esta iniciativa visa alertar os comerciantes sobre a informação de preços em suas mercadorias, para que eles não correrem o risco de serem autuados e multados pela fiscalização. Os não associados também podem participar da palestra. Basta que entrem em contato com a Associação Comercial para reservar a vaga pelo telefone 3897-8822 com Eliane e confirmar a presença.
Segundo informações da Associação, se a procura for acima do esperado, o setor agendará um novo dia, para que todos os comerciantes da cidade possam ter mais informações sobre a lei e como proceder para não ser multado, além de tirarem suas dúvidas em relação a fiscalização.
De acordo com o Procon de Caraguá, órgão ligado a Prefeitura Municipal, a parceria surgiu quando o presidente da ACE solicitou a intermediação do órgão, junto a Fundação Procon de São Paulo. A instituição conseguiu que a equipe de fiscalização viesse para o município, com a finalidade de orientar os comerciantes e empresários e tirar suas dúvidas. “Esse é um trabalho que vai beneficiar também o consumidor, pois a partir do momento que o comerciante respeita as leis, ele estará respeitado o seu cliente, que sairá satisfeito do estabelecimento, sem a necessidade de procurar o Procon, por alguma eventualidade. Isso é um ato de cidadania”, disse Dra. Luci Machado Pinto, Coordenadora do Procon do Caraguá.
Também no dia 6 de dezembro, às 10h, o Dr. Robson dos Santos Campos, terá um encontro com o secretário de Administração, Pedro Ivo de Souza Tau, que a partir de 2008 será responsável pelo Procon, para tratar da possível implantação do projeto “Observatório Social”, que tem como objetivo não apenas possibilitar a promoção de defesa do consumidor, mas também envolver e conscientizar a população sobre direitos do consumidor, tendo como foco principal o exercício da cidadania.

A Defesa do Consumidor:
Caraguatatuba - O Código de Defesa do Consumidor lei 8078/90 vem ao encontro da necessidade do estreitamento nas relações fornecedor e consumidor. De acordo com a Dra. Luci, o Procon de Caraguá vem procurando conciliar, resolver e atender a demanda das reclamações dos consumidores, sempre atuando com muito empenho, para prevalecer os direitos dos consumidores, além de visar um equilíbrio entre ambas as partes.
Ela acrescentou ainda que para a construção de uma sociedade justa é necessário relacionamento comercial honesto, com direitos e deveres tanto para os comerciantes quanto para os consumidores.
(Fonte: PMC)

PAT de Caraguá oferece recolocação profissional em 25 novas áreas nesta semana

Caraguatatuba - O PAT – Posto de Atendimento ao Trabalhador/Sine – Sistema Nacional de Empregos, administrado em parceria com a Prefeitura de Caraguatatuba, por meio da SECAD – Secretaria de Administração, está oferecendo novas vagas de emprego no mês dedezembro.
Segundo a diretora do PAT, Elmar Soares de Farias Ferreira, no final do ano é comum o aumento tanto da oferta de emprego por parte das empresas e comerciantes, quanto da procura, por moradores desempregados. Há uma semana, o PAT tinha 147 novas vagas de emprego, para as quais foram encaminhadas as pessoas que procuraram o Posto de Atendimento ao Trabalhador.
Nesta quarta-feira, dia 28, uma nova listagem de oportunidades de emprego ficou disponível aos trabalhadores, com vagas em diversas áreas. Estão sendo oferecidos serviços vendedor interno e externo, funileiro, manicure, cabelereiro, garçom, corretor de imóveis, acabador de mármore, instalador de alarme, cozinhador de pescado, operador de pá carregadeira, operador de retroescavadeira, operador de rolo compactor, operador de motoniveladora, encarregado de pavimentação e terraplenagem, operador de trator de lamina, técnico de contabilidade, soldador, enfermeiro do trabalho (com curso de Segurança do Trabalho), eletricista de manutenção, auxiliar de técnico de eletrônica, tosador de animal, acabador de pedras, professor de educação física, fisioterapeuta e instalador de máquinas de cartão de crédito. “Para candidatar-se a uma vaga é necessário que a pessoa venha ao PAT com todos os documentos, incluindo RG, CPF, comprovante de residência e carteira de trabalho. É muito importante que o munícipe comprove residir da cidade”, orientou a diretora do PAT.
O Posto de Atendimento ao Trabalhador fica na rua Taubaté nº 520, no Sumaré, próximo ao Fórum. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (12) 3882-3237.
(Fonte: PMC)

Cemitério de Caraguá inicia exumações de falecidos entre 2003 e 2004 em janeiro

Caraguatatuba - O Cemitério Municipal de Caraguatatuba iniciará em 30 dias o processo de exumação de cadáveres, que atualmente encontram-se nos columbários, na lateral do portão central. De acordo com a Prefeitura Municipal, que administra o local por meio da SECAD – Secretaria da Administração, o trabalho envolve os falecimentos ocorridos em 2003 e 2004.
Conforme explicou o administrador do Cemitério, José Pimenta, as gavetas (como são popularmente conhecidos os columbários) serão esvaziadas. Os 752 cadáveres que hoje encontram-se no local poderão ser encaminhados ao Ossário Municipal, onde estão depositados os restos mortais de pessoas que não adquiriram uma caixa ossuária particular. “Apesar dos ossos ficarem juntos no Ossário, estão todos identificados com o nome do falecido, e outros dados, o que facilita a remoção para outro cemitério, um jazigo ou mesmo uma caixa ossuária, futuramente”, explicou.
Após a publicação, que aconteceu no dia 28 de novembro, o Cemitério Municipal dá o prazo de um mês para que familiares de pessoas sepultadas em 2003 e 2004 em Caraguá procurem a administração local. “É importante explicar à população, que os cadáveres serão removidos do local de qualquer maneira, e é preciso dar um destino a eles. O Cemitério de Caraguá possui uma espécie de memorial, onde encontram-se as caixas ossuárias, ao lado do Velário Municipal, mas a aquisição delas por pessoas que têm parentes sepultados em Caraguá tem sido grande. Atualmente temos cerca de 60 caixas ossuárias disponíveis, mas se a procura for grande, providenciaremos a construção de outras, que poderão ficar prontas até o início das exumações”, falou Pimenta.
O trabalho de retirada dos cadáveres será iniciado em janeiro, e assim que o trabalho estiver concluído, a Prefeitura demolirá as gavetas e fará uma área de descanso, arborizada, assim como já foi feito com a outra lateral do Cemitério, onde também havia columbários construídos.
Segundo José Pimenta, a caixa ossuária custa R$ 216,00 e pode ser parcelada em até 4 vezes. Para mais informações sobre as últimas exumações em columbários, basta entrar com contato com a administração do cemitério, pelo telefone (12) 3882-6731.
(Fonte: PMC)

Entregas de certificados aos alunos do PROERD prosseguem na próxima semana em Caraguatatuba

Caraguatatuba - A Polícia Militar do Estado de São Paulo, em parceria com a Secretaria da Educação de Caraguatatuba, prossegue na próxima semana, nos dias 3 e 4 de dezembro, a entrega dos certificados aos estudantes que participaram do PROERD (Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência), no segundo semestre de 2007.
O projeto é desenvolvido nas Unidades Escolares do município e será encerrado com a realização de três cerimônias, promovidas no Teatro Mário Covas, sempre a partir das 9h30. A primeira festividade foi realizada hoje, com a presença da secretária da educação Silmara Selma Mattiazzo Bolognini, do presidente da Fundacc (Fundação Educacional e Cultural de Caraguatatuba) Ricardo Gaspar, do diretor da Ditran Coronel Celso Rapacci, além dos representantes da Polícia Militar.
Na ocasião, participaram os alunos do 4º ano das EMEFs (Escola Municipal de Ensino Fundamental) Dr. Carlos de Almeida Rodrigues e Prof. João Batista Gardelin, da APAE (Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais de Caraguatatuba) e, do Centro Educacional Caraguatá. Além dos certificados, os concluintes fizeram o juramento de estarem sempre longe das drogas.
Para Silmara, esse programa é de grande importância para a educação municipal, pois é um meio encontrado para conscientizar desde cedo que as pessoas só terão a perder se entrarem no mundo das drogas e da violência.
No dia 3 de dezembro, ocorrerá a entrega de certificados aos alunos das EMEFs Profº. Alaor Xavier Junqueira, Profª. Edna Maria Nogueira Ferraz, Masako Sone e Maria Aparecida Ujio. O último encontro do PROERD acontecerá no dia 4, com a participação de estudantes das EMEFs Profº. Geraldo de Lima, Profº. Luiz Ribeiro Muniz, Profª. Aida de A. Castro Grazioli, Profª. Maria Thereza de Souza Castro, Bernardo Ferreira Louzada e Pedro João de Oliveira.
Somente neste segundo semestre, mais de 1200 alunos foram atendidos pelo programa de resistência às drogas, que tem como principal objetivo trabalhar junto aos alunos do 4º ano do Ensino Fundamental, conceitos importantes sobre drogas e violência, apresentando noções de cidadania, adoção de atitudes positivas e valorização da auto-estima.
A iniciativa é amparada pela constituição estadual, que prevê a criação e manutenção de programas de prevenção contra entorpecentes, álcool e drogas pelo Poder Público. Hoje é desenvolvido em mais de 50 países, atendendo uma média de 35 milhões de crianças por ano.
(Fonte: PMC)

Escola Estadual de Caraguatatuba recebe prêmio internacional

Caraguatatuba - A EE (Escola Estadual) Ismael Iglesias, localizada no Barranco Alto, em Caraguatatuba, receberá no dia 10 de dezembro, um prêmio de reconhecimento internacional pelo desenvolvimento do projeto “Juqueriquerê...o rio pede socorro”. A cerimônia de premiação acontecerá na sede da Assembléia Legislativa, a partir das 9h. A unidade está entre os 18 homenageados de todo o Brasil e foi escolhida entre centenas de participantes.
Conforme explica Leonardo Aguiar Morelli, que representa a equipe organizadora do prêmio “Instituição Parceira da Paz e da Sustentabilidade”, que será conferido pelo International Global Water Coalition, a escola de Caraguatatuba foi destaque pelo bom trabalho que realizou em prol do Rio Juqueriquerê. Ele explica que o evento está ligado à comemoração do sexagésimo aniversário dos Direitos Humanos, que será celebrado em 2008.
Para não deixar a data em branco, foi realizado um levantamento, desde 2006, para apontar iniciativas no país que contribuíssem para essa causa, incluindo participação de personalidades, instituições e empresas, por meio de indicações. O projeto da EE Ismal Iglesias, por exemplo, concorreu na categoria instituição e foi a única escola pública a ficar entre os premiados.
Além dos 18 destaques que receberão o prêmio, ainda haverá trabalhos que serão certificados. Isso porque durante a avaliação dos trabalhos, foi dada uma nota para cada participante. Aqueles que tiveram nota mínima a partir de sete, terá direito à certificação. Já os que ganharam notas entre 9 e 10, como é o caso da escola do Barranco Alto, serão homenageados com o prêmio.
Além da participação no evento em São Paulo, os 18 ganhadores representarão o Brasil num congresso que será realizado pela ONU (Organização das Nações Unidas), em Genebra, na Suíça. Existe a possibilidade que os representantes do projeto “Juqueriquerê...o rio pede socorro” recebam o convite para participarem do evento internacional.
Para Leandro Morelli, a participação de Caraguatatuba foi bastante positiva, pois mostra o potencial que as escolas públicas possuem. “Eles fizeram um ótimo trabalho e deram sua contribuição para a humanidade. Por isso merecem o reconhecimento”, finalizou.

Outras ações do projeto
A EE Ismael Iglesias desenvolve desde 2003 o projeto sobre o Rio Juqueriquerê, desenvolvendo diversas ações. A unidade possui um Vídeo-Documentário Sócio Ambiental, com o qual tem participado de eventos representando a cidade.
O grupo participou em agosto de um encontro preparado pela Comissão do Meio Ambiente e Desenvolvimento da Assembléia Legislativa, com a finalidade de colocar a questão das áreas contaminadas na agenda econômica do país. O evento foi realizada na data simbólica das explosões nucleares de Hiroshima e Nagasaki e também teve como objetivo, chamar atenção para as "Bombas ocultas” que destroem o planeta.
Várias entidades participaram do evento, como a CNBB, Subcomissão de Acidentes e Passivos Ambientais (DEM-DF), Grito das Águas, ONGS e escolas da rede estadual de ensino que desenvolveram os melhores projetos dentro desse tema. As professoras Silvana Lemos de Souza, de Geografia, Ivone de Santana Barbosa, de História, e Luzinete Aparecida Nunes Espinha, de Português, participaram da conferência juntamente com os alunos do Ensino Médio e Ensino Fundamental que estão envolvidos com o referido projeto.
(Fonte: PMC)

Exposição de presépio de Artesão de Caraguá em São Paulo inicia neste domingo 03

Caraguatatuba - O artesão e artista plástico caraguatatubense, Euzébio Francisco do Carmo, foi escolhido para expor seu trabalho em São Paulo, na Prefeitura Municipal. O “Presépio da Sagrada Família”, com Maria, José e o Menino Jesus, medindo 90 centímetros, ficará exposto de 3 de dezembro de 2007 a 6 de janeiro de 2008 na Capital paulista. O trabalho foi confeccionado com juta (estopa), fibra de pneu, bambu e arame. Quem fez a seleção para a exposição foi a SUTACO (Superintendência do Trabalho Artesanal das Comunidades) com seus associados. Após o fim da exposição, o artesão receberá um certificado de participação.
Carmo é integrante do grupo que faz parte do projeto de mostra permanente de arte e artesanato local e regional da Casa da Agricultura e também é filiado a SUTACO. Desde 2005 trabalha como artesão e artista plástico em Caraguá, quando no mesmo ano fez seu primeiro presépio. No ano passado venceu o concurso de presépio, na modalidade residência, organizado pela prefeitura de Caraguá em parceria com a Associação Comercial e Empresarial (ACE), e com o apoio da Fundação Educacional e Cultural (Fundacc), Caraguá Praia Shopping, Feira Municipal de Artesanato (FEMAAC), Associação de Artistas Plásticos (SUTACO), e Pastoral da Fé e Cultura da Diocese de Caraguatatuba.
De acordo com a representante da SUTACO em Caraguá e diretora do PAT – Posto de Atendimento ao Trabalhador, Elmar Soares de Farias Ferreira, todos os anos a superintendência seleciona um presépio para ser exposto em São Paulo. “Eu já conhecia o trabalho do Euzébio, fiz um CD com as fotos e levei para avaliação, entre tantos trabalhos que estavam concorrendo o do artesão de Caraguá foi o escolhido”, disse.
Segundo o artesão esse trabalho com presépio foi iniciado para a casa da agricultura sem grandes pretensões e teve uma grande repercussão. “Diversas cidades da região tem um trabalho artesanal que se destaca e vimos que os nossos presépios podem atrair turistas, se cada ano confeccionarmos as peças com diferentes materiais e com isso despertará a curiosidade do visitante. A idéia é que se torne tradição, e ao mesmo tempo, incentivar outros artesãos a confeccionar presépios com seu material de trabalho, com tamanho grande para exposição e pequenos para aquisição do interessado”, disse o artesão.
Para Elmar Caraguá pode ter o presépio como ponto forte do artesanato. “Procuramos achar um ponto forte, para que o nosso artesanato seja reconhecido. Caraguá ta procurando isso, um ponto chamativo, e o presépio pode ser uma forma de atrair o turista religioso que goste de artesanato”, concluiu.
A Casa da Agricultura de Caraguá terá exposição de presépios com data prevista para início em 5 de dezembro de 2007 e vai até 6 de janeiro de 2008, das 8h às 17h, quando os visitantes também podem visitar a mostra permanente de artes plásticas, que acontece desde 2005. O grupo de artesanato da Casa da Agricultura aceita encomendas de presépios, tamanho natural, direcionado para exposição em shoopings e praças.
A casa da Agricultura fica na Rua Sebastião Mariano Nepomuceno, 149, centro de Caraguá.
(Fonte: PMC)


Câmara realiza Extraordinária e aprova toda a pauta
Projetos constantes da Ordinária e parados no Expediente fizeram a Ordem do Dia

Caraguatatuba - A Câmara Municipal de Caraguatatuba realizou na tarde de quinta-feira – 29 de novembro, em seu plenário a 17ª Sessão Extraordinária do ano, com projetos não votados na Sessão Ordinária semanal e parados no Expediente. A sessão durou cerca de 2 horas, com início às 16 horas.
Na Ordem do Dia 6 (seis) proposituras de autoria do Executivo, sendo 2 (dois) Vetos e 4 (quatro) projetos de lei.
Os Vereadores mantiveram o Veto Parcial do Prefeito José Pereira de Aguilar (DEM) para com Projeto que dispõe sobre o Estatuto dos Servidores, no que diz respeito aos Estagiários e quanto a alteração proposta pelo Vereador Cristian Alves de Godoi – Baduca Filho, sobre a inclusão de Salão de Festas em Zona Turística Especial na Lei de Uso do Solo e Zoneamento – Lei 200/92.
Foram aprovados também a nova tabela do Código Tributário quanto a apreensão de animais e a Declaração de Utilidade Pública para as Associações de Pais e Mestres da cidade, as APMs.
Outro projeto do Executivo autoriza celebrar convênio com a Secretaria Estadual de Habitação para o programa Estadual de Regularização de Núcleos Habitacionais – Cidade Legal e por último, a concessão de um Vale Alimentação Complementar aos Servidores Públicos Municipais.
Não houve falta de Vereador durante a Sessão Extraordinária e a sessão durou cerca de 2 horas.
Este deverá ser o procedimento adotado pelo Presidente Wilson Gobetti (PDT), toda vez que a pauta das Sessões Ordinárias for invadida por Projetos em Regime de Urgência e não houver a votação das propostas previamente agendadas.
(Fonte: Câmara Municipal de Caraguatatuba)

Notícias de Ilhabela Topo

Vulcano Portal da Palmeira

Câmara convoca audiência para discutir plantão de farmácias

Ilhabela - A Câmara Municipal de Ilhabela convida toda a população para a Audiência Pública que será realizada no próximo dia 5 de dezembro, às 19 horas, para a discussão do Projeto de Lei nº 76/2007 que dispõe sobre o regime de plantão das farmácias e drogarias existentes no município, de autoria do Vereador Dr. Guilherme Maia (PMDB).
A audiência acontecerá na sede do Legislativo Municipal, localizado à Rua Benedito Cardeal Sobrinho, 39 – Vila.
(Fonte: PMI)

Projeto de Lei proíbe comerciantes de descartar óleo em rede de esgoto e águas fluviais

Ilhabela - O Vereador Beto Campos (PV) obteve parecer favorável das comissões permanentes da Casa para o seu projeto de lei que proíbe estabelecimentos comerciais e prestadores de serviço de descartar óleo comestível e/ou gordura vegetal hidrogenada após terem sido utilizadas na fritura de alimentos, na rede coletora de esgoto do município, em águas fluviais ou equivalentes e das outras providências.
Os estabelecimentos comerciais, industriais e de prestação de serviços que utilizam óleo comercial e/ou gordura vegetal hidrogenada, como matérias-primas deverão, ao descartá-los, depositar os resíduos em recipiente próprio, dotado de rótulo com o nome e CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica) da empresa, além de inscrição com os seguintes dizeres “Resíduo de óleo comestível e/ou gordura hidrogenada”.
Os infratores da presente Lei ficarão sujeitos à multa no valor de R$ 250 a ser aplicada em dobro na reincidência bem como a outras sanções previstas em Lei em caso de futuras infrações.
“O óleo tem densidade menor do que a água e por isso permanece na superfície, impedindo a oxigenação da água e causando a mortandade dos peixes e da vegetação”, explica o autor do Projeto.
(Fonte: Câmara Municipal de Ilhabela)

Presidente da Câmara solicita melhorias para quadras

Ilhabela - O presidente da Câmara de Ilhabela, Professor Joadir Capucho (PTB), apresentou na última sessão ordinária (22/11) uma indicação para melhorias na quadra do Perequê e na Escola Estadual Ana Leite Julião Torres, no bairro da Praia Grande, na Costa Sul do Município.
Na quadra de esportes do Perequê, o Presidente pede ao Executivio que sejam instaladas redes de futebol de salão, atendendo à reivindicação dos usuários do local. Para a Escola Estadual Ana Leite Julião Torres, Joadir indica ao a disponibilização de uma rede de vôlei, propiciando aos alunos a prática de vôlei.
(Fonte: Câmara Municipal de Ilhabela)

Notícias de São Sebastião Topo

São Sebastião Superchic

Encerramento do projeto “Solidariedade com o Meio Ambiente” é marcado com plantio de árvores

São Sebastião - As Escolas Municipais de Educação Infantil Chapeuzinho Vermelho e Pingo de Gente localizadas no bairro São Francisco, e a Creche Dona Laurinda, localizada no Morro do Abrigo, realizaram na manhã desta sexta-feira, (30/11) um plantio de diversas mudas de árvores à beira do rio Perequê-Mirim. A iniciativa faz parte do encerramento do projeto “Solidariedade com o Meio Ambiente”, desenvolvido pelas três unidades durante o segundo semestre.
De acordo com a diretora da escola Chapeuzinho Vermelho, Ana Paula Bertini de Souza, cada turma trabalhou em cima de um tema relacionado ao meio ambiente, como o ar, os animais, plantas, preservação, entre outros. “Dentro das atividades foram desenvolvidos cartazes, desenhos e panfletos que serão distribuídos para os moradores do bairro”.
Segundo a chefe de Divisão de Agricultura e Abastecimento, Joyce Machelucci, foram plantadas mudas de aroeira, araçá e pitangueira, que são espécies importante para a recuperação de áreas degradadas.
Após o plantio, os alunos realizaram uma passeata pelas ruas do bairro para chamar a atenção da população para os cuidados com o meio ambiente.
“Temos que ter muito cuidado com o meio ambiente e cuidar bem das plantinhas para preservar bem o ar que a gente respira”, disse o aluno Vinícius de Souza, 4 anos.
(Fonte: PMSS)

Jogos da Assetj em São Sebastião começam nesta terça (04)

São Sebastião - A disputa da fase Estadual dos Jogos Oficiais do Judiciário, evento promovido há 19 anos pela Associação dos Servidores do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (Assetj) será na cidade de São Sebastião, no litoral norte de São Paulo. O evento ocorre entre os dias 04 e 08 de dezembro, em comemoração à Semana da Justiça. As equipes classificadas na fase Capital juntam-se às equipes do Interior que se inscreveram até o último 15 de outubro.
Os Jogos Oficiais do Judiciário foram criados em 1988 pela Associação dos Servidores do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (Assetj). Tendo como principal meta trazer o congraçamento da família forense, os Jogos chegam, neste ano, à 19ª Edição provando a credibilidade e a grandeza da disputa. Trata-se de único evento promovido e totalmente custeado por uma entidade do funcionalismo público no país. Pela sua importância, o Tribunal de Justiça paulista tornou-o oficial por meio da Portaria 2729/93.

Um pouco mais sobre os Jogos
Composto por duas fases distintas, os Jogos Oficiais do Judiciário tem por finalidade promover o incentivo às práticas desportivas e proporcionar a integração social da família forense, bem como de todo o funcionalismo publico paulista. É disputado nas categorias master e adulto, nas modalidades de Futsal, Basquetebol e Voleibol, masculino e feminino.

Fase Capital
Trata-se da fase preliminar classificatória para a Fase Estadual, disputado nos meses de Agosto, Setembro e Outubro, com a participação de cerca de 300 atletas divididos em cerca de 30 equipes, conforme dados do evento desse ano.

Fase Estadual
É disputada entre os dias 04 a 08 de Dezembro, em homenagem ao Dia da Justiça e conta com a participação dos mais bem classificados na Fase Capital mais as equipes das cidades do Interior e do Litoral paulista, com a presença de cerca de 400 atletas e 200 familiares/dependentes, acomodados sempre em cidades com boa infra-estrutura (ginásios de esportes e rede hoteleira), contando com farta Agenda Esportiva e Social como bailes, passeios, confraternizações diversas e festa de encerramento.
Ambas as fases contam com Cerimônias de Abertura e Encerramento, além da distribuição de troféus e medalhas.

Portaria nº 2729/93
Declara evento esportivo oficial do Poder Judiciário Paulista.
O Presidente do Tribunal de Justiça, Desembargador Odyr Porto, no uso de suas atribuições,
Considerando a solicitação da Associação dos Servidores do Tribunal de Justiça – ASSETJ, que, desde sua fundação em 1983, vem promovendo, regular e anualmente, jogos esportivos para congraçamento e união dos servidores do Poder Judiciário;
Considerando que esses Jogos iniciaram-se nessa Capital e passaram a abranger todo o Estado, em face sucesso alcançado pelo interesse que despertou no seio da classe;
Considerando que as finais desses Jogos do Judiciário, por sua amplitude, dada a participação de grande número de servidores de várias Comarcas desenvolvem-se em vários dias por ocasião da comemoração do Dia da Justiça (8 de dezembro);
considerando caber à direção do Poder Judiciário prestigiar eventos de tal magnitude em prol de seus funcionários;

RESOLVE:
art. 1º - declarar evento esportivo oficial do Poder Judiciário Paulista os Jogos do Judiciário, promovidos, anualmente e no âmbito estadual, pela Associação dos Servidores do Tribunal de Justiça – ASSETJ, cujas finais realizam-se por ocasião do Dia da Justiça (08/12);
art. 2º - em cada ano poderá ser autorizada a dispensa do ponto no período dos referidos jogos aos servidores participantes do referido evento, mediante comprovação da participação, em cinco dias, por atestado expedido pela ASSETJ;
art. 3º - esta Portaria entrará em vigor na data de sua publicação.
Registre-se. Publique-se. Cumpra-se.
São Paulo, 1º de dezembro de 1993
ODYR PORTO
Presidente do Tribunal de Justiça



Um pouco da história de São Sebastião
Antes da colonização portuguesa, a região era ocupada por índios Tupinambás ao norte e Tupiniquins ao sul, sendo a Serra de Boiçucanga - 30 km ao sul de São Sebastião - uma divisa natural das terras das tribos.
O município recebeu este nome em homenagem ao santo do dia em que passou ao largo da Ilha de São Sebastião hoje Ilhabela - a expedição de Américo Vespúcio: 20 de janeiro de 1502.
A ocupação portuguesa ocorre com o início da História do Brasil, após a divisão do território em Capitanias Hereditárias. Diogo de Unhate, Diogo Dias, João de Abreu, Gonçalo Pedroso a Francisco de Escobar Ortiz foram os sesmeiros que iniciaram a povoação, desenvolvendo o local com agricultura a pesca. Nesta época a região contava com dezenas de engenhos de
cana de açúcar, responsáveis por um maior desenvolvimento econômico e a caracterização como núcleo habitacional a político. Isto possibilitou a emancipação político-administrativa de São Sebastião em 16 de março de 1636.
O desenvolvimento econômico prossegue baseado em culturas como a cana de açúcar. O café, o fumo e a pesca da baleia. O porto local, de grande calado natural, era utilizado para o transporte de mercadorias a também pelos navios que faziam o transporte do ouro das Minas Gerais, a também por piratas a contrabandistas. Na metade do século XIX a região tinha fazendas, onde 2.185 escravos produziram 86 mil arrobas de café no ano de 1854.
A economia sebastianense entra em declínio com a abolição da escravatura e a abertura da ferrovia Santos-São Paulo, o que aumentou a saída de mercadorias pelo porto de Santos. É quando passam a predominar a pesca artesanal e a agricultura de subsistência, com pequenas roças de mandioca, feijão a milho, características das comunidades caiçaras isoladas mesmo nos dias de hoje.
Nos anos 40, implanta-se a infra-estrutura portuária e nos anos 60 a Petrobras instala o Terminal Marítimo Almirante Barroso/TEBAR, com capacidade de atracação para navios de até 400.000 toneladas. Esses fatores tornaram-se decisivos para a retomada do desenvolvimento econômico.
A "descoberta" de São Sebastião como destino turístico ocorre após a abertura da rodovia Rio-Santos no final dos anos 70, proporcionando ao município mais uma oportunidade de desenvolvimento, agora baseada no turismo. De maneira controlada e ecológica, o turismo hoje é a vocação assumida pelos sebastianenses como forma de movimentar sua economia.
(Fonte: PMSS)

Natação, surf, vôlei e futebol agitam o fim de semana nas Olimpíadas dos Servidores
Na próxima segunda, estão previstas as partidas da semifinal do basquete feminino

São Sebastião - O fim de semana promete muita adrenalina nas competições da VI Olimpíadas dos Servidores: natação, surf, vôlei e futebol serão as modalidades disputadas no sábado e domingo (1º e 2/12). O destaque fica para as partidas de semifinais do vôlei masculino, anteriormente marcada para a próxima quarta-feira (4/12) e que foi antecipada para o domingo (2/12).
O sábado (1º/12) está reservado para as disputas de natação, com início previsto para às 9h, na piscina do Tebar Praia Clube. As provas serão individuais e de revezamento. Cada secretaria poderá inscrever até dois atletas para a individual e quatro para o revezamento. Os competidores precisam apresentar exame médico no momento da inscrição.
Domingo (2/12) o dia começa com surf na praia de Guaecá, a partir das 8h30 e termina com as semifinais do vôlei masculino, entre Segov/Semam e Sesau, seguida de Seduc e Sajur. Os jogos serão realizados no Gringão, a partir das 18h e às 19h, no estádio Otoniel Santos, Secad/Sectur/Setradh e Sefaz/Seop disputam uma partida de futebol.

Semana de Decisão
As competições por equipe começam a entrar na reta final a partir da próxima segunda-feira (3/12). Pela modalidade basquete feminino jogam Sefaz/Seop e Sajur e Seduc e Segov/Semam, a partir das 19h no Gringão. Na seqüência, o basquete masculino assume a quadra com duas partidas entre Segov/Semam e Secad/Sectur/Setradh, seguida de Sajur e Câmara.
Na mesma data, a partir das 18h no salão do CAE da Vila Amélia tem início as disputas de dominó feminino e às 19h o estádio Otoniel será a sede da partida entre Sefaz/Seop e Seduc, pela modalidade futebol.
Até o momento, a Secretaria de Educação lidera o ranking geral da competição, com 50 pontos, seguida do combinado entre Fazenda e Obras (Sefaz/Seop), com 43 pontos e Secad/Sectur/Setradh com 39.(Fonte: PMSS)

Notícias de Ubatuba Topo

Restaurante Solar das Águas Cantantes Terra Caiçara ACIU

Zona Azul volta a ser cobrada em dezembro

Ubatuba - O Conselho Municipal de Turismo aprovou, nesta quarta-feira (28), a volta da cobrança da zona azul. A partir de 17 de dezembro, ela volta a ser cobrada nas praias do município. Já nesta semana ainda deveremos ter a aprovação por parte do Conselho Municipal de Desenvolvimento (CMD).
O secretário de Administração, Silvio Bonfigliolli Neto, explicou que ela também passará a ser cobrada no centro da cidade, a partir de 27 de dezembro, pois assim nenhum comerciante pode alegar, se o movimento de natal for fraco, que foi em função da Zona Azul.
A parte operacional da Zona Azul vai ficar a cargo do Departamento de Trânsito da prefeitura. Marlon Lopes, chefe de trânsito, explica que toda a parte de guias, recolhimentos, cobranças, fiscalização e a responsabilidade pela prestação de contas do que foi arrecadado e gasto será feita pelo seu departamento.
Bonfigliolli informa que gostaria de ter implantando um sistema que toda a população da cidade pudesse, através da internet, saber quanto está sendo arrecadado em cada local. “A informação estaria disponível diariamente”, explica.
Os valores para as praias já foram definidos: será cobrado R$ 5,00 por dia de estacionamento. A princípio, deveria ser cobrado R$ 5,00 por período de 5 horas, mas o prefeito não aprovou, achando caro, e determinou que o preço ficasse em R$ 5,00 por dia.
Já no centro da cidade foi definido o preço: R$ 1,00 por hora com carência de 10 minutos - quem ficar, no máximo, 10 minutos não precisa pagar.
A área onde será implantada a zona azul central abrange as ruas Salvador Correia, Esteves da Silva, Cunhambebe e Conceição.
Este projeto piloto será implantado por decreto do prefeito e terá validade por 90 dias. Após este prazo, os problemas que vierem a acontecer serão discutidos e soluções encontradas.
O que vai acontecer num segundo momento da implantação deste projeto piloto, é que os carros deverão ser estacionados nas ruas próximas, onde não estará sendo cobrada a Zona Azul. Assim obrigando comerciantes e moradores a solicitar ao Departamento de Trânsito que também faça a implantação da cobrança nas ruas que ficaram de fora, pois, se não implantar, os carros serão estacionados de manhã e só sairão no fim da tarde.
A Avenida Iperoig não será cobrada neste piloto, mas prefeitura vai criar três bolsões de estacionamento ao longo dela: um no aeroporto, outro sobre o espaço que ficou no início da avenida onde foram colocados os pavers e outro na Ilha dos Pescadores, que funcionarão à noite e a prefeitura cobrará pelo estacionamento.
(Fonte: Jornal A Semana)

Prefeitura demoliu quiosque no Itaguá

Ubatuba - Na sexta-feira, dia 23, a prefeitura municipal demoliu o quiosque que era da SAMU - Lar do Menor -, que ficava na praia do Itaguá em frente ao Restaurante Senzala.
Segundo o decreto número 4.790, de 23 de novembro de 2007, publicado pela prefeitura, ele revoga a permissão de uso que foi dada ao Lar do Menor e alega que nem a liquidante, nem a Fundac (Fundação da Criança e Adolescente de Ubatuba) se opuseram à demolição. Segundo consta no decreto, foi dada a oportunidade da Fundac ficar com o imóvel e ter uma receita, mas a fundação se manifestou a favor da demolição.
Estranha esta estória! Numa cidade onde a grande maioria das entidades vive de ajuda de comerciantes e de doações, sendo que a própria Fundac sempre aceitou doações, abre mão de receita, sendo que o quiosque poderia estar alugado trazendo uma receita para a entidade! Mas numa atitude rápida da prefeitura, o quiosque foi demolido!
Não sabemos a opinião do comércio local, mas entendemos que a prefeitura errou ao demolir o que já estava pronto. Primeiro: se uma entidade não quer e não precisa, que fosse oferecido a outra entidade, pois daqui a pouco a Câmara Municipal aprova outro projeto atendendo as necessidades de outras entidades da cidade.
Poderíamos aqui citar inúmeras entidades que ficariam tremendamente agradecidas de poder ter uma receita extra para equilibrar suas finanças.
Segundo: já que estava pronto, poderia ter sido usado pela guarda municipal ou a polícia militar, já nesta temporada, dando apoio e segurança aos comerciantes do Itaguá. Ou poderia ser usado pela Secretaria de Turismo como centro de informações ou de apoio aos navios que vamos receber.
Nossos administradores que nos perdoem, mas da mesma forma que a prefeitura passou a usar o quiosque que existe no calçadão para a Saúde (mas ali rende votos), poderia passar a usar o do Itaguá, talvez até em comum acordo com a polícia militar, guarda municipal e secretaria de turismo, sendo um local na região de apoio ao comerciante e ao turista. Se houve apoio de comerciantes do local para a demolição, eles não pensaram em dar segurança, ou um ponto de informação aos seus clientes e aos turistas.
Infelizmente, numa agilidade tremenda por parte da prefeitura, o decreto saiu publicado no jornal no sábado, sendo que a prefeitura demoliu na sexta-feira.
Não sabemos se outros interesses foram atendidos na demolição, mas sabemos e temos a certeza que a administração perdeu a oportunidade de dar mais segurança e informações aos turistas que nos visitam. Com uma base da guarda lá, com certeza, os meliantes de plantão prontos para fazer um assalto mudariam de ponto.
Mas, infelizmente, muitos falam em segurança, reclamam da guarda e da polícia militar, querem policiais na porta de seus comércios, policiais em toda a orla da praia e na hora que existe a possibilidade de ter um local de apoio, mandam demolir.
A orla do Itaguá vai apresentar mais problemas nesta temporada. Os comerciantes do local vão reclamar muito da falta de estacionamento, que já é um problema grave, devido à instalação de um parque de diversão no local. As vagas que eram usadas pelos restaurantes vão ter nova concorrência e os guardadores de carros vão agradecer bastante, pois terão bastante trabalho. Porém, a prefeitura poderia aproveitar que vai passar a cobrar o estacionamento de zona azul e delimitar um na orla do Itaguá.
(Fonte: Jornal A Semana)

Prefeito lança seu informativo

Ubatuba - Como se já não bastasse parte da mídia de nossa cidade mostrar um lado só da moeda, após um folhetim distribuído no aniversário da cidade, mais inúmeros cartões postais mostrando obras da cidade, depois do ‘Avançando 20 anos em 4’ e diversos funcionários comissionados fazendo as distribuições das propagandas - que entendemos como promoção pessoal do prefeito - fomos surpreendidos por novo jornal intitulado “Nova Ubatuba, grandes conquistas, muitas mudanças”.
No expediente, um alerta que o informativo não foi custeado com dinheiro público, foi publicado com recursos pessoais. Entende-se que estes recursos pessoais sejam do prefeito e o jornalista responsável é Ednelson Prado.
Na hora, veio à nossa cabeça o tal do ‘Mil Dias’ publicado pelo então prefeito Paulo Ramos, que até hoje lhe causa dores de cabeça e processo.
Mas somos obrigados a elogiar o prefeito Eduardo Cesar pela publicação de excelente qualidade, papel couchê, de primeira linha, material caríssimo. Podemos até confessar que ficamos como um pouco de dor de cotovelo, pois mal conseguimos manter nosso semanário em papel jornal.
Não temos idéia de custo, nem da quantidade que foi feito deste material, mas temos a certeza que não é nenhum pouco barato.
Certamente é o melhor material produzido até hoje em nossa cidade para uma promoção, não sabemos se pessoal ou da prefeitura, ou das obras, não temos como afirmar, cada um vai tirar suas conclusões.
Sete vereadores foram agraciados com suas fotos no magnífico jornal: Ricardo Cortes, Claudinho Gulli, Gerson de Oliveira, Luciana Machado, Marcos Demo, Osmar de Souza, esqueceram de colocar o nome do Mico, mas nós colocamos. Os outros três vereadores sequer foram citados.
Junto aos sete aparece o deputado Gil Arantes, que foi um dos apoiadores da campanha de Eduardo, e Eduardo o ajudou como candidato a deputado estadual. Aparecem também o prefeito de Caraguá, José Aguilar; o de São Sebastião, Juan Garcia, e o de Ilhabela, Manoel Marcos. Todos os sete vereadores, os prefeitos e o deputado parabenizando a cidade por ter Eduardo como prefeito.
São quase 50 fotos do prefeito, distribuídas em 24 páginas.
Na realidade, ficamos sem palavras, não sabemos o que escrever.
Esperamos que o prefeito esteja muito bem assessorado e amparado judicialmente com este que ele chama de informativo, pois já vimos outros apanharem muito por menos e tudo no informativo (cor, ondinhas e outras coisas mais) lembra o símbolo da sua administração. Hoje os processos contra políticos não levam mais 20 anos, como acontecia antigamente.
Não podemos dizer que o prefeito é bobo, pois isto com certeza ele não é, mas fica a dúvida se está realmente tão bem assessorado assim.
Como ele alega que o informativo foi pago com recursos pessoais, pelo visto, ele também deverá pagar com recursos pessoais possíveis processos que poderá vir a responder em razão desta bela publicação.
Se você não conseguiu ainda um exemplar do magnífico informativo do prefeito, não se preocupe! Recebemos um telefonema em que um de nossos leitores informa que estão distribuindo o jornal, ou melhor, informativo de casa em casa.
(Fonte: Jornal A Semana)

IPTU mais caro em 2008

Ubatuba - Nossa cidade já é conhecida como a cidade que paga um dos maiores e mais caros IPTU’s do País e, para completar, o decreto número 4,789 deste fim de semana aumenta o preço do IPTU e de todos os serviços que a prefeitura executa em 6,28%. Segundo o decreto, é a atualização monetária do período de novembro de 2006 a outubro de 2007, segundo o IGPM.
Este é o segundo aumento de IPTU promovido pelo prefeito Eduardo César: em 2006 o aumento foi de 2,38 %, este ano será de 6,28 % assim chegando a quase 10% nestes dois últimos anos.
Assim seremos brindados no ano de 2007 com mais um aumento na carga tributária, por isso, todos os comerciantes terão que refazer suas contas para 2007, pois este aumento deverá refletir em parte no custo dos comércios. Assim os comerciantes também são obrigados a repassar parte deste aumento aos consumidores, pois o IPTU entra nas planilhas de custos dos comércios.
Perguntar não ofende: qual o comércio que cresceu 10% em matéria de faturamento nos últimos dois anos? Os impostos federais, estaduais e municipais não param de aumentar e o faturamento das empresas não tem acompanhado estes aumentos, a concorrência em todas as áreas está cada vez mais acirrada, a margem de lucro das empresas caindo, onde iremos parar? Os grandes lucros do nosso país estão concentrados em bancos.
Infelizmente, isto não acontece só na nossa cidade. Os governantes que deveriam economizar não fazem isto, gastam muitas vezes muito mais que arrecadam. A lei de responsabilidade fiscal diminuiu em muito a gastança dos governantes, mas não acabou com a farra do dinheiro público.
Quando o cofre começa a ficar sem dinheiro, os impostos são aumentados. Estamos assistindo uma batalha para a aprovação da CPMF, pois o governo federal diz que não pode ficar sem essa receita, mas só no último ano aumentou sua receita em mais de R$ 50 bilhões, o que será arrecadado com a CPMF em quatro anos.
As receitas crescem, os serviços diminuem e o povo fica cada vez mais oprimido pagando impostos de país de primeiro mundo e recebendo serviços de terceiro mundo.
(Fonte: Jornal A Semana)


Jovens de Ubatuba buscam recursos na Câmara Municipal de São Paulo

Ubatuba - No dia 29 de Novembro (quinta-feira) Bruno César autor do Projeto: Viajando na Literatura (biblioteca móvel) e Sergio Santana Coelho (desenhista do ônibus e pintura), tiveram uma audiência com a Vereadora Bispa Lenice Lemos DEM apresentamos o projeto da biblioteca móvel e falamos sobre a sua importância no município de Ubatuba.
Bruno César na audiência solicitou o apoio da vereadora e da Câmara Municipal de São Paulo para efetivação desse projeto, nesta audiência foram discutidos alguns assuntos sobre as necessidades em que a cidade necessita com a saúde e a educação. O jovem Sergio ressaltou que é muito importante a biblioteca móvel porque ela incentivara as crianças e os jovens ao habito da leitura.
Vereadora Lenice disse que Bruno e o Sergio têm desenvoltura, somos articulados, rápidos e apresentamos espíritos iluminado de boas intenções; fico admirada por sermos jovens em busca de recursos para nossa cidade, (e difícil encontrar jovens que se preocupa com as necessidades de sua cidade).
Nesta audiência ficou protocolado uma copia original do Projeto Viajando na Literatura, anexada carta de apoio do Prefeito Eduardo César, de todos os vereadores da Câmara Municipal de Ubatuba, Fundart, Assuntos Comunitário, Assistência Social, Secretaria de Educação, A Sociedade em Defesa do Parque Guarani SPG; ela disse que não midirá esforço para ver a viabilização deste, não só vai preitear um ônibus (usado) mas também uma Kombi para ficar na Região Sul.
Lenice ficou encantada com meus Projetos e vai doar para Estudar para Crescer, 50 de cada item: cadernos, lápis, borrachas, apontadores, camisetas (brancas), disquetes, mochilas, CDS e talvez uma doação de 800 brinquedos para o natal.
Também fez um convite para apresentar estes projetos e levar o nome de cidade e suas necessidades na Rede Globo de TV no programa do Jô e no programa dela TV e Internet em que ela apresenta. Lenice apóia o Projeto pediu que trousse uma carta para o Prefeito e o Presidente da Câmara Municipal dizendo sobre seu apoio ao projeto.
No dia 21 de Novembro (quarta-feira) Bruno César e Sergio acompanhado pela Gidalva Presidente de bairro do Parque Guarani a SPG, Secretaria Jéssica da SPG tiveram na audiência na Secretaria Estadual de Assistência e Desenvolvimento Social e ganharam todos os livros para a biblioteca móvel e também o bairro.
Bruno comunicar que já tem a manutenção do ônibus ou Kombi, gasolina, motorista, os livros; mas para completar sua alegria falta o ônibus.
E encera com um lema:
COM POUCOS RECURSOS, MAS COM MUITA FORÇA DE VONTADE.
VAMOS FAZENDO DE UBATUBA, A CADA DIA, A CIDADE DE NOSSOS SONHOS.

Exposição fotográfica sobre os oceanos no Tamar de Ubatuba

Ubatuba - O Centro de Visitantes do Projeto Tamar- ICMBio em Ubatuba constitui-se em um dos principais atrativos da cidade chegando a receber cerca de 80 mil visitantes a cada ano, principalmente na temporada de verão, finais de semana e férias escolares. Os turistas e moradores locais recebem uma verdadeira aula de educação ambiental sobre as tartarugas e os ecossistemas marinhos através de tartarugas marinhas em tanques, painéis fotográficos, peças biológicas, réplicas e silhuetas.
Como parte da programação para o verão 2007, o Tamar e o Centro de Biologia Marinha da Universidade de São Paulo têm o prazer de apresentar a exposição fotográfica "Oceano: vida escondida" com imagens inéditas obtidas durante os últimos 10 anos por pesquisadores do Centro de Biologia Marinha da USP. O acervo da exposição é composto por fotografias de corais, águas-vivas, e outros organismos de rara beleza estética, mas ainda pouco conhecidos ou jamais vistos fora do meio científico. O acervo da exposição também inclui imagens previamente publicadas em revistas no Brasil e no exterior. Uma seleção de imagens e informações sobre a mostra estão disponíveis online: http://www.usp.br/cbm/oceano
exposição poderá ser visitada de 01 de dezembro de 2007 a 13 de janeiro de 2008. A Base do Tamar-ICMBio de Ubatuba está situada à Rua Antonio Athanásio, 273, próximo ao Shopping Porto Itaguá e a partir do dia 6 de dezembro, estará aberta à visitação diariamente das 10 às 20 horas. O Tamar tem o patrocínio nacional da Petrobras e em Ubatuba recebe o apoio da Arcor do Brasil e da Prefeitura Municipal de Ubatuba.
Mais informações com: José Henrique Becker - curupira@tamar.org.br tels: (12) 3832 62 02 3832 70 14 3832 40 46 (12) 9726 51 88
(Fonte: TAMAR)

Área de lazer é inaugurada com grande festa no Parque Guarani
Após a inauguração, foi realizada uma reunião com os moradores, quando foi apresentado o projeto completo de regularização urbanística e fundiária para o bairro

Ubatuba - A Prefeitura de Ubatuba e a Elektro entregaram à comunidade do Parque Guarani, nesta quinta-feira, 29, uma nova área de lazer, que conta com um playground e reforma do campo de futebol de areia. A inauguração do espaço aconteceu com grande festa, com a presença maciça de moradores e autoridades locais.
Para o prefeito de Ubatuba, Eduardo Cesar, "a entrega deste espaço marca a seriedade e a transparência características de nossa administração. Quando começamos este trabalho no Parque Guarani, com o Congelamento, em 2005, não faltaram críticas. Mas o tempo passou e provamos que estamos trilhando o caminho certo, priorizando a qualidade de vida desta comunidade. A Elektro está de parabéns, este é um exemplo de empresa e poder público promovendo, juntos, o bem estar social da comunidade", disse o prefeito, que também agradeceu e elogiou a empreiteira Shitinoe Elétrica, responsável pelo playground construído no bairro.

Colhendo bons frutos
O secretário municipal de Cidadania e Desenvolvimento Social, Claudinei Salgado, falou emocionado: "mais uma vez estamos no Parque Guarani para comemorar uma vitória. Começamos um trabalho difícil em 2005 e agora estamos colhendo os bons frutos. É muito gratificante ver as crianças brincando neste espaço. Agradeço a Elektro, que está sendo uma grande parceira e à comunidade, que está de parabéns".
A presidente da SPG (Sociedade em Defesa do Parque Guarani), Gidalva Gonçalves Bispo Barbosa , disse que este é um momento muito feliz para a comunidade: "todos nós estamos muito felizes, pois foi uma luta muito difícil. Agradeço a todos que nos ajudaram e sabemos que ainda há muita coisa boa por vir". Outro morador do bairro, o "Gordo", agradeceu o prefeito Eduardo Cesar, que "está sempre ao nosso lado".
A festa de entrega da área de lazer contou também com a presença do gerente regional da Elektro, Francisco Stuart. "Fico extremamente feliz com o que temos alcançado no Parque Guarani. A Elektro sozinha não conseguiria fazer nada do que está acontecendo aqui, mas a prefeitura tem sido uma parceria séria e comprometida, em uma união que está dando resultados que emocionam e nos dá vontade de fazer cada vez mais".
A Elektro também entregou à comunidade 30 novas geladeiras, que foram trocadas pelas geladeiras usadas que consumiam mais energia elétrica no bairro. Em seguida, o prefeito Eduardo Cesar deu o pontapé inicial do jogo de futebol que inaugurou a quadra reformada. Os vereadores Claudinho Gulli e Osmar de Souza também prestigiaram o evento.

Projeto de regularização
Após a inauguração do playground e do campo de futebol, o prefeito Eduardo Cesar e o secretário de Cidadania e Desenvolvimento Social, Claudinei Salgado, estiveram reunidos na Escola Padre Anchieta, com o vereador Claudinho Gulli e moradores do Parque Guarani. O objetivo foi apresentar à comunidade o projeto de regularização urbanística e fundiária, do qual a área de lazer inaugurada também faz parte. Foram utilizados painéis expositivos com todos os procedimentos realizados pela atual administração no bairro e, em seguida foi apresentado projeto completo que está previsto para ser implantado no Parque Guarani. “Este projeto seguiu critérios técnicos e legais, observando a vontade manifestada pela comunidade durante o desenvolvimento do projeto”, explica Claudinei Salgado.
Entre as principais reivindicações estava a permanência de todos dentro do próprio bairro e uma área de lazer e esporte, ambas contempladas no projeto. Após a apresentação, a comunidade teve a oportunidade de tirar suas dúvidas e deliberar sobre o projeto, que foi aplaudido por todos. "A aprovação do projeto pela comunidade coroa o resultado de dois anos e meio de muito trabalho”, acrescenta o secretário de Cidadania. O próximo passo será apresentar o projeto formalmente ao Ministério Público para elaboração de Termo de Ajustamento de Conduta e posterior transmissão do título da terra aos moradores.
“Quando o governo é sério, as pessoas participam, as lideranças lutam pelo bem de seus bairros e o trabalho é feito com amor e fé, o resultado é sempre positivo. Tudo o que vem acontecendo no Parque Guarani é exemplo desta união e de um trabalho extremamente sério e responsável”, concluiu o prefeito Eduardo Cesar. (Fonte: PMU)
.

Baleias-de-Bryde chegam ao Litoral Norte Paulista

As Baleias-de-Bryde vêm a esta região principalmente nos períodos de primavera-verão em busca de seu alimento preferido, as sardinhas

Ubatuba - Depois de avistadas nas proximidades do Parque Estadual Marinho da Laje de Santos, o Centro de Estudos para a Conservação Marinha (Cemar) registrou a chegada das primeiras Baleias-de-Bryde ao Litoral Norte na temporada deste ano, iniciada oficialmente no dia 28 de Outubro. As baleias foram avistadas entre as ilhas Vitória e Búzios, pela equipe do Projeto Baleia de Bryde, que desenvolvido pelo Cemar.
As Baleias-de-Bryde (cujo nome científico é Balaenoptera edeni) vêm a esta região principalmente nos períodos de primavera-verão em busca de seu alimento preferido, as sardinhas. Ocorrem mais comumente junto às ilhas, devido à maior abundância de peixes. Elas já tendo sido registradas nas proximidades das ilhas: Anchieta, Palmas, e Alcatrazes, além de registros anteriores entre as ilhas: Vitória e Búzios – todas elas inseridas em Unidades de Conservação estaduais e federais.

Baleias de Bryde
Diferentes das outras espécies mais conhecidas do público em geral, a baleia Franca e a baleia Jubarte, as "Brydes" (como são mais popularmente conhecidas) não migram da Antártica e sim de águas oceânicas para as águas mais costeiras. Alcançam, em média, 13 metros de comprimento e um máximo de 15,5 metros. As fêmeas são ligeiramente maiores que os machos por toda a vida, sendo que seus filhotes podem nascer com aproximadamente 4 metros, pesando cerca de 560 kg.
Registros obtidos pelo Projeto, em parceria com o Instituto Oceanográfico da USP, indicam que, aparentemente, as baleias-de-Bryde se reproduzem em locais da Plataforma Continenta, onde a profundidade é maior. Comportamentos de exibição, como saltos, exposição do ventre e outros, foram fotografados de forma inédita pela equipe do Projeto durante cruzeiros científicos que percorreram áreas até os 3.000m de profundidade.
Seu nome está associado à sua história trágica: foi dado em homenagem ao cônsul norueguês Johan Bryde, que inaugurou as primeiras estações baleeiras da África do Sul, em Durban, no século XIX e continuam sendo caçadas na atualidade por alguns países. Seu status de "insuficientemente conhecida" na lista dos animais em extinção ironicamente leva a uma justificativa para a chamada "caça científica", que é abominada pelas instituições voltadas à conservação, por ser um pretexto para a prática da caça com alegações de pesquisa científica.

O Projeto
O projeto se desenvolve em parceria com a Associação das Operadoras de Mergulho de Ubatuba (AOMU) e tem o apoio da Fundação O Boticário para a Conservação da Natureza, além da colaboração da Prefeitura de Ubatuba, por meio da Secretaria Municipal do Meio Ambiente.
Coordenado pela Oceanógrafa-Bióloga Mabel Augustowski, o CEMAR expandiu seus trabalhos para o Litoral Norte paulista em 2005, passando a ser uma organização não-governamental com sede em Ubatuba. Agora, as embarcações voltadas ao turismo de mergulho que partem de Ubatuba, "vestiram a camisa" do Projeto Baleia de Bryde e do CEMAR: as embarcações da Omnimare, Scubatuba e NDS podem ser identificadas de longe com o logotipo do Projeto afixado em suas laterais. (Fonte: PMU)
Proerd forma mais mil crianças em Ubatuba
Desde o início do programa, já foram formadas 20 mil crianças

Ubatuba - O Proerd (Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência, da Polícia Militar do Estado de São Paulo) formou, na última quinta-feira, 29, mais duas turmas de alunos de escolas municipais de Ubatuba. A solenidade, que emocionou os presentes no lotado Salão São Francisco, contou com a presença do prefeito Eduardo Cesar; do secretário municipal de Educação, Arnaldo da Silva Alves; do administrador da Regional Norte, José Roberto Júnior; do Comandante da 3ª Cia PM, Capitão Paulo José Ribeiro da Silva e das diretoras das escolas participantes do projeto.
O programa foi desenvolvido nas escolas municipais Prof. José de Souza Simeão (Taquaral), Prof. Honor Figueira (Itamambuca), José Belarmino Sobrinho (Puruba), Prefeito Silvino Teixeira Leite (Marafunda), João Alexandre (Sesmaria) e Presidente Tancredo de Almeida Neves (Centro). Neste segundo semestre, foram atendidos mil alunos das 4ªs e 6ªs séries do Ensino Fundamental, com idade entre 9 e 12 anos, totalizando, desde o início do programa, a marca de 20 mil formandos.

Futuro melhor
“Sinto-me muito orgulhoso de toda a equipe da Secretaria de Educação e da Polícia Militar, que está fazendo um ótimo trabalho em Ubatuba. Acredito que a boa semente plantada hoje dará bons frutos amanhã e estas crianças são exemplo disto”, disse o prefeito Eduardo Cesar, que falou às crianças para continuarem neste bonito caminho para serem grandes vencedores.
O secretário de Educação, Arnaldo da Silva Alves, concorda: “quando investimos em educação, não precisamos investir em repressão. Acredito que o Proerd cria nos jovens anticorpos contra a violência e as drogas, garantindo um futuro melhor para Ubatuba”.
O Policial Militar e instrutor do Proerd, Renato Vella, que está encerrando suas atividades frente o Proerd se emocionou: “é com muita emoção e com sentimento de dever cumprido que encerro minhas atividades do Proerd, formando mais uma turma de alunos. Foram vários momentos de alegrias que marcaram estes anos de aplicação do programa. Agradeço a todos que direta ou indiretamente nos ajudaram, em especial o prefeito Eduardo Cesar, que sempre nos apoiou e compareceu a todas as formaturas desde quando era vereador”.
Após a entrega dos certificados e do juramento, lido pelo instrutor Renato Vella, as escolas apresentaram números de dança e música. O Comandante da 3ª Cia PM, Capitão Paulo José Ribeiro da Silva, encerrou a solenidade, com uma mensagem de garra e otimismo. O vereador Claudinho Gulli também prestigou o evento.

O Proerd
É um trabalho que consiste em um esforço cooperativo da Polícia Militar, educadores, pais e comunidade, para oferecer atividades em salas de aula, a fim de prevenir o uso de drogas entre crianças e adolescentes. O Proerd oferece uma variedade de atividades interativas, que foram projetadas para estimular os alunos a resolverem os problemas em suas vidas, abordando aspectos focados na valorização do ser humano e na importância da auto-estima. (Fonte: PMU)

Técnicos do Ibama ensinam pescadores a preencherem Mapas de Bordo
O documento tem como objetivo principal avaliar o efeito da pesca sobre os estoques
pesqueiros e deverá ser entregue ao Ministério todas as vezes que o pescador voltar do mar

Ubatuba - A cidade de Ubatuba sediou, nos últimos dias 27 e 28, um treinamento que foi realizado por quatro técnicos do Centro de Pesquisa de Sul e Sudeste (Cepsul-SC), órgão ligado ao Ibama. O objetivo do evento foi ensinar pescadores a preencherem os Mapas de Bordo, que tornaram-se obrigatórios a partir da Instrução Normativa 26. Na mesma ocasião, foram entregues mais de 120 novas licenças para pesca de camarão sete-barbas, que foram conquistadas graças às reivindicações feitas pelos pescadores e encaminhadas ao Ministério pelo prefeito Eduardo Cesar.
O evento contou com a participação do Ibama, da Secretaria Especial de Aqüicultura e Pesca (Seap) e das várias instituições governamentais do Litoral Norte, bem como, proprietários, armadores e arrendatários de embarcações do Litoral Norte. Ao todo, estiveram presentes 108 pescadores das quatro cidades.
Segundo a secretária de Agricultura, Pesca e Abastecimento (Smapa), Valéria Gelli, no mapa de bordo deve constar todas as características do barco e do petrecho de pesca, os locais de pesca, o tempo gasto na captura, tipo e quantidade de pescado datas e portos de saída e chegada. “O documento tem como objetivo principal avaliar o efeito da pesca sobre os estoques pesqueiros e deverá ser entregue ao Ministério todas as vezes que o pescador voltar do mar.”

Procedimento
Ao chegar, o pescador tem sete dias para entregar o Mapa de Bordo na representação do Ibama ou da Secretaria Especial de Aqüicultura e Pesca (Seap) mais próxima de sua residência. No caso de Ubatuba, o posto de entrega é na Secretaria Municipal de Agricultura e Pesca e na Colônia Z-10. Caso não entregue, o produtor pode sofrer penalidades, como multas e até mesmo o cancelamento da permissão e licença de pesca.
Valéria explica que, caso haja dificuldade na hora de preencher o Mapa, a equipe da Smapa, bem como o Ibama, o Seap e a Colônia de Pescadores está à disposição para ajudar. “Todos nós fomos treinados para isso e estamos à disposição. O que não pode é deixar de entregar os mapas regularmente, porque é obrigatório desde 2005, segundo a Instrução Normativa do Ibama, desde 2005.” (Fonte: PMU)
 

Semana de 30/11 a 06/12/2007.
Cine Porto tel 38332066

"Ta dando onda"
Desenho Dublado
ás 16:00 - 17:40 - 19:20 hs

"1408"
Suspense !!!! c/ John Cusack e
Samuel L. Jackson
ás 21:00 hs Agora toda 4ª feira
"Quarta maluca" , todos pagam R$ 3,00.



cineporto@hotmail.com
 

Poesia Topo

À moda de Alencar e Vinícius

Seu nome não é Iracema
Você não mora em Ipanema
Mas quando beijei sua boca
Apanhei-me deliciado
Por ter provado
Do mel da jataí
Do doce do mamão
Do sumo da laranja
Da garapa da cana
Da cana da garapa


 

Felix Cabral

Carta do Leitor
As mensagens, fotos e opiniões  publicadas neste boletim são de inteira responsabilidade de suas fontes e autores,
não expressando necessariamente a opinião deste informativo. O envio de qualquer material para nosso e-mail
será considerado como autorizado a sua publicação e assumida a total responsabilidade pelo seu conteúdo.
As mensagens deverão conter nome completo, RG, endereço, telefone de contato e um e-mail válido.
Reservamos o direito de não publicar cartas que não contenham a devida  identificação do autor.
Topo

As fotos ficaram tão bonitinhas...

A Internet é realmente uma ferramenta que nos auxilia na compreensão de assuntos que parecem incompreensíveis. Uma simples busca nas expressões "poder" e "megalomania" resulta em definições muito interessantes.

Em "A estupidez do poder", de Giancarlo Livraghi (http://gandalf.it/stupid/portug3.htm) temos a seguinte definição de Síndrome do Poder: "O poder é uma droga que vicia. As pessoas no poder são freqüentemente levadas a acreditar que porque estão no poder são melhores, mais inteligentes e mais sábias que as pessoas comuns. Elas também estão cercadas de sicofantas, bajuladores e aproveitadores que reforçam essa ilusão". Ora, parece que conhecemos pessoas assim. Pessoas que recebem o poder sentem-se poderosas, acima de todos, esquecendo laços de amizades e confiança que adquiriram ao longo do tempo.

Outra definição interessante, no mesmo site, é sobre a Estupidez do Poder: “A estupidez de um único ser humano já é um problema bastante grande. Porém, a situação muda de figura quando levamos em consideração a estupidez de pessoas que têm “poder”, isto é, o controle sobre o destino de outras pessoas". Epa! Será que entendi bem? O problema é maior quando o poderoso controla o destino dos outros. Meu Deus! O que será de nós?

Curiosa também é a definição Poder é Sexo: "Isso não é apenas um modo de dizer. Há um instinto na natureza de nossa espécie que torna as pessoas poderosas (ou que parecem ser) sexualmente atrativas, embora as pessoas no jogo do poder estejam, usualmente, muito ocupadas para ter qualquer sexo decente – ou para cuidar de emoções, afeição e amor". Aqui eu dispenso comentários...

A definição que achei mais interessante foi A busca do poder aumenta o fator de estupidez: "As pessoas que têm ou buscam o poder são tão estúpidas, ou inteligentes, quanto uma pessoa mediana. Freqüentemente elas são mais espertas, mais astutas e mais dissimuladas. O impacto pode ser relativamente grande ou pequeno, dependendo da quantidade de poder (a importância das questões influenciadas pelo poder e a quantidade de pessoas sujeitas aos seus efeitos) e da intensidade da competição". Parece que eu já vi esse filme...

Encontramos na Wikipédia (http://pt.wikipedia.org/wiki/Megalomania) a seguinte definição de Megalomania: "Transtorno psicológico onde o doente tem ilusões de grandeza, poder e superioridade. É uma característica do transtorno afetivo bipolar. Também se caracteriza pela obsessão em realizar feitos e atos grandiosos". Isso não tem nada a ver com certas publicações impressas em papel couchê, quadricromia, com predominância na matiz azul.

Já o site PsiqueWeb (http://virtualpsy.locaweb.com.br) descreve que os “Episódios de Mania do Transtorno Afetivo Bipolar, dependendo de sua gravidade, pode ocorrer um delírio de grandeza do tipo Delírio Humor Congruente, ou seja, um delírio cuja temática é consoante à Mania (humor francamente expandido e eufórico). Esse Delírio Humor Congruente é um delírio de grandeza, de superioridade, de poder sobre-humano etc., é também conhecido por Megalomania (Mégalo = grande)". Também não vamos confundir isso com certas entrevistas transmitida em rádios ditas comunitárias, pois seria maldade de nossa parte tal afirmação.

Enquanto estava rascunhando este artigo, recebi um telefonema onde me perguntavam se eu tinha visto o Jornal Azulão. Respondi que sim.
Perguntaram se tinha alguma foto minha. Disse que não, pois não tinha nenhuma foto de minha autoria nessa publicação.
Perguntaram então se eu já havia visto algumas das fotos do Jornal Azulão. Respondi que já recebera várias das fotos publicadas no Jornal Azulão como anexo nos e-mails com os releases da Assessoria de Comunicação da Prefeitura.
Então meu interlocutor perguntou se eu sabia quem pagava as fotos produzidas pela Assessoria de Comunicação da Prefeitura.
- Os contribuintes - respondi.
- Tá legal. Obrigado. Tchau! - e desligou.
Fiquei sem entender o porquê da pergunta.
As fotos ficaram tão bonitinhas impressas em papel couchê...

Emilio Campi
Editor

Matar por Amor

Tenho observado que tem-se utilizado (apenas) a critica, com colocações contrárias a verticalização das construções, como a única forma de preservação ambiental. É claro que esta e, todas as contribuições que resultam em benefícios (de preferência concretos) ao Meio Ambiente são bem vindas. Para tanto, todas as idéias devem ser trazidas ao debate! Mas, para serem produtivas e, coerentes, é preciso que haja limites e, que elas sejam baseadas em fundamentos técnicos e, dentro da nossa realidade, sob pena de serem taxadas de "direcionadas" e perderem o foco seu real objetivo. A proposta não é de construirmos conceitos para uma cidade melhor ? Muito além das "alturas" dos prédios, está o adensamento de sua ocupação. Prédios "colméias" que são amparados pela legislação vigente, abrigam um número insano de pessoas por metro quadrado! Assim tem sido o adensamento e, não a verticalização ( pois ela não existe) o grande vilão. Em um apto, de um dormitório, coloca-se até 8 pessoas!!! Para qual ocupação foi projetado? É preciso também levantar e, defender, todas as outras bandeiras contra a poluição e a ocupaçao dos espaços. Bandeira para o saneamento que nunca vem! Para o lixão,! Para o fim das as lixeiras ( poluidoras do solo, da paisagem, fedorentas e criadoras de toda sorte de doenças) espalhadas pelo município, cujos conteúdos e chorume, na primeira chuva seguem, céleres, para o mar. É preciso preservar os mananciais, invadidos por uma população carente e desorientada, que também lança seus dejetos no curso d´água mais próximo. É preciso "ver" a poluição dos butiques de Plástico Azul, que infestam as areias das praias e, os carros que as manobram, no início e final dos dias. É preciso avaliar o crescente número de ambulantes, que não "ambulam", que tomam e ocupam os espaços públicos (que são de todos) em benefício deles! Flanelinhas sindicalizados!? Agora a nova onda: A CapitaL do churrasquinho de gato. Um carrinho em cada esquina. Na pastelaria do chines os pastéias são fritos (atras da telas) por determinação legal! E o milho da baba, com o vidro de salmora coletivo? No final do dia tem a cossitência do "mel" !!!! Não é preciso olhos grandes para "ver" a poluição visual e, também não é preciso ouvidos "afinados" para "ouvir" a poluição sonora. E preciso, proibir as ocupações ilegais dos espaços públicos, ordenar e oferecer alternativas de espaços para moradia, para a população (que carece de tudo) e, que cresce a índices recordes! Onde estão ou onde serão criados os loteamentos populares ? Onde tem um loteamento (aprovado) para os mais abastados? Como está, dividem-de terrenos e àreas , formam-se ruaelas, estreitas, tudo em nome da "preservação!!! Do que??? Vamos ampliar o bom e, consciente, debate sim! Em benefício do futuro de todos. Apenas agir, e ter "paixão" (cega e obtusa) pelo meio ambiente é tão pernicioso, que se pode "matar por amor".

Ronaldo Dias
Ubatuba, SP

Pedaços da minha rica e inesquecível adolescência

Era inverno, julho de 1.969, quando me levaram de Itamambuca para São Paulo, ficando lá até dezembro de 1.973.
Deixando Ubatuba e sua gente, suas paisagens, suas águas, seus animais e seus pássaros, aos poucos a tristeza de tudo tomou conta, e foi como que embarcar no desconhecido.
Chegando em São Paulo, deparei-me com a multidão, muitos carros, prédios e viadutos, e fiquei totalmente desorientado.
Eu só tinha dez anos.
Era outro tipo de selva, e em seguida outro bem diferente, a Favela, onde morei durante três anos.
Ficava na Vila Santa Catarina, numa Rua chamada Brasil, Zona Sul de São Paulo, hoje um lugar nobre.
Levei meu estilingue, única lembrança material da boa terra.
Para usá-lo e banhar-me em águas paulistanas, ia aos brejos alagados, onde hoje passam as Avenidas Vereador João de Luca e Cupecê.
Foi onde conheci as enormes e assustadoras ratazanas que, somando-se aos pombos e pardais, representavam a fauna local, bem diferentes dos animais e pássaros de meu Itamambuca.
Na favela partilhei dificuldades, mas também vi e aprendi muitas coisas boas.
Lá não cantavam os sabiás, não se ouvia o som das águas e não balançavam os palmiteiros.
A alegria não era mais a mesma.
Porém, na favela aprendi a levantar-me às quatro da manhã, ir à feira fazer carretos, sonhando o sonho de estudante.
Já sabia que as maiores riquezas são o pensamento e a liberdade, pois estão dentro da gente.
A Favela não era e não é desonra, é apenas condição, que pode ser alterada com a vontade.
Conheci muita gente e muitas coisas.
Nascia, ali na favela da Vila Santa Catarina, o sonho de um dia ser advogado.
Assim, convicto de que o segredo do progresso seria a Escola, voavam os meus sonhos, a ponto de enxergar a via láctea em pleno meio- dia.
Porém, chegou o verão de 1.972 e início de 1.973.
Desta vez, levaram-me da Vila Santa Catarina, em São Paulo, e da Favela paulistana me mandaram de volta para Itamambuca.
Meu sonho de estudante parecia estar no fim.
Existia estrada, carro não, e bicicleta estava fora do alcance.
Me deixaram os primeiros seis meses de 1.974 no Perequê-Açu.
Voltei a morar no paraíso, no Sertão de Itamambuca.
De lá até a Escola Estadual Capitão Deolindo de Oliveira Santos, são aproximadamente doze quilômetros.
Minha querida mãe fez a seguinte pergunta: e agora, filho, acabou, aqui, o seu sonho de estudante ?
No entanto, minha vontade, alimentada pelo meu sonho, ganhou forças, respondendo que a distância seria percorrida a pé.
Coitada, ficou estupefata.
Ela nunca me disse, mas acho que pensou que eu estava louco.
No entanto, embalado pelo som da natureza andei, andei, andei...
Provação mesmo foi de agosto a novembro de 1.974, ida e volta todos os dias, de Itamambuca a Ubatuba.
Somando-se os percursos, alcançava-se 24 quilômetros diários.
Onde estava a resistência para agüentar tanta dificuldade?
Confesso que até hoje não sei.
Este esforço durou de 1.974 a 1.976, compreendendo a sétima e oitava séries, e o antigo primeiro colegial.
A estrada da casanga e seus poucos moradores testemunhavam, atônitos, tamanha insistência.
Ou era loucura ?
Julguem os Senhores.
Confesso que muitas vezes, quando anoitecia pelos caminhos, quase morria de medo de ser devorado por uma grande onça, mas o cansaço enganava o medo, e a onça ficava só na imaginação.
Pobre onça, talvez estivesse com o mesmo sentimento!
E foi, então, que aprendi uma grande lição, a de que um homem tem a mesma proporção de medo e de coragem, e que isto se mede pela necessidade.
Não existe homem só de coragem, ou homem só de medo.
Apesar de todas as dificuldades eu estava muito feliz, pois estava ao lado das flores orvalhadas das encostas dos caminhos, contemplava a verde e densa mata, ouvia os sons das puras águas e o cantar dos pássaros de minha terra.
Eu estava com apenas dezesseis anos.

Benedito José dos Santos Filho
São Paulo, SP

Foto do Dia Topo

Para participar desta seção basta enviar as fotos com crédito do autor e legenda, no tamanho mínimo
de 1024 x 768 pixels com resolução de 72dpi para fotododia@litoralvirtual.com.br.  O envio da foto caracteriza autorizada a sua publicação, assumindo o autor total responsabilidade pela publicação da mesma.

Perequê Açu  ©Emilio Campi

Perequê Açu
©Emilio Campi

Envie sua foto!

Para instalar a foto como papel de parede (wallpaper)
Clique na foto acima. Após carregar a foto ampliada, clique com o botão direito do mouse sobre a imagem e escolha "Definir como papel de parede" ou "Definir como fundo de tela". Para ajustar a imagem em tela cheia, clique em qualquer lugar da área de trabalho com o botão direito do mouse, escolha "Propriedades" / "Fundo de Tela" ou "Papel de Parede" / "Ampliar".

Arquivos:  Foto Saudade  -  Foto do Dia

 Faça seu comentário, crítica, opinião ou sugestão no Litoral Virtual:
Clique Aqui


As notícias, fotos e cartas publicadas neste boletim são de inteira responsabilidade de suas fontes e autores,
não expressando necessariamente a opinião deste informativo. O envio de qualquer material para nosso e-mail
será considerado como autorizado a sua publicação e assumida a total responsabilidade pelo seu conteúdo.
As cartas devem conter nome completo, RG, endereço, telefone de contato e um e-mail válido.
Reservamos o direito de não publicar cartas que não contenham a devida  identificação do autor.

Editor: Emilio Campi

GRÁTIS!!
Receba as Últimas Notícias do Litoral em seu e-mail:

Quero receber GRATUITAMENTE o boletim Últimas Notícias do Litoral:

e-mail:
Cidade:



Obs.: Você poderá cancelar o recebimento das notícias a qualquer momento.

 

Conheça as cidades do Litoral Norte Paulista:

Caraguatatuba Ilhabela São Sebastião Ubatuba

Litoral Virtual
O mais completo site do Litoral Norte Paulista na Internet
Sugestões, críticas e informações, entre em contato:
info@litoralvirtual.com.br

©1995/2001 Emilio Campi - Studio Maranduba - Direitos Reservados
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem a expressa autorização do autor