Litoral Virtual últimas notícias do litoral
Segunda-feira, 19 de Maio de 2008 - Nº 1973 Edições Anteriores

Maré Legal Litoral Virtual Caragua.com.br

Região
Cuidado: caiu na rede, pode ser um tubarão
Programa de Educação Ambiental Transpetro-Fundespa
Governo oferecerá 130 cartas de créditos a servidores da região


Caraguatatuba
Obra do Santo Antônio em ritmo acelerado
CEFET abre de 19 a 21 de maio inscrições para novos cursos de qualificação profissional
11º Festival do Camarão 2008 acontecerá do dia 21 a 25 de maio com apresentações culturais, corrida de canoa e comida típica.
Obra da Avenida Brasil segue a todo vapor em Caraguá
APONEC comemora Dia do Assistente Social
Catadores de materiais recicláveis de Caraguá participarão de evento regional
Inscrições gratuitas para palestra sobre Representação Comercial estão abertas em Caraguá
Aguilar fecha com PDT
TJ determina bloqueio de bens do deputado Antonio Carlos

Ilhabela
Proerd forma novos cidadãos conscientes
Moção de Louvor em reconhecimento ao trabalho dos profissionais envolvidos no caso Nardoni
Câmara suspende expediente no próximo dia 24
Comissão de Meio Ambiente e qualidade de vida de escola municipal dá início a trabalhos no município

São Sebastião
Um exercício de paciência que exige técnica
Curso para pescadores acontece dia 30 de maio
Iluminação na Orla melhorou Boiúcanga
Nova Sala de Controle do Tebar é inaugurada
Proerd forma 430 alunos da rede municipal de ensino em São Sebastião
Prefeitura homenageia vencedores do Mapa Cultural Paulista
Conseg Centro discute prédio da antiga Cadeia Pública de São Sebastião
Crianças sebastianenses terão tratamento gratuito em ortodontia no Projeto Bem-Te-Vi

Ubatuba
Audiência entre pescadores e Xico Graziano acontece nesta segunda-feira
Cetesb adverte Sabesp por lançamento de esgoto em rio do município
Prefeitura faz mutirão contra a dengue na região sul com a participação do exército
III Sipat da Prefeitura de Ubatuba supera expectativas
Prefeitura de Ubatuba entrega piscinas no Sertão da Quina e Perequê-Açu
Quilombo do Camburi recebe reforma da ponte pênsil da Vila Jambeiro
Prefeitura de Ubatuba realiza audiência pública no final deste mês
Grupo de artesanato com fibra de banana recebe apoio do Fundo Social de Solidariedade
Fundart promove cursos de canto e coral, para quem gosta de soltar a voz
Ubatuba terá workshop com músico do programa do Jô Soares
Formação continuada de professores é destaque em Ubatuba
Oficinas de Biblioteca e de Produção de Textos foram um sucesso
Prefeitura de Ubatuba promove Programa de Alfabetização e Letramento
5ª Festa da Tainha na Praia da Maranduba

Seções
Poesia
Carta do Leitor
Foto do Dia




Notícias da Região Topo

Cuidado: caiu na rede, pode ser um tubarão
Alerta dos biólogos: está crescendo o número de tubarões nas praias do Litoral Norte

Litoral Norte - Basta gritar "tubarão!" para qualquer um, numa praia qualquer, sair correndo da água. No Litoral Norte, seis espécies de tubarões foram capturadas por pescadores desde o início do ano. No entanto, segundo especialistas, não há motivos para pânico.
A fama dos tubarões tornaram estes animais marinhos entre os mais temidos. Em todo o mundo são conhecidas cerca de 380 espécies, das quais 80 no Brasil, cujos tamanhos podem variar de 15 centímetros a 18 metros de comprimento.
Já no Litoral Norte, uma das espécies mais freqüentes é o turbarão-mangona, principalmente as fêmeas conhecidas como caçoas. Seu nome científico é 'odontaspis taurus' e pode chegar a 3 metros de comprimento e cerca de 145 quilos.
Esta espécie, que aparece com maior freqüência nas regiões sudeste e sul do país, não são 'feras assassinas' como muitos imaginam.
"O tubarão-mangona ataca geralmente ser for incomodado ou se sentir ameaçado", disse o oceanógrafo Hugo Gallo, que é diretor do Aquário de Ubatuba e fundador do Instituto Argonauta para a Conservação Costeira e Marinha.
Segundo ele, as fêmeas desta espécie-as caçoas-se aproximam da costa do Litoral Norte em época da reprodução. "Elas procuram um abrigo, um local de águas rasas, para soltarem os filhotes", disse o especialista.
Desde o início do ano, quatro caçoas caíram em redes de pescadores no litoral, duas no Porto Novo, em Caraguatatuba, e duas na praia de Toque-Toque Pequeno, em São Sebastião. Todos mediam em média 2,5 metros e pesavam cerca de 150 quilos.
Para os pescadores, um peixão a mais na rede que em todos os casos foi vendido a peixarias das respectivas cidades.
"Rebocamos a caçoa no barco e o trajeto que fazemos em menos de 10 minutos da rede no mar à praia levou quase meia hora", disse o pescador Rogério Nakashima, 36 anos, que capturou uma caçoa de 160 quilos no início do ano, na Praia do Porto Novo, em Caraguá.
Nakashima disse que pesca desde pequeno e foi a primeira vez que pescou um tubarão. "Minha rede é para robalo, nunca tinha pescado uma caçoa antes. Um tubarão é sempre um troféu para qualquer pescador", afirmou.
Além disso, um tubarão fêmea da espécie tintureira, conhecido como tubarão-tigre, foi encontrada na praia de Picinguaba, em Ubatuba. Ela pesava cerca de 400 quilos e media 2,5 metros.
A última espécie anunciada por pescadores da região foi um tubarão galha preta, capturado no início deste mês na praia de Baraqueçaba, em São Sebastião. Ele pesava 100 quilos e media 2,4 metros. Tanto o ttubarão-tigre como o galha preta são mais "agressivos".
FORA DA DIETA - Ao contrário do que podemos imaginar, tratando-se de tubarões, as águas do Litoral Norte são bem menos arriscadas do que há 20 anos. "A maioria das espécies encontradas no litoral sofrem pesca predatória e estão em extinção. Hoje, elas aparecem bem menos do que há 20 anos", disse o oceanógrafo.
Gallo afirmou ainda que deveria haver mais rigor em relação à pesca de tubarões. "Algumas espécies estão cada vez mais extintas", afirmou.
Segundo ele, sempre há riscos de um ataque por parte de tubarões, no entanto, não nenhum motivo para pânico entre banhistas.
"O ser humano não faz parte da 'dieta' dos tubarões, eles atacam por se sentirem ameaçados ou se enganarem com a presa", afirmou.
Se a gente come, é cação. Senão, é tubarão - Das 380 espécies de tubarões conhecidas em todo o mundo, algo em torno de 30 espécies já provocaram, comprovadamente, acidentes com o homem. Destas, cerca de 12 espécies são perigosas e realmente podem atacar banhistas, surfistas, pescadores e mergulhadores no litoral brasileiro. Tubarão ou cação? Segundo especialistas, as duas denominações podem ser utilizadas para qualquer espécie. No entanto, usualmente chamamos de tubarão as espécies de grande porte, pouco comuns em nosso litoral, e de cação aquelas de pequeno porte, cuja ocorrência em nossa costa é mais comum. Já a sabedoria popular tem uma definição bem original: "Se a gente come ele, é cação, se ele come a gente é tubarão". (Fonte: ValeParaibano)

Programa de Educação Ambiental Transpetro-Fundespa

Litoral Norte - O Programa de Educação Ambiental, realizado pela Petrobras Transportes S/A - TRANSPETRO e organizado pela Fundação de Estudos e Pesquisas Aquáticas - FUNDESPA, visa a apoiar a capacitação de professores nos quatro municípios do Litoral Norte do Estado de São Paulo (São Sebastião, Ilhabela, Caraguatatuba e Ubatuba).
Em São Sebastião, neste último sábado, dia 17, ocorreu o terceiro encontro do programa com o tema BIODIVERSIDADE. Em Ilhabela, Caraguatatuba e Ubatuba, o curso acontecerá entre maio e agosto, quando serão abordados os seguintes temas: Sustentabilidade e Educação Ambiental, Ecossistemas Costeiros, Biodiversidade, Recursos Hídricos, Resíduos Sólidos e Uso e Ocupação da Zona Costeira, totalizando 36 horas de aulas em cada município para um grupo de 50 professores da rede pública de ensino.
O diferencial do programa é a forma dinâmica e descontraída com que os temas são apresentados pela doutora em Oceanografia Biológica Clarice Leão Lopes, pela analista de Marketing Thais Nóbrega Schibuola, pelo mestre em Oceanografia Biológica Fabricio Matos Mendes e pelo oceanógrafo Raul Oliveira Costa Dias, profissionais da FUNDESPA, fundação ligada ao Instituto Oceanográfico da USP (IOUSP). O programa prevê ainda o acompanhamento e o incentivo dos professores na multiplicação da Educação Ambiental dentro da educação formal nos diferentes níveis de ensino com o objetivo do desenvolvimento socioambiental da região.
Paralelamente ao Programa de Educação Ambiental, a TRANSPETRO promove o Programa de Informação e Conscientização da Sociedade, organizado pela FUNDESPA. A atividade consiste em um ciclo de seis diferentes palestras com ênfase nas questões relacionadas aos cuidados que a empresa tem com o meio ambiente, desde a extração do petróleo até a distribuição dos seus derivados no posto. As palestras acontecem nos quatro municípios do Litoral Norte e são abertas à comunidade. Confira a seguir a programação das próximas palestras:

2008 Dia Município Tema
Maio 8 Ubatuba Impactos ambientais de vazamento de petróleo
  15 São Sebastião Plano de emergência individual do TEBAR
  31 Caraguatatuba Técnicas de limpeza e recuperação de áreas afetadas por vazamentos
Junho 5 Ilhabela Sistema informatizado de apoio à emergência
  19 Ubatuba Recuperação de fauna afetada por acidentes ambientais
Agosto 7 São Sebastião Recuperação de fauna afetada por acidentes ambientais
  21 Caraguatatuba Sistema informatizado de apoio à emergência
  28 Ubatuba Monitoramento de áreas afetadas por vazamentos
Setembro 13 Ilhabela Técnicas de limpeza e recuperação de áreas afetadas por vazamentos
  18 Ubatuba Sistema informatizado de apoio à emergência
  25 Ubatuba Plano de emergência individual do TEBAR

Governo oferecerá 130 cartas de créditos a servidores da região

Litoral Norte - O Governo do Estado de São Paulo vai disponibilizar 130 cartas de créditos para aquisição de casas próprias em três cidades do Litoral Norte. Para Caraguatatuba e Ubatuba serão oferecidas a cada um dos municípios 50, e para São Sebastião serão 30.
As cartas de créditos fazem parte da segunda etapa do Programa Habitacional de Integração (PHAI), lançado hoje pelo governador José Serra (PSDB). As cartas são oferecidas a servidores públicos estaduais ativos.
A carta de crédito pode ser usada para a aquisição de imóveis novos ou usados, avaliados em até R$ 80 mil, dos quais até R$ 60 mil podem ser financiados em 300 meses pelo Banco Nossa Caixa. O servidor tem outras facilidades, como prestações fixas descontadas em folha de pagamento, com taxa de juros de 6% a 8,54% ao ano, a menor do mercado, isenção de entrada e utilização do FGTS.
Para se candidatar é preciso trabalhar em escolas públicas, hospitais, postos de saúde, postos policiais, batalhões da PM, delegacias ou outros órgãos da administração pública no município onde estão sendo ofertadas as cartas de crédito. Também é exigida renda familiar mensal entre R$ 1 mil e R$ 4.5 mil.
As inscrições serão feitas entre os dias 19 de maio e 30 de junho, na agência do Banco Nossa Caixa onde o servidor recebe o salário. Caso o número de inscritos seja superior à quantidade de cartas de crédito disponibilizadas nesta etapa do programa, será realizado sorteio eletrônico.
O PHAI é um programa do Governo do Estado desenvolvido em parceria pelas secretarias da Gestão Pública, da Fazenda e da Habitação, por meio da CDHU e do Banco Nossa Caixa.
O objetivo é facilitar a aquisição da casa própria próximo ao local de trabalho do servidor, para promover maior integração entre esses profissionais e as comunidades onde atuam, ou seja, aproximando, por exemplo, médicos de pacientes e professores de alunos.
O PHIN oferecerá ao todo 10 mil cartas de crédito a servidores públicos estaduais ativos de 117 cidades do interior, litoral e da região metropolitana de São Paulo.
Os servidores poderão obter mais informações nos sites www.cdhu.sp.gov.br e www.habitacao.sp.gov.br.
O PHAI foi lançado no ano passado e contemplou mais de 6 mil famílias com cartas de crédito e apartamentos. O projeto piloto foi implantado no bairro do Sacomã, zona Sul da capital, onde 721 apartamentos, construídos em dois conjuntos residenciais, foram destinados a servidores. (Fonte: Imprensa Livre)


Notícias de Caraguatatuba Topo

O Guaruçá Site de Esportes de Ricardo Mazzei

Obra do Santo Antônio em ritmo acelerado
Construção vem atraindo visitantes; escultor conhecido nacionalmente está gratificado em poder fazer a imagem

Caraguatatuba - Caraguá está prestes a oferecer mais um presente aos moradores, veranistas e turistas da cidade, com a proximidade do término da construção do Monumento do Santo Antônio, localizado na rampa sul do morro, de uma altura de 320 metros.
A obra segue em ritmo intenso e deverá ser entregue no dia 8 de junho. Segundo o artista Irineu Migliorini, responsável pela imagem, seis pessoas estão trabalhando todos os dias, desde cedo, até às 21h.
O escultor apenas lamenta a chuva que caiu na cidade nas últimas semanas, o que de acordo com ele, atrapalha a execução do serviço. "A chuva vem atrapalhando bastante, já que usamos massas em camadas, e com tempo ruim não conseguimos fazer o trabalho, já que essas camadas caem com a chuva. E tem o acesso, que fica mais difícil também", afirmou.
Visando a segurança e o conforto dos visitantes e praticantes do Vôo Livre, que usam o morro para a prática do esporte, a Prefeitura Municipal está pavimentando a estrada até o topo, onde fica a estátua.
Migliorini contou que o monumento é feito através de um sistema de argamassa e será ocado, com resistências previstas em casos de temporais e ventanias, sendo usado ao todo mais de 400 sacos de cimento, com o custo total orçado em cerca de R$ 124 mil.
A estátua, localizada na rampa Sul do Morro Santo Antônio, tem atraído diversos curiosos. Segundo o escultor, aos domingos, mais de 300 pessoas visitam o monumento.
"Todos os dias vem gente aqui querendo saber do trabalho, com muita curiosidade em relação ao monumento", disse Migliorini, que embora atrapalhe um pouco o serviço, se mostrou feliz com a presença das pessoas. "Acho ótimo. Atrapalha um pouco, pois tenho que ficar parando o que estou fazendo, mas é interessante ver o interesse da população", completou.
Além dessa, que é a maior obra do tipo do Litoral Norte de São Paulo, com 15 metros de altura, o artista coleciona muitos outros trabalhos de importância em seu currículo, como a Estátua da Liberdade, em Joinvile, Santa Catarina, que tem 21 metros.
Em Guaratinguetá, a imagem do Frei Galvão também foi de autoria de Irineu Migliorini, assim como outras obras na cidade do Rio de Janeiro, Macaé, entre outras.
Reconhecido em todo país, o escultor do monumento do Santo Antônio, que tem seu ateliê em Pindamonhangaba, considera que o trabalho feito em Caraguá tem um gosto especial em sua carreira.
"O Santo Antônio representa muito, pois é um santo que tem uma afeição muito grande. Para mim, é gratificante poder fazer esse trabalho, de um santo com uma energia tão positiva", falou o artista, que revelou como iniciou a carreira há 35 anos.
"Desde criança eu fazia brinquedos para minhas irmãs, com argila, como galinhas, patinhos. Assim, começou a vontade de esculpir, e hoje faço trabalhos profissionais", contou.
Visando economia e beleza, a Prefeitura Municipal, juntamente com Migliorini, decidiram colocar uma iluminação de fibra ótica, com quatro cores sincronizadas, formadas por lâmpadas econômicas, com um gerador e funcionamento de hora programada, o que dará visão para toda a cidade de Caraguatatuba.
A imagem está sendo construída voltada para a Igreja Matriz Santo Antônio, que possui a réplica de 200 anos, copiada por Migliorini. O santo padroeiro de Caraguatatuba é comemorado no dia 13 de junho, e deverá receber este ano, aproximadamente 2 mil pessoas.
O prefeito José Pereira de Aguilar está entusiasmado com o projeto. "É importante fazermos o monumento do padroeiro, que também já foi o nome da cidade (Santo Antônio de Caraguatatuba). Tínhamos esse compromisso com a história e a cultura de Caraguá", ressaltou.
Um monumento de Santo Antônio foi construído no mesmo morro na década de 50. Nos anos 90, a imagem do padroeiro sofreu depredações, e foi retirada, com o compromisso de se fazer uma nova imagem. (Fonte: Prefeitura Municipal de Caraguatatuba)

CEFET abre de 19 a 21 de maio inscrições para novos cursos de qualificação profissional
Os cursos de qualificação do CEFET são gratuitos e acontecerão a partir do final de maio. Para garantir uma vaga é necessário comparecer ao CEFET (antigo Ceprolin) e inscrever-se entre 19 e 21 deste mês

Caraguatatuba - O CEFET - Centro Federal de Educação Tecnológica de São Paulo, que em Caraguá funciona no prédio do antigo Ceprolin, está com inscrições abertas para os cursos de Qualificação Profissional, gratuitos a toda a população.
Para garantir uma vaga, é necessário comparecer ao CEFET de 19 a 21 de maio e realizar a inscrição para uma das capacitações. Entre o final de maio e a primeira semana de junho acontecerão as aulas dos cursos de Qualificação Profissional em quatro áreas diferentes.
O curso de "Formação de Preço e Custo", tem carga horária total de oito horas/aula e acontecerá de 28 de maio a 3 de junho, às terças-feiras, das 14h ás 18h. De acordo com a direção do CEFET, para participar deste curso, é necessário estar atuando no comércio (como ambulante ou vendedor) e apresentar a licença atualizada para a realização da matrícula.
Neste mesmo período serão realizados mais três cursos, entre eles o de "Qualidade no Atendimento", de 27 de maio a 10 de junho, com 12 horas/aula e 20 vagas.
O curso "Participação em Seleção e Entrevista de Emprego" acontecerá de 29 de maio a 19 de junho, sempre ás quintas-feiras, sem exigência de pré-requisitos para participação, e por último, acontecerá também o curso "Noções Básicas de Leitura de Projetos de Construção Civil", com 30 vagas e aulas de 28 de maio a 11 de junho, às quartas e sextas-feiras, das 18h30 às 22h30.
Vale lembrar que as inscrições são gratuitas e devem ser feitas na secretaria do CEFET a partir da segunda-feira, dia 19, das 15h às 21h. O Centro Federal de Educação Tecnológica fica na Avenida Rio Grande do Norte nº 450, no Indaiá, em Caraguá. Participe. (Fonte: Prefeitura Municipal de Caraguatatuba)

11º Festival do Camarão 2008 acontecerá do dia 21 a 25 de maio com apresentações culturais, corrida de canoa e comida típica.

Caraguatatuba - A Prefeitura Municipal de Caraguatatuba, a Fundacc (Fundação Educacional e Cultural de Caraguatatuba), a Secretaria de Turismo e a Secretaria de Esportes da Prefeitura Municipal de Caraguatatuba em parceria com a Associação de Pescadores do Camaroeiro realizarão o 11º Festival do Camarão na Praia do Camaroeiro.
O Festival do Camarão é a materialização de uma importante iniciativa que visa valorizar, preservar, proteger e divulgar a cultura caiçara dos pescadores artesanais para as gerações futuras.
Considerada a manifestação cultural mais importante do calendário oficial, o Festival do Camarão atrai milhares de turistas que compram camarão fresco a preços promocionais e saboreiam os deliciosos pratos típicos.
Pensando em movimentar o comércio pesqueiro o Festival do Camarão, beneficia diversas famílias de pescadores. A cerimônia "Barcos ao Mar" onde uma grande procissão em homenagem ao padroeiro São Pedro também tornou-se um dos momentos mais esperados da Festa, e será realizada na abertura do evento dia 21 às 18h00.
O Festival do Camarão é atrativo para todas as idades, prestigie o maior festival do Litoral Norte e traga toda a família.
Serviços:
Festival do Camarão
Local: Praia do Camaroeiro
Cidade: Caraguatatuba/SP
Tel: (12) 3883-2737 /3883-7555
Data: de 21 a 25 de maio.
Entrada: Gratuita (Fonte: Fundacc)

Obra da Avenida Brasil segue a todo vapor em Caraguá

Caraguatatuba - As obras da Avenida Brasil, no bairro Sumaré, em Caraguá, estão em ritmo acelerado. A obra custará aos cofres públicos R$2.933.029,16, vindos de um convênio com o DADE - Departamento de Apoio ao Desenvolvimento das Estâncias do Governo Estadual.
O canal existente foi todo limpo e já está sendo revestido. O local terá pavimentação asfáltica, além de calçada em ladrilho, obedecendo à lei de acessibilidade. Haverá também no local a troca das luminárias existentes, melhorando a iluminação com o objetivo de dar mais segurança para quem utiliza a avenida durante a noite, entre outras benfeitorias. O prazo para execução da obra é de cinco meses.
Segundo o prefeito José Pereira de Aguilar esta é uma obra necessária para a população. "Nós conseguimos esse convênio com o DADE porque a Avenida Brasil está necessitando de reurbanização para levar mais conforto aos moradores daquela região. Estamos trabalhando para fazer obras que realmente atendam às necessidades de todos, não só de quem mora no bairro, mas também daquelas pessoas que utilizam o local", disse o prefeito, que lembrou das obras feitas nas Avenidas Anchieta, no Centro e Floriano Peixoto, no bairro Poiares, que trouxeram benefícios não só para quem utiliza as avenidas como também para o comércio local.
"Estamos fazendo todo o possível para deixar a cidade mais bonita e procurando fazer bem feito, pois obras como essas são para acompanhar o crescimento da cidade que está em ascensão", concluiu o prefeito.
A obra da Avenida Brasil está sendo executada pela empresa JR Construtora, vencedora da concorrência pública. (Fonte: Prefeitura Municipal de Ubatuba)

APONEC comemora Dia do Assistente Social
A associação, criada para defender os direitos dos deficientes físicos de Caraguá aproveitou o 15 de maio para comemorar o Dia do Assistente Social

Caraguatatuba - O CEFET - Centro Federal de Educação Tecnológica de São Paulo, que em Caraguá funciona no prédio do antigo Ceprolin, está com inscrições abertas para os cursos de Qualificação Profissional, gratuitos a toda a população.
Para garantir uma vaga, é necessário comparecer ao CEFET de 19 a 21 de maio e realizar a inscrição para uma das capacitações. Entre o final de maio e a primeira semana de junho acontecerão as aulas dos cursos de Qualificação Profissional em quatro áreas diferentes.
O curso de "Formação de Preço e Custo", tem carga horária total de oito horas/aula e acontecerá de 28 de maio a 3 de junho, às terças-feiras, das 14h ás 18h. De acordo com a direção do CEFET, para participar deste curso, é necessário estar atuando no comércio (como ambulante ou vendedor) e apresentar a licença atualizada para a realização da matrícula.
Neste mesmo período serão realizados mais três cursos, entre eles o de "Qualidade no Atendimento", de 27 de maio a 10 de junho, com 12 horas/aula e 20 vagas.
O curso "Participação em Seleção e Entrevista de Emprego" acontecerá de 29 de maio a 19 de junho, sempre ás quintas-feiras, sem exigência de pré-requisitos para participação, e por último, acontecerá também o curso "Noções Básicas de Leitura de Projetos de Construção Civil", com 30 vagas e aulas de 28 de maio a 11 de junho, às quartas e sextas-feiras, das 18h30 às 22h30.
Vale lembrar que as inscrições são gratuitas e devem ser feitas na secretaria do CEFET a partir da segunda-feira, dia 19, das 15h às 21h. O Centro Federal de Educação Tecnológica fica na Avenida Rio Grande do Norte nº 450, no Indaiá, em Caraguá. Participe. (Fonte: Prefeitura Municipal de Ubatuba)

Catadores de materiais recicláveis de Caraguá participarão de evento regional
Cidade contará com representantes que buscarão trocas de experiências com demais pessoas da região

Caraguatatuba - O município de Caraguatatuba, representado pela Cooperativa Catatudo, estará presente no 2º Encontro Regional de Catadores de Materiais Recicláveis do Vale do Paraíba, neste sábado e domingo, em Aparecida.
De acordo com a cooperativa, sete catadores da cidade irão ao evento, acompanhados dos responsáveis João Rocha e Damião Raimundo, que se juntarão para trocar experiências com instituições públicas e privadas, que apóiam as organizações dos catadores.
A finalidade do encontro é também divulgar informações sobre o Movimento nacional dos Catadores de Materiais Recicláveis, fortalecendo o movimento com a participação dos catadores da região.
Os membros presentes poderão discutir sobre o trabalho das instituições que ajudam os catadores e suas atribuições, além de discutir o papel deles na gestão integrada dos resíduos sólidos.
As vagas foram disponibilizadas para todos os municípios do Vale do Paraíba, proporcionalmente ao número de habitantes. Cada cooperativa, associação ou grupo de catadores deverá levar um cartaz ou painel fotográfico de apresentação da entidade, para contar a história, mostrar as instalações, equipamentos, conquistas, fotos e reportagens.
Haverá também no encontro, uma caminhada ao Santuário Nacional e a Solenidade em Ação de Graças. (Fonte: Prefeitura Municipal de Ubatuba)

Inscrições gratuitas para palestra sobre Representação Comercial estão abertas em Caraguá
A palestra acontecerá no dia 12 de junho, tendo como temática "Representação Comercial". A entrada é franca e as vagas são limitadas. Para inscrever-se é necessário comparecer ao PAE - Posto de Atendimento ao Empreendedor - Sebrae, de Caraguá

Caraguatatuba - O PAE - Posto de Atendimento ao Empreendedor - Sebrae, que funciona no município com o apoio da Prefeitura de Caraguatatuba, por meio da SECAD - Secretaria da Administração, está com inscrições abertas para uma nova capacitação a pequenos e micro empresários, empreendedores, entre outros.
A palestra "Representação Comercial", será gratuita, e acontecerá no dia 12 de junho, às 19h, na sede da ACE - Associação Comercial e Empresarial de Caraguatatuba.
A carga horária total da capacitação, que será ministrada Silvio Vucinic, é de 2 horas/aula. De acordo com o Posto de Atendimento ao Empreendedor, na palestra "Representação Comercial" serão abordados diversos temas, entre eles: definição do representante comercial diante da lei de representações comerciais; quais as regras específicas, sua aplicação no mercado e a finalidade do representante comercial; as características do contrato de representação comercial, entre outros.
Para obter mais informações ou efetuar a inscrição para a palestra, basta comparecer à sede do PAE, que fica na Rua Siqueira Campos nº 44, no Centro (junto ao prédio da SECAD) ou ligar para os telefones (12) 3897-8198 e 3897-8155. Participe! (Fonte: Prefeitura Municipal de Ubatuba)

Aguilar fecha com PDT
Apoio garante mais 4 partidos para o Prefeito

Caraguatatuba - O Prefeito de Caraguatatuba, José Pereira de Aguilar (DEM), fechou apoio com o PDT e o Bloco de Partidos de Caraguatatuba, na tarde de ontem, 14 de maio, na Assembléia Legislativa, na presença da Direção Estadual da legenda trabalhista. Esta parceria solidifica a estrutura de campanha do Prefeito, visando o pleito municipal de outubro.
O acordo foi fechado na tarde desta quarta-feira - 14 de maio, no gabinete do PDT (Partido Democrático Trabalhista), na Assembléia Legislativa, na capital do estado. Além do Prefeito Aguilar e comitiva, estiveram presentes a Direção Estadual do partido e o Presidente do Diretório Municipal do PDT em Caraguatatuba, Ricardo Batista, que na ocasião representou o Bloco de Partidos.
Com a parceria o Prefeito Aguilar terá ao seu lado legendas como o PTB, PSB, PRB e o PDT, que comandou a ação de apoio. No total serão mais 20 candidatos a Vereador, sendo 14 homens e 6 mulheres, num total de 8 partidos.
Segundo Ricardo Batista, Presidente do Diretório do PDT e representante do Bloco de Partidos, o acordo de apoio mostra que o Prefeito tem visão política. "O Prefeito Aguilar reconheceu o Plano de Governo do Bloco e nada mais justo do que trazer para si as pessoas que tem uma nova mentalidade política para a cidade e região. Isto mostra que o Prefeito Aguilar tem visão política apurada, o que é benéfico para a cidade", disse. (Fonte: Câmara Municipal de Caraguatatuba)

TJ determina bloqueio de bens do deputado Antonio Carlos
Deputado tucano afirma que o acordo foi apenas devido ao caráter emergencial da questão e que contrato foi rescindido com dois meses de vigência

Caraguatatuba - O Tribunal de Justiça de São Paulo determinou o bloqueio dos bens do deputado estadual, Antônio Carlos da Silva (PSDB) e da empresa Nutriplus Alimentação e Tecnologia LTDA por causa de um contrato para fornecimento de merenda escolar, firmado em 2002 entre a prefeitura de Caraguatatuba e a empresa.
O ex-prefeito é acusado de contratar a Nutriplus sem licitação. O despacho do TJ determina a indisponibilidade dos bens do ex-prefeito e da empresa até o valor do contrato atualizado. Na época, o valor era de pouco mais de R$ 734 mil. A decisão é fruto de uma ação civil pública movida pelo Ministério Público de Caraguatatuba.
A decisão impede que o deputado e a empresa vendam qualquer um dos imóveis de propriedades deles.
O contrato foi firmado durante o segundo mandato do ex-prefeito. O deputado disse que contratou a empresa no ano de 2002 para o fornecimento de merenda escolar “em caráter emergencial”. O contrato era para vigorar pelo período de quatro meses. “Eram precisos 100 merendeiras e como a licitação não daria tempo de fazer, quisemos fazer uma emergencial. Mas eu não gostei do resultado e a qualidade não era o que eu esperava”, explicou o tucano.
O ex-prefeito disse que criou um programa para a questão da merenda escolar. “Então criamos o “Tempero de Mãe”, que ganhamos prêmios. Ele não reduziu os custos, mas fortaleceu a família na escola”, comentou o deputado.
O contrato para o fornecimento da merenda escolar, segundo o ex-prefeito, foi rescindido com dois meses de vigência. Antonio Carlos disse que vai recorrer da decisão do Tribunal de Justiça.
A assessoria de imprensa da Nutriplus Alimentação e Tecnologia LTDA, em nota ao Imprensa Livre, disse que a empresa teria sido inclusa “equivocadamente” na decisão do Tribunal de Justiça.
Segundo a nota, ontem o departamento jurídico da empresa requereu pessoalmente ao juiz da 1ª Vara de Caraguatatuba a reconsideração da decisão. A Nutriplus espera que a decisão deva ser revogada ainda na próxima semana. (Fonte: Imprensa Livre)

Notícias de Ilhabela Topo

Portal da Palmeira

Proerd forma novos cidadãos conscientes

Ilhabela - Na última sexta-feira, 16, a Polícia Militar(PM), em parceria com a Secretaria da Educação de Ilhabela, entregaram os certificados aos 234 alunos, de 4ª série do ensino fundamental e APAE, que participaram do Proerd (Programa Educacional de Resistência às Drogas), durante três meses. A formatura aconteceu no prédio da Escola Municipal Ana Leite Julião Torres.
Segundo o coordenador do projeto, o soldado Egberto Jacinto dos Santos, há dois anos o projeto não acontecia. "Nós trouxemos de volta e passamos 10 semanas com essas crianças falando sobre as drogas, o álcool e as conseqüências destes para a vida delas", conta.
De acordo com o soldado, o Proerd é realizado nas 4ª séries por ser uma fase de transição da infância para a pré-adolescência, onde, geralmente, acontecem os primeiros contatos com as drogas.
"E têm pesquisas que provam que este trabalho dá resultados! Elas comentam o que elas viram na rua, que tem relação com o que discutimos em sala e também aproxima a Polícia das crianças", destaca.
O vereador Luiz Lobo (PSDB), que compôs a mesa com as autoridades, durante seu discurso relembrou às crianças sobre o seu aprendizado. "Eu parabenizo o trabalho realizado pela Polícia e agora às crianças formadas, porque se tornaram diferentes! Sabem que violência e drogas caminham juntas e os problemas que causam à vida", diz.
O Secretário de Educação, Antônio Cornélio Morais Filho, acompanhou a fala de Lobo, e acrescentou. "Isso é em prol de uma vida saudável! A PM, através do soldado Egberto desenvolve um excelente trabalho de conscientização".
Opinião da Escola - O pequeno formando, Leandro Brito de Andrade, 9 anos, da Escola Municipal (E.M.) Doutor Salvador Arena, relata que aprendeu o quanto as drogas fazem mal a saúde das pessoas. "A pessoa fica tonta, pode ser presa e um monte de coisas".
A professora, Andréa de Souza, do Salvador Arena, descreve que foi realizada uma conscientização das conseqüências psicológicas, físicas e familiar do que as drogas e o álcool podem gerar. "Foram trabalhos utilizando a cartilha do Proerd, oralmente ou até com músicas".
Já a educadora Sônia Leite, da mesma escola, dá atenção ao depoimento de um dos seus alunos, que a afirmou que seria um multiplicador do que aprendeu com o programa. "Ele nos disse que vai orientar aos outros, com tudo o que estudou no Proerd".
Outra professora que relatou o trabalho, Renata Lúcia Fernandes, lamenta o projeto durar pouco. "As crianças sentem falta. Era somente uma vez por semana e sempre estavam ansiosas por esse dia!".
Participaram deste projeto as escolas: APAE, EM. Sebastião Leite, E.M. Derci Andrade de Castro, E.M. Maria Tereza de Freitas Vidal, E.M. Ofélia Reali Montanhesi e E.M. Drº Salvador Arena.
O Programa inicia em novas escolas e há a intenção da PM em estendê-lo às 6ª séries do ensino fundamental.
O Proerd é um projeto com caráter social preventivo, voltado aos alunos da 4ª série do ensino fundamental, com idade entre 09 e 12 anos, oferecendo atividades educacionais em sala de aula, que inserem nas crianças a necessidade de desenvolver as suas potencialidades, ajudando a preparar para o futuro uma geração consciente do exercício de sua cidadania. (Fonte: Câmara Municipal de Ilhabela)

Moção de Louvor em reconhecimento ao trabalho dos profissionais envolvidos no caso Nardoni

Ilhabela - O Vereador Márcio Garcia (PTB), da Câmara Municipal de Ilhabela, apresentou na última sessão ordinária (12/05) uma Moção de Louvor ao Juiz de Direito, Dr. Maurício Fossen, ao Dr. Francisco José Taddei Cembranelli, ambos do 2º Tribunal do Júri do Foro Regional de Santana da Comarca da Capital/SP, aos Delegados do 9º Distrito Policial do Carandiru, na cidade de São Paulo, Calixto Calil Filho e sua assistente, Renata Helena Pontes, bem como aos peritos criminais e a todos os policiais civis e militares envolvidos na investigação do assassinato da menina Isabella Nardoni, pela eficiência do trabalho realizado que culminou com a prisão de Alexandre Alves Nardoni e Anna Carolina Trotta Peixoto Jatobá.
“Sensível ao cenário que se apresentava, os Delegados requereram a prisão preventiva do casal, no que foram acompanhados pelo ilustre Promotor. Ao analisar o requerimento de prisão preventiva o Juiz de Direito, levou em conta a existência de prova da materialidade do crime e os indícios concretos da autoria em relação ao casal, e, principalmente, na necessidade de garantir a instrução processual. (...) Justiça também foi a preocupação revelada pelos demais profissionais envolvidos no caso. Num momento em que predomina o descrédito nas instituições, inclusive no Judiciário, a prisão preventiva dos acusados de um crime tão bárbaro vem reacender a esperança de que o Estado alcance efetivamente os seus fins”, afirma o Vereador Márcio no texto na moção.
Segundo o edil, a prisão dos acusados pelo assassinato de Isabella Nardoni, revela-se legítima e restabelece a confiança da sociedade no ordenamento jurídico. (Fonte: Câmara Municipal de Ilhabela)

Câmara suspende expediente no próximo dia 24

Ilhabela - De acordo com a Portaria nº 16/2008, em função do feriado de “Corpus Christi”, no próximo dia 22 de maio, o Presidente da Câmara Municipal de Ilhabela, Professor Joadir Capucho (PTB), determinou a suspensão do expediente do Legislativo no próximo dia 23, sexta-feira. As atividades da Câmara serão reiniciadas no próximo dia 26, segunda-feira. (Fonte: Câmara Municipal de Ilhabela)

Comissão de Meio Ambiente e qualidade de vida de escola municipal dá início a trabalhos no município

Ilhabela - A escola municipal Sebastião Leite da Silva, localizada na região Sul de Ilhabela foi sede da primeira reunião da Comissão de Meio Ambiente e Qualidade de Vida da Escola Sebastião Leite na semana passada.
A Comissão tem o objetivo de fortalecer e estimular o desenvolvimento da Agenda 21 Escolar e definir estratégias de ação e propostas voltadas ao papel e à atuação da comissão dentro da escola.
A discussões giraram entorno de assuntos como a criação de uma horta escolar, como dar continuidade e ampliar o projeto “Água e Óleo Não se Misturam”; como a escola poderá desenvolver o projeto “Arborizar é Educar” e propostas para serem desenvolvidas na Semana do Meio Ambiente em junho.
O encontro contou com a presença de pais, alunos e professores da unidade escolar que foram eleitos para fazer parte da comissão em novembro de 2007.
Estiveram presentes também o Grupo de Trabalho Educação (GT-EDUCAÇÃO) da Agenda 21 do Litoral Norte e a Equipe de Projetos da Secretaria Municipal de Educação de Ilhabela.
O encontro foi fechado com o compromisso de a Comissão se reunir mensalmente na Escola para discutirem propostas. A próxima reunião acontecerá no próximo dia 21 deste mês às 18h. (Fonte: Imprensa Livre)

Notícias de São Sebastião Topo

São Sebastião Basfibra

Um exercício de paciência que exige técnica

São Sebastião - A prática da pesca noturna já virou tradição quase diária na praia de Boiçucanga, costa sul de São Sebastião. Quando o mar está revolto os pescadores preferem não arriscar. Segundo eles, a atividade ganhou força depois que a orla da praia recebeu iluminação pública, por toda sua extensão, há aproximadamente 3 anos. "A iluminação atrai os cardumes de sardinhas que atraem os peixes grandes", contou o pescador Clodoaldo da Silva Saraiva, 39 anos, que mora no Litoral Norte desde a década de 80.
É ver para crer. Da areia os pescadores executam 'facetas' que leigos no assunto apostariam ser possíveis apenas em alto mar. Exibem orgulhosos exemplares de peixe espada, robalo e cação de até 15 quilos.
"Para pescar espada, a vara de pesca pode chegar a 3,5 metros de altura e uma bóia luminosa", completou Clodoaldo Silva. Bóia luminosa é um tipo de mecanismo desenvolvido especialmente para a pesca do cobiçado peixe espada, que permanece acesa após o arremesso e indica quando o animal fisgou a isca, geralmente feita com sardinha.
O peixe espada possui corpo afilado prateado com dorso e cabeça mais escuros. Não tem escamas. "O verão é o melhor período para pesca de espada, pois eles (os cardumes de peixes) se aproximam da orla", explicou o pescador Rodrigo Mutuca, 40 anos, que trocou Mogi das Cruzes por Boiçucanga. "No calor, a pescaria vai noite afora".
Rodrigo relembra que conheceu a pesca noturna por meio do amigo Clodoaldo faz cerca de 6 anos e não parou mais. A paixão foi tanta que Rodrigo abriu uma loja de artigos para pescaria.
O valeparaibano montou um kit básico para pesca de iniciantes com vara, molinete, linha, chicote e chumbo junto com pacote de 50 anzóis pequenos por R$ 76. Aos pescadores de 'primeira viagem' a satisfação vale o gasto. Com treino, dizem os pescadores, pode-se aprender pescar em 5 meses.
O empresário paulistano Jorge Zodbi, 38 anos, mora na cidade de São Sebastião há 12 anos. Além de pescar, ele também atua como guia de pesca levando turistas para praticar pesca esportiva e mergulho pela costa sul do município, que é repleta de pontos que concentram vida marinha. "Sempre fui interessado pelo universo da pesca, desde criança. Nesses anos vi milhares de espécies diferentes, peixes oceânicos. Onde tem cardume estou lá".
OUTUBRO - A aproximação do inverno traz obstáculos naturais difíceis de conter: o frio, queda na temperatura e forte agitação marítima constantemente. Quem arrisca vai agasalhado, mas descalço como o pescador caiçara Cyro Oliveira, 55 anos. "Acostumamos. O frio acaba sendo normal", disse, sem tirar a atenção da vara de pescar.
O jardineiro João José, 31 anos, disse que também pesca de agasalho durante as noites frias da estação. "Não importa se está frio ou calor o que vale é pescar. Alivia os problemas e extrai o peso da consciência. Gosto de pescar desde pequeno. Hoje ensino meu filho Jonas de 5 anos". O jardineiro disse ainda que não vende todo seu pescado.
"O pescador precisa de paciência e experiência na montagem do equipamento". João José, que nasceu em Pernambuco, já pescou um robalo de 15 quilos. (Fonte: ValeParaibano)

Curso para pescadores acontece dia 30 de maio

São Sebastião - A Divisão de Pesca, órgão ligado a Secretaria de Meio Ambiente de São Sebastião, promove no dia 30 de maio curso de associativismo e cooperativismo destinado aos pescadores. O curso integra o plano de ações elaborado pela equipe do Desenvolvimento Regional Sustentável (DRS). O objetivo é auxiliar iniciativas dos pescadores para atender ao tripé de sustentabilidade, ou seja, economicamente viável, justa e que não agrida ao meio ambiente. Trata-se de estratégia de negócios do Banco do Brasil, que concederá crédito e prevê apoio na busca por soluções de todos os problemas enfrentados pela categoria. (Fonte: ValeParaibano)

Iluminação na Orla melhorou Boiúcanga

São Sebastião - Em dezembro de 2006, foi concluída a instalação de 45 postes que iluminam a praia de Boiçucanga por seus dois quilômetros. À época o custo divulgado da obra foi de R$ 148 mil. Na cidade, também receberam iluminação pública as praias Porto Grande, Pontal da Cruz, Arrastão e São Francisco. Segundo a assessoria de imprensa da Prefeitura de São Sebastião, ainda existe projeto para que a praia de Maresias receba a iluminação --possivelmente até o final do ano-- de forma que seja possível vê-la iluminada a noite da Praça Internacional do Surfe, a principal do bairro. (Fonte: ValeParaibano)

Nova Sala de Controle do Tebar é inaugurada
Cerimônia contou com a presença do presidente da Transpetro, Sergio Machado e do prefeito de São Sebastião, Dr. Juan Garcia

São Sebastião - O presidente da Transpetro, Sergio Machado, esteve em São Sebastião nesta sexta-feira (16/5), para a inauguração da nova Sala de Controle do Terminal Aquaviário Almirante Barroso (Tebar). Machado foi recepcionado pelo prefeito Dr. Juan Garcia e a cerimônia de entrega contou ainda com a presença do gerente aquaviário terminal Paulo Penchiná, do diretor de oleodutos, Cláudio Campos, do administrador do Tebar, Cosme Damião Lemos, do coordenador do Sindicato dos Petroleiros do Litoral Paulista, Wilson Gomes, do presidente da Companhia Docas, Frederico Bussinger e demais autoridades da região.
Com um espaço maior e novos equipamentos, a sala foi construída para atender ao crescimento operacional do terminal e proporcionar melhores instalações aos operadores. Sua localização permite visualizar todo complexo (equipamentos, dutos e tanques em terra às operações dos navios no Canal de São Sebastião) e toda movimentação de petróleo e derivados é coordenada e controlada de maneira centralizada, nos mesmos padrões construtivos do Centro Nacional de Controle Operacional.
Paulo Pechiná, gerente aquaviário terminal, disse que a Sala de Controle é mais uma ação que mostra a busca da Transpetro pela excelência em segurança nacional de suas operações.
Cláudio Campos, diretor de Oleodutos, reforçou a importância do Tebar como um dos terminais fundamentais de operações da Transpetro.
O prefeito, Dr. Juan Garcia, se disse honrado em receber mais uma vez o presidente Sergio Machado no município, agradeceu as parcerias realizadas entre a empresa e a cidade e reforçou reivindicações, como o auxílio na conquista de uma Unidade de Trauma para o Hospital de Clínicas.
Em seu pronunciamento, Sergio Machado disse que a Sala de Controle é um reflexo do objetivo da empresa em acompanhar o momento que o país vivencia, de crescimento e desenvolvimento. “É hora de investir cada vez mais”, valorizou. O discurso foi centrado nas ações do Governo Federal. Para Machado, este é o século do Brasil, momento de explorar suas riquezas. Ele citou a polêmica do etanol, garantindo que os estudos e ações nessa área não afetam o desenvolvimento da área alimentícia do país. “Temos que explorar nossas riquezas para melhorar a vida dos brasileiros. Aprendi que se tiver fazendo alguma coisa e ninguém estiver reclamando, devemos mudar, pois na verdade não estaremos fazendo nada”, declarou. (Fonte: Prefeitura Municipal de São Sebastião)

Proerd forma 430 alunos da rede municipal de ensino em São Sebastião

São Sebastião - O Proerd (Programa Educacional de Resistência às Drogas) da Polícia Militar realizou na última quinta-feira (15/5), a formatura de 430 alunos das Escolas Municipais Machado Rosa, Iraydes Lobo Viana, Verena Dória, Barequeçaba e Maria Francisca, em São Sebastião. A solenidade foi realizada no ginásio José de Souza Gringo, o Gringão e contou com a presença da secretária de Educação, Marilene Ramachotti Leite, que ressaltou a importância do programa para os alunos da rede. “A parceria entre Prefeitura e Polícia Militar tem dado muito certo, com resultados positivos para a escola, os alunos e conseqüentemente suas famílias. Já estamos estudando a possibilidade da continuação do programa com a segunda fase do Ensino Fundamental”, comentou. A Seduc também colaborou na confecção das camisetas dos formandos.
A solenidade de formatura contou ainda com a presença do comandante do 20º Batalhão da Polícia Militar, Tenente Coronel Milton Pouza Junior, do delegado da Capitania dos Portos em São Sebastião Capitão de Fragatas, Carlos Eduardo Pessoa Monteiro, do Secretário de Segurança Urbana, Erwin Mota, do comandante da Guarda Civil Municipal, Oduvaldo Romano, do presidente da Associação Comercial e Industrial de São Sebastião, Fábio Aranha e do presidente do Litoral Norte Convention Visitors & Bureau, Eduardo Cimino, entre outras autoridades. (Fonte: Prefeitura Municipal de São Sebastião)

Prefeitura homenageia vencedores do Mapa Cultural Paulista

São Sebastião - A Prefeitura de São Sebastião, através da Secretaria de Cultura e Turismo, homenageou nesta sexta-feira (16/05), os vencedores da fase estadual do Mapa Cultural Paulista, o grupo de dança “Descendentes de Rua”, do bairro São Francisco, região central de São Sebastião.
Na oportunidade foi oferecido um café da tarde aos dançarinos e pais. O encontro teve a presença do prefeito de São Sebastião, Dr. Juan Garcia, do presidente do Fundo Social de Solidariedade, Rosa Mota, do secretário de Cultura e Turismo, Júlio Buzi, do diretor de Cultura, Gleivison Gaspar, e dos coordenadores das oficinas culturais, Indiara Gomes e Fred Pereira de Jesus.
O grupo “Descendentes de Rua” concorreu e venceu outros 12 grupos de diversas regiões do Estado. O grupo chegou à vitória na fase regional com a coreografia “O Pescador”, uma mistura de dança de rua, teatro e capoeira. O grupo apresentou ainda no Mapa Cultural Paulista “Crônicas do Cotidiano”, desenvolvida dentro do tema proposto pela organização para os 13 finalistas: dança, cidade e transformação.
“Vencer é difícil e agora mais do que nunca terão de provar que são campeões”, destacou o diretor de Cultura, Gleivision Gaspar.
Já o secretário de Cultura e Trusimo, Júlio Buzi, disse que é orgulhoso ter o grupo representando São Sebastião.
O prefeito de São Sebastião, Dr. Juan Garcia, agradeceu aos dançarinos e disse que o título conquistado superou as expectativas.
“Nossa conquista foi o resultado de um trabalho árduo, recompensa de um grande esforço. Aprendemos com as derrotas e aproveitamos ao máximo as críticas. O resultado veio”, avaliou o coreógrafo Júnior Rocha. (Fonte: Prefeitura Municipal de São Sebastião)

Conseg Centro discute prédio da antiga Cadeia Pública de São Sebastião

São Sebastião - O Conselho de Segurança (Conseg) da região central se reuniu na noite da última quinta-feira (15/5), na sede da Associação Comercial e Industrial de São Sebastião (Aciss) para uma reunião em que dentro dos vários assuntos se destacou a discussão quanto ao que será feito com o prédio que abriga a antiga Cadeia Pública do município, que em 2006 foi desativada pela Prefeitura de São Sebastião e a Secretaria de Administração Penitenciária (SAP), do Governo Estadual.
Nos próximos dias, a Secretaria de Obras e Planejamento (Seop) pretende apresentar aos membros do Conseg um projeto para o local, localizado na Vila Amélia. A idéia, segundo o presidente do Conseg, Flávio dos Santos Pereira, é que a antiga Cadeia Pública abrigue um prédio para as Delegacias. “Vamos pedir para o Governo do Estado ceder o prédio ao município para que possamos aproveitar as instalações”, ressaltou Pereira.
A próxima reunião do Conseg Centro está agendada para o dia 12 de junho (quinta-feira). (Fonte: Prefeitura Municipal de São Sebastião)

Crianças sebastianenses terão tratamento gratuito em ortodontia no Projeto Bem-Te-Vi

São Sebastião - Integrantes da Associação dos Profissionais de Saúde (APS) de São Sebastião realizaram nesta sexta-feira (16/5) a triagem de crianças para o Projeto Bem-te-vi, desenvolvido com a Prefeitura, por meio da Secretaria de Saúde (Sesau). A proposta prevê que 100 crianças entre 7 e 14 anos com patologias que façam parte do cronograma do curso de aperfeiçoamento de dentistas e fonoaudiólogos desenvolvido pela entidade tenham acompanhamento gratuito, com o uso de aparelhos odontológicos.
A seleção foi realizada no CEO – Centro de Especialidades Odontológicas -, localizado no Centro de Saúde ‘Josiane Pereira de Jesus’, na Topolândia e os pacientes foram pré-selecionados pelas assistentes sociais da municipalidade.
Leonardo Silva, 7 anos, foi o primeiro a ser examinado pelo coordenador do curso e presidente da APS, Renato Pazinatto. O paciente reside na Baleia Verde, em Barra do Sahy, Costa Sul de São Sebastião e veio acompanhado pelo avô, Onorato José de Souza. “Estou muito contente com a oportunidade, se der certo, será muito bom pra ele. Se tivesse que pagar o aparelho, não teria condições”, revela Souza, que é vendedor ambulante.
O dentista Paulo Henrique de Castro Silva é um dos profissionais que realiza o curso da APS. Para ele, mais importante que aperfeiçoar a técnica e melhorar o atendimento que presta aos pacientes, é proporcionar à população mais carente a oportunidade de realizar o tratamento necessário. “A maioria das pessoas selecionadas não têm informação sobre essas patologias e o custo do tratamento foge à sua realidade, dessa forma, o Projeto é essencial para que possamos ajudá-los e em contra-partida adquirirmos mais experiência”, opina.
O Projeto Bem-Te-Vi foi apresentado aos membros do Conselho de Saúde (Comus) e aprovado em reunião extraordinária, no dia 9 de outubro de 2007. Já o curso de aperfeiçoamento de dentistas e fonoaudiólogos é desenvolvido há mais de oito meses no município. (Fonte: Prefeitura Municipal de São Sebastião)

Notícias de Ubatuba Topo

Restaurante Solar das Águas Cantantes ACIU

Audiência entre pescadores e Xico Graziano acontece nesta segunda-feira, 19
A pauta da audiência é a criação de Áreas de Proteção Ambiental (APA’s) e Áreas de Relevante Interesse Ecológico (AIRE’s) no Litoral Norte, que poderá influenciar significativamente nas atividades pesqueiras da região

Ubatuba - A Prefeitura de Ubatuba, informa aos pescadores de Ubatuba e demais setores interessados que acontecerá uma audiência com o secretário estadual de Meio Ambiente, Xico Graziano, nesta segunda-feira, 19, a partir das 15h, no Salão da Igreja São Francisco. O objetivo do evento é discutir a criação das Áreas de Proteção Ambiental (APA’s) e Áreas de Relevante Interesse Ecológico (AIRE’s) no Litoral Norte, que poderá influenciar significativamente nas atividades pesqueiras da região.
A audiência é uma solicitação do próprio setor, juntamente com a prefeitura e será acompanhada pelo prefeito Eduardo Cesar, e pelas secretárias municipais de Agricultura, Pesca e Abastecimento, Valéria Gelli e de Meio Ambiente, Cristiane Gil. (Fonte: Prefeitura Municipal de Ubatuba)

Cetesb adverte Sabesp por lançamento de esgoto em rio do município

Ubatuba - A Sabesp de Ubatuba foi advertida pela Cetesb (Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental do estado de São Paulo) pelo lançamento de água com excesso de amônia, no Rio Grande, na altura do bairro do Ipiranguinha, zona Oeste do município.
O líquido, que é chamado de “saída”, é o material restante do tratamento de esgoto coletado pela rede de saneamento básico de parte da cidade.
De acordo com o gerente da Cetesb em Ubatuba, João Carlos Milanelli, os resultados referentes à medição do mês passado apontaram padrões para nitrogênio amoniacal superiores ao limite considerado legal por uma resolução do Conama, que regulamenta o setor. “A Cetesb realiza o controle e verificação das estações de tratamento da Sabesp com freqüência e, neste caso, a detecção do problema foi relatada em um auto-diagnóstico da própria Sabesp, que é enviado mensalmente à Cetesb”, relata o gerente da Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental do estado de São Paulo, João Carlos Milanelli, lembrando que, não houve multa, por se tratar da primeira advertência em relação ao problema.
Entretanto, ele ressalta que, uma segunda infração sobre a mesma situação irá gerar a autuação. Segundo João Carlos Milanelli, a advertência já exige, automaticamente, um melhora no nível de tratamento da água que é lançada diretamente no Rio Grande, nas imediações do Ipiranguinha, zona Oeste do município.
A reportagem do jornal Imprensa Livre tentou o contato com a Sabesp, mas a empresa relatou que ainda não tinha conhecimento da advertência. A Cetesb, entretanto, confirma a infração e divulga que o número do processo é 35 00047/08, de 28/04/2008. (Fonte: Imprensa Livre)

Prefeitura faz mutirão contra a dengue na região sul com a participação do exército
Operação totalizou 3.222 imóveis percorridos nos bairros Araribá, Sertão da Quina, Maranduba e Vila Santana

Ubatuba - A região sul do município de Ubatuba recebeu, nesta quinta-feira, 15, uma verdadeira operação de guerra contra o mosquito da dengue. A ação contou com o apoio de cem homens da 12ª Brigada de Infantaria Leve Aeromovel de Caçapava, que se uniram aos agentes de endemias, de saúde da família e de controle de vetores para orientar a população e retirar possíveis criadouros do mosquito. Foram vistoriados os bairros Vila Santana, Maranduba, Araribá e Sertão da Quina, totalizando 3.222 imóveis percorridos.
Apesar de todas as campanhas nacionais, regionais e municipais, com ampla divulgação na mídia, a quantidade de lixo jogada nas ruas, terrenos baldios e imóveis é muito grande. São sacos plásticos, copos descartáveis, garrafas, brinquedos, papéis e outros materiais inservíveis que constituem um verdadeiro perigo contra a saúde pública, por acumularem água e propiciarem o desenvolvimento de larvas do mosquito da dengue.
O superintendente de Proteção à Saúde, Neilton Nogueira, lembra que, embora a prefeitura realize a limpeza das ruas e recolha o lixo produzido, a população precisa colaborar com a manutenção desta limpeza. “É fundamental que a população colabore, mudando seus hábitos em relação ao lixo, que não pode ser jogado ao relento. As crianças devem ser orientadas pelos pais e os adultos precisam tomar consciência que um simples copo plástico jogado no chão pode dar origem a dezenas de mosquitos da dengue.”
Resguardando fronteiras - O mutirão teve como objetivo prevenir a região sul, uma das principais portas de entrada do município, contra o risco, uma vez que a cidade de Caraguatatuba vem registrando casos positivos da doença. Apesar de não ter registrado nenhum caso autóctone desde agosto do ano passado, o município se esforça para afastar o risco que ronda as suas fronteiras.
O capitão Ávila, que acompanhou e comandou os soldados durante a ação em Ubatuba, afirma que as forças armadas se sentem honradas em participar de operações como esta. “Nós fazemos parte dessa nação bonita e estamos unidos ao poder público e à população, na luta pelo bem comum. Como a cidade de Ubatuba conseguiu atingir o índice 0 de casos de dengue, nós estamos aqui, juntamente com a prefeitura, fazendo este trabalho de prevenção, para diminuir ainda mais as chances de que a dengue volte a acontecer no município.”
Moção de congratulações à equipe de combate à dengue - O secretário de saúde Clingel Frota ressalta que Ubatuba vive hoje uma outra realidade em relação à dengue. “Graças à dedicação da equipe de Controle de Endemias, que tem trabalhado incansavelmente, nós conseguimos obter excelentes resultados. Em vista disso, a Câmara Municipal lhes entregará, não próxima terça-feira, uma Moção de Congratulação, pelos relevantes trabalhos prestados à população ubatubense. Se Ubatuba hoje respira com tranqüilidade, deve-se ao esforço destas pessoas.”
Para o prefeito Eduardo Cesar, a ausência de casos positivos da doença é motivo de alegria, mas não significa que o trabalho de prevenção possa parar. “Nós não podemos nunca descuidar do combate aos criadouros de dengue. Precisamos estar sempre alertas para impedir que a dengue volte ao nosso município”. (Fonte: Prefeitura Municipal de Ubatuba)

III Sipat da Prefeitura de Ubatuba supera expectativas
Participação dos funcionários foi maior do que em anos anteriores; sugestões apresentadas serão encaminhadas às chefias

Ubatuba - Terminou nesta sexta-feira, 16, a III SIPAT (Semana Interna de Prevenção de Acidentes no Trabalho) da Prefeitura de Ubatuba. O evento foi realizado no auditório da E.M. Tancredo Neves e contou com palestras sobre Lesões por Esforços Repetitivos, prática da ginástica laboral, prevenção à dengue, acupuntura, DST, além de temas específicos ministrados por convidados da Sabesp, Elektro e Corpo de Bombeiros.
Para a presidente da CIPA (Comissão Interna de Prevenção de Acidentes), Vitalina Maria de Arruda, a semana superou seus objetivos. “Tivemos um bom retorno dos funcionários, que compareceram em maior número que nas edições anteriores. As palestras foram interativas e todos participaram com alegria e interesse. Acredito que essa foi a melhor edição do evento”, conta Vitalina. O apoio das secretarias municipais foi fundamental para o sucesso do evento, segundo Silvio Bourget, gerente de segurança no trabalho da Prefeitura de Ubatuba.
“Todos os secretários colaboraram, permitindo que seus funcionários viessem às palestras, inclusive incentivando as participações. Outros enviaram profissionais para ministrar palestras. Enfim, a Administração demonstrou ser parceira do evento. Todas as sugestões apresentadas durante esses dias farão parte de um relatório, que será encaminhado às chefias para possíveis melhorias nas condições de trabalho dos funcionários”, disse Silvio. Durante o evento foram sorteados diversos prêmios para os participantes e o principal foi uma TV 21 polegadas, que será entregue na casa do funcionário contemplado.
A III Semana Interna de Prevenção de Acidentes no Trabalho da Prefeitura de Ubatuba teve o apoio da ASPEM (Associação dos Servidores Públicos e Empregados Municipais), Fundo Social de Solidariedade da Prefeitura de Ubatuba, Banco BMC, Banco HSBC, Pousada Naan, Supermercado Paulista e Supermercado Semar. (Fonte: Prefeitura Municipal de Ubatuba)

Prefeitura de Ubatuba entrega piscinas no Sertão da Quina e Perequê-Açu
Cerca de 700 crianças serão atendidas de imediato; em breve o atendimento chegará a 1500 crianças por unidade

Ubatuba - A Prefeitura de Ubatuba entrega para a comunidade na próxima sexta-feira, 23, as piscinas municipais dos bairros Sertão da Quina e Perequê-Açu. São duas piscinas semi-olímpicas que estão instaladas nas Escolas Municipais Nativa Fernandes e Marina Salete Nepomuceno do Amaral e atenderão neste primeiro momento cerca de 700 crianças dos bairros próximos às unidades. “Esperamos atender em breve a 1500 crianças em cada unidade”, comentou o secretário de Esportes e Lazer de Ubatuba, Bittencurt Jr.
Para o prefeito Eduardo César, os bairros ganham mais do que as piscinas. “ São dois complexos esportivos que contam também com um ginásios poli esportivo, que já vem sendo utilizados desde os Jogos Regionais de 2007”, disse o prefeito. “Cada complexo conta com aproximadamente dois mil metros quadrados de área e a comunidade terá a oportunidade de praticar esportes em locais modernos com o conforto de estar próximos às suas casas”, completou o prefeito.
O prefeito lembrou ainda que a cidade triplica o número de escolinhas de natação, após quase três décadas. “Desde a inauguração da Piscina Municipal em 1979, a cidade contava com apenas uma piscina para atender toda a população. Era grande a procura e não podíamos atender a todos. Agora com essas inaugurações conseguiremos atender um grande número de pessoas”, finalizou o prefeito.
A Piscina do Sertão da Quina será inaugurada no período da manhã, e à tarde acontecerá a entrega da unidade do Perequê-Açu. (Fonte: Prefeitura Municipal de Ubatuba)

Quilombo do Camburi recebe reforma da ponte pênsil da Vila Jambeiro

Ubatuba - A Prefeitura de Ubatuba, através da Administração Regional Norte, em parceria com a comunidade e outras secretarias municipais, atendeu mais uma reivindicação da comunidade do Camburi: a reforma da ponte pênsil da Vila Jambeiro.
Utilizada principalmente nos dias de fortes chuvas, quando o volume de água do rio aumenta e impossibilita o ir e vir da comunidade, a ponte pênsil não oferecia segurança aos moradores.
Com a ponte restaurada, o acesso ficou mais seguro, principalmente para os alunos que a utilizam diariamente. Para a reforma da ponte pênsil foram utilizadas madeiras de alta resistência e com tratamento, para suportar a ação do tempo e ter uma duração maior. Em seus 35 metros, foram feitos reparos estruturais, reforma dos portões de acesso, das rampas e pela primeira vez, a pintura completa.
Desta forma, além de levar segurança e respeito aos moradores, a reforma da ponte ofereceu algo bonito e agradável para a comunidade e turistas que por ali passam.
Para o prefeito de Ubatuba, Eduardo Cesar, “estamos procurando levar melhorias para o bairro do Camburi, que possui uma comunidade tradicional e que merece todo respeito. Além da nova passarela e da reforma do asfalto da estrada principal do bairro, agora reformamos a ponte pênsil, levando assim, mais dignidade para os moradores daquela região”. (Fonte: Prefeitura Municipal de Ubatuba)

Prefeitura de Ubatuba realiza audiência pública no final deste mês

Ubatuba - A Prefeitura de Ubatuba realiza no próximo dia 28 audiência pública para prestação de contas do 1º quadrimestre de 2008. A explanação sobre todas as receitas e despesas da Administração será feita pela secretaria municipal de Fazenda. A audiência será realizada na Câmara Municipal, às 19 horas. A prestação de contas por meio de audiências públicas é uma determinação da Lei de Responsabilidade Fiscal. “Todos devem participar para saber onde está sendo aplicado o dinheiro público”, afirma o prefeito de Ubatuba, Eduardo Cesar. (Fonte: Prefeitura Municipal de Ubatuba)

Grupo de artesanato com fibra de banana recebe apoio do Fundo Social de Solidariedade
A primeira-dama e presidente do Fundo Social, Denise Cesar, entregou ao grupo um liquidificador industrial, utensílio necessário para a preparação da matéria prima

Ubatuba - A Prefeitura de Ubatuba, através da Secretaria de Cidadania e Desenvolvimento Social, está desenvolvendo no Sertão do Ubatumirim um trabalho de artesanato com o uso da fibra da bananeira. Para dinamizar os trabalhos, as artesãs receberam, no último dia 14, um apoio especial: a visita da presidente do Fundo Social de Solidariedade, Denise Cesar, que foi acompanhar de perto os trabalhos realizados com a fibra da banana.
Na ocasião, a primeira dama efetuou a entrega de um liquidificador industrial, utensílio necessário para a preparação da matéria prima. Ao identificar que o liquidificador industrial se tratava de uma reivindicação para melhoria da produção dos trabalhos, a Administração Regional Norte encaminhou o pedido do equipamento ao Fundo Social, que prontamente atendeu a reivindicação.
“Agora o trabalho das mulheres que participam do curso será facilitado. O grupo é composto de mulheres esforçadas e animadas em aprender cada vez mais desta arte. Para elas, esta é uma forma de geração de renda que dará muitos resultados positivos em curto prazo”, comenta José Roberto Júnior, administrador da Regional Norte.
Bons frutos - O trabalho vem sendo desenvolvido junto a um grupo de moradoras do bairro, que estão conseguindo bons frutos a cada dia de curso. As técnicas são usadas desde o preparo da matéria-prima, utilizando muita criatividade para a confecção de inúmeros objetos.
“Este trabalho tem chamado a atenção da mídia regional, que tem nos procurado para conhecerem melhor o projeto aproveitamento da fibra da banana. O que era descartado antes, agora é utilizado, gerando renda para a comunidade”, diz o secretário municipal de Cidadania e Desenvolvimento Social, Claudinei Salgado. (Fonte: Prefeitura Municipal de Ubatuba)

Fundart promove cursos de canto e coral, para quem gosta de soltar a voz
Os interessados devem comparecer à sede administrativa da Fundart, em horário comercial, para fazerem suas inscrições

Ubatuba - Você certamente conhece aquele velho ditado que diz: “Quem canta, os males espanta”, não é? E o que está esperando para começar a colocá-lo em prática? A Fundação de Arte e Cultura de Ubatuba está promovendo diversos cursos para quem gosta de soltar a voz. Existem opções para adultos e crianças, em diferentes estilos, horários e locais. Os interessados devem comparecer à sede administrativa da Fundart, em horário comercial, para fazerem suas inscrições.
Para os adultos, uma das opções é participar do Coral Adulto da Sociedade Lira Padre Anchieta, mais conhecido como “Coro da Lira”. Regido pelos maestros Valdecy dos Santos e Amarildo da Hora, os ensaios acontecem no Sobradão do Porto, às quartas e sextas das 19 às 21 horas, gratuitamente. Outra boa pedida é o curso de técnica vocal, com a cantora mezzo-soprano Mariana Cioromila, com preços especiais para quem participa do Coro da Lira.
Entre as opções para crianças, destaca-se o “Coral Lirinha”, que é o Coral Infantil da Sociedade Lira Padre Anchieta, regido pela professora Leda Cardoso. As aulas acontecem gratuitamente, na sede do Projeto Guri, situado na Rua Hans Staden, 770, Centro. Instituições voltadas para crianças também podem solicitar um curso de coral para a Fundart, voltado para jovens de 9 a 16 anos. A Oficina Coral Infanto-Juvenil da Fundart já acontece no Grupo Aberto à Infância e Adolescência, chamado Gaiato e no Projeto Arco-Íris, da Fundac, regido pela professora Vera Tango.
Para mais informações, ligue para a Fundart: 3833-7000.
Apresentação imperdível - E se você gosta de assistir e ouvir bons shows de canto e coral, não pode perder a apresentação da Oficina Coral Infanto-Juvenil da Fundart e do Coro da Lira., que acontecerá no próximo dia 24, às 20h30 na Igreja Nossa Senhora de Fátima, situada no bairro Ipiranguinha. (Fonte: Prefeitura Municipal de Ubatuba)

Ubatuba terá workshop com músico do programa do Jô Soares
Projeto Social Música na Escola desenvolvido na Escola Municipal Maestro Pedrinho desperta atenção da mídia e workshop já é fruto desse trabalho

Ubatuba - No próximo dia 30 de maio, sexta-feira, às 19h30, Miltinho, o percussionista do Sexteto que acompanha o apresentador Jô Soares em seu programa na Rede Globo, realizará um workshop sobre música, no Auditório da Unitau, no bairro do Itaguá.
O evento tem duração prevista de uma hora e meia e Miltinho irá conversar com os participantes sobre música, carreira, além de ensinar algumas técnicas de percussão. O workshop é fruto do trabalho do músico Elias Batista, monitor do projeto social Música na Escola, mais conhecido como Escolata.
Apesar de alunos da Escolata, monitores e músicos da cidade terem lugar garantido no workshop, as vagas são limitadas e as inscrições e a retirada dos convites deverão ser realizadas na Secretaria Municipal de Educação, ou na Escola Municipal Maestro Pedrinho. O convite será trocado por um quilo de alimento não perecível, exceto sal e açúcar,
Escolata - O Projeto Social Música na Escola, desenvolvido pelo monitor Elias Batista, é trabalhado no bairro há aproximadamente 3 anos e tem repercutido de maneira muito positiva, já tem tendo atraído a atenção de várias mídias, como a Vanguarda, filiada à Rede Globo, que gravou um especial do programa Vanguarda Mix Verão e ainda de publicações especializadas como a Editora Abril que fez uma reportagem especial sobre o projeto na Revista Nova Escola.
Atualmente o projeto contempla aproximadamente 340 crianças, alunos e ex-alunos da escola, abrangendo desde a pré-escola até o ensino médio. “As crianças são envolvidas no ensino de diferentes áreas de atuação musical, seja tocando, cantando, dançando, encenando ou compondo, atividade que tornamos rotina nas atividades da Escolata, para auxiliar o desenvolvendo do gosto musical, e o olhar crítico das crianças para os produtos veiculados atualmente na mídia geral.”, diz Elias.
“Além disso, acredito ser muito importante esse exercício de composição, pois desenvolve a criatividade, a habilidade musical e até mesmo a auto-estima das crianças. Por isso dou tanta importância a esse momento, que pode ser um movimento totalmente independente de inspiração das crianças ou direcionado por mim, que também componho sozinho ou com alguns parceiros, como o DJ Jean, a quem agradeço muito pela amizade e companheirismo”, completa Elias.
O projeto é desenvolvido em horário contrário ao da aula, possibilitando assim que essa criança seja assistida por um período maior de tempo, impedindo que ela fique sozinha em casa, ou na rua, e auxiliando no seu desenvolvimento cognitivo, emocional e social.
Outra característica do projeto é a construção de instrumentos musicais a partir de sucatas, ou outros materiais que iriam para o lixo, colaborando também para a diminuição da quantidade de lixo em nosso planeta. (Fonte: Prefeitura Municipal de Ubatuba)

Formação continuada de professores é destaque em Ubatuba
Passagem de alunos da Educação Infantil para Ensino Fundamental é tema de encontro entre professores promovido pela Secretaria da Educação

Ubatuba - Quarta-feira, 14 de maio, a Secretaria Municipal de Educação promoveu o 1° encontro de Formação de Jardim III e 1° ano do ciclo I, no auditório da Escola Padre José de Anchieta. Esses encontros têm sido uma constante nas atividades promovidas pela secretaria, sempre com o objetivo de auxiliar na formação dos docentes da rede municipal.
Com a presença de aproximadamente 120 professores, a coordenação de Educação Infanfil, a equipe de supervisores da Secretaria e os formadores da Oficina Pedagógica ofereceram uma tarde de informações e reflexões sobre as práticas pedagógicas adotadas hoje pelos professores da rede, com a intenção de socializar as práticas positivas aplicadas em sala de aula e proporcionar um diálogo inicial entre os professores do Jardim III e do 1° ano do ciclo I, tendo como foco as expectativas do grupo em relação a aprendizagem dos alunos.
O encontro foi iniciado com uma palestra proferida pela supervisora Isabel Roseli de Souza Leite, que desenvolveu sua fala sobre como os estudiosos Piaget e Wigotsk, entre outros, compreendem a criança e quais as fases de desenvolvimento que ela atravessa.
Falou ainda sobre a importância que o ambiente e o professor têm na aprendizagem dos pequenos e de como uma relação de afetividade entre professores e alunos também influenciam no desenvolvimento escolar desta criança.
Logo após, as professoras Kátia, da EMEI Idalina do Amaral Graça e Miriam, da EM Padre José de Anchieta fizeram uma apresentação de suas práticas positivas no ensino da Matemática, seguidas pela professora Márcia, da EMEI Prof. Helena Maria Mendes Alves e pela professora Rossana, da EM Maria Josefina Giglio Silva, que também apresentaram suas práticas positivas, mas em Leitura e Escrita.
“Acredito estarmos trabalhando para auxiliarmos sempre o professor a aperfeiçoar sua prática pedagógica e conseqüentemente refletir em nossos alunos uma qualidade de ensino cada vez mais aprimorada.” diz Dircelene Todan Anchanjo, coordenadora da Educação Infantil.
Formação Continuada - Além deste encontro sobre a Educação Infantil e o Ensino Fundamental, na quinta feira, 15 de maio, foi a vez dos professores do 2° ano do ciclo I, também receberem formação, que aconteceu no salão de reuniões da Secretaria da Educação. Diagnósticos e propostas também fizeram parte da pauta deste encontro, que também tem como objetivo o aperfeiçoamento da prática pedagógica do professor em sala de aula.
Na próxima semana, quarta-feira, 21 de maio, serão os professores do 1° ano do ciclo II que participarão de um encontro de formação no salão da EM Padre José de Anchieta. (Fonte: Prefeitura Municipal de Ubatuba)

Oficinas de Biblioteca e de Produção de Textos foram um sucesso
Formador da Oficina Pedagógica ministrou, essa semana, duas oficinas na sede da Secretaria Municipal de Educação

Ubatuba - O professor Jorge Ivan, mestre em Lingüística Aplicada, e a professora Maria do Carmo Benício, ambos formadores da Oficina Pedagógica, ofereceram esta semana uma oficina de aperfeiçoamento de práticas para gestores, formadores, professores e auxiliares de biblioteca.
A oficina aconteceu na tarde de segunda-feira, 12 de maio, e foi especialmente direcionada aos auxiliares de bibliotecas escolares, diretores e vices dessas escolas.
Na sexta-feira, 16 de maio, o professor Jorge e a professora Lucilene Alcanfor, ministraram oficinas de produção de texto, cujo enfoque foi o desenvolvimento da criatividade e o estímulo à produção. Foram aplicados exercícios de produção de texto, após uma breve aula teórica sobre sua produção e finalizou com uma atividade de reescrita de texto.
Nas duas oficinas, os participantes demonstraram muita satisfação com o conteúdo e com a idéia apoiada pela Secretaria Municipal de Educação de incentivar os professores a trabalharem a produção de textos com seus alunos e assim criar uma demanda de escritores e leitores nas escolas da rede.
A oficina de Produção de Textos faz parte de um projeto que foi iniciado em março com uma Oficina de Literatura Infantil. O segundo encontro ocorreu em abril, com a Oficina de Gêneros Discursivos, onde a parte teórica foi apresentada aos participantes, e nesta semana foram colocadas em prática as informações disponibilizadas pelos formadores.
Todas essas ações estão inseridas no Programa Alfabetização e Letramento em Língua Portuguesa e Matemática da Secretaria de Educação, que compreende atividades de formação e capacitação de todos os professores do Ensino Fundamental da rede municipal. (Fonte: Prefeitura Municipal de Ubatuba)

Prefeitura de Ubatuba promove Programa de Alfabetização e Letramento
Equipe da Secretaria Municipal de Educação de Ubatuba participa de formação para capacitação de professores alfabetizadores

Ubatuba - A formação continuada de qualidade é um dos maiores investimento que a Secretaria Municipal de Educação vem realizando, com seu Programa de Alfabetização e Letramento. E é neste contexto de aprimoramento e socialização de conhecimento que parte da equipe da secretaria Educação, composta pelas formadoras Regina Dellalibera e Maria do Carmo Benício Oliveira, da Oficina Pedagógica e pela Supervisora Akemi Matsuoka, estão participando durante todo esse ano, do Programa Ler e Escrever – acompanhamento 2008, oferecido pela Secretaria Estadual da Educação.
Através da Coordenadoria de Estudos e Normas Pedagógicas, a formadora Jane Daibert Padula da Secretaria Estadual, estará promovendo dez encontros, que acontecem mensalmente, na cidade de Jacareí, onde o foco é a reflexão e o aperfeiçoamento das práticas pedagógicas em salas de alfabetização.
As cidades participantes deverão montar um plano de trabalho, escolhendo uma sala de alfabetização em uma escola de sua rede, e juntamente ao professor de sala deverão planejar as atividades sugeridas pela formadora. Enquanto a professora de sala irá aplicar a atividade, a equipe da Oficina Pedagógica irá observar e registrar a atividade, acompanhando o desenvolvimento dos alunos desta sala durante o desenrolar do ano letivo.
No Sesmaria - Em Ubatuba a equipe da Secretaria Municipal de Educação escolheu a Escola Municipal João Alexandre, no bairro do Sesmaria, para realizar esse trabalho. “Esse curso é uma continuação do Programa Letra e Vida que vem sendo desenvolvido desde 2006, cujo foco é a formação continuada e a mudança da prática pedagógica do professor”, diz Regina. “Terça-feira, 13 de maio, foi o nosso terceiro encontro, e nossas expectativas são muito positivas com os resultados desse trabalho”, complementam Carminha e Akemi. (Fonte: Prefeitura Municipal de Ubatuba)

5ª Festa da Tainha na Praia da Maranduba

Ubatuba - A ABAMVITUR - Associação Da Baía Do Mar Virado Para O Turismo Da Região Sul De Ubatuba, com o apoio da Prefeitura Municipal de Ubatuba, Secretaria de Turismo - SETUR e a Fundação de Arte e Cultura - FUNDART promoverá nos dias 22, 23 e 24 de maio a 5ª Festa da Tainha a partir das 19:00 horas, na Praça de Eventos da Praia da Maranduba km. 76,5 da Rodovia Caraguá - Ubatuba.
O evento contará com Shows de artistas locais e regionais, e também com apresentações de Grupos de Capoeira, Dança Country, Quadrilha entre outros.
A Tainha é Assada e servida na telha acompanhada de arroz, farofa e maionese, haverá também uma grande Praça de Alimentação onde algumas associações da região Sul estarão participando com suas barracas oferecendo quitutes típicos e caipiras, além de brincadeiras tradicionais de Festas Juninas, Venha participar!!!
CONTATOS: abamvitur@hotmail.com  - lick01@hotmail.com 

Cinema: SEMANA DE 16/05 A 21/05/2008

"HOMEM DE FERRO"
Lançamento e sucesso Mundial
ás 16:30 - 18:50 - 21:10hs
Última semana.

cineporto@hotmail.com

Poesia Topo

Dos direitos

Toda criança
deveria ter direito
a um rio com cachoeira
a um quintal
com árvore fruteira
a um pedaço de capoeira
a uma ilha ancestral
mesmo que seja a casa do avô
rodeada pelo bananal.

Félix Cabral

Carta do Leitor
As mensagens, fotos e opiniões  publicadas neste boletim são de inteira responsabilidade de suas fontes e autores,
não expressando necessariamente a opinião deste informativo. O envio de qualquer material para nosso e-mail
será considerado como autorizado a sua publicação e assumida a total responsabilidade pelo seu conteúdo.
As mensagens deverão conter nome completo, RG, endereço, telefone de contato e um e-mail válido.
Reservamos o direito de não publicar cartas que não contenham a devida  identificação do autor.
Topo

O dia em que Cunhambebe fugiu

5 de maio de 2008 às 14,30 horas, nesse dia e nessa hora Cunhambebe fugiu. Foi embora de Ubatuba. Largou tudo e deu no pé!
Nunca poderia imaginar que isso fosse acontecer. Eu ia andando pelo centro em direção ao calçadão quando vi o velho índio. Parecia que mais ninguém o estava vendo. Vinha todo torto, tropeçando nas pessoas, chutando as bicicletas jogadas na calçada, não sabia por onde andar. De repente deu de cara com um carrinho de lanche que ocupava toda a calçada e pulou para a rua. Foi o que bastou. Duas bicicletas vindo em sentidos opostos junto ao meio fio, uma com uma mulher e duas crianças e outra com um sujeito forte e mal encarado trombaram com ele sem dó. Pegaram o índio em cheio. As crianças quase caíram e a mulher teve um ataque histérico. Gritava muito. O homem mal encarado apenas xingou, mas disse em voz bem alta todos os palavrões que aprendera no inferno. Ninguém ligava, nem para o índio, nem para a cena. Conseguindo se safar, o cacique penetrou no calçadão, logo ali no começo em frente ao antigo Banespa. Deu uns dez passos e parou. Ficou estático e aterrorizado. Aqueles dois que haviam trombado com ele na rua parece que tinham se multiplicado. Era uma imensa multidão mal vestida, mal encarada e milhares de bicicletas por todo lado. Largadas pelo chão, amontoadas junto aos trambolhos que chamam jardineiras, amarradas nos postes, nas portas das lojas. E no meio disso tudo vendedores de bugigangas, de doces, ervas esparramadas sobre uma lona no meio de um dos poucos caminhos que sobraram.
Refeito do choque o índio se enfiou por aquela bagunça em direção ao mar que avistou ao longe através da praça da Igreja. Travou novamente quando chegou ao fim do calçadão. As coisas ficaram piores. Foi puxado para o meio de uma roda de gente por um sujeito que engolia vidros. O cara queria que ele o ajudasse a mostrar ao distinto público como engolir cacos de vidro era fácil até para um índio. Deu um safanão no desabusado, saiu do meio da roda e deu de cara com duas viaturas da polícia estacionadas bem no meio do calçadão, do lado do grupo que olhava o engolidor de vidros.
Alguém gritou: "péraí índio, fugindo do que?" Um policial sem saber do se tratava, mais que depressa segurou o fujão. Do meio da multidão se ouviu: "é isso aí seu guarda, prende esse índio, eles só aparecem por aqui pra vender palmito e tomar cachaça." E um outro gritou: "e ficam vendendo mandioca também, num sabe que é proibido? Pra cortá palmito e plantá mandioca tem que cortá o mato e esses índio finge qui num sabe qui é proibido cortá o mato, prende ele seu guarda."
Sem entender nada do que estava acontecendo o cacique falou que não queria vender nada, que só queria ir até o mar e pegar sua canoa. Aí sim é que a coisa pegou. Apareceu um sujeito com cara verde e disse que ele podia esquecer a canoa, canoa serve pra pescar e isso assusta os peixes e eles não voltam mais. E não é só canoa, disse ele, não pode também sair com barcão ou lancha, nada pode. E arrematou: "aqui em Ubatuba não pode cortar o mato, fazer casa nova, plantar mandioca, pescar. E passear de barco também não porque por aqui não pode ter lugar para desembarcar. Aqui só pode fazer cocô. Quanto mais, melhor. Quanto mais perto dos rios, dos riachos e das praias melhor, pode fazer o quanto quiser. Você, sua família, seus amigos, o pessoal que vem do Vale, todo mundo pode."
Ouvindo isso o cacique Cunhambebe se enfureceu. Endureceu a fisionomia, empinou o corpo assumindo uma posição arrogante e extremamente agressiva e bradou: "vocês são loucos, estou há mais de quatrocentos anos cuidando da minha maldição pra me vingar de vocês e agora vejo que não preciso mais me lixar com isso. Vocês mesmos sabem se arrebentar sozinhos. De tanto fazer asneiras e inventar regra errada no lugar errado vocês não sabem mais viver com a natureza e isso vai acabar com ela. Sem ela não vivo nem morto, vocês que se lixem, tô fora. Fui!"
Sumiu, nem se despediu de mim que o encontrei no meio da História e com quem conversei tantas vezes. Daqui em diante arrumar esta cidade está por nossa conta, será que vamos conseguir?

Renato Nunes
Ubatuba, SP

NE: Para melhor compreensão do texto acima, recomendamos que leiam também a crônica "A Maldição de Cunhambebe", de Renato Nunes.

APAs - Os Homens do Mar

Difícil promover a níveis razoáveis uma conscientização social, quase que impossível promover uma mobilização social, mas temos obrigação de zelar pelo lugar em que vivemos inclusive pela nossa soberania. Vários homens do mar senhores das águas, homens livres, iguais e fraternos que trabalham nas águas que nos cercam estiveram na Assembléia Legislativa de São Paulo levando o repúdio do setor pesqueiro a criação da APA Litoral Norte.
Empresários, comerciantes, candidatos, postulantes a cargos públicos, profissionais liberais, prestadores de serviço e outros confidenciaram sua indignação por essa ingerencia, mas ficam em cima do muro pelos seus temores e interesses pessoais. Talvez estejam na moita por acharem que essa medida afeta somente o povo do mar, e que seus negócios não serão afetados, estão redondamente equivocados. O Governo do Estado de São Paulo em sua Nota Oficial de Esclarecimento foi bem claro e bem vago “... terá um conselho gestor onde será proposta a regulamentação das atividades marinhas, incluindo a pesca profissional, artesanal, amadora, o mergulho, pesquisa, lazer, turismo, entre outras” Entre outras, convenhamos é bem maroto, com exceção do item pesquisa todos os demais estão intimamente atrelados ao desempenho da magra economia do município.
Aceitar uma intervenção que tira o mando da pesca em todas suas modalidades, das atividades náuticas, do mergulho, do turismo e inclusive o maroto “entre outras” é o mesmo que aceitar caladinho uma sentença de prisão domiciliar. Outra prisão que já dura 31 anos foi a do Núcleo Picinguaba que levou 80% da área do município onde nada pode ser feito. Face a essa brutal realidade, de nada poder ser feito, os investimentos migram e vão para lugares onde as coisas podem ser feitas. Aconteceu nas duas últimas semanas:
· R$ 150 milhões para saneamento básico do litoral sul
· R$ 100 mil Governo Estadual para as obras do Porto Novo Caraguatatuba
· Duas novas escolas em Caraguatatuba
· Paralisadas as obras de reforma na praça Alberto Santos o repasse de R$ 80 mil do Governo Estadual não veio.
Como no entorno do município o progresso, conseqüência dos investimentos, acontece a toque de caixa não seria exagero afirmar que corremos o risco de sermos em futuro bem próximo alguma coisa parecida com o Zoológico descrito na obra de Aldous Huxley O Admirável Mundo Novo.
Transcrevo o que um homem do mar esta distribuindo:

IMPORTANTE CONVITE À POPULAÇÃO
2 FEIRA, DIA 19/05- 14HS
Salão da Igreja São Francisco- Rua Thomas Galhardo
Os pescadores de Ubatuba,marinheiros,marceneiros,pintores e mecânicos navais, e demais concidadãos que sobrevivem das atividades marítimas CONVIDAM a população em geral a lhes dar apoio comparecendo maciçamente à reunião de Consulta Pública conseguida junto a Secretária Estadual de Meio Ambiente sobre o projeto “Mosaico de Ilhas” que nos esta sendo imposto pelo governo estadual de cima para baixo de forma absolutamente antidemocrática, causando séria e fundadas preocupações à comunidade ubatubense.
COMPAREÇAM! MOSTREM A FORÇA DE UBATUBA


E enquanto as coisas não acontecem fico procurando respostas.
Será que não satisfeito com a Fantasia Plástica agora o secretário esta atrás da Fantasia Marítima?
Qual foi a contribuição ecológica e econômica que a preservação e conservação trouxeram ao município até o momento?
Qual a verdadeira razão da criação da APA se até o momento não houve interesse do Governo do Estado pelo Núcleo Picinguaba e ilha Anchieta que são exemplos vivos de deficiência estrutural, falta de equipamentos, insuficiência de verba e pessoal? Se a verdadeira razão não for conhecida fica a impressão de que outros interesses estão sendo atendidos.

Ezio Pastore
Empresário em Ubatuba, SP

APAs??? Ave Ézio! O Mare Nostrum!

A proposta da criação das APAS só pode ser mais uma das “peraltices” da mimada Secretaria do Meio Ambiente. Como uma criança que esperneia, chora , grita, bate o pé pelo brinquedinho, quer vencer pelo “incômodo” até conseguir o que quer para, ato contínuo, largar, a própria sorte, o “brinquedinho” por falta de “pilha”. Abandonado como o Parque! A proposta do mosaico é de um repente. Não apresenta previamente nenhum resultado de qualquer levantamento ou estudo científico que o justifique. As afirmações até agora, atestam o total desconhecimento prático da biologia, do “habitat”, do ciclo reprodutivo e, do comportamento das espécimes marinhas, que vivem e “freqüentam” o tal ”mosaico”. Desconsidera qualquer ação efetiva de recuperação ambiental dos seus inúmeros rios e mangues, conhecidos e comprovados berçários marinhos. Só estes pequenos detalhes seriam muito mais do que suficientes, para que todas as atenções, verbas e, propostas preservacionistas se voltassem imediatamente aos nossos mananciais e, seus respectivos cursos, rumo ao mar. A latente ocupação dos mananciais (todos dentro do Parque) segue célere, tomando e derrubando as matas ciliares, contribuindo com seus dejetos, lixo e, esgotos sanitários “in natura” para a degradação total destes ambientes. O que justifica ignorar ou preterir esta ordem de importância? Falta de coragem para o trabalho duro e desgastante ou, o total desconhecimento de causa e efeito? Mesmo com o sucesso da reprodução marinha (feita em laboratórios) com alguns espécimes, pode-se afirmar que a ciência e, a pesquisa, ainda engatinham nesta área. Porém, é possível afirmar, com convicção, que é no mínimo “infantil” pretender repovoar ou recuperar ambientes e áreas marinhas desertificadas, com o simples “congelamento” de um mosaico de ilhas. Quiçá, “recuperar” ambientes recifais onde eles simplesmente nunca existiram! Quem não quer recuperar e proteger os ambientes marinhos? Os pescadores profissionais? Os pescadores artesanais? Os mergulhadores? Os amantes da vela? Os turistas? Os banhistas?
Pela forma da proposta da criação das APAs, vou me permitir dar uma boa “dica” a Secretaria para assuntos do mar: Antes de acreditar em conversa fiada de qualquer “visionário” ou, de propor ações tresloucadas, venham conhecer (in loco) todos os atores e, o próprio meio ambiente no qual tenham a pretensão de atuar. Para agir: Avaliem seus recursos materiais e financeiros. Planejem. Pesquisem. Levantem dados. Avaliem. Utilizem todos os conhecimentos científicos de todos os Drs. do Instituto Oceanográfico e, do Instituto de Pesca. Apresentem os resultados e, proponham soluções exeqüíveis aos envolvidos. Posso garantir com absoluta certeza, que com esta forma democrática e, inteligente de agir conseguirão adesão total. Que tal? Não é muito melhor, do que ameaçar e coagir pescadores com esta fantasia (barata) de lobos do mar?

Ronaldo Dias
Empresário em Ubatuba

Praia de Itamambuca

Tenho acompanhado através do Litoral Virtual as queixas dos moradores da praia de Itamambuca e da população local, o penicaço e outras manifestações, até a bronca que o Sr. Clodovil deu em uma manifestante, que o chamou de Clodovil, agora quer ser respeito e ser chamado de deputado.
Na manifestação do Sr. Marcio de Oliveira Naves, senti a tristeza nas suas linhas, apesar de todas autoridades estarem cientes do problema, se omitem, ha um jogo de empurra de responsabilidades, até hoje não vi nenhuma das autoridades vir a público se manifestar o porque da poluição em Itamambuca e quais as providencias que estão sendo tomadas, aliás, posição muito comum dos nossos políticos, em época de eleição são todo tapinhas nas costas e cafezinhos, após eleitos....... bem, deixa pra lá.
Sr. Márcio não desanime, fique firme, junte-se aos demais moradores, e se a prefeitura não tomar providências, procure o MP, a rapaziada de hoje tem outra cabeça e estão pegando firme no pé dessa turma, vá em frente.
Um abraço e minha solidariedade.

Francisco Marsiglia
Praia de Boissucanga (ainda não poluída)
São Sebastião, SP

Penicaço & Saneamento

Não consigo entender como em pleno século XXI não somos capazes de solucionar em tempo problemas que temos conhecimento mas não agimos.
Escrevo isto porque não vi nem um metro de construção de esgotos na região norte de Ubatuba (em outras regiões tambem) nesses últimos nove anos. Em Itamambuca a água é cobrada pela Sabesp, e olha tem água abundante e o tratamento pelo que consta é uma simples cloração baratéssima. Realmente não consigo entender onde está a contrapartida desta concessionária.
O os sistemas alternativos de tratamento doméstico não poderiam ser implantados nessas regiões mais carentes.? Soube que fora feito uma fossa comunitária na Casanga (com auxilio da associação dos engenheiros que cobram pela vistoria das fossas mas me parece que efetivamente não as vistoriam) a qual o MP.embargou e a mesma se encontra construída e abandonada a céu aberto, vejam que loucura ainda mais em tempos de dengue.
No final nos resta somente protestar com Penicos para que nossas autoridades acordem para solucionar esta sujeira toda.

José Anésio
Ubatuba, SP

Assista a TV Litoral Virtual
Clique na tela abaixo para iniciar a transmissão

Foto do Dia Topo

Para participar desta seção basta enviar as fotos com crédito do autor e legenda, no tamanho mínimo
de 1024 x 768 pixels com resolução de 72dpi para fotododia@litoralvirtual.com.br.  O envio da foto caracteriza autorizada a sua publicação, assumindo o autor total responsabilidade pela publicação da mesma.

Pescador do Itaguá  © Emilio Campi

Pescador do Itaguá
© Emilio Campi

Envie sua foto!

Para instalar a foto como papel de parede (wallpaper)
Clique na foto acima. Após carregar a foto ampliada, clique com o botão direito do mouse sobre a imagem e escolha "Definir como papel de parede" ou "Definir como fundo de tela". Para ajustar a imagem em tela cheia, clique em qualquer lugar da área de trabalho com o botão direito do mouse, escolha "Propriedades" / "Fundo de Tela" ou "Papel de Parede" / "Ampliar".

Arquivos:  Foto Saudade  -  Foto do Dia

 Faça seu comentário, crítica, opinião ou sugestão no Litoral Virtual:
Clique Aqui


As notícias, fotos e cartas publicadas neste boletim são de inteira responsabilidade de suas fontes e autores,
não expressando necessariamente a opinião deste informativo. O envio de qualquer material para nosso e-mail
será considerado como autorizado a sua publicação e assumida a total responsabilidade pelo seu conteúdo.
As cartas devem conter nome completo, RG, endereço, telefone de contato e um e-mail válido.
Reservamos o direito de não publicar cartas que não contenham a devida  identificação do autor.

Editor: Emilio Campi

GRÁTIS!!
Receba as Últimas Notícias do Litoral em seu e-mail:

Quero receber GRATUITAMENTE o boletim Últimas Notícias do Litoral:

e-mail:
Cidade:



Obs.: Você poderá cancelar o recebimento das notícias a qualquer momento.

 

Conheça as cidades do Litoral Norte Paulista:

Caraguatatuba Ilhabela São Sebastião Ubatuba

Litoral Virtual
O mais completo site do Litoral Norte Paulista na Internet
Sugestões, críticas e informações, entre em contato:
info@litoralvirtual.com.br

©1995/2001 Emilio Campi - Studio Maranduba - Direitos Reservados
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem a expressa autorização do autor