Artigos Anteriores

Ronaldo Dias

Quem conhece Circo?

Quem conhece circo? Como meu pai trabalhou em circo muito tempo, era trapezista, acabei passando boa parte de minha infância naquele mundo maravilhoso e fantástico que foi o circo daquela época. Pude conviver com artistas, malabaristas, mágicos, animais, e palhaços. Boas e saudosas lembranças.

O circo faz bem as crianças. O tempo passou e o circo se foi. Não sei se foi a experiência vivida, mais guardei no sub consciente as características de cada personagem. Nos últimos tempos, agora na TV, principalmente nos noticiários, posso comparar com aqueles, os artistas que nos governam. Dos escândalos financeiros dos órgãos de fomento PANPARA, SUDAM E SUDENE, painel eletrônico, reeleição, Lalaus etc, vou pular todo o resto por absoluta falta de espaço para o infindável elenco das falcatruas e chegamos aos dois últimos apagões.

O da CPI da corrupção (promovido pela situação) e o do racionamento de energia. O menino da camisa bonita e todo seu staf, devem ter feito seus cursos de graduação, e doutorado na ala dos palhaços. Muito divertido mesmo esse aprendizado, se não nos custasse tão caro. Toda pompa diante das câmaras, com aquelas fantasias de gente seria, para dizer alto e de bom som que FORAM PEGOS DE SURPRESA pela falta de energia.

Falta na verdade, combustível para o crescimento do país e fôlego, para peripécias econômicas do ministro mallandro ou de chuchu para o presidente do BC. Ministérios servem afinal para que? As cenas em que TODOS aparecem, são cômicas. Pena que trágicas. Ao invés daqueles ternos caros, de alguns mil dólares, deveriam colocar aquele chapeuzinho típico de orelhas alongadas.

O consumo de energia per capita do Brasil é um dos menores do mundo, estamos em 82º lugar, abaixo do Cazaquistão. A geração de nossa energia, tem seu custo de implantação amortizado, pois inclusive, foi cobrado dos consumidores nas respectivas contas. Há no Brasil 20 milhões de lares sem energia, outros milhões, com apenas um bico de luz. Quem não conhece?

Assim, quem e’ o vilão do consumo energético? Quem é o responsável? Não demora muito irão crucificar o S.Pedro. Falta de planejamento, falta de estrutura técnica, ou mesmo de ouvidos, mesmo com aquelas orelhas grandes, para os políticos que ocupam cargos técnicos, sem formação alguma para a função e que não sabe mesmo ate’o que estão fazendo, sentados naqueles gabinetes luxuosos e custosos para os nossos bolsos. Apenas contam votos. VERGONHA NACIONAL.

Quando tinha 21 anos fiz a ESG. (ESCOLA SUPERIOR DE GUERRA) hoje com 50, e diante deste palco iluminado, posso ver claramente e entender só agora, a falta de amor a pátria destes seus vendilhões, nos chamados de outrora, ASSUNTOS DE SEGURANÇA NACIONAL. Industria de base, telecomunicações, energia, subsolo, transportes, sistema financeiro são, ou melhor, eram, senhas secretas para nossa verdadeira liberdade.

Venderam, privatizaram, sem nenhuma surpresa, por uns poucos dinheiros. Estamos agora reféns da boa vontade dos novos proprietários das empresas correlatas e do tal FMI. Nossa verdadeira liberdade foi geneticamente modificada para ser uma liberdade aparente, vigiada, controlada e subvertida. A subverniencia em que nos meteram, mostram claramente a falsa democracia que nos oferecem e praticam. Neste circo, onde somos as bananas e eles os macacos, continuamos pagando regiamente todos os ingressos para a terra prometida, vulgo conto do vigário do mundo globalizado.

O pior, que pelo menos no palco, os palhaços acreditam que o que fazem, quando fazem, é sério. O que esperar do futuro deste circo se o gerente acredita nos puxadores de aplausos da primeira fila, e finge não ouvir as vaias da galera na geral. Muito menos, o tal gerente, quando os panos e as lonas, embebidos nos desmandos da corrupção, nos conchavos suicidas e nas fraudes de toda ordem pegarem fogo, pode dizer ter sido pego de surpresa. E quando souber então, do caos da Saúde, da Segurança, da Educação, do desemprego, da falência do Estado? NOVAS SURPRESAS? UM VERDADEIRO ESPETACULO.

Para nós, diante de tantas peripécias circenses destes alegres, surpresos e desinformados personagens, resta mesmo apenas RIR. RIR, para não chorar da imensa alegria destes palhaços, que como os outros, se alegram em ver o circo pegar fogo. Enquanto este grande incêndio acontece, pelo menos no APAGÃO, não vai faltar luz. Não será nenhuma surpresa, se o povo cansado de escuros e de palhaçadas, resolver dar à estes alegres personagens um destino ecologicamente correto.

Combustível. O que mais se pode esperar diante deste cenário, quando faltar PÃO ao povo, e o CIRCO ter pegado fogo?

Ubatuba, 17/05/2001

Ronaldo Dias

Artigos Anteriores

Caraguatatuba Ilhabela São Sebastião Ubatuba
Conheça as cidades do Litoral Norte:
Caraguatatuba Ilhabela São Sebastião Ubatuba
Home Litoral Virtual - Home Page
O mais completo site do Litoral Norte Paulista na Internet

info@litoralvirtual.com.br
©1995/2010 Emilio Campi - Studio Maranduba - Direitos Reservados
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem a expressa autorização do autor

Sites do grupo: Litoral Virtual - Jornal Maranduba - PanoTour - Caraguá - Maranduba - Maré Legal - Truckmodelismo Brasil - ECampi