Litoral Virtual últimas notícias do litoral
Quarta-feira, 16 de Julho de 2008 - Nº 2005 Edições Anteriores

Candidato, tenha sua página na internet! Maré Legal

Região
Cetesb abre Concurso Público para cadastro de reserva na região
Cerca de 200 entidades ambientalistas assinam moção contra alterações na legislação dos topos de morros
Comitê de Bacias Hidrográficas abre novo prazo para projetos


Caraguatatuba
Correios podem voltar a funcionar nesta semana
Pira ganha moldes do mascote e será acendida por três gerações de atletas de Caraguá
Basquete de Caraguá vem forte nos Regionais
Caraguá limita acesso ao Morro Santo Antonio
Nova presidente do Rotary Caraguatatuba ampliará apoio a projetos que envolvem crianças
Diocese vai escolher a melhor logomarca comemorativa dos seus 10 anos
"Pequeno Príncipe" é convidado para temporada em São Paulo
Eleições 2008: Propostas dos candidatos
Fique por dentro das Eleições 2008
Saúde: Santa Casa pede mais recursos financeiros

Ilhabela
Igreja Católica promove missa e procissão de Nossa Senhora do Carmo
Vendedores aprovam movimento no 4º Arraiá Caiçara
Transpetro apresenta à Prefeitura novos investimentos em São Sebastião
“Arrastão da Dengue” chega ao Pontal da Cruz nesta terça-feira
Mutirão da Cidadania chega à Topolândia na próxima sexta-feira
PSDB troca candidato no litoral
Eleições 2008: Propostas dos candidatos
Boracéia recebe primeiro comício nesta quinta
Agenda da “Coligação São Sebastião não pode parar”
Qualificar a mão de obra para combater o desemprego na cidade

São Sebastião
Igreja Católica promove missa e procissão de Nossa Senhora do Carmo
Vendedores aprovam movimento no 4º Arraiá Caiçara
Transpetro apresenta à Prefeitura novos investimentos em São Sebastião
“Arrastão da Dengue” chega ao Pontal da Cruz nesta terça-feira
Mutirão da Cidadania chega à Topolândia na próxima sexta-feira
PSDB troca candidato no litoral
Eleições 2008: Propostas dos candidatos
Boracéia recebe primeiro comício nesta quinta
Agenda da “Coligação São Sebastião não pode parar”
Qualificar a mão de obra para combater o desemprego na cidade

Ubatuba
Clodovil diz que Prefeitura perdeu R$ 2 milhões destinados a Santa Casa
Prefeitura diz que Clodovil mente sobre verbas à Santa Casa
Comad faz cadastro de entidades antidrogas
PM prende suspeito por porte de armas

Prefeitura ministra Curso de Hortas Suspensas em Caraguatatuba
Eleições 2008: Propostas dos candidatos
Balneabilidade das praias depende de investimentos em Saneamento Básico

Seções
Poesia
Carta do Leitor
Foto do Dia




Notícias da Região Topo

Cetesb abre Concurso Público para cadastro de reserva na região

Litoral Norte - A Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental (Cetesb) abre inscrições para a realização de Concurso Público para preenchimento de vagas e formação de cadastro-reserva para a grande São Paulo, interior do Estado e Litoral.
No Litoral Norte, a companhia abre cadastro de reservas para os cargos de engenheiro agrônomo, engenheiro químico e engenheiro civil. Para os três cargos, o salário será de R$ 3.326. De imediato, o concurso abre uma vaga para analista de serviços administrativos e uma para geólogo. Sendo ambos para a sede da Cetesb na cidade de São Paulo.
De acordo com o edital do concurso, localizado no site www.cetesb.sp.gov.br, as vagas destinam-se às diversas unidades da Cetesb localizadas no Estado de São Paulo, tanto na sede, como nas agência ambientais na capital, como nas agências instaladas atualmente em todo Estado ou nas que ainda serão implantadas.
Ainda segundo o edital, os candidatos classificados para os cargos destinados à formação de cadastro-reserva serão convocados somente depois da chamada de todos os classificados e remanescentes do Concurso Público 01/2005. Sendo que o prazo de vigência deste último foi prorrogado até 7 de abril de 2010. Assim, na hipótese de esgotada a lista de candidatos remanescentes ou de inexistência de candidatos aprovados para os cargos do citado Concurso de 2005, a Cetesb poderá, a seu critério, convocar os candidatos classificados no Concurso Público n° 01/2008 antes de 07 de abril de 2010.
As inscrições devem ser realizadas somente pela internet, pelo site www.vunesp.com.br , no período das 10 h de 14 de julho até às 16 h do dia 15 de agosto de 2008. (Fonte: Imprensa Livre)

Cerca de 200 entidades ambientalistas assinam moção contra alterações na legislação dos topos de morros

Litoral Norte - A presidência do Instituto Brasileiro de Proteção Ambiental (Proam) estimulou a produção de uma moção em relação a alteração de conceitos e critérios relativos as Áreas de Preservação Permanente (APP) de topo de morros e montanhas, que obedece a resolução Conama 303/02. Até o início desta semana, aproximadamente 200 entidades ambientalistas já haviam assinado o documento.
A proposta dos grupos ambientais é impedir que haja flexibilização dessa lei. “Existe uma proposta da Câmara Técnica do Conama de rediscutir a linha de corte do topo de morro. Os setores de silvicultura (plantas exóticas) e mineração estão pressionando a Câmara para flexibilizar essa lei e fazer uso dessas áreas”, disse o gestor ambiental e presidente da Proam, Carlos Bocuhy.
Segundo ele, o prejuízo é deixar de exibir uma legislação de proteção para se tornar um retrocesso na normatização considerando as responsabilidades assumidas pelo Brasil para as Áreas de Preservação Permanente (APP), considerado um bem intocado estando vedado seu uso econômico.
No próximo mês de agosto, as entidades devem entregar a moção à Câmara Técnica do Conama, em Brasília.
“A interpretação da lei leva ao grau de subjetividade por falta de capacitação e foi colocado no Conama para estabelecer critérios já estabelecidos”, disse Bocuhy, sugerindo que não há necessidade de mudanças na lei. “O que está acontecendo é uma espécie de “Cavalo de Tróia”. Esses setores pedem a revisão da lei para atender necessidades próprias. Ao invés de obedecerem os critérios de passivos ambientais por meio de Termo de Ajuste de Conduta, por exemplo, simplesmente eles acabam regularizando isso. Altera-se agora e permite-se a perda de instrumentos de proteção ambiental”, exemplifica o gestor ambiental.
Segundo ele, a movimentação das entidades é justamente impedir qualquer alteração para continuar a preservar os recursos hídricos, a paisagem, a estabilidade geológica, a biodiversidade, o fluxo gênico de fauna e flora, o solo e assegurar o bem-estar das populações humanas, considerando a singularidade e o valor estratégico das Áreas de Preservação Permanente que, conforme indica sua denominação, são caracterizadas por espaços territoriais especialmente protegidos, como instrumentos de relevante interesse ambiental, que integram o desenvolvimento sustentável.
”Considerando que as entidades ambientalistas do Estado de São Paulo, a exemplo das que atuam nas regiões do Vale do Paraíba, Serra da Mantiqueira e Serra do Mar têm se desdobrado, por décadas, para fazer valer a devida proteção ambiental para as Áreas de Preservação Permanente, incluindo a aplicação dos conceitos e critérios de topo de morro e de montanhas, na luta contra a degradação ambiental e a desfiguração paisagística, por meio de denúncias e representações às autoridades competentes, especialmente para combater usos do solo, que se contrapõe às normas e aos princípios da Política Nacional do Meio Ambiente”, diz trecho da moção com a argumentação.
Para a entidade Proam que encabeçou a produção da moção, o interesse que atinge também as demais entidades é um só: impedir alterações na norma para não acarretar drástica redução da cobertura florestal nativa, permitindo a ocupação de extensas áreas atualmente protegidas. “Essa lei se aplica em montanhas acima de mil metros e tem uma implicação na biodiversidade - unidades geomorfológicas compostas por morros e montanhas onde ainda resistem, no Estado de São Paulo, as principais áreas de ecossistemas naturais, onde há uma forte demanda para gestão adequada dos solos, dos recursos hídricos, da biodiversidade, da estabilidade geológica e da paisagem”, enfatiza o ambientalista Bocuhy.
Segundo ele, ilhas, morros isolados e serras do litoral paulista são integrantes desse futuro comprometimento dos corredores ecológicos. Oficialmente, em todo o Estado, estão ameaçadas de extinção mil espécies da flora nativa e 313 espécies da fauna silvestre, além de outras 213 espécies da fauna classificadas como presumivelmente ameaçadas. Portanto, a motivação para a moção é também alertar sobre o uso e a ocupação desses locais, porque trazem o risco de fragmentação dos estágios ambientais e a perda do potencial de restauração do ecossistema. (Fonte: Imprensa Livre)

Comitê de Bacias Hidrográficas abre novo prazo para projetos

Litoral Norte - Nesta terça-feira os representantes do Comitê de Bacias Hidrográficas do Litoral Norte (CBH-LN) se reunem para decidir prazo de reabertura de apresentação de projetos para financiamento. A informação é da secretaria executiva do órgão, que propõe a reabertura em virtude da disponibilidade de 677 mil para aplicação ainda em 2008.
“Na pauta da discussão, além da definição do novo calendário, a priorização de áreas carentes de saneamento básico, onde esses recursos deverão ser aplicados”, explica Lenina Mariano, secretária executiva do CBH-LN.
Segundo ela, as áreas prioritárias serão definidas a partir do diagnóstico realizado pela Cetesb, dentro do Projeto Praia Verde, anunciado pelo secretário Xico Graziano, que pretende eliminar as bandeiras vermelhas nas praias do litoral paulista até 2010.
Para esse diagnóstico, conforme dados do grupo de trabalho, contribuíram as informações da Sabesp, em relação ao seu plano de investimentos, a Secretaria de Estado da Saúde, apontando as áreas onde as doenças de veiculação hídrica se fazem presentes de forma mais intensa e os dados do CBH-LN em seu Relatório de Situação das bacias hidrográficas.
De acordo com Mariano, além dos recursos do Fehidro relativos ao CBH-LN, o Estado deverá injetar recursos significativos, da ordem de 1,5 milhão do Projeto Praia Verde e ainda recursos do Fecop (Fundo Estadual de Combate à Pobreza). “O projeto Praia Verde visa a adequação das bandeiras nas praias e o recurso do Fecop é para projetos sociais, onde geralmente onde existem restrições ambientais em relação as comunidades inseridas em áreas de APP e outras. O recurso serve para construção das casas e educação ambiental, mas esse é somente o começo dessa discussão”, comenta Márcio José dos Santos, assistente da secretaria executiva do comitê.
Conforme informações do órgão, o CBH-LN estabeleceu, a partir de 2001, a política de atendimento prioritário a comunidades isoladas e carentes, com foco principal nas comunidades tradicionais da região. O total de recursos investidos nessas áreas, somente em projetos de saneamento, atinge 1,5 milhão. “Em 2009, o CBH-LN deverá dobrar os recursos para investimento no Litoral Norte, o que significará uma grande contribuição na solução dos problemas dessas comunidades”, finaliza Lenina Mariano.
Na reunião de hoje, haverá a deliberação de agenda e apresentação de novos projetos. Todas as entidades cadastradas de sociedade civil ( amigos de bairro, Ongs, órgãos ambientais e governos) podem apresentar suas propostas, porque o comitê também “está de olho” na aplicação dos projetos em 2009. A definição do grupo de trabalho prevê áreas prioritárias a serem atendidas. Os projetos depois seguirão para São Paulo, onde dois agentes: financeiro e técnico técnico responsável, também gerenciam essas idéias.
Na primeira reunião de 2008 do Comitê de Bacias Hidrográficas do Litoral Norte (CBH-LN), realizada no início do mês passado, foi feita a definição do Plano Integrado Porto-Cidade.
Os comitês de bacias Hidrográficas são colegiados instituídos por Lei, no âmbito do Sistema Nacional de Recursos Hídricos e dos Sistemas Estaduais. Considerados a base da gestão participativa e integrada da água e têm papel deliberativo. Eles foram criados pela lei que instituiu a política estadual de recursos hídricos (7.663/91) para gerenciar a água de forma descentralizada, integrada e com a participação da sociedade.
Antes da criação dos comitês, o gerenciamento da água era feito de forma isolada por municípios e Estado. O manejo dos recursos naturais feito de forma indevida provocou a degradação de muitos rios e a provável constituição desse colegiado.
Serviço:
Reunião do CBH-LN
Local: Videoteca do Museu de Arte e Cultura de Caraguatatuba, à Praça Cândido Mota, 72, Centro – Caraguatatuba
Data: 15 de julho
Horário: a partir das 9h30 (Fonte: Imprensa Livre)


Notícias de Caraguatatuba Topo

O Guaruçá Candidato, tenha sua página na internet!

Correios podem voltar a funcionar nesta semana

Caraguatatuba - Os serviços dos Correios de Caraguatatuba, em greve desde o dia 1 de julho, poderão voltar a funcionar a partir de hoje.
De acordo com a assessoria de imprensa do Sindicato dos Carteiros de São José dos Campos, ontem aconteceu uma audiência de reconciliação, em Brasília, entre os representantes da Federação Nacional dos Trabalhadores de Correios e Telégrafos, o Ministro das Comunicações e o Presidente dos Correios, para discutir a respeito da incorporação ao salário de um adicional de periculosidade de 30%, além da negociação do plano de carreira e a participação nos lucros da empresa.
O Sindicato informa também, que a estatal implantou o PCCS – Plano de Cargos, Carreiras e Salários, no intuito de tirar os benefícios, já estáveis, dos funcionários. “Para os que aderiram à greve a empresa descontou o benefício de ticket refeição, tirou o vale transporte e ainda está querendo cancelar o convênio médico. Isso é uma forma de pressão para pararmos com a greve e aceitarmos o que eles querem”, reclama a entidade, afirmando ainda que a continuação ou não da greve dependerá do acordo feito nesta audiência.
Segundo a responsável pelo Procon de Caraguatatuba, Luci Machado Pinto, não há reclamação de comunidade ou de consumidores. Segundo ela, o que está acontecendo são problemas dentro do próprio Procon, como atrasos em notificações e até mesmo notificações não chegando ao destino, por conta da greve. “Não estamos marcando audiências, para não prejudicar os consumidores, pois com esta greve, os comerciantes reclamados não receberam as notificações”, disse Luci.
A representante do Procom informa que as empresas não poderão cobrar juros por pagamentos atrasados, já que os consumidores não receberam suas faturas, porém, em contrapartida, ela alerta aos consumidores, para que procurem ligar às empresas buscando outra forma de pagamento, como recebimento dos boletos via Internet, ou via fax.
Já a Associação Comercial e Empresarial de Caraguatatuba, disse que os comerciantes estão indo pagar suas mensalidades na própria associação, porém com certo atraso, alegando não terem recebido boletos para pagamento. Cientes da greve e da dificuldade que os comerciantes devem estar enfrentando, a ACE afirma que não está cobrando juros no pagamento.
O volume diário, em dias normais, é de 33 milhões de encomendas e correspondências. (Fonte: Imprensa Livre)

Pira ganha moldes do mascote e será acendida por três gerações de atletas de Caraguá

Caraguatatuba - A pira olímpica ganhou a forma da Lagosta Douradinha, e terá participação especial na abertura do 52º Jogos Regionais, nesta terça-feira, 15, a partir das 19h, na Praça de Eventos.
Durante o evento, como já é tradicional, a pira será acesa, e a idéia neste ano é, além de homenagear, mostrar o valor dos esportistas de Caraguatatuba, na juventude, no auge e na consagração.
A nadadora Giovanna Rubião Fini, de 12 anos, começará a trajetória da tocha olímpica na avenida Prestes Maia. A atleta, que deu suas primeiras braçadas com um ano e três meses de idade, representará a primeira geração de atletas.
No meio do percurso, Giovanna passará a chama para o jogador de futebol Glauco, que começou a carreira no XV de Caraguá e atualmente mostra o seu talento nos gramados de Portugal.
O último a carregar a tocha será Ernesto Nardi, professor e técnico de Voleibol de Caraguatatuba, que por muitos anos contribuiu para a evolução do esporte no município.
Os três esportistas acenderão a pira olímpica que terá 2,20m, construída pelo escultor Claudemir Fabrin, mesmo autor do Golfinho e do Polvo, mascote dos Jogos Regionais de 2004 e 2005, também realizados em Caraguá.
O processo artesanal, segundo o artista, teve todos os cortes feitos à mão. A lagosta, confeccionada de Jequitibá, começou a ser modelada em meados de maio.
Fabrin se mostrou contente em poder fazer parte de um evento tão importante como os Jogos Regionais. "É gratificante fazer esse trabalho e estar no meio dos acontecimentos sérios da nossa cidade", diz. (Fonte: Prefeitura Municipal de Caraguatatuba)

Basquete de Caraguá vem forte nos Regionais

Caraguatatuba - O time feminino sub-21 de Basquete de Caraguatatuba estreará nesta quarta-feira, às 18h, contra Franco da Rocha, no CEMUG (Centro Esportivo Municipal Ubaldo Gonçalves), pelo 52º Jogos Regionais. Com reforços, a equipe lutará por medalhas.
Já os garotos da cidade, que prometem buscar o primeiro título na modalidade para Caraguá, entrarão em quadra na quinta-feira, 17, às 18h, para enfrentar Taubaté.
Oswaldo Neto, técnico do Basquete caraguatatubense, mostrou otimismo em fazer bonito nesses Jogos. "Temos equipes fortes e estamos confiantes, fazendo treinos em dois turnos. Nosso time está afiado", comentou o treinador.
A maioria das meninas que representarão Caraguatatuba vieram de Joinvile, Santa Catarina. Neto, que perdeu algumas de suas jogadoras para outras cidades, vê com bons olhos a mescla com atletas de outra região.
"Essa é uma oportunidade de abrir portas para algumas de nossas jogadoras. A treinadora das garotas que vieram estará de olho e pode gostar de alguma atleta nossa", diz.
Além de Franco da Rocha, o time feminino está no grupo com Caieiras, São José dos Campos e Pindamonhangaba, equipe que enfrentará Caraguá na quinta-feira, às 16h45.
Para chegar pela primeira vez a final dos Jogos Regionais, os meninos de Caraguatatuba esperam contar com a força dos torcedores. "Será essencial à presença da torcida. Os garotos renderão muito mais em quadra quando sentirem o incentivo da arquibancada", concluiu o técnico.
A cidade de Caieiras, junto com Taubaté, integra a chave do Basquete masculino de Caraguá. (Fonte: Prefeitura Municipal de Caraguatatuba)

Caraguá limita acesso ao Morro Santo Antonio

Caraguatatuba - A Divisão de Trânsito de Caraguatatuba começou a liminar o acesso ao Morro Santo Antônio para controlar a quantidade de veículos que visitam o local. No último domingo, segundo ele, 300 veículos visitaram o local. O projeto conta com um cartão distribuído pelos agentes de trânsito na entrada de acesso ao morro, limitando o acesso a 20 veículos por até 30 minutos. Um dos principiais pontos turísticos de Caraguá, conhecido pela rampa de vôo livre, recebeu no último mês uma estátua de Santo Antônio, padroeiro da cidade, o que aumentou o fluxo de visitantes. (Fonte: ValeParaibano)

Nova presidente do Rotary Caraguatatuba ampliará apoio a projetos que envolvem crianças

Caraguatatuba - Selma Meyer Fontes assumiu no início do mês, a presidência do Rotary Club Caraguatatuba, fundado há 44 anos. Ela pretende ampliar o apoio do Club às entidades do município que trabalham com crianças, seguindo assim o lema rotário deste ano que é realizar os sonhos das crianças.
As principais entidades assistenciais apoiados pelo Rotary Caraguatatuba são a Apae (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais) que alfabetiza 109 portadores de necessidades especiais, hoje presidida por Selma Fontes; a Creche MeiMei, no bairro do Tinga que atende 180 crianças de 2 meses a 4 anos; a Soaproc (Sociedade de Amparo e Proteção à Criança), entidade mantenedora da Creche Santo Antônio idealizada pelos companheiros do Club há cerca de 15 anos; e a Associação Exército de Cristo que existe a cinco anos e que desde janeiro último começou a receber verba pública para o trabalho com cerca de 400 crianças de 7 a 17 anos.
No seu discurso de posse, Selma ressaltou que mais de 30 mil crianças morrem todos os dias no mundo por falta de comida, água potável, poliomielite, sarampo, dengue e outras doenças fáceis de serem curadas. “Essas crianças precisam de educação, atenção especial e da nossa ajuda, pois só assim conseguiremos mudar o rumo do nosso futuro. Não podemos mais esperar pra ajudar, é urgente”.
O prefeito José Pereira de Aguilar, presente na cerimônia, foi homenageado ao receber o título honorário de companheiro do Club acompanhado por sua esposa Rosângela Leite Carrijo de Aguilar. Dentre as demais autoridades presentes estavam a delegada Arlete Neves e rotarianos dos Rotary do Litoral Norte, São José dos Campos e São Paulo. O past presidente do Club, o fisioterapeuta Amauri Toledo recebeu o título Paulo Viriato que consiste na doação de R$ 1.000,00 feito pelo Clube à Fundação Rotária.
Além de Selma Fontes, comerciante e pedagoga, a nova diretoria do Rotary Club Caraguatatuba é composta por: Dirço de Andrade (vice-presidente), Maria Lúcia Ribeiro (secretária), Silvio Barbosa (tesoureiro), Idésio Kashiura - Budú (protocolo). Como responsáveis pelas comissões estão: Amauri Toledo (Administração do Clube), Neusa Corrêa (Fundação Rotária), Lourdes Celina Dias (Projetos e Serviços), Bruna Guimarães (Relações Públicas) e Sebastião Cunha (Admissão de Novos Sócios).

Diocese vai escolher a melhor logomarca comemorativa dos seus 10 anos

Caraguatatuba - A proposta da Diocese de Caraguatatuba é escolher a partir de um concurso, aberto a todas as pessoas, o melhor desenho considerando-se itens pertinentes fé católica e a motivação para o qual foi criado o concurso.
A Logomarca escolhida a partir de uma Comissão Julgadora fará parte de todos os eventos comemorativos ao aniversário da Diocese ao longo dos anos de 2008 a 2009 sendo incluída nas diversas peças institucionais deste tempo, tais como folder, cartazes, impressos, envelopes, ofícios, camisetas e outras peças definidas pela Comissão Geral dos 10 anos.
Para participar basta residir no limite geográfico da Diocese de Caraguatatuba. A inscrição é aberta e terá uma taxa simbólica de participação no valor de R$10,00. O participante deve apenas encaminhar o material produzido atendendo a algumas especificações (abaixo) para melhor avaliação, de 1º a 30 de julho, diretamente ou pelo correio, na Cúria Diocesana - Rua Santos Dumont,100 - centro - Caraguatatuba ou através das secretarias paroquiais.
Serão apreciados pelo júri, itens como : criatividade (visão nova de logomarca); originalidade (desvinculação de outras logomarcas existentes); comunicação (transmissão da idéia e universalidade); aplicabilidade (seja em cores, em preto e branco, em variadas dimensões e sobre diferentes fundos). Os trabalhos receberão de cada membro das Comissões, pontos que variam de 01 a 10. Em caso de empate, o Bispo diocesano proferirá o "voto de minerva".
A escolha será feita na Cúria diocesana, no dia 4 de agosto de 2008. O vencedor será conhecido no dia 19 de agosto durante o Pró-Vocação 2008 e receberá um certificado de "1o Colocado no Concurso da Logomarca dos 10 anos da Diocese de Caraguatatuba" , um troféu e participará de um jantar com o bispo diocesano, Dom Altieri. Qualquer alteração de data será divulgado nos meios de comunicação diocesanos.
FORMA DE APRESENTAÇÃO DOS TRABALHOS: 1- Aqueles que forem produzidos no computador (programação gráfica), devem ser apresentados de forma impressa em três tamanhos diferentes: 1,5 cm x 1,5 cm / 15,0 cm x 15, cm e 30 cm x 30 cm nos formatos colorido e preto e branco. Também deve vir em CD gravado em imagem de alta resolução nos formatos: .tif, .cdr ou .jpg.
2- Trabalhos realizados em técnicas manuais (desenhos, pinturas) devem ser encaminhados no formato original ou cópia que podem ser em xerox colorido, de boa qualidade, respeitando a forma de apresentação deste regulamento (três tamanhos diferentes: 1,5 cm x 1,5 cm / 15,0 cm x 15, cm e 30 cm x 30 cm nos formatos colorido e preto e branco.)
3 - Qualquer uma das formas de apresentação deve ser entregue em dois envelopes fechados sendo que em apenas um deles, assim descrito como Envelope 2, conterá a Ficha de Inscrição do participante de modo a garantir o anonimato do artista até a escolha do mesmo pela Comissão Organizadora e Julgadora.
§ Nos envelopes devem ser incluídos um texto que justifique a criação do desenho com no máximo 30 linhas (o que o autor quis expressar).
BREVE HISTORICO: A expectativa de se tornar Diocese começou há muitos anos, sob a orientação de Dom David Picão, bispo da Diocese de Santos e do Pe. Miguel Rosseto, Vigário Episcopal que se unindo ao entusiasmo do Pe.Nino Carta, de todo o clero presente e de todos os fiéis engajados, começou a traçar a sua própria história no dia 3 de março de 1999 quando foi anunciada sua criação pelo Papa João Paulo II.
Em 1º de maio do mesmo ano, foi instalada e assumida pelo seu 1º bispo diocesano, assim nomeado pelo Santo Padre o Papa João Paulo II para esta missão, o revmo Dom Frei Fernando Mason,OFMConv.
A Diocese que tem como padroeiro o Espírito Santo começou a crescer em consciência e trabalho, valorizando momentos fortes com as assembléias pastorais, a elaboração do Plano Pastoral e a Romaria diocesana.
Em 26 de julho de 2006, acolhe seu novo bispo nomeado pela Santa Sé, Dom Antonio Carlos Altieri.
No aspecto missionário e evangelizador, a Diocese vai traçando sua história e delineando seu rosto a partir da Eucaristia, da Palavra de Deus e da formação, na assistência aos mais pobres e oprimidos, com atenção especial aos jovens e na busca de novas vocações sacerdotais, religiosas e leigas, sob as bênçãos de Deus e a proteção de Nossa Senhora das Graças a quem ela foi dedicada. (Fonte: Diocese de Caraguatatuba)

"Pequeno Príncipe" é convidado para temporada em São Paulo

Caraguatatuba - O espetáculo "Pequeno Príncipe" da Cia. "Teatro de Areia" que no ano passado foi aclamado por mais de 9.000 pessoas recebeu o convite para estrear uma temporada de dois meses no teatro Arthur Azevedo em São Paulo.
O espetáculo mostra um pouco mais da arte teatral como instrumento para educação, além disso, possibilitou incentivo à leitura com múltiplas possibilidades educacionais e culturais.
A Cia. é dirigida pelo coordenador de teatro da Fundacc que já montou espetáculos como "Rosa de Cabriúna", "O Pequeno Príncipe" e "Paixão de Cristo".
Ainda na área do teatro o projeto Letras de Luz que trabalha como incentivo à leitura, realizado por meio de uma parceria entre a Bandeirantes Energias do Brasil e a Fundação Victor Civita, com o apoio da Prefeitura de Caraguá e FUNDACC - Fundação Educacional e Cultural de Caraguatatuba apresentam, pela Caraguatá Cia. Teatral, os contos "Maria Borralheira" de Silvio Homero, "Vidros Quebrados" de Machado de Assis e o "O rei que ficou cego" de Ricardo Azevedo.
Todos os espetáculos acontecem em Campos do Jordão no "Espaço Cultural Veja" no bairro do Capivari.
O convite para as apresentações em Campos do Jordão deu-se devido ao grande desempenho, qualidade e destaque que a Cia. vem desenvolvendo.
Já foram encenados sete contos e a estréia de seu oitavo conto, "Cacoete" de Eva Funari, ainda em montagem, já tem duas apresentações confirmadas na Bienal do Livro em São Paulo.
No mês de outubro os espetáculos ficarão por conta do 7º FET - Festival Estudantil de Caraguatatuba com o objetivo de promover o intercambio cultural entre as cidades e incentivar o movimento teatral através da formação de núcleos teatrais nas escolas, incentivar o estudo do teatro, de sua história, dramaturgia além de divulgar o teatro.
O II Litoral Encena que também será promovido pela Fundacc em parceria com a Prefeitura Municipal de Caraguatatuba, Abaçai Cultura e Arte e a Secretaria de Estado da Cultura do Estado de São Paulo e tem como objetivo: estimular os grupos de Teatro de Rua e Teatro de Bonecos em atividades no país, revelar novos talentos, promover o intercambio cultural e fomentar a arte cênica na região.
As inscrições para o 7º FET -Festival Estudantil de Caraguatatuba e do II Litoral Encena estão no site da Fundacc www.fundacc.com.br, participe e inscreva-se! (Fonte: Fundacc)


Caraguatatuba: Propostas dos candidatos


Aguilar (DEM)
“A atual administração tem feito os investimentos necessários para melhorar cada vez mais o atendimento à saúde no município. O atendimento melhorou, mas ainda está longe de ser o ideal. A prefeitura repassa mais de R$ 780 mil mensais para a Santa Casa; gasta mais de R$ 1 milhão por ano na compra de exames laboratoriais; ampliou para 205 os itens de medicamentos fornecidos pela prefeitura; implantou a farmácia municipal; entrega remédios na casa dos usuários; mantém 280 agentes no PSF;e, atende a mais de 1.300 pessoas por dia nas suas UBS. Hoje, mantemos 42 médicos especialistas e 13 médicos generalistas prestando atendimento em nossas 12 unidades básicas de saúde. Buscamos a contratação de mais oito médicos para completar as nossas 20 equipes de PSF”, afirmou o candidato que alega ainda, que hoje, a prefeitura oferece o melhor salário na região para médicos do PSF, R$ 6.700 por 40 horas semanais.
De acordo com o candidato, a prefeitura implantou o Centro de Atendimento Psicossocial: o CEO (Centro de Especialidades Odontológica); e o AMI (Atendimento de Moléstias Infectos). “A Prefeitura equipou a saúde com equipamentos de ultra-sonografia, eletroencefalograma, endoscopia e raios-X; comprou para a Santa Casa equipamentos importantes para salvar vidas: um arco cirúrgico, um oximetro e um respirador. Em parceria com o Estado será inaugurado em outubro o AME (Ambulatório Médico de Especialidades).
A unidade, instalada no bairro Indaiá, contará com 19 consultórios médicos, três consultórios não médicos e 13 salas, sendo duas para cirurgias. O AME atenderá 20 especialidades, entre elas, cardiologia, ginecologia, pediatria, dermatologia, endocrinologia, gastroenteorologia, ortopedia, neurologia, pneumologia e urologia. A prefeitura pretende investir no pronto socorro, visando à melhoria de suas instalações e a maior agilidade no atendimento. A prefeitura também tem colaborado com empresas e empresários interessados em construir um hospital particular no município, tendo em vista os investimentos feitos pela Petrobras na cidade e região”.

Antonio Carlos (PSDB)
O candidato relacionou suas propostas para a Saúde. Entre elas estão:
•Ampliar o acesso da população às ações de Saúde Bucal no conjunto das atividades desenvolvidas nas unidades de saúde da família e em outros espaços sociais;
•Atualizar LDO, leis e decretos municipais, dando nova redação às legislações vigentes em saúde, atendendo o atual modelo de assistência à saúde no município;
•Elaborar Código Sanitário Municipal e Código de Saúde Municipal;
•Criar Ouvidoria exclusiva para a Secretaria Municipal de Saúde;
•Investir em implantação de rede de tecnologia de informação própria para área de saúde municipal;
•Promover a reorganização do atual modelo de gerência das unidades de saúde;
•Reciclar continuamente o servidor da área da saúde, estabelecendo metas e incentivos às equipes;
•Complementar e fortalecer a estratégia voltada à Saúde da Família, viabilizando cobertura em 100% do município;
•Promover a integração da rede central de regulação com o AME (Ambulatório Médico de Especialidades) para consultas e exames especializados;
•Reorganizar para melhor operacionalizar a Unidade Mista de Pronto Atendimento e internações de curta permanência para zona sul na unidade do Porto Novo;
•Reorganizar e ampliar atendimento especializado às doenças infecto-contagiosas;
•Revitalizar o CAPS (Centro de Apoio psicossocial) com implantação do atendimento as dependentes de álcool e drogas (CAPS ad);
•Reestruturar os serviços de atendimento às pessoas portadoras de necessidades especiais, com ampliação da concessão de órteses e próteses (Fila Única, do Governo do Estado);
•Aperfeiçoar convênio com a AACD visando ampliar os recursos de atendimento;
•Criar e efetivar a implantação de “Centro de Atendimento à Mulher e à Infância” garantindo o suporte ao pré-natal realizado pela Saúde da Família, ao parto e à criança em seu primeiro ano de vida;
•Criação de um Centro de Atendimento à Mulher e à Infância buscando atendimento humanizado e integral à Saúde da Mulher e à Saúde da Criança;

Sidnei Lima (PSOL)
“O estrago no fluxo do sistema é enorme. Os conselhos, que poderiam ser reguladores, estão anestesiados por esquemas que defendem o imobilismo. Tudo conduz, na atual circunstância, à deterioração do atendimento público, em benefício do atendimento privado. Reavivar os conselhos, democratizando-os, deveria ser a primeira iniciativa para começar a melhorar o atendimento à saúde”, avalia Sidnei Lima.
O candidato afirma ainda que, o cidadão deve ter atendimento rápido e preciso. Para isso, deve-se ter várias especialidades médicas cobertas e médicos suficientes para atendimento, sem sobrecarga profissional. “Um médico na Santa Casa ganha por consulta R$ 0,30. Além disso, o médico deve cumprir seu horário de trabalho, como qualquer funcionário. Agenda-se uma consulta e o médico aparece duas horas depois, deixando o paciente tomando chá-de-cadeira”, critica.
O candidato propõe ainda que os postos das regiões Norte e Sul deverão ter atendimento 24 horas. “Cadastraremos particulares que possam fazer lotação para levar pacientes emergenciais dos bairros aos postos ou hospitais e vice-versa. Muitos já morreram por falta do transporte de ambulância”, aponta.
“Priorizamos também a construção de um hospital regional que atenda a demanda de uma população que certamente triplicará nos próximos 10 anos. Precisamos de Unidades Básicas de Saúde mais ativas, incrementando o trabalho de saúde preventivo junto às famílias e escolas. Maior participação da comunidade e amparo ao profissional da área da saúde com treinamentos, condições de trabalho e salário condizentes. Hoje, temos um leque enorme de problemas a resolver. Não será o prefeito individualmente, ou um grupo de pessoas, mas todos envolvidos nessas tarefas. Precisamos de uma CIPA - independente, administrada pelos funcionários da prefeitura, sem as interferências costumeiras atuais, além de rigoroso acompanhamento no uso de EPI’S dos funcionários e das empresas que prestam serviços”, conclui o candidato. (Fonte: Imprensa Livre)

Fique por dentro das Eleições 2008
Conheça os partidos políticos e seus números e acompanhe melhor a campanha eleitoral

Atualmente o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) possui 27 partidos registrados.
DEM – Democratas – 25 (Antigo PFL- Partido da Frente Liberal)
PC do B (Partido Comunista do Brasil) - Número: 65
PCB (Partido Comunista Brasileiro) - Número: 21
PCO (Partido da Causa Operária) - Número: 29
PDT (Partido Democrático Trabalhista) - Número: 12
PHS (Partido Humanista da Solidariedade) - Número: 31
PR (Partido da República) (Antigo PL -Partido Liberal)- Número: 22
PMDB (Partido do Movimento Democrático Brasileiro) - Número: 15
PMN (Partido da Mobilização Nacional) - Número: 33
PMR (Partido Municipalista Renovador) - Número: 10
PP (Partido Progressista (Ex-PPB) - Número: 11
PPS (Partido Popular Socialista) - Número: 23
PRP (Partido Republicano Progressista) - Número: 44
PRTB (Partido Renovador Trabalhista Brasileiro) - Número: 28
PSB (Partido Socialista Brasileiro) - Número: 40
PSC (Partido Social Cristão) - Número: 20
PSDB (Partido da Social Democracia Brasileira) - Número: 45
PSDC (Partido Social Democrata Cristão) - Número: 27
PSL (Partido Social Liberal) - Número: 17
PSOL (Partido Socialismo e Liberdade) - Número: 50
PSTU (Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado) - Número: 16
PT (Partido dos Trabalhadores) - Número: 13
PTB (Partido Trabalhista Brasileiro) - Número: 14
PTC (Partido Trabalhista Cristão) - Número: 36
PT do B (Partido Trabalhista do Brasil) - Número: 70
PTN (Partido Trabalhista Nacional) - Número: 19
PV (Partido Verde) - Número: 43
PRONA (Partido de Reedificação da Ordem Nacional) - Número: 56 - Extinto
PAN (Partido dos Aposentados da Nação) - Número: 26 (incorporado pelo PTB)  (Fonte: Imprensa Livre)

Saúde: Santa Casa pede mais recursos financeiros

Caraguatatuba - Criada em 1942 para atender as necessidades de assistência médica - hospitalar, a Santa Casa transformou-se no maior hospital da região. Administrada pelas Irmãs da Congregação das Pequenas Missionárias de Maria Imaculada, a Casa de Saúde Stella Maris é responsável pelo atendimento emergencial mensal de aproximadamente 5 mil pessoas.
A unidade apresenta uma estatística mensal que aponta para internações em número aproximado de 640; atendimentos de ortopedia 740; cirurgias de pacientes internados 269; mais de 2.600 atendimentos de raio-X e 170 exames de mamografia (dados do mês de abril). Mantém serviços de assistência social de orientação familiar e transferências de internações.
Para Irmã Francisca Tereza um dos maiores desafios na administração da Santa Casa é a falta de recursos econômicos para acompanhar a necessidade constante de transformação e adaptação tecno - científica para melhor atender os doentes.
“Faltam recursos financeiros que nos permitam ampliações emergentes devido à grande demanda reprimida que o município hoje tem. O hospital não tem condições de comportar qualitativa e quantitativamente o número de doentes que necessitam de atendimento. Dependemos do convênio SUS que cobre parcialmente as despesas, e contamos com uma complementação da Prefeitura destinada em sua maior parte para os serviços médicos”, revela.
“Mesmo com este complemento, os recursos não geram equilíbrio financeiro que permitam melhorias constantes em sua estrutura física, operacional, recursos humanos com melhores condições de remuneração e qualificação profissional”, completa Ir. Francisca Tereza.
Outro desafio que vem sendo assumido pela Santa Casa é a construção da nova unidade obstétrica e UTI neonatal que em muito vai melhorar o atendimento nesta área e conseqüentemente aumentar o número de leitos hoje totalmente defasados. Além disso, a administração espera que haja um reajuste no repasse feito pela Secretaria de Saúde para equilibrar as receitas e despesas. (Fonte: Imprensa Livre)

Notícias de Ilhabela Topo

Portal da Palmeira Candidato, tenha sua página na internet!

Prefeitura lança projeto “Busca de Sintomáticos Respiratórios”

Ilhabela - A Prefeitura de Ilhabela, por meio da secretaria municipal de Saúde, estará iniciando nesta quarta-feira, 16, o treinamento piloto do Projeto Busca de Sintomáticos Respiratórios como parte do Programa Nacional de Controle da Tuberculose.
O projeto será implantado inicialmente na Unidade de Saúde do Itaquanduba e, posteriormente, expandido para as demais unidades do município. Na ocasião todos os funcionários da Unidade de Saúde da Família do Itaquanduba serão treinados.
Esse treinamento visa capacitar os funcionários para a busca de pessoas com tosse há mais de três semanas, de maneira rotineira. Esse trabalho já é feito nas Unidades de Saúde, porém de maneira pontual ou em campanhas.
Com a implantação de tal projeto, todo usuário que procurar a Unidade de Saúde, independente do motivo, será interrogado quanto à presença de tosse. Os usuários com tosse persistente serão solicitados exames de escarro. Esse trabalho também será feito pelo Agente Comunitário de Saúde, no momento da visita domiciliar. (Fonte: Prefeitura Municipal de Ilhabela)

Centro de Apoio Psicopedagógico de Ilhabela agora tem sede própria

Ilhabela - Na segunda-feira, 14, a Prefeitura de Ilhabela, por meio da Secretaria Municipal de Educação, inaugurou as novas instalações do CAPI (Centro de Apoio Pedagógico de Ilhabela). Adquirida por meio de desapropriação amigável declarado como imóvel de utilidade pública, num investimento de R$ 425.890,00, a nova instalação do Centro de Apoio Psicopedagógico de Ilhabela disponibiliza de oito salas de consultório, recepção, cozinha e varanda, localizada na Avenida Almirante Tamandaré nº 473, no bairro do Itaquanduba.
O CAPI dá apoio técnico psicopedagógico, psicológico, fonoaudiólogo e terapia ocupacional as crianças da rede pública municipal. São crianças com dificuldades, distúrbios e/ou transtorno de aprendizagem. Elas são encaminhadas pela escola, passam por processo de avaliação pelos técnicos e recebem atendimentos de acordo com suas necessidades. Os atendimentos são semanais e os pais e professores recebem orientações dos especialistas constantemente. São atendidas cerca de 500 crianças por semana.
A nova sede recebeu o nome de “João de Souza Barbosa”, homenagem a quem foi por duas vezes vereador no município e também vice-prefeito. Conhecido como “Joãozinho”, teve uma relação marcante com a historia da educação de Ilhabela. Na década de 50, quando não existia balsa para realizar a travessia, com sua canoa e sua lanchinha, ele transportava turistas que vinham conhecer a cidade e levava os educadores até as comunidades tradicionais, proporcionando estudo e conhecimento para a população daquelas praias. Ele também dispunha das embarcações à população para leva-los ao medico na cidade vizinha. Assim, contribuiu para o desenvolvimento da educação municipal, tudo isso por amor a cidade e satisfação em colaborar, já que este trabalho não era cobrado.
Estiveram presentes o prefeito Manoel Marcos, a secretária municipal de Educação, Profª Elaine Gubany Sampaio; o secretário municipal de Saúde, Dr. Arquimedes Hypolito; a secretária de Administração, Raquel Navarro; a secretária de Turismo e Fomento, Cleuza Maciel; o secretário de Obras, João Marques; a diretora Administrativa da Educação, Maria José Figueiredo Valim; a diretora técnica-pedagógica Terezinha Dias Souza; o diretor de Trânsito, Laudelino Carlos Dias; a diretora de divisão de expediente de Turismo, Waldinéia Vandesrtappen; o diretor de Operações Turísticas, Rafael de Oliveira Morais e o vereador José Roberto de Campos; a educadora Márcia Rego, ex-diretora do ensino fundamental; o professor Antonio Cornélio de Morais Filho, ex-secretário municipal da Educação; a família do homenageado, entre outros convidados.
“Com a aquisição da sede própria, o CAPI poderá atender um maior número de crianças, melhorando assim, a qualidade de vida e igualdade de direitos das mesmas”, declarou a secretária municipal de Educação, Profª Elaine Gubany Sampaio que, na oportunidade, informou ao prefeito Manoel Marcos e a todos os presentes, que Ilhabela fará parte do Manual de Boas Práticas do Programa Bolsa Família do MEC.
Em sua fala, o prefeito Manoel Marcos agradeceu toda a equipe da Secretaria Municipal da Educação pelo excelente trabalho realizado na pasta. “Com a entrega desta obra e a implantação dos cursos qualificantes estamos concluindo 100% do nosso plano de governo”, disse o prefeito ressaltando que o compromisso está cumprindo, mas a jornada não. (Fonte: Prefeitura Municipal de Ilhabela)

Prefeitura abre curso de qualificação básica
Prefeitura de Ilhabela cumpre mais uma meta de governo e abre inscrições para Curso de Qualificação Básica certificado pelo Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza

Ilhabela - A Prefeitura de Ilhabela, por meio da secretaria municipal de Educação, cumprindo mais uma meta de governo, abre na próxima segunda-feira, 21, as inscrições para os cursos de qualificação básica em parceria com o Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza.
A administração firmou parceria com a intenção de trazer cursos para aprimorar a qualificação dos profissionais da cidade.
“Os cursos que serão oferecidos à população foram escolhidos depois de uma pesquisa de campo feita na rede estadual de ensino e nas ruas da cidade”, ressalta a coordenadora dos cursos, Cíntia Regina.
Serão seis opções de qualificação básica, sendo técnicas de atendimento e vendas, monitor de turismo ambiental e garçon/bar-man que começam em agosto e têm uma carga horária de 160 horas. Os cursos de informática básica, jardinagem e paisagismo e gard maneger – manipulação de alimentos que têm início em setembro com carga horária de 120 horas.
Segundo secretária municipal da Educação, Profª Elaine Gubany Sampaio, esses cursos abrirão as portas do mercado de trabalho aos jovens que terminam o ensino médio e demais interessados.
O prefeito de Ilhabela, Manoel Marcos de Jesus Ferreira se pronunciou sobre os cursos dizendo que esta iniciativa fecha o plano traçado para a educação no município, no entanto, não se encerra a jornada de trabalho para a melhoria da educação de Ilhabela. “Esses cursos vão dar oportunidades para os jovens e adultos que precisam se preparar para o mercado de trabalho, porque sem qualificação você perde muitas oportunidades. Essa era uma das metas do meu plano de governo, que com muita responsabilidade foi cumprida”, finalizou Manoel Marcos.
Os cursos são gratuitos, os certificados vão levar o nome do Centro Paula Souza e as inscrições devem ser feitas na sede da secretaria na Avenida. São João, nº 277, Perequê das 9h às 12h e das 14h às 17h.
As aulas serão ministradas na Escola Estadual Ana Leite Julião Torres, no bairro do Bexiga, e irão beneficiar 140 munícipes, no total dos seis cursos oferecidos.
Centro Paula Souza - O Centro Paula Souza iniciou suas atividades em 6 de outubro de 1969. Mas as primeiras reuniões do Conselho Estadual de Educação para a criação da instituição aconteceram em 1963, quando surgiu a necessidade de formação profissional para acompanhar a expansão industrial paulista.
A idéia de criar um Centro Estadual voltado para a Educação Tecnológica ganhou consistência quando Roberto Costa de Abreu Sodré assumiu o governo do Estado de São Paulo, em 1967.
Em outubro de 1969, o governador Abreu Sodré assinou o Decreto-Lei que criou a entidade autárquica destinada a articular, realizar e desenvolver a educação tecnológica nos graus de ensino Médio e Superior.
O Centro Paula Souza administra 141 Escolas Técnicas (Etecs) e 39 Faculdades de Tecnologia (Fatecs) estaduais em 120 cidades no Estado de São Paulo. As Etecs atendem mais de 118 mil estudantes, sendo cerca de 30 mil no Ensino Médio e mais de 87 mil no Ensino Técnico, para os setores Industrial, Agropecuário e de Serviços, em 86 habilitações. Nas Fatecs, aproximadamente 25 mil alunos estão distribuídos em 39 cursos Superiores de Graduação. (Fonte: Prefeitura Municipal de Ilhabela)

Vereadores aprovam cinco projetos em sessão extraordinária

Ilhabela - Durante a sessão extraordinária realizada na manhã desta terça-feira (15/07), os vereadores da Câmara Municipal de Ilhabela aprovaram um Projeto de Decreto Legislativo e quatro Projetos de Lei.
Victor Matsudo receberá Título de Cidadão - De autoria do Vereador Carlos Alberto de Oliveira Pinto, o Carlinhos (PMDB), o Projeto de Decreto Legislativo nº 13/2008 concede o Título de Cidadão Honorário de Ilhabela ao doutor Victor Keihan Rodrigues Matsudo. A matéria foi aprovada por unanimidade entre os vereadores presentes.
Denominações de Rua - Outros dois projetos de lei aprovados, ambos de autoria do Vereador Carlinhos, dispõem sobre denominação de logradouro público. O PL 61/2008 propõe o nome de “Servidão de Passagem Francisca Maria de Jesus” a viela na quadra 31 do Loteamento Balneário Barra Velha – Gleba II, localizada entre a Av. São Paulo e a Rua Ceará. O PL 66/2008 propõe que seja denominada de “Servidão de Passagem Maria Lucia Pereira Braga” a viela que tem início na altura do nº 142 da Rua Florinda Maria de Jesus, no bairro do Reino.
Câmara transfere veículo para Prefeitura – Foi aprovado o Projeto de Lei nº 89/2008, de autoria da Mesa Diretora, que dispõe sobre a transferência de um veículo para a Prefeitura de Ilhabela. Segundo a justificativa dos membros da Mesa, o veículo Santana ano 2004 embora esteja em boas condições de uso não apresenta confiabilidade para viagens longas, já que apresenta atualmente um desgaste considerável e vem gerando gastos elevados. Ainda de acordo com os autores do projeto, o carro ainda poderá ser utilizado pela administração para trafegar pelo município e poderá ser consertado na garagem da própria prefeitura, com custos menos elevados. (Fonte: Câmara Municipal de Ilhabela)

Ambulantes poderão comercializar bebidas alcoólicas em barracas nas praias

Ilhabela - De autoria do Vereador Zeca do São Pedro (PTB), o Substitutivo ao Projeto de Lei Complementar nº 82/2008, que estava previsto na pauta da Ordem do Dia da sessão extraordinária, foi aceito e aprovado por unanimidade. A propositura, que ainda será submetida ao Executivo, altera o inciso II do artigo 119 da Lei Complementar nº 529, de 13 de novembro de 2007, que institui o Código de Posturas do Município de Ilhabela, permitindo aos ambulantes a comercialização de bebidas alcoólicas nas barracas localizadas em praias.
Uma proposta semelhante havia sido apresentada por Roberto Timbada (PDT) quando substituía o Vereador Luiz Lobo (PSDB) na época em que estava licenciado. A matéria havia sido aprovada pelos vereadores e em seguida vetada pelo Executivo. Quando submetido ao plenário, o veto foi acatado pelos vereadores - com votos favoráveis do Vereador Dr. Guilherme Maia (PMDB) e do Vereador Beto Campos (sem partido). (Fonte: Câmara Municipal de Ilhabela)

Município busca pacientes com tosse persistente para exames

Ilhabela - A Secretaria Municipal de Saúde de Ilhabela inicia amanhã, o treinamento piloto do Projeto Busca de Sintomáticos Respiratórios como parte do Programa Nacional de Controle da Tuberculose.
O projeto será implantado inicialmente na Unidade de Saúde do Itaquanduba e, posteriormente, expandido para as demais unidades do município. Na ocasião todos os funcionários da Unidade de Saúde da Família do Itaquanduba serão treinados.
Esse treinamento visa capacitar os funcionários para a busca de pessoas com tosse há mais de três semanas, de maneira rotineira. Esse trabalho já é feito nas Unidades de Saúde, porém de maneira pontual ou em campanhas.
Com a implantação de tal projeto, todo usuário que procurar a Unidade de Saúde, independente do motivo, será interrogado quanto à presença de tosse. Os usuários com tosse persistente serão solicitados exames de escarro. Esse trabalho também será feito pelo Agente Comunitário de Saúde, no momento da visita domiciliar. (Fonte: Imprensa Livre)

Ilhabela participa do 52º Jogos Regionais

Ilhabela - A delegação de Ilhabela que participará dos 52º Jogos Regionais, em Caraguatatuba, já está concentrada na cidade sede dos jogos.
O município participará desta 52ª edição, com cerca de 180 atletas, divididos em oito modalidades entre categorias femininas e masculinas.
Os Jogos Regionais acontecem de 14 a 27 de julho. A cerimônia tradicional, com música, apresentação teatral, dança, será realizada na Praça de Eventos, que será palco de muita emoção e alegria nesta terça-feira, dia 15, a partir das 19h, quando acontecerá a abertura oficial da 52ª edição dos Jogos Regionais.
Aproximadamente 8 mil pessoas estão sendo esperadas para acompanhar a cerimônia. Uma arquibancada em forma de ferradura será construída no local. Além disso, um segundo palco e a pira terão lugar na Praça de Eventos.
A participação de Ilhabela começa no dia 16, com as modalidades futsal masculino e feminino, malha e tênis.

Confira a programação dos jogos do dia 16 a 18:

16/07 (quarta)
Ginásio de Esportes Alcides Crepaldi (Morro do Algodão)
Categoria: Futsal masculino livre
15:00 – Campos do Jordão x Ilhabela
Chave
Ilhabela
Campos do Jordão
Santa Isabel

Ginásio de Esportes Márcio Augusto Fleury de Azevedo (Massaguaçu)
Categoria: Futsal Feminino
16:00 – Ilhabela x Redenção da Serra

Centro Esportivo Municipal Ubaldo Gonçalves (CEMUG)
Categoria: Malha
9:20 – Roseira x Ilhabela

Centro Esportivo Municipal Ubaldo Gonçalves (CEMUG)
Categoria: Tênis
10:00 Suzano x Ilhabela

17/07 (quinta)

Ginásio de Esportes Alcides Crepaldi (Morro do Algodão)
Categoria: Futsal masculino livre
16:00 – Perdedor Campos do Jordão e Ilha x Santa Izabel

Ginásio de Esportes Márcio Augusto Fleury de Azevedo (Massaguaçu)
Categoria: Futsal Feminino
16:00 – Arujá x Ilhabela

Centro Esportivo Municipal Ubaldo Gonçalves (CEMUG)
Categoria: Malha
08:00 – Ilhabela x Tremembé

Centro Esportivo Municipal Ubaldo Gonçalves (CEMUG)
Categoria: Tênis
08:00 – São José dos Campos x vencedor de Suzano e Ilhabela

18/07 (sexta)

Ginásio de Esportes Alcides Crepaldi (Morro do Algodão)
Categoria: Futsal masculino livre
Santa Isabel x vencedor de Campos do Jordão e Ilhabela

Ginásio de Esportes Márcio Augusto Fleury de Azevedo (Massaguaçu)
Categoria: Futsal Feminino
14:00 – Aparecida x Ilhabela

Centro Esportivo Municipal Ubaldo Gonçalves (CEMUG)
Categoria: Malha
08:00 – Ilhabela x Aparecida

Centro Esportivo Municipal Ubaldo Gonçalves (CEMUG)
Categoria: Tênis
08:00 - disputa de terceiro e quarto lugar
10:00 - disputa de primeiro e segundo lugar (Fonte: Prefeitura Municipal de Ilhabela)


Ilhabela: Propostas dos Candidatos


Toninho Colucci (PPS)
“A gestão ambiental não combina com o improviso, como até hoje foi tratada, portanto, faremos um planejamento estratégico para a superação das desigualdades sociais com qualidade de vida crescente, sob a perspectiva do desenvolvimento sócio-economico-ambiental sustentável. Este planejamento envolverá todos os setores da sociedade civil organizada para implementação das ações e políticas públicas, inclusive o Plano Diretor e a Agenda 21 Local. Para tratar do desenvolvimento regional nos empenharemos na constituição do Consórcio Intermunicipal do Litoral Norte para a resolução das questões do saneamento, destinação dos resíduos sólidos urbanos da saúde e do turismo. Vamos criar o sistema municipal de meio ambiente, com a preocupação de que a variável ambiental esteja presente em todas as ações da administração pública. Devemos lutar pelo fortalecimento do Conselho municipal do meio ambiente e do plano diretor. Implantaremos o Centro Municipal de Educação para a Sustentabilidade, com ações permanentes de formação de professores, sensibilização dos alunos da rede pública e particular e de lideranças comunitárias. Parceria efetiva com o Parque Estadual de Ilhabela para o desenvolvimento do ecoturismo. Campanha SOS cachoeiras e mangues em conjunto com associações e ONGs do setor, promovendo a despoluição da mata ciliar e das áreas degradadas. Criação do “Ecoponto”, uma central municipal de recebimentos de pneus, pilhas, lâmpadas e baterias, com vistas à destinação adequada. A questão do saneamento terá atenção especial, a relação com a Sabesp será revista. Iremos exigir soluções, seremos sócios, gestão partilhada com o Governo Estadual. Este é o nosso firme compromisso com a preservação do meio ambiente, o desenvolvimento sustentável, a reciclagem e a recuperação ambiental permanente”.

Professor Joadir (PTB)
Para o Professor Joadir, grandes são os desafios a serem enfrentados pelas futuras administrações: o crescimento demográfico – em 50 anos a população cresceu de 5 mil para cerca de 25 mil habitantes; a poluição das cachoeiras e das praias pelo esgoto – vide as freqüentes bandeiras vermelhas da Cetesb; o lixo e outros tantos fatores.
“Nosso plano de governo contém ações de educação ambiental, rigorosa fiscalização, estímulo à separação correta do lixo e a constante capacitação da equipe técnica de Meio Ambiente. A questão ambiental deve ser tratada de forma coletiva ultrapassando os limites do poder público e convocando a participação do munícipe. O cidadão tem de ser sensibilizado para que todos os outros projetos ambientais tenham êxito, pois cada munícipe é peça fundamental de uma cidade sustentável”, explica Joadir. Entre outras propostas para a área ambiental estão:
• Priorizar a preservação dos mananciais de abastecimento de água na cidade; desenvolver os Planos Diretores do Meio e Zoneamento Ambiental, de Recursos Hídricos, de Resíduos de Construção e de Educação Ambiental.
• Criar um programa de mapeamento e conservação de nascentes como forma de manter a segurança e qualidade dos mananciais.
• Criar parques em áreas naturais degradadas, promovendo a consciência ecológica, visando a preservação das nascentes e manguezais.
• Promover a recuperação ambiental do Ribeirão da Água Branca e seus afluentes.
• Manutenção, limpeza, desassoreamento e revitalização de rios e matas ciliares, nas áreas urbanas e junto ao Parque Estadual.
• Monitorar a áreas de risco geológico, especialmente nas margens de rios e encostas dos morros, impedindo novas ocupações e ordenando as já existentes. Desenvolvimento de projeto para controle de vossorocas no Morro de Santa Tereza e Engenho da D’Água.

Simões (PR)
“Falar das questões ambientais por aqui é relacionar às denúncias publicadas nos jornais mais importantes do Brasil. Na condição de candidato a prefeito, tenho uma meta e um plano objetivo para as questões ambientais. É necessário cumprir a legislação no âmbito Federal, Estadual e Municipal. Esse tema tem que ser tratado pelo administrador público sem conceder nada, não pode ser uma ação entre amigos, onde tudo é possível. Existem em discussão 300 projetos da atual administração, desde a construção de área de marinha a loteamentos discutíveis, já revelados pela imprensa. Por isso, não vou traçar planos para questão ambiental de maneira demagógica e meramente eleitoreira, minha missão será cumprir apenas o rigor da Lei. O assunto ambiental é profundamente abrangente, envolve as questões apontadas acima que necessitam de fiscalização sem tréguas e honestas. Não é possível fazer demagogia barata sobre problemas ambientais, enquanto o esgoto corre sem tratamento para as nossas praias. Até parece que a atual administração enxerga o problema tratamento de esgoto fora dos problemas ambientais. Recentemente foi aprovado pela Câmara Municipal o plano diretor do Município, no art.58 – A Prefeitura deverá definir um plano Municipal para saneamento básico para o atendimento de 100% dos moradores. Existe Lei Municipal atualizada, entretanto sem nenhum compromisso com planejamento urbano. A Legislação está tratando do assunto somente agora, isto é, um absurdo e um escândalo. Chega ao cúmulo da incompetência, quase oito anos de administração, e não há projeto sério que atenda os interesses da população em relação ao tratamento do esgoto. O atendimento da rede de esgoto é um problema ambiental que alcança de maneira importante a saúde pública”.

Luiz Lobo (PSDB)
O candidato afirma que irá priorizar a questão ambiental no orçamento municipal e vê como principal ponto a ser resolvido o saneamento básico. “É mais que necessário a implantação de sistemas de tratamento de esgoto, que incluam rede coletora, estação de tratamento e destinação final”, entende.
Para Lobo, a regularização das captações de água para abastecimento é fundamental para a garantia da saúde da população. Além disso, a despoluição das cachoeiras e programa de balneabilidade das praias, que estão no seu Plano de Governo, contam com o apoio do Governo Estadual, do PSDB.
“Prevemos uma atuação conjunta com a Secretaria do Estado de Meio Ambiente, nos programas, no convênio para o licenciamento ambiental municipal e na captação de recursos”, destaca Lobo.
Para o candidato tucano, as parcerias com as Organizações não Governamentais (ONG’s) são fundamentais na implementação de políticas públicas, dividindo a responsabilidade sócio-ambiental e a promoção do desenvolvimento sustentável.
“A Taxa de Proteção Ambiental (TPA) foi criada como fonte de receita para os programas de preservação, ao contrário do que vem acontecendo. Atualmente, a renda arrecadada é revertida para o pagamento da empresa operadora do sistema”, dispara.
Lobo destaca também a importância do incentivo à aqüicultura, pesca artesanal e agricultura local, como fonte de geração de renda dentro do propósito do desenvolvimento sustentável.
Ao finalizar, salienta a necessidade de profissionalização da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, o que pretende fazer através de concurso público, uma vez que os cargos já estão criados. “Acredito no papel do Conselho Municipal de Meio Ambiente, como órgão parceiro do poder público na tomada de decisões acertadas”, conclui. (Fonte: Imprensa Livre)

Preservação do Meio-Ambiente depende de controle da ocupação desordenada

Ilhabela - O município de Ilhabela abriga 85% de Mata Atlântica preservada. O número apresenta uma ótima porcentagem em relação à beleza e preservação do Meio Ambiente, mas tanta preservação entra em conflito com o desenvolvimento de uma cidade localizada dentro de uma ilha com espaço físico restrito e cercado de água. Ou seja, apenas 15% do município pode ser habitado pela população e pelo comércio.
Sobre o desafio que a próxima administração vai encontrar em relação ao Meio Ambiente, o Imprensa Livre conversou com a atual diretora do Parque Estadual de Ilhabela, Carolina Bio Poletto.
O principal desafio de acordo com Carolina é o fato da cidade ter grande vocação para a conservação, sendo uma das maiores áreas de mata preservada, mas também ter uma vocação turística muito forte. “Isso já é um desafio. Acaba tendo um conflito, porque é difícil você auxiliar a própria presença humana com a preservação”, destaca.
Ela explica que em llhabela essa situação é ainda mais delicada pelo fato do Parque Estadual ocupar 85% do arquipélago. “Aqui nós estamos em uma área que é uma ilha circundada e limitada pela água. Então fica mais difícil ainda porque você tem o crescimento e desenvolvimento natural do homem limitado a uma área pequena”, completa.
Hoje Carolina avalia o Meio Ambiente de Ilhabela de maneira positiva, mas acrescenta que se não existisse o Parque Estadual, as áreas desmatadas cresceriam gradativamente. A diretora também faz uma alerta para ocupação desordenada que acontece há anos no município. “Claro que a área do município é muito limitada, mas se você considerar essa área, vai perceber que ela já está quase que completamente ocupada”, disse. Segundo Carolina toda faixa do município tem ocupação, principalmente a área de frente para o canal de São Sebastião, conhecida como Área em Faixa de Marinha.
Um dos maiores índices de crescimento do Estado de São Paulo está concentrado nas quatro cidades do Litoral Norte, que crescem de 4% a 5% aproximadamente todos os anos. Esse quadro faz com que os números de moradias irregulares e clandestinas aumentem na cidade. Mas esse crescimento não é nítido para todos, pois estas construções estão escondidas na maioria das vezes em APPs (Áreas de Preservação Permanente).
Para Carolina existe uma necessidade de controlar e ordenar o crescimento no município visando conseguir aumentar a porcentagem do saneamento básico, um dos maiores problemas do município atualmente. A diretora aponta ainda que deve haver uma melhor fiscalização integrada com vários órgãos para que não haja o crescimento em áreas não só dentro do parque Estadual, mas em APPs e faixa de marinha. “Tudo isso contribui para a degradação do Meio Ambiente e também para a poluição das águas”, completa.
Saneamento Básico
Desse crescimento desordenado surgem outros problemas como o Saneamento Básico citado acima. “Hoje o município não chega perto dos 10% de esgoto tratado, precisamos chegar nos 100%. Essa é uma medida que deve ser tomada agora, ou nunca vai ter solução”, enfatiza Carolina.
A poluição que contamina as nascentes e fontes das cachoeiras de Ilhabela é fruto das ocupações irregulares. Boa parte das pessoas que poluem também fazem uso da água que contaminam, isso gera um ciclo preocupante.
A população ilhabelense espera atitudes tanto da Sabesp quanto da prefeitura, que recentemente divulgaram metas e prazos para início e término das obras que vão garantir 40% de rede coletora de esgoto e tratamento para o município.
A diretora do Parque Estadual concorda que o saneamento básico é um dos principais problemas ambientais, mas salienta que isso não depende de uma única pessoa. “Esse é um desafio que não depende de uma pessoa só, ou de uma única instituição, mas sim de um conjunto. Essa é uma luta de muitas pessoas”, conclui. (Fonte: Imprensa Livre)

Notícias de São Sebastião Topo

Candidato, tenha sua página na internet! Basfibra

Igreja Católica promove missa e procissão de Nossa Senhora do Carmo

São Sebastião - A Paróquia de São Sebastião, localizada na região central, realiza nesta quarta-feira (16/7), a partir das 19h30, a tradicional missa e procissão de Nossa Senhora do Carmo. A festividade recorda a instituição do Santo Escapulário. De acordo com a Igreja Católica, a santa intercede por todos os fiéis que buscam seu auxílio, por meio do escapulário, que protege a pessoa como um escudo.
A festa social de Nossa Senhora do Amparo segue até o dia 20 de julho dentro da quarta edição do "Arraiá Caiçara", promovido pela Prefeitura de São Sebastião, por meio da Secretaria de Cultura e Turismo (Sectur) e Subprefeituras (Sesub). Para arrecadar fundos para as obras da Igreja, uma barraca da Paróquia está disponível na estrutura do evento. Mais informações pelo telefone (12) 3892-1110. (Fonte: Prefeitura Municipal de São Sebastião)

Vendedores aprovam movimento no 4º Arraiá Caiçara

São Sebastião - Com início no último dia 4/7 na Praça de Eventos da Rua da Praia, na região central de São Sebastião, o 4º Arraiá Caiçara tem agradado os vendedores das 50 barracas participantes. O evento, realizado pela Prefeitura, por meio das Secretarias de Cultura e Turismo (Sectur) e Subprefeituras (Sesub), segue até o dia 20 e é uma alternativa para aquecer a baixa temporada no município.
Segundo Ana Paula Pastore, 33 anos, moradora de Caraguatatuba e que vende empadas em prol do Lar Vicentino de São Sebastião, a sua barraca tem tido um bom rendimento, principalmente quando ocorrem apresentações de renome nacional. “Nos dias de show, tem momentos que não conseguimos dar conta devido ao grande número de pessoas. Isso possibilitou que tivéssemos até agora uma renda média de R$ 600”, explicou.
Já para Ricardo Souza Almeida, 22 anos, que reside na Enseada e trabalha na tenda dos formandos da Escola Municipal Maria José da Penha Frúgoli, as vendas devem crescer nesta semana. “Conseguimos arrecadar um bom dinheiro até aqui, no entanto, por serem os últimos dias do evento, a procura da população pelas atrações deve aumentar ainda mais”.
Nesta edição do Arraiá Caiçara, o público pode conferir barracas de diversos tipos de entidades, como escolas, creches, agremiações de samba e projetos sociais, que oferecem pastel, pizza, quentão, vinho quente, bolos, sanduíches, tortas e refrigerantes, entre outros. Além da venda de produtos, as tendas concorrem ao título de “Barraca melhor enfeitada”, que será dado pela Sectur, nesta quinta-feira (17/7), após a final do Festival Sertanejo de Calouros, marcado para às 21h.
A 4ª edição do Arraiá Caiçara prossegue na sexta-feira (18/7), com a apresentação da dupla Don & Juan. No sábado (19/7), será a vez de César Menotti & Fabiano, ambos os shows com início a partir das 23h. Já no domingo (20/7), último dia do evento, a banda os Harry’s comanda a animação a partir das 22h. (Fonte: Prefeitura Municipal de São Sebastião)

Transpetro apresenta à Prefeitura novos investimentos em São Sebastião

São Sebastião - Representantes do Terminal Marítimo Almirante Barroso (Tebar), localizado na região central de São Sebastião, apresentaram nesta segunda-feira, ao prefeito Dr. Juan Garcia, os planos de investimento no município. O gerente Giovanni Cavalcanti Paiva mostrou, entre outros, o andamento dos projetos que inclui a construção de um novo píer de atracação.
Para o prefeito é importante esse entrosamento entre o município e a Transpetro, empresa responsável pelo gerenciamento do terminal. “A município acha muito bem-vindo esses investimentos”, destacou Garcia.
Conforme Paiva, a descoberta de novos poços de petróleo na Bacia de Santos faz a empresa pensar em novos investimentos no setor. “É muito importante essa parceria com o município.” (Fonte: Prefeitura Municipal de São Sebastião)

“Arrastão da Dengue” chega ao Pontal da Cruz nesta terça-feira

São Sebastião - A Prefeitura de São Sebastião, por meio da Secretaria de Saúde (Sesau), continua realizando as ações do Plano de Combate à Dengue no Inverno. Após realizar visitas nos bairros Morro do Abrigo e São Francisco, a equipe da Sesau dá início ao “Arrastão” no Pontal da Cruz nesta terça-feira (15/7).
O trabalho consiste em visitas casa-a-casa para orientar a população dos cuidados que devem tomar para a prevenção da proliferação do mosquito, além de recolhimento de diversos materiais que servem como criadouro do inseto.
“Os moradores tomaram conhecimento da importância da ação e estão bem receptíveis com a nossa equipe, o que facilita muito o nosso trabalho, mas ainda há aqueles que se recusam a receber os agentes. Seria muito importante que essas pessoas colaborassem, pois realizar este trabalho no período de baixa incidência da doença ajuda muito na prevenção e bloqueio, protegendo o município para a época do verão e das chuvas”, explica o agente de saúde pública, Agnaldo Silva.
Além do trabalho de orientação realizado pelos agentes, uma equipe também faz telagem de caixas d’águas nas residências. Para o “Arrastão” do Pontal da Cruz, a equipe da Sesau vai contar com o reforço de 26 pessoas inscritas no programa de Frente de Trabalho do Governo do Estado.
O “Arrastão contra a Dengue” ainda será realizado no Centro e nos bairros da Topolândia, Olaria e Itatinga. (Fonte: Prefeitura Municipal de São Sebastião)

Mutirão da Cidadania chega à Topolândia na próxima sexta-feira

São Sebastião - A Prefeitura de São Sebastião realiza na próxima sexta-feira (18/7), a partir das 9h, o Mutirão da Cidadania na Topolândia. Promovido pela Secretaria do meio Ambiente em parceria com as pastas de Administração, Saúde, Subprefeituras e Governo, a ação visa orientar e conscientizar os moradores em relação aos cuidados com o meio ambiente e a importância de manter o bairro limpo. O Mutirão aborda ainda temas relacionados a Agenda 21, maneira correta de acondicionar o lixo e a sucata, entre outras questões voltadas a área ambiental. Além disso, os funcionários envolvidos ouvem as reivindicações dos moradores para, posteriormente, elaborar um diagnóstico do bairro com o propósito de facilitar o planejamento da Prefeitura. Informações pelo telefone (12) 3892.6000, na Secretaria de Meio Ambiente. (Fonte: Prefeitura Municipal de São Sebastião)

PSDB troca candidato no litoral

São Sebastião - O juiz eleitoral de São Sebastião, Guilherme Kirschner, deu aval à candidatura do empresário Waldeir Colhado, atual presidente do diretório do PSDB, à prefeitura. Ele terá como vice o dentista Luís André Tarcha.
Colhado apelou à Justiça após a executiva tucana ter indicado como postulante ao governo Roberto Magiolino, em convenção.
À ocasião, o diretório municipal havia sido dissolvido por decisão do comando do PSDB no Estado, o que possibilitou a aprovação do nome de Magiolino como candidato.
Kirschner diz ter atendido à decisão da 1ª Vara Cível. "Eles poderão ficar recorrendo e brigando entre si até as eleições. Mas com certeza, são eles mesmos que serão prejudicados com isso", disse o juiz ao valeparaibano.
Também concorrem à prefeitura o atual prefeito Juan Pons Garcia (PPS), candidato à reeleição, e o empresário Ernane Primazzi (PSC). (Fonte: ValeParaibano)


São Sebastião: Propostas dos Candidatos

Ernane Primazzi (PSC)
O candidato Ernane Primazzi afirma que a geração de empregos deve ser a preocupação número 1 do prefeito de São Sebastião. Ele acredita que isso só será possível com a priorização das obras municipais para empresas locais que contratem mão de obra da cidade. “Vamos colocar um fim nessa história de privilegiar empreiteiras de fora, que trazem funcionários de fora e ainda por cima levam milhões e milhões de reais do nosso rico orçamento para suas sedes em outras cidades”, afirma Ernane.
Segundo o candidato, existe uma grande necessidade de preparar e qualificar os jovens para o mercado de trabalho, principalmente para as vagas que vão surgir nas áreas de petróleo e gás, no setor portuário e na recepção de turistas. Seu projeto é ampliar o número de vagas em escolas técnicas. “Vamos fazer o dinheiro de São Sebastião circular em São Sebastião, o que é um fator de geração de emprego e vamos preparar o cidadão para ocupar essas vagas de trabalho”, conclui Ernane.

João Amorim (PSOL)
A participação da comunidade na formação do plano diretor, e a redução de impostos para a população de baixa renda, de forma que haja um giro maior de dinheiro no comércio é uma das principais propostas de João Amorim.
A questão da capacitação é apontada por ele como fator importante. Amorim acredita que um dos caminhos é trazer ao município, cursos de formação e aperfeiçoamento do Sebrae. A formação permanente e aprimoramento da qualidade de mão de obra local, tanto para jovens como para a terceira idade é a grande bandeira levantada pelo candidato. Outro ponto destacado pelo candidato é o apoio às cooperativas de trabalhadores já existentes, além do estímulo a formação de novas cooperativas. “O aproveitamento dos nossos cidadãos, para que todos tenham dignidade e alegria é a preocupação central da nossa candidatura”, declara Amorim.

Juan Garcia (PPS)
O candidato diz que manterá a política de geração de empregos e afirma que expandirá os investimento público nas áreas social, turismo e infra-estrutura urbana. Em um segundo mandato, Juan tem como meta ampliar, através de cursos profissionalizantes, as oportunidades de inserção de jovens, mulheres e trabalhadores com mais de 40 anos no mercado de trabalho.
Além disso, a proposta do atual prefeito é criar novas frentes de trabalho, como o Programa Emergencial de Auxílio Desemprego, oferecendo 300 vagas para trabalhadores locais, como forma de contribuir na agilidade do atendimento do serviço público.
“O tema Emprego foi uma das plataformas da atual administração. Implantamos definitivamente uma política municipal de trabalho e emprego, política essa consciente que teve seus efeitos a curto, médio e longo prazo. Geramos mais e melhores empregos, por meio da expansão do investimento público nas áreas social, turismo e infra-estrutura urbana. Prova desse investimento teve reflexo imediato no trabalho do Posto de Atendimento entre 2005 e 2008. Foram mais de 10 mil trabalhadores cadastrados que geraram 3,5 mil novos empregos na cidade”, destaca Juan. (Fonte: Imprensa Livre)

Boracéia recebe primeiro comício nesta quinta

São Sebastião - Começa nesta quinta-feira a extensa programação de comícios que os candidatos devem cumprir ao longo da campanha. A coligação “São Sebastião não pode parar”, de Juan Garcia, realiza seu primeiro comício no bairro de Boracéia, às 21h.
A coligação “São Sebastião em mãos limpas”, de Ernane Primazzi, informou que irá divulgar sua programação na quinta-feira. Já o candidato do PSOL, João Amorim, ainda não definiu sua agenda.
O candidato Juan Garcia realizou caminhadas nos bairros da Enseada e Boiçucanga no último fim de semana. Acompanhado por candidatos a vereador e por simpatizantes à coligação, numa comitiva com cerca de 50 pessoas, Juan recebeu cumprimentos de moradores e apoio à sua candidatura. “O que é verdade tem que ser dito, o senhor foi o melhor prefeito que São Sebastião já teve”, declarou o morador João Pedro dos Santos, da Enseada. “O senhor ganhou meu coração e minha confiança”, completou Marli de Souza, moradora da Rua Ademir Fortunato, no mesmo bairro. (Fonte: Imprensa Livre)

Agenda da “Coligação São Sebastião não pode parar”

16/7 (quarta)
14h - Caminhada em Barra do Sahy (Ponto de encontro: Vila Sahy)
18h30 - Reunião Canto do Mar (Local: Rua Autuosa, 431, travessa da Rua Eusébio de Santana)
20h – Reunião Balneário São Marcus (Rua Venezuela, 300)

17/7 (quinta)
14h - Caminhada em Barra do Una (Ponto de encontro: CAE)
21h - Comício em Boracéia, na Praça da Igreja

18/7 (sexta)
14h - Caminhada em Santiago/Paúba/Toque-Toque Peq. e Grande (Ponto de Encontro: Entrada de Santiago)
21h - Comício em Barra do Sahy, na Vila Sahy

19/7 (sábado)
10h - Caminhada em Maresias (Ponto de encontro: Padaria Elite)
21h - Comício em Boiçucanga, na Praça da Alegria (Fonte: Imprensa Livre)

Qualificar a mão de obra para combater o desemprego na cidade

São Sebastião - É comum vermos nas grandes cidades às segundas-feiras, filas com centenas de pessoas carregando currículos nas mãos e a esperança de encontrar uma nova oportunidade de trabalho. Essa realidade não é exclusividade das metrópoles do país, o problema do desemprego atinge grande parcela dos brasileiros e a situação se repete em São Sebastião.
Há nove meses, Maria Nilza, 22 anos, entrega seu currículo de poucas experiências profissionais em diversos estabelecimentos de São Sebastião, porém até agora não teve muito sucesso. “Já trabalhei em vários lugares, mas só tenho registro de balconista e vendedora”, lamenta a desempregada que já foi babá, faxineira e auxiliar de cozinha.
A reportagem entrevistou oito pessoas à procura de emprego, e todas apontaram a falta de movimento durante a baixa temporada como maior problema na hora de conseguir uma vaga.
No PAT (Posto de Atendimento ao Trabalhador), seis pessoas demitidas de um hotel, na Costa Sul, deram entrada no seguro desemprego. “Não tinha movimento, aí o patrão demitiu. No litoral é sempre assim” explicou Mércia Rosalvo dos Santos, 26 anos.
Os trabalhadores aguardam a chegada do verão sem esperanças de uma oportunidade duradoura. “Mesmo se eu tivesse curso superior, estaria do mesmo jeito. O negócio é aproveitar as cinco parcelas do meu seguro até chegar a temporada”, conta a garçonete Ana Paula de Jesus Pires, 34 anos.
Atualmente existem 10 mil trabalhadores cadastrados no PAT. Segundo o órgão, destes 10 mil cadastros não significam que todos encontram-se desempregados, pois muitos dos que conseguem emprego não comunicam ao PAT para retirá-lo da fila de desempregado. Em média, duas mil pessoas procuram o posto todos os meses.
Qualificação - Um dos grandes problemas do mercado de trabalho na cidade é a falta de mão de obra qualificada. Segundo o auditor fiscal do Ministério do Trabalho e Emprego, Cláudio Tarifa, isso se dá em razão de não ter sido feita uma política adequada nesse sentido através dos anos. “A Estagnação do Comércio, do turismo, do porto e a ausência de indústrias do setor produtivo atrelado à falta de cursos técnicos e profissionalizantes (qualificação do trabalhador), faz com que as vagas oferecidas com mais freqüência refiram-se a obras terceirizadas, com prazo determinado e sem estabilidade no emprego, o que acarreta em grande oscilação e rotatividade de oportunidades, contribuindo assim para o aumento do desemprego”, diz Tarifa.
O próprio PAT reconhece o problema. Segundo o órgão, falta qualificação em qualquer setor da economia, assim como escolaridade suficiente além de tempo de experiência.
São Sebastião tem uma população atual residente de aproximadamente 67.300 habitantes segundo os dados do IBGE. Atualmente a cidade possui 1.330 empresas sediadas em seu território cujas quais declararam possuir empregados em seu quadro.
O setor de serviços ocupa 59% das empresas da cidade e o comércio 35%, enquanto que as atividades industriais giram entorno de 3%, constituído por pequenas empresas de produtos manufaturados. Segundo o PAT 52% das vagas oferecidas são do setor de serviços, 17% na área da construção civil, 14% do comercio, 11% outros setores de economia. A média de vagas depende do período, se é baixa ou alta temporada: na baixa temporada a média é de 80 vagas, na alta temporada a média é de 300 vagas a mais.
Pelos dados do Caged – Cadastro Geral de Empregados e Desempregados – do Ministério do Trabalho verifica-se que 1.971 trabalhadores ficaram desempregados no município. Essas informações referem-se somente aos trabalhadores com carteira assinada. (Fonte: Imprensa Livre)

Notícias de Ubatuba Topo

Candidato, tenha sua página na internet! ACIU

Clodovil diz que Prefeitura perdeu R$ 2 milhões destinados a Santa Casa

Ubatuba - O deputado Clodovil Hernades, por meio de sua assessoria, confirmou, neste fim de semana, que, por falta de documentação, a Santa Casa de Ubatuba não terá mais como resgatar uma verba de R$ 2.000.000,00, empenhada pelo Governo Federal.
De acordo com Clodovil, o recurso teve origem após uma iniciativa da União, que, destinou R$ 3 milhões para todos os deputados federais eleitos em primeiro mandato, caso de Clodovil. O ex-apresentador indicou o repasse para as Santas Casas de Caraguatatuba e de Ubatuba. Entretanto, a verba reservada para Ubatuba, não foi obtida, pois, segundo a assessoria de Clodovil, a direção do hospital não conseguiu enviar, nos prazos estipulados, diversos documentos necessários para a liberação do dinheiro.
“Procuramos informação sobre o processo em Brasília e fomos avisados que, agora, não tem mais jeito. A verba já voltou para o fundo de reservas do Ministério da Saúde e a cidade não terá mais direito a nada do que o deputado conseguiu”, explica a assessora parlamentar de Clodovil, Meg Ramos, ressaltando ainda que, mesmo entregando toda a documentação, o recurso não seria destinado para melhorias, mas sim, para o pagamento de dívidas que a Santa Casa de Ubatuba tem com o Governo Federal.
Dada à situação da dívida da Santa Casa, administrada pela Prefeitura, o Ministério da Saúde solicitou que, o Município de Ubatuba destinasse o referido recurso para outras áreas de atuação de saúde como, postos de bairros, laboratórios e etc.
Feito isso, a Prefeitura dividiu o dinheiro em diversos pontos de saúde do Município, mas, com a demora no cumprimento de todos os dados exigidos pelo Governo Federal, Ubatuba foi excluída por não cumprir o prazo. A cidade concluiu apenas um pré- projeto e só teve direito a uma parcela de R$ 100.000,00 (cem mil reais) dos R$ 2 milhões indicados pelo deputado.
A reportagem do jornal Imprensa Livre tentou entrar em contato com a direção da Santa Casa de Ubatuba, porém, não conseguiu localizar os responsáveis pelo hospital. O mesmo aconteceu na busca pelo Secretário Municipal de Saúde. Como a notícia foi divulgada no final de semana, todas as tentativas foram feitas nos telefones particulares das autoridades.
Nesta segunda feira, dia 14, a reportagem continuará tentando a versão da Santa Casa e Prefeitura sobre a verba perdida. (Fonte: Imprensa Livre)

Prefeitura diz que Clodovil mente sobre verbas à Santa Casa

Ubatuba - O Secretário Municipal de Saúde, Clingel Frota, foi categórico em relação à afirmação do deputado federal Clodovil Hernandes (PR), de que a Santa Casa de Ubatuba teria perdido uma verba de R$ 2 milhões do Governo Federal, conseguida pelo parlamentar. “O Clodovil está mentindo.
Não existe e nunca existiu nenhum montante deste valor reservado para Ubatuba”, ressalta o secretário. De acordo com o ex-apresentador de TV, o recurso teve origem após uma iniciativa da União, que, destinou R$ 3 milhões para todos os deputados federais eleitos em primeiro mandato, caso de Clodovil. Entretanto, a verba reservada para Ubatuba, não foi obtida, pois, segundo a assessoria de Clodovil, a direção do hospital não conseguiu enviar, nos prazos estipulados, diversos documentos necessários para a liberação do dinheiro.
A prefeitura que é responsável pela Santa Casa desde 2005, rebateu as informações da assessoria do deputado e disse que os documentos foram entregues corretamente. “Nosso trabalho foi feito a tempo e o projeto está pronto, inclusive, entregue ao Ministério da Saúde, o que não tem é o dinheiro anunciado pelo Clodovil. Nenhuma pessoa de Brasília tem conhecimento deste recurso e a informação que o Ministério nos passa é que, não tem verba prevista no fundo da pasta da saúde e nem para melhorias na Santa Casa de Ubatuba”, explica Clingel, rebatendo as afirmações do deputado federal, sobre os problemas com a documentação exigida.
“Não houve nenhuma negativa em relação ao que entregamos para o Ministério da Saúde, temos quatro propostas de investimentos que estão classificadas como adequadas, no próprio site do Governo Federal”, completa o Secretário, considerando um “golpe baixo”, por parte do deputado, ter acusado a prefeitura de atraso em algum procedimento, já que, dois assessores de Clodovil puderam acompanhar, passo a passo, os esforços para a obtenção dos recursos.
O jornal Imprensa Livre entrou em contato com o Ministério da Saúde e descobriu que Ubatuba não recebeu o dinheiro por uma falha do Governo Federal. De acordo com a assessora parlamentar do Ministério da Saúde, Bonina de Almeida, a Prefeitura entregou os documentos no tempo certo e o deputado Clodovil, também destinou o recurso para a Santa Casa. No entanto, a cidade perdeu o recurso, pois, não houve tempo hábil para a análise da parte técnica do processo. Segundo o Ministério, são milhares de documentos que passam pela pasta todo o ano e, em alguns casos, a parte burocrática acaba impedindo a realização do investimento previsto. Como o orçamento da União é anual, o dinheiro reservado para 2007 não poderá mais ser gasto neste ano e, com isso, o recurso volta para os cofres da União, não atendendo, por exemplo, ao pedido do deputado Clodovil, para Ubatuba.
“Nem o deputado, nem a prefeitura, tem culpa em relação a não liberação da verba”, completou a assessora parlamentar do Ministério da Saúde, Bonina de Almeida, minimizando o repasse de R$ 2 milhões a um hospital em anunciada crise financeira. (Fonte: Imprensa Livre)

Comad faz cadastro de entidades antidrogas

Ubatuba- O Comad (Conselho Municipal Antidrogas) de Ubatuba iniciou o cadastramento das entidades que prestam atendimento a dependentes químicos no município. Segundo a prefeitura, o objetivo é iniciar um canal de comunicação entre entidades e o órgão. A presidente do conselho, Lu Nunes, afirmou que o cadastramento tem como finalidade o conhecimento mais amplo da existência dessas entidades para que o conselho possa realizar futuramente um apoio técnico adequado. Os interessados deverão retirar o formulário na Casa dos Conselhos, à Rua Paraná, 257. Mais informações pelo telefone (12) 3833-4400. (Fonte: ValeParaibano)

PM prende suspeito por porte de armas

Ubatuba - A Polícia Militar de Ubatuba prendeu em flagrante na madrugada de ontem J.M.N.P.C., 44 anos, por porte ilegal de armas no bairro do Casanga. De acordo com a PM, durante revista de rotina foram encontradas seis munições de arma calibre 380 em poder do suspeito. Após o flagrante, outras oito munições de arma calibre 22 foram encontradas na casa do acusado. Segundo a polícia, J.M.N.P.C. não tinha autorização para manter munições. Ele foi encaminhado à delegacia para depoimento e preso por porte ilegal de munição. Segundo a Polícia Civil, ele não tem antecedentes criminais. O suspeito foi encaminhado à Cadeia Pública. (Fonte: ValeParaibano)

Prefeitura ministra Curso de Hortas Suspensas em Caraguatatuba
Participaram do evento cerca de 50 pessoas, entre agricultores e outras pessoas interessadas, moradores de zonas rurais e urbanas

Ubatuba - A equipe da Secretaria Municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento (Smapa) da Prefeitura de Ubatuba foi convidada a ministrar seu “Curso de Hortas Suspensas, Alimentação e Qualidade de Vida” na cidade de Caraguatatuba. O convite foi feito pela Coordenadoria de Assistência Técnica Integrada (Cati) e aconteceu nesta segunda-feira, 14. Participaram do evento cerca de 50 pessoas, entre agricultores e outras pessoas interessadas, moradores de zonas rurais e urbanas.
O curso foi solicitado pelo Grupo Verde Saúde, que está desenvolvendo o projeto “Resgate da Memória Cultural da Utilização de Ervas Medicinais do Litoral Norte”. Segundo uma das componentes do Grupo, Celeste Cotrin, o principal interesse do grupo foi aprender as técnicas de compostagem ensinadas no curso. “Dentro do nosso trabalho de resgate, gostaríamos de desenvolver as técnicas de biofertilizantes e aproveitamento saudável do lixo para criar a nossa própria terra, que alimentará o herbário. Achei muito bom saber que podemos abrir as divisas e criar parcerias. O curso foi ótimo para nos mostrar novos horizontes.”
Na opinião do engenheiro agrônomo da Smapa, este intercâmbio entre cidades é muito interessante. “Nosso curso está extrapolando as fronteiras do município. É gratificante poder difundir esta consciência ambiental, para que outras cidades possam desenvolver seus próprios cursos, multiplicando e mostrando as técnicas a cada vez mais pessoas.”
A nutricionista Luana Tozaki, que ministra a palestra sobre alimentação e qualidade de vida, afirmou que os participantes ficaram deslumbrados com a idéia das hortas suspensas. “Como eles nunca tinham visto algo parecido, ficaram muito curiosos e fizeram inúmeras perguntas.”
Nova data em Ubatuba - Devido ao grande interesse despertado no público ubatubense durante a 85ª edição da Festa de São Pedro, em que havia um stand da Smapa, foram abertas novas datas para o Curso de Hortas Suspensas, Alimentação e Qualidade de Vida. No próximo dia 24, duas grandes turmas se reunirão na Praça Bip, sendo que uma será de manhã, a partir das 8h e outra à tarde, a partir das 14h. Os inscritos serão contatados pela equipe da Smapa, por telefone. Quem for participar, deve levar para o curso: garrafas pet, barbante, estilete e vontade de aprender. (Fonte: Prefeitura Municipal de Ubatuba)


Ubatuba: Propostas dos Candidatos

Eduardo César (DEM)
“Sabemos que Ubatuba é uma cidade turística e depende da qualidade de suas águas para o seu desenvolvimento econômico e social. Desde que assumimos, em 2005, temos adotado medidas drásticas para solucionar esses problemas que se arrastam na nossa cidade por décadas. Temos ações neste sentido, que já apresentam resultados palpáveis do ponto de vista tanto social como ambiental, tais como o congelamento de núcleos irregulares; o Programa Municipal de Regularização Urbanística e Fundiária; a criação de um Plano Diretor Participativo, com ênfase na sustentabilidade social, econômica e ambiental; a apresentação de projeto de lei de Uso e Ocupação de Solo inovando medidas de regularização; a doação de área ao Governo do Estado para construção de casas populares atendidas com infra-estrutura adequada, entre outras. Agora estamos em fase de elaboração do Plano Municipal de Saneamento Básico, que orientará as ações e metas a serem cumpridas pela empresa que irá prestar os serviços necessários à universalização do saneamento básico em Ubatuba. Sabemos que o contrato com a Sabesp vence em 2010 e será a nossa oportunidade para revermos esta situação. Como é do nosso feitio, a comunidade será chamada para discutir esta questão”.

Maurício Moromizato (PT)
“Saneamento Básico será um marco em nossa gestão. Temos desde 2007 um Marco Regulatório do Saneamento Básico, regulamentando o setor e indicando a titularidade do município na questão. A promotora do meio ambiente responsabilizou a atual administração pela falta de saneamento no município. As discussões sobre o tema apontam que os problemas e soluções devem ser tratados caso a caso. A Sabesp não tem plano de metas a ser cumprido, e seu planejamento, se executado, é insuficiente para resolver nosso problema”, entende o candidato.
Ele propõe criação de órgão especifico para tratar da questão. “A Sabesp será chamada para assinar, nos termos da lei, um contrato temporário para que nesse período se cumpra a obrigação legal e a nossa determinação pessoal de elaborar um Plano Municipal de Saneamento. Este plano, baseado em discussões envolvendo especialistas e cidadãos de Ubatuba, emergirá o modelo que o município adotará, ou seja, se permanecemos vinculados à Sabesp ou se municipalizaremos o setor”, declara.
“A Tônica será a busca de soluções especificas para cada região do município. Na Picinguaba, por exemplo, a solução passa por tratamento coletivo devido à disposição das habitações, ao passo que na Fazenda da Caixa devemos ter soluções individuais. Haverá estímulo também a soluções coletivas fora da esfera do poder municipal, como a da Co-Ambiental, na Praia Grande, e pelo FEHIDRO no Cambury e Fazenda da Caixa”, acrescenta Moromizato.
“A saúde não pode esperar. Precisamos de maneira muito rápida suprir de água tratada e com flúor bairros como Sesmarias, Vale do Sol, e tantos outros”, acredita. Para completar, o candidato propõe uma gestão política contínua de modo a viabilizar recursos federais para o setor. “Faremos os projetos e temos apoio político necessário para conseguir esses recursos”.

Pedro Tuzino (PSDB)
“Ubatuba precisa de um prefeito e uma equipe multiprofissional que conduza as ações de saneamento com conhecimento técnico e capacidade de buscar recursos frente aos governos do Estado e Federal, estabelecendo parcerias para as soluções dos problemas de saneamento. Nos seis anos que fiquei à frente da Sabesp, nesta região, participei da equipe que implantou a Estação de tratamento de água Carolina, Estações de Esgoto Central e Ipiranguinha e a otimização da Estação das Toninhas, e mais de uma centena de quilômetros de redes de água e esgoto. Para a universalização do atendimento será necessário investimento na ordem de R$ 75 milhões, que incluem os sistema que atenderão Picinguaba, Itamambuca, Praia Dura, Rio Escuro, Corcovado, Praia Vermelha, Folha Seca, Maranduba, Lagoinha e Sertões, e todos os bairros da região central. Para isso buscaremos parcerias com os governos Estadual e Federal. Com recurso do Ministério das Cidades faremos o Programa de despoluição das Praias, com a limpeza e desinfecção das areias e despoluição dos rios por Flotação. Em regime de urgência eliminaremos o lixão transformando em um aterro controlado, acabando com o mau cheiro e a contaminação do Rio Grande pelo chorume. Implantaremos redes de águas pluviais, um sistema de drenagem urbana eficiente, evitando enchentes, ligações clandestina de esgoto, proliferação de roedores e insetos, com controle eficaz de vetores diminuindo assim o risco de doenças.
Através de contratação direta promoveremos a limpeza e construção de muros e calçada nos terrenos baldios, num controle permanente da Dengue, epidemia esta que põe em risco a economia do município bem como a saúde pública. Trabalho é a nossa praia, e este é o segredo de uma administração pública eficiente, fazer projetos e buscar recursos, consolidar parcerias, obras simples e sem exageros e superfaturamento tirarão nossa cidade do caos”.

Paulo Ramos (PDT)
O ex-prefeito está viajando e a assessoria do candidato não teve como passar as propostas até o fechamento desta edição. Entretanto, Paulo Ramos, durante as respostas de seu perfil político, considerou o saneamento básico um dos principais problemas da cidade, e usou o termo “obrigar” a Sabesp a cumprir os contratos de melhorias na rede de água e esgoto da cidade. Paulo Ramos promete atenção ao setor e deve abordar o assunto durante a sabatina que será realizada com o candidato. (Fonte: Imprensa Livre)

Balneabilidade das praias depende de investimentos em Saneamento Básico

Ubatuba - Como em todas as cidades da região, Ubatuba também sofre com a falta de investimentos e melhorias no setor de saneamento básico, principalmente, no que diz respeito às redes de esgoto residenciais. A ocupação desordenada da cidade é clara e a falta de espaços regularizados para a moradia humana acaba levando a população mais carente para uma espécie de “favelização”, em periferias, geralmente, localizadas próximas às áreas de proteção ambiental.
As comunidades, ao longo dos anos, estão se concentrando em espaços menos valorizados e formando bairros populosos, mesmo longe do centro da cidade. A migração para Ubatuba, apesar de menos contundente nos tempos atuais, segundo números do IBGE, é a maior responsável pela ocupação desordenada nestes locais.
Além de estarem afastados do centro, muitos imóveis, destas periferias, estão localizados em áreas protegidas pela legislação ambiental do país e do Estado e, também devido a isso, não conseguem receber a estrutura de saneamento adequada para a comunidade.
A Sabesp de Ubatuba foi procurada pela reportagem para esclarecer qual a real abrangência da rede de água e esgoto ativa no município. Porém, a gerência da unidade não estava presente e nenhum funcionário se dispôs a passar a informação. As únicas informações referentes a investimentos da companhia no município, vem da presidência da empresa.
Segundo a diretoria da Sabesp, entre as obras planejadas e já iniciadas está o sistema de esgoto do Tenório e de parte do Perequê-Açu, totalizando investimentos de cerca de R$ 2 milhões.
Além destas obras, existe um cronograma que inclui os bairros Estufa I, Estufa II, Jardim Carolina e o restante do Perequê-Açu, com início das obras previsto para janeiro de 2009, totalizando investimentos de R$ 13,7 milhões para a cidade, fazendo com que a cidade passe a ter 60% de seu esgoto coletado e tratado, onde há rede coletora.
Apesar das promessas, a própria gerência da Cetesb no município admite que a atual situação do saneamento na cidade ainda está muito longe do ideal. Este quadro de falta de estrutura no setor gerou um dos principais e mais graves danos ambientais da região, principalmente, no que se trata da qualidade das águas.
As periferias, cada vez mais habitadas e sem redes de tratamento de esgoto, acabam despejando diretamente os resíduos nos rios mais próximos das comunidades. Além da poluição direta das águas pluviais, a alta concentração de coliformes fecais também chega ao mar, poluindo diversas praias da cidade.
No meio deste ano, a cidade apresenta apenas um trecho da praia do Itagua imprópria para o banho. Entretanto, a boa qualidade da água em outros pontos só ocorre pela falta de chuvas. Em abril, final de período chuvoso, a cidade chegou a apresentar mais de cinco locais com altos índices de poluição. A região de Itamambuca teve a praia e o rio afetados pelo despejo de esgoto doméstico, fazendo com que os locais recebesse a bandeira vermelha da Cetesb.
A poluição de uma das praias mais famosas do litoral gerou uma onda de protestos por parte da sociedade, que pede ações imediatas das autoridades. Até o momento, o município já realizou algumas conversas com o Governo do Estado, mas as autoridades, de ambos os níveis de poder, admitem que, a situação só conseguirá ser realmente revertida em um prazo mínimo de 20 anos. (Fonte: Imprensa Livre)

Cinema: SEMANA DE 18/07 a 24/07/2008
Cine Porto (12) 3833-2066

"Hancock"
Aventura!!!!! com Will Smith
ás 15:30 - 17:30 - 19:30 - 21:30hs


cineporto@hotmail.com

Poesia Topo

Histórias de pescador

O pescador Benedito,
por ordem da medicina,
ficou fundeado em casa
por longas semanas de inverno
e começou a piorar
à medida que lá fora
o tempo principiava a melhorar.
E foi por teimosia
e marinheira intuição,
depois de uma prece a S. Pedro,
santo de sua devoção,
que mandou tirar as cracas
que iam tomando conta
de si e de sua embarcação,
pinchou fora cataplasmas e sinapismos
e saiu para pescar,
a partir de então,
viu sua saúde retornar.

Caso de marinheiro

Quando o velho marinheiro
achou que ia morrer,
dispôs em testamento
que seu caixão fosse seu barco
com as velas ao vento,
com as bandeiras de luto,
com as luzes no tope,
deixado a vogar
na corrente atlântica-polar.
Seus herdeiros protestaram,
ignorantes de marinharia e poesia,
e escolheram um jazigo
em cama de concreto de armar
a sete palmos do chão
bem distante do mar.
O velho marinheiro indignado
e descontente com os parentes
mudou de idéia,
resolveu sarar
e por aí pode ser visto,
nas idas e vindas do mar,
aproveitando as surpresas
do ofício de marinhar.

Papos do menino Régis

Anjinhos do céu,
que são de Santa Maria os queridinhos,
quando escutei ruídos de asas lá fora,
foram vocês ou os passarinhos?

Félix Cabral
Ubatuba, SP

Carta do Leitor
As mensagens, fotos e opiniões  publicadas neste boletim são de inteira responsabilidade de suas fontes e autores,
não expressando necessariamente a opinião deste informativo. O envio de qualquer material para nosso e-mail
será considerado como autorizado a sua publicação e assumida a total responsabilidade pelo seu conteúdo.
As mensagens deverão conter nome completo, RG, endereço, telefone de contato e um e-mail válido.
Reservamos o direito de não publicar cartas que não contenham a devida  identificação do autor.
Topo

Aves de Ubatuba em Londres

As aves de Ubatuba, de Caraguatatuba, de São Sebastião e de Ilha Bela. Com o apoio do Sindicato dos Hotéis vamos levar o Litoral Norte para o maior evento da ornitologia internacional. A Bird Fair é o equivalente mundial da nossa já conhecida Avistar Brasil. É o encontro de operadores do turismo de observação, ornitólogos e observadores de aves numa grande feira de negócios e oportunidades além de importantes contatos com os principais financiadores de projetos envolvendo o estudo e a proteção das aves.
A primeira edição da Bird Fair aconteceu timidamente em 1987, ela é realizada dentro de uma reserva florestal e isto possibilitou ano a ano a sua ampliação e crescimento, para a edição de 2008 estima-se um publico de 18.000 especialistas e mais de 300 stands reunidos no maior evento mundial com o tema aves.
Se pretendemos tornar o Litoral Norte como destino do turismo de observação a participação na Bird Fair é a melhor oportunidade para os contatos com o mercado emissor da Europa e dos Estados Unidos.
Neste ano graças ao apoio do SINHORES poderemos mostrar ao mundo a importância da nossa avifauna e o potencial que a nossa região tem como destino do turismo de observação.
Além dessa oportunidade mundial que se abre com a participação na Bird Fair a nova parceria com o SINHORES implica na expansão do trabalho pioneiro de Ubatuba para as outras cidades que compõe o Litoral Norte Paulista. A recente marca de 500 espécies de aves em Ubatuba, a rede hoteleira e gastronomia de primeiro mundo, a cultura e a história do Litoral Norte e, principalmente, as imensas áreas de preservação nas quatro cidades, colaboram para tornar a nossa região como um importante pólo receptivo do turismo de observação. Turismo de qualidade que envolve milhões de dólares em viagens, equipamentos e serviços.

Carlos Rizzo
Ubatuba, SP

Abusos nas vagas para taxi

Alem de termos bastante problemas com estacionamentos no centro da cidade, deparamos agora com um absurdo nas vagas p/ taxi na praça Nóbrega, simplesmente foram ampliadas as vagas para taxi sem necessidade tirando mais vagas das pessoas que vem na cidade resolver seus problemas. Pelo que observo o tempo todo daqui, não vejo que tenha tanto taxi atuante nesse ponto que precise ampliar as vagas do jeito que foram ampliadas, será que tem pessoas com licença para taxi e que não atuam na praça e querem garantir sua vaga? Gostaria que a prefeitura revesse essa ampliação e verificasse se realmente existe essa quantidade de taxi atuante, afinal o povo não pode ser sacrificado para as mordomias de alguns.

Francisco B. Aguiar
Ubatuba, SP

Clodovil & Eduardo Cesar

Infelizmente a corda sempre estoura do lado mais fraco. Enquanto se discute aonde foram parar verbas públicas a população é que sofre com o descaso.
Eduardo que após 4 anos só lembrou de trabalhar agora, com obras que comem o dinheiro público e que logo precisarão de reparos, e Clodovil que de concreto até agora também não fez nada pela cidade.
Este fim de semana precisamos de atendimento médico no ’PS’ da Maranduba, aonde meu pai, deficiente físico e diabético, foi super mal atendido, além do jogo de empurra entre os médicos, não tinham nem uma cadeira de rodas em boas condições. A que lá existia estava em estado deplorável (fotos em anexo).
Solicito que os assessores de deputados e prefeitos além de enviarem e-mails inúteis, peçam a seus patrões apenas que TRABALHEM.

Mário Gabriel do Prado
Ubatuba, SP

Visita

No feriado, de Nove de Julho, recebi a sempre grata e divertida visita de Manolo Insula. Era esperada já algum tempo. Manolo chegou eufórico, hilário e gozador. De cara veio dizendo: "Você está ótimo. O tempo não passa por você. Poxa, meu! Esperava te encontrar deitado na urna funerária que fizeram para enterrar a CUT, o Sindicato e todos da CHAPA 1. Desta vez conseguiu escapar e sobreviver. Não se confia, não. Tem gente, por ai, que não respeita ninguém. Por uma gratificação e/ou um carguinho em comissão ou contratado como eventual, mesmo que só seja até o final do ano, vendem colega, sindicato, ética, probidade, negociam empréstimos com BANCO, para os coitados dos funcionários endividados, cobrando, para eles, 5% (cinco por cento), caluniam, difamam e até comemoram as derrotas repassando a carne do churrasco, da esperada vitória, para a Cantina".
Que isso, Manolo, de onde tirou todo isso?
"Rede de informações Insula Barataria Ltda". Você sabe que um dia em Ubatuba recebo mais informações que vocês que moram aqui. Já provei isso outras vezes. Quer que te fale outras novidades da política?. Coisas muito graves.
Acalma-te, Manolo. De política agora não dá para falar. A censura proíbe. Até o Senado desistiu de impedir, nas eleições, a participação de supostos corruptos e já condenados.
"Falar pode. Não pode publicar fatos de improbidade atribuídos a candidatos. Falar os podres de nossos impolutos políticos é proibido. Publicar idéias e discutir procedimentos é permitido. Não podemos ter medo. É necessário ficarmos atentos aos movimentos subterrâneos de abertura de cofres e à identificação de compradores e vendidos. Só assim Ubatuba poderá mudar. Entendo que você, já tão visado, não queira se envolver em pândegas".
De política partidária não quero saber. Pretendo manter-me afastado. Se puder ajudar alguém com idéias o farei com muito prazer e sem almejar nada. Só desejo o melhor para Ubatuba.
VIVA UBATUBA!. Sem dengue e sem caluniadores.

Corsino Aliste Mezquita.
Ubatuba, SP

Continuidade do Seminário

I Seminário sobre a Criação do Programa Lixo Zero, Arquitetura Sustentável, Energia Renovável, no âmbito do Município de Ubatuba.
Devido ao enorme interesse que despertou em todos os participantes, os palestrantes- MARCIA MACUL E SERGIO PRADO, da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da USP - se comprometeram a dar continuidade com o detalhamento da proposta e envolvimento do executivo, legislativo, imprensa, órgãos responsáveis (cetesb, sabesp, secretarias), ongs e movimentos sociais.
Algumas das propostas já foram feitas aqui em Ubatuba em caráter experimental e podem representar uma economia muito grande para o município e alavancar seu desenvolvimento.
Contamos com todos, especialmente com os participantes do Penicaço. (os INGS).
Divulgaremos a todos a data da próxima reunião assim que eles confirmarem.

Rui Alves Grilo
Ubatuba, SP

Enquanto isso, no Brasil...

Candidato, tenha sua página na internet!

Foto do Dia Topo

Para participar desta seção basta enviar as fotos com crédito do autor e legenda, no tamanho mínimo
de 1024 x 768 pixels com resolução de 72dpi para fotododia@litoralvirtual.com.br.  O envio da foto caracteriza autorizada a sua publicação, assumindo o autor total responsabilidade pela publicação da mesma.

Ilha Anchieta  © Luciano Cancelier

Ilha Anchieta
© Luciano Cancelier

Envie sua foto!

Para instalar a foto como papel de parede (wallpaper)
Clique na foto acima. Após carregar a foto ampliada, clique com o botão direito do mouse sobre a imagem e escolha "Definir como papel de parede" ou "Definir como fundo de tela". Para ajustar a imagem em tela cheia, clique em qualquer lugar da área de trabalho com o botão direito do mouse, escolha "Propriedades" / "Fundo de Tela" ou "Papel de Parede" / "Ampliar".

Arquivos:  Foto Saudade  -  Foto do Dia

 Faça seu comentário, crítica, opinião ou sugestão no Litoral Virtual:
Clique Aqui


As notícias, fotos e cartas publicadas neste boletim são de inteira responsabilidade de suas fontes e autores,
não expressando necessariamente a opinião deste informativo. O envio de qualquer material para nosso e-mail
será considerado como autorizado a sua publicação e assumida a total responsabilidade pelo seu conteúdo.
As cartas devem conter nome completo, RG, endereço, telefone de contato e um e-mail válido.
Reservamos o direito de não publicar cartas que não contenham a devida  identificação do autor.

Editor: Emilio Campi

GRÁTIS!!
Receba as Últimas Notícias do Litoral em seu e-mail:

Quero receber GRATUITAMENTE o boletim Últimas Notícias do Litoral:

e-mail:
Cidade:



Obs.: Você poderá cancelar o recebimento das notícias a qualquer momento.

 

Conheça as cidades do Litoral Norte Paulista:

Caraguatatuba Ilhabela São Sebastião Ubatuba

Litoral Virtual
O mais completo site do Litoral Norte Paulista na Internet
Sugestões, críticas e informações, entre em contato:
info@litoralvirtual.com.br

©1995/2001 Emilio Campi - Studio Maranduba - Direitos Reservados
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem a expressa autorização do autor