Reflexões para uma vida melhor
 
Arquivo

Margareth Bravo
Caraguatatuba Ilhabela São Sebastião Ubatuba

A Parábola do Semeador

“ Eis que o semeador saiu a semear. E, quando semeava, uma parte da semente caiu ao pé do caminho, e vieram as aves e comeram-na; e outra parte caiu em pedregais, onde não havia terra bastante, e logo nasceu, porque não tinha terra funda; mas vindo o sol, queimou-se e secou-se, porque não tinha raiz. E outra caiu entre os espinhos, e os espinhos cresceram, e sufocaram-na. E outra caiu em boa terra, e deu fruto: um a cem, outro a sessenta, e outro a trinta”. (S. Mateus 13: 3 a 8)

O SEMEADOR E A SEMENTE
Cristo é o Semeador que veio ao mundo para espalhar a semente da verdade. Os ensinos de Jesus é a semente da verdade que foi disseminada por Ele, a fim de dirigir a mente dos seres humanos para a verdade do evangelho, e reconduzi-los à lealdade para com Deus.
Mas, infelizmente, os homens do tempo de Jesus não compreenderam Sua missão. Jesus apareceu da maneira que eles não esperavam. A maneira como Jesus veio, viveu e trabalhou nesta Terra, não estava de acordo com as expectativas deles. “Veio para o que era Seu, e os seus não O receberam”. (S. João 1:11) Todo o serviço do Santuário foi dado por Deus, e designado para ensinar a todo o povo, que no tempo determinado, viria aquele para o qual apontava todo aquele ritual. Mas os judeus não atentaram para o cumprimento profético da vinda do Messias. Exaltaram mais as formalidades das cerimônias, perdendo, assim de vista seu objetivo. As tradições os impedia de ver o que estava claro, obscurecendo-lhes a compreensão da verdadeira religião.
Assim, rejeitaram a Cristo, não reconhecendo n’Ele o cumprimento da simbologia de todo o serviço que se realizava no Santuário. A mensagem de Jesus era-lhes indesejável. Eles não queriam um Salvador, mas um sinal de vitória sobre o jugo que Império Romano impunha sobre eles. Foi em resposta a essa expectativa que Jesus proferiu a parábola do Semeador.
Como diz o texto bíblico, o Filho do homem é o que semeia a boa semente. “Cristo viera, não como rei, mas como semeador; não para subverter reinos, mas para espalhar a semente; não para levar Seus seguidores a triunfos terrenos e grandezas nacionais, mas para uma colheita que será ganha depois de paciente trabalho, e por perdas e desilusões”. (Parábolas de Jesús, 35 - Ellen G. White).
Mas por que Cristo, o Semeador Celeste, que deixou o Seu lar seguro e cheio de paz; que deixou a glória e a Sua posição no trono do Universo, para vir a este mundo semear a semente do evangelho?
Desde a queda do homem, Satanás tem durante todo o tempo, lançado e espalhado a semente do erro. Mentindo teve domínio sobre os homens, e da mesma forma continua trabalhando para subverter o reino de Deus na Terra e subverter a humanidade ao seu poder. Cristo veio para desfazer as obras do Diabo ( ver I João 3:8), semeando o mundo com a verdade. Somente Ele podia dar aos homens os puros princípios da verdade. Ele transmitiu ao homem a semente incorruptível - a “Palavra de Deus, viva , e que permanece para sempre” (ver I S. Pedro 1: 23). A Palavra de Deus sempre foi o tema das pregações ensinamentos de Cristo. Sua resposta aos interlocutores era sempre com um simples “Está escrito” ou “Que diz a Escritura?” ou ainda “Como lês?”
Examinar a Palavra de Deus, far-nos-ia muito bem em meio a um mundo cheio de teorias e filosofias que são preceitos de homens. A Palavra de Deus não pode ser substituída por teorias e especulações humanas.
Jesus apontou as Escrituras como sendo de autoridade inquestionável. Deve ela, ser compreendida por todos. Nos dias de Cristo já existiam pessoas - rabinos que construíam misticismo sobre partes das Escrituras. Os puros e claros ensinos da Palavra de Deus, condenavam suas práticas pecaminosas. Agindo assim, tentavam encobrir seus erros.
Hoje não é diferente. Muitos fazem a mesma coisa, deixando a Palavra de Deus parecer que é cheia de mistérios incompreensíveis. Assim desculpam suas transgressões da clara e santa Palavra de Deus.
É um grande e solene dever de homens e mulheres, examinarem as Escrituras para terem o conhecimento experimental do plano da salvação. Tal instrução prepara-nos para receber o dom da Vida Eterna.

Margareth Bravo

  Artigos Anteriores

Caraguatatuba Ilhabela São Sebastião Ubatuba
Conheça as cidades do Litoral Norte:
Caraguatatuba Ilhabela São Sebastião Ubatuba
Home Litoral Virtual - Home Page
O mais completo site do Litoral Norte Paulista na Internet

info@litoralvirtual.com.br
©1995/2010 Emilio Campi - Studio Maranduba - Direitos Reservados
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem a expressa autorização do autor

Sites do grupo: Litoral Virtual - Jornal Maranduba - PanoTour - Caraguá - Maranduba - Maré Legal - Truckmodelismo Brasil - ECampi